SlideShare uma empresa Scribd logo
EDUCAÇÃO BILÍNGUE E
CULTURA LETRADA EM LIBRAS
Sueli Fernandes
Universidade Federal do Paraná
Meu “lugar” de fala
PROFESSORA
• Educação Básica
Ensino Superior
Educação de
surdos
(28 anos)
PESQUISADORA
• Estudos Surdos
em Educação
• Educação
bilíngue para
surdos
• Práticas de
letramentos em
contextos
bilíngues
MILITANTE
• Movimento
Surdo
• Feneis - PR
EDUCAÇÃO
BILÍNGUE PARA
SURDOS
POLÍTICA
LINGUÍSTICA
POLÍTICA
EDUCAÇÃO
ESPECIAL NA
PERSPECTIVA
DA EDUCAÇÃO
INCLUSIVA
EDUCAÇÃO BILÍNGUE E ESCOLARIZAÇÃO EM CONTEXTO DE
MINORIAS LINGUISTICAS
Qual o sentido da Libras nas políticas
educacionais?
LÍNGUA DE
CULTURA?
INSTRUMENTO DE
ACESSIBILIDADE?
ORAL
ESCRITA
SINALIZADA
POLÍTICAS LÍNGUÍSTICAS
VIABILIZAR
COMUNIDADES
LINGUÍSTICAS
INSTRUMENTOS DE
EXPANSÃO E
SOBREVIVÊNCIA DA
LÍNGUA
PROMOVER O
LETRAMENTO DAS
COMUNIDADES
(Castilho, 2010; Houaiss, 1983)
COMO SE CONSTITUI A CULTURA LETRADA EM LIBRAS
NA EDUCAÇÃO BÁSICA E NO ENSINO SUPERIOR?
A cultura surda é representada não apenas pelo uso da língua
de sinais, mas também por um modo de se expressar, conhecer
o mundo, produzir artes e conhecimento a partir da experiência
visual (PERLIN; MIRANDA, 2003, p. 218).
Campello (2008) define como Pedagogia Visual: uma pedagogía
que se para sobre os pilares da visualidade, ou seja, [que] tem
no signo visual seu maior aliado no processo de ensinar e
aprender”
GÊNEROS TEXTUAIS
aspectos formais (estruturais ou linguísticos) aspectos sociocomunicativos e
funcionais
Caracterizam-se muito mais por suas funções
comunicativas, cognitivas e institucionais do que por suas
peculiaridades linguísticas e estruturais. São de difícil
definição formal, devendo ser contemplados em seus usos e
condicionamentos sociopragmáticos caracterizados como
práticas sociodiscursivas. Quase inúmeros em diversidade
de formas, obtêm denominações nem sempre unívocas e,
assim como surgem, podem desaparecer.
(MARCUSCHI, 2003)
“textos materializados que encontramos em nossa vida diária e que apresentam
características sócio-comunicativas definidas por conteúdos, propriedades
funcionais, estilo e composição característica” (BAKHTIN, 1992)
Cultura
oral
• Conversação
• piada
• telefonema
• sermão
• reportagem
jornalística
• aula expositiva
• Reunião
• Conferência
• áudios whatsapp
• Aulas
• entrevistas
Cultura
impressa
• Bilhete
• lista de compras
• Horóscopo
• Receita
• Cardápio
• HQs
• Outdoor
• Romance
• Livro didático
• Edital
• Relatório
• Plano de aula
• Notícias...
Cultura
eletrônica
• E-mail
• Post
• chats
• aulas virtuais
• Videoconferências
• Reportagens
• Lives
• REDES SOCIAIS...
SUPORTE dos gêneros textuais
folder luminosos Faixas
Livro
eletrônico
embalagens roupas
Para-choque
de
caminhão
Parede
muro
Ponto de
ônibus
Caçadas Fachadas
Transportes
em geral
“[...] suporte de um gênero é uma
superfície física em formato específico
que suporta, fixa e mostra um texto”
A idéia aqui expressa comporta três
aspectos:
(a) suporte é um lugar físico ou virtual;
(b) suporte tem formato específico:
(e) suporte serve para fixar e mostrar o
texto.
(MARCUSCHI, 2003)
Videossinalizados, Video Libras, videorregistro
VIDEOLIBRAS?
Gêneros textuais sinalizados
Tipologias variadas
Suporte preferencial: vídeo
Cultura letrada e enunciação verbovisual
SEMIOSES
VISUAIS
ESCRITA
Libras
Conceito que tem como principal marca constitutiva a relação entre
a dimensão linguística (verbal) e a imagem (não-verbal) nas formas
de produção de sentido e efeitos de sentido de textos.
“Quando o verbal e o visual estão organizados num único plano de
expressão, numa combinatória de materialidades, numa expressão
material estruturada no discurso, está presente a
VERBOVISUALIDADE na enunciação (BRAIT, 2013, p.50-57).
Sueli Fernandes - Educação bilíngue e cultura letrada em Libras
Sueli Fernandes - Educação bilíngue e cultura letrada em Libras
Sueli Fernandes - Educação bilíngue e cultura letrada em Libras
Sueli Fernandes - Educação bilíngue e cultura letrada em Libras
Bibi&Nati
Teatro de Bonecos em Libras
Sueli Fernandes - Educação bilíngue e cultura letrada em Libras
Poesia: Mulher preta MUDINHA - angustia
Poeta negabi - Negra mudinha
Sueli Fernandes - Educação bilíngue e cultura letrada em Libras
LETRAMENTO
BILÍNGUE NA
UNIVERSIDADE:
tradução e letramento
ENSINO
SUPERIOR
ACESSO PERMANÊNCIA
Política Nacional de Educação Especial
na perspectiva da Educação Inclusiva (BRASIL, 2008)
TILS
ESTUDANTES SURDOS NO ENSINO SUPERIOR:
práticas de letramentos bilíngues
LETRAMENT
O BILÍNGUE:
Letramento em
Libras (L1)
Letramento em
Língua
Portuguesa (L2)
Produção e
leitura de
GÊNEROS
TEXTUAIS
ACADÊMICOS
TRADUÇÃO
Libras/LP
Enunciação verbovisual
TRADUÇÃO E LETRAMENTO ACADÊMICO: GÊNEROS TEXTUAIS EM LIBRAS
Jonatas Medeiros
Iniciação Científica (2017) e TCC (2019)
Glossários
Gênero: Edital
Gênero: videoprova
PS Letras Libras (UFPR)
Gênero: Material didático (apostila)
www.letraslibras.ufpr.br
Sueli Fernandes - Educação bilíngue e cultura letrada em Libras
Conceitos chaves Legenda em destaque Frases em destaque
Obras literárias e autores Localização Auxiliares
Jonatas Medeiros e Rhaul Lemos (Live, 30/06/2021)
Efeito no tradutor Tela de fundo Zoom
Sueli Fernandes - Educação bilíngue e cultura letrada em Libras
Sueli Fernandes - Educação bilíngue e cultura letrada em Libras
https://www.youtube.com/watch?v=P2MzlwKHdME
[...] a metodologia de produção do texto em videolibras compreendeu o uso de
recursos semióticos que combinam linguagens verbal (libras e legenda escrita) e
não-verbal (imagens, esquemas, símbolos...). (FERNANDES, 2017)
Projeto LIBRAS NO MUSEU (UFPR)
Sueli Fernandes - Educação bilíngue e cultura letrada em Libras
LETRAMENTO ACADÊMICO BILÍNGUE
LETRAMENTO BILÍNGUE
NA EDUCAÇÃO BÁSICA:
Que escola bilíngue
estamos construindo?
GENEROS TEXTUAIS SINALIZADOS
Sueli Fernandes - Educação bilíngue e cultura letrada em Libras
Sueli Fernandes - Educação bilíngue e cultura letrada em Libras
Sueli Fernandes - Educação bilíngue e cultura letrada em Libras
Sueli Fernandes - Educação bilíngue e cultura letrada em Libras
LETRAMENTOS BILÍNGUES E CULTURA LETRADA
Libras e português
COMUNIDADES
LINGUÍSTICAS
BILÍNGUES
PRÁTICAS
SOCIAIS DE USO
DA LÍNGUA
GENEROS
TEXTUAIS
SINALIZADOS
INSTRUMENTOS
DE REGISTRO E
EXPANSÃO DA LS
ENUNCIAÇÃO
VERBOVISUAL
Obrigada!
suelifernandes@ufpr.br
REFERÊNCIAS
BRAIT, Beth. Olhar e ler: verbo-visualidade em perspectiva dialógica. Bakhtiniana: Revista de Estudos do
Discurso, v. 8, n. 2, p. 43-66, 2013. https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S2176-
45732013000200004&script=sci_abstract&tlng=es
BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. 2.ed. São Paulo: Livraria Martins Fontes, 1997
CAMPELLO, Ana Regina. Aspectos da visualidade na educação de surdos. Tese (Doutorado) - Curso de
Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008.
http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/91182
CAVALCANTI, Marilda C. Estudos sobre educação bilíngüe e escolarização em contextos de minorias
lingüísticas no Brasil. DELTA: Documentação de Estudos em Lingüística Teórica e Aplicada, v. 15, n. SPE, p.
385-417, 1999.
FERNANDES, Sueli; MOREIRA, Laura Ceretta. Políticas de educação bilíngue para estudantes surdos:
contribuições ao letramento acadêmico no ensino superior. Educar em Revista, n. SPE. 3, p. 127-150,
2017. https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-40602017000700127&script=sci_arttext&tlng=pt
MARCUSCHI, Luiz Antônio et al. Gêneros textuais: definição e funcionalidade. Gêneros textuais e ensino, v.
2, p. 19-36, 2002.
MEDEIROS, Jonatas Rodrigues. Tradução e letramento acadêmico: uma proposta metodológica do
processo tradutório do par linguístico Língua Portuguesa/Libras. Revista Espaço, p. 133-158, 2018.
MEDEIROS, Jonatas Rodrigues; DE FÁTIMA FERNANDES, Sueli. GÊNEROS TEXTUAIS EM VIDEOLIBRAS: UM
ESTUDO DE ASPECTOS COMPOSICIONAIS. Trama, v. 16, n. 39, p. 65-80, 2020.
SILVA, Rodrigo Custódio. Gêneros emergentes em Libras da esfera acadêmica: a prova como foco de
análise. 241 p. Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e
Expressão, Programa de Pós-Graduação em Linguística, Florianópolis, 2019

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação literatura surda
Apresentação literatura surdaApresentação literatura surda
Apresentação literatura surda
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Educação bilíngue para surdos
Educação bilíngue para surdosEducação bilíngue para surdos
Educação bilíngue para surdos
Rosi Whindson
 
Libras língua ou linguagem de sinais?
Libras língua ou linguagem de sinais?Libras língua ou linguagem de sinais?
Libras língua ou linguagem de sinais?
Ana Paula Arja
 
Aula de LIBRAS - Inicial
Aula de LIBRAS - InicialAula de LIBRAS - Inicial
Aula de LIBRAS - Inicial
Paulo Henrique LIBRAS
 
Apresentação de Libras
Apresentação de LibrasApresentação de Libras
Apresentação de Libras
Simone Costa
 
A literatura surda e a língua de sinais
A literatura surda e a língua de sinaisA literatura surda e a língua de sinais
A literatura surda e a língua de sinais
Guida Gava
 
2. Alfabeto manual
2. Alfabeto manual2. Alfabeto manual
2. Alfabeto manual
Valeria Nunes
 
Parâmetros da libras
Parâmetros da librasParâmetros da libras
Parâmetros da libras
Nelinha Soares
 
Sistema de transcrição da Libras
Sistema de transcrição da LibrasSistema de transcrição da Libras
Sistema de transcrição da Libras
dilaina maria araujo maria
 
Sintaxe da libras
Sintaxe da librasSintaxe da libras
Sintaxe da libras
Lucivaldo Ferreira
 
Programa inclusivo bilíngue para educação de surdos
Programa inclusivo bilíngue para educação de surdosPrograma inclusivo bilíngue para educação de surdos
Programa inclusivo bilíngue para educação de surdos
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Modulo 2 libras
Modulo 2 librasModulo 2 libras
Modulo 2 libras
Priscila
 
5.12.2013 "História da língua de sinais e o letramento:um novo olhar sobre as...
5.12.2013 "História da língua de sinais e o letramento:um novo olhar sobre as...5.12.2013 "História da língua de sinais e o letramento:um novo olhar sobre as...
5.12.2013 "História da língua de sinais e o letramento:um novo olhar sobre as...
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Libras apostilia instrutoras
Libras apostilia instrutorasLibras apostilia instrutoras
Libras apostilia instrutoras
Jucemar Formigoni Candido
 
Historia da Educação dos Surdos.
Historia da Educação dos Surdos. Historia da Educação dos Surdos.
Historia da Educação dos Surdos.
dilaina maria araujo maria
 
4.12.2013 Oficina Literatura Surda: "Adaptações e traduções de uma cultura su...
4.12.2013 Oficina Literatura Surda: "Adaptações e traduções de uma cultura su...4.12.2013 Oficina Literatura Surda: "Adaptações e traduções de uma cultura su...
4.12.2013 Oficina Literatura Surda: "Adaptações e traduções de uma cultura su...
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Eliane EducaçãO BilingüE
Eliane EducaçãO BilingüEEliane EducaçãO BilingüE
Eliane EducaçãO BilingüE
Ana Lúcia Lemes Nunes Silva
 
Verbos em libras
Verbos em librasVerbos em libras
Verbos em libras
Nelinha Soares
 
INTERPRETE DE LIBRAS
INTERPRETE DE LIBRASINTERPRETE DE LIBRAS
INTERPRETE DE LIBRAS
Aparecida Barbosa
 
Metodologia Voltada para a Educação de Surdos
Metodologia Voltada para a Educação de Surdos Metodologia Voltada para a Educação de Surdos
Metodologia Voltada para a Educação de Surdos
Valdemar Júnior
 

Mais procurados (20)

Apresentação literatura surda
Apresentação literatura surdaApresentação literatura surda
Apresentação literatura surda
 
Educação bilíngue para surdos
Educação bilíngue para surdosEducação bilíngue para surdos
Educação bilíngue para surdos
 
Libras língua ou linguagem de sinais?
Libras língua ou linguagem de sinais?Libras língua ou linguagem de sinais?
Libras língua ou linguagem de sinais?
 
Aula de LIBRAS - Inicial
Aula de LIBRAS - InicialAula de LIBRAS - Inicial
Aula de LIBRAS - Inicial
 
Apresentação de Libras
Apresentação de LibrasApresentação de Libras
Apresentação de Libras
 
A literatura surda e a língua de sinais
A literatura surda e a língua de sinaisA literatura surda e a língua de sinais
A literatura surda e a língua de sinais
 
2. Alfabeto manual
2. Alfabeto manual2. Alfabeto manual
2. Alfabeto manual
 
Parâmetros da libras
Parâmetros da librasParâmetros da libras
Parâmetros da libras
 
Sistema de transcrição da Libras
Sistema de transcrição da LibrasSistema de transcrição da Libras
Sistema de transcrição da Libras
 
Sintaxe da libras
Sintaxe da librasSintaxe da libras
Sintaxe da libras
 
Programa inclusivo bilíngue para educação de surdos
Programa inclusivo bilíngue para educação de surdosPrograma inclusivo bilíngue para educação de surdos
Programa inclusivo bilíngue para educação de surdos
 
Modulo 2 libras
Modulo 2 librasModulo 2 libras
Modulo 2 libras
 
5.12.2013 "História da língua de sinais e o letramento:um novo olhar sobre as...
5.12.2013 "História da língua de sinais e o letramento:um novo olhar sobre as...5.12.2013 "História da língua de sinais e o letramento:um novo olhar sobre as...
5.12.2013 "História da língua de sinais e o letramento:um novo olhar sobre as...
 
Libras apostilia instrutoras
Libras apostilia instrutorasLibras apostilia instrutoras
Libras apostilia instrutoras
 
Historia da Educação dos Surdos.
Historia da Educação dos Surdos. Historia da Educação dos Surdos.
Historia da Educação dos Surdos.
 
4.12.2013 Oficina Literatura Surda: "Adaptações e traduções de uma cultura su...
4.12.2013 Oficina Literatura Surda: "Adaptações e traduções de uma cultura su...4.12.2013 Oficina Literatura Surda: "Adaptações e traduções de uma cultura su...
4.12.2013 Oficina Literatura Surda: "Adaptações e traduções de uma cultura su...
 
Eliane EducaçãO BilingüE
Eliane EducaçãO BilingüEEliane EducaçãO BilingüE
Eliane EducaçãO BilingüE
 
Verbos em libras
Verbos em librasVerbos em libras
Verbos em libras
 
INTERPRETE DE LIBRAS
INTERPRETE DE LIBRASINTERPRETE DE LIBRAS
INTERPRETE DE LIBRAS
 
Metodologia Voltada para a Educação de Surdos
Metodologia Voltada para a Educação de Surdos Metodologia Voltada para a Educação de Surdos
Metodologia Voltada para a Educação de Surdos
 

Semelhante a Sueli Fernandes - Educação bilíngue e cultura letrada em Libras

Quem será o modelo da Educação Bilíngue?
Quem será o modelo da Educação Bilíngue? Quem será o modelo da Educação Bilíngue?
Quem será o modelo da Educação Bilíngue?
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Unidade 5 a diversidade textual em sala de aula final
Unidade 5 a diversidade textual em sala de aula  finalUnidade 5 a diversidade textual em sala de aula  final
Unidade 5 a diversidade textual em sala de aula final
Naysa Taboada
 
Unidade 5 a diversidade textual em sala de aula final
Unidade 5 a diversidade textual em sala de aula  finalUnidade 5 a diversidade textual em sala de aula  final
Unidade 5 a diversidade textual em sala de aula final
Naysa Taboada
 
Roteiros para o ensino e a pesquisa de gêneros textuais e hipertextuais
Roteiros para o ensino e a pesquisa de gêneros textuais e hipertextuaisRoteiros para o ensino e a pesquisa de gêneros textuais e hipertextuais
Roteiros para o ensino e a pesquisa de gêneros textuais e hipertextuais
Thiago Eugênio Loredo Betta
 
Generostextuaisparte1 130731201208-phpapp02
Generostextuaisparte1 130731201208-phpapp02Generostextuaisparte1 130731201208-phpapp02
Generostextuaisparte1 130731201208-phpapp02
Fundação de apoio à escola técnica (FAETEC)
 
Slides_-_Bilinguiiiiiiismo_e_Libras.pptx
Slides_-_Bilinguiiiiiiismo_e_Libras.pptxSlides_-_Bilinguiiiiiiismo_e_Libras.pptx
Slides_-_Bilinguiiiiiiismo_e_Libras.pptx
LucasBrando77
 
A relação entre língua e cultura no ensino e aprendizagem de línguas adicionais
A relação entre língua e cultura no ensino e aprendizagem de línguas adicionaisA relação entre língua e cultura no ensino e aprendizagem de línguas adicionais
A relação entre língua e cultura no ensino e aprendizagem de línguas adicionais
Gloria Gil
 
Qualificação Francinaldo Set29 ppge.pptx
Qualificação Francinaldo Set29 ppge.pptxQualificação Francinaldo Set29 ppge.pptx
Qualificação Francinaldo Set29 ppge.pptx
FrancisSantos47
 
Gêneros textuais anos inicias
Gêneros textuais   anos iniciasGêneros textuais   anos inicias
Gêneros textuais anos inicias
VidaRevista Consultoria e Treinamento
 
Seminário socio Texto 5
Seminário socio Texto 5Seminário socio Texto 5
Seminário socio Texto 5
Letras2011Noturno
 
Perspectivas educativas
Perspectivas educativasPerspectivas educativas
Perspectivas educativas
ysabello7
 
A variação Linguística na Obra Dona Guidinha do Poço,de Manuel de Oliveira P...
A variação Linguística na Obra Dona Guidinha do Poço,de Manuel de Oliveira  P...A variação Linguística na Obra Dona Guidinha do Poço,de Manuel de Oliveira  P...
A variação Linguística na Obra Dona Guidinha do Poço,de Manuel de Oliveira P...
tatiana ribeiro do nascimento
 
Aula generos textuais
Aula generos textuaisAula generos textuais
Aula generos textuais
Gisele Braga
 
P21_LPORTUGUESA_Miolo_001-416-falhas-corrigidas-.pdf
P21_LPORTUGUESA_Miolo_001-416-falhas-corrigidas-.pdfP21_LPORTUGUESA_Miolo_001-416-falhas-corrigidas-.pdf
P21_LPORTUGUESA_Miolo_001-416-falhas-corrigidas-.pdf
WeslleyDias8
 
3 circulación de saberes sobre enseñanza en propuestas curriculares
3 circulación de saberes sobre enseñanza en propuestas curriculares3 circulación de saberes sobre enseñanza en propuestas curriculares
3 circulación de saberes sobre enseñanza en propuestas curriculares
Martha Lucía Salamanca Solis
 
FormaçãO De Coordenadores OlimpíAdas Da LíNgua Portuguesa.M Mecca
FormaçãO De Coordenadores OlimpíAdas Da LíNgua Portuguesa.M MeccaFormaçãO De Coordenadores OlimpíAdas Da LíNgua Portuguesa.M Mecca
FormaçãO De Coordenadores OlimpíAdas Da LíNgua Portuguesa.M Mecca
Milton Alvaro Menon
 
FormaçãO De Coordenadores OlimpíAdas Da LíNgua Portuguesa.Mm
FormaçãO De Coordenadores OlimpíAdas Da LíNgua Portuguesa.MmFormaçãO De Coordenadores OlimpíAdas Da LíNgua Portuguesa.Mm
FormaçãO De Coordenadores OlimpíAdas Da LíNgua Portuguesa.Mm
Milton Alvaro Menon
 
Apresentação ELUNEAL.pptx
Apresentação ELUNEAL.pptxApresentação ELUNEAL.pptx
Apresentação ELUNEAL.pptx
SueliGodoi6
 
Ativ 2 6_plano_marilene
Ativ 2 6_plano_marileneAtiv 2 6_plano_marilene
Ativ 2 6_plano_marilene
soemari
 
Poster Redefor - Produção de Texto
Poster Redefor - Produção de TextoPoster Redefor - Produção de Texto
Poster Redefor - Produção de Texto
Maria Cristina
 

Semelhante a Sueli Fernandes - Educação bilíngue e cultura letrada em Libras (20)

Quem será o modelo da Educação Bilíngue?
Quem será o modelo da Educação Bilíngue? Quem será o modelo da Educação Bilíngue?
Quem será o modelo da Educação Bilíngue?
 
Unidade 5 a diversidade textual em sala de aula final
Unidade 5 a diversidade textual em sala de aula  finalUnidade 5 a diversidade textual em sala de aula  final
Unidade 5 a diversidade textual em sala de aula final
 
Unidade 5 a diversidade textual em sala de aula final
Unidade 5 a diversidade textual em sala de aula  finalUnidade 5 a diversidade textual em sala de aula  final
Unidade 5 a diversidade textual em sala de aula final
 
Roteiros para o ensino e a pesquisa de gêneros textuais e hipertextuais
Roteiros para o ensino e a pesquisa de gêneros textuais e hipertextuaisRoteiros para o ensino e a pesquisa de gêneros textuais e hipertextuais
Roteiros para o ensino e a pesquisa de gêneros textuais e hipertextuais
 
Generostextuaisparte1 130731201208-phpapp02
Generostextuaisparte1 130731201208-phpapp02Generostextuaisparte1 130731201208-phpapp02
Generostextuaisparte1 130731201208-phpapp02
 
Slides_-_Bilinguiiiiiiismo_e_Libras.pptx
Slides_-_Bilinguiiiiiiismo_e_Libras.pptxSlides_-_Bilinguiiiiiiismo_e_Libras.pptx
Slides_-_Bilinguiiiiiiismo_e_Libras.pptx
 
A relação entre língua e cultura no ensino e aprendizagem de línguas adicionais
A relação entre língua e cultura no ensino e aprendizagem de línguas adicionaisA relação entre língua e cultura no ensino e aprendizagem de línguas adicionais
A relação entre língua e cultura no ensino e aprendizagem de línguas adicionais
 
Qualificação Francinaldo Set29 ppge.pptx
Qualificação Francinaldo Set29 ppge.pptxQualificação Francinaldo Set29 ppge.pptx
Qualificação Francinaldo Set29 ppge.pptx
 
Gêneros textuais anos inicias
Gêneros textuais   anos iniciasGêneros textuais   anos inicias
Gêneros textuais anos inicias
 
Seminário socio Texto 5
Seminário socio Texto 5Seminário socio Texto 5
Seminário socio Texto 5
 
Perspectivas educativas
Perspectivas educativasPerspectivas educativas
Perspectivas educativas
 
A variação Linguística na Obra Dona Guidinha do Poço,de Manuel de Oliveira P...
A variação Linguística na Obra Dona Guidinha do Poço,de Manuel de Oliveira  P...A variação Linguística na Obra Dona Guidinha do Poço,de Manuel de Oliveira  P...
A variação Linguística na Obra Dona Guidinha do Poço,de Manuel de Oliveira P...
 
Aula generos textuais
Aula generos textuaisAula generos textuais
Aula generos textuais
 
P21_LPORTUGUESA_Miolo_001-416-falhas-corrigidas-.pdf
P21_LPORTUGUESA_Miolo_001-416-falhas-corrigidas-.pdfP21_LPORTUGUESA_Miolo_001-416-falhas-corrigidas-.pdf
P21_LPORTUGUESA_Miolo_001-416-falhas-corrigidas-.pdf
 
3 circulación de saberes sobre enseñanza en propuestas curriculares
3 circulación de saberes sobre enseñanza en propuestas curriculares3 circulación de saberes sobre enseñanza en propuestas curriculares
3 circulación de saberes sobre enseñanza en propuestas curriculares
 
FormaçãO De Coordenadores OlimpíAdas Da LíNgua Portuguesa.M Mecca
FormaçãO De Coordenadores OlimpíAdas Da LíNgua Portuguesa.M MeccaFormaçãO De Coordenadores OlimpíAdas Da LíNgua Portuguesa.M Mecca
FormaçãO De Coordenadores OlimpíAdas Da LíNgua Portuguesa.M Mecca
 
FormaçãO De Coordenadores OlimpíAdas Da LíNgua Portuguesa.Mm
FormaçãO De Coordenadores OlimpíAdas Da LíNgua Portuguesa.MmFormaçãO De Coordenadores OlimpíAdas Da LíNgua Portuguesa.Mm
FormaçãO De Coordenadores OlimpíAdas Da LíNgua Portuguesa.Mm
 
Apresentação ELUNEAL.pptx
Apresentação ELUNEAL.pptxApresentação ELUNEAL.pptx
Apresentação ELUNEAL.pptx
 
Ativ 2 6_plano_marilene
Ativ 2 6_plano_marileneAtiv 2 6_plano_marilene
Ativ 2 6_plano_marilene
 
Poster Redefor - Produção de Texto
Poster Redefor - Produção de TextoPoster Redefor - Produção de Texto
Poster Redefor - Produção de Texto
 

Mais de Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda

Francielle Cantarelli - Pedagogia surda
Francielle Cantarelli - Pedagogia surdaFrancielle Cantarelli - Pedagogia surda
Francielle Cantarelli - Pedagogia surda
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Janie Amaral - Slides da palestra
Janie Amaral - Slides da palestraJanie Amaral - Slides da palestra
Janie Amaral - Slides da palestra
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
PADEBS PPGEB Síntese Texto 1 Taveira e Rosado 2013 conceitos
PADEBS PPGEB Síntese Texto 1 Taveira e Rosado 2013 conceitosPADEBS PPGEB Síntese Texto 1 Taveira e Rosado 2013 conceitos
PADEBS PPGEB Síntese Texto 1 Taveira e Rosado 2013 conceitos
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Conto de historias - Comunicação para o COINES 2019
Conto de historias - Comunicação para o COINES 2019Conto de historias - Comunicação para o COINES 2019
Conto de historias - Comunicação para o COINES 2019
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Apresentação Senac - Dia do Surdo 26/09/2019
Apresentação Senac - Dia do Surdo 26/09/2019Apresentação Senac - Dia do Surdo 26/09/2019
Apresentação Senac - Dia do Surdo 26/09/2019
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Aula de alfabetismo visual INES
Aula de alfabetismo visual INESAula de alfabetismo visual INES
Aula de alfabetismo visual INES
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Apresentação COINES 2017 (Cristiane Taveira e Alexandre Rosado)
Apresentação COINES 2017 (Cristiane Taveira e Alexandre Rosado)Apresentação COINES 2017 (Cristiane Taveira e Alexandre Rosado)
Apresentação COINES 2017 (Cristiane Taveira e Alexandre Rosado)
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Slides do Módulo 3 sobre Roteiro e Edição de vídeo
Slides do Módulo 3 sobre Roteiro e Edição de vídeoSlides do Módulo 3 sobre Roteiro e Edição de vídeo
Slides do Módulo 3 sobre Roteiro e Edição de vídeo
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
O professor e as tecnologias
O professor e as tecnologiasO professor e as tecnologias
O professor e as tecnologias
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Políticas públicas e novas tecnologias
Políticas públicas e novas tecnologiasPolíticas públicas e novas tecnologias
Políticas públicas e novas tecnologias
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Mídia-educação
Mídia-educaçãoMídia-educação
Educação aberta
Educação abertaEducação aberta
Cultura hacker: origem e ideário
Cultura hacker: origem e ideárioCultura hacker: origem e ideário
Cultura hacker: origem e ideário
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Filme "Piratas do vale do silício"
Filme "Piratas do vale do silício"Filme "Piratas do vale do silício"
Filme "Piratas do vale do silício"
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Futuros imaginários
Futuros imagináriosFuturos imaginários
Introdução à disciplina
Introdução à disciplinaIntrodução à disciplina
A cibercultura e suas leis
A cibercultura e suas leisA cibercultura e suas leis
Letramentos? A oralidade, a escrita e o digital
Letramentos? A oralidade, a escrita e o digitalLetramentos? A oralidade, a escrita e o digital
Letramentos? A oralidade, a escrita e o digital
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
As tecnologias e suas fases
As tecnologias e suas fasesAs tecnologias e suas fases
Discussão sobre o filme Metrópolis
Discussão sobre o filme MetrópolisDiscussão sobre o filme Metrópolis
Discussão sobre o filme Metrópolis
Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 

Mais de Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda (20)

Francielle Cantarelli - Pedagogia surda
Francielle Cantarelli - Pedagogia surdaFrancielle Cantarelli - Pedagogia surda
Francielle Cantarelli - Pedagogia surda
 
Janie Amaral - Slides da palestra
Janie Amaral - Slides da palestraJanie Amaral - Slides da palestra
Janie Amaral - Slides da palestra
 
PADEBS PPGEB Síntese Texto 1 Taveira e Rosado 2013 conceitos
PADEBS PPGEB Síntese Texto 1 Taveira e Rosado 2013 conceitosPADEBS PPGEB Síntese Texto 1 Taveira e Rosado 2013 conceitos
PADEBS PPGEB Síntese Texto 1 Taveira e Rosado 2013 conceitos
 
Conto de historias - Comunicação para o COINES 2019
Conto de historias - Comunicação para o COINES 2019Conto de historias - Comunicação para o COINES 2019
Conto de historias - Comunicação para o COINES 2019
 
Apresentação Senac - Dia do Surdo 26/09/2019
Apresentação Senac - Dia do Surdo 26/09/2019Apresentação Senac - Dia do Surdo 26/09/2019
Apresentação Senac - Dia do Surdo 26/09/2019
 
Aula de alfabetismo visual INES
Aula de alfabetismo visual INESAula de alfabetismo visual INES
Aula de alfabetismo visual INES
 
Apresentação COINES 2017 (Cristiane Taveira e Alexandre Rosado)
Apresentação COINES 2017 (Cristiane Taveira e Alexandre Rosado)Apresentação COINES 2017 (Cristiane Taveira e Alexandre Rosado)
Apresentação COINES 2017 (Cristiane Taveira e Alexandre Rosado)
 
Slides do Módulo 3 sobre Roteiro e Edição de vídeo
Slides do Módulo 3 sobre Roteiro e Edição de vídeoSlides do Módulo 3 sobre Roteiro e Edição de vídeo
Slides do Módulo 3 sobre Roteiro e Edição de vídeo
 
O professor e as tecnologias
O professor e as tecnologiasO professor e as tecnologias
O professor e as tecnologias
 
Políticas públicas e novas tecnologias
Políticas públicas e novas tecnologiasPolíticas públicas e novas tecnologias
Políticas públicas e novas tecnologias
 
Mídia-educação
Mídia-educaçãoMídia-educação
Mídia-educação
 
Educação aberta
Educação abertaEducação aberta
Educação aberta
 
Cultura hacker: origem e ideário
Cultura hacker: origem e ideárioCultura hacker: origem e ideário
Cultura hacker: origem e ideário
 
Filme "Piratas do vale do silício"
Filme "Piratas do vale do silício"Filme "Piratas do vale do silício"
Filme "Piratas do vale do silício"
 
Futuros imaginários
Futuros imagináriosFuturos imaginários
Futuros imaginários
 
Introdução à disciplina
Introdução à disciplinaIntrodução à disciplina
Introdução à disciplina
 
A cibercultura e suas leis
A cibercultura e suas leisA cibercultura e suas leis
A cibercultura e suas leis
 
Letramentos? A oralidade, a escrita e o digital
Letramentos? A oralidade, a escrita e o digitalLetramentos? A oralidade, a escrita e o digital
Letramentos? A oralidade, a escrita e o digital
 
As tecnologias e suas fases
As tecnologias e suas fasesAs tecnologias e suas fases
As tecnologias e suas fases
 
Discussão sobre o filme Metrópolis
Discussão sobre o filme MetrópolisDiscussão sobre o filme Metrópolis
Discussão sobre o filme Metrópolis
 

Último

Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 

Último (20)

FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 

Sueli Fernandes - Educação bilíngue e cultura letrada em Libras

  • 1. EDUCAÇÃO BILÍNGUE E CULTURA LETRADA EM LIBRAS Sueli Fernandes Universidade Federal do Paraná
  • 2. Meu “lugar” de fala PROFESSORA • Educação Básica Ensino Superior Educação de surdos (28 anos) PESQUISADORA • Estudos Surdos em Educação • Educação bilíngue para surdos • Práticas de letramentos em contextos bilíngues MILITANTE • Movimento Surdo • Feneis - PR
  • 3. EDUCAÇÃO BILÍNGUE PARA SURDOS POLÍTICA LINGUÍSTICA POLÍTICA EDUCAÇÃO ESPECIAL NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA EDUCAÇÃO BILÍNGUE E ESCOLARIZAÇÃO EM CONTEXTO DE MINORIAS LINGUISTICAS
  • 4. Qual o sentido da Libras nas políticas educacionais? LÍNGUA DE CULTURA? INSTRUMENTO DE ACESSIBILIDADE?
  • 6. POLÍTICAS LÍNGUÍSTICAS VIABILIZAR COMUNIDADES LINGUÍSTICAS INSTRUMENTOS DE EXPANSÃO E SOBREVIVÊNCIA DA LÍNGUA PROMOVER O LETRAMENTO DAS COMUNIDADES (Castilho, 2010; Houaiss, 1983)
  • 7. COMO SE CONSTITUI A CULTURA LETRADA EM LIBRAS NA EDUCAÇÃO BÁSICA E NO ENSINO SUPERIOR? A cultura surda é representada não apenas pelo uso da língua de sinais, mas também por um modo de se expressar, conhecer o mundo, produzir artes e conhecimento a partir da experiência visual (PERLIN; MIRANDA, 2003, p. 218). Campello (2008) define como Pedagogia Visual: uma pedagogía que se para sobre os pilares da visualidade, ou seja, [que] tem no signo visual seu maior aliado no processo de ensinar e aprender”
  • 8. GÊNEROS TEXTUAIS aspectos formais (estruturais ou linguísticos) aspectos sociocomunicativos e funcionais Caracterizam-se muito mais por suas funções comunicativas, cognitivas e institucionais do que por suas peculiaridades linguísticas e estruturais. São de difícil definição formal, devendo ser contemplados em seus usos e condicionamentos sociopragmáticos caracterizados como práticas sociodiscursivas. Quase inúmeros em diversidade de formas, obtêm denominações nem sempre unívocas e, assim como surgem, podem desaparecer. (MARCUSCHI, 2003) “textos materializados que encontramos em nossa vida diária e que apresentam características sócio-comunicativas definidas por conteúdos, propriedades funcionais, estilo e composição característica” (BAKHTIN, 1992)
  • 9. Cultura oral • Conversação • piada • telefonema • sermão • reportagem jornalística • aula expositiva • Reunião • Conferência • áudios whatsapp • Aulas • entrevistas Cultura impressa • Bilhete • lista de compras • Horóscopo • Receita • Cardápio • HQs • Outdoor • Romance • Livro didático • Edital • Relatório • Plano de aula • Notícias... Cultura eletrônica • E-mail • Post • chats • aulas virtuais • Videoconferências • Reportagens • Lives • REDES SOCIAIS...
  • 10. SUPORTE dos gêneros textuais folder luminosos Faixas Livro eletrônico embalagens roupas Para-choque de caminhão Parede muro Ponto de ônibus Caçadas Fachadas Transportes em geral “[...] suporte de um gênero é uma superfície física em formato específico que suporta, fixa e mostra um texto” A idéia aqui expressa comporta três aspectos: (a) suporte é um lugar físico ou virtual; (b) suporte tem formato específico: (e) suporte serve para fixar e mostrar o texto. (MARCUSCHI, 2003)
  • 11. Videossinalizados, Video Libras, videorregistro VIDEOLIBRAS? Gêneros textuais sinalizados Tipologias variadas Suporte preferencial: vídeo
  • 12. Cultura letrada e enunciação verbovisual SEMIOSES VISUAIS ESCRITA Libras
  • 13. Conceito que tem como principal marca constitutiva a relação entre a dimensão linguística (verbal) e a imagem (não-verbal) nas formas de produção de sentido e efeitos de sentido de textos. “Quando o verbal e o visual estão organizados num único plano de expressão, numa combinatória de materialidades, numa expressão material estruturada no discurso, está presente a VERBOVISUALIDADE na enunciação (BRAIT, 2013, p.50-57).
  • 20. Poesia: Mulher preta MUDINHA - angustia Poeta negabi - Negra mudinha
  • 23. ENSINO SUPERIOR ACESSO PERMANÊNCIA Política Nacional de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva (BRASIL, 2008) TILS
  • 24. ESTUDANTES SURDOS NO ENSINO SUPERIOR: práticas de letramentos bilíngues LETRAMENT O BILÍNGUE: Letramento em Libras (L1) Letramento em Língua Portuguesa (L2) Produção e leitura de GÊNEROS TEXTUAIS ACADÊMICOS TRADUÇÃO Libras/LP
  • 25. Enunciação verbovisual TRADUÇÃO E LETRAMENTO ACADÊMICO: GÊNEROS TEXTUAIS EM LIBRAS Jonatas Medeiros Iniciação Científica (2017) e TCC (2019)
  • 32. Conceitos chaves Legenda em destaque Frases em destaque Obras literárias e autores Localização Auxiliares Jonatas Medeiros e Rhaul Lemos (Live, 30/06/2021)
  • 33. Efeito no tradutor Tela de fundo Zoom
  • 37. [...] a metodologia de produção do texto em videolibras compreendeu o uso de recursos semióticos que combinam linguagens verbal (libras e legenda escrita) e não-verbal (imagens, esquemas, símbolos...). (FERNANDES, 2017) Projeto LIBRAS NO MUSEU (UFPR)
  • 40. LETRAMENTO BILÍNGUE NA EDUCAÇÃO BÁSICA: Que escola bilíngue estamos construindo?
  • 46. LETRAMENTOS BILÍNGUES E CULTURA LETRADA Libras e português COMUNIDADES LINGUÍSTICAS BILÍNGUES PRÁTICAS SOCIAIS DE USO DA LÍNGUA GENEROS TEXTUAIS SINALIZADOS INSTRUMENTOS DE REGISTRO E EXPANSÃO DA LS ENUNCIAÇÃO VERBOVISUAL
  • 48. REFERÊNCIAS BRAIT, Beth. Olhar e ler: verbo-visualidade em perspectiva dialógica. Bakhtiniana: Revista de Estudos do Discurso, v. 8, n. 2, p. 43-66, 2013. https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S2176- 45732013000200004&script=sci_abstract&tlng=es BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. 2.ed. São Paulo: Livraria Martins Fontes, 1997 CAMPELLO, Ana Regina. Aspectos da visualidade na educação de surdos. Tese (Doutorado) - Curso de Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2008. http://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/91182 CAVALCANTI, Marilda C. Estudos sobre educação bilíngüe e escolarização em contextos de minorias lingüísticas no Brasil. DELTA: Documentação de Estudos em Lingüística Teórica e Aplicada, v. 15, n. SPE, p. 385-417, 1999. FERNANDES, Sueli; MOREIRA, Laura Ceretta. Políticas de educação bilíngue para estudantes surdos: contribuições ao letramento acadêmico no ensino superior. Educar em Revista, n. SPE. 3, p. 127-150, 2017. https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-40602017000700127&script=sci_arttext&tlng=pt MARCUSCHI, Luiz Antônio et al. Gêneros textuais: definição e funcionalidade. Gêneros textuais e ensino, v. 2, p. 19-36, 2002. MEDEIROS, Jonatas Rodrigues. Tradução e letramento acadêmico: uma proposta metodológica do processo tradutório do par linguístico Língua Portuguesa/Libras. Revista Espaço, p. 133-158, 2018. MEDEIROS, Jonatas Rodrigues; DE FÁTIMA FERNANDES, Sueli. GÊNEROS TEXTUAIS EM VIDEOLIBRAS: UM ESTUDO DE ASPECTOS COMPOSICIONAIS. Trama, v. 16, n. 39, p. 65-80, 2020. SILVA, Rodrigo Custódio. Gêneros emergentes em Libras da esfera acadêmica: a prova como foco de análise. 241 p. Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Linguística, Florianópolis, 2019