SlideShare uma empresa Scribd logo
Startup em Scrum

   A Evolução do Processo


 @noaldofilho
Noaldo Filho
 Certified Scrum Master – Scrum Alliance
 Pós-graduando em Metodologia para Engenharia de
 Software - IDEZ
 Graduado em Redes de Computadores – IFPB
 Programador Sênior na Softcom Tecnologia
 Responsável pelo desenvolvimento de vários projetos,
 entre eles:
  acadêmicos, imobiliárias e construtoras, projetos de engenharia
  e instalações, provedores de acesso, email marketing, e-
  commerce, corretoras de seguros, hospitais, clínicas e
  consultórios, corretoras de créditos, câmbios, consórcios, etc.
A Empresa
 100% paraibana
 13 anos de mercado
 Escritórios em João Pessoa, Campina Grande e Recife
 Mais de 3.000 clientes, alguns desde sua fundação
 Desenvolvimento de softwares gerenciais para mais de
 150 atividades empresariais
 Preza a gestão da inovação e qualidade em seus
 processos
 Reconhecido em 2009 pelo Prêmio Sebrae como a
 melhor Gestão da Qualidade do Estado, recebendo o
 prêmio em Brasília
Por que Melhorar os Processos?
 Devemos melhorar os processos quando temos os
 seguintes motivos:
  Aumentar a qualidade de produtos e/ou serviços
  Incrementar o nível de satisfação do cliente
  Atender a conformidade legal (compliance)
  Reduzir custos e Margem Operacional
  Melhorar a performance do negócio.
    Aumentar a vantagem competitiva.
    Aumentar o marketshare.
    Aumentar o lucro.
    Busca pela liderança de mercado/segmento
  Aumentar a produtividade
  Preparar a aquisição e/ou fusão
Por que Ser Ágil é Difícil?
 As mudanças exigidas demandam muito não só dos
 desenvolvedores, mas também do resto da empresa;
 A mudança bem-sucedida não é inteiramente de cima
 para baixo ou de baixo para cima;
 O estado final é imprevisível;
Por que o Esforço Vale a Pena?
  Maior produtividade;
  Menores custos;
  Maior engajamento e satisfação dos colaboradores;
  Time-to-market mais cedo;
  Maior qualidade;
  Maior satisfação dos stakeholders;
  O que estamos fazendo não
funciona mais.
Iterando à Agilidade
 Atender a visão estabelecida no planejamento estratégico
 Criação do setor Fábrica de Softwares
 Escolha de ferramentas (IDEs, frameworks, etc.)
 Como atender mais rapidamente à demanda e com
 qualidade? Metodologia?
Iterando à Agilidade
 Pesquisas
  Literatura
  Referências Nacionais, Internacionais e Regionais
Plano de Ação

Integração entre pessoas, processos e tecnologia aumenta
as chances de sucesso do projeto
                           Tecnologia:
                           Facilita a execução e
                           monitoramento dos
                           processos.



Pessoas:
Motivadas e Capacitadas
                                           Processo:
                                           ITT, formando a base de
                                           conhecimento
Plano de Ação
 Mas, e só a metodologia resolve?
 Posso continuar desenvolvendo do mesmo jeito?
 Levantamento das Necessidades Técnicas
Adicionando Práticas Técnicas
 Alguns defendem que tudo deve começar com práticas
 técnicas;
 Outros dizem que a equipe deve ser deixada por sua
 própria conta por mais tempo e ter tempo para
 descobrir as práticas que funcionam melhor em seu
 ambiente;
Práticas Técnicas
 Manifesto Ágil:
   Software funcionando é a primeira medida de progresso.
   Atenção contínua a excelência técnica e bom design inspira
   Agilidade.
Práticas Técnicas
 Scrum não prescreve práticas técnicas de engenharia
 específicas;
 Ele diz que a equipe resolva o problema;
 Mas, exige que seja entregue um código de alta qualidade,
 potencialmente funcionando no fim de cada sprint.
Práticas Técnicas
E agora? Por onde começar?
Projeto Piloto
Duração
  +/- 4 Sprints
Tamanho
  Suficiente para que uma equipe possa concluí-lo
Importância
  Um projeto crítico deve promover a iniciativa da equipe em trabalhar bem com o
  processo para garantir o sucesso. Um projeto de menor importância servirá mais
  como aprendizado.
Comprometimento do patrocinador
   A dedicação do patrocinador é fator
crítico para o sucesso do projeto.
   Ele deve empregar tempo e energia.
Levantamento de Requisitos
 Melhoria da escrita dos requisitos;
 Backlog com escrita de estórias e condições de aceitação;
 Treinamento da equipe comercial;
Aplicação de Práticas Técnicas (Parte I)
 Testes
Aplicação de Práticas Técnicas (Parte I)
 Controle de Versão
Aplicação de Práticas Técnicas (Parte I)
 Programação em Pares
Aplicação de Práticas Técnicas (Parte I)
 Time-boxes mal definidas
  Apenas Sprint Planning – tempo indefinido
  Sem Sprint Review, Retrospetive ou Release Planning
A Evolução
Aplicação de Práticas Técnicas (Parte II)
 Refatoração
Aplicação de Práticas Técnicas (Parte II)
 Posse coletiva
Aplicação de Práticas Técnicas (Parte II)
 Desenvolvimento baseado em testes de aceitação
Aplicação de Práticas Técnicas (Parte II)
 Tamanho da equipe
  Melhor distribuição de responsabilidades
  Manutenção dos projetos existentes
Aplicação de Práticas Técnicas (Parte II)
 Integração contínua
Onde Estamos?
 Escrita do backlog
 Testes Unitários
 Testes de Aceitação
 Integração Contínua
 Refatoração
 Programação em Pares
 Posse Coletiva
 Sprint Planning de pleno menos 4 horas
 Iniciando uso do BugTracker (Mantisbt)
Para Onde Vamos?
 Time-boxes
   Release Planning
   Daily Stand Up
   Sprint Review
   Restrospective
 Artefatos
   Burndown charts
 Testes Automatizados
   Selenium
 Utilização de software para bugtracker
 Expansão para outras equipes
Dúvidas
Agradecimentos
Contatos

  E-mail:
noaldo@gmail.com

 Twitter:
@noaldofilho

  Perfil ScrumAlliance:
http://scrumalliance.org/profiles/140991-noaldo-sales-santos-filho

  Perfil Linkedin:
http://br.linkedin.com/pub/noaldo-sales/2a/450/530
“A qualidade é mais importante do que a quantidade. Um gol de placa é melhor do que
                                   um gol feio.”
Steve Jobs

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sofware Kaizen - Aceleradora Ágil - Apresentacao agile brazil 2012
Sofware Kaizen - Aceleradora Ágil - Apresentacao agile brazil 2012Sofware Kaizen - Aceleradora Ágil - Apresentacao agile brazil 2012
Sofware Kaizen - Aceleradora Ágil - Apresentacao agile brazil 2012
Alejandro Olchik
 
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTechGestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech
.add
 
Gestão de Requisitos em Projetos
Gestão de Requisitos em ProjetosGestão de Requisitos em Projetos
Gestão de Requisitos em Projetos
GUGP SUCESU-RS
 
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de softwareGerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Roberto Brandini
 
O que é e como obter a certificação PMI-ACP
O que é e como obter a certificação PMI-ACPO que é e como obter a certificação PMI-ACP
O que é e como obter a certificação PMI-ACP
Leandro Faria
 
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?
TargetTrust
 
Gestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumGestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com Scrum
Igor Macaubas
 
Planejamento Estratéfico de TI - Grupo-B
Planejamento Estratéfico de TI - Grupo-BPlanejamento Estratéfico de TI - Grupo-B
Planejamento Estratéfico de TI - Grupo-B
ferottoboni
 
Gerenciamento de projetos de TI
Gerenciamento de projetos de TIGerenciamento de projetos de TI
Gerenciamento de projetos de TI
Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ)
 
Um time, múltiplos projetos: soluções ágeis para o nosso dia a dia
Um time, múltiplos projetos: soluções ágeis para o nosso dia a diaUm time, múltiplos projetos: soluções ágeis para o nosso dia a dia
Um time, múltiplos projetos: soluções ágeis para o nosso dia a dia
GUGP SUCESU-RS
 
Scrum in a nutshell - business perspective
Scrum in a nutshell - business perspectiveScrum in a nutshell - business perspective
Scrum in a nutshell - business perspective
Marcos Alves
 
Introdução Metodologias áGeis Para Desenvolvimento De Software
Introdução  Metodologias áGeis Para Desenvolvimento De SoftwareIntrodução  Metodologias áGeis Para Desenvolvimento De Software
Introdução Metodologias áGeis Para Desenvolvimento De Software
Marcos Cardoso
 
Métricas Em Fabricas De Software
Métricas Em Fabricas De SoftwareMétricas Em Fabricas De Software
Métricas Em Fabricas De Software
Luiz Borba
 
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshell
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshellGerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshell
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshell
Dextra
 
Cmmi 5
Cmmi 5Cmmi 5
APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR - By Prof. Cloves Rocha
APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR - By Prof. Cloves RochaAPRESENTAÇÃO DO PROFESSOR - By Prof. Cloves Rocha
APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR - By Prof. Cloves Rocha
Cloves da Rocha
 
O Segredo para o Sucesso das Equipes de Mehoria Contínua
O Segredo para o Sucesso das Equipes de Mehoria ContínuaO Segredo para o Sucesso das Equipes de Mehoria Contínua
O Segredo para o Sucesso das Equipes de Mehoria Contínua
Gerisval Pessoa
 
Scrum na Prática
Scrum na PráticaScrum na Prática
Scrum na Prática
Alexandre Amorim
 
Metodologias Ágeis de Gestão de Projetos
Metodologias Ágeis de Gestão de ProjetosMetodologias Ágeis de Gestão de Projetos
Metodologias Ágeis de Gestão de Projetos
Leandro Faria
 
Agile Trends 2016 - Equipe de metodologia: agilidade na prática
Agile Trends 2016 - Equipe de metodologia: agilidade na práticaAgile Trends 2016 - Equipe de metodologia: agilidade na prática
Agile Trends 2016 - Equipe de metodologia: agilidade na prática
Carla Micheli Ávila
 

Mais procurados (20)

Sofware Kaizen - Aceleradora Ágil - Apresentacao agile brazil 2012
Sofware Kaizen - Aceleradora Ágil - Apresentacao agile brazil 2012Sofware Kaizen - Aceleradora Ágil - Apresentacao agile brazil 2012
Sofware Kaizen - Aceleradora Ágil - Apresentacao agile brazil 2012
 
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTechGestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech
Gestão Ágil e Lean - Circuito de treinamentos AddTech
 
Gestão de Requisitos em Projetos
Gestão de Requisitos em ProjetosGestão de Requisitos em Projetos
Gestão de Requisitos em Projetos
 
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de softwareGerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
Gerenciamento de equipes no desenvolvimento de software
 
O que é e como obter a certificação PMI-ACP
O que é e como obter a certificação PMI-ACPO que é e como obter a certificação PMI-ACP
O que é e como obter a certificação PMI-ACP
 
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?
[Webinar] Scrum - Você está fazendo do jeito certo?
 
Gestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com ScrumGestao agil de projetos com Scrum
Gestao agil de projetos com Scrum
 
Planejamento Estratéfico de TI - Grupo-B
Planejamento Estratéfico de TI - Grupo-BPlanejamento Estratéfico de TI - Grupo-B
Planejamento Estratéfico de TI - Grupo-B
 
Gerenciamento de projetos de TI
Gerenciamento de projetos de TIGerenciamento de projetos de TI
Gerenciamento de projetos de TI
 
Um time, múltiplos projetos: soluções ágeis para o nosso dia a dia
Um time, múltiplos projetos: soluções ágeis para o nosso dia a diaUm time, múltiplos projetos: soluções ágeis para o nosso dia a dia
Um time, múltiplos projetos: soluções ágeis para o nosso dia a dia
 
Scrum in a nutshell - business perspective
Scrum in a nutshell - business perspectiveScrum in a nutshell - business perspective
Scrum in a nutshell - business perspective
 
Introdução Metodologias áGeis Para Desenvolvimento De Software
Introdução  Metodologias áGeis Para Desenvolvimento De SoftwareIntrodução  Metodologias áGeis Para Desenvolvimento De Software
Introdução Metodologias áGeis Para Desenvolvimento De Software
 
Métricas Em Fabricas De Software
Métricas Em Fabricas De SoftwareMétricas Em Fabricas De Software
Métricas Em Fabricas De Software
 
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshell
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshellGerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshell
Gerando Resultados com Scrum: Scrum in a nutshell
 
Cmmi 5
Cmmi 5Cmmi 5
Cmmi 5
 
APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR - By Prof. Cloves Rocha
APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR - By Prof. Cloves RochaAPRESENTAÇÃO DO PROFESSOR - By Prof. Cloves Rocha
APRESENTAÇÃO DO PROFESSOR - By Prof. Cloves Rocha
 
O Segredo para o Sucesso das Equipes de Mehoria Contínua
O Segredo para o Sucesso das Equipes de Mehoria ContínuaO Segredo para o Sucesso das Equipes de Mehoria Contínua
O Segredo para o Sucesso das Equipes de Mehoria Contínua
 
Scrum na Prática
Scrum na PráticaScrum na Prática
Scrum na Prática
 
Metodologias Ágeis de Gestão de Projetos
Metodologias Ágeis de Gestão de ProjetosMetodologias Ágeis de Gestão de Projetos
Metodologias Ágeis de Gestão de Projetos
 
Agile Trends 2016 - Equipe de metodologia: agilidade na prática
Agile Trends 2016 - Equipe de metodologia: agilidade na práticaAgile Trends 2016 - Equipe de metodologia: agilidade na prática
Agile Trends 2016 - Equipe de metodologia: agilidade na prática
 

Destaque

Técnicas de Elicitação de Requisitos
Técnicas de Elicitação de RequisitosTécnicas de Elicitação de Requisitos
Técnicas de Elicitação de Requisitos
Noaldo Sales
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Noaldo Sales
 
Apresentação Yuppie Cred
Apresentação Yuppie CredApresentação Yuppie Cred
Apresentação Yuppie Cred
Noaldo Sales
 
Porque devo usar Scrum em meus projetos
Porque devo usar Scrum em meus projetosPorque devo usar Scrum em meus projetos
Porque devo usar Scrum em meus projetos
Eamon Sousa, PMP
 
Lightning Talk #9: How UX and Data Storytelling Can Shape Policy by Mika Aldaba
Lightning Talk #9: How UX and Data Storytelling Can Shape Policy by Mika AldabaLightning Talk #9: How UX and Data Storytelling Can Shape Policy by Mika Aldaba
Lightning Talk #9: How UX and Data Storytelling Can Shape Policy by Mika Aldaba
ux singapore
 
SEO: Getting Personal
SEO: Getting PersonalSEO: Getting Personal
SEO: Getting Personal
Kirsty Hulse
 
Succession “Losers”: What Happens to Executives Passed Over for the CEO Job?
Succession “Losers”: What Happens to Executives Passed Over for the CEO Job? Succession “Losers”: What Happens to Executives Passed Over for the CEO Job?
Succession “Losers”: What Happens to Executives Passed Over for the CEO Job?
Stanford GSB Corporate Governance Research Initiative
 

Destaque (7)

Técnicas de Elicitação de Requisitos
Técnicas de Elicitação de RequisitosTécnicas de Elicitação de Requisitos
Técnicas de Elicitação de Requisitos
 
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com ScrumGestão Ágil de Projetos com Scrum
Gestão Ágil de Projetos com Scrum
 
Apresentação Yuppie Cred
Apresentação Yuppie CredApresentação Yuppie Cred
Apresentação Yuppie Cred
 
Porque devo usar Scrum em meus projetos
Porque devo usar Scrum em meus projetosPorque devo usar Scrum em meus projetos
Porque devo usar Scrum em meus projetos
 
Lightning Talk #9: How UX and Data Storytelling Can Shape Policy by Mika Aldaba
Lightning Talk #9: How UX and Data Storytelling Can Shape Policy by Mika AldabaLightning Talk #9: How UX and Data Storytelling Can Shape Policy by Mika Aldaba
Lightning Talk #9: How UX and Data Storytelling Can Shape Policy by Mika Aldaba
 
SEO: Getting Personal
SEO: Getting PersonalSEO: Getting Personal
SEO: Getting Personal
 
Succession “Losers”: What Happens to Executives Passed Over for the CEO Job?
Succession “Losers”: What Happens to Executives Passed Over for the CEO Job? Succession “Losers”: What Happens to Executives Passed Over for the CEO Job?
Succession “Losers”: What Happens to Executives Passed Over for the CEO Job?
 

Semelhante a Startup em Scrum

Desmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & ScrumDesmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & Scrum
Teamware do Brasil
 
Gestão do Conhecimento aplicada à Gestão de Projetos
Gestão do Conhecimento aplicada à Gestão de ProjetosGestão do Conhecimento aplicada à Gestão de Projetos
Gestão do Conhecimento aplicada à Gestão de Projetos
Beatriz Benezra Dehtear, MBA
 
IQPC Workshop Implantando a Governança de BPM com o Escritório de Processos
IQPC Workshop Implantando a Governança de BPM com o Escritório de ProcessosIQPC Workshop Implantando a Governança de BPM com o Escritório de Processos
IQPC Workshop Implantando a Governança de BPM com o Escritório de Processos
EloGroup
 
Palestra Métodos Ágeis SERPRO
Palestra Métodos Ágeis SERPROPalestra Métodos Ágeis SERPRO
Palestra Métodos Ágeis SERPRO
Wildtech
 
Artigo Pós graduação_Caroline Seara (2)
Artigo Pós graduação_Caroline Seara (2)Artigo Pós graduação_Caroline Seara (2)
Artigo Pós graduação_Caroline Seara (2)
Caroline Seara
 
Ferramentas e ritos
Ferramentas e ritosFerramentas e ritos
Ferramentas e ritos
Davidson Sales
 
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Flávio Steffens
 
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
GrupoMENTHOR
 
Da Gestão 1.0 A Gestão 2.0
Da Gestão 1.0 A Gestão 2.0Da Gestão 1.0 A Gestão 2.0
Da Gestão 1.0 A Gestão 2.0
Juan Bernabó
 
anhanguera _ gestao de projetos _ u4 s2 _ projetos ágeis.pptx
anhanguera _ gestao de projetos _ u4 s2 _ projetos ágeis.pptxanhanguera _ gestao de projetos _ u4 s2 _ projetos ágeis.pptx
anhanguera _ gestao de projetos _ u4 s2 _ projetos ágeis.pptx
Alisson Batista
 
Gerenciando Projetos De Software De Forma áGil Utilizando Scrum
Gerenciando Projetos De Software De Forma áGil Utilizando ScrumGerenciando Projetos De Software De Forma áGil Utilizando Scrum
Gerenciando Projetos De Software De Forma áGil Utilizando Scrum
Raphael Donaire Albino
 
Artigo corrigido
Artigo corrigidoArtigo corrigido
Artigo corrigido
mpaf00 mpaf00
 
Caminhos do Scrum
Caminhos do ScrumCaminhos do Scrum
Caminhos do Scrum
jrompkovski
 
Implementacao Grupos Empresas Gisele Villas Boas
Implementacao Grupos Empresas Gisele Villas BoasImplementacao Grupos Empresas Gisele Villas Boas
Implementacao Grupos Empresas Gisele Villas Boas
Cristina Cerdeiral
 
AE Rio 2011 - ABPMP - Paola Rudi Coutinho
AE Rio 2011 - ABPMP - Paola Rudi CoutinhoAE Rio 2011 - ABPMP - Paola Rudi Coutinho
AE Rio 2011 - ABPMP - Paola Rudi Coutinho
Fernando Botafogo
 
Licoes Aprendidas Do Fracasso
Licoes Aprendidas Do FracassoLicoes Aprendidas Do Fracasso
Licoes Aprendidas Do Fracasso
Helio Ferenhof, Dr. Eng, MBA, PMP, ITIL .'.
 
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BPMS...
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BPMS...Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BPMS...
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BPMS...
Lecom Tecnologia
 
– Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BP...
– Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BP...– Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BP...
– Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BP...
EloGroup
 
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
EloGroup
 
Iplantação
IplantaçãoIplantação
Iplantação
Reinaldo Fascina
 

Semelhante a Startup em Scrum (20)

Desmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & ScrumDesmistificando Agile & Scrum
Desmistificando Agile & Scrum
 
Gestão do Conhecimento aplicada à Gestão de Projetos
Gestão do Conhecimento aplicada à Gestão de ProjetosGestão do Conhecimento aplicada à Gestão de Projetos
Gestão do Conhecimento aplicada à Gestão de Projetos
 
IQPC Workshop Implantando a Governança de BPM com o Escritório de Processos
IQPC Workshop Implantando a Governança de BPM com o Escritório de ProcessosIQPC Workshop Implantando a Governança de BPM com o Escritório de Processos
IQPC Workshop Implantando a Governança de BPM com o Escritório de Processos
 
Palestra Métodos Ágeis SERPRO
Palestra Métodos Ágeis SERPROPalestra Métodos Ágeis SERPRO
Palestra Métodos Ágeis SERPRO
 
Artigo Pós graduação_Caroline Seara (2)
Artigo Pós graduação_Caroline Seara (2)Artigo Pós graduação_Caroline Seara (2)
Artigo Pós graduação_Caroline Seara (2)
 
Ferramentas e ritos
Ferramentas e ritosFerramentas e ritos
Ferramentas e ritos
 
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
Cinco motivos para você não adotar metodologias ágeis - Rafael Prikladnicki F...
 
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
Palestra sobre a Metodologia para Apoio à Decisão, Gerência e Implantação de ...
 
Da Gestão 1.0 A Gestão 2.0
Da Gestão 1.0 A Gestão 2.0Da Gestão 1.0 A Gestão 2.0
Da Gestão 1.0 A Gestão 2.0
 
anhanguera _ gestao de projetos _ u4 s2 _ projetos ágeis.pptx
anhanguera _ gestao de projetos _ u4 s2 _ projetos ágeis.pptxanhanguera _ gestao de projetos _ u4 s2 _ projetos ágeis.pptx
anhanguera _ gestao de projetos _ u4 s2 _ projetos ágeis.pptx
 
Gerenciando Projetos De Software De Forma áGil Utilizando Scrum
Gerenciando Projetos De Software De Forma áGil Utilizando ScrumGerenciando Projetos De Software De Forma áGil Utilizando Scrum
Gerenciando Projetos De Software De Forma áGil Utilizando Scrum
 
Artigo corrigido
Artigo corrigidoArtigo corrigido
Artigo corrigido
 
Caminhos do Scrum
Caminhos do ScrumCaminhos do Scrum
Caminhos do Scrum
 
Implementacao Grupos Empresas Gisele Villas Boas
Implementacao Grupos Empresas Gisele Villas BoasImplementacao Grupos Empresas Gisele Villas Boas
Implementacao Grupos Empresas Gisele Villas Boas
 
AE Rio 2011 - ABPMP - Paola Rudi Coutinho
AE Rio 2011 - ABPMP - Paola Rudi CoutinhoAE Rio 2011 - ABPMP - Paola Rudi Coutinho
AE Rio 2011 - ABPMP - Paola Rudi Coutinho
 
Licoes Aprendidas Do Fracasso
Licoes Aprendidas Do FracassoLicoes Aprendidas Do Fracasso
Licoes Aprendidas Do Fracasso
 
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BPMS...
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BPMS...Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BPMS...
Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BPMS...
 
– Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BP...
– Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BP...– Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BP...
– Como implantar transformações organizacionais a partir de uma plataforma BP...
 
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
 
Iplantação
IplantaçãoIplantação
Iplantação
 

Último

Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdfPor que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Ian Oliveira
 
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço BrasilOrientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
EliakimArajo2
 
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptxComo fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
tnrlucas
 
Teoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .docTeoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .doc
anpproferick
 
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Annelise Gripp
 
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product ownerPRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
anpproferick
 
Gestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefíciosGestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefícios
Rafael Santos
 

Último (7)

Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdfPor que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
Por que escolhi o Flutter - Campus Party Piauí.pdf
 
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço BrasilOrientações para utilizar Drone no espaço Brasil
Orientações para utilizar Drone no espaço Brasil
 
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptxComo fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
Como fui de 0 a lead na gringa em 3 anos.pptx
 
Teoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .docTeoria de redes de computadores redes .doc
Teoria de redes de computadores redes .doc
 
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
Ferramentas e Técnicas para aplicar no seu dia a dia numa Transformação Digital!
 
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product ownerPRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
PRATICANDO O SCRUM Scrum team, product owner
 
Gestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefíciosGestão de dados: sua importância e benefícios
Gestão de dados: sua importância e benefícios
 

Startup em Scrum

  • 1. Startup em Scrum A Evolução do Processo @noaldofilho
  • 2. Noaldo Filho Certified Scrum Master – Scrum Alliance Pós-graduando em Metodologia para Engenharia de Software - IDEZ Graduado em Redes de Computadores – IFPB Programador Sênior na Softcom Tecnologia Responsável pelo desenvolvimento de vários projetos, entre eles: acadêmicos, imobiliárias e construtoras, projetos de engenharia e instalações, provedores de acesso, email marketing, e- commerce, corretoras de seguros, hospitais, clínicas e consultórios, corretoras de créditos, câmbios, consórcios, etc.
  • 3. A Empresa 100% paraibana 13 anos de mercado Escritórios em João Pessoa, Campina Grande e Recife Mais de 3.000 clientes, alguns desde sua fundação Desenvolvimento de softwares gerenciais para mais de 150 atividades empresariais Preza a gestão da inovação e qualidade em seus processos Reconhecido em 2009 pelo Prêmio Sebrae como a melhor Gestão da Qualidade do Estado, recebendo o prêmio em Brasília
  • 4. Por que Melhorar os Processos? Devemos melhorar os processos quando temos os seguintes motivos: Aumentar a qualidade de produtos e/ou serviços Incrementar o nível de satisfação do cliente Atender a conformidade legal (compliance) Reduzir custos e Margem Operacional Melhorar a performance do negócio. Aumentar a vantagem competitiva. Aumentar o marketshare. Aumentar o lucro. Busca pela liderança de mercado/segmento Aumentar a produtividade Preparar a aquisição e/ou fusão
  • 5. Por que Ser Ágil é Difícil? As mudanças exigidas demandam muito não só dos desenvolvedores, mas também do resto da empresa; A mudança bem-sucedida não é inteiramente de cima para baixo ou de baixo para cima; O estado final é imprevisível;
  • 6. Por que o Esforço Vale a Pena? Maior produtividade; Menores custos; Maior engajamento e satisfação dos colaboradores; Time-to-market mais cedo; Maior qualidade; Maior satisfação dos stakeholders; O que estamos fazendo não funciona mais.
  • 7. Iterando à Agilidade Atender a visão estabelecida no planejamento estratégico Criação do setor Fábrica de Softwares Escolha de ferramentas (IDEs, frameworks, etc.) Como atender mais rapidamente à demanda e com qualidade? Metodologia?
  • 8. Iterando à Agilidade Pesquisas Literatura Referências Nacionais, Internacionais e Regionais
  • 9. Plano de Ação Integração entre pessoas, processos e tecnologia aumenta as chances de sucesso do projeto Tecnologia: Facilita a execução e monitoramento dos processos. Pessoas: Motivadas e Capacitadas Processo: ITT, formando a base de conhecimento
  • 10. Plano de Ação Mas, e só a metodologia resolve? Posso continuar desenvolvendo do mesmo jeito? Levantamento das Necessidades Técnicas
  • 11. Adicionando Práticas Técnicas Alguns defendem que tudo deve começar com práticas técnicas; Outros dizem que a equipe deve ser deixada por sua própria conta por mais tempo e ter tempo para descobrir as práticas que funcionam melhor em seu ambiente;
  • 12. Práticas Técnicas Manifesto Ágil: Software funcionando é a primeira medida de progresso. Atenção contínua a excelência técnica e bom design inspira Agilidade.
  • 13. Práticas Técnicas Scrum não prescreve práticas técnicas de engenharia específicas; Ele diz que a equipe resolva o problema; Mas, exige que seja entregue um código de alta qualidade, potencialmente funcionando no fim de cada sprint.
  • 15. E agora? Por onde começar?
  • 16. Projeto Piloto Duração +/- 4 Sprints Tamanho Suficiente para que uma equipe possa concluí-lo Importância Um projeto crítico deve promover a iniciativa da equipe em trabalhar bem com o processo para garantir o sucesso. Um projeto de menor importância servirá mais como aprendizado. Comprometimento do patrocinador A dedicação do patrocinador é fator crítico para o sucesso do projeto. Ele deve empregar tempo e energia.
  • 17. Levantamento de Requisitos Melhoria da escrita dos requisitos; Backlog com escrita de estórias e condições de aceitação; Treinamento da equipe comercial;
  • 18. Aplicação de Práticas Técnicas (Parte I) Testes
  • 19. Aplicação de Práticas Técnicas (Parte I) Controle de Versão
  • 20. Aplicação de Práticas Técnicas (Parte I) Programação em Pares
  • 21. Aplicação de Práticas Técnicas (Parte I) Time-boxes mal definidas Apenas Sprint Planning – tempo indefinido Sem Sprint Review, Retrospetive ou Release Planning
  • 23. Aplicação de Práticas Técnicas (Parte II) Refatoração
  • 24. Aplicação de Práticas Técnicas (Parte II) Posse coletiva
  • 25. Aplicação de Práticas Técnicas (Parte II) Desenvolvimento baseado em testes de aceitação
  • 26. Aplicação de Práticas Técnicas (Parte II) Tamanho da equipe Melhor distribuição de responsabilidades Manutenção dos projetos existentes
  • 27. Aplicação de Práticas Técnicas (Parte II) Integração contínua
  • 28. Onde Estamos? Escrita do backlog Testes Unitários Testes de Aceitação Integração Contínua Refatoração Programação em Pares Posse Coletiva Sprint Planning de pleno menos 4 horas Iniciando uso do BugTracker (Mantisbt)
  • 29. Para Onde Vamos? Time-boxes Release Planning Daily Stand Up Sprint Review Restrospective Artefatos Burndown charts Testes Automatizados Selenium Utilização de software para bugtracker Expansão para outras equipes
  • 32. Contatos E-mail: noaldo@gmail.com Twitter: @noaldofilho Perfil ScrumAlliance: http://scrumalliance.org/profiles/140991-noaldo-sales-santos-filho Perfil Linkedin: http://br.linkedin.com/pub/noaldo-sales/2a/450/530
  • 33. “A qualidade é mais importante do que a quantidade. Um gol de placa é melhor do que um gol feio.” Steve Jobs