SlideShare uma empresa Scribd logo
SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA

   DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO

  CÉLULA DE AUTOMAÇÃO FISCAL



                        Escrituração Fiscal Digital
     Hedylamar Cristina de Castro Beckmann



          Sistema Público de Escrituração Digital
Evolução
      2003    2004          2005           2006          2007


Emenda Constitucional nº 42 –                           19/12/03

 Art. 37 da Constituição Federal
...
XXII - as administrações tributárias da União, dos Estados,
do Distrito Federal e dos Municípios, exercidas por servidores
de ...
...
e atuarão de forma integrada, inclusive com o
compartilhamento de cadastros e de informações fiscais, na
forma da lei ou convênio.



              Sistema Público de Escrituração Digital
Evolução
  2003        2004          2005            2006        2007


Decreto Federal nº 6.022 -                     22/01/07

 Institui o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped)


 Objetivo: promover a atuação integrada dos fiscos,
mediante a padronização e racionalização das informações e
o acesso compartilhado à escrituração digital de contribuintes




              Sistema Público de Escrituração Digital
Evolução
      2003      2004          2005            2006        2007



Decreto Estadual 106/07 – Inclui o capítulo VI-A no
RICMS


RICMS – Arts. 389-A à 389-K
Instrução   Normativa            - Dispõe sobre
                             08/2011
procedimentos referentes à Escrituração Fiscal Digital
- EFD.




                Sistema Público de Escrituração Digital
Escrituração Fiscal Digital - EFD

Legislação Nacional: Ajuste SINIEF nº 02 de 2009.

 O contribuinte deverá manter EFD distinta para cada
estabelecimento.

 O arquivo digital conterá as informações do(s) período(s)
de apuração dos impostos (ICMS e IPI) ocorridos durante o
mes civil e será gerado, assinado e transmitido ao Sped,
devendo o contribuinte manter cópia do arquivo transmitido e
os documentos fiscais que deram origem à EFD pelo
decandencial.

As informações devem ser prestadas pelo enfoque do
declarante. (CFOP, CST e outras)
                   Sistema Público de Escrituração Digital
Escrituração Fiscal Digital - EFD

  Legislação: Convênio ICMS nº 143 de 15/12/2006 e
         Ajuste SINIEF nº 02 de 03/04/2009.

Não se trata simplesmente de uma declaração.

EFD – conceito: é da Escrituração Fiscal na forma Digital
apresentada pelo contribuinte.

Não apresentação         da     EFD      equivale            a   não   possuir
escrituração fiscal.

As regras de negócio aplicadas no Validador = finalidade
única e exclusiva de verificar as consistências das informações
prestadas pelos contribuintes


                    Sistema Público de Escrituração Digital
Momento da Escrituração Fiscal Digital
          Recibo de Entrega da EFD




        Sistema Público de Escrituração Digital
Premissas
Básica Integração        Padronização           Compartilhamento


MP 2.200-2, de agosto de 2001
 Institui a ICP-Brasil com o objetivo de criar no país a
cadeia de certificação digital para garantir a autenticidade, a
integridade e a validade jurídica de documentos em forma
eletrônica.


 Certificação Digital padrão ICP Brasil.




                Sistema Público de Escrituração Digital
Premissas



            Assinatura Digital da EFD

 Certificado digital – emitido sob as Normas da
ICP-Brasil
 e-CNPJ – Um único certificado poderá assinar por toda
a empresa;
e-CPF do Representante legal da empresa perante a
RFB;
e-CPF de procurador (cadastrado no site Serviços e-
CAC).



                Sistema Público de Escrituração Digital
Escrituração Fiscal Digital - EFD

Básica Integração       Padronização           Compartilhamento


Decreto nº 6.022 de 2007
 Base de dados única e compartilhada


 Acesso     compartilhado à escrituração  digital de
contribuintes por órgãos ou      entidades legalmente
autorizadas.




              Sistema Público de Escrituração Digital
Premissas
  Básica Integração    Padronização           Compartilhamento

  Iniciativa integrada das administrações
tributárias nas três esferas governamentais:




              Sistema Público de Escrituração Digital
Esquema - EFD


Contribuinte                          RFB                                SEFAZ




                                       Procuração
                                       Eletrônica                                    Pará
  Leiaute           Banco de
                    Dados

                    Arquivo
                    Texto
                                                                 RIS             Minas
                                      SPED                                       Gerais


                                       Recepção
Representante       Programa           Validação
Legal                 Java

                                                                                  Rio de
                                                                                 Janeiro

                                       . Arquivo Original
   .   Importar                        . Banco de Dados
   .   Digitar                         . Download
   .   Validar                                                                       Outras
   .   Assinar                                                                       Sefaz
   .   Visualizar                             Internet
   .   Transmitir


Periodicidade: MENSAL



                               Sistema Público de Escrituração Digital
Escrituração Fiscal Digital - EFD


 EFD – ARQUIVO ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL – Arquivo
  enviado pelo contribuinte ao SERPRO cujo conteúdo consiste na
  Escrituração propriamente dita, contendo os Blocos de registros,
  os quais formam os Livros de Registro de Entrada, de Registro de
  Saída, de Apuração do ICMS e do IPI, de Registro de Inventário,
  do CIAP, entre outras informações.


 OIE – Arquivo de Operações Interestaduais – Arquivo processado
  a partir da EFD, contendo as operações interestaduais do
  contribuinte. Assim, após a EFD ser enviada pelo contribuinte, o
  SERPRO processa as informações, se o contribuinte realizou
  operações com estabelecimentos de outra unidade federada, estas
  são enviadas à Secretaria de Fazenda deste estabelecimento.



                      Sistema Público de Escrituração Digital
Livros substituídos pela EFD




                                CIAP




      Sistema Público de Escrituração Digital
Escrituração Fiscal Digital - EFD

Bloco 0 - Abertura, Identificação e Referências

Bloco C - Documentos Fiscais I – Mercadorias (ICMS/IPI)

Bloco D - Documentos Fiscais II – Serviços (ICMS)

Bloco E - Apuração do ICMS e do IPI

Bloco G - CIAP

Bloco H - Inventário Físico

Bloco 1 - Outras Informações

Bloco 9 - Controle e Encerramento do Arquivo Digital


                     Sistema Público de Escrituração Digital
Programa Validador e Assinador-PVA


Programa gratuito gerador, validador, assinador e
transmissor da EFD que, além destas, possui outras
funcionalidades.

Como obter o PVA-EFD ?
O PVA-EFD pode ser baixado diretamente do Portal
do SPED Receita Federal ou no site da Secretaria de
Estado da Fazenda.

Não há controle de pedido de uso de sistema
próprio para geração da EFD, bastando que o
arquivo   gerado    seja validado, assinado e
transmitido no PVA.


               Sistema Público de Escrituração Digital
Evolução da Obrigatoriedade


Contribuintes obrigados a EFD
          2009 – 248
          2010 – 592
          2011 – 2927
 Total: 3767
Listagem está divulgada no site da SEFA

2012 - Todos os contribuintes com regime
 normal de apuração

              Sistema Público de Escrituração Digital
Situação da EFD na SEFA-PA

Vinculação da obrigatoriedade de emissão de
NFe para todos os obrigados a EFD a partir de
01 de junho 2011 - IN 03/10 (Alt. IN 09/11);
Dispensa da declaração Sintegra a partir de
2011 - RICMS 389-C,§ 2º (Alt. Dec 2.661/10) e
IN 06/11;
Inclusão de omissos na condição de ativo não
regular – IN 13/05 (Alt IN 28/10);




             Sistema Público de Escrituração Digital
Situação da EFD na SEFA-PA


Prazo de entrega:dia 15 do mês
 subsequente;

Os obrigados a partir de 2011, poderão
 entregar os arquivos referência janeiro a
 julho até 15/08/2011 - IN 08/11;

A obrigação EFD se estende aos
 estabelecimentos pertencentes ao mesmo
 grupo empresarial. - IN 08/11;

             Sistema Público de Escrituração Digital
Situação da EFD na SEFA-PA


Retificação: Atualmente a EFD pode ser
 retificada a qualquer tempo (proposta de
 alteração na COTEPE);

Penalidades: Atualmente aplicam-se a EFD
 as mesmas penalidades referentes a
 escrituração manual, no que couber
 (proposta de penalidades específicas em
 tramitação);



            Sistema Público de Escrituração Digital
Escrituração do Inventário – Bloco H


 As informações referentes ao estoque a ser
inventariado em 31 de dezembro de cada
exercício, ou nas demais datas estabelecidas
em legislação fiscal ou comercial, deverão ser
prestadas na Escrituração Fiscal Digital - EFD
no segundo mês subseqüente ao da obrigação.
Desta forma, se inventariou:
   31/12: EFD – Fevereiro
   31/01: EFD – Março
   30/06: EFD - Agosto

             Sistema Público de Escrituração Digital
Preenchimento da EFD - Pará


 Quando a operação ocorrer com produtos sujeitos a
 tributação     diferenciada   (antecipação,     crédito
 presumido, compra de ativo imobilizado, entre outras),
 o declarante deverá preencher os dados do "Registro
 C195”, que equivale a observação do lançamento
 fiscal.
 Em seguida o contribuinte deve detalhar essas outras
 obrigações da tributação diferenciada, utilizando para
 tanto os códigos específicos da tabela de "Ajustes e
 Informações de Valores Provenientes de Documento
 Fiscal“. (Registro “C197”).


                 Sistema Público de Escrituração Digital
Preenchimento da EFD - Pará


A somatória dos valores do Registro C197 deve
 ser transportado para a Apuração do imposto,
 campo “Débitos Especiais” quando gerar
 obrigação tributária diferente do recolhido no
 ICMS Normal (1131)

O campo débitos especias equivale portanto,
 aos valores declarados no anexo III da DIEF.



              Sistema Público de Escrituração Digital
Preenchimento da EFD - Pará

     O contribuinte que realizar operações de
mercadorias ou prestações de serviços que gerem
outras obrigações de recolhimento do ICMS fora da
Apuração Normal deverá:
      I - utilizar um dos códigos da tabela de "Ajustes e
Informações de Valores Provenientes de Documento
Fiscal" (C197), onde o terceiro caractere seja igual a "7"
(débitos especiais), de acordo com a origem do débito
especial;
      II - utilizar um dos códigos da tabela de "Ajustes
dos Saldos da Apuração do ICMS", onde o quarto
caractere seja igual a "5" (débito especial), de acordo
com a origem do débito especial.



                 Sistema Público de Escrituração Digital
Preenchimento da EFD


Registro 1600 – Total das operações com
cartão de Crédito e/ou Débito.

Registro do valor total das operações de venda
realizadas pelo declarante cujo recebimento
tenha sido por cartão de débito ou de crédito,
discriminado por administradora(bandeira).




              Sistema Público de Escrituração Digital
Preenchimento da EFD - Pará


Registro 1900 – Indicador de Sub-apuração do
 ICMS

O contribuinte que por força de legislação for
 obrigado a realizar apuração em separado
 deverá preencher registro 1900.

O   contribuinte poderá                   realizar       até   três
 apurações em separado.



                Sistema Público de Escrituração Digital
Hedylamar Beckmann
   Auditora Fiscal de Receitas Estaduais
Coordenadora da Célula de Automação Fiscal



          E-mail corporativo

spedfiscal@sefa.pa.gov.br



           Sistema Público de Escrituração Digital

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Infofisco
 
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Wandick Rocha de Aquino
 
SEF/MG: SPED FISCAL
SEF/MG: SPED FISCALSEF/MG: SPED FISCAL
SEF/MG: SPED FISCAL
Roberto Dias Duarte
 
Apresentação SPED Contábil - Márcio Tonelli
Apresentação SPED Contábil - Márcio TonelliApresentação SPED Contábil - Márcio Tonelli
Apresentação SPED Contábil - Márcio Tonelli
Roberto Dias Duarte
 
SPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPI
SPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPISPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPI
SPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPI
Professor Edgar Madruga
 
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011
dygos2
 
2 forum sped goiania clovis
2 forum sped goiania clovis 2 forum sped goiania clovis
2 forum sped goiania clovis
Professor Edgar Madruga
 
SPED - Os Desafios dos Novos Paradigmas Fiscais
SPED - Os Desafios dos Novos Paradigmas FiscaisSPED - Os Desafios dos Novos Paradigmas Fiscais
SPED - Os Desafios dos Novos Paradigmas Fiscais
Marcelo Ribeiro
 
Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12
Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12
Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12
Wandick Rocha de Aquino
 
Palestra sped fiscal
Palestra sped fiscalPalestra sped fiscal
Palestra sped fiscal
Danilo Ferreira
 
MG - SPED Fiscal e DAPI - Manual de Orientação para o cumprimento das obrigaç...
MG - SPED Fiscal e DAPI - Manual de Orientação para o cumprimento das obrigaç...MG - SPED Fiscal e DAPI - Manual de Orientação para o cumprimento das obrigaç...
MG - SPED Fiscal e DAPI - Manual de Orientação para o cumprimento das obrigaç...
Jose Adriano Pinto
 
Práticas Tributárias - Aulas 7 e 8
Práticas Tributárias - Aulas 7 e 8Práticas Tributárias - Aulas 7 e 8
Práticas Tributárias - Aulas 7 e 8
Wandick Rocha de Aquino
 
Uma visão abrangente e direta sobre o SPED
Uma visão abrangente e direta sobre o SPEDUma visão abrangente e direta sobre o SPED
Uma visão abrangente e direta sobre o SPED
Eliton Luiz de Assis
 
Apresentação eSocial 2.0 e EFD- Reinf: Retenções e Informações_Clovis Belbute...
Apresentação eSocial 2.0 e EFD- Reinf: Retenções e Informações_Clovis Belbute...Apresentação eSocial 2.0 e EFD- Reinf: Retenções e Informações_Clovis Belbute...
Apresentação eSocial 2.0 e EFD- Reinf: Retenções e Informações_Clovis Belbute...
Tania Gurgel
 
Aula 2 práticas fiscais
Aula 2   práticas fiscaisAula 2   práticas fiscais
Aula 2 práticas fiscais
A1D4A1
 
Palestra sobre EFD ICMS/IPI - SEFA/PA
Palestra sobre EFD ICMS/IPI - SEFA/PAPalestra sobre EFD ICMS/IPI - SEFA/PA
Palestra sobre EFD ICMS/IPI - SEFA/PA
Roberto Dias Duarte
 
A SPED na Visão da Receita Federal, apresentada por Daniel Belmiro em 10 de a...
A SPED na Visão da Receita Federal, apresentada por Daniel Belmiro em 10 de a...A SPED na Visão da Receita Federal, apresentada por Daniel Belmiro em 10 de a...
A SPED na Visão da Receita Federal, apresentada por Daniel Belmiro em 10 de a...
Roberto Dias Duarte
 
Apresentação EFD - PIS COFINS
Apresentação EFD - PIS COFINSApresentação EFD - PIS COFINS
Apresentação EFD - PIS COFINS
TOTVS Connect
 
SPED / NF-e
SPED / NF-eSPED / NF-e
SPED / NF-e
GrupoFortesServicos
 
EFD-REINF: Você está preparado para essa obrigatoriedade?
EFD-REINF: Você está preparado para essa obrigatoriedade?EFD-REINF: Você está preparado para essa obrigatoriedade?
EFD-REINF: Você está preparado para essa obrigatoriedade?
Gabriela Bornhausen Branco
 

Mais procurados (20)

Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
Curso Sped Contribuições (PIS/COFINS)
 
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
Práticas Tributárias - Aulas 9 e 10
 
SEF/MG: SPED FISCAL
SEF/MG: SPED FISCALSEF/MG: SPED FISCAL
SEF/MG: SPED FISCAL
 
Apresentação SPED Contábil - Márcio Tonelli
Apresentação SPED Contábil - Márcio TonelliApresentação SPED Contábil - Márcio Tonelli
Apresentação SPED Contábil - Márcio Tonelli
 
SPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPI
SPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPISPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPI
SPED: CURSO DE SPED FISCAL ICMS IPI
 
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011
Curso de EDF - Rodrigo 09/10/2011
 
2 forum sped goiania clovis
2 forum sped goiania clovis 2 forum sped goiania clovis
2 forum sped goiania clovis
 
SPED - Os Desafios dos Novos Paradigmas Fiscais
SPED - Os Desafios dos Novos Paradigmas FiscaisSPED - Os Desafios dos Novos Paradigmas Fiscais
SPED - Os Desafios dos Novos Paradigmas Fiscais
 
Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12
Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12
Práticas Tributárias - Aulas 11 e 12
 
Palestra sped fiscal
Palestra sped fiscalPalestra sped fiscal
Palestra sped fiscal
 
MG - SPED Fiscal e DAPI - Manual de Orientação para o cumprimento das obrigaç...
MG - SPED Fiscal e DAPI - Manual de Orientação para o cumprimento das obrigaç...MG - SPED Fiscal e DAPI - Manual de Orientação para o cumprimento das obrigaç...
MG - SPED Fiscal e DAPI - Manual de Orientação para o cumprimento das obrigaç...
 
Práticas Tributárias - Aulas 7 e 8
Práticas Tributárias - Aulas 7 e 8Práticas Tributárias - Aulas 7 e 8
Práticas Tributárias - Aulas 7 e 8
 
Uma visão abrangente e direta sobre o SPED
Uma visão abrangente e direta sobre o SPEDUma visão abrangente e direta sobre o SPED
Uma visão abrangente e direta sobre o SPED
 
Apresentação eSocial 2.0 e EFD- Reinf: Retenções e Informações_Clovis Belbute...
Apresentação eSocial 2.0 e EFD- Reinf: Retenções e Informações_Clovis Belbute...Apresentação eSocial 2.0 e EFD- Reinf: Retenções e Informações_Clovis Belbute...
Apresentação eSocial 2.0 e EFD- Reinf: Retenções e Informações_Clovis Belbute...
 
Aula 2 práticas fiscais
Aula 2   práticas fiscaisAula 2   práticas fiscais
Aula 2 práticas fiscais
 
Palestra sobre EFD ICMS/IPI - SEFA/PA
Palestra sobre EFD ICMS/IPI - SEFA/PAPalestra sobre EFD ICMS/IPI - SEFA/PA
Palestra sobre EFD ICMS/IPI - SEFA/PA
 
A SPED na Visão da Receita Federal, apresentada por Daniel Belmiro em 10 de a...
A SPED na Visão da Receita Federal, apresentada por Daniel Belmiro em 10 de a...A SPED na Visão da Receita Federal, apresentada por Daniel Belmiro em 10 de a...
A SPED na Visão da Receita Federal, apresentada por Daniel Belmiro em 10 de a...
 
Apresentação EFD - PIS COFINS
Apresentação EFD - PIS COFINSApresentação EFD - PIS COFINS
Apresentação EFD - PIS COFINS
 
SPED / NF-e
SPED / NF-eSPED / NF-e
SPED / NF-e
 
EFD-REINF: Você está preparado para essa obrigatoriedade?
EFD-REINF: Você está preparado para essa obrigatoriedade?EFD-REINF: Você está preparado para essa obrigatoriedade?
EFD-REINF: Você está preparado para essa obrigatoriedade?
 

Destaque

Sped visao empreendedora Roberto Dias Duarte
Sped visao empreendedora Roberto Dias Duarte Sped visao empreendedora Roberto Dias Duarte
Sped visao empreendedora Roberto Dias Duarte
Professor Edgar Madruga
 
EFD CONTRIBUIÇÕES | MAPEAMENTO
EFD CONTRIBUIÇÕES | MAPEAMENTOEFD CONTRIBUIÇÕES | MAPEAMENTO
EFD CONTRIBUIÇÕES | MAPEAMENTO
Professor Edgar Madruga
 
Pesquisa Impactos SPED 2012
Pesquisa Impactos SPED 2012Pesquisa Impactos SPED 2012
Pesquisa Impactos SPED 2012
Professor Edgar Madruga
 
Efd social maio 2012 oficial
Efd social maio 2012 oficialEfd social maio 2012 oficial
Efd social maio 2012 oficial
Professor Edgar Madruga
 
Efd social maio 2012 oficial programa de-unificacao_do_credito
Efd social maio 2012 oficial   programa de-unificacao_do_creditoEfd social maio 2012 oficial   programa de-unificacao_do_credito
Efd social maio 2012 oficial programa de-unificacao_do_credito
Professor Edgar Madruga
 
Apresentação Sped com ênfase no controle de produção e estoque
Apresentação Sped com ênfase no controle de produção e estoqueApresentação Sped com ênfase no controle de produção e estoque
Apresentação Sped com ênfase no controle de produção e estoque
Alexandre Oliveira Barbosa
 
2 forum sped mauro negruni
2 forum sped mauro negruni2 forum sped mauro negruni
2 forum sped mauro negruni
Professor Edgar Madruga
 
2 forum sped goiania jose adriano
2 forum sped goiania  jose adriano2 forum sped goiania  jose adriano
2 forum sped goiania jose adriano
Professor Edgar Madruga
 

Destaque (8)

Sped visao empreendedora Roberto Dias Duarte
Sped visao empreendedora Roberto Dias Duarte Sped visao empreendedora Roberto Dias Duarte
Sped visao empreendedora Roberto Dias Duarte
 
EFD CONTRIBUIÇÕES | MAPEAMENTO
EFD CONTRIBUIÇÕES | MAPEAMENTOEFD CONTRIBUIÇÕES | MAPEAMENTO
EFD CONTRIBUIÇÕES | MAPEAMENTO
 
Pesquisa Impactos SPED 2012
Pesquisa Impactos SPED 2012Pesquisa Impactos SPED 2012
Pesquisa Impactos SPED 2012
 
Efd social maio 2012 oficial
Efd social maio 2012 oficialEfd social maio 2012 oficial
Efd social maio 2012 oficial
 
Efd social maio 2012 oficial programa de-unificacao_do_credito
Efd social maio 2012 oficial   programa de-unificacao_do_creditoEfd social maio 2012 oficial   programa de-unificacao_do_credito
Efd social maio 2012 oficial programa de-unificacao_do_credito
 
Apresentação Sped com ênfase no controle de produção e estoque
Apresentação Sped com ênfase no controle de produção e estoqueApresentação Sped com ênfase no controle de produção e estoque
Apresentação Sped com ênfase no controle de produção e estoque
 
2 forum sped mauro negruni
2 forum sped mauro negruni2 forum sped mauro negruni
2 forum sped mauro negruni
 
2 forum sped goiania jose adriano
2 forum sped goiania  jose adriano2 forum sped goiania  jose adriano
2 forum sped goiania jose adriano
 

Semelhante a SPED: APRESENTAÇÃO SPED FISCAL ICMS/IPI SEFAZ PA

Sped28maio2007
Sped28maio2007Sped28maio2007
Sped28maio2007
Ediane Oliveira
 
Sped28maio2007
Sped28maio2007Sped28maio2007
Sped28maio2007
Ediane Oliveira
 
O Papel do Contador na éra do SPED
O Papel do Contador na éra do SPEDO Papel do Contador na éra do SPED
O Papel do Contador na éra do SPED
Ricardo Satin, MSc, ITIL, CSM, PMP
 
Sped fiscal
Sped fiscalSped fiscal
Sped fiscal
Adelly27
 
MXM-EFD
MXM-EFDMXM-EFD
MXM-EFD
MXMSistemas
 
Palestra na Abradicon 26/09/2012 Tania Gurgel e Luis Tutomu set 2012
Palestra na Abradicon 26/09/2012 Tania Gurgel e Luis Tutomu set 2012Palestra na Abradicon 26/09/2012 Tania Gurgel e Luis Tutomu set 2012
Palestra na Abradicon 26/09/2012 Tania Gurgel e Luis Tutomu set 2012
Tania Gurgel
 
Guia pratico da_efd_versao_2_0_4
Guia pratico da_efd_versao_2_0_4Guia pratico da_efd_versao_2_0_4
Guia pratico da_efd_versao_2_0_4
andreza_aso
 
Fisco Na Era Digital Risco A Serem Evitados
Fisco Na Era Digital Risco A Serem EvitadosFisco Na Era Digital Risco A Serem Evitados
Fisco Na Era Digital Risco A Serem Evitados
Rafhael Sena
 
Guia prático SPED/EFD versao 2.0.1.a
Guia prático SPED/EFD versao 2.0.1.aGuia prático SPED/EFD versao 2.0.1.a
Guia prático SPED/EFD versao 2.0.1.a
Roberto Dias Duarte
 
Novidades e Avanços do SPED - Clóvis Belbute Peres
Novidades e Avanços do SPED - Clóvis Belbute PeresNovidades e Avanços do SPED - Clóvis Belbute Peres
Novidades e Avanços do SPED - Clóvis Belbute Peres
decision-it
 
ApresentaçãO Sped 2009 2
ApresentaçãO Sped 2009 2ApresentaçãO Sped 2009 2
ApresentaçãO Sped 2009 2
Jorge Campos
 
Oba slides - tc58 n - aula 03 .:. www.tc58n.wordpress.com
Oba   slides - tc58 n - aula 03 .:. www.tc58n.wordpress.comOba   slides - tc58 n - aula 03 .:. www.tc58n.wordpress.com
Oba slides - tc58 n - aula 03 .:. www.tc58n.wordpress.com
Claudio Parra
 
Guia pratico da_efd_versao_2_0_2
Guia pratico da_efd_versao_2_0_2Guia pratico da_efd_versao_2_0_2
Guia pratico da_efd_versao_2_0_2
Gelivaldo Filho
 
Você está preparado para o REINF?
Você está preparado para o REINF?Você está preparado para o REINF?
Você está preparado para o REINF?
Gabriela Bornhausen Branco
 
CRC/MG: Impactos do SPED Contábil na prestação de serviços contábeis
CRC/MG: Impactos do SPED Contábil na prestação de serviços contábeisCRC/MG: Impactos do SPED Contábil na prestação de serviços contábeis
CRC/MG: Impactos do SPED Contábil na prestação de serviços contábeis
Roberto Dias Duarte
 
Fisco na era digital risco a serem evitados
Fisco na era digital risco a serem evitadosFisco na era digital risco a serem evitados
Fisco na era digital risco a serem evitados
Rafhael Sena
 
Palestraspedfiscalicmsipivisão360º
Palestraspedfiscalicmsipivisão360ºPalestraspedfiscalicmsipivisão360º
Palestraspedfiscalicmsipivisão360º
Danilo Ferreira
 
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de SupermercadosPalestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
Roberto Dias Duarte
 
Apresentação Cicluss SPED Fiscal
Apresentação Cicluss SPED FiscalApresentação Cicluss SPED Fiscal
Apresentação Cicluss SPED Fiscal
Eliton Luiz de Assis
 
Práticas Financeiras e Contábeis Aulas 11 e 12
Práticas Financeiras e Contábeis Aulas 11 e 12Práticas Financeiras e Contábeis Aulas 11 e 12
Práticas Financeiras e Contábeis Aulas 11 e 12
Wandick Rocha de Aquino
 

Semelhante a SPED: APRESENTAÇÃO SPED FISCAL ICMS/IPI SEFAZ PA (20)

Sped28maio2007
Sped28maio2007Sped28maio2007
Sped28maio2007
 
Sped28maio2007
Sped28maio2007Sped28maio2007
Sped28maio2007
 
O Papel do Contador na éra do SPED
O Papel do Contador na éra do SPEDO Papel do Contador na éra do SPED
O Papel do Contador na éra do SPED
 
Sped fiscal
Sped fiscalSped fiscal
Sped fiscal
 
MXM-EFD
MXM-EFDMXM-EFD
MXM-EFD
 
Palestra na Abradicon 26/09/2012 Tania Gurgel e Luis Tutomu set 2012
Palestra na Abradicon 26/09/2012 Tania Gurgel e Luis Tutomu set 2012Palestra na Abradicon 26/09/2012 Tania Gurgel e Luis Tutomu set 2012
Palestra na Abradicon 26/09/2012 Tania Gurgel e Luis Tutomu set 2012
 
Guia pratico da_efd_versao_2_0_4
Guia pratico da_efd_versao_2_0_4Guia pratico da_efd_versao_2_0_4
Guia pratico da_efd_versao_2_0_4
 
Fisco Na Era Digital Risco A Serem Evitados
Fisco Na Era Digital Risco A Serem EvitadosFisco Na Era Digital Risco A Serem Evitados
Fisco Na Era Digital Risco A Serem Evitados
 
Guia prático SPED/EFD versao 2.0.1.a
Guia prático SPED/EFD versao 2.0.1.aGuia prático SPED/EFD versao 2.0.1.a
Guia prático SPED/EFD versao 2.0.1.a
 
Novidades e Avanços do SPED - Clóvis Belbute Peres
Novidades e Avanços do SPED - Clóvis Belbute PeresNovidades e Avanços do SPED - Clóvis Belbute Peres
Novidades e Avanços do SPED - Clóvis Belbute Peres
 
ApresentaçãO Sped 2009 2
ApresentaçãO Sped 2009 2ApresentaçãO Sped 2009 2
ApresentaçãO Sped 2009 2
 
Oba slides - tc58 n - aula 03 .:. www.tc58n.wordpress.com
Oba   slides - tc58 n - aula 03 .:. www.tc58n.wordpress.comOba   slides - tc58 n - aula 03 .:. www.tc58n.wordpress.com
Oba slides - tc58 n - aula 03 .:. www.tc58n.wordpress.com
 
Guia pratico da_efd_versao_2_0_2
Guia pratico da_efd_versao_2_0_2Guia pratico da_efd_versao_2_0_2
Guia pratico da_efd_versao_2_0_2
 
Você está preparado para o REINF?
Você está preparado para o REINF?Você está preparado para o REINF?
Você está preparado para o REINF?
 
CRC/MG: Impactos do SPED Contábil na prestação de serviços contábeis
CRC/MG: Impactos do SPED Contábil na prestação de serviços contábeisCRC/MG: Impactos do SPED Contábil na prestação de serviços contábeis
CRC/MG: Impactos do SPED Contábil na prestação de serviços contábeis
 
Fisco na era digital risco a serem evitados
Fisco na era digital risco a serem evitadosFisco na era digital risco a serem evitados
Fisco na era digital risco a serem evitados
 
Palestraspedfiscalicmsipivisão360º
Palestraspedfiscalicmsipivisão360ºPalestraspedfiscalicmsipivisão360º
Palestraspedfiscalicmsipivisão360º
 
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de SupermercadosPalestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
 
Apresentação Cicluss SPED Fiscal
Apresentação Cicluss SPED FiscalApresentação Cicluss SPED Fiscal
Apresentação Cicluss SPED Fiscal
 
Práticas Financeiras e Contábeis Aulas 11 e 12
Práticas Financeiras e Contábeis Aulas 11 e 12Práticas Financeiras e Contábeis Aulas 11 e 12
Práticas Financeiras e Contábeis Aulas 11 e 12
 

Mais de Professor Edgar Madruga

2 forum sped goiania edgar madruga
2 forum sped goiania edgar madruga2 forum sped goiania edgar madruga
2 forum sped goiania edgar madruga
Professor Edgar Madruga
 
2 forum sped fernando sampaio
2 forum sped fernando sampaio 2 forum sped fernando sampaio
2 forum sped fernando sampaio
Professor Edgar Madruga
 
2 forum sped tania gurgel
2 forum sped  tania gurgel2 forum sped  tania gurgel
2 forum sped tania gurgel
Professor Edgar Madruga
 
2 forum sped fabio almeida
2 forum sped   fabio almeida2 forum sped   fabio almeida
2 forum sped fabio almeida
Professor Edgar Madruga
 
Sped revista exame 1076 29 10-14
Sped  revista exame 1076 29 10-14Sped  revista exame 1076 29 10-14
Sped revista exame 1076 29 10-14
Professor Edgar Madruga
 
Bloco K da EFD: As empresas não estão prontas - Revista CONTAS ago-set-2014 -...
Bloco K da EFD: As empresas não estão prontas - Revista CONTAS ago-set-2014 -...Bloco K da EFD: As empresas não estão prontas - Revista CONTAS ago-set-2014 -...
Bloco K da EFD: As empresas não estão prontas - Revista CONTAS ago-set-2014 -...
Professor Edgar Madruga
 
CARTILHA NFCE SEFAZ
CARTILHA NFCE SEFAZCARTILHA NFCE SEFAZ
CARTILHA NFCE SEFAZ
Professor Edgar Madruga
 
Artigo na Revista "Contas em Revista" sobre EFD IRPJ
Artigo na Revista "Contas em Revista" sobre EFD IRPJ   Artigo na Revista "Contas em Revista" sobre EFD IRPJ
Artigo na Revista "Contas em Revista" sobre EFD IRPJ
Professor Edgar Madruga
 
Cartilha Certificacao Digital
Cartilha Certificacao DigitalCartilha Certificacao Digital
Cartilha Certificacao Digital
Professor Edgar Madruga
 
Palestra Forum SPED belem 2013
Palestra Forum SPED belem 2013Palestra Forum SPED belem 2013
Palestra Forum SPED belem 2013
Professor Edgar Madruga
 
Caderno Especial sobre SPED JORNAL DCI março 2013
Caderno Especial sobre SPED JORNAL DCI março 2013Caderno Especial sobre SPED JORNAL DCI março 2013
Caderno Especial sobre SPED JORNAL DCI março 2013
Professor Edgar Madruga
 
Guerra dos portos fórum sped Tiago Coelho
Guerra dos portos   fórum sped Tiago CoelhoGuerra dos portos   fórum sped Tiago Coelho
Guerra dos portos fórum sped Tiago Coelho
Professor Edgar Madruga
 
Apresentação EDSON LIMA taxweb fórum_palmas_29112012_alterado
Apresentação EDSON LIMA taxweb fórum_palmas_29112012_alteradoApresentação EDSON LIMA taxweb fórum_palmas_29112012_alterado
Apresentação EDSON LIMA taxweb fórum_palmas_29112012_alterado
Professor Edgar Madruga
 
EDGAR MADRUGA FORUM SPED
EDGAR MADRUGA FORUM SPEDEDGAR MADRUGA FORUM SPED
EDGAR MADRUGA FORUM SPED
Professor Edgar Madruga
 
Pesquisa Impactos do SPED 2011
Pesquisa Impactos do SPED 2011Pesquisa Impactos do SPED 2011
Pesquisa Impactos do SPED 2011
Professor Edgar Madruga
 
seminário rfb
seminário rfbseminário rfb
seminário rfb
Professor Edgar Madruga
 
Reportagem Jornal DCI - Especial Contabilidade - 21-09-12
Reportagem Jornal DCI - Especial Contabilidade - 21-09-12Reportagem Jornal DCI - Especial Contabilidade - 21-09-12
Reportagem Jornal DCI - Especial Contabilidade - 21-09-12
Professor Edgar Madruga
 
Cartilha sped roberto 2012
Cartilha sped roberto 2012Cartilha sped roberto 2012
Cartilha sped roberto 2012
Professor Edgar Madruga
 
Apresentação forum gyn Edgar Madruga
Apresentação forum gyn Edgar MadrugaApresentação forum gyn Edgar Madruga
Apresentação forum gyn Edgar Madruga
Professor Edgar Madruga
 

Mais de Professor Edgar Madruga (20)

2 forum sped goiania edgar madruga
2 forum sped goiania edgar madruga2 forum sped goiania edgar madruga
2 forum sped goiania edgar madruga
 
2 forum sped fernando sampaio
2 forum sped fernando sampaio 2 forum sped fernando sampaio
2 forum sped fernando sampaio
 
2 forum sped tania gurgel
2 forum sped  tania gurgel2 forum sped  tania gurgel
2 forum sped tania gurgel
 
2 forum sped fabio almeida
2 forum sped   fabio almeida2 forum sped   fabio almeida
2 forum sped fabio almeida
 
Sped revista exame 1076 29 10-14
Sped  revista exame 1076 29 10-14Sped  revista exame 1076 29 10-14
Sped revista exame 1076 29 10-14
 
Bloco K da EFD: As empresas não estão prontas - Revista CONTAS ago-set-2014 -...
Bloco K da EFD: As empresas não estão prontas - Revista CONTAS ago-set-2014 -...Bloco K da EFD: As empresas não estão prontas - Revista CONTAS ago-set-2014 -...
Bloco K da EFD: As empresas não estão prontas - Revista CONTAS ago-set-2014 -...
 
CARTILHA NFCE SEFAZ
CARTILHA NFCE SEFAZCARTILHA NFCE SEFAZ
CARTILHA NFCE SEFAZ
 
Artigo na Revista "Contas em Revista" sobre EFD IRPJ
Artigo na Revista "Contas em Revista" sobre EFD IRPJ   Artigo na Revista "Contas em Revista" sobre EFD IRPJ
Artigo na Revista "Contas em Revista" sobre EFD IRPJ
 
Cartilha Certificacao Digital
Cartilha Certificacao DigitalCartilha Certificacao Digital
Cartilha Certificacao Digital
 
Palestra Forum SPED belem 2013
Palestra Forum SPED belem 2013Palestra Forum SPED belem 2013
Palestra Forum SPED belem 2013
 
Caderno Especial sobre SPED JORNAL DCI março 2013
Caderno Especial sobre SPED JORNAL DCI março 2013Caderno Especial sobre SPED JORNAL DCI março 2013
Caderno Especial sobre SPED JORNAL DCI março 2013
 
Guerra dos portos fórum sped Tiago Coelho
Guerra dos portos   fórum sped Tiago CoelhoGuerra dos portos   fórum sped Tiago Coelho
Guerra dos portos fórum sped Tiago Coelho
 
Efdsocial forum sped fernando sampaio
Efdsocial forum sped fernando sampaioEfdsocial forum sped fernando sampaio
Efdsocial forum sped fernando sampaio
 
Apresentação EDSON LIMA taxweb fórum_palmas_29112012_alterado
Apresentação EDSON LIMA taxweb fórum_palmas_29112012_alteradoApresentação EDSON LIMA taxweb fórum_palmas_29112012_alterado
Apresentação EDSON LIMA taxweb fórum_palmas_29112012_alterado
 
EDGAR MADRUGA FORUM SPED
EDGAR MADRUGA FORUM SPEDEDGAR MADRUGA FORUM SPED
EDGAR MADRUGA FORUM SPED
 
Pesquisa Impactos do SPED 2011
Pesquisa Impactos do SPED 2011Pesquisa Impactos do SPED 2011
Pesquisa Impactos do SPED 2011
 
seminário rfb
seminário rfbseminário rfb
seminário rfb
 
Reportagem Jornal DCI - Especial Contabilidade - 21-09-12
Reportagem Jornal DCI - Especial Contabilidade - 21-09-12Reportagem Jornal DCI - Especial Contabilidade - 21-09-12
Reportagem Jornal DCI - Especial Contabilidade - 21-09-12
 
Cartilha sped roberto 2012
Cartilha sped roberto 2012Cartilha sped roberto 2012
Cartilha sped roberto 2012
 
Apresentação forum gyn Edgar Madruga
Apresentação forum gyn Edgar MadrugaApresentação forum gyn Edgar Madruga
Apresentação forum gyn Edgar Madruga
 

Último

Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 

Último (20)

Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 

SPED: APRESENTAÇÃO SPED FISCAL ICMS/IPI SEFAZ PA

  • 1. SECRETARIA DE ESTADO DA FAZENDA DIRETORIA DE FISCALIZAÇÃO CÉLULA DE AUTOMAÇÃO FISCAL Escrituração Fiscal Digital Hedylamar Cristina de Castro Beckmann Sistema Público de Escrituração Digital
  • 2. Evolução 2003 2004 2005 2006 2007 Emenda Constitucional nº 42 – 19/12/03  Art. 37 da Constituição Federal ... XXII - as administrações tributárias da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, exercidas por servidores de ... ... e atuarão de forma integrada, inclusive com o compartilhamento de cadastros e de informações fiscais, na forma da lei ou convênio. Sistema Público de Escrituração Digital
  • 3. Evolução 2003 2004 2005 2006 2007 Decreto Federal nº 6.022 - 22/01/07  Institui o Sistema Público de Escrituração Digital (Sped)  Objetivo: promover a atuação integrada dos fiscos, mediante a padronização e racionalização das informações e o acesso compartilhado à escrituração digital de contribuintes Sistema Público de Escrituração Digital
  • 4. Evolução 2003 2004 2005 2006 2007 Decreto Estadual 106/07 – Inclui o capítulo VI-A no RICMS RICMS – Arts. 389-A à 389-K Instrução Normativa - Dispõe sobre 08/2011 procedimentos referentes à Escrituração Fiscal Digital - EFD. Sistema Público de Escrituração Digital
  • 5. Escrituração Fiscal Digital - EFD Legislação Nacional: Ajuste SINIEF nº 02 de 2009.  O contribuinte deverá manter EFD distinta para cada estabelecimento.  O arquivo digital conterá as informações do(s) período(s) de apuração dos impostos (ICMS e IPI) ocorridos durante o mes civil e será gerado, assinado e transmitido ao Sped, devendo o contribuinte manter cópia do arquivo transmitido e os documentos fiscais que deram origem à EFD pelo decandencial. As informações devem ser prestadas pelo enfoque do declarante. (CFOP, CST e outras) Sistema Público de Escrituração Digital
  • 6. Escrituração Fiscal Digital - EFD Legislação: Convênio ICMS nº 143 de 15/12/2006 e Ajuste SINIEF nº 02 de 03/04/2009. Não se trata simplesmente de uma declaração. EFD – conceito: é da Escrituração Fiscal na forma Digital apresentada pelo contribuinte. Não apresentação da EFD equivale a não possuir escrituração fiscal. As regras de negócio aplicadas no Validador = finalidade única e exclusiva de verificar as consistências das informações prestadas pelos contribuintes Sistema Público de Escrituração Digital
  • 7. Momento da Escrituração Fiscal Digital Recibo de Entrega da EFD Sistema Público de Escrituração Digital
  • 8. Premissas Básica Integração Padronização Compartilhamento MP 2.200-2, de agosto de 2001  Institui a ICP-Brasil com o objetivo de criar no país a cadeia de certificação digital para garantir a autenticidade, a integridade e a validade jurídica de documentos em forma eletrônica.  Certificação Digital padrão ICP Brasil. Sistema Público de Escrituração Digital
  • 9. Premissas Assinatura Digital da EFD  Certificado digital – emitido sob as Normas da ICP-Brasil e-CNPJ – Um único certificado poderá assinar por toda a empresa; e-CPF do Representante legal da empresa perante a RFB; e-CPF de procurador (cadastrado no site Serviços e- CAC). Sistema Público de Escrituração Digital
  • 10. Escrituração Fiscal Digital - EFD Básica Integração Padronização Compartilhamento Decreto nº 6.022 de 2007  Base de dados única e compartilhada  Acesso compartilhado à escrituração digital de contribuintes por órgãos ou entidades legalmente autorizadas. Sistema Público de Escrituração Digital
  • 11. Premissas Básica Integração Padronização Compartilhamento Iniciativa integrada das administrações tributárias nas três esferas governamentais: Sistema Público de Escrituração Digital
  • 12. Esquema - EFD Contribuinte RFB SEFAZ Procuração Eletrônica Pará Leiaute Banco de Dados Arquivo Texto RIS Minas SPED Gerais Recepção Representante Programa Validação Legal Java Rio de Janeiro . Arquivo Original . Importar . Banco de Dados . Digitar . Download . Validar Outras . Assinar Sefaz . Visualizar Internet . Transmitir Periodicidade: MENSAL Sistema Público de Escrituração Digital
  • 13. Escrituração Fiscal Digital - EFD  EFD – ARQUIVO ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL – Arquivo enviado pelo contribuinte ao SERPRO cujo conteúdo consiste na Escrituração propriamente dita, contendo os Blocos de registros, os quais formam os Livros de Registro de Entrada, de Registro de Saída, de Apuração do ICMS e do IPI, de Registro de Inventário, do CIAP, entre outras informações.  OIE – Arquivo de Operações Interestaduais – Arquivo processado a partir da EFD, contendo as operações interestaduais do contribuinte. Assim, após a EFD ser enviada pelo contribuinte, o SERPRO processa as informações, se o contribuinte realizou operações com estabelecimentos de outra unidade federada, estas são enviadas à Secretaria de Fazenda deste estabelecimento. Sistema Público de Escrituração Digital
  • 14. Livros substituídos pela EFD CIAP Sistema Público de Escrituração Digital
  • 15. Escrituração Fiscal Digital - EFD Bloco 0 - Abertura, Identificação e Referências Bloco C - Documentos Fiscais I – Mercadorias (ICMS/IPI) Bloco D - Documentos Fiscais II – Serviços (ICMS) Bloco E - Apuração do ICMS e do IPI Bloco G - CIAP Bloco H - Inventário Físico Bloco 1 - Outras Informações Bloco 9 - Controle e Encerramento do Arquivo Digital Sistema Público de Escrituração Digital
  • 16. Programa Validador e Assinador-PVA Programa gratuito gerador, validador, assinador e transmissor da EFD que, além destas, possui outras funcionalidades. Como obter o PVA-EFD ? O PVA-EFD pode ser baixado diretamente do Portal do SPED Receita Federal ou no site da Secretaria de Estado da Fazenda. Não há controle de pedido de uso de sistema próprio para geração da EFD, bastando que o arquivo gerado seja validado, assinado e transmitido no PVA. Sistema Público de Escrituração Digital
  • 17. Evolução da Obrigatoriedade Contribuintes obrigados a EFD 2009 – 248 2010 – 592 2011 – 2927 Total: 3767 Listagem está divulgada no site da SEFA 2012 - Todos os contribuintes com regime normal de apuração Sistema Público de Escrituração Digital
  • 18. Situação da EFD na SEFA-PA Vinculação da obrigatoriedade de emissão de NFe para todos os obrigados a EFD a partir de 01 de junho 2011 - IN 03/10 (Alt. IN 09/11); Dispensa da declaração Sintegra a partir de 2011 - RICMS 389-C,§ 2º (Alt. Dec 2.661/10) e IN 06/11; Inclusão de omissos na condição de ativo não regular – IN 13/05 (Alt IN 28/10); Sistema Público de Escrituração Digital
  • 19. Situação da EFD na SEFA-PA Prazo de entrega:dia 15 do mês subsequente; Os obrigados a partir de 2011, poderão entregar os arquivos referência janeiro a julho até 15/08/2011 - IN 08/11; A obrigação EFD se estende aos estabelecimentos pertencentes ao mesmo grupo empresarial. - IN 08/11; Sistema Público de Escrituração Digital
  • 20. Situação da EFD na SEFA-PA Retificação: Atualmente a EFD pode ser retificada a qualquer tempo (proposta de alteração na COTEPE); Penalidades: Atualmente aplicam-se a EFD as mesmas penalidades referentes a escrituração manual, no que couber (proposta de penalidades específicas em tramitação); Sistema Público de Escrituração Digital
  • 21. Escrituração do Inventário – Bloco H  As informações referentes ao estoque a ser inventariado em 31 de dezembro de cada exercício, ou nas demais datas estabelecidas em legislação fiscal ou comercial, deverão ser prestadas na Escrituração Fiscal Digital - EFD no segundo mês subseqüente ao da obrigação. Desta forma, se inventariou: 31/12: EFD – Fevereiro 31/01: EFD – Março 30/06: EFD - Agosto Sistema Público de Escrituração Digital
  • 22. Preenchimento da EFD - Pará  Quando a operação ocorrer com produtos sujeitos a tributação diferenciada (antecipação, crédito presumido, compra de ativo imobilizado, entre outras), o declarante deverá preencher os dados do "Registro C195”, que equivale a observação do lançamento fiscal.  Em seguida o contribuinte deve detalhar essas outras obrigações da tributação diferenciada, utilizando para tanto os códigos específicos da tabela de "Ajustes e Informações de Valores Provenientes de Documento Fiscal“. (Registro “C197”). Sistema Público de Escrituração Digital
  • 23. Preenchimento da EFD - Pará A somatória dos valores do Registro C197 deve ser transportado para a Apuração do imposto, campo “Débitos Especiais” quando gerar obrigação tributária diferente do recolhido no ICMS Normal (1131) O campo débitos especias equivale portanto, aos valores declarados no anexo III da DIEF. Sistema Público de Escrituração Digital
  • 24. Preenchimento da EFD - Pará  O contribuinte que realizar operações de mercadorias ou prestações de serviços que gerem outras obrigações de recolhimento do ICMS fora da Apuração Normal deverá: I - utilizar um dos códigos da tabela de "Ajustes e Informações de Valores Provenientes de Documento Fiscal" (C197), onde o terceiro caractere seja igual a "7" (débitos especiais), de acordo com a origem do débito especial; II - utilizar um dos códigos da tabela de "Ajustes dos Saldos da Apuração do ICMS", onde o quarto caractere seja igual a "5" (débito especial), de acordo com a origem do débito especial. Sistema Público de Escrituração Digital
  • 25. Preenchimento da EFD Registro 1600 – Total das operações com cartão de Crédito e/ou Débito. Registro do valor total das operações de venda realizadas pelo declarante cujo recebimento tenha sido por cartão de débito ou de crédito, discriminado por administradora(bandeira). Sistema Público de Escrituração Digital
  • 26. Preenchimento da EFD - Pará Registro 1900 – Indicador de Sub-apuração do ICMS O contribuinte que por força de legislação for obrigado a realizar apuração em separado deverá preencher registro 1900. O contribuinte poderá realizar até três apurações em separado. Sistema Público de Escrituração Digital
  • 27. Hedylamar Beckmann Auditora Fiscal de Receitas Estaduais Coordenadora da Célula de Automação Fiscal E-mail corporativo spedfiscal@sefa.pa.gov.br Sistema Público de Escrituração Digital