SlideShare uma empresa Scribd logo
A importância da
leitura
A importância de se formar
leitores
 Livros – fontes de:
 Conhecimento;
 Referência;
 Prazer;
 Desenvolvimento da inteligência;
 Pensamento crítico e aberto.
A leitura nos dá a possibilidade de fazer
reflexões, estabelecer contato com
experiências vividas, transformando nosso
pensamento.
Quando nos identificamos com a obra lida,
criamos com ela certa cumplicidade,
temos vontade de que aquela história não
acabe, pois não sabemos se vamos
encontrar aquele mesmo prazer em outro
livro.
Segundo GARCIA , “aprendemos com as
leituras prazerosas, descompromissadas
ao sabor do desejo, sem preocupação em
buscar informações, em responder
perguntas. Da mesma forma, as leituras
feitas em busca de conhecimentos,
aprendizagens, dirigidas, podem causar
prazer, o prazer de aprender, de saber
mais, de descobrir coisas novas, de olhar
a vida e o mundo com outros olhos.
A experiência que a leitura
proporciona
 “Ler sobre uma tempestade não é o
mesmo que estar em uma tempestade,
mas ambas são experiências.
Respondemos emocionalmente à ambos
e podemos aprender com ambos...” Luzia
de Maria (Leitura e Colheita)
A mediação da leitura
Como tornar presente a leitura nas escolas,
nos lares, enfim, na vida das pessoas?
 Em primeiro lugar devemos acreditar no
poder transformador da leitura.
 Devemos tornar a leitura presente, de
forma agradável e livre, em todas as
etapas do processo educativo.
Segundo Daniel Pennac, “muito mais que
indicar leituras, o ideal mesmo é que o
conteúdo dos livros, com sua carga de
emoção e fascínio, seduza de tal modo
nossas crianças e jovens, sem se dar
conta, se ofereçam à felicidade de ser
leitor”.
A sedução do leitor através da palavra é uma
arte, mas que pode ser aprendida
facilmente se quem está fazendo este
papel sentir-se à vontade com a obra
escolhida.
Leitura compartilhada
Quando lemos uma história em voz alta,
damos um sentido ao texto através de
nossa voz e dos sentimentos que
passamos através dela. É através dessa
vocalização que o leitor/mediador dá alma
ao texto.
A linguagem oral está presente na vida das
pessoas antes mesmo da linguagem
escrita e o contato com histórias,
contadas ou lidas ganham vida na
imaginação e na conclusão de idéias e
pensamentos que se criam. A articulação
do texto com o leitor ou ouvinte se dá
independente da palavra escrita.
Sobre o compartilhamento da
leitura
 Funciona como um catalisador social, uma
atividade que propicia a aproximação de
professores e alunos, pais e filhos, pessoas
desconhecidas em torno de uma herança
cultural comum: os livros e suas palavras.
 Ler juntos uma história, um poema, uma
crônica, significa vivenciar sua própria cultura
como um bem comum a ser partilhada pela
comunidade.
Dois critérios básicos para esta forma de
mediação são:
- A escolha da história – deve ser escolhida
com carinho, lida previamente e ter claro
seus objetivos;
- Preparação do ambiente – deve
proporcionar aconchego, curiosidade e
possibilidade de participação.
 As escolas infelizmente ainda utilizam o
texto para práticas gramaticais e
ortográficas;
 O texto deve ser usado como prática
reflexiva e significativa;
 A leitura em voz alta deve ser usada para
compartilhar o prazer de um bom texto e
proporcionar aos leitores a reflexão sobre
as personagens e sua própria realidade.
Transformações no indivíduo
 Uma leitura pode apaziguar ou despertar
conflitos internos;
 Deve modificar pessoas;
 Tem o dom de nos tornar inconformados,
em primeiro lugar com nós mesmos e em
segundo lugar, com tudo que vemos por
aí.
 Segundo o professor e escritor Paulo
Venturelli, a partir do momento que você é
leitor, você encontra autonomia de
pensamentos. Um livro que não te muda é
um livro que não vale nada, ou que foi mal
lido. Para ele, a literatura também trabalha
na modulação da individualidade do
sujeito, que passa a ter sua própria
identidade, saindo da massificação da
informação e do senso comum.
Concluindo
O papel da mediação não é exclusivo das
instituições educativas, mas deve ser um
compromisso de toda a sociedade que
deve estar envolvida e comprometida com
o processo de desenvolvimento da
cidadania na luta pela democratização da
leitura no Brasil, assim o livro deixará de
ser privilégio de poucos e será
definitivamente incorporado à prática
comum.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A leitura
A leituraA leitura
A leitura
na educação
 
Projeto Sala de Leitura PPT
Projeto Sala de Leitura PPTProjeto Sala de Leitura PPT
Projeto Sala de Leitura PPT
LUCIA JANDER
 
LETRAMENTO LITERÁRIO
LETRAMENTO LITERÁRIOLETRAMENTO LITERÁRIO
LETRAMENTO LITERÁRIO
UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO
 
Projeto de leitura. 1º ao 9º ano
Projeto de leitura. 1º ao 9º anoProjeto de leitura. 1º ao 9º ano
Projeto de leitura. 1º ao 9º ano
jose ebner
 
PLANO DIDÁTICO ANUAL LITERATURA 1º ANO ENSINO MÉDIO
PLANO DIDÁTICO ANUAL LITERATURA 1º ANO ENSINO MÉDIOPLANO DIDÁTICO ANUAL LITERATURA 1º ANO ENSINO MÉDIO
PLANO DIDÁTICO ANUAL LITERATURA 1º ANO ENSINO MÉDIO
IFMA
 
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de textoPráticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Fernanda Tulio
 
Literatura infantil-juvenil
Literatura infantil-juvenilLiteratura infantil-juvenil
Literatura infantil-juvenil
Susanne Messias
 
Sala de leitura slide
Sala de leitura slideSala de leitura slide
Sala de leitura slide
Miquéias Lima
 
A importância da literatura na educação infantil
A importância da literatura na educação infantilA importância da literatura na educação infantil
A importância da literatura na educação infantil
Keilita Igor Fabrine
 
A Importância da Leitura
A Importância da LeituraA Importância da Leitura
A Importância da Leitura
Produções Coletivas Faculdade Sumaré
 
Desenvolvendo competencia.leitora
Desenvolvendo competencia.leitoraDesenvolvendo competencia.leitora
Desenvolvendo competencia.leitora
Fatima Costa
 
Estrategias de leitura 2
Estrategias de leitura 2Estrategias de leitura 2
Estrategias de leitura 2
alunosjdbritania
 
Projeto circuito de leitura e escrita com o uso das tecnologias
Projeto circuito de leitura e escrita com o uso das tecnologiasProjeto circuito de leitura e escrita com o uso das tecnologias
Projeto circuito de leitura e escrita com o uso das tecnologias
Nayane Mertens
 
Projeto: Despertar o prazer da leitura
Projeto: Despertar o prazer da leituraProjeto: Despertar o prazer da leitura
Projeto: Despertar o prazer da leitura
simonha
 
Incentivo à Leitura
Incentivo à LeituraIncentivo à Leitura
Incentivo à Leitura
Evaí Oliveira
 
Oficina de Descritores para professores.pptx
Oficina de Descritores para professores.pptxOficina de Descritores para professores.pptx
Oficina de Descritores para professores.pptx
MarcosdeBrito6
 
Projeto de Pesquisa: A Literatura Infantil no desenvolvimento da leitura
Projeto de Pesquisa: A Literatura Infantil no desenvolvimento da leituraProjeto de Pesquisa: A Literatura Infantil no desenvolvimento da leitura
Projeto de Pesquisa: A Literatura Infantil no desenvolvimento da leitura
Amanda Freitas
 
2ª formação leitura e escrita
2ª formação   leitura e escrita2ª formação   leitura e escrita
2ª formação leitura e escrita
PNAIC UFSCar
 
Oficina formação de leitores
Oficina formação de leitoresOficina formação de leitores
Oficina formação de leitores
Glauco Roberto Bertucci
 
Importância da leitura
Importância da leituraImportância da leitura
Importância da leitura
PBH
 

Mais procurados (20)

A leitura
A leituraA leitura
A leitura
 
Projeto Sala de Leitura PPT
Projeto Sala de Leitura PPTProjeto Sala de Leitura PPT
Projeto Sala de Leitura PPT
 
LETRAMENTO LITERÁRIO
LETRAMENTO LITERÁRIOLETRAMENTO LITERÁRIO
LETRAMENTO LITERÁRIO
 
Projeto de leitura. 1º ao 9º ano
Projeto de leitura. 1º ao 9º anoProjeto de leitura. 1º ao 9º ano
Projeto de leitura. 1º ao 9º ano
 
PLANO DIDÁTICO ANUAL LITERATURA 1º ANO ENSINO MÉDIO
PLANO DIDÁTICO ANUAL LITERATURA 1º ANO ENSINO MÉDIOPLANO DIDÁTICO ANUAL LITERATURA 1º ANO ENSINO MÉDIO
PLANO DIDÁTICO ANUAL LITERATURA 1º ANO ENSINO MÉDIO
 
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de textoPráticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
Práticas de Leitura e Práticas de Produção de texto
 
Literatura infantil-juvenil
Literatura infantil-juvenilLiteratura infantil-juvenil
Literatura infantil-juvenil
 
Sala de leitura slide
Sala de leitura slideSala de leitura slide
Sala de leitura slide
 
A importância da literatura na educação infantil
A importância da literatura na educação infantilA importância da literatura na educação infantil
A importância da literatura na educação infantil
 
A Importância da Leitura
A Importância da LeituraA Importância da Leitura
A Importância da Leitura
 
Desenvolvendo competencia.leitora
Desenvolvendo competencia.leitoraDesenvolvendo competencia.leitora
Desenvolvendo competencia.leitora
 
Estrategias de leitura 2
Estrategias de leitura 2Estrategias de leitura 2
Estrategias de leitura 2
 
Projeto circuito de leitura e escrita com o uso das tecnologias
Projeto circuito de leitura e escrita com o uso das tecnologiasProjeto circuito de leitura e escrita com o uso das tecnologias
Projeto circuito de leitura e escrita com o uso das tecnologias
 
Projeto: Despertar o prazer da leitura
Projeto: Despertar o prazer da leituraProjeto: Despertar o prazer da leitura
Projeto: Despertar o prazer da leitura
 
Incentivo à Leitura
Incentivo à LeituraIncentivo à Leitura
Incentivo à Leitura
 
Oficina de Descritores para professores.pptx
Oficina de Descritores para professores.pptxOficina de Descritores para professores.pptx
Oficina de Descritores para professores.pptx
 
Projeto de Pesquisa: A Literatura Infantil no desenvolvimento da leitura
Projeto de Pesquisa: A Literatura Infantil no desenvolvimento da leituraProjeto de Pesquisa: A Literatura Infantil no desenvolvimento da leitura
Projeto de Pesquisa: A Literatura Infantil no desenvolvimento da leitura
 
2ª formação leitura e escrita
2ª formação   leitura e escrita2ª formação   leitura e escrita
2ª formação leitura e escrita
 
Oficina formação de leitores
Oficina formação de leitoresOficina formação de leitores
Oficina formação de leitores
 
Importância da leitura
Importância da leituraImportância da leitura
Importância da leitura
 

Destaque

Incentivo a leitura
Incentivo a leituraIncentivo a leitura
Incentivo a leitura
FabianeM
 
INCENTIVO A LEITURA
INCENTIVO A LEITURAINCENTIVO A LEITURA
INCENTIVO A LEITURA
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Slide projeto de leitura
Slide projeto de leituraSlide projeto de leitura
Slide projeto de leitura
Claudia Anjos
 
Slides do projeto incentivo à leitura
Slides do projeto incentivo à leituraSlides do projeto incentivo à leitura
Slides do projeto incentivo à leitura
Mariaduraes
 
Apresentação da língua portuguesa.
Apresentação da língua portuguesa.Apresentação da língua portuguesa.
Apresentação da língua portuguesa.
Ajudar Pessoas
 
Atividades sobre Monteiro Lobato 3
Atividades sobre Monteiro Lobato 3Atividades sobre Monteiro Lobato 3
Atividades sobre Monteiro Lobato 3
Arcelino Barbosa
 
Orientação Técnica de Implantação do Sistema Inforprisma
Orientação Técnica de Implantação do Sistema InforprismaOrientação Técnica de Implantação do Sistema Inforprisma
Orientação Técnica de Implantação do Sistema Inforprisma
Alexsandro Menezes da Silva
 
Orientação técnica programa sala de leitura 2016 circuito de juventude
Orientação técnica  programa sala de leitura 2016 circuito de juventudeOrientação técnica  programa sala de leitura 2016 circuito de juventude
Orientação técnica programa sala de leitura 2016 circuito de juventude
Alexsandro Menezes da Silva
 
Incentivo à leitura e à Escrita
Incentivo à leitura e à EscritaIncentivo à leitura e à Escrita
Incentivo à leitura e à Escrita
197569
 
Mobilização Programa Sala de Leitura 2016 (Hangout)
Mobilização Programa Sala de Leitura 2016 (Hangout)Mobilização Programa Sala de Leitura 2016 (Hangout)
Mobilização Programa Sala de Leitura 2016 (Hangout)
Alexsandro Menezes da Silva
 
A importância do ato de ler
A importância do ato de lerA importância do ato de ler
Aula Biblioteca Escolar
Aula Biblioteca EscolarAula Biblioteca Escolar
Aula Biblioteca Escolar
Alexsandro Menezes da Silva
 
Roteiro Circuito da Juventude 2016
Roteiro Circuito da Juventude 2016Roteiro Circuito da Juventude 2016
Roteiro Circuito da Juventude 2016
Alexsandro Menezes da Silva
 
Slides do meu TG - Ped6651
Slides do meu TG - Ped6651Slides do meu TG - Ped6651
Slides do meu TG - Ped6651
Flavio Brim
 
A Missão social da biblioteca pública na rede social Facebook: Análise dos re...
A Missão social da biblioteca pública na rede social Facebook: Análise dos re...A Missão social da biblioteca pública na rede social Facebook: Análise dos re...
A Missão social da biblioteca pública na rede social Facebook: Análise dos re...
Luísa Alvim
 
Memória escolar
Memória escolar Memória escolar
Memória escolar
Alexsandro Menezes da Silva
 
Contação de histórias
Contação de históriasContação de histórias
Contação de histórias
Karen Kampa
 
A importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educação
A importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educaçãoA importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educação
A importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educação
Marta Pinto
 
Sistematização roda de leitura Era uma vez uma bruxa
Sistematização roda de leitura Era uma vez uma bruxaSistematização roda de leitura Era uma vez uma bruxa
Sistematização roda de leitura Era uma vez uma bruxa
Denise Oliveira
 
Planejamento anual 4 anos
Planejamento anual 4 anosPlanejamento anual 4 anos
Planejamento anual 4 anos
Marcio Moura
 

Destaque (20)

Incentivo a leitura
Incentivo a leituraIncentivo a leitura
Incentivo a leitura
 
INCENTIVO A LEITURA
INCENTIVO A LEITURAINCENTIVO A LEITURA
INCENTIVO A LEITURA
 
Slide projeto de leitura
Slide projeto de leituraSlide projeto de leitura
Slide projeto de leitura
 
Slides do projeto incentivo à leitura
Slides do projeto incentivo à leituraSlides do projeto incentivo à leitura
Slides do projeto incentivo à leitura
 
Apresentação da língua portuguesa.
Apresentação da língua portuguesa.Apresentação da língua portuguesa.
Apresentação da língua portuguesa.
 
Atividades sobre Monteiro Lobato 3
Atividades sobre Monteiro Lobato 3Atividades sobre Monteiro Lobato 3
Atividades sobre Monteiro Lobato 3
 
Orientação Técnica de Implantação do Sistema Inforprisma
Orientação Técnica de Implantação do Sistema InforprismaOrientação Técnica de Implantação do Sistema Inforprisma
Orientação Técnica de Implantação do Sistema Inforprisma
 
Orientação técnica programa sala de leitura 2016 circuito de juventude
Orientação técnica  programa sala de leitura 2016 circuito de juventudeOrientação técnica  programa sala de leitura 2016 circuito de juventude
Orientação técnica programa sala de leitura 2016 circuito de juventude
 
Incentivo à leitura e à Escrita
Incentivo à leitura e à EscritaIncentivo à leitura e à Escrita
Incentivo à leitura e à Escrita
 
Mobilização Programa Sala de Leitura 2016 (Hangout)
Mobilização Programa Sala de Leitura 2016 (Hangout)Mobilização Programa Sala de Leitura 2016 (Hangout)
Mobilização Programa Sala de Leitura 2016 (Hangout)
 
A importância do ato de ler
A importância do ato de lerA importância do ato de ler
A importância do ato de ler
 
Aula Biblioteca Escolar
Aula Biblioteca EscolarAula Biblioteca Escolar
Aula Biblioteca Escolar
 
Roteiro Circuito da Juventude 2016
Roteiro Circuito da Juventude 2016Roteiro Circuito da Juventude 2016
Roteiro Circuito da Juventude 2016
 
Slides do meu TG - Ped6651
Slides do meu TG - Ped6651Slides do meu TG - Ped6651
Slides do meu TG - Ped6651
 
A Missão social da biblioteca pública na rede social Facebook: Análise dos re...
A Missão social da biblioteca pública na rede social Facebook: Análise dos re...A Missão social da biblioteca pública na rede social Facebook: Análise dos re...
A Missão social da biblioteca pública na rede social Facebook: Análise dos re...
 
Memória escolar
Memória escolar Memória escolar
Memória escolar
 
Contação de histórias
Contação de históriasContação de histórias
Contação de histórias
 
A importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educação
A importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educaçãoA importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educação
A importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educação
 
Sistematização roda de leitura Era uma vez uma bruxa
Sistematização roda de leitura Era uma vez uma bruxaSistematização roda de leitura Era uma vez uma bruxa
Sistematização roda de leitura Era uma vez uma bruxa
 
Planejamento anual 4 anos
Planejamento anual 4 anosPlanejamento anual 4 anos
Planejamento anual 4 anos
 

Semelhante a Sobre leituras compartilhadas

Prática de metodologia do ensino de leitura
Prática de metodologia do ensino de leituraPrática de metodologia do ensino de leitura
Prática de metodologia do ensino de leitura
Jamille Rabelo
 
A literatura infantil e seu poder de formar leitores
A literatura infantil e seu poder de formar leitoresA literatura infantil e seu poder de formar leitores
A literatura infantil e seu poder de formar leitores
marcia cristina da silva souza
 
Alto Rio Possmozer
Alto Rio PossmozerAlto Rio Possmozer
Alto Rio Possmozer
Marilia Frizzera Dias
 
La vem leitura
La vem leituraLa vem leitura
La vem leitura
cefaprodematupa
 
O PRAZER DA LEITURA SE ENSINA
O PRAZER DA LEITURA SE ENSINAO PRAZER DA LEITURA SE ENSINA
O PRAZER DA LEITURA SE ENSINA
cefaprodematupa
 
Livro a voz da leitura 01
Livro a voz da leitura 01Livro a voz da leitura 01
Livro a voz da leitura 01
Paulo Sérgio
 
A leitura literária e a formação do
A leitura literária e a formação doA leitura literária e a formação do
A leitura literária e a formação do
Elis Silva
 
Alfabetização e Leitura
Alfabetização e LeituraAlfabetização e Leitura
Alfabetização e Leitura
unieubra
 
LITERATURA
LITERATURALITERATURA
LEITURA
LEITURALEITURA
Tessituras
TessiturasTessituras
Tessituras
Ana Paula Cecato
 
Sala de leitura 2012 e.e. messias freire.primeiro bimestre
Sala de leitura   2012  e.e. messias freire.primeiro bimestreSala de leitura   2012  e.e. messias freire.primeiro bimestre
Sala de leitura 2012 e.e. messias freire.primeiro bimestre
Cirlei Santos
 
Atv4marcia
Atv4marciaAtv4marcia
Leitura
LeituraLeitura
Leitura
ritaisabel
 
A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS: UMA ESTRATÉGIA PARA A FORMAÇÃO DE LEITORES
A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS:  UMA ESTRATÉGIA PARA A FORMAÇÃO DE LEITORES  A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS:  UMA ESTRATÉGIA PARA A FORMAÇÃO DE LEITORES
A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS: UMA ESTRATÉGIA PARA A FORMAÇÃO DE LEITORES
Rossita Figueira
 
linguistica textual
 linguistica textual  linguistica textual
linguistica textual
Letícia Rojas
 
Palestra de Rona Hanning para a Escola Parque Dez 09
Palestra de Rona Hanning para a Escola Parque Dez 09Palestra de Rona Hanning para a Escola Parque Dez 09
Palestra de Rona Hanning para a Escola Parque Dez 09
Crianças de Lá e de Cá Projeto Social
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
Leonice Mezomo Gotardo
 
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
EscolaMunicipalMaria16
 
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
EscolaMunicipalMaria16
 

Semelhante a Sobre leituras compartilhadas (20)

Prática de metodologia do ensino de leitura
Prática de metodologia do ensino de leituraPrática de metodologia do ensino de leitura
Prática de metodologia do ensino de leitura
 
A literatura infantil e seu poder de formar leitores
A literatura infantil e seu poder de formar leitoresA literatura infantil e seu poder de formar leitores
A literatura infantil e seu poder de formar leitores
 
Alto Rio Possmozer
Alto Rio PossmozerAlto Rio Possmozer
Alto Rio Possmozer
 
La vem leitura
La vem leituraLa vem leitura
La vem leitura
 
O PRAZER DA LEITURA SE ENSINA
O PRAZER DA LEITURA SE ENSINAO PRAZER DA LEITURA SE ENSINA
O PRAZER DA LEITURA SE ENSINA
 
Livro a voz da leitura 01
Livro a voz da leitura 01Livro a voz da leitura 01
Livro a voz da leitura 01
 
A leitura literária e a formação do
A leitura literária e a formação doA leitura literária e a formação do
A leitura literária e a formação do
 
Alfabetização e Leitura
Alfabetização e LeituraAlfabetização e Leitura
Alfabetização e Leitura
 
LITERATURA
LITERATURALITERATURA
LITERATURA
 
LEITURA
LEITURALEITURA
LEITURA
 
Tessituras
TessiturasTessituras
Tessituras
 
Sala de leitura 2012 e.e. messias freire.primeiro bimestre
Sala de leitura   2012  e.e. messias freire.primeiro bimestreSala de leitura   2012  e.e. messias freire.primeiro bimestre
Sala de leitura 2012 e.e. messias freire.primeiro bimestre
 
Atv4marcia
Atv4marciaAtv4marcia
Atv4marcia
 
Leitura
LeituraLeitura
Leitura
 
A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS: UMA ESTRATÉGIA PARA A FORMAÇÃO DE LEITORES
A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS:  UMA ESTRATÉGIA PARA A FORMAÇÃO DE LEITORES  A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS:  UMA ESTRATÉGIA PARA A FORMAÇÃO DE LEITORES
A ARTE DE CONTAR HISTÓRIAS: UMA ESTRATÉGIA PARA A FORMAÇÃO DE LEITORES
 
linguistica textual
 linguistica textual  linguistica textual
linguistica textual
 
Palestra de Rona Hanning para a Escola Parque Dez 09
Palestra de Rona Hanning para a Escola Parque Dez 09Palestra de Rona Hanning para a Escola Parque Dez 09
Palestra de Rona Hanning para a Escola Parque Dez 09
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
 
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
 

Mais de Karen Kampa

Formação bibliotecas
Formação bibliotecasFormação bibliotecas
Formação bibliotecas
Karen Kampa
 
F ormação de março RMD- LIteratura
F ormação de março  RMD- LIteraturaF ormação de março  RMD- LIteratura
F ormação de março RMD- LIteratura
Karen Kampa
 
F ormação de março rmd
F ormação de março  rmdF ormação de março  rmd
F ormação de março rmd
Karen Kampa
 
Literatura poesia
Literatura poesiaLiteratura poesia
Literatura poesia
Karen Kampa
 
Formação poesia
Formação poesiaFormação poesia
Formação poesia
Karen Kampa
 
Palestra domingos
Palestra domingosPalestra domingos
Palestra domingos
Karen Kampa
 

Mais de Karen Kampa (6)

Formação bibliotecas
Formação bibliotecasFormação bibliotecas
Formação bibliotecas
 
F ormação de março RMD- LIteratura
F ormação de março  RMD- LIteraturaF ormação de março  RMD- LIteratura
F ormação de março RMD- LIteratura
 
F ormação de março rmd
F ormação de março  rmdF ormação de março  rmd
F ormação de março rmd
 
Literatura poesia
Literatura poesiaLiteratura poesia
Literatura poesia
 
Formação poesia
Formação poesiaFormação poesia
Formação poesia
 
Palestra domingos
Palestra domingosPalestra domingos
Palestra domingos
 

Sobre leituras compartilhadas

  • 2. A importância de se formar leitores  Livros – fontes de:  Conhecimento;  Referência;  Prazer;  Desenvolvimento da inteligência;  Pensamento crítico e aberto.
  • 3. A leitura nos dá a possibilidade de fazer reflexões, estabelecer contato com experiências vividas, transformando nosso pensamento. Quando nos identificamos com a obra lida, criamos com ela certa cumplicidade, temos vontade de que aquela história não acabe, pois não sabemos se vamos encontrar aquele mesmo prazer em outro livro.
  • 4. Segundo GARCIA , “aprendemos com as leituras prazerosas, descompromissadas ao sabor do desejo, sem preocupação em buscar informações, em responder perguntas. Da mesma forma, as leituras feitas em busca de conhecimentos, aprendizagens, dirigidas, podem causar prazer, o prazer de aprender, de saber mais, de descobrir coisas novas, de olhar a vida e o mundo com outros olhos.
  • 5. A experiência que a leitura proporciona  “Ler sobre uma tempestade não é o mesmo que estar em uma tempestade, mas ambas são experiências. Respondemos emocionalmente à ambos e podemos aprender com ambos...” Luzia de Maria (Leitura e Colheita)
  • 6. A mediação da leitura Como tornar presente a leitura nas escolas, nos lares, enfim, na vida das pessoas?  Em primeiro lugar devemos acreditar no poder transformador da leitura.  Devemos tornar a leitura presente, de forma agradável e livre, em todas as etapas do processo educativo.
  • 7. Segundo Daniel Pennac, “muito mais que indicar leituras, o ideal mesmo é que o conteúdo dos livros, com sua carga de emoção e fascínio, seduza de tal modo nossas crianças e jovens, sem se dar conta, se ofereçam à felicidade de ser leitor”. A sedução do leitor através da palavra é uma arte, mas que pode ser aprendida facilmente se quem está fazendo este papel sentir-se à vontade com a obra escolhida.
  • 8. Leitura compartilhada Quando lemos uma história em voz alta, damos um sentido ao texto através de nossa voz e dos sentimentos que passamos através dela. É através dessa vocalização que o leitor/mediador dá alma ao texto.
  • 9. A linguagem oral está presente na vida das pessoas antes mesmo da linguagem escrita e o contato com histórias, contadas ou lidas ganham vida na imaginação e na conclusão de idéias e pensamentos que se criam. A articulação do texto com o leitor ou ouvinte se dá independente da palavra escrita.
  • 10. Sobre o compartilhamento da leitura  Funciona como um catalisador social, uma atividade que propicia a aproximação de professores e alunos, pais e filhos, pessoas desconhecidas em torno de uma herança cultural comum: os livros e suas palavras.  Ler juntos uma história, um poema, uma crônica, significa vivenciar sua própria cultura como um bem comum a ser partilhada pela comunidade.
  • 11. Dois critérios básicos para esta forma de mediação são: - A escolha da história – deve ser escolhida com carinho, lida previamente e ter claro seus objetivos; - Preparação do ambiente – deve proporcionar aconchego, curiosidade e possibilidade de participação.
  • 12.  As escolas infelizmente ainda utilizam o texto para práticas gramaticais e ortográficas;  O texto deve ser usado como prática reflexiva e significativa;  A leitura em voz alta deve ser usada para compartilhar o prazer de um bom texto e proporcionar aos leitores a reflexão sobre as personagens e sua própria realidade.
  • 13. Transformações no indivíduo  Uma leitura pode apaziguar ou despertar conflitos internos;  Deve modificar pessoas;  Tem o dom de nos tornar inconformados, em primeiro lugar com nós mesmos e em segundo lugar, com tudo que vemos por aí.
  • 14.  Segundo o professor e escritor Paulo Venturelli, a partir do momento que você é leitor, você encontra autonomia de pensamentos. Um livro que não te muda é um livro que não vale nada, ou que foi mal lido. Para ele, a literatura também trabalha na modulação da individualidade do sujeito, que passa a ter sua própria identidade, saindo da massificação da informação e do senso comum.
  • 15. Concluindo O papel da mediação não é exclusivo das instituições educativas, mas deve ser um compromisso de toda a sociedade que deve estar envolvida e comprometida com o processo de desenvolvimento da cidadania na luta pela democratização da leitura no Brasil, assim o livro deixará de ser privilégio de poucos e será definitivamente incorporado à prática comum.