SlideShare uma empresa Scribd logo
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
COLÔNIAS ANTIGAS
Visavam o controle populacional e o estabeleci-
mento de novos mercados independentes;
Geralmente eram frutos de períodos de guerras,
disputas de poder ou crises de abastecimento;
Eram independentes tanto política quanto
economicamente dos locais de origem;
Concentraram-se nas margens do
mediterrâneo;
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
Colônias Fenícias
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
COLÔNIAS MODERNAS
 Verdadeiras extensões da economia
metropolitana, serviam exclusivamente
para o lucro dos colonizadores;
 Estavam diretamente subordinadas as
condições políticas e econômicas dos
conquistadores;
 Concentraram-se no continente
americano;
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
ESTADO ABSOLUTISTA
MERCANTILISMO
Sustenta
a nobreza
Apóia os
negócios
burgueses
OBJETIVOS MEIOS
METALISMO: Entesouramento
de metais preciosos.
Fortalecimento do poder real.
Protecionismo
Colonialismo
Pirataria
Balança
comercial
favorável.
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
DEFINIÇÃO
• conjunto de relações entre as metrópoles
e suas respectivas colônias em uma
determinada época histórica. O sistema
colonial que nos interessa abrangeu o
período entre o século XVI e o século
XVII, ou seja, faz parte do Antigo
Regime da época moderna e é conhecido
como antigo sistema colonial.
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
FUNÇÃO DA COLÔNIA
consumir (mercado) para os produtos
metropolitanos;
fornecer artigos para a metrópole e ocupação
para os trabalhadores da metrópole.
Em outras palavras, a colônia existia para
desenvolver a metrópole, principalmente
através do acúmulo de riquezas, seja através
do extrativismo ou de práticas agrícolas mais
ou menos sofisticadas.
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
NÃO SE ESQUEÇA!!!
• A COLÔNIA EXISTIA PARA
ENRIQUECER A METRÓPOLE;
• A COLÔNIA EXERCIA UM PAPEL
COMPLEMENTAR JUNTO A
ECONOMIA METROPOLITANA;
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
O SENTIDO DA COLONIZAÇÃO
• A atividade colonizadora européia aparece como
desdobramento da expansão puramente
comercial. Passou-se da circulação (comércio)
para a produção. Os dois tipos de atividade,
circulação e produção, coexistiram. Isso significa
que a economia colonial ficou atrelada ao
comércio europeu. Segundo Caio Prado Jr., o
sentido da colonização era explícito: "fornecer
produtos tropicais e minerais para o mercado
externo".
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
O SENTIDO DA COLONIZAÇÃO
• Segundo Caio Prado Jr., o
sentido da colonização era
explícito: "fornecer produtos
tropicais e minerais para o
mercado externo".
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
Assim, o antigo sistema colonial apareceu
como elemento da expansão mercantil da
Europa, regulado pelos Interesses da
burguesia comercial. A conseqüência
lógica, segundo Fernando A. Novais, foi a
colônia transformar-se em instrumento
de poder da metrópole, o fio condutor, a
prática mercantilista, visara
essencialmente o poder do próprio
Estado.
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
AS RAZÕES DA COLONIZAÇÃO
• A centralização do poder foi condição
para os países saírem em busca de novos
mercados, organizando-se, assim, as
bases do absolutismo e do capitalismo
comercial.
• Rivalidades entre os países. Portugal e
Espanha ficaram ameaçados pelo
crescimento de outras potências.
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
AS RAZÕES DA COLONIZAÇÃO
• Acordos anteriores, como o Tratado de
Tordesilhas (1494) entre Portugal e a
Espanha, começaram a ser questionados pelos
países em expansão.
• A descoberta de ouro e prata no México e no
Peru
• A crise do comércio indiano – (concorrência e
intervenção de Flandres).
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
O SISTEMA
A base do sistema colonial de
exploração era o PACTO
COLONIAL, um conjunto de
regras que o país conquistador
(metrópole) estabelecia sobre uma
nova região conquistada (colônia).
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
O SISTEMA
A principal regra era o MONOPÓLIO
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
NÃO SE ESQUEÇA!!!
• A METRÓPOLE EXERCIA O
MONOPÓLIO SOBRE A COLÔIA;
• A METRÓPOLE DETINHA O
EXCLUSIVO COMERCIAL SOBRE A
COLÔNIA;
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
O SISTEMA
O monopólio permita a exploração da
colônia pela metrópole:
A colônia só podia comercializar com a
metrópole;
A colônia sujeitava-se aos preços de
compra e venda estabelecidos pela
metrópole;
A colônia não podia concorrer com a
metrópole;
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
O SISTEMA
• As colônias de exploração foram a regra
do sistema colonial e a América foi seu
palco principal.
• As colônias produziam matérias-primas,
gêneros tropicais e metais nobres-pedras
preciosas,
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
O PLANTATION
Sistema de exploração agrícola
desenvolvido nas colônias:
• LATIFÚNDIO;
• MONOCULTURA;
• ESCRAVISMO;
• EXPORTAÇÃO;
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
COLÔNIAS DE POVOAMENTO
Exceção ao sistema colonial mercantilista,
causada
Pelos excedentes populacionais,
Pelas perseguições religiosas,
Pelo descaso da Coroa inglesa com as
terras do nordeste americano, devido ao
clima, ao solo e a ausência de riquezas;
Negligência salutar;
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
– 0
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
COLÔNIAS DE POVOAMENTO
Características:
Minifúndios;
Policultura;
Mão-de-obra familiar/assalariada;
Subsistência.
Atividades mercantis: o comércio
triangular
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
CONSEQUÊNCIAS
• Dizimação dos povos americanos (violên-
cia cultural, econômica e tecnológica);
• Expansão do conhecimento do mundo e
de outras civilizações. Novos alimentos e
produtos, tais como batata, milho,
tomate, tabaco, cacau e outros foram
incorporados à dieta dos europeus.
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
CONSEQUÊNCIAS
• No plano econômico, o afluxo das
riquezas americanas estimulou o
comércio. O eixo comercial da Europa se
deslocou do Mediterrâneo para o
Atlântico Norte.
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
CONSEQUÊNCIAS
• No entanto, o afluxo da prata e do ouro
americanos provocou a alta dos preços,
prejudicando a maioria dos habitantes da
Europa. Durante todo o século XVI, houve
várias revoltas sociais, inspiradas em motivos
religiosos, mas que tinham como principal
causa as desigualdades promovidas pelo
repentino afluxo das riquezas americanas.
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
CONSEQUÊNCIAS
• No plano político, o fluxo dos metais preciosos
americanos fortaleceu a Espanha, que se
tornou a mais poderosa nação européia. As
monarquias absolutistas da Europa se
fortaleceram com o comércio.
• No plano social, a nobreza européia entrou em
processo de decadência. Os comerciantes e
industriais enriqueceram.
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
América
Espanhola
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
Conquista das populações pré-colombianas:
- Conquista do México: Fernão Cortez e
Pedro Alvarado lideram um violento
processo de execuções, escravização e
pilhagem das riquezas do antigo Império
Asteca. (1525)
- Peru: Francisco Pizarro e Diego Almagro
iniciam a conquista e destruição do
Império Inca em 1531.
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
ORGANIZAÇÃO ECONÔMICA:
- Atividade primária: exploração das
minas de metais preciosos no México,
Bolívia e Peru.
- Atividade secundária: agricultura
(tabaco, batata, cacau, milho, canade
açúcar) e pecuária (exportação de couro,
sebo e charque).
- Mão-de-obra: indígena (a escravidão era
proibida mas existia o trabalho forçado).
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
a) Encomienda (ou Repartimiento) – sistema
mais difundido. Estabelecia o trabalho coletivo
de uma comunidade indígena colocada a serviço
de um particular enquanto este vivesse. Em troca
da concessão recebida, o encomendador devia
pagar um tributo à Coroa e dar assistência
material e espiritual (cristianizar) aos índios. Na
prática, muitos são escravizados. Sisitema extinto
em 1719 por força das pressões dos jesuítas.
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
b) Mita (ou cuatequil) – de origem inca (e
asteca), e modificado pelos espanhóis, os
índios eram escolhidos por sorteio em suas
comunidades, trabalhavam por 4 meses e
recebiam uma baixa remuneração (2/3
menos que um trabalhador livre). Muito
utilizado nas minas peruanas e mexicanas.
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
ORGANIZAÇÃO SOCIAL:
Chapetones ou Guachupines
Criollos
Negros
Cabildos ou Mestiços
Índios
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
NÃO SE ESQUEÇA!!!!:
• Chapetones: elite político-administrativa
composta por espanhóis da metrópole;
• Criollos: descendentes de espanhóis nascidos
na América, elite colonial formada pelos
grandes latifundiários e comerciantes, que
participavam das câmaras municipais;
• Cabildos, os mestiços, trabalhadores livres
mais ligados ao artesanato e funções
administrativas secundárias (capatazes);
IDADE MODERNA
SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA
ORGANIZAÇÃO POLÍTICA:
REAL E SUPREMO CONSELHO DAS ÍNDIAS
CASA DE CONTRATAÇÃO
VICE-REIS
CAPITÃES GERAIS
AUDIÊNCIAS
CABILDOS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
Aulas de História
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
harlissoncarvalho
 
Período regencial
Período regencialPeríodo regencial
Período regencial
Fabiana Tonsis
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
Portal do Vestibulando
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
eiprofessor
 
Invasão Holandesa
Invasão HolandesaInvasão Holandesa
Invasão Holandesa
Aulas de História
 
Império bizantino
Império bizantinoImpério bizantino
Império bizantino
alinemaiahistoria
 
Brasil Império - Período Regencial (1831-1840)
Brasil Império  - Período Regencial (1831-1840)Brasil Império  - Período Regencial (1831-1840)
Brasil Império - Período Regencial (1831-1840)
Isaquel Silva
 
A Era Vargas (1930 1945)-aulão
A Era Vargas (1930 1945)-aulãoA Era Vargas (1930 1945)-aulão
A Era Vargas (1930 1945)-aulão
Rodrigo Luiz
 
População mundial
População mundialPopulação mundial
População mundial
Uilson Pereira da Silva
 
Brasil colonial sociedade açucareira
Brasil colonial sociedade açucareiraBrasil colonial sociedade açucareira
Brasil colonial sociedade açucareira
Nívia Sales
 
Neocolonialismo geral2
Neocolonialismo geral2Neocolonialismo geral2
Neocolonialismo geral2
Kéliton Ferreira
 
8 2º reinado
8  2º reinado8  2º reinado
8 2º reinado
José Augusto Fiorin
 
Conflitos no oriente médio
Conflitos no oriente médioConflitos no oriente médio
Conflitos no oriente médio
Rodrigo Luiz
 
Proclamação da república
Proclamação da repúblicaProclamação da república
Proclamação da república
Fabiana Tonsis
 
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferentePPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
josafaslima
 
Mudança na europa feudal
Mudança na europa feudalMudança na europa feudal
Mudança na europa feudal
PROFºWILTONREIS
 
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da ÁsiaImperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Portal do Vestibulando
 
O império napoleônico
O império napoleônicoO império napoleônico
O império napoleônico
Edenilson Morais
 
Revoltas Coloniais
Revoltas ColoniaisRevoltas Coloniais
Revoltas Coloniais
Edenilson Morais
 

Mais procurados (20)

Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
 
Período regencial
Período regencialPeríodo regencial
Período regencial
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Invasão Holandesa
Invasão HolandesaInvasão Holandesa
Invasão Holandesa
 
Império bizantino
Império bizantinoImpério bizantino
Império bizantino
 
Brasil Império - Período Regencial (1831-1840)
Brasil Império  - Período Regencial (1831-1840)Brasil Império  - Período Regencial (1831-1840)
Brasil Império - Período Regencial (1831-1840)
 
A Era Vargas (1930 1945)-aulão
A Era Vargas (1930 1945)-aulãoA Era Vargas (1930 1945)-aulão
A Era Vargas (1930 1945)-aulão
 
População mundial
População mundialPopulação mundial
População mundial
 
Brasil colonial sociedade açucareira
Brasil colonial sociedade açucareiraBrasil colonial sociedade açucareira
Brasil colonial sociedade açucareira
 
Neocolonialismo geral2
Neocolonialismo geral2Neocolonialismo geral2
Neocolonialismo geral2
 
8 2º reinado
8  2º reinado8  2º reinado
8 2º reinado
 
Conflitos no oriente médio
Conflitos no oriente médioConflitos no oriente médio
Conflitos no oriente médio
 
Proclamação da república
Proclamação da repúblicaProclamação da república
Proclamação da república
 
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferentePPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
PPT - A 2ª. Guerra de uma forma diferente
 
Mudança na europa feudal
Mudança na europa feudalMudança na europa feudal
Mudança na europa feudal
 
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da ÁsiaImperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
 
O império napoleônico
O império napoleônicoO império napoleônico
O império napoleônico
 
Revoltas Coloniais
Revoltas ColoniaisRevoltas Coloniais
Revoltas Coloniais
 

Destaque

Brasil colonial inconfidência mineira
Brasil colonial   inconfidência mineiraBrasil colonial   inconfidência mineira
Brasil colonial inconfidência mineira
andrecarlosocosta
 
Conjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e BaianaConjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e Baiana
Aulas de História
 
Absolutismo imagens
Absolutismo imagensAbsolutismo imagens
Absolutismo imagens
andrecarlosocosta
 
Brasil colonial conjuração baiana
Brasil colonial  conjuração baianaBrasil colonial  conjuração baiana
Brasil colonial conjuração baiana
andrecarlosocosta
 
Brasil colonial
Brasil colonialBrasil colonial
Brasil colonial
UFES
 
Africa
AfricaAfrica
Mesopotâmia
MesopotâmiaMesopotâmia
Mesopotâmia
PROFºWILTONREIS
 
A carta
A cartaA carta
O Império Persa
O Império PersaO Império Persa
O Império Persa
Jorgelgl
 
A Formação das Monarquias Nacionais
A Formação das Monarquias NacionaisA Formação das Monarquias Nacionais
A Formação das Monarquias Nacionais
Gilmar Rodrigues
 
A revolução inglesa
A revolução inglesaA revolução inglesa
A revolução inglesa
Janayna Lira
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
edna2
 
Roma Antiga
Roma AntigaRoma Antiga
A revolução cientifica
A revolução cientificaA revolução cientifica
A revolução cientifica
Tiago Simoes
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Professor Marcelo
 
A Revolução industrial
A Revolução industrialA Revolução industrial
A Revolução industrial
Carlos Pinheiro
 

Destaque (16)

Brasil colonial inconfidência mineira
Brasil colonial   inconfidência mineiraBrasil colonial   inconfidência mineira
Brasil colonial inconfidência mineira
 
Conjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e BaianaConjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e Baiana
 
Absolutismo imagens
Absolutismo imagensAbsolutismo imagens
Absolutismo imagens
 
Brasil colonial conjuração baiana
Brasil colonial  conjuração baianaBrasil colonial  conjuração baiana
Brasil colonial conjuração baiana
 
Brasil colonial
Brasil colonialBrasil colonial
Brasil colonial
 
Africa
AfricaAfrica
Africa
 
Mesopotâmia
MesopotâmiaMesopotâmia
Mesopotâmia
 
A carta
A cartaA carta
A carta
 
O Império Persa
O Império PersaO Império Persa
O Império Persa
 
A Formação das Monarquias Nacionais
A Formação das Monarquias NacionaisA Formação das Monarquias Nacionais
A Formação das Monarquias Nacionais
 
A revolução inglesa
A revolução inglesaA revolução inglesa
A revolução inglesa
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
Roma Antiga
Roma AntigaRoma Antiga
Roma Antiga
 
A revolução cientifica
A revolução cientificaA revolução cientifica
A revolução cientifica
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
A Revolução industrial
A Revolução industrialA Revolução industrial
A Revolução industrial
 

Semelhante a Sistema Colonial Mercantilista (Exploração e Povoamento)

America colonial espanhola.filé
America colonial espanhola.filéAmerica colonial espanhola.filé
America colonial espanhola.filé
mundica broda
 
Pre colombianos ate euro XIX
Pre colombianos ate euro XIXPre colombianos ate euro XIX
Pre colombianos ate euro XIX
Carlos Glufke
 
Pré colombianos
Pré colombianosPré colombianos
Pré colombianos
Ramiro Bicca
 
Independência das colônias da América espanhola
Independência das colônias da América espanholaIndependência das colônias da América espanhola
Independência das colônias da América espanhola
Daniele Lopes
 
Conquista e coloniza__o_da_am_rica
Conquista e coloniza__o_da_am_ricaConquista e coloniza__o_da_am_rica
Conquista e coloniza__o_da_am_rica
Paaula Aguiar
 
Sistema colonial europeu na américa- Haiti
Sistema colonial europeu na américa- HaitiSistema colonial europeu na américa- Haiti
Sistema colonial europeu na américa- Haiti
EsposaDoDanny
 
Civilização do açúcar
Civilização do açúcarCivilização do açúcar
Civilização do açúcar
casdirair
 
CULTURAS INDIGENAS PRE COLOMBIANAS.ppt
CULTURAS INDIGENAS PRE COLOMBIANAS.pptCULTURAS INDIGENAS PRE COLOMBIANAS.ppt
CULTURAS INDIGENAS PRE COLOMBIANAS.ppt
CyrusDraks
 
Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722
Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722
Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Cpm his 2 ano - colonização da américa espanhola
Cpm   his 2 ano - colonização da américa espanholaCpm   his 2 ano - colonização da américa espanhola
Cpm his 2 ano - colonização da américa espanhola
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Conquista e coloniza__o_da_am_rica
Conquista e coloniza__o_da_am_ricaConquista e coloniza__o_da_am_rica
Conquista e coloniza__o_da_am_rica
Jamile Borges
 
América Espanhola
América EspanholaAmérica Espanhola
América Espanhola
vaniareginahistoria1
 
América précolombiana
América précolombianaAmérica précolombiana
América précolombiana
Jonathan Alves
 
Neocolonialismo e primeira guerra mundial
Neocolonialismo e primeira guerra mundialNeocolonialismo e primeira guerra mundial
Neocolonialismo e primeira guerra mundial
Alan
 
A colonização espanhola na América
A colonização espanhola na AméricaA colonização espanhola na América
A colonização espanhola na América
Educandário Imaculada Conceição
 
A Independência de Cuba
A Independência de CubaA Independência de Cuba
A Independência de Cuba
Felippe Vidal
 
Pré polo severino - colonização
Pré   polo severino - colonizaçãoPré   polo severino - colonização
Pré polo severino - colonização
Jorge Marcos Oliveira
 
A influência das ideias iluministas no brasil 8°
A influência das ideias iluministas no brasil 8°A influência das ideias iluministas no brasil 8°
A influência das ideias iluministas no brasil 8°
Josivane Love
 
Colonização da america 1
Colonização da america 1Colonização da america 1
Colonização da america 1
Etec Tereza Nunes
 
Colonização da america 1
Colonização da america 1Colonização da america 1
Colonização da america 1
Etec Tereza Nunes
 

Semelhante a Sistema Colonial Mercantilista (Exploração e Povoamento) (20)

America colonial espanhola.filé
America colonial espanhola.filéAmerica colonial espanhola.filé
America colonial espanhola.filé
 
Pre colombianos ate euro XIX
Pre colombianos ate euro XIXPre colombianos ate euro XIX
Pre colombianos ate euro XIX
 
Pré colombianos
Pré colombianosPré colombianos
Pré colombianos
 
Independência das colônias da América espanhola
Independência das colônias da América espanholaIndependência das colônias da América espanhola
Independência das colônias da América espanhola
 
Conquista e coloniza__o_da_am_rica
Conquista e coloniza__o_da_am_ricaConquista e coloniza__o_da_am_rica
Conquista e coloniza__o_da_am_rica
 
Sistema colonial europeu na américa- Haiti
Sistema colonial europeu na américa- HaitiSistema colonial europeu na américa- Haiti
Sistema colonial europeu na américa- Haiti
 
Civilização do açúcar
Civilização do açúcarCivilização do açúcar
Civilização do açúcar
 
CULTURAS INDIGENAS PRE COLOMBIANAS.ppt
CULTURAS INDIGENAS PRE COLOMBIANAS.pptCULTURAS INDIGENAS PRE COLOMBIANAS.ppt
CULTURAS INDIGENAS PRE COLOMBIANAS.ppt
 
Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722
Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722
Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722
 
Cpm his 2 ano - colonização da américa espanhola
Cpm   his 2 ano - colonização da américa espanholaCpm   his 2 ano - colonização da américa espanhola
Cpm his 2 ano - colonização da américa espanhola
 
Conquista e coloniza__o_da_am_rica
Conquista e coloniza__o_da_am_ricaConquista e coloniza__o_da_am_rica
Conquista e coloniza__o_da_am_rica
 
América Espanhola
América EspanholaAmérica Espanhola
América Espanhola
 
América précolombiana
América précolombianaAmérica précolombiana
América précolombiana
 
Neocolonialismo e primeira guerra mundial
Neocolonialismo e primeira guerra mundialNeocolonialismo e primeira guerra mundial
Neocolonialismo e primeira guerra mundial
 
A colonização espanhola na América
A colonização espanhola na AméricaA colonização espanhola na América
A colonização espanhola na América
 
A Independência de Cuba
A Independência de CubaA Independência de Cuba
A Independência de Cuba
 
Pré polo severino - colonização
Pré   polo severino - colonizaçãoPré   polo severino - colonização
Pré polo severino - colonização
 
A influência das ideias iluministas no brasil 8°
A influência das ideias iluministas no brasil 8°A influência das ideias iluministas no brasil 8°
A influência das ideias iluministas no brasil 8°
 
Colonização da america 1
Colonização da america 1Colonização da america 1
Colonização da america 1
 
Colonização da america 1
Colonização da america 1Colonização da america 1
Colonização da america 1
 

Mais de eiprofessor

Período Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I ReinadoPeríodo Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I Reinado
eiprofessor
 
História Social Inglesa (do trabalho)
História Social Inglesa (do trabalho)História Social Inglesa (do trabalho)
História Social Inglesa (do trabalho)
eiprofessor
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
eiprofessor
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
eiprofessor
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
eiprofessor
 
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no BrasilDa Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
eiprofessor
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
eiprofessor
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
eiprofessor
 
Revolução Chinesa
Revolução ChinesaRevolução Chinesa
Revolução Chinesa
eiprofessor
 
Governos Populistas
Governos PopulistasGovernos Populistas
Governos Populistas
eiprofessor
 
As Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
As Guerras de Independência da África e Sudeste AsiáticoAs Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
As Guerras de Independência da África e Sudeste Asiáticoeiprofessor
 
República Velha (Revoltas)
República Velha (Revoltas)República Velha (Revoltas)
República Velha (Revoltas)
eiprofessor
 
Era Vargas
Era VargasEra Vargas
Era Vargas
eiprofessor
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
eiprofessor
 
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas SociaisMovimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
eiprofessor
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
eiprofessor
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
eiprofessor
 
Revolucão Francesa
Revolucão FrancesaRevolucão Francesa
Revolucão Francesa
eiprofessor
 
Revolucão Industrial
Revolucão IndustrialRevolucão Industrial
Revolucão Industrial
eiprofessor
 
EUA no século XIX
EUA no século XIXEUA no século XIX
EUA no século XIX
eiprofessor
 

Mais de eiprofessor (20)

Período Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I ReinadoPeríodo Joanino, Independência e I Reinado
Período Joanino, Independência e I Reinado
 
História Social Inglesa (do trabalho)
História Social Inglesa (do trabalho)História Social Inglesa (do trabalho)
História Social Inglesa (do trabalho)
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
Nazifascismo
NazifascismoNazifascismo
Nazifascismo
 
Crise de 1929
Crise de 1929Crise de 1929
Crise de 1929
 
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no BrasilDa Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
Da Igreja a Moenda - Sociedade Colonial no Brasil
 
Revolução Russa
Revolução RussaRevolução Russa
Revolução Russa
 
Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra MundialPrimeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial
 
Revolução Chinesa
Revolução ChinesaRevolução Chinesa
Revolução Chinesa
 
Governos Populistas
Governos PopulistasGovernos Populistas
Governos Populistas
 
As Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
As Guerras de Independência da África e Sudeste AsiáticoAs Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
As Guerras de Independência da África e Sudeste Asiático
 
República Velha (Revoltas)
República Velha (Revoltas)República Velha (Revoltas)
República Velha (Revoltas)
 
Era Vargas
Era VargasEra Vargas
Era Vargas
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
 
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas SociaisMovimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
 
Era Napoleônica
Era NapoleônicaEra Napoleônica
Era Napoleônica
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
Revolucão Francesa
Revolucão FrancesaRevolucão Francesa
Revolucão Francesa
 
Revolucão Industrial
Revolucão IndustrialRevolucão Industrial
Revolucão Industrial
 
EUA no século XIX
EUA no século XIXEUA no século XIX
EUA no século XIX
 

Sistema Colonial Mercantilista (Exploração e Povoamento)

  • 2. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA COLÔNIAS ANTIGAS Visavam o controle populacional e o estabeleci- mento de novos mercados independentes; Geralmente eram frutos de períodos de guerras, disputas de poder ou crises de abastecimento; Eram independentes tanto política quanto economicamente dos locais de origem; Concentraram-se nas margens do mediterrâneo;
  • 3. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA Colônias Fenícias
  • 4. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA COLÔNIAS MODERNAS  Verdadeiras extensões da economia metropolitana, serviam exclusivamente para o lucro dos colonizadores;  Estavam diretamente subordinadas as condições políticas e econômicas dos conquistadores;  Concentraram-se no continente americano;
  • 6. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA ESTADO ABSOLUTISTA MERCANTILISMO Sustenta a nobreza Apóia os negócios burgueses OBJETIVOS MEIOS METALISMO: Entesouramento de metais preciosos. Fortalecimento do poder real. Protecionismo Colonialismo Pirataria Balança comercial favorável.
  • 7. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA DEFINIÇÃO • conjunto de relações entre as metrópoles e suas respectivas colônias em uma determinada época histórica. O sistema colonial que nos interessa abrangeu o período entre o século XVI e o século XVII, ou seja, faz parte do Antigo Regime da época moderna e é conhecido como antigo sistema colonial.
  • 8. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA FUNÇÃO DA COLÔNIA consumir (mercado) para os produtos metropolitanos; fornecer artigos para a metrópole e ocupação para os trabalhadores da metrópole. Em outras palavras, a colônia existia para desenvolver a metrópole, principalmente através do acúmulo de riquezas, seja através do extrativismo ou de práticas agrícolas mais ou menos sofisticadas.
  • 9. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA NÃO SE ESQUEÇA!!! • A COLÔNIA EXISTIA PARA ENRIQUECER A METRÓPOLE; • A COLÔNIA EXERCIA UM PAPEL COMPLEMENTAR JUNTO A ECONOMIA METROPOLITANA;
  • 10. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA O SENTIDO DA COLONIZAÇÃO • A atividade colonizadora européia aparece como desdobramento da expansão puramente comercial. Passou-se da circulação (comércio) para a produção. Os dois tipos de atividade, circulação e produção, coexistiram. Isso significa que a economia colonial ficou atrelada ao comércio europeu. Segundo Caio Prado Jr., o sentido da colonização era explícito: "fornecer produtos tropicais e minerais para o mercado externo".
  • 11. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA O SENTIDO DA COLONIZAÇÃO • Segundo Caio Prado Jr., o sentido da colonização era explícito: "fornecer produtos tropicais e minerais para o mercado externo".
  • 12. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA Assim, o antigo sistema colonial apareceu como elemento da expansão mercantil da Europa, regulado pelos Interesses da burguesia comercial. A conseqüência lógica, segundo Fernando A. Novais, foi a colônia transformar-se em instrumento de poder da metrópole, o fio condutor, a prática mercantilista, visara essencialmente o poder do próprio Estado.
  • 13. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA AS RAZÕES DA COLONIZAÇÃO • A centralização do poder foi condição para os países saírem em busca de novos mercados, organizando-se, assim, as bases do absolutismo e do capitalismo comercial. • Rivalidades entre os países. Portugal e Espanha ficaram ameaçados pelo crescimento de outras potências.
  • 14. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA AS RAZÕES DA COLONIZAÇÃO • Acordos anteriores, como o Tratado de Tordesilhas (1494) entre Portugal e a Espanha, começaram a ser questionados pelos países em expansão. • A descoberta de ouro e prata no México e no Peru • A crise do comércio indiano – (concorrência e intervenção de Flandres).
  • 15. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA O SISTEMA A base do sistema colonial de exploração era o PACTO COLONIAL, um conjunto de regras que o país conquistador (metrópole) estabelecia sobre uma nova região conquistada (colônia).
  • 16. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA O SISTEMA A principal regra era o MONOPÓLIO
  • 17. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA NÃO SE ESQUEÇA!!! • A METRÓPOLE EXERCIA O MONOPÓLIO SOBRE A COLÔIA; • A METRÓPOLE DETINHA O EXCLUSIVO COMERCIAL SOBRE A COLÔNIA;
  • 18. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA O SISTEMA O monopólio permita a exploração da colônia pela metrópole: A colônia só podia comercializar com a metrópole; A colônia sujeitava-se aos preços de compra e venda estabelecidos pela metrópole; A colônia não podia concorrer com a metrópole;
  • 19. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA O SISTEMA • As colônias de exploração foram a regra do sistema colonial e a América foi seu palco principal. • As colônias produziam matérias-primas, gêneros tropicais e metais nobres-pedras preciosas,
  • 21. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA O PLANTATION Sistema de exploração agrícola desenvolvido nas colônias: • LATIFÚNDIO; • MONOCULTURA; • ESCRAVISMO; • EXPORTAÇÃO;
  • 22. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA COLÔNIAS DE POVOAMENTO Exceção ao sistema colonial mercantilista, causada Pelos excedentes populacionais, Pelas perseguições religiosas, Pelo descaso da Coroa inglesa com as terras do nordeste americano, devido ao clima, ao solo e a ausência de riquezas; Negligência salutar;
  • 23. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA – 0
  • 24. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA COLÔNIAS DE POVOAMENTO Características: Minifúndios; Policultura; Mão-de-obra familiar/assalariada; Subsistência. Atividades mercantis: o comércio triangular
  • 26. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA CONSEQUÊNCIAS • Dizimação dos povos americanos (violên- cia cultural, econômica e tecnológica); • Expansão do conhecimento do mundo e de outras civilizações. Novos alimentos e produtos, tais como batata, milho, tomate, tabaco, cacau e outros foram incorporados à dieta dos europeus.
  • 27. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA CONSEQUÊNCIAS • No plano econômico, o afluxo das riquezas americanas estimulou o comércio. O eixo comercial da Europa se deslocou do Mediterrâneo para o Atlântico Norte.
  • 28. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA CONSEQUÊNCIAS • No entanto, o afluxo da prata e do ouro americanos provocou a alta dos preços, prejudicando a maioria dos habitantes da Europa. Durante todo o século XVI, houve várias revoltas sociais, inspiradas em motivos religiosos, mas que tinham como principal causa as desigualdades promovidas pelo repentino afluxo das riquezas americanas.
  • 29. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA CONSEQUÊNCIAS • No plano político, o fluxo dos metais preciosos americanos fortaleceu a Espanha, que se tornou a mais poderosa nação européia. As monarquias absolutistas da Europa se fortaleceram com o comércio. • No plano social, a nobreza européia entrou em processo de decadência. Os comerciantes e industriais enriqueceram.
  • 30. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA América Espanhola
  • 31. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA Conquista das populações pré-colombianas: - Conquista do México: Fernão Cortez e Pedro Alvarado lideram um violento processo de execuções, escravização e pilhagem das riquezas do antigo Império Asteca. (1525) - Peru: Francisco Pizarro e Diego Almagro iniciam a conquista e destruição do Império Inca em 1531.
  • 32. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA ORGANIZAÇÃO ECONÔMICA: - Atividade primária: exploração das minas de metais preciosos no México, Bolívia e Peru. - Atividade secundária: agricultura (tabaco, batata, cacau, milho, canade açúcar) e pecuária (exportação de couro, sebo e charque). - Mão-de-obra: indígena (a escravidão era proibida mas existia o trabalho forçado).
  • 33. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA a) Encomienda (ou Repartimiento) – sistema mais difundido. Estabelecia o trabalho coletivo de uma comunidade indígena colocada a serviço de um particular enquanto este vivesse. Em troca da concessão recebida, o encomendador devia pagar um tributo à Coroa e dar assistência material e espiritual (cristianizar) aos índios. Na prática, muitos são escravizados. Sisitema extinto em 1719 por força das pressões dos jesuítas.
  • 34. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA b) Mita (ou cuatequil) – de origem inca (e asteca), e modificado pelos espanhóis, os índios eram escolhidos por sorteio em suas comunidades, trabalhavam por 4 meses e recebiam uma baixa remuneração (2/3 menos que um trabalhador livre). Muito utilizado nas minas peruanas e mexicanas.
  • 35. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA ORGANIZAÇÃO SOCIAL: Chapetones ou Guachupines Criollos Negros Cabildos ou Mestiços Índios
  • 36. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA NÃO SE ESQUEÇA!!!!: • Chapetones: elite político-administrativa composta por espanhóis da metrópole; • Criollos: descendentes de espanhóis nascidos na América, elite colonial formada pelos grandes latifundiários e comerciantes, que participavam das câmaras municipais; • Cabildos, os mestiços, trabalhadores livres mais ligados ao artesanato e funções administrativas secundárias (capatazes);
  • 37. IDADE MODERNA SISTEMA COLONIAL MERCANTILISTA ORGANIZAÇÃO POLÍTICA: REAL E SUPREMO CONSELHO DAS ÍNDIAS CASA DE CONTRATAÇÃO VICE-REIS CAPITÃES GERAIS AUDIÊNCIAS CABILDOS