SlideShare uma empresa Scribd logo
Simbolismo
Contexto Histórico/Social politico da época
 O simbolismo foi um período de grande criatividade intelectual;

O sonho de Santa Cecília, Paul Baudry.
O sonho, o misticismo, transporte do espirito e dos sentidos
Contexto Histórico /Social politico da época
 A Europa no fim do século XIX;
 O Simbolismo consistiu numa reação;

 Uma onda de pessimismo se espalha
pela Europa;
 Por valorizar sobremaneira o mundo
interior e os valores espirituais;
 Desconfia da realidade, considera-a
enganadora;

Cartaz da Primeira Exposição Rosa
Cruz, Carlos Schwabe.
O misticismo, o sonho, a fé, a religião são
De encontrar novos caminhos. Valores
retomados numa tentativa
Características do Simbolismo
• Misticismo e espiritualismo ;
• Falta de clareza ;
• Subjetivismo;
• Musicalidade, Aliteração e Assonância;
• Sinestesia
• Maiúsculas no meio do verso
• Cor branca
O Projeto literário do Simbolismo
• Pode – se dizer que o Simbolismo e Parnasianismo Têm a mesma
origem;
• Já a denominação Simbolismo apareceu apenas em 1886, em
um artigo do escritor francês Jean Moréas;
• Assim, o Simbolismo retomou a visão Platônica ao contrapor
mundo sensível, das aparências, ao mundo das essências;
• Ideal da arte absoluta;
• A valorização dos sentidos e das sensações, correspondências entre
o mundo visível e as essências;
O Projeto literário do Simbolismo
 O poeta Mallarmé resume, de modo preciso, como os
simbolistas pretendem promover essas experiências nos
leitores.
[...] Sugerir, eis o sonho. É o uso perfeito
desse mistério que
Constitui o símbolo: evocar um objeto para
mostrar um estado
d´alma ou escolher um objeto e fazê-lo
emanar um estado d´alma
mediante uma série de decifrações [...]
O sonho, de Émile Zolar, por Carlos Schwabe, 1888.
A atmosfera de sonho, presente nas obras simbolistas,
revela a dimensão que está além da realidade concreta.
Simbolismo em Portugal (1890/1915)
 Com a publicação de Oaristos, de Eugenio de Castro, em
1890,
 A França foi o berço do Simbolismo;

 Conhecidos como adeptos do
Nefelibatismo;
Os Principais Autores/Obras do simbolismo em Portugal
Eugênio de Castro (1869/1944);

Motivado pela influência recebida em sua estrada na França,
Castro, formado em Letras na Universidade de Coimbra,
inaugura o Simbolismo português com Oaristo.
Características
A produção literária de Eugênio de Castro apresenta versos
livres, vocabulário erudito, pessimismo e ambiguidade nos
temas trabalhados(blasfêmias-liturgia; ocultismo-catolicismo).

Obras
OaristoS (1890), Horas (1891), Silva e
Interlúdio (1894).

OaristoS (1890)
Antônio Nobre (1867/1900)

Obras

Só (1892)

Despedidas (1902)

Em 1892, Nobre, advogado formado em Paris, publica sua obra
mais importante: Só, uma coletânea de poemas em
que utiliza uma linguagem coloquial, para voltar ao passado, à in
fância.
Características
A produção literária de Antônio Nobre apresenta vocabulário
simples, temas coloquiais, apego à terra, às raízes populares;
descrição de seu exílio parisiense e egocentrismo.

Primeiros Versos (1921)

Alicerces (1983)
Camilo Pessanha (1871/1926)

Pessanha, estudioso da civilização chinesa, morreu em Macau.
É considerado o maior simbolista português.
Características
Suas composições trabalham temas sentimentais, apresentam
uma
musicalidade
marcante
e
uma
postura
de
resignação diante da adversidade. Esse quadro compõe imagens
fugidias, carregadas de pessimismo, e transitoriedade da vida.

Obra

Clepsidra (1920)
Simbolismo no Brasil
 Iniciado oficialmente em 1893;
 O Simbolismo no Brasil foi bastante efêmero, como na Europa,
apesar de trazer uma chama renovadora á poesia brasileira. Por
que o movimento simbolista não chegou a propagar-se?
 É importante salientar que o Simbolismo não veio para
concluir a escola antecedente (realista – naturalista –
parnasiana) e tampouco terminou com o inicio da escola
seguinte.
Os Principais Autores/Obras do simbolismo Brasileiro
José da Cruz e Souza 1861-1898;

Nasceu em Santa Catarina, no ano de 1861 e faleceu em Minas Gerais, em
1898. Apesar de ser filho de negros escravos, teve uma excelente educação,
falava francês, latim e grego. Cruz e Souza teve uma vida de padecimentos,
além de sofrer preconceitos racial. Chamado “ O Cisne Negro” ou “ Dante negro”
ele é considerado um dos maiores poetas dos Simbolismo mundial.

obras

1893 (poesia)

Características
Sua produção literária é carregada ora de erotismo e satanismo, ora de misticismo. As composições
apresentam uma visão trágica da vida e busca de transcendência (eu x mundo). O poeta, usando um
vocabulário litúrgico e apresentando obsessão pela cor branca, cria analogias e correspondências
entre o concreto e o abstrato.
Vejamos esse Poema de Cruz e Souza
“Cristais”
Mas claro e fino do que as finas pratas
O som da tua voz deliciava...
Na dolência velada das sonatas
Como um perfume a tudo perfumava.
Era um som feito luz, eram volatas
Em lânguida espiral que iluminava,
Brancas sonoridades de cascatas...
Tanta harmonia melancolizava.
Filtros sutis de melodias, de ondas
de cantos volutuosos como rodas
de silfos leves, sensuais, lascivos...

Como que anseios invisíveis, mudos,
Da brancura das sedas e veludos,
das virgindades, dos pudores vivos.
Alphonsus de Guimaraens (1870-1921);
obras
• Setenário das Dores de
Nossa Senhora (1899)
• Câmara Ardente (1899)
• Dona Mística (1899)
• Kyriale (1902)
• Pauvre Lyre (1921)

Formou-se em Direito, tendo sido promotor e juiz. A noiva morreu
quando ambos tinham dezoito anos; ele nunca superou este ocorrido, apesar
de ter-se casado e ter tido quatorze filhos. Viveu isolado do mundo literário de
sua época, o que lhe valeu o apelido de "O solitário de Mariana".
Características
Sua obra revela um apelo constante à memória e à imaginação, os
versos são melancólicos, dotados de uma musicalidade marcante.
Religião, Natureza e Arte servem de apoio para a exploração de seu
tema preferido: a morte da amada.
Simbolismo nas artes plásticas
Artistas e obras
•
•
•

Paul Gauguin;
Gustave Moreau;
Odilon Redon;

 Oriundo do impressionismo, Paul Gauguin deixa-se influenciar pelas
pinturas japonesas que aparecem na Europa, provocando verdadeiro
choque cultural;

Gauguin impressionista

Paul Gauguin Mulheres de Taiti na praia
Gauguin simbolista
Simbolismo nas artes plásticas
 Ao artista não bastava pintar a
realidade;

Gustave Moreau .A aparição (1876)

Gustave Moreau Sapho sobre a falésia (1872)

"Moça" de Odilon Redon
Simbolismo na Atualidade
 Podemos observar nos clips da cantora Lady Gaga
características que se assemelham às características do
simbolismo.

 Nos clipes da cantora podemos observar bodes, mortes,
coisas místicas e bizarras.
 Sherlock Holmes contém uma grande quantidade de temas e
símbolos tomados diretamente de sociedades secretas de
hoje.
 O simbolismos na cultura popular no dias de hoje estão cada
vez mais presentes, símbolos e mantras ocultistas pelo que
muitos chama de entretenimento.
Simbolismo na Música
Música :Hino À Lua
Hecate

Esta é a perola da noite
Símbolo de nossa solidão
Principio de melancólica energia
Majestade de obscuras emoções
Hoje eu ti adorarei
Me unirei a bruxos e demônios
Entregarei meu corpo e espírito
Ao frio beijo de teus lábios
Fogueira!
Anunciam heresias!
Ao som!
Das danças noturnas!
Ritual...
Na floresta
Reina a senhora dos eternos mistérios!
Ouça o canto de lobos louvando-te!
Pálida deusa de encantos!

Características:
•
•
•
•
•

Fusão de sensações
Misticismo e espiritualismo
Subjetivismo
Musicalidade
Atração pela morte
Poema a ser Recitado
SEMPRE
Se é certo que o amor é um bem profundo
Se é certo que o amor é um sol ardente,
Eu hei de amar-te sempre neste mundo
E sempre, sempre, sempre - eternamente.
Cruz e Souza
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA
BAHIA
CAMPUS - EUNÁPOLIS

Alunos
Gustavo Neres
Joanice Carrilho
Vitor Hugo

Profª: Keyla Rabêlo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modernismo
Modernismo Modernismo
Modernismo
Cláudia Heloísa
 
Romantismo no Brasil - 1ª geração
Romantismo no Brasil - 1ª geraçãoRomantismo no Brasil - 1ª geração
Romantismo no Brasil - 1ª geração
Quezia Neves
 
Pré modernismo-slides
Pré modernismo-slidesPré modernismo-slides
Pré modernismo-slides
Zenia Ferreira
 
Naturalismo brasileiro e português
Naturalismo brasileiro e portuguêsNaturalismo brasileiro e português
Naturalismo brasileiro e português
Colégio Santa Luzia
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
Lucas Queiroz
 
Vanguarda europeia
Vanguarda europeiaVanguarda europeia
Vanguarda europeia
Ana Batista
 
3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasil3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasil
GabrielaLimaPereira
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismo1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismo
Luciene Gomes
 
Realismo no brasil
Realismo no brasilRealismo no brasil
Realismo no brasil
Karoline Tavares
 
Literatura contemporânea
Literatura contemporâneaLiteratura contemporânea
Literatura contemporânea
Beatriz Araujo
 
Quinhentismo
Quinhentismo Quinhentismo
Quinhentismo
Cláudia Heloísa
 
Parnasianismo'
Parnasianismo'Parnasianismo'
Quinhentismo
QuinhentismoQuinhentismo
Quinhentismo
Ana Paula Brisolar
 
Arcadismo no Brasil
Arcadismo no BrasilArcadismo no Brasil
Arcadismo no Brasil
Bruna Wagner
 
Romantismo no Brasil
Romantismo no BrasilRomantismo no Brasil
Romantismo no Brasil
CrisBiagio
 
Classicismo
ClassicismoClassicismo
Classicismo
Ana Paula Brisolar
 
Arcadismo no Brasil
Arcadismo no BrasilArcadismo no Brasil
Arcadismo no Brasil
Rayane Anchieta
 
Literatura - Barroco
Literatura - BarrocoLiteratura - Barroco
Literatura - Barroco
CrisBiagio
 
Arcadismo[1]..
Arcadismo[1]..Arcadismo[1]..
Arcadismo[1]..
guesta61019
 

Mais procurados (20)

Modernismo
Modernismo Modernismo
Modernismo
 
Romantismo no Brasil - 1ª geração
Romantismo no Brasil - 1ª geraçãoRomantismo no Brasil - 1ª geração
Romantismo no Brasil - 1ª geração
 
Pré modernismo-slides
Pré modernismo-slidesPré modernismo-slides
Pré modernismo-slides
 
Naturalismo brasileiro e português
Naturalismo brasileiro e portuguêsNaturalismo brasileiro e português
Naturalismo brasileiro e português
 
Romantismo
RomantismoRomantismo
Romantismo
 
Vanguarda europeia
Vanguarda europeiaVanguarda europeia
Vanguarda europeia
 
3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasil3ª geração do romantismo no brasil
3ª geração do romantismo no brasil
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
 
1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismo1ª fase do modernismo
1ª fase do modernismo
 
Realismo no brasil
Realismo no brasilRealismo no brasil
Realismo no brasil
 
Literatura contemporânea
Literatura contemporâneaLiteratura contemporânea
Literatura contemporânea
 
Quinhentismo
Quinhentismo Quinhentismo
Quinhentismo
 
Parnasianismo'
Parnasianismo'Parnasianismo'
Parnasianismo'
 
Quinhentismo
QuinhentismoQuinhentismo
Quinhentismo
 
Arcadismo no Brasil
Arcadismo no BrasilArcadismo no Brasil
Arcadismo no Brasil
 
Romantismo no Brasil
Romantismo no BrasilRomantismo no Brasil
Romantismo no Brasil
 
Classicismo
ClassicismoClassicismo
Classicismo
 
Arcadismo no Brasil
Arcadismo no BrasilArcadismo no Brasil
Arcadismo no Brasil
 
Literatura - Barroco
Literatura - BarrocoLiteratura - Barroco
Literatura - Barroco
 
Arcadismo[1]..
Arcadismo[1]..Arcadismo[1]..
Arcadismo[1]..
 

Semelhante a Simbolismo

Simbolismo 140117175431-phpapp02
Simbolismo 140117175431-phpapp02Simbolismo 140117175431-phpapp02
Simbolismo 140117175431-phpapp02
Adriane Ferreira
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
Alef Santana
 
Simbolismo by trabalho da hora
Simbolismo by trabalho da horaSimbolismo by trabalho da hora
Simbolismo by trabalho da hora
Douglas Maga
 
Simbolismo teoria
Simbolismo teoriaSimbolismo teoria
Simbolismo teoria
VIVIAN TROMBINI
 
Instituto federal de educação, ciência e tecnologia
Instituto federal de educação, ciência e tecnologiaInstituto federal de educação, ciência e tecnologia
Instituto federal de educação, ciência e tecnologia
IFMT - Campus Juína
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
simbolismo-120918170412-phpapp02 (2).pdf
simbolismo-120918170412-phpapp02 (2).pdfsimbolismo-120918170412-phpapp02 (2).pdf
simbolismo-120918170412-phpapp02 (2).pdf
MnicaOliveira567571
 
Simbololismo
SimbololismoSimbololismo
Simbololismo
Colégio Santa Luzia
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
pedro nadin
 
Língua portuguesa
Língua portuguesaLíngua portuguesa
Língua portuguesa
Lucas Alan
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
Jubonizio
 
Simbolismo em Portugal e no Brasil
Simbolismo em Portugal e no BrasilSimbolismo em Portugal e no Brasil
Simbolismo em Portugal e no Brasil
moiseis55
 
Simbolismo em Portugal e no Brasil
Simbolismo em Portugal e no BrasilSimbolismo em Portugal e no Brasil
Simbolismo em Portugal e no Brasil
moiseis55
 
Simbolismo em Portugal e no Brasil
Simbolismo em Portugal e no BrasilSimbolismo em Portugal e no Brasil
Simbolismo em Portugal e no Brasil
moiseis55
 
Simbolismo em Portugal e no Brasil
Simbolismo em Portugal e no BrasilSimbolismo em Portugal e no Brasil
Simbolismo em Portugal e no Brasil
moiseis55
 
O que é simbolismo
O que é simbolismoO que é simbolismo
O que é simbolismo
William Barcellos
 
Realismo naturalismo
Realismo   naturalismoRealismo   naturalismo
Realismo naturalismo
nagelaviana
 
Idealismo, fuga, representação e realidade social
Idealismo, fuga, representação e realidade socialIdealismo, fuga, representação e realidade social
Idealismo, fuga, representação e realidade social
Tiffany Liu
 
Idealismo, fuga, representação e realidade social
Idealismo, fuga, representação e realidade socialIdealismo, fuga, representação e realidade social
Idealismo, fuga, representação e realidade social
Tiffany Liu
 

Semelhante a Simbolismo (20)

Simbolismo 140117175431-phpapp02
Simbolismo 140117175431-phpapp02Simbolismo 140117175431-phpapp02
Simbolismo 140117175431-phpapp02
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
 
Simbolismo by trabalho da hora
Simbolismo by trabalho da horaSimbolismo by trabalho da hora
Simbolismo by trabalho da hora
 
Simbolismo teoria
Simbolismo teoriaSimbolismo teoria
Simbolismo teoria
 
Instituto federal de educação, ciência e tecnologia
Instituto federal de educação, ciência e tecnologiaInstituto federal de educação, ciência e tecnologia
Instituto federal de educação, ciência e tecnologia
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
 
simbolismo-120918170412-phpapp02 (2).pdf
simbolismo-120918170412-phpapp02 (2).pdfsimbolismo-120918170412-phpapp02 (2).pdf
simbolismo-120918170412-phpapp02 (2).pdf
 
Simbololismo
SimbololismoSimbololismo
Simbololismo
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
 
Língua portuguesa
Língua portuguesaLíngua portuguesa
Língua portuguesa
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
 
Simbolismo em Portugal e no Brasil
Simbolismo em Portugal e no BrasilSimbolismo em Portugal e no Brasil
Simbolismo em Portugal e no Brasil
 
Simbolismo em Portugal e no Brasil
Simbolismo em Portugal e no BrasilSimbolismo em Portugal e no Brasil
Simbolismo em Portugal e no Brasil
 
Simbolismo em Portugal e no Brasil
Simbolismo em Portugal e no BrasilSimbolismo em Portugal e no Brasil
Simbolismo em Portugal e no Brasil
 
Simbolismo em Portugal e no Brasil
Simbolismo em Portugal e no BrasilSimbolismo em Portugal e no Brasil
Simbolismo em Portugal e no Brasil
 
O que é simbolismo
O que é simbolismoO que é simbolismo
O que é simbolismo
 
Realismo naturalismo
Realismo   naturalismoRealismo   naturalismo
Realismo naturalismo
 
Idealismo, fuga, representação e realidade social
Idealismo, fuga, representação e realidade socialIdealismo, fuga, representação e realidade social
Idealismo, fuga, representação e realidade social
 
Idealismo, fuga, representação e realidade social
Idealismo, fuga, representação e realidade socialIdealismo, fuga, representação e realidade social
Idealismo, fuga, representação e realidade social
 

Mais de Anjo da Luz

Teníase x cisticercose
Teníase x cisticercoseTeníase x cisticercose
Teníase x cisticercose
Anjo da Luz
 
Ginastica laboral
Ginastica laboralGinastica laboral
Ginastica laboral
Anjo da Luz
 
Sais
SaisSais
Araguaia e mato grosso do norte
Araguaia e mato grosso do norteAraguaia e mato grosso do norte
Araguaia e mato grosso do norte
Anjo da Luz
 
Racionalismo
RacionalismoRacionalismo
Racionalismo
Anjo da Luz
 
Romantismo no brasil
Romantismo no brasilRomantismo no brasil
Romantismo no brasil
Anjo da Luz
 
Reticulo endoplasmático
Reticulo endoplasmáticoReticulo endoplasmático
Reticulo endoplasmático
Anjo da Luz
 
História do atletismo e atletismo na escola
História do atletismo e atletismo na escolaHistória do atletismo e atletismo na escola
História do atletismo e atletismo na escola
Anjo da Luz
 
Preconceito e discriminação
Preconceito e discriminaçãoPreconceito e discriminação
Preconceito e discriminação
Anjo da Luz
 
Processo de independência colômbia e guatemala
Processo de independência colômbia e guatemalaProcesso de independência colômbia e guatemala
Processo de independência colômbia e guatemala
Anjo da Luz
 
Aquecimento gobal
Aquecimento gobalAquecimento gobal
Aquecimento gobal
Anjo da Luz
 
Arcadismo
ArcadismoArcadismo
Arcadismo
Anjo da Luz
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
Anjo da Luz
 

Mais de Anjo da Luz (13)

Teníase x cisticercose
Teníase x cisticercoseTeníase x cisticercose
Teníase x cisticercose
 
Ginastica laboral
Ginastica laboralGinastica laboral
Ginastica laboral
 
Sais
SaisSais
Sais
 
Araguaia e mato grosso do norte
Araguaia e mato grosso do norteAraguaia e mato grosso do norte
Araguaia e mato grosso do norte
 
Racionalismo
RacionalismoRacionalismo
Racionalismo
 
Romantismo no brasil
Romantismo no brasilRomantismo no brasil
Romantismo no brasil
 
Reticulo endoplasmático
Reticulo endoplasmáticoReticulo endoplasmático
Reticulo endoplasmático
 
História do atletismo e atletismo na escola
História do atletismo e atletismo na escolaHistória do atletismo e atletismo na escola
História do atletismo e atletismo na escola
 
Preconceito e discriminação
Preconceito e discriminaçãoPreconceito e discriminação
Preconceito e discriminação
 
Processo de independência colômbia e guatemala
Processo de independência colômbia e guatemalaProcesso de independência colômbia e guatemala
Processo de independência colômbia e guatemala
 
Aquecimento gobal
Aquecimento gobalAquecimento gobal
Aquecimento gobal
 
Arcadismo
ArcadismoArcadismo
Arcadismo
 
Obesidade
ObesidadeObesidade
Obesidade
 

Simbolismo

  • 2. Contexto Histórico/Social politico da época  O simbolismo foi um período de grande criatividade intelectual; O sonho de Santa Cecília, Paul Baudry. O sonho, o misticismo, transporte do espirito e dos sentidos
  • 3. Contexto Histórico /Social politico da época  A Europa no fim do século XIX;  O Simbolismo consistiu numa reação;  Uma onda de pessimismo se espalha pela Europa;  Por valorizar sobremaneira o mundo interior e os valores espirituais;  Desconfia da realidade, considera-a enganadora; Cartaz da Primeira Exposição Rosa Cruz, Carlos Schwabe. O misticismo, o sonho, a fé, a religião são De encontrar novos caminhos. Valores retomados numa tentativa
  • 4. Características do Simbolismo • Misticismo e espiritualismo ; • Falta de clareza ; • Subjetivismo; • Musicalidade, Aliteração e Assonância; • Sinestesia • Maiúsculas no meio do verso • Cor branca
  • 5. O Projeto literário do Simbolismo • Pode – se dizer que o Simbolismo e Parnasianismo Têm a mesma origem; • Já a denominação Simbolismo apareceu apenas em 1886, em um artigo do escritor francês Jean Moréas; • Assim, o Simbolismo retomou a visão Platônica ao contrapor mundo sensível, das aparências, ao mundo das essências; • Ideal da arte absoluta; • A valorização dos sentidos e das sensações, correspondências entre o mundo visível e as essências;
  • 6. O Projeto literário do Simbolismo  O poeta Mallarmé resume, de modo preciso, como os simbolistas pretendem promover essas experiências nos leitores. [...] Sugerir, eis o sonho. É o uso perfeito desse mistério que Constitui o símbolo: evocar um objeto para mostrar um estado d´alma ou escolher um objeto e fazê-lo emanar um estado d´alma mediante uma série de decifrações [...] O sonho, de Émile Zolar, por Carlos Schwabe, 1888. A atmosfera de sonho, presente nas obras simbolistas, revela a dimensão que está além da realidade concreta.
  • 7. Simbolismo em Portugal (1890/1915)  Com a publicação de Oaristos, de Eugenio de Castro, em 1890,  A França foi o berço do Simbolismo;  Conhecidos como adeptos do Nefelibatismo;
  • 8. Os Principais Autores/Obras do simbolismo em Portugal Eugênio de Castro (1869/1944); Motivado pela influência recebida em sua estrada na França, Castro, formado em Letras na Universidade de Coimbra, inaugura o Simbolismo português com Oaristo. Características A produção literária de Eugênio de Castro apresenta versos livres, vocabulário erudito, pessimismo e ambiguidade nos temas trabalhados(blasfêmias-liturgia; ocultismo-catolicismo). Obras OaristoS (1890), Horas (1891), Silva e Interlúdio (1894). OaristoS (1890)
  • 9. Antônio Nobre (1867/1900) Obras Só (1892) Despedidas (1902) Em 1892, Nobre, advogado formado em Paris, publica sua obra mais importante: Só, uma coletânea de poemas em que utiliza uma linguagem coloquial, para voltar ao passado, à in fância. Características A produção literária de Antônio Nobre apresenta vocabulário simples, temas coloquiais, apego à terra, às raízes populares; descrição de seu exílio parisiense e egocentrismo. Primeiros Versos (1921) Alicerces (1983)
  • 10. Camilo Pessanha (1871/1926) Pessanha, estudioso da civilização chinesa, morreu em Macau. É considerado o maior simbolista português. Características Suas composições trabalham temas sentimentais, apresentam uma musicalidade marcante e uma postura de resignação diante da adversidade. Esse quadro compõe imagens fugidias, carregadas de pessimismo, e transitoriedade da vida. Obra Clepsidra (1920)
  • 11. Simbolismo no Brasil  Iniciado oficialmente em 1893;  O Simbolismo no Brasil foi bastante efêmero, como na Europa, apesar de trazer uma chama renovadora á poesia brasileira. Por que o movimento simbolista não chegou a propagar-se?  É importante salientar que o Simbolismo não veio para concluir a escola antecedente (realista – naturalista – parnasiana) e tampouco terminou com o inicio da escola seguinte.
  • 12. Os Principais Autores/Obras do simbolismo Brasileiro José da Cruz e Souza 1861-1898; Nasceu em Santa Catarina, no ano de 1861 e faleceu em Minas Gerais, em 1898. Apesar de ser filho de negros escravos, teve uma excelente educação, falava francês, latim e grego. Cruz e Souza teve uma vida de padecimentos, além de sofrer preconceitos racial. Chamado “ O Cisne Negro” ou “ Dante negro” ele é considerado um dos maiores poetas dos Simbolismo mundial. obras 1893 (poesia) Características Sua produção literária é carregada ora de erotismo e satanismo, ora de misticismo. As composições apresentam uma visão trágica da vida e busca de transcendência (eu x mundo). O poeta, usando um vocabulário litúrgico e apresentando obsessão pela cor branca, cria analogias e correspondências entre o concreto e o abstrato.
  • 13. Vejamos esse Poema de Cruz e Souza “Cristais” Mas claro e fino do que as finas pratas O som da tua voz deliciava... Na dolência velada das sonatas Como um perfume a tudo perfumava. Era um som feito luz, eram volatas Em lânguida espiral que iluminava, Brancas sonoridades de cascatas... Tanta harmonia melancolizava. Filtros sutis de melodias, de ondas de cantos volutuosos como rodas de silfos leves, sensuais, lascivos... Como que anseios invisíveis, mudos, Da brancura das sedas e veludos, das virgindades, dos pudores vivos.
  • 14. Alphonsus de Guimaraens (1870-1921); obras • Setenário das Dores de Nossa Senhora (1899) • Câmara Ardente (1899) • Dona Mística (1899) • Kyriale (1902) • Pauvre Lyre (1921) Formou-se em Direito, tendo sido promotor e juiz. A noiva morreu quando ambos tinham dezoito anos; ele nunca superou este ocorrido, apesar de ter-se casado e ter tido quatorze filhos. Viveu isolado do mundo literário de sua época, o que lhe valeu o apelido de "O solitário de Mariana". Características Sua obra revela um apelo constante à memória e à imaginação, os versos são melancólicos, dotados de uma musicalidade marcante. Religião, Natureza e Arte servem de apoio para a exploração de seu tema preferido: a morte da amada.
  • 15. Simbolismo nas artes plásticas Artistas e obras • • • Paul Gauguin; Gustave Moreau; Odilon Redon;  Oriundo do impressionismo, Paul Gauguin deixa-se influenciar pelas pinturas japonesas que aparecem na Europa, provocando verdadeiro choque cultural; Gauguin impressionista Paul Gauguin Mulheres de Taiti na praia Gauguin simbolista
  • 16. Simbolismo nas artes plásticas  Ao artista não bastava pintar a realidade; Gustave Moreau .A aparição (1876) Gustave Moreau Sapho sobre a falésia (1872) "Moça" de Odilon Redon
  • 17. Simbolismo na Atualidade  Podemos observar nos clips da cantora Lady Gaga características que se assemelham às características do simbolismo.  Nos clipes da cantora podemos observar bodes, mortes, coisas místicas e bizarras.
  • 18.  Sherlock Holmes contém uma grande quantidade de temas e símbolos tomados diretamente de sociedades secretas de hoje.
  • 19.  O simbolismos na cultura popular no dias de hoje estão cada vez mais presentes, símbolos e mantras ocultistas pelo que muitos chama de entretenimento.
  • 20. Simbolismo na Música Música :Hino À Lua Hecate Esta é a perola da noite Símbolo de nossa solidão Principio de melancólica energia Majestade de obscuras emoções Hoje eu ti adorarei Me unirei a bruxos e demônios Entregarei meu corpo e espírito Ao frio beijo de teus lábios Fogueira! Anunciam heresias! Ao som! Das danças noturnas! Ritual... Na floresta Reina a senhora dos eternos mistérios! Ouça o canto de lobos louvando-te! Pálida deusa de encantos! Características: • • • • • Fusão de sensações Misticismo e espiritualismo Subjetivismo Musicalidade Atração pela morte
  • 21. Poema a ser Recitado SEMPRE Se é certo que o amor é um bem profundo Se é certo que o amor é um sol ardente, Eu hei de amar-te sempre neste mundo E sempre, sempre, sempre - eternamente. Cruz e Souza
  • 22. INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA BAHIA CAMPUS - EUNÁPOLIS Alunos Gustavo Neres Joanice Carrilho Vitor Hugo Profª: Keyla Rabêlo