SlideShare uma empresa Scribd logo
Eu queria dar-te um
  céu cor de rosa,
 aquele da minha
 paisagem interna,
       Poema: Sexo e amor
Amor... Nem sei ao certo o que é
Mas sexo é algo mágico, divino.
Não falo do sexo desregrado, animalesco,
              depravado,
mas do sexo que se confunde com carinho.
Amor talvez seja a última instância do sexo. O
momento em que ele cresce tanto que se sublima.
É quando nos contentamos com um olhar, um afago,
uma visita ao coração sem nada cobrar
Sexo é emoção suada;
quando o coração acelera querendo
      voltar para o começo.
Amor talvez seja quando o sexo se acalma e os
    amantes, abraçados, ficam parados
olhando nos olhos o efeito, a culminância
            do que fizeram.
Sexo é atrito, gemidos, promessas,
        corcel sem rédeas
Amor talvez seja o silêncio que
     os amantes fazem
quando ficam quietinhos, sentindo a respiração do
   outro, felizes por terem se doado por inteiro
Sexo são os aromas, os pelos
as planícies e os planaltos dos corpos
             que se tocam
Amor talvez seja quando os olhos falam
poemas que não precisam ser escritos,
         mas sussurrados.
Penetrações mentais sutis que acalmam e
         enchem de confiança.
Sexo é beijo, fantasia, labaredas que não
              queimam a pele
Amor talvez seja quando os amantes não
     necessitam mais dizer te amo
para que entendam que são amados.
Sexo é quando a gente busca Deus no outro,
         nas formas, nos poemas.
É quando precisamos pegar para crer
Amor é quando a gente O encontra em tudo
leva-O dentro de si e não precisa mais
         ver para ter certeza
Amor e sexo

                   Amor... Nem sei ao certo o que é
                   Mas sexo é algo mágico, divino.
Não falo do sexo desregrado, animalesco, depravado, mas do sexo que se
                        confunde com carinho.
 Amor talvez seja a última instância do sexo; o momento em que ele
                     cresceu tanto que se sublima
 É quando nos contentamos com um olhar, um afago, uma visita ao
                       coração sem nada cobrar
Sexo é emoção suada; quando o coração acelera querendo voltar para o
                                começo.
 Amor talvez seja quando o sexo se acalma e os amantes, abraçados,
   ficam parados olhando nos olhos o efeito, a culminância do que
                               fizeram.
         Sexo é atrito, gemidos, promessas, corcel sem rédeas
   Amor talvez seja o silêncio que os amantes fazem quando ficam
                        quietinhos, sentindo a
respiração do outro, felizes por terem se doado por inteiro.
 Sexo são os aromas, os pelos, as planícies e os planaltos dos corpos
                               que se tocam
 Amor talvez seja quando os olhos falam poemas que não precisam ser
                        escritos, mas sussurrados.
   Penetrações mentais sutis que acalmam e enchem de confiança.
        Sexo é beijo, fantasia, labaredas que não queimam a pele
Amor talvez seja quando os amantes não necessitam mais dizer te amo
                   para que entendam que são amados.
Sexo é quando a gente busca Deus no outro, nas formas, nos poemas; é
                   quando precisamos pegar para crer
Amor é quando a gente O encontra em tudo, leva-O dentro de si e não
                    precisa mais ver para ter certeza.


                      Luiz Gonzaga Pinheiro
Formatação: o caçador de imagens

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tua luz brilha
Tua luz brilhaTua luz brilha
Tua luz brilha
Angela Rocha
 
Almas Que Se Encontram
Almas Que Se EncontramAlmas Que Se Encontram
Almas Que Se Encontram
IARA FAGUNDES
 
Tua Luz Brilha
Tua Luz BrilhaTua Luz Brilha
Pordosol
PordosolPordosol
Pordosol
ilce marinho
 
Por do Sol
Por do SolPor do Sol
Por do Sol
Luiza Goes
 
Por do sol
Por do solPor do sol
Por do sol
Jean Souza
 
POR DO SOL
POR DO SOLPOR DO SOL
POR DO SOL
Marcelo Paiva
 
Por Do Sol
Por Do SolPor Do Sol
Amor é
Amor éAmor é
Amor é
Maria Góis
 
Um por do sol
Um por do solUm por do sol
Um por do sol
Anjovison .
 
Por Do Sol
Por Do SolPor Do Sol
Por Do Sol
Beatris Lopes
 
O milagre do amor
O milagre do amorO milagre do amor
O milagre do amor
Maquinista
 
O milagre do amor
O milagre do amorO milagre do amor
O milagre do amor
Maquinista
 
Retrato de poeta marcia portella
Retrato de poeta marcia portellaRetrato de poeta marcia portella
Retrato de poeta marcia portella
Luzia Gabriele
 
Almas que se encontram
Almas que se encontramAlmas que se encontram
Almas que se encontram
mariaodila
 
São delicados e sutis os fios da harmonia
São delicados e sutis os fios da harmoniaSão delicados e sutis os fios da harmonia
São delicados e sutis os fios da harmonia
Juca Pindorama
 
Tua Luz Brilha
Tua Luz BrilhaTua Luz Brilha
Tua Luz Brilha
tevescopio
 

Mais procurados (17)

Tua luz brilha
Tua luz brilhaTua luz brilha
Tua luz brilha
 
Almas Que Se Encontram
Almas Que Se EncontramAlmas Que Se Encontram
Almas Que Se Encontram
 
Tua Luz Brilha
Tua Luz BrilhaTua Luz Brilha
Tua Luz Brilha
 
Pordosol
PordosolPordosol
Pordosol
 
Por do Sol
Por do SolPor do Sol
Por do Sol
 
Por do sol
Por do solPor do sol
Por do sol
 
POR DO SOL
POR DO SOLPOR DO SOL
POR DO SOL
 
Por Do Sol
Por Do SolPor Do Sol
Por Do Sol
 
Amor é
Amor éAmor é
Amor é
 
Um por do sol
Um por do solUm por do sol
Um por do sol
 
Por Do Sol
Por Do SolPor Do Sol
Por Do Sol
 
O milagre do amor
O milagre do amorO milagre do amor
O milagre do amor
 
O milagre do amor
O milagre do amorO milagre do amor
O milagre do amor
 
Retrato de poeta marcia portella
Retrato de poeta marcia portellaRetrato de poeta marcia portella
Retrato de poeta marcia portella
 
Almas que se encontram
Almas que se encontramAlmas que se encontram
Almas que se encontram
 
São delicados e sutis os fios da harmonia
São delicados e sutis os fios da harmoniaSão delicados e sutis os fios da harmonia
São delicados e sutis os fios da harmonia
 
Tua Luz Brilha
Tua Luz BrilhaTua Luz Brilha
Tua Luz Brilha
 

Destaque

Nossos velhos i
Nossos velhos iNossos velhos i
Ad
AdAd
Hereditariedade 2007
Hereditariedade 2007Hereditariedade 2007
Hereditariedade 2007
mediateca
 
No escurinho do cinema
No escurinho do cinemaNo escurinho do cinema
No escurinho do cinema
Mensagens Virtuais
 
O que e sexo afinal
O que e sexo afinalO que e sexo afinal
O que e sexo afinal
Mensagens Virtuais
 
Sexo e evolucao walter barcelos
Sexo e evolucao   walter barcelosSexo e evolucao   walter barcelos
Sexo e evolucao walter barcelos
Francisco de Morais
 
google
googlegoogle
google
Alzira Novo
 
Educação sexual
Educação sexualEducação sexual
Educação sexual
pdrpxt5
 
Seleção Sexual - Biologia Evolutiva
Seleção Sexual - Biologia EvolutivaSeleção Sexual - Biologia Evolutiva
Seleção Sexual - Biologia Evolutiva
Rafael Gonçalves Lima
 
Componentes de la sexualidad
Componentes de la sexualidadComponentes de la sexualidad
Componentes de la sexualidad
BetoLagP
 
Componentes de la sexualidad
Componentes de la sexualidadComponentes de la sexualidad
Componentes de la sexualidad
AlexYassin
 
Tabela
TabelaTabela
Posicoes De Sexo
Posicoes De SexoPosicoes De Sexo
Posicoes De Sexo
alex
 
Análise do amor e da sexualidade no entardecer da vida
Análise do amor e da sexualidade no entardecer da vidaAnálise do amor e da sexualidade no entardecer da vida
Análise do amor e da sexualidade no entardecer da vida
Thiago de Almeida
 
Sexualidade na Terceira Idade
Sexualidade na Terceira IdadeSexualidade na Terceira Idade
Sexualidade na Terceira Idade
Ana Cristina Varandas
 
Amor e Sexo
Amor e SexoAmor e Sexo
Amor e Sexo
Marli Delucca
 
6 dados que comprovam a diferença biológica do cérebro feminino para o masculino
6 dados que comprovam a diferença biológica do cérebro feminino para o masculino6 dados que comprovam a diferença biológica do cérebro feminino para o masculino
6 dados que comprovam a diferença biológica do cérebro feminino para o masculino
Ideia de Marketing
 
Componentes de la sexualidad
Componentes de la sexualidadComponentes de la sexualidad
Componentes de la sexualidad
robinhud
 
Hermafroditismo
HermafroditismoHermafroditismo
Hermafroditismo
Leafar Osodrac
 
Sexo
SexoSexo
Sexo
unesp
 

Destaque (20)

Nossos velhos i
Nossos velhos iNossos velhos i
Nossos velhos i
 
Ad
AdAd
Ad
 
Hereditariedade 2007
Hereditariedade 2007Hereditariedade 2007
Hereditariedade 2007
 
No escurinho do cinema
No escurinho do cinemaNo escurinho do cinema
No escurinho do cinema
 
O que e sexo afinal
O que e sexo afinalO que e sexo afinal
O que e sexo afinal
 
Sexo e evolucao walter barcelos
Sexo e evolucao   walter barcelosSexo e evolucao   walter barcelos
Sexo e evolucao walter barcelos
 
google
googlegoogle
google
 
Educação sexual
Educação sexualEducação sexual
Educação sexual
 
Seleção Sexual - Biologia Evolutiva
Seleção Sexual - Biologia EvolutivaSeleção Sexual - Biologia Evolutiva
Seleção Sexual - Biologia Evolutiva
 
Componentes de la sexualidad
Componentes de la sexualidadComponentes de la sexualidad
Componentes de la sexualidad
 
Componentes de la sexualidad
Componentes de la sexualidadComponentes de la sexualidad
Componentes de la sexualidad
 
Tabela
TabelaTabela
Tabela
 
Posicoes De Sexo
Posicoes De SexoPosicoes De Sexo
Posicoes De Sexo
 
Análise do amor e da sexualidade no entardecer da vida
Análise do amor e da sexualidade no entardecer da vidaAnálise do amor e da sexualidade no entardecer da vida
Análise do amor e da sexualidade no entardecer da vida
 
Sexualidade na Terceira Idade
Sexualidade na Terceira IdadeSexualidade na Terceira Idade
Sexualidade na Terceira Idade
 
Amor e Sexo
Amor e SexoAmor e Sexo
Amor e Sexo
 
6 dados que comprovam a diferença biológica do cérebro feminino para o masculino
6 dados que comprovam a diferença biológica do cérebro feminino para o masculino6 dados que comprovam a diferença biológica do cérebro feminino para o masculino
6 dados que comprovam a diferença biológica do cérebro feminino para o masculino
 
Componentes de la sexualidad
Componentes de la sexualidadComponentes de la sexualidad
Componentes de la sexualidad
 
Hermafroditismo
HermafroditismoHermafroditismo
Hermafroditismo
 
Sexo
SexoSexo
Sexo
 

Semelhante a Sexo e amor

Fazer amor
Fazer amorFazer amor
Fazer amor
Amadeu Wolff
 
Fazer Amor
Fazer AmorFazer Amor
Fazer Amor
guest92e6ab5
 
Fazer amor
Fazer amorFazer amor
Fazer amor
Juberlania Santos
 
Amor
AmorAmor
AMOR,ALEGRIAS E LAGRIMAS
AMOR,ALEGRIAS E LAGRIMASAMOR,ALEGRIAS E LAGRIMAS
AMOR,ALEGRIAS E LAGRIMAS
Khamia carvalho
 
Amor
AmorAmor
Amor
zimbro
 
Amor
AmorAmor
Amor 1194428311575668 4
Amor 1194428311575668 4Amor 1194428311575668 4
Amor 1194428311575668 4
EMiko
 
Fazer Amor
Fazer AmorFazer Amor
Fazer Amor
Beatris Lopes
 
NIT PORTAL SOCIAL - AMAR É TUDO QUE EU SE
NIT PORTAL SOCIAL - AMAR É TUDO QUE EU SENIT PORTAL SOCIAL - AMAR É TUDO QUE EU SE
NIT PORTAL SOCIAL - AMAR É TUDO QUE EU SE
Nit Portal Social
 
Amor é fogo que arde
Amor é fogo que ardeAmor é fogo que arde
Amor é fogo que arde
Helena Coutinho
 
Eu te amo_nao_diz_tudo
Eu te amo_nao_diz_tudoEu te amo_nao_diz_tudo
Eu te amo_nao_diz_tudo
Pritty1220
 
Fazer amor e coisa seria
Fazer amor e coisa seriaFazer amor e coisa seria
Fazer amor e coisa seria
Mensagens Virtuais
 
Um coração, um cúpido e um beijo por um poema de amor em português
Um coração, um cúpido e um beijo por um poema de amor em portuguêsUm coração, um cúpido e um beijo por um poema de amor em português
Um coração, um cúpido e um beijo por um poema de amor em português
Leonor Costa
 
Amor de almas
Amor de almasAmor de almas
Amor de almas
marileneb
 
Trabalho de filosofia
Trabalho de filosofia Trabalho de filosofia
Trabalho de filosofia
filosofciclo3
 
Sublime amor
Sublime amorSublime amor
Sublime amor
Mensagens Virtuais
 
Antologia poética
Antologia poéticaAntologia poética
Antologia poética
Cesarina Sousa
 
Almas Enamoradas
Almas EnamoradasAlmas Enamoradas
Almas Enamoradas
-
 
A força do olhar
A força do olharA força do olhar
A força do olhar
Luzia Gabriele
 

Semelhante a Sexo e amor (20)

Fazer amor
Fazer amorFazer amor
Fazer amor
 
Fazer Amor
Fazer AmorFazer Amor
Fazer Amor
 
Fazer amor
Fazer amorFazer amor
Fazer amor
 
Amor
AmorAmor
Amor
 
AMOR,ALEGRIAS E LAGRIMAS
AMOR,ALEGRIAS E LAGRIMASAMOR,ALEGRIAS E LAGRIMAS
AMOR,ALEGRIAS E LAGRIMAS
 
Amor
AmorAmor
Amor
 
Amor
AmorAmor
Amor
 
Amor 1194428311575668 4
Amor 1194428311575668 4Amor 1194428311575668 4
Amor 1194428311575668 4
 
Fazer Amor
Fazer AmorFazer Amor
Fazer Amor
 
NIT PORTAL SOCIAL - AMAR É TUDO QUE EU SE
NIT PORTAL SOCIAL - AMAR É TUDO QUE EU SENIT PORTAL SOCIAL - AMAR É TUDO QUE EU SE
NIT PORTAL SOCIAL - AMAR É TUDO QUE EU SE
 
Amor é fogo que arde
Amor é fogo que ardeAmor é fogo que arde
Amor é fogo que arde
 
Eu te amo_nao_diz_tudo
Eu te amo_nao_diz_tudoEu te amo_nao_diz_tudo
Eu te amo_nao_diz_tudo
 
Fazer amor e coisa seria
Fazer amor e coisa seriaFazer amor e coisa seria
Fazer amor e coisa seria
 
Um coração, um cúpido e um beijo por um poema de amor em português
Um coração, um cúpido e um beijo por um poema de amor em portuguêsUm coração, um cúpido e um beijo por um poema de amor em português
Um coração, um cúpido e um beijo por um poema de amor em português
 
Amor de almas
Amor de almasAmor de almas
Amor de almas
 
Trabalho de filosofia
Trabalho de filosofia Trabalho de filosofia
Trabalho de filosofia
 
Sublime amor
Sublime amorSublime amor
Sublime amor
 
Antologia poética
Antologia poéticaAntologia poética
Antologia poética
 
Almas Enamoradas
Almas EnamoradasAlmas Enamoradas
Almas Enamoradas
 
A força do olhar
A força do olharA força do olhar
A força do olhar
 

Mais de Prefeitura de Fortaleza

A inocência
A inocênciaA inocência
A inocência
A inocênciaA inocência
Homenagem
HomenagemHomenagem
Deslumbramento
DeslumbramentoDeslumbramento
Deslumbramento
Prefeitura de Fortaleza
 
Saudade
SaudadeSaudade
Saudades
SaudadesSaudades
Fuga
FugaFuga
A razão
A razãoA razão
A razão
A razãoA razão
Coisas que aprendi com a vida
Coisas que aprendi com a vidaCoisas que aprendi com a vida
Coisas que aprendi com a vida
Prefeitura de Fortaleza
 
Navegante
NaveganteNavegante
Preferências
PreferênciasPreferências
Visita de um amigo
Visita de um amigoVisita de um amigo
Visita de um amigo
Prefeitura de Fortaleza
 

Mais de Prefeitura de Fortaleza (20)

A inocência
A inocênciaA inocência
A inocência
 
A inocência
A inocênciaA inocência
A inocência
 
Homenagem
HomenagemHomenagem
Homenagem
 
Deslumbramento
DeslumbramentoDeslumbramento
Deslumbramento
 
Homenagem
HomenagemHomenagem
Homenagem
 
Homenagem
HomenagemHomenagem
Homenagem
 
Homenagem
HomenagemHomenagem
Homenagem
 
Homenagem
HomenagemHomenagem
Homenagem
 
Força
ForçaForça
Força
 
Saudade
SaudadeSaudade
Saudade
 
Saudades
SaudadesSaudades
Saudades
 
Fuga
FugaFuga
Fuga
 
A razão
A razãoA razão
A razão
 
A razão
A razãoA razão
A razão
 
Força
ForçaForça
Força
 
Jacuipe
JacuipeJacuipe
Jacuipe
 
Coisas que aprendi com a vida
Coisas que aprendi com a vidaCoisas que aprendi com a vida
Coisas que aprendi com a vida
 
Navegante
NaveganteNavegante
Navegante
 
Preferências
PreferênciasPreferências
Preferências
 
Visita de um amigo
Visita de um amigoVisita de um amigo
Visita de um amigo
 

Sexo e amor

  • 1. Eu queria dar-te um céu cor de rosa, aquele da minha paisagem interna, Poema: Sexo e amor
  • 2. Amor... Nem sei ao certo o que é
  • 3. Mas sexo é algo mágico, divino.
  • 4. Não falo do sexo desregrado, animalesco, depravado,
  • 5. mas do sexo que se confunde com carinho.
  • 6. Amor talvez seja a última instância do sexo. O momento em que ele cresce tanto que se sublima.
  • 7. É quando nos contentamos com um olhar, um afago,
  • 8. uma visita ao coração sem nada cobrar
  • 10. quando o coração acelera querendo voltar para o começo.
  • 11. Amor talvez seja quando o sexo se acalma e os amantes, abraçados, ficam parados
  • 12. olhando nos olhos o efeito, a culminância do que fizeram.
  • 13. Sexo é atrito, gemidos, promessas, corcel sem rédeas
  • 14. Amor talvez seja o silêncio que os amantes fazem
  • 15. quando ficam quietinhos, sentindo a respiração do outro, felizes por terem se doado por inteiro
  • 16. Sexo são os aromas, os pelos
  • 17. as planícies e os planaltos dos corpos que se tocam
  • 18. Amor talvez seja quando os olhos falam
  • 19. poemas que não precisam ser escritos, mas sussurrados.
  • 20. Penetrações mentais sutis que acalmam e enchem de confiança.
  • 21. Sexo é beijo, fantasia, labaredas que não queimam a pele
  • 22. Amor talvez seja quando os amantes não necessitam mais dizer te amo
  • 23. para que entendam que são amados.
  • 24. Sexo é quando a gente busca Deus no outro, nas formas, nos poemas.
  • 25. É quando precisamos pegar para crer
  • 26. Amor é quando a gente O encontra em tudo
  • 27. leva-O dentro de si e não precisa mais ver para ter certeza
  • 28. Amor e sexo Amor... Nem sei ao certo o que é Mas sexo é algo mágico, divino. Não falo do sexo desregrado, animalesco, depravado, mas do sexo que se confunde com carinho. Amor talvez seja a última instância do sexo; o momento em que ele cresceu tanto que se sublima É quando nos contentamos com um olhar, um afago, uma visita ao coração sem nada cobrar Sexo é emoção suada; quando o coração acelera querendo voltar para o começo. Amor talvez seja quando o sexo se acalma e os amantes, abraçados, ficam parados olhando nos olhos o efeito, a culminância do que fizeram. Sexo é atrito, gemidos, promessas, corcel sem rédeas Amor talvez seja o silêncio que os amantes fazem quando ficam quietinhos, sentindo a
  • 29. respiração do outro, felizes por terem se doado por inteiro. Sexo são os aromas, os pelos, as planícies e os planaltos dos corpos que se tocam Amor talvez seja quando os olhos falam poemas que não precisam ser escritos, mas sussurrados. Penetrações mentais sutis que acalmam e enchem de confiança. Sexo é beijo, fantasia, labaredas que não queimam a pele Amor talvez seja quando os amantes não necessitam mais dizer te amo para que entendam que são amados. Sexo é quando a gente busca Deus no outro, nas formas, nos poemas; é quando precisamos pegar para crer Amor é quando a gente O encontra em tudo, leva-O dentro de si e não precisa mais ver para ter certeza. Luiz Gonzaga Pinheiro