SlideShare uma empresa Scribd logo
“Quando Jesus penetra o
coração de um homem,
converte-o em testemunho
vivo do bem e manda-o a
evangelizar os seus irmãos
com a própria vida...”
Emmanuel
Evangelho no Lar
138
VEJAMOS ISSO
Oração Inicial
Livro Pão Nosso, espírito
Emmanuel, psicografia de
Francisco C. Xavier
Seara Espírita a Caminho do Mestre, Domingo as 9h da manhã
https://www.facebook.com/searaespiritaacaminhodomestre/
https://www.youtube.com/channel/UCiGuBtfdvPyz9fm_w9R5Xjg
Evangelho No Lar - Pão Nosso
Geralmente, quando encarnados, sentimos vaidoso prazer em
atrair o maior número de pessoas para o nosso modo de crer.
Somos invariavelmente bons pregadores e eminentemente sutis
na criação de raciocínios que esmaguem os pontos de vista de
quantos nos não possam compreender no imediatismo da luta.
Vejamos isso 1/3
“Porque o Cristo me enviou, não para batizar, mas para
evangelizar; não em sabedoria de palavras, para que a cruz do
Cristo se não faça vã.” – Paulo. (1ª Epístola aos Coríntios, 1:17.)
No primeiro pequeno triunfo obtido, tornamo-nos operosos na
consulta aos livros santos, não para adquirir mais vasta
iluminação e, sim, com o objetivo de pesquisar as letras
humanas das divinas escrituras, buscando acentuar as
afirmativas vulneráveis de nossos opositores.
Se católicos romanos, insistimos pela observância de nossos
amigos à freqüência da missa e dos sacramentos materializados;
se adeptos das igrejas reformadas, exigimos o comparecimento
geral ao culto externo; e, se espiritistas, buscamos multiplicar
as sessões de intercâmbio com o plano invisível.
Vejamos isso 2/3
Semelhante esforço não deixa de ser louvável em algumas de suas
características, todavia, é imperioso recordar que o aprendiz do
Evangelho, quando procura sinceramente compreender o Cristo,
sente-se visceralmente renovado na conduta íntima.
Quando Jesus penetra o coração de um homem, converte-o em
testemunho vivo do bem e manda-o a evangelizar os seus irmãos
com a própria vida e, quando um homem alcança Jesus, não se
detém, pura e simplesmente, na estação das palavras brilhantes,
mas vive de acordo com o Mestre, exemplificando o trabalho e o
amor que iluminam a vida, a fim de que a glória da cruz se não
faça vã.
Vejamos isso 3/3
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos Isso
Se o Espiritismo representar apenas uma frequência
rotineira em um Centro, sem que haja um engajamento
existencial, então obrigar a criança ir a cursos de
evangelização, como se vai a um catecismo para fazer
primeira comunhão (quando os pais não são católicos
praticantes) é transformar a Doutrina num formalismo
religioso, sem um sentido mais profundo. É evidente
que tal atitude não criará convicções; ao invés,
despertará resistências.
Livro Educação Segundo o Espiritismo, Dora Incontri
Compromisso espírita de agir 1/2
A Doutrina não pode se reduzir a um catecismo periódico,
divorciado da prática existencial.
Manifesta-se aí o compromisso espírita de agir
pedagogicamente, tanto no sentido moral quanto
intelectual e mesmo estético.
Temos que estender sempre o convite a todos para
participar, sem hierarquia e sem violar consciências.
Livro Educação Segundo o Espiritismo, Dora Incontri
Compromisso espírita de agir 2/2
Estas máximas encontram sobretudo a sua aplicação no
ensinamento dos Espíritos. Quem quer que conheça os
preceitos do Cristo é seguramente culpado, se não os praticar.
Mas além de não ser suficientemente difundido o Evangelho
que os contêm, senão entre as seitas cristãs, mesmo entre
estas, quantas pessoas existem que não o lêem, e entre as que
o lêem, quantas não o compreendem! Disso resulta que as
próprias palavras de Jesus ficam perdidas para a maioria.
O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec, Cap. XVII!,
Muitos os Chamados e Pouco os Escolhidos
A quem muito foi dado, muito será pedido 1/2
... Aquele, pois, que não o põe em prática para se melhorar,
que o admira apenas como interessante e curioso, sem que seu
coração seja tocado, que não se faz menos fútil, menos
orgulhoso, menos egoísta, nem menos apegado aos bens
materiais, nem melhor para o seu próximo, é tanto mais
culpado, quanto teve maior facilidade para conhecer a verdade.
A quem muito foi dado, muito será pedido 2/2
12
Parábola dos
Trabalhadores da Última Hora
Aproxima-se o tempo em que se cumprirão as coisas
anunciadas para a transformação da Humanidade.
Ditosos serão os que houverem trabalhado no campo do
Senhor, com desinteresse e sem outro móvel, senão a caridade!
Ditosos os que hajam dito a seus irmãos:
“Trabalhemos juntos e unamos os nossos esforços,
a fim de que o Senhor, ao chegar, encontre
acabada a obra...”
O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec, capítulo XX, Os trabalhadores da última hora 13
Os Trabalhadores da Última Hora
Não olvides que o Criador atende igualmente à criação por
intermédio das Criaturas!...
Por isso mesmo, a oração de alma para alma é serviço que não
nos cabe esquecer.
Tudo na vida reage segundo o nosso modo de agir.
Cada qual de nós, em razão disso, vive cercado pelo retorno das
vibrações que emitiu, na mecânica ondulatória de nossa
exteriorização espiritual.
Recordemo-nos de que todos os nossos pensamentos e
atitudes, na força das palavras e dos atos de cada dia,
constituem apelos que endereçamos aos que nos
cercam.
No Trabalho-Oração 1/4
Livro A Verdade Responde, pelos Espíritos Emmanuel e André Luiz, Chico Xavier
A prestação de um serviço por mais humilde, sem a expectativa de
retribuição, é reserva de simpatia.
A frase que estimula o bem gera alegrias imorredouras.
O sorriso espontâneo recebe a confiança e o carinho.
O esquecimento das faltas alheias enriquece a compreensão ao
redor de nós.
O otimismo invoca, em nosso auxílio, as energias invisíveis da
renovação e da paz.
O fiel cumprimento dos nossos deveres estabelece, ao nosso lado,
a prosperidade e a segurança.
No Trabalho-Oração 2/4
Livro A Verdade Responde, pelos Espíritos Emmanuel e André Luiz, Chico Xavier
O trabalho desinteressado e constante é o melhor tipo de oração,
de espírito para espírito e, sem dúvida, representa uma escada viva
pela qual o socorro divino pode descer facilmente da Vida Mais Alta,
em nosso favor.
Ninguém conseguirá testemunhar amor a Deus sem amor para
com os outros.
Entre nosso Pai e nós, permanece ele, nosso irmão. O próximo é
o degrau de acesso ao Senhor da Vida.
No Trabalho-Oração 3/4
Livro A Verdade Responde, pelos Espíritos Emmanuel e André Luiz, Chico Xavier
Não nos despreocupemos de nossa comunhão espiritual com os
Gênios Divinos que nos regem a evolução, mas estejamos atentos
ao serviço que devemos aos nossos semelhantes, de vez que,
somente pela paz da reta consciência é que poderemos
entesourar em nós a Paz Celestial.
Livro A Verdade Responde, pelos Espíritos Emmanuel e André Luiz, Chico Xavier
No Trabalho-Oração 4/4
Um domingo de refazimento e uma semana
de passos em direção ao bem de todos!
• Livro Pão Nosso, espírito Emmanuel, psicografia de Francisco C. Xavier
• O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec
• O Livro dos Espíritos, Allan Kardec
• Livro Educação Segundo o Espiritismo, Dora Incontri
• Livro A Verdade Responde, pelos Espíritos Emmanuel e André Luiz, Chico Xavier
Slides da apresentação: https://pt.slideshare.net/ricardoazevedo9216
Referências Bibliográficas

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos Isso

Meditação diária de francisco carvajal 35. difundir a verdade
Meditação diária de francisco carvajal 35. difundir a verdadeMeditação diária de francisco carvajal 35. difundir a verdade
Meditação diária de francisco carvajal 35. difundir a verdade
pr_afsalbergaria
 
Semeando fevereiro 2011
Semeando fevereiro 2011Semeando fevereiro 2011
Semeando fevereiro 2011
conceicaoborges
 
Boletim 84
Boletim 84Boletim 84
Boletim 84
CEJG
 
A comunhão com deus (sef)
A comunhão com deus (sef)A comunhão com deus (sef)
A comunhão com deus (sef)
Ricardo Akerman
 
Palavras de chico xavier
Palavras de chico xavierPalavras de chico xavier
Palavras de chico xavier
Elvecio Junior
 
A SEMENTE 4 novembro
A  SEMENTE  4 novembroA  SEMENTE  4 novembro
A SEMENTE 4 novembro
Centro Espírita Antoninho Marmo
 
Eae 108 O Cristão no meio religioso e no meio profano
Eae 108 O Cristão no meio religioso e no meio profanoEae 108 O Cristão no meio religioso e no meio profano
Eae 108 O Cristão no meio religioso e no meio profano
PatiSousa1
 
Boletim o pae janeiro 2020
Boletim o pae   janeiro 2020 Boletim o pae   janeiro 2020
Boletim o pae janeiro 2020
O PAE PAE
 
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
FilipeDuartedeBem
 
Boletim maio 2014
Boletim maio 2014Boletim maio 2014
Boletim maio 2014
Maringil
 
Boletim 78
Boletim 78Boletim 78
Boletim 78
CEJG
 
Diamica dons espirito
Diamica dons espiritoDiamica dons espirito
Evangelho no lar
Evangelho no larEvangelho no lar
Evangelho no lar
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Vois sois a luz do mundo
Vois sois a luz do mundo Vois sois a luz do mundo
Vois sois a luz do mundo
Sergio Menezes
 
25. evangelismo
25. evangelismo25. evangelismo
25. evangelismo
pohlos
 
Jormi - Jornal Missionário n° 73
Jormi  -  Jornal Missionário n° 73Jormi  -  Jornal Missionário n° 73
Jormi - Jornal Missionário n° 73
trabalho como autonomo
 
Estudo do livro Roteiro lição 20
Estudo do livro Roteiro lição 20Estudo do livro Roteiro lição 20
Estudo do livro Roteiro lição 20
Candice Gunther
 
Boletim 136 (27 11-2011)
Boletim 136 (27 11-2011)Boletim 136 (27 11-2011)
Boletim 136 (27 11-2011)
Lucas Guimarães
 
Tópicos 1961 a 1969
Tópicos 1961 a 1969Tópicos 1961 a 1969
Tópicos 1961 a 1969
VINICIUS MACHADO DE CARVALHO
 
Alegria é uma coisa séria reflexão pessoal
Alegria é uma coisa séria   reflexão pessoalAlegria é uma coisa séria   reflexão pessoal
Alegria é uma coisa séria reflexão pessoal
conceicaoborges
 

Semelhante a Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos Isso (20)

Meditação diária de francisco carvajal 35. difundir a verdade
Meditação diária de francisco carvajal 35. difundir a verdadeMeditação diária de francisco carvajal 35. difundir a verdade
Meditação diária de francisco carvajal 35. difundir a verdade
 
Semeando fevereiro 2011
Semeando fevereiro 2011Semeando fevereiro 2011
Semeando fevereiro 2011
 
Boletim 84
Boletim 84Boletim 84
Boletim 84
 
A comunhão com deus (sef)
A comunhão com deus (sef)A comunhão com deus (sef)
A comunhão com deus (sef)
 
Palavras de chico xavier
Palavras de chico xavierPalavras de chico xavier
Palavras de chico xavier
 
A SEMENTE 4 novembro
A  SEMENTE  4 novembroA  SEMENTE  4 novembro
A SEMENTE 4 novembro
 
Eae 108 O Cristão no meio religioso e no meio profano
Eae 108 O Cristão no meio religioso e no meio profanoEae 108 O Cristão no meio religioso e no meio profano
Eae 108 O Cristão no meio religioso e no meio profano
 
Boletim o pae janeiro 2020
Boletim o pae   janeiro 2020 Boletim o pae   janeiro 2020
Boletim o pae janeiro 2020
 
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
aula 7 - evangelho no lar.pdf - esde - G6
 
Boletim maio 2014
Boletim maio 2014Boletim maio 2014
Boletim maio 2014
 
Boletim 78
Boletim 78Boletim 78
Boletim 78
 
Diamica dons espirito
Diamica dons espiritoDiamica dons espirito
Diamica dons espirito
 
Evangelho no lar
Evangelho no larEvangelho no lar
Evangelho no lar
 
Vois sois a luz do mundo
Vois sois a luz do mundo Vois sois a luz do mundo
Vois sois a luz do mundo
 
25. evangelismo
25. evangelismo25. evangelismo
25. evangelismo
 
Jormi - Jornal Missionário n° 73
Jormi  -  Jornal Missionário n° 73Jormi  -  Jornal Missionário n° 73
Jormi - Jornal Missionário n° 73
 
Estudo do livro Roteiro lição 20
Estudo do livro Roteiro lição 20Estudo do livro Roteiro lição 20
Estudo do livro Roteiro lição 20
 
Boletim 136 (27 11-2011)
Boletim 136 (27 11-2011)Boletim 136 (27 11-2011)
Boletim 136 (27 11-2011)
 
Tópicos 1961 a 1969
Tópicos 1961 a 1969Tópicos 1961 a 1969
Tópicos 1961 a 1969
 
Alegria é uma coisa séria reflexão pessoal
Alegria é uma coisa séria   reflexão pessoalAlegria é uma coisa séria   reflexão pessoal
Alegria é uma coisa séria reflexão pessoal
 

Mais de Ricardo Azevedo

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 144 - Fazei Preparativos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 144 - Fazei PreparativosSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 144 - Fazei Preparativos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 144 - Fazei Preparativos
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 141 - Amor Fraternal
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 141 - Amor FraternalSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 141 - Amor Fraternal
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 141 - Amor Fraternal
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Saibamos Relembrar
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Saibamos RelembrarSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Saibamos Relembrar
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Saibamos Relembrar
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 139 - Oferendas
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 139 - OferendasSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 139 - Oferendas
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 139 - Oferendas
Ricardo Azevedo
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - InimigosEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - ConflitoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição EspiritualSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a CrençaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoramSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
Ricardo Azevedo
 
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
Ricardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de RetornoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
Ricardo Azevedo
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - EspinhosEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
Ricardo Azevedo
 
Sintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
Sintonia - Escolha, Pensamento e ElevaçãoSintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
Sintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
Ricardo Azevedo
 

Mais de Ricardo Azevedo (20)

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 144 - Fazei Preparativos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 144 - Fazei PreparativosSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 144 - Fazei Preparativos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 144 - Fazei Preparativos
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 141 - Amor Fraternal
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 141 - Amor FraternalSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 141 - Amor Fraternal
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 141 - Amor Fraternal
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Saibamos Relembrar
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Saibamos RelembrarSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Saibamos Relembrar
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Saibamos Relembrar
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 139 - Oferendas
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 139 - OferendasSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 139 - Oferendas
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 139 - Oferendas
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - InimigosEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 137 - Inimigos
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - ConflitoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 136 - Conflito
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição EspiritualSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 134 - Nutrição Espiritual
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 132 - Em tudo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a CrençaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 131 - O Mundo e a Crença
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 130 - Onde estão?
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoramSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 128 - É porque ignoram
 
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
Jesus - O Amor na forma humana (1a. edição)
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de RetornoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 127 - Lei de Retorno
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - EspinhosEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 126 - Espinhos
 
Sintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
Sintonia - Escolha, Pensamento e ElevaçãoSintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
Sintonia - Escolha, Pensamento e Elevação
 

Último

Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
LEILANEGOUVEIA1
 
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
PIB Penha
 
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
PIB Penha
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
NEDIONOSSOMUNDO
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
Sammis Reachers
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
GuilhermeCerqueira17
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 

Último (13)

Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
 
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
14 - Um Convite à Oração. Incentivar a orar
 
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
13 - Estudo dos Relacionamentos do Cristão
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
PREGUE A MISSÃO - 15 Esboços de Sermões sobre Missões e Evangelização - Sammi...
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 140 - Vejamos Isso

  • 1. “Quando Jesus penetra o coração de um homem, converte-o em testemunho vivo do bem e manda-o a evangelizar os seus irmãos com a própria vida...” Emmanuel Evangelho no Lar 138 VEJAMOS ISSO
  • 3. Livro Pão Nosso, espírito Emmanuel, psicografia de Francisco C. Xavier Seara Espírita a Caminho do Mestre, Domingo as 9h da manhã https://www.facebook.com/searaespiritaacaminhodomestre/ https://www.youtube.com/channel/UCiGuBtfdvPyz9fm_w9R5Xjg Evangelho No Lar - Pão Nosso
  • 4. Geralmente, quando encarnados, sentimos vaidoso prazer em atrair o maior número de pessoas para o nosso modo de crer. Somos invariavelmente bons pregadores e eminentemente sutis na criação de raciocínios que esmaguem os pontos de vista de quantos nos não possam compreender no imediatismo da luta. Vejamos isso 1/3 “Porque o Cristo me enviou, não para batizar, mas para evangelizar; não em sabedoria de palavras, para que a cruz do Cristo se não faça vã.” – Paulo. (1ª Epístola aos Coríntios, 1:17.)
  • 5. No primeiro pequeno triunfo obtido, tornamo-nos operosos na consulta aos livros santos, não para adquirir mais vasta iluminação e, sim, com o objetivo de pesquisar as letras humanas das divinas escrituras, buscando acentuar as afirmativas vulneráveis de nossos opositores. Se católicos romanos, insistimos pela observância de nossos amigos à freqüência da missa e dos sacramentos materializados; se adeptos das igrejas reformadas, exigimos o comparecimento geral ao culto externo; e, se espiritistas, buscamos multiplicar as sessões de intercâmbio com o plano invisível. Vejamos isso 2/3
  • 6. Semelhante esforço não deixa de ser louvável em algumas de suas características, todavia, é imperioso recordar que o aprendiz do Evangelho, quando procura sinceramente compreender o Cristo, sente-se visceralmente renovado na conduta íntima. Quando Jesus penetra o coração de um homem, converte-o em testemunho vivo do bem e manda-o a evangelizar os seus irmãos com a própria vida e, quando um homem alcança Jesus, não se detém, pura e simplesmente, na estação das palavras brilhantes, mas vive de acordo com o Mestre, exemplificando o trabalho e o amor que iluminam a vida, a fim de que a glória da cruz se não faça vã. Vejamos isso 3/3
  • 8. Se o Espiritismo representar apenas uma frequência rotineira em um Centro, sem que haja um engajamento existencial, então obrigar a criança ir a cursos de evangelização, como se vai a um catecismo para fazer primeira comunhão (quando os pais não são católicos praticantes) é transformar a Doutrina num formalismo religioso, sem um sentido mais profundo. É evidente que tal atitude não criará convicções; ao invés, despertará resistências. Livro Educação Segundo o Espiritismo, Dora Incontri Compromisso espírita de agir 1/2
  • 9. A Doutrina não pode se reduzir a um catecismo periódico, divorciado da prática existencial. Manifesta-se aí o compromisso espírita de agir pedagogicamente, tanto no sentido moral quanto intelectual e mesmo estético. Temos que estender sempre o convite a todos para participar, sem hierarquia e sem violar consciências. Livro Educação Segundo o Espiritismo, Dora Incontri Compromisso espírita de agir 2/2
  • 10. Estas máximas encontram sobretudo a sua aplicação no ensinamento dos Espíritos. Quem quer que conheça os preceitos do Cristo é seguramente culpado, se não os praticar. Mas além de não ser suficientemente difundido o Evangelho que os contêm, senão entre as seitas cristãs, mesmo entre estas, quantas pessoas existem que não o lêem, e entre as que o lêem, quantas não o compreendem! Disso resulta que as próprias palavras de Jesus ficam perdidas para a maioria. O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec, Cap. XVII!, Muitos os Chamados e Pouco os Escolhidos A quem muito foi dado, muito será pedido 1/2
  • 11. ... Aquele, pois, que não o põe em prática para se melhorar, que o admira apenas como interessante e curioso, sem que seu coração seja tocado, que não se faz menos fútil, menos orgulhoso, menos egoísta, nem menos apegado aos bens materiais, nem melhor para o seu próximo, é tanto mais culpado, quanto teve maior facilidade para conhecer a verdade. A quem muito foi dado, muito será pedido 2/2
  • 13. Aproxima-se o tempo em que se cumprirão as coisas anunciadas para a transformação da Humanidade. Ditosos serão os que houverem trabalhado no campo do Senhor, com desinteresse e sem outro móvel, senão a caridade! Ditosos os que hajam dito a seus irmãos: “Trabalhemos juntos e unamos os nossos esforços, a fim de que o Senhor, ao chegar, encontre acabada a obra...” O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec, capítulo XX, Os trabalhadores da última hora 13 Os Trabalhadores da Última Hora
  • 14. Não olvides que o Criador atende igualmente à criação por intermédio das Criaturas!... Por isso mesmo, a oração de alma para alma é serviço que não nos cabe esquecer. Tudo na vida reage segundo o nosso modo de agir. Cada qual de nós, em razão disso, vive cercado pelo retorno das vibrações que emitiu, na mecânica ondulatória de nossa exteriorização espiritual. Recordemo-nos de que todos os nossos pensamentos e atitudes, na força das palavras e dos atos de cada dia, constituem apelos que endereçamos aos que nos cercam. No Trabalho-Oração 1/4 Livro A Verdade Responde, pelos Espíritos Emmanuel e André Luiz, Chico Xavier
  • 15. A prestação de um serviço por mais humilde, sem a expectativa de retribuição, é reserva de simpatia. A frase que estimula o bem gera alegrias imorredouras. O sorriso espontâneo recebe a confiança e o carinho. O esquecimento das faltas alheias enriquece a compreensão ao redor de nós. O otimismo invoca, em nosso auxílio, as energias invisíveis da renovação e da paz. O fiel cumprimento dos nossos deveres estabelece, ao nosso lado, a prosperidade e a segurança. No Trabalho-Oração 2/4 Livro A Verdade Responde, pelos Espíritos Emmanuel e André Luiz, Chico Xavier
  • 16. O trabalho desinteressado e constante é o melhor tipo de oração, de espírito para espírito e, sem dúvida, representa uma escada viva pela qual o socorro divino pode descer facilmente da Vida Mais Alta, em nosso favor. Ninguém conseguirá testemunhar amor a Deus sem amor para com os outros. Entre nosso Pai e nós, permanece ele, nosso irmão. O próximo é o degrau de acesso ao Senhor da Vida. No Trabalho-Oração 3/4 Livro A Verdade Responde, pelos Espíritos Emmanuel e André Luiz, Chico Xavier
  • 17. Não nos despreocupemos de nossa comunhão espiritual com os Gênios Divinos que nos regem a evolução, mas estejamos atentos ao serviço que devemos aos nossos semelhantes, de vez que, somente pela paz da reta consciência é que poderemos entesourar em nós a Paz Celestial. Livro A Verdade Responde, pelos Espíritos Emmanuel e André Luiz, Chico Xavier No Trabalho-Oração 4/4
  • 18. Um domingo de refazimento e uma semana de passos em direção ao bem de todos!
  • 19. • Livro Pão Nosso, espírito Emmanuel, psicografia de Francisco C. Xavier • O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec • O Livro dos Espíritos, Allan Kardec • Livro Educação Segundo o Espiritismo, Dora Incontri • Livro A Verdade Responde, pelos Espíritos Emmanuel e André Luiz, Chico Xavier Slides da apresentação: https://pt.slideshare.net/ricardoazevedo9216 Referências Bibliográficas