SlideShare uma empresa Scribd logo
Separação de materiais  Professor: Édio Mazera- Química Equipe  02:Igor Corrêa, Juliano Cirilo Silveiro, Luzia till, Larissa Marchi Série: 1a  04 Decantação 2011
Introdução Nossa equipe através desses slides vai explicar um pouco mais sobre decantação , para que serve , como que funciona e muito mais .E também alguns tipos de decantação.
Decantação A decantação é um processo de separacão de misturas heterogêneas. Utiliza principalmente em misturas bifasicas como :sólido-liquido (areia e água) e liquido-liquido (água e óleo).Sendo esse processo fundamentado nas diferenças existentes entre as densidades dos componentes da mistura .
. Usa na  qual a força da gravidade que é utilizada para separar as partículas de densidade maior que a da água, depositando-as em uma superfície ou zona de armazenamento. Os principais tipos de decantadores são os laminares ou de alta taxa e os convencionais de escoamento horizontal.
. Exemplo de decantação : liquido / sólido água + areia. Audexar a mistura em repouso a areia  Sedenta-se, inclinando o recipiente , a  água escoa terminando o processo de  decantação.
. Exemplo de decantação : liquido / liquido água + óleo. Para separar dois liquidos imisciveis ,utiliza-se o funil  de bromo.Assim o liquido  mais denso fica embaixo e é Retirado quando abrimos a torneira.
Funil de bromo O funil de bromo é um recipiente de vidro em forma de balão, com uma abertura em cima e uma torneira em baixo. A mistura dos líquidos imiscíveis é colocada no balão, e um béquer fica em baixo da torneira. A torneira é aberta, e o líquido mais denso (que fica em baixo) vai escorrer para o béquer através da torneira.
Sifonação O recipiente que contém a mistura é colocado a uma altura superior do recipiente em que ocorrerá a separação, e através de um sifão a substância menos densa é passada para o outro recipiente. Esse método só é possível se o sifão estiver completamente preenchido pelo líquido. Método muito utilizado também para esvaziar piscinas, aquários e transferir combustível de um recipiente para o outro
Exemplo de sifonação Um  canudo é colocado de forma que fique uma ponta em um recipiente vazio, e a outra, no meio da substância mais leve no outro recipiente .
. Esses são decantadores de sistemas de  Tratamento de água .
Tipos de decantação Decantação livre  . Decantação impedida . Decantação influenciada .
Decantação livre É auqela em que a queda da partícula  é não é afetada pela proximidade com a parede do recipiente e com outras particulas .
Decantação impedida Se as partículas forem bastante pequenas ocorre o movimento browniano. É um movimento aleatório que gera colisões entre as moléculas do fluído que  rodeia as partículas e entre elas mesmas . Esse tipo de decantação ocorre de forma mais lenta .É o caso das emulsões de partículas muito pequenas .
Decantação influenciada A sedmentação livre de particulas ocorre quando a concentração dos sólidos está abaixo de 0,2% . Acima dessa concentração , a velocidade do fluido é afetada pela presença das particulas vizinhas e a velocidade terninal é menor que os valores previstos pela equação de stokes .
Conclusão Nós, alunos da equipe 02 , concluimos com este trabalho, que a decantação, é um dos principais métodos de separação de misturas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação Separação de Misturas
Apresentação  Separação de MisturasApresentação  Separação de Misturas
Apresentação Separação de Misturas
MariaDahiana
 
Trabalho de química - 1a O2.
Trabalho de química - 1a O2.Trabalho de química - 1a O2.
Trabalho de química - 1a O2.
EEB Francisco Mazzola
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
quipibid
 
Equipe 8 1 serie 3 - peneiração.
Equipe 8  1 serie 3 - peneiração.Equipe 8  1 serie 3 - peneiração.
Equipe 8 1 serie 3 - peneiração.
EEB Francisco Mazzola
 
Relatorio
RelatorioRelatorio
Relatorio
Mariana Quintas
 
Química trabalho sobre separação de misturas
Química  trabalho sobre separação de misturasQuímica  trabalho sobre separação de misturas
Química trabalho sobre separação de misturas
ytamara_g22
 
Separação de misturas aula para o ensino fundamental
Separação de misturas aula para o ensino fundamentalSeparação de misturas aula para o ensino fundamental
Separação de misturas aula para o ensino fundamental
Priscila Oliveira Boralho
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
charleslucas
 
Relatório de Química Processo de Separação das Misturas 001
Relatório de Química Processo de Separação das Misturas 001Relatório de Química Processo de Separação das Misturas 001
Relatório de Química Processo de Separação das Misturas 001
Đean Moore
 
Separação de misturas 8ª série
Separação de misturas 8ª sérieSeparação de misturas 8ª série
Separação de misturas 8ª série
Colégio Cardeal Arcoverde
 
Métodos de separação fab
Métodos de separação fabMétodos de separação fab
Métodos de separação fab
EEB Francisco Mazzola
 
Separação de Misturas
Separação de MisturasSeparação de Misturas
Separação de Misturas
Escola Modelo de Iguatu
 
Métodos de separação de misturas
Métodos de separação de misturasMétodos de separação de misturas
Métodos de separação de misturas
Karol Maia
 
Aula 2 - Separação de misturas
Aula 2 - Separação de misturasAula 2 - Separação de misturas
Aula 2 - Separação de misturas
profmauricioquimcia
 
Trabalho - Apresentações
Trabalho -   ApresentaçõesTrabalho -   Apresentações
Trabalho - Apresentações
EEB Francisco Mazzola
 
Processos de separação de misturas
Processos de separação de misturasProcessos de separação de misturas
Processos de separação de misturas
quimica_prefederal
 
Apresentação mistura s
Apresentação mistura sApresentação mistura s
Apresentação mistura s
Marla Förster
 
Processos de separação de misturas
Processos de separação de misturasProcessos de separação de misturas
Processos de separação de misturas
Poliano123
 

Mais procurados (18)

Apresentação Separação de Misturas
Apresentação  Separação de MisturasApresentação  Separação de Misturas
Apresentação Separação de Misturas
 
Trabalho de química - 1a O2.
Trabalho de química - 1a O2.Trabalho de química - 1a O2.
Trabalho de química - 1a O2.
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
 
Equipe 8 1 serie 3 - peneiração.
Equipe 8  1 serie 3 - peneiração.Equipe 8  1 serie 3 - peneiração.
Equipe 8 1 serie 3 - peneiração.
 
Relatorio
RelatorioRelatorio
Relatorio
 
Química trabalho sobre separação de misturas
Química  trabalho sobre separação de misturasQuímica  trabalho sobre separação de misturas
Química trabalho sobre separação de misturas
 
Separação de misturas aula para o ensino fundamental
Separação de misturas aula para o ensino fundamentalSeparação de misturas aula para o ensino fundamental
Separação de misturas aula para o ensino fundamental
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
 
Relatório de Química Processo de Separação das Misturas 001
Relatório de Química Processo de Separação das Misturas 001Relatório de Química Processo de Separação das Misturas 001
Relatório de Química Processo de Separação das Misturas 001
 
Separação de misturas 8ª série
Separação de misturas 8ª sérieSeparação de misturas 8ª série
Separação de misturas 8ª série
 
Métodos de separação fab
Métodos de separação fabMétodos de separação fab
Métodos de separação fab
 
Separação de Misturas
Separação de MisturasSeparação de Misturas
Separação de Misturas
 
Métodos de separação de misturas
Métodos de separação de misturasMétodos de separação de misturas
Métodos de separação de misturas
 
Aula 2 - Separação de misturas
Aula 2 - Separação de misturasAula 2 - Separação de misturas
Aula 2 - Separação de misturas
 
Trabalho - Apresentações
Trabalho -   ApresentaçõesTrabalho -   Apresentações
Trabalho - Apresentações
 
Processos de separação de misturas
Processos de separação de misturasProcessos de separação de misturas
Processos de separação de misturas
 
Apresentação mistura s
Apresentação mistura sApresentação mistura s
Apresentação mistura s
 
Processos de separação de misturas
Processos de separação de misturasProcessos de separação de misturas
Processos de separação de misturas
 

Semelhante a Separacão de materiais

Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
matheusrl98
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
Carlos Brito
 
Bruna
BrunaBruna
Sedimentacao
SedimentacaoSedimentacao
Sedimentacao
Antenor Carmelio
 
Decantação
Decantação Decantação
Decantação
EEB Francisco Mazzola
 
Quimica 001
Quimica 001Quimica 001
Quimica 001
guilherme Silva
 
Separação de materiais!
Separação de materiais!Separação de materiais!
Separação de materiais!
EEB Francisco Mazzola
 
Separação misturas
Separação misturasSeparação misturas
Separação misturas
crisnetocosta
 
Técnicas de Separação de Componentes de Misturas
Técnicas de Separação de Componentes de MisturasTécnicas de Separação de Componentes de Misturas
Técnicas de Separação de Componentes de Misturas
crisnetocosta
 
Separação de materiais!
Separação de materiais!Separação de materiais!
Separação de materiais!
EEB Francisco Mazzola
 
Pp quimica 10 08_12
Pp quimica 10 08_12Pp quimica 10 08_12
Pp quimica 10 08_12
samuelrgrg
 
Ft métodos de separação
Ft   métodos de separaçãoFt   métodos de separação
Ft métodos de separação
ct-esma
 
Método de separação de misturas
Método de separação de misturasMétodo de separação de misturas
Método de separação de misturas
V
 
aula 1 separação de misturas.pptx
aula 1 separação de misturas.pptxaula 1 separação de misturas.pptx
aula 1 separação de misturas.pptx
AlanaBrito11
 
MISTURAS.pdfMISTURASMISTURASMISTURASMISTURAS
MISTURAS.pdfMISTURASMISTURASMISTURASMISTURASMISTURAS.pdfMISTURASMISTURASMISTURASMISTURAS
MISTURAS.pdfMISTURASMISTURASMISTURASMISTURAS
alessandraoliveira324
 
Unidade ii substâncias e misturas
Unidade ii   substâncias e misturasUnidade ii   substâncias e misturas
Unidade ii substâncias e misturas
Cristiano Franco
 
Aula biomedicina unip 1 semestre
Aula biomedicina unip 1 semestreAula biomedicina unip 1 semestre
Aula biomedicina unip 1 semestre
Simone Belorte de Andrade
 
Separação de Misturas
Separação de MisturasSeparação de Misturas
Separação de Misturas
IsabellyViana
 
SEPARAÇÃO DE MATERIAS
SEPARAÇÃO DE MATERIAS SEPARAÇÃO DE MATERIAS
SEPARAÇÃO DE MATERIAS
EEB Francisco Mazzola
 
Físico química
Físico químicaFísico química
Físico química
Daniela Pereira
 

Semelhante a Separacão de materiais (20)

Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
 
Bruna
BrunaBruna
Bruna
 
Sedimentacao
SedimentacaoSedimentacao
Sedimentacao
 
Decantação
Decantação Decantação
Decantação
 
Quimica 001
Quimica 001Quimica 001
Quimica 001
 
Separação de materiais!
Separação de materiais!Separação de materiais!
Separação de materiais!
 
Separação misturas
Separação misturasSeparação misturas
Separação misturas
 
Técnicas de Separação de Componentes de Misturas
Técnicas de Separação de Componentes de MisturasTécnicas de Separação de Componentes de Misturas
Técnicas de Separação de Componentes de Misturas
 
Separação de materiais!
Separação de materiais!Separação de materiais!
Separação de materiais!
 
Pp quimica 10 08_12
Pp quimica 10 08_12Pp quimica 10 08_12
Pp quimica 10 08_12
 
Ft métodos de separação
Ft   métodos de separaçãoFt   métodos de separação
Ft métodos de separação
 
Método de separação de misturas
Método de separação de misturasMétodo de separação de misturas
Método de separação de misturas
 
aula 1 separação de misturas.pptx
aula 1 separação de misturas.pptxaula 1 separação de misturas.pptx
aula 1 separação de misturas.pptx
 
MISTURAS.pdfMISTURASMISTURASMISTURASMISTURAS
MISTURAS.pdfMISTURASMISTURASMISTURASMISTURASMISTURAS.pdfMISTURASMISTURASMISTURASMISTURAS
MISTURAS.pdfMISTURASMISTURASMISTURASMISTURAS
 
Unidade ii substâncias e misturas
Unidade ii   substâncias e misturasUnidade ii   substâncias e misturas
Unidade ii substâncias e misturas
 
Aula biomedicina unip 1 semestre
Aula biomedicina unip 1 semestreAula biomedicina unip 1 semestre
Aula biomedicina unip 1 semestre
 
Separação de Misturas
Separação de MisturasSeparação de Misturas
Separação de Misturas
 
SEPARAÇÃO DE MATERIAS
SEPARAÇÃO DE MATERIAS SEPARAÇÃO DE MATERIAS
SEPARAÇÃO DE MATERIAS
 
Físico química
Físico químicaFísico química
Físico química
 

Mais de EEB Francisco Mazzola

V1c2 l1a10 - Substâncias Químicas
V1c2 l1a10 - Substâncias QuímicasV1c2 l1a10 - Substâncias Químicas
V1c2 l1a10 - Substâncias Químicas
EEB Francisco Mazzola
 
V1c1 l1a3 - Aprender Química para o exercício da cidadania.
V1c1 l1a3 - Aprender Química para o exercício da cidadania.V1c1 l1a3 - Aprender Química para o exercício da cidadania.
V1c1 l1a3 - Aprender Química para o exercício da cidadania.
EEB Francisco Mazzola
 
Cap1 licao3 - Breve panorama histórico da química
Cap1 licao3 - Breve panorama histórico da químicaCap1 licao3 - Breve panorama histórico da química
Cap1 licao3 - Breve panorama histórico da química
EEB Francisco Mazzola
 
Cap1 lição2 - Os vários aspectos da química
Cap1 lição2 - Os vários aspectos da químicaCap1 lição2 - Os vários aspectos da química
Cap1 lição2 - Os vários aspectos da química
EEB Francisco Mazzola
 
Cap1 licao1 - O que é química?
Cap1 licao1 - O que é química?Cap1 licao1 - O que é química?
Cap1 licao1 - O que é química?
EEB Francisco Mazzola
 
Fundamentos de Qúimica Geral
Fundamentos de Qúimica GeralFundamentos de Qúimica Geral
Fundamentos de Qúimica Geral
EEB Francisco Mazzola
 
Cap01 licao06
Cap01 licao06Cap01 licao06
Cap01 licao06
EEB Francisco Mazzola
 
Cap01 licao7a8
Cap01 licao7a8Cap01 licao7a8
Cap01 licao7a8
EEB Francisco Mazzola
 
Cap01 licao1a5
Cap01 licao1a5Cap01 licao1a5
Cap01 licao1a5
EEB Francisco Mazzola
 
Separação de Materias
Separação de Materias Separação de Materias
Separação de Materias
EEB Francisco Mazzola
 
Separação de Materias
Separação de Materias Separação de Materias
Separação de Materias
EEB Francisco Mazzola
 
Traalho de quimica
Traalho de quimicaTraalho de quimica
Traalho de quimica
EEB Francisco Mazzola
 
Separação de materiais
Separação de materiaisSeparação de materiais
Separação de materiais
EEB Francisco Mazzola
 
Separação..
Separação..Separação..
Separação..
EEB Francisco Mazzola
 
Separação de materiais
Separação de materiaisSeparação de materiais
Separação de materiais
EEB Francisco Mazzola
 
Separação de materiais
Separação de materiaisSeparação de materiais
Separação de materiais
EEB Francisco Mazzola
 
Novo trabalho de quimica
Novo trabalho de quimicaNovo trabalho de quimica
Novo trabalho de quimica
EEB Francisco Mazzola
 
Separação de materias
Separação de materiasSeparação de materias
Separação de materias
EEB Francisco Mazzola
 
Separaçao de materias
Separaçao de materiasSeparaçao de materias
Separaçao de materias
EEB Francisco Mazzola
 
Separação de matérias
Separação de matériasSeparação de matérias
Separação de matérias
EEB Francisco Mazzola
 

Mais de EEB Francisco Mazzola (20)

V1c2 l1a10 - Substâncias Químicas
V1c2 l1a10 - Substâncias QuímicasV1c2 l1a10 - Substâncias Químicas
V1c2 l1a10 - Substâncias Químicas
 
V1c1 l1a3 - Aprender Química para o exercício da cidadania.
V1c1 l1a3 - Aprender Química para o exercício da cidadania.V1c1 l1a3 - Aprender Química para o exercício da cidadania.
V1c1 l1a3 - Aprender Química para o exercício da cidadania.
 
Cap1 licao3 - Breve panorama histórico da química
Cap1 licao3 - Breve panorama histórico da químicaCap1 licao3 - Breve panorama histórico da química
Cap1 licao3 - Breve panorama histórico da química
 
Cap1 lição2 - Os vários aspectos da química
Cap1 lição2 - Os vários aspectos da químicaCap1 lição2 - Os vários aspectos da química
Cap1 lição2 - Os vários aspectos da química
 
Cap1 licao1 - O que é química?
Cap1 licao1 - O que é química?Cap1 licao1 - O que é química?
Cap1 licao1 - O que é química?
 
Fundamentos de Qúimica Geral
Fundamentos de Qúimica GeralFundamentos de Qúimica Geral
Fundamentos de Qúimica Geral
 
Cap01 licao06
Cap01 licao06Cap01 licao06
Cap01 licao06
 
Cap01 licao7a8
Cap01 licao7a8Cap01 licao7a8
Cap01 licao7a8
 
Cap01 licao1a5
Cap01 licao1a5Cap01 licao1a5
Cap01 licao1a5
 
Separação de Materias
Separação de Materias Separação de Materias
Separação de Materias
 
Separação de Materias
Separação de Materias Separação de Materias
Separação de Materias
 
Traalho de quimica
Traalho de quimicaTraalho de quimica
Traalho de quimica
 
Separação de materiais
Separação de materiaisSeparação de materiais
Separação de materiais
 
Separação..
Separação..Separação..
Separação..
 
Separação de materiais
Separação de materiaisSeparação de materiais
Separação de materiais
 
Separação de materiais
Separação de materiaisSeparação de materiais
Separação de materiais
 
Novo trabalho de quimica
Novo trabalho de quimicaNovo trabalho de quimica
Novo trabalho de quimica
 
Separação de materias
Separação de materiasSeparação de materias
Separação de materias
 
Separaçao de materias
Separaçao de materiasSeparaçao de materias
Separaçao de materias
 
Separação de matérias
Separação de matériasSeparação de matérias
Separação de matérias
 

Separacão de materiais

  • 1. Separação de materiais Professor: Édio Mazera- Química Equipe 02:Igor Corrêa, Juliano Cirilo Silveiro, Luzia till, Larissa Marchi Série: 1a 04 Decantação 2011
  • 2. Introdução Nossa equipe através desses slides vai explicar um pouco mais sobre decantação , para que serve , como que funciona e muito mais .E também alguns tipos de decantação.
  • 3. Decantação A decantação é um processo de separacão de misturas heterogêneas. Utiliza principalmente em misturas bifasicas como :sólido-liquido (areia e água) e liquido-liquido (água e óleo).Sendo esse processo fundamentado nas diferenças existentes entre as densidades dos componentes da mistura .
  • 4. . Usa na qual a força da gravidade que é utilizada para separar as partículas de densidade maior que a da água, depositando-as em uma superfície ou zona de armazenamento. Os principais tipos de decantadores são os laminares ou de alta taxa e os convencionais de escoamento horizontal.
  • 5. . Exemplo de decantação : liquido / sólido água + areia. Audexar a mistura em repouso a areia Sedenta-se, inclinando o recipiente , a água escoa terminando o processo de decantação.
  • 6. . Exemplo de decantação : liquido / liquido água + óleo. Para separar dois liquidos imisciveis ,utiliza-se o funil de bromo.Assim o liquido mais denso fica embaixo e é Retirado quando abrimos a torneira.
  • 7. Funil de bromo O funil de bromo é um recipiente de vidro em forma de balão, com uma abertura em cima e uma torneira em baixo. A mistura dos líquidos imiscíveis é colocada no balão, e um béquer fica em baixo da torneira. A torneira é aberta, e o líquido mais denso (que fica em baixo) vai escorrer para o béquer através da torneira.
  • 8. Sifonação O recipiente que contém a mistura é colocado a uma altura superior do recipiente em que ocorrerá a separação, e através de um sifão a substância menos densa é passada para o outro recipiente. Esse método só é possível se o sifão estiver completamente preenchido pelo líquido. Método muito utilizado também para esvaziar piscinas, aquários e transferir combustível de um recipiente para o outro
  • 9. Exemplo de sifonação Um canudo é colocado de forma que fique uma ponta em um recipiente vazio, e a outra, no meio da substância mais leve no outro recipiente .
  • 10. . Esses são decantadores de sistemas de Tratamento de água .
  • 11. Tipos de decantação Decantação livre . Decantação impedida . Decantação influenciada .
  • 12. Decantação livre É auqela em que a queda da partícula é não é afetada pela proximidade com a parede do recipiente e com outras particulas .
  • 13. Decantação impedida Se as partículas forem bastante pequenas ocorre o movimento browniano. É um movimento aleatório que gera colisões entre as moléculas do fluído que rodeia as partículas e entre elas mesmas . Esse tipo de decantação ocorre de forma mais lenta .É o caso das emulsões de partículas muito pequenas .
  • 14. Decantação influenciada A sedmentação livre de particulas ocorre quando a concentração dos sólidos está abaixo de 0,2% . Acima dessa concentração , a velocidade do fluido é afetada pela presença das particulas vizinhas e a velocidade terninal é menor que os valores previstos pela equação de stokes .
  • 15. Conclusão Nós, alunos da equipe 02 , concluimos com este trabalho, que a decantação, é um dos principais métodos de separação de misturas.