SlideShare uma empresa Scribd logo
EDITAL PARA REALIZAÇÃO DA SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE PROFESSORES DA BASE
COMUM E DIVERSIFICADA DO CURRÍCULO DO ENSINO MÉDIO PARA A EEEP
PROFESSORA MARIA CÉLIA PINHEIRO FALCÃO – PEREIRO - CEARÁ
EDITAL Nº 010 /2016 – CREDE 11 JAGUARIBE
A COORDENADORA DA COORDENADORIA REGIONAL DE DESENVOLVIEMTO DA
EDUCAÇÃO – CREDE 11, EMANUELLE GRACE KELLY SANTOS DE OLIVEIRA, atendendo o
que dispõe o art. 3º, da Lei nº 15.928, de 29 de dezembro de 2015 publicada no DOE de
30/12/2015, divulga e estabelece normas especificas para a abertura de inscrições e a realização
de processo seletivo destinado a suprir carência de Física na disciplina discriminada no ANEXO I
deste edital, para compor o corpo docente da EEEP PROFESSORA MARIA CÉLIA PINHEIRO
FALCÃO.
1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
1.1. Pode concorrer a uma vaga prevista neste Edital, e discriminada em seu anexo I,
exclusivamente o professor, efetivo, em estágio probatório ou não, e professor
selecionado, nos termos de Lei Complementar nº 22/2000 (seleção regulamentada pelo edital
nº 002/2016, DOE de 06/04/2016, com o banco dos aprovados publicado no edital nº 006/2016,
DOE de 14/06/2016) que possua habilitação na disciplina para a qual concorre de acordo com o
anexo I deste edital.
1.2. A carga horária para o cargo de professor da Escola Estadual de Educação Profissional será
de 40 (quarenta) horas aula semanais, de forma integral, distribuídas entre todos os turnos de
funcionamento da escola.
1.3. A Seleção simplificada de que trata este Edital será realizada sob a execução da respectiva
CREDE, abrangendo avaliações situacionais de competências específicas sobre o modelo de
gestão e a proposta pedagógica das EEEP, de caráter eliminatório e classificatório, sendo
composta de duas fases, sendo que a primeira consistirá de comprovação de experiência através
de análise curricular e, a segunda, de um seminário presencial e entrevista ao candidato sobre o
modelo de gestão e a proposta pedagógica das EEEP's, ambas de caráter eliminatório e
classificatório.
2. DAS INSCRIÇÕES
2.1. A inscrição do candidato implicará o conhecimento e a expressa aceitação das normas e
condições estabelecidas neste Edital, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento.
2.2. As Inscrições para a Seleção estão sob a responsabilidade da CREDE e serão realizadas nos
dias 08, 09,12, 13 e 14 de setembro de 2016, na sede da CREDE 11.
2.3. No ato da inscrição o candidato deverá estar habilitado ou estar cursando a disciplina que
pretende lecionar e para a qual se inscreveu, atendendo ao Anexo III deste Edital.
2.4. Ao realizar a inscrição, o candidato deverá:
a) Preencher a ficha de inscrição, com todos os dados solicitados. As informações prestadas no
formulário de inscrição são de inteira responsabilidade do candidato, ficando a Administração
Pública no direito de excluí-lo da seleção, caso comprove inveracidade nos dados fornecidos na
ficha de inscrição ou o não preenchimento de informações requeridas na mesma.
b) Preencher “Curriculum Vitae” padronizado, devendo, por ocasião da inscrição, apresentar os
documentos comprobatórios do mesmo.
2.5. O candidato declarará, na ficha de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado,
entregará os documentos comprobatórios exigidos para exercer a função de professor, por
ocasião da contratação.
3. DA SELEÇÃO
3. A Seleção, de que trata este Edital, constará de 2 (duas) fases, sendo a primeira composta de
comprovação de experiência através de análise curricular e, a segunda, de um seminário
presencial e entrevista ao candidato sobre o modelo de gestão e a proposta pedagógica das
EEEP, ambas de caráter eliminatório e classificatório, com as normas definidas no edital.
3.1. Primeira Fase – de caráter eliminatório e classificatório, sendo constituída de comprovação de
experiência através de análise curricular.
3.1.3. A comprovação de experiência, através de análise curricular de caráter classificatório, valerá
até 10 (dez) pontos, sendo avaliada pela experiência do candidato nos seguintes aspectos:
ÁREAS AVALIADAS PONTUAÇÃO
MÁXIMA
Experiência de trabalho no exercício da função de Diretor de Turma,
limitado a 02 (dois) anos. Sendo 0,5 ponto por cada ano.
1
Experiência no serviço público no exercício da docência em sala de aula,
mínimo de 1 (um) ano, limitado a 04 (quatro) anos, sendo 0,5 ponto por
cada ano.
2
Experiência de trabalho no exercício da função docente em sala de aula
mínimo de 1 (um) ano, limitado a 02 (dois) anos, sendo 0,5 ponto por cada
ano.
1
Aprovação em concurso ou seleção pública na disciplina a que concorre,
restrita a um concurso ou seleção.
1
Certificado, devidamente registrado, ou Certidão/Declaração Oficial de
Especialização na área de Educação, em nível de pós-graduação lato
sensu (carga horária mínima de 360 horas), restrito a um curso
2
Diploma, devidamente registrado, ou Certidão/Declaração Oficial de pós
graduação strictu sensu em qualquer área, restrito a um curso
3
3.1.4. A comprovação da experiência de trabalho deverá ser fornecida através de:
a) declaração, em papel timbrado, assinada pelo(a) Diretor(a) da Escola ou pelo(a) Secretário(a)
Escolar, com seus respectivos carimbos de identificação, quando se tratar de experiência em
Escola Pública Estadual ou Municipal.
b) Cópia da Carteira Profissional autenticada onde conste o início e o término da experiência,
quando se tratar de estabelecimento de Ensino Particular.
3.1.5. Os documentos expedidos no exterior, em língua estrangeira, somente serão considerados
quando traduzidos para o português, por tradutor oficial e revalidados por Instituição de Ensino
Brasileira.
3.1.6. Não será permitida a contagem concomitante de tempo de serviço no magistério.
3.1.7. Aos estágios e serviços voluntários na área do magistério será atribuída pontuação na
função docente, desde que devidamente certificada por instituição juridicamente constituída.
3.1.8. Os certificados dos cursos exigidos para avaliação de títulos que não mencionarem a carga
horária e que não forem expedidos por Instituição Oficial ou particular devidamente autorizada,
não serão considerados.
3.1.9 A relação dos candidatos classificados para participarem da Segunda Fase da Seleção será
divulgada no site da Crede, no dia 15 de setembro de 2016, a partir das 10:00 horas.
3.1.10. Na classificação final da Primeira Fase, caso haja igualdade de nota final, serão adotados
os seguintes critérios de desempate, na ordem indicada abaixo, dando-se referência ao candidato
que tiver:
a) maior tempo de experiência na docência na rede pública;
b maior tempo de experiência na docência;
c) maior idade.
3.2. A Segunda Fase, de caráter eliminatório e classificatório será constituída de um Seminário
presencial e uma entrevista para cada candidato sobre o modelo de gestão e a proposta
pedagógica das EEEP´s.
3.2.1. Serão classificados para a Segunda Fase, por ordem de nota decrescente, até três vezes o
número de candidato por escola/vaga/disciplina.
3.2.2. O Seminário, de caráter eliminatório, terá carga horária de 04 (quatro) horas/aula, sendo
realizado no dia 15 de setembro de 2016, com atividades que poderão ser desenvolvidas no turno
diurno e noturno. Os locais e horários de realização do Seminário e da entrevista serão
informados e divulgados aos candidatos no ato da inscrição.
3.2.3. A entrevista, de caráter eliminatório e classificatório, valendo até 10 (dez) pontos, devem ser
levados em consideração os aspectos de comprometimento do candidato com a proposta da
escola profissional. A entrevista será realizada no dia 16 de setembro de 2016, no horário de
09:00h às 12:00h, sendo que os locais e horários da entrevista de cada candidato serão
informados e divulgados no site da CREDE 11 Jaguaribe.
3.2.4. A banca da entrevista será definida pela CREDE 11, com no máximo 03 (três) membros.
3.2.5. Será eliminado da Seleção, o candidato que não atingir o número mínimo de 50 (cinquenta)
por cento de pontuação na entrevista.
4. DO RESULTADO FINAL DA SELEÇÃO E DA CLASSIFICAÇÃO
4.1. A nota final dos candidatos será obtida através da soma da nota da primeira fase com os
pontos obtidos na Entrevista, respeitadas escola/disciplina, sendo calculada a nota para cada
candidato de acordo com a fórmula abaixo:
NF = NPF + NE
Onde, NF =>Nota Final
NPF => Nota da Primeira Fase
NE=> Nota da Entrevista
4.2. A classificação final dos candidatos será feita por Disciplina, em ordem decrescente da nota
final, divulgada pela própria CREDE 11, através do site: www.crede11.seduc.ce.gov.br, no dia 16
de setembro de 2016, a partir das 16:00 h.
5. DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE
5.1 Em caso de empate na nota final na seleção, terá preferência o candidato que, na seguinte
ordem:
a) tiver idade superior a sessenta anos, até o último dia de inscrição nesta seleção, conforme
artigo 27, parágrafo único, do Estatuto do Idoso;
b) obtiver maior nota na entrevista;
5.2. Persistindo o empate, terá preferência o candidato mais idoso.
6. DA EXCLUSÃO DO CANDIDATO
6.1 Será excluído da Seleção o candidato que:
a) fizer, em qualquer documento, declaração falsa ou inexata;
b) desrespeitar membro da Comissão Executora e/ou Coordenadora da Seleção;
c) descumprir quaisquer das instruções contidas no Edital;
d) ausentar-se da sala onde esteja sendo entrevistado;
e) faltar a entrevista;
f) não frequentar 100% das atividades do seminário
g)não atingir o número mínimo de 50(cinquenta) por cento de pontuação na entrevista.
h)perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido.
7. DOS RECURSOS
7.1. Caberá interposição de recurso administrativo a:
a) resultado da análise curricular e entrevista
7.2. Todo recurso deverá ser obrigatoriamente assinado pelo candidato e encaminhado à
CREDE/SEFOR.
7.3. Os recursos deverão ser entregues na escola no horário das 8:00 às 12:00h e das 13:00às
17:00h.
7.4. O prazo para interposição de recurso sobre o resultado da ação descrita na alínea “a” do
subitem 7.1 será de 24 (vinte e quatro) horas, contados a partir do primeiro dia da divulgação da
CREDE/SEFOR.
7.5. Admitir-se-á um único recurso para cada candidato, sendo as respectivas decisões
individualizadas.
8. DA VIGÊNCIA DA SELEÇÃO
8.1. A vigência da presente seleção será de 02(dois) anos a contar da data de seu resultado,
podendo ser prorrogado por igual período.
9. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
9.1. A inscrição do candidato implicará o conhecimento e a tácita aceitação das normas e
condições estabelecidas neste Edital, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento.
9.2. Não será aceita solicitação de inscrição extemporânea ou em desacordo com as normas
deste Edital.
9.3. Será composto um banco de aprovados na escola contendo a classificação final do candidato
por disciplina, em ordem decrescente da nota final.
9.4. Serão considerados documentos de identidade a que se referem itens deste Edital: carteiras
expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de
Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos
fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos etc.); passaporte brasileiro; certificado
de reservista; carteiras funcionais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas por órgão
público que, por lei federal, valham como identidade; carteira de trabalho; carteira nacional de
habilitação (somente modelo com foto).
9.5. O descumprimento de quaisquer das instruções supracitadas implicará a eliminação do
candidato, constituindo tentativa de fraude.
9.6. Os certificados dos cursos exigidos que não mencionarem a carga horária e que não forem
expedidos por Instituição Oficial ou particular devidamente autorizada, não serão considerados.
9.7. Todos os horários previstos neste Edital são regidos pelo horário do Estado do Ceará.
9.8. Não serão assegurados estacionamentos para veículos de candidatos nos locais de
realização das fases desta seleção
9.9. Os casos omissos e duvidosos referentes ao processo de Seleção serão resolvidos pela
comissão responsável pela seleção.
Jaguaribe, 08 de setembro de 2016
___________________________________________
Emanuelle Grace Kelly Santos de Oliveira
Coordenadora da CREDE 11 - Jaguaribe
ANEXO I – INTEGRANTE DO EDITAL Nº 010/2016
VAGA POR DISCIPLINA
DISCIPLINA TURNO CARGA HORÁRIA DE REGÊNCIA
FÍSICA INTEGRAL 40 h/a
LINGUA PORTUGUESA INTEGRAL 40 h/a
ANEXO II – INTEGRANTE EDITAL Nº 010/2016
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO LEGISLAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL
BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 – Título V, Cap. II, Seção IV-A, Da Educação Profissional
Técnica de Nível Médio e Cap. III, da Educação Profissional tecnológica.
BRASIL. Decreto 5.154, de 23 de julho de 2004. Regulamenta o art. 36 e os arts. 39 e 41 da Lei nº 9.394,
de 20 de dezembro de 1996. Disponível no site www.seduc.ce.gov.br.
MODELO DE GESTÃO TECNOLÓGICA EMPRESARIAL SÓCIOEDUCACIONAL – TESE Manual
operacional – Modelo de Gestão – Tecnologia Empresarial Socioeducacional (TESE) – Uma nova escola
para a juventude brasileira – Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. Instituto de Corresponsabilidade
pela Educação – ICE. Disponível no site www.seduc.ce.gov.br
ANEXO III – INTEGRANTE DO EDITAL N° 010/2016
QUALIFICAÇÃO EXIGIDA PARA A FUNÇÃO DE PROFESSOR
DOS REQUISITOS: os requisitos para cada disciplina estão estabelecidos na forma dos artigos 62 e 63, II e
III, da Lei nº 9.394/96, concorrendo, desta forma, todos os portadores de diploma de Licenciatura Plena,
todos os portadores de diploma referente ao Esquema I ou Curso Especial de Formação Pedagógica de
Docentes (CEFOP), expedido por instituição de ensino superior, devidamente credenciada, cujos cursos
sejam reconhecidos, concorrendo para disciplina da área da seleção para a qual o respectivo diploma os
habilita e o Parecer nº 0582/2003 do Conselho de Educação do Estado do Ceará.
1. LICENCIATURA
FÍSICA
REQUISITO: diploma de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em Física ou de licenciatura em Ciências com
plenificação em Física ou em licenciatura plena em Curso de Formação de Professores (Pedagogia, em regime regular ou especial,
com habilitação em Física), devidamente registrado e fornecido por instituição de ensino superior, reconhecida pelo Ministério da
Educação.
LÍNGUA PORTUGUESA
REQUISITO: diploma de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em Letras com habilitação para o ensino de
Língua Portuguesa ou de licenciatura plena em Curso de Formação de Professores (Pedagogia, em regime regular ou especial, com
habilitação em Língua Portuguesa), devidamente registrado e fornecido por instituição de ensino superior, reconhecida pelo Ministério
da Educação.
ANEXO IV A QUE SE REFERE AO EDITAL N.º 010/2016
FICHA DE INSCRIÇÃO Nº. ________ DADOS PESSOAIS
NOME :_________________________________________________________________
NASC.______/______/_________ SEXO_______________
ENDEREÇO:_____________________________________ BAIRRO_________________
CIDADE:___________________ ESTADO:______________CEP____________________
TELEFONE RES.____________________ CELULAR:_________________________
EMAIL______________________________ RG_____________________ORG.EXP.___________
CPF__________________________ PIS/PASEP:________________________________
TÍTULO DE ELEITOR__________________________ SEÇÃO_________ ZONA______
CERT. DE RESERVISTA______________________________
MATRÍCULA PROFESSOR EFETIVO:___________________________________(anexar cópia extrato pagamento)
CLASSIFICAÇÃO GERAL SELEÇÃO EDITAL Nº 002/2016:__________________________
INSCRIÇÃO: _____________________________ DISCIPLINA:________________________
CLASSIFICAÇÃO DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA SELEÇÃO EDITAL Nº 002/2016
INSCRIÇÃO: _____________________________ DISCIPLINA:________________________
DADOS SOBRE FORMAÇÃO PROFISSIONAL-LICENCIATURA
NOME DO CURSO:________________________________________________________
ANO DE CONCLUSÃO:______________________(apresentar cópia diploma ou certidão/declaração de conclusão)
OPÇÃO DO CANDIDATO:
DISCIPLINA: ___________________ EEEP________________________________ CREDE/SEFOR _____
_____________, ____de______________ de 2016 ___________________________________________
Assinatura do candidato
QUANTIDADE DE FOLHAS APRESENTADAS PELO CANDIDATO____________
COMPROVANTE DE INSCRIÇÃO
Nº. DE INSCRIÇÃO: ____________
NOME DO CANDIDATO:______________________________________________________
RG: __________________________ Órgão Expedidor: ____________________________
Seminário: local_______________________________________horário:______________
Entrevista: local:______________________________________ horário:______________
Apresentar este comprovante e o RG nos dias seminário e entrevista
_________________,______de _____________de 2016
_________________________________________
Responsável pela inscrição
ANEXO V A QUE SE REFERE AO EDITAL N.º 010/2016
CRONOGRAMA
Inscrições 08 a 14 de setembro de 2016
Análise de Currículo 15/09/2016 de 08:00 às 10:00h
Resultado da Análise Currículo 15/09/2016 a partir das 10:00h
Seminário 15/09/2016 das 13:30 às 17:30h
Entrevistas 16/09/2016 das 09:00 ás 12:00h
Resultado Final 16/09/2016 a partir das 16:00h
ANEXO VI A QUE SE REFERE AO EDITAL N.º 010/2016
CURRÍCULUM VITAE PADRONIZADO
Eu, ______________________________________________, candidato (a) à função de Professor da
disciplina de ______________________ da
EEEP_________________________________________município de _____________________,
________CREDE/SEFOR______, cujo número de inscrição é __________________ , apresento e declaro
ser de minha exclusiva responsabilidade o preenchimento das informações e que as declarações e
documentos a seguir relacionados são verdadeiros e válidos na forma da Lei, sendo comprovados mediante
cópias em anexo autenticadas em cartório e/ou com atesto do órgão responsável pela inscrição, numeradas
e ordenadas, num total de _____________ folhas, que compõem este Currículo Padronizado, para fins de
atribuição de pontos através da análise curricular pela banca examinadora, com vistas à atribuição da nota.
1. Experiência de trabalho no exercício da função de Diretor de Turma
ESCOLA TEMPO
Anexar a Declaração, em papel timbrado, assinada pelo Diretor (a) da Escola ou pelo Secretário (a) Escolar, com seus
respectivos carimbos de identificação.
2. Experiência de trabalho no exercício da função docente na rede pública
ESCOLA TEMPO
Anexar a Declaração, em papel timbrado, assinada pelo Diretor (a) da Escola ou pelo Secretário (a) Escolar, com seus
respectivos carimbos de identificação, quando se tratar de experiência em Escola Pública Estadual ou Municipal.
3. Experiência de trabalho no exercício da função docente em sala de aula
TEMPO
Cópia da Carteira Profissional autenticada onde conste o início e o término da experiência, quando se tratar de estabelecimento de
Ensino Particular
Aos estágios e serviços voluntários na área do magistério será atribuída pontuação na função docente, desde que devidamente
certificada/declarada por instituição juridicamente constituída
4. Aprovação em concurso ou seleção pública na disciplina a que concorre, restrita a uma seleção
ou concurso.
CONCURSO OU SELEÇÃO
Anexar cópia DOE edital de aprovação
5. Especialização na área de Educação, em nível de pós-graduação lato sensu (carga horária mínima
de 360 horas), restrito a um curso.
CURSO
Anexar cópia do certificado ou Certidão/Declaração Oficial de Especialização na área de Educação, em nível de pós-graduação lato
sensu (carga horária mínima de 360 horas).
6. Diploma, devidamente registrado, ou Certidão/Declaração Oficial de curso de pós graduação
strictu sensu em qualquer área, restrito a um curso.
CURSO
Anexar cópia do Diploma ou Certidão/Declaração Oficial do curso, em nível de pós-graduação strictu sensu

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Edital seleção professor eeep 06.01.2015 - matemática
Edital seleção professor eeep 06.01.2015 - matemáticaEdital seleção professor eeep 06.01.2015 - matemática
Edital seleção professor eeep 06.01.2015 - matemática
Jobenemar Carvalho
 
Edital matrículas 2017 21.12.16
Edital matrículas 2017 21.12.16Edital matrículas 2017 21.12.16
Edital matrículas 2017 21.12.16
AndreMath84
 
Edital matrículas 2016
Edital matrículas 2016Edital matrículas 2016
Edital matrículas 2016
EP Maria Célia Pinheiro Falcão
 
Edital de matrículas 2015
Edital de matrículas 2015Edital de matrículas 2015
Edital de matrículas 2015
EP Maria Célia Pinheiro Falcão
 
Edital de matrículas 2015 chamada de março
Edital de matrículas 2015   chamada de marçoEdital de matrículas 2015   chamada de março
Edital de matrículas 2015 chamada de março
EP Maria Célia Pinheiro Falcão
 
Editaldeprotagonistas oficinadossonhos2017
Editaldeprotagonistas oficinadossonhos2017Editaldeprotagonistas oficinadossonhos2017
Editaldeprotagonistas oficinadossonhos2017
AndreMath84
 
Edital Art 4º - 2013
Edital Art 4º - 2013Edital Art 4º - 2013
Edital Art 4º - 2013
Jobenemar Carvalho
 
EDITAL DE PROTAGONISTAS - OFICINA DOS SONHOS 2016
EDITAL DE PROTAGONISTAS - OFICINA DOS SONHOS 2016EDITAL DE PROTAGONISTAS - OFICINA DOS SONHOS 2016
EDITAL DE PROTAGONISTAS - OFICINA DOS SONHOS 2016
EP Maria Célia Pinheiro Falcão
 
Edital de matrículas 2013
Edital de matrículas 2013Edital de matrículas 2013
Edital de matrículas 2013
Jobenemar Carvalho
 
Edital artigo 4 002_2017_seleo professor eeep-monsenhor_luisximenesfreire - ...
Edital artigo 4  002_2017_seleo professor eeep-monsenhor_luisximenesfreire - ...Edital artigo 4  002_2017_seleo professor eeep-monsenhor_luisximenesfreire - ...
Edital artigo 4 002_2017_seleo professor eeep-monsenhor_luisximenesfreire - ...
A Voz de Santa Quitéria
 
Edital de matrículas 2015 2ª chamada
Edital de matrículas 2015   2ª chamadaEdital de matrículas 2015   2ª chamada
Edital de matrículas 2015 2ª chamada
EP Maria Célia Pinheiro Falcão
 
Edital seleção professor eeep 29.01.2015
Edital seleção professor eeep 29.01.2015Edital seleção professor eeep 29.01.2015
Edital seleção professor eeep 29.01.2015
Jobenemar Carvalho
 
Edital de Matrículas 2015
Edital de Matrículas 2015Edital de Matrículas 2015
Edital de Matrículas 2015
EP Maria Célia Pinheiro Falcão
 
Edital Seleção de Professores EEEP Maria Célia
Edital Seleção de Professores   EEEP Maria CéliaEdital Seleção de Professores   EEEP Maria Célia
Edital Seleção de Professores EEEP Maria Célia
EP Maria Célia Pinheiro Falcão
 
Edital de matrículas 2014 - EEEP MARIA CÉLIA (Pereiro)
Edital de matrículas 2014 - EEEP MARIA CÉLIA (Pereiro)Edital de matrículas 2014 - EEEP MARIA CÉLIA (Pereiro)
Edital de matrículas 2014 - EEEP MARIA CÉLIA (Pereiro)
Jobenemar Carvalho
 
Edital de matrículas 2014 aditivo redes de computadores
Edital de matrículas 2014 aditivo redes de computadoresEdital de matrículas 2014 aditivo redes de computadores
Edital de matrículas 2014 aditivo redes de computadores
Jobenemar Carvalho
 
Edital 002.2015 seleção de profs
Edital 002.2015 seleção de profs Edital 002.2015 seleção de profs
Edital 002.2015 seleção de profs
Camila Morais
 
Currículo pradronizado
Currículo pradronizadoCurrículo pradronizado
Currículo pradronizado
EP Maria Célia Pinheiro Falcão
 
Edital da Escola Profissionalizante Francisca Maura Martins
Edital da Escola Profissionalizante Francisca Maura MartinsEdital da Escola Profissionalizante Francisca Maura Martins
Edital da Escola Profissionalizante Francisca Maura Martins
Ataliba Freitas
 
Edital 001 2017 eeepjn
Edital 001 2017 eeepjnEdital 001 2017 eeepjn
Edital 001 2017 eeepjn
Camila Morais
 

Mais procurados (20)

Edital seleção professor eeep 06.01.2015 - matemática
Edital seleção professor eeep 06.01.2015 - matemáticaEdital seleção professor eeep 06.01.2015 - matemática
Edital seleção professor eeep 06.01.2015 - matemática
 
Edital matrículas 2017 21.12.16
Edital matrículas 2017 21.12.16Edital matrículas 2017 21.12.16
Edital matrículas 2017 21.12.16
 
Edital matrículas 2016
Edital matrículas 2016Edital matrículas 2016
Edital matrículas 2016
 
Edital de matrículas 2015
Edital de matrículas 2015Edital de matrículas 2015
Edital de matrículas 2015
 
Edital de matrículas 2015 chamada de março
Edital de matrículas 2015   chamada de marçoEdital de matrículas 2015   chamada de março
Edital de matrículas 2015 chamada de março
 
Editaldeprotagonistas oficinadossonhos2017
Editaldeprotagonistas oficinadossonhos2017Editaldeprotagonistas oficinadossonhos2017
Editaldeprotagonistas oficinadossonhos2017
 
Edital Art 4º - 2013
Edital Art 4º - 2013Edital Art 4º - 2013
Edital Art 4º - 2013
 
EDITAL DE PROTAGONISTAS - OFICINA DOS SONHOS 2016
EDITAL DE PROTAGONISTAS - OFICINA DOS SONHOS 2016EDITAL DE PROTAGONISTAS - OFICINA DOS SONHOS 2016
EDITAL DE PROTAGONISTAS - OFICINA DOS SONHOS 2016
 
Edital de matrículas 2013
Edital de matrículas 2013Edital de matrículas 2013
Edital de matrículas 2013
 
Edital artigo 4 002_2017_seleo professor eeep-monsenhor_luisximenesfreire - ...
Edital artigo 4  002_2017_seleo professor eeep-monsenhor_luisximenesfreire - ...Edital artigo 4  002_2017_seleo professor eeep-monsenhor_luisximenesfreire - ...
Edital artigo 4 002_2017_seleo professor eeep-monsenhor_luisximenesfreire - ...
 
Edital de matrículas 2015 2ª chamada
Edital de matrículas 2015   2ª chamadaEdital de matrículas 2015   2ª chamada
Edital de matrículas 2015 2ª chamada
 
Edital seleção professor eeep 29.01.2015
Edital seleção professor eeep 29.01.2015Edital seleção professor eeep 29.01.2015
Edital seleção professor eeep 29.01.2015
 
Edital de Matrículas 2015
Edital de Matrículas 2015Edital de Matrículas 2015
Edital de Matrículas 2015
 
Edital Seleção de Professores EEEP Maria Célia
Edital Seleção de Professores   EEEP Maria CéliaEdital Seleção de Professores   EEEP Maria Célia
Edital Seleção de Professores EEEP Maria Célia
 
Edital de matrículas 2014 - EEEP MARIA CÉLIA (Pereiro)
Edital de matrículas 2014 - EEEP MARIA CÉLIA (Pereiro)Edital de matrículas 2014 - EEEP MARIA CÉLIA (Pereiro)
Edital de matrículas 2014 - EEEP MARIA CÉLIA (Pereiro)
 
Edital de matrículas 2014 aditivo redes de computadores
Edital de matrículas 2014 aditivo redes de computadoresEdital de matrículas 2014 aditivo redes de computadores
Edital de matrículas 2014 aditivo redes de computadores
 
Edital 002.2015 seleção de profs
Edital 002.2015 seleção de profs Edital 002.2015 seleção de profs
Edital 002.2015 seleção de profs
 
Currículo pradronizado
Currículo pradronizadoCurrículo pradronizado
Currículo pradronizado
 
Edital da Escola Profissionalizante Francisca Maura Martins
Edital da Escola Profissionalizante Francisca Maura MartinsEdital da Escola Profissionalizante Francisca Maura Martins
Edital da Escola Profissionalizante Francisca Maura Martins
 
Edital 001 2017 eeepjn
Edital 001 2017 eeepjnEdital 001 2017 eeepjn
Edital 001 2017 eeepjn
 

Destaque

Horário de provas 3º bim 2016
Horário de provas 3º bim 2016Horário de provas 3º bim 2016
Horário de provas 3º bim 2016
EP Maria Célia Pinheiro Falcão
 
Horário de recuperação 2016
Horário de recuperação 2016 Horário de recuperação 2016
Horário de recuperação 2016
AndreMath84
 
Vi mocicult 2016 final 27.09.16
Vi mocicult 2016 final 27.09.16Vi mocicult 2016 final 27.09.16
Vi mocicult 2016 final 27.09.16
Andre Bandeira
 
Resultado Final da 1ª fase da Ocimac 2016
Resultado Final da 1ª fase da Ocimac   2016Resultado Final da 1ª fase da Ocimac   2016
Resultado Final da 1ª fase da Ocimac 2016
EP Maria Célia Pinheiro Falcão
 
Cadastro de reserva
Cadastro de reservaCadastro de reserva
Cadastro de reserva
AndreMath84
 
Resultado final 2017 seleção 07.01.17 adm
Resultado final 2017  seleção 07.01.17 admResultado final 2017  seleção 07.01.17 adm
Resultado final 2017 seleção 07.01.17 adm
AndreMath84
 
Resultado final 2017 seleção 07.01 agro
Resultado final 2017  seleção 07.01 agroResultado final 2017  seleção 07.01 agro
Resultado final 2017 seleção 07.01 agro
AndreMath84
 
Resultado final 2017 seleção 07.01.17 - come
Resultado final 2017  seleção 07.01.17 - comeResultado final 2017  seleção 07.01.17 - come
Resultado final 2017 seleção 07.01.17 - come
AndreMath84
 
Resultado final 2017 seleção 07.01 inf
Resultado final 2017  seleção 07.01 infResultado final 2017  seleção 07.01 inf
Resultado final 2017 seleção 07.01 inf
AndreMath84
 
Regulamento ocimac 2016
Regulamento ocimac 2016Regulamento ocimac 2016
Regulamento ocimac 2016
EP Maria Célia Pinheiro Falcão
 
Horário das turmas 2016.2 29.08.16
Horário das turmas 2016.2 29.08.16Horário das turmas 2016.2 29.08.16
Horário das turmas 2016.2 29.08.16
Andre Bandeira
 
Gabarito provisório ocimac 2016
Gabarito provisório ocimac 2016Gabarito provisório ocimac 2016
Gabarito provisório ocimac 2016
EP Maria Célia Pinheiro Falcão
 
Gabarito definitivo ocimac 2016
Gabarito definitivo ocimac 2016Gabarito definitivo ocimac 2016
Gabarito definitivo ocimac 2016
EP Maria Célia Pinheiro Falcão
 
Horario provas 06.05.16 2º bimestre
Horario provas 06.05.16  2º bimestreHorario provas 06.05.16  2º bimestre
Horario provas 06.05.16 2º bimestre
AndreMath84
 
Resultado final seleo edital maria clia 002 2017
Resultado final seleo edital maria clia 002 2017 Resultado final seleo edital maria clia 002 2017
Resultado final seleo edital maria clia 002 2017
AndreMath84
 
Ciencias humanas e suas tecnologias
Ciencias humanas e suas tecnologiasCiencias humanas e suas tecnologias
Ciencias humanas e suas tecnologias
Anny Karine Machado
 
O método das ciências humanas
O método das ciências humanasO método das ciências humanas
O método das ciências humanas
Alan
 
Ciencias humanas
Ciencias humanasCiencias humanas
Ciencias humanas
mmartinatti
 

Destaque (18)

Horário de provas 3º bim 2016
Horário de provas 3º bim 2016Horário de provas 3º bim 2016
Horário de provas 3º bim 2016
 
Horário de recuperação 2016
Horário de recuperação 2016 Horário de recuperação 2016
Horário de recuperação 2016
 
Vi mocicult 2016 final 27.09.16
Vi mocicult 2016 final 27.09.16Vi mocicult 2016 final 27.09.16
Vi mocicult 2016 final 27.09.16
 
Resultado Final da 1ª fase da Ocimac 2016
Resultado Final da 1ª fase da Ocimac   2016Resultado Final da 1ª fase da Ocimac   2016
Resultado Final da 1ª fase da Ocimac 2016
 
Cadastro de reserva
Cadastro de reservaCadastro de reserva
Cadastro de reserva
 
Resultado final 2017 seleção 07.01.17 adm
Resultado final 2017  seleção 07.01.17 admResultado final 2017  seleção 07.01.17 adm
Resultado final 2017 seleção 07.01.17 adm
 
Resultado final 2017 seleção 07.01 agro
Resultado final 2017  seleção 07.01 agroResultado final 2017  seleção 07.01 agro
Resultado final 2017 seleção 07.01 agro
 
Resultado final 2017 seleção 07.01.17 - come
Resultado final 2017  seleção 07.01.17 - comeResultado final 2017  seleção 07.01.17 - come
Resultado final 2017 seleção 07.01.17 - come
 
Resultado final 2017 seleção 07.01 inf
Resultado final 2017  seleção 07.01 infResultado final 2017  seleção 07.01 inf
Resultado final 2017 seleção 07.01 inf
 
Regulamento ocimac 2016
Regulamento ocimac 2016Regulamento ocimac 2016
Regulamento ocimac 2016
 
Horário das turmas 2016.2 29.08.16
Horário das turmas 2016.2 29.08.16Horário das turmas 2016.2 29.08.16
Horário das turmas 2016.2 29.08.16
 
Gabarito provisório ocimac 2016
Gabarito provisório ocimac 2016Gabarito provisório ocimac 2016
Gabarito provisório ocimac 2016
 
Gabarito definitivo ocimac 2016
Gabarito definitivo ocimac 2016Gabarito definitivo ocimac 2016
Gabarito definitivo ocimac 2016
 
Horario provas 06.05.16 2º bimestre
Horario provas 06.05.16  2º bimestreHorario provas 06.05.16  2º bimestre
Horario provas 06.05.16 2º bimestre
 
Resultado final seleo edital maria clia 002 2017
Resultado final seleo edital maria clia 002 2017 Resultado final seleo edital maria clia 002 2017
Resultado final seleo edital maria clia 002 2017
 
Ciencias humanas e suas tecnologias
Ciencias humanas e suas tecnologiasCiencias humanas e suas tecnologias
Ciencias humanas e suas tecnologias
 
O método das ciências humanas
O método das ciências humanasO método das ciências humanas
O método das ciências humanas
 
Ciencias humanas
Ciencias humanasCiencias humanas
Ciencias humanas
 

Semelhante a Seleoedital 0102016 - escolaprofissional (1)

Edital 001.2015 EEEP Leonel Brizola
Edital 001.2015 EEEP Leonel BrizolaEdital 001.2015 EEEP Leonel Brizola
Edital 001.2015 EEEP Leonel Brizola
Camila Morais
 
Edital EEEP MARIA CÉLIA - 04.08.2014
Edital EEEP MARIA CÉLIA - 04.08.2014Edital EEEP MARIA CÉLIA - 04.08.2014
Edital EEEP MARIA CÉLIA - 04.08.2014
EP Maria Célia Pinheiro Falcão
 
Edital 001.2015 seleção de prof geografia
Edital 001.2015 seleção de prof geografiaEdital 001.2015 seleção de prof geografia
Edital 001.2015 seleção de prof geografia
Camila Morais
 
Edital nº 003 2013 artigo 4º ensino regular - profissional e projeto rumo…
Edital nº 003 2013 artigo 4º ensino regular - profissional  e projeto rumo…Edital nº 003 2013 artigo 4º ensino regular - profissional  e projeto rumo…
Edital nº 003 2013 artigo 4º ensino regular - profissional e projeto rumo…
Jobenemar Carvalho
 
Edital nº 004 2013 artigo 4º ensino regular - profissional e projeto rumo…
Edital nº 004 2013 artigo 4º ensino regular - profissional  e projeto rumo…Edital nº 004 2013 artigo 4º ensino regular - profissional  e projeto rumo…
Edital nº 004 2013 artigo 4º ensino regular - profissional e projeto rumo…
Jobenemar Carvalho
 
Edital selecao de professores 2015
Edital selecao de professores 2015Edital selecao de professores 2015
Edital selecao de professores 2015
Camila Morais
 
Edital selecao de professores 2015
Edital selecao de professores 2015Edital selecao de professores 2015
Edital selecao de professores 2015
Camila Morais
 
Candidatura a Diretor(a) do Centro de Formação da Associação de Escolas A23 -...
Candidatura a Diretor(a) do Centro de Formação da Associação de Escolas A23 -...Candidatura a Diretor(a) do Centro de Formação da Associação de Escolas A23 -...
Candidatura a Diretor(a) do Centro de Formação da Associação de Escolas A23 -...
Carlos Ferreira
 
Edital 04.2014 seleção de professores
Edital 04.2014 seleção de professoresEdital 04.2014 seleção de professores
Edital 04.2014 seleção de professores
Guiomar Belchior Aguiar
 
Editalnº 013 2012 - Contrato temporário
Editalnº 013  2012 - Contrato temporárioEditalnº 013  2012 - Contrato temporário
Editalnº 013 2012 - Contrato temporário
maricelio
 
Edital 01 2014
Edital 01 2014 Edital 01 2014
Edital 01 2014
godofredoj
 
Edital302011doc
Edital302011docEdital302011doc
Edital302011doc
josimarnunys
 
Edital - 1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRAÇÃO DE PROFESSOR PARA O...
Edital - 1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRAÇÃO DE PROFESSOR PARA O...Edital - 1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRAÇÃO DE PROFESSOR PARA O...
Edital - 1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRAÇÃO DE PROFESSOR PARA O...
PROCAMPO
 
Edital 002/2016 : EEEP Alan Pinho Tabosa
Edital 002/2016 : EEEP Alan Pinho TabosaEdital 002/2016 : EEEP Alan Pinho Tabosa
Edital 002/2016 : EEEP Alan Pinho Tabosa
zedalegnas
 
Edital nº 019 2012-crede- artigo 4º - 26-12
Edital nº  019 2012-crede- artigo 4º -  26-12Edital nº  019 2012-crede- artigo 4º -  26-12
Edital nº 019 2012-crede- artigo 4º - 26-12
Escola Figueiredo Correia
 
Edital estado dt 2014
Edital estado dt 2014Edital estado dt 2014
Edital estado dt 2014
Priscila Costa
 
Aviso nº 3 CONTRATAÇÃO DE ESCOLA Técnicos Especializados
Aviso nº 3    CONTRATAÇÃO DE ESCOLA  Técnicos EspecializadosAviso nº 3    CONTRATAÇÃO DE ESCOLA  Técnicos Especializados
Aviso nº 3 CONTRATAÇÃO DE ESCOLA Técnicos Especializados
Pedro França
 
Edital Brasil Alfabetizado
Edital Brasil AlfabetizadoEdital Brasil Alfabetizado
Edital Brasil Alfabetizado
Alekson Morais
 
Edital selecao estagio_nivel superior_ifba_ssa_2015
Edital selecao estagio_nivel superior_ifba_ssa_2015Edital selecao estagio_nivel superior_ifba_ssa_2015
Edital selecao estagio_nivel superior_ifba_ssa_2015
Adenilton Ferreira
 
Chamada publica - História Local
Chamada publica - História LocalChamada publica - História Local
Chamada publica - História Local
profoco02
 

Semelhante a Seleoedital 0102016 - escolaprofissional (1) (20)

Edital 001.2015 EEEP Leonel Brizola
Edital 001.2015 EEEP Leonel BrizolaEdital 001.2015 EEEP Leonel Brizola
Edital 001.2015 EEEP Leonel Brizola
 
Edital EEEP MARIA CÉLIA - 04.08.2014
Edital EEEP MARIA CÉLIA - 04.08.2014Edital EEEP MARIA CÉLIA - 04.08.2014
Edital EEEP MARIA CÉLIA - 04.08.2014
 
Edital 001.2015 seleção de prof geografia
Edital 001.2015 seleção de prof geografiaEdital 001.2015 seleção de prof geografia
Edital 001.2015 seleção de prof geografia
 
Edital nº 003 2013 artigo 4º ensino regular - profissional e projeto rumo…
Edital nº 003 2013 artigo 4º ensino regular - profissional  e projeto rumo…Edital nº 003 2013 artigo 4º ensino regular - profissional  e projeto rumo…
Edital nº 003 2013 artigo 4º ensino regular - profissional e projeto rumo…
 
Edital nº 004 2013 artigo 4º ensino regular - profissional e projeto rumo…
Edital nº 004 2013 artigo 4º ensino regular - profissional  e projeto rumo…Edital nº 004 2013 artigo 4º ensino regular - profissional  e projeto rumo…
Edital nº 004 2013 artigo 4º ensino regular - profissional e projeto rumo…
 
Edital selecao de professores 2015
Edital selecao de professores 2015Edital selecao de professores 2015
Edital selecao de professores 2015
 
Edital selecao de professores 2015
Edital selecao de professores 2015Edital selecao de professores 2015
Edital selecao de professores 2015
 
Candidatura a Diretor(a) do Centro de Formação da Associação de Escolas A23 -...
Candidatura a Diretor(a) do Centro de Formação da Associação de Escolas A23 -...Candidatura a Diretor(a) do Centro de Formação da Associação de Escolas A23 -...
Candidatura a Diretor(a) do Centro de Formação da Associação de Escolas A23 -...
 
Edital 04.2014 seleção de professores
Edital 04.2014 seleção de professoresEdital 04.2014 seleção de professores
Edital 04.2014 seleção de professores
 
Editalnº 013 2012 - Contrato temporário
Editalnº 013  2012 - Contrato temporárioEditalnº 013  2012 - Contrato temporário
Editalnº 013 2012 - Contrato temporário
 
Edital 01 2014
Edital 01 2014 Edital 01 2014
Edital 01 2014
 
Edital302011doc
Edital302011docEdital302011doc
Edital302011doc
 
Edital - 1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRAÇÃO DE PROFESSOR PARA O...
Edital - 1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRAÇÃO DE PROFESSOR PARA O...Edital - 1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRAÇÃO DE PROFESSOR PARA O...
Edital - 1º PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRAÇÃO DE PROFESSOR PARA O...
 
Edital 002/2016 : EEEP Alan Pinho Tabosa
Edital 002/2016 : EEEP Alan Pinho TabosaEdital 002/2016 : EEEP Alan Pinho Tabosa
Edital 002/2016 : EEEP Alan Pinho Tabosa
 
Edital nº 019 2012-crede- artigo 4º - 26-12
Edital nº  019 2012-crede- artigo 4º -  26-12Edital nº  019 2012-crede- artigo 4º -  26-12
Edital nº 019 2012-crede- artigo 4º - 26-12
 
Edital estado dt 2014
Edital estado dt 2014Edital estado dt 2014
Edital estado dt 2014
 
Aviso nº 3 CONTRATAÇÃO DE ESCOLA Técnicos Especializados
Aviso nº 3    CONTRATAÇÃO DE ESCOLA  Técnicos EspecializadosAviso nº 3    CONTRATAÇÃO DE ESCOLA  Técnicos Especializados
Aviso nº 3 CONTRATAÇÃO DE ESCOLA Técnicos Especializados
 
Edital Brasil Alfabetizado
Edital Brasil AlfabetizadoEdital Brasil Alfabetizado
Edital Brasil Alfabetizado
 
Edital selecao estagio_nivel superior_ifba_ssa_2015
Edital selecao estagio_nivel superior_ifba_ssa_2015Edital selecao estagio_nivel superior_ifba_ssa_2015
Edital selecao estagio_nivel superior_ifba_ssa_2015
 
Chamada publica - História Local
Chamada publica - História LocalChamada publica - História Local
Chamada publica - História Local
 

Último

A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
JocelynNavarroBonta
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 

Último (20)

A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONALEMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
EMOCIONES PARA TRABAJAR EN LA AREA SOCIOEMOCIONAL
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 

Seleoedital 0102016 - escolaprofissional (1)

  • 1. EDITAL PARA REALIZAÇÃO DA SELEÇÃO SIMPLIFICADA DE PROFESSORES DA BASE COMUM E DIVERSIFICADA DO CURRÍCULO DO ENSINO MÉDIO PARA A EEEP PROFESSORA MARIA CÉLIA PINHEIRO FALCÃO – PEREIRO - CEARÁ EDITAL Nº 010 /2016 – CREDE 11 JAGUARIBE A COORDENADORA DA COORDENADORIA REGIONAL DE DESENVOLVIEMTO DA EDUCAÇÃO – CREDE 11, EMANUELLE GRACE KELLY SANTOS DE OLIVEIRA, atendendo o que dispõe o art. 3º, da Lei nº 15.928, de 29 de dezembro de 2015 publicada no DOE de 30/12/2015, divulga e estabelece normas especificas para a abertura de inscrições e a realização de processo seletivo destinado a suprir carência de Física na disciplina discriminada no ANEXO I deste edital, para compor o corpo docente da EEEP PROFESSORA MARIA CÉLIA PINHEIRO FALCÃO. 1. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1. Pode concorrer a uma vaga prevista neste Edital, e discriminada em seu anexo I, exclusivamente o professor, efetivo, em estágio probatório ou não, e professor selecionado, nos termos de Lei Complementar nº 22/2000 (seleção regulamentada pelo edital nº 002/2016, DOE de 06/04/2016, com o banco dos aprovados publicado no edital nº 006/2016, DOE de 14/06/2016) que possua habilitação na disciplina para a qual concorre de acordo com o anexo I deste edital. 1.2. A carga horária para o cargo de professor da Escola Estadual de Educação Profissional será de 40 (quarenta) horas aula semanais, de forma integral, distribuídas entre todos os turnos de funcionamento da escola. 1.3. A Seleção simplificada de que trata este Edital será realizada sob a execução da respectiva CREDE, abrangendo avaliações situacionais de competências específicas sobre o modelo de gestão e a proposta pedagógica das EEEP, de caráter eliminatório e classificatório, sendo composta de duas fases, sendo que a primeira consistirá de comprovação de experiência através de análise curricular e, a segunda, de um seminário presencial e entrevista ao candidato sobre o modelo de gestão e a proposta pedagógica das EEEP's, ambas de caráter eliminatório e classificatório. 2. DAS INSCRIÇÕES 2.1. A inscrição do candidato implicará o conhecimento e a expressa aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento. 2.2. As Inscrições para a Seleção estão sob a responsabilidade da CREDE e serão realizadas nos dias 08, 09,12, 13 e 14 de setembro de 2016, na sede da CREDE 11. 2.3. No ato da inscrição o candidato deverá estar habilitado ou estar cursando a disciplina que pretende lecionar e para a qual se inscreveu, atendendo ao Anexo III deste Edital. 2.4. Ao realizar a inscrição, o candidato deverá: a) Preencher a ficha de inscrição, com todos os dados solicitados. As informações prestadas no formulário de inscrição são de inteira responsabilidade do candidato, ficando a Administração Pública no direito de excluí-lo da seleção, caso comprove inveracidade nos dados fornecidos na
  • 2. ficha de inscrição ou o não preenchimento de informações requeridas na mesma. b) Preencher “Curriculum Vitae” padronizado, devendo, por ocasião da inscrição, apresentar os documentos comprobatórios do mesmo. 2.5. O candidato declarará, na ficha de inscrição, que tem ciência e aceita que, caso aprovado, entregará os documentos comprobatórios exigidos para exercer a função de professor, por ocasião da contratação. 3. DA SELEÇÃO 3. A Seleção, de que trata este Edital, constará de 2 (duas) fases, sendo a primeira composta de comprovação de experiência através de análise curricular e, a segunda, de um seminário presencial e entrevista ao candidato sobre o modelo de gestão e a proposta pedagógica das EEEP, ambas de caráter eliminatório e classificatório, com as normas definidas no edital. 3.1. Primeira Fase – de caráter eliminatório e classificatório, sendo constituída de comprovação de experiência através de análise curricular. 3.1.3. A comprovação de experiência, através de análise curricular de caráter classificatório, valerá até 10 (dez) pontos, sendo avaliada pela experiência do candidato nos seguintes aspectos: ÁREAS AVALIADAS PONTUAÇÃO MÁXIMA Experiência de trabalho no exercício da função de Diretor de Turma, limitado a 02 (dois) anos. Sendo 0,5 ponto por cada ano. 1 Experiência no serviço público no exercício da docência em sala de aula, mínimo de 1 (um) ano, limitado a 04 (quatro) anos, sendo 0,5 ponto por cada ano. 2 Experiência de trabalho no exercício da função docente em sala de aula mínimo de 1 (um) ano, limitado a 02 (dois) anos, sendo 0,5 ponto por cada ano. 1 Aprovação em concurso ou seleção pública na disciplina a que concorre, restrita a um concurso ou seleção. 1 Certificado, devidamente registrado, ou Certidão/Declaração Oficial de Especialização na área de Educação, em nível de pós-graduação lato sensu (carga horária mínima de 360 horas), restrito a um curso 2 Diploma, devidamente registrado, ou Certidão/Declaração Oficial de pós graduação strictu sensu em qualquer área, restrito a um curso 3 3.1.4. A comprovação da experiência de trabalho deverá ser fornecida através de: a) declaração, em papel timbrado, assinada pelo(a) Diretor(a) da Escola ou pelo(a) Secretário(a) Escolar, com seus respectivos carimbos de identificação, quando se tratar de experiência em Escola Pública Estadual ou Municipal. b) Cópia da Carteira Profissional autenticada onde conste o início e o término da experiência, quando se tratar de estabelecimento de Ensino Particular. 3.1.5. Os documentos expedidos no exterior, em língua estrangeira, somente serão considerados quando traduzidos para o português, por tradutor oficial e revalidados por Instituição de Ensino Brasileira. 3.1.6. Não será permitida a contagem concomitante de tempo de serviço no magistério. 3.1.7. Aos estágios e serviços voluntários na área do magistério será atribuída pontuação na
  • 3. função docente, desde que devidamente certificada por instituição juridicamente constituída. 3.1.8. Os certificados dos cursos exigidos para avaliação de títulos que não mencionarem a carga horária e que não forem expedidos por Instituição Oficial ou particular devidamente autorizada, não serão considerados. 3.1.9 A relação dos candidatos classificados para participarem da Segunda Fase da Seleção será divulgada no site da Crede, no dia 15 de setembro de 2016, a partir das 10:00 horas. 3.1.10. Na classificação final da Primeira Fase, caso haja igualdade de nota final, serão adotados os seguintes critérios de desempate, na ordem indicada abaixo, dando-se referência ao candidato que tiver: a) maior tempo de experiência na docência na rede pública; b maior tempo de experiência na docência; c) maior idade. 3.2. A Segunda Fase, de caráter eliminatório e classificatório será constituída de um Seminário presencial e uma entrevista para cada candidato sobre o modelo de gestão e a proposta pedagógica das EEEP´s. 3.2.1. Serão classificados para a Segunda Fase, por ordem de nota decrescente, até três vezes o número de candidato por escola/vaga/disciplina. 3.2.2. O Seminário, de caráter eliminatório, terá carga horária de 04 (quatro) horas/aula, sendo realizado no dia 15 de setembro de 2016, com atividades que poderão ser desenvolvidas no turno diurno e noturno. Os locais e horários de realização do Seminário e da entrevista serão informados e divulgados aos candidatos no ato da inscrição. 3.2.3. A entrevista, de caráter eliminatório e classificatório, valendo até 10 (dez) pontos, devem ser levados em consideração os aspectos de comprometimento do candidato com a proposta da escola profissional. A entrevista será realizada no dia 16 de setembro de 2016, no horário de 09:00h às 12:00h, sendo que os locais e horários da entrevista de cada candidato serão informados e divulgados no site da CREDE 11 Jaguaribe. 3.2.4. A banca da entrevista será definida pela CREDE 11, com no máximo 03 (três) membros. 3.2.5. Será eliminado da Seleção, o candidato que não atingir o número mínimo de 50 (cinquenta) por cento de pontuação na entrevista. 4. DO RESULTADO FINAL DA SELEÇÃO E DA CLASSIFICAÇÃO 4.1. A nota final dos candidatos será obtida através da soma da nota da primeira fase com os pontos obtidos na Entrevista, respeitadas escola/disciplina, sendo calculada a nota para cada candidato de acordo com a fórmula abaixo: NF = NPF + NE Onde, NF =>Nota Final NPF => Nota da Primeira Fase NE=> Nota da Entrevista 4.2. A classificação final dos candidatos será feita por Disciplina, em ordem decrescente da nota final, divulgada pela própria CREDE 11, através do site: www.crede11.seduc.ce.gov.br, no dia 16 de setembro de 2016, a partir das 16:00 h. 5. DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE 5.1 Em caso de empate na nota final na seleção, terá preferência o candidato que, na seguinte ordem: a) tiver idade superior a sessenta anos, até o último dia de inscrição nesta seleção, conforme artigo 27, parágrafo único, do Estatuto do Idoso; b) obtiver maior nota na entrevista; 5.2. Persistindo o empate, terá preferência o candidato mais idoso.
  • 4. 6. DA EXCLUSÃO DO CANDIDATO 6.1 Será excluído da Seleção o candidato que: a) fizer, em qualquer documento, declaração falsa ou inexata; b) desrespeitar membro da Comissão Executora e/ou Coordenadora da Seleção; c) descumprir quaisquer das instruções contidas no Edital; d) ausentar-se da sala onde esteja sendo entrevistado; e) faltar a entrevista; f) não frequentar 100% das atividades do seminário g)não atingir o número mínimo de 50(cinquenta) por cento de pontuação na entrevista. h)perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos, incorrendo em comportamento indevido. 7. DOS RECURSOS 7.1. Caberá interposição de recurso administrativo a: a) resultado da análise curricular e entrevista 7.2. Todo recurso deverá ser obrigatoriamente assinado pelo candidato e encaminhado à CREDE/SEFOR. 7.3. Os recursos deverão ser entregues na escola no horário das 8:00 às 12:00h e das 13:00às 17:00h. 7.4. O prazo para interposição de recurso sobre o resultado da ação descrita na alínea “a” do subitem 7.1 será de 24 (vinte e quatro) horas, contados a partir do primeiro dia da divulgação da CREDE/SEFOR. 7.5. Admitir-se-á um único recurso para cada candidato, sendo as respectivas decisões individualizadas. 8. DA VIGÊNCIA DA SELEÇÃO 8.1. A vigência da presente seleção será de 02(dois) anos a contar da data de seu resultado, podendo ser prorrogado por igual período. 9. DAS DISPOSIÇÕES FINAIS 9.1. A inscrição do candidato implicará o conhecimento e a tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento. 9.2. Não será aceita solicitação de inscrição extemporânea ou em desacordo com as normas deste Edital. 9.3. Será composto um banco de aprovados na escola contendo a classificação final do candidato por disciplina, em ordem decrescente da nota final. 9.4. Serão considerados documentos de identidade a que se referem itens deste Edital: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, pelas Secretarias de Segurança Pública, pelos Institutos de Identificação e pelos Corpos de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos etc.); passaporte brasileiro; certificado de reservista; carteiras funcionais do Ministério Público; carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, valham como identidade; carteira de trabalho; carteira nacional de habilitação (somente modelo com foto). 9.5. O descumprimento de quaisquer das instruções supracitadas implicará a eliminação do candidato, constituindo tentativa de fraude. 9.6. Os certificados dos cursos exigidos que não mencionarem a carga horária e que não forem expedidos por Instituição Oficial ou particular devidamente autorizada, não serão considerados. 9.7. Todos os horários previstos neste Edital são regidos pelo horário do Estado do Ceará. 9.8. Não serão assegurados estacionamentos para veículos de candidatos nos locais de
  • 5. realização das fases desta seleção 9.9. Os casos omissos e duvidosos referentes ao processo de Seleção serão resolvidos pela comissão responsável pela seleção. Jaguaribe, 08 de setembro de 2016 ___________________________________________ Emanuelle Grace Kelly Santos de Oliveira Coordenadora da CREDE 11 - Jaguaribe
  • 6. ANEXO I – INTEGRANTE DO EDITAL Nº 010/2016 VAGA POR DISCIPLINA DISCIPLINA TURNO CARGA HORÁRIA DE REGÊNCIA FÍSICA INTEGRAL 40 h/a LINGUA PORTUGUESA INTEGRAL 40 h/a
  • 7. ANEXO II – INTEGRANTE EDITAL Nº 010/2016 CONTEÚDO PROGRAMÁTICO LEGISLAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 – Título V, Cap. II, Seção IV-A, Da Educação Profissional Técnica de Nível Médio e Cap. III, da Educação Profissional tecnológica. BRASIL. Decreto 5.154, de 23 de julho de 2004. Regulamenta o art. 36 e os arts. 39 e 41 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Disponível no site www.seduc.ce.gov.br. MODELO DE GESTÃO TECNOLÓGICA EMPRESARIAL SÓCIOEDUCACIONAL – TESE Manual operacional – Modelo de Gestão – Tecnologia Empresarial Socioeducacional (TESE) – Uma nova escola para a juventude brasileira – Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral. Instituto de Corresponsabilidade pela Educação – ICE. Disponível no site www.seduc.ce.gov.br
  • 8. ANEXO III – INTEGRANTE DO EDITAL N° 010/2016 QUALIFICAÇÃO EXIGIDA PARA A FUNÇÃO DE PROFESSOR DOS REQUISITOS: os requisitos para cada disciplina estão estabelecidos na forma dos artigos 62 e 63, II e III, da Lei nº 9.394/96, concorrendo, desta forma, todos os portadores de diploma de Licenciatura Plena, todos os portadores de diploma referente ao Esquema I ou Curso Especial de Formação Pedagógica de Docentes (CEFOP), expedido por instituição de ensino superior, devidamente credenciada, cujos cursos sejam reconhecidos, concorrendo para disciplina da área da seleção para a qual o respectivo diploma os habilita e o Parecer nº 0582/2003 do Conselho de Educação do Estado do Ceará. 1. LICENCIATURA FÍSICA REQUISITO: diploma de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em Física ou de licenciatura em Ciências com plenificação em Física ou em licenciatura plena em Curso de Formação de Professores (Pedagogia, em regime regular ou especial, com habilitação em Física), devidamente registrado e fornecido por instituição de ensino superior, reconhecida pelo Ministério da Educação. LÍNGUA PORTUGUESA REQUISITO: diploma de conclusão de curso de nível superior de licenciatura plena em Letras com habilitação para o ensino de Língua Portuguesa ou de licenciatura plena em Curso de Formação de Professores (Pedagogia, em regime regular ou especial, com habilitação em Língua Portuguesa), devidamente registrado e fornecido por instituição de ensino superior, reconhecida pelo Ministério da Educação.
  • 9. ANEXO IV A QUE SE REFERE AO EDITAL N.º 010/2016 FICHA DE INSCRIÇÃO Nº. ________ DADOS PESSOAIS NOME :_________________________________________________________________ NASC.______/______/_________ SEXO_______________ ENDEREÇO:_____________________________________ BAIRRO_________________ CIDADE:___________________ ESTADO:______________CEP____________________ TELEFONE RES.____________________ CELULAR:_________________________ EMAIL______________________________ RG_____________________ORG.EXP.___________ CPF__________________________ PIS/PASEP:________________________________ TÍTULO DE ELEITOR__________________________ SEÇÃO_________ ZONA______ CERT. DE RESERVISTA______________________________ MATRÍCULA PROFESSOR EFETIVO:___________________________________(anexar cópia extrato pagamento) CLASSIFICAÇÃO GERAL SELEÇÃO EDITAL Nº 002/2016:__________________________ INSCRIÇÃO: _____________________________ DISCIPLINA:________________________ CLASSIFICAÇÃO DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA SELEÇÃO EDITAL Nº 002/2016 INSCRIÇÃO: _____________________________ DISCIPLINA:________________________ DADOS SOBRE FORMAÇÃO PROFISSIONAL-LICENCIATURA NOME DO CURSO:________________________________________________________ ANO DE CONCLUSÃO:______________________(apresentar cópia diploma ou certidão/declaração de conclusão) OPÇÃO DO CANDIDATO: DISCIPLINA: ___________________ EEEP________________________________ CREDE/SEFOR _____ _____________, ____de______________ de 2016 ___________________________________________ Assinatura do candidato QUANTIDADE DE FOLHAS APRESENTADAS PELO CANDIDATO____________ COMPROVANTE DE INSCRIÇÃO Nº. DE INSCRIÇÃO: ____________ NOME DO CANDIDATO:______________________________________________________ RG: __________________________ Órgão Expedidor: ____________________________ Seminário: local_______________________________________horário:______________ Entrevista: local:______________________________________ horário:______________ Apresentar este comprovante e o RG nos dias seminário e entrevista _________________,______de _____________de 2016 _________________________________________ Responsável pela inscrição
  • 10. ANEXO V A QUE SE REFERE AO EDITAL N.º 010/2016 CRONOGRAMA Inscrições 08 a 14 de setembro de 2016 Análise de Currículo 15/09/2016 de 08:00 às 10:00h Resultado da Análise Currículo 15/09/2016 a partir das 10:00h Seminário 15/09/2016 das 13:30 às 17:30h Entrevistas 16/09/2016 das 09:00 ás 12:00h Resultado Final 16/09/2016 a partir das 16:00h
  • 11. ANEXO VI A QUE SE REFERE AO EDITAL N.º 010/2016 CURRÍCULUM VITAE PADRONIZADO Eu, ______________________________________________, candidato (a) à função de Professor da disciplina de ______________________ da EEEP_________________________________________município de _____________________, ________CREDE/SEFOR______, cujo número de inscrição é __________________ , apresento e declaro ser de minha exclusiva responsabilidade o preenchimento das informações e que as declarações e documentos a seguir relacionados são verdadeiros e válidos na forma da Lei, sendo comprovados mediante cópias em anexo autenticadas em cartório e/ou com atesto do órgão responsável pela inscrição, numeradas e ordenadas, num total de _____________ folhas, que compõem este Currículo Padronizado, para fins de atribuição de pontos através da análise curricular pela banca examinadora, com vistas à atribuição da nota. 1. Experiência de trabalho no exercício da função de Diretor de Turma ESCOLA TEMPO Anexar a Declaração, em papel timbrado, assinada pelo Diretor (a) da Escola ou pelo Secretário (a) Escolar, com seus respectivos carimbos de identificação. 2. Experiência de trabalho no exercício da função docente na rede pública ESCOLA TEMPO Anexar a Declaração, em papel timbrado, assinada pelo Diretor (a) da Escola ou pelo Secretário (a) Escolar, com seus respectivos carimbos de identificação, quando se tratar de experiência em Escola Pública Estadual ou Municipal. 3. Experiência de trabalho no exercício da função docente em sala de aula TEMPO Cópia da Carteira Profissional autenticada onde conste o início e o término da experiência, quando se tratar de estabelecimento de Ensino Particular Aos estágios e serviços voluntários na área do magistério será atribuída pontuação na função docente, desde que devidamente certificada/declarada por instituição juridicamente constituída 4. Aprovação em concurso ou seleção pública na disciplina a que concorre, restrita a uma seleção ou concurso. CONCURSO OU SELEÇÃO Anexar cópia DOE edital de aprovação 5. Especialização na área de Educação, em nível de pós-graduação lato sensu (carga horária mínima de 360 horas), restrito a um curso. CURSO Anexar cópia do certificado ou Certidão/Declaração Oficial de Especialização na área de Educação, em nível de pós-graduação lato sensu (carga horária mínima de 360 horas). 6. Diploma, devidamente registrado, ou Certidão/Declaração Oficial de curso de pós graduação strictu sensu em qualquer área, restrito a um curso. CURSO
  • 12. Anexar cópia do Diploma ou Certidão/Declaração Oficial do curso, em nível de pós-graduação strictu sensu