SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
Baixar para ler offline
Seja um
supervisor de
células eficaz*
aula 05 – Formar/Treinar
‘‘Ouve agora minha voz, eu te aconselharei, e Deus será contigo...’’
Ex 18,19
*material de estudo do homônimo livro de Joel Comiskey
Estimule o crescimento
A “busca por desenvolvimento” precisa vir
do fundo da alma do líder de célula.
O supervisor pode ter um papel fundamental
guiando o desenvolvimento do líder,
mas a busca precisa vir do próprio líder.
É trabalho do supervisor mostrar a visão do Reino,
encorajar e fazer ele crescer acendendo o fogo
visionário que vai se desenvolver no coração do líder.
O supervisor precisa incentivar os líderes,
ajudando-os a alcançar os sonhos
que já estão em seu coração.
Estimule o crescimento
Os supervisores devem ajudar os líderes a melhorar
em todas as áreas com também devem providenciar
informação extra e treinamento para desenvolver as
paixões únicas que cada líder tem.
“Um bom supervisor reconhece as diferenças entre os
líderes, e ele ou ela ajusta o estilo de cada um
de acordo com isso.
(Lembre-se) Nós estamos lidando com pessoas!”.
David Owen
O supervisor prepara o ambiente
para que os líderes cresçam.
Estimule o crescimento
Aborde seu trabalho de supervisor
como um jardineiro que não tenta motivar
suas plantas a crescer, mas que busca a combinação
certa de luz, nutrientes e água para liberar
o crescimento natural da planta.
O supervisor cria as condições nas quais
vai florescer a motivação pessoal de cada líder,
evitando que dependam demais dele.
O objetivo da supervisão,
ao contrário do treinamento, é ajudar líderes a se
tornarem eternos aprendizes.
Estimule o crescimento
Algumas vezes o supervisor vai precisar responder as
perguntas, mas primeiro ele deve tentar fazer com
que o líder de célula tire algo de suas próprias
experiências.
O líder deve lutar com a questão e esgotar seu
próprio entendimento primeiro, aí o supervisor vai
aproveitar o discernimento que veio da boca do
próprio líder e constantemente lembrá-lo de que foi
dele esse discernimento.
O excelente seria manter a supervisão por longo
prazo porque mudanças de valor levam tempo e
precisam de encorajamento e convivência para
ressaltar o chamado do líder.
Supervisor, seja persistente
As pessoas precisam mais do que ler um livro ou
participar em um seminário para serem verdadeiramente
eficazes, elas precisam de prática constante.
Por meio de experiência própria, descobrirá que
depender das informações sobre célula, em vez de
praticar os princípios que aprendeu, não funcionará.
As informações somente terão impacto por meio de
repetição constante.
Jesus usou esse método com seus discípulos, Ele os
ensinava, dava exemplos práticos de seus ensinamentos,
permitia que eles falhassem e os ensinava de novo.
O modelo de treinamento de Jesus
1. Eu faço
você observa
2. Eu faço
você ajuda
3. Você faz
eu ajudo
4. Você faz
eu observo
Jesus preparou os discípulos para que tivessem
sucesso no futuro ministério.
Sugestões de desenvolvimento
Divida a experiência de aprendizagem
em espaços de tempo.
Não tente fazer tudo de uma vez.
Dê às pessoas a chance de caminhar
em seu próprio ritmo.
Novos comportamentos e novas formas de pensar
são mais bem assimiladas quando são espaçadas.
Talvez seu líder tenha feito um curso sobre
multiplicação de células ou lido um livro que você
recomendou sobre o assunto.
Agora você precisa guiá-lo passo a passo no processo de
longo prazo de multiplicar a célula dele.
Ensaiem os passos de novo e de novo.
Sugestões de desenvolvimento
Promova experiências ativas.
As pessoas precisam praticar o que aprenderam,
sair do teórico para o prático.
Dê ao líder oportunidades específicas
para trabalhar com a informação.
O líder que está aprendendo sobre multiplicação
da célula deve praticar um passo
de cada vez na célula dele.
Encoraje-o a tentar cada tática
depois que vocês a revisaram.
Á medida que ele pratica e vê isso em ação,
ele vai internalizando os passos.
O desenvolvimento ocorre quando o supervisor tira os líderes de sua zona de conforto
para aprender.
Se você mantiver seus líderes em um nível por muito tempo,
eles irão parar de aprender, e talvez até regredir. Não vão mais se desenvolver.
Elevar o nível gradativamente encoraja o progresso contínuo.
Aumente passo a passo o desenvolvimento, para que você consiga colocá-los
no ponto de desconforto que não ultrapasse os limites deles.
Eleve o nível.
Duvidas e perguntas
Esteja por perto nos desafios
As pessoas aprendem melhor
quando são confrontadas com desafios e dificuldades
e quando elas estão se recuperando de um “tombo”.
Tire vantagem dessas oportunidades para supervisionar.
Lembre o líder de conversas,
seminários ou experiências passadas.
Os líderes às vezes erram.
Mas o fracasso é um ótimo professor.
Deus pode usar esse fracasso se o líder quiser.
Pois o fracasso ensina suas lições rapidamente.
Infelizmente, uma das primeiras lições da vida é que o
fracasso é ruim, até mesmo vergonhoso.
Esteja por perto nos desafios
As pessoas aprendem a esconder seus fracassos, criar
desculpas para eles ou ignorá-los e assim perdem o valor de
aprender ao tentar descobrir o que saiu errado.
Mas, há uma grande diferença entre fracassar em algo e ser
um fracasso. Todos vão fracassar em várias coisas na vida.
As pessoas precisam usar o fracasso para avançar.
Quando um de seus líderes fracassar, provavelmente vai
pedir conselhos, aproveite e verifique com o líder
quais as lições que ele aprendeu.
Encoraje os líderes a responderem suas próprias questões
ajudando-os a encontrar soluções para seus problemas.
Esteja por perto nos desafios
Quando Jesus andava com seus doze discípulos há
mais de 2000 anos atrás, eles tinham acesso imediato
a ele e podiam fazer-lhe perguntas em tempo real.
A forma mais imediata de interagir hoje é por meio do
telefone (WhatsApp), que também pode ser usado pelos
líderes para ter acesso a seus supervisores, para tirar dúvidas
e preocupações.
Aproveite o momento para ensinar, a melhor aprendizagem
ocorre quando o líder tem uma necessidade ou sente falta de
alguma coisa.
Provérbios 27.17
Aja como um recurso
Os supervisores de células devem ser
“centros de distribuição de recursos para células”.
Eles devem se certificar
de que os líderes estão “conectados”, e buscando novas
formas de melhorar sua capacidade de liderança.
É responsabilidade do supervisor ajudar a interpretar as
informações ao se encontrar com seus líderes
individualmente ou no contexto de grupo.
Estudem um livro juntos e aprendam o conteúdo
em um ambiente interativo assim todos participam.
Todos compartilham. Todos aplicam o que aprenderam
em suas próprias experiências.
Aja como um recurso
Ver células sob diferentes ângulos permite aos líderes
escolherem o estilo que mais se encaixa em seus grupos.
Nenhum dos grupos é idêntico, o que significa que eles não
podem ser liderados exatamente da mesma maneira.
Sugestão de livros
1. Como Liderar um Excelente Encontro de Célula
2. Oito Hábitos do Líder Eficaz de Grupos Pequenos
3. Liderando com o Coração
4. Crescimento Explosivo da Igreja em Células
5. Fazendo as células funcionarem
6. Manual do Líder de Célula
7. A Igreja em Células
Aja como um recurso
Coloque seus líderes em contato com bons recursos,
semeie nas mentes deles e vai ajudá-los a criar estratégias
melhores para ter êxito.
Também comunicar-se on-line com seus líderes
é uma maneira rápida e eficaz de prover recursos:
pedidos de oração urgentes, novidades em tempo real e
material útil para encorajá-los a perseverar
em momentos de desânimo.
Ainda assim, uma simples ligação telefônica
é ainda a forma mais pessoal e eficaz para “sentir”
como realmente está o seu líder de célula.
As emoções e os palpites só serão transmitidos pela voz.
Ajude no desenvolvimento
Um dos principais papéis de um supervisor
é ajudar os líderes a aplicarem suas habilidades.
O supervisor não deve se concentrar somente em
desenvolver os líderes de célula de acordo
com o que eles precisam
(por exemplo, evangelizar, ouvir, liderar uma célula
ou como fazer a comunidade acontecer), mas
também na forma como eles melhor se desenvolvem.
Isso é chamado de supervisão situacional.
Em muitos casos, as pessoas já têm a habilidade ou o
conhecimento de que precisam, mas lhes falta confiança,
motivação ou técnicas para aplicar as novas habilidades.
Ajude no desenvolvimento
Determine se eles precisam focalizar em aprender ou
em fazer.
Identifique que chave vai destrancar desempenho de
cada pessoa, cada uma tem um estilo único e pessoal.
A única forma de saber a diferença é conhecendo
intimamente cada líder e o que ele precisa.
Como os líderes se desenvolvem
Dons naturais......................... 10%
Resultado de crises................ 5%
Influência de outro líder........ 85%
ALVO = Conformidade com Cristo
Jesus fez diferença na vida de seus discípulos?
Totalmente.
Os discípulos cresceram socialmente,
intelectualmente e espiritualmente.
Todos notavam a diferença que Jesus fazia.
Esses homens eram simples e não possuíam
educação formal.
Em Atos 4.13, lemos:
“Vendo a coragem de Pedro e de João,
e percebendo que eram homens comuns
e sem instrução, ficaram admirados,
e reconheceram que eles haviam estado com Jesus”.
ALVO = Conformidade com Cristo
Seu alvo como supervisor
é ajudar seus líderes a se tornarem conforme
a imagem de Jesus Cristo.
Romanos 8.29 diz:
“Pois aqueles que de antemão conheceu,
também os predestinou para serem conformes
à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja
o primogênito entre muitos irmãos”.
O alvo da supervisão é resumido nas palavras de João
Batista: “É necessário que ele cresça e que eu diminua”
(João 3.30).
O ensino principal
No final de sua vida, Paulo exortou seu próprio discípulo Timóteo:
“E as palavras que me ouviu dizer na presença de muitas testemunhas,
confie-as a homens fiéis que sejam também capazes de ensinar outros”
(2 Tm 2.2).
Duvidas e perguntas
Mãos à Obra!
Rua Durval P. Cordeiro, 542 - São Braz

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Teologia em foco as características dos fariseus
Teologia em foco  as características dos fariseusTeologia em foco  as características dos fariseus
Teologia em foco as características dos fariseus
norbertopm1
 
Slide de-intercessao-01
Slide de-intercessao-01Slide de-intercessao-01
Slide de-intercessao-01
Minerva Souza
 
estudo sobre Liderança cristã
estudo sobre Liderança cristãestudo sobre Liderança cristã
estudo sobre Liderança cristã
Reginaldo Pacheco
 
(01) mensagem especial para abertura de célula
(01) mensagem especial para abertura de célula(01) mensagem especial para abertura de célula
(01) mensagem especial para abertura de célula
Eduardo da Silva
 

Mais procurados (20)

Teologia em foco as características dos fariseus
Teologia em foco  as características dos fariseusTeologia em foco  as características dos fariseus
Teologia em foco as características dos fariseus
 
AS 7 TRANÇAS DE SANSÃO - ESTUDO
AS 7 TRANÇAS DE SANSÃO - ESTUDOAS 7 TRANÇAS DE SANSÃO - ESTUDO
AS 7 TRANÇAS DE SANSÃO - ESTUDO
 
Lição 1 A beleza do testemunho cristão
Lição 1   A beleza do testemunho cristãoLição 1   A beleza do testemunho cristão
Lição 1 A beleza do testemunho cristão
 
Slide de-intercessao-01
Slide de-intercessao-01Slide de-intercessao-01
Slide de-intercessao-01
 
Estudo sobre evangelismo
Estudo sobre evangelismoEstudo sobre evangelismo
Estudo sobre evangelismo
 
Evangelismo Criativo
Evangelismo CriativoEvangelismo Criativo
Evangelismo Criativo
 
A importância do estudo bíblico para a igreja
A importância do estudo bíblico para a igrejaA importância do estudo bíblico para a igreja
A importância do estudo bíblico para a igreja
 
Vida de oração
Vida de oraçãoVida de oração
Vida de oração
 
Projeto Interno do Ministério de Louvor e Adoração – 2018
Projeto Interno do Ministério de Louvor e Adoração – 2018Projeto Interno do Ministério de Louvor e Adoração – 2018
Projeto Interno do Ministério de Louvor e Adoração – 2018
 
Como Jesus Formou Sua Equipe
Como Jesus Formou Sua EquipeComo Jesus Formou Sua Equipe
Como Jesus Formou Sua Equipe
 
Lição 2 - Os Efeitos da Salvação na Plenitude Humana
Lição 2 - Os Efeitos da Salvação na Plenitude HumanaLição 2 - Os Efeitos da Salvação na Plenitude Humana
Lição 2 - Os Efeitos da Salvação na Plenitude Humana
 
A santidade e a santificação do crente
A santidade e a santificação do crenteA santidade e a santificação do crente
A santidade e a santificação do crente
 
CLASSE DE PROFESSORES: COMPARTILHANDO IDÉIAS CRIATIVAS
CLASSE DE PROFESSORES: COMPARTILHANDO IDÉIAS CRIATIVASCLASSE DE PROFESSORES: COMPARTILHANDO IDÉIAS CRIATIVAS
CLASSE DE PROFESSORES: COMPARTILHANDO IDÉIAS CRIATIVAS
 
Liderando a célula com paixão
Liderando a célula com paixãoLiderando a célula com paixão
Liderando a célula com paixão
 
Escola de oração e intercessão
Escola de oração e intercessãoEscola de oração e intercessão
Escola de oração e intercessão
 
estudo sobre Liderança cristã
estudo sobre Liderança cristãestudo sobre Liderança cristã
estudo sobre Liderança cristã
 
Quando Deus diz não as nossas orações
Quando Deus diz não as nossas oraçõesQuando Deus diz não as nossas orações
Quando Deus diz não as nossas orações
 
Jó, um homem de deus
Jó, um homem de deusJó, um homem de deus
Jó, um homem de deus
 
(01) mensagem especial para abertura de célula
(01) mensagem especial para abertura de célula(01) mensagem especial para abertura de célula
(01) mensagem especial para abertura de célula
 
Ativação ministerios
Ativação ministeriosAtivação ministerios
Ativação ministerios
 

Semelhante a Seja um supervisor de celulas eficaz_5

10 princípios para liderar como nelson mandela
10 princípios para liderar como nelson mandela10 princípios para liderar como nelson mandela
10 princípios para liderar como nelson mandela
Patty Oliver
 

Semelhante a Seja um supervisor de celulas eficaz_5 (20)

Seja um supervisor de celulas eficaz_6
Seja um supervisor de celulas eficaz_6Seja um supervisor de celulas eficaz_6
Seja um supervisor de celulas eficaz_6
 
Seja um supervisor de celulas eficaz_8
Seja um supervisor de celulas eficaz_8Seja um supervisor de celulas eficaz_8
Seja um supervisor de celulas eficaz_8
 
campanha liderança
campanha   liderançacampanha   liderança
campanha liderança
 
Seja um supervisor de celulas eficaz_9
Seja um supervisor de celulas eficaz_9Seja um supervisor de celulas eficaz_9
Seja um supervisor de celulas eficaz_9
 
Seja um supervisor de celulas eficaz_4
Seja um supervisor de celulas eficaz_4Seja um supervisor de celulas eficaz_4
Seja um supervisor de celulas eficaz_4
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 
supervisores AULA INTRODUTIVA.pptx
supervisores AULA INTRODUTIVA.pptxsupervisores AULA INTRODUTIVA.pptx
supervisores AULA INTRODUTIVA.pptx
 
Seja um supervisor de celulas eficaz_3
Seja um supervisor de celulas eficaz_3Seja um supervisor de celulas eficaz_3
Seja um supervisor de celulas eficaz_3
 
61842153 membros-em-lideres
61842153 membros-em-lideres61842153 membros-em-lideres
61842153 membros-em-lideres
 
Liderança
LiderançaLiderança
Liderança
 
Apostila para capelães
Apostila para capelãesApostila para capelães
Apostila para capelães
 
Lider coach palestra FTEC 2013
Lider coach palestra FTEC 2013Lider coach palestra FTEC 2013
Lider coach palestra FTEC 2013
 
10 princípios para liderar como nelson mandela
10 princípios para liderar como nelson mandela10 princípios para liderar como nelson mandela
10 princípios para liderar como nelson mandela
 
Liderança e comunicação com foco na gestão de pessoas
Liderança e comunicação com foco na gestão de pessoasLiderança e comunicação com foco na gestão de pessoas
Liderança e comunicação com foco na gestão de pessoas
 
Curso de Liderança e Comunicação
Curso de Liderança e ComunicaçãoCurso de Liderança e Comunicação
Curso de Liderança e Comunicação
 
cursodelideranaecomunicao-150421110509-conversion-gate02.pptx
cursodelideranaecomunicao-150421110509-conversion-gate02.pptxcursodelideranaecomunicao-150421110509-conversion-gate02.pptx
cursodelideranaecomunicao-150421110509-conversion-gate02.pptx
 
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
Competências de uma_Líder_de_Sucesso - Dicas_Práticas - Lucia_Choi_e_Mulheres...
 
ParaLiderança Vol I - Liderança de Si Mesmo, inclui as Provocações e Práticas...
ParaLiderança Vol I - Liderança de Si Mesmo, inclui as Provocações e Práticas...ParaLiderança Vol I - Liderança de Si Mesmo, inclui as Provocações e Práticas...
ParaLiderança Vol I - Liderança de Si Mesmo, inclui as Provocações e Práticas...
 
Seja um Supervisor de Células eficaz - Joel Comiskey
Seja um Supervisor de Células eficaz - Joel ComiskeySeja um Supervisor de Células eficaz - Joel Comiskey
Seja um Supervisor de Células eficaz - Joel Comiskey
 
Revista multiplic +
Revista multiplic +Revista multiplic +
Revista multiplic +
 

Mais de 🇮🇹 Maurizio Frasca (6)

Saia do seu lugar
Saia do seu lugarSaia do seu lugar
Saia do seu lugar
 
Seja um supervisor de celulas eficaz_2 pdf
Seja um supervisor de celulas eficaz_2 pdfSeja um supervisor de celulas eficaz_2 pdf
Seja um supervisor de celulas eficaz_2 pdf
 
Seja um supervisor de celulas eficaz_1 pdf
Seja um supervisor de celulas eficaz_1 pdfSeja um supervisor de celulas eficaz_1 pdf
Seja um supervisor de celulas eficaz_1 pdf
 
Seja um supervisor de celulas eficaz_7
Seja um supervisor de celulas eficaz_7Seja um supervisor de celulas eficaz_7
Seja um supervisor de celulas eficaz_7
 
Seja um supervisor de celulas eficaz_1
Seja um supervisor de celulas eficaz_1Seja um supervisor de celulas eficaz_1
Seja um supervisor de celulas eficaz_1
 
Seja um supervisor de celulas eficaz_2
Seja um supervisor de celulas eficaz_2Seja um supervisor de celulas eficaz_2
Seja um supervisor de celulas eficaz_2
 

Último

Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
StelaWilbert
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
MilyFonceca
 

Último (14)

Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdfOrações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
Orações que abrem as comportas do Céu - Jhon Eckhardt.pdf
 
Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............Folder clube de Desbravadores.............
Folder clube de Desbravadores.............
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação NecessáriaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 135 - Renovação Necessária
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada _ Oséias - slides powerpoint.pptx
 
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
ESQUEMA PARA LECTIO DIVINA PARA LEIGOS 2024
 
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptxLivro Atos dos apóstolos  estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
Livro Atos dos apóstolos estudo 12- Cap 25 e 26.pptx
 
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptxEspecialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
Especialidade Pioneiros Adventistas (Desbravadores).pptx
 
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - ApresentaçãoCurso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
Curso Básico de Teologia - Bibliologia - Apresentação
 
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...Ciclos de Aprendizados:  “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
Ciclos de Aprendizados: “Uma Análise da Evolução Espiritual Através das Exis...
 
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdfpdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
pdfcoffee.com_ltt-se6sizea4-pdf-free.pdf
 
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para AutoconhecimentoHermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
Hermann Hesse - Sidarta - Livro para Autoconhecimento
 
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De AquinoOração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
Oração Para Os Estudos São Tomás De Aquino
 

Seja um supervisor de celulas eficaz_5

  • 1. Seja um supervisor de células eficaz* aula 05 – Formar/Treinar ‘‘Ouve agora minha voz, eu te aconselharei, e Deus será contigo...’’ Ex 18,19 *material de estudo do homônimo livro de Joel Comiskey
  • 2. Estimule o crescimento A “busca por desenvolvimento” precisa vir do fundo da alma do líder de célula. O supervisor pode ter um papel fundamental guiando o desenvolvimento do líder, mas a busca precisa vir do próprio líder. É trabalho do supervisor mostrar a visão do Reino, encorajar e fazer ele crescer acendendo o fogo visionário que vai se desenvolver no coração do líder. O supervisor precisa incentivar os líderes, ajudando-os a alcançar os sonhos que já estão em seu coração.
  • 3. Estimule o crescimento Os supervisores devem ajudar os líderes a melhorar em todas as áreas com também devem providenciar informação extra e treinamento para desenvolver as paixões únicas que cada líder tem. “Um bom supervisor reconhece as diferenças entre os líderes, e ele ou ela ajusta o estilo de cada um de acordo com isso. (Lembre-se) Nós estamos lidando com pessoas!”. David Owen O supervisor prepara o ambiente para que os líderes cresçam.
  • 4. Estimule o crescimento Aborde seu trabalho de supervisor como um jardineiro que não tenta motivar suas plantas a crescer, mas que busca a combinação certa de luz, nutrientes e água para liberar o crescimento natural da planta. O supervisor cria as condições nas quais vai florescer a motivação pessoal de cada líder, evitando que dependam demais dele. O objetivo da supervisão, ao contrário do treinamento, é ajudar líderes a se tornarem eternos aprendizes.
  • 5. Estimule o crescimento Algumas vezes o supervisor vai precisar responder as perguntas, mas primeiro ele deve tentar fazer com que o líder de célula tire algo de suas próprias experiências. O líder deve lutar com a questão e esgotar seu próprio entendimento primeiro, aí o supervisor vai aproveitar o discernimento que veio da boca do próprio líder e constantemente lembrá-lo de que foi dele esse discernimento. O excelente seria manter a supervisão por longo prazo porque mudanças de valor levam tempo e precisam de encorajamento e convivência para ressaltar o chamado do líder.
  • 6. Supervisor, seja persistente As pessoas precisam mais do que ler um livro ou participar em um seminário para serem verdadeiramente eficazes, elas precisam de prática constante. Por meio de experiência própria, descobrirá que depender das informações sobre célula, em vez de praticar os princípios que aprendeu, não funcionará. As informações somente terão impacto por meio de repetição constante. Jesus usou esse método com seus discípulos, Ele os ensinava, dava exemplos práticos de seus ensinamentos, permitia que eles falhassem e os ensinava de novo.
  • 7. O modelo de treinamento de Jesus 1. Eu faço você observa 2. Eu faço você ajuda 3. Você faz eu ajudo 4. Você faz eu observo Jesus preparou os discípulos para que tivessem sucesso no futuro ministério.
  • 8. Sugestões de desenvolvimento Divida a experiência de aprendizagem em espaços de tempo. Não tente fazer tudo de uma vez. Dê às pessoas a chance de caminhar em seu próprio ritmo. Novos comportamentos e novas formas de pensar são mais bem assimiladas quando são espaçadas. Talvez seu líder tenha feito um curso sobre multiplicação de células ou lido um livro que você recomendou sobre o assunto. Agora você precisa guiá-lo passo a passo no processo de longo prazo de multiplicar a célula dele. Ensaiem os passos de novo e de novo.
  • 9. Sugestões de desenvolvimento Promova experiências ativas. As pessoas precisam praticar o que aprenderam, sair do teórico para o prático. Dê ao líder oportunidades específicas para trabalhar com a informação. O líder que está aprendendo sobre multiplicação da célula deve praticar um passo de cada vez na célula dele. Encoraje-o a tentar cada tática depois que vocês a revisaram. Á medida que ele pratica e vê isso em ação, ele vai internalizando os passos.
  • 10. O desenvolvimento ocorre quando o supervisor tira os líderes de sua zona de conforto para aprender. Se você mantiver seus líderes em um nível por muito tempo, eles irão parar de aprender, e talvez até regredir. Não vão mais se desenvolver. Elevar o nível gradativamente encoraja o progresso contínuo. Aumente passo a passo o desenvolvimento, para que você consiga colocá-los no ponto de desconforto que não ultrapasse os limites deles. Eleve o nível.
  • 12. Esteja por perto nos desafios As pessoas aprendem melhor quando são confrontadas com desafios e dificuldades e quando elas estão se recuperando de um “tombo”. Tire vantagem dessas oportunidades para supervisionar. Lembre o líder de conversas, seminários ou experiências passadas. Os líderes às vezes erram. Mas o fracasso é um ótimo professor. Deus pode usar esse fracasso se o líder quiser. Pois o fracasso ensina suas lições rapidamente. Infelizmente, uma das primeiras lições da vida é que o fracasso é ruim, até mesmo vergonhoso.
  • 13. Esteja por perto nos desafios As pessoas aprendem a esconder seus fracassos, criar desculpas para eles ou ignorá-los e assim perdem o valor de aprender ao tentar descobrir o que saiu errado. Mas, há uma grande diferença entre fracassar em algo e ser um fracasso. Todos vão fracassar em várias coisas na vida. As pessoas precisam usar o fracasso para avançar. Quando um de seus líderes fracassar, provavelmente vai pedir conselhos, aproveite e verifique com o líder quais as lições que ele aprendeu. Encoraje os líderes a responderem suas próprias questões ajudando-os a encontrar soluções para seus problemas.
  • 14. Esteja por perto nos desafios Quando Jesus andava com seus doze discípulos há mais de 2000 anos atrás, eles tinham acesso imediato a ele e podiam fazer-lhe perguntas em tempo real. A forma mais imediata de interagir hoje é por meio do telefone (WhatsApp), que também pode ser usado pelos líderes para ter acesso a seus supervisores, para tirar dúvidas e preocupações. Aproveite o momento para ensinar, a melhor aprendizagem ocorre quando o líder tem uma necessidade ou sente falta de alguma coisa. Provérbios 27.17
  • 15. Aja como um recurso Os supervisores de células devem ser “centros de distribuição de recursos para células”. Eles devem se certificar de que os líderes estão “conectados”, e buscando novas formas de melhorar sua capacidade de liderança. É responsabilidade do supervisor ajudar a interpretar as informações ao se encontrar com seus líderes individualmente ou no contexto de grupo. Estudem um livro juntos e aprendam o conteúdo em um ambiente interativo assim todos participam. Todos compartilham. Todos aplicam o que aprenderam em suas próprias experiências.
  • 16. Aja como um recurso Ver células sob diferentes ângulos permite aos líderes escolherem o estilo que mais se encaixa em seus grupos. Nenhum dos grupos é idêntico, o que significa que eles não podem ser liderados exatamente da mesma maneira. Sugestão de livros 1. Como Liderar um Excelente Encontro de Célula 2. Oito Hábitos do Líder Eficaz de Grupos Pequenos 3. Liderando com o Coração 4. Crescimento Explosivo da Igreja em Células 5. Fazendo as células funcionarem 6. Manual do Líder de Célula 7. A Igreja em Células
  • 17. Aja como um recurso Coloque seus líderes em contato com bons recursos, semeie nas mentes deles e vai ajudá-los a criar estratégias melhores para ter êxito. Também comunicar-se on-line com seus líderes é uma maneira rápida e eficaz de prover recursos: pedidos de oração urgentes, novidades em tempo real e material útil para encorajá-los a perseverar em momentos de desânimo. Ainda assim, uma simples ligação telefônica é ainda a forma mais pessoal e eficaz para “sentir” como realmente está o seu líder de célula. As emoções e os palpites só serão transmitidos pela voz.
  • 18. Ajude no desenvolvimento Um dos principais papéis de um supervisor é ajudar os líderes a aplicarem suas habilidades. O supervisor não deve se concentrar somente em desenvolver os líderes de célula de acordo com o que eles precisam (por exemplo, evangelizar, ouvir, liderar uma célula ou como fazer a comunidade acontecer), mas também na forma como eles melhor se desenvolvem. Isso é chamado de supervisão situacional. Em muitos casos, as pessoas já têm a habilidade ou o conhecimento de que precisam, mas lhes falta confiança, motivação ou técnicas para aplicar as novas habilidades.
  • 19. Ajude no desenvolvimento Determine se eles precisam focalizar em aprender ou em fazer. Identifique que chave vai destrancar desempenho de cada pessoa, cada uma tem um estilo único e pessoal. A única forma de saber a diferença é conhecendo intimamente cada líder e o que ele precisa. Como os líderes se desenvolvem Dons naturais......................... 10% Resultado de crises................ 5% Influência de outro líder........ 85%
  • 20. ALVO = Conformidade com Cristo Jesus fez diferença na vida de seus discípulos? Totalmente. Os discípulos cresceram socialmente, intelectualmente e espiritualmente. Todos notavam a diferença que Jesus fazia. Esses homens eram simples e não possuíam educação formal. Em Atos 4.13, lemos: “Vendo a coragem de Pedro e de João, e percebendo que eram homens comuns e sem instrução, ficaram admirados, e reconheceram que eles haviam estado com Jesus”.
  • 21. ALVO = Conformidade com Cristo Seu alvo como supervisor é ajudar seus líderes a se tornarem conforme a imagem de Jesus Cristo. Romanos 8.29 diz: “Pois aqueles que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos”. O alvo da supervisão é resumido nas palavras de João Batista: “É necessário que ele cresça e que eu diminua” (João 3.30).
  • 22. O ensino principal No final de sua vida, Paulo exortou seu próprio discípulo Timóteo: “E as palavras que me ouviu dizer na presença de muitas testemunhas, confie-as a homens fiéis que sejam também capazes de ensinar outros” (2 Tm 2.2).
  • 24. Mãos à Obra! Rua Durval P. Cordeiro, 542 - São Braz