SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Os Sectores de Actividade Paula Tomaz
Sector de actividade –   Conjunto de actividades que produzem bens ou prestam serviços, a que a população se dedica. ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
O sector primário Sector primário –  Engloba as actividades que extraem recursos directamente da natureza sem qualquer transformação. Actividades incluídas no sector primário:  - Agricultura; - Pecuária; - Silvicultura; - Extracção mineira; - Apicultura; - Pesca;
O sector secundário Sector secundário –  Inclui as actividades que transformam matéria-prima em produtos acabados ou semi-acabados. Actividades incluídas no sector secundário:  - Indústria; - Construção civil; - Obras públicas; - Fornecimento de gás, água e electricidade
O sector terciário Sector terciário –  Engloba o comércio e os serviços e inclui actividades que não produzem bens mas prestam serviços. Actividades incluídas no sector terciário:  - Saúde; - Educação; - Banca; - Seguros; - Transportes; - Turismo:
A população activa ,[object Object],População activa:  Conjunto de indivíduos que exerce uma profissão remunerada ou que se encontram desempregados em idade activa.   Taxa de actividade
A taxa de actividade varia em função: Estrutura etária: Porque quanto mais envelhecida for uma população menor vai ser a taxa de actividade. A taxa de actividade é menor nos países desenvolvidos. Nº de anos da escolaridade obrigatória: Quanto mais anos durar a escolaridade obrigatória mais tarde se vai fazer a entrada dos jovens na vida activa, fazendo por isso a taxa de actividade diminuir.
Evolução da estrutura da população activa 1. A nível mundial: 1 – No início do século XIX o sector primário era o que tinha um maior peso, devido ao desenvolvimento tecnológico ainda ser muito baixo. 2 – A partir de meados de séc. XIX o sector secundário começou a ganhar peso, devido à expansão da revolução industrial e do aperfeiçoamento técnico na agricultura.
A diminuição da população activa no sector primário
1. A nível mundial: 3 – A partir de inícios do século XX verifica-se um aumento da população activa no sector terciário. Actualmente o sector terciário é o mais importante devido:  - Ao desenvolvimento tecnológico e científico que permitiu ao Homem obter uma grande produção de bens agrícolas e industriais utilizando cada vez menos mão-de-obra.  - Ao aumento do peso das actividades relacionadas com os transportes, o comércio, serviços e a investigação. - Ao aparecimento de novas actividades relacionadas com as actividades sociais.
O sector primário tem um maior peso nos países em desenvolvimento. O sector secundário tem uma maior importância na Ásia Oriental e nos países desenvolvidos O sector terciário é o que tem maior peso em quase todos os países, especialmente nos desenvolvidos.
2. Em Portugal: No nosso país de 1940 até à actualidade verificou-se um aumento da população activa nos sectores secundário e terciário, especialmente neste último, e uma grande diminuição da população activa no sector primário.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estrutura da população activa
Estrutura da população activaEstrutura da população activa
Estrutura da população activaPedro Tomé
 
Resumos de geografia
Resumos de geografiaResumos de geografia
Resumos de geografia8ºC
 
Geografia EconôMica Setores Da Economia
Geografia EconôMica Setores Da EconomiaGeografia EconôMica Setores Da Economia
Geografia EconôMica Setores Da EconomiaROSEMAR
 
Industrialização e urbanização
Industrialização e urbanização  Industrialização e urbanização
Industrialização e urbanização Jéssica Rodrigues
 
Setores de produção
Setores de produçãoSetores de produção
Setores de produçãoItalo Alan
 
Industrialização e Urbanização Europeia
Industrialização e Urbanização EuropeiaIndustrialização e Urbanização Europeia
Industrialização e Urbanização EuropeiaJéssica Rodrigues
 
Setores de atividade ppt
Setores de atividade pptSetores de atividade ppt
Setores de atividade pptMaria Ferreira
 
O processo de industrialização e urbanização do Brasil
O processo de industrialização e urbanização do BrasilO processo de industrialização e urbanização do Brasil
O processo de industrialização e urbanização do BrasilCristina Soares
 

Mais procurados (12)

Estrutura da população activa
Estrutura da população activaEstrutura da população activa
Estrutura da população activa
 
Resumos de geografia
Resumos de geografiaResumos de geografia
Resumos de geografia
 
Setores de Atividade
Setores de AtividadeSetores de Atividade
Setores de Atividade
 
Geografia EconôMica Setores Da Economia
Geografia EconôMica Setores Da EconomiaGeografia EconôMica Setores Da Economia
Geografia EconôMica Setores Da Economia
 
Industrialização e urbanização
Industrialização e urbanização  Industrialização e urbanização
Industrialização e urbanização
 
Setores de produção
Setores de produçãoSetores de produção
Setores de produção
 
Industrialização e Urbanização Europeia
Industrialização e Urbanização EuropeiaIndustrialização e Urbanização Europeia
Industrialização e Urbanização Europeia
 
Setores da Economia
Setores da EconomiaSetores da Economia
Setores da Economia
 
Setores de atividade ppt
Setores de atividade pptSetores de atividade ppt
Setores de atividade ppt
 
O processo de industrialização e urbanização do Brasil
O processo de industrialização e urbanização do BrasilO processo de industrialização e urbanização do Brasil
O processo de industrialização e urbanização do Brasil
 
74780 20070719093639
74780 2007071909363974780 20070719093639
74780 20070719093639
 
Industrialização brasileira
Industrialização brasileiraIndustrialização brasileira
Industrialização brasileira
 

Destaque

Setores de atividade e recursos naturais
Setores de atividade e recursos naturaisSetores de atividade e recursos naturais
Setores de atividade e recursos naturaisGina Espenica
 
Aula 5 - Recepção e Atendimento 1
Aula 5  -  Recepção e Atendimento 1Aula 5  -  Recepção e Atendimento 1
Aula 5 - Recepção e Atendimento 1Charles Lima
 
Comportamentos DemográFicos
Comportamentos DemográFicosComportamentos DemográFicos
Comportamentos DemográFicosPaula Tomaz
 
Blocos EconóMicos
Blocos EconóMicosBlocos EconóMicos
Blocos EconóMicosPaula Tomaz
 
Recursos naturais
Recursos naturais  Recursos naturais
Recursos naturais Isabel Lopes
 
Geografia e paisagem
Geografia e paisagemGeografia e paisagem
Geografia e paisagemPaula Tomaz
 

Destaque (10)

Sachertorte
SachertorteSachertorte
Sachertorte
 
Pesca
PescaPesca
Pesca
 
Setores de atividade e recursos naturais
Setores de atividade e recursos naturaisSetores de atividade e recursos naturais
Setores de atividade e recursos naturais
 
Aula 5 - Recepção e Atendimento 1
Aula 5  -  Recepção e Atendimento 1Aula 5  -  Recepção e Atendimento 1
Aula 5 - Recepção e Atendimento 1
 
Comportamentos DemográFicos
Comportamentos DemográFicosComportamentos DemográFicos
Comportamentos DemográFicos
 
Blocos EconóMicos
Blocos EconóMicosBlocos EconóMicos
Blocos EconóMicos
 
Recursos naturais
Recursos naturais  Recursos naturais
Recursos naturais
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
 
Geografia e paisagem
Geografia e paisagemGeografia e paisagem
Geografia e paisagem
 
Recursos Naturais
Recursos NaturaisRecursos Naturais
Recursos Naturais
 

Semelhante a Sectores actividade económica

Resumos de geografia
Resumos de geografiaResumos de geografia
Resumos de geografia8ºC
 
Resumos de geografia
Resumos de geografiaResumos de geografia
Resumos de geografia8ºC
 
Estrutura activa-em-portugal-1228400604135825-9
Estrutura activa-em-portugal-1228400604135825-9Estrutura activa-em-portugal-1228400604135825-9
Estrutura activa-em-portugal-1228400604135825-9antonioperelhal
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrialCatia Prates
 
Resumo 11º-ano-geografia-a
Resumo 11º-ano-geografia-aResumo 11º-ano-geografia-a
Resumo 11º-ano-geografia-aESJEA
 
Geografia econmica-setores-da-economia-1209737702113970-9
Geografia econmica-setores-da-economia-1209737702113970-9Geografia econmica-setores-da-economia-1209737702113970-9
Geografia econmica-setores-da-economia-1209737702113970-9Italo Alan
 
IECJ - Cap. 05 - Brasil - de país agrário a país industrial - 7º Ano - EFII
IECJ - Cap. 05 - Brasil - de país agrário a país industrial - 7º Ano - EFIIIECJ - Cap. 05 - Brasil - de país agrário a país industrial - 7º Ano - EFII
IECJ - Cap. 05 - Brasil - de país agrário a país industrial - 7º Ano - EFIIprofrodrigoribeiro
 
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º Va
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º VaA IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º Va
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º VaProfMario De Mori
 
Geografia Henrique37 Semi Geo A Caderno 3
Geografia Henrique37 Semi Geo A Caderno 3Geografia Henrique37 Semi Geo A Caderno 3
Geografia Henrique37 Semi Geo A Caderno 3merciclaud
 
Induastrialização brasiledira 2
Induastrialização brasiledira 2Induastrialização brasiledira 2
Induastrialização brasiledira 2Euna Machado
 
Brasil economia sintese 2015
Brasil  economia sintese 2015Brasil  economia sintese 2015
Brasil economia sintese 2015Salageo Cristina
 
#mundialmente a população da População Mundial.ppt
#mundialmente a população da População Mundial.ppt#mundialmente a população da População Mundial.ppt
#mundialmente a população da População Mundial.pptanacardoso258774
 
A industrialização no Brasil - Material completo
A industrialização no Brasil - Material completoA industrialização no Brasil - Material completo
A industrialização no Brasil - Material completoAna Maciel
 

Semelhante a Sectores actividade económica (20)

Resumos de geografia
Resumos de geografiaResumos de geografia
Resumos de geografia
 
Resumos de geografia
Resumos de geografiaResumos de geografia
Resumos de geografia
 
 
Estrutura activa-em-portugal-1228400604135825-9
Estrutura activa-em-portugal-1228400604135825-9Estrutura activa-em-portugal-1228400604135825-9
Estrutura activa-em-portugal-1228400604135825-9
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
Resumo 11º-ano-geografia-a
Resumo 11º-ano-geografia-aResumo 11º-ano-geografia-a
Resumo 11º-ano-geografia-a
 
Geografia econmica-setores-da-economia-1209737702113970-9
Geografia econmica-setores-da-economia-1209737702113970-9Geografia econmica-setores-da-economia-1209737702113970-9
Geografia econmica-setores-da-economia-1209737702113970-9
 
Cadeias produtivas
Cadeias produtivasCadeias produtivas
Cadeias produtivas
 
IECJ - Cap. 05 - Brasil - de país agrário a país industrial - 7º Ano - EFII
IECJ - Cap. 05 - Brasil - de país agrário a país industrial - 7º Ano - EFIIIECJ - Cap. 05 - Brasil - de país agrário a país industrial - 7º Ano - EFII
IECJ - Cap. 05 - Brasil - de país agrário a país industrial - 7º Ano - EFII
 
Industria
IndustriaIndustria
Industria
 
Industria
IndustriaIndustria
Industria
 
Industria
IndustriaIndustria
Industria
 
Campo e cidade
Campo e cidadeCampo e cidade
Campo e cidade
 
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º Va
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º VaA IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º Va
A IndustrializaçãO Do Brasil Atividade 1º Va
 
Geografia Henrique37 Semi Geo A Caderno 3
Geografia Henrique37 Semi Geo A Caderno 3Geografia Henrique37 Semi Geo A Caderno 3
Geografia Henrique37 Semi Geo A Caderno 3
 
Induastrialização brasiledira 2
Induastrialização brasiledira 2Induastrialização brasiledira 2
Induastrialização brasiledira 2
 
Brasil economia sintese 2015
Brasil  economia sintese 2015Brasil  economia sintese 2015
Brasil economia sintese 2015
 
Unidade 4
Unidade 4Unidade 4
Unidade 4
 
#mundialmente a população da População Mundial.ppt
#mundialmente a população da População Mundial.ppt#mundialmente a população da População Mundial.ppt
#mundialmente a população da População Mundial.ppt
 
A industrialização no Brasil - Material completo
A industrialização no Brasil - Material completoA industrialização no Brasil - Material completo
A industrialização no Brasil - Material completo
 

Mais de Paula Tomaz

Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade culturalPaula Tomaz
 
áReas de fixação da população
áReas de fixação da populaçãoáReas de fixação da população
áReas de fixação da populaçãoPaula Tomaz
 
Proposta de trabalho de grupo
Proposta de trabalho de grupoProposta de trabalho de grupo
Proposta de trabalho de grupoPaula Tomaz
 
Semana da europa propostas de trabalhos blog
Semana da europa propostas de trabalhos blogSemana da europa propostas de trabalhos blog
Semana da europa propostas de trabalhos blogPaula Tomaz
 
Localizacao relativa
Localizacao relativaLocalizacao relativa
Localizacao relativaPaula Tomaz
 
Dinâmica das bacias hidrográficas
Dinâmica das bacias hidrográficasDinâmica das bacias hidrográficas
Dinâmica das bacias hidrográficasPaula Tomaz
 
Agricultura biológica
Agricultura biológicaAgricultura biológica
Agricultura biológicaPaula Tomaz
 
Elementos do mapa
Elementos do mapaElementos do mapa
Elementos do mapaPaula Tomaz
 
Formas de representação da superfície terrestre
Formas de representação da superfície terrestreFormas de representação da superfície terrestre
Formas de representação da superfície terrestrePaula Tomaz
 
Agricultura biológica
Agricultura biológicaAgricultura biológica
Agricultura biológicaPaula Tomaz
 

Mais de Paula Tomaz (14)

unidade 1
unidade 1unidade 1
unidade 1
 
Bolo inglês
Bolo inglêsBolo inglês
Bolo inglês
 
Scones
SconesScones
Scones
 
Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade cultural
 
áReas de fixação da população
áReas de fixação da populaçãoáReas de fixação da população
áReas de fixação da população
 
Proposta de trabalho de grupo
Proposta de trabalho de grupoProposta de trabalho de grupo
Proposta de trabalho de grupo
 
Semana da europa propostas de trabalhos blog
Semana da europa propostas de trabalhos blogSemana da europa propostas de trabalhos blog
Semana da europa propostas de trabalhos blog
 
Localizacao relativa
Localizacao relativaLocalizacao relativa
Localizacao relativa
 
Dinâmica das bacias hidrográficas
Dinâmica das bacias hidrográficasDinâmica das bacias hidrográficas
Dinâmica das bacias hidrográficas
 
Agricultura biológica
Agricultura biológicaAgricultura biológica
Agricultura biológica
 
Elementos do mapa
Elementos do mapaElementos do mapa
Elementos do mapa
 
Formas de representação da superfície terrestre
Formas de representação da superfície terrestreFormas de representação da superfície terrestre
Formas de representação da superfície terrestre
 
Agricultura biológica
Agricultura biológicaAgricultura biológica
Agricultura biológica
 
Relevo mundial
Relevo mundialRelevo mundial
Relevo mundial
 

Último

Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdflbgsouza
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasdiegosouzalira10
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasBibliotecaViatodos
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptorlando dias da silva
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docCarolineWaitman
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 

Último (20)

Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 

Sectores actividade económica

  • 1. Os Sectores de Actividade Paula Tomaz
  • 2.
  • 3. O sector primário Sector primário – Engloba as actividades que extraem recursos directamente da natureza sem qualquer transformação. Actividades incluídas no sector primário: - Agricultura; - Pecuária; - Silvicultura; - Extracção mineira; - Apicultura; - Pesca;
  • 4. O sector secundário Sector secundário – Inclui as actividades que transformam matéria-prima em produtos acabados ou semi-acabados. Actividades incluídas no sector secundário: - Indústria; - Construção civil; - Obras públicas; - Fornecimento de gás, água e electricidade
  • 5. O sector terciário Sector terciário – Engloba o comércio e os serviços e inclui actividades que não produzem bens mas prestam serviços. Actividades incluídas no sector terciário: - Saúde; - Educação; - Banca; - Seguros; - Transportes; - Turismo:
  • 6.
  • 7. A taxa de actividade varia em função: Estrutura etária: Porque quanto mais envelhecida for uma população menor vai ser a taxa de actividade. A taxa de actividade é menor nos países desenvolvidos. Nº de anos da escolaridade obrigatória: Quanto mais anos durar a escolaridade obrigatória mais tarde se vai fazer a entrada dos jovens na vida activa, fazendo por isso a taxa de actividade diminuir.
  • 8. Evolução da estrutura da população activa 1. A nível mundial: 1 – No início do século XIX o sector primário era o que tinha um maior peso, devido ao desenvolvimento tecnológico ainda ser muito baixo. 2 – A partir de meados de séc. XIX o sector secundário começou a ganhar peso, devido à expansão da revolução industrial e do aperfeiçoamento técnico na agricultura.
  • 9. A diminuição da população activa no sector primário
  • 10. 1. A nível mundial: 3 – A partir de inícios do século XX verifica-se um aumento da população activa no sector terciário. Actualmente o sector terciário é o mais importante devido: - Ao desenvolvimento tecnológico e científico que permitiu ao Homem obter uma grande produção de bens agrícolas e industriais utilizando cada vez menos mão-de-obra. - Ao aumento do peso das actividades relacionadas com os transportes, o comércio, serviços e a investigação. - Ao aparecimento de novas actividades relacionadas com as actividades sociais.
  • 11. O sector primário tem um maior peso nos países em desenvolvimento. O sector secundário tem uma maior importância na Ásia Oriental e nos países desenvolvidos O sector terciário é o que tem maior peso em quase todos os países, especialmente nos desenvolvidos.
  • 12. 2. Em Portugal: No nosso país de 1940 até à actualidade verificou-se um aumento da população activa nos sectores secundário e terciário, especialmente neste último, e uma grande diminuição da população activa no sector primário.
  • 13.