SlideShare uma empresa Scribd logo
Cursos Profissionais de Nível Secundário
    Componente de Formação Sociocultural



        Sebenta
               Disciplina de


     Educação Física


        Módulo 4 – A2 – GIN I
Ginástica de Solo – Nível Introdução
                 10º Ano
          Prof. Maria João Vasconcelos
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

                  Cursos Profissionais de Nível Secundário




              Cursos Profissionais
         Ciclo de Formação Secundário


JOGOS DESPORTIVOS COLECTIVOS
(andebol, basquetebol, futebol, voleibol)


GINÁSTICA
(solo, aparelhos, acrobática)


OUTRAS ACTIVIDADES FÍSICAS DESPORTIVAS
(atletismo/ raquetas/ patinagem)


ACTIVIDADES DE EXPLORAÇÃO DA NATUREZA
(orientação, natação, entre outras)


DANÇA
(danças sociais, danças tradicionais portuguesas)*


DESENVOLVIMENTO DAS CAPACIDADES MOTORAS
CONDICIONAIS E COORDENATIVAS




                                                             Maria João Vasconcelos
                                                              Página 2 de 19
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

              Cursos Profissionais de Nível Secundário


CONHECIMENTOS SOBRE DESENVOLVIMENTO DA
CONDIÇÃO FÍSICA E CONTEXTOS ONDE SE REALIZAM
AS ACTIVIDADES FÍSICAS
                                               MÓDULOS
                  ÁREAS
                                               (16 no total)


      JOGOS DESPORTIVOS COLECTIVOS                  3
 (ANDEBOL, BASQUETEBOL, FUTEBOL, VOLEIBOL)



                GINÁSTICA                           3
      (SOLO, APARELHOS, ACROBÁTICA)



  OUTRAS ACTIVIDADES FÍSICAS DESPORTIVAS            2
     - ATLETISMO/RAQUETAS/PATINAGEM -



   ACTIVIDADES DE EXPLORAÇÃO NATUREZA               1
   (ORIENTAÇÃO, NATAÇÃO, ENTRE OUTRAS)



                  DANÇA                             3
   (DANÇAS SOCIAIS, DANÇAS TRADICIONAIS
              PORTUGUESAS)


    DESENVOLVIMENTO DAS CAPACIDADES                 1
  MOTORAS CONDICIONAIS E COORDENATIVAS


                                                    3
 CONHECIMENTOS SOBRE DESENVOLVIMENTO DA
                                                           Maria João Vasconcelos
                                                            Página 3 de 19
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

          Cursos Profissionais de Nível Secundário


CONDIÇÃO FÍSICA E CONTEXTOS ONDE SE
  REALIZAM AS ACTIVIDADES FÍSICAS




                                                     Maria João Vasconcelos
                                                      Página 4 de 19
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

          Cursos Profissionais de Nível Secundário




10º ANO
 CICLO FORMATIVO                            MÓDULOS
    PRIMEIRO           Avaliação Inicial
      ANO
                       JDC I
                       Nível Introdução num jogo desportivo colectivo.



                       GIN I
                       Nível Introdução na ginástica de solo e num aparelho da
                       ginástica de aparelhos.



                       A/R/P/ I
                       Nível Introdução numa matéria deste grupo.


                       DANÇA I
                       Uma dança do nível Introdução das Danças Sociais ou
                       Tradicionais Portuguesas


                       ACT.FIS/CONTEXTOS E
                       SAÚDE I
                       O aluno revela domínio dos conhecimentos essenciais
                       definidos a nível de escola, relativos aos objectivos 1, 2 e 3
                       especificados na parte II do programa.


                       APTIDÃO FÍSICA
                       O aluno encontra-se na Zona Saudável de Aptidão Física. (a)




                                                                           Maria João Vasconcelos
                                                                            Página 5 de 19
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

                       Cursos Profissionais de Nível Secundário



                      MÓDULO 4 – A2 – Gin I
                                   Programa de Ginástica
                                       Ginástica de Solo

Nível Introdução - O aluno combina as habilidades em sequências, realizando:



   1. Cambalhota à frente no colchão, terminando a pés juntos, mantendo a mesma direcção durante o
       enrolamento.

   2. Cambalhota à frente num plano inclinado, terminando com as pernas afastadas e em extensão.

   3. Cambalhota à retaguarda com repulsão dos braços na parte final e saída com as pernas afastadas e
       em extensão.

   4. Cambalhota à retaguarda, com repulsão dos braços na fase final e saída com os pés juntos na
       direcção do ponto de partida.

   5. Passagem por pino partindo da posição de deitado ventral no plinto, deslizando para apoio das mãos
       no colchão (sem avanço dos ombros) e elevando as pernas para passar por pino, seguido de
       cambalhota à frente.

   6. Subida para pino apoiando as mãos no colchão e os pés num plano vertical, recuando as mãos e
       subindo gradualmente o apoio dos pés, aproximando-se da vertical (mantendo o olhar dirigido para as
       mãos), terminando em cambalhota à frente.

   7. Roda, com apoio alternado das mãos na cabeça do plinto (transversal), passando as pernas o mais
       alto possível, com recepção equilibrada do outro lado em apoio alternado dos pés.

   8. Posições de flexibilidade variadas (afastamento lateral e frontal das pernas em pé e no chão, com
       máxima inclinação do tronco; mata-borrão; etc).




                                                                                      Maria João Vasconcelos
                                                                                       Página 6 de 19
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

                        Cursos Profissionais de Nível Secundário


                                Conteúdos e Competências

Ginástica de Solo

       Rolamento à frente engrupado;
       Rolamento à frente engrupado com saída de pernas afastadas;
       Rolamentoà retaguarda engrupado com saída de pernas afastadas;
       Pino ;
       Roda;
       Posições de flexibilidade.


Competências

O aluno executa os elementos técnicos cumprindo as suas componentes críticas e os critérios de êxito.


                                              Avaliação

     Do elemento gímnico em exercício critério ou em sequência
                            gímnica
1.     Cambalhota à frente


Critérios de êxito

1 – Mantém a posição engrupada até ao final do elemento gímnico
2 – Mantém o alinhamento durante o rolamento
3 – Ergue-se sem a ajuda dos membros superiores

                                                Avaliação

                               1 – Não realiza o elemento
                               2 – realiza cumprindo um dos critérios de êxito
                               3 – realiza cumprindo dois dos critérios de êxito
                               4 – realiza cumprindo três dos critérios de êxito
                               5 – Realiza, dando expressão elevada ao elemento




                                                                                        Maria João Vasconcelos
                                                                                         Página 7 de 19
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

                          Cursos Profissionais de Nível Secundário


2.      Cambalhota à frente terminando com as pernas afastadas e em extensão.


     Critérios de êxito

     1 – Mantém o alinhamento durante o rolamento
     2 – Na passagem da bacia pela vertical afasta e estende os membros inferiores
     3 – Mantém o fecho tronco/membros inferiores até atingir a verticalidade

                                                    Avaliação

                                1 – Não realiza o elemento
                                2 – realiza cumprindo um dos critérios de êxito
                                3 – realiza cumprindo dois dos critérios de êxito
                                4 – realiza cumprindo três dos critérios de êxito
                                5 – Realiza, dando expressão elevada ao elemento


3.      Cambalhota à retaguarda terminando com as pernas afastadas e em extensão.


     Critérios de êxito

     1 – Mantém o alinhamento durante o rolamento
     2 – Na passagem da bacia pela vertical afasta e estende os membros inferiores
     3 – Repulsão dos membros superiores

                                                    Avaliação

                                1 – Não realiza o elemento
                                2 – realiza cumprindo um dos critérios de êxito
                                3 – realiza cumprindo dois dos critérios de êxito
                                4 – realiza cumprindo três dos critérios de êxito
                                5 – Realiza, dando expressão elevada ao elemento



4.      Cambalhota à retaguarda


     Critérios de êxito

     1 – Mantém a posição engrupada até ao final do elemento gímnico
     2 – Repulsão simultânea dos membros superiores
     2 – Após rolamento os pés são os primeiros a chegar ao solo

                                                    Avaliação

                                1 – Não realiza o elemento
                                2 – realiza cumprindo um dos critérios de êxito
                                3 – realiza cumprindo dois dos critérios de êxito
                                                                                     Maria João Vasconcelos
                                                                                      Página 8 de 19
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

                          Cursos Profissionais de Nível Secundário


                                 4 – realiza cumprindo três dos critérios de êxito
                                 5 – Realiza, dando expressão elevada ao elemento

5.      Apoio facial invertido

     Passagem por pino partindo da posição de deitado ventral no plinto, deslizando para apoio das mãos no
     colchão (sem avanço dos ombros) e elevando as pernas para passar por pino, seguido de cambalhota à
     frente.


     Critérios de êxito

     1 – Elevação alternada dos membros inferiores
     3 – Extensão completa dos membros
     2 – Flexão controlada na fase de rolamento

                                                     Avaliação

                                 1 – Não realiza o elemento
                                 2 – realiza cumprindo um dos critérios de êxito
                                 3 – realiza cumprindo dois dos critérios de êxito
                                 4 – realiza cumprindo três dos critérios de êxito
                                 5 – Realiza, dando expressão elevada ao elemento


     Subida para pino apoiando as mãos no colchão e os pés num plano vertical, recuando as mãos e subindo
     gradualmente o apoio dos pés, aproximando-se da vertical (mantendo o olhar dirigido para as mãos),
     terminando em cambalhota à frente.


     Critérios de êxito

     1 – Recuo controlado das mãos até à vertical
     3 – Corpo em completo alinhamento e tonicidade
     2 – Flexão controlada na fase de rolamento

                                                     Avaliação

                                 1 – Não realiza o elemento
                                 2 – realiza cumprindo um dos critérios de êxito
                                 3 – realiza cumprindo dois dos critérios de êxito
                                 4 – realiza cumprindo três dos critérios de êxito
                                 5 – Realiza, dando expressão elevada ao elemento


6.      Roda


     Critérios de êxito

     1 – Apoio alternado das mãos
     2 – Passagem dos membros inferiores pela verticalidade
                                                                                      Maria João Vasconcelos
                                                                                       Página 9 de 19
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

                          Cursos Profissionais de Nível Secundário


     3 – Chegada alternada dos membros inferiores

                                                    Avaliação

                               1 – Não realiza o elemento
                               2 – realiza cumprindo um dos critérios de êxito
                               3 – realiza cumprindo dois dos critérios de êxito
                               4 – realiza cumprindo três dos critérios de êxito
                               5 – Realiza, dando expressão elevada ao elemento


7.      Posições de flexibilidade


           Afastamento lateral com máxima inclinação do tronco em pé e no solo

     Critérios de êxito

     1 – Grande afastamento lateral dos membros inferiores
     2 – máxima flexão do tronco
     3 – Mantém a postura por 3”

                                 Afastamento frontal em pé e no solo

     Critérios de êxito




     1 – Grande afastamento frontal dos membros inferiores
     2 – extensão completa dos membros inferiores
     3 – Mantém a postura por 3”

                                                Mata-borrão

     Critérios de êxito

     1 –extensão de todo o corpo
     2 –contacto único, com o solo, pela zona abdominal
     3 – Mantém a postura por 3”

                                                    Avaliação

                               1 – Não realiza o elemento
                               2 – realiza cumprindo um dos critérios de êxito
                               3 – realiza cumprindo dois dos critérios de êxito
                               4 – realiza cumprindo três dos critérios de êxito
                               5 – Realiza, dando expressão elevada ao elemento



                                                                                   Maria João Vasconcelos
                                                                                    Página 10 de 19
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

                        Cursos Profissionais de Nível Secundário


                            Desenvolvimento da Matéria
1. Cambalhota à frente no colchão, terminando a pés juntos, mantendo a mesma direcção durante o
enrolamento.




                                 Rolamento à frente engrupado




      Apresentação
      Flexão dos membros inferiores
      Apoiar as mãos no solo, à largura dos ombros, com os dedos abertos e dirigidos para a frente
      Queixo ao peito
      Elevação dos membros inferiores provocando um desequilíbrio para a frente
      Rolamento na posição engrupada até ao final do exercício (manter o alinhamento)
      Elevação sobre os membros inferiores




                                                                                       Maria João Vasconcelos
                                                                                        Página 11 de 19
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

                         Cursos Profissionais de Nível Secundário




2. Cambalhota à frente num plano inclinado, terminando com as pernas afastadas e em extensão.




               Rolamento à frente engrupado com saída de m.i. afastadas




       Apresentação
       Flexão dos membros inferiores (cócoras)
       Apoiar as mãos no solo, à largura dos ombros, com os dedos abertos e dirigidos para a frente
       Queixo ao peito
       Elevação dos membros inferiores provocando um desequilíbrio para a frente
       Rolamento na posição engrupada (manter o alinhamento)
       À passagem da bacia pela vertical, abertura dos membros inferiores estendidos
       Colocação das mãos no solo, entre os membros inferiores, perto da bacia
       Manter a posição fechada até à verticalidade




                                                                                        Maria João Vasconcelos
                                                                                         Página 12 de 19
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

                     Cursos Profissionais de Nível Secundário


3. Cambalhota à retaguarda com repulsão dos braços na parte final e saída com as pernas afastadas e
   em extensão.




         Rolamento à retaguarda engrupado com saída de m.i. afastadas




   Apresentação
   Flexão dos Membros inferiores e adopção da posição engrupada
   Queixo ao peito
   Costas das mãos colocadas nas omoplatas
   Desiquilíbrio à retaguarda, manter o fecho durante todo o rolamento
   Repulsão das mãos no tapete, para passagem da cabeça
   Afastamento dos menbros inferiores, estendidos, à passagem da bacia pela vertical.




                                                                                   Maria João Vasconcelos
                                                                                    Página 13 de 19
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

                     Cursos Profissionais de Nível Secundário




4. Cambalhota à retaguarda, com repulsão dos braços na fase final e saída com os pés juntos na
   direcção do ponto de partida.




                           Rolamento à retaguarda engrupado




   Apresentação
   Flexão dos Membros inferiores e adopção da posição engrupada (cócoras)
   Queixo ao peito
   Costas das mãos colocadas nas omoplatas
   Desequilíbrio à retaguarda
   Manter o fecho durante todo o rolamento (não perder o alinhamento)
   Repulsão das mãos no tapete, para passagem da cabeça
   A Recepção no solo é efectuada pelos pés




                                                                            Maria João Vasconcelos
                                                                             Página 14 de 19
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

                   Cursos Profissionais de Nível Secundário


5. Passagem por pino partindo da posição de deitado ventral no plinto, deslizando para apoio das mãos
    no colchão (sem avanço dos ombros) e elevando as pernas para passar por pino, seguido de
    cambalhota à frente.




                    Apoio facial Invertido – situação facilitadora 1




   Deitado ventral no plinto longitudinal
   Descer e colocar as mãos no solo, à largura dos ombros, dedos virados para a frente
   Cabeça em extensão
   Elevação alternada das pernas para a vertical
   Equilíbrio
   Rolamento à frente
       o   Ligeiro desequilíbrio à retaguarda,
       o   flexão dos membros superiores
       o   queixo ao peito
       o   posição engrupada até ao final do rolamento (manter o alinhamento)
       o   Elevação sobre os membros inferiores




                                                                                    Maria João Vasconcelos
                                                                                     Página 15 de 19
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

                     Cursos Profissionais de Nível Secundário


6. Subida para pino apoiando as mãos no colchão e os pés num plano vertical, recuando as mãos e
    subindo gradualmente o apoio dos pés, aproximando-se da vertical (mantendo o olhar dirigido para as
    mãos), terminando em cambalhota à frente.




                     Apoio facial Invertido – situação facilitadora 2




Mãos à largura dos ombros, dedos abertos e virados para frente
Extensão da cabeça
Colocação dos pés num plano vertical
Recuo alternado dos membros superiores
Subida gradual dos membros inferiores até à vertical
Flexão controlada dos membros superiores para enrolamento



                                                                                   Maria João Vasconcelos
                                                                                    Página 16 de 19
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

                   Cursos Profissionais de Nível Secundário




7. Roda, com apoio alternado das mãos na cabeça do plinto (transversal), passando as pernas o mais
    alto possível, com recepção equilibrada do outro lado em apoio alternado dos pés.


                                            Roda




   Partir da posição de Afundo
   Apoio alternado das mãos no plinto
   Passagem alternada dos m.i.
   Passagem da bacia pela vertical
   Recepção alternada dos pés no solo




                                                                               Maria João Vasconcelos
                                                                                Página 17 de 19
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

                   Cursos Profissionais de Nível Secundário


8. Posições de flexibilidade variadas (afastamento lateral e frontal das pernas em pé e no chão, com
    máxima inclinação do tronco; mata-borrão; etc.).


                                      Afastamento frontal




                  No Solo – Espargata                            Em pé – Afundo

   Grande afastamento antero-posterior
   Tonicidade de todo o corpo




               Afastamento lateral com máxima inclinação do tronco




       No Solo – Rã                   Em Pé – Flexão do tronco à frente com pernas afastadas


   Grande afastamento lateral dos membros inferiores
   Extensão completa dos membros inferiores
   Máxima flexão do tronco à frente

                                                                                    Maria João Vasconcelos
                                                                                     Página 18 de 19
ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO

                Cursos Profissionais de Nível Secundário



                                      Mata-borrão




Agarrar os tornozelos, por fora, com as mãos
Extensão do tronco e cabeça
Extensão dos membros inferiores




                                                           Maria João Vasconcelos
                                                            Página 19 de 19

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
Jorge Fernandes
 
Ginastica acrobática
Ginastica acrobáticaGinastica acrobática
Ginastica acrobática
Paulo Lopes
 
Badminton
Badminton Badminton
Ginastica de Solo - UFAC
Ginastica de Solo - UFACGinastica de Solo - UFAC
Ginastica de Solo - UFAC
Eridhonson Oliveira
 
12ºlh ginástica acrobática
 12ºlh ginástica acrobática 12ºlh ginástica acrobática
12ºlh ginástica acrobática
Ricardo Oliveira
 
Atletismo saltos comprimento_altura_triplo
Atletismo saltos comprimento_altura_triploAtletismo saltos comprimento_altura_triplo
Atletismo saltos comprimento_altura_triplo
Escola Secundaria Moura
 
Andebol - Nível Elementar
Andebol  - Nível ElementarAndebol  - Nível Elementar
Andebol - Nível Elementar
Maria João Vasconcelos
 
Salto aparelhos
Salto aparelhosSalto aparelhos
Salto aparelhos
aly pereira
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
Jaicinha
 
Ginástica de aparelhos
Ginástica de aparelhosGinástica de aparelhos
Ginástica de aparelhos
Rui Lemos
 
Andebol - Nível Introdução
Andebol - Nível IntroduçãoAndebol - Nível Introdução
Andebol - Nível Introdução
Maria João Vasconcelos
 
Barra fixa - Esquemas de Ginástica de Aparelhos
 Barra fixa - Esquemas de Ginástica de Aparelhos Barra fixa - Esquemas de Ginástica de Aparelhos
Barra fixa - Esquemas de Ginástica de Aparelhos
Maria João Vasconcelos
 
Atletismo 110 m_barreiras
Atletismo 110 m_barreirasAtletismo 110 m_barreiras
Atletismo 110 m_barreiras
Escola Secundaria Moura
 
Modelo de estrutura do conhecimento de badminton
Modelo de estrutura do conhecimento de badmintonModelo de estrutura do conhecimento de badminton
Modelo de estrutura do conhecimento de badminton
Lúcio Aguiar
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
Bernardo Matos
 
Arremessos
ArremessosArremessos
Arremessos
kairoMLB
 
Atletismo saltos altura_comprimento
Atletismo saltos altura_comprimentoAtletismo saltos altura_comprimento
Atletismo saltos altura_comprimento
Escola Secundaria Moura
 
Ginástica no solo.pptx
Ginástica no solo.pptxGinástica no solo.pptx
Ginástica no solo.pptx
SniaCarvalheiro2
 
Características da Ginástica Acrobática
Características da Ginástica AcrobáticaCaracterísticas da Ginástica Acrobática
Características da Ginástica Acrobática
waldeck
 
Ginastica Acrobática e de Trampolim
Ginastica Acrobática e de TrampolimGinastica Acrobática e de Trampolim
Ginastica Acrobática e de Trampolim
teratici
 

Mais procurados (20)

Atletismo
AtletismoAtletismo
Atletismo
 
Ginastica acrobática
Ginastica acrobáticaGinastica acrobática
Ginastica acrobática
 
Badminton
Badminton Badminton
Badminton
 
Ginastica de Solo - UFAC
Ginastica de Solo - UFACGinastica de Solo - UFAC
Ginastica de Solo - UFAC
 
12ºlh ginástica acrobática
 12ºlh ginástica acrobática 12ºlh ginástica acrobática
12ºlh ginástica acrobática
 
Atletismo saltos comprimento_altura_triplo
Atletismo saltos comprimento_altura_triploAtletismo saltos comprimento_altura_triplo
Atletismo saltos comprimento_altura_triplo
 
Andebol - Nível Elementar
Andebol  - Nível ElementarAndebol  - Nível Elementar
Andebol - Nível Elementar
 
Salto aparelhos
Salto aparelhosSalto aparelhos
Salto aparelhos
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Ginástica de aparelhos
Ginástica de aparelhosGinástica de aparelhos
Ginástica de aparelhos
 
Andebol - Nível Introdução
Andebol - Nível IntroduçãoAndebol - Nível Introdução
Andebol - Nível Introdução
 
Barra fixa - Esquemas de Ginástica de Aparelhos
 Barra fixa - Esquemas de Ginástica de Aparelhos Barra fixa - Esquemas de Ginástica de Aparelhos
Barra fixa - Esquemas de Ginástica de Aparelhos
 
Atletismo 110 m_barreiras
Atletismo 110 m_barreirasAtletismo 110 m_barreiras
Atletismo 110 m_barreiras
 
Modelo de estrutura do conhecimento de badminton
Modelo de estrutura do conhecimento de badmintonModelo de estrutura do conhecimento de badminton
Modelo de estrutura do conhecimento de badminton
 
Voleibol
VoleibolVoleibol
Voleibol
 
Arremessos
ArremessosArremessos
Arremessos
 
Atletismo saltos altura_comprimento
Atletismo saltos altura_comprimentoAtletismo saltos altura_comprimento
Atletismo saltos altura_comprimento
 
Ginástica no solo.pptx
Ginástica no solo.pptxGinástica no solo.pptx
Ginástica no solo.pptx
 
Características da Ginástica Acrobática
Características da Ginástica AcrobáticaCaracterísticas da Ginástica Acrobática
Características da Ginástica Acrobática
 
Ginastica Acrobática e de Trampolim
Ginastica Acrobática e de TrampolimGinastica Acrobática e de Trampolim
Ginastica Acrobática e de Trampolim
 

Semelhante a Sebenta.ginastica.solo.profissional

Sebenta.andebol.profissional
Sebenta.andebol.profissionalSebenta.andebol.profissional
Sebenta.andebol.profissional
Maria João Vasconcelos
 
Sebenta modulo 16. cursos profissionais
Sebenta modulo 16. cursos profissionaisSebenta modulo 16. cursos profissionais
Sebenta modulo 16. cursos profissionais
Maria João Vasconcelos
 
10 B_20_10_FUT_Condição_ Quinta_Feira.docx
10 B_20_10_FUT_Condição_ Quinta_Feira.docx10 B_20_10_FUT_Condição_ Quinta_Feira.docx
10 B_20_10_FUT_Condição_ Quinta_Feira.docx
mikkiele
 
Educação Física - Módulo -8- Atletismo.
Educação Física - Módulo -8- Atletismo.Educação Física - Módulo -8- Atletismo.
Educação Física - Módulo -8- Atletismo.
escolaprofissionalsm
 
Educação Física - Módulo -6 - Ginástica
Educação Física - Módulo -6 - GinásticaEducação Física - Módulo -6 - Ginástica
Educação Física - Módulo -6 - Ginástica
escolaprofissionalsm
 
Planifi e fisica 7 ano 2014
Planifi e fisica 7 ano 2014Planifi e fisica 7 ano 2014
Planifi e fisica 7 ano 2014
manuelacarvalho
 
Educação Física - Módulo -2- Voleibol
Educação Física - Módulo -2- VoleibolEducação Física - Módulo -2- Voleibol
Educação Física - Módulo -2- Voleibol
escolaprofissionalsm
 
Educação Física - Módulo -2- Voleibol
Educação Física - Módulo -2- VoleibolEducação Física - Módulo -2- Voleibol
Educação Física - Módulo -2- Voleibol
escolaprofissionalsm
 
Educação Física - Módulo -7- Desportos de Raquete
Educação Física - Módulo -7- Desportos de RaqueteEducação Física - Módulo -7- Desportos de Raquete
Educação Física - Módulo -7- Desportos de Raquete
escolaprofissionalsm
 
12º ano
12º ano12º ano
12º ano
António amorim
 
11º ano
11º ano11º ano
11º ano
António amorim
 

Semelhante a Sebenta.ginastica.solo.profissional (11)

Sebenta.andebol.profissional
Sebenta.andebol.profissionalSebenta.andebol.profissional
Sebenta.andebol.profissional
 
Sebenta modulo 16. cursos profissionais
Sebenta modulo 16. cursos profissionaisSebenta modulo 16. cursos profissionais
Sebenta modulo 16. cursos profissionais
 
10 B_20_10_FUT_Condição_ Quinta_Feira.docx
10 B_20_10_FUT_Condição_ Quinta_Feira.docx10 B_20_10_FUT_Condição_ Quinta_Feira.docx
10 B_20_10_FUT_Condição_ Quinta_Feira.docx
 
Educação Física - Módulo -8- Atletismo.
Educação Física - Módulo -8- Atletismo.Educação Física - Módulo -8- Atletismo.
Educação Física - Módulo -8- Atletismo.
 
Educação Física - Módulo -6 - Ginástica
Educação Física - Módulo -6 - GinásticaEducação Física - Módulo -6 - Ginástica
Educação Física - Módulo -6 - Ginástica
 
Planifi e fisica 7 ano 2014
Planifi e fisica 7 ano 2014Planifi e fisica 7 ano 2014
Planifi e fisica 7 ano 2014
 
Educação Física - Módulo -2- Voleibol
Educação Física - Módulo -2- VoleibolEducação Física - Módulo -2- Voleibol
Educação Física - Módulo -2- Voleibol
 
Educação Física - Módulo -2- Voleibol
Educação Física - Módulo -2- VoleibolEducação Física - Módulo -2- Voleibol
Educação Física - Módulo -2- Voleibol
 
Educação Física - Módulo -7- Desportos de Raquete
Educação Física - Módulo -7- Desportos de RaqueteEducação Física - Módulo -7- Desportos de Raquete
Educação Física - Módulo -7- Desportos de Raquete
 
12º ano
12º ano12º ano
12º ano
 
11º ano
11º ano11º ano
11º ano
 

Mais de Maria João Vasconcelos

Abordagem ao Jogo Futsal_1ªfase.pdf
Abordagem ao Jogo Futsal_1ªfase.pdfAbordagem ao Jogo Futsal_1ªfase.pdf
Abordagem ao Jogo Futsal_1ªfase.pdf
Maria João Vasconcelos
 
Abordagem ao Jogo em 5 Abertos_1ªfase.pdf
Abordagem ao Jogo em 5 Abertos_1ªfase.pdfAbordagem ao Jogo em 5 Abertos_1ªfase.pdf
Abordagem ao Jogo em 5 Abertos_1ªfase.pdf
Maria João Vasconcelos
 
Transição defesa/ataque no jogo de 3
Transição defesa/ataque no jogo de 3Transição defesa/ataque no jogo de 3
Transição defesa/ataque no jogo de 3
Maria João Vasconcelos
 
Bachata
BachataBachata
Rfe tenis gi
Rfe tenis giRfe tenis gi
Manual hoquei
Manual hoqueiManual hoquei
Atletismo dossic3aa-do-prodessor
Atletismo dossic3aa-do-prodessorAtletismo dossic3aa-do-prodessor
Atletismo dossic3aa-do-prodessor
Maria João Vasconcelos
 
Manual ensino basico
Manual ensino basicoManual ensino basico
Manual ensino basico
Maria João Vasconcelos
 
Sebenta.módulo13.e.física.profissional.2014.2015
Sebenta.módulo13.e.física.profissional.2014.2015Sebenta.módulo13.e.física.profissional.2014.2015
Sebenta.módulo13.e.física.profissional.2014.2015
Maria João Vasconcelos
 
Doping no Desporto - Ivânia Monteiro - UP
Doping no Desporto - Ivânia Monteiro - UPDoping no Desporto - Ivânia Monteiro - UP
Doping no Desporto - Ivânia Monteiro - UP
Maria João Vasconcelos
 
Sebenta.módulo15.e.física.profissional
Sebenta.módulo15.e.física.profissionalSebenta.módulo15.e.física.profissional
Sebenta.módulo15.e.física.profissional
Maria João Vasconcelos
 
Plano de prevenção corrupção ipdj
Plano de prevenção corrupção   ipdjPlano de prevenção corrupção   ipdj
Plano de prevenção corrupção ipdj
Maria João Vasconcelos
 
Uma visão mais próxima do doping
Uma visão mais próxima do dopingUma visão mais próxima do doping
Uma visão mais próxima do doping
Maria João Vasconcelos
 
Manual tecnico da_iaaf_-_portugues-4823
Manual tecnico da_iaaf_-_portugues-4823Manual tecnico da_iaaf_-_portugues-4823
Manual tecnico da_iaaf_-_portugues-4823
Maria João Vasconcelos
 
Fadeup pré-requisitos - regulamento - 2012
Fadeup   pré-requisitos - regulamento - 2012Fadeup   pré-requisitos - regulamento - 2012
Fadeup pré-requisitos - regulamento - 2012
Maria João Vasconcelos
 
Pré requisitos - Deliberação n.º 202/2012
Pré requisitos - Deliberação n.º 202/2012Pré requisitos - Deliberação n.º 202/2012
Pré requisitos - Deliberação n.º 202/2012
Maria João Vasconcelos
 
Alteração regulamenttos atletismo iaaf 2010.2011
Alteração regulamenttos atletismo iaaf 2010.2011Alteração regulamenttos atletismo iaaf 2010.2011
Alteração regulamenttos atletismo iaaf 2010.2011
Maria João Vasconcelos
 
Natacao.paula romão.sílvinapais
Natacao.paula romão.sílvinapaisNatacao.paula romão.sílvinapais
Natacao.paula romão.sílvinapais
Maria João Vasconcelos
 
Sebenta.módulo1.corfebol
Sebenta.módulo1.corfebolSebenta.módulo1.corfebol
Sebenta.módulo1.corfebol
Maria João Vasconcelos
 
O.que.precisa.saber.sobre.doping
O.que.precisa.saber.sobre.dopingO.que.precisa.saber.sobre.doping
O.que.precisa.saber.sobre.doping
Maria João Vasconcelos
 

Mais de Maria João Vasconcelos (20)

Abordagem ao Jogo Futsal_1ªfase.pdf
Abordagem ao Jogo Futsal_1ªfase.pdfAbordagem ao Jogo Futsal_1ªfase.pdf
Abordagem ao Jogo Futsal_1ªfase.pdf
 
Abordagem ao Jogo em 5 Abertos_1ªfase.pdf
Abordagem ao Jogo em 5 Abertos_1ªfase.pdfAbordagem ao Jogo em 5 Abertos_1ªfase.pdf
Abordagem ao Jogo em 5 Abertos_1ªfase.pdf
 
Transição defesa/ataque no jogo de 3
Transição defesa/ataque no jogo de 3Transição defesa/ataque no jogo de 3
Transição defesa/ataque no jogo de 3
 
Bachata
BachataBachata
Bachata
 
Rfe tenis gi
Rfe tenis giRfe tenis gi
Rfe tenis gi
 
Manual hoquei
Manual hoqueiManual hoquei
Manual hoquei
 
Atletismo dossic3aa-do-prodessor
Atletismo dossic3aa-do-prodessorAtletismo dossic3aa-do-prodessor
Atletismo dossic3aa-do-prodessor
 
Manual ensino basico
Manual ensino basicoManual ensino basico
Manual ensino basico
 
Sebenta.módulo13.e.física.profissional.2014.2015
Sebenta.módulo13.e.física.profissional.2014.2015Sebenta.módulo13.e.física.profissional.2014.2015
Sebenta.módulo13.e.física.profissional.2014.2015
 
Doping no Desporto - Ivânia Monteiro - UP
Doping no Desporto - Ivânia Monteiro - UPDoping no Desporto - Ivânia Monteiro - UP
Doping no Desporto - Ivânia Monteiro - UP
 
Sebenta.módulo15.e.física.profissional
Sebenta.módulo15.e.física.profissionalSebenta.módulo15.e.física.profissional
Sebenta.módulo15.e.física.profissional
 
Plano de prevenção corrupção ipdj
Plano de prevenção corrupção   ipdjPlano de prevenção corrupção   ipdj
Plano de prevenção corrupção ipdj
 
Uma visão mais próxima do doping
Uma visão mais próxima do dopingUma visão mais próxima do doping
Uma visão mais próxima do doping
 
Manual tecnico da_iaaf_-_portugues-4823
Manual tecnico da_iaaf_-_portugues-4823Manual tecnico da_iaaf_-_portugues-4823
Manual tecnico da_iaaf_-_portugues-4823
 
Fadeup pré-requisitos - regulamento - 2012
Fadeup   pré-requisitos - regulamento - 2012Fadeup   pré-requisitos - regulamento - 2012
Fadeup pré-requisitos - regulamento - 2012
 
Pré requisitos - Deliberação n.º 202/2012
Pré requisitos - Deliberação n.º 202/2012Pré requisitos - Deliberação n.º 202/2012
Pré requisitos - Deliberação n.º 202/2012
 
Alteração regulamenttos atletismo iaaf 2010.2011
Alteração regulamenttos atletismo iaaf 2010.2011Alteração regulamenttos atletismo iaaf 2010.2011
Alteração regulamenttos atletismo iaaf 2010.2011
 
Natacao.paula romão.sílvinapais
Natacao.paula romão.sílvinapaisNatacao.paula romão.sílvinapais
Natacao.paula romão.sílvinapais
 
Sebenta.módulo1.corfebol
Sebenta.módulo1.corfebolSebenta.módulo1.corfebol
Sebenta.módulo1.corfebol
 
O.que.precisa.saber.sobre.doping
O.que.precisa.saber.sobre.dopingO.que.precisa.saber.sobre.doping
O.que.precisa.saber.sobre.doping
 

Sebenta.ginastica.solo.profissional

  • 1. Cursos Profissionais de Nível Secundário Componente de Formação Sociocultural Sebenta Disciplina de Educação Física Módulo 4 – A2 – GIN I Ginástica de Solo – Nível Introdução 10º Ano Prof. Maria João Vasconcelos
  • 2. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário Cursos Profissionais Ciclo de Formação Secundário JOGOS DESPORTIVOS COLECTIVOS (andebol, basquetebol, futebol, voleibol) GINÁSTICA (solo, aparelhos, acrobática) OUTRAS ACTIVIDADES FÍSICAS DESPORTIVAS (atletismo/ raquetas/ patinagem) ACTIVIDADES DE EXPLORAÇÃO DA NATUREZA (orientação, natação, entre outras) DANÇA (danças sociais, danças tradicionais portuguesas)* DESENVOLVIMENTO DAS CAPACIDADES MOTORAS CONDICIONAIS E COORDENATIVAS Maria João Vasconcelos Página 2 de 19
  • 3. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário CONHECIMENTOS SOBRE DESENVOLVIMENTO DA CONDIÇÃO FÍSICA E CONTEXTOS ONDE SE REALIZAM AS ACTIVIDADES FÍSICAS MÓDULOS ÁREAS (16 no total) JOGOS DESPORTIVOS COLECTIVOS 3 (ANDEBOL, BASQUETEBOL, FUTEBOL, VOLEIBOL) GINÁSTICA 3 (SOLO, APARELHOS, ACROBÁTICA) OUTRAS ACTIVIDADES FÍSICAS DESPORTIVAS 2 - ATLETISMO/RAQUETAS/PATINAGEM - ACTIVIDADES DE EXPLORAÇÃO NATUREZA 1 (ORIENTAÇÃO, NATAÇÃO, ENTRE OUTRAS) DANÇA 3 (DANÇAS SOCIAIS, DANÇAS TRADICIONAIS PORTUGUESAS) DESENVOLVIMENTO DAS CAPACIDADES 1 MOTORAS CONDICIONAIS E COORDENATIVAS 3 CONHECIMENTOS SOBRE DESENVOLVIMENTO DA Maria João Vasconcelos Página 3 de 19
  • 4. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário CONDIÇÃO FÍSICA E CONTEXTOS ONDE SE REALIZAM AS ACTIVIDADES FÍSICAS Maria João Vasconcelos Página 4 de 19
  • 5. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário 10º ANO CICLO FORMATIVO MÓDULOS PRIMEIRO Avaliação Inicial ANO JDC I Nível Introdução num jogo desportivo colectivo. GIN I Nível Introdução na ginástica de solo e num aparelho da ginástica de aparelhos. A/R/P/ I Nível Introdução numa matéria deste grupo. DANÇA I Uma dança do nível Introdução das Danças Sociais ou Tradicionais Portuguesas ACT.FIS/CONTEXTOS E SAÚDE I O aluno revela domínio dos conhecimentos essenciais definidos a nível de escola, relativos aos objectivos 1, 2 e 3 especificados na parte II do programa. APTIDÃO FÍSICA O aluno encontra-se na Zona Saudável de Aptidão Física. (a) Maria João Vasconcelos Página 5 de 19
  • 6. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário MÓDULO 4 – A2 – Gin I Programa de Ginástica Ginástica de Solo Nível Introdução - O aluno combina as habilidades em sequências, realizando: 1. Cambalhota à frente no colchão, terminando a pés juntos, mantendo a mesma direcção durante o enrolamento. 2. Cambalhota à frente num plano inclinado, terminando com as pernas afastadas e em extensão. 3. Cambalhota à retaguarda com repulsão dos braços na parte final e saída com as pernas afastadas e em extensão. 4. Cambalhota à retaguarda, com repulsão dos braços na fase final e saída com os pés juntos na direcção do ponto de partida. 5. Passagem por pino partindo da posição de deitado ventral no plinto, deslizando para apoio das mãos no colchão (sem avanço dos ombros) e elevando as pernas para passar por pino, seguido de cambalhota à frente. 6. Subida para pino apoiando as mãos no colchão e os pés num plano vertical, recuando as mãos e subindo gradualmente o apoio dos pés, aproximando-se da vertical (mantendo o olhar dirigido para as mãos), terminando em cambalhota à frente. 7. Roda, com apoio alternado das mãos na cabeça do plinto (transversal), passando as pernas o mais alto possível, com recepção equilibrada do outro lado em apoio alternado dos pés. 8. Posições de flexibilidade variadas (afastamento lateral e frontal das pernas em pé e no chão, com máxima inclinação do tronco; mata-borrão; etc). Maria João Vasconcelos Página 6 de 19
  • 7. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário Conteúdos e Competências Ginástica de Solo Rolamento à frente engrupado; Rolamento à frente engrupado com saída de pernas afastadas; Rolamentoà retaguarda engrupado com saída de pernas afastadas; Pino ; Roda; Posições de flexibilidade. Competências O aluno executa os elementos técnicos cumprindo as suas componentes críticas e os critérios de êxito. Avaliação Do elemento gímnico em exercício critério ou em sequência gímnica 1. Cambalhota à frente Critérios de êxito 1 – Mantém a posição engrupada até ao final do elemento gímnico 2 – Mantém o alinhamento durante o rolamento 3 – Ergue-se sem a ajuda dos membros superiores Avaliação 1 – Não realiza o elemento 2 – realiza cumprindo um dos critérios de êxito 3 – realiza cumprindo dois dos critérios de êxito 4 – realiza cumprindo três dos critérios de êxito 5 – Realiza, dando expressão elevada ao elemento Maria João Vasconcelos Página 7 de 19
  • 8. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário 2. Cambalhota à frente terminando com as pernas afastadas e em extensão. Critérios de êxito 1 – Mantém o alinhamento durante o rolamento 2 – Na passagem da bacia pela vertical afasta e estende os membros inferiores 3 – Mantém o fecho tronco/membros inferiores até atingir a verticalidade Avaliação 1 – Não realiza o elemento 2 – realiza cumprindo um dos critérios de êxito 3 – realiza cumprindo dois dos critérios de êxito 4 – realiza cumprindo três dos critérios de êxito 5 – Realiza, dando expressão elevada ao elemento 3. Cambalhota à retaguarda terminando com as pernas afastadas e em extensão. Critérios de êxito 1 – Mantém o alinhamento durante o rolamento 2 – Na passagem da bacia pela vertical afasta e estende os membros inferiores 3 – Repulsão dos membros superiores Avaliação 1 – Não realiza o elemento 2 – realiza cumprindo um dos critérios de êxito 3 – realiza cumprindo dois dos critérios de êxito 4 – realiza cumprindo três dos critérios de êxito 5 – Realiza, dando expressão elevada ao elemento 4. Cambalhota à retaguarda Critérios de êxito 1 – Mantém a posição engrupada até ao final do elemento gímnico 2 – Repulsão simultânea dos membros superiores 2 – Após rolamento os pés são os primeiros a chegar ao solo Avaliação 1 – Não realiza o elemento 2 – realiza cumprindo um dos critérios de êxito 3 – realiza cumprindo dois dos critérios de êxito Maria João Vasconcelos Página 8 de 19
  • 9. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário 4 – realiza cumprindo três dos critérios de êxito 5 – Realiza, dando expressão elevada ao elemento 5. Apoio facial invertido Passagem por pino partindo da posição de deitado ventral no plinto, deslizando para apoio das mãos no colchão (sem avanço dos ombros) e elevando as pernas para passar por pino, seguido de cambalhota à frente. Critérios de êxito 1 – Elevação alternada dos membros inferiores 3 – Extensão completa dos membros 2 – Flexão controlada na fase de rolamento Avaliação 1 – Não realiza o elemento 2 – realiza cumprindo um dos critérios de êxito 3 – realiza cumprindo dois dos critérios de êxito 4 – realiza cumprindo três dos critérios de êxito 5 – Realiza, dando expressão elevada ao elemento Subida para pino apoiando as mãos no colchão e os pés num plano vertical, recuando as mãos e subindo gradualmente o apoio dos pés, aproximando-se da vertical (mantendo o olhar dirigido para as mãos), terminando em cambalhota à frente. Critérios de êxito 1 – Recuo controlado das mãos até à vertical 3 – Corpo em completo alinhamento e tonicidade 2 – Flexão controlada na fase de rolamento Avaliação 1 – Não realiza o elemento 2 – realiza cumprindo um dos critérios de êxito 3 – realiza cumprindo dois dos critérios de êxito 4 – realiza cumprindo três dos critérios de êxito 5 – Realiza, dando expressão elevada ao elemento 6. Roda Critérios de êxito 1 – Apoio alternado das mãos 2 – Passagem dos membros inferiores pela verticalidade Maria João Vasconcelos Página 9 de 19
  • 10. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário 3 – Chegada alternada dos membros inferiores Avaliação 1 – Não realiza o elemento 2 – realiza cumprindo um dos critérios de êxito 3 – realiza cumprindo dois dos critérios de êxito 4 – realiza cumprindo três dos critérios de êxito 5 – Realiza, dando expressão elevada ao elemento 7. Posições de flexibilidade Afastamento lateral com máxima inclinação do tronco em pé e no solo Critérios de êxito 1 – Grande afastamento lateral dos membros inferiores 2 – máxima flexão do tronco 3 – Mantém a postura por 3” Afastamento frontal em pé e no solo Critérios de êxito 1 – Grande afastamento frontal dos membros inferiores 2 – extensão completa dos membros inferiores 3 – Mantém a postura por 3” Mata-borrão Critérios de êxito 1 –extensão de todo o corpo 2 –contacto único, com o solo, pela zona abdominal 3 – Mantém a postura por 3” Avaliação 1 – Não realiza o elemento 2 – realiza cumprindo um dos critérios de êxito 3 – realiza cumprindo dois dos critérios de êxito 4 – realiza cumprindo três dos critérios de êxito 5 – Realiza, dando expressão elevada ao elemento Maria João Vasconcelos Página 10 de 19
  • 11. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário Desenvolvimento da Matéria 1. Cambalhota à frente no colchão, terminando a pés juntos, mantendo a mesma direcção durante o enrolamento. Rolamento à frente engrupado Apresentação Flexão dos membros inferiores Apoiar as mãos no solo, à largura dos ombros, com os dedos abertos e dirigidos para a frente Queixo ao peito Elevação dos membros inferiores provocando um desequilíbrio para a frente Rolamento na posição engrupada até ao final do exercício (manter o alinhamento) Elevação sobre os membros inferiores Maria João Vasconcelos Página 11 de 19
  • 12. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário 2. Cambalhota à frente num plano inclinado, terminando com as pernas afastadas e em extensão. Rolamento à frente engrupado com saída de m.i. afastadas Apresentação Flexão dos membros inferiores (cócoras) Apoiar as mãos no solo, à largura dos ombros, com os dedos abertos e dirigidos para a frente Queixo ao peito Elevação dos membros inferiores provocando um desequilíbrio para a frente Rolamento na posição engrupada (manter o alinhamento) À passagem da bacia pela vertical, abertura dos membros inferiores estendidos Colocação das mãos no solo, entre os membros inferiores, perto da bacia Manter a posição fechada até à verticalidade Maria João Vasconcelos Página 12 de 19
  • 13. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário 3. Cambalhota à retaguarda com repulsão dos braços na parte final e saída com as pernas afastadas e em extensão. Rolamento à retaguarda engrupado com saída de m.i. afastadas Apresentação Flexão dos Membros inferiores e adopção da posição engrupada Queixo ao peito Costas das mãos colocadas nas omoplatas Desiquilíbrio à retaguarda, manter o fecho durante todo o rolamento Repulsão das mãos no tapete, para passagem da cabeça Afastamento dos menbros inferiores, estendidos, à passagem da bacia pela vertical. Maria João Vasconcelos Página 13 de 19
  • 14. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário 4. Cambalhota à retaguarda, com repulsão dos braços na fase final e saída com os pés juntos na direcção do ponto de partida. Rolamento à retaguarda engrupado Apresentação Flexão dos Membros inferiores e adopção da posição engrupada (cócoras) Queixo ao peito Costas das mãos colocadas nas omoplatas Desequilíbrio à retaguarda Manter o fecho durante todo o rolamento (não perder o alinhamento) Repulsão das mãos no tapete, para passagem da cabeça A Recepção no solo é efectuada pelos pés Maria João Vasconcelos Página 14 de 19
  • 15. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário 5. Passagem por pino partindo da posição de deitado ventral no plinto, deslizando para apoio das mãos no colchão (sem avanço dos ombros) e elevando as pernas para passar por pino, seguido de cambalhota à frente. Apoio facial Invertido – situação facilitadora 1 Deitado ventral no plinto longitudinal Descer e colocar as mãos no solo, à largura dos ombros, dedos virados para a frente Cabeça em extensão Elevação alternada das pernas para a vertical Equilíbrio Rolamento à frente o Ligeiro desequilíbrio à retaguarda, o flexão dos membros superiores o queixo ao peito o posição engrupada até ao final do rolamento (manter o alinhamento) o Elevação sobre os membros inferiores Maria João Vasconcelos Página 15 de 19
  • 16. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário 6. Subida para pino apoiando as mãos no colchão e os pés num plano vertical, recuando as mãos e subindo gradualmente o apoio dos pés, aproximando-se da vertical (mantendo o olhar dirigido para as mãos), terminando em cambalhota à frente. Apoio facial Invertido – situação facilitadora 2 Mãos à largura dos ombros, dedos abertos e virados para frente Extensão da cabeça Colocação dos pés num plano vertical Recuo alternado dos membros superiores Subida gradual dos membros inferiores até à vertical Flexão controlada dos membros superiores para enrolamento Maria João Vasconcelos Página 16 de 19
  • 17. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário 7. Roda, com apoio alternado das mãos na cabeça do plinto (transversal), passando as pernas o mais alto possível, com recepção equilibrada do outro lado em apoio alternado dos pés. Roda Partir da posição de Afundo Apoio alternado das mãos no plinto Passagem alternada dos m.i. Passagem da bacia pela vertical Recepção alternada dos pés no solo Maria João Vasconcelos Página 17 de 19
  • 18. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário 8. Posições de flexibilidade variadas (afastamento lateral e frontal das pernas em pé e no chão, com máxima inclinação do tronco; mata-borrão; etc.). Afastamento frontal No Solo – Espargata Em pé – Afundo Grande afastamento antero-posterior Tonicidade de todo o corpo Afastamento lateral com máxima inclinação do tronco No Solo – Rã Em Pé – Flexão do tronco à frente com pernas afastadas Grande afastamento lateral dos membros inferiores Extensão completa dos membros inferiores Máxima flexão do tronco à frente Maria João Vasconcelos Página 18 de 19
  • 19. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AVELAR BROTERO Cursos Profissionais de Nível Secundário Mata-borrão Agarrar os tornozelos, por fora, com as mãos Extensão do tronco e cabeça Extensão dos membros inferiores Maria João Vasconcelos Página 19 de 19