SlideShare uma empresa Scribd logo
Monik e Sarah
     7ª A
Dengue é a enfermidade causada pelo vírus da
         dengue, um arbovírus da família
Flaviviridae, gênero Flavivírus, que inclui quatro
  tipos imunológicos: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e
  DEN-4. A infecção por um deles dá proteção
permanente para o mesmo sorotipo e imunidade
    parcial e temporária contra os outros três.
A transmissão se faz pela picada da fêmea contaminada do mosquito Aedes
   aegypti ou Aedes albopictus, pois o macho se alimenta apenas de seiva de
  plantas. No Brasil, ocorre na maioria das vezes por Aedes aegypti. Após um
repasto de sangue infectado, o mosquito está apto a transmitir o vírus, depois
   de 8 a 12 dias de incubação extrínseca. A transmissão mecânica também é
  possível, quando o repasto é interrompido e o mosquito, imediatamente, se
alimenta num hospedeiro susceptível próximo. Um único mosquito desses em
 toda a sua vida (45 dias em média) pode contaminar até 300 pessoas. Não há
  transmissão por contato direto de um doente ou de suas secreções com uma
                pessoa sadia, nem de fontes de água ou alimento.
O paciente é aconselhado pelo médico a ficar em repouso e
    beber muitos líquidos (sucos, água e chás sem cafeína)
evitando café, refrigerantes e leite (que irritam o estômago). É
  importante então evitar a automedicação, porque pode ser
    perigosa, já que a prescrição médica desaconselha usar
   remédios à base de ácido acetilsalicílico (AAS) ou outros
antinflamatórios não-esteróides (AINEs) normalmente usados
        para febre, porque eles facilitam a hemorragia.

Recomendado para você

Dengue Rafael e Rerisson
Dengue Rafael e RerissonDengue Rafael e Rerisson
Dengue Rafael e Rerisson

O documento discute a dengue, incluindo como combater a doença, os responsáveis pelo combate, a importância de ficar atento aos sintomas e algumas curiosidades sobre a doença e o mosquito transmissor.

Lepra
LepraLepra
Lepra

A lepra é uma doença contagiosa que pode causar incapacidade ou deformidades se não tratada, demora de 2 a 5 anos para apresentar sintomas, e pode ser transmitida através do contato com pessoas doentes ou objetos contaminados como terra ou animais. A boa notícia é que a lepra tem cura através de medicamentos baratos.

6ºd
CHIKUNGUNYA
CHIKUNGUNYACHIKUNGUNYA
CHIKUNGUNYA

A febre chikungunya é uma doença viral transmitida por mosquitos da espécie Aedes aegypti. Os sintomas incluem febre, dor nas articulações e erupções cutâneas. Não há transmissão entre humanos, apenas pelo mosquito após se alimentar de sangue de uma pessoa infectada. O tratamento envolve repouso e medicação para aliviar os sintomas.

chikungunyafebre
O período de incubação é de três a quinze dias
    após a picada. Dissemina-se pelo sangue
(viremia). Os sintomas iniciais são inespecíficos
como febre alta (normalmente entre 38° e 40 °C)
  de início abrupto, mal-estar, anorexia (pouco
apetite), cefaleias, dores musculares e nos olhos.
Imagens: Dengue
             
Larvas e pupa do mosquito Aedes
                                     Mosquito da dengue.
aegypti, transmissor da dengue   .
Imagens: Dengue
             
   Mosquito tigre asiático (Aedes
albopictus), um possível transmissor
             da dengue.


Recomendado para você

Projeto Dengue: O LIE em ação
Projeto Dengue: O LIE em açãoProjeto Dengue: O LIE em ação
Projeto Dengue: O LIE em ação

(1) A dengue é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti e pode causar febre, dor de cabeça e manchas vermelhas na pele. (2) A dengue hemorrágica é uma forma grave da doença que pode levar à morte devido à queda brusca das plaquetas e hemorragias. (3) Não há tratamento específico para a dengue, sendo recomendada hidratação e repouso, evitando medicamentos à base de ácido acetilsalicílico.

dengueprevenção
Dengue (trabalho Digitado)
Dengue (trabalho Digitado)Dengue (trabalho Digitado)
Dengue (trabalho Digitado)

O documento discute a dengue, uma doença infecciosa transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Apresenta os sintomas da dengue clássica e da febre hemorrágica da dengue, assim como o ciclo de vida do vírus, modo de transmissão, tratamento e medidas preventivas como a eliminação de depósitos de água parada para evitar a proliferação do mosquito.

Dengue Anderson e Lucas
Dengue Anderson e LucasDengue Anderson e Lucas
Dengue Anderson e Lucas

De acordo com a pesquisa, a maior causa de casos de dengue no bairro é o vizinho que não cuida do seu quintal (33 pessoas), seguido por terrenos baldios (20 pessoas) e pneus com água parada (23 pessoas). O documento também explica que a dengue se originou de vírus que circulavam em primatas na Malásia e foi transmitida aos humanos por meio de mosquitos. O primeiro caso registrado de dengue foi descrito em uma enciclopédia médica chinesa do século 5 d.C.

Combate à dengue deve
  continuar mesmo com
temperaturas mais baixas.
            




     http://pt.wikipedia.org/wiki/Dengue

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Febre Amarela - Saúde Coletiva II
Febre Amarela - Saúde Coletiva IIFebre Amarela - Saúde Coletiva II
Febre Amarela - Saúde Coletiva II
Enfº Ícaro Araújo
 
Sintomas da dengue
Sintomas da dengueSintomas da dengue
Sintomas da dengue
adrianomedico
 
6B - Vinnycius
6B - Vinnycius6B - Vinnycius
6B - Vinnycius
viannota
 
Dengue Rafael e Rerisson
Dengue Rafael e RerissonDengue Rafael e Rerisson
Dengue Rafael e Rerisson
Licurgo Oliveira
 
Lepra
LepraLepra
CHIKUNGUNYA
CHIKUNGUNYACHIKUNGUNYA
CHIKUNGUNYA
Gessica Chaves
 
Projeto Dengue: O LIE em ação
Projeto Dengue: O LIE em açãoProjeto Dengue: O LIE em ação
Projeto Dengue: O LIE em ação
Sinara Duarte
 
Dengue (trabalho Digitado)
Dengue (trabalho Digitado)Dengue (trabalho Digitado)
Dengue (trabalho Digitado)
Nathy Oliveira
 
Dengue Anderson e Lucas
Dengue Anderson e LucasDengue Anderson e Lucas
Dengue Anderson e Lucas
Licurgo Oliveira
 
Você sabe o que é a dengue?
Você sabe o que é a dengue?Você sabe o que é a dengue?
Você sabe o que é a dengue?
Diego Beck
 
Influenza 2009
Influenza 2009Influenza 2009
Influenza 2009
claudiadalzoto
 
Influenza 2009[1]
Influenza 2009[1]Influenza 2009[1]
Influenza 2009[1]
guest58e1d9e
 
Gripe A (Influenza A)
Gripe A (Influenza A)Gripe A (Influenza A)
Gripe A (Influenza A)
Secretaria de Saúde do DF
 
Chikungunya - Epidemiologia - Enfermagem
Chikungunya - Epidemiologia - EnfermagemChikungunya - Epidemiologia - Enfermagem
Chikungunya - Epidemiologia - Enfermagem
Sâmela Oliveira
 
Apresentacao Dengue
Apresentacao DengueApresentacao Dengue
Apresentacao Dengue
Claudia Dutra
 
Aids na gravidez
Aids na gravidezAids na gravidez
Aids na gravidez
Juliermeson Morais
 
O que é dengue
O que é dengueO que é dengue
O que é dengue
Kamilla Souza
 

Mais procurados (17)

Febre Amarela - Saúde Coletiva II
Febre Amarela - Saúde Coletiva IIFebre Amarela - Saúde Coletiva II
Febre Amarela - Saúde Coletiva II
 
Sintomas da dengue
Sintomas da dengueSintomas da dengue
Sintomas da dengue
 
6B - Vinnycius
6B - Vinnycius6B - Vinnycius
6B - Vinnycius
 
Dengue Rafael e Rerisson
Dengue Rafael e RerissonDengue Rafael e Rerisson
Dengue Rafael e Rerisson
 
Lepra
LepraLepra
Lepra
 
CHIKUNGUNYA
CHIKUNGUNYACHIKUNGUNYA
CHIKUNGUNYA
 
Projeto Dengue: O LIE em ação
Projeto Dengue: O LIE em açãoProjeto Dengue: O LIE em ação
Projeto Dengue: O LIE em ação
 
Dengue (trabalho Digitado)
Dengue (trabalho Digitado)Dengue (trabalho Digitado)
Dengue (trabalho Digitado)
 
Dengue Anderson e Lucas
Dengue Anderson e LucasDengue Anderson e Lucas
Dengue Anderson e Lucas
 
Você sabe o que é a dengue?
Você sabe o que é a dengue?Você sabe o que é a dengue?
Você sabe o que é a dengue?
 
Influenza 2009
Influenza 2009Influenza 2009
Influenza 2009
 
Influenza 2009[1]
Influenza 2009[1]Influenza 2009[1]
Influenza 2009[1]
 
Gripe A (Influenza A)
Gripe A (Influenza A)Gripe A (Influenza A)
Gripe A (Influenza A)
 
Chikungunya - Epidemiologia - Enfermagem
Chikungunya - Epidemiologia - EnfermagemChikungunya - Epidemiologia - Enfermagem
Chikungunya - Epidemiologia - Enfermagem
 
Apresentacao Dengue
Apresentacao DengueApresentacao Dengue
Apresentacao Dengue
 
Aids na gravidez
Aids na gravidezAids na gravidez
Aids na gravidez
 
O que é dengue
O que é dengueO que é dengue
O que é dengue
 

Destaque

De spontane stad Gert Urhahn
De spontane stad  Gert UrhahnDe spontane stad  Gert Urhahn
De spontane stad Gert Urhahn
Els Brouwers
 
Sty-o poder do olhar
 Sty-o poder do olhar Sty-o poder do olhar
Sty-o poder do olhar
Alex Mendes
 
Ocorrências do final de semana
Ocorrências do final de semanaOcorrências do final de semana
Ocorrências do final de semana
27081970
 
Malvinas Consonido
Malvinas ConsonidoMalvinas Consonido
Malvinas Consonido
cristiandadypatria
 
1 jorge ibañez CV
1 jorge ibañez CV1 jorge ibañez CV
1 jorge ibañez CV
jorge antonio ibanez
 
04 masters presentation (pdf : web version)
04   masters presentation (pdf : web version)04   masters presentation (pdf : web version)
04 masters presentation (pdf : web version)
radiofreecaro
 
Jaume Callís 6
Jaume Callís 6Jaume Callís 6
Jaume Callís 6
viladraueducacio
 
Trabajos
TrabajosTrabajos
Gerencia de projetos
Gerencia de projetosGerencia de projetos
Gerencia de projetos
Edson Armando
 
Ppt liciniarossi 14hrs_quarta
Ppt liciniarossi 14hrs_quartaPpt liciniarossi 14hrs_quarta
Ppt liciniarossi 14hrs_quarta
AtualidadesdoDireito
 
Cmmi dev-1-2-portuguese
Cmmi dev-1-2-portugueseCmmi dev-1-2-portuguese
Cmmi dev-1-2-portuguese
Alexandre Brito
 
Stf nega liminar a marcos seguro de turvo
Stf nega liminar a marcos seguro de turvoStf nega liminar a marcos seguro de turvo
Stf nega liminar a marcos seguro de turvo
27081970
 
Las Mil Islas
Las Mil IslasLas Mil Islas
Las Mil Islas
cristiandadypatria
 
Usaftkho, sufta, samartliani da mcvane transporti -safe, clean transport
Usaftkho, sufta, samartliani da mcvane transporti -safe, clean transportUsaftkho, sufta, samartliani da mcvane transporti -safe, clean transport
Usaftkho, sufta, samartliani da mcvane transporti -safe, clean transport
Gela Kvashilava
 
Te dx feira_apresentacao_14_jun_13
Te dx feira_apresentacao_14_jun_13Te dx feira_apresentacao_14_jun_13
Te dx feira_apresentacao_14_jun_13
O Engenho No Papel
 
Transparência de missões jogo 1
Transparência de missões   jogo 1Transparência de missões   jogo 1
Transparência de missões jogo 1
Paulo César
 
Pass year 2007 dan 2008,2009 p1 a
Pass year 2007 dan 2008,2009 p1 aPass year 2007 dan 2008,2009 p1 a
Pass year 2007 dan 2008,2009 p1 a
njusohtan
 
VESTIBULAR UFPE 2013 - MAIORES E MENORES NOTAS (COTAS E AMPLA CONCORRÊNCIA)
VESTIBULAR UFPE 2013 - MAIORES E MENORES NOTAS (COTAS E AMPLA CONCORRÊNCIA)VESTIBULAR UFPE 2013 - MAIORES E MENORES NOTAS (COTAS E AMPLA CONCORRÊNCIA)
VESTIBULAR UFPE 2013 - MAIORES E MENORES NOTAS (COTAS E AMPLA CONCORRÊNCIA)
Isaquel Silva
 
Marco Polo2
Marco Polo2Marco Polo2
T.petizes 21 4-2013 regulamento xii tiv 2013
T.petizes 21 4-2013 regulamento xii tiv 2013T.petizes 21 4-2013 regulamento xii tiv 2013
T.petizes 21 4-2013 regulamento xii tiv 2013
O Engenho No Papel
 

Destaque (20)

De spontane stad Gert Urhahn
De spontane stad  Gert UrhahnDe spontane stad  Gert Urhahn
De spontane stad Gert Urhahn
 
Sty-o poder do olhar
 Sty-o poder do olhar Sty-o poder do olhar
Sty-o poder do olhar
 
Ocorrências do final de semana
Ocorrências do final de semanaOcorrências do final de semana
Ocorrências do final de semana
 
Malvinas Consonido
Malvinas ConsonidoMalvinas Consonido
Malvinas Consonido
 
1 jorge ibañez CV
1 jorge ibañez CV1 jorge ibañez CV
1 jorge ibañez CV
 
04 masters presentation (pdf : web version)
04   masters presentation (pdf : web version)04   masters presentation (pdf : web version)
04 masters presentation (pdf : web version)
 
Jaume Callís 6
Jaume Callís 6Jaume Callís 6
Jaume Callís 6
 
Trabajos
TrabajosTrabajos
Trabajos
 
Gerencia de projetos
Gerencia de projetosGerencia de projetos
Gerencia de projetos
 
Ppt liciniarossi 14hrs_quarta
Ppt liciniarossi 14hrs_quartaPpt liciniarossi 14hrs_quarta
Ppt liciniarossi 14hrs_quarta
 
Cmmi dev-1-2-portuguese
Cmmi dev-1-2-portugueseCmmi dev-1-2-portuguese
Cmmi dev-1-2-portuguese
 
Stf nega liminar a marcos seguro de turvo
Stf nega liminar a marcos seguro de turvoStf nega liminar a marcos seguro de turvo
Stf nega liminar a marcos seguro de turvo
 
Las Mil Islas
Las Mil IslasLas Mil Islas
Las Mil Islas
 
Usaftkho, sufta, samartliani da mcvane transporti -safe, clean transport
Usaftkho, sufta, samartliani da mcvane transporti -safe, clean transportUsaftkho, sufta, samartliani da mcvane transporti -safe, clean transport
Usaftkho, sufta, samartliani da mcvane transporti -safe, clean transport
 
Te dx feira_apresentacao_14_jun_13
Te dx feira_apresentacao_14_jun_13Te dx feira_apresentacao_14_jun_13
Te dx feira_apresentacao_14_jun_13
 
Transparência de missões jogo 1
Transparência de missões   jogo 1Transparência de missões   jogo 1
Transparência de missões jogo 1
 
Pass year 2007 dan 2008,2009 p1 a
Pass year 2007 dan 2008,2009 p1 aPass year 2007 dan 2008,2009 p1 a
Pass year 2007 dan 2008,2009 p1 a
 
VESTIBULAR UFPE 2013 - MAIORES E MENORES NOTAS (COTAS E AMPLA CONCORRÊNCIA)
VESTIBULAR UFPE 2013 - MAIORES E MENORES NOTAS (COTAS E AMPLA CONCORRÊNCIA)VESTIBULAR UFPE 2013 - MAIORES E MENORES NOTAS (COTAS E AMPLA CONCORRÊNCIA)
VESTIBULAR UFPE 2013 - MAIORES E MENORES NOTAS (COTAS E AMPLA CONCORRÊNCIA)
 
Marco Polo2
Marco Polo2Marco Polo2
Marco Polo2
 
T.petizes 21 4-2013 regulamento xii tiv 2013
T.petizes 21 4-2013 regulamento xii tiv 2013T.petizes 21 4-2013 regulamento xii tiv 2013
T.petizes 21 4-2013 regulamento xii tiv 2013
 

Semelhante a Sarah e monik 7A

Dengue
DengueDengue
Dengue
Pianist
 
Doença causada por vírus e bactérias.
Doença causada por vírus e bactérias.Doença causada por vírus e bactérias.
Doença causada por vírus e bactérias.
juninhowwave
 
U7 ativ4 miriameguardiões
U7 ativ4 miriameguardiõesU7 ativ4 miriameguardiões
U7 ativ4 miriameguardiões
miriamcchaparro
 
Doenças Causadas por Vírus
Doenças Causadas por VírusDoenças Causadas por Vírus
Doenças Causadas por Vírus
Rafael Serafim
 
6B - Susana e fernanda1
6B - Susana e fernanda16B - Susana e fernanda1
6B - Susana e fernanda1
viannota
 
6B - Paulo walifer e kaio
6B - Paulo walifer e kaio6B - Paulo walifer e kaio
6B - Paulo walifer e kaio
viannota
 
Gripe, Febre Amarela, AIDS, Dengue.
Gripe, Febre Amarela, AIDS, Dengue.Gripe, Febre Amarela, AIDS, Dengue.
Gripe, Febre Amarela, AIDS, Dengue.
Bruna Medeiros
 
Dengue
DengueDengue
Dengue
Néli Freire
 
Dengue
DengueDengue
Dengue
Néli Freire
 
Dengue
DengueDengue
Dengue
Néli Freire
 
Palestra de Dengue
Palestra de DenguePalestra de Dengue
Palestra de Dengue
Elias Cordeiro
 
A dengue evelyn e beatriz vitória
A dengue evelyn e beatriz vitóriaA dengue evelyn e beatriz vitória
A dengue evelyn e beatriz vitória
viannota
 
6A - A dengue evelyn e beatriz vitória
6A - A dengue evelyn e beatriz vitória6A - A dengue evelyn e beatriz vitória
6A - A dengue evelyn e beatriz vitória
viannota
 
Dengue
DengueDengue
Dengue
260359
 
A dengue.pdf
A dengue.pdfA dengue.pdf
A dengue.pdf
Carlos Ney
 
Dengue1
Dengue1Dengue1
Trab Bio Doenças-Cotuca
Trab Bio Doenças-CotucaTrab Bio Doenças-Cotuca
Trab Bio Doenças-Cotuca
eld09
 
Slide dengue
Slide dengueSlide dengue
Slide dengue
wobetoiara
 
A dengue
A dengueA dengue
Apresentação dengue
Apresentação dengueApresentação dengue
Apresentação dengue
Laboratório Sérgio Franco
 

Semelhante a Sarah e monik 7A (20)

Dengue
DengueDengue
Dengue
 
Doença causada por vírus e bactérias.
Doença causada por vírus e bactérias.Doença causada por vírus e bactérias.
Doença causada por vírus e bactérias.
 
U7 ativ4 miriameguardiões
U7 ativ4 miriameguardiõesU7 ativ4 miriameguardiões
U7 ativ4 miriameguardiões
 
Doenças Causadas por Vírus
Doenças Causadas por VírusDoenças Causadas por Vírus
Doenças Causadas por Vírus
 
6B - Susana e fernanda1
6B - Susana e fernanda16B - Susana e fernanda1
6B - Susana e fernanda1
 
6B - Paulo walifer e kaio
6B - Paulo walifer e kaio6B - Paulo walifer e kaio
6B - Paulo walifer e kaio
 
Gripe, Febre Amarela, AIDS, Dengue.
Gripe, Febre Amarela, AIDS, Dengue.Gripe, Febre Amarela, AIDS, Dengue.
Gripe, Febre Amarela, AIDS, Dengue.
 
Dengue
DengueDengue
Dengue
 
Dengue
DengueDengue
Dengue
 
Dengue
DengueDengue
Dengue
 
Palestra de Dengue
Palestra de DenguePalestra de Dengue
Palestra de Dengue
 
A dengue evelyn e beatriz vitória
A dengue evelyn e beatriz vitóriaA dengue evelyn e beatriz vitória
A dengue evelyn e beatriz vitória
 
6A - A dengue evelyn e beatriz vitória
6A - A dengue evelyn e beatriz vitória6A - A dengue evelyn e beatriz vitória
6A - A dengue evelyn e beatriz vitória
 
Dengue
DengueDengue
Dengue
 
A dengue.pdf
A dengue.pdfA dengue.pdf
A dengue.pdf
 
Dengue1
Dengue1Dengue1
Dengue1
 
Trab Bio Doenças-Cotuca
Trab Bio Doenças-CotucaTrab Bio Doenças-Cotuca
Trab Bio Doenças-Cotuca
 
Slide dengue
Slide dengueSlide dengue
Slide dengue
 
A dengue
A dengueA dengue
A dengue
 
Apresentação dengue
Apresentação dengueApresentação dengue
Apresentação dengue
 

Mais de Valdirene Carneiro

S amuel e mateu sok
S amuel e mateu sokS amuel e mateu sok
S amuel e mateu sok
Valdirene Carneiro
 
M atheus e luca sok
M atheus e luca sokM atheus e luca sok
M atheus e luca sok
Valdirene Carneiro
 
Jos eok
Jos eokJos eok
G eovane e murilook
G eovane e murilookG eovane e murilook
G eovane e murilook
Valdirene Carneiro
 
Gabriela e kyara ok
Gabriela e kyara okGabriela e kyara ok
Gabriela e kyara ok
Valdirene Carneiro
 
Felipe e fernend ook
Felipe e fernend ookFelipe e fernend ook
Felipe e fernend ook
Valdirene Carneiro
 
Bruna e kere nok
Bruna e kere nokBruna e kere nok
Bruna e kere nok
Valdirene Carneiro
 
Ana gabrieli e andreza ok
Ana gabrieli e andreza okAna gabrieli e andreza ok
Ana gabrieli e andreza ok
Valdirene Carneiro
 
Rony 6b
Rony 6bRony 6b
Mateus g
Mateus gMateus g
Vagner ok
Vagner okVagner ok
Mateus e raissa ok
Mateus e raissa okMateus e raissa ok
Mateus e raissa ok
Valdirene Carneiro
 
K amila e vanessa ok
K amila e vanessa okK amila e vanessa ok
K amila e vanessa ok
Valdirene Carneiro
 
G uilherme ok
G uilherme okG uilherme ok
G uilherme ok
Valdirene Carneiro
 
Gabriel e naiara ok
Gabriel e naiara okGabriel e naiara ok
Gabriel e naiara ok
Valdirene Carneiro
 
E lisabete ok
E lisabete okE lisabete ok
E lisabete ok
Valdirene Carneiro
 
Beatriz e jenifer ok
Beatriz e jenifer okBeatriz e jenifer ok
Beatriz e jenifer ok
Valdirene Carneiro
 
Luan e vinicius ok cópia
Luan e vinicius ok   cópiaLuan e vinicius ok   cópia
Luan e vinicius ok cópia
Valdirene Carneiro
 
Luan e vinicius ok
Luan e vinicius okLuan e vinicius ok
Luan e vinicius ok
Valdirene Carneiro
 
Vitória e leticia
Vitória e leticiaVitória e leticia
Vitória e leticia
Valdirene Carneiro
 

Mais de Valdirene Carneiro (20)

S amuel e mateu sok
S amuel e mateu sokS amuel e mateu sok
S amuel e mateu sok
 
M atheus e luca sok
M atheus e luca sokM atheus e luca sok
M atheus e luca sok
 
Jos eok
Jos eokJos eok
Jos eok
 
G eovane e murilook
G eovane e murilookG eovane e murilook
G eovane e murilook
 
Gabriela e kyara ok
Gabriela e kyara okGabriela e kyara ok
Gabriela e kyara ok
 
Felipe e fernend ook
Felipe e fernend ookFelipe e fernend ook
Felipe e fernend ook
 
Bruna e kere nok
Bruna e kere nokBruna e kere nok
Bruna e kere nok
 
Ana gabrieli e andreza ok
Ana gabrieli e andreza okAna gabrieli e andreza ok
Ana gabrieli e andreza ok
 
Rony 6b
Rony 6bRony 6b
Rony 6b
 
Mateus g
Mateus gMateus g
Mateus g
 
Vagner ok
Vagner okVagner ok
Vagner ok
 
Mateus e raissa ok
Mateus e raissa okMateus e raissa ok
Mateus e raissa ok
 
K amila e vanessa ok
K amila e vanessa okK amila e vanessa ok
K amila e vanessa ok
 
G uilherme ok
G uilherme okG uilherme ok
G uilherme ok
 
Gabriel e naiara ok
Gabriel e naiara okGabriel e naiara ok
Gabriel e naiara ok
 
E lisabete ok
E lisabete okE lisabete ok
E lisabete ok
 
Beatriz e jenifer ok
Beatriz e jenifer okBeatriz e jenifer ok
Beatriz e jenifer ok
 
Luan e vinicius ok cópia
Luan e vinicius ok   cópiaLuan e vinicius ok   cópia
Luan e vinicius ok cópia
 
Luan e vinicius ok
Luan e vinicius okLuan e vinicius ok
Luan e vinicius ok
 
Vitória e leticia
Vitória e leticiaVitória e leticia
Vitória e leticia
 

Último

Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LucliaMartins5
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
Geagra UFG
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 

Último (20)

Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 

Sarah e monik 7A

  • 2. Dengue é a enfermidade causada pelo vírus da dengue, um arbovírus da família Flaviviridae, gênero Flavivírus, que inclui quatro tipos imunológicos: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4. A infecção por um deles dá proteção permanente para o mesmo sorotipo e imunidade parcial e temporária contra os outros três.
  • 3. A transmissão se faz pela picada da fêmea contaminada do mosquito Aedes aegypti ou Aedes albopictus, pois o macho se alimenta apenas de seiva de plantas. No Brasil, ocorre na maioria das vezes por Aedes aegypti. Após um repasto de sangue infectado, o mosquito está apto a transmitir o vírus, depois de 8 a 12 dias de incubação extrínseca. A transmissão mecânica também é possível, quando o repasto é interrompido e o mosquito, imediatamente, se alimenta num hospedeiro susceptível próximo. Um único mosquito desses em toda a sua vida (45 dias em média) pode contaminar até 300 pessoas. Não há transmissão por contato direto de um doente ou de suas secreções com uma pessoa sadia, nem de fontes de água ou alimento.
  • 4. O paciente é aconselhado pelo médico a ficar em repouso e beber muitos líquidos (sucos, água e chás sem cafeína) evitando café, refrigerantes e leite (que irritam o estômago). É importante então evitar a automedicação, porque pode ser perigosa, já que a prescrição médica desaconselha usar remédios à base de ácido acetilsalicílico (AAS) ou outros antinflamatórios não-esteróides (AINEs) normalmente usados para febre, porque eles facilitam a hemorragia.
  • 5. O período de incubação é de três a quinze dias após a picada. Dissemina-se pelo sangue (viremia). Os sintomas iniciais são inespecíficos como febre alta (normalmente entre 38° e 40 °C) de início abrupto, mal-estar, anorexia (pouco apetite), cefaleias, dores musculares e nos olhos.
  • 6. Imagens: Dengue  Larvas e pupa do mosquito Aedes Mosquito da dengue. aegypti, transmissor da dengue .
  • 7. Imagens: Dengue  Mosquito tigre asiático (Aedes albopictus), um possível transmissor da dengue.
  • 8.
  • 9. Combate à dengue deve continuar mesmo com temperaturas mais baixas.  http://pt.wikipedia.org/wiki/Dengue