SlideShare uma empresa Scribd logo
Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A
ISO 9001
PREGÃO 69/2020
CONTRATO N2 2020-+ 12.4
CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS
ESPECIALIZADOS EM LEVANTAMENTO CADASTRAL DE
EDIFICAÇÕES E DEMAIS ÁREAS, COM TECNOLOGIA DE
ESCANEAMENTO TRIDIMENSIONAL A LASER, CUJOS
RESULTADOS SUBSIDIARÃO A ELABORAÇÃO DE PROJETOS
BIM (BUILDING INFORMATION MODELING) DE
EMPREENDIMENTOS DA SANASA, QUE CELEBRAM A
SOCIEDADE DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA E SANEAMENTO
S/A, SANASA CAMPINAS E FPM TOPOGRAFIA LTDA,
REFERENTE AO PREGÃO ELETRÔNICO N. 69/2020, NO
VALOR TOTALDE R$ 768.000,00.
Pelo presente instrumento, de um lado, à SOCIEDADE DE ABASTECIMENTO D E
ÁGUA E SANEAMENTO S/A - SANASA CAMPINAS, empresa de economia mista
municipal, com sede nesta cidade, na Avenida da Saudade n. 500, Ponte Preta,
inscrita no CNPJ/MFsob n. 46.119.855/0001-37, neste ato representada por seus
Diretores Presidente ARLY DE LARA ROMÊOe Técnico MARCO ANTONIO DOS
SANTOS, cujo conteúdo foi aprovado na Procuradoria Jurídica da SANASA, a seguir
designada simplesmente SANASA, e de outro lado a FPM TOPOGRAFIA LTDA,
com sede na cidade de Campinas/SP, na Rua José Strazzacapa, nº 231, Jardim
Madalena, inscrita no CNPJ/MEsob o n. 14.813.710/0001-45, representada neste
ato por seu Sócio Coordendor, Sr. FERNANDO PELLEGRINO MARTIN portador do
RG n. 29.012.089 SSP/SP, CPF n. 224.588.648-80, doravante designada ¥PM, estan
justas e acertadas para celebrarem o presente contrato, referente ao Progão
Eletrônico n. 69/2020 devidamente homologado pelo Sr. Diretor Presidente aa
SANASA CAMPINAS em 27/04/2020, dentrodas cláusulas e condições seguintes:
CLÁUSULA PRIMEIRA - OBJETO
11 - Constitui objeto do presente instrumento a prestação de serviços
especializados em levantamento cadastral de edificações é demais áreas,
com tecnologia de escaneamento tridimensional a laser, cujos resultaúos
«ubsidiarão a elaboração de projetos BIM (Building Information Mudciing}
de empreendimentos da SANASA,de acordo com as especificações constantes fa
Anexo | que [az parte integrante deste contrato, € demais condições aqui
estabelecidas.
[
Prewao Bletrdnicn 1! 64 f2% = Protocolo nº LG 447/2020 NY
Lo
TOOL eU pDAMOM|— DZ GY all OLEATE] OFFaLE
aco7 +)
‘opradddeNleplaap penteado oseouett oquaumáio op WgAOId OjJuoumasu!
Ayuasaad op ojalqo ‘sodiatas sop ogóeisaad e& ward s1aajuodsip sosindat SQ - 2+
}
“da vjod epequosaide sodaid
ap eqysodoad ep a1ueysio0d (SIAL [TUL OVO a EUASS|S O sojuaaajas) 00'000'894
ey ap emueptoduy vad opriuasaidas 9 oxenuoa ajuasaid op [2]0] JOJEA O - T'%
OLVULNOD OQ UOTVA - VLHVAD VINSAVTO
‘eLtpipuaptAaid
nn stfay ru a epuas ap o7sodut op ogóeisido| vu 'NOSSI 08 aut svurdiues) ap
mid, op a reiapay Jequawio duo) 197 Ru OJsodsIp Op “ostra O 10j as 'opôronde
ep sopranap soisna su sojsodoad sosord sou soprjdisjuoo ogIsooque, - EE
“aquoBia BUpDUoSpiAdId opóejsido; E ojuatutiduno o
OULOD ID'SOStaIas SOp opávysadd P augos urereoat nb segaMput a sEjaUp sesodsap
smitap se 'segondiçe ap [EDUS4aftp 9 SIND] O Tal O opumput 'sogamput no soqantp
‘SPIAUAPUT o soBiroua 'sojsna so sopoy sosmpu! og)sa oysodoid o5aid ON - Ze
Qovrrrnccnnnececeeneccccccnnanee nnnncnannes cmemnmmnce en coccce (T usa!) Mojop [ROL
“EIBUGIAÇII DP OULID) | OxDUY
Sipuoa acsojuos YSVNVS ep
(Ruyopop, uoyeusoyuy Burpy)
AYZIG SY I somloid ap opdeisagya e oyierpisqns sapeynsaa
so{na “ase, E UIP] cquaupauroso ap
Emopauaay wood 4 a senÍBMpo ap [pOsepro setoy
Ou seprSsjagqeisa sao
soaBRS
MUAUWETURAA] WO sOpeEZt sigilRA sudtaras ap OBÍRISAL] 0NST L
= oOVIEyU
yoy said che ovizypadsa ‘apid tua]
TaLOT
“aqumõas 0 9 soStasas sop opdeysaid 2 eled 05a1d O - T'E
O3aud - VUISDUAL VINSNYTD
‘OTOZ/EOE'ET 191 EP TL “We
op saosruiuiajap se sepeiadsa. ‘epedosioid sas opuapod ‘eimjeursse ens ap ejep
ep Je]Uo0a & sasat(ozuInb) ST ap elas oyuaun.ysur ajuasaid op elsugdla V - T'Z
VIDNJDIA - VANNDAS VINSAFIO
1005 OS! o
vIS O]UDLUBAUES O ENDY ap ojuaulloalsegy ap epepo/sos sx
Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A
180 9001
identificados pela conta n. 510.400.060 constante daplanilha orçamentária que
integra os autos do processolicitatório.
CLÁUSULA QUINTA - FATURAMENTO
5.1 - A FPM deverá emitir mensalmente nota fiscal serviço / eletrônica de
acordo com as horas de serviços efetivamente realizadas e aceitas pela
Gerência de Planejamento e Projetos e conforme as condições estabelecidas
no Anexo I (Termo de Referência).
5.1.1 - A EPM deverá faturar para a Sociedade de Abastecimento de Água ec
Sancamento S/A, CNPJ n. 46.119.855/0001-37, LM, n. 00.100.196-5, Endereço:
Avenida da Saudade, n. 500, Bairro: Ponte Preta, Município: Campinas, UF: SP, CEP:
13.041-903, Fone: (19) 3735-5000, e fazer constar no corpo do documento fiscal à
expressão "Regime Especial DRM/SMF N. 001/2016 - Protocolo Administrativo n.
2015/03/26345 e a Inscrição Municipal do tomador dos serviços, quando a
prestação do serviço ocorrer em CNPJ e Inscrição Municipal diferente do faturado”,
5.1.2 - As notasfiscais de serviços ou produtos / eletrônicas ou outros documentos
comprobatórios da realização das despesas devem estar devidamente
identificados na primeira via.
5.2 - Nas notas fiscais serviços / eletrônicas a FPM deverá discriminar o serviço
executado, além dos demais elementos habituais, fiscais e legais.
5.3- Se a FPMestiver estabelecida nacidade de Campinas/SP, a SANASAirá reter e
recolher na fonte o valorcorrespondente ao ISSQN,porsubstituição tributária, de
acordo coma legislação municipal cm vigor.
5.4 - Caso o serviço objeto deste instrumento se enquadre nas legislações do
ISSQN, doimposto de renda, previdenciária, PIS/PASEP, COFINS e CSL a FPM ficará
sujeita ao seu cumprimento.
5.5 - As notas fiscais serviços / eletrônicas emitidas eletronicamente deverão ser
encaminhadas para o e-mail nfe@sanasa.com.br e e-mail:
roverio.pagotto@sanasa.com.br,
5.6 - Conforme Instrução Normativa DRM/SMF Nº 002, de 06 de dezembro de;
2017, publicado no DiárioOficial do Município de Campinas em18 de dezembrp de
2017, e suas posteriores alterações, os prestadores de serviços (pessoa jurídica)
- Protocolo nº enue à
sa 3 LS|
og
Pregão Eletrônico nº 64
<Pesmpomgm
iSANASA7.:-
CAMPINASSociedadedeAbastecimentodeÁguaeSaneamentoS/A
”~iSO900
estabelecidosnestemunicípioterãoqueefetuarocadastronoCENE-Cadastrode
EmpresasnãoEstabelecidasnoMunicípiodeCampinas,juntoàPrefeitura
MunicipaldeCampinas.
5.6.1-Casooprestadordeoutromunicípionãoestejacadastradonomomentoda
emissãodaNotaFiscal,independentementedesuaatividade,aempresatomadora
deserviçodeCampinas,nocasoaSANASA,irárealizararetençãodelorma
automática,lembrandoqueocadastronoCENEdeveserrealizadoantesda
emissãodaNotaFiscalServiço/Eletrônica,
5.7-Juntamentecomanotafiscalserviço/eletrônicaaFPMdeveráencaminhar
cópiadoscomprovantesderecolhimentodosencargossociaiséprevidenciários,
atentando-separaoatendimentoàlegislaçãoprevidenciáriavigente,Ri
5.8-Afaltadaapresentaçãodequalquerdocumentoobrigatóriopelasleisem
vigoracarretaráonãopagamentodarespectivanotafiscalserviço/eletrônicae
dasseguintes,atéqueapendênciasejaeliminada,semqueseaplique,nestecaso,O
dispostonoitem6.5destecontrato.
5.9-Casonãohajadecorridooprazolegalpararecolhimentodosencargossociais
eprevidenciáriosatéadatadeapresentaçãodanotafiscalserviço/eletrônica,
cumpreàFPMapresentaradocumentaçãodevidaquandodovencimentodoprazo
tegal,sobpenadenãoserefetuadoopagamentorespectivoe/ouosseguintes.
CLÁUSULASÉXTA-CONDIÇÕESDEPAGAMENTO
6.1-ASANASAcletuaráopagamentoàFPMnaprimeiraquarta-feirasubsequente
aoprazode24(vinteequatro)diascontadosapartirdadatadoatestadode
recebimentodefinitivodoobjeto,sendoregistradoodevidoapontamentonanota
fiscal.
6.1.1-Seovencimentosedernaquarta-feira,opagamentoseránoprópriodia.
Casoessediasejaferiado,opagamentodar-se-ánoprimeirodiaúti!subsequente.|
6.2-Opagamentoseráefetuadoexclusivamenteatravésdedepósitobancárioem
contacorrentedaFPM,
Sociedade de Abastecimento de Água e Sancamento S/A
ISO 5001
6.2.1 - Os dados dos depósitos programados ouefetuados poderãoser consultados
no site da SANASA através do caminho “Licitações”, “Fornecedores”, “Consulta de
Pagamentos”. A requisição da senha e assinatura eletrônica para essa consulta
deverá ser feita através de formulário constante em “Licitações”, “Fornecedores”,
"Requerimento de Acesso”.
6.3 - A SANASAdeduzirá quaisquervalores faturados indevidamente.
6.4 - Para os casos de rejeição do serviço e sua correção, será prorrogado
automaticamente e proporcionalmente ao prazo de reapresentação da notafiscal o
que, consequentemente, provocará a prorrogação do pagamento sem qualquer
ônus adicional a SANASA.
6.5 - Casoocorra atrasono pagamento à FPM, o valor devido poderáser atualizado
“pro rata die” de acordo com o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) do
IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), contudo, na hipótese de
atraso não superior a 90 (noventa) dias, não poderá haver solução de continuidade
à consecução do objeto contratado.
6.6 - Quando da rescisão ou término deste instrumento, o pagamento da última
Satura ficará condicionado à apresentação dos comprovantes de regularidade das
obrigações trabalhistas e de eventuais rescisões do contrato de trabalho de
empregados da FPM.
CLÁUSULA SÉTIMA - REAJUSTE
74 - Transcorrido o período de 12 (doze) meses, em caso de prorrogação deste
instrumento, seus preços poderão vir a ser reajustados com base noIPCA (Índice
de Preços ao Consumidor Amplo) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e
Estatística), de forma a preservar o equilíbrio econômico-financeiro da FPM,
observadaa legislação vigente.
CLÁUSULA OITAVA - EXECUÇÃOE FISCALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS
81 - Caso a FPM tencione prestar os serviços do objeto do presente instrumento
através de filial, esta deverá apresentar, quando da entrega, a sua inscriçãe no
CNP], a correspondente alteração do contrato social que a criou, a prov dk sua /
inscrição no cadastro de contribuintes municipal e a provasde
Progão Bletrôuico nº 6U/2020 — Protocolo nº 16.491/20º
Pagina 5 Ax{ie
SQ
SociedadedeAbastecimentodeÁguaeSaneamentoS/A
ISO9001
peranteasfazendasfederal,estadualemunicipal.
8.2-Onãoatendimentododispostonoitem8.1acimaimplicaráonãopagamento
danotafiscalatéquesejaapresentadaessadocumentação.
8.3-OsserviçosdeverãoserexecutadosconformedeterminadonoAnexo|-
r
lermodereferéncia.
8.4-Nocasodenãocumprimentocomasespecificaçõesecondiçõesdeexecução
dosserviços,aFPMserápenalizadadeacordocomacláusulanonadesteContrato.
8.5—ParacadaOrdemdeServiçoEletrônica(0S)emitida,deveráserrecebidaei
até2(dois)diasúteisacontardasuadisponibilizaçãopelaSANASA.Apósesses
doisdias,oprazoparaaexecuçãojáestarásendocontado,
8.5.1-ÀOrdemdeServiço(OS)emitidaeaprovadapelaSANASA,seráenviadapor
e-mailàFPMnosendereçoseletrônicosrelacionadosnoitem8.5.3,informandoà
existênciadestaOSjácomolinkparaacessoaositedaSANASAemqueestaOS
deveráserrecebida.CaberáàFPMacessarositecomasenhadeacessopara
acessarcconsultaraOS.
8.5.2-ÀsenhaparaacessoaorecebimentodaOrdemdeServiço(05)deveráser
e
obtidaatravésdositewwwsanasacom.br,em“Licitações”,“lornecedores’,
“RequerimentodeAcesso”.
8.5.3-NomedaspessoaspararecebimentodaOS:
FernandoPellegrinoMartin
Telefone1:19999252052
e-mail:fpmtopografiaOgmail.com
8.6-ASANASApoderárecusarquaisquerserviços/materiaisfrelatóriosquenão
satisfaçamascondiçõesdesteinstrumento,devendoosmesmosscrrefeitossem
qualquerônusadicional,
B7-Arejeiçãodequalquerserviço/material/relatóriopelaGerênci,
ManutençãodaSANASAsujeitaráaFPMàpenalidadeprevistanaletraÀdoit
9.1.
FA
vo-ProtocolonºLáduiiZuzh
16
PregãoEletrônico21º6%
«qse
CcAMPEN Sociedade de Abastecimento de Água e Sancamento S/A
So ISO 8001
>
8.8 - Caso um novo serviço/material/relatório entregue em substituição a uma
remessa rejeitada seja lambém objeto de rejeição, ficará demonstrada a
incapacidade técnica da FPM de entregar o objeto nas condições e especilicações
contratuais pactuadas e sujeitá-la-á às penalidades previstas na letra D do item do
item 9.1.
8.9 - À FPM deverá manter sua situação regular perante as entidades e instituições
de controle, conforme sua área de atuação.
CLÁUSULA NONA - PENALIDADES
9.1 - O não cumprimento dos prazos de entrega/reposição do presente
instrumento e ainda a prática de qualquer transgressão das condições
estabelecidas neste instrumento contratual, salvo se presente de razões atreladas a
caso fortuito ou força maior, devidamente justificada e comprovada, sujeitarão a
FPMàs seguintes sanções:
à - Advertência, sempre que forem constatadas irregularidades de pouca
gravidade, para as quais tenha a FPM concorrido diretamente, ocorrência que sera
registrada no Cadastro de Fornecedores da SANASA;
B - Multa de 0,5% (meio por cento) por dia de atraso nos prazos estabelecidos na
Ordens de Serviços - OS emitidas pela Gerência de Planejamento e Projetos da
SANASA, até olimite de 10%(dez por cento) desse mesmovalor;
€ - Multa de 2%(dois) aplicada sobre o valor total do contrato para qualquer
transgressão cometida que nãoseja alraso na entrepa do serviço;
D - Multa de 10%(dez por cento) aplicada ao valor total do contrato na ocorrência
da situação indicada no seu item 8.8 da cláusula oitava; e
E - Suspensão temporária da FPM departicipação emlicitações e impedimento de
contratar com a SANASA porprazo não superior a 05 (cinco) anos, no ca
excedidoo limite de 10%(dez por cento) estabelecida naletra B, bem
do cometimento de transgressões de formareiterada ou não, conforme a
Je sey
congo diante
ravidadic
da conduta, nos termos de constantes daletra "C”,
18 09/2020. — Protocolo nº 16.491/2024
%
Propaa hiletrômnico
SociedadedeAbastecimentodeÁguaeSaneamentoS/A
ISOS004
9.2-Asmultasserão,apósregularprocessoadministrativo,descontadasdos
créditosdaFPMou,seforocaso,cobradasadministrativaoujudicialmente.
9.3-Aspenalidadesprevistasnesteitemtêmcaráterdesançãoadministrativa,
consequentemente,asuaaplicaçãonãoeximeaFPMdareparaçãodaseventuais
perdasedanosqueseuatopunívelvenhaacarretaràSANASA.
9.4-Aspenalidadessãoindependenteseaaplicaçãodeumanãoexcluiadas
demais,quandocabíveis.
9.5-Assançõesprevistasnesteitempoderãoseraplicadasdesdequefacultada
defesapréviadaFPMnorespectivoprocessonoprazode10(dez)diasúteis,
conformeart.83,parágrafo2ºdaLei13.303/2016.
9.6-OnãocumprimentodasobrigaçõescontratuaissujeitarálambémaFPMis
demaissançõesprevistasnoart.7ºdaLein.10.520/02,comsuasalterações.
9.7-Semprejuízodaaplicaçãodepenalidades,ocontratadoé"esponsávelpelos
danoscausadosàAdministraçãoouaterceiros,naformadispostanoart.70daLei
13.303/2016,nãoexcluindooureduzindoessaresponsabilidade,afiscalizaçãoou
acompanhamentopeloórgãointeressado.
CLÁUSULADÉCIMA-OBRIGAÇÕESDAFPM
10.1-AEPM,alémdofornecimentodeveículos,mão-de-obra,EPIs,materiais,e
equipamentosnecessáriosparaaperfeitaexecuçãodosserviçosealémdas
obrigaçõesecondiçõesconstantesdoAnexo|-TermodeReferência,obripa-
sea:
1
1011-EntregaraAnotaçãodeResponsabilidadeTécnica-ARTparaexec
dosserviços,dentrodoprazodeaté10(dez)diasúteisacontardad
assinaturadocontrato.
consignadosemsuapropostacomercial;
10.1.3-Arcarcomtodlespesas,diretasouindiretas,decorre
PregãoEletrônicon&69/2020-Protocoloof1649772020)i
reamedÊ
<
Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A
ISO 9901
cumprimento das obrigações assumidas, sem qualquer ônus para SANASA,
inclusive o transporte, encargos trabalhistas, previdenciários,fiscais e comerciais
resultantes da execução do contrato;
10.1.4 - Manter durante toda a execução do Contratoa regularidade dos quesitos
de habilitação que integraram o certamelicitatório.
10.1.5 - Executar fielmente o objeto contratado, de acordo com as normas legais,
verificando sempre o seu bom desempenho, realizando os serviços em
conformidade com « proposta apresentada, observando sempre os critérios de
qualidade dos serviços e materiais.
CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA - ENCARGOS
11.1 - Correrão por conta exclusiva da FPM todos os encargos da legislação
trabalhista, seguros de acidentes de trabalho, bem como todas as obrigações para
com a previdência social, tributos federais, estaduais e municipais decorrentes do
cumprimento deste contrato.
11.2 - A FPMse responsabiliza, de forma única, por acidentes ocorridos durante a
prestação dos serviços, bem comoprejuízos causados a terceiros (danos materiais
e/ou pessoais).
CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA - GARANTIA DE EXECUÇÃO CONTRATUAL
12.1 - Para garantir o cumprimento das obrigações contratuais a FPM deverá
efetuar caução de garantia na Coordenadoria do Setor de Negociação e
Fiscalização de Contratos, localizada na Av. da Saudade n. 500, Ponte Preta,
Campinas/SP, Piso 1, Asa 2, até o 10º (décimo) dia útil após a data de assinatura
deste instrumento, na importância equivalente a 5%(cinco por cento) do valor
global do contrato.
12.1.1 - Caberá à FPM optar por uma das seguintes modalidades de garantia,
conforme art. 70,8 18, da Lei Federal n.º 13,303/16:
[ - Caucao em dinheiro;
I] - Seguro - garantia (devendoocorrernos termos do Anexo V);
II - Mianca baucdria (devendoocorrer nos termos do Anexo VI).
Pregão Eletrônico nº 69/2020. - Protocolo nº 16.491/2020
Página 9
SociedadeceAbastecimentodeÁguaeSaneamentoS/A
ISO9997
A)Avalidadedoseguro-parantiaefiançabançáriaseráde90(noventa)diasalém
doprazodetérminodestecontrato.Casoocorraàprorrogaçãodocontrato,« garantiaapresentadadeveráserprorrogada.
B)DadosdaSANASA-CAMPINASparaelaboraçãodecartafiança:
RazãoSocial:SociedadedeAbastecimentodeÁguaeSaneamentoS/A
Endereco:AvenidadaSaudaden.500,PontePreta,Campinas/SP-CEP13.041-
903,CNP]46.119.855/0001-37.
12.1.2-Orecolhimentodasarantiaemdinheirodeveráserefetuadoatravésde
depósitonaCaixaEconômicaFederal,agência2722,conta03.00001-4daSANASA
12.1.2.1-Apósorecolhimento,ocomprovantededepósitodeveráserentregui
naCoordenadoriadoSetordeNegociaçãoeFiscalizaçãodeContratos.=
12.1.3-Orecolhimentodagarantiaemdinheirocomoemseguro-garantiaePança
bancáriadeverásereletuado,nohoráriodas9hàs12hedas]3h30minas16h,na
CoordenadoriadoSetordeNegociaçãoeFiscalizaçãodeContratos.
12.1.4-Ànãoapresentaçãodagarantianoprazoestipuladovoitem12)sem
justificativaaceitapelaSANASAseráconsideradainadimplementocontratua).
12.2-Àgarantiadeexecuçãodoinstrumentocontratualindicadanoilem12.1
poderáserprestadanasmodalidadesconstantesnoartigo70daLei13.303/16.
12.3-NocasodeaFPMoptarpelamodalidadeseguro-garantia,deveráapresenta
àSANASAoquesegue:
12.3.1-Estatutoeatadaassembleiageralordináriaouextraordinariaqueelegeua
diretoriadaSeguradora;
12.3.2-Apóliceoriginalcomfirmareconhecida;
12.3.3-GERIEdoInstitutodeRessegurosdoBrasil;
12.54-Originaloucópiaautenticadadocomprovantedepagamentodoprêmio
integraloudasparcelasatésuaplenaquitação;€
12.3.5-CertidãodeRepularidadeperanteaSUSEPemnomedaseguradoras
emitiraapólice.
re
Sociedace de Abastecimento de Água e Saneamento S/A
180 9001
12.3.6 - Se houverprorrogação do contrato, a FPMficará obrigada a providenciara
renovação da garantia nos termos e condições originalmente aprovados pela
SANASA.
CLAUSULA DECIMA TERCEIRA - RESCISAO
13.1 - A SANASA poderá rescindir o presente instrumento nas hipóteses a seguir
discriminadas:
13.1.1 - No caso de ser excedido o limite de 10%(dez por cento) estabelecido na
letra B da cláusula penalidades bem como na incidência das disposições constantes
da letra “D" da cláusula Penalidades;
13.1.2 - Em caso de comelimento de transgressões de forma reiterada ou não,
conforme a gravidade da condula, nos termos constantes da letra “CU da cláusula
penalidades;
13.13 - Nas situações previstas no art. 170 do Regulamento Interno de Licitações e
Contratos da SANASA.
CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA - TRANSFERÊNCIA DAS OBRIGAÇÕES
14.1 - Fica terminantemente vedada à FPM a transferência das obrigações
decorrentes deste instrumento a terceiros, ressalvada a possibilidade da
prestação dos serviços por filial sua, devendo, no entanto a FPM cumprir
rigorosamento com todas as suas condições e cláusulas, sendoainda admitidasa
sua fusão, cisão ou incorporação, desde que a execução do contrato não seja
prejudicada,
CLÁUSULA DÉCIMA QUINTA - DISPOSIÇÕES FINAIS
15.1 - A FPM tem pleno conhecimento de todos os itens e anexos expressos no
respectivo Pregão n. 69/2020, a eles se obrigando como se neste estivessem
transcritos, inclusive quanto à obrigatoriedade de manter, durante toda a execução
do contrato, cm compatibilidade com as obrigações por ela assumidas, todas as
condições de habitação e qualificação exigidas nalicitação. Fr
15.2 - A execução do contraro deverá ser acompanhada
Pregão Bletrá 20 - Protocolo nº 16.19AS
be
gina V1 tf
A OMUQNaAn | OpBaI
1
4)
nstuny ~ sora{a,td a ojnatuefauepg ap ayuaay Bsns - ft 199 204d
soleifenoBea dida ou RATIG Sara safe vias net THEM
Se | | i
od opeaotdy
Ly E
'0JE. HOD op.109899 "Vad
Wda - iopeuopieey anos
NERHVIN ONRIDSayWd OONYNUHTA
17) TTaN VSVNYVS - ONOLOTA
N  a Ri
1)  N
“TD VSVNYS- Apis
y oo:OIAOU-avy Kor
VOLUME
C202 WW ZO ‘seurduiey
‘aqUIBIA ORSYISTHayT EP SOALLSOdSIP SO O72.QU0A aTsa
Has-opueayde ‘oOWaLIMsul ayuasaid O WIRULIL ‘Sepeyeajuos a seisnf uro.reisa 10d "iy
“SOPRAIIGAR Wa] aNb SOINQRIOAPe SOLBIGUOLL 9 STRIOIpHl szysn3 ap
ojuoweded or eqialns eplouaa aqied ve opuray ‘ojuaiun.gsut ajuosoud op sepunito
sepianp sanbsienb .wuiip ered ‘elas anb opeiopaud stew tod sanbyenb ono
OV riaunual vssaidxa too “qs /smuidwuiey ap eaeuod EIS9N O1OL O OYWA]I LOTT - OT
OWOA- V.LXGS VALOUC VIASNYTD
‘ondeziqusuodsal
Muanhasuoa way qaavoyde ovseystBay eu SEP lajaqeisa SaoSisodsip seu tout
ap eued qos ‘sapepreuad sep ordroyde e owenb ayuawyepadsa ‘oquoutidtans pay
hes a teingasse p.idaap ojentos aquasaid op ovsezipeasy vjad poapsuodsal O - ggt
‘ORSULY ENS E ojuosuropepigesuodsas jetdoju
Uns wasjod ‘epyueul Teuoissgore porta) opÍun) UIOD ajuagsisse aeoiput aysa
opuapod ‘sojaforg 2 oquaurlauria ap aguada“1otunf onofea oLipÃoy opefasdia
1008 OST
OpUaWIZEUES 8 enby ap ouauoajseqy ap apepei20g
Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A
ISO 9007
ANEXO | - TERMO DE REFERÊNCIA
1- OBJETIVO
A presente especificação técnica tem por objetivo definir os critérios, requisitos e
diretrizes de execução de serviços especializados de levantamento cadastral de
edificações e demais áreas com tecnologia de escancamentotridimensional à laser,
cujos resultados subsidiarão a elaboração de projetos em BIM (Building
Information Modeling) de empreendimentos da SANASA. O objeto da contratação
contempla o atendimento as mais diversas áreas da empresa, desde o principal
objetivo que sc trala dos projetos e planejamentos de obras, passando portodas
as demais áreas comoautilização das imagens com fins de mapeamento de riscos,
estudos de segurança corporativa, monitoramento de grandes edificações,
cadastramentotécnicode Lodas as áreas operacionais e outros fins.
2- INTRODUÇÃO
Olevantamento cadastral visa a obtenção e registro de dados e informações físicas
necessárias para a caracterização dos elementos e situação que configuram a
edificação de interesse, nointuito de compora base documental que subsidiara a
realiza ção de estudos ¢ projetos de arquitetura, engenharia civil e enpenharia
sanitária,
Com os avanços tecnológicos, os serviços de levantamento e coleta de dados
espaciais passaram a adotar novos métodos e ferramentas, como o uso de laser
para escancamento tridimensional (Laser Scanner 3D), que permite a medição &
dipitalização remota com maioragilidade e desempenho dos trabalhos de campo,
além da potencialização de precisão dos resultados, em comparação com os
métodos convencionais,
A tecnologia de escancamentoutiliza uma fonte de luz (laser) para varredura /
horizontal e vertical das superfícies, efetuando medições lincares e angulares pará
Pregão Bietrônico nº 6
SociedadedeAbastecimentodeÁguaeSancamentoS/A
(SO9907
obtençãodascoordenadasXYZdecadapontodoobjetoalcançado,permitindoà
definiçãodoseuposicionamentotridimensionalcomaltaprecisão.
Olevantamentodeinformaçõesespaciaisdeveserrealizadoexclusivamentecon:
usodelaserterrestre:equipamentofixoterrestre(sistemaestatico),tipoestação
totalcomtripé,queficaestacionadoemumdeterminadolocalparacoletade
dados;casosejanecessárioousodemetodologiadiferentedaindicada(usode
estaçãototal,droneouequipamentomóvelportátil,comlaseracoplado)deverá
sersolicitadoagerênciacomprovandoanecessidadeeàgarantiadequalidadeca
atividadeaserrealizada.
Àcadatomadade“cena”,ouseja,registrodevarreduradepontosemdeterminada
posição,gera-seumarquivodedadosdoconjuntodepontosemumsistemade
covrdenadastridimensional,denominado“nuvemdepontos”,querepresenta
superficiesdosobjetosmapeados,podendoserapresentadamonocromaticaov
colorida.Quandooescancamentoérealizadoporequipamentoassociadoaum
dispositivodecapturadeimagens,anuvemdepontosadquireumarepresentação
maisrealística.Alémdisso,odetalhamentodoobjetoescameadodependoda
densidadedepontosdanuvem,ouseja,daquantidadedepontosvarridospor
unidadedeárea,quedeveserajustadaeadequadaparaatenderoobjetivodu
trabalho.
CommarcosdeapoioimplantadosnolocalereceptorGPSintegradoao
rChada
equipamentodeescancamento,anuvemdepontosgeradaé
informaçõesdeposicionamento,sendodevidamentegeorreferenciadaaum
sistemadecoordenadas.
Apartirdolevantamentodecampo,osdadosobtidossãoprocossalos
(registration?)paraaunificaçãodecenasereferenciais,gerandoumanuvemde
pontoscomposta,formadapelaassociaçãodasváriasnuvensdepontosgeradas
emcadacer
Ànuvemdepontospermiteentãoaextraçãodeinformaçõesplanimetricas©
t altimetrias,geraçãodedocumentaçãocadastral,modelosdicitais/ete.Dessaforma, “4
Pregãob
Sociedade de Abastecimento de Água «e Sancamento S/A
180 9907
fornecendo insumos para aplicação direta em estudos e projetos de novos
empreendimentos, assim como para construção, reforma, restauro e adequações
parciais de edificações existentes. Além disso, como informação qualificada, a
nuvem de pontos pode ser empregada também para acompanhamento de obras,
geração de “as built” c gestão patrimonial, ressaltando-se o caráter versátil c
estratégico do cadastro tridimensional
3- REFERÊNCIAS NORMATIVAS
* Definições do IBGE, relativas a Sistema Geodésica Brasileiro segundo ABNT NBR
13133, (doravante SGB) para planialtimetria;
+ IBGE = Especilicações é Normas para Levantamentos Geodésicos;
« Rede Básica de Referência Geodésica do Município, onde passa a respectiva Linha
da SANASA;
* ABNT NBRL5309 - Locação topoprálica e acompanhamento dimensional da obra
metroviária c assemelhada - Procedimento;
* ABNT NBR 13133 - Execução delevantamentotopográfico;
* ABNT NBR 14166 Rede de referência cadastral municipal - Procedimento;
é ABNT NBR 14645 -1, -Z e -3 Elaboração do “como construído" (as built) para
edificações;
“ABNT NBR 6492 - Representaçãode projetos de arquitetura;
* Demais Normas Brasileiras e procedimentos vigentes pertinentes,
4- RESULTADOS ESPERADOS
Com o uso da Lecnologia de escaneamento tridimensional a laser no levantamento
cadastral de edificações, espera-se:
a) Economize otimização de recursos e tempo, principalmente com o ganho de
agilidade e desempenhodos trabalhos de campo;
b) Menor impacto e interferências com a operaçãodurante os trabalhos de campo;
e pro} top>
! V4)
c) Obtençãode registros e dados mais precisos e confiáveis;
d) Subsídio e ganho de qualidade no
consequentemente, na execução das obras;
SociedadedeAbastecimentodeÁguaeSancamentoS/A
(SO$007
e.)Formaçãodebasecadastraltridimensional,paradocumentaçãopalrimonial;
f)Tomadasdedecisãoqualificadas«embasadasnocadastrotridimensional,
5-DEFINIÇÕES
3D-Siglaatribuídaparaterceiradimensão,associadaàprofundidade.
Acurácia-Acuráciadedistânciaoualcance(DistanceaccuracyouRangingerror)
correspondeàexatidão,ouseja,anoçãodeproximidadedeumamecidaaovalor
verdadeirooudereferênciaparaumadeterminadavariável.
Alvos-Utilizadoscomopontosdecontroleereferênciapararegistroeuniãode
nuvensdepontos,visandogarantiademelhorqualidadenosdadosobtidos.Us
alvospodemserplanosouesféricos.
BIM-SigladotermoBuildingInformationModeling,conhecidonoBrasilcomo
ModelagemdaInformaçãodaConstrução.Éumconjuntointerativodepolíticas,
processosetecnologiasquefornecembaseparaumametodologiaparagerenciar
osdadosessenciaisdoprojetoemformatodigitalportodasasfasesdociclode
vidadoempreendimento.
Cena-Registrodeumasessãodevarreduradepontosapartirdeuma
determinadaposição,
ComplexidadeespacialClassificaçãoemfunçãodacaracterísticaespacialda
áreaedificadaobjetodoserviçodeescaneamentoLridimensionalàlasei
dilerenciadaemdoisníveis:(1)ComplexidadeEspacialNível1-CENT,paraáreas
tação edificadascomaitoníveldecomplexidadeespacial,commuitacompartim
interna,emdiversassalasédivisórias,requerendomaiorquantidadedecenasno
levantamento;(Fi)ComplexidadeEspacialNível2-CENZ2,paraáreasedificadasde
baixoníveldecomplexidadeespacial,compoucacompartimentaçãointerna,em
ambientesdepoucassalasedivisórias,requerendomenorquantidadedecenasno
levantamento.
Densidade-Àdensidadedepontoséonúmeromédiodepulsosqueocorcen:cin
umaunidadedeáreaespecificada,sendotipicamenteexpressacomopontospo:
metragemquadrada(pts/m*),Eistárelacionadaàdistância-entreOsponte
20=ProtocolonºPad
pleals
PrendoRicuraiiena
Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A
150 9001
Spacing / Resolution) registrados a uma determinada distância, durante uma
sessão de varredura, correspondendo, então, à “resolução” configurada no
equipamento de escaneamento,
Laser- Sigia inglesa para Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation,
ouseja, amplificação da luz por emissão estimuladade radiação.
Laser Scanner - Termo eminglês para equipamento de escaneamento a laser.
Laser Scanning Termo eminglês para o processo de escaneamentoalaser.
LIDAR - Sigla inglesa para Light Detection And Ranging é uma tecnologia óptica de
detecção remota que mede as propriedades da luz refletida para determinar a
distância e cutras informações de umdeterminado objeto distante.
LOD - Sigla inglesa para Level of Development, que significa Nível de
Desenvolvimento v define o grau de detalhe e/ou informação contida em um
Madela 3D e seus componentes.
Marçode referência - um ponto de coordenadas peopráficas reais (coordenadas
Norte, Leste o Altura}, que serve de ponto de Apoio ao início do trabalho ou
referência para execuçãode serviço topográfico e ou escaneamento alaser.
Nuvem de pontos- Grupo de dados de pontos tridimensionais coletados por um
equipamento de escaneamento alaser geradoa partir de umasessão de varredura.
Uma uuvem de pontos pode ser mesclada a outras nuvens de pontos para formar
uma nuvem de pontas composta maior.
Precisão - Grau de variação que surge de um conjunto de medições realizadas.
Quanto mais precisa uma medição, menor será a variabilidade entre os valores
obtidos.
Registration Termo inglês para a atividade de processamento dos dados
ievantadospelo equipamentode escaneamentoa laser,
“Ruído” (Noise)em nuvem de pontos - Dados de medição incorretos ou
indesejados, vesultuntes de imprecisão, desvio, obstrução ou outras falhas/
aleatócias, que comprometem a quatidade do resultado do levônisimento.
SociedadedeAbastecimentodeÁguaeSaneamentoS/A
ISO9001
“Sombras”emnuvemdepontos-Dadosnãomapeadosdeobjetosou
superíívies,devidoàexistênciadeobstáculosouinterferênciasqueimpedema
leiturapelolasernoprocessodeescaneamento,gerandodescontinuidadeda
informaçãoespacial,quecomprometemaqualidadedoresultadodolevantamento.
6-PREMISSAS
Aspremissasconsideradasparaaexecuçãodosserviçossão:
a)ConhecimentopelaFPMdolocal€edificaçõesobjetosdolevantamento
cadastral,paraelaboraçãodoPlanodeTrabalhoepreviamenteàexecuçãodos
serviçosdecampotacaisdeatuação;
b.)PreparaçãopelaSANASAdolocalobjetodolevantamentocadastralpara
permitiraexecuçãodosserviçosdecampo,comolimpeza,desobstruçãoe
permissãodeacessoàárea;
e)Sabreooperador:Lécnicoindustrialemagrimensura(comformação)ou
engenheiroinseritoregularmentenoConselhorespectivoasuaárea(ambos).
d.)Condiçõesclimáticasadequadasparaexecuçãodoserviçodecampo.
7-PREPARAÇÃOEDIRETRIZES
7.1-PLANEJAMENTODOTRABALHODECAMPO
Previamente,olocal€edificaçõesobjetosdolevantamentocadastraldever
vistoriadoseavaliados,quamoàscondiçõesde[uncionamento,ace
característicasperaisedemaisinformaçõesnecessáriasparaviabilizaro
plancjunentodasatividadesdecampo.
ConsiderandoaáreavistoriadaqrespectivoníveldeComplexidadeEspacial-CEN,
deverásurapresentadoumPlanodeTrabalhoespecíficocontendo,nomínimo:
a.)Descriçãodasatividades;
Db)Requisitos;
c.)Cronograma;
d)Identificaçãodo(s!profissional(is);
e)Documentaçõesnecessáriasparaexecuçãodasatividades;
£)Outrasindicaçõesinformaçõesrelevantesaoplanejamento,
=ProtocolynºLAOL;
vaLtt
PrepieKasrdnicain!¢
—<
Sociedade de Abastecimento de Água « Saneamento S/A
ss0 9001
As atividades deverão ser programadas com antecedência para a providência de
solicitação de acesso, em conformidade com o procedimento do sistema de
solicitação de acesso, de acordo comas orientações e normas da SANASA,
Se necessário, «deverá providenciar ou subsidiar as tratalivas para obtenção de
autorização junto a oulvas irsltuições públicas ou privadas, envolvidas ou
afetadas, para viabilização dos serviços.
O Plano de Trabalho deverá ser apresentado à SANASA para aprovação
previamente ao início dos trabalhos de campo.
8- EQUIPAMENTO
No mercado de escaneamento a laser existem equipamentos com diversas
configurações e características que fundamentam toda a base dos produtos finais
gerados a partir desse ser No entanto, devido a enorme complexidade de
informações, a vasta quantidade de espaços a serem escancados e principalmente
ao nível de detalhes exigidos em todo o planejamento e projetos que abrangem o
setor do saneame - engenharia em ambientes de alta complexidade c riscos -
os vquipamentos minimos exigidos para tal procedimento, a fim de se garantir
maior precisão e qualidade de imagens no menor tempopossível, e principalmente
submetendo o operador do equipamento ao mínimo de permanência na area
possível (Segurança do Trabalho), devem possuir as seguintes características e
con!ições:
e Deve ter uma velocidade de leitura de no mínimo 2 milhões de pontos por
segundo
e Deve ser capaz de realizar leituras a partir de 0,50 m de distancia de um
objeto;
«Deve ter alcance de ro minimo 100 m da superficie escaneada;
e
Deve Ler precisão posicioaal 3D igual ou melhor do que:
1.9 mmem 10m de distancia
0 -Protacalo n? 16.491/2020
in 19
Pregão Elutrômico nº GU,
SuciedadodeAbastecimentodeÁguaoSaneamentoS/A
ISO9001
2.9mmem20mdedistância
5.3mmem40mdedistância;
Deveterprecisãodedistânciaigualoumelhordoqueimm+1Opprn;
DeveterprecisãoangutardivulgadaemcatalogooficialdofabricantedeLe”
oumelhor;sobqualquercondição,independentedeprocedimentolocal
realizadopetousuário,
Deveserdotadodesistemainercialcomacuráciade3"oumelhor,alémde
altímetro,bússolacGNSS:
Devetercapacidadederegistrocompletododomoem2min(Scan+HD)
espectral)cmresoluçãodeGmina1Om;
Ruidodealcancede044mmadoOm,0.5mma20moumelhor;
Deveserdotadodesistemaderegistroautomáticodecenasemcampoem
temporeaiatravésdacombinaçãodosdadosdosistemainercial,sistemade
sensoresfotográficosposicionais,GNSSenuvensdepontosrepistradas,este
registrodeveaconteceremtemporeal,deveserpassíveldevisualizaçãoe
controledequalidadeatravésdedispositivoportátiltablet),sema
necessidadedeconexõesviacabocomoscanner(evitarretornosasáreasjá
escaneadas);
Devepossuiropçãoderegistroduploautomáticodestar,possibilitando
exclusãodeelementosemmovimentodanuvem;
Devepossuircomunicaçãowireless;
Devepossuirsistemadecâmerasposicionadasnoequipamentodeformaa
registraroambienteepontosdecoincidênciaentrecenas:
Devepossuircâmeraprincipaldenomínimo36MPcom432MPxrawdata,
conrindo360ºx300ºimapemespectral,comvelocidadede|minutopara
capturaéregistrodeimagensHDRcom5aberturasem360ºemqualquer
condiçãodeiluminação;
DeveLeríndicedeproteçãomínimo[P54deacordocomoIECGeesa
(260825-1:2014},1550nm(invidivel):
-Pgian®16.49
Le
Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A
ISO 9007
o Deve ter soflbware gerenciador de operações de campo embarcado no
equipamento;
Os instrumentos c equipamentos devem sempre estar em perfeitas condições para
a realização dos serviços, apresentando-se completos e com todos os acessórios
necessários como: tripés, alvos, bases de apoio, computador portátil e baterias,
devendo sempre seguir as orientações do fabricante.
Todos os equipamentos devem ser mantidos adequadamente e verificados
regularmente quanto à precisão e função adequada. Previamente à execução dos
serviços, deverão ser apresentados à SANASA os documentos comprobatórios das
bragens, verificações e ajustes regulares necessários, como certificados ou
outro equivalente, conforme especificações do fabricante.
9- QUANTOAEXECUÇÃODOTRABALHO ATENTAR-SE A DISTÂNCIASCANNER
Quando obstruções estão presentes, estações mais próximas são necessárias para
garantir a sobreposição
A distância entre as estações também depende da resolução de escaneio. À
distância recomendada baseada na resolução é:
e Resolução média ds =5-15m
* Resolução alta ds = 20-30m
Sendoresolução média a 1G metros em 6mme altaem 3mm
9.2- RESOLUÇÃOEAJUSTEDEDADOS:
A resolução de scan depende de muitos fatores, como:
e Especificações de projeto
+ Nível requerido de detalhamento, etc,
‘ Exaúdão requerida para extração de alvos, alinhamento cloud-to-cloud
(C2C), etc.
Sempre verificar a densidade dos scans utilizando o controle de campo e ajustar o,
seu plano de coleta de dados adequadamente. Se


envo nt na /242 — Protocolo né 1649142020
Página 21
ETA
De
SociodadedeAbastecimentodeÁguaeSancamentoS/A
'SO#005
Àresoluçãomínimarecomendadabascadanadistânciadoobjeto(do)paraum
melhoralinhamentonuvemanuvemdevesercomoaseguir:
sdo<30mResoluçãomédia
.do>30mResoluçãoalta
Aseremcomprovadosconformerelatóriodeexecuçãodolevantamento.
9.3-SISTEMADECOORDENADAS
OsserviçosdeverãoserexecutadosnoSistemaTopográficoLocal(STL)etambém
deverãoserapresentadasnoSistermadecoordenadasUTM-Sirgas200023ºSul,
conformedefinidonalispecificaçãoTécnicaAK7802-3“ServiçosTopográficos”.
iodoSistemaTopográficoLocal(STL)aaltitudedospontosdeverá
serbaseadanospontosda“RedeBásicadeReferênciaGeodésicadoMunicípiopela
AltitudeOrtométrica(ret:estaçãopeodésica91607doIBGE,ConexõesRN20071).
9.4-REFERENCIAMENTODEMARCOS
Osserviçosdeverãoserexecutadosobrigatoriamentecoma“amarração”dedados
emmarcosdereferênciapróximosdolocaldetrabalho.
Previamunte,deverávistoriaraáreaobjetodolevantamento€identificareventual
existênciademarcosdereferência.Casonãosejamencontradosmarcosexistentes,
deverãoserconstruidosnovosmarcosdereferência,coniormecefinidona
EspecificaçãoTécnicaAKF802-3“ServiçosTopograficas”.
9.5-CATEGORIASDEAPLICAÇÃOFINALDANUVEMDEPONTOS
ParaapresenteEspecificaçãoTécnica,sãoconsideradasduascateporiasde
aplicaçãofina!dasuvemdepontos:
a)Categoria1=nuvemdepontosabrangentecomdetalhamentosuficientepara
cadastrogeraldeedificações,visandoadocumentaçãopatrimonialesubsídiodo
elaboraçãodeprojetosdearquitetura€engenharia,comoreformaounovas
construções;
b.)Categoria2?muvemdepontosabrangenteealtamentedetalhadapara
subsidiaraelabçãodeprojetosdealtacomplexidade
10-ESPECIFICAÇÃODOSSERVIÇOS
PregãoDherônicoa”

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Petição Inicial acp licenciamento
Petição Inicial acp licenciamentoPetição Inicial acp licenciamento
Petição Inicial acp licenciamento
Ministério Público de Santa Catarina
 
Situacao despesa orcamentaria
Situacao despesa orcamentariaSituacao despesa orcamentaria
Situacao despesa orcamentaria
Angelo Rigon
 
Prot. 1118 16 plc 004 - cria cargos, extingue vagas e modifica a descrição ...
Prot. 1118 16   plc 004 - cria cargos, extingue vagas e modifica a descrição ...Prot. 1118 16   plc 004 - cria cargos, extingue vagas e modifica a descrição ...
Prot. 1118 16 plc 004 - cria cargos, extingue vagas e modifica a descrição ...
Claudio Figueiredo
 
Release de Resultados 2T08
Release de Resultados 2T08Release de Resultados 2T08
Release de Resultados 2T08
brproperties
 
Edital FIOL preg0032017
Edital FIOL preg0032017Edital FIOL preg0032017
Edital FIOL preg0032017
Guy Valerio Barros dos Santos
 
PL 003_17 Abre crédito adicional especial
PL 003_17  Abre crédito adicional especial PL 003_17  Abre crédito adicional especial
PL 003_17 Abre crédito adicional especial
Claudio Figueiredo
 
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 30-03-2017
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 30-03-2017DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 30-03-2017
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 30-03-2017
Guy Valerio
 
Demonstrativo das receitas e despesas
Demonstrativo das receitas e despesasDemonstrativo das receitas e despesas
Demonstrativo das receitas e despesas
Vitor Auzier
 
Release de Resultados 3T08
Release de Resultados 3T08Release de Resultados 3T08
Release de Resultados 3T08
brproperties
 
Pl 004 16 altera a redação da lei municipal nº 5.709-16
Pl 004 16   altera a redação da lei municipal nº 5.709-16Pl 004 16   altera a redação da lei municipal nº 5.709-16
Pl 004 16 altera a redação da lei municipal nº 5.709-16
Claudio Figueiredo
 
Prot. 3013 17 plc revoga as leis complementares nºs 037-13 e 043_15 e dá no...
Prot. 3013 17   plc revoga as leis complementares nºs 037-13 e 043_15 e dá no...Prot. 3013 17   plc revoga as leis complementares nºs 037-13 e 043_15 e dá no...
Prot. 3013 17 plc revoga as leis complementares nºs 037-13 e 043_15 e dá no...
Claudio Figueiredo
 
Apostila tributaria
Apostila tributariaApostila tributaria
Apostila tributaria
Alex Guedes
 
Diário Oficial SP 15/1
Diário Oficial SP 15/1Diário Oficial SP 15/1
Diário Oficial SP 15/1
José Florentino
 
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 24-02-2017
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 24-02-2017DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 24-02-2017
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 24-02-2017
Guy Valerio Barros dos Santos
 
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 02-03-2017
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 02-03-2017DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 02-03-2017
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 02-03-2017
Guy Valerio Barros dos Santos
 
Item 6 - contrato gestao cbh pará discutido reunião 04-02-14 - consolidado
Item 6  - contrato gestao cbh pará discutido reunião 04-02-14 - consolidadoItem 6  - contrato gestao cbh pará discutido reunião 04-02-14 - consolidado
Item 6 - contrato gestao cbh pará discutido reunião 04-02-14 - consolidado
Agência Peixe Vivo
 
Balancete
BalanceteBalancete
Balancete
Marcelo Santos
 
Palestra esocial sst antiga
Palestra esocial sst antigaPalestra esocial sst antiga
Palestra esocial sst antiga
Alexsandro Lino Barbosa
 
Recursos da Valdírio Prisco são devolvidos aos cofres do Estado.
Recursos da Valdírio Prisco são devolvidos aos cofres do Estado.Recursos da Valdírio Prisco são devolvidos aos cofres do Estado.
Recursos da Valdírio Prisco são devolvidos aos cofres do Estado.
Luís Carlos Nunes
 

Mais procurados (19)

Petição Inicial acp licenciamento
Petição Inicial acp licenciamentoPetição Inicial acp licenciamento
Petição Inicial acp licenciamento
 
Situacao despesa orcamentaria
Situacao despesa orcamentariaSituacao despesa orcamentaria
Situacao despesa orcamentaria
 
Prot. 1118 16 plc 004 - cria cargos, extingue vagas e modifica a descrição ...
Prot. 1118 16   plc 004 - cria cargos, extingue vagas e modifica a descrição ...Prot. 1118 16   plc 004 - cria cargos, extingue vagas e modifica a descrição ...
Prot. 1118 16 plc 004 - cria cargos, extingue vagas e modifica a descrição ...
 
Release de Resultados 2T08
Release de Resultados 2T08Release de Resultados 2T08
Release de Resultados 2T08
 
Edital FIOL preg0032017
Edital FIOL preg0032017Edital FIOL preg0032017
Edital FIOL preg0032017
 
PL 003_17 Abre crédito adicional especial
PL 003_17  Abre crédito adicional especial PL 003_17  Abre crédito adicional especial
PL 003_17 Abre crédito adicional especial
 
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 30-03-2017
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 30-03-2017DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 30-03-2017
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 30-03-2017
 
Demonstrativo das receitas e despesas
Demonstrativo das receitas e despesasDemonstrativo das receitas e despesas
Demonstrativo das receitas e despesas
 
Release de Resultados 3T08
Release de Resultados 3T08Release de Resultados 3T08
Release de Resultados 3T08
 
Pl 004 16 altera a redação da lei municipal nº 5.709-16
Pl 004 16   altera a redação da lei municipal nº 5.709-16Pl 004 16   altera a redação da lei municipal nº 5.709-16
Pl 004 16 altera a redação da lei municipal nº 5.709-16
 
Prot. 3013 17 plc revoga as leis complementares nºs 037-13 e 043_15 e dá no...
Prot. 3013 17   plc revoga as leis complementares nºs 037-13 e 043_15 e dá no...Prot. 3013 17   plc revoga as leis complementares nºs 037-13 e 043_15 e dá no...
Prot. 3013 17 plc revoga as leis complementares nºs 037-13 e 043_15 e dá no...
 
Apostila tributaria
Apostila tributariaApostila tributaria
Apostila tributaria
 
Diário Oficial SP 15/1
Diário Oficial SP 15/1Diário Oficial SP 15/1
Diário Oficial SP 15/1
 
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 24-02-2017
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 24-02-2017DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 24-02-2017
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 24-02-2017
 
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 02-03-2017
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 02-03-2017DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 02-03-2017
DIÁRIO OFICIAL DE ILHÉUS DO DIA 02-03-2017
 
Item 6 - contrato gestao cbh pará discutido reunião 04-02-14 - consolidado
Item 6  - contrato gestao cbh pará discutido reunião 04-02-14 - consolidadoItem 6  - contrato gestao cbh pará discutido reunião 04-02-14 - consolidado
Item 6 - contrato gestao cbh pará discutido reunião 04-02-14 - consolidado
 
Balancete
BalanceteBalancete
Balancete
 
Palestra esocial sst antiga
Palestra esocial sst antigaPalestra esocial sst antiga
Palestra esocial sst antiga
 
Recursos da Valdírio Prisco são devolvidos aos cofres do Estado.
Recursos da Valdírio Prisco são devolvidos aos cofres do Estado.Recursos da Valdírio Prisco são devolvidos aos cofres do Estado.
Recursos da Valdírio Prisco são devolvidos aos cofres do Estado.
 

Semelhante a Sanasa levantamento areas1/3

Decreto 8264 2014 informação de impostos ao consumidor final
Decreto 8264 2014 informação de impostos ao consumidor finalDecreto 8264 2014 informação de impostos ao consumidor final
Decreto 8264 2014 informação de impostos ao consumidor final
Celso Daví Rodrigues
 
Palestra e social piaui 10-2013
Palestra e social piaui 10-2013Palestra e social piaui 10-2013
Palestra e social piaui 10-2013
Tania Gurgel
 
Tarifa municipal 2014
Tarifa municipal 2014Tarifa municipal 2014
Tarifa municipal 2014
Rio Ônibus Informa
 
Nota Fiscal Eletronica
Nota Fiscal EletronicaNota Fiscal Eletronica
Nota Fiscal Eletronica
wawnus
 
Innovare informa 2016_1
Innovare informa 2016_1Innovare informa 2016_1
Innovare informa 2016_1
innovare0512
 
Resumo da palestra de esocial outubro_2013 1ª semana
Resumo da palestra de esocial   outubro_2013 1ª semana Resumo da palestra de esocial   outubro_2013 1ª semana
Resumo da palestra de esocial outubro_2013 1ª semana
Tania Gurgel
 
2019.01725(7421) edital
2019.01725(7421)   edital2019.01725(7421)   edital
2019.01725(7421) edital
Manoel Carlos Bayão Jr.
 
Apresentacao e social_legislação_v8
Apresentacao e social_legislação_v8Apresentacao e social_legislação_v8
Apresentacao e social_legislação_v8
Elisângela Cristina Damasco
 
Manual IBPT de olho no imposto v0.0.6
Manual IBPT de olho no imposto v0.0.6Manual IBPT de olho no imposto v0.0.6
Manual IBPT de olho no imposto v0.0.6
Luiz Paulo dos Santos
 
eSocial - 2.2
eSocial - 2.2eSocial - 2.2
eSocial - 2.2
Marcelo Cruz
 
Representação TCE Geo Contratação.pdf
Representação TCE Geo Contratação.pdfRepresentação TCE Geo Contratação.pdf
Representação TCE Geo Contratação.pdf
TeobaldoJogos
 
Novidades Legislativas Nº16 | 05/04/2013
Novidades Legislativas Nº16 | 05/04/2013Novidades Legislativas Nº16 | 05/04/2013
Novidades Legislativas Nº16 | 05/04/2013
Confederação Nacional da Indústria
 
Ic registrado2106147615
Ic registrado2106147615Ic registrado2106147615
Ic registrado2106147615
Bayard Cardoso Gutterres
 
Oficio_Greve_CTM
Oficio_Greve_CTMOficio_Greve_CTM
Oficio_Greve_CTM
Roberta Soares
 
Captura de Tela 2023-10-31 à(s) 19.26.13.pdf
Captura de Tela 2023-10-31 à(s) 19.26.13.pdfCaptura de Tela 2023-10-31 à(s) 19.26.13.pdf
Captura de Tela 2023-10-31 à(s) 19.26.13.pdf
Mafefefesinha
 
Captura de Tela 2023-10-31 à(s) 19.26.13.pdf
Captura de Tela 2023-10-31 à(s) 19.26.13.pdfCaptura de Tela 2023-10-31 à(s) 19.26.13.pdf
Captura de Tela 2023-10-31 à(s) 19.26.13.pdf
Mafefefesinha
 
Apresentação Evento eSocial
Apresentação Evento eSocialApresentação Evento eSocial
Apresentação Evento eSocial
esocialmetadados
 
SPED Contábil, Fiscal, Contribuições e a eSocial - Conhecendo as Obrigações ...
SPED Contábil, Fiscal, Contribuições e a eSocial - Conhecendo as Obrigações ...SPED Contábil, Fiscal, Contribuições e a eSocial - Conhecendo as Obrigações ...
SPED Contábil, Fiscal, Contribuições e a eSocial - Conhecendo as Obrigações ...
FERNANDO SAMPAIO
 
Cartilha e social_iob
Cartilha e social_iobCartilha e social_iob
Cartilha e social_iob
Ilânio Luis Luis
 
Efd11 apostila
Efd11 apostilaEfd11 apostila
Efd11 apostila
Paulo Bastos
 

Semelhante a Sanasa levantamento areas1/3 (20)

Decreto 8264 2014 informação de impostos ao consumidor final
Decreto 8264 2014 informação de impostos ao consumidor finalDecreto 8264 2014 informação de impostos ao consumidor final
Decreto 8264 2014 informação de impostos ao consumidor final
 
Palestra e social piaui 10-2013
Palestra e social piaui 10-2013Palestra e social piaui 10-2013
Palestra e social piaui 10-2013
 
Tarifa municipal 2014
Tarifa municipal 2014Tarifa municipal 2014
Tarifa municipal 2014
 
Nota Fiscal Eletronica
Nota Fiscal EletronicaNota Fiscal Eletronica
Nota Fiscal Eletronica
 
Innovare informa 2016_1
Innovare informa 2016_1Innovare informa 2016_1
Innovare informa 2016_1
 
Resumo da palestra de esocial outubro_2013 1ª semana
Resumo da palestra de esocial   outubro_2013 1ª semana Resumo da palestra de esocial   outubro_2013 1ª semana
Resumo da palestra de esocial outubro_2013 1ª semana
 
2019.01725(7421) edital
2019.01725(7421)   edital2019.01725(7421)   edital
2019.01725(7421) edital
 
Apresentacao e social_legislação_v8
Apresentacao e social_legislação_v8Apresentacao e social_legislação_v8
Apresentacao e social_legislação_v8
 
Manual IBPT de olho no imposto v0.0.6
Manual IBPT de olho no imposto v0.0.6Manual IBPT de olho no imposto v0.0.6
Manual IBPT de olho no imposto v0.0.6
 
eSocial - 2.2
eSocial - 2.2eSocial - 2.2
eSocial - 2.2
 
Representação TCE Geo Contratação.pdf
Representação TCE Geo Contratação.pdfRepresentação TCE Geo Contratação.pdf
Representação TCE Geo Contratação.pdf
 
Novidades Legislativas Nº16 | 05/04/2013
Novidades Legislativas Nº16 | 05/04/2013Novidades Legislativas Nº16 | 05/04/2013
Novidades Legislativas Nº16 | 05/04/2013
 
Ic registrado2106147615
Ic registrado2106147615Ic registrado2106147615
Ic registrado2106147615
 
Oficio_Greve_CTM
Oficio_Greve_CTMOficio_Greve_CTM
Oficio_Greve_CTM
 
Captura de Tela 2023-10-31 à(s) 19.26.13.pdf
Captura de Tela 2023-10-31 à(s) 19.26.13.pdfCaptura de Tela 2023-10-31 à(s) 19.26.13.pdf
Captura de Tela 2023-10-31 à(s) 19.26.13.pdf
 
Captura de Tela 2023-10-31 à(s) 19.26.13.pdf
Captura de Tela 2023-10-31 à(s) 19.26.13.pdfCaptura de Tela 2023-10-31 à(s) 19.26.13.pdf
Captura de Tela 2023-10-31 à(s) 19.26.13.pdf
 
Apresentação Evento eSocial
Apresentação Evento eSocialApresentação Evento eSocial
Apresentação Evento eSocial
 
SPED Contábil, Fiscal, Contribuições e a eSocial - Conhecendo as Obrigações ...
SPED Contábil, Fiscal, Contribuições e a eSocial - Conhecendo as Obrigações ...SPED Contábil, Fiscal, Contribuições e a eSocial - Conhecendo as Obrigações ...
SPED Contábil, Fiscal, Contribuições e a eSocial - Conhecendo as Obrigações ...
 
Cartilha e social_iob
Cartilha e social_iobCartilha e social_iob
Cartilha e social_iob
 
Efd11 apostila
Efd11 apostilaEfd11 apostila
Efd11 apostila
 

Mais de Lia Prado

Rio empreendimentos e incorporações tac mp 22.08.2016
Rio empreendimentos e incorporações tac mp 22.08.2016Rio empreendimentos e incorporações tac mp 22.08.2016
Rio empreendimentos e incorporações tac mp 22.08.2016
Lia Prado
 
CPFL multada por podas radicais em 43 árvores.
CPFL multada por podas radicais em 43 árvores.CPFL multada por podas radicais em 43 árvores.
CPFL multada por podas radicais em 43 árvores.
Lia Prado
 
Bula Sinovac-Butantan
Bula Sinovac-ButantanBula Sinovac-Butantan
Bula Sinovac-Butantan
Lia Prado
 
Sanasa levantamento areas3/3
Sanasa levantamento areas3/3Sanasa levantamento areas3/3
Sanasa levantamento areas3/3
Lia Prado
 
Sanasa levantamento areas2/3
Sanasa levantamento areas2/3Sanasa levantamento areas2/3
Sanasa levantamento areas2/3
Lia Prado
 
SANASA/edital barragem -AEGEA
SANASA/edital barragem -AEGEASANASA/edital barragem -AEGEA
SANASA/edital barragem -AEGEA
Lia Prado
 
Barão resiste e rejeita plano diretor 7/5/17
Barão resiste e  rejeita plano diretor 7/5/17Barão resiste e  rejeita plano diretor 7/5/17
Barão resiste e rejeita plano diretor 7/5/17
Lia Prado
 
BRT/EMDEC-plano operacional agosto 2015
BRT/EMDEC-plano operacional agosto 2015BRT/EMDEC-plano operacional agosto 2015
BRT/EMDEC-plano operacional agosto 2015
Lia Prado
 
BRT/EMDEC-justificativa 18/8/15
BRT/EMDEC-justificativa  18/8/15BRT/EMDEC-justificativa  18/8/15
BRT/EMDEC-justificativa 18/8/15
Lia Prado
 
TAC aditivo Gilbeá/prefeitura
TAC aditivo Gilbeá/prefeituraTAC aditivo Gilbeá/prefeitura
TAC aditivo Gilbeá/prefeitura
Lia Prado
 
TAC Gilbéa/prefeitura Campinas
TAC Gilbéa/prefeitura CampinasTAC Gilbéa/prefeitura Campinas
TAC Gilbéa/prefeitura Campinas
Lia Prado
 
Cantareira/ação reflorestamento
Cantareira/ação reflorestamentoCantareira/ação reflorestamento
Cantareira/ação reflorestamento
Lia Prado
 
Plano gestão residuos/ 24-08-2012
Plano gestão residuos/ 24-08-2012Plano gestão residuos/ 24-08-2012
Plano gestão residuos/ 24-08-2012
Lia Prado
 
Cetesb-Delta A - LO 2016
Cetesb-Delta A - LO 2016Cetesb-Delta A - LO 2016
Cetesb-Delta A - LO 2016
Lia Prado
 
Cetesb-Delta A -LO 2013
Cetesb-Delta A  -LO 2013Cetesb-Delta A  -LO 2013
Cetesb-Delta A -LO 2013
Lia Prado
 
Cetesb-Delta A -LO 2012
Cetesb-Delta A  -LO 2012Cetesb-Delta A  -LO 2012
Cetesb-Delta A -LO 2012
Lia Prado
 
Cetesb-Delta A certificado aprovacao
Cetesb-Delta A certificado aprovacaoCetesb-Delta A certificado aprovacao
Cetesb-Delta A certificado aprovacao
Lia Prado
 

Mais de Lia Prado (17)

Rio empreendimentos e incorporações tac mp 22.08.2016
Rio empreendimentos e incorporações tac mp 22.08.2016Rio empreendimentos e incorporações tac mp 22.08.2016
Rio empreendimentos e incorporações tac mp 22.08.2016
 
CPFL multada por podas radicais em 43 árvores.
CPFL multada por podas radicais em 43 árvores.CPFL multada por podas radicais em 43 árvores.
CPFL multada por podas radicais em 43 árvores.
 
Bula Sinovac-Butantan
Bula Sinovac-ButantanBula Sinovac-Butantan
Bula Sinovac-Butantan
 
Sanasa levantamento areas3/3
Sanasa levantamento areas3/3Sanasa levantamento areas3/3
Sanasa levantamento areas3/3
 
Sanasa levantamento areas2/3
Sanasa levantamento areas2/3Sanasa levantamento areas2/3
Sanasa levantamento areas2/3
 
SANASA/edital barragem -AEGEA
SANASA/edital barragem -AEGEASANASA/edital barragem -AEGEA
SANASA/edital barragem -AEGEA
 
Barão resiste e rejeita plano diretor 7/5/17
Barão resiste e  rejeita plano diretor 7/5/17Barão resiste e  rejeita plano diretor 7/5/17
Barão resiste e rejeita plano diretor 7/5/17
 
BRT/EMDEC-plano operacional agosto 2015
BRT/EMDEC-plano operacional agosto 2015BRT/EMDEC-plano operacional agosto 2015
BRT/EMDEC-plano operacional agosto 2015
 
BRT/EMDEC-justificativa 18/8/15
BRT/EMDEC-justificativa  18/8/15BRT/EMDEC-justificativa  18/8/15
BRT/EMDEC-justificativa 18/8/15
 
TAC aditivo Gilbeá/prefeitura
TAC aditivo Gilbeá/prefeituraTAC aditivo Gilbeá/prefeitura
TAC aditivo Gilbeá/prefeitura
 
TAC Gilbéa/prefeitura Campinas
TAC Gilbéa/prefeitura CampinasTAC Gilbéa/prefeitura Campinas
TAC Gilbéa/prefeitura Campinas
 
Cantareira/ação reflorestamento
Cantareira/ação reflorestamentoCantareira/ação reflorestamento
Cantareira/ação reflorestamento
 
Plano gestão residuos/ 24-08-2012
Plano gestão residuos/ 24-08-2012Plano gestão residuos/ 24-08-2012
Plano gestão residuos/ 24-08-2012
 
Cetesb-Delta A - LO 2016
Cetesb-Delta A - LO 2016Cetesb-Delta A - LO 2016
Cetesb-Delta A - LO 2016
 
Cetesb-Delta A -LO 2013
Cetesb-Delta A  -LO 2013Cetesb-Delta A  -LO 2013
Cetesb-Delta A -LO 2013
 
Cetesb-Delta A -LO 2012
Cetesb-Delta A  -LO 2012Cetesb-Delta A  -LO 2012
Cetesb-Delta A -LO 2012
 
Cetesb-Delta A certificado aprovacao
Cetesb-Delta A certificado aprovacaoCetesb-Delta A certificado aprovacao
Cetesb-Delta A certificado aprovacao
 

Sanasa levantamento areas1/3