SlideShare uma empresa Scribd logo
E. E. Prof. Messias Freire
Sala de leitura   2012  e.e. messias freire.primeiro bimestre
Sala de leitura   2012  e.e. messias freire.primeiro bimestre
Sobre a Escrita...
Clarice Lispector
Meu Deus do céu, não tenho nada a dizer. O som de minha
máquina é macio.
Que é que eu posso escrever? Como recomeçar a anotar
frases? A palavra é o meu meio de comunicação. Eu só
poderia amá-la. Eu jogo com elas como se lançam dados:
acaso e fatalidade. A palavra é tão forte que atravessa a
barreira do som. Cada palavra é uma ideia. Cada palavra
materializa o espírito. Quanto mais palavras eu conheço,
mais sou capaz de pensar o meu sentimento.
Devemos modelar nossas palavras até se tornarem o mais
fino invólucro dos nossos pensamentos. Sempre achei que o
traço de um escultor é identificável por um extrema
simplicidade de linhas. Todas as palavras que digo - é por
esconderem outras palavras.
Qual é mesmo a palavra secreta? Não sei é porque a ouso?
Não sei porque não ouso dizê-la? Sinto que existe uma
palavra, talvez unicamente uma, que não pode e não deve
ser pronunciada. Parece-me que todo o resto não é
proibido. Mas acontece que eu quero é exatamente me unir
a essa palavra proibida. Ou será? Se eu encontrar essa
palavra, só a direi em boca fechada, para mim mesma, senão
corro o risco de virar alma perdida por toda a eternidade. Os
que inventaram o Velho Testamento sabiam que existia uma
fruta proibida. As palavras é que me impedem de dizer a
verdade.
Simplesmente não há palavras.
O que não sei dizer é mais importante do que o que eu
digo. Acho que o som da música é imprescindível para o ser
humano e que o uso da palavra falada e escrita são
como a música, duas coisas das mais altas que nos elevam do
reino dos macacos, do reino animal, e mineral e vegetal
também. Sim, mas é a sorte às vezes.
Sempre quis atingir através da palavra alguma coisa que
fosse ao mesmo tempo sem moeda e que fosse e transmitisse
tranquilidade ou simplesmente a verdade mais profunda
existente no ser humano e nas coisas. Cada vez mais eu
escrevo com menos palavras. Meu livro melhor acontecerá
quando eu de todo não escrever. Eu tenho uma falta de
assunto essencial. Todo homem tem sina obscura de
pensamento que pode ser o de um crepúsculo e pode ser uma
aurora.
Simplesmente as palavras do homem.


Texto extraído do site "Sobrado".
1º Bimestre
E.E. Prof Messias Freire
APRESENTAÇÃO
A criança que lê, desenvolve muito o senso crítico e melhora
o modo de como ela escreve. Nós devemos demonstrar para
nossos alunos que a leitura é algo natural, fácil e prazeroso,
como algo que não exige esforço nem envolve dificuldades.
A possibilidade de convívio com os livros deve extrapolar as
paredes da sala de aula e o desenvolvimento sistemático da
sua escolarização.
Ler é desvendar os mistérios do mundo, sentir prazer e não
apenas superar dificuldades, é melhorar sua própria vida, ou
ainda, ler para aprender a escrever.
Os pais dos nossos alunos, na sua grande maioria, possuem
nível muito baixo de instrução. Eles vêm de ambientes onde
não existe a prática de leitura, portanto, esse hábito está
longe de suas realidades. Mas, nota-se uma forte
mobilização familiar, no sentido de assegurar a seus filhos
condições para o desenvolvimento de uma escolarização
bem sucedida. No que diz respeito à leitura, ela é vista como
aquisição de competências, disposições e crenças
relacionadas a usos escolares da escrita. É que sendo as
famílias dos alunos pouco dotadas de conhecimento, não
podendo, assim, elas mesmas transmiti-lo a seus membros,
elas são as maiores incentivadoras da leitura, pois
concordam que a aprendizagem se inicia com ela.
O ideal para o educando seria que seus pais lessem jornais,
revistas, livros, para dar a esses atos um aspecto natural,
pois, assim, sua identidade social poderia se construir
notadamente através deles. Mas sabemos que essa prática
não é difundida nos lares dos nossos alunos.
JUSTIFICATIVA
A Escola Estadual Professor Messias Freire atende alunos, desde
o primeiro ano de alfabetização ao Ensino Médio .
A escola ainda dispõe de uma sala de Recurso (Sala de Leitura).A
escola dispõe de um acervo razoavelmente grande de livros para
todas as idades, dos quais ficam guardados na sala de leitura, de
modo que facilita o acesso livremente do aluno aos livros. Todos
os livros são catalogados, desta forma, não há preocupação de
controle de empréstimo. O aluno faz o empréstimo, podendo o
mesmo ficar com o livro por até uma semana.Todo início do ano
será feito uma divulgação do “Me leva que vou, mas volto feliz”,
estimulando e motivando os alunos o gosto pela leitura. Ler é
brincar, é viajar pela imaginação sem sair de nenhum lugar ou
indo a todos os lugares, ler é devaneio, é amor, é nostalgia, ler é
sonhar, sonhar acordado e, até sonhar dormindo com as
histórias que leio acordado…Este projeto, visa também buscar a
co-responsabilidade da família, na medida em que, em casa, os
pais, mesmo aqueles que não tem acesso ao letramento, pode
incentivar os filhos à responsabilidade pelo zelo do livro e
incentivo à leitura.Este projeto é mais um subsídio que pretende
possibilitar aos alunos a superação das suas dificuldades de
domínio na leitura.Ao inserir o 1º ano de alfabetização neste
contexto, espera-se que a criança, ainda que não tenha o
domínio da leitura, possa contextualizar a língua escrita, através
de seus usos, mesmo que representada simbolicamente através
de desenhos, dando-lhe oportunidades de oferecer os mais
variados tipos de leituras.
Desta forma, a escola entende que está contribuindo para que a
criança evolua intelectualmente e está formando de forma
sistemática um cidadão mais crítico e criativo, possibilitando
condições igualitárias de democratização do pleno direito de
escolarização e cidadania.
OBJETIVO GERAL
•Promover o acesso sistemático a uma grande variedade de
títulos, desenvolvendo nos educandos a competência leitora.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
•Incentivar o hábito da leitura e estimular a criatividade;
•Formar novos leitores, desenvolvendo atividades que buscam o
gosto pela Leitura;
•Desenvolver a capacidade de refletir e posicionar-se sobre o livro
lido;
•Estimular a produção textual;
•Oferecer livros dissociados da obrigatoriedade e ou castigo;
•Integrar os pais, alunos e comunidade escolar no processo de
valorização da leitura.
DESENVOLVIMENTO
Quando lemos um livro, além de nos divertirmos, também
tentamos entender a ideia do autor, através de uma análise de
sua obra. Ele nos diz o porquê, o quando e o como da história.
A metodologia que pretendemos adotar será através da análise
da obra literária, seguindo os seguintes passos:
•Identificando o livro: título, autor, ilustrador, editora, edição,
biografia do autor (a), (como atividade de pesquisa);
•Estrutura da obra: resumo, personagens, local, época, estilo;
•E, por último, a conclusão que é a opinião do aluno-leitor sobre
o livro. Para isso, vai ser utilizada uma ficha literária, onde nela
constarão os dados da análise da obra, pois desta forma, pode-se
verificar se o aluno lê o livro, bem como avaliar sua
aprendizagem. Os recursos materiais utilizados serão os livros e os
recursos humanos, os alunos, pais e comunidade escolar.
Será feito um trabalho de sensibilização com os alunos, para que
os mesmos tenham zelo com uso dos livros.
Os empréstimos dos livros serão durante todo ano letivo.
O aluno leitor deverá se tornar sócio do “Me leva que eu vou,
mas volto feliz”, e para isso vai ser necessário adquirir uma
carteirinha de sócio (o mesmo irá se sentir valorizado,
importante com essa ideia), nesta carteirinha vai conter sua
identificação, contendo também sua fotografia.
Os pais serão informados através de uma carta dos motivos
pelos quais os seus filhos estão levando os livros, para que os
mesmos incentivem os à leitura, bem como ao zelo pelo
material em aquisição.
Faremos o possível para conhecermos e visitarmos uma editora.
AVALIAÇÃO
A avaliação dar-se-á através de:
       Releituras em sala de aula;
       Acompanhamento da ficha literária;
       Interpretações de textos;
       Produções de textos;
       Melhora no desenvolvimento escolar do aluno;
       Análise da obra literária;
       Participação e mais interesse dos alunos pelas atividades
     de leitura, produção de textos e de literatura ;
       Promoção de concurso para os alunos leitores por meio de
     painéis na escola, onde se registram os alunos que mais
     leem dentro e fora da escola.
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
ALVES, Rubem Azevedo. Estórias de quem gosta de ensinar. 17ª
ed. – São Paulo. Cortez, 1994.
FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler. 41ª ed. São Paulo,
Cortez, 2001.
HOFFMANN, Jussara. Avaliação: mito e desafio: uma perspectiva
construtivista. 37ª ed. Porto
Autor: TELMA DIAS DE OLIVEIRA

Observação: Projeto adaptado as necessidades da E. E.
Prof. Messias Freire pela a Professora Cirlei Aparecida dos
Santos



    "Não é fácil escrever. É duro
    como quebrar rochas."
    Clarice Lispector.
1º Bimestre
Sala de leitura   2012  e.e. messias freire.primeiro bimestre
Sala de leitura   2012  e.e. messias freire.primeiro bimestre
Sala de leitura   2012  e.e. messias freire.primeiro bimestre
Sala de leitura   2012  e.e. messias freire.primeiro bimestre
Projeto Sala de Leitura


Professor (a): Martinha - Série/Ano: ¨6ª - Data: 29/05 – Coordenador
(a): Márcia

APRESENTAÇÃO: Histórias de Tristão e do Rei Marcos já eram
conhecidas desde o século VII. No entanto, somente no século XII
é que surge o romance (na forma de várias versões escritas),
baseadas num hipotético texto original do qual jamais
encontramos qualquer rastro. (Livro e filme)


OBJETIVO GERAL: Estimular o jovem a pensar, comparar, interagir e
adquirir interesse pela leitura.


OBJETIVOS ESPECÍFICOS: Levar aos educandos o prazer de ler
romances, desenvolver a atenção através do audiovisual e da
linguagem oral, reprodução oral e escrita , interação e o
desenvolvimento do senso crítico.

JUSTIFICATIVA: A necessidade de desenvolver o gosto pela leitura nos
educandos.


ESTRATÉGIA: Os alunos leem , assistem a história e a reproduzem
através da linguagem oral e escrita.
Sala de leitura   2012  e.e. messias freire.primeiro bimestre
Sala de leitura   2012  e.e. messias freire.primeiro bimestre
Sala de leitura   2012  e.e. messias freire.primeiro bimestre
Resumo do Mês de Março de 2012

•Total de Livros emprestados – 465
•Livro Mais lido – Tristão e Isolda
•Sala Campeã em Empréstimo - 6ª D
•Sala que mais entregou em dia - 6ª D
•Visitantes do mês: Lucas Mateus - 7ª D
                    Ariane Tomas - 3ª A
•Leitores do mês: Isaque Faria - 6ª A
                  Evelin Machado - 3ª A
Empréstimo

             1°Bimestre

                     3    4      T
S M      1   2
 1º A    F   0       6    31    37
  1ºB    É   0       0    66    66
  1ºC    R   0       0    81    81
 1º D    I   0      18    79    97
 1º E    A   0       0    31    31
 2º A    S   0      11    34    45
  2ºB        0      19    23    42
  2ºC    E   0      33    67    100
  2ºD    S   0       1    23    24
  2ºE    C   0       4    67    71
  3ºA    O   0      27    31    58
  3ºB    L   0      15    20    35
  3ºC    A   0       9    44    53
  4ºA    R   0       9    40    49
  4ºB    E   0       6    19    25
  4ªA    S   0      14    37    51
  4ªB        0       8    38    46
  4ªC        0       8    12    20
  4ªD        0       4    4     8

 TOTAL       0      192   747   939
Estatística - Empréstimo de Livros 1º Bimestre -
                            Ciclo I
120



100



 80



 60



 40



 20



 0
       4ªB
       1ºB




       2ºB




       3ºB



       4ºB




      4ªD
      1º D




      2ºD




       4ªA
      1º A




      2º A




       3ºA



       4ºA




       4ªC
       1ºC

      1º E



       2ºC

       2ºE



       3ºC
Empréstimo

               1°Bimestre

                            3    4      T
S M        1    2
   5ªA     F    0           17   28    45
   5ªB     É    0           17   57    74
   5ªC     R    0           15   42    57
   6ªA     I    0           32   43    75
   6ªB     A    0           24   100   124
   6ªC     S    0           20   52    72
   6ªD          0           46   43    89
   6ªE     E    0           28   37    65
   6ªF     S    0           18   39    57
   7ªA     C    0           7    9     16
   7ªB     O    0           3    6     9
   7ªC     L    0           7    38    45
   7ªD     A    0           6    12    18
   7ªE     R    0           0    8     8
   8ªA     E    0           2    9     11
   8ªB     S    0           3    8     11
   8ªC          0           1    8     9
   8ªD          0           0    0     0
   Total        0       246      539   785
Estatística - Empréstimo de Livros 1º Bimestre -
                           Ciclo II
140



120



100



 80



 60



 40



 20



 0
      5ªA



      6ªA




      8ªA
      7ªA
      6ªF
      5ªC



      6ªC

      6ªE




      7ªC

      7ªE



      8ªC
      5ªB



      6ªB




      7ªB




      8ªB
      6ªD




      7ªD




      8ªD
Empréstimo


             1°Bimestre


                      3    4    T
S M      1    2
  1ºA    F    0       2    11   13

  1ºB    É    0       1    0    1

  1ºC    R    0       1    1    2

  1ºD    I    0       0    0    0

  2ºA    A    0       6    7    13

  2ºB    S    0       1    4    5

  2ºC         0       0    1    1

  2ºD    E    0       4    6    10

  3ºA    S    0       0    2    2

  3ºB    C    0       1    2    3

  3ºC    O    0       2    1    3

 1ºTA    L    0       0    0    0

 1ºTB    A    0       0    0    0

  1°TC   R    0       0    1    1

 1°TD    E    0       0    0    0

                      0    2    2
 2ºTA    S    0
                      9    6    15
 3ºTA         0
                      27   44   71
 Total        0
Estatística -Empréstimo de Livros 1º Bimestre -
                    Ensino Médio e Eja
16


14


12


10


 8


 6


 4


 2


 0
      1ºA




      2ºA
      1ºC




      2ºC

      3ºA

      3ºC

     1ºTB
      1ºB




      2ºB




      3ºB

     1ºTA




     2ºTA
     3ºTA
      1ºD




      2ºD




     1°TC
     1°TD
Empréstimo




              1°Bimestre




                           3    4      T
S M       1    2


               0       192     747    939
   C-I


                       246     539    785
  C-II         0


                       27      44     71
 M/EJA         0


                       465     1330   1795
  Total        0
Estatística - Empréstimo de Livros
           1º Bimestre - CI - CII - M/EJA

1800


1600


1400


1200


1000


 800


 600


 400


 200


   0

       C-I        C-II      M/EJA        Total

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Webfólio Oficina Story Jumper
Webfólio Oficina Story JumperWebfólio Oficina Story Jumper
Webfólio Oficina Story Jumper
Cirlene Mag
 
Projeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldo
Projeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldoProjeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldo
Projeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldo
elianegeraldo
 
Projeto de Leitura: Minha Escola Lê
Projeto de Leitura: Minha Escola LêProjeto de Leitura: Minha Escola Lê
Projeto de Leitura: Minha Escola Lê
Cirlei Santos
 
Projeto da sala de leitura para turmas de 4º ano
Projeto da sala de leitura para turmas de 4º anoProjeto da sala de leitura para turmas de 4º ano
Projeto da sala de leitura para turmas de 4º ano
Christiane Queiroz
 
Projeto aluno estrela
Projeto aluno estrelaProjeto aluno estrela
Projeto aluno estrela
Marcos Valdeir da Silva
 
Projeto sala de leitura blog geral
Projeto sala de leitura blog geralProjeto sala de leitura blog geral
Projeto sala de leitura blog geral
Educamais
 
Projeto de Leitura
Projeto de Leitura Projeto de Leitura
Projeto de Leitura
Joseneide Ferreira
 
Projeto Sacola Viajante
Projeto Sacola ViajanteProjeto Sacola Viajante
Projeto Sacola Viajante
Jessica Nuvens
 
Projeto de incentivo a leitura
Projeto de incentivo a leituraProjeto de incentivo a leitura
Projeto de incentivo a leitura
projetosculturais2013
 
SALA DE LEITURA
SALA DE LEITURASALA DE LEITURA
SALA DE LEITURA
EVELISE NASCIMENTO
 
Apresentação eproinf projeto de leitura
Apresentação eproinf  projeto de leituraApresentação eproinf  projeto de leitura
Apresentação eproinf projeto de leitura
veraluciarottini
 
Um ponto de vista sobre as salas de leitura
Um ponto de vista sobre as salas de leituraUm ponto de vista sobre as salas de leitura
Um ponto de vista sobre as salas de leitura
InclusaoDigitalSocial
 
Apresentação do projeto leitura
Apresentação do projeto leituraApresentação do projeto leitura
Apresentação do projeto leitura
Eloy Souza
 
Incentivacão a leitura e a escrita
Incentivacão a leitura e a escritaIncentivacão a leitura e a escrita
Incentivacão a leitura e a escrita
nancecosta
 
1.0. primeira parte escrita PROJETO SALA DE LEITURA 2015
1.0. primeira parte  escrita PROJETO SALA DE LEITURA 20151.0. primeira parte  escrita PROJETO SALA DE LEITURA 2015
1.0. primeira parte escrita PROJETO SALA DE LEITURA 2015
elianegeraldo
 
Projeto baú dos sonhos
Projeto            baú dos sonhosProjeto            baú dos sonhos
Projeto baú dos sonhos
Rosemary Batista
 
Projeto leitura escrita séries iniciais 2014
Projeto leitura escrita séries iniciais  2014Projeto leitura escrita séries iniciais  2014
Projeto leitura escrita séries iniciais 2014
Franciscosouto6
 
Projeto de leitura
Projeto de leituraProjeto de leitura
Projeto de leitura
Moisés Rodrigues
 
Projeto de leitura literária
Projeto de leitura literáriaProjeto de leitura literária
Projeto de leitura literária
Ana Paula Cecato
 
Teatro na escola - A Pílula Falante - Monteiro Lobato
 Teatro na escola - A Pílula Falante - Monteiro Lobato Teatro na escola - A Pílula Falante - Monteiro Lobato
Teatro na escola - A Pílula Falante - Monteiro Lobato
Cirlei Santos
 

Mais procurados (20)

Webfólio Oficina Story Jumper
Webfólio Oficina Story JumperWebfólio Oficina Story Jumper
Webfólio Oficina Story Jumper
 
Projeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldo
Projeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldoProjeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldo
Projeto sala de leitura 2014 eliane aparecida geraldo
 
Projeto de Leitura: Minha Escola Lê
Projeto de Leitura: Minha Escola LêProjeto de Leitura: Minha Escola Lê
Projeto de Leitura: Minha Escola Lê
 
Projeto da sala de leitura para turmas de 4º ano
Projeto da sala de leitura para turmas de 4º anoProjeto da sala de leitura para turmas de 4º ano
Projeto da sala de leitura para turmas de 4º ano
 
Projeto aluno estrela
Projeto aluno estrelaProjeto aluno estrela
Projeto aluno estrela
 
Projeto sala de leitura blog geral
Projeto sala de leitura blog geralProjeto sala de leitura blog geral
Projeto sala de leitura blog geral
 
Projeto de Leitura
Projeto de Leitura Projeto de Leitura
Projeto de Leitura
 
Projeto Sacola Viajante
Projeto Sacola ViajanteProjeto Sacola Viajante
Projeto Sacola Viajante
 
Projeto de incentivo a leitura
Projeto de incentivo a leituraProjeto de incentivo a leitura
Projeto de incentivo a leitura
 
SALA DE LEITURA
SALA DE LEITURASALA DE LEITURA
SALA DE LEITURA
 
Apresentação eproinf projeto de leitura
Apresentação eproinf  projeto de leituraApresentação eproinf  projeto de leitura
Apresentação eproinf projeto de leitura
 
Um ponto de vista sobre as salas de leitura
Um ponto de vista sobre as salas de leituraUm ponto de vista sobre as salas de leitura
Um ponto de vista sobre as salas de leitura
 
Apresentação do projeto leitura
Apresentação do projeto leituraApresentação do projeto leitura
Apresentação do projeto leitura
 
Incentivacão a leitura e a escrita
Incentivacão a leitura e a escritaIncentivacão a leitura e a escrita
Incentivacão a leitura e a escrita
 
1.0. primeira parte escrita PROJETO SALA DE LEITURA 2015
1.0. primeira parte  escrita PROJETO SALA DE LEITURA 20151.0. primeira parte  escrita PROJETO SALA DE LEITURA 2015
1.0. primeira parte escrita PROJETO SALA DE LEITURA 2015
 
Projeto baú dos sonhos
Projeto            baú dos sonhosProjeto            baú dos sonhos
Projeto baú dos sonhos
 
Projeto leitura escrita séries iniciais 2014
Projeto leitura escrita séries iniciais  2014Projeto leitura escrita séries iniciais  2014
Projeto leitura escrita séries iniciais 2014
 
Projeto de leitura
Projeto de leituraProjeto de leitura
Projeto de leitura
 
Projeto de leitura literária
Projeto de leitura literáriaProjeto de leitura literária
Projeto de leitura literária
 
Teatro na escola - A Pílula Falante - Monteiro Lobato
 Teatro na escola - A Pílula Falante - Monteiro Lobato Teatro na escola - A Pílula Falante - Monteiro Lobato
Teatro na escola - A Pílula Falante - Monteiro Lobato
 

Semelhante a Sala de leitura 2012 e.e. messias freire.primeiro bimestre

Atv4marcia
Atv4marciaAtv4marcia
A literatura infantil e seu poder de formar leitores
A literatura infantil e seu poder de formar leitoresA literatura infantil e seu poder de formar leitores
A literatura infantil e seu poder de formar leitores
marcia cristina da silva souza
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
Leonice Mezomo Gotardo
 
Lobato viva 2010
Lobato viva  2010Lobato viva  2010
livro - eu conto contigo - formato digital - horizontal 2.pdf
livro - eu conto contigo - formato digital - horizontal 2.pdflivro - eu conto contigo - formato digital - horizontal 2.pdf
livro - eu conto contigo - formato digital - horizontal 2.pdf
fernandamoliterno1
 
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
EscolaMunicipalMaria16
 
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
EscolaMunicipalMaria16
 
Literatura na educação infantil
Literatura na educação infantilLiteratura na educação infantil
Literatura na educação infantil
Jacqueline Campos
 
Apostila salvador site
Apostila salvador siteApostila salvador site
Apostila salvador site
Rosi Dias
 
Alto Rio Possmozer
Alto Rio PossmozerAlto Rio Possmozer
Alto Rio Possmozer
Marilia Frizzera Dias
 
PROJETO Ens Fund II 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund II 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund II 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund II 2023 Ler é Bom Experimente.docx
EscolaMunicipalMaria16
 
PROJETO Ens Fund II 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund II 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund II 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund II 2023 Ler é Bom Experimente.docx
EscolaMunicipalMaria16
 
Leitura no Pré-Escolar
Leitura no Pré-EscolarLeitura no Pré-Escolar
Leitura no Pré-Escolar
RBCondeixa
 
sacola viajante Projeto de Leitura
sacola viajante Projeto de Leiturasacola viajante Projeto de Leitura
sacola viajante Projeto de Leitura
Secretaria Municipal de Educação de Dona Inês/PB
 
Projeto De Literatura Infantil Da Branca De Neve
Projeto De Literatura Infantil Da Branca De NeveProjeto De Literatura Infantil Da Branca De Neve
Projeto De Literatura Infantil Da Branca De Neve
Escola BN
 
PROJETO DE LEITURA: UM PALCO PARA A LINGUAGEM ORAL E ESCRITA
PROJETO DE LEITURA: UM PALCO PARA A LINGUAGEM ORAL E ESCRITAPROJETO DE LEITURA: UM PALCO PARA A LINGUAGEM ORAL E ESCRITA
PROJETO DE LEITURA: UM PALCO PARA A LINGUAGEM ORAL E ESCRITA
Jane Santos
 
A traça Teca
A traça TecaA traça Teca
A traça Teca
Professora Cida
 
LEITURA
LEITURALEITURA
Projeto leitura. Aividade 4.6
Projeto leitura. Aividade 4.6Projeto leitura. Aividade 4.6
Projeto leitura. Aividade 4.6
KarolineRoncoli
 
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docxPROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
EscolaMunicipalMaria16
 

Semelhante a Sala de leitura 2012 e.e. messias freire.primeiro bimestre (20)

Atv4marcia
Atv4marciaAtv4marcia
Atv4marcia
 
A literatura infantil e seu poder de formar leitores
A literatura infantil e seu poder de formar leitoresA literatura infantil e seu poder de formar leitores
A literatura infantil e seu poder de formar leitores
 
Apresentação
ApresentaçãoApresentação
Apresentação
 
Lobato viva 2010
Lobato viva  2010Lobato viva  2010
Lobato viva 2010
 
livro - eu conto contigo - formato digital - horizontal 2.pdf
livro - eu conto contigo - formato digital - horizontal 2.pdflivro - eu conto contigo - formato digital - horizontal 2.pdf
livro - eu conto contigo - formato digital - horizontal 2.pdf
 
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
 
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund I 2023 Ler é Bom Experimente.docx
 
Literatura na educação infantil
Literatura na educação infantilLiteratura na educação infantil
Literatura na educação infantil
 
Apostila salvador site
Apostila salvador siteApostila salvador site
Apostila salvador site
 
Alto Rio Possmozer
Alto Rio PossmozerAlto Rio Possmozer
Alto Rio Possmozer
 
PROJETO Ens Fund II 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund II 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund II 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund II 2023 Ler é Bom Experimente.docx
 
PROJETO Ens Fund II 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund II 2023 Ler é Bom Experimente.docxPROJETO Ens Fund II 2023 Ler é Bom Experimente.docx
PROJETO Ens Fund II 2023 Ler é Bom Experimente.docx
 
Leitura no Pré-Escolar
Leitura no Pré-EscolarLeitura no Pré-Escolar
Leitura no Pré-Escolar
 
sacola viajante Projeto de Leitura
sacola viajante Projeto de Leiturasacola viajante Projeto de Leitura
sacola viajante Projeto de Leitura
 
Projeto De Literatura Infantil Da Branca De Neve
Projeto De Literatura Infantil Da Branca De NeveProjeto De Literatura Infantil Da Branca De Neve
Projeto De Literatura Infantil Da Branca De Neve
 
PROJETO DE LEITURA: UM PALCO PARA A LINGUAGEM ORAL E ESCRITA
PROJETO DE LEITURA: UM PALCO PARA A LINGUAGEM ORAL E ESCRITAPROJETO DE LEITURA: UM PALCO PARA A LINGUAGEM ORAL E ESCRITA
PROJETO DE LEITURA: UM PALCO PARA A LINGUAGEM ORAL E ESCRITA
 
A traça Teca
A traça TecaA traça Teca
A traça Teca
 
LEITURA
LEITURALEITURA
LEITURA
 
Projeto leitura. Aividade 4.6
Projeto leitura. Aividade 4.6Projeto leitura. Aividade 4.6
Projeto leitura. Aividade 4.6
 
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docxPROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
 

Mais de Cirlei Santos

Coletiva 14.07.2021 - Bolsa Do Povo Educação
Coletiva 14.07.2021 -  Bolsa Do Povo Educação Coletiva 14.07.2021 -  Bolsa Do Povo Educação
Coletiva 14.07.2021 - Bolsa Do Povo Educação
Cirlei Santos
 
Vernissage - Messias de Cara Nova
Vernissage  - Messias de Cara NovaVernissage  - Messias de Cara Nova
Vernissage - Messias de Cara Nova
Cirlei Santos
 
Homenagem a Aposentadoria de Colega de Trabalho
Homenagem a Aposentadoria de Colega de TrabalhoHomenagem a Aposentadoria de Colega de Trabalho
Homenagem a Aposentadoria de Colega de Trabalho
Cirlei Santos
 
Projeto de Conservação do Patrimônio Escolar
Projeto de Conservação do Patrimônio EscolarProjeto de Conservação do Patrimônio Escolar
Projeto de Conservação do Patrimônio Escolar
Cirlei Santos
 
GRÊMIO ESTUDANTIL - E. E. PROF. MESSIAS FREIRE
GRÊMIO ESTUDANTIL - E. E. PROF. MESSIAS FREIREGRÊMIO ESTUDANTIL - E. E. PROF. MESSIAS FREIRE
GRÊMIO ESTUDANTIL - E. E. PROF. MESSIAS FREIRE
Cirlei Santos
 
Bullying - Combata o Bullying Com Amor
Bullying - Combata o Bullying Com AmorBullying - Combata o Bullying Com Amor
Bullying - Combata o Bullying Com Amor
Cirlei Santos
 
Mitologia - Mito em Busca de Resposta
Mitologia - Mito em Busca de RespostaMitologia - Mito em Busca de Resposta
Mitologia - Mito em Busca de Resposta
Cirlei Santos
 
Estágio - Cirlei Santos
Estágio - Cirlei SantosEstágio - Cirlei Santos
Estágio - Cirlei Santos
Cirlei Santos
 
Tcc - Escola e Família - Parceria Necessária
Tcc - Escola e Família -  Parceria NecessáriaTcc - Escola e Família -  Parceria Necessária
Tcc - Escola e Família - Parceria Necessária
Cirlei Santos
 
Projeto Páscoa - Sala de Litura E.E. Professor Messias Freire
Projeto Páscoa - Sala de Litura E.E. Professor Messias FreireProjeto Páscoa - Sala de Litura E.E. Professor Messias Freire
Projeto Páscoa - Sala de Litura E.E. Professor Messias Freire
Cirlei Santos
 
Pecha Kucha - Superação Jovem - E. E. Professor Messias Freire
Pecha Kucha - Superação Jovem - E. E. Professor Messias FreirePecha Kucha - Superação Jovem - E. E. Professor Messias Freire
Pecha Kucha - Superação Jovem - E. E. Professor Messias Freire
Cirlei Santos
 
Jornal da Sala de Leitura Prof. messias freire
Jornal da Sala de Leitura Prof. messias freire Jornal da Sala de Leitura Prof. messias freire
Jornal da Sala de Leitura Prof. messias freire
Cirlei Santos
 
Projeto de Incentivo a Leitura
Projeto de Incentivo a LeituraProjeto de Incentivo a Leitura
Projeto de Incentivo a Leitura
Cirlei Santos
 
Fulecos copa do mundo
Fulecos copa do mundoFulecos copa do mundo
Fulecos copa do mundo
Cirlei Santos
 
Jornal - E. E. Messias Freire
Jornal - E. E. Messias FreireJornal - E. E. Messias Freire
Jornal - E. E. Messias Freire
Cirlei Santos
 
Projeto dia das mães - E. E. Prof Messias Freire
Projeto dia das mães - E. E. Prof Messias FreireProjeto dia das mães - E. E. Prof Messias Freire
Projeto dia das mães - E. E. Prof Messias Freire
Cirlei Santos
 
Projeto Consciência Negra 2013 - Parte 3 - E.E. Prof. Messias Freire
Projeto  Consciência Negra 2013 - Parte 3 - E.E. Prof. Messias FreireProjeto  Consciência Negra 2013 - Parte 3 - E.E. Prof. Messias Freire
Projeto Consciência Negra 2013 - Parte 3 - E.E. Prof. Messias Freire
Cirlei Santos
 
Projeto Consciência Negra 2013 - Parte 2 - E.E. Prof. Messias Freire
Projeto  Consciência Negra 2013 - Parte 2 - E.E. Prof. Messias FreireProjeto  Consciência Negra 2013 - Parte 2 - E.E. Prof. Messias Freire
Projeto Consciência Negra 2013 - Parte 2 - E.E. Prof. Messias Freire
Cirlei Santos
 
Projeto Consciência Negra 2013 - Parte 1 - E.E. Prof Messias Freire
Projeto  Consciência Negra 2013 - Parte 1 - E.E. Prof Messias FreireProjeto  Consciência Negra 2013 - Parte 1 - E.E. Prof Messias Freire
Projeto Consciência Negra 2013 - Parte 1 - E.E. Prof Messias Freire
Cirlei Santos
 
Projeto de Leitura - " Vidas Secas"
Projeto de Leitura - " Vidas Secas"Projeto de Leitura - " Vidas Secas"
Projeto de Leitura - " Vidas Secas"
Cirlei Santos
 

Mais de Cirlei Santos (20)

Coletiva 14.07.2021 - Bolsa Do Povo Educação
Coletiva 14.07.2021 -  Bolsa Do Povo Educação Coletiva 14.07.2021 -  Bolsa Do Povo Educação
Coletiva 14.07.2021 - Bolsa Do Povo Educação
 
Vernissage - Messias de Cara Nova
Vernissage  - Messias de Cara NovaVernissage  - Messias de Cara Nova
Vernissage - Messias de Cara Nova
 
Homenagem a Aposentadoria de Colega de Trabalho
Homenagem a Aposentadoria de Colega de TrabalhoHomenagem a Aposentadoria de Colega de Trabalho
Homenagem a Aposentadoria de Colega de Trabalho
 
Projeto de Conservação do Patrimônio Escolar
Projeto de Conservação do Patrimônio EscolarProjeto de Conservação do Patrimônio Escolar
Projeto de Conservação do Patrimônio Escolar
 
GRÊMIO ESTUDANTIL - E. E. PROF. MESSIAS FREIRE
GRÊMIO ESTUDANTIL - E. E. PROF. MESSIAS FREIREGRÊMIO ESTUDANTIL - E. E. PROF. MESSIAS FREIRE
GRÊMIO ESTUDANTIL - E. E. PROF. MESSIAS FREIRE
 
Bullying - Combata o Bullying Com Amor
Bullying - Combata o Bullying Com AmorBullying - Combata o Bullying Com Amor
Bullying - Combata o Bullying Com Amor
 
Mitologia - Mito em Busca de Resposta
Mitologia - Mito em Busca de RespostaMitologia - Mito em Busca de Resposta
Mitologia - Mito em Busca de Resposta
 
Estágio - Cirlei Santos
Estágio - Cirlei SantosEstágio - Cirlei Santos
Estágio - Cirlei Santos
 
Tcc - Escola e Família - Parceria Necessária
Tcc - Escola e Família -  Parceria NecessáriaTcc - Escola e Família -  Parceria Necessária
Tcc - Escola e Família - Parceria Necessária
 
Projeto Páscoa - Sala de Litura E.E. Professor Messias Freire
Projeto Páscoa - Sala de Litura E.E. Professor Messias FreireProjeto Páscoa - Sala de Litura E.E. Professor Messias Freire
Projeto Páscoa - Sala de Litura E.E. Professor Messias Freire
 
Pecha Kucha - Superação Jovem - E. E. Professor Messias Freire
Pecha Kucha - Superação Jovem - E. E. Professor Messias FreirePecha Kucha - Superação Jovem - E. E. Professor Messias Freire
Pecha Kucha - Superação Jovem - E. E. Professor Messias Freire
 
Jornal da Sala de Leitura Prof. messias freire
Jornal da Sala de Leitura Prof. messias freire Jornal da Sala de Leitura Prof. messias freire
Jornal da Sala de Leitura Prof. messias freire
 
Projeto de Incentivo a Leitura
Projeto de Incentivo a LeituraProjeto de Incentivo a Leitura
Projeto de Incentivo a Leitura
 
Fulecos copa do mundo
Fulecos copa do mundoFulecos copa do mundo
Fulecos copa do mundo
 
Jornal - E. E. Messias Freire
Jornal - E. E. Messias FreireJornal - E. E. Messias Freire
Jornal - E. E. Messias Freire
 
Projeto dia das mães - E. E. Prof Messias Freire
Projeto dia das mães - E. E. Prof Messias FreireProjeto dia das mães - E. E. Prof Messias Freire
Projeto dia das mães - E. E. Prof Messias Freire
 
Projeto Consciência Negra 2013 - Parte 3 - E.E. Prof. Messias Freire
Projeto  Consciência Negra 2013 - Parte 3 - E.E. Prof. Messias FreireProjeto  Consciência Negra 2013 - Parte 3 - E.E. Prof. Messias Freire
Projeto Consciência Negra 2013 - Parte 3 - E.E. Prof. Messias Freire
 
Projeto Consciência Negra 2013 - Parte 2 - E.E. Prof. Messias Freire
Projeto  Consciência Negra 2013 - Parte 2 - E.E. Prof. Messias FreireProjeto  Consciência Negra 2013 - Parte 2 - E.E. Prof. Messias Freire
Projeto Consciência Negra 2013 - Parte 2 - E.E. Prof. Messias Freire
 
Projeto Consciência Negra 2013 - Parte 1 - E.E. Prof Messias Freire
Projeto  Consciência Negra 2013 - Parte 1 - E.E. Prof Messias FreireProjeto  Consciência Negra 2013 - Parte 1 - E.E. Prof Messias Freire
Projeto Consciência Negra 2013 - Parte 1 - E.E. Prof Messias Freire
 
Projeto de Leitura - " Vidas Secas"
Projeto de Leitura - " Vidas Secas"Projeto de Leitura - " Vidas Secas"
Projeto de Leitura - " Vidas Secas"
 

Sala de leitura 2012 e.e. messias freire.primeiro bimestre

  • 1. E. E. Prof. Messias Freire
  • 4. Sobre a Escrita... Clarice Lispector Meu Deus do céu, não tenho nada a dizer. O som de minha máquina é macio. Que é que eu posso escrever? Como recomeçar a anotar frases? A palavra é o meu meio de comunicação. Eu só poderia amá-la. Eu jogo com elas como se lançam dados: acaso e fatalidade. A palavra é tão forte que atravessa a barreira do som. Cada palavra é uma ideia. Cada palavra materializa o espírito. Quanto mais palavras eu conheço, mais sou capaz de pensar o meu sentimento. Devemos modelar nossas palavras até se tornarem o mais fino invólucro dos nossos pensamentos. Sempre achei que o traço de um escultor é identificável por um extrema simplicidade de linhas. Todas as palavras que digo - é por esconderem outras palavras. Qual é mesmo a palavra secreta? Não sei é porque a ouso? Não sei porque não ouso dizê-la? Sinto que existe uma palavra, talvez unicamente uma, que não pode e não deve ser pronunciada. Parece-me que todo o resto não é proibido. Mas acontece que eu quero é exatamente me unir a essa palavra proibida. Ou será? Se eu encontrar essa palavra, só a direi em boca fechada, para mim mesma, senão corro o risco de virar alma perdida por toda a eternidade. Os que inventaram o Velho Testamento sabiam que existia uma fruta proibida. As palavras é que me impedem de dizer a verdade. Simplesmente não há palavras. O que não sei dizer é mais importante do que o que eu digo. Acho que o som da música é imprescindível para o ser humano e que o uso da palavra falada e escrita são
  • 5. como a música, duas coisas das mais altas que nos elevam do reino dos macacos, do reino animal, e mineral e vegetal também. Sim, mas é a sorte às vezes. Sempre quis atingir através da palavra alguma coisa que fosse ao mesmo tempo sem moeda e que fosse e transmitisse tranquilidade ou simplesmente a verdade mais profunda existente no ser humano e nas coisas. Cada vez mais eu escrevo com menos palavras. Meu livro melhor acontecerá quando eu de todo não escrever. Eu tenho uma falta de assunto essencial. Todo homem tem sina obscura de pensamento que pode ser o de um crepúsculo e pode ser uma aurora. Simplesmente as palavras do homem. Texto extraído do site "Sobrado".
  • 8. APRESENTAÇÃO A criança que lê, desenvolve muito o senso crítico e melhora o modo de como ela escreve. Nós devemos demonstrar para nossos alunos que a leitura é algo natural, fácil e prazeroso, como algo que não exige esforço nem envolve dificuldades. A possibilidade de convívio com os livros deve extrapolar as paredes da sala de aula e o desenvolvimento sistemático da sua escolarização. Ler é desvendar os mistérios do mundo, sentir prazer e não apenas superar dificuldades, é melhorar sua própria vida, ou ainda, ler para aprender a escrever. Os pais dos nossos alunos, na sua grande maioria, possuem nível muito baixo de instrução. Eles vêm de ambientes onde não existe a prática de leitura, portanto, esse hábito está longe de suas realidades. Mas, nota-se uma forte mobilização familiar, no sentido de assegurar a seus filhos condições para o desenvolvimento de uma escolarização bem sucedida. No que diz respeito à leitura, ela é vista como aquisição de competências, disposições e crenças relacionadas a usos escolares da escrita. É que sendo as famílias dos alunos pouco dotadas de conhecimento, não podendo, assim, elas mesmas transmiti-lo a seus membros, elas são as maiores incentivadoras da leitura, pois concordam que a aprendizagem se inicia com ela. O ideal para o educando seria que seus pais lessem jornais, revistas, livros, para dar a esses atos um aspecto natural, pois, assim, sua identidade social poderia se construir notadamente através deles. Mas sabemos que essa prática não é difundida nos lares dos nossos alunos.
  • 9. JUSTIFICATIVA A Escola Estadual Professor Messias Freire atende alunos, desde o primeiro ano de alfabetização ao Ensino Médio . A escola ainda dispõe de uma sala de Recurso (Sala de Leitura).A escola dispõe de um acervo razoavelmente grande de livros para todas as idades, dos quais ficam guardados na sala de leitura, de modo que facilita o acesso livremente do aluno aos livros. Todos os livros são catalogados, desta forma, não há preocupação de controle de empréstimo. O aluno faz o empréstimo, podendo o mesmo ficar com o livro por até uma semana.Todo início do ano será feito uma divulgação do “Me leva que vou, mas volto feliz”, estimulando e motivando os alunos o gosto pela leitura. Ler é brincar, é viajar pela imaginação sem sair de nenhum lugar ou indo a todos os lugares, ler é devaneio, é amor, é nostalgia, ler é sonhar, sonhar acordado e, até sonhar dormindo com as histórias que leio acordado…Este projeto, visa também buscar a co-responsabilidade da família, na medida em que, em casa, os pais, mesmo aqueles que não tem acesso ao letramento, pode incentivar os filhos à responsabilidade pelo zelo do livro e incentivo à leitura.Este projeto é mais um subsídio que pretende possibilitar aos alunos a superação das suas dificuldades de domínio na leitura.Ao inserir o 1º ano de alfabetização neste contexto, espera-se que a criança, ainda que não tenha o domínio da leitura, possa contextualizar a língua escrita, através de seus usos, mesmo que representada simbolicamente através de desenhos, dando-lhe oportunidades de oferecer os mais variados tipos de leituras. Desta forma, a escola entende que está contribuindo para que a criança evolua intelectualmente e está formando de forma sistemática um cidadão mais crítico e criativo, possibilitando condições igualitárias de democratização do pleno direito de escolarização e cidadania.
  • 10. OBJETIVO GERAL •Promover o acesso sistemático a uma grande variedade de títulos, desenvolvendo nos educandos a competência leitora. OBJETIVOS ESPECÍFICOS •Incentivar o hábito da leitura e estimular a criatividade; •Formar novos leitores, desenvolvendo atividades que buscam o gosto pela Leitura; •Desenvolver a capacidade de refletir e posicionar-se sobre o livro lido; •Estimular a produção textual; •Oferecer livros dissociados da obrigatoriedade e ou castigo; •Integrar os pais, alunos e comunidade escolar no processo de valorização da leitura. DESENVOLVIMENTO Quando lemos um livro, além de nos divertirmos, também tentamos entender a ideia do autor, através de uma análise de sua obra. Ele nos diz o porquê, o quando e o como da história. A metodologia que pretendemos adotar será através da análise da obra literária, seguindo os seguintes passos: •Identificando o livro: título, autor, ilustrador, editora, edição, biografia do autor (a), (como atividade de pesquisa); •Estrutura da obra: resumo, personagens, local, época, estilo; •E, por último, a conclusão que é a opinião do aluno-leitor sobre o livro. Para isso, vai ser utilizada uma ficha literária, onde nela constarão os dados da análise da obra, pois desta forma, pode-se verificar se o aluno lê o livro, bem como avaliar sua aprendizagem. Os recursos materiais utilizados serão os livros e os recursos humanos, os alunos, pais e comunidade escolar. Será feito um trabalho de sensibilização com os alunos, para que os mesmos tenham zelo com uso dos livros. Os empréstimos dos livros serão durante todo ano letivo.
  • 11. O aluno leitor deverá se tornar sócio do “Me leva que eu vou, mas volto feliz”, e para isso vai ser necessário adquirir uma carteirinha de sócio (o mesmo irá se sentir valorizado, importante com essa ideia), nesta carteirinha vai conter sua identificação, contendo também sua fotografia. Os pais serão informados através de uma carta dos motivos pelos quais os seus filhos estão levando os livros, para que os mesmos incentivem os à leitura, bem como ao zelo pelo material em aquisição. Faremos o possível para conhecermos e visitarmos uma editora. AVALIAÇÃO A avaliação dar-se-á através de: Releituras em sala de aula; Acompanhamento da ficha literária; Interpretações de textos; Produções de textos; Melhora no desenvolvimento escolar do aluno; Análise da obra literária; Participação e mais interesse dos alunos pelas atividades de leitura, produção de textos e de literatura ; Promoção de concurso para os alunos leitores por meio de painéis na escola, onde se registram os alunos que mais leem dentro e fora da escola. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ALVES, Rubem Azevedo. Estórias de quem gosta de ensinar. 17ª ed. – São Paulo. Cortez, 1994. FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler. 41ª ed. São Paulo, Cortez, 2001. HOFFMANN, Jussara. Avaliação: mito e desafio: uma perspectiva construtivista. 37ª ed. Porto
  • 12. Autor: TELMA DIAS DE OLIVEIRA Observação: Projeto adaptado as necessidades da E. E. Prof. Messias Freire pela a Professora Cirlei Aparecida dos Santos "Não é fácil escrever. É duro como quebrar rochas." Clarice Lispector.
  • 18. Projeto Sala de Leitura Professor (a): Martinha - Série/Ano: ¨6ª - Data: 29/05 – Coordenador (a): Márcia APRESENTAÇÃO: Histórias de Tristão e do Rei Marcos já eram conhecidas desde o século VII. No entanto, somente no século XII é que surge o romance (na forma de várias versões escritas), baseadas num hipotético texto original do qual jamais encontramos qualquer rastro. (Livro e filme) OBJETIVO GERAL: Estimular o jovem a pensar, comparar, interagir e adquirir interesse pela leitura. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: Levar aos educandos o prazer de ler romances, desenvolver a atenção através do audiovisual e da linguagem oral, reprodução oral e escrita , interação e o desenvolvimento do senso crítico. JUSTIFICATIVA: A necessidade de desenvolver o gosto pela leitura nos educandos. ESTRATÉGIA: Os alunos leem , assistem a história e a reproduzem através da linguagem oral e escrita.
  • 22. Resumo do Mês de Março de 2012 •Total de Livros emprestados – 465 •Livro Mais lido – Tristão e Isolda •Sala Campeã em Empréstimo - 6ª D •Sala que mais entregou em dia - 6ª D •Visitantes do mês: Lucas Mateus - 7ª D Ariane Tomas - 3ª A •Leitores do mês: Isaque Faria - 6ª A Evelin Machado - 3ª A
  • 23. Empréstimo 1°Bimestre 3 4 T S M 1 2 1º A F 0 6 31 37 1ºB É 0 0 66 66 1ºC R 0 0 81 81 1º D I 0 18 79 97 1º E A 0 0 31 31 2º A S 0 11 34 45 2ºB 0 19 23 42 2ºC E 0 33 67 100 2ºD S 0 1 23 24 2ºE C 0 4 67 71 3ºA O 0 27 31 58 3ºB L 0 15 20 35 3ºC A 0 9 44 53 4ºA R 0 9 40 49 4ºB E 0 6 19 25 4ªA S 0 14 37 51 4ªB 0 8 38 46 4ªC 0 8 12 20 4ªD 0 4 4 8 TOTAL 0 192 747 939
  • 24. Estatística - Empréstimo de Livros 1º Bimestre - Ciclo I 120 100 80 60 40 20 0 4ªB 1ºB 2ºB 3ºB 4ºB 4ªD 1º D 2ºD 4ªA 1º A 2º A 3ºA 4ºA 4ªC 1ºC 1º E 2ºC 2ºE 3ºC
  • 25. Empréstimo 1°Bimestre 3 4 T S M 1 2 5ªA F 0 17 28 45 5ªB É 0 17 57 74 5ªC R 0 15 42 57 6ªA I 0 32 43 75 6ªB A 0 24 100 124 6ªC S 0 20 52 72 6ªD 0 46 43 89 6ªE E 0 28 37 65 6ªF S 0 18 39 57 7ªA C 0 7 9 16 7ªB O 0 3 6 9 7ªC L 0 7 38 45 7ªD A 0 6 12 18 7ªE R 0 0 8 8 8ªA E 0 2 9 11 8ªB S 0 3 8 11 8ªC 0 1 8 9 8ªD 0 0 0 0 Total 0 246 539 785
  • 26. Estatística - Empréstimo de Livros 1º Bimestre - Ciclo II 140 120 100 80 60 40 20 0 5ªA 6ªA 8ªA 7ªA 6ªF 5ªC 6ªC 6ªE 7ªC 7ªE 8ªC 5ªB 6ªB 7ªB 8ªB 6ªD 7ªD 8ªD
  • 27. Empréstimo 1°Bimestre 3 4 T S M 1 2 1ºA F 0 2 11 13 1ºB É 0 1 0 1 1ºC R 0 1 1 2 1ºD I 0 0 0 0 2ºA A 0 6 7 13 2ºB S 0 1 4 5 2ºC 0 0 1 1 2ºD E 0 4 6 10 3ºA S 0 0 2 2 3ºB C 0 1 2 3 3ºC O 0 2 1 3 1ºTA L 0 0 0 0 1ºTB A 0 0 0 0 1°TC R 0 0 1 1 1°TD E 0 0 0 0 0 2 2 2ºTA S 0 9 6 15 3ºTA 0 27 44 71 Total 0
  • 28. Estatística -Empréstimo de Livros 1º Bimestre - Ensino Médio e Eja 16 14 12 10 8 6 4 2 0 1ºA 2ºA 1ºC 2ºC 3ºA 3ºC 1ºTB 1ºB 2ºB 3ºB 1ºTA 2ºTA 3ºTA 1ºD 2ºD 1°TC 1°TD
  • 29. Empréstimo 1°Bimestre 3 4 T S M 1 2 0 192 747 939 C-I 246 539 785 C-II 0 27 44 71 M/EJA 0 465 1330 1795 Total 0
  • 30. Estatística - Empréstimo de Livros 1º Bimestre - CI - CII - M/EJA 1800 1600 1400 1200 1000 800 600 400 200 0 C-I C-II M/EJA Total