SlideShare uma empresa Scribd logo
Roteiro homilético do domingo de ramos e da paixão do senhor – ano b – vermelho – 29.03.2015 (1)
Hosana e Cruz
Com o Domingo de
Ramos começamos
a Semana Santa.
Somos convidados
a contemplar
o grande amor
de Deus, que desceu
ao nosso encontro,
partilhou a nossa
humanidade,
fez-se homem,
deixou-se matar
pela nossa salvação.
É uma oportunidade
para reviver
os mistérios centrais
da Redenção.
A Liturgia lembra DOIS FATOS:
- A Entrada Triunfal de Jesus em Jerusalém montado num jumento.
O povo o reconhece como Salvador e o aclama alegre... (Jo 12,12-16)
- O Começo da Semana Santa,
com a leitura da Paixão de Jesus Cristo, segundo São Marcos...
(Mc 14,1-15,47)
* Dois momentos da vida de Cristo: O Triunfo e a Humilhação...
Ao longo dessa Semana Santa, teremos a oportunidade de ler
as 4 narrativas da Paixão de Jesus Cristo.
Desejo aprofundar aspectos específicos da narrativa de MARCOS.
É a primeira, a mais antiga (± 65 dC) : a mais breve e dramática...
É a que mantém uma ordem cronológica mais exata...
+ Introdução: Marcos introduz com duas referências à CEIA:
- A ceia de Betânia, na casa de Simão, na qual Jesus é ungido
por uma mulher. O gesto generoso da Mulher contrasta
com a atitude egoísta e traidora de Judas.
- A Ceia Pascal com os discípulos.
1. Jesus mantém um
SILÊNCIO solene e digno,
aceitando o caminho da cruz.
Não reage diante do beijo
de Judas e ao gesto violento
de Pedro.
É a atitude de quem sabe
que o Pai lhe confiou
uma missão e está decidido
a cumprir essa missão,
custe o que custar.
- No tribunal,
quando acusado,
Jesus manteve silêncio.
Mas quando perguntado
se era o Messias,
reponde prontamente:
"Sim, eu sou", e só.
Durante o processo:
nenhuma palavra.
2. Jesus é o FILHO DE DEUS, que veio ao encontro dos homens
para lhes apresentar uma proposta de Salvação.
É o que Jesus responde ao Sumo Sacerdote: "Eu sou"
e o que o Centurião afirma aos pés da cruz:
"Verdadeiramente esse homem era Filho de Deus".
É o ponto culminante da narrativa de Marcos,
que no seu evangelho procura responder: "Quem é Jesus?"
A resposta (a descoberta) não foi feita por um apóstolo,
nem mesmo por um discípulo, mas por um pagão.
3. Jesus é também HOMEM
e partilha da fragilidade e debilidade da natureza humana:
No Jardim, antes de ser preso, "começa a sentir grande pavor
e angústia". Mostra-nos um Jesus muito humano...
muito próximo de nossas fraquezas.
4. Sublinha a Solidão de Cristo: Abandonado pelos discípulos,
escarnecido pela multidão, condenado pelos líderes,
torturado pelos soldados, Jesus percorre na solidão,
no abandono, na indiferença de todos o seu caminho de morte.
Só Marcos faz questão de sublinhar que Jesus se sentiu
completamente só, abandonado por todos, até pelo Pai:
"Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?"
5. Fato curioso: Um jovem o seguia, coberto somente de um lençol.
Quando os soldados tentaram agarrá-lo, livrou-se da roupa e fugiu
despido. É possível que esse jovem fosse o próprio Marcos.
Foi a atitude dos discípulos que, desiludidos e amedrontados,
largaram tudo, quando viram o seu líder ser preso e fugiram sem
olhar para trás.
6. Atitude "corajosa" de José de Arimatéia em pedir à autoridade,
que o condenou, a autorização para sepultar Jesus .
7. "ABBA": Pai:
Essa palavra somente Marcos a coloca nos lábios de Jesus,
exatamente na hora mais dramática da sua vida....
9. Mulheres seguem, servem e sobem com ele a Jerusalém...
Marcos salienta a presença das mulheres que seguem
e servem Jesus na Galiléia e em Jerusalém, ao pé da cruz.
* Elas são o modelo para os outros discípulos que tinham fugido.
Os RAMOS, que carregamos com alegria e entusiasmo nas mãos
e que levamos com devoção para nossas casas,
são o sinal de um povo, que aclama o seu Rei
e o reconhece como Senhor que salva e liberta.
Devem ser o Sinal do compromisso
de quem deseja viver intensamente essa Semana Santa.
- Não basta apenas aclamar o Cristo em momentos de entusiasmo
e depois crucificá-lo na rotina de todos os dias.
- Que o Lava-pés nos motive
a limpar o coração com a água
purificadora da Penitência e
a nos pôr a serviço dos irmãos.
- Que a Ceia do Senhor nos faça
valorizar a presença permanente
de Cristo em nosso meio
na Eucaristia e seja o alimento
constante em nossa caminhada.
- Que o Getsêmani nos anime
a fazer a vontade do Pai,
mesmo pelos caminhos
do sofrimento e da cruz.
- Que o Túmulo silencioso
seja o nosso "deserto"
para escutar mais forte a voz
de Deus e um estímulo
para remover todas as pedras
que mantém ainda trancado
o Cristo dentro do túmulo
do nosso coração.
Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS - 29.03.2015
- Que a Vigília Pascal reanime nossa Esperança
nas promessas do Senhor, enquanto aguardamos a sua vinda.
- Assim esta Semana será realmente santa
e a PÁSCOA acontecerá em nós.
Cristo realmente venceu as trevas do pecado e da morte.
Aleluia!
MEU DOMINGO
Com a Palavra de Deus
Meditada por: Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS
Ilustração: Nelso Geraldo Ferronatto
Música: Os filhos dos hebreus
Versão e M.: Reginaldo Veloso
CD: Hinário da CNBB - Liturgia XIII
Acesse o Endereço: http://www.buscandonovasaguas.com
https://www.youtube.com/user/MeuDomingo/videos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Acontecimientos antes del fin
Acontecimientos antes del finAcontecimientos antes del fin
Acontecimientos antes del fin
Efrain E. Castillo
 
O que é avivamento? - C. H. Spurgeon
O que é avivamento? - C. H. SpurgeonO que é avivamento? - C. H. Spurgeon
O que é avivamento? - C. H. Spurgeon
Igreja Vitória
 
Descubra su proposito y su llamado en dios
Descubra su proposito y su llamado en diosDescubra su proposito y su llamado en dios
Descubra su proposito y su llamado en dios
Victor Castro
 
Keluarga Yang Kuat Melahirkan Pribadi Yang Kuat
Keluarga Yang Kuat  Melahirkan Pribadi Yang KuatKeluarga Yang Kuat  Melahirkan Pribadi Yang Kuat
Keluarga Yang Kuat Melahirkan Pribadi Yang Kuat
Sabam Sitinjak
 
Pak kelas8 bahan bab5 uh1 sm2 dave
Pak kelas8 bahan bab5 uh1 sm2 davePak kelas8 bahan bab5 uh1 sm2 dave
Pak kelas8 bahan bab5 uh1 sm2 dave
Dave Alexius Inkiriwang
 
La importancia de la escuela dominical
La importancia de la escuela dominicalLa importancia de la escuela dominical
La importancia de la escuela dominical
Arquitecto
 
Lumen gentium
Lumen gentiumLumen gentium
Lumen gentium
JaimarRomero
 
Studi Alkitab Digital "SMART Church".pdf
Studi Alkitab Digital "SMART Church".pdfStudi Alkitab Digital "SMART Church".pdf
Studi Alkitab Digital "SMART Church".pdf
SABDA
 
Pel 14 Yesus Sang Pendoa (kelas vii)
Pel 14 Yesus Sang Pendoa (kelas vii)Pel 14 Yesus Sang Pendoa (kelas vii)
Pel 14 Yesus Sang Pendoa (kelas vii)
Kornelis Ruben
 
Como celebrar um casamento evangélico
Como celebrar um casamento evangélicoComo celebrar um casamento evangélico
Como celebrar um casamento evangélico
Sabrynnamonter
 
TEMA-1-AMOR-DEL-PADRE.pptx.ppt
TEMA-1-AMOR-DEL-PADRE.pptx.pptTEMA-1-AMOR-DEL-PADRE.pptx.ppt
TEMA-1-AMOR-DEL-PADRE.pptx.ppt
EduarNuez4
 
Jesús y el ministerio educativo (Parte I)
Jesús y el ministerio educativo (Parte I)Jesús y el ministerio educativo (Parte I)
Jesús y el ministerio educativo (Parte I)
Dr. Juan R. Mejias-Ortiz
 
Catequese Familiar
Catequese FamiliarCatequese Familiar
Catequese Familiar
Lucas Cunha
 
Una iglesia-saludable-resumido-web
Una iglesia-saludable-resumido-webUna iglesia-saludable-resumido-web
Una iglesia-saludable-resumido-web
Mabel Daniela Beltran
 
Bautismo del espiritu santo
Bautismo del espiritu santoBautismo del espiritu santo
Bautismo del espiritu santo
Octavio Buitrago
 
Haciendo discípulos con Jesús - El camino del discipulado
Haciendo discípulos con Jesús - El camino del discipuladoHaciendo discípulos con Jesús - El camino del discipulado
Haciendo discípulos con Jesús - El camino del discipulado
Comunión de Gracia
 
La Predicación de los Puritanos un ejemplo a seguir
La Predicación de los Puritanos un ejemplo a seguirLa Predicación de los Puritanos un ejemplo a seguir
La Predicación de los Puritanos un ejemplo a seguir
pregonerodejusticia2
 
The Process of Discipleship
The Process of DiscipleshipThe Process of Discipleship
The Process of Discipleship
Togar Sianturi
 
EL CRISTO DE LOS CUATRO EVANGELIOS.pdf
EL CRISTO DE LOS CUATRO EVANGELIOS.pdfEL CRISTO DE LOS CUATRO EVANGELIOS.pdf
EL CRISTO DE LOS CUATRO EVANGELIOS.pdf
Esteicymanrique1
 
Tema los 7 requisitos de un servidor de Dios
Tema los 7 requisitos de un servidor de DiosTema los 7 requisitos de un servidor de Dios
Tema los 7 requisitos de un servidor de Dios
Seferino Huesias Rmirez
 

Mais procurados (20)

Acontecimientos antes del fin
Acontecimientos antes del finAcontecimientos antes del fin
Acontecimientos antes del fin
 
O que é avivamento? - C. H. Spurgeon
O que é avivamento? - C. H. SpurgeonO que é avivamento? - C. H. Spurgeon
O que é avivamento? - C. H. Spurgeon
 
Descubra su proposito y su llamado en dios
Descubra su proposito y su llamado en diosDescubra su proposito y su llamado en dios
Descubra su proposito y su llamado en dios
 
Keluarga Yang Kuat Melahirkan Pribadi Yang Kuat
Keluarga Yang Kuat  Melahirkan Pribadi Yang KuatKeluarga Yang Kuat  Melahirkan Pribadi Yang Kuat
Keluarga Yang Kuat Melahirkan Pribadi Yang Kuat
 
Pak kelas8 bahan bab5 uh1 sm2 dave
Pak kelas8 bahan bab5 uh1 sm2 davePak kelas8 bahan bab5 uh1 sm2 dave
Pak kelas8 bahan bab5 uh1 sm2 dave
 
La importancia de la escuela dominical
La importancia de la escuela dominicalLa importancia de la escuela dominical
La importancia de la escuela dominical
 
Lumen gentium
Lumen gentiumLumen gentium
Lumen gentium
 
Studi Alkitab Digital "SMART Church".pdf
Studi Alkitab Digital "SMART Church".pdfStudi Alkitab Digital "SMART Church".pdf
Studi Alkitab Digital "SMART Church".pdf
 
Pel 14 Yesus Sang Pendoa (kelas vii)
Pel 14 Yesus Sang Pendoa (kelas vii)Pel 14 Yesus Sang Pendoa (kelas vii)
Pel 14 Yesus Sang Pendoa (kelas vii)
 
Como celebrar um casamento evangélico
Como celebrar um casamento evangélicoComo celebrar um casamento evangélico
Como celebrar um casamento evangélico
 
TEMA-1-AMOR-DEL-PADRE.pptx.ppt
TEMA-1-AMOR-DEL-PADRE.pptx.pptTEMA-1-AMOR-DEL-PADRE.pptx.ppt
TEMA-1-AMOR-DEL-PADRE.pptx.ppt
 
Jesús y el ministerio educativo (Parte I)
Jesús y el ministerio educativo (Parte I)Jesús y el ministerio educativo (Parte I)
Jesús y el ministerio educativo (Parte I)
 
Catequese Familiar
Catequese FamiliarCatequese Familiar
Catequese Familiar
 
Una iglesia-saludable-resumido-web
Una iglesia-saludable-resumido-webUna iglesia-saludable-resumido-web
Una iglesia-saludable-resumido-web
 
Bautismo del espiritu santo
Bautismo del espiritu santoBautismo del espiritu santo
Bautismo del espiritu santo
 
Haciendo discípulos con Jesús - El camino del discipulado
Haciendo discípulos con Jesús - El camino del discipuladoHaciendo discípulos con Jesús - El camino del discipulado
Haciendo discípulos con Jesús - El camino del discipulado
 
La Predicación de los Puritanos un ejemplo a seguir
La Predicación de los Puritanos un ejemplo a seguirLa Predicación de los Puritanos un ejemplo a seguir
La Predicación de los Puritanos un ejemplo a seguir
 
The Process of Discipleship
The Process of DiscipleshipThe Process of Discipleship
The Process of Discipleship
 
EL CRISTO DE LOS CUATRO EVANGELIOS.pdf
EL CRISTO DE LOS CUATRO EVANGELIOS.pdfEL CRISTO DE LOS CUATRO EVANGELIOS.pdf
EL CRISTO DE LOS CUATRO EVANGELIOS.pdf
 
Tema los 7 requisitos de un servidor de Dios
Tema los 7 requisitos de un servidor de DiosTema los 7 requisitos de un servidor de Dios
Tema los 7 requisitos de un servidor de Dios
 

Destaque

Roteiro homilético do 4.° domingo da páscoa ano b - 26.04.2015
Roteiro homilético do 4.° domingo da páscoa   ano b - 26.04.2015Roteiro homilético do 4.° domingo da páscoa   ano b - 26.04.2015
Roteiro homilético do 4.° domingo da páscoa ano b - 26.04.2015
José Luiz Silva Pinto
 
C1223 sinais do_reino
C1223 sinais do_reinoC1223 sinais do_reino
C1223 sinais do_reino
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano cRoteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano c
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 11.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 11.º domingo do tempo comum – ano cRoteiro homilético do 11.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 11.º domingo do tempo comum – ano c
José Luiz Silva Pinto
 
Xxxiv domingo do tempo comum ano b rei do universo
Xxxiv domingo do tempo comum   ano b  rei do universoXxxiv domingo do tempo comum   ano b  rei do universo
Xxxiv domingo do tempo comum ano b rei do universo
José Luiz Silva Pinto
 
Agenda pastoral diocesana
Agenda pastoral diocesanaAgenda pastoral diocesana
Agenda pastoral diocesana
José Luiz Silva Pinto
 
C1214 a voz_de_deus
C1214 a voz_de_deusC1214 a voz_de_deus
C1214 a voz_de_deus
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do natal missa da noite 251212
Roteiro homilético do natal missa da noite 251212Roteiro homilético do natal missa da noite 251212
Roteiro homilético do natal missa da noite 251212
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético da festa da sagrada família ano c
Roteiro homilético da festa da sagrada família ano cRoteiro homilético da festa da sagrada família ano c
Roteiro homilético da festa da sagrada família ano c
José Luiz Silva Pinto
 
C1220 assuncao
C1220 assuncaoC1220 assuncao
C1220 assuncao
José Luiz Silva Pinto
 
P1207 ide e_anunciai
P1207 ide e_anunciaiP1207 ide e_anunciai
P1207 ide e_anunciai
José Luiz Silva Pinto
 
Jmj setor são francisco de assis em 29.01.13
Jmj setor são francisco de assis em 29.01.13Jmj setor são francisco de assis em 29.01.13
Jmj setor são francisco de assis em 29.01.13
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 3.º domingo da páscoa ano c.
Roteiro homilético do 3.º domingo da páscoa   ano c.Roteiro homilético do 3.º domingo da páscoa   ano c.
Roteiro homilético do 3.º domingo da páscoa ano c.
José Luiz Silva Pinto
 
P1204 bom pastor
P1204 bom pastorP1204 bom pastor
P1204 bom pastor
José Luiz Silva Pinto
 
C1225 o maior
C1225 o maiorC1225 o maior
C1225 o maior
José Luiz Silva Pinto
 
P1309 trindade
P1309 trindadeP1309 trindade
P1309 trindade
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 3.º domingo da quaresma ano c (1)
Roteiro homilético do 3.º domingo da quaresma   ano c (1)Roteiro homilético do 3.º domingo da quaresma   ano c (1)
Roteiro homilético do 3.º domingo da quaresma ano c (1)
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 3.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 3.º domingo do tempo comum – ano cRoteiro homilético do 3.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 3.º domingo do tempo comum – ano c
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homiléticodo 18.º domingo do tempo comum ano c (1)
Roteiro homiléticodo 18.º domingo do tempo comum   ano c (1)Roteiro homiléticodo 18.º domingo do tempo comum   ano c (1)
Roteiro homiléticodo 18.º domingo do tempo comum ano c (1)
José Luiz Silva Pinto
 
C1215 a missao
C1215 a missaoC1215 a missao
C1215 a missao
José Luiz Silva Pinto
 

Destaque (20)

Roteiro homilético do 4.° domingo da páscoa ano b - 26.04.2015
Roteiro homilético do 4.° domingo da páscoa   ano b - 26.04.2015Roteiro homilético do 4.° domingo da páscoa   ano b - 26.04.2015
Roteiro homilético do 4.° domingo da páscoa ano b - 26.04.2015
 
C1223 sinais do_reino
C1223 sinais do_reinoC1223 sinais do_reino
C1223 sinais do_reino
 
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano cRoteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano c
 
Roteiro homilético do 11.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 11.º domingo do tempo comum – ano cRoteiro homilético do 11.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 11.º domingo do tempo comum – ano c
 
Xxxiv domingo do tempo comum ano b rei do universo
Xxxiv domingo do tempo comum   ano b  rei do universoXxxiv domingo do tempo comum   ano b  rei do universo
Xxxiv domingo do tempo comum ano b rei do universo
 
Agenda pastoral diocesana
Agenda pastoral diocesanaAgenda pastoral diocesana
Agenda pastoral diocesana
 
C1214 a voz_de_deus
C1214 a voz_de_deusC1214 a voz_de_deus
C1214 a voz_de_deus
 
Roteiro homilético do natal missa da noite 251212
Roteiro homilético do natal missa da noite 251212Roteiro homilético do natal missa da noite 251212
Roteiro homilético do natal missa da noite 251212
 
Roteiro homilético da festa da sagrada família ano c
Roteiro homilético da festa da sagrada família ano cRoteiro homilético da festa da sagrada família ano c
Roteiro homilético da festa da sagrada família ano c
 
C1220 assuncao
C1220 assuncaoC1220 assuncao
C1220 assuncao
 
P1207 ide e_anunciai
P1207 ide e_anunciaiP1207 ide e_anunciai
P1207 ide e_anunciai
 
Jmj setor são francisco de assis em 29.01.13
Jmj setor são francisco de assis em 29.01.13Jmj setor são francisco de assis em 29.01.13
Jmj setor são francisco de assis em 29.01.13
 
Roteiro homilético do 3.º domingo da páscoa ano c.
Roteiro homilético do 3.º domingo da páscoa   ano c.Roteiro homilético do 3.º domingo da páscoa   ano c.
Roteiro homilético do 3.º domingo da páscoa ano c.
 
P1204 bom pastor
P1204 bom pastorP1204 bom pastor
P1204 bom pastor
 
C1225 o maior
C1225 o maiorC1225 o maior
C1225 o maior
 
P1309 trindade
P1309 trindadeP1309 trindade
P1309 trindade
 
Roteiro homilético do 3.º domingo da quaresma ano c (1)
Roteiro homilético do 3.º domingo da quaresma   ano c (1)Roteiro homilético do 3.º domingo da quaresma   ano c (1)
Roteiro homilético do 3.º domingo da quaresma ano c (1)
 
Roteiro homilético do 3.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 3.º domingo do tempo comum – ano cRoteiro homilético do 3.º domingo do tempo comum – ano c
Roteiro homilético do 3.º domingo do tempo comum – ano c
 
Roteiro homiléticodo 18.º domingo do tempo comum ano c (1)
Roteiro homiléticodo 18.º domingo do tempo comum   ano c (1)Roteiro homiléticodo 18.º domingo do tempo comum   ano c (1)
Roteiro homiléticodo 18.º domingo do tempo comum ano c (1)
 
C1215 a missao
C1215 a missaoC1215 a missao
C1215 a missao
 

Semelhante a Roteiro homilético do domingo de ramos e da paixão do senhor – ano b – vermelho – 29.03.2015 (1)

Domingo de Ramos
Domingo de RamosDomingo de Ramos
Domingo de Ramos
pr_afsalbergaria
 
Ramos
RamosRamos
Semana santa ramos_repassando
Semana santa ramos_repassandoSemana santa ramos_repassando
Semana santa ramos_repassando
Ivan Gondim
 
Ss1201 ramos
Ss1201 ramosSs1201 ramos
Documentos do magisterio
Documentos do magisterioDocumentos do magisterio
Documentos do magisterio
JMVSobreiro
 
Documentos magistério
Documentos magistérioDocumentos magistério
Documentos magistério
JMVSobreiro
 
Do Advento ao Presépio: espiritualidade, símbolos e significado
Do Advento ao Presépio: espiritualidade, símbolos e significadoDo Advento ao Presépio: espiritualidade, símbolos e significado
Do Advento ao Presépio: espiritualidade, símbolos e significado
Luis Miranda
 
Seguimento de_jesus (1)
Seguimento de_jesus (1)Seguimento de_jesus (1)
Seguimento de_jesus (1)
pr_afsalbergaria
 
P1303 uma barca
P1303 uma barcaP1303 uma barca
P1303 uma barca
Mauro Moraes
 
P1303 uma barca
P1303 uma barcaP1303 uma barca
P1303 uma barca
Mauro Moraes
 
Carta aos Amigos da Cruz - São Luís de Montfort
Carta aos Amigos da Cruz - São Luís de MontfortCarta aos Amigos da Cruz - São Luís de Montfort
Carta aos Amigos da Cruz - São Luís de Montfort
Complexo_Galaad
 
Ss1301 ramos
Ss1301 ramosSs1301 ramos
Ss1301 ramos
Paroquia Arronches
 
Roteiro homilético do domingo de ramos ano c
Roteiro homilético do domingo de ramos   ano cRoteiro homilético do domingo de ramos   ano c
Roteiro homilético do domingo de ramos ano c
José Luiz Silva Pinto
 
P1303 uma barca
P1303 uma barcaP1303 uma barca
P1303 uma barca
Paroquia Arronches
 
15 chico xavieremmanuel-pauloeestevão
15 chico xavieremmanuel-pauloeestevão15 chico xavieremmanuel-pauloeestevão
15 chico xavieremmanuel-pauloeestevão
Ana Carolina Vieira Chierici
 
Tome a sua cruz
Tome a sua cruzTome a sua cruz
Tome a sua cruz
pr_afsalbergaria
 
Tome a sua cruz
Tome a sua cruzTome a sua cruz
Tome a sua cruz
pr_afsalbergaria
 
01 04 12
01 04 1201 04 12
SEMANA SANTA DE DOMINGO DE RAMOS AO DOMINGO DE PASCOA.doc
SEMANA SANTA DE DOMINGO DE RAMOS AO DOMINGO DE PASCOA.docSEMANA SANTA DE DOMINGO DE RAMOS AO DOMINGO DE PASCOA.doc
SEMANA SANTA DE DOMINGO DE RAMOS AO DOMINGO DE PASCOA.doc
BrgidaAlves1
 
EADE - O Calvário, a Crucificação e a Ressureição de Jesus
EADE - O Calvário, a Crucificação e a Ressureição de JesusEADE - O Calvário, a Crucificação e a Ressureição de Jesus
EADE - O Calvário, a Crucificação e a Ressureição de Jesus
Núcleo de Promoção Humana Vinha de Luz
 

Semelhante a Roteiro homilético do domingo de ramos e da paixão do senhor – ano b – vermelho – 29.03.2015 (1) (20)

Domingo de Ramos
Domingo de RamosDomingo de Ramos
Domingo de Ramos
 
Ramos
RamosRamos
Ramos
 
Semana santa ramos_repassando
Semana santa ramos_repassandoSemana santa ramos_repassando
Semana santa ramos_repassando
 
Ss1201 ramos
Ss1201 ramosSs1201 ramos
Ss1201 ramos
 
Documentos do magisterio
Documentos do magisterioDocumentos do magisterio
Documentos do magisterio
 
Documentos magistério
Documentos magistérioDocumentos magistério
Documentos magistério
 
Do Advento ao Presépio: espiritualidade, símbolos e significado
Do Advento ao Presépio: espiritualidade, símbolos e significadoDo Advento ao Presépio: espiritualidade, símbolos e significado
Do Advento ao Presépio: espiritualidade, símbolos e significado
 
Seguimento de_jesus (1)
Seguimento de_jesus (1)Seguimento de_jesus (1)
Seguimento de_jesus (1)
 
P1303 uma barca
P1303 uma barcaP1303 uma barca
P1303 uma barca
 
P1303 uma barca
P1303 uma barcaP1303 uma barca
P1303 uma barca
 
Carta aos Amigos da Cruz - São Luís de Montfort
Carta aos Amigos da Cruz - São Luís de MontfortCarta aos Amigos da Cruz - São Luís de Montfort
Carta aos Amigos da Cruz - São Luís de Montfort
 
Ss1301 ramos
Ss1301 ramosSs1301 ramos
Ss1301 ramos
 
Roteiro homilético do domingo de ramos ano c
Roteiro homilético do domingo de ramos   ano cRoteiro homilético do domingo de ramos   ano c
Roteiro homilético do domingo de ramos ano c
 
P1303 uma barca
P1303 uma barcaP1303 uma barca
P1303 uma barca
 
15 chico xavieremmanuel-pauloeestevão
15 chico xavieremmanuel-pauloeestevão15 chico xavieremmanuel-pauloeestevão
15 chico xavieremmanuel-pauloeestevão
 
Tome a sua cruz
Tome a sua cruzTome a sua cruz
Tome a sua cruz
 
Tome a sua cruz
Tome a sua cruzTome a sua cruz
Tome a sua cruz
 
01 04 12
01 04 1201 04 12
01 04 12
 
SEMANA SANTA DE DOMINGO DE RAMOS AO DOMINGO DE PASCOA.doc
SEMANA SANTA DE DOMINGO DE RAMOS AO DOMINGO DE PASCOA.docSEMANA SANTA DE DOMINGO DE RAMOS AO DOMINGO DE PASCOA.doc
SEMANA SANTA DE DOMINGO DE RAMOS AO DOMINGO DE PASCOA.doc
 
EADE - O Calvário, a Crucificação e a Ressureição de Jesus
EADE - O Calvário, a Crucificação e a Ressureição de JesusEADE - O Calvário, a Crucificação e a Ressureição de Jesus
EADE - O Calvário, a Crucificação e a Ressureição de Jesus
 

Mais de José Luiz Silva Pinto

Roteiro homilético do 10.º domingo do tempo comum – ano c – verde – 05.06.2016
Roteiro homilético do 10.º domingo do tempo comum – ano c – verde – 05.06.2016Roteiro homilético do 10.º domingo do tempo comum – ano c – verde – 05.06.2016
Roteiro homilético do 10.º domingo do tempo comum – ano c – verde – 05.06.2016
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético solenidade de pentecostes – ano c – vermelho – 15.05.2016
Roteiro homilético  solenidade de pentecostes – ano c – vermelho – 15.05.2016Roteiro homilético  solenidade de pentecostes – ano c – vermelho – 15.05.2016
Roteiro homilético solenidade de pentecostes – ano c – vermelho – 15.05.2016
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do sábado santo vigília solene 26.03.2016
Roteiro homilético do sábado santo vigília solene 26.03.2016Roteiro homilético do sábado santo vigília solene 26.03.2016
Roteiro homilético do sábado santo vigília solene 26.03.2016
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético da sexta feira santa paixão do senhor 25.03.2016
Roteiro homilético da sexta feira santa paixão do senhor 25.03.2016Roteiro homilético da sexta feira santa paixão do senhor 25.03.2016
Roteiro homilético da sexta feira santa paixão do senhor 25.03.2016
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético da quinta feira santa ceia do senhor 24.03.2016
Roteiro homilético da quinta feira santa ceia do senhor 24.03.2016Roteiro homilético da quinta feira santa ceia do senhor 24.03.2016
Roteiro homilético da quinta feira santa ceia do senhor 24.03.2016
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do natal de nosso senhor jesus cristo – missa do dia (1)
Roteiro homilético do natal de nosso senhor jesus cristo – missa do dia (1)Roteiro homilético do natal de nosso senhor jesus cristo – missa do dia (1)
Roteiro homilético do natal de nosso senhor jesus cristo – missa do dia (1)
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do natal de nosso senhor jesus cristo – missa da noite (1)
Roteiro homilético do natal de nosso senhor jesus cristo – missa da noite (1)Roteiro homilético do natal de nosso senhor jesus cristo – missa da noite (1)
Roteiro homilético do natal de nosso senhor jesus cristo – missa da noite (1)
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 34.º domingo t. c. nosso senhor jesus cristo rei do uni...
Roteiro homilético do 34.º domingo t. c. nosso senhor jesus cristo rei do uni...Roteiro homilético do 34.º domingo t. c. nosso senhor jesus cristo rei do uni...
Roteiro homilético do 34.º domingo t. c. nosso senhor jesus cristo rei do uni...
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 32.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.11.201...
Roteiro homilético do 32.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.11.201...Roteiro homilético do 32.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.11.201...
Roteiro homilético do 32.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.11.201...
José Luiz Silva Pinto
 
Leitura orante
Leitura oranteLeitura orante
Leitura orante
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 15.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 12.07.2015
Roteiro homilético do 15.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 12.07.2015Roteiro homilético do 15.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 12.07.2015
Roteiro homilético do 15.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 12.07.2015
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do sagrado coração de jesus – br. – ano b – sexta – 12 de ...
Roteiro homilético do sagrado coração de jesus – br. – ano b – sexta – 12 de ...Roteiro homilético do sagrado coração de jesus – br. – ano b – sexta – 12 de ...
Roteiro homilético do sagrado coração de jesus – br. – ano b – sexta – 12 de ...
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 3.º domingo da quaresma – ano b – roxo – 08.03.2015 (1)
Roteiro homilético do 3.º domingo da quaresma – ano b – roxo – 08.03.2015 (1)Roteiro homilético do 3.º domingo da quaresma – ano b – roxo – 08.03.2015 (1)
Roteiro homilético do 3.º domingo da quaresma – ano b – roxo – 08.03.2015 (1)
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético da quarta feira de cinzas – ano b – roxo – 18.02.2015
Roteiro homilético da quarta feira de cinzas – ano b – roxo – 18.02.2015Roteiro homilético da quarta feira de cinzas – ano b – roxo – 18.02.2015
Roteiro homilético da quarta feira de cinzas – ano b – roxo – 18.02.2015
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.02.2015
Roteiro homilético do  5.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.02.2015Roteiro homilético do  5.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.02.2015
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.02.2015
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.02.2015
Roteiro homilético do  5.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.02.2015Roteiro homilético do  5.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.02.2015
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.02.2015
José Luiz Silva Pinto
 
Roteiro homilético do 4.º domingo do tempo comum – ano b – 01.02.2015
Roteiro homilético do 4.º domingo do tempo comum – ano b – 01.02.2015Roteiro homilético do 4.º domingo do tempo comum – ano b – 01.02.2015
Roteiro homilético do 4.º domingo do tempo comum – ano b – 01.02.2015
José Luiz Silva Pinto
 
advento e natal: Irmã Matilde Ramirez
advento e natal: Irmã Matilde Ramirezadvento e natal: Irmã Matilde Ramirez
advento e natal: Irmã Matilde Ramirez
José Luiz Silva Pinto
 
ADVENTO PARTE 2 Por Irmã Matilde Ramirez
ADVENTO PARTE 2 Por Irmã Matilde RamirezADVENTO PARTE 2 Por Irmã Matilde Ramirez
ADVENTO PARTE 2 Por Irmã Matilde Ramirez
José Luiz Silva Pinto
 

Mais de José Luiz Silva Pinto (20)

Roteiro homilético do 10.º domingo do tempo comum – ano c – verde – 05.06.2016
Roteiro homilético do 10.º domingo do tempo comum – ano c – verde – 05.06.2016Roteiro homilético do 10.º domingo do tempo comum – ano c – verde – 05.06.2016
Roteiro homilético do 10.º domingo do tempo comum – ano c – verde – 05.06.2016
 
Roteiro homilético solenidade de pentecostes – ano c – vermelho – 15.05.2016
Roteiro homilético  solenidade de pentecostes – ano c – vermelho – 15.05.2016Roteiro homilético  solenidade de pentecostes – ano c – vermelho – 15.05.2016
Roteiro homilético solenidade de pentecostes – ano c – vermelho – 15.05.2016
 
Roteiro homilético do sábado santo vigília solene 26.03.2016
Roteiro homilético do sábado santo vigília solene 26.03.2016Roteiro homilético do sábado santo vigília solene 26.03.2016
Roteiro homilético do sábado santo vigília solene 26.03.2016
 
Roteiro homilético da sexta feira santa paixão do senhor 25.03.2016
Roteiro homilético da sexta feira santa paixão do senhor 25.03.2016Roteiro homilético da sexta feira santa paixão do senhor 25.03.2016
Roteiro homilético da sexta feira santa paixão do senhor 25.03.2016
 
Roteiro homilético da quinta feira santa ceia do senhor 24.03.2016
Roteiro homilético da quinta feira santa ceia do senhor 24.03.2016Roteiro homilético da quinta feira santa ceia do senhor 24.03.2016
Roteiro homilético da quinta feira santa ceia do senhor 24.03.2016
 
Roteiro homilético do natal de nosso senhor jesus cristo – missa do dia (1)
Roteiro homilético do natal de nosso senhor jesus cristo – missa do dia (1)Roteiro homilético do natal de nosso senhor jesus cristo – missa do dia (1)
Roteiro homilético do natal de nosso senhor jesus cristo – missa do dia (1)
 
Roteiro homilético do natal de nosso senhor jesus cristo – missa da noite (1)
Roteiro homilético do natal de nosso senhor jesus cristo – missa da noite (1)Roteiro homilético do natal de nosso senhor jesus cristo – missa da noite (1)
Roteiro homilético do natal de nosso senhor jesus cristo – missa da noite (1)
 
Roteiro homilético do 34.º domingo t. c. nosso senhor jesus cristo rei do uni...
Roteiro homilético do 34.º domingo t. c. nosso senhor jesus cristo rei do uni...Roteiro homilético do 34.º domingo t. c. nosso senhor jesus cristo rei do uni...
Roteiro homilético do 34.º domingo t. c. nosso senhor jesus cristo rei do uni...
 
Roteiro homilético do 32.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.11.201...
Roteiro homilético do 32.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.11.201...Roteiro homilético do 32.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.11.201...
Roteiro homilético do 32.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.11.201...
 
Leitura orante
Leitura oranteLeitura orante
Leitura orante
 
Roteiro homilético do 15.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 12.07.2015
Roteiro homilético do 15.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 12.07.2015Roteiro homilético do 15.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 12.07.2015
Roteiro homilético do 15.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 12.07.2015
 
Roteiro homilético do sagrado coração de jesus – br. – ano b – sexta – 12 de ...
Roteiro homilético do sagrado coração de jesus – br. – ano b – sexta – 12 de ...Roteiro homilético do sagrado coração de jesus – br. – ano b – sexta – 12 de ...
Roteiro homilético do sagrado coração de jesus – br. – ano b – sexta – 12 de ...
 
Roteiro homilético do 3.º domingo da quaresma – ano b – roxo – 08.03.2015 (1)
Roteiro homilético do 3.º domingo da quaresma – ano b – roxo – 08.03.2015 (1)Roteiro homilético do 3.º domingo da quaresma – ano b – roxo – 08.03.2015 (1)
Roteiro homilético do 3.º domingo da quaresma – ano b – roxo – 08.03.2015 (1)
 
Roteiro homilético da quarta feira de cinzas – ano b – roxo – 18.02.2015
Roteiro homilético da quarta feira de cinzas – ano b – roxo – 18.02.2015Roteiro homilético da quarta feira de cinzas – ano b – roxo – 18.02.2015
Roteiro homilético da quarta feira de cinzas – ano b – roxo – 18.02.2015
 
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...
Roteiro homilético do 6.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 15.02.2015...
 
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.02.2015
Roteiro homilético do  5.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.02.2015Roteiro homilético do  5.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.02.2015
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.02.2015
 
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.02.2015
Roteiro homilético do  5.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.02.2015Roteiro homilético do  5.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.02.2015
Roteiro homilético do 5.º domingo do tempo comum – ano b – verde – 08.02.2015
 
Roteiro homilético do 4.º domingo do tempo comum – ano b – 01.02.2015
Roteiro homilético do 4.º domingo do tempo comum – ano b – 01.02.2015Roteiro homilético do 4.º domingo do tempo comum – ano b – 01.02.2015
Roteiro homilético do 4.º domingo do tempo comum – ano b – 01.02.2015
 
advento e natal: Irmã Matilde Ramirez
advento e natal: Irmã Matilde Ramirezadvento e natal: Irmã Matilde Ramirez
advento e natal: Irmã Matilde Ramirez
 
ADVENTO PARTE 2 Por Irmã Matilde Ramirez
ADVENTO PARTE 2 Por Irmã Matilde RamirezADVENTO PARTE 2 Por Irmã Matilde Ramirez
ADVENTO PARTE 2 Por Irmã Matilde Ramirez
 

Último

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Ricardo Azevedo
 
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
PIB Penha
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
Nilson Almeida
 
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptxO MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
valneirocha
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
SanturioTacararu
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
AlexandreCarvalho858758
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
nadeclarice
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
DavidBertelli3
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.128 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
PIB Penha
 
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
PIB Penha
 
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
PIB Penha
 
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
PIB Penha
 
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
PIB Penha
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
AntonioMugiba
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
Marta Gomes
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 

Último (20)

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - RevidesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 142 - Revides
 
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
4 - A Influência do Cristão. Mateus 5.16 Da mesma forma, brilhe a luz de você...
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
10 Orações Poderosas Ao Espírito Santo
 
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptxO MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
O MÉTODO DE CRISTO - A DINÂMICA DO TESTEMUNHO.pptx
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.pptEncontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
Encontro ECC - Sacramento Penitência.ppt
 
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptxApresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
Apresentação Transformando-Membros-e-Líderes.pptx
 
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptxBatismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
Batismo CELEBRANDO A NOSSA FÉ BATISMAL.pptx
 
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita RafaelA Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
A Parábola da Figueira Seca - Grupo Espírita Rafael
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.128 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
8 - A Palavra de Honra do Cristão.Versículo-Chave: Tiago 5.12
 
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
6 - O ato de Reconciliação do cristão Versículo-Chave: Mateus 5.22.
 
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são  pe...
2 - O Caráter do Cristão 1."Bem-aventurado aquele cujas transgressões são pe...
 
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
5 - A justiça do cristão. Mateus 5.20 Pois eu digo que, se a justiça de vocês...
 
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
7 - O Casamento Cristão. Mateus 19.6 Assim, eles já não são dois, mas sim uma...
 
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyugcontrole-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
controle-unidade.pptxvvvvggffgfftrddfyug
 
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
1.3 - Criação. Considerações e concordâncias bíblicas no tocante à criação.
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 

Roteiro homilético do domingo de ramos e da paixão do senhor – ano b – vermelho – 29.03.2015 (1)

  • 2. Hosana e Cruz Com o Domingo de Ramos começamos a Semana Santa. Somos convidados a contemplar o grande amor de Deus, que desceu ao nosso encontro, partilhou a nossa humanidade, fez-se homem, deixou-se matar pela nossa salvação. É uma oportunidade para reviver os mistérios centrais da Redenção.
  • 3. A Liturgia lembra DOIS FATOS: - A Entrada Triunfal de Jesus em Jerusalém montado num jumento. O povo o reconhece como Salvador e o aclama alegre... (Jo 12,12-16) - O Começo da Semana Santa, com a leitura da Paixão de Jesus Cristo, segundo São Marcos... (Mc 14,1-15,47) * Dois momentos da vida de Cristo: O Triunfo e a Humilhação... Ao longo dessa Semana Santa, teremos a oportunidade de ler as 4 narrativas da Paixão de Jesus Cristo.
  • 4. Desejo aprofundar aspectos específicos da narrativa de MARCOS. É a primeira, a mais antiga (± 65 dC) : a mais breve e dramática... É a que mantém uma ordem cronológica mais exata... + Introdução: Marcos introduz com duas referências à CEIA: - A ceia de Betânia, na casa de Simão, na qual Jesus é ungido por uma mulher. O gesto generoso da Mulher contrasta com a atitude egoísta e traidora de Judas. - A Ceia Pascal com os discípulos.
  • 5. 1. Jesus mantém um SILÊNCIO solene e digno, aceitando o caminho da cruz. Não reage diante do beijo de Judas e ao gesto violento de Pedro. É a atitude de quem sabe que o Pai lhe confiou uma missão e está decidido a cumprir essa missão, custe o que custar. - No tribunal, quando acusado, Jesus manteve silêncio. Mas quando perguntado se era o Messias, reponde prontamente: "Sim, eu sou", e só. Durante o processo: nenhuma palavra.
  • 6. 2. Jesus é o FILHO DE DEUS, que veio ao encontro dos homens para lhes apresentar uma proposta de Salvação. É o que Jesus responde ao Sumo Sacerdote: "Eu sou" e o que o Centurião afirma aos pés da cruz: "Verdadeiramente esse homem era Filho de Deus". É o ponto culminante da narrativa de Marcos, que no seu evangelho procura responder: "Quem é Jesus?" A resposta (a descoberta) não foi feita por um apóstolo, nem mesmo por um discípulo, mas por um pagão.
  • 7. 3. Jesus é também HOMEM e partilha da fragilidade e debilidade da natureza humana: No Jardim, antes de ser preso, "começa a sentir grande pavor e angústia". Mostra-nos um Jesus muito humano... muito próximo de nossas fraquezas. 4. Sublinha a Solidão de Cristo: Abandonado pelos discípulos, escarnecido pela multidão, condenado pelos líderes, torturado pelos soldados, Jesus percorre na solidão, no abandono, na indiferença de todos o seu caminho de morte. Só Marcos faz questão de sublinhar que Jesus se sentiu completamente só, abandonado por todos, até pelo Pai: "Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?"
  • 8. 5. Fato curioso: Um jovem o seguia, coberto somente de um lençol. Quando os soldados tentaram agarrá-lo, livrou-se da roupa e fugiu despido. É possível que esse jovem fosse o próprio Marcos. Foi a atitude dos discípulos que, desiludidos e amedrontados, largaram tudo, quando viram o seu líder ser preso e fugiram sem olhar para trás. 6. Atitude "corajosa" de José de Arimatéia em pedir à autoridade, que o condenou, a autorização para sepultar Jesus .
  • 9. 7. "ABBA": Pai: Essa palavra somente Marcos a coloca nos lábios de Jesus, exatamente na hora mais dramática da sua vida.... 9. Mulheres seguem, servem e sobem com ele a Jerusalém... Marcos salienta a presença das mulheres que seguem e servem Jesus na Galiléia e em Jerusalém, ao pé da cruz. * Elas são o modelo para os outros discípulos que tinham fugido.
  • 10. Os RAMOS, que carregamos com alegria e entusiasmo nas mãos e que levamos com devoção para nossas casas, são o sinal de um povo, que aclama o seu Rei e o reconhece como Senhor que salva e liberta. Devem ser o Sinal do compromisso de quem deseja viver intensamente essa Semana Santa. - Não basta apenas aclamar o Cristo em momentos de entusiasmo e depois crucificá-lo na rotina de todos os dias.
  • 11. - Que o Lava-pés nos motive a limpar o coração com a água purificadora da Penitência e a nos pôr a serviço dos irmãos. - Que a Ceia do Senhor nos faça valorizar a presença permanente de Cristo em nosso meio na Eucaristia e seja o alimento constante em nossa caminhada. - Que o Getsêmani nos anime a fazer a vontade do Pai, mesmo pelos caminhos do sofrimento e da cruz. - Que o Túmulo silencioso seja o nosso "deserto" para escutar mais forte a voz de Deus e um estímulo para remover todas as pedras que mantém ainda trancado o Cristo dentro do túmulo do nosso coração.
  • 12. Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS - 29.03.2015 - Que a Vigília Pascal reanime nossa Esperança nas promessas do Senhor, enquanto aguardamos a sua vinda. - Assim esta Semana será realmente santa e a PÁSCOA acontecerá em nós. Cristo realmente venceu as trevas do pecado e da morte. Aleluia!
  • 13. MEU DOMINGO Com a Palavra de Deus Meditada por: Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS Ilustração: Nelso Geraldo Ferronatto Música: Os filhos dos hebreus Versão e M.: Reginaldo Veloso CD: Hinário da CNBB - Liturgia XIII Acesse o Endereço: http://www.buscandonovasaguas.com https://www.youtube.com/user/MeuDomingo/videos