SlideShare uma empresa Scribd logo
ROBINSON SHIBA
DO CONSULTÓRIO PARA CHINA IN BOX
HANTER DUARTE - BACHAREL EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO FATEC-PE
DISCIPLINA: ORGANIZAÇÃO EMPRESARIAL E EMPREENDEDORISMO
4º PERÍODO – PROF: HUGO ALBUQUERQUE
QUEM É ROBINSON SHIBA?
Robinson Shiba, paranaense, 49 anos, fundador do China in Box . Há 26 anos, Shiba
largou os consultórios para abrir um tele entrega de comida chinesa inspirado nos
restaurantes que conheceu numa temporada nos Estados Unidos. Hoje ele é dono da
Trend Foods, que faturou 209 milhões de reais no ano de 2010 vendendo comida
oriental e italiana.
Nascido em Maringá, no interior do Paraná. Filho de um dentista e de uma dona de
casa, cursou odontologia, como o pai, mas acabou se tornando empreendedor, como o
avô.
“Quando eu tinha 3 anos, nos mudamos para São Paulo, onde meu avô materno
queria que meu pai fosse seu sócio numa loja de material de construção. Meu pai
havia aberto um consultório e se dividia entre o comércio e os pacientes.
Inspirado nele, decidi entrar na faculdade de odontologia com a ideia de ganhar
dinheiro para investir num negócio próprio.” (Robinson Shiba, Exame.com)
A IDEIA DO NEGÓCIO
• Em 1989, faltando dois semestres para concluir o curso de odontologia, Shiba,
aproveitou as férias da faculdade para passar dois meses nos Estados Unidos
estudando inglês. Ao chegar lá, procurou emprego para ter seu próprio dinheiro.
Como entregador de pizza ou ajudante de cozinha, podia ganhar o suficiente para se
manter o tempo que quisesse. Trancou a faculdade e ficou mais de um ano no
exterior.
• Durante essa temporada, foi contratado para lavar louça num restaurante chinês e
percebeu que boa parte dos clientes pedia que a refeição fosse entregue em casa,
naquelas caixinhas de papelão que no Brasil só conhecia de ver nos filmes.
“Achei que poderia ser uma boa ideia abrir um negócio parecido em São Paulo.
Naquele tempo, quem quisesse pedir comida em domicílio tinha poucas opções,
como pizzas e sanduíches. Voltei a São Paulo decidido a abrir um tele entrega de
comida chinesa em caixas de papel, como conhecera nos Estados Unidos. Pedi a
meu pai um empréstimo para começar o negócio. Ele impôs uma condição,
primeiro, eu deveria terminar a faculdade. Como só faltava um ano, concordei.”
(Robinson Shiba, Exame.com)
PONDO O PROJETO EM PRÁTICA
• Os Planos de Shiba naufragaram pouco depois de se formar, quando o governo
bloqueou as contas bancárias durante o Plano Collor, num dos muitos pacotes
econômicos dos anos 90. Seu pai não pôde sacar o dinheiro que prometera
emprestar. O máximo que ele conseguiu fazer foi ajuda-lo a abrir um consultório de
dentista. Ser dentista não era um mau negócio. Um ano depois de formado, ele já
tinha três consultórios. De vez em quando, lembrava dos planos de vender comida
chinesa, mas não tomava nenhuma atitude. Só decidiu levar o projeto adiante
quando viu que estavam surgindo redes de fast food chinês nas praças de
alimentação dos shopping centers.
“Concluí que era questão de tempo até que alguém também tivesse a ideia de
abrir um tele entrega. Convenci meu pai a vender um apartamento para investir
no novo negócio. Também vendi dois dos meus consultórios.” (Robinson Shiba,
Exame.com)
INICIO DA HISTÓRIA DE SUCESSO
• A primeira China in Box foi aberta em São Paulo em outubro de 1992. No começo, ele
mesmo distribuía panfletos nos prédios da vizinhança. Andou por todas as ruas num
raio de 7 quilômetros do restaurante. Deixava um maço de folhetos com os porteiros,
a quem oferecia vales yakissoba para que ajudassem na divulgação. Em dois anos, a
marca já tinha seis lojas. Alguns clientes começaram a perguntar se vendíamos
franquias. Shiba decidiu se informar melhor sobre o assunto começou a ouvir
histórias de outras redes de fast food que estavam crescendo rapidamente graças às
franquias e contratou um consultor para ajuda-lo a entender como funcionava esse
modelo de negócios. Menos de dois anos depois de adotar o modelo de franquias a
marca já possuía 60 lojas franqueadas.
“Eu cuidava de quase tudo sozinho escolhia os franqueados, os pontos de venda
e dava treinamento aos funcionários. Não percebi quanto era arriscado
administrar um negócio em rápida expansão. Costumo dizer que, se a minha
empresa fosse um carro, eu só saberia usar o acelerador.” (Robinson Shiba,
Exame.com)
PERÍODO DE EXPANSÃO
• Nessa época, as deficiências do negócio eram mascaradas pelo crescimento. Até que,
em 1998, os problemas começaram a aparecer. Shiba começou a perder o controle
dos custos, passou a ter dificuldade para saber quais pratos eram rentáveis e quais
davam prejuízo. Cada franqueado agia da maneira que achava melhor, e a rede
começou a perder padrão. Era o caos, foi preciso frear o crescimento e arrumar a
casa. Foram necessários dois anos para concluir o trabalho, contratou funcionários
experientes para ajudar na gestão e passou a se dedicar a funções mais estratégicas,
como planejar a expansão e negociar com fornecedores.
• No final dos anos 90, tentou internacionalizar o China in Box, abrindo unidades na
Argentina e no México. Apesar de ter ótimos planos esqueceu de perguntar se os
argentinos e os mexicanos gostavam de comida chinesa. Como os resultados não
apareceram, agiu rapidamente para encerrar a operação na Argentina. Em
compensação, foi bem- sucedido quando criou o Brevità, um tele entrega de comida
italiana que funciona dentro de algumas unidades China in Box para aproveitar a
ociosidade na cozinha e dos entregadores.
ESPIRITO EMPREENDEDOR
• Como inúmeros empreendedores, Shiba foi impulsivo em aproveitar qualquer
oportunidade que surgisse. Exemplo disso é que, dois meses depois de inaugurar a
China in Box, abriu com seu amigo Carlos Sadaki uma loja de produtos japoneses
num shopping paulista. Para aproveitar o espaço, montou um balcão de sushi, que
em pouco tempo se tornou a principal fonte de receitas. Meses depois, transformou a
loja num fast food de comida japonesa, que cresceu como uma rede independente, a
Gendai. Durante boa parte do tempo, foi apenas um investidor, sem maior
envolvimento na gestão. Em 2008, Sadaki e Shiba decidiram juntar a China in Box e a
Gendai numa empresa só, e criaram a Trend Foods. Hoje, o grupo tem mais de 200
unidades com as marcas Gendai, China in Box, Brevità e Owan, um fast food de
comida asiática.
“No período mais difícil, aprendi que um empreendedor não pode ser cabeça
dura a ponto de não voltar atrás quando suas ideias dão errado.” (Robinson
Shiba, Exame.com)
CONCLUSÃO
• Robinson Shiba é exemplo de empreendedor bem
sucedido, percebeu uma oportunidade e trouxe a ideia
para o Brasil. Na época havia o senso comum de que
comida oriental não tinha um aspecto saudável, com fama
de restaurantes e cozinhas sujas e alimentos de má
qualidade. Para evitar esse olhar, desde sua primeira
unidade o China in Box adota um design em suas lojas que
deixam suas cozinhas visíveis para que os clientes possam
observar a preparação dos alimentos e a limpeza. Há ainda
o cuidado com o cardápio, com informações e fotos
atrativas. O diferencial do China in Box foi o que o destacou
dos outros restaurantes chineses em São Paulo. Além de
ter se especializado apenas no serviço de entrega em
domicílio (Delivery), trouxe dos Estados Unidos a
embalagem de box de papel, ao invés de utilizar as
marmitas.
Robinson Shiba, Fundador do China in Box
BIBLIOGRAFIA
• O TEXTO FOI RETIRADO DE UMA ENTREVISTA QUE ROBINSON SHIBA CONCEDEU
A EXAME.COM EM 2011 CONTANDO SUA HISTÓRIA.
• http://exame.abril.com.br/pme/do-consultorio-para-a-cozinha/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Habibs
HabibsHabibs
Gazeta do Estado de Pernambuco - Gestão & Negócios
Gazeta do Estado de Pernambuco - Gestão & NegóciosGazeta do Estado de Pernambuco - Gestão & Negócios
Gazeta do Estado de Pernambuco - Gestão & Negócios
GazetaPE
 
Habib’s: uma empresa líder
Habib’s: uma empresa líderHabib’s: uma empresa líder
Habib’s: uma empresa líder
France Michel Ferreira
 
ApresentaçãO Do Jornal Gazeta
ApresentaçãO Do Jornal GazetaApresentaçãO Do Jornal Gazeta
ApresentaçãO Do Jornal Gazeta
Carlos Henrique
 
Empreendedor Antônio Alberto Saraiva
Empreendedor Antônio Alberto SaraivaEmpreendedor Antônio Alberto Saraiva
Empreendedor Antônio Alberto Saraiva
João Paulo Mendes Bernardes
 
12 Passos Para o Sucesso
12 Passos Para o Sucesso12 Passos Para o Sucesso
12 Passos Para o Sucesso
Nelinho Soares
 
Book de Planejamento
Book de PlanejamentoBook de Planejamento
Book de Planejamento
Mário Rabello
 
Revista Amway 092014
Revista Amway 092014 Revista Amway 092014
Revista Amway 092014
Amway do Brasil
 
Habib's
Habib'sHabib's
Plano de Comunicação Mahura
Plano de Comunicação MahuraPlano de Comunicação Mahura
Plano de Comunicação Mahura
Alinne Fernandes
 
Case Chambinho Young Lions, Bruno Cantarim
Case Chambinho Young Lions, Bruno CantarimCase Chambinho Young Lions, Bruno Cantarim
Case Chambinho Young Lions, Bruno Cantarim
Bruno Cantarim
 
Case habibs
Case habibsCase habibs
Case habibs
Geraldo Giudice
 
Trabalho Criação de Campanha: Sabonete Johnson's Baby - Hora de Brincar
Trabalho Criação de Campanha: Sabonete Johnson's Baby - Hora de BrincarTrabalho Criação de Campanha: Sabonete Johnson's Baby - Hora de Brincar
Trabalho Criação de Campanha: Sabonete Johnson's Baby - Hora de Brincar
Ivan Weber Barbosa
 
Acredite no seu sucesso
Acredite no seu sucessoAcredite no seu sucesso
Acredite no seu sucesso
Ana Paula Bevilacqua
 
Young Lions Brasil 2016_Giraffas Infantil
Young Lions Brasil 2016_Giraffas Infantil Young Lions Brasil 2016_Giraffas Infantil
Young Lions Brasil 2016_Giraffas Infantil
Fabrício Natoli
 
Identidade Visual Hamuche
Identidade Visual HamucheIdentidade Visual Hamuche
Identidade Visual Hamuche
Talita Tata
 
Administração em Marketing - Aula 3 - Case granado - Complemento
Administração em Marketing - Aula 3 - Case granado - Complemento Administração em Marketing - Aula 3 - Case granado - Complemento
Administração em Marketing - Aula 3 - Case granado - Complemento
Ueliton da Costa Leonidio
 
TIM 2006 - Grupo Stigma - Lançamento de Produto - Melhor Trabalho de 2006 pel...
TIM 2006 - Grupo Stigma - Lançamento de Produto - Melhor Trabalho de 2006 pel...TIM 2006 - Grupo Stigma - Lançamento de Produto - Melhor Trabalho de 2006 pel...
TIM 2006 - Grupo Stigma - Lançamento de Produto - Melhor Trabalho de 2006 pel...
Edson Santos
 
Mat orie novas consultoras pense_comoumaempresaria
Mat orie novas consultoras pense_comoumaempresariaMat orie novas consultoras pense_comoumaempresaria
Mat orie novas consultoras pense_comoumaempresaria
Luciana Velasquez
 
Treinamento 8 passos
Treinamento 8 passosTreinamento 8 passos
Treinamento 8 passos
Marcus Rodrigues
 

Mais procurados (20)

Habibs
HabibsHabibs
Habibs
 
Gazeta do Estado de Pernambuco - Gestão & Negócios
Gazeta do Estado de Pernambuco - Gestão & NegóciosGazeta do Estado de Pernambuco - Gestão & Negócios
Gazeta do Estado de Pernambuco - Gestão & Negócios
 
Habib’s: uma empresa líder
Habib’s: uma empresa líderHabib’s: uma empresa líder
Habib’s: uma empresa líder
 
ApresentaçãO Do Jornal Gazeta
ApresentaçãO Do Jornal GazetaApresentaçãO Do Jornal Gazeta
ApresentaçãO Do Jornal Gazeta
 
Empreendedor Antônio Alberto Saraiva
Empreendedor Antônio Alberto SaraivaEmpreendedor Antônio Alberto Saraiva
Empreendedor Antônio Alberto Saraiva
 
12 Passos Para o Sucesso
12 Passos Para o Sucesso12 Passos Para o Sucesso
12 Passos Para o Sucesso
 
Book de Planejamento
Book de PlanejamentoBook de Planejamento
Book de Planejamento
 
Revista Amway 092014
Revista Amway 092014 Revista Amway 092014
Revista Amway 092014
 
Habib's
Habib'sHabib's
Habib's
 
Plano de Comunicação Mahura
Plano de Comunicação MahuraPlano de Comunicação Mahura
Plano de Comunicação Mahura
 
Case Chambinho Young Lions, Bruno Cantarim
Case Chambinho Young Lions, Bruno CantarimCase Chambinho Young Lions, Bruno Cantarim
Case Chambinho Young Lions, Bruno Cantarim
 
Case habibs
Case habibsCase habibs
Case habibs
 
Trabalho Criação de Campanha: Sabonete Johnson's Baby - Hora de Brincar
Trabalho Criação de Campanha: Sabonete Johnson's Baby - Hora de BrincarTrabalho Criação de Campanha: Sabonete Johnson's Baby - Hora de Brincar
Trabalho Criação de Campanha: Sabonete Johnson's Baby - Hora de Brincar
 
Acredite no seu sucesso
Acredite no seu sucessoAcredite no seu sucesso
Acredite no seu sucesso
 
Young Lions Brasil 2016_Giraffas Infantil
Young Lions Brasil 2016_Giraffas Infantil Young Lions Brasil 2016_Giraffas Infantil
Young Lions Brasil 2016_Giraffas Infantil
 
Identidade Visual Hamuche
Identidade Visual HamucheIdentidade Visual Hamuche
Identidade Visual Hamuche
 
Administração em Marketing - Aula 3 - Case granado - Complemento
Administração em Marketing - Aula 3 - Case granado - Complemento Administração em Marketing - Aula 3 - Case granado - Complemento
Administração em Marketing - Aula 3 - Case granado - Complemento
 
TIM 2006 - Grupo Stigma - Lançamento de Produto - Melhor Trabalho de 2006 pel...
TIM 2006 - Grupo Stigma - Lançamento de Produto - Melhor Trabalho de 2006 pel...TIM 2006 - Grupo Stigma - Lançamento de Produto - Melhor Trabalho de 2006 pel...
TIM 2006 - Grupo Stigma - Lançamento de Produto - Melhor Trabalho de 2006 pel...
 
Mat orie novas consultoras pense_comoumaempresaria
Mat orie novas consultoras pense_comoumaempresariaMat orie novas consultoras pense_comoumaempresaria
Mat orie novas consultoras pense_comoumaempresaria
 
Treinamento 8 passos
Treinamento 8 passosTreinamento 8 passos
Treinamento 8 passos
 

Semelhante a Robinson Shiba - Do consultório para o China In Box

ApresentaçãO Pré Banca 11 De Maio (2)
ApresentaçãO Pré Banca 11 De Maio (2)ApresentaçãO Pré Banca 11 De Maio (2)
ApresentaçãO Pré Banca 11 De Maio (2)
renan.sevls
 
noname.pptx
noname.pptxnoname.pptx
noname.pptx
Gabriella156784
 
Aula 2.final avaliação de empresas
Aula 2.final   avaliação de empresasAula 2.final   avaliação de empresas
Aula 2.final avaliação de empresas
Angelo Peres
 
PLANO DIGITAL - EL CHICANO
PLANO DIGITAL - EL CHICANOPLANO DIGITAL - EL CHICANO
PLANO DIGITAL - EL CHICANO
gabipassos
 
Supermercado baical produtos ltda
Supermercado baical produtos ltdaSupermercado baical produtos ltda
Supermercado baical produtos ltda
João Silva
 
Shark tank
Shark tank Shark tank
Shark tank
MajinTitania
 
31 997320837 bistro brasil
31 997320837 bistro brasil31 997320837 bistro brasil
31 997320837 bistro brasil
DescomplicaConsultor
 
Implementação do Negócio - MBA Esamc 2022
Implementação do Negócio - MBA Esamc 2022Implementação do Negócio - MBA Esamc 2022
Implementação do Negócio - MBA Esamc 2022
Renato Melo
 
Conteúdo Social - Redes Sociais
Conteúdo Social - Redes SociaisConteúdo Social - Redes Sociais
Conteúdo Social - Redes Sociais
Renato Melo
 
Revisão para estabilidade econômica
Revisão para estabilidade econômicaRevisão para estabilidade econômica
Revisão para estabilidade econômica
Renato Rodrigues, PMP, ITIL, Cobit, MBA
 
50 anos Basilar
50 anos Basilar50 anos Basilar
50 anos Basilar
Agência e21
 
Empreendedores de Sucesso - JCPM
Empreendedores de Sucesso - JCPMEmpreendedores de Sucesso - JCPM
Empreendedores de Sucesso - JCPM
Jéssica Soares
 
Áreas de atuação do administrador
Áreas de atuação do administradorÁreas de atuação do administrador
Áreas de atuação do administrador
Vitor Santos
 
Branding Refresh - Lojas Americanas
Branding Refresh - Lojas AmericanasBranding Refresh - Lojas Americanas
Branding Refresh - Lojas Americanas
Rafael Teixeira
 

Semelhante a Robinson Shiba - Do consultório para o China In Box (14)

ApresentaçãO Pré Banca 11 De Maio (2)
ApresentaçãO Pré Banca 11 De Maio (2)ApresentaçãO Pré Banca 11 De Maio (2)
ApresentaçãO Pré Banca 11 De Maio (2)
 
noname.pptx
noname.pptxnoname.pptx
noname.pptx
 
Aula 2.final avaliação de empresas
Aula 2.final   avaliação de empresasAula 2.final   avaliação de empresas
Aula 2.final avaliação de empresas
 
PLANO DIGITAL - EL CHICANO
PLANO DIGITAL - EL CHICANOPLANO DIGITAL - EL CHICANO
PLANO DIGITAL - EL CHICANO
 
Supermercado baical produtos ltda
Supermercado baical produtos ltdaSupermercado baical produtos ltda
Supermercado baical produtos ltda
 
Shark tank
Shark tank Shark tank
Shark tank
 
31 997320837 bistro brasil
31 997320837 bistro brasil31 997320837 bistro brasil
31 997320837 bistro brasil
 
Implementação do Negócio - MBA Esamc 2022
Implementação do Negócio - MBA Esamc 2022Implementação do Negócio - MBA Esamc 2022
Implementação do Negócio - MBA Esamc 2022
 
Conteúdo Social - Redes Sociais
Conteúdo Social - Redes SociaisConteúdo Social - Redes Sociais
Conteúdo Social - Redes Sociais
 
Revisão para estabilidade econômica
Revisão para estabilidade econômicaRevisão para estabilidade econômica
Revisão para estabilidade econômica
 
50 anos Basilar
50 anos Basilar50 anos Basilar
50 anos Basilar
 
Empreendedores de Sucesso - JCPM
Empreendedores de Sucesso - JCPMEmpreendedores de Sucesso - JCPM
Empreendedores de Sucesso - JCPM
 
Áreas de atuação do administrador
Áreas de atuação do administradorÁreas de atuação do administrador
Áreas de atuação do administrador
 
Branding Refresh - Lojas Americanas
Branding Refresh - Lojas AmericanasBranding Refresh - Lojas Americanas
Branding Refresh - Lojas Americanas
 

Robinson Shiba - Do consultório para o China In Box

  • 1. ROBINSON SHIBA DO CONSULTÓRIO PARA CHINA IN BOX HANTER DUARTE - BACHAREL EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO FATEC-PE DISCIPLINA: ORGANIZAÇÃO EMPRESARIAL E EMPREENDEDORISMO 4º PERÍODO – PROF: HUGO ALBUQUERQUE
  • 2. QUEM É ROBINSON SHIBA? Robinson Shiba, paranaense, 49 anos, fundador do China in Box . Há 26 anos, Shiba largou os consultórios para abrir um tele entrega de comida chinesa inspirado nos restaurantes que conheceu numa temporada nos Estados Unidos. Hoje ele é dono da Trend Foods, que faturou 209 milhões de reais no ano de 2010 vendendo comida oriental e italiana. Nascido em Maringá, no interior do Paraná. Filho de um dentista e de uma dona de casa, cursou odontologia, como o pai, mas acabou se tornando empreendedor, como o avô. “Quando eu tinha 3 anos, nos mudamos para São Paulo, onde meu avô materno queria que meu pai fosse seu sócio numa loja de material de construção. Meu pai havia aberto um consultório e se dividia entre o comércio e os pacientes. Inspirado nele, decidi entrar na faculdade de odontologia com a ideia de ganhar dinheiro para investir num negócio próprio.” (Robinson Shiba, Exame.com)
  • 3. A IDEIA DO NEGÓCIO • Em 1989, faltando dois semestres para concluir o curso de odontologia, Shiba, aproveitou as férias da faculdade para passar dois meses nos Estados Unidos estudando inglês. Ao chegar lá, procurou emprego para ter seu próprio dinheiro. Como entregador de pizza ou ajudante de cozinha, podia ganhar o suficiente para se manter o tempo que quisesse. Trancou a faculdade e ficou mais de um ano no exterior. • Durante essa temporada, foi contratado para lavar louça num restaurante chinês e percebeu que boa parte dos clientes pedia que a refeição fosse entregue em casa, naquelas caixinhas de papelão que no Brasil só conhecia de ver nos filmes. “Achei que poderia ser uma boa ideia abrir um negócio parecido em São Paulo. Naquele tempo, quem quisesse pedir comida em domicílio tinha poucas opções, como pizzas e sanduíches. Voltei a São Paulo decidido a abrir um tele entrega de comida chinesa em caixas de papel, como conhecera nos Estados Unidos. Pedi a meu pai um empréstimo para começar o negócio. Ele impôs uma condição, primeiro, eu deveria terminar a faculdade. Como só faltava um ano, concordei.” (Robinson Shiba, Exame.com)
  • 4. PONDO O PROJETO EM PRÁTICA • Os Planos de Shiba naufragaram pouco depois de se formar, quando o governo bloqueou as contas bancárias durante o Plano Collor, num dos muitos pacotes econômicos dos anos 90. Seu pai não pôde sacar o dinheiro que prometera emprestar. O máximo que ele conseguiu fazer foi ajuda-lo a abrir um consultório de dentista. Ser dentista não era um mau negócio. Um ano depois de formado, ele já tinha três consultórios. De vez em quando, lembrava dos planos de vender comida chinesa, mas não tomava nenhuma atitude. Só decidiu levar o projeto adiante quando viu que estavam surgindo redes de fast food chinês nas praças de alimentação dos shopping centers. “Concluí que era questão de tempo até que alguém também tivesse a ideia de abrir um tele entrega. Convenci meu pai a vender um apartamento para investir no novo negócio. Também vendi dois dos meus consultórios.” (Robinson Shiba, Exame.com)
  • 5. INICIO DA HISTÓRIA DE SUCESSO • A primeira China in Box foi aberta em São Paulo em outubro de 1992. No começo, ele mesmo distribuía panfletos nos prédios da vizinhança. Andou por todas as ruas num raio de 7 quilômetros do restaurante. Deixava um maço de folhetos com os porteiros, a quem oferecia vales yakissoba para que ajudassem na divulgação. Em dois anos, a marca já tinha seis lojas. Alguns clientes começaram a perguntar se vendíamos franquias. Shiba decidiu se informar melhor sobre o assunto começou a ouvir histórias de outras redes de fast food que estavam crescendo rapidamente graças às franquias e contratou um consultor para ajuda-lo a entender como funcionava esse modelo de negócios. Menos de dois anos depois de adotar o modelo de franquias a marca já possuía 60 lojas franqueadas. “Eu cuidava de quase tudo sozinho escolhia os franqueados, os pontos de venda e dava treinamento aos funcionários. Não percebi quanto era arriscado administrar um negócio em rápida expansão. Costumo dizer que, se a minha empresa fosse um carro, eu só saberia usar o acelerador.” (Robinson Shiba, Exame.com)
  • 6. PERÍODO DE EXPANSÃO • Nessa época, as deficiências do negócio eram mascaradas pelo crescimento. Até que, em 1998, os problemas começaram a aparecer. Shiba começou a perder o controle dos custos, passou a ter dificuldade para saber quais pratos eram rentáveis e quais davam prejuízo. Cada franqueado agia da maneira que achava melhor, e a rede começou a perder padrão. Era o caos, foi preciso frear o crescimento e arrumar a casa. Foram necessários dois anos para concluir o trabalho, contratou funcionários experientes para ajudar na gestão e passou a se dedicar a funções mais estratégicas, como planejar a expansão e negociar com fornecedores. • No final dos anos 90, tentou internacionalizar o China in Box, abrindo unidades na Argentina e no México. Apesar de ter ótimos planos esqueceu de perguntar se os argentinos e os mexicanos gostavam de comida chinesa. Como os resultados não apareceram, agiu rapidamente para encerrar a operação na Argentina. Em compensação, foi bem- sucedido quando criou o Brevità, um tele entrega de comida italiana que funciona dentro de algumas unidades China in Box para aproveitar a ociosidade na cozinha e dos entregadores.
  • 7. ESPIRITO EMPREENDEDOR • Como inúmeros empreendedores, Shiba foi impulsivo em aproveitar qualquer oportunidade que surgisse. Exemplo disso é que, dois meses depois de inaugurar a China in Box, abriu com seu amigo Carlos Sadaki uma loja de produtos japoneses num shopping paulista. Para aproveitar o espaço, montou um balcão de sushi, que em pouco tempo se tornou a principal fonte de receitas. Meses depois, transformou a loja num fast food de comida japonesa, que cresceu como uma rede independente, a Gendai. Durante boa parte do tempo, foi apenas um investidor, sem maior envolvimento na gestão. Em 2008, Sadaki e Shiba decidiram juntar a China in Box e a Gendai numa empresa só, e criaram a Trend Foods. Hoje, o grupo tem mais de 200 unidades com as marcas Gendai, China in Box, Brevità e Owan, um fast food de comida asiática. “No período mais difícil, aprendi que um empreendedor não pode ser cabeça dura a ponto de não voltar atrás quando suas ideias dão errado.” (Robinson Shiba, Exame.com)
  • 8. CONCLUSÃO • Robinson Shiba é exemplo de empreendedor bem sucedido, percebeu uma oportunidade e trouxe a ideia para o Brasil. Na época havia o senso comum de que comida oriental não tinha um aspecto saudável, com fama de restaurantes e cozinhas sujas e alimentos de má qualidade. Para evitar esse olhar, desde sua primeira unidade o China in Box adota um design em suas lojas que deixam suas cozinhas visíveis para que os clientes possam observar a preparação dos alimentos e a limpeza. Há ainda o cuidado com o cardápio, com informações e fotos atrativas. O diferencial do China in Box foi o que o destacou dos outros restaurantes chineses em São Paulo. Além de ter se especializado apenas no serviço de entrega em domicílio (Delivery), trouxe dos Estados Unidos a embalagem de box de papel, ao invés de utilizar as marmitas. Robinson Shiba, Fundador do China in Box
  • 9. BIBLIOGRAFIA • O TEXTO FOI RETIRADO DE UMA ENTREVISTA QUE ROBINSON SHIBA CONCEDEU A EXAME.COM EM 2011 CONTANDO SUA HISTÓRIA. • http://exame.abril.com.br/pme/do-consultorio-para-a-cozinha/