SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
DANÇA DE SALÃO
• Dança de salão refere-se a diversos tipos de danças executadas por um casal de dançarinos.
• As danças de salão são praticadas socialmente, como forma de entretenimento, integração social e
competitivamente como desporto.
• A Dança de Salão tem origem nos bailes das cortes reais na Europa, tomando forma na corte do Rei
Luís XIV, na França.
• A dança de casal foi levada pelos colonizadores para as diversas regiões das Américas.
TANGO
DEFINIÇÃO
• O tango é um tipo musical e uma dança a par.
• Tem forma musical binária e compasso de dois por quatro.
• A coreografia é complexa e as habilidades dos bailarinos são celebradas pelos aficionados. Segundo
Discépolo, "o tango é um pensamento triste que se pode dançar".
HISTÓRICO
• Sua origem encontra-se na área de Rio da Prata, na América do Sul, nas cidade de Buenos Aires e
Montevidéu.
• A música do tango não tem uma origem muito clara.
• De acordo com estudos, o tango descende da habanera (estilo musical cubano) e se interpretava nos
prostíbulos de Buenos Aires e Montevidéu, nas duas últimas décadas do século XIX, com violino, flauta
e violão.
• Nessa época inicial era dançado por dois homens, daí o fato dos rosto virados, sem se fitar.
• Em seguida, já nos anos 1910, como o sucesso em Paris foi aceito pela aristocracia platina.
• As fases de ouro do tango ocorreram nos anos 20 e 40, quando artistas argentinos e uruguaios
canalizaram seus esforços para o desenvolvimento da música rio-platense.
• O Tango foi considerado um Patrimônio Cultural da Humanidade da UNESCO em 30 de setembro de
2009, em Dubai.
CARACTERÍSTICAS
• O Tango mescla o drama, a paixão, a sexualidade, a agressividade, é sempre e totalmente triste.
• Como dança é "firme", masculino, sem meneios femininos, a mulher é sempre submissa.
• O ritmo tem um compasso binário.
ESTILOS
• Os principais estilos de tango são: tango-canção, tango canyengue, o tango milonga, tango romanza.
PRINCIPAIS COMPOSITORES
• Carlos Gardel, Francisco Canaro, Carlos di Sarli, Aníbal Troilo, etc.
SALSA
DEFINIÇÃO
• Salsa, em espanhol, significa "tempero" e a adoção do nome quis transmitir a idéia de uma música com
"sabor".
HISTÓRICO
• O movimento que originou este novo estilo de música latino-americana começou em Nova Iorque por
volta dos anos 1960, quando um grupo de jovens músicos começou a mesclar sons e ritmos visando a
criar uma sonoridade que tivesse um "sabor" latino-americano.
• No Brasil, a salsa foi difundida pelo bailarino Fernando Claumann.
• Em 2000, surgiu a primeira companhia especializada em salsa no Brasil, a Conexión Caribe
Companhia de Danças, que, em 2003, criou o Congresso Mundial de Salsa do Brasil.
CARACTERÍSTICAS
• A salsa é uma mescla de ritmos afro-caribenhos, tais como o mambo e a rumba cubanos, com a
bomba porto-riquenha.
• Recebeu ainda influências do merengue (da República Dominicana), do calypso de Trinidad e Tobago,
da cumbia colombiana.
• A dança é caracterizada pelo compasso quaternário.
• Instrumentos típicos: piano, trompete, trombone, guitarra, saxofone, entre outros.
ESTILOS
• Os principais estilos de salsa são: salsa erótica, salsa romântica, salsa-merengue.
PRINCIPAIS COMPOSITORES
• Tito Puente, Celia Cruz, Eddie Santiago, Frankie Ruiz, etc.
VALSA
DEFINIÇÃO
• A “valsa” tem origem na palavra alemã “waltzen”, que traduzida quer dizer “dar voltas” é um gênero
musical erudito de compasso ternário, ou seja, tem três tempos, sendo o primeiro tempo forte e os
demais fracos.
HISTÓRICO
• A valsa surgiu na Áustria e na Alemanha.
• A princípio, a valsa era vista como vulgar pelas classes sociais mais altas.
• Em alguns países europeus (na corte alemã e partes da Inglaterra) a valsa foi proibida.
• No fim do século XVIII, a valsa passou a ser aceita pela alta sociedade.
• A valsa chegou ao Brasil com a transferência da corte portuguesa ao país, em 1808. A música foi
apresentada em salões onde a elite do Rio de Janeiro dançava.
CARACTERÍSTICAS
• A valsa foi muito tocada nos salões vienenses e muito dançada pela elite da época.
• Atualmente, as valsas são regularmente interpretadas pelas mais importantes orquestras mundiais.
• As valsas são muito utilizadas em bailes de debutantes e casamentos.
PRINCIPAIS COMPOSITORES
• O maior compositor de valsas foi o vienense Johann Strauss II.
• Outros músicos de renome internacional: Weber, Chopin, Ravel, etc.
• Compositores nacionais: Villa Lobos, Carlos Gomes, etc.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Dancas Folclóricas
Dancas FolclóricasDancas Folclóricas
Dancas Folclóricas
silsiane
 
Badminton na escola
Badminton na escolaBadminton na escola
Badminton na escola
evandrolhp
 
A dança é uma das três principais artes
A dança é uma das três principais artesA dança é uma das três principais artes
A dança é uma das três principais artes
CATEUS
 
Futsal teórica
Futsal   teóricaFutsal   teórica
Futsal teórica
NetKids
 

Mais procurados (20)

Dancas Folclóricas
Dancas FolclóricasDancas Folclóricas
Dancas Folclóricas
 
Badminton na escola
Badminton na escolaBadminton na escola
Badminton na escola
 
ESPORTES DE INVASÃO.pptx
ESPORTES DE INVASÃO.pptxESPORTES DE INVASÃO.pptx
ESPORTES DE INVASÃO.pptx
 
Lutas
LutasLutas
Lutas
 
DANÇA - CONCEITOS E DANÇA CONTEMPORÂNEA
DANÇA - CONCEITOS E DANÇA CONTEMPORÂNEADANÇA - CONCEITOS E DANÇA CONTEMPORÂNEA
DANÇA - CONCEITOS E DANÇA CONTEMPORÂNEA
 
Samba
SambaSamba
Samba
 
Trabalho de artes danças
Trabalho de artes dançasTrabalho de artes danças
Trabalho de artes danças
 
A dança é uma das três principais artes
A dança é uma das três principais artesA dança é uma das três principais artes
A dança é uma das três principais artes
 
Dança
DançaDança
Dança
 
Forró
ForróForró
Forró
 
Esportes radicais
Esportes radicaisEsportes radicais
Esportes radicais
 
Futsal
Futsal Futsal
Futsal
 
Hip hop
Hip hopHip hop
Hip hop
 
Danças de Salão - 9ª ano.pptx
Danças de Salão - 9ª ano.pptxDanças de Salão - 9ª ano.pptx
Danças de Salão - 9ª ano.pptx
 
Aula Ginásticas de Academia
Aula Ginásticas de AcademiaAula Ginásticas de Academia
Aula Ginásticas de Academia
 
Apresentação sobre a Capoeira
Apresentação sobre a CapoeiraApresentação sobre a Capoeira
Apresentação sobre a Capoeira
 
Futsal teórica
Futsal   teóricaFutsal   teórica
Futsal teórica
 
história da valsa, origem da valsa, tipos de dança, valsa no brasil.
história da valsa, origem da valsa, tipos de dança, valsa no brasil.história da valsa, origem da valsa, tipos de dança, valsa no brasil.
história da valsa, origem da valsa, tipos de dança, valsa no brasil.
 
História do basquete
História do basqueteHistória do basquete
História do basquete
 
Hip hop
Hip hopHip hop
Hip hop
 

Destaque (20)

Dança
DançaDança
Dança
 
Slide dança
Slide dançaSlide dança
Slide dança
 
A Origem Da DançA
A Origem Da DançAA Origem Da DançA
A Origem Da DançA
 
Dança conteúdos conceptuais
Dança   conteúdos conceptuaisDança   conteúdos conceptuais
Dança conteúdos conceptuais
 
Tipos de danças
Tipos de dançasTipos de danças
Tipos de danças
 
Apostila de estudo dança
Apostila de estudo dança Apostila de estudo dança
Apostila de estudo dança
 
Dança
DançaDança
Dança
 
Aula 04 3ºão
Aula 04 3ºãoAula 04 3ºão
Aula 04 3ºão
 
Historia Cha-cha-cha
Historia Cha-cha-chaHistoria Cha-cha-cha
Historia Cha-cha-cha
 
Conceito de dança Professor Rodrigo Costa
Conceito de dança Professor Rodrigo CostaConceito de dança Professor Rodrigo Costa
Conceito de dança Professor Rodrigo Costa
 
Cha cha
Cha chaCha cha
Cha cha
 
Oficina de dança e expressão
Oficina de dança e expressãoOficina de dança e expressão
Oficina de dança e expressão
 
Cha cha
Cha chaCha cha
Cha cha
 
Circo – xuxa
Circo – xuxaCirco – xuxa
Circo – xuxa
 
Salsa
SalsaSalsa
Salsa
 
Dança de salão - Tango
Dança de salão - TangoDança de salão - Tango
Dança de salão - Tango
 
Salsa
SalsaSalsa
Salsa
 
Karl marx abordagens socioantropologicas nas organizações
Karl marx    abordagens socioantropologicas nas organizaçõesKarl marx    abordagens socioantropologicas nas organizações
Karl marx abordagens socioantropologicas nas organizações
 
Jive
JiveJive
Jive
 
Educação e Capitalismo uma Certa Economia Política
Educação e Capitalismo uma Certa Economia PolíticaEducação e Capitalismo uma Certa Economia Política
Educação e Capitalismo uma Certa Economia Política
 

Semelhante a dança de salão

Manifestações rítmicas internacionais aula 9º ano
Manifestações rítmicas internacionais  aula 9º anoManifestações rítmicas internacionais  aula 9º ano
Manifestações rítmicas internacionais aula 9º ano
Abmael Rocha Junior
 
201004261420historiadadanca
201004261420historiadadanca201004261420historiadadanca
201004261420historiadadanca
Maria Manuel
 
Dancas brasileiras de_matriz_africana
Dancas brasileiras de_matriz_africanaDancas brasileiras de_matriz_africana
Dancas brasileiras de_matriz_africana
Mara Virginia
 
ABORDAGEM HISTÓRICA DAS DANÇAS DE SALÃO INTERNACIONAIS (TANGO, BOLERO...).pptx
ABORDAGEM HISTÓRICA DAS DANÇAS DE SALÃO INTERNACIONAIS (TANGO, BOLERO...).pptxABORDAGEM HISTÓRICA DAS DANÇAS DE SALÃO INTERNACIONAIS (TANGO, BOLERO...).pptx
ABORDAGEM HISTÓRICA DAS DANÇAS DE SALÃO INTERNACIONAIS (TANGO, BOLERO...).pptx
ThiagoBarroso26
 
Dança espanhola 3 ano a tarde
Dança espanhola 3 ano a tardeDança espanhola 3 ano a tarde
Dança espanhola 3 ano a tarde
Gleudo Mendonça
 

Semelhante a dança de salão (20)

Tango.pptx
Tango.pptxTango.pptx
Tango.pptx
 
Manifestações rítmicas internacionais aula 9º ano
Manifestações rítmicas internacionais  aula 9º anoManifestações rítmicas internacionais  aula 9º ano
Manifestações rítmicas internacionais aula 9º ano
 
Tango
TangoTango
Tango
 
Uma visita ao tango argentino
Uma visita ao tango argentinoUma visita ao tango argentino
Uma visita ao tango argentino
 
Flamenco 3º manhã
Flamenco 3º  manhãFlamenco 3º  manhã
Flamenco 3º manhã
 
201004261420historiadadanca
201004261420historiadadanca201004261420historiadadanca
201004261420historiadadanca
 
TANGO ARGENTINO
TANGO ARGENTINOTANGO ARGENTINO
TANGO ARGENTINO
 
Texto sobre dança classica
Texto sobre dança classicaTexto sobre dança classica
Texto sobre dança classica
 
[Danca][26 05][2a]gabarito (1)
[Danca][26 05][2a]gabarito (1)[Danca][26 05][2a]gabarito (1)
[Danca][26 05][2a]gabarito (1)
 
Tango
TangoTango
Tango
 
São tomé e príncipe
São tomé e príncipeSão tomé e príncipe
São tomé e príncipe
 
Flamenco
FlamencoFlamenco
Flamenco
 
Dancas brasileiras de_matriz_africana
Dancas brasileiras de_matriz_africanaDancas brasileiras de_matriz_africana
Dancas brasileiras de_matriz_africana
 
ABORDAGEM HISTÓRICA DAS DANÇAS DE SALÃO INTERNACIONAIS (TANGO, BOLERO...).pptx
ABORDAGEM HISTÓRICA DAS DANÇAS DE SALÃO INTERNACIONAIS (TANGO, BOLERO...).pptxABORDAGEM HISTÓRICA DAS DANÇAS DE SALÃO INTERNACIONAIS (TANGO, BOLERO...).pptx
ABORDAGEM HISTÓRICA DAS DANÇAS DE SALÃO INTERNACIONAIS (TANGO, BOLERO...).pptx
 
Trovadorismo
TrovadorismoTrovadorismo
Trovadorismo
 
Chorinho2
Chorinho2Chorinho2
Chorinho2
 
Trabalho De Espanhol
Trabalho De EspanholTrabalho De Espanhol
Trabalho De Espanhol
 
Trabalho De Espanhol
Trabalho De EspanholTrabalho De Espanhol
Trabalho De Espanhol
 
Falas para o narrador - equipe Pipoco.pdf
Falas para o narrador - equipe Pipoco.pdfFalas para o narrador - equipe Pipoco.pdf
Falas para o narrador - equipe Pipoco.pdf
 
Dança espanhola 3 ano a tarde
Dança espanhola 3 ano a tardeDança espanhola 3 ano a tarde
Dança espanhola 3 ano a tarde
 

Mais de Ajudar Pessoas

Mais de Ajudar Pessoas (20)

Tabela f 95% unilateral
Tabela f 95% unilateralTabela f 95% unilateral
Tabela f 95% unilateral
 
Tabela f 95% bilateral
Tabela f 95% bilateralTabela f 95% bilateral
Tabela f 95% bilateral
 
Posicionamento Filosofico e Base de Aprendizagem
Posicionamento Filosofico e Base de AprendizagemPosicionamento Filosofico e Base de Aprendizagem
Posicionamento Filosofico e Base de Aprendizagem
 
Evolucao historica da avaliacao em geracões
Evolucao historica da avaliacao em geracõesEvolucao historica da avaliacao em geracões
Evolucao historica da avaliacao em geracões
 
Exercícios do Teorema de Pitágoras
Exercícios do Teorema de PitágorasExercícios do Teorema de Pitágoras
Exercícios do Teorema de Pitágoras
 
Matriz Curricular : Licenciatura em Química IFPE 2015
Matriz Curricular : Licenciatura em Química IFPE 2015Matriz Curricular : Licenciatura em Química IFPE 2015
Matriz Curricular : Licenciatura em Química IFPE 2015
 
Funções Orgânicas Nitrogenadas.
Funções Orgânicas Nitrogenadas.Funções Orgânicas Nitrogenadas.
Funções Orgânicas Nitrogenadas.
 
Correção da prova de física ifpe 2015 parte 1.
Correção da prova de física ifpe 2015 parte 1.Correção da prova de física ifpe 2015 parte 1.
Correção da prova de física ifpe 2015 parte 1.
 
formulas de fisica
formulas de fisicaformulas de fisica
formulas de fisica
 
Biologia.
Biologia.Biologia.
Biologia.
 
Saude pública.
Saude pública.Saude pública.
Saude pública.
 
Exerc carboidratos.
Exerc   carboidratos.Exerc   carboidratos.
Exerc carboidratos.
 
Biologia compostos organicos_exercícios.
Biologia compostos organicos_exercícios.Biologia compostos organicos_exercícios.
Biologia compostos organicos_exercícios.
 
Concordância.
Concordância.Concordância.
Concordância.
 
.Biologia.
.Biologia..Biologia.
.Biologia.
 
Proteínas funções.
Proteínas        funções.Proteínas        funções.
Proteínas funções.
 
Avaliação diagnóstica de matemática.
Avaliação diagnóstica de matemática.Avaliação diagnóstica de matemática.
Avaliação diagnóstica de matemática.
 
Aulão prevupe história.
Aulão prevupe   história.Aulão prevupe   história.
Aulão prevupe história.
 
Aulão prevupe geografia.
Aulão prevupe   geografia.Aulão prevupe   geografia.
Aulão prevupe geografia.
 
Aulão prevupe biologia.
Aulão prevupe   biologia.Aulão prevupe   biologia.
Aulão prevupe biologia.
 

Último

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 

Último (20)

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de PlatãoQuestões sobre o Mito da Caverna de Platão
Questões sobre o Mito da Caverna de Platão
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da CapivaraPré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
Pré-História do Brasil, Luzia e Serra da Capivara
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................12_mch9_nervoso.pptx...........................
12_mch9_nervoso.pptx...........................
 
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)Quiz | Dia da Europa 2024  (comemoração)
Quiz | Dia da Europa 2024 (comemoração)
 
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptxRENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
RENASCIMENTO E HUMANISMO_QUIZ 7º ANO.pptx
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da provaESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
ESPANHOL PARA O ENEM (2).pdf questões da prova
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 

dança de salão

  • 1. DANÇA DE SALÃO • Dança de salão refere-se a diversos tipos de danças executadas por um casal de dançarinos. • As danças de salão são praticadas socialmente, como forma de entretenimento, integração social e competitivamente como desporto. • A Dança de Salão tem origem nos bailes das cortes reais na Europa, tomando forma na corte do Rei Luís XIV, na França. • A dança de casal foi levada pelos colonizadores para as diversas regiões das Américas. TANGO DEFINIÇÃO • O tango é um tipo musical e uma dança a par. • Tem forma musical binária e compasso de dois por quatro. • A coreografia é complexa e as habilidades dos bailarinos são celebradas pelos aficionados. Segundo Discépolo, "o tango é um pensamento triste que se pode dançar". HISTÓRICO • Sua origem encontra-se na área de Rio da Prata, na América do Sul, nas cidade de Buenos Aires e Montevidéu. • A música do tango não tem uma origem muito clara. • De acordo com estudos, o tango descende da habanera (estilo musical cubano) e se interpretava nos prostíbulos de Buenos Aires e Montevidéu, nas duas últimas décadas do século XIX, com violino, flauta e violão. • Nessa época inicial era dançado por dois homens, daí o fato dos rosto virados, sem se fitar. • Em seguida, já nos anos 1910, como o sucesso em Paris foi aceito pela aristocracia platina. • As fases de ouro do tango ocorreram nos anos 20 e 40, quando artistas argentinos e uruguaios canalizaram seus esforços para o desenvolvimento da música rio-platense. • O Tango foi considerado um Patrimônio Cultural da Humanidade da UNESCO em 30 de setembro de 2009, em Dubai. CARACTERÍSTICAS • O Tango mescla o drama, a paixão, a sexualidade, a agressividade, é sempre e totalmente triste. • Como dança é "firme", masculino, sem meneios femininos, a mulher é sempre submissa. • O ritmo tem um compasso binário. ESTILOS • Os principais estilos de tango são: tango-canção, tango canyengue, o tango milonga, tango romanza. PRINCIPAIS COMPOSITORES • Carlos Gardel, Francisco Canaro, Carlos di Sarli, Aníbal Troilo, etc. SALSA DEFINIÇÃO • Salsa, em espanhol, significa "tempero" e a adoção do nome quis transmitir a idéia de uma música com "sabor".
  • 2. HISTÓRICO • O movimento que originou este novo estilo de música latino-americana começou em Nova Iorque por volta dos anos 1960, quando um grupo de jovens músicos começou a mesclar sons e ritmos visando a criar uma sonoridade que tivesse um "sabor" latino-americano. • No Brasil, a salsa foi difundida pelo bailarino Fernando Claumann. • Em 2000, surgiu a primeira companhia especializada em salsa no Brasil, a Conexión Caribe Companhia de Danças, que, em 2003, criou o Congresso Mundial de Salsa do Brasil. CARACTERÍSTICAS • A salsa é uma mescla de ritmos afro-caribenhos, tais como o mambo e a rumba cubanos, com a bomba porto-riquenha. • Recebeu ainda influências do merengue (da República Dominicana), do calypso de Trinidad e Tobago, da cumbia colombiana. • A dança é caracterizada pelo compasso quaternário. • Instrumentos típicos: piano, trompete, trombone, guitarra, saxofone, entre outros. ESTILOS • Os principais estilos de salsa são: salsa erótica, salsa romântica, salsa-merengue. PRINCIPAIS COMPOSITORES • Tito Puente, Celia Cruz, Eddie Santiago, Frankie Ruiz, etc. VALSA DEFINIÇÃO • A “valsa” tem origem na palavra alemã “waltzen”, que traduzida quer dizer “dar voltas” é um gênero musical erudito de compasso ternário, ou seja, tem três tempos, sendo o primeiro tempo forte e os demais fracos. HISTÓRICO • A valsa surgiu na Áustria e na Alemanha. • A princípio, a valsa era vista como vulgar pelas classes sociais mais altas. • Em alguns países europeus (na corte alemã e partes da Inglaterra) a valsa foi proibida. • No fim do século XVIII, a valsa passou a ser aceita pela alta sociedade. • A valsa chegou ao Brasil com a transferência da corte portuguesa ao país, em 1808. A música foi apresentada em salões onde a elite do Rio de Janeiro dançava. CARACTERÍSTICAS • A valsa foi muito tocada nos salões vienenses e muito dançada pela elite da época. • Atualmente, as valsas são regularmente interpretadas pelas mais importantes orquestras mundiais. • As valsas são muito utilizadas em bailes de debutantes e casamentos. PRINCIPAIS COMPOSITORES
  • 3. • O maior compositor de valsas foi o vienense Johann Strauss II. • Outros músicos de renome internacional: Weber, Chopin, Ravel, etc. • Compositores nacionais: Villa Lobos, Carlos Gomes, etc.