SlideShare uma empresa Scribd logo
Fortaleza, 13 de fevereiro de 2011.



          Realizou-se no dia 12 de fevereiro de 2011, em São Paulo, a Assembléia Geral
Extraordinária das Associações, tendo como pauta o seguinte tema: Relatório Financeiro de 2009 e
Parecer do Conselho Fiscal.

          Estiveram presentes 26 presidentes de Associações, membros da Diretoria e do Conselho
Fiscal. O presidente da FEBRASGO, Nilson Roberto de Mello, após considerações gerais, falou da
constatação de inconsistências no relatório contábil do ano de 2009 e assegurou que iria às últimas
consequências para a apuração dos responsáveis e a recuperação dos bens patrimoniais da
FEBRASGO.

         Em seguida, o Conselho Fiscal relatou a cronologia dos fatos e como chegou à
constatação das referidas incongruências.

          Logo depois abriu-se a palavra para o diretor da ICTS, empresa de auditoria contratada
pela FEBRASGO para analisar os documentos contáveis. A ICTS fez uma auditoria forense
(investigatória) com análise de risco e com levantamento dos bens da funcionária suspeita e de
autônomos supostamente envolvidos, detectou saída de grandes valores de dinheiro sem
documentos idôneos e, por fim, fez observações quanto a pendências ainda existentes e
recomendações para o aprimoramento dos processos de gestão.

         O Conselho Fiscal recomendou a aprovação das contas do exercício de 2009, ainda que
com ressalvas, pois do contrário a FEBRASGO poderia ser penalizada com a perda de algumas
vantagens tributárias que atualmente faz jus e até mesmo aventando a possibilidade de extinção
da entidade.




       Rua João de Carvalho, 800 - Sala 1003/1004 - Aldeota - CEP 60140-140

           Fortaleza - Ceará - Brasil (85) 3244.2423 - socego@socego.com.br
Após ampla discussão e votação, as contas foram aprovadas com ressalvas, por maioria
de votos, conforme o encaminhamento do Conselho Fiscal. Votaram contra a aprovação seis
federadas, dentre elas a do Ceará.

          Recusamos aprovação ao relatório por várias razões. Primeiro, não tivemos acesso, nem
antes, nem durante, nem tampouco depois da AGE, ao relatório produzido pela ICTS, e dele tivemos
apenas uma apresentação em PowerPoint, sob o argumento da Diretoria de que o assunto estava
sub judice e a entrega de cópias poderia trazer dificuldades para a FEBRASGO.

         Segundo, os questionamentos feitos ao Diretor Financeiro, presente na AGE, não foram
respondidos, sob a alegação de que fora orientado por seu advogado a não comentar os fatos
acontecidos na FEBRASGO.

            Terceiro, os fatos e responsabilidades não foram suficientemente esclarecidos, pois à
Assembléia Geral, poder soberano da FEBRASGO (Estatuto Social, art. 8°), foi negado acesso a
documentos vitais para a compreensão de como uma secretária e quatro autônomos prestadores
de serviços conseguiram apropriar-se de vultosas quantias, sacando-as da conta corrente da
FEBRASGO ao longo do ano de 2009, sem que os mecanismos de controle detectassem o problema,
mormente sabendo-se que somente a Diretoria pode autorizar despesas (Estatuto Social, art. 14,
VI), cabendo ao Presidente firmar os documentos financeiros e cheques em conjunto com o Diretor
Administrativo ou o Diretor Financeiro (Estatuto Social, artigos. 17, inciso XIII; 21, inciso IV; e 22,
inciso IV).

          Quarto, não há garantias de que os desvios estão circunscritos ao exercício de 2009, sendo
necessário estender a investigação aos exercícios de 2010, 2008, 2007 e 2006, pelo menos, como
forma de salvaguardar o patrimônio e os interesses da FEBRASGO.




        Rua João de Carvalho, 800 - Sala 1003/1004 - Aldeota - CEP 60140-140

           Fortaleza - Ceará - Brasil (85) 3244.2423 - socego@socego.com.br
Quinto, da forma como o problema foi encaminhando pela Diretoria, sequer foi admitido
examinar a responsabilização, ainda que por omissão, dos Diretores a quem o Estatuto Social
comete a atribuição exclusiva de autorizar despesas e firmar os documentos financeiros e cheques.

          Sexto, as explicações apresentadas na AGE foram insuficientes, envoltas numa atmosfera
de mistério, pois sequer declinaram os nomes dos supostos responsáveis pelos desfalques.

          Sétimo, entendemos que adiar um pouco a aprovação, deixando-a para um momento
posterior, enquanto os fatos fossem melhor esclarecidos, não traria nenhum prejuízo para a
FEBRASGO.

          O que houve na administração da FEBRASGO é da maior gravidade. Mais de R$
1.700.000,00 saíram das contas da entidade sem amparo em documentos fiscais idôneos, ou seja,
sem que as alegadas despesas fossem justificadas por notas fiscais.

       Extrai-se do relatório contábil da FEBRASGO, referente ao exercício de 2009: “Nos
pagamentos de despesas em geral houve grande quantidade de pagamentos sem documento fiscal
hábil, vale dizer, ausência de nota fiscal, principalmente na prestação de contas de viagem e
pagamento de cartão de crédito”. E em outro trecho: “Não foi lançado no resultado o montante de
R$ 1.514.756,55 de pagamentos, (...), por não existir documentação idônea para o registro”.

       O Dr. Flávio da Costa Vieira, Presidente da SOGIRGS e Membro Titular eleito do Conselho
Fiscal da FEBRASGO, enviou a todos os presentes na AGE carta encaminhando cópia do Parecer do
Conselho Fiscal (Anexo), em que relata adulteração de relatórios contábeis e de auditória
encaminhados ao Conselho Fiscal:

          “(...) – Mostramos a ele a versão entregue ao presidente do CF, pelo Diretor Financeiro
          da FEBRASGO, e ele disse não ser o seu ‘draft’ e que aquele documento estava
          adulterado, faltando justamente a ressalva onde ele apontava a movimentação de R$
          2.000.000,00 sem a comprovação de notas fiscais”.




       Rua João de Carvalho, 800 - Sala 1003/1004 - Aldeota - CEP 60140-140

           Fortaleza - Ceará - Brasil (85) 3244.2423 - socego@socego.com.br
O nosso interesse em salvaguarda o patrimônio da FEBRASGO é legítimo, pois 50% das
contribuições dos nossos associados são repassados para a Federação e deveriam retornar na forma
de publicações científicas e de repasse do Fundo FEBRASGO para as educações continuadas,
contrapartidas que já foram comprometidas, seja com o atraso das revistas científicas, seja com o
não repasse do valor anual de R$ 4.000,00 previsto para as nossas atividades educativas.

          Defendemos a total transparência nas investigações, com o acesso das federadas,
reunidas em AGE, a todos os relatórios e documentos que os instruem, a fim de que possamos fazer
juízo de valor sobre os responsáveis, diretos ou indiretos, pelos desvios de recursos identificados
nas movimentações financeiras da FEBRASGO.

Atenciosamente,



Gilda Maria Leite de Araújo
Presidente/SOCEGO



Flávio Lúcio Pontes Ibiapina
1º Secretário/SOCEGO




       Rua João de Carvalho, 800 - Sala 1003/1004 - Aldeota - CEP 60140-140

           Fortaleza - Ceará - Brasil (85) 3244.2423 - socego@socego.com.br

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Relatório sobre a agf de 12.02.11 1

Comunicados febrasgo
Comunicados febrasgoComunicados febrasgo
Comunicados febrasgo
febrasgo
 
Documento sogiba
Documento sogibaDocumento sogiba
Documento sogiba
febrasgo
 
Resposta luciano pompei
Resposta   luciano pompeiResposta   luciano pompei
Resposta luciano pompei
febrasgo
 
Precatórios Alimentares - Documento protocolado pela Assetj e Fespesp junto a...
Precatórios Alimentares - Documento protocolado pela Assetj e Fespesp junto a...Precatórios Alimentares - Documento protocolado pela Assetj e Fespesp junto a...
Precatórios Alimentares - Documento protocolado pela Assetj e Fespesp junto a...
Sylvio Micelli
 
Relato da Comissão de Julgamento sobre a seleção da AGB-Doce doce
Relato da Comissão de Julgamento sobre a seleção  da AGB-Doce doceRelato da Comissão de Julgamento sobre a seleção  da AGB-Doce doce
Relato da Comissão de Julgamento sobre a seleção da AGB-Doce doce
Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Doce - CBH-Doce
 
Urgente savio stf 07 08
Urgente savio stf 07 08Urgente savio stf 07 08
Urgente savio stf 07 08
megacidadania
 
Acórdão pedaladas fiscais
Acórdão pedaladas fiscaisAcórdão pedaladas fiscais
Acórdão pedaladas fiscais
Giovanni Sandes
 
Acórdão do TCU sobre pedaladas fiscais
Acórdão do TCU sobre pedaladas fiscaisAcórdão do TCU sobre pedaladas fiscais
Acórdão do TCU sobre pedaladas fiscais
Giovanni Sandes
 
Desvio dinheiro sindicato
Desvio dinheiro sindicato Desvio dinheiro sindicato
Desvio dinheiro sindicato
DEOLHONAPOLITICAOfic
 
O TCE e a Empetur
O TCE e a EmpeturO TCE e a Empetur
O TCE e a Empetur
Jamildo Melo
 
Parecer prévio do mpc sobre a prestação de contas de governo de carlos felipe...
Parecer prévio do mpc sobre a prestação de contas de governo de carlos felipe...Parecer prévio do mpc sobre a prestação de contas de governo de carlos felipe...
Parecer prévio do mpc sobre a prestação de contas de governo de carlos felipe...
José Ripardo
 
Kiko e Patrick Pavan fazem do IMPRERP um caos administrativo, aponta auditor ...
Kiko e Patrick Pavan fazem do IMPRERP um caos administrativo, aponta auditor ...Kiko e Patrick Pavan fazem do IMPRERP um caos administrativo, aponta auditor ...
Kiko e Patrick Pavan fazem do IMPRERP um caos administrativo, aponta auditor ...
Luís Carlos Nunes
 
Guedes
GuedesGuedes
Guedes
Editora 247
 
Contas irregulares da proguarú multa
Contas irregulares da proguarú   multaContas irregulares da proguarú   multa
Contas irregulares da proguarú multa
Francisco Brito
 
Relator – Conselheiro Antonio Roque Citadini
Relator – Conselheiro Antonio Roque CitadiniRelator – Conselheiro Antonio Roque Citadini
Relator – Conselheiro Antonio Roque Citadini
Luís Carlos Nunes
 
Prot. 1004 2015 parecer prévio nº 088-14
Prot. 1004 2015   parecer prévio nº 088-14Prot. 1004 2015   parecer prévio nº 088-14
Prot. 1004 2015 parecer prévio nº 088-14
Claudio Figueiredo
 
CVM G44
CVM G44CVM G44
CVM G44
cassiogusson
 
12 despadec1-moro-decis%c3%83 o
12 despadec1-moro-decis%c3%83 o12 despadec1-moro-decis%c3%83 o
12 despadec1-moro-decis%c3%83 o
Vetor Mil
 
CNSP - audiência pública em SP sobre precatórios
CNSP - audiência pública em SP sobre precatóriosCNSP - audiência pública em SP sobre precatórios
CNSP - audiência pública em SP sobre precatórios
CNSP Confederação Nacional dos Servidores Públicos
 
Ricardo teobaldotce
Ricardo teobaldotceRicardo teobaldotce
Ricardo teobaldotce
Jamildo Melo
 

Semelhante a Relatório sobre a agf de 12.02.11 1 (20)

Comunicados febrasgo
Comunicados febrasgoComunicados febrasgo
Comunicados febrasgo
 
Documento sogiba
Documento sogibaDocumento sogiba
Documento sogiba
 
Resposta luciano pompei
Resposta   luciano pompeiResposta   luciano pompei
Resposta luciano pompei
 
Precatórios Alimentares - Documento protocolado pela Assetj e Fespesp junto a...
Precatórios Alimentares - Documento protocolado pela Assetj e Fespesp junto a...Precatórios Alimentares - Documento protocolado pela Assetj e Fespesp junto a...
Precatórios Alimentares - Documento protocolado pela Assetj e Fespesp junto a...
 
Relato da Comissão de Julgamento sobre a seleção da AGB-Doce doce
Relato da Comissão de Julgamento sobre a seleção  da AGB-Doce doceRelato da Comissão de Julgamento sobre a seleção  da AGB-Doce doce
Relato da Comissão de Julgamento sobre a seleção da AGB-Doce doce
 
Urgente savio stf 07 08
Urgente savio stf 07 08Urgente savio stf 07 08
Urgente savio stf 07 08
 
Acórdão pedaladas fiscais
Acórdão pedaladas fiscaisAcórdão pedaladas fiscais
Acórdão pedaladas fiscais
 
Acórdão do TCU sobre pedaladas fiscais
Acórdão do TCU sobre pedaladas fiscaisAcórdão do TCU sobre pedaladas fiscais
Acórdão do TCU sobre pedaladas fiscais
 
Desvio dinheiro sindicato
Desvio dinheiro sindicato Desvio dinheiro sindicato
Desvio dinheiro sindicato
 
O TCE e a Empetur
O TCE e a EmpeturO TCE e a Empetur
O TCE e a Empetur
 
Parecer prévio do mpc sobre a prestação de contas de governo de carlos felipe...
Parecer prévio do mpc sobre a prestação de contas de governo de carlos felipe...Parecer prévio do mpc sobre a prestação de contas de governo de carlos felipe...
Parecer prévio do mpc sobre a prestação de contas de governo de carlos felipe...
 
Kiko e Patrick Pavan fazem do IMPRERP um caos administrativo, aponta auditor ...
Kiko e Patrick Pavan fazem do IMPRERP um caos administrativo, aponta auditor ...Kiko e Patrick Pavan fazem do IMPRERP um caos administrativo, aponta auditor ...
Kiko e Patrick Pavan fazem do IMPRERP um caos administrativo, aponta auditor ...
 
Guedes
GuedesGuedes
Guedes
 
Contas irregulares da proguarú multa
Contas irregulares da proguarú   multaContas irregulares da proguarú   multa
Contas irregulares da proguarú multa
 
Relator – Conselheiro Antonio Roque Citadini
Relator – Conselheiro Antonio Roque CitadiniRelator – Conselheiro Antonio Roque Citadini
Relator – Conselheiro Antonio Roque Citadini
 
Prot. 1004 2015 parecer prévio nº 088-14
Prot. 1004 2015   parecer prévio nº 088-14Prot. 1004 2015   parecer prévio nº 088-14
Prot. 1004 2015 parecer prévio nº 088-14
 
CVM G44
CVM G44CVM G44
CVM G44
 
12 despadec1-moro-decis%c3%83 o
12 despadec1-moro-decis%c3%83 o12 despadec1-moro-decis%c3%83 o
12 despadec1-moro-decis%c3%83 o
 
CNSP - audiência pública em SP sobre precatórios
CNSP - audiência pública em SP sobre precatóriosCNSP - audiência pública em SP sobre precatórios
CNSP - audiência pública em SP sobre precatórios
 
Ricardo teobaldotce
Ricardo teobaldotceRicardo teobaldotce
Ricardo teobaldotce
 

Mais de febrasgo

Geraldez tomaz febrasgo 2011
Geraldez tomaz  febrasgo 2011Geraldez tomaz  febrasgo 2011
Geraldez tomaz febrasgo 2011
febrasgo
 
Mineiros da atual e de diretorias anteriores da sogimig apoiam a chapa integr...
Mineiros da atual e de diretorias anteriores da sogimig apoiam a chapa integr...Mineiros da atual e de diretorias anteriores da sogimig apoiam a chapa integr...
Mineiros da atual e de diretorias anteriores da sogimig apoiam a chapa integr...
febrasgo
 
Mineiros apoiam a Integração Nacional
Mineiros apoiam a Integração NacionalMineiros apoiam a Integração Nacional
Mineiros apoiam a Integração Nacional
febrasgo
 
Relatorio cf
Relatorio cfRelatorio cf
Relatorio cf
febrasgo
 
Apoio à chapa sogimig
Apoio  à chapa sogimigApoio  à chapa sogimig
Apoio à chapa sogimig
febrasgo
 
Título de especialista em reprodução humana
Título de especialista em reprodução humanaTítulo de especialista em reprodução humana
Título de especialista em reprodução humana
febrasgo
 
Sbrh fevereiro-de-2011
Sbrh fevereiro-de-2011Sbrh fevereiro-de-2011
Sbrh fevereiro-de-2011
febrasgo
 
Sbrh 11
Sbrh 11Sbrh 11
Sbrh 11
febrasgo
 
Circular n. 3/2011
Circular n. 3/2011Circular n. 3/2011
Circular n. 3/2011
febrasgo
 
Carta sogimig
Carta sogimigCarta sogimig
Carta sogimig
febrasgo
 
Circular nº 02
Circular nº 02Circular nº 02
Circular nº 02
febrasgo
 
Gravidez após os 35 anos e cuidados a tomar
Gravidez após os 35 anos e cuidados a tomarGravidez após os 35 anos e cuidados a tomar
Gravidez após os 35 anos e cuidados a tomar
febrasgo
 
Benefícios não contraceptivos dos anticoncepcionais hormonais
Benefícios não contraceptivos dos anticoncepcionais hormonaisBenefícios não contraceptivos dos anticoncepcionais hormonais
Benefícios não contraceptivos dos anticoncepcionais hormonais
febrasgo
 

Mais de febrasgo (14)

Certidoes
CertidoesCertidoes
Certidoes
 
Geraldez tomaz febrasgo 2011
Geraldez tomaz  febrasgo 2011Geraldez tomaz  febrasgo 2011
Geraldez tomaz febrasgo 2011
 
Mineiros da atual e de diretorias anteriores da sogimig apoiam a chapa integr...
Mineiros da atual e de diretorias anteriores da sogimig apoiam a chapa integr...Mineiros da atual e de diretorias anteriores da sogimig apoiam a chapa integr...
Mineiros da atual e de diretorias anteriores da sogimig apoiam a chapa integr...
 
Mineiros apoiam a Integração Nacional
Mineiros apoiam a Integração NacionalMineiros apoiam a Integração Nacional
Mineiros apoiam a Integração Nacional
 
Relatorio cf
Relatorio cfRelatorio cf
Relatorio cf
 
Apoio à chapa sogimig
Apoio  à chapa sogimigApoio  à chapa sogimig
Apoio à chapa sogimig
 
Título de especialista em reprodução humana
Título de especialista em reprodução humanaTítulo de especialista em reprodução humana
Título de especialista em reprodução humana
 
Sbrh fevereiro-de-2011
Sbrh fevereiro-de-2011Sbrh fevereiro-de-2011
Sbrh fevereiro-de-2011
 
Sbrh 11
Sbrh 11Sbrh 11
Sbrh 11
 
Circular n. 3/2011
Circular n. 3/2011Circular n. 3/2011
Circular n. 3/2011
 
Carta sogimig
Carta sogimigCarta sogimig
Carta sogimig
 
Circular nº 02
Circular nº 02Circular nº 02
Circular nº 02
 
Gravidez após os 35 anos e cuidados a tomar
Gravidez após os 35 anos e cuidados a tomarGravidez após os 35 anos e cuidados a tomar
Gravidez após os 35 anos e cuidados a tomar
 
Benefícios não contraceptivos dos anticoncepcionais hormonais
Benefícios não contraceptivos dos anticoncepcionais hormonaisBenefícios não contraceptivos dos anticoncepcionais hormonais
Benefícios não contraceptivos dos anticoncepcionais hormonais
 

Relatório sobre a agf de 12.02.11 1

  • 1. Fortaleza, 13 de fevereiro de 2011. Realizou-se no dia 12 de fevereiro de 2011, em São Paulo, a Assembléia Geral Extraordinária das Associações, tendo como pauta o seguinte tema: Relatório Financeiro de 2009 e Parecer do Conselho Fiscal. Estiveram presentes 26 presidentes de Associações, membros da Diretoria e do Conselho Fiscal. O presidente da FEBRASGO, Nilson Roberto de Mello, após considerações gerais, falou da constatação de inconsistências no relatório contábil do ano de 2009 e assegurou que iria às últimas consequências para a apuração dos responsáveis e a recuperação dos bens patrimoniais da FEBRASGO. Em seguida, o Conselho Fiscal relatou a cronologia dos fatos e como chegou à constatação das referidas incongruências. Logo depois abriu-se a palavra para o diretor da ICTS, empresa de auditoria contratada pela FEBRASGO para analisar os documentos contáveis. A ICTS fez uma auditoria forense (investigatória) com análise de risco e com levantamento dos bens da funcionária suspeita e de autônomos supostamente envolvidos, detectou saída de grandes valores de dinheiro sem documentos idôneos e, por fim, fez observações quanto a pendências ainda existentes e recomendações para o aprimoramento dos processos de gestão. O Conselho Fiscal recomendou a aprovação das contas do exercício de 2009, ainda que com ressalvas, pois do contrário a FEBRASGO poderia ser penalizada com a perda de algumas vantagens tributárias que atualmente faz jus e até mesmo aventando a possibilidade de extinção da entidade. Rua João de Carvalho, 800 - Sala 1003/1004 - Aldeota - CEP 60140-140 Fortaleza - Ceará - Brasil (85) 3244.2423 - socego@socego.com.br
  • 2. Após ampla discussão e votação, as contas foram aprovadas com ressalvas, por maioria de votos, conforme o encaminhamento do Conselho Fiscal. Votaram contra a aprovação seis federadas, dentre elas a do Ceará. Recusamos aprovação ao relatório por várias razões. Primeiro, não tivemos acesso, nem antes, nem durante, nem tampouco depois da AGE, ao relatório produzido pela ICTS, e dele tivemos apenas uma apresentação em PowerPoint, sob o argumento da Diretoria de que o assunto estava sub judice e a entrega de cópias poderia trazer dificuldades para a FEBRASGO. Segundo, os questionamentos feitos ao Diretor Financeiro, presente na AGE, não foram respondidos, sob a alegação de que fora orientado por seu advogado a não comentar os fatos acontecidos na FEBRASGO. Terceiro, os fatos e responsabilidades não foram suficientemente esclarecidos, pois à Assembléia Geral, poder soberano da FEBRASGO (Estatuto Social, art. 8°), foi negado acesso a documentos vitais para a compreensão de como uma secretária e quatro autônomos prestadores de serviços conseguiram apropriar-se de vultosas quantias, sacando-as da conta corrente da FEBRASGO ao longo do ano de 2009, sem que os mecanismos de controle detectassem o problema, mormente sabendo-se que somente a Diretoria pode autorizar despesas (Estatuto Social, art. 14, VI), cabendo ao Presidente firmar os documentos financeiros e cheques em conjunto com o Diretor Administrativo ou o Diretor Financeiro (Estatuto Social, artigos. 17, inciso XIII; 21, inciso IV; e 22, inciso IV). Quarto, não há garantias de que os desvios estão circunscritos ao exercício de 2009, sendo necessário estender a investigação aos exercícios de 2010, 2008, 2007 e 2006, pelo menos, como forma de salvaguardar o patrimônio e os interesses da FEBRASGO. Rua João de Carvalho, 800 - Sala 1003/1004 - Aldeota - CEP 60140-140 Fortaleza - Ceará - Brasil (85) 3244.2423 - socego@socego.com.br
  • 3. Quinto, da forma como o problema foi encaminhando pela Diretoria, sequer foi admitido examinar a responsabilização, ainda que por omissão, dos Diretores a quem o Estatuto Social comete a atribuição exclusiva de autorizar despesas e firmar os documentos financeiros e cheques. Sexto, as explicações apresentadas na AGE foram insuficientes, envoltas numa atmosfera de mistério, pois sequer declinaram os nomes dos supostos responsáveis pelos desfalques. Sétimo, entendemos que adiar um pouco a aprovação, deixando-a para um momento posterior, enquanto os fatos fossem melhor esclarecidos, não traria nenhum prejuízo para a FEBRASGO. O que houve na administração da FEBRASGO é da maior gravidade. Mais de R$ 1.700.000,00 saíram das contas da entidade sem amparo em documentos fiscais idôneos, ou seja, sem que as alegadas despesas fossem justificadas por notas fiscais. Extrai-se do relatório contábil da FEBRASGO, referente ao exercício de 2009: “Nos pagamentos de despesas em geral houve grande quantidade de pagamentos sem documento fiscal hábil, vale dizer, ausência de nota fiscal, principalmente na prestação de contas de viagem e pagamento de cartão de crédito”. E em outro trecho: “Não foi lançado no resultado o montante de R$ 1.514.756,55 de pagamentos, (...), por não existir documentação idônea para o registro”. O Dr. Flávio da Costa Vieira, Presidente da SOGIRGS e Membro Titular eleito do Conselho Fiscal da FEBRASGO, enviou a todos os presentes na AGE carta encaminhando cópia do Parecer do Conselho Fiscal (Anexo), em que relata adulteração de relatórios contábeis e de auditória encaminhados ao Conselho Fiscal: “(...) – Mostramos a ele a versão entregue ao presidente do CF, pelo Diretor Financeiro da FEBRASGO, e ele disse não ser o seu ‘draft’ e que aquele documento estava adulterado, faltando justamente a ressalva onde ele apontava a movimentação de R$ 2.000.000,00 sem a comprovação de notas fiscais”. Rua João de Carvalho, 800 - Sala 1003/1004 - Aldeota - CEP 60140-140 Fortaleza - Ceará - Brasil (85) 3244.2423 - socego@socego.com.br
  • 4. O nosso interesse em salvaguarda o patrimônio da FEBRASGO é legítimo, pois 50% das contribuições dos nossos associados são repassados para a Federação e deveriam retornar na forma de publicações científicas e de repasse do Fundo FEBRASGO para as educações continuadas, contrapartidas que já foram comprometidas, seja com o atraso das revistas científicas, seja com o não repasse do valor anual de R$ 4.000,00 previsto para as nossas atividades educativas. Defendemos a total transparência nas investigações, com o acesso das federadas, reunidas em AGE, a todos os relatórios e documentos que os instruem, a fim de que possamos fazer juízo de valor sobre os responsáveis, diretos ou indiretos, pelos desvios de recursos identificados nas movimentações financeiras da FEBRASGO. Atenciosamente, Gilda Maria Leite de Araújo Presidente/SOCEGO Flávio Lúcio Pontes Ibiapina 1º Secretário/SOCEGO Rua João de Carvalho, 800 - Sala 1003/1004 - Aldeota - CEP 60140-140 Fortaleza - Ceará - Brasil (85) 3244.2423 - socego@socego.com.br