SlideShare uma empresa Scribd logo
Relatório de Inflação: Menos por Mais
27 de Setembro de 2012

Se os documentos anteriores do Copom clareavam o cenário prospectivo da Selic, conforme
afirmamos no último Calendário Econômico, o Relatório de Inflação (RI) do 3T12 divulgado na
manhã desta quinta-feira solidifica nossa projeção de juro básico em 7,50% em 2012 e
2013. Aqui, é preciso dividir os sinais emitidos pelo colegiado entre parada/continuidade do
ciclo de queda e a duração da estabilidade.
Parada em 7,50%:
       Segundo o documento, a recuperação tende a se intensificar ao longo deste semestre
       e no próximo ano em resposta aos efeitos dos estímulos já concedidos. De fato, sua
       projeção contempla crescimento do PIB real vindo de 1,6% no 4T12 (que antes era
       estimado em 2,5%) para 3,3% no acumulado em 4 trimestres.
       A política fiscal teria se deslocando de neutra (para a atividade e, portanto, para a
       condução da política monetária) para “ligeiramente expansionista”. Mais importante,
       o comitê reafirma que seu cenário inflacionário depende da manutenção do superávit
       primário em 3,1% do PIB, que hoje já se encontra próximo a 2,5%.
       O Copom reavaliou o cenário externo de desinflacionário para inflacionário no curto
       prazo e, da mesma forma, reclassificou o balanço de riscos do ambiente doméstico
       inflacionário de favorável para neutro. O principal fator de risco reside na elevação
       atual das commodities negociadas nos mercados internacionais e na instabilidade nos
       preços dos grãos e dos produtos in natura. A nosso ver, a perspectiva de aceleração
       da demanda daqui para frente, a desconfiança do mercado quanto a inflação futura
       (em 5,5% no Focus) e a opção do governo por limitar a valorização cambial
       potencializam os repasses ao consumidor.
       A expectativa de que a redução estimada nas tarifas de energia elétrica fosse levar a
       inflação estimada em seus cenários para algo próximo ao centro da meta em 2013
       não se materializou. Apesar de reduzir a projeção de administrados de 4,5% para 2,4%
       em 2013, o cenário de referência projeta inflação de 4,9% em 2013, enquanto o
       cenário de mercado aponta inflação de 4,8%, números apenas 0,1pp abaixo do
       RI2T12.
Estabilidade em 7,50% ao longo de 2013:
       As expectativas de crescimento para a economia global permanecem baixas e por
       período prolongado. No mundo desenvolvido, a necessidade de desalavancagem dos
       governos em um contexto de taxas de juros já próximas de zero (quando não em
       zero!) pesam sobre a atividade e restringem a adoção de medidas anticíclicas. Além
       disso, o documento argumenta que o cenário para a economia chinesa e indiana é
       “mais desafiador do que se antecipava”, com ritmo da atividade em moderação.
       Neste sentido, o desaquecimento da atividade global trabalha em favor da contenção
       da alta das commodities. De fato, o Copom considera “plausível antecipar a reversão,
       ainda que parcial, desses choques de oferta”. Sendo assim, o colegiado classifica o
       cenário internacional como desinflacionário no médio prazo (difernte de sua
       avaliação de curto prazo destacada acima).
       O crescimento projetado em 3,3% (acumulado em quatro trimestres) no 2T13 aponta
       que, apesar da recuperação frente ao 2S12, sua taxa permanecerá abaixo do PIB
       potencial, por nós estimada entre 3,7% e 4,0%.
       A diferença entre a inflação projetada no cenário de referência (4,9%) e no de
       mercado (4,8%) para 2013 é mínima apesar de o segundo caso contemplar uma Selic
       média em 8,07% versus 7,50% no primeiro.




                                                                                               1
Ou seja, em resumo, o documento trouxe motivos claros para a parada do ciclo atual em
7,50% ao ano, assim como sugere não existir desconfortos com a estabilidade da taxa
nesses níveis tendo em vista a manutenção da instabilidade financeira mundial e seus
reflexos sobre a atividade global.



Marco Antonio Maciel                           Marco Antonio Caruso
Economista-chefe                               Economista
Banco Pine                                     Banco Pine




                                                                                        2
Disclaimers
Informações relevantes

1. Estes comentários e recomendações foram elaborados pelo Banco Pine S.A. (“Banco Pine”) Estes comentários e
recomendações possuem caráter informativo, têm como único propósito fornecer informações e não constituem, nem devem
ser interpretados como oferta ou solicitação de compra ou venda de qualquer instrumento financeiro ou de participação em
qualquer estratégia de negócios específica, qualquer que seja a jurisdição. As informações contidas nestes comentários e
recomendações são consideradas confiáveis na data da divulgação destes comentários e recomendações e foram obtidas a
partir de qualquer das seguintes fontes: (i) fontes indicadas ao lado da informação; (ii) preço de cotação no principal
mercado regulado do valor mobiliário em questão; (iii) fontes públicas confiáveis; (iv) base de dados do Banco Pine. O Banco
Pine não declara ou garante, de forma expressa ou implícita, a integridade, confiabilidade ou exatidão de tais informações.
Estes comentários e recomendações não são declarações completas ou resumos dos valores mobiliários, mercados ou
desenvolvimentos aqui abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas nestes comentários e recomendações
refletem o atual julgamento do analista de investimento responsável pelo conteúdo destes comentários e recomendações na
data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. Da mesma forma, as cotações e
disponibilidades dos instrumentos financeiros são meramente indicativas e sujeitas a alterações sem aviso prévio. O Banco
Pine não está obrigado a atualizar, modificar ou corrigir estes comentários e recomendações, nem informar o leitor sobre tais
alterações.

2. Os analistas de investimento responsáveis pela elaboração destes comentários e recomendações certificam que as opiniões
expressas nestes comentários e recomendações refletem de forma precisa e exclusiva suas visões e opiniões pessoais a
respeito de toda e qualquer empresa analisada ou seus valores mobiliários e foram produzidas de forma independente e
autônoma. Uma vez que as opiniões pessoais dos analistas de investimento podem ser divergentes entre si, o Banco Pine pode
ter publicado ou vir a publicar outros comentários e recomendações que não apresentem uniformidade e/ou apresentem
diferentes conclusões em relação às informações fornecidas nestes comentários e recomendações. Os analistas de
investimento declaram que não mantêm qualquer vínculo com qualquer indivíduo que mantenha relações comerciais de
qualquer natureza com as empresas analisadas nestes comentários e recomendações e que não recebe qualquer remuneração
por serviços prestados, nem mantêm relações comerciais com empresas ou pessoa natural ou jurídica, fundo ou
universalidade de direitos, que represente os interesses das empresas analisadas nestes comentários e recomendações. O
analista de investimento, seu cônjuge ou companheiro não detém, direta ou indiretamente, posições em valores mobiliários
emitidos pelas empresas analisadas nestes comentários e recomendações em sua carteira de investimentos pessoal, não têm
interesse financeiro e não estão pessoalmente envolvidos na aquisição, alienação ou intermediação de tais valores no
mercado. O analista de investimento, seu cônjuge ou companheiro não atua como administrador, diretor ou membro do
conselho consultivo das empresas analisadas nestes comentários e recomendações.

3. A remuneração do analista de investimento é determinada pelos diretores do Banco Pine. Como todos os funcionários do
Banco Pine e suas empresas afiliadas, a remuneração dos analistas de investimento é influenciada pelo resultado geral
desta(s) companhia(s). Sendo assim, a remuneração do analista de investimento pode ser considerada indiretamente
relacionada a estes comentários e recomendações, entretanto o analista de investimento responsável pelo conteúdo destes
comentários e recomendações garante que nenhuma parcela de sua remuneração esteve, está ou estará, direta ou
indiretamente, relacionada a quaisquer recomendações ou opiniões específicas contidas nestes comentários e
recomendações ou ligada a precificação de quaisquer dos valores mobiliários discutidos nestes comentários e
recomendações.

4. O Banco Pine, suas controladas, seus controladores ou sociedades sob controle comum podem possuir participação
acionária, direta ou indireta, igual ou superior a 5% (cinco por cento) do capital social das empresas analisadas nestes
comentários e recomendações, e podem estar envolvidas na aquisição, alienação ou intermediação de tais valores no
mercado. O Banco Pine, suas controladas, seus controladores ou sociedades sob controle comum declaram que recebem, ou
pretendem receber,remuneração por serviços prestados para as empresas analisadas nestes comentários e recomendações ou
para pessoas a ela ligadas.

5. Os instrumentos financeiros discutidos nestes comentários e recomendações podem não ser adequados para todos os
investidores. Estes comentários e recomendações não levam em consideração os objetivos de investimento, situação
financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira
independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento baseada nas
informações contidas nestes comentários e recomendações. Caso um instrumento financeiro seja expresso em uma moeda
que não a do investidor, uma alteração nas taxas de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade do
instrumento financeiro e o leitor destes comentários e recomendações assume quaisquer riscos de câmbio. A rentabilidade de
instrumentos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode, direta ou indiretamente, aumentar ou
diminuir. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros, e nenhuma declaração ou
garantia, de forma expressa ou implícita, é feita nestes comentários e recomendações em relação a desempenhos futuros. O
Grupo Pine se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da
utilização destes comentários e recomendações ou de seu conteúdo.

6. Estes comentários e recomendações não podem ser reproduzidos ou redistribuídos para qualquer pessoa, no todo ou em
parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento por escrito do Banco Pine. Informações adicionais sobre os
instrumentos financeiros discutidos nestes comentários e recomendações estão disponíveis sob consulta.


Certificação de analistas

Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório de análise são certificados de acordo com a regulamentação
brasileira.




                                                                                                                                2

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

COPOM: Outro Jogo de Cena, Mas a Mesma Peça| Comentários Diários de Economia ...
COPOM: Outro Jogo de Cena, Mas a Mesma Peça| Comentários Diários de Economia ...COPOM: Outro Jogo de Cena, Mas a Mesma Peça| Comentários Diários de Economia ...
COPOM: Outro Jogo de Cena, Mas a Mesma Peça| Comentários Diários de Economia ...
Banco Pine
 
Inflação e Juros: Inescapável | Comentários Diários de Economia e Negócios
Inflação e Juros: Inescapável | Comentários Diários de Economia e NegóciosInflação e Juros: Inescapável | Comentários Diários de Economia e Negócios
Inflação e Juros: Inescapável | Comentários Diários de Economia e Negócios
Banco Pine
 
Ata do Copom: Redenção sem Rendição| Comentários Diários de Economia e Negócios
Ata do Copom: Redenção sem Rendição| Comentários Diários de Economia e NegóciosAta do Copom: Redenção sem Rendição| Comentários Diários de Economia e Negócios
Ata do Copom: Redenção sem Rendição| Comentários Diários de Economia e Negócios
Banco Pine
 
IPCA: Fim do período favorável
IPCA: Fim do período favorávelIPCA: Fim do período favorável
IPCA: Fim do período favorável
Banco Pine
 
Algo Deveria Fazer Sentido | Comentários Diários de Economia e Negócios
Algo Deveria Fazer Sentido | Comentários Diários de Economia e  NegóciosAlgo Deveria Fazer Sentido | Comentários Diários de Economia e  Negócios
Algo Deveria Fazer Sentido | Comentários Diários de Economia e Negócios
Banco Pine
 
IPCA e seus condicionantes atuais
IPCA e seus condicionantes atuaisIPCA e seus condicionantes atuais
IPCA e seus condicionantes atuais
Banco Pine
 
Surpresas Tempestivas | Comentários Diários de Economia e Negócios
Surpresas Tempestivas | Comentários Diários de Economia e NegóciosSurpresas Tempestivas | Comentários Diários de Economia e Negócios
Surpresas Tempestivas | Comentários Diários de Economia e Negócios
Banco Pine
 
Alívio Temporário e o Longo Prazo| Comentários Diários de Economia e Negócios
Alívio Temporário e o Longo Prazo| Comentários Diários de Economia e NegóciosAlívio Temporário e o Longo Prazo| Comentários Diários de Economia e Negócios
Alívio Temporário e o Longo Prazo| Comentários Diários de Economia e Negócios
Banco Pine
 
Surpresas, Discursos e Ações | Comentários Diários de Economia e Negócios
Surpresas, Discursos e Ações | Comentários Diários de Economia e NegóciosSurpresas, Discursos e Ações | Comentários Diários de Economia e Negócios
Surpresas, Discursos e Ações | Comentários Diários de Economia e Negócios
Banco Pine
 
Produção Industrial: Lenta e Irregular | Comentários Diários de Economia e Ne...
Produção Industrial: Lenta e Irregular | Comentários Diários de Economia e Ne...Produção Industrial: Lenta e Irregular | Comentários Diários de Economia e Ne...
Produção Industrial: Lenta e Irregular | Comentários Diários de Economia e Ne...
Banco Pine
 
Esperanças Veladas | Comentários Diários de Economia e Negócios
Esperanças Veladas | Comentários Diários de Economia e NegóciosEsperanças Veladas | Comentários Diários de Economia e Negócios
Esperanças Veladas | Comentários Diários de Economia e Negócios
Banco Pine
 
O Futuro é Hoje: O Fraco Crescimento do PIB | Comentários Diários de Economia...
O Futuro é Hoje: O Fraco Crescimento do PIB | Comentários Diários de Economia...O Futuro é Hoje: O Fraco Crescimento do PIB | Comentários Diários de Economia...
O Futuro é Hoje: O Fraco Crescimento do PIB | Comentários Diários de Economia...
Banco Pine
 
Balanço de Pagamentos: Tendências Mantidas | Comentários Diários de Economia ...
Balanço de Pagamentos: Tendências Mantidas | Comentários Diários de Economia ...Balanço de Pagamentos: Tendências Mantidas | Comentários Diários de Economia ...
Balanço de Pagamentos: Tendências Mantidas | Comentários Diários de Economia ...
Banco Pine
 
Indústria Segue Seu (Alto Desvio) Padrão| Comentários Diários de Economia e N...
Indústria Segue Seu (Alto Desvio) Padrão| Comentários Diários de Economia e N...Indústria Segue Seu (Alto Desvio) Padrão| Comentários Diários de Economia e N...
Indústria Segue Seu (Alto Desvio) Padrão| Comentários Diários de Economia e N...
Banco Pine
 
Graus de Miopia| Comentários Diários de Economia e Negócios
Graus de Miopia| Comentários Diários de Economia e NegóciosGraus de Miopia| Comentários Diários de Economia e Negócios
Graus de Miopia| Comentários Diários de Economia e Negócios
Banco Pine
 
A Recuperação em Curso | Comentários Diários de Economia e Negócios
A Recuperação em Curso | Comentários Diários de Economia e NegóciosA Recuperação em Curso | Comentários Diários de Economia e Negócios
A Recuperação em Curso | Comentários Diários de Economia e Negócios
Banco Pine
 
Conta Externas: Alívio Transitório| Comentários Diários de Economia e Negócios
Conta Externas: Alívio Transitório| Comentários Diários de Economia e NegóciosConta Externas: Alívio Transitório| Comentários Diários de Economia e Negócios
Conta Externas: Alívio Transitório| Comentários Diários de Economia e Negócios
Banco Pine
 
Relatório de Inflação: Em Compasso de Espera I Comentários Diários de Economi...
Relatório de Inflação: Em Compasso de Espera I Comentários Diários de Economi...Relatório de Inflação: Em Compasso de Espera I Comentários Diários de Economi...
Relatório de Inflação: Em Compasso de Espera I Comentários Diários de Economi...
Banco Pine
 
Atividade: Erraticidade e Riscos | Comentários Diários de Economia e Negócios
Atividade: Erraticidade e Riscos | Comentários Diários de Economia e NegóciosAtividade: Erraticidade e Riscos | Comentários Diários de Economia e Negócios
Atividade: Erraticidade e Riscos | Comentários Diários de Economia e Negócios
Banco Pine
 
IBC-Br: Recuperação ganha tração
IBC-Br: Recuperação ganha traçãoIBC-Br: Recuperação ganha tração
IBC-Br: Recuperação ganha tração
Banco Pine
 

Mais procurados (20)

COPOM: Outro Jogo de Cena, Mas a Mesma Peça| Comentários Diários de Economia ...
COPOM: Outro Jogo de Cena, Mas a Mesma Peça| Comentários Diários de Economia ...COPOM: Outro Jogo de Cena, Mas a Mesma Peça| Comentários Diários de Economia ...
COPOM: Outro Jogo de Cena, Mas a Mesma Peça| Comentários Diários de Economia ...
 
Inflação e Juros: Inescapável | Comentários Diários de Economia e Negócios
Inflação e Juros: Inescapável | Comentários Diários de Economia e NegóciosInflação e Juros: Inescapável | Comentários Diários de Economia e Negócios
Inflação e Juros: Inescapável | Comentários Diários de Economia e Negócios
 
Ata do Copom: Redenção sem Rendição| Comentários Diários de Economia e Negócios
Ata do Copom: Redenção sem Rendição| Comentários Diários de Economia e NegóciosAta do Copom: Redenção sem Rendição| Comentários Diários de Economia e Negócios
Ata do Copom: Redenção sem Rendição| Comentários Diários de Economia e Negócios
 
IPCA: Fim do período favorável
IPCA: Fim do período favorávelIPCA: Fim do período favorável
IPCA: Fim do período favorável
 
Algo Deveria Fazer Sentido | Comentários Diários de Economia e Negócios
Algo Deveria Fazer Sentido | Comentários Diários de Economia e  NegóciosAlgo Deveria Fazer Sentido | Comentários Diários de Economia e  Negócios
Algo Deveria Fazer Sentido | Comentários Diários de Economia e Negócios
 
IPCA e seus condicionantes atuais
IPCA e seus condicionantes atuaisIPCA e seus condicionantes atuais
IPCA e seus condicionantes atuais
 
Surpresas Tempestivas | Comentários Diários de Economia e Negócios
Surpresas Tempestivas | Comentários Diários de Economia e NegóciosSurpresas Tempestivas | Comentários Diários de Economia e Negócios
Surpresas Tempestivas | Comentários Diários de Economia e Negócios
 
Alívio Temporário e o Longo Prazo| Comentários Diários de Economia e Negócios
Alívio Temporário e o Longo Prazo| Comentários Diários de Economia e NegóciosAlívio Temporário e o Longo Prazo| Comentários Diários de Economia e Negócios
Alívio Temporário e o Longo Prazo| Comentários Diários de Economia e Negócios
 
Surpresas, Discursos e Ações | Comentários Diários de Economia e Negócios
Surpresas, Discursos e Ações | Comentários Diários de Economia e NegóciosSurpresas, Discursos e Ações | Comentários Diários de Economia e Negócios
Surpresas, Discursos e Ações | Comentários Diários de Economia e Negócios
 
Produção Industrial: Lenta e Irregular | Comentários Diários de Economia e Ne...
Produção Industrial: Lenta e Irregular | Comentários Diários de Economia e Ne...Produção Industrial: Lenta e Irregular | Comentários Diários de Economia e Ne...
Produção Industrial: Lenta e Irregular | Comentários Diários de Economia e Ne...
 
Esperanças Veladas | Comentários Diários de Economia e Negócios
Esperanças Veladas | Comentários Diários de Economia e NegóciosEsperanças Veladas | Comentários Diários de Economia e Negócios
Esperanças Veladas | Comentários Diários de Economia e Negócios
 
O Futuro é Hoje: O Fraco Crescimento do PIB | Comentários Diários de Economia...
O Futuro é Hoje: O Fraco Crescimento do PIB | Comentários Diários de Economia...O Futuro é Hoje: O Fraco Crescimento do PIB | Comentários Diários de Economia...
O Futuro é Hoje: O Fraco Crescimento do PIB | Comentários Diários de Economia...
 
Balanço de Pagamentos: Tendências Mantidas | Comentários Diários de Economia ...
Balanço de Pagamentos: Tendências Mantidas | Comentários Diários de Economia ...Balanço de Pagamentos: Tendências Mantidas | Comentários Diários de Economia ...
Balanço de Pagamentos: Tendências Mantidas | Comentários Diários de Economia ...
 
Indústria Segue Seu (Alto Desvio) Padrão| Comentários Diários de Economia e N...
Indústria Segue Seu (Alto Desvio) Padrão| Comentários Diários de Economia e N...Indústria Segue Seu (Alto Desvio) Padrão| Comentários Diários de Economia e N...
Indústria Segue Seu (Alto Desvio) Padrão| Comentários Diários de Economia e N...
 
Graus de Miopia| Comentários Diários de Economia e Negócios
Graus de Miopia| Comentários Diários de Economia e NegóciosGraus de Miopia| Comentários Diários de Economia e Negócios
Graus de Miopia| Comentários Diários de Economia e Negócios
 
A Recuperação em Curso | Comentários Diários de Economia e Negócios
A Recuperação em Curso | Comentários Diários de Economia e NegóciosA Recuperação em Curso | Comentários Diários de Economia e Negócios
A Recuperação em Curso | Comentários Diários de Economia e Negócios
 
Conta Externas: Alívio Transitório| Comentários Diários de Economia e Negócios
Conta Externas: Alívio Transitório| Comentários Diários de Economia e NegóciosConta Externas: Alívio Transitório| Comentários Diários de Economia e Negócios
Conta Externas: Alívio Transitório| Comentários Diários de Economia e Negócios
 
Relatório de Inflação: Em Compasso de Espera I Comentários Diários de Economi...
Relatório de Inflação: Em Compasso de Espera I Comentários Diários de Economi...Relatório de Inflação: Em Compasso de Espera I Comentários Diários de Economi...
Relatório de Inflação: Em Compasso de Espera I Comentários Diários de Economi...
 
Atividade: Erraticidade e Riscos | Comentários Diários de Economia e Negócios
Atividade: Erraticidade e Riscos | Comentários Diários de Economia e NegóciosAtividade: Erraticidade e Riscos | Comentários Diários de Economia e Negócios
Atividade: Erraticidade e Riscos | Comentários Diários de Economia e Negócios
 
IBC-Br: Recuperação ganha tração
IBC-Br: Recuperação ganha traçãoIBC-Br: Recuperação ganha tração
IBC-Br: Recuperação ganha tração
 

Semelhante a Relatório de Inflação: Menos por Mais

Emprego, Rendimentos e o IPCA de 2013 l Comentários Diários de Economia e Neg...
Emprego, Rendimentos e o IPCA de 2013 l Comentários Diários de Economia e Neg...Emprego, Rendimentos e o IPCA de 2013 l Comentários Diários de Economia e Neg...
Emprego, Rendimentos e o IPCA de 2013 l Comentários Diários de Economia e Neg...
Banco Pine
 
Emprego, Rendimentos e o IPCA de 2013 l Comentários Diáriaos de Economia e Ne...
Emprego, Rendimentos e o IPCA de 2013 l Comentários Diáriaos de Economia e Ne...Emprego, Rendimentos e o IPCA de 2013 l Comentários Diáriaos de Economia e Ne...
Emprego, Rendimentos e o IPCA de 2013 l Comentários Diáriaos de Economia e Ne...
Banco Pine
 
IPCA: Pressões com prazo de validade
IPCA: Pressões com prazo de validadeIPCA: Pressões com prazo de validade
IPCA: Pressões com prazo de validade
Banco Pine
 
IPCA-15 e Desemprego: A Diferença Está Nos Detalhes l Comentários Diáriaos de...
IPCA-15 e Desemprego: A Diferença Está Nos Detalhes l Comentários Diáriaos de...IPCA-15 e Desemprego: A Diferença Está Nos Detalhes l Comentários Diáriaos de...
IPCA-15 e Desemprego: A Diferença Está Nos Detalhes l Comentários Diáriaos de...
Banco Pine
 
Recuperação Claudicante l Comentários Diáriaos de Economia e Negócios
Recuperação Claudicante l Comentários Diáriaos de Economia e NegóciosRecuperação Claudicante l Comentários Diáriaos de Economia e Negócios
Recuperação Claudicante l Comentários Diáriaos de Economia e Negócios
Banco Pine
 
Imobilismo Monetário | Comentários Diários de Economia e Negócios
Imobilismo Monetário | Comentários Diários de Economia e NegóciosImobilismo Monetário | Comentários Diários de Economia e Negócios
Imobilismo Monetário | Comentários Diários de Economia e Negócios
Banco Pine
 
Torcida e Constatações Caras| Comentários Diários de Economia e Negócios
Torcida e Constatações Caras| Comentários Diários de Economia e NegóciosTorcida e Constatações Caras| Comentários Diários de Economia e Negócios
Torcida e Constatações Caras| Comentários Diários de Economia e Negócios
Banco Pine
 
Escassez de Fatores | Comentários Diários de Economia e Negócios
Escassez de Fatores | Comentários Diários de Economia e  NegóciosEscassez de Fatores | Comentários Diários de Economia e  Negócios
Escassez de Fatores | Comentários Diários de Economia e Negócios
Banco Pine
 
Pine Flash Note: Relatório de Inflação 1T13 - Era uma vez...
Pine Flash Note: Relatório de Inflação 1T13 - Era uma vez...Pine Flash Note: Relatório de Inflação 1T13 - Era uma vez...
Pine Flash Note: Relatório de Inflação 1T13 - Era uma vez...
Banco Pine
 
O Consumo Segue em Desaceleração | Comentários Diários de Economia e Negócios
O Consumo Segue em Desaceleração | Comentários Diários de Economia e NegóciosO Consumo Segue em Desaceleração | Comentários Diários de Economia e Negócios
O Consumo Segue em Desaceleração | Comentários Diários de Economia e Negócios
Banco Pine
 
Fevereiro: Um Mês Fraco; Trimestre Ainda de Recuperação| Comentários Diários ...
Fevereiro: Um Mês Fraco; Trimestre Ainda de Recuperação| Comentários Diários ...Fevereiro: Um Mês Fraco; Trimestre Ainda de Recuperação| Comentários Diários ...
Fevereiro: Um Mês Fraco; Trimestre Ainda de Recuperação| Comentários Diários ...
Banco Pine
 
IBC - Br: Boa Recuperação; Ainda Instável | Comentários Diários de Economia e...
IBC - Br: Boa Recuperação; Ainda Instável | Comentários Diários de Economia e...IBC - Br: Boa Recuperação; Ainda Instável | Comentários Diários de Economia e...
IBC - Br: Boa Recuperação; Ainda Instável | Comentários Diários de Economia e...
Banco Pine
 

Semelhante a Relatório de Inflação: Menos por Mais (12)

Emprego, Rendimentos e o IPCA de 2013 l Comentários Diários de Economia e Neg...
Emprego, Rendimentos e o IPCA de 2013 l Comentários Diários de Economia e Neg...Emprego, Rendimentos e o IPCA de 2013 l Comentários Diários de Economia e Neg...
Emprego, Rendimentos e o IPCA de 2013 l Comentários Diários de Economia e Neg...
 
Emprego, Rendimentos e o IPCA de 2013 l Comentários Diáriaos de Economia e Ne...
Emprego, Rendimentos e o IPCA de 2013 l Comentários Diáriaos de Economia e Ne...Emprego, Rendimentos e o IPCA de 2013 l Comentários Diáriaos de Economia e Ne...
Emprego, Rendimentos e o IPCA de 2013 l Comentários Diáriaos de Economia e Ne...
 
IPCA: Pressões com prazo de validade
IPCA: Pressões com prazo de validadeIPCA: Pressões com prazo de validade
IPCA: Pressões com prazo de validade
 
IPCA-15 e Desemprego: A Diferença Está Nos Detalhes l Comentários Diáriaos de...
IPCA-15 e Desemprego: A Diferença Está Nos Detalhes l Comentários Diáriaos de...IPCA-15 e Desemprego: A Diferença Está Nos Detalhes l Comentários Diáriaos de...
IPCA-15 e Desemprego: A Diferença Está Nos Detalhes l Comentários Diáriaos de...
 
Recuperação Claudicante l Comentários Diáriaos de Economia e Negócios
Recuperação Claudicante l Comentários Diáriaos de Economia e NegóciosRecuperação Claudicante l Comentários Diáriaos de Economia e Negócios
Recuperação Claudicante l Comentários Diáriaos de Economia e Negócios
 
Imobilismo Monetário | Comentários Diários de Economia e Negócios
Imobilismo Monetário | Comentários Diários de Economia e NegóciosImobilismo Monetário | Comentários Diários de Economia e Negócios
Imobilismo Monetário | Comentários Diários de Economia e Negócios
 
Torcida e Constatações Caras| Comentários Diários de Economia e Negócios
Torcida e Constatações Caras| Comentários Diários de Economia e NegóciosTorcida e Constatações Caras| Comentários Diários de Economia e Negócios
Torcida e Constatações Caras| Comentários Diários de Economia e Negócios
 
Escassez de Fatores | Comentários Diários de Economia e Negócios
Escassez de Fatores | Comentários Diários de Economia e  NegóciosEscassez de Fatores | Comentários Diários de Economia e  Negócios
Escassez de Fatores | Comentários Diários de Economia e Negócios
 
Pine Flash Note: Relatório de Inflação 1T13 - Era uma vez...
Pine Flash Note: Relatório de Inflação 1T13 - Era uma vez...Pine Flash Note: Relatório de Inflação 1T13 - Era uma vez...
Pine Flash Note: Relatório de Inflação 1T13 - Era uma vez...
 
O Consumo Segue em Desaceleração | Comentários Diários de Economia e Negócios
O Consumo Segue em Desaceleração | Comentários Diários de Economia e NegóciosO Consumo Segue em Desaceleração | Comentários Diários de Economia e Negócios
O Consumo Segue em Desaceleração | Comentários Diários de Economia e Negócios
 
Fevereiro: Um Mês Fraco; Trimestre Ainda de Recuperação| Comentários Diários ...
Fevereiro: Um Mês Fraco; Trimestre Ainda de Recuperação| Comentários Diários ...Fevereiro: Um Mês Fraco; Trimestre Ainda de Recuperação| Comentários Diários ...
Fevereiro: Um Mês Fraco; Trimestre Ainda de Recuperação| Comentários Diários ...
 
IBC - Br: Boa Recuperação; Ainda Instável | Comentários Diários de Economia e...
IBC - Br: Boa Recuperação; Ainda Instável | Comentários Diários de Economia e...IBC - Br: Boa Recuperação; Ainda Instável | Comentários Diários de Economia e...
IBC - Br: Boa Recuperação; Ainda Instável | Comentários Diários de Economia e...
 

Mais de Banco Pine

Efeitos Temporários Duradouros | Retrospectiva Prospectiva: Comentários Mensa...
Efeitos Temporários Duradouros | Retrospectiva Prospectiva: Comentários Mensa...Efeitos Temporários Duradouros | Retrospectiva Prospectiva: Comentários Mensa...
Efeitos Temporários Duradouros | Retrospectiva Prospectiva: Comentários Mensa...
Banco Pine
 
Calendário Econômico Pine: Cenas do próximo capítulo
Calendário Econômico Pine: Cenas do próximo capítuloCalendário Econômico Pine: Cenas do próximo capítulo
Calendário Econômico Pine: Cenas do próximo capítulo
Banco Pine
 
Piruetas em Gelo Fino| Comentários Diários de Economia e Negócios
Piruetas em Gelo Fino| Comentários Diários de Economia e NegóciosPiruetas em Gelo Fino| Comentários Diários de Economia e Negócios
Piruetas em Gelo Fino| Comentários Diários de Economia e Negócios
Banco Pine
 
Contradições no Mercado de Crédito | Comentários Diários de Economia e Negócios
Contradições no Mercado de Crédito | Comentários Diários de Economia e NegóciosContradições no Mercado de Crédito | Comentários Diários de Economia e Negócios
Contradições no Mercado de Crédito | Comentários Diários de Economia e Negócios
Banco Pine
 
Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudo
Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudoCalendário Econômico Pine: Um pouco de tudo
Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudo
Banco Pine
 
Calendário Econômico Pine: Inflação em aceleração
Calendário Econômico Pine: Inflação em aceleraçãoCalendário Econômico Pine: Inflação em aceleração
Calendário Econômico Pine: Inflação em aceleração
Banco Pine
 
Atividade Claudicante, Projeções Vacilantes| Comentários Diários de Economia ...
Atividade Claudicante, Projeções Vacilantes| Comentários Diários de Economia ...Atividade Claudicante, Projeções Vacilantes| Comentários Diários de Economia ...
Atividade Claudicante, Projeções Vacilantes| Comentários Diários de Economia ...
Banco Pine
 
Calendário Econômico Pine: Novos sinais de desaquecimento
Calendário Econômico Pine: Novos sinais de desaquecimentoCalendário Econômico Pine: Novos sinais de desaquecimento
Calendário Econômico Pine: Novos sinais de desaquecimento
Banco Pine
 
Calendário Econômico Pine: Melhora (temporária) em junho
Calendário Econômico Pine: Melhora (temporária) em junhoCalendário Econômico Pine: Melhora (temporária) em junho
Calendário Econômico Pine: Melhora (temporária) em junho
Banco Pine
 
Retrospectiva Prospectiva: Ajustes e Complicações
Retrospectiva Prospectiva: Ajustes e ComplicaçõesRetrospectiva Prospectiva: Ajustes e Complicações
Retrospectiva Prospectiva: Ajustes e Complicações
Banco Pine
 
Calendário Econômico Pine: Disparidades da inflação
Calendário Econômico Pine: Disparidades da inflaçãoCalendário Econômico Pine: Disparidades da inflação
Calendário Econômico Pine: Disparidades da inflação
Banco Pine
 
Pine Flash Note: PIB dos EUA e FOMC – implicações e complicações
Pine Flash Note: PIB dos EUA e FOMC – implicações e complicaçõesPine Flash Note: PIB dos EUA e FOMC – implicações e complicações
Pine Flash Note: PIB dos EUA e FOMC – implicações e complicações
Banco Pine
 
Calendário Econômico Pine: Atividade e inflação enfraquecidas
Calendário Econômico Pine: Atividade e inflação enfraquecidasCalendário Econômico Pine: Atividade e inflação enfraquecidas
Calendário Econômico Pine: Atividade e inflação enfraquecidas
Banco Pine
 
Pine Flash Note: Fiscal na ponta do lápis
Pine Flash Note: Fiscal na ponta do lápisPine Flash Note: Fiscal na ponta do lápis
Pine Flash Note: Fiscal na ponta do lápis
Banco Pine
 
Calendário Econômico Pine: Um mix de conjuntura
Calendário Econômico Pine: Um mix de conjunturaCalendário Econômico Pine: Um mix de conjuntura
Calendário Econômico Pine: Um mix de conjuntura
Banco Pine
 
Calendário Econômico Pine: Combinação pouco animadora
Calendário Econômico Pine: Combinação pouco animadoraCalendário Econômico Pine: Combinação pouco animadora
Calendário Econômico Pine: Combinação pouco animadora
Banco Pine
 
Retrospectiva Prospectiva: Decisões, expectativas e paradas súbitas
Retrospectiva Prospectiva: Decisões, expectativas e paradas súbitasRetrospectiva Prospectiva: Decisões, expectativas e paradas súbitas
Retrospectiva Prospectiva: Decisões, expectativas e paradas súbitas
Banco Pine
 
Mac 28 06 2013
Mac 28 06 2013Mac 28 06 2013
Mac 28 06 2013
Banco Pine
 
Pine Flash Note: Dinâmica desfavorável para o crescimento
Pine Flash Note: Dinâmica desfavorável para o crescimentoPine Flash Note: Dinâmica desfavorável para o crescimento
Pine Flash Note: Dinâmica desfavorável para o crescimento
Banco Pine
 

Mais de Banco Pine (19)

Efeitos Temporários Duradouros | Retrospectiva Prospectiva: Comentários Mensa...
Efeitos Temporários Duradouros | Retrospectiva Prospectiva: Comentários Mensa...Efeitos Temporários Duradouros | Retrospectiva Prospectiva: Comentários Mensa...
Efeitos Temporários Duradouros | Retrospectiva Prospectiva: Comentários Mensa...
 
Calendário Econômico Pine: Cenas do próximo capítulo
Calendário Econômico Pine: Cenas do próximo capítuloCalendário Econômico Pine: Cenas do próximo capítulo
Calendário Econômico Pine: Cenas do próximo capítulo
 
Piruetas em Gelo Fino| Comentários Diários de Economia e Negócios
Piruetas em Gelo Fino| Comentários Diários de Economia e NegóciosPiruetas em Gelo Fino| Comentários Diários de Economia e Negócios
Piruetas em Gelo Fino| Comentários Diários de Economia e Negócios
 
Contradições no Mercado de Crédito | Comentários Diários de Economia e Negócios
Contradições no Mercado de Crédito | Comentários Diários de Economia e NegóciosContradições no Mercado de Crédito | Comentários Diários de Economia e Negócios
Contradições no Mercado de Crédito | Comentários Diários de Economia e Negócios
 
Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudo
Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudoCalendário Econômico Pine: Um pouco de tudo
Calendário Econômico Pine: Um pouco de tudo
 
Calendário Econômico Pine: Inflação em aceleração
Calendário Econômico Pine: Inflação em aceleraçãoCalendário Econômico Pine: Inflação em aceleração
Calendário Econômico Pine: Inflação em aceleração
 
Atividade Claudicante, Projeções Vacilantes| Comentários Diários de Economia ...
Atividade Claudicante, Projeções Vacilantes| Comentários Diários de Economia ...Atividade Claudicante, Projeções Vacilantes| Comentários Diários de Economia ...
Atividade Claudicante, Projeções Vacilantes| Comentários Diários de Economia ...
 
Calendário Econômico Pine: Novos sinais de desaquecimento
Calendário Econômico Pine: Novos sinais de desaquecimentoCalendário Econômico Pine: Novos sinais de desaquecimento
Calendário Econômico Pine: Novos sinais de desaquecimento
 
Calendário Econômico Pine: Melhora (temporária) em junho
Calendário Econômico Pine: Melhora (temporária) em junhoCalendário Econômico Pine: Melhora (temporária) em junho
Calendário Econômico Pine: Melhora (temporária) em junho
 
Retrospectiva Prospectiva: Ajustes e Complicações
Retrospectiva Prospectiva: Ajustes e ComplicaçõesRetrospectiva Prospectiva: Ajustes e Complicações
Retrospectiva Prospectiva: Ajustes e Complicações
 
Calendário Econômico Pine: Disparidades da inflação
Calendário Econômico Pine: Disparidades da inflaçãoCalendário Econômico Pine: Disparidades da inflação
Calendário Econômico Pine: Disparidades da inflação
 
Pine Flash Note: PIB dos EUA e FOMC – implicações e complicações
Pine Flash Note: PIB dos EUA e FOMC – implicações e complicaçõesPine Flash Note: PIB dos EUA e FOMC – implicações e complicações
Pine Flash Note: PIB dos EUA e FOMC – implicações e complicações
 
Calendário Econômico Pine: Atividade e inflação enfraquecidas
Calendário Econômico Pine: Atividade e inflação enfraquecidasCalendário Econômico Pine: Atividade e inflação enfraquecidas
Calendário Econômico Pine: Atividade e inflação enfraquecidas
 
Pine Flash Note: Fiscal na ponta do lápis
Pine Flash Note: Fiscal na ponta do lápisPine Flash Note: Fiscal na ponta do lápis
Pine Flash Note: Fiscal na ponta do lápis
 
Calendário Econômico Pine: Um mix de conjuntura
Calendário Econômico Pine: Um mix de conjunturaCalendário Econômico Pine: Um mix de conjuntura
Calendário Econômico Pine: Um mix de conjuntura
 
Calendário Econômico Pine: Combinação pouco animadora
Calendário Econômico Pine: Combinação pouco animadoraCalendário Econômico Pine: Combinação pouco animadora
Calendário Econômico Pine: Combinação pouco animadora
 
Retrospectiva Prospectiva: Decisões, expectativas e paradas súbitas
Retrospectiva Prospectiva: Decisões, expectativas e paradas súbitasRetrospectiva Prospectiva: Decisões, expectativas e paradas súbitas
Retrospectiva Prospectiva: Decisões, expectativas e paradas súbitas
 
Mac 28 06 2013
Mac 28 06 2013Mac 28 06 2013
Mac 28 06 2013
 
Pine Flash Note: Dinâmica desfavorável para o crescimento
Pine Flash Note: Dinâmica desfavorável para o crescimentoPine Flash Note: Dinâmica desfavorável para o crescimento
Pine Flash Note: Dinâmica desfavorável para o crescimento
 

Relatório de Inflação: Menos por Mais

  • 1. Relatório de Inflação: Menos por Mais 27 de Setembro de 2012 Se os documentos anteriores do Copom clareavam o cenário prospectivo da Selic, conforme afirmamos no último Calendário Econômico, o Relatório de Inflação (RI) do 3T12 divulgado na manhã desta quinta-feira solidifica nossa projeção de juro básico em 7,50% em 2012 e 2013. Aqui, é preciso dividir os sinais emitidos pelo colegiado entre parada/continuidade do ciclo de queda e a duração da estabilidade. Parada em 7,50%: Segundo o documento, a recuperação tende a se intensificar ao longo deste semestre e no próximo ano em resposta aos efeitos dos estímulos já concedidos. De fato, sua projeção contempla crescimento do PIB real vindo de 1,6% no 4T12 (que antes era estimado em 2,5%) para 3,3% no acumulado em 4 trimestres. A política fiscal teria se deslocando de neutra (para a atividade e, portanto, para a condução da política monetária) para “ligeiramente expansionista”. Mais importante, o comitê reafirma que seu cenário inflacionário depende da manutenção do superávit primário em 3,1% do PIB, que hoje já se encontra próximo a 2,5%. O Copom reavaliou o cenário externo de desinflacionário para inflacionário no curto prazo e, da mesma forma, reclassificou o balanço de riscos do ambiente doméstico inflacionário de favorável para neutro. O principal fator de risco reside na elevação atual das commodities negociadas nos mercados internacionais e na instabilidade nos preços dos grãos e dos produtos in natura. A nosso ver, a perspectiva de aceleração da demanda daqui para frente, a desconfiança do mercado quanto a inflação futura (em 5,5% no Focus) e a opção do governo por limitar a valorização cambial potencializam os repasses ao consumidor. A expectativa de que a redução estimada nas tarifas de energia elétrica fosse levar a inflação estimada em seus cenários para algo próximo ao centro da meta em 2013 não se materializou. Apesar de reduzir a projeção de administrados de 4,5% para 2,4% em 2013, o cenário de referência projeta inflação de 4,9% em 2013, enquanto o cenário de mercado aponta inflação de 4,8%, números apenas 0,1pp abaixo do RI2T12. Estabilidade em 7,50% ao longo de 2013: As expectativas de crescimento para a economia global permanecem baixas e por período prolongado. No mundo desenvolvido, a necessidade de desalavancagem dos governos em um contexto de taxas de juros já próximas de zero (quando não em zero!) pesam sobre a atividade e restringem a adoção de medidas anticíclicas. Além disso, o documento argumenta que o cenário para a economia chinesa e indiana é “mais desafiador do que se antecipava”, com ritmo da atividade em moderação. Neste sentido, o desaquecimento da atividade global trabalha em favor da contenção da alta das commodities. De fato, o Copom considera “plausível antecipar a reversão, ainda que parcial, desses choques de oferta”. Sendo assim, o colegiado classifica o cenário internacional como desinflacionário no médio prazo (difernte de sua avaliação de curto prazo destacada acima). O crescimento projetado em 3,3% (acumulado em quatro trimestres) no 2T13 aponta que, apesar da recuperação frente ao 2S12, sua taxa permanecerá abaixo do PIB potencial, por nós estimada entre 3,7% e 4,0%. A diferença entre a inflação projetada no cenário de referência (4,9%) e no de mercado (4,8%) para 2013 é mínima apesar de o segundo caso contemplar uma Selic média em 8,07% versus 7,50% no primeiro. 1
  • 2. Ou seja, em resumo, o documento trouxe motivos claros para a parada do ciclo atual em 7,50% ao ano, assim como sugere não existir desconfortos com a estabilidade da taxa nesses níveis tendo em vista a manutenção da instabilidade financeira mundial e seus reflexos sobre a atividade global. Marco Antonio Maciel Marco Antonio Caruso Economista-chefe Economista Banco Pine Banco Pine 2
  • 3. Disclaimers Informações relevantes 1. Estes comentários e recomendações foram elaborados pelo Banco Pine S.A. (“Banco Pine”) Estes comentários e recomendações possuem caráter informativo, têm como único propósito fornecer informações e não constituem, nem devem ser interpretados como oferta ou solicitação de compra ou venda de qualquer instrumento financeiro ou de participação em qualquer estratégia de negócios específica, qualquer que seja a jurisdição. As informações contidas nestes comentários e recomendações são consideradas confiáveis na data da divulgação destes comentários e recomendações e foram obtidas a partir de qualquer das seguintes fontes: (i) fontes indicadas ao lado da informação; (ii) preço de cotação no principal mercado regulado do valor mobiliário em questão; (iii) fontes públicas confiáveis; (iv) base de dados do Banco Pine. O Banco Pine não declara ou garante, de forma expressa ou implícita, a integridade, confiabilidade ou exatidão de tais informações. Estes comentários e recomendações não são declarações completas ou resumos dos valores mobiliários, mercados ou desenvolvimentos aqui abordados. As opiniões, estimativas e projeções expressas nestes comentários e recomendações refletem o atual julgamento do analista de investimento responsável pelo conteúdo destes comentários e recomendações na data de sua divulgação e estão, portanto, sujeitas a alterações sem aviso prévio. Da mesma forma, as cotações e disponibilidades dos instrumentos financeiros são meramente indicativas e sujeitas a alterações sem aviso prévio. O Banco Pine não está obrigado a atualizar, modificar ou corrigir estes comentários e recomendações, nem informar o leitor sobre tais alterações. 2. Os analistas de investimento responsáveis pela elaboração destes comentários e recomendações certificam que as opiniões expressas nestes comentários e recomendações refletem de forma precisa e exclusiva suas visões e opiniões pessoais a respeito de toda e qualquer empresa analisada ou seus valores mobiliários e foram produzidas de forma independente e autônoma. Uma vez que as opiniões pessoais dos analistas de investimento podem ser divergentes entre si, o Banco Pine pode ter publicado ou vir a publicar outros comentários e recomendações que não apresentem uniformidade e/ou apresentem diferentes conclusões em relação às informações fornecidas nestes comentários e recomendações. Os analistas de investimento declaram que não mantêm qualquer vínculo com qualquer indivíduo que mantenha relações comerciais de qualquer natureza com as empresas analisadas nestes comentários e recomendações e que não recebe qualquer remuneração por serviços prestados, nem mantêm relações comerciais com empresas ou pessoa natural ou jurídica, fundo ou universalidade de direitos, que represente os interesses das empresas analisadas nestes comentários e recomendações. O analista de investimento, seu cônjuge ou companheiro não detém, direta ou indiretamente, posições em valores mobiliários emitidos pelas empresas analisadas nestes comentários e recomendações em sua carteira de investimentos pessoal, não têm interesse financeiro e não estão pessoalmente envolvidos na aquisição, alienação ou intermediação de tais valores no mercado. O analista de investimento, seu cônjuge ou companheiro não atua como administrador, diretor ou membro do conselho consultivo das empresas analisadas nestes comentários e recomendações. 3. A remuneração do analista de investimento é determinada pelos diretores do Banco Pine. Como todos os funcionários do Banco Pine e suas empresas afiliadas, a remuneração dos analistas de investimento é influenciada pelo resultado geral desta(s) companhia(s). Sendo assim, a remuneração do analista de investimento pode ser considerada indiretamente relacionada a estes comentários e recomendações, entretanto o analista de investimento responsável pelo conteúdo destes comentários e recomendações garante que nenhuma parcela de sua remuneração esteve, está ou estará, direta ou indiretamente, relacionada a quaisquer recomendações ou opiniões específicas contidas nestes comentários e recomendações ou ligada a precificação de quaisquer dos valores mobiliários discutidos nestes comentários e recomendações. 4. O Banco Pine, suas controladas, seus controladores ou sociedades sob controle comum podem possuir participação acionária, direta ou indireta, igual ou superior a 5% (cinco por cento) do capital social das empresas analisadas nestes comentários e recomendações, e podem estar envolvidas na aquisição, alienação ou intermediação de tais valores no mercado. O Banco Pine, suas controladas, seus controladores ou sociedades sob controle comum declaram que recebem, ou pretendem receber,remuneração por serviços prestados para as empresas analisadas nestes comentários e recomendações ou para pessoas a ela ligadas. 5. Os instrumentos financeiros discutidos nestes comentários e recomendações podem não ser adequados para todos os investidores. Estes comentários e recomendações não levam em consideração os objetivos de investimento, situação financeira ou necessidades específicas de qualquer investidor. Os investidores devem obter orientação financeira independente, com base em suas características pessoais, antes de tomar uma decisão de investimento baseada nas informações contidas nestes comentários e recomendações. Caso um instrumento financeiro seja expresso em uma moeda que não a do investidor, uma alteração nas taxas de câmbio pode impactar adversamente o preço, valor ou rentabilidade do instrumento financeiro e o leitor destes comentários e recomendações assume quaisquer riscos de câmbio. A rentabilidade de instrumentos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode, direta ou indiretamente, aumentar ou diminuir. Os desempenhos anteriores não são necessariamente indicativos de resultados futuros, e nenhuma declaração ou garantia, de forma expressa ou implícita, é feita nestes comentários e recomendações em relação a desempenhos futuros. O Grupo Pine se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização destes comentários e recomendações ou de seu conteúdo. 6. Estes comentários e recomendações não podem ser reproduzidos ou redistribuídos para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento por escrito do Banco Pine. Informações adicionais sobre os instrumentos financeiros discutidos nestes comentários e recomendações estão disponíveis sob consulta. Certificação de analistas Os analistas responsáveis pela elaboração deste relatório de análise são certificados de acordo com a regulamentação brasileira. 2