SlideShare uma empresa Scribd logo
1
2
Sumário
1. Administração da secretaria
2. Assessoria Técnica do Sistema Municipal da Assistência Social
3. Assessoria Técnica da Vigilância Socioassistencial
4. Centro de Referência da Assistência Social Tia Maria Janica
5. Centro de Referência da Assistência Social Francisca Rodrigues Dantas
(Fransquinha)
6. Centro de Referência Especializado da Assistência Social-CREAS
7. Centro de Convivência do Idoso
8. Cadastro Único
9. Diretoria de Promoção da Cidadania
Anexos
3
SECRETARIA DA ASSISTENCIA SOCIAL
Missão
 Planejar, acompanhar, desenvolver, fiscalizar e executar as Políticas
Municipais da Assistência Social para crianças, jovens, adultos, idosos e
portadores de deficiência, visando melhorar a qualidade de vida e a
inclusão social dos cidadãos e cidadãs irauçubenses.
Visão
 Ser reconhecida pela contribuição na melhoria dos indicadores sociais,
com redução das desigualdades, ampliação das oportunidades, controle
social, gestão descentralizada e efetivação das políticas da Assistência
social.
Valores
 Ser ético e transparente
 Sensibilidade social
 Gestão compartilhada, democrática e popular
 Ofertar serviços com qualidade e eficiência
 Comprometimento e reconhecimento do usuário como sujeito autônomo e
capaz
 Equidade Social
 Reconhecimento da diversidade
 Universalismo de direitos
 Respeito e cooperação nas relações de trabalho
4
0
10
20
30
40
50
60
70
Atendimentos
61
52
23
45
Atendimentosmensais
Janeiro
Fev
Mar
Abr
0
50
100
27
40
21
6
Janeiro Fevereiro Março Abril
1. SETOR: ADMINISTRATIVO
1.1- Atendimentos na Secretaria a pessoas ou grupo de pessoas
1.2- Elaboração de Projetos/Relatórios
5
0
20
40
Participação em reuniões/eventos internos
6
6
12
7
Janeiro Fevereiro Março Abril
Especificação dos Projetos/Relatórios elaborados no mês
1. Relatório Mensal da secretaria
2. Relatório do Projeto Campeonato de Futebol do Mandacaru
3. Relatório do Projeto Copa Amigos do Juá
4. Reformulação do Projeto Social PNHR Cacimba do Meio
5. Reformulação do Projeto Social PNHR Cactus
6. Reformulação do Projeto Social PNHR Flor do Mandacaru
1.3- Participação em reuniões /eventos internos
Data Tipo de reunião/evento/encontro Local Total de
pessoas
05/04 Colhendo assinaturas nas
declarações dos beneficiários do
PNHR Cacimba Salgada
Escola de
Cacimba Salgada
30
05/04 Colhendo assinaturas nas
declarações dos beneficiários do
PNHR de São José
Associação São
José
30
19/04 Reunião com Djally e Renato sobre
evento do dia 19
Secretaria 02
18/04 Inauguração do Centro de Inclusão
Social no Juá
CIS/Juá 200
6
0
10
20
30
Participação em eventos externos
4
4
5
8
Janeiro Fevereiro Março Abril
19/04 Noite de Autógrafos do Livro Ventos
do Sertão e Lançamento da Cartilha
Ruas de Irauçuba
Auditório da
Educação
100
20/04 Reunião com Carlito sobre prestação
de contas da FAI
Secretaria 02
23/04 Reunião com técnicos para
apresentação do Projeto CRAS:
Unindo famílias, formando cidadãos
Secretaria 07
TOTAL 371
1.4- Participação em eventos externos (assembléias, seminários,
capacitações, reuniões, etc)
Data Evento Instituiçã
o
Promotor
a
Local Carga
Horária
02 Encontro de Gestão Gabinete Escola João
Mariano
4h
03 Participação no Dialogando com
a Comunidade de Campinas
Gabinete Quadra da
Escola
3h
05 Alianças da Cidadania Gabinete Auditório da
Educação 4h
06 Agência da Caixa Econômica
Federal
- Itapajé manhã
09 Reunião com Prefeito e
Secretários
Gabinete Gabinete
2h
11 Reunião sobre projetos sociais na
GIHAB
GIHAB GIHABFO
3h
7
0
10
20
Ações diversas
7
5
1
7
Janeiro fevereiro março abril
16 Entregando pendências do PNHR - SR Norte e Sul
GIHABFO
O dia
todo
17 Reunião com Prefeito-sobre
inauguração do CIS
Gabinete Gabinete
2h
1.5- Ações diversas na parte administrativa
ITEM DESCRIÇÃO DAS AÇÕES
1. Organização do cadastramento dos funcionários da secretaria
2. Controle dos did’s e empenhos do mês para acompanhamento
3. Monitoramento das licitações e envio de documento oficial cobrando dos
setores responsáveis mais uma vez
4. Digitações das declarações do PNHR –resolução de pendências de dois
empreendimentos
5. Organização das pinturas dos letreiros dos CRAS e CIS
6. Programação da Inauguração do CIS do Juá
7. Programação do Lançamento do Livro e da cartilha
8
0
10
20
Doações diversas
8
4
0
5
Janeiro Fevereiro Março Abril
1.6- Doações diversas
ITEM DESCRIÇÃO DAS DOAÇÕES
1. 01 bola de futebol para SCFV do Juá
2. 01 bola de futsal para SCFV do Juá
3. 01 bola de handebol para SCFV do Juá
4. 01 bola de 01 terno para SCFV do Juá
5. Ajuda para o Time de futsal feminino do Juá.Org: Nanzão
1.7- Avanços e Conquistas
ITEM Avanços/Conquistas
1. Inauguração do Centro de Inclusão Social do Juá
2. Mais funcionários para o CIS
3. Resolução de pendências junto a CAIXA referente aos 03 Empreendimentos
do PNHR
4. Ocorreu a licitação de dois projetos: Gerar e Cultura Popular na Terceira
Idade
5. Houve a Noite de Autógrafos do Livro Ventos do Sertão
6. Houve o lançamento da Cartilha dos homenageados das ruas de Irauçuba
7. Chegada de um motoboy na secretaria para ajudar na mobilização dos
eventos, reuniões e habitação
8. Recebimento de peças para conserto de 01 computador do Setor de
Documentos
9. Aquisição de peças de computador e 01 TV, esta para o Cadastro Único
10. Mais um funcionário para ajudar no Setor de Documentos
11. Mais um agente administrativo no CRAS sede completando assim, a equipe
mínima
12. Início do Curso de Design de Sobrancelhas com famílias do Programa Bolsa
Família no CRAS Missi
9
13. Início do Curso de Design de Sobrancelhas com participantes do PAEFI-
Projeto Resgatando Vidas
14. Recebimento de 480 livros da Fundação Banco Itaú para as crianças de até
6 anos de idade do CRAS e Programa Criança Feliz.
1.8- Dificuldades/Demandas
Dificuldades/Demandas
1. Demanda de materiais permanentes:
 08 computadores
02 para o Setor administrativo
02 para o CRAS Sede
02 para o CRAS Missi
01 para o Centro dos Idosos
01 para o setor de documentos
 04 armários
 50 cadeiras
 10 mesas
 05 birôs
 10 estantes.
 10 ventiladores para parede e 03 ar condicionado
 02 freezer
 03 gelágua
2. Demanda de materiais diversos:
 Limpeza
 Jogos pedagógicos
 Etc.
3. Não foi feita a licitação para o Projeto Promovendo a Cidadania, que tinha uma
programação para a Festa do Município, deixaram pra fazer cotações tarde,
sendo assim, não acontecerá.
4. Demanda de funcionários
02 para o Setor Habitacional (Diretor(a) e digitador) que sejam pessoas que
suportem a pressão do trabalho e sejam capacitados em informática e tenham
uma boa escrita e leitura para elaboração de relatórios e preenchimento de
cadastros.
01agente administrativo para o CRAS Missi
0201 Recepcionista para o CRAS Missi
01 auxiliar de serviços gerais para secretaria
02 bandas de forró pé de serra para os encontros com os idosos
5. Dificuldades para utilizar os recursos para medidas socioeducativas, pois não são
aplicadas as medidas pelo juiz, correndo o risco do recurso voltar.
10
1
8
1
4
0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Visitas Domiciliares e Parecer
JAN
FEV
MAR
ABR
38
22
50
14
0
10
20
30
40
50
60
Atendimentos no mês
JAN
FEV
MAR
ABR
2. SETOR: GESTÃO DO SISTEMA MUNICIPAL DA ASSISTÊNCIA
SOCIAL/HABITAÇÃO/PROGRAMA CRIANÇA FELIZ
2.1- Atendimentos no mês Abril
2.2- Visitas domiciliares no mês de Abril
TIPO DE ATENDIMENTO TOTAL
10 - Atendimentos de demanda espontânea – busca por
informações de serviços ofertados na Secretaria da Assistência
Social nos diversos setores.
02 - Atendimentos sobre a regularização dos conjuntos
habitacionais: João Paulo II e Flores do Semiárido.
02- Cadastro para doação de casa e reforma
14
11
7
4 4
2
0
1
2
3
4
5
6
7
8
Reuniões e Eventos da Secretaria da Assistência
JAN
FEV
MAR
ABR
2.3- Eventos/reuniões da Secretaria em Abril
DATA REUNIÃO/EVENTO LOCAL FINALIDADE
23.04
Reunião com as equipes
dos CRAS
Sala dos
Conselhos
– Sec. SAS
Apresentação do
Projeto CRAS: Unindo
famílias, formando
cidadãos
24.04
Reunião com equipe de
técnicos da SAS (Grupo
de estudo)
Sala dos
Conselhos
– Sec. SAS
Repassar as orientações
a cerca do programa
para Resultados – PforR
e Lei 1275 – Programa
Morar melhor
FINALIDADE DAS VISITAS TOTAL
01 Visita do Cadastro Único
01 Visita Setor de Habitação
02 Visitas para verificação de regularização de casa no
Conjunto João Paulo II
04
12
6
40
4
31
1
12
4
34
0
5
10
15
20
25
30
35
40
45
QTD Reuniões QTD Participantes
JAN
FEV
MAR
ABR
1
3
1
2
0
0,5
1
1,5
2
2,5
3
3,5
Eventos externos e Capacitações
JAN
FEV
MAR
ABR
2.4- Participação em eventos/reuniões Capacitações externas
DATA REUNIÃO/EVENTO LOCAL FINALIDADE
02.04
3º Encontro de Gestão
de 2018
Escola João
Mariano/Desativada
Comunicação entre a
Gestão
20.04
I Seminário de
Prevenção ao Trabalho
Infantil
Centro de
Convivência para
pessoa Idosa – CCI
Elaboração do Plano
de Prevenção e
Erradicação do
Trabalho Infantil em
Irauçuba
2.5- Monitoramento dos planejamentos e reuniões periódicas
13
116
150 150
0
20
40
60
80
100
120
140
160
Busca ativa Famílias Cadastradas
Março
abril
35
18
0
217
20
2
0
50
100
150
200
250
Crianças de 0 a 3 anos Gestantes BPC
Março
abrial
2.1-PROGRAMA CRIANÇA FELIZ
2.1.1- Acompanhamento do Programa Criança Feliz
2.1.2- Visitas de Acompanhamento divididas por faixas etárias
DATA REUNIÃO DE PLANEJAMENTO EQUIPES/CONSELHOS TOTAL DE
PARTICIPANTES
03.04 Conselho Municipal do Idoso 08
04.04 Conselho Municipal da Assistência Social 10
05.04 Supervisora do Programa Criança Feliz 02
24.04 Grupo de estudos dos técnicos da SAS 14
Total 34
ACOMPANHAMENTO EM ABRIL TOTAL
150 Famílias cadastradas no Programa Criança Feliz 150
14
8
12
0
2
4
6
8
10
12
14
Reuniões Internas
Março
Abril
2.1.3- Participação em reuniões internas
DESCRIÇÃO DAS VISITAS REALIZADAS TOTAL
0 a 3 anos 217
Gestantes 20
Crianças 0 a 6 anos que recebem Benefício de Prestação
Continuada – BPC
02
TOTAL 239
DATA DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE REALIZADA
02 Apresentação de pauta na reunião do Conselho Municipal da
Assistência Social-CMAS
Planejamento com visitadoras do PCF
03 Reunião com técnico da vigilância socioassistencial Denis, sobre
sistema do PCF.
04 Reunião Ordinária do Conselho Municipal da Assistência Social-
CMAS
05 Reunião com a técnica de gestão e coordenadora do PCF Márcia.
09 Planejamento com visitadoras do PCF.
10 Reunião com a equipe do CRAS/sede
48- Registros de visitas no sistema do PCF
16 Planejamento com visitadoras do PCF
18 43- Registros de visitas no sistema do PCF
20 Seminário para Elaboração do Planode Erradicação do Trabalho
Infantil no Município.
23 Planejamento com as visitadoras do PCF
15
AVANÇOS E CONQUISTAS NO MÊS DE ABRIL
 Terceiro encontro do grupo de estudo dos técnicos da assistência
social;
 Retiramos todas as pendências nos projetos sociais dos
empreendimentos Cactus, Flor do Mandacaru e Cacimba do Meio.
Protocolamos os 03 projetos na sexta (27.04) na GIHAB, onde
beneficiara 101 famílias do município;
 Capacitação para 2 conselheiros do Conselho Municipal da Assistência
Social – SMAS.
DIFICULDADES NO MÊS DE ABRIL
 O não atendimento da solicitação feita em 2017 de duas pessoas para
formar a equipe no setor de habitação, os mesmos ficariam sob a
coordenação da técnica;
 A falta de pessoal capacitado para elaboração de projetos sociais na
área de habitação rural, como também documentação complementar
para compor proposta;
 Falta de impressoras que façam escanneamentos de varias folhas de
uma vez, assim como materiais básicos como: folhas, canetas,
almofadas de carimbo, tintas, pastas e envelopes.
SUGESTÕES PARA MELHORAR
 Não acumular cargo/atribuições, sempre que algum técnico precisar se
ausentar, seja por licença maternidade ou tratamento médico, chamar
imediatamente outro técnico classificado na seleção de temporários do
início do ano, fazendo isso terá melhores resultados e qualidade nos
atendimentos;
 Priorizar as contratações de início do ano, realizando planejando no
mês de dezembro para que não haja atrasos e bloqueio de recursos
dos programas Estadual e Federal;
 Formar a equipe de habitação e capacitar-los antes de exercer as
funções.
61- Registros de visitas no sistema do PCF
24 Oficina de apoio técnico sobre controle social na politica de
assistência social em Fortaleza.
25 Oficina de apoio técnico sobre controle social na politica de
assistência social em Fortaleza.
26 Reunião com técnico da vigilância socioassistencial Denis, sobre
sistema do PCF.
16
5
7
41
5
0
5
10
15
20
25
30
35
40
45
Atendimentos no mês
JAN
FEV
MAR
ABR
3. SETOR: VIGILÂNCIA SOCIOASSISTENCIAL
3.1- Atendimentos no mês de Abril
3.2- Visitas domiciliares no mês de Abril
FINALIDADE DOS ATENDIMENTOS NO MÊS TOTAL
- Atendimento realizado aos beneficiários do Programa Nacional
de Habitação Rural – PNHR, Empreendimento Cacimba do Meio
que contempla as localidades de São José, Cacimba Salgada e
Costa. - Atendimento a usuário do Benefício de Prestação
Continuada - BPC.
05
1
71
6
1
0
10
20
30
40
50
60
70
80
Visitas Domiciliares
JAN
FEV
MAR
ABR
17
4
5
4 4
0
1
2
3
4
5
6
Reuniões e Eventos da Secretaria da Assistência
JAN
FEV
MAR
ABR
6
2
0
1
0
1
2
3
4
5
6
7
Encaminhamentos
JAN
FEV
MAR
ABR
3.3- Encaminhamentos realizados em Abril
TIPO DE ENCAMINHAMENTO TOTAL
- Encaminhamento de usuário para o setor de Habitação
para realização de cadastro habitacional. 01
3.4- Eventos/reuniões da Secretaria em Abril
FINALIDADE DAS VISITAS TOTAL
Dia 18/04 – Visita Domiciliar realizada na localidade de coité a
família que teve a casa alagada pelas chuvas, para inserção em
Projeto Habitacional.
01
18
3.5- Participação em eventos/reuniões Capacitações externas
DATA REUNIÃO/EVENTO LOCAL FINALIDADE
04/04
06/04
20/04
24/034
- Reunião com
Conselho
Municipal de
Assistência Social
– CMAS.
- Reunião com
Conselho
Municipal de
Assistência Social
– CMAS.
- Participação no
I Seminário de
Prevenção ao
Trabalho Infantil.
- Reunião com
Técnica de
Gestão, Técnica
da Habitação, e
Equipe técnica
do CRAS/SEDE,
CRAS/MISSI,
CRAES, e
Conselho Tutelar.
- Sala de
Reuniões dos
Conselhos
- Sala de
Reuniões dos
Conselhos
- Centro dos
Idosos
- Sede da
Associação
comunitária
de São José
- Sala de
Reuniões dos
Conselhos
- Apresentação do Demonstrativo dos
serviços cofinanciados pelo governo
estadual referente ao ano de 2016.
- Apresentação do Plano de Ação do
cofinanciamento estadual do Serviço
de Proteção e Atendimento Integral a
Família – PAIF, e dos Benefícios
Eventuais – BE do ano de 2018.
- Elaboração do Plano de Erradicação
do Trabalho Infantil no município de
Irauçuba.
- Realização de grupo de estudo que
teve como tema: Lei 1275/2017, que
dispõe sobre a instituição do
Programa Habitacional do Município
de Irauçuba, denominado “Programa
Morar Melhor”. E apresentação do
Projeto de Apoio ao Crescimento
Econômico com Redução das
Desigualdades e Sustentabilidade
Ambiental do Estado do Ceará -
Programa para Resultados (PforR) .
1 1
0
0
0,2
0,4
0,6
0,8
1
1,2
Eventos externos e Capacitações
JAN
FEV
MAR
ABR
1
19
19
5
10
7
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
20
JAN
FEV
MAR
ABR
3.6- Atualização dos Profissionais no CADSUAS/MDS
TOTAL PROFISSIONAIS ATUALIZADOS
07
CRAS/SEDE: Renato de Mesquita Santiago, Rogéria Santana Barroso, Antonia
Darli Silva (Orientadores Sociais do Serviço de Convivência e Fortalecimento
de Vínculos).
CRAS/MISSI: Pedro Rodrigues Teixeira, Maria Enya Débora de Sousa, Vanessa
Cyntia Bastos Lima, Antonia Lidiane Gomes Camelo (Orientadores Sociais do
Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos).
DATA REUNIÃO/EVENTO LOCAL FINALIDADE
28/04 - Participação no
Ato Público realizado
pelo governo do
estado do ceará
com a presença do
Governador Camilo
Santa.
Praça do
Palácio
Verde
- Anunciar grandes obras e
investimentos para o município de
Irauçuba. Dentre eles a
pavimentação asfáltica das estradas
do Missi e Juá.
20
3 3 3 3
0
0,5
1
1,5
2
2,5
3
3,5
JAN
FEV
MAR
ABR
3.7- Registro Mensal de Atendimento dos CRAS e CREAS – RMA, no sistema do
MDS
REGISTRO MENSAL – RMA TOTAL
- Registro Mensal de Atendimento do Centro de Referência da
Assistência Social – CRAS/SEDE, no sistema do MDS.
- Registro Mensal de Atendimento do Centro de Referência da
Assistência Social – CRAS/MISSI, no sistema do MDS.
- Registro Mensal de Atendimento do Centro de Referência
Especializado da Assistência Social – CREAS, no sistema do MDS.
03
AVANÇOS E CONQUISTAS NO MÊS DE ABRIL
 Preenchimento do Demonstrativo dos serviços cofinanciados pelo Governo
Estadual no ano de 2016, no sistema do SECOF;
 Preenchimento do Plano de Ação do Cofinanciamento Estadual do Serviço
de Proteção e Atendimento Integral a Família – PAIF, e dos Benefícios Eventuais
– BE do ano de 2018, no sistema do SECO;
 Atualização dos Educadores Sociais do Serviço de Convivência e
Fortalecimento de Vínculos - SCFV dos CRAS/SEDE e CRAS/MISSI;
 Realização de grupo de estudo que teve como tema: Lei 1275/2017, que
dispõe sobre a instituição do Programa Habitacional do Município de
Irauçuba, denominado “Programa Morar Melhor”, e Projeto de Apoio ao
Crescimento Econômico com Redução das Desigualdades e Sustentabilidade
Ambiental do Estado do Ceará - Programa para Resultados (PforR) .
21
DIFICULDADES NO MÊS DE ABRIL
 Atraso no envio dos relatórios do RMAS por parte de alguns equipamentos;
 Atraso na contratação da orientadora social do Serviço de Convivência e
Fortalecimento de Vínculos de Campinas;
 Realização de atividades extras que não são da vigilância, causando atraso
no cumprimento das metas e preenchimento dos sistemas.
SUGESTÕES PARA MELHORAR
 Acompanhamento das atividades do Serviço de Convivência e
Fortalecimento de Vínculos por meio de visitas mensais ou trimestrais;
 Mobilização e sensibilização dos beneficiários do Benefício de Prestação
Continuada – BPC Idoso e Pessoa com Deficiência da obrigatoriedade de
inscrição no Cadastro Único até Dezembro de 2018.
 Maior divulgação do Centro de Referência Especializado da Assistência
Social – CREAS, para conhecimento da população;
 Maior articulação com a rede de proteção social do município.
22
4. SETOR: CENTRO DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL TIA MARIA JANICA
4.1- Atendimentos realizados no mês (soma todos os atendimentos realizados
no prédio por toda a equipe)
4.2- Visitas domiciliares (somar de todos os profissionais)
72
39 40
0
20
40
60
80
Atendimentos realizados no mês
FEV
MAR
ABR
29
213 212
0
50
100
150
200
250
Visitas realizadas
FEV
MAR
ABR
TIPO DE ATENDIMENTO TOTAL
Atendimento da coordenadora 16
Atendimento Sociais 07
Atendimentos de orientação psicológica 9
Atendimento do Cadastro Único 00
Atendimentos diversos 08
TOTAL GERAL 40
Das famílias atendidas acima, quantas são do Cadastro Único 35
FINALIDADE DAS VISITAS TOTAL
Serviço de Proteção e Atendimento Integral a Família-PAIF 95
Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos 25
Programa Bolsa família -
Benefício de Prestação Continuada 4
Benefícios Eventuais 9
Mobilização para eventos/encontros(não é considerada visita
qualificada)
50
Visitas Realizadas pela psicóloga 29
Outra demanda (citar) -
TOTAL GERAL 212
Das famílias acima quantas são do Cadastro Único 200
23
4.3- Total de Visitas no mês por técnico
4.4- SERVIÇO DE PROTEÇÃO E ATENDIMENTO INTEGRAL A FAMÍLIA-PAIF
Ações TOTAL
Total de famílias em acompanhamento pelo PAIF 110
Novas famílias inseridas no acompanhamento do PAIF durante o mês
de referência
-
Famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família em descumprimento
de condicionalidades (referente às novas famílias do mês)
-
Famílias participando regularmente de grupos no âmbito do PAIF 42
Total de atendimentos particularizados realizados no mês de referência 280
Famílias encaminhadas para inclusão no Cadastro Único 02
Famílias encaminhadas para atualização cadastral no Cadastro Único -
Indivíduos encaminhados para acesso ao BPC 06
Famílias encaminhadas para o CREAS 01
Famílias encaminhadas para o CrasMissi -
Famílias encaminhadas pelo Conselho Tutelar -
Famílias encaminhadas para a Secretaria Municipal da Saúde 01
Famílias encaminhadas para o CAPECI 01
Visitas domiciliares realizadas 93
Total de auxílios-natalidade concedidos/entregues durante o mês de
referência
-
Total de auxílios-funeral concedidos/entregues durante o mês de
referência
03
Outros benefícios eventuais concedidos/entregues durante o mês de
referência
01
1
Não conta visitas para mobilização de eventos ou reuniões, só as qualificadas, deve ser o mesmo número
enviado para a bonificação mensal, no caso das assistentes sociais.
26
57
99 99
0
20
40
60
80
100
120
Total de visitas no mês por técnicas
JAN
FEV
MAR
ABR
NOME DA TÉCNICA TOTAL DE VISITAS
ANTONIA HELENA BARBOSA LIMA 34
MARIA ELIANE HOLANDA DE SOUSA LARA 32
MARIA JORDANA SOUSA RODRIGUES 30
TOTAL GERAL1 99
24
4.5- SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS – SCFV
Preencher tabela abaixo referente ao mês atual:
Faixa etária
Quant. de
grupos
Público
Prioritário
Público Não
Prioritário
Local de
execução do
SCFV
Até 6 anos 02 - -
Creche Tia
Nega e Tia
Diva
7 a 15 anos 03 - -
Escola Manoel
Coelho da
Cruz e
Sindicato dos
Trabalhadores
de Boa Vista
15 a 17 anos - - - -
Acima de 60
anos
01 - -
Sindicato dos
Trabalhadores
de Boa Vista
Idoso em
domicílio
- - - -
PcD em
domicílio
- - - -
Obs: Os grupos darão início a partir do mês de abril.
4.6- OUTROS PROGRAMAS, PROJETOS E SERVIÇOS SOCIOASSISTENCIAIS
Programas, projetos sócio
assistenciais
Total atendidos no mês
Ações realizadas
(descrever: visitas,
palestra, oficinas,
etc.)
Programa Criança Feliz 32
Visita em
acompanhamento
domiciliar
4.7- Encaminhamentos à Rede Socioassistencial(Entidades públicas e privadas
/ Organizações não governamentais, entre outros)
Entidade/Organização Demanda
Encaminhada
Idade Sexo Observações
- - - - -
4.8- Prontuários SUAS
Ações TOTAL
Total de prontuários no CRAS 110
Total de prontuários abertos no mês 09
Total de prontuários encerrados no mês -
Meta do CRAS 750
% atingido 14,5%
25
4.9- Benefício de Prestação Continuada
Ações TOTAL
Total de pessoas encaminhadas no mês 08
Casos em acompanhamento -
Total de benefício concedido no mês 04
4.10- Eventos realizados no Auditório do CRAS
4.11- Atividades Coletivas
Grupos/Ofici
nas/Encontro
s
Nº de
Part.
Temáticas
Desenvolvidas
Facilitador
Observações/
Avanços/
Dificuldades
Grupo PAIF
Encontros: 01
41
Texto:
Prevenção de
a Acidente
Doméstico
Helena Lima
Avanço: O aumento de
participante.
Dificuldade: Falta de
lanche.
4.12-Participação em reuniões/eventos internos (contempla todas as reuniões
da secretaria)
Data Tipo de reunião/evento/encontro Local
23/04/2018
Reunião com a Secretária da SDS – Diálogo
Projeto Unindo Família, Formando Cidadãos
SAS
25/04/2018 Reunião com Grupo de Estudo das Técnicas SAS
NOME DO EVENTO/REUNIÃO ENTIDADE
ORGANIZADORA
TOTAL DE
PESSOAS
Reunião de Planejamento com a Equipe
do CRAS
Cras Sede 10
Reunião de Planejamento com os
Orientadores Sociais do SCFV.
Cras Sede 6
26
4.13- Participação em Atividades de
Capacitação/Reuniões/Encontros/Assembleias e outros
Data
Técnicos
capacitados
Instituição
Promotora
Temática Local
Carga
Horária
20/04
Jordana
Sousa e
Helena Lima
CREAS
Erradicação do
trabalho infantil
Centro
do
Idoso
8 horas
AVANÇOS E CONQUISTAS NO MÊS DE ABRIL
 Consertos e instalações dos ventiladores do CRAS
 A inclusão da auxiliar de serviços gerais.
DIFICULDADES NO MÊS
 Faltam equipamentos e materiais como: lanches e materiais para os
grupos SCFV, mobiliários como estantes, armários e brinquedos,
ventiladores, jogos, e materiais de limpeza.
SUGESTÕES PARA MELHORAR
 Aquisição de materiais permanentes, limpeza e administrativos para as
equipes trabalharem com o público atendido.
27
5. SETOR: Centro de Referência da Assistência Social Francisca Rodrigues
Dantas – CRAS Missi
5.1- Atendimentos realizados no mês (soma todos os atendimentos realizados
no prédio por toda a equipe)
5.2- Visitas domiciliares (soma de todos os profissionais)
TIPO DE ATENDIMENTO TOTAL
Atendimento da coordenadora 22
Atendimento Sociais 25
Atendimentos Psicológicos 17
Recepção 245
TOTAL GERAL 309
Das famílias atendidas acima, quantas são do Cadastro Único 238
97
114
161
309
0
50
100
150
200
250
300
350
JAN
FEV
MAR
ABRIL
115
149 143
48
0
20
40
60
80
100
120
140
160
1
JAN
FEV
MAR
ABRIL
28
5.3- Total de Visitas no mês por técnico
**Não conta visitas para mobilização de eventos ou reuniões, só as qualificadas, deve ser o mesmo número
enviado para a bonificação mensal, no caso das assistentes sociais.
5.4- SERVIÇO DE PROTEÇÃO E ATENDIMENTO INTEGRAL A FAMÍLIA-PAIF
Ações TOTAL
Total de famílias em acompanhamento pelo PAIF 93
Novas famílias inseridas no acompanhamento do PAIF durante o mês de
referência
16
Famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família em descumprimento de
condicionalidades (referente às novas famílias do mês)
-
Famílias participando regularmente de grupos no âmbito do PAIF 93
Total de atendimentos particularizados realizados no mês de referência 42
FINALIDADE DAS VISITAS TOTAL
Serviço de Proteção e Atendimento Integral a Família-PAIF 29
Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos 09
Programa Bolsa Família 10
Benefício de Prestação Continuada -
Benefícios Eventuais 00
Mobilização para eventos/encontros (não é considerada visita
qualificada)
00
Outra demanda (Diagnóstico das Famílias vítimas das chuvas) -
TOTAL GERAL 48
Das famílias acima quantas são do Cadastro Único 30
NOME DA TÉCNICA TOTAL DE
VISITAS
Giselle dos Santos Martins 11
Maria Zenóbia Braga 32
Bruna Menezes Cavalcante 05
TOTAL GERAL 48
55
98
143
48
0
20
40
60
80
100
120
140
160
1
JAN
FEV
MAR
ABRIL
29
Famílias encaminhadas para inclusão no Cadastro Único 12
Famílias encaminhadas para atualização cadastral no Cadastro Único 24
Indivíduos encaminhados para acesso ao BPC 01
Famílias encaminhadas para o CREAS 01
Visitas domiciliares realizadas 48
Total de auxílios-natalidade concedidos/entregues durante o mês de
referência
-
Total de auxílios-funeral concedidos/entregues durante o mês de
referência
01
Outros benefícios eventuais concedidos/entregues durante o mês de
referência
00
5.5- SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS – SCFV
Preencher tabela abaixo referente ao mês atual:
Faixa etária Quant. de
grupos
Público
Prioritário
Público Não
Prioritário
Local de execução
do SCFV
Até 6 anos 02 - - Missi
0 a 15 anos 02 - - Juá/ Missi
15 a 17 anos 02 - - Juá/Missi
Acima de 60
anos
02 60 - Coité/ Missi
Idoso em
domicílio
- - - -
PcD em
domicílio
- - - -
5.6- OUTROS PROGRAMAS, PROJETOS E SERVIÇOS SOCIOASSISTENCIAIS
PROGRAMAS, PROJETOS SOCIO
ASSISTENCIAIS
Total
atendidos
no mês
Ações realizadas
(descrever: visitas, palestra,
oficinas, etc.)
Programa Criança Feliz - -
Programa Para Resultados-PforR - -
Projeto CRAS: Unindo Família,
Formando Cidadãos
- -
Projeto Dialogando com a
Juventude
- -
Projeto Meio Ambiente e
Sustentabilidade
- -
30
5.7-Prontuários SUAS
Ações TOTAL
Total de prontuários no CRAS 93
Total de prontuários abertos no mês 16
Total de prontuários encerrados no mês -
Meta do CRAS 750
% atingido 12,4%
5.8-Benefício de Prestação Continuada
Ações TOTAL
Total de pessoas encaminhadas no mês 6
Casos em acompanhamento 01
Total de benefício concedido no mês 00
5.9-Eventos realizados no Auditório do CRAS
5.10-Atividades Coletivas
Grupos, oficinas,
encontros
Nº
de
part.
Temáticas
desenvolvidas
Facilitador Convidado
Parceria
Avanços
Dificuldades
05/04/2018
- Reunião com
Famílias em
acompanhamento
no PAIF do Missi.
20 Tema:
Sentimentos
do coração.
Zenóbia
Braga
- A
participação
das famílias.
Falta de
lanche
Anexar lista de presença e fotos.
5.11-Encaminhamentos à Rede Socioassistencial
(Entidades públicas e privadas / Organizações não governamentais, entre outros)
Entidade/Organização
Demanda
Encaminhada
Idade Sexo Observações
Setor de Documentos Reservista 40 M -
NOME DO EVENTO/REUNIÃO ENTIDADE
ORGANIZADORA
TOTAL DE PESSOAS
Curso designer de sobrancelha Projeto gerar
beneficiário do B.F
25
31
INSS Perice 5 F Agendamento
Saúde Fonodiologo 06 F Família do PAIF
Conselho Tutelar
Acompanhamento
do caso da Luana
09 F Prontuários suas
CAPS
Agendamento
para
acompanhamento
05 F -
CAPS
Agendamento
para
acompanhamento
25 F Família do PAIF
CAPS
Agendamento
para
acompanhamento
31 M
CRAS Sede
Acompanhamento
de caso
09 F Prontuários suas
CREAS Acompanhamento
de caso
09 F Prontuários suas
5.12- Participação em reuniões /eventos internos (contempla todas as reuniões
da secretaria)
Data Tipo de reunião/evento/encontro Local
10/04/2018 Planejamento mensal com orientadores
sociais do SCFV.
A
CRAS Missi
23/04/2018
Reunião com a secretária, para
orientações do Projeto: Cras Unindo
Famílias, Formando Cidadãos.
FAMÍLIASPAIF
Secretaria da Assistência Social
24/04/2018 Grupo de estudos = tema PFOR e
Habitação.
Secretaria da Assistência Social
(SAS)
32
5.13- Participações em Atividades de Capacitação, Reuniões, Encontros,
Assembleias e outros
Data Técnicos
capacitados
Instituição
Promotora
Temática Local Carga
Horária
- - - - - -
AVANÇOS E CONQUISTAS NO MÊS
 Participação ativa das famílias nos grupos de PAIF em
acompanhamento, mesmo não havendo lanche.
 Funcionamento do Centro de Inclusão Social – CIS no Distrito de Juá,
extensão dos serviços do CRAS.
 Oferta de curso de design de sobrancelhas para capacitar 25
mulheres com idade de 18 á 35 anos, beneficiárias do PBF.
DIFICULDADES NO MÊS
 Falta de impressora;
 Falta de folhas de ofício A4;
 Faltam computadores para o coordenador e Técnicos;
 Lanche para os SCFV e encontros do PAIF.
 Telefone e internet com problemas.
SUGESTÕES PARA MELHORAR
 Realização da licitação dos materiais de expediente, limpeza e
gêneros alimentícios;
33
9
14
33
54
0
10
20
30
40
50
60
JAN
FEV
MAR
ABR
6. SETOR: CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-
CREAS
6.1- Atendimentos realizados no mês (soma todos os atendimentos realizados
no prédio por toda a equipe)
6.2- Visitas
TIPO DE ATENDIMENTO ABRIL
Atendimento da coordenadora 07
Atendimentos Sociais 05
Atendimentos Psicológicos 09
Atendimentosdiversos -
Atendimentos jurídico-sociais 10
Atendimentos psicossociais 04
Atendimentos na recepção 19
TOTAL GERAL 54
17
13
35
57
0
10
20
30
40
50
60
Visitas Domiciliares
JAN
FEV
MAR
ABR
34
3
0
6
17
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
Visitas Domiciliares
JAN
FEV
MAR
ABR
6.3- Acompanhamento dos Serviços (PAEFI, MSE, SEAS)
FINALIDADE DAS VISITAS ABRIL
Acompanhamento de casos 14
Maus tratos a pessoa idosa 01
Maus tratos com Pessoa com Deficiência -
Violência contra a mulher -
Marcar Acompanhamento psicológico 01
Solicitação do Ministério Público 09
Visitas a idosos – Projeto Visita nos Lares 05
Visitas Pessoa com Deficiência - Projeto Visita nos Lares -
Mobilização para reuniões, encontros, eventos. -
Visitas Institucionais 24
Visitas de acompanhamento do grupo PAEFI 03
TOTAL GERAL 57
TOTAL DE ACOMPANHAMENTO NO MÊS ABR
Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e
Indivíduos – PAEFI 14
Serviço de Proteção Social a Adolescentes em Cumprimento de
Medida Socioeducativa de Liberdade Assistida e de Prestação de
Serviços à Comunidade
-
Serviço Especializado em Abordagem Social -
Serviço de Proteção Social Especial para Pessoas com Deficiência,
Idosas e suas Famílias. 03
TOTAL GERAL 17
35
6.4- Ações desenvolvidas no mês referente a:
6.5- Reuniões, encontros, eventos:
6.6- Grupos do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e
Indivíduos/PAEFI.
NOME DO
GRUPO/PÚBLICO/FAIXA ETÁRIA
TOTAL DE
ENCONTROS NO MÊS
LOCAL DO ENCONTRO
Nome: PAEFI grupão
Público: adolescentes e jovens
em situação de vulnerabilidade
social.
Faixa etária:16 a 19 anos
05 Centro de Convivência
do Idoso - CCI
AÇÕES DESENVOLVIDAS NO MÊS ABRIL
Acolhida/escuta -
Estudo social -
Estudo de caso (com equipes da rede de atendimento) 01
Grupo de estudos 01
Audiência -
Diagnóstico socioeconômico -
Monitoramento e avaliação do serviço -
Contra referência (encaminhamentos para a rede de serviços locais
- anexar lista de encaminhamentos quando houver, de acordo com
modelo em anexo).
05
Referência (encaminhamentos recebidos) 04
Construção do Plano Individual e/ou familiar de atendimento -
Elaboração de relatórios/Projetos 02
Produção de materiais informativos (anexar quando houver) 01
Busca ativa através de educadoras sociais nas ruas do município -
TOTAL GERAL 14
Reuniões, encontros eventos no mês (Realizadas pela equipe do
CREAS)
ABRIL
Palestras educativas (escolas, comunidades, etc.) -
Campanhas (prevenção e combate contra crianças e
adolescentes, idosos, mulheres e deficientes, etc;)
01
Encontros com Grupos do PAEFI 05
Total de grupos do PAEFI 01
TOTAL GERAL 07
36
6.7- Projetos Desenvolvidos
PROJETO:
Projeto Resgatando Vidas ABRIL
Total atendido no mês 12
Ações realizadas
(descrever: visitas, palestra, oficinas,
etc.)
Encontros com os adolescentes para
realização do curso de Design de
sobrancelhas.
PROJETO:
Projeto Visitas nos Lares ABRIL
Total atendido no mês 05
Ações realizadas
(descrever: visitas, palestra, oficinas,
etc.)
Visitas domiciliares, com ações de
momento para descontração, onde
a equipe canta músicas
acompanhadas pelo violão, em
seguida diálogo com o idoso.
PROJETO:
Ressocialização é a solução ABRIL
Total atendido no mês
Ações realizadas
(descrever: visitas, palestra, oficinas,
etc.)
Não houve atividades no período a
pedido da Diretoria do Presídio,
devido às rebeliões e fugas.
6.8-Prontuários
Ações ABRIL
Total de prontuários no CREAS 44
Total de prontuários abertos no mês 01
(001/2018)
Total de prontuários encerrados no mês 0
Meta do CREAS 50
% atingido 93%
6.9-Ações de combate à violência doméstica, sexual e institucional
Atenção todas as ações abaixo devem ser feitas com máxima urgência, caso ainda não tenha iniciado,
pois estão sendo cobradas pela UNICEF e PPAC.
Ações SIM OU
NÃO
Plano Municipal de enfrentamento da Violência contra crianças e
adolescentes
Não
37
Caso tenha o Plano cite as ações realizadas no mês, caso não tenha
cite o que está sendo feito para a elaboração do mesmo.
Janeiro:
Ação: Aguardando a contratação da equipe mínima de
funcionamento do CREAS
Março:
Ação: Pesquisa bibliográfica e planejamento
6.10-Comitê ou Comissão de prevenção e enfrentamento da violência contra
crianças e adolescentes
Atenção todas as ações abaixo devem ser feitas com máxima urgência, caso ainda não tenha iniciado,
pois estão sendo cobradas pela UNICEF e PPAC.
Ações Responder
Criação do Comitê -
Instrumento legal (lei, decreto, portaria) -
Nº -
Data da publicação -
Parcerias com outros órgãos  Núcleo de Cidadania dos
Adolescentes – NUCA.
 Articuladora do Selo Unicef no
município.
 Conselho Tutelar.
 Conselho Municipal dos Direitos da
Criança e do Adolescente – CMDCA.
Órgão responsável por receber
denúncias de qualquer tipo de
violência contra crianças e
adolescentes
 Conselho Tutelar
 CREAS
Formas de incentivo as denúncias de
qualquer tipo de violência contra
crianças e adolescentes (campanha,
etc.)
 Campanhas educativas nas escolas
com palestras.
 Panfletagens com divulgação de
informações quanto tipos de violência
e formas de denuncias.
 Participação em eventos públicos no
decorrer do ano para abordar o
tema.
 Divulgação em rádios.
Ações de comunicação realizadas
sobre valorização e proteção da vida e
contra a violência (abordando temas
relacionados a homicídios, acidentes
de trânsito e suicídio)
-
Total de denúncias recebidas sobre
qualquer tipo de violência contra
crianças e adolescentes
0
Total de denúncias averiguadas sobre
qualquer tipo de violência contra
-
38
crianças e adolescentes
Setores que receberam as denúncias -
Setores que foram encaminhadas as
denúncias
-
Procedimento de acompanhamento
das denúncias recebidas sobre
qualquer tipo de violência contra
crianças e adolescentes
-
Procedimento definidos (sistema,
protocolo, fluxo) de atendimento das
denúncias recebidas sobre qualquer
tipo de violência contra crianças e
adolescentes
-
Serviços ofertados integrados de
atendimento (saúde, assistência,
educação, justiça, etc.) às crianças e
adolescentes vítimas ou testemunhas
de violência em âmbito municipal.
-
Encaminhamento do agressor
(especificar)
-
6.11 - Prevenção e erradicação do trabalho infantil e proteção ao adolescente
trabalhador
Atenção todas as ações abaixo devem ser feitas com máxima urgência, caso ainda não tenha iniciado,
pois estão sendo cobradas pela UNICEF e PPAC.
Ações Responder
Plano Municipal de erradicação do
Trabalho Infantil e proteção ao
adolescente trabalhador
Plano elaborado, pendente aprovação
no CMDCA.
Resolução -
Data -
Comitê de prevenção e Erradicação
do Trabalho Infantil
Sim
Decreto, Lei, portaria -
Nº -
Data da publicação -
Total de crianças e adolescentes no
município em situação de trabalho
infantil
438 crianças e adolescentes
(de acordo com o diagnóstico
realizado pela Secretaria da Educação
através do Programa de Educação
contra a Exploração do Trabalho da
Criança e do Adolescente – PETECA).
Atividades desenvolvidas por crianças e
adolescentes em situação de trabalho
infantil
-
Idade das crianças e adolescentes em
trabalho infantil (entre 5 a 17 anos)
-
39
Procedimentos de identificação
realizado
-
Forma de incentivo para denuncia -
Local (locais) que é feito a denuncia -
Encaminhamentos feitos com as
crianças e adolescentes em trabalho
infantil
-
Serviços ofertados integrados de
atendimento (saúde, assistência,
educação, justiça, etc.) às crianças e
adolescentes em trabalho infantil
-
As crianças e adolescentes estão
inseridas no Cadastro único e em algum
benefício (citar)
-
6.12- Encaminhamentos à Rede Sócioassistencial(Entidades públicas e
privadas / Organizações não governamentais, entre outros)
Mês Entidade
Organização
Demanda
Encaminhada
Idade Sexo Observações
Abril
CRAS
Francisca
Dantas -
Missi
Para
acompanhamento
psicológico.
24 Feminino Mais viável que
se realize no
CRAS, por ser
mais próximo
de sua
residência.
Secretaria
Municipal
da Saúde –
equipe NASF
Solicitação de
acompanhamento
domiciliar por
parte da
fisioterapeuta.
78 78 -
Secretaria
Municipal
da Saúde –
equipe NASF
Pedido para
inserção no
cadastro de leite.
78 78 -
UBS
(Campinas)
Para avaliação
médica.
78 Feminino -
CAPS Avaliação
psiquiátrica.
45 Masculino -
40
6.13- Participação em reuniões/eventos internos (contempla todas as reuniões
da secretaria)
Data Tipo de reunião/evento/encontro Local
02/04 Reunião interna de planejamento mensal da equipe
do CREAS. Pauta: organização dos relatórios de
atendimentos mensais, elaboração do Plano de Ação
2018 e planejamento do Plano de Prevenção e
Erradicação do Trabalho Infantil.
CREAS
03/04 Reunião do Conselho Municipal dos Idosos para
apresentar o Projeto Visita nos Lares (Ana Valéria,
Aline, Tayana, Jéssica e Neuricilane.
Sala dos
Conselhos
(localizada no
setor
administrativo
da Secretaria
da Assistência
Social).
03/04 Reunião com o núcleo gestor da Escola de Ensino
Médio de Irauçuba (grupão): apresentação do
Projeto Resgatando Vidas (Ana Valéria e Aline).
Grupão
04/04 Reunião do Conselho Municipal dos Direitos da
Criança e do Adolescente/CMDCA. Pauta:
Apresentação do CNPJ do Fundo Municipal dos
Direitos da Criança e do Adolescente, substituição da
Secretária Executiva, apresentação das ações do
Selo Unicef para o município por Izabel Braga,
articuladora do Selo (Neuricilane, Aline).
Sala dos
Conselhos
(localizada no
setor
administrativo
da Secretaria
da Assistência
Social).
13/04 Reunião da equipe do CREAS como coordenador do
PETECAMadson Bastos para planejamento do II
Seminário de Prevenção ao Trabalho Infantil.
CREAS
20/04 Realização do II Seminário de Prevenção e
Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao
Adolescente Trabalhador, realizado pelo CREAS em
parceria com o PETECA, o evento ocorreu no auditório
do Centro de Convivência dos Idosos.
Centro de
Convivência do
Idoso – CCI.
41
24/04 Reunião com grupo de estudos da SAS: tratar de caso
de uma família em situação de vulnerabilidade social
da localidade de Fundões. Estudo do tema: Lei nº 1.275
– Programa Morar Melhor e PforR.
Sala dos
Conselhos
(localizada no
setor
administrativo
da Secretaria
da Assistência
Social).
6.14- Participação em Atividades de
Capacitação/Reuniões/Encontros/Assembléias e outros (eventos externos).
Data Técnicos
capacitados/Profis
sionais que
participaram.
Instituição
Promotora
Temática Local Carga
Horária
10,11,12/
04 e
25,26, e
27/04.
Ana Valéria Lopes
Sousa
Aline Maria
Rodrigues de
Souza
Secretaria do
Trabalho e
Desenvolvime
nto Social –
STDS/PROARES
III.
Oficina de
Elaboração do
Fluxo de
Atendimento
Socioeducativo
em Meios
aberto.
Hotel
Jangadeiro
, Praia do
Presídio,
Aquiraz –
CE
24h
11/04 Maria Neuricilane
Costa Gomes
Camelo.
Prefeitura
Municipal de
Irauçuba/
Gabinete
I Oficina do
Programa de
Apoio as
Reformas do
Ceará – ações
executadas no
municio através
do Proares III.
Auditório
ProfessoraIrl
a Maria
(Secretaria
de
Educação).
4h
24, 25
/04
TayanaKely
SilvaSousa
Secretaria do
Trabalho e
Desenvolvime
nto Social –
STDS.
Oficina controle
social na
política de
assistência
social
Hotel Praia
Center –
Fortaleza.
16h
42
ABRIL
AVANÇOS E CONQUISTAS NO
MÊS
Equipe de referência completa e disponibilidade
do carro para atender demandas que
necessitaram de locomoção, estes fatores
contribuíram para que o rendimento de trabalho
da equipe aumentasse consideravelmente, além
da oportunidade de participar de capacitações
profissionais.
DIFICULDADES NO MÊS Com relação a material de limpeza. Muitos ofícios
da Promotoria solicitando estudo psicossocial para
curatela de idosos, ou outros. Isto contribui para
que os profissionais não tenham tempo disponível
para acompanhar os usuários do CREAS que
possuem prontuários abertos.
SUGESTÕES PARA MELHORAR -
43
7. SETOR: CENTRO DE CONVIVÊNCIA DO IDOSO
7.1- Atendimentos realizados no mês
7.2- Projeto Visita nos Lares- Visitas Domiciliares
TIPO DE ATENDIMENTO TOTAL
Falar com a coordenadora 29
Informações do curso desingn de sobrancelhas 22
Visita ao prédio 90
Informações visitas nos lares 13
Agendamento ao auditório 08
TOTAL GERAL 162
147
128
162
0
20
40
60
80
100
120
140
160
180
JAN
FEV
Abril
13
6
5
0
2
4
6
8
10
12
14
JAN
FEV
Abril
44
TIPO DE VISITA QTD DE
PESSOAS
Idoso cadastrado no CCI, mas está enfermo 03
Idoso que não participa das atividade no CCI ( não se socializa
ou não gosta de participar)
02
Idoso que está isolado (mora sozinho) 0
Pessoa Com Deficiência que participa das atividades do CCI,
mas está doente e tem dificuldades de se socializar
1
Idoso ( outras situações não citados anteriormente 0
PcD ( outras situações não citadas anteriormente 0
Total 6
7.3- Encontros semanais, incluindo o Projeto Cultura Popular na Terceira Idade
7.4- Ações do Projeto Terceira Idade em Atividade (parceria com a Secretaria
da Saúde)
75
143
400
0
100
200
300
400
500
JAN FEV Abril
519
442
263
0
100
200
300
400
500
600
JAN
FEV
Março
45
AÇÃO DESENVOLVIDA QTD DE
PESSOAS
DATAS
Atividades físicas com Educadora Física do
NASF e Educador da academia da saúde:
(Os horários e os dias são divididos)
- Caminhadas nas principais vias da cidade;
- Atividades de alongamentos;
- Aulas de dança;
- Palestra com o tema: “ Combate as
Arboviroses” momento de concientização e
informação sobre o combate mosquito
Aedes egite ( Educadora Física: Brigida Brito.
60 02 a 06/04
09 a 13/04
16 a 20/04
13 a 27/04
Atendimento Médico com o PSF Enoca
Ramos. Palestra; verificação de pressão;
Glicemia e consultas;
18 21/04/18
TOTAL 78
7.5- Total de Cadastros de Idosos e Pessoas com Deficiência
SOBRE OS CADASTROS Total
Total de cadastro de idosos ativos 148
Total de cadastros de idosos inativos 148
Total de cadastro de PcD ativos 20
Total de cadastros de PcD inativos 10
Ações de incentivo realizadas para os idosos com cadastros inativos
(descrever)
Visitas nos Lares Incentivando-o a resolver ao grupo e mostrar as ações a
eles oferecidas.
01
Ações de incentivo realizadas para os PcD com cadastros inativos
(descrever)
Visitas domiciliares e conscientização da importância desse público se
socializar em grupos e outras atvidades.
01
111 114
140
168
0
20
40
60
80
100
120
140
160
180
JAN FEV MAR ABRI
46
2
16
53
0
10
20
30
40
50
60
JAN Abril
7.6- Encontros dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos
(Idosos e PcD)
SOBRE OS SCFV Total
Total de idosos cadastrados nos SCFV 30
Total de idosos participando dos SCFV 21
Total de PcD cadastrados nos SCFV 20
Total de PcD participando dos SCFV 20
Ações de incentivo realizadas para os idosos cadastrados que não estão
participando dos SCFV
Convite feito nos encontros do Centro de Referencia dos Idosos nas
quintas-feiras
01
Ações de incentivo realizadas para os PcD cadastrados que não estão
participando dos SCFV
Mobilização nas casas dos PcD
01
7.7- ATIVIDADES EXTRAS NO CCI
8
11 11
9
0
2
4
6
8
10
12
JAN
FEV
MAR
Abril
47
ATIVIDADES EXTRAS NO CCI ÓRGÃO
RESPONSÁVEL
TOTAL DE
PARTICIPANTES
DATA(S)
1. Apoio aos Jogos Escolares da
SEJUV
SEJUV/SEDUC 120 07/04
2. Escola Dominical da Igreja
Batista(Provisório)
Igreja Batista 40 Aos
domingos
3. Oficinas com Jovens Aprendiz SDE 20 Duas vezes
por
semana
4. Comemoração da páscoa com
idosos. Palestra “ O verdadeiro
Sentido da Páscoa “ Padre
Joaquim
CCI 137 12/04
5. Reunião no auditório com o
pessoal do gabinete e outros
GABINETE 30 13/04
6. Início do curso de Design de
Sobrancelhas
CREAS 25 23 a 27/04
02 a 04/04
7. I seminário de Prevenção do Plano
e Prevenção e Erradicação do
Trabalho Infantil
CREAS 100 20/04
8. Reunião Extraordinária com o
Conselho Municipal da Saúde
Secretaria da
Saúde
25 24/04
9. Reunião extraordinária com o
Conselho Municipal da Saúde
Secretaria da
Saúde
25 27/04
TOTAL: 09 atividades extras no mês 452
7.8- Atividades Coletivas (Encontros semanais e SCFV)
Grupos/Oficinas/Enco
ntros
Nº de
Part.
Temáticas
Desenvolvidas
Facilitador Convidado
/
Parceria
Avanços/
Dificuldade
s
SCFV duas vezes por
semana
21 - Oficina de
artesanato
trabalhando
com origame
Renato
Santiago
-
Facilitador
de Música
Anchieta
Madeiro
Poucos
idosos
participan
do, pois a
meta é de
30.
Encontro Semanal 400 - Textos
reflexivos
- Dinâmica de
grupo
- O verdadeiro
sentido da
páscoa
- Homenagens
aos
aniversariantes
do mês
- Forró
interativo
comunitário
Helena
Coelho
-
Facilitador
de música
Anchieta
Madeiro.
- Paróquia
da igreja
Católica
Pe.Joaqui
m
Por não
estar
havendo o
forró
interativo
alguns
idosos
estão
desestimul
ados para
o Encontro
Semanal.
48
7.9- Encaminhamentos à Rede Socio assistencial
(Entidades públicas e privadas / Organizações não governamentais, entre outros)
Entidade
Organização
Demanda
Encaminhada
Idade Sexo Observações
CREAS
PSF Enoca Ramos
03
02
Entre 60 e
80 anos
Entre 70 e
80 anos
F/M Demanda para o
CREAS para
técnicos fazerem
visitas observância
a maus tratos e
negligência a
pessoas idosas
Marcar exames
laboratoriais na
secretaria de saúde
7.10- Participação em reuniões /eventos internos (contempla todas as reuniões
da secretaria)
Data Tipo de reunião/evento/encontro Local
03/04 Reunião do Conselho Municipal do Idoso
(Helena )
Sala dos conselhos na
SAS
04/04 Reunião do Conselho Municipal de
Assistência Social ( Socorro)
Sala do conselho na SAS
19/04
Lançamento da Cartilha Personalidade
Homenageada com Denominação de
Ruas da Sede
No Auditório da
Secretaria da Educação
(Daniel)
7.11-Participação em Atividades de Capacitação, Reuniões, Encontros,
Assembléias e outros
Data Técnicos
capacitado
s
Instituição
Promotora
Temática Local Carga
Horária
02/04 Coordenad
ora
Agentes de
Mobilizaçao
Social
Gabinete Programa de
Desenvolvimento
Profissional na
Gestão Pública
MOD 2
Escola
João
Mariano
4h
49
AVANÇOS E CONQUISTAS NO MÊS
- Aumento da freqüência nas atividades
- Laços familiares fortalecidos
- Melhoria no atendimento com a criação da recepção do CCI
- Mais organização no CCI
- Carro semanal para o Projeto Visita nos Lares
-A equipe conta com um facilitador de música para o Projeto Visita nos Lares
- Início dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de vínculos – SCFV
- Início do Projeto Somos Todos Iguais
- Boa comunicação com a secretaria da SAS
-Ganhamos uma TV para o CCI.
DIFICULDADES NO MÊS
- Demanda de material de limpeza e expediente.
- Demanda de lanches para os SCFV e demais grupos.
- Demanda de notebook/computador e impressora.
- Demanda de internet
SUGESTÕES PARA MELHORAR
-Resolução das demandas acima.
50
8. SETOR: CADASTRO ÚNICO
8.1- Atendimentos as famílias realizados no mês (soma de todos os tipos de
atendimento)
8.2- Atualização
LOCAL DO ATENDIMENTO TOTAL
CADÚNICO-Sede administrativa 378
CRAS Sede 0
CRAS Missi 21
TOTAL GERAL 399
214
188
231
191
0
50
100
150
200
250
Atendimentos para atualizações
Janeiro Fevereiro Março Abril
349
370
409
378
310
320
330
340
350
360
370
380
390
400
410
420
JAN
FEV
MAR
ABR
51
8.3- Inclusão de novas famílias no Cadastro Único
8.4- Emissão de Carteira do Idoso
13
36
20
32
0
5
10
15
20
25
30
35
40
Inclusão de novas famílias no CADÚNICO
Janeiro Fevereiro Março Abril
4
5
3
6
0
1
2
3
4
5
6
7
Emissão de Carteira do Idoso
Janeiro Fevereiro Março Abril
52
6 6
5
6
4,4
4,6
4,8
5
5,2
5,4
5,6
5,8
6
6,2
Transferências
Janeiro Fevereiro Março Abril
8.5- Transferências
8.6- Emissão de Declaração para segunda via de RG
8.7- Declaração da Situação Cadastral para INSS
19
23
13
32
0
5
10
15
20
25
30
35
Emissão de Declaração para segunda via de RG
Janeiro Fevereiro Março Abril
7 7
16
6
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
Declaração da Situação Cadastral para INSS
Janeiro Feveiro Março Abril
53
7
5
0
4
0
1
2
3
4
5
6
7
8
Emissão de Declaração para ENEL
Janeiro Fevereiro Março Abril
0 0
5
0
0
1
2
3
4
5
6
Declaração Habitação
Janeiro Fevereiro Março Abril
8
9
0 0
0
2
4
6
8
10
Declaração Habitação
Janeiro Fevereiro Março Abril
8.8- Emissão de Declaração para concessão de Tarifa Social
8.9- Declaração para Habitação
8.10- Declaração para participação em cursos do Projeto Gerar
54
72
94
81
101
0
20
40
60
80
100
120
Manutenção de Benefícios no Sibec
Janeiro Fevereiro Março Abril
9 0
29
282
0
50
100
150
200
250
300
Visitas domiciliares
Janeiro Fevereiro Março Abril
8.11- Manutenção de Benefícios no SIBEC
8.12- Visitas domiciliares
TOTAL FINALIDADE DAS VISITAS
Acompanhamento de descumprimento de condicionalidades e
registros no SICON
282 Revisão cadastral Missi e Juá
Benefício de Prestação Continuada
Outro tipo (descrever se tiver)
29 Total
55
6236
6287
6375
6296
6150
6200
6250
6300
6350
6400
Visitas domiciliares
Janeiro Fevereiro Março Abril
8.13- Total de famílias no CADÚNICO
8.14- Total de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família
8.15- Valor repassado para o Programa Bolsa Família
785.292,00
784.402,00
786.624,00
782.713,00
780.000,00
781.000,00
782.000,00
783.000,00
784.000,00
785.000,00
786.000,00
787.000,00
Janeiro Fevereiro Março Abril
4466
4487
4508
4466
4440
4450
4460
4470
4480
4490
4500
4510
4520
Visitas domiciliares
Janeiro Fevereiro Março Abril
56
8.16- Participação em reuniões /eventos internos (contempla todas as reuniões
da secretaria, planejamentos, etc.)
Data Tipo de reunião/evento/encontro Local
05/04/2018
Reunião de Planejamento Interno toda
equipe e Assistente Social do Cadastro
Único
CadÚnico
8.17- Participação em Atividades de Capacitação, Reuniões, Encontros,
Assembleias e outros
Data Técnicos
capacitados
Instituição
Promotora
Temática Local Carga
Horária
02/04 Diretora Gabinete Programa de
Desenvolvimen
to Profissional
na Gestão
Pública Módulo
2
Escola
João
Mariano
4h
8.18- Projetos Desenvolvidos
PERÍODO PROJETO CURSO
OFERTADO
CARG
A
HORA
RIA
TOTAL DE
PART.
LOCAL DO
CURSO
23 de abril
a 04 de
Maio
Projeto
Gerar
Design de
Sobrancelhas
32h 25 CRAS Missi
AVANÇOS E CONQUISTAS NO MÊS DE ABRIL
 Sistema do Cadv7 Cadastro Único funcionando normalmente.
 Aquisição de estantes para acomodação de formulários.
 Reestruturação do cantinho da criança.
 Aquisição de TV para recepção.
 Pintura de paredes.
57
DIFICULDADES NO MÊS DE ABRIL
 Permanece computador com problemas, desliga a cada cinco
minutos dificultando o atendimento.
SUGESTÕES PARA MELHORAR
 Aquisição de um computador completo e estante para armazenar os
formulários do Cadastro.
58
63
158
105
127
0
20
40
60
80
100
120
140
160
180 JAN
FEV
MAR
ABR
160
78 80
89
0
50
100
150
200
Emissão de Identidades
JAN FEV MAR ABR
9. DEPARTAMENTO DE PROMOÇÃO DA CIDADANIA
9.1- Total de atendimento no mês
9.2- Emissão de Identidades no Vapt-Vupt de Fortaleza
59
25
35
15
20
0
5
10
15
20
25
30
35
40
Agendamento de CTPS
JAN FEV MAR ABR
24
45
10
18
0
5
10
15
20
25
30
35
40
45
50
Reservistas
JAN
FEV
MAR
ABR
9.3- Agendamento de Carteira do Trabalho na Gerencia Regional do Trabalho
e Emprego de Sobral
9.4- Reservistas na Delegacia do Serviço Militar de Sobral
60
2 2 2
0
0,5
1
1,5
2
2,5
Viagens
JAN FEV MAR ABR
9.5- Viagens a serviço (Sobral e Fortaleza)
DATA DESTINO DA VIAGEM OBJETIVO
02 de Abril Junta do serviço
militar
Prestação de contas das
Reservistas
12 e 13 de Abril Vapt-vupt / fortaleza Emissão de Identidades
9.6- Encaminhamentos à Rede Socioassistencial
(Entidades públicas e privadas / Organizações não governamentais,
entre outros)
Entidade/Organização
Demanda
Encaminhada
Ida
de
Sexo Observações
Conselho Tutelar
Emissão de certidão
de nascimento
16 M Certidão rasura
61
9.7- Participação em Atividades de
Capacitação/Reuniões/Encontros/Assembléias e outros
Data Técnicos
capacitados
Instituição
Promotora
Temática Local Carga
Horária02/04 Diretora Gabinete Programa de
Desenvolviment
o Profissional na
Gestão Pública
Módulo 2
Escola João
Mariano
4h
26 de
Abril
Prefeito
Municipal
Prefeitura
municipal
Demanda das
comunidades
Auditório da
Educação
5 Hrs
DIFICULDADES NO MÊS
 Computadores com defeito prejudicando o serviço.
 Sala muito quente
 As pessoas passam por dentro da sala para irem ser atendidas no
CADUNICO, às vezes atrapalha a concentração no atendimento.
 Impressora ruim.
AVANÇOS
 Mais um funcionário para ajudar no Setor
 Sempre que é solicitado transporte para as viagens Sobral e Fortaleza, a
Secretaria atende prontamente.
 Foi protocolado ofício na Superintendência Regional do Trabalho para
firmar convênio com o município, estamos aguardando o resultado da
solicitação.
SUGESTÕES PARA MELHORAR
 Organizar melhor o setor colocando ar-condicionado, computadores
novos e impressora de qualidade.
62
ANEXOS
Recursos Humanos-Trabalhadores do SUAS
Setor Administrativo
Nome Cargo / Função Formação Carga
horária
semanal
Vínculo
(comissionado,
efetivo, contratado)
1. Geraldina Lopes
Braga
Secretária Educação
Física e Arte,
Pós em
Metodologia
do Ensino
Fundamental e
Médio
Pós-graduada
Pós-
40h Efetiva
Comissionada
2. Marcia Helena
Santos Barreto
Assessora
Técnica de
Gestão
Serviço Social 40h Efetiva
Comissionada
3. Claudenir Marques
dos Santos
Técnico da
Vigilância
Socioassistencial
Serviço Social 30h Efetivo
4. Lygia Negreiros
Barbosa
Técnica da
Habitação e
Cadastro Único
Serviço Social 30h Efetiva
5. Valéria Lima
Rodrigues
Assessora de
Apoio e
Articulação
Nível Médio 40h Comissionada
6. Evaristo Lopes
Braga
Agente
Administrativo
Graduado em
História e Pós
graduado em
gestão escolar
40h Efetivo
7. Leandro Rocha de
Sousa
Digitador Cursando
Educação
Física
40h Efetivo
8. Antonio Noé
Siqueira Neto
Agente de
Mobilização
Social
Graduado em
Técnico de
Segurança do
Trabalho
Cursando
pedagogia e
Serviço Social
40h Comissionado
9. Maria de Fátima
Venâncio (Branca)
Agente de
Mobilização
Social
Analfabeta 40h Comissionada
10. Maria Emilinaiane
Ávila Lima
Agente
Administrativo
Formada em
Pedagogia
40h Efetiva
63
11. Maria Gorete de
Lima
Auxiliar de
Serviços Gerais
Nível
Fundamental
Incompleto
40h Efetiva
12. Antonio Cheully
Carneiro Braga
Auxiliar de
Serviços Gerais
Nível Médio 40h Efetivo
13. Paulo Cesar
Barbosa Fernandes
Motorista Nível Médio 40h Efetivo
14. Raimundo Robério
Mota Duarte
Motorista Nível Médio 40h Efetivo
15. Ednardo Gomes
de Oliveira
Vigilante Nível Médio 40h Efetivo
16. Antonio Diego
Freitas da Silva
Motorista Nível
Fundamental
40h Prestador de
Serviços
17. José Gerardo
Rodrigues
Motorista Nível
Fundamental
Incompleto
40h Prestador de
Serviços
CRAS Tia Maria Janica
18. Rita Lopes Santana Coordenação Nivel Superior 40h Comissionada
19. Maria Jordana
Sousa Rodrigues
Psicóloga Nivel Superior 40h Temporária
20. Maria Eliane
Holanda de Sousa
Lara
Assistente Social Nivel Superior 30h Efetiva
21. Antonia Helena
Barbosa Lima
Assistente Social Nivel Superior 30h Efetiva
22. Sarah Barreto de
Moura Silva
Resp. pelos
Benefícios
Eventuais
Nivel Médio 40h Temporária
23. Claudia Araújo
Barreto
Recepcionista Nivel Médio 40h Temporária
24. Fernando Antonio
Gomes
Vigilante Nível Médio 40h Efetivo
25. Anildo Teixeira
Sousa
Vigilante Nível Médio 40h Efetivo
26. Renato Mesquita
Santiago
Orientador
Social
Nivel Médio 20h Temporário
27. Rogéria Santana
Barrozo
Orientadora
Social
Nível Médio 20h Temporária
64
28. Antonia Darli Silva Orientadora
Social
Nível Médio 20h Temporária
29. Valdir Mesquita de
Sousa
Orientador
Social dos PcD
Nivel Médio 40h Temporário
30. AntonioValdenilson
dos Santos Lopes
Facilitador de
Oficina dos PcD
Nivel Médio 30h Temporário
CRAS Francisca Rodrigues Dantas (Missi)
31. Antônia Chirla
Gomes da Silva
Coordenadora Superior
Completo
40hs Comissionado
32. Bruna Cavalcante
Menezes
Psicóloga Superior
Completo
40hs Temporária
33. Giselle dos Santos
Martins
Assistente Social Superior
Completo
30hs Efetiva
34. Maria Zenóbia
Braga
Assistente Social Superior
Completo
30hs Efetiva
35. Alissandra de
Sousa Mesquita
Resp. pelos
Benefícios
Eventuais
Nivel Médio 40h Temporária
36. Pedro Rodrigues
Teixeira
Orientador
Social Missi
Nivel Médio 20h Temporário
37. Maria Enya
Débora de Sousa
Orientadora
Social Missi
Nivel Médio 20h Temporária
38. Vanessa Cyntia
Bastos Lima
Orientadora
Social Juá
Nivel Médio 20h Temporária
39. Antonia Lidiane
Gomes Camelo
Orientadora
Social Coité
Nivel Médio 20h Temporária
40. José Jauro Melo
Alves
Vigia Médio
Completo
40hs Efetivo
41. Maria Silvicléia
Mesquita Lopes
Auxiliar de
Serviços Gerais
Médio
Completo
40hs Efetiva
42. Fabrissy Braga dos
Santos
Auxiliar de
Serviços Gerais
Médio
Completo
40hs Efetiva
Centro de Referência Especializado da Assistência Social-CREAS
43. Maria Neuricilane
Costa Gomes
Camelo
Coordenadora Filosofia 40h Temporária
44. Maria Aline
Rodrigues de
Sousa
Psicóloga Psicologia 30h Temporária
45. Ana Valéria Lopes
Sousa
Assistente Social Serviço Social 30h Temporária
46. Jéssica Amélia
Cavalcante
Coqueiro
Advogada Direito 20h Temporária
65
47. Maria Gabriela
Coelho Braga
Educadora
Social
Ensino Médio 40h Temporária
48. Tayana Kely Silva
Braga
Educadora
Social
Ensino Médio 40h Temporária
49. Sigefredo Silva
Bastos
Agente
Administrativo
Ensino Médio 40h Efetivo
50. Antonio Mauro
Marques das
Chagas
Auxiliar de
Serviços Gerais
Ensino Médio 40h Efetivo
Centro de Referência dos Idosos
51. Helena Maria
Coelho de Araújo
Coordenadora Pedagoga 40h Efetiva
Comissionada
52. Maria do Socorro
Oliveira de Sousa
Agente de
mobilização
Social
Nível Médio 40h Comissionada
53. Daniel Andrade do
Nascimento
Agente de
mobilização
Social
Nível Médio 40h Comissionado
54. Francisco Madeira
Braga
Facilitador de
Oficinas de
música
Nível
Fundamental
40h Temporário
55. Antonio Frivaldo
Araújo Cardoso
Auxiliar de
Serviços Gerais
Nível Médio 40h Efetivo
56. José Maria
Azevedo
Vasconcelos
Vigilante Nível Médio 40h Efetivo
57. Francisco Damião
de Oliveira
Vigilante Nível Médio 40h Efetivo
Cadastro Único
58. Christyane
Alessandra Matos
Braga
Diretora Pós Graduada 40h Efetivo/Nomeado
59. Djally Brito Gomes Recepcionista Nível Médio 40h Temporária
60. Adla de Sousa
Ribeiro
Entrevistadora Nível Médio 40h Temporária
61. Jéssica Batista
Pinto da Silva
Entrevistadora Nível Médio 40h Temporária
62. Maria Gilcilene
Mesquita Gondim
Entrevistadora Nível Médio 40h Temporária
Primeira Infância no SUAS/Programa Criança Feliz
63. Josielma de Morais
Borges Costa
Supervisora Serviço Social 40h Temporária
64. Lucieda Teixeira
Lopes
Visitadora Nível Médio 40h Temporária
65. Aparecida Thaís
de Sousa
Vasconcelos
Visitadora Nível Médio 40h Temporária
66
66. Alessandra Lopes
Araújo
Visitadora Nível Médio 40h Temporária
67. Erika Rogério da
Silva
Visitadora Nível Superior 40h Temporária
Departamento de Promoção da Cidadania
68. Antonia Aurilane
Pereira
Diretora do
Departamento
de Promoção
da Cidadania
Assistente
Social
40 h Comissionado
Agencia Comunitária dos Correios
69. Roberta Lima de
Sousa
AGC Boa Vista
do Caxitoré
Administrativo 40h Temporária
70. Marília Ávila da
Silva
AGC Juá Administrativo 40h Temporária
71. Maria Isabel
Mesquita Dias
AGC Missi Administrativo 40h Temporária
Conselho Tutelar
72. Isaias Souza do
Nascimento
Conselheiro Nível Médio 40h Eleito por maioria
de votos
73. Raimundo Nonato
Teixeira Silva
Conselheiro Nível Médio 40h Eleito por maioria
de votos
74. Sarah Cunha
Araújo
Conselheira Nível Médio 40h Eleito por maioria
de votos
75. Natália Braga de
Sousa
Conselheira Nível Médio 40h Eleito por maioria
de votos
76. Paula Dayane
Sousa Mesquita
Conselheira Nível Médio 40h Eleito por maioria
de votos
77. Francisco Antonio
Santana Duarte
Motorista Nível Médio 40h Temporário
67
ENDEREÇOS E TELEFONES DOS SETORES VINCULADOS À SECRETARIA NO MÊS DE
ABRIL
ORD SETOR ENDEREÇO TELEFONE
01 Secretaria da Inclusão e Promoção
Social, Desportiva e Cultural
Av. Jorge Domingues,
1083, Centro
(88) 3635-1266
02 Centro de Referencia da
Assistência Social Tia Maria Janica
Rua Walmar Braga, 168,
B. São Luís de Gonzaga
(88) 3635-1401
03 Centro de Referencia da
Assistência Social Francisca
Rodrigues Dantas- Fransquinha
Rua do Posto, 342 Missi (88) 3635-3102
04 Centro de Referência Especializado
da Assistência Social-CREAS
Rua Walmar Braga, 761,
Centro
(88) 3635-1281
05 Centro de Convivência dos Idosos Rua Júlio Pinheiro Bastos,
s/n,Centro
-
06 Centro de Inclusão Social Distrito Juá
07 Conselho Tutelar Av. Paulo Bastos, Centro (88) 3635-1491

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

OFICINA DE SERVIÇO SOCIAL - ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS E LAUDOS.
OFICINA DE SERVIÇO SOCIAL - ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS E LAUDOS.OFICINA DE SERVIÇO SOCIAL - ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS E LAUDOS.
OFICINA DE SERVIÇO SOCIAL - ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS E LAUDOS.
Rosane Domingues
 
Modelo parecer social
Modelo  parecer socialModelo  parecer social
Modelo parecer social
Rosane Domingues
 
Instrumentais tecnico operativos no servico social
Instrumentais tecnico operativos no servico socialInstrumentais tecnico operativos no servico social
Instrumentais tecnico operativos no servico social
Ana santos
 
Relatório final de estágio
Relatório final de estágio Relatório final de estágio
Relatório final de estágio
Monique Elen Rodrigues de Araújo Oliveira
 
prática do assistente social: conhecimento, instrumentalidade e intervenção p...
prática do assistente social: conhecimento, instrumentalidade e intervenção p...prática do assistente social: conhecimento, instrumentalidade e intervenção p...
prática do assistente social: conhecimento, instrumentalidade e intervenção p...
José Araujo
 
Scfv para idosos
Scfv para idososScfv para idosos
Scfv para idosos
Joelson Honoratto
 
Apresentação reordenamento SCFV CRAS Nioaque-MS 11 11-2013
Apresentação reordenamento SCFV  CRAS Nioaque-MS 11 11-2013Apresentação reordenamento SCFV  CRAS Nioaque-MS 11 11-2013
Apresentação reordenamento SCFV CRAS Nioaque-MS 11 11-2013
Cristina de Souza
 
VISITA DOMICILIAR
VISITA DOMICILIARVISITA DOMICILIAR
VISITA DOMICILIAR
ivone guedes borges
 
OS INSTRUMENTAIS TÉCNICO-OPERATIVOS NA PRÁTICA PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIAL
OS INSTRUMENTAIS TÉCNICO-OPERATIVOS NA PRÁTICA PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIALOS INSTRUMENTAIS TÉCNICO-OPERATIVOS NA PRÁTICA PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIAL
OS INSTRUMENTAIS TÉCNICO-OPERATIVOS NA PRÁTICA PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIAL
Conceição Amorim
 
10. apresentação cras gloria
10. apresentação cras gloria10. apresentação cras gloria
10. apresentação cras gloria
NandaTome
 
Apresentação politica de assistencia social 2
Apresentação politica de assistencia social 2Apresentação politica de assistencia social 2
Apresentação politica de assistencia social 2
Alinebrauna Brauna
 
Paif e scfv
Paif e scfvPaif e scfv
Paif e scfv
Joelson Honoratto
 
CRONOGRAMA CRONOGRAMA MENSAL DE ATIVIDADES DO SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTAL...
CRONOGRAMA CRONOGRAMA MENSAL DE ATIVIDADES DO SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTAL...CRONOGRAMA CRONOGRAMA MENSAL DE ATIVIDADES DO SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTAL...
CRONOGRAMA CRONOGRAMA MENSAL DE ATIVIDADES DO SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTAL...
SimonyDosRemdiosDorn
 
Cras, Atenção Integral à Família e Projovem Adolescente
Cras, Atenção Integral à Família  e Projovem AdolescenteCras, Atenção Integral à Família  e Projovem Adolescente
Cras, Atenção Integral à Família e Projovem Adolescente
Adilson P Motta Motta
 
Perguntas e respostas Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos
Perguntas e respostas Serviço de Convivência e Fortalecimento de VínculosPerguntas e respostas Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos
Perguntas e respostas Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos
Secretaria Especial do Desenvolvimento Social
 
A Visita Domiciliar no Serviço Social
A Visita Domiciliar no Serviço SocialA Visita Domiciliar no Serviço Social
A Visita Domiciliar no Serviço Social
Monique Elen Rodrigues de Araújo Oliveira
 
Oficina de Serviço Social - Elaboração de Estudos e Parecer Social
Oficina de Serviço Social - Elaboração de Estudos e Parecer SocialOficina de Serviço Social - Elaboração de Estudos e Parecer Social
Oficina de Serviço Social - Elaboração de Estudos e Parecer Social
Rosane Domingues
 
Estudo social e parecer social
Estudo social e parecer socialEstudo social e parecer social
Estudo social e parecer social
Guillermo Alberto López
 
Apresentação serviços social
Apresentação serviços socialApresentação serviços social
Apresentação serviços social
jorge luiz dos santos de souza
 
Relatorio social adoção
Relatorio social adoçãoRelatorio social adoção
Relatorio social adoção
Diario de Assistente Social
 

Mais procurados (20)

OFICINA DE SERVIÇO SOCIAL - ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS E LAUDOS.
OFICINA DE SERVIÇO SOCIAL - ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS E LAUDOS.OFICINA DE SERVIÇO SOCIAL - ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS E LAUDOS.
OFICINA DE SERVIÇO SOCIAL - ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS E LAUDOS.
 
Modelo parecer social
Modelo  parecer socialModelo  parecer social
Modelo parecer social
 
Instrumentais tecnico operativos no servico social
Instrumentais tecnico operativos no servico socialInstrumentais tecnico operativos no servico social
Instrumentais tecnico operativos no servico social
 
Relatório final de estágio
Relatório final de estágio Relatório final de estágio
Relatório final de estágio
 
prática do assistente social: conhecimento, instrumentalidade e intervenção p...
prática do assistente social: conhecimento, instrumentalidade e intervenção p...prática do assistente social: conhecimento, instrumentalidade e intervenção p...
prática do assistente social: conhecimento, instrumentalidade e intervenção p...
 
Scfv para idosos
Scfv para idososScfv para idosos
Scfv para idosos
 
Apresentação reordenamento SCFV CRAS Nioaque-MS 11 11-2013
Apresentação reordenamento SCFV  CRAS Nioaque-MS 11 11-2013Apresentação reordenamento SCFV  CRAS Nioaque-MS 11 11-2013
Apresentação reordenamento SCFV CRAS Nioaque-MS 11 11-2013
 
VISITA DOMICILIAR
VISITA DOMICILIARVISITA DOMICILIAR
VISITA DOMICILIAR
 
OS INSTRUMENTAIS TÉCNICO-OPERATIVOS NA PRÁTICA PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIAL
OS INSTRUMENTAIS TÉCNICO-OPERATIVOS NA PRÁTICA PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIALOS INSTRUMENTAIS TÉCNICO-OPERATIVOS NA PRÁTICA PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIAL
OS INSTRUMENTAIS TÉCNICO-OPERATIVOS NA PRÁTICA PROFISSIONAL DO SERVIÇO SOCIAL
 
10. apresentação cras gloria
10. apresentação cras gloria10. apresentação cras gloria
10. apresentação cras gloria
 
Apresentação politica de assistencia social 2
Apresentação politica de assistencia social 2Apresentação politica de assistencia social 2
Apresentação politica de assistencia social 2
 
Paif e scfv
Paif e scfvPaif e scfv
Paif e scfv
 
CRONOGRAMA CRONOGRAMA MENSAL DE ATIVIDADES DO SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTAL...
CRONOGRAMA CRONOGRAMA MENSAL DE ATIVIDADES DO SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTAL...CRONOGRAMA CRONOGRAMA MENSAL DE ATIVIDADES DO SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTAL...
CRONOGRAMA CRONOGRAMA MENSAL DE ATIVIDADES DO SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTAL...
 
Cras, Atenção Integral à Família e Projovem Adolescente
Cras, Atenção Integral à Família  e Projovem AdolescenteCras, Atenção Integral à Família  e Projovem Adolescente
Cras, Atenção Integral à Família e Projovem Adolescente
 
Perguntas e respostas Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos
Perguntas e respostas Serviço de Convivência e Fortalecimento de VínculosPerguntas e respostas Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos
Perguntas e respostas Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos
 
A Visita Domiciliar no Serviço Social
A Visita Domiciliar no Serviço SocialA Visita Domiciliar no Serviço Social
A Visita Domiciliar no Serviço Social
 
Oficina de Serviço Social - Elaboração de Estudos e Parecer Social
Oficina de Serviço Social - Elaboração de Estudos e Parecer SocialOficina de Serviço Social - Elaboração de Estudos e Parecer Social
Oficina de Serviço Social - Elaboração de Estudos e Parecer Social
 
Estudo social e parecer social
Estudo social e parecer socialEstudo social e parecer social
Estudo social e parecer social
 
Apresentação serviços social
Apresentação serviços socialApresentação serviços social
Apresentação serviços social
 
Relatorio social adoção
Relatorio social adoçãoRelatorio social adoção
Relatorio social adoção
 

Semelhante a Relatorio das Ações realizadas na Assistência Social no mês de Abril de 2018

RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-MAIO DE 2018
RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-MAIO DE 2018RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-MAIO DE 2018
RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-MAIO DE 2018
Geraldina Braga
 
Relatorio geral de junho 2018
Relatorio geral de junho 2018Relatorio geral de junho 2018
Relatorio geral de junho 2018
Geraldina Braga
 
RELATÓRIO GERAL MÊS DE OUTUBRO
RELATÓRIO GERAL MÊS DE OUTUBRORELATÓRIO GERAL MÊS DE OUTUBRO
RELATÓRIO GERAL MÊS DE OUTUBRO
Geraldina Braga
 
Relatório Geral abril 2019
Relatório Geral abril 2019Relatório Geral abril 2019
Relatório Geral abril 2019
Geraldina Braga
 
RELATÓRIO DE SETEMBRO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
RELATÓRIO DE SETEMBRO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIALRELATÓRIO DE SETEMBRO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
RELATÓRIO DE SETEMBRO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
Geraldina Braga
 
RELATÓRIO DA SIDESC MÊS DE JANEIRO DE 2018
RELATÓRIO DA SIDESC MÊS DE JANEIRO DE 2018RELATÓRIO DA SIDESC MÊS DE JANEIRO DE 2018
RELATÓRIO DA SIDESC MÊS DE JANEIRO DE 2018
Geraldina Braga
 
RELATÓRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-MÊS DE DEZEMBRO DE 2018
RELATÓRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-MÊS DE DEZEMBRO DE 2018RELATÓRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-MÊS DE DEZEMBRO DE 2018
RELATÓRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-MÊS DE DEZEMBRO DE 2018
Geraldina Braga
 
1. Relatório - JANEIRO 2023 - SIPS - ok.pdf
1.  Relatório - JANEIRO 2023 - SIPS  - ok.pdf1.  Relatório - JANEIRO 2023 - SIPS  - ok.pdf
1. Relatório - JANEIRO 2023 - SIPS - ok.pdf
MrciaHelenaBarreto
 
RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-JUNHO 2019
RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-JUNHO 2019RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-JUNHO 2019
RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-JUNHO 2019
Geraldina Braga
 
02. Relatório - FEVEREIRO 2023 - SIPS.pdf
02. Relatório - FEVEREIRO 2023 - SIPS.pdf02. Relatório - FEVEREIRO 2023 - SIPS.pdf
02. Relatório - FEVEREIRO 2023 - SIPS.pdf
MrciaHelenaBarreto
 
02. Relatório - FEVEREIRO 2023 - SIPS.pdf
02. Relatório - FEVEREIRO 2023 - SIPS.pdf02. Relatório - FEVEREIRO 2023 - SIPS.pdf
02. Relatório - FEVEREIRO 2023 - SIPS.pdf
MrciaHelenaBarreto
 
RELATÓRIO MÊS DE MAIO DE 2019-SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
RELATÓRIO MÊS DE MAIO DE 2019-SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIALRELATÓRIO MÊS DE MAIO DE 2019-SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
RELATÓRIO MÊS DE MAIO DE 2019-SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
Geraldina Braga
 
RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL JULHO DE 2019
RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL JULHO DE 2019RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL JULHO DE 2019
RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL JULHO DE 2019
Geraldina Braga
 
RELATÓRIO DAS AÇÕES DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL NO MÊS DE NOVEMBRO
RELATÓRIO DAS AÇÕES DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL NO MÊS DE NOVEMBRORELATÓRIO DAS AÇÕES DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL NO MÊS DE NOVEMBRO
RELATÓRIO DAS AÇÕES DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL NO MÊS DE NOVEMBRO
Geraldina Braga
 
PREFEITURA MUNICIPAL DE IRAUÇUBA - RELATÓRIO SECRETARIA DE INCLUSÃO E PROMOÇÃ...
PREFEITURA MUNICIPAL DE IRAUÇUBA - RELATÓRIO SECRETARIA DE INCLUSÃO E PROMOÇÃ...PREFEITURA MUNICIPAL DE IRAUÇUBA - RELATÓRIO SECRETARIA DE INCLUSÃO E PROMOÇÃ...
PREFEITURA MUNICIPAL DE IRAUÇUBA - RELATÓRIO SECRETARIA DE INCLUSÃO E PROMOÇÃ...
Inácio Tabosa
 
Relatorio sidesc abril 2017
Relatorio sidesc abril 2017Relatorio sidesc abril 2017
Relatorio sidesc abril 2017
Taylan Itallo
 
Confira o Relatório Geral do Mês de Outubro de 2019 da Secretaria da Assistên...
Confira o Relatório Geral do Mês de Outubro de 2019 da Secretaria da Assistên...Confira o Relatório Geral do Mês de Outubro de 2019 da Secretaria da Assistên...
Confira o Relatório Geral do Mês de Outubro de 2019 da Secretaria da Assistên...
GeizeMaia
 
RELATÓRIO DE AGOSTO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
RELATÓRIO DE AGOSTO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIALRELATÓRIO DE AGOSTO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
RELATÓRIO DE AGOSTO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
Geraldina Braga
 
Relatório das ações da SIDESC no mês de junho de 2017
Relatório das ações da SIDESC no mês de junho de 2017Relatório das ações da SIDESC no mês de junho de 2017
Relatório das ações da SIDESC no mês de junho de 2017
Geraldina Braga
 
Relatório das ações da SIDESC Julho de 2017
Relatório das ações da SIDESC Julho de 2017Relatório das ações da SIDESC Julho de 2017
Relatório das ações da SIDESC Julho de 2017
Geraldina Braga
 

Semelhante a Relatorio das Ações realizadas na Assistência Social no mês de Abril de 2018 (20)

RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-MAIO DE 2018
RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-MAIO DE 2018RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-MAIO DE 2018
RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-MAIO DE 2018
 
Relatorio geral de junho 2018
Relatorio geral de junho 2018Relatorio geral de junho 2018
Relatorio geral de junho 2018
 
RELATÓRIO GERAL MÊS DE OUTUBRO
RELATÓRIO GERAL MÊS DE OUTUBRORELATÓRIO GERAL MÊS DE OUTUBRO
RELATÓRIO GERAL MÊS DE OUTUBRO
 
Relatório Geral abril 2019
Relatório Geral abril 2019Relatório Geral abril 2019
Relatório Geral abril 2019
 
RELATÓRIO DE SETEMBRO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
RELATÓRIO DE SETEMBRO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIALRELATÓRIO DE SETEMBRO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
RELATÓRIO DE SETEMBRO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
 
RELATÓRIO DA SIDESC MÊS DE JANEIRO DE 2018
RELATÓRIO DA SIDESC MÊS DE JANEIRO DE 2018RELATÓRIO DA SIDESC MÊS DE JANEIRO DE 2018
RELATÓRIO DA SIDESC MÊS DE JANEIRO DE 2018
 
RELATÓRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-MÊS DE DEZEMBRO DE 2018
RELATÓRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-MÊS DE DEZEMBRO DE 2018RELATÓRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-MÊS DE DEZEMBRO DE 2018
RELATÓRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-MÊS DE DEZEMBRO DE 2018
 
1. Relatório - JANEIRO 2023 - SIPS - ok.pdf
1.  Relatório - JANEIRO 2023 - SIPS  - ok.pdf1.  Relatório - JANEIRO 2023 - SIPS  - ok.pdf
1. Relatório - JANEIRO 2023 - SIPS - ok.pdf
 
RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-JUNHO 2019
RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-JUNHO 2019RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-JUNHO 2019
RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL-JUNHO 2019
 
02. Relatório - FEVEREIRO 2023 - SIPS.pdf
02. Relatório - FEVEREIRO 2023 - SIPS.pdf02. Relatório - FEVEREIRO 2023 - SIPS.pdf
02. Relatório - FEVEREIRO 2023 - SIPS.pdf
 
02. Relatório - FEVEREIRO 2023 - SIPS.pdf
02. Relatório - FEVEREIRO 2023 - SIPS.pdf02. Relatório - FEVEREIRO 2023 - SIPS.pdf
02. Relatório - FEVEREIRO 2023 - SIPS.pdf
 
RELATÓRIO MÊS DE MAIO DE 2019-SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
RELATÓRIO MÊS DE MAIO DE 2019-SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIALRELATÓRIO MÊS DE MAIO DE 2019-SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
RELATÓRIO MÊS DE MAIO DE 2019-SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
 
RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL JULHO DE 2019
RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL JULHO DE 2019RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL JULHO DE 2019
RELATÓRIO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL JULHO DE 2019
 
RELATÓRIO DAS AÇÕES DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL NO MÊS DE NOVEMBRO
RELATÓRIO DAS AÇÕES DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL NO MÊS DE NOVEMBRORELATÓRIO DAS AÇÕES DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL NO MÊS DE NOVEMBRO
RELATÓRIO DAS AÇÕES DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL NO MÊS DE NOVEMBRO
 
PREFEITURA MUNICIPAL DE IRAUÇUBA - RELATÓRIO SECRETARIA DE INCLUSÃO E PROMOÇÃ...
PREFEITURA MUNICIPAL DE IRAUÇUBA - RELATÓRIO SECRETARIA DE INCLUSÃO E PROMOÇÃ...PREFEITURA MUNICIPAL DE IRAUÇUBA - RELATÓRIO SECRETARIA DE INCLUSÃO E PROMOÇÃ...
PREFEITURA MUNICIPAL DE IRAUÇUBA - RELATÓRIO SECRETARIA DE INCLUSÃO E PROMOÇÃ...
 
Relatorio sidesc abril 2017
Relatorio sidesc abril 2017Relatorio sidesc abril 2017
Relatorio sidesc abril 2017
 
Confira o Relatório Geral do Mês de Outubro de 2019 da Secretaria da Assistên...
Confira o Relatório Geral do Mês de Outubro de 2019 da Secretaria da Assistên...Confira o Relatório Geral do Mês de Outubro de 2019 da Secretaria da Assistên...
Confira o Relatório Geral do Mês de Outubro de 2019 da Secretaria da Assistên...
 
RELATÓRIO DE AGOSTO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
RELATÓRIO DE AGOSTO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIALRELATÓRIO DE AGOSTO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
RELATÓRIO DE AGOSTO DA SECRETARIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL
 
Relatório das ações da SIDESC no mês de junho de 2017
Relatório das ações da SIDESC no mês de junho de 2017Relatório das ações da SIDESC no mês de junho de 2017
Relatório das ações da SIDESC no mês de junho de 2017
 
Relatório das ações da SIDESC Julho de 2017
Relatório das ações da SIDESC Julho de 2017Relatório das ações da SIDESC Julho de 2017
Relatório das ações da SIDESC Julho de 2017
 

Mais de Geraldina Braga

RELATÓRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL -FEVEREIRO DE 2019
RELATÓRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL -FEVEREIRO DE 2019RELATÓRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL -FEVEREIRO DE 2019
RELATÓRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL -FEVEREIRO DE 2019
Geraldina Braga
 
RESULTADO DA SELEÇÃO DO PROGRAMA PROTAGONISMO SOCIAL 2019
RESULTADO DA SELEÇÃO DO PROGRAMA PROTAGONISMO SOCIAL 2019RESULTADO DA SELEÇÃO DO PROGRAMA PROTAGONISMO SOCIAL 2019
RESULTADO DA SELEÇÃO DO PROGRAMA PROTAGONISMO SOCIAL 2019
Geraldina Braga
 
BENEFICIÁRIOS DE IRAUÇUBA -CARTÃO MAIS INFÂNCIA CEARÁ
BENEFICIÁRIOS DE IRAUÇUBA -CARTÃO MAIS INFÂNCIA CEARÁBENEFICIÁRIOS DE IRAUÇUBA -CARTÃO MAIS INFÂNCIA CEARÁ
BENEFICIÁRIOS DE IRAUÇUBA -CARTÃO MAIS INFÂNCIA CEARÁ
Geraldina Braga
 
PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO AS VIOLÊNCIAS CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES...
PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO AS VIOLÊNCIAS CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES...PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO AS VIOLÊNCIAS CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES...
PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO AS VIOLÊNCIAS CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES...
Geraldina Braga
 
Plano Decenal da Assistência Social 2018 2028
Plano Decenal da Assistência Social 2018 2028Plano Decenal da Assistência Social 2018 2028
Plano Decenal da Assistência Social 2018 2028
Geraldina Braga
 
INFORMATIVO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL DE IRAUÇUBA-JANEIRO DE 2018
INFORMATIVO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL DE IRAUÇUBA-JANEIRO DE 2018INFORMATIVO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL DE IRAUÇUBA-JANEIRO DE 2018
INFORMATIVO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL DE IRAUÇUBA-JANEIRO DE 2018
Geraldina Braga
 
INFORMATIVO CADASTRO ÚNICO -ANO 2017
INFORMATIVO CADASTRO ÚNICO -ANO 2017INFORMATIVO CADASTRO ÚNICO -ANO 2017
INFORMATIVO CADASTRO ÚNICO -ANO 2017
Geraldina Braga
 
INFORMATIVO DO CREAS DE IRAUÇUBA
INFORMATIVO DO CREAS DE IRAUÇUBAINFORMATIVO DO CREAS DE IRAUÇUBA
INFORMATIVO DO CREAS DE IRAUÇUBA
Geraldina Braga
 
RELATÓRIO DAS AÇÕES DA SIDESC-DEZEMBRO DE 2017
RELATÓRIO DAS AÇÕES DA SIDESC-DEZEMBRO DE 2017RELATÓRIO DAS AÇÕES DA SIDESC-DEZEMBRO DE 2017
RELATÓRIO DAS AÇÕES DA SIDESC-DEZEMBRO DE 2017
Geraldina Braga
 
RUAS DE IRAUÇUBA E SEUS HOMENAGEADOS
RUAS DE IRAUÇUBA E SEUS HOMENAGEADOSRUAS DE IRAUÇUBA E SEUS HOMENAGEADOS
RUAS DE IRAUÇUBA E SEUS HOMENAGEADOS
Geraldina Braga
 
IRAUÇUBA AVANÇA NAS POLÍTICAS SOCIAIS DO CADASTRO ÚNICO EM 2017
IRAUÇUBA AVANÇA NAS POLÍTICAS SOCIAIS DO CADASTRO ÚNICO EM 2017IRAUÇUBA AVANÇA NAS POLÍTICAS SOCIAIS DO CADASTRO ÚNICO EM 2017
IRAUÇUBA AVANÇA NAS POLÍTICAS SOCIAIS DO CADASTRO ÚNICO EM 2017
Geraldina Braga
 
IRAUÇUBA AVANÇA NAS POLÍTICAS SOCIAIS DO CADASTRO ÚNICO EM 2017
IRAUÇUBA AVANÇA NAS POLÍTICAS SOCIAIS DO CADASTRO ÚNICO EM 2017IRAUÇUBA AVANÇA NAS POLÍTICAS SOCIAIS DO CADASTRO ÚNICO EM 2017
IRAUÇUBA AVANÇA NAS POLÍTICAS SOCIAIS DO CADASTRO ÚNICO EM 2017
Geraldina Braga
 
Relatório sidesc novembro 2017
Relatório sidesc novembro 2017Relatório sidesc novembro 2017
Relatório sidesc novembro 2017
Geraldina Braga
 
Relatório da sidesc mês de outubro
Relatório da sidesc mês de outubroRelatório da sidesc mês de outubro
Relatório da sidesc mês de outubro
Geraldina Braga
 
Relatório SIDESC Setembro de 2017
Relatório SIDESC Setembro de 2017Relatório SIDESC Setembro de 2017
Relatório SIDESC Setembro de 2017
Geraldina Braga
 
Relatório sidesc agosto de 2017
Relatório sidesc agosto de 2017Relatório sidesc agosto de 2017
Relatório sidesc agosto de 2017
Geraldina Braga
 

Mais de Geraldina Braga (16)

RELATÓRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL -FEVEREIRO DE 2019
RELATÓRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL -FEVEREIRO DE 2019RELATÓRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL -FEVEREIRO DE 2019
RELATÓRIO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL -FEVEREIRO DE 2019
 
RESULTADO DA SELEÇÃO DO PROGRAMA PROTAGONISMO SOCIAL 2019
RESULTADO DA SELEÇÃO DO PROGRAMA PROTAGONISMO SOCIAL 2019RESULTADO DA SELEÇÃO DO PROGRAMA PROTAGONISMO SOCIAL 2019
RESULTADO DA SELEÇÃO DO PROGRAMA PROTAGONISMO SOCIAL 2019
 
BENEFICIÁRIOS DE IRAUÇUBA -CARTÃO MAIS INFÂNCIA CEARÁ
BENEFICIÁRIOS DE IRAUÇUBA -CARTÃO MAIS INFÂNCIA CEARÁBENEFICIÁRIOS DE IRAUÇUBA -CARTÃO MAIS INFÂNCIA CEARÁ
BENEFICIÁRIOS DE IRAUÇUBA -CARTÃO MAIS INFÂNCIA CEARÁ
 
PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO AS VIOLÊNCIAS CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES...
PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO AS VIOLÊNCIAS CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES...PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO AS VIOLÊNCIAS CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES...
PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO AS VIOLÊNCIAS CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES...
 
Plano Decenal da Assistência Social 2018 2028
Plano Decenal da Assistência Social 2018 2028Plano Decenal da Assistência Social 2018 2028
Plano Decenal da Assistência Social 2018 2028
 
INFORMATIVO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL DE IRAUÇUBA-JANEIRO DE 2018
INFORMATIVO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL DE IRAUÇUBA-JANEIRO DE 2018INFORMATIVO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL DE IRAUÇUBA-JANEIRO DE 2018
INFORMATIVO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL DE IRAUÇUBA-JANEIRO DE 2018
 
INFORMATIVO CADASTRO ÚNICO -ANO 2017
INFORMATIVO CADASTRO ÚNICO -ANO 2017INFORMATIVO CADASTRO ÚNICO -ANO 2017
INFORMATIVO CADASTRO ÚNICO -ANO 2017
 
INFORMATIVO DO CREAS DE IRAUÇUBA
INFORMATIVO DO CREAS DE IRAUÇUBAINFORMATIVO DO CREAS DE IRAUÇUBA
INFORMATIVO DO CREAS DE IRAUÇUBA
 
RELATÓRIO DAS AÇÕES DA SIDESC-DEZEMBRO DE 2017
RELATÓRIO DAS AÇÕES DA SIDESC-DEZEMBRO DE 2017RELATÓRIO DAS AÇÕES DA SIDESC-DEZEMBRO DE 2017
RELATÓRIO DAS AÇÕES DA SIDESC-DEZEMBRO DE 2017
 
RUAS DE IRAUÇUBA E SEUS HOMENAGEADOS
RUAS DE IRAUÇUBA E SEUS HOMENAGEADOSRUAS DE IRAUÇUBA E SEUS HOMENAGEADOS
RUAS DE IRAUÇUBA E SEUS HOMENAGEADOS
 
IRAUÇUBA AVANÇA NAS POLÍTICAS SOCIAIS DO CADASTRO ÚNICO EM 2017
IRAUÇUBA AVANÇA NAS POLÍTICAS SOCIAIS DO CADASTRO ÚNICO EM 2017IRAUÇUBA AVANÇA NAS POLÍTICAS SOCIAIS DO CADASTRO ÚNICO EM 2017
IRAUÇUBA AVANÇA NAS POLÍTICAS SOCIAIS DO CADASTRO ÚNICO EM 2017
 
IRAUÇUBA AVANÇA NAS POLÍTICAS SOCIAIS DO CADASTRO ÚNICO EM 2017
IRAUÇUBA AVANÇA NAS POLÍTICAS SOCIAIS DO CADASTRO ÚNICO EM 2017IRAUÇUBA AVANÇA NAS POLÍTICAS SOCIAIS DO CADASTRO ÚNICO EM 2017
IRAUÇUBA AVANÇA NAS POLÍTICAS SOCIAIS DO CADASTRO ÚNICO EM 2017
 
Relatório sidesc novembro 2017
Relatório sidesc novembro 2017Relatório sidesc novembro 2017
Relatório sidesc novembro 2017
 
Relatório da sidesc mês de outubro
Relatório da sidesc mês de outubroRelatório da sidesc mês de outubro
Relatório da sidesc mês de outubro
 
Relatório SIDESC Setembro de 2017
Relatório SIDESC Setembro de 2017Relatório SIDESC Setembro de 2017
Relatório SIDESC Setembro de 2017
 
Relatório sidesc agosto de 2017
Relatório sidesc agosto de 2017Relatório sidesc agosto de 2017
Relatório sidesc agosto de 2017
 

Relatorio das Ações realizadas na Assistência Social no mês de Abril de 2018

  • 1. 1
  • 2. 2 Sumário 1. Administração da secretaria 2. Assessoria Técnica do Sistema Municipal da Assistência Social 3. Assessoria Técnica da Vigilância Socioassistencial 4. Centro de Referência da Assistência Social Tia Maria Janica 5. Centro de Referência da Assistência Social Francisca Rodrigues Dantas (Fransquinha) 6. Centro de Referência Especializado da Assistência Social-CREAS 7. Centro de Convivência do Idoso 8. Cadastro Único 9. Diretoria de Promoção da Cidadania Anexos
  • 3. 3 SECRETARIA DA ASSISTENCIA SOCIAL Missão  Planejar, acompanhar, desenvolver, fiscalizar e executar as Políticas Municipais da Assistência Social para crianças, jovens, adultos, idosos e portadores de deficiência, visando melhorar a qualidade de vida e a inclusão social dos cidadãos e cidadãs irauçubenses. Visão  Ser reconhecida pela contribuição na melhoria dos indicadores sociais, com redução das desigualdades, ampliação das oportunidades, controle social, gestão descentralizada e efetivação das políticas da Assistência social. Valores  Ser ético e transparente  Sensibilidade social  Gestão compartilhada, democrática e popular  Ofertar serviços com qualidade e eficiência  Comprometimento e reconhecimento do usuário como sujeito autônomo e capaz  Equidade Social  Reconhecimento da diversidade  Universalismo de direitos  Respeito e cooperação nas relações de trabalho
  • 4. 4 0 10 20 30 40 50 60 70 Atendimentos 61 52 23 45 Atendimentosmensais Janeiro Fev Mar Abr 0 50 100 27 40 21 6 Janeiro Fevereiro Março Abril 1. SETOR: ADMINISTRATIVO 1.1- Atendimentos na Secretaria a pessoas ou grupo de pessoas 1.2- Elaboração de Projetos/Relatórios
  • 5. 5 0 20 40 Participação em reuniões/eventos internos 6 6 12 7 Janeiro Fevereiro Março Abril Especificação dos Projetos/Relatórios elaborados no mês 1. Relatório Mensal da secretaria 2. Relatório do Projeto Campeonato de Futebol do Mandacaru 3. Relatório do Projeto Copa Amigos do Juá 4. Reformulação do Projeto Social PNHR Cacimba do Meio 5. Reformulação do Projeto Social PNHR Cactus 6. Reformulação do Projeto Social PNHR Flor do Mandacaru 1.3- Participação em reuniões /eventos internos Data Tipo de reunião/evento/encontro Local Total de pessoas 05/04 Colhendo assinaturas nas declarações dos beneficiários do PNHR Cacimba Salgada Escola de Cacimba Salgada 30 05/04 Colhendo assinaturas nas declarações dos beneficiários do PNHR de São José Associação São José 30 19/04 Reunião com Djally e Renato sobre evento do dia 19 Secretaria 02 18/04 Inauguração do Centro de Inclusão Social no Juá CIS/Juá 200
  • 6. 6 0 10 20 30 Participação em eventos externos 4 4 5 8 Janeiro Fevereiro Março Abril 19/04 Noite de Autógrafos do Livro Ventos do Sertão e Lançamento da Cartilha Ruas de Irauçuba Auditório da Educação 100 20/04 Reunião com Carlito sobre prestação de contas da FAI Secretaria 02 23/04 Reunião com técnicos para apresentação do Projeto CRAS: Unindo famílias, formando cidadãos Secretaria 07 TOTAL 371 1.4- Participação em eventos externos (assembléias, seminários, capacitações, reuniões, etc) Data Evento Instituiçã o Promotor a Local Carga Horária 02 Encontro de Gestão Gabinete Escola João Mariano 4h 03 Participação no Dialogando com a Comunidade de Campinas Gabinete Quadra da Escola 3h 05 Alianças da Cidadania Gabinete Auditório da Educação 4h 06 Agência da Caixa Econômica Federal - Itapajé manhã 09 Reunião com Prefeito e Secretários Gabinete Gabinete 2h 11 Reunião sobre projetos sociais na GIHAB GIHAB GIHABFO 3h
  • 7. 7 0 10 20 Ações diversas 7 5 1 7 Janeiro fevereiro março abril 16 Entregando pendências do PNHR - SR Norte e Sul GIHABFO O dia todo 17 Reunião com Prefeito-sobre inauguração do CIS Gabinete Gabinete 2h 1.5- Ações diversas na parte administrativa ITEM DESCRIÇÃO DAS AÇÕES 1. Organização do cadastramento dos funcionários da secretaria 2. Controle dos did’s e empenhos do mês para acompanhamento 3. Monitoramento das licitações e envio de documento oficial cobrando dos setores responsáveis mais uma vez 4. Digitações das declarações do PNHR –resolução de pendências de dois empreendimentos 5. Organização das pinturas dos letreiros dos CRAS e CIS 6. Programação da Inauguração do CIS do Juá 7. Programação do Lançamento do Livro e da cartilha
  • 8. 8 0 10 20 Doações diversas 8 4 0 5 Janeiro Fevereiro Março Abril 1.6- Doações diversas ITEM DESCRIÇÃO DAS DOAÇÕES 1. 01 bola de futebol para SCFV do Juá 2. 01 bola de futsal para SCFV do Juá 3. 01 bola de handebol para SCFV do Juá 4. 01 bola de 01 terno para SCFV do Juá 5. Ajuda para o Time de futsal feminino do Juá.Org: Nanzão 1.7- Avanços e Conquistas ITEM Avanços/Conquistas 1. Inauguração do Centro de Inclusão Social do Juá 2. Mais funcionários para o CIS 3. Resolução de pendências junto a CAIXA referente aos 03 Empreendimentos do PNHR 4. Ocorreu a licitação de dois projetos: Gerar e Cultura Popular na Terceira Idade 5. Houve a Noite de Autógrafos do Livro Ventos do Sertão 6. Houve o lançamento da Cartilha dos homenageados das ruas de Irauçuba 7. Chegada de um motoboy na secretaria para ajudar na mobilização dos eventos, reuniões e habitação 8. Recebimento de peças para conserto de 01 computador do Setor de Documentos 9. Aquisição de peças de computador e 01 TV, esta para o Cadastro Único 10. Mais um funcionário para ajudar no Setor de Documentos 11. Mais um agente administrativo no CRAS sede completando assim, a equipe mínima 12. Início do Curso de Design de Sobrancelhas com famílias do Programa Bolsa Família no CRAS Missi
  • 9. 9 13. Início do Curso de Design de Sobrancelhas com participantes do PAEFI- Projeto Resgatando Vidas 14. Recebimento de 480 livros da Fundação Banco Itaú para as crianças de até 6 anos de idade do CRAS e Programa Criança Feliz. 1.8- Dificuldades/Demandas Dificuldades/Demandas 1. Demanda de materiais permanentes:  08 computadores 02 para o Setor administrativo 02 para o CRAS Sede 02 para o CRAS Missi 01 para o Centro dos Idosos 01 para o setor de documentos  04 armários  50 cadeiras  10 mesas  05 birôs  10 estantes.  10 ventiladores para parede e 03 ar condicionado  02 freezer  03 gelágua 2. Demanda de materiais diversos:  Limpeza  Jogos pedagógicos  Etc. 3. Não foi feita a licitação para o Projeto Promovendo a Cidadania, que tinha uma programação para a Festa do Município, deixaram pra fazer cotações tarde, sendo assim, não acontecerá. 4. Demanda de funcionários 02 para o Setor Habitacional (Diretor(a) e digitador) que sejam pessoas que suportem a pressão do trabalho e sejam capacitados em informática e tenham uma boa escrita e leitura para elaboração de relatórios e preenchimento de cadastros. 01agente administrativo para o CRAS Missi 0201 Recepcionista para o CRAS Missi 01 auxiliar de serviços gerais para secretaria 02 bandas de forró pé de serra para os encontros com os idosos 5. Dificuldades para utilizar os recursos para medidas socioeducativas, pois não são aplicadas as medidas pelo juiz, correndo o risco do recurso voltar.
  • 10. 10 1 8 1 4 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 Visitas Domiciliares e Parecer JAN FEV MAR ABR 38 22 50 14 0 10 20 30 40 50 60 Atendimentos no mês JAN FEV MAR ABR 2. SETOR: GESTÃO DO SISTEMA MUNICIPAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL/HABITAÇÃO/PROGRAMA CRIANÇA FELIZ 2.1- Atendimentos no mês Abril 2.2- Visitas domiciliares no mês de Abril TIPO DE ATENDIMENTO TOTAL 10 - Atendimentos de demanda espontânea – busca por informações de serviços ofertados na Secretaria da Assistência Social nos diversos setores. 02 - Atendimentos sobre a regularização dos conjuntos habitacionais: João Paulo II e Flores do Semiárido. 02- Cadastro para doação de casa e reforma 14
  • 11. 11 7 4 4 2 0 1 2 3 4 5 6 7 8 Reuniões e Eventos da Secretaria da Assistência JAN FEV MAR ABR 2.3- Eventos/reuniões da Secretaria em Abril DATA REUNIÃO/EVENTO LOCAL FINALIDADE 23.04 Reunião com as equipes dos CRAS Sala dos Conselhos – Sec. SAS Apresentação do Projeto CRAS: Unindo famílias, formando cidadãos 24.04 Reunião com equipe de técnicos da SAS (Grupo de estudo) Sala dos Conselhos – Sec. SAS Repassar as orientações a cerca do programa para Resultados – PforR e Lei 1275 – Programa Morar melhor FINALIDADE DAS VISITAS TOTAL 01 Visita do Cadastro Único 01 Visita Setor de Habitação 02 Visitas para verificação de regularização de casa no Conjunto João Paulo II 04
  • 12. 12 6 40 4 31 1 12 4 34 0 5 10 15 20 25 30 35 40 45 QTD Reuniões QTD Participantes JAN FEV MAR ABR 1 3 1 2 0 0,5 1 1,5 2 2,5 3 3,5 Eventos externos e Capacitações JAN FEV MAR ABR 2.4- Participação em eventos/reuniões Capacitações externas DATA REUNIÃO/EVENTO LOCAL FINALIDADE 02.04 3º Encontro de Gestão de 2018 Escola João Mariano/Desativada Comunicação entre a Gestão 20.04 I Seminário de Prevenção ao Trabalho Infantil Centro de Convivência para pessoa Idosa – CCI Elaboração do Plano de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil em Irauçuba 2.5- Monitoramento dos planejamentos e reuniões periódicas
  • 13. 13 116 150 150 0 20 40 60 80 100 120 140 160 Busca ativa Famílias Cadastradas Março abril 35 18 0 217 20 2 0 50 100 150 200 250 Crianças de 0 a 3 anos Gestantes BPC Março abrial 2.1-PROGRAMA CRIANÇA FELIZ 2.1.1- Acompanhamento do Programa Criança Feliz 2.1.2- Visitas de Acompanhamento divididas por faixas etárias DATA REUNIÃO DE PLANEJAMENTO EQUIPES/CONSELHOS TOTAL DE PARTICIPANTES 03.04 Conselho Municipal do Idoso 08 04.04 Conselho Municipal da Assistência Social 10 05.04 Supervisora do Programa Criança Feliz 02 24.04 Grupo de estudos dos técnicos da SAS 14 Total 34 ACOMPANHAMENTO EM ABRIL TOTAL 150 Famílias cadastradas no Programa Criança Feliz 150
  • 14. 14 8 12 0 2 4 6 8 10 12 14 Reuniões Internas Março Abril 2.1.3- Participação em reuniões internas DESCRIÇÃO DAS VISITAS REALIZADAS TOTAL 0 a 3 anos 217 Gestantes 20 Crianças 0 a 6 anos que recebem Benefício de Prestação Continuada – BPC 02 TOTAL 239 DATA DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE REALIZADA 02 Apresentação de pauta na reunião do Conselho Municipal da Assistência Social-CMAS Planejamento com visitadoras do PCF 03 Reunião com técnico da vigilância socioassistencial Denis, sobre sistema do PCF. 04 Reunião Ordinária do Conselho Municipal da Assistência Social- CMAS 05 Reunião com a técnica de gestão e coordenadora do PCF Márcia. 09 Planejamento com visitadoras do PCF. 10 Reunião com a equipe do CRAS/sede 48- Registros de visitas no sistema do PCF 16 Planejamento com visitadoras do PCF 18 43- Registros de visitas no sistema do PCF 20 Seminário para Elaboração do Planode Erradicação do Trabalho Infantil no Município. 23 Planejamento com as visitadoras do PCF
  • 15. 15 AVANÇOS E CONQUISTAS NO MÊS DE ABRIL  Terceiro encontro do grupo de estudo dos técnicos da assistência social;  Retiramos todas as pendências nos projetos sociais dos empreendimentos Cactus, Flor do Mandacaru e Cacimba do Meio. Protocolamos os 03 projetos na sexta (27.04) na GIHAB, onde beneficiara 101 famílias do município;  Capacitação para 2 conselheiros do Conselho Municipal da Assistência Social – SMAS. DIFICULDADES NO MÊS DE ABRIL  O não atendimento da solicitação feita em 2017 de duas pessoas para formar a equipe no setor de habitação, os mesmos ficariam sob a coordenação da técnica;  A falta de pessoal capacitado para elaboração de projetos sociais na área de habitação rural, como também documentação complementar para compor proposta;  Falta de impressoras que façam escanneamentos de varias folhas de uma vez, assim como materiais básicos como: folhas, canetas, almofadas de carimbo, tintas, pastas e envelopes. SUGESTÕES PARA MELHORAR  Não acumular cargo/atribuições, sempre que algum técnico precisar se ausentar, seja por licença maternidade ou tratamento médico, chamar imediatamente outro técnico classificado na seleção de temporários do início do ano, fazendo isso terá melhores resultados e qualidade nos atendimentos;  Priorizar as contratações de início do ano, realizando planejando no mês de dezembro para que não haja atrasos e bloqueio de recursos dos programas Estadual e Federal;  Formar a equipe de habitação e capacitar-los antes de exercer as funções. 61- Registros de visitas no sistema do PCF 24 Oficina de apoio técnico sobre controle social na politica de assistência social em Fortaleza. 25 Oficina de apoio técnico sobre controle social na politica de assistência social em Fortaleza. 26 Reunião com técnico da vigilância socioassistencial Denis, sobre sistema do PCF.
  • 16. 16 5 7 41 5 0 5 10 15 20 25 30 35 40 45 Atendimentos no mês JAN FEV MAR ABR 3. SETOR: VIGILÂNCIA SOCIOASSISTENCIAL 3.1- Atendimentos no mês de Abril 3.2- Visitas domiciliares no mês de Abril FINALIDADE DOS ATENDIMENTOS NO MÊS TOTAL - Atendimento realizado aos beneficiários do Programa Nacional de Habitação Rural – PNHR, Empreendimento Cacimba do Meio que contempla as localidades de São José, Cacimba Salgada e Costa. - Atendimento a usuário do Benefício de Prestação Continuada - BPC. 05 1 71 6 1 0 10 20 30 40 50 60 70 80 Visitas Domiciliares JAN FEV MAR ABR
  • 17. 17 4 5 4 4 0 1 2 3 4 5 6 Reuniões e Eventos da Secretaria da Assistência JAN FEV MAR ABR 6 2 0 1 0 1 2 3 4 5 6 7 Encaminhamentos JAN FEV MAR ABR 3.3- Encaminhamentos realizados em Abril TIPO DE ENCAMINHAMENTO TOTAL - Encaminhamento de usuário para o setor de Habitação para realização de cadastro habitacional. 01 3.4- Eventos/reuniões da Secretaria em Abril FINALIDADE DAS VISITAS TOTAL Dia 18/04 – Visita Domiciliar realizada na localidade de coité a família que teve a casa alagada pelas chuvas, para inserção em Projeto Habitacional. 01
  • 18. 18 3.5- Participação em eventos/reuniões Capacitações externas DATA REUNIÃO/EVENTO LOCAL FINALIDADE 04/04 06/04 20/04 24/034 - Reunião com Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS. - Reunião com Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS. - Participação no I Seminário de Prevenção ao Trabalho Infantil. - Reunião com Técnica de Gestão, Técnica da Habitação, e Equipe técnica do CRAS/SEDE, CRAS/MISSI, CRAES, e Conselho Tutelar. - Sala de Reuniões dos Conselhos - Sala de Reuniões dos Conselhos - Centro dos Idosos - Sede da Associação comunitária de São José - Sala de Reuniões dos Conselhos - Apresentação do Demonstrativo dos serviços cofinanciados pelo governo estadual referente ao ano de 2016. - Apresentação do Plano de Ação do cofinanciamento estadual do Serviço de Proteção e Atendimento Integral a Família – PAIF, e dos Benefícios Eventuais – BE do ano de 2018. - Elaboração do Plano de Erradicação do Trabalho Infantil no município de Irauçuba. - Realização de grupo de estudo que teve como tema: Lei 1275/2017, que dispõe sobre a instituição do Programa Habitacional do Município de Irauçuba, denominado “Programa Morar Melhor”. E apresentação do Projeto de Apoio ao Crescimento Econômico com Redução das Desigualdades e Sustentabilidade Ambiental do Estado do Ceará - Programa para Resultados (PforR) . 1 1 0 0 0,2 0,4 0,6 0,8 1 1,2 Eventos externos e Capacitações JAN FEV MAR ABR 1
  • 19. 19 19 5 10 7 0 2 4 6 8 10 12 14 16 18 20 JAN FEV MAR ABR 3.6- Atualização dos Profissionais no CADSUAS/MDS TOTAL PROFISSIONAIS ATUALIZADOS 07 CRAS/SEDE: Renato de Mesquita Santiago, Rogéria Santana Barroso, Antonia Darli Silva (Orientadores Sociais do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos). CRAS/MISSI: Pedro Rodrigues Teixeira, Maria Enya Débora de Sousa, Vanessa Cyntia Bastos Lima, Antonia Lidiane Gomes Camelo (Orientadores Sociais do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos). DATA REUNIÃO/EVENTO LOCAL FINALIDADE 28/04 - Participação no Ato Público realizado pelo governo do estado do ceará com a presença do Governador Camilo Santa. Praça do Palácio Verde - Anunciar grandes obras e investimentos para o município de Irauçuba. Dentre eles a pavimentação asfáltica das estradas do Missi e Juá.
  • 20. 20 3 3 3 3 0 0,5 1 1,5 2 2,5 3 3,5 JAN FEV MAR ABR 3.7- Registro Mensal de Atendimento dos CRAS e CREAS – RMA, no sistema do MDS REGISTRO MENSAL – RMA TOTAL - Registro Mensal de Atendimento do Centro de Referência da Assistência Social – CRAS/SEDE, no sistema do MDS. - Registro Mensal de Atendimento do Centro de Referência da Assistência Social – CRAS/MISSI, no sistema do MDS. - Registro Mensal de Atendimento do Centro de Referência Especializado da Assistência Social – CREAS, no sistema do MDS. 03 AVANÇOS E CONQUISTAS NO MÊS DE ABRIL  Preenchimento do Demonstrativo dos serviços cofinanciados pelo Governo Estadual no ano de 2016, no sistema do SECOF;  Preenchimento do Plano de Ação do Cofinanciamento Estadual do Serviço de Proteção e Atendimento Integral a Família – PAIF, e dos Benefícios Eventuais – BE do ano de 2018, no sistema do SECO;  Atualização dos Educadores Sociais do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos - SCFV dos CRAS/SEDE e CRAS/MISSI;  Realização de grupo de estudo que teve como tema: Lei 1275/2017, que dispõe sobre a instituição do Programa Habitacional do Município de Irauçuba, denominado “Programa Morar Melhor”, e Projeto de Apoio ao Crescimento Econômico com Redução das Desigualdades e Sustentabilidade Ambiental do Estado do Ceará - Programa para Resultados (PforR) .
  • 21. 21 DIFICULDADES NO MÊS DE ABRIL  Atraso no envio dos relatórios do RMAS por parte de alguns equipamentos;  Atraso na contratação da orientadora social do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de Campinas;  Realização de atividades extras que não são da vigilância, causando atraso no cumprimento das metas e preenchimento dos sistemas. SUGESTÕES PARA MELHORAR  Acompanhamento das atividades do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos por meio de visitas mensais ou trimestrais;  Mobilização e sensibilização dos beneficiários do Benefício de Prestação Continuada – BPC Idoso e Pessoa com Deficiência da obrigatoriedade de inscrição no Cadastro Único até Dezembro de 2018.  Maior divulgação do Centro de Referência Especializado da Assistência Social – CREAS, para conhecimento da população;  Maior articulação com a rede de proteção social do município.
  • 22. 22 4. SETOR: CENTRO DE REFERÊNCIA DA ASSISTÊNCIA SOCIAL TIA MARIA JANICA 4.1- Atendimentos realizados no mês (soma todos os atendimentos realizados no prédio por toda a equipe) 4.2- Visitas domiciliares (somar de todos os profissionais) 72 39 40 0 20 40 60 80 Atendimentos realizados no mês FEV MAR ABR 29 213 212 0 50 100 150 200 250 Visitas realizadas FEV MAR ABR TIPO DE ATENDIMENTO TOTAL Atendimento da coordenadora 16 Atendimento Sociais 07 Atendimentos de orientação psicológica 9 Atendimento do Cadastro Único 00 Atendimentos diversos 08 TOTAL GERAL 40 Das famílias atendidas acima, quantas são do Cadastro Único 35 FINALIDADE DAS VISITAS TOTAL Serviço de Proteção e Atendimento Integral a Família-PAIF 95 Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos 25 Programa Bolsa família - Benefício de Prestação Continuada 4 Benefícios Eventuais 9 Mobilização para eventos/encontros(não é considerada visita qualificada) 50 Visitas Realizadas pela psicóloga 29 Outra demanda (citar) - TOTAL GERAL 212 Das famílias acima quantas são do Cadastro Único 200
  • 23. 23 4.3- Total de Visitas no mês por técnico 4.4- SERVIÇO DE PROTEÇÃO E ATENDIMENTO INTEGRAL A FAMÍLIA-PAIF Ações TOTAL Total de famílias em acompanhamento pelo PAIF 110 Novas famílias inseridas no acompanhamento do PAIF durante o mês de referência - Famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família em descumprimento de condicionalidades (referente às novas famílias do mês) - Famílias participando regularmente de grupos no âmbito do PAIF 42 Total de atendimentos particularizados realizados no mês de referência 280 Famílias encaminhadas para inclusão no Cadastro Único 02 Famílias encaminhadas para atualização cadastral no Cadastro Único - Indivíduos encaminhados para acesso ao BPC 06 Famílias encaminhadas para o CREAS 01 Famílias encaminhadas para o CrasMissi - Famílias encaminhadas pelo Conselho Tutelar - Famílias encaminhadas para a Secretaria Municipal da Saúde 01 Famílias encaminhadas para o CAPECI 01 Visitas domiciliares realizadas 93 Total de auxílios-natalidade concedidos/entregues durante o mês de referência - Total de auxílios-funeral concedidos/entregues durante o mês de referência 03 Outros benefícios eventuais concedidos/entregues durante o mês de referência 01 1 Não conta visitas para mobilização de eventos ou reuniões, só as qualificadas, deve ser o mesmo número enviado para a bonificação mensal, no caso das assistentes sociais. 26 57 99 99 0 20 40 60 80 100 120 Total de visitas no mês por técnicas JAN FEV MAR ABR NOME DA TÉCNICA TOTAL DE VISITAS ANTONIA HELENA BARBOSA LIMA 34 MARIA ELIANE HOLANDA DE SOUSA LARA 32 MARIA JORDANA SOUSA RODRIGUES 30 TOTAL GERAL1 99
  • 24. 24 4.5- SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS – SCFV Preencher tabela abaixo referente ao mês atual: Faixa etária Quant. de grupos Público Prioritário Público Não Prioritário Local de execução do SCFV Até 6 anos 02 - - Creche Tia Nega e Tia Diva 7 a 15 anos 03 - - Escola Manoel Coelho da Cruz e Sindicato dos Trabalhadores de Boa Vista 15 a 17 anos - - - - Acima de 60 anos 01 - - Sindicato dos Trabalhadores de Boa Vista Idoso em domicílio - - - - PcD em domicílio - - - - Obs: Os grupos darão início a partir do mês de abril. 4.6- OUTROS PROGRAMAS, PROJETOS E SERVIÇOS SOCIOASSISTENCIAIS Programas, projetos sócio assistenciais Total atendidos no mês Ações realizadas (descrever: visitas, palestra, oficinas, etc.) Programa Criança Feliz 32 Visita em acompanhamento domiciliar 4.7- Encaminhamentos à Rede Socioassistencial(Entidades públicas e privadas / Organizações não governamentais, entre outros) Entidade/Organização Demanda Encaminhada Idade Sexo Observações - - - - - 4.8- Prontuários SUAS Ações TOTAL Total de prontuários no CRAS 110 Total de prontuários abertos no mês 09 Total de prontuários encerrados no mês - Meta do CRAS 750 % atingido 14,5%
  • 25. 25 4.9- Benefício de Prestação Continuada Ações TOTAL Total de pessoas encaminhadas no mês 08 Casos em acompanhamento - Total de benefício concedido no mês 04 4.10- Eventos realizados no Auditório do CRAS 4.11- Atividades Coletivas Grupos/Ofici nas/Encontro s Nº de Part. Temáticas Desenvolvidas Facilitador Observações/ Avanços/ Dificuldades Grupo PAIF Encontros: 01 41 Texto: Prevenção de a Acidente Doméstico Helena Lima Avanço: O aumento de participante. Dificuldade: Falta de lanche. 4.12-Participação em reuniões/eventos internos (contempla todas as reuniões da secretaria) Data Tipo de reunião/evento/encontro Local 23/04/2018 Reunião com a Secretária da SDS – Diálogo Projeto Unindo Família, Formando Cidadãos SAS 25/04/2018 Reunião com Grupo de Estudo das Técnicas SAS NOME DO EVENTO/REUNIÃO ENTIDADE ORGANIZADORA TOTAL DE PESSOAS Reunião de Planejamento com a Equipe do CRAS Cras Sede 10 Reunião de Planejamento com os Orientadores Sociais do SCFV. Cras Sede 6
  • 26. 26 4.13- Participação em Atividades de Capacitação/Reuniões/Encontros/Assembleias e outros Data Técnicos capacitados Instituição Promotora Temática Local Carga Horária 20/04 Jordana Sousa e Helena Lima CREAS Erradicação do trabalho infantil Centro do Idoso 8 horas AVANÇOS E CONQUISTAS NO MÊS DE ABRIL  Consertos e instalações dos ventiladores do CRAS  A inclusão da auxiliar de serviços gerais. DIFICULDADES NO MÊS  Faltam equipamentos e materiais como: lanches e materiais para os grupos SCFV, mobiliários como estantes, armários e brinquedos, ventiladores, jogos, e materiais de limpeza. SUGESTÕES PARA MELHORAR  Aquisição de materiais permanentes, limpeza e administrativos para as equipes trabalharem com o público atendido.
  • 27. 27 5. SETOR: Centro de Referência da Assistência Social Francisca Rodrigues Dantas – CRAS Missi 5.1- Atendimentos realizados no mês (soma todos os atendimentos realizados no prédio por toda a equipe) 5.2- Visitas domiciliares (soma de todos os profissionais) TIPO DE ATENDIMENTO TOTAL Atendimento da coordenadora 22 Atendimento Sociais 25 Atendimentos Psicológicos 17 Recepção 245 TOTAL GERAL 309 Das famílias atendidas acima, quantas são do Cadastro Único 238 97 114 161 309 0 50 100 150 200 250 300 350 JAN FEV MAR ABRIL 115 149 143 48 0 20 40 60 80 100 120 140 160 1 JAN FEV MAR ABRIL
  • 28. 28 5.3- Total de Visitas no mês por técnico **Não conta visitas para mobilização de eventos ou reuniões, só as qualificadas, deve ser o mesmo número enviado para a bonificação mensal, no caso das assistentes sociais. 5.4- SERVIÇO DE PROTEÇÃO E ATENDIMENTO INTEGRAL A FAMÍLIA-PAIF Ações TOTAL Total de famílias em acompanhamento pelo PAIF 93 Novas famílias inseridas no acompanhamento do PAIF durante o mês de referência 16 Famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família em descumprimento de condicionalidades (referente às novas famílias do mês) - Famílias participando regularmente de grupos no âmbito do PAIF 93 Total de atendimentos particularizados realizados no mês de referência 42 FINALIDADE DAS VISITAS TOTAL Serviço de Proteção e Atendimento Integral a Família-PAIF 29 Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos 09 Programa Bolsa Família 10 Benefício de Prestação Continuada - Benefícios Eventuais 00 Mobilização para eventos/encontros (não é considerada visita qualificada) 00 Outra demanda (Diagnóstico das Famílias vítimas das chuvas) - TOTAL GERAL 48 Das famílias acima quantas são do Cadastro Único 30 NOME DA TÉCNICA TOTAL DE VISITAS Giselle dos Santos Martins 11 Maria Zenóbia Braga 32 Bruna Menezes Cavalcante 05 TOTAL GERAL 48 55 98 143 48 0 20 40 60 80 100 120 140 160 1 JAN FEV MAR ABRIL
  • 29. 29 Famílias encaminhadas para inclusão no Cadastro Único 12 Famílias encaminhadas para atualização cadastral no Cadastro Único 24 Indivíduos encaminhados para acesso ao BPC 01 Famílias encaminhadas para o CREAS 01 Visitas domiciliares realizadas 48 Total de auxílios-natalidade concedidos/entregues durante o mês de referência - Total de auxílios-funeral concedidos/entregues durante o mês de referência 01 Outros benefícios eventuais concedidos/entregues durante o mês de referência 00 5.5- SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS – SCFV Preencher tabela abaixo referente ao mês atual: Faixa etária Quant. de grupos Público Prioritário Público Não Prioritário Local de execução do SCFV Até 6 anos 02 - - Missi 0 a 15 anos 02 - - Juá/ Missi 15 a 17 anos 02 - - Juá/Missi Acima de 60 anos 02 60 - Coité/ Missi Idoso em domicílio - - - - PcD em domicílio - - - - 5.6- OUTROS PROGRAMAS, PROJETOS E SERVIÇOS SOCIOASSISTENCIAIS PROGRAMAS, PROJETOS SOCIO ASSISTENCIAIS Total atendidos no mês Ações realizadas (descrever: visitas, palestra, oficinas, etc.) Programa Criança Feliz - - Programa Para Resultados-PforR - - Projeto CRAS: Unindo Família, Formando Cidadãos - - Projeto Dialogando com a Juventude - - Projeto Meio Ambiente e Sustentabilidade - -
  • 30. 30 5.7-Prontuários SUAS Ações TOTAL Total de prontuários no CRAS 93 Total de prontuários abertos no mês 16 Total de prontuários encerrados no mês - Meta do CRAS 750 % atingido 12,4% 5.8-Benefício de Prestação Continuada Ações TOTAL Total de pessoas encaminhadas no mês 6 Casos em acompanhamento 01 Total de benefício concedido no mês 00 5.9-Eventos realizados no Auditório do CRAS 5.10-Atividades Coletivas Grupos, oficinas, encontros Nº de part. Temáticas desenvolvidas Facilitador Convidado Parceria Avanços Dificuldades 05/04/2018 - Reunião com Famílias em acompanhamento no PAIF do Missi. 20 Tema: Sentimentos do coração. Zenóbia Braga - A participação das famílias. Falta de lanche Anexar lista de presença e fotos. 5.11-Encaminhamentos à Rede Socioassistencial (Entidades públicas e privadas / Organizações não governamentais, entre outros) Entidade/Organização Demanda Encaminhada Idade Sexo Observações Setor de Documentos Reservista 40 M - NOME DO EVENTO/REUNIÃO ENTIDADE ORGANIZADORA TOTAL DE PESSOAS Curso designer de sobrancelha Projeto gerar beneficiário do B.F 25
  • 31. 31 INSS Perice 5 F Agendamento Saúde Fonodiologo 06 F Família do PAIF Conselho Tutelar Acompanhamento do caso da Luana 09 F Prontuários suas CAPS Agendamento para acompanhamento 05 F - CAPS Agendamento para acompanhamento 25 F Família do PAIF CAPS Agendamento para acompanhamento 31 M CRAS Sede Acompanhamento de caso 09 F Prontuários suas CREAS Acompanhamento de caso 09 F Prontuários suas 5.12- Participação em reuniões /eventos internos (contempla todas as reuniões da secretaria) Data Tipo de reunião/evento/encontro Local 10/04/2018 Planejamento mensal com orientadores sociais do SCFV. A CRAS Missi 23/04/2018 Reunião com a secretária, para orientações do Projeto: Cras Unindo Famílias, Formando Cidadãos. FAMÍLIASPAIF Secretaria da Assistência Social 24/04/2018 Grupo de estudos = tema PFOR e Habitação. Secretaria da Assistência Social (SAS)
  • 32. 32 5.13- Participações em Atividades de Capacitação, Reuniões, Encontros, Assembleias e outros Data Técnicos capacitados Instituição Promotora Temática Local Carga Horária - - - - - - AVANÇOS E CONQUISTAS NO MÊS  Participação ativa das famílias nos grupos de PAIF em acompanhamento, mesmo não havendo lanche.  Funcionamento do Centro de Inclusão Social – CIS no Distrito de Juá, extensão dos serviços do CRAS.  Oferta de curso de design de sobrancelhas para capacitar 25 mulheres com idade de 18 á 35 anos, beneficiárias do PBF. DIFICULDADES NO MÊS  Falta de impressora;  Falta de folhas de ofício A4;  Faltam computadores para o coordenador e Técnicos;  Lanche para os SCFV e encontros do PAIF.  Telefone e internet com problemas. SUGESTÕES PARA MELHORAR  Realização da licitação dos materiais de expediente, limpeza e gêneros alimentícios;
  • 33. 33 9 14 33 54 0 10 20 30 40 50 60 JAN FEV MAR ABR 6. SETOR: CENTRO DE REFERÊNCIA ESPECIALIZADO DA ASSISTÊNCIA SOCIAL- CREAS 6.1- Atendimentos realizados no mês (soma todos os atendimentos realizados no prédio por toda a equipe) 6.2- Visitas TIPO DE ATENDIMENTO ABRIL Atendimento da coordenadora 07 Atendimentos Sociais 05 Atendimentos Psicológicos 09 Atendimentosdiversos - Atendimentos jurídico-sociais 10 Atendimentos psicossociais 04 Atendimentos na recepção 19 TOTAL GERAL 54 17 13 35 57 0 10 20 30 40 50 60 Visitas Domiciliares JAN FEV MAR ABR
  • 34. 34 3 0 6 17 0 2 4 6 8 10 12 14 16 18 Visitas Domiciliares JAN FEV MAR ABR 6.3- Acompanhamento dos Serviços (PAEFI, MSE, SEAS) FINALIDADE DAS VISITAS ABRIL Acompanhamento de casos 14 Maus tratos a pessoa idosa 01 Maus tratos com Pessoa com Deficiência - Violência contra a mulher - Marcar Acompanhamento psicológico 01 Solicitação do Ministério Público 09 Visitas a idosos – Projeto Visita nos Lares 05 Visitas Pessoa com Deficiência - Projeto Visita nos Lares - Mobilização para reuniões, encontros, eventos. - Visitas Institucionais 24 Visitas de acompanhamento do grupo PAEFI 03 TOTAL GERAL 57 TOTAL DE ACOMPANHAMENTO NO MÊS ABR Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos – PAEFI 14 Serviço de Proteção Social a Adolescentes em Cumprimento de Medida Socioeducativa de Liberdade Assistida e de Prestação de Serviços à Comunidade - Serviço Especializado em Abordagem Social - Serviço de Proteção Social Especial para Pessoas com Deficiência, Idosas e suas Famílias. 03 TOTAL GERAL 17
  • 35. 35 6.4- Ações desenvolvidas no mês referente a: 6.5- Reuniões, encontros, eventos: 6.6- Grupos do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos/PAEFI. NOME DO GRUPO/PÚBLICO/FAIXA ETÁRIA TOTAL DE ENCONTROS NO MÊS LOCAL DO ENCONTRO Nome: PAEFI grupão Público: adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social. Faixa etária:16 a 19 anos 05 Centro de Convivência do Idoso - CCI AÇÕES DESENVOLVIDAS NO MÊS ABRIL Acolhida/escuta - Estudo social - Estudo de caso (com equipes da rede de atendimento) 01 Grupo de estudos 01 Audiência - Diagnóstico socioeconômico - Monitoramento e avaliação do serviço - Contra referência (encaminhamentos para a rede de serviços locais - anexar lista de encaminhamentos quando houver, de acordo com modelo em anexo). 05 Referência (encaminhamentos recebidos) 04 Construção do Plano Individual e/ou familiar de atendimento - Elaboração de relatórios/Projetos 02 Produção de materiais informativos (anexar quando houver) 01 Busca ativa através de educadoras sociais nas ruas do município - TOTAL GERAL 14 Reuniões, encontros eventos no mês (Realizadas pela equipe do CREAS) ABRIL Palestras educativas (escolas, comunidades, etc.) - Campanhas (prevenção e combate contra crianças e adolescentes, idosos, mulheres e deficientes, etc;) 01 Encontros com Grupos do PAEFI 05 Total de grupos do PAEFI 01 TOTAL GERAL 07
  • 36. 36 6.7- Projetos Desenvolvidos PROJETO: Projeto Resgatando Vidas ABRIL Total atendido no mês 12 Ações realizadas (descrever: visitas, palestra, oficinas, etc.) Encontros com os adolescentes para realização do curso de Design de sobrancelhas. PROJETO: Projeto Visitas nos Lares ABRIL Total atendido no mês 05 Ações realizadas (descrever: visitas, palestra, oficinas, etc.) Visitas domiciliares, com ações de momento para descontração, onde a equipe canta músicas acompanhadas pelo violão, em seguida diálogo com o idoso. PROJETO: Ressocialização é a solução ABRIL Total atendido no mês Ações realizadas (descrever: visitas, palestra, oficinas, etc.) Não houve atividades no período a pedido da Diretoria do Presídio, devido às rebeliões e fugas. 6.8-Prontuários Ações ABRIL Total de prontuários no CREAS 44 Total de prontuários abertos no mês 01 (001/2018) Total de prontuários encerrados no mês 0 Meta do CREAS 50 % atingido 93% 6.9-Ações de combate à violência doméstica, sexual e institucional Atenção todas as ações abaixo devem ser feitas com máxima urgência, caso ainda não tenha iniciado, pois estão sendo cobradas pela UNICEF e PPAC. Ações SIM OU NÃO Plano Municipal de enfrentamento da Violência contra crianças e adolescentes Não
  • 37. 37 Caso tenha o Plano cite as ações realizadas no mês, caso não tenha cite o que está sendo feito para a elaboração do mesmo. Janeiro: Ação: Aguardando a contratação da equipe mínima de funcionamento do CREAS Março: Ação: Pesquisa bibliográfica e planejamento 6.10-Comitê ou Comissão de prevenção e enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes Atenção todas as ações abaixo devem ser feitas com máxima urgência, caso ainda não tenha iniciado, pois estão sendo cobradas pela UNICEF e PPAC. Ações Responder Criação do Comitê - Instrumento legal (lei, decreto, portaria) - Nº - Data da publicação - Parcerias com outros órgãos  Núcleo de Cidadania dos Adolescentes – NUCA.  Articuladora do Selo Unicef no município.  Conselho Tutelar.  Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA. Órgão responsável por receber denúncias de qualquer tipo de violência contra crianças e adolescentes  Conselho Tutelar  CREAS Formas de incentivo as denúncias de qualquer tipo de violência contra crianças e adolescentes (campanha, etc.)  Campanhas educativas nas escolas com palestras.  Panfletagens com divulgação de informações quanto tipos de violência e formas de denuncias.  Participação em eventos públicos no decorrer do ano para abordar o tema.  Divulgação em rádios. Ações de comunicação realizadas sobre valorização e proteção da vida e contra a violência (abordando temas relacionados a homicídios, acidentes de trânsito e suicídio) - Total de denúncias recebidas sobre qualquer tipo de violência contra crianças e adolescentes 0 Total de denúncias averiguadas sobre qualquer tipo de violência contra -
  • 38. 38 crianças e adolescentes Setores que receberam as denúncias - Setores que foram encaminhadas as denúncias - Procedimento de acompanhamento das denúncias recebidas sobre qualquer tipo de violência contra crianças e adolescentes - Procedimento definidos (sistema, protocolo, fluxo) de atendimento das denúncias recebidas sobre qualquer tipo de violência contra crianças e adolescentes - Serviços ofertados integrados de atendimento (saúde, assistência, educação, justiça, etc.) às crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência em âmbito municipal. - Encaminhamento do agressor (especificar) - 6.11 - Prevenção e erradicação do trabalho infantil e proteção ao adolescente trabalhador Atenção todas as ações abaixo devem ser feitas com máxima urgência, caso ainda não tenha iniciado, pois estão sendo cobradas pela UNICEF e PPAC. Ações Responder Plano Municipal de erradicação do Trabalho Infantil e proteção ao adolescente trabalhador Plano elaborado, pendente aprovação no CMDCA. Resolução - Data - Comitê de prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil Sim Decreto, Lei, portaria - Nº - Data da publicação - Total de crianças e adolescentes no município em situação de trabalho infantil 438 crianças e adolescentes (de acordo com o diagnóstico realizado pela Secretaria da Educação através do Programa de Educação contra a Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente – PETECA). Atividades desenvolvidas por crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil - Idade das crianças e adolescentes em trabalho infantil (entre 5 a 17 anos) -
  • 39. 39 Procedimentos de identificação realizado - Forma de incentivo para denuncia - Local (locais) que é feito a denuncia - Encaminhamentos feitos com as crianças e adolescentes em trabalho infantil - Serviços ofertados integrados de atendimento (saúde, assistência, educação, justiça, etc.) às crianças e adolescentes em trabalho infantil - As crianças e adolescentes estão inseridas no Cadastro único e em algum benefício (citar) - 6.12- Encaminhamentos à Rede Sócioassistencial(Entidades públicas e privadas / Organizações não governamentais, entre outros) Mês Entidade Organização Demanda Encaminhada Idade Sexo Observações Abril CRAS Francisca Dantas - Missi Para acompanhamento psicológico. 24 Feminino Mais viável que se realize no CRAS, por ser mais próximo de sua residência. Secretaria Municipal da Saúde – equipe NASF Solicitação de acompanhamento domiciliar por parte da fisioterapeuta. 78 78 - Secretaria Municipal da Saúde – equipe NASF Pedido para inserção no cadastro de leite. 78 78 - UBS (Campinas) Para avaliação médica. 78 Feminino - CAPS Avaliação psiquiátrica. 45 Masculino -
  • 40. 40 6.13- Participação em reuniões/eventos internos (contempla todas as reuniões da secretaria) Data Tipo de reunião/evento/encontro Local 02/04 Reunião interna de planejamento mensal da equipe do CREAS. Pauta: organização dos relatórios de atendimentos mensais, elaboração do Plano de Ação 2018 e planejamento do Plano de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil. CREAS 03/04 Reunião do Conselho Municipal dos Idosos para apresentar o Projeto Visita nos Lares (Ana Valéria, Aline, Tayana, Jéssica e Neuricilane. Sala dos Conselhos (localizada no setor administrativo da Secretaria da Assistência Social). 03/04 Reunião com o núcleo gestor da Escola de Ensino Médio de Irauçuba (grupão): apresentação do Projeto Resgatando Vidas (Ana Valéria e Aline). Grupão 04/04 Reunião do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente/CMDCA. Pauta: Apresentação do CNPJ do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, substituição da Secretária Executiva, apresentação das ações do Selo Unicef para o município por Izabel Braga, articuladora do Selo (Neuricilane, Aline). Sala dos Conselhos (localizada no setor administrativo da Secretaria da Assistência Social). 13/04 Reunião da equipe do CREAS como coordenador do PETECAMadson Bastos para planejamento do II Seminário de Prevenção ao Trabalho Infantil. CREAS 20/04 Realização do II Seminário de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador, realizado pelo CREAS em parceria com o PETECA, o evento ocorreu no auditório do Centro de Convivência dos Idosos. Centro de Convivência do Idoso – CCI.
  • 41. 41 24/04 Reunião com grupo de estudos da SAS: tratar de caso de uma família em situação de vulnerabilidade social da localidade de Fundões. Estudo do tema: Lei nº 1.275 – Programa Morar Melhor e PforR. Sala dos Conselhos (localizada no setor administrativo da Secretaria da Assistência Social). 6.14- Participação em Atividades de Capacitação/Reuniões/Encontros/Assembléias e outros (eventos externos). Data Técnicos capacitados/Profis sionais que participaram. Instituição Promotora Temática Local Carga Horária 10,11,12/ 04 e 25,26, e 27/04. Ana Valéria Lopes Sousa Aline Maria Rodrigues de Souza Secretaria do Trabalho e Desenvolvime nto Social – STDS/PROARES III. Oficina de Elaboração do Fluxo de Atendimento Socioeducativo em Meios aberto. Hotel Jangadeiro , Praia do Presídio, Aquiraz – CE 24h 11/04 Maria Neuricilane Costa Gomes Camelo. Prefeitura Municipal de Irauçuba/ Gabinete I Oficina do Programa de Apoio as Reformas do Ceará – ações executadas no municio através do Proares III. Auditório ProfessoraIrl a Maria (Secretaria de Educação). 4h 24, 25 /04 TayanaKely SilvaSousa Secretaria do Trabalho e Desenvolvime nto Social – STDS. Oficina controle social na política de assistência social Hotel Praia Center – Fortaleza. 16h
  • 42. 42 ABRIL AVANÇOS E CONQUISTAS NO MÊS Equipe de referência completa e disponibilidade do carro para atender demandas que necessitaram de locomoção, estes fatores contribuíram para que o rendimento de trabalho da equipe aumentasse consideravelmente, além da oportunidade de participar de capacitações profissionais. DIFICULDADES NO MÊS Com relação a material de limpeza. Muitos ofícios da Promotoria solicitando estudo psicossocial para curatela de idosos, ou outros. Isto contribui para que os profissionais não tenham tempo disponível para acompanhar os usuários do CREAS que possuem prontuários abertos. SUGESTÕES PARA MELHORAR -
  • 43. 43 7. SETOR: CENTRO DE CONVIVÊNCIA DO IDOSO 7.1- Atendimentos realizados no mês 7.2- Projeto Visita nos Lares- Visitas Domiciliares TIPO DE ATENDIMENTO TOTAL Falar com a coordenadora 29 Informações do curso desingn de sobrancelhas 22 Visita ao prédio 90 Informações visitas nos lares 13 Agendamento ao auditório 08 TOTAL GERAL 162 147 128 162 0 20 40 60 80 100 120 140 160 180 JAN FEV Abril 13 6 5 0 2 4 6 8 10 12 14 JAN FEV Abril
  • 44. 44 TIPO DE VISITA QTD DE PESSOAS Idoso cadastrado no CCI, mas está enfermo 03 Idoso que não participa das atividade no CCI ( não se socializa ou não gosta de participar) 02 Idoso que está isolado (mora sozinho) 0 Pessoa Com Deficiência que participa das atividades do CCI, mas está doente e tem dificuldades de se socializar 1 Idoso ( outras situações não citados anteriormente 0 PcD ( outras situações não citadas anteriormente 0 Total 6 7.3- Encontros semanais, incluindo o Projeto Cultura Popular na Terceira Idade 7.4- Ações do Projeto Terceira Idade em Atividade (parceria com a Secretaria da Saúde) 75 143 400 0 100 200 300 400 500 JAN FEV Abril 519 442 263 0 100 200 300 400 500 600 JAN FEV Março
  • 45. 45 AÇÃO DESENVOLVIDA QTD DE PESSOAS DATAS Atividades físicas com Educadora Física do NASF e Educador da academia da saúde: (Os horários e os dias são divididos) - Caminhadas nas principais vias da cidade; - Atividades de alongamentos; - Aulas de dança; - Palestra com o tema: “ Combate as Arboviroses” momento de concientização e informação sobre o combate mosquito Aedes egite ( Educadora Física: Brigida Brito. 60 02 a 06/04 09 a 13/04 16 a 20/04 13 a 27/04 Atendimento Médico com o PSF Enoca Ramos. Palestra; verificação de pressão; Glicemia e consultas; 18 21/04/18 TOTAL 78 7.5- Total de Cadastros de Idosos e Pessoas com Deficiência SOBRE OS CADASTROS Total Total de cadastro de idosos ativos 148 Total de cadastros de idosos inativos 148 Total de cadastro de PcD ativos 20 Total de cadastros de PcD inativos 10 Ações de incentivo realizadas para os idosos com cadastros inativos (descrever) Visitas nos Lares Incentivando-o a resolver ao grupo e mostrar as ações a eles oferecidas. 01 Ações de incentivo realizadas para os PcD com cadastros inativos (descrever) Visitas domiciliares e conscientização da importância desse público se socializar em grupos e outras atvidades. 01 111 114 140 168 0 20 40 60 80 100 120 140 160 180 JAN FEV MAR ABRI
  • 46. 46 2 16 53 0 10 20 30 40 50 60 JAN Abril 7.6- Encontros dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (Idosos e PcD) SOBRE OS SCFV Total Total de idosos cadastrados nos SCFV 30 Total de idosos participando dos SCFV 21 Total de PcD cadastrados nos SCFV 20 Total de PcD participando dos SCFV 20 Ações de incentivo realizadas para os idosos cadastrados que não estão participando dos SCFV Convite feito nos encontros do Centro de Referencia dos Idosos nas quintas-feiras 01 Ações de incentivo realizadas para os PcD cadastrados que não estão participando dos SCFV Mobilização nas casas dos PcD 01 7.7- ATIVIDADES EXTRAS NO CCI 8 11 11 9 0 2 4 6 8 10 12 JAN FEV MAR Abril
  • 47. 47 ATIVIDADES EXTRAS NO CCI ÓRGÃO RESPONSÁVEL TOTAL DE PARTICIPANTES DATA(S) 1. Apoio aos Jogos Escolares da SEJUV SEJUV/SEDUC 120 07/04 2. Escola Dominical da Igreja Batista(Provisório) Igreja Batista 40 Aos domingos 3. Oficinas com Jovens Aprendiz SDE 20 Duas vezes por semana 4. Comemoração da páscoa com idosos. Palestra “ O verdadeiro Sentido da Páscoa “ Padre Joaquim CCI 137 12/04 5. Reunião no auditório com o pessoal do gabinete e outros GABINETE 30 13/04 6. Início do curso de Design de Sobrancelhas CREAS 25 23 a 27/04 02 a 04/04 7. I seminário de Prevenção do Plano e Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil CREAS 100 20/04 8. Reunião Extraordinária com o Conselho Municipal da Saúde Secretaria da Saúde 25 24/04 9. Reunião extraordinária com o Conselho Municipal da Saúde Secretaria da Saúde 25 27/04 TOTAL: 09 atividades extras no mês 452 7.8- Atividades Coletivas (Encontros semanais e SCFV) Grupos/Oficinas/Enco ntros Nº de Part. Temáticas Desenvolvidas Facilitador Convidado / Parceria Avanços/ Dificuldade s SCFV duas vezes por semana 21 - Oficina de artesanato trabalhando com origame Renato Santiago - Facilitador de Música Anchieta Madeiro Poucos idosos participan do, pois a meta é de 30. Encontro Semanal 400 - Textos reflexivos - Dinâmica de grupo - O verdadeiro sentido da páscoa - Homenagens aos aniversariantes do mês - Forró interativo comunitário Helena Coelho - Facilitador de música Anchieta Madeiro. - Paróquia da igreja Católica Pe.Joaqui m Por não estar havendo o forró interativo alguns idosos estão desestimul ados para o Encontro Semanal.
  • 48. 48 7.9- Encaminhamentos à Rede Socio assistencial (Entidades públicas e privadas / Organizações não governamentais, entre outros) Entidade Organização Demanda Encaminhada Idade Sexo Observações CREAS PSF Enoca Ramos 03 02 Entre 60 e 80 anos Entre 70 e 80 anos F/M Demanda para o CREAS para técnicos fazerem visitas observância a maus tratos e negligência a pessoas idosas Marcar exames laboratoriais na secretaria de saúde 7.10- Participação em reuniões /eventos internos (contempla todas as reuniões da secretaria) Data Tipo de reunião/evento/encontro Local 03/04 Reunião do Conselho Municipal do Idoso (Helena ) Sala dos conselhos na SAS 04/04 Reunião do Conselho Municipal de Assistência Social ( Socorro) Sala do conselho na SAS 19/04 Lançamento da Cartilha Personalidade Homenageada com Denominação de Ruas da Sede No Auditório da Secretaria da Educação (Daniel) 7.11-Participação em Atividades de Capacitação, Reuniões, Encontros, Assembléias e outros Data Técnicos capacitado s Instituição Promotora Temática Local Carga Horária 02/04 Coordenad ora Agentes de Mobilizaçao Social Gabinete Programa de Desenvolvimento Profissional na Gestão Pública MOD 2 Escola João Mariano 4h
  • 49. 49 AVANÇOS E CONQUISTAS NO MÊS - Aumento da freqüência nas atividades - Laços familiares fortalecidos - Melhoria no atendimento com a criação da recepção do CCI - Mais organização no CCI - Carro semanal para o Projeto Visita nos Lares -A equipe conta com um facilitador de música para o Projeto Visita nos Lares - Início dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de vínculos – SCFV - Início do Projeto Somos Todos Iguais - Boa comunicação com a secretaria da SAS -Ganhamos uma TV para o CCI. DIFICULDADES NO MÊS - Demanda de material de limpeza e expediente. - Demanda de lanches para os SCFV e demais grupos. - Demanda de notebook/computador e impressora. - Demanda de internet SUGESTÕES PARA MELHORAR -Resolução das demandas acima.
  • 50. 50 8. SETOR: CADASTRO ÚNICO 8.1- Atendimentos as famílias realizados no mês (soma de todos os tipos de atendimento) 8.2- Atualização LOCAL DO ATENDIMENTO TOTAL CADÚNICO-Sede administrativa 378 CRAS Sede 0 CRAS Missi 21 TOTAL GERAL 399 214 188 231 191 0 50 100 150 200 250 Atendimentos para atualizações Janeiro Fevereiro Março Abril 349 370 409 378 310 320 330 340 350 360 370 380 390 400 410 420 JAN FEV MAR ABR
  • 51. 51 8.3- Inclusão de novas famílias no Cadastro Único 8.4- Emissão de Carteira do Idoso 13 36 20 32 0 5 10 15 20 25 30 35 40 Inclusão de novas famílias no CADÚNICO Janeiro Fevereiro Março Abril 4 5 3 6 0 1 2 3 4 5 6 7 Emissão de Carteira do Idoso Janeiro Fevereiro Março Abril
  • 52. 52 6 6 5 6 4,4 4,6 4,8 5 5,2 5,4 5,6 5,8 6 6,2 Transferências Janeiro Fevereiro Março Abril 8.5- Transferências 8.6- Emissão de Declaração para segunda via de RG 8.7- Declaração da Situação Cadastral para INSS 19 23 13 32 0 5 10 15 20 25 30 35 Emissão de Declaração para segunda via de RG Janeiro Fevereiro Março Abril 7 7 16 6 0 2 4 6 8 10 12 14 16 18 Declaração da Situação Cadastral para INSS Janeiro Feveiro Março Abril
  • 53. 53 7 5 0 4 0 1 2 3 4 5 6 7 8 Emissão de Declaração para ENEL Janeiro Fevereiro Março Abril 0 0 5 0 0 1 2 3 4 5 6 Declaração Habitação Janeiro Fevereiro Março Abril 8 9 0 0 0 2 4 6 8 10 Declaração Habitação Janeiro Fevereiro Março Abril 8.8- Emissão de Declaração para concessão de Tarifa Social 8.9- Declaração para Habitação 8.10- Declaração para participação em cursos do Projeto Gerar
  • 54. 54 72 94 81 101 0 20 40 60 80 100 120 Manutenção de Benefícios no Sibec Janeiro Fevereiro Março Abril 9 0 29 282 0 50 100 150 200 250 300 Visitas domiciliares Janeiro Fevereiro Março Abril 8.11- Manutenção de Benefícios no SIBEC 8.12- Visitas domiciliares TOTAL FINALIDADE DAS VISITAS Acompanhamento de descumprimento de condicionalidades e registros no SICON 282 Revisão cadastral Missi e Juá Benefício de Prestação Continuada Outro tipo (descrever se tiver) 29 Total
  • 55. 55 6236 6287 6375 6296 6150 6200 6250 6300 6350 6400 Visitas domiciliares Janeiro Fevereiro Março Abril 8.13- Total de famílias no CADÚNICO 8.14- Total de famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família 8.15- Valor repassado para o Programa Bolsa Família 785.292,00 784.402,00 786.624,00 782.713,00 780.000,00 781.000,00 782.000,00 783.000,00 784.000,00 785.000,00 786.000,00 787.000,00 Janeiro Fevereiro Março Abril 4466 4487 4508 4466 4440 4450 4460 4470 4480 4490 4500 4510 4520 Visitas domiciliares Janeiro Fevereiro Março Abril
  • 56. 56 8.16- Participação em reuniões /eventos internos (contempla todas as reuniões da secretaria, planejamentos, etc.) Data Tipo de reunião/evento/encontro Local 05/04/2018 Reunião de Planejamento Interno toda equipe e Assistente Social do Cadastro Único CadÚnico 8.17- Participação em Atividades de Capacitação, Reuniões, Encontros, Assembleias e outros Data Técnicos capacitados Instituição Promotora Temática Local Carga Horária 02/04 Diretora Gabinete Programa de Desenvolvimen to Profissional na Gestão Pública Módulo 2 Escola João Mariano 4h 8.18- Projetos Desenvolvidos PERÍODO PROJETO CURSO OFERTADO CARG A HORA RIA TOTAL DE PART. LOCAL DO CURSO 23 de abril a 04 de Maio Projeto Gerar Design de Sobrancelhas 32h 25 CRAS Missi AVANÇOS E CONQUISTAS NO MÊS DE ABRIL  Sistema do Cadv7 Cadastro Único funcionando normalmente.  Aquisição de estantes para acomodação de formulários.  Reestruturação do cantinho da criança.  Aquisição de TV para recepção.  Pintura de paredes.
  • 57. 57 DIFICULDADES NO MÊS DE ABRIL  Permanece computador com problemas, desliga a cada cinco minutos dificultando o atendimento. SUGESTÕES PARA MELHORAR  Aquisição de um computador completo e estante para armazenar os formulários do Cadastro.
  • 58. 58 63 158 105 127 0 20 40 60 80 100 120 140 160 180 JAN FEV MAR ABR 160 78 80 89 0 50 100 150 200 Emissão de Identidades JAN FEV MAR ABR 9. DEPARTAMENTO DE PROMOÇÃO DA CIDADANIA 9.1- Total de atendimento no mês 9.2- Emissão de Identidades no Vapt-Vupt de Fortaleza
  • 59. 59 25 35 15 20 0 5 10 15 20 25 30 35 40 Agendamento de CTPS JAN FEV MAR ABR 24 45 10 18 0 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 Reservistas JAN FEV MAR ABR 9.3- Agendamento de Carteira do Trabalho na Gerencia Regional do Trabalho e Emprego de Sobral 9.4- Reservistas na Delegacia do Serviço Militar de Sobral
  • 60. 60 2 2 2 0 0,5 1 1,5 2 2,5 Viagens JAN FEV MAR ABR 9.5- Viagens a serviço (Sobral e Fortaleza) DATA DESTINO DA VIAGEM OBJETIVO 02 de Abril Junta do serviço militar Prestação de contas das Reservistas 12 e 13 de Abril Vapt-vupt / fortaleza Emissão de Identidades 9.6- Encaminhamentos à Rede Socioassistencial (Entidades públicas e privadas / Organizações não governamentais, entre outros) Entidade/Organização Demanda Encaminhada Ida de Sexo Observações Conselho Tutelar Emissão de certidão de nascimento 16 M Certidão rasura
  • 61. 61 9.7- Participação em Atividades de Capacitação/Reuniões/Encontros/Assembléias e outros Data Técnicos capacitados Instituição Promotora Temática Local Carga Horária02/04 Diretora Gabinete Programa de Desenvolviment o Profissional na Gestão Pública Módulo 2 Escola João Mariano 4h 26 de Abril Prefeito Municipal Prefeitura municipal Demanda das comunidades Auditório da Educação 5 Hrs DIFICULDADES NO MÊS  Computadores com defeito prejudicando o serviço.  Sala muito quente  As pessoas passam por dentro da sala para irem ser atendidas no CADUNICO, às vezes atrapalha a concentração no atendimento.  Impressora ruim. AVANÇOS  Mais um funcionário para ajudar no Setor  Sempre que é solicitado transporte para as viagens Sobral e Fortaleza, a Secretaria atende prontamente.  Foi protocolado ofício na Superintendência Regional do Trabalho para firmar convênio com o município, estamos aguardando o resultado da solicitação. SUGESTÕES PARA MELHORAR  Organizar melhor o setor colocando ar-condicionado, computadores novos e impressora de qualidade.
  • 62. 62 ANEXOS Recursos Humanos-Trabalhadores do SUAS Setor Administrativo Nome Cargo / Função Formação Carga horária semanal Vínculo (comissionado, efetivo, contratado) 1. Geraldina Lopes Braga Secretária Educação Física e Arte, Pós em Metodologia do Ensino Fundamental e Médio Pós-graduada Pós- 40h Efetiva Comissionada 2. Marcia Helena Santos Barreto Assessora Técnica de Gestão Serviço Social 40h Efetiva Comissionada 3. Claudenir Marques dos Santos Técnico da Vigilância Socioassistencial Serviço Social 30h Efetivo 4. Lygia Negreiros Barbosa Técnica da Habitação e Cadastro Único Serviço Social 30h Efetiva 5. Valéria Lima Rodrigues Assessora de Apoio e Articulação Nível Médio 40h Comissionada 6. Evaristo Lopes Braga Agente Administrativo Graduado em História e Pós graduado em gestão escolar 40h Efetivo 7. Leandro Rocha de Sousa Digitador Cursando Educação Física 40h Efetivo 8. Antonio Noé Siqueira Neto Agente de Mobilização Social Graduado em Técnico de Segurança do Trabalho Cursando pedagogia e Serviço Social 40h Comissionado 9. Maria de Fátima Venâncio (Branca) Agente de Mobilização Social Analfabeta 40h Comissionada 10. Maria Emilinaiane Ávila Lima Agente Administrativo Formada em Pedagogia 40h Efetiva
  • 63. 63 11. Maria Gorete de Lima Auxiliar de Serviços Gerais Nível Fundamental Incompleto 40h Efetiva 12. Antonio Cheully Carneiro Braga Auxiliar de Serviços Gerais Nível Médio 40h Efetivo 13. Paulo Cesar Barbosa Fernandes Motorista Nível Médio 40h Efetivo 14. Raimundo Robério Mota Duarte Motorista Nível Médio 40h Efetivo 15. Ednardo Gomes de Oliveira Vigilante Nível Médio 40h Efetivo 16. Antonio Diego Freitas da Silva Motorista Nível Fundamental 40h Prestador de Serviços 17. José Gerardo Rodrigues Motorista Nível Fundamental Incompleto 40h Prestador de Serviços CRAS Tia Maria Janica 18. Rita Lopes Santana Coordenação Nivel Superior 40h Comissionada 19. Maria Jordana Sousa Rodrigues Psicóloga Nivel Superior 40h Temporária 20. Maria Eliane Holanda de Sousa Lara Assistente Social Nivel Superior 30h Efetiva 21. Antonia Helena Barbosa Lima Assistente Social Nivel Superior 30h Efetiva 22. Sarah Barreto de Moura Silva Resp. pelos Benefícios Eventuais Nivel Médio 40h Temporária 23. Claudia Araújo Barreto Recepcionista Nivel Médio 40h Temporária 24. Fernando Antonio Gomes Vigilante Nível Médio 40h Efetivo 25. Anildo Teixeira Sousa Vigilante Nível Médio 40h Efetivo 26. Renato Mesquita Santiago Orientador Social Nivel Médio 20h Temporário 27. Rogéria Santana Barrozo Orientadora Social Nível Médio 20h Temporária
  • 64. 64 28. Antonia Darli Silva Orientadora Social Nível Médio 20h Temporária 29. Valdir Mesquita de Sousa Orientador Social dos PcD Nivel Médio 40h Temporário 30. AntonioValdenilson dos Santos Lopes Facilitador de Oficina dos PcD Nivel Médio 30h Temporário CRAS Francisca Rodrigues Dantas (Missi) 31. Antônia Chirla Gomes da Silva Coordenadora Superior Completo 40hs Comissionado 32. Bruna Cavalcante Menezes Psicóloga Superior Completo 40hs Temporária 33. Giselle dos Santos Martins Assistente Social Superior Completo 30hs Efetiva 34. Maria Zenóbia Braga Assistente Social Superior Completo 30hs Efetiva 35. Alissandra de Sousa Mesquita Resp. pelos Benefícios Eventuais Nivel Médio 40h Temporária 36. Pedro Rodrigues Teixeira Orientador Social Missi Nivel Médio 20h Temporário 37. Maria Enya Débora de Sousa Orientadora Social Missi Nivel Médio 20h Temporária 38. Vanessa Cyntia Bastos Lima Orientadora Social Juá Nivel Médio 20h Temporária 39. Antonia Lidiane Gomes Camelo Orientadora Social Coité Nivel Médio 20h Temporária 40. José Jauro Melo Alves Vigia Médio Completo 40hs Efetivo 41. Maria Silvicléia Mesquita Lopes Auxiliar de Serviços Gerais Médio Completo 40hs Efetiva 42. Fabrissy Braga dos Santos Auxiliar de Serviços Gerais Médio Completo 40hs Efetiva Centro de Referência Especializado da Assistência Social-CREAS 43. Maria Neuricilane Costa Gomes Camelo Coordenadora Filosofia 40h Temporária 44. Maria Aline Rodrigues de Sousa Psicóloga Psicologia 30h Temporária 45. Ana Valéria Lopes Sousa Assistente Social Serviço Social 30h Temporária 46. Jéssica Amélia Cavalcante Coqueiro Advogada Direito 20h Temporária
  • 65. 65 47. Maria Gabriela Coelho Braga Educadora Social Ensino Médio 40h Temporária 48. Tayana Kely Silva Braga Educadora Social Ensino Médio 40h Temporária 49. Sigefredo Silva Bastos Agente Administrativo Ensino Médio 40h Efetivo 50. Antonio Mauro Marques das Chagas Auxiliar de Serviços Gerais Ensino Médio 40h Efetivo Centro de Referência dos Idosos 51. Helena Maria Coelho de Araújo Coordenadora Pedagoga 40h Efetiva Comissionada 52. Maria do Socorro Oliveira de Sousa Agente de mobilização Social Nível Médio 40h Comissionada 53. Daniel Andrade do Nascimento Agente de mobilização Social Nível Médio 40h Comissionado 54. Francisco Madeira Braga Facilitador de Oficinas de música Nível Fundamental 40h Temporário 55. Antonio Frivaldo Araújo Cardoso Auxiliar de Serviços Gerais Nível Médio 40h Efetivo 56. José Maria Azevedo Vasconcelos Vigilante Nível Médio 40h Efetivo 57. Francisco Damião de Oliveira Vigilante Nível Médio 40h Efetivo Cadastro Único 58. Christyane Alessandra Matos Braga Diretora Pós Graduada 40h Efetivo/Nomeado 59. Djally Brito Gomes Recepcionista Nível Médio 40h Temporária 60. Adla de Sousa Ribeiro Entrevistadora Nível Médio 40h Temporária 61. Jéssica Batista Pinto da Silva Entrevistadora Nível Médio 40h Temporária 62. Maria Gilcilene Mesquita Gondim Entrevistadora Nível Médio 40h Temporária Primeira Infância no SUAS/Programa Criança Feliz 63. Josielma de Morais Borges Costa Supervisora Serviço Social 40h Temporária 64. Lucieda Teixeira Lopes Visitadora Nível Médio 40h Temporária 65. Aparecida Thaís de Sousa Vasconcelos Visitadora Nível Médio 40h Temporária
  • 66. 66 66. Alessandra Lopes Araújo Visitadora Nível Médio 40h Temporária 67. Erika Rogério da Silva Visitadora Nível Superior 40h Temporária Departamento de Promoção da Cidadania 68. Antonia Aurilane Pereira Diretora do Departamento de Promoção da Cidadania Assistente Social 40 h Comissionado Agencia Comunitária dos Correios 69. Roberta Lima de Sousa AGC Boa Vista do Caxitoré Administrativo 40h Temporária 70. Marília Ávila da Silva AGC Juá Administrativo 40h Temporária 71. Maria Isabel Mesquita Dias AGC Missi Administrativo 40h Temporária Conselho Tutelar 72. Isaias Souza do Nascimento Conselheiro Nível Médio 40h Eleito por maioria de votos 73. Raimundo Nonato Teixeira Silva Conselheiro Nível Médio 40h Eleito por maioria de votos 74. Sarah Cunha Araújo Conselheira Nível Médio 40h Eleito por maioria de votos 75. Natália Braga de Sousa Conselheira Nível Médio 40h Eleito por maioria de votos 76. Paula Dayane Sousa Mesquita Conselheira Nível Médio 40h Eleito por maioria de votos 77. Francisco Antonio Santana Duarte Motorista Nível Médio 40h Temporário
  • 67. 67 ENDEREÇOS E TELEFONES DOS SETORES VINCULADOS À SECRETARIA NO MÊS DE ABRIL ORD SETOR ENDEREÇO TELEFONE 01 Secretaria da Inclusão e Promoção Social, Desportiva e Cultural Av. Jorge Domingues, 1083, Centro (88) 3635-1266 02 Centro de Referencia da Assistência Social Tia Maria Janica Rua Walmar Braga, 168, B. São Luís de Gonzaga (88) 3635-1401 03 Centro de Referencia da Assistência Social Francisca Rodrigues Dantas- Fransquinha Rua do Posto, 342 Missi (88) 3635-3102 04 Centro de Referência Especializado da Assistência Social-CREAS Rua Walmar Braga, 761, Centro (88) 3635-1281 05 Centro de Convivência dos Idosos Rua Júlio Pinheiro Bastos, s/n,Centro - 06 Centro de Inclusão Social Distrito Juá 07 Conselho Tutelar Av. Paulo Bastos, Centro (88) 3635-1491