SlideShare uma empresa Scribd logo
REGULAMENTO GERAL DA 24ª FENEARTE
Art. 1º - DA PROMOÇÃO E REALIZAÇÃO
A 24ª FENEARTE – FEIRA NACIONAL DE NEGÓCIOS DO ARTESANATO é uma realização
do Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Secretaria de Desenvolvimento
Econômico de Pernambuco e Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco
S.A. – ADEPE .
§ 1º Endereços para contato:
I- Realizador: Av. Cons. Rosa e Silva, 347, Graças - Recife - CEP: 52050-225
Fone: (81) 3181-7300
II- Coordenação Geral da Fenearte: Av. Alfredo Lisboa / SN – Bairro do Recife –
Recife – PE - CEP: 50030-150 Fone: (81) 3181.3454, E-mail:
fenearte@centrodeartesanato.pe.gov.br
III- Endereço onde se realizará o Evento (para preenchimento de Notas Fiscais):
Av. Professor Andrade Bezerra, s/n. Salgadinho – Olinda – PE - CEP: 53.111-
970.
Art. 2º - DAS CARACTERÍSTICAS DO EVENTO
A 24ª Fenearte se realizará no Pavilhão de Feiras do Centro de Convenções de
Pernambuco, Olinda/PE, ocupando uma área coberta de 29.000 m² (vinte e nove mil
metros quadrados), onde estarão distribuídos os mais de 750 (setecentos e cinquenta)
locais para comercialização e se constituirá num espaço multissetorial de negócios do
artesanato, contemplando desde a produção e comercialização, até a interação com
outros setores econômicos, estando presentes artesãos, entidades que comercializam
a produção artesanal e grandes mestres da arte da manufatura.
PARAGRAFO ÚNICO - Simultaneamente à Feira, e no seu espaço físico, acontecerão:
Rodada de Negócios; Salão de Arte Popular Ana Holanda; Salão de Arte Popular
Religiosa; Oficinas; Espaço Infantil, Apresentação culturais; Desfiles de Moda; Shows;
Galeria de Reciclados e o espaço de resignificação do artesanato como design de
interiores.
Art. 3º - DOS OBJETIVOS
A 24ª Fenearte tem como objetivos:
I- Valorizar o artesanato e a produção artesanal;
II- Incentivar a criação e o desenvolvimento de novos produtos;
III- Resgatar, preservar e difundir valores culturais;
IV- Promover a integração entre os segmentos de produção e comercialização do
artesanato;
V- Criar oportunidades para a realização de negócios de sua Cadeia Produtiva;
VI- Contribuir para adensar o Arranjo Produtivo do segmento.
Art. 4º - DOS CONCEITOS
Para os fins deste Regulamento e da Fenearte considera-se:
I - Expositor: Toda pessoa física ou jurídica, que adquirir espaço para
comercialização/divulgação ou que dele esteja participando na condição de associado,
membro, cooperado, representante ou procurador.
II - Artesão: Trabalhador autônomo que detém o conhecimento e o domínio de todas
as fases de elaboração do seu produto, podendo ter auxiliares na elaboração.
III - Espaço para comercialização: Área disponibilizada para expositor, podendo ser
estande, quiosque, cafés, restaurantes e food bikes.
IV - Artista: é a pessoa que, por meio de sua criatividade e habilidades técnicas,
expressa sua visão particular do mundo por meio de obras de arte.
V - Designer: é o profissional que, por meio de um processo sistemático e criativo,
projeta soluções visuais, funcionais e interativas para problemas complexos,
considerando as necessidades dos usuários, as restrições técnicas e os objetivos do
negócio.
VI - Curadoria: é o processo de seleção, organização e apresentação de obras de arte,
objetos, documentos ou outras formas de expressão cultural, com o objetivo de criar
uma experiência significativa para o público.
Art. 5º - DATAS E HORÁRIOS
Os horários da Feira para os expositores serão os seguintes:
I - Montagem dos Expositores: um dia anterior ao inicio da abertura do evento - das 9h
às 21h e no dia da abertura do evento das 9h às 12h.
II - Desmontagem dos Expositores: no último dia de realização do evento - das 22h às
0h. E no dia após o encerramento do evento - das 8h às 12h.
III - Operacionalização do Expositor:
§ 1º O expositor, durante o período da Fenearte, terá acesso nos seguintes horários:
I - Reposição de estoque:
Das 12h às 13:30h (nos dias em que a abertura for às 14 horas). Das 8h às 9:30h (nos
dias em que a abertura for às 10 horas).
II - Limpeza do Espaço para Comercialização:
Deverá estar finalizada meia hora antes da abertura da Feira. Até as 13h30. (Nos dias
em que a abertura for às 14 horas) e até as 9h30 (Nos dias em que a abertura for às 10
horas).
§ 2º Não será permitida a entrada de produtos no espaço da Feira fora do horário
estabelecido para operacionalização, salvo os casos previamente autorizados por
escrito pela Coordenação Geral da Fenearte.
§ 3º Horário de funcionamento da Feira para o público:
I - de segunda a sexta feira - das 14 às 22h;
II - sábados e domingos – das 10 às 22h.
§ 4º Horário de funcionamento da bilheteria:
I - de segunda a sexta feira - das 13h às 21h;
II - sábados e domingos – das 09h às 21h.
§ 5º Horário de funcionamento da praça de alimentação:
I - de segunda a sexta feira - das 12h às 22h30;
II - sábados e domingos – das 10h às 22h30.
§ 6º Todos os espaços de comercialização deverão estar obrigatoriamente abertos
durante todo o horário de funcionamento da Feira.
§ 7º Os horários previstos neste Regulamento poderão sofrer alterações desde que a
Coordenação Geral da Fenearte entenda que sejam necessárias para preservar o êxito
da Feira ou a segurança de todos que dela participam.
Art. 6º - DOS ESPAÇOS PARA COMERCIALIZAÇÃO
Memorial dos elementos que compõem os espaços para o formato presencial:
I - Montagem Básica
a) Piso: Serão revestidos com carpete com cor a definir.
b) Paredes divisórias: Serão formadas por painéis, medindo 1,00m x 2,20m de altura,
tipo TS, formicalizados na cor branca, montados sobre estrutura de alumínio
anodizado octavado.
c) Iluminação: Serão 3 (três) tomadas monofásicas de 3 pinos com capacidade máxima
de 250V, por espaço para comercialização.
d) Testeira: Padrão em MDF revestido com Bagun colorido com letreiro padronizado
“layout e número” na cor branca, por espaço para comercialização, que servirá de
identificação.
e) Elétrica: Serão 3 (três) tomadas monofásicas com capacidade máxima de 1kwa, por
espaço para comercialização.
II - Elementos Extras:
a) 01 (uma) bancada padronizada em estrutura modular tipo octanorm e tampo com
chapa em MDF na cor branca medindo 1,00m x 0,50m x 0,70m (largura x profundidade
x altura); 02 (duas) cadeiras PVC na cor branca.
III - Montagem Básica (Área: Praça de Alimentação)

Recomendado para você

Lounge Brasil - BIT Milão 2016
Lounge Brasil - BIT Milão 2016Lounge Brasil - BIT Milão 2016
Lounge Brasil - BIT Milão 2016

O documento descreve o Pavilhão Brasil na feira de turismo Bit Milão 2016, organizado pela Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio e Indústria. Ele fornece detalhes sobre os serviços e pacotes de exposição oferecidos, incluindo preços e formas de pagamento.

feirabititalia
Canal rural
Canal ruralCanal rural
Canal rural

O Canal Rural desenvolveu o projeto Cabresto de Ouro em parceria com a ACNB para fortalecer os laços com a comunidade Nelore. O projeto irá cobrir importantes eventos da raça com conteúdo relevante para criadores em transmissões, site especial e programa dedicado à raça Nelore.

Manual do expositor 2014-peq.negócios
Manual do expositor  2014-peq.negóciosManual do expositor  2014-peq.negócios
Manual do expositor 2014-peq.negócios

Este manual fornece informações sobre o evento de exposição que ocorrerá entre 24 e 26 de janeiro de 2014 no Centro de Esporte e Lazer Ney Braga em São José dos Pinhais, Paraná. Ele detalha o cronograma do evento, responsabilidades dos expositores e promotores, serviços disponíveis, normas de segurança e promoção.

a) Este espaço para comercialização será composto por:
 Painéis TS;
 04 (quatro) spots com lâmpadas tipo bulbo LED;
 Testeira padrão;
 01 (um) letreiro em adesivo na cor branca, na proporção de metro linear;
 04 (quatro) tomadas monofásicas, 3 pinos, 250V;
 01 (uma) tomada trifásica, 5 pinos, 600V;
 02(dois) balcões padronizados, medindo 1,00m x 0,50m x 1,00m (largura x
profundidade x altura);
 01 (uma) bancada com 2 (duas) cubas;
 02 (dois) pontos de água e esgoto para pias.
IV- Quiosque:
a) Este espaço para comercialização será composto por:
 Área de 2 m²;
 1 (uma) tomada monofásica, 3 pinos, 250V.
§ 1º Para montagens especiais deverá o expositor apresentar o projeto em planta
baixa e em perspectiva para apreciação e aprovação da Coordenação Geral da
Fenearte, em até 10 (dez) dias antes da abertura da Feira.
§ 2º O expositor ao receber o espaço para comercialização deverá atentar para falhas
ou defeitos, seja nos painéis, no piso, nas paredes ou nas instalações e, verificada a
ocorrência, deverá comunicar o fato à Coordenação Geral da Fenearte, por escrito até
às 12h do dia da liberação para montagem dos estandes pelos expositores. Após a
abertura da feira, as falhas ou defeitos deverão ser comunicados à coordenação do
setor, que informará à montadora.
§ 3º É proibida a instalação de aparelho de ar condicionado ou similar nos espaços
para comercialização.
§ 4º É proibida a utilização de qualquer recurso de áudio, por parte dos expositores,
seja para a emissão de mensagens promocionais, apresentações artísticas, sonorização
ambiente ou quaisquer outros casos, salvo se autorizados pela Coordenação Geral da
Fenearte.
Art. 7º - DA VEICULAÇÃO
A divulgação da 24ª Fenearte será feita por meio de jornais online, rádios, TVs,
panfletos e cartazes, entre outros, além de plataformas digitais, como Facebook,
Instagram.
Art. 8º - DOS PARTICIPANTES
Estão aptos a participar como expositores da 24ª Fenearte, todas as pessoas maiores
de 18 anos e capazes e desde que sejam e ou integrem:
I- Artesãos, artistas e designers pernambucanos;
II- Artesãos, artistas e designers que residam em Pernambuco no mínimo há 05
anos;
III- Artesãos, artistas e designers que tenham recebido o título de cidadão
Pernambucano, concedido pela ALEPE;
IV- Artesãos de outros Estados e Países;
V- Instituições Governamentais e não Governamentais;
VI- Entidades de apoio;
VII- Produtores artesanais de itens alimentícios e Praça de Alimentação.
Art. 9º - CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO
§ 1º Só será permitida a aquisição do espaço para comercialização após a aprovação
dos produtos pela Curadoria.
§ 2º A Coordenação Geral da Fenearte promoverá sorteio, previamente divulgado por
meio do site fenearte.pe.gov.br, da ordem de comercialização dos espaços para
comercialização.
§ 3º O selecionado retornará à Coordenação Geral da Fenearte, quando do início do
processo de comercialização dos espaços para comercialização, para os procedimentos
de assinatura de contrato de locação e emissão do boleto (s) bancário (s).
§ 4º Fica suspenso, por 3 (três) edições da Fenearte, o expositor que colocar produtos
não compatíveis com os que foram apresentados para avaliação na inscrição, assim
como o compartilhamento do espaço para comercialização com terceiros não
selecionados. Durante a realização da Feira, haverá uma equipe fazendo a conferência
entre o material inscrito/aprovado e o efetivamente exposto.
§ 5º Excluem-se da participação na Feira toda a atividade industrial que elabore
objetos obtidos por reprodução em série, salvo aqueles em que a manufatura supere a
industrialização, como também os produtos feitos com materiais precários,
deteriorados ou que estiver em deficiente estado de preservação e/ou conservação.
Encaixam-se ainda produtos de natureza não artística/artesanal, como arranjos
vegetais (bonsai, orquídeas, etc.) ou execução de serviços, tais como massagens,
personalização de itens, transfer em tecido, venda de máquinas, etc;
§ 6º A Feira não exige percentagem ou retenção financeira de nenhuma ordem sobre
as vendas realizadas pelos expositores.
§7º Os participantes deverão assegurar, durante todo o desenvolvimento da Feira, a
correta provisão de mercadorias em seu espaço para comercialização, garantindo a
continuidade da amostra até o término do funcionamento da Feira ao público. Em caso
de venda total dos produtos o expositor deverá comunicar imediatamente a
Coordenação Geral da Fenearte e devolver o espaço de comercialização. A
coordenação definirá o novo uso da área para que o mesmo não seja penalizado pela
não abertura do espaço, conforme previsto no art. 36 deste Regulamento.
Art. 10º – DA COORDENAÇÃO GERAL DA FENEARTE
Compete à Coordenação Geral da Fenearte ou a pessoa por ela designada:
I - Coordenar, antes, durante e depois da Feira, todas as atividades administrativas e
de caráter técnico que busquem assegurar o funcionamento normal da Feira;
II - Recolher todo e qualquer produto que não tenha sido avaliado e aprovado pela
Curadoria de Seleção. Em caso de reincidência, a Coordenação Geral da Fenearte
deverá aplicar sanção, suspendendo sua participação nas 03 (três) próximas edições da
Fenearte.
III - Aplicar as sanções previstas neste Regulamento. Na Lei Federal nº 13.303/2016 e
no Regulamento de contratações da Adepe (disponível no site REGULAMENTO-DE-
CONTRATAÇÕES-2021.PDF (adepe.pe.gov.br).
Art. 11º – DOS ARTESÃOS DE PERNAMBUCO
Os artesãos de Pernambuco e as associações de classe, devidamente cadastradas no
SISTEMA DE INFORMAÇÕES CADASTRAIS DO ARTESANATO BRASILEIRO – SICAB, seção
Pernambuco, receberão 20% de desconto do valor do espaço para comercialização.
Art. 12º – DOS PRAZOS DE PAGAMENTO
§1º Os artesãos de Pernambuco e de outros estados, os expositores internacionais, as
Prefeituras, as Associações, o SEBRAE e o setor de Alimentação, deverão quitar o
pagamento referente à aquisição do espaço para comercialização conforme
estabelecido em contrato.
§2º No caso de boleto será emitido com validade de 30 dias, sendo 10 dias para
pagamento sem juros e 20 dias para pagamento com juros de 0,03% ao dia e multa de
2% ao mês, caso não ocorra o pagamento do boleto neste prazo, a inscrição será
automaticamente cancelada.
Art. 13º - DAS ATIVIDADES FRANQUEADAS
Aos expositores interessados, será facultado:
I- Participação na Rodada de Negócios;
Art. 14 º - DAS CREDENCIAIS
As credenciais estarão à disposição dos expositores adimplentes a partir do dia
anterior a abertura do evento ao público, das 9h às 17h, no setor de credenciamento,
no Hall do Centro de Convenções de Pernambuco. Os expositores só terão acesso ao
evento, nesta qualidade, se estiverem portando a credencial que foi entregue ao
locatário ou responsável pelo espaço para comercialização informado na inscrição.
§ 1º As credenciais serão distribuídas nas seguintes proporções diárias:
 Quiosques - 03 (três) credenciais;
 Estande de 6m² a 12m² - 05 (cinco) credenciais;
 Estande de 18 m² - 10 (dez) credenciais;
 Café – 15 (quinze) credenciais;
 Restaurante – 15 (quinze) credenciais.
§ 2º As Credenciais distribuídas conforme o inciso I será por meio de pulseiras de
identificação do evento.
§ 3º Instruções de uso da pulseira:

Recomendado para você

FestLAN 2013 no Ceará, Proposta de Patrocínio
FestLAN 2013 no Ceará, Proposta de PatrocínioFestLAN 2013 no Ceará, Proposta de Patrocínio
FestLAN 2013 no Ceará, Proposta de Patrocínio

Proposta de patrocínio do FestLAN que acontecerá dia 15/06 em Fortaleza, Ceará, no Hotel Golden Tulip, mais informações acesse o site www.festlan.com.br

propostalan houselan house pode mais
Comida di buteco 2015
Comida di buteco 2015Comida di buteco 2015
Comida di buteco 2015

O documento descreve o Comida de Buteco 2015, um concurso gastronômico que ocorrerá em 20 cidades brasileiras entre abril e maio. O evento celebra a culinária tradicional dos botecos e irá premiar os melhores pratos em critérios como sabor, higiene e atendimento. A TV Verdes Mares oferece um plano de patrocínio para divulgação do concurso em sua programação.

comida di buteco 2015
Manual do Expositor
Manual do ExpositorManual do Expositor
Manual do Expositor

O documento fornece instruções e informações sobre a exposição que ocorrerá no Hotel Continental Canela entre os dias 02 a 05 de junho de 2011. As informações incluem check list, programação, normas de montagem, segurança, especificações dos estandes e detalhes sobre envio de produtos e notas fiscais.

I- A pulseira é de uso PESSOAL E INTRANSFERÍVEL e garantirá a circulação
de ENTRADA e SAÍDA na Feira;
II- A pulseira que for detectada com folga ou danificada será confiscada
pelos fiscais dos portões de entrada, resultando no impedimento do
livre acesso (entradas e saídas) ao Evento, sem direito a reposição;
III- É proibido a comercialização das pulseiras, a Coordenação Geral da
Fenearte deverá aplicar sanção, suspendendo sua participação nas 03
(três) próximas edições da FENEARTE;
Art. 15º – DA DISTRIBUIÇÃO DE BRINDES/FOLHETOS
É permitida a distribuição de brindes, folhetos, catálogos, impressos e demais
materiais promocionais aos visitantes, desde que se limite ao interior do espaço para
comercialização, reservando-se à Coordenação Geral da Fenearte o direito de fazer
cessar a distribuição sempre que estiver ocasionando tumulto ou aglomerações.
Art. 16º - DA DEGUSTAÇÃO
§ 1º A distribuição de amostra de produto(s) artesanais alimentícios para degustação,
só é permitida àqueles que forem preparados em ambiente externo à feira, salvo os
dos estandes da Praça de Alimentação.
§ 2º Expositores que manipulem alimentos para demonstração de outros produtos não
os poderão oferecer à degustação.
Art. 17º – DAS RESPONSABILIDADES DO EXPOSITOR
É de inteira responsabilidade do expositor a segurança do seu espaço para
comercialização durante os períodos de montagem e desmontagem e durante o
período da Feira, não se responsabilizando a Coordenação Geral da Fenearte por
danos, furtos ou prejuízos causados a pessoas, bens ou produtos expostos, bem como,
por interrupções no fornecimento de energia elétrica, incêndio, queda de raios,
explosões, penetração de água e sinistros de qualquer espécie, que possam ser
qualificados como caso fortuito ou força maior.
§ 1º Recomenda-se aos expositores que providenciem seguro para os produtos/bens
em exposição.
§ 2º Os expositores devem observar a recomendação da Montadora quanto ao uso dos
espaços, em especial à capacidade de carga das prateleiras, a não observância isenta a
responsabilidade da Realizadora e da Montadora.
Art. 18º – DA MONTAGEM
Os expositores deverão finalizar a decoração/ montagem/ execução de serviços de
seus espaços para comercialização até às 12h do dia de abertura do evento ao público.
§ 1º É terminantemente proibido danificar (colar, furar, pregar, pintar, serrar) os
painéis, perfis de alumínio, vidros, carpetes e outros acessórios que compõem os
espaços para comercialização, e estes deverão ser devolvidos nas mesmas condições
em que foram entregues pela montadora, sob pena de multa de igual valor de
mercado do material danificado, sendo esta paga diretamente à montadora.
§ 2º Em caso de necessidade de divulgação nos painéis somente será permitida a
colocação de adesivos, não sendo permitido o uso de qualquer tipo que seja de tinta
nos painéis.
§ 3º Não é permitido fixar nenhum elemento na testeira do estande, sem prévia
orientação, conhecimento e autorização Coordenação Geral da Fenearte, por medida
de segurança.
§ 4º Será aplicado na testeira do estande o letreiro informado no Formulário de
Inscrição, e que será repassado oficialmente para Montadora pela Coordenação Geral
da Fenearte.
§ 5º As testeiras da Fenearte obedecem a um padrão pré-estabelecido, assim, caso
haja interesse em modificá-la, o expositor deverá procurar a Coordenação Geral da
Fenearte, pois apenas ela poderá autorizar a mudança perante a montadora.
§ 6º Os caracteres identificadores das testeiras serão aqueles fornecidos no ato da
assinatura do contrato.
Art. 19º – DA LIMPEZA
A limpeza das áreas de circulação da Feira ficará a cargo de empresa contratada pela
realizadora da 24ª Fenearte, cabendo ao expositor à limpeza do interior dos espaços
para comercialização.
PÁRAGRAFO ÚNICO - O horário para limpeza interna dos espaços para comercialização
será de 13 às 13h30, exceto nos dias em que a Feira tem seu início às 10 horas, quando
a limpeza deverá ser realizada das 9 às 9h30, e o material recolhido deverá ser
removido para a lixeira mais próxima do espaço para comercialização.
Art. 20º – DA REDISTRIBUIÇÃO DE ÁREA
Embora só o faça em caso extremo, poderá a Coordenação Geral da Fenearte
redistribuir os setores ou os espaços para comercialização, respeitadas as dimensões e
características originalmente contratadas.
PARÁGRAFO ÚNICO – Aplica-se também à redistribuição de área nos casos previstos
no art. 9º, § 7º.
Art. 21º - DOS VIGILANTES
A Coordenação Geral da Fenearte manterá um serviço de segurança geral 24 horas por
dia nas áreas livres de evento, o expositor desejando segurança exclusiva para o seu
espaço para comercialização e às suas expensas, deverá comunicar à Coordenação
Geral da Fenearte, informando qual empresa que irá prestar os serviços e
encaminhando a documentação legal da mesma, em até 48h (quarenta e oito horas)
antes do início do evento.
PARÁGRAFO ÚNICO - Não é de responsabilidade da Coordenação Geral da Fenearte a
segurança na área externa do evento. Entende-se essas, como as áreas isentas de
montagem.
Art. 22º – DA INTRANSFERIBILIDADE
O expositor não poderá transferir, total ou parcialmente, qualquer direito obtido ou
responsabilidade assumida com relação ao Evento, nem ceder qualquer parcela ou
toda a área que lhe for alocada, sem comunicar previamente e por escrito à
Coordenação Geral da Fenearte, que se pronunciará caso a caso.
PARÁGRAFO ÚNICO – Caso fique comprovada a transferência, sem autorização da
Coordenação Geral da Fenearte, ficará o expositor impedido de participar das
próximas 03 (três) edições da Fenearte.
Art. 23º – DA INTERDIÇÃO À PROMOÇÃO DE TERCEIROS
São absolutamente vedadas:
I - a exposição, comercialização e publicidade direta ou indireta de quaisquer
outros eventos no local da Fenearte, que não tenham sido devidamente
autorizados por escrito pela Coordenação Geral da Fenearte.
II - a exposição e/ou publicidade, direta ou indireta, de quaisquer produtos de
empresas não participantes do Evento, ressalvadas as condições que
comprovem sua absoluta necessidade como material complementar à
composição visual do espaço para comercialização, neste caso, será exigido à
autorização expressa da Coordenação Geral da Fenearte.
III - propaganda política, ideológica ou religiosa em qualquer área da Feira.
Art. 24º – DOS LIMITES DE ATUAÇÃO
Os corredores do local do Evento são de uso comum, não sendo neles permitido o
aliciamento de visitantes ou distribuição de impressos ou quaisquer outros artigos,
bem como não é permitida, neles ou sobre eles, a colocação ou aposição de faixas,
painéis, motivos decorativos, tapetes ou qualquer outro material. O expositor deverá
atuar exclusivamente dentro dos limites do seu espaço para comercialização, sob pena
de o mesmo ser recolhido pela Coordenação Geral da Fenearte. Em caso de
reincidência, a Coordenação Geral da Fenearte deverá aplicar sanção, suspendendo
sua participação nas 03 (três) próximas edições da FENEARTE.
§ 1º A projeção de qualquer elemento de montagem ou de produtos expostos não
poderá ultrapassar os limites da área locada pelo EXPOSITOR. Não serão admitidas
projeções acima da altura da testeira, sobre outros espaços para comercialização ou
passagens de público.
§ 2º Estandes que necessitem de projeção acima da testeira deverão apresentar
solicitação por escrito, devidamente justificado, em até 10 (dez) dias antes da abertura
da Feira à Coordenação Geral da Fenearte que, após análise técnica junto à
Montadora, decidirá sobre o pedido.
Art. 25º – DA ÁREA DA PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO
Os serviços da Praça de Alimentação serão encerrados às 22h30, não podendo o

Recomendado para você

Edital fnhis
Edital   fnhisEdital   fnhis
Edital fnhis

1. O edital abre licitação para contratar empresas para construção de unidades habitacionais em diversos municípios do Piauí, divididos em 15 lotes. 2. Estabelece data, horário e local da abertura dos envelopes contendo a documentação de habilitação e proposta comercial dos interessados. 3. Apresenta os requisitos de participação, documentos exigidos para habilitação e critérios para julgamento das propostas.

Cr soja brasil 2017 2018 - máster
Cr soja brasil 2017 2018 - másterCr soja brasil 2017 2018 - máster
Cr soja brasil 2017 2018 - máster

O documento descreve o projeto Soja Brasil, que acompanha a safra da soja desde o plantio até a colheita, levando informações e capacitação aos produtores. O projeto inclui eventos, expedições, conteúdo digital e jornalístico sobre a cultura da soja.

Santos Offshore
Santos OffshoreSantos Offshore
Santos Offshore

A Hidrodema convida quatro fornecedores para uma parceria na Santos Offshore Oil & Gas Expo 2010. O documento descreve a feira, que se beneficia das descobertas de petróleo na Bacia de Santos, e propõe que os fornecedores dividam os custos da participação da Hidrodema no evento em troca de apoio com pessoal e palestras.

feirasantosoil&gas
expositor dessa área realizar vendas após este horário, devendo encerrar
definitivamente as atividades às 23h.
§ 1º Para a utilização de fogão ou fogareiro a gás para preparação de comidas ou para
outro fim qualquer, será necessário apresentar licença do Corpo de Bombeiros.
§ 2º É permitida a utilização de freezer, geladeira, micro-ondas e balcão para alimentos
quentes e para alimentos frios.
§ 3º É proibida a comercialização de bebidas e refrigerantes de fabricante distinto do
permitido pela Coordenação Geral da Fenearte, que informará previamente aos
expositores.
§ 4º É proibida a venda ou distribuição de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos,
devendo ser afixado no estande o seguinte aviso: “É expressamente proibida a venda
ou distribuição de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos”. Estatuto da Criança e
do Adolescente – Lei 8.069, Artigo 81, Inc II.
§ 5º Todo material a ser utilizado no estande para atendimento aos clientes, tais como
copos, talheres, pratos, deverá ser descartável, preferencialmente produzidos em
papel, confeccionados em material biodegrádavel.
§ 6º É proibido o uso de bisnagas para catchup, maionese, mostarda e molhos em
geral, que deverão utilizar sachês ou blisters em porções individuais.
§ 7º Todo lixo proveniente do estande deverá ser acondicionado em sacos plásticos e
removido à lixeira mais próxima.
§ 8º Os expositores da área de alimentação deverão informar, por escrito à
Montadora, até uma semana antes da abertura do evento ao público, a carga
energética necessária para utilização de equipamentos durante a FENEARTE.
§ 9º Os expositores deverão atender às recomendações e manter seus equipamentos e
dependências nas condições legais de higiene requeridas pela Vigilância Sanitária do
Município de Olinda.
§ 10º Os funcionários que manipulam os alimentos e bebidas devem usar touca e luvas
(máscara, alcool), devendo estar vestidos em conformidade com as tarefas
desempenhadas.
§ 11º É obrigatório a existência de álcool em gel em todos os espaços para
comercialização que negociem algum tipo de alimento e o produto deve estar exposto
e com fácil acesso.
§ 12º É proibida a utilização de garçons, todavia o expositor poderá disponibilizar 01
(uma) pessoa para auxiliar os clientes na entrega do pedido e manutenção das mesas.
Art. 26º - DO SERVIÇO MÉDICO
Local Posto Médico Data Horário de Funcionamento
Posto médico localizado na
área interna do Centro de
convenções
Dia da organização dos
estandes pelos expositires
9h às 21h
De segunda a sexta feira
13h às 22h
Sabados e domingos
9h às 22h
Posto médico localizado na
praça de alimentação
De segunda a sexta feira
13h às 23h
Sabados e domingos 9h às 23h
Art. 27º – DOS EQUIPAMENTOS E PRODUTOS PROIBIDOS
É proibida a utilização de explosivos, gases não inertes, tóxicos e combustíveis no
interior do local do Evento.
Art. 28º – DOS TRIBUTOS
Todos os impostos, taxas, contribuições e demais imposições das leis federais,
estaduais e municipais vigentes, oriundos de traslado, exposição e venda de produtos
durante o evento são devidos, exclusivamente pelo expositor responsável.
Art. 29º – DO TRABALHO DE MENORES
O trabalho de menores é regulamentado, sendo necessárias as devidas autorizações
da Delegacia Regional do Trabalho e do Juizado de Menores, exigíveis em qualquer das
fases do evento.
Art. 30º – DA CARGA E DESCARGA
A Carga e descarga de qualquer tipo de material ficam por conta e risco exclusivos do
Expositor.
Art. 31º – DAS PLANTAS ORNAMENTAIS
Os jardins, flores e plantas ornamentais serão permitidas quando contidos em vasos,
cestos ou outros recipientes, sendo vedada a utilização de terra solta, areia e pedras
para a execução de jardins no local.
Art. 32º – DO ABANDONO DE MATERIAL.
Os materiais não retirados até às 12h do dia posterior ao encerramento do evento
serão considerados abandonados, sendo recolhidos e destinados a Diretoria Geral de
Promoção da Economia Criativa, localizada na Av. Alfredo Lisboa, s/n, Armazém 11,
Recife – PE.
Art. 33º – DAS COMUNICAÇÕES, TELEFONE, CARTÕES DE CRÉDITO, INTERNET:
A locação de linhas telefônicas, de comunicação e de cartão de crédito deverá ser
solicitada pelo expositor diretamente às empresas prestadoras desses tipos de
serviços.
A internet disponibilizada pela Fenarte é com a finalidade de interação do público com
o aplicativo Fenearte e redes sociais, não comportando a utilização das maquinetas
de cartões.
Art. 34º – DOS EQUIPAMENTOS DE MONTAGEM DA FEIRA
O expositor deverá respeitar a disposição dos equipamentos de montagem da
FENEARTE, inclusive lixeiras, luz de emergência, sinalizações de segurança e extintores
de incêndio, não os removendo sem autorização expressa da Coordenação Geral da
Fenearte.
Art. 35º – DA DESISTÊNCIA
O expositor selecionado que por qualquer motivo desistir de expor na FENEARTE,
antes da assinatura do contrato, deverá comunicar à Coordenação Geral da Fenearte,
através do e-mail: fenearte@centrodeartesanato.pe.gov.br, e por meio de seu e-mail
cadastrado na inscrição.
§ 1º O expositor que por qualquer motivo desistir de expor na FENEARTE, após a
assinatura do contrato, será deduzido um percentual de 30% referente ao valor total
cobrado pelo espaço para comercialização, conforme montante constante no citado
contrato.
§ 2º O expositor deverá retirar na Coordenação Geral da Fenearte formulário próprio
referente à desistência.
Art. 36º – DAS SANÇÕES
Será notificado e ficará suspenso da participação nas 3 (três) próximas edições da
FENEARTE, o expositor que incorrer nas seguintes ações:
I - Não abrir o espaço para comercialização no horário determinado;
II - Permanecer aberto para atendimento ao público após 30 minutos do
horário determinado para o encerramento diário da feira;
III- Não dispor de produtos expostos e para comercialização;
IV- Ceder em todo ou em parte seu espaço para comercialização, sem prévia e
expressa autorização da Coordenação Geral da Fenearte, com terceiros não
selecionados;
V - Utilizarem maçarico, vela acesa ou qualquer outro elemento que possa
causar risco de incêndio, exceto se apresentar licença do Corpo de Bombeiros;
VI - Fizerem cessão, transferência ou divisão, sem autorização, do espaço para
comercialização ou de parte dele;
VII - Expor ou comercializar peças ou serviços que não tenham sido aprovados
pela Curadoria de Seleção e autorizadas pela Coordenação Geral da Fenearte;
VIII - Descumprirem os horários estabelecidos pela Coordenação Geral da
Fenearte;
IX - Assumirem atitudes contrárias à ética e ao correto comportamento social,
tanto com a Coordenação Geral da Fenearte, como com os colaboradores e
demais expositores da Feira ou com o público em geral;

Recomendado para você

Apoio à co-produção de espetáculos ibero-americanos das Artes Cênicas
Apoio à co-produção de espetáculos ibero-americanos  das Artes CênicasApoio à co-produção de espetáculos ibero-americanos  das Artes Cênicas
Apoio à co-produção de espetáculos ibero-americanos das Artes Cênicas

O presente Edital, se dirige às entidades e instituições públicas ou privadas, grupos e companhias de teatro, dança e circo, profissionais cujas atividades contribuam para fortalecer os planos de cooperação e integração, mencionados no Programa IBERESCENA e que estejam registrados, legalmente, em qualquer dos países que assinam o Acordo.

oportunidade
Rp Em Ação-Valorize o que é de Montenegro
Rp Em Ação-Valorize o que é de MontenegroRp Em Ação-Valorize o que é de Montenegro
Rp Em Ação-Valorize o que é de Montenegro

O documento descreve projetos desenvolvidos para promover a Casa do Produtor Rural em Montenegro através de pesquisas com clientes, melhorias visuais e divulgação. O Projeto I realizou pesquisas que mostraram a satisfação com a qualidade dos produtos e sugeriram alterar o horário de funcionamento. O Projeto II criou sinalização e espaços para melhor exibir os produtos. Um terceiro projeto desenvolveu panfletos para divulgar a Casa na comunidade.

rpemação
Rp em Ação
Rp em AçãoRp em Ação
Rp em Ação

O documento descreve projetos desenvolvidos para promover a Casa do Produtor Rural em Montenegro através de pesquisas com clientes, melhorias visuais e divulgação. O Projeto I realizou pesquisas que mostraram a satisfação dos clientes com a qualidade dos produtos e sugeriram alterar o horário de funcionamento. O Projeto II criou sinalização e espaços para melhor exibir os produtos e atrair novos clientes. Um terceiro projeto desenvolveu panfletos para divulgar a Casa na comunidade.

rpemação
X - Utilizarem gambiarras, fiação ou instalações elétricas inadequadas ou não
autorizadas pela Montadora ou pela Coordenação Geral da Fenearte;
XI - Não cumprirem com as determinações deste Regulamento.
XII - Outras irregularidades passíveis de sanção prevista neste regulamento.
§1º Caso o expositor não ingresse com sua defesa para ser apreciada pela
Coordenação Geral da Fenearte em até 48h (quarenta e oito horas) da notificação,
esta entende que ele não irá mais recorrer, ficando desde logo afastado da
participação nas 03 (três) próximas edições da FENEARTE.
§2º A inobservância, pelo Expositor, de cláusula ou obrigação constante deste
Regulamento ou dever originado de norma legal, autorizará a Coordenação Geral da
Fenearte a aplicar-lhe as sanções previstas na Lei Federal nº 13.303/2016 e no
Regulamento de Contratações da ADEPE (disponível no site: REGULAMENTO-DE-
CONTRATAÇÕES-2021.pdf (adepe.pe.gov.br)). Senão vejamos:
I - advertência;
II – multa de 10% (dez por cento) sobre o valor total do Contrato no caso de
descumprimento de quaisquer das cláusulas deste Regulamento, bem como das
cláusulas existentes no Contrato de Locação do espaço de comercialização, aplicada
cumulativamente com as demais sanções, ensejando, inclusive, a rescisão contratual;:
§3º - A imposição das penalidades previstas nesta cláusula dependerá da gravidade do
fato que as motivar, considerada as circunstâncias objetivas de cada ocorrência;
§4º - A sanção prevista no Item I do §2º acima citada poderá ser aplicada juntamente
com a de multa;
§5º – O expositor terá o prazo de 5 (cinco) dias úteis, a partir da data da publicação,
para interpor recurso contra a aplicação de qualquer penalidade;
§6º - Nenhuma penalidade será aplicada sem o devido Processo Administrativo de
Aplicação de Penalidade - PAAP, devendo ser observado o disposto no Decreto
Estadual nº 42.191, de 1º de outubro de 2015;
§7º - A Autoridade Superior da ADEPE, na aplicação das sanções, levará em
consideração a gravidade da conduta do infrator, o caráter educativo da pena, bem
como o dano causado à Administração, observado o princípio da proporcionalidade;
§8º - Após esgotado o meio de execução direta da sanção de multa indicado no Item II
do §2º acima, o expositor será notificado para recolher a importância devida no prazo
de 15 (quinze) dias consecutivos, contados do recebimento da comunicação oficial;
§9º - Decorrido o prazo previsto no item §8º, a ADEPE encaminhará a multa para
cobrança judicial.
Art. 37º – DAS OBRIGAÇÕES DO EXPOSITOR
I - Todas as estipulações do presente Regulamento Geral e/ou qualquer outra
notificação são de cumprimento obrigatório. O expositor obriga-se a respeitar e fazer
respeitar por seus funcionários e/ou contratados, todos os artigos deste Regimento,
sob pena de suspensão das próximas 03 (três) edições da FENEARTE;
II - Executar os serviços na forma e termos reportados neste Regulamento;
III - Pagar os encargos trabalhistas, previdenciários, securitários, fiscais e comerciais
resultantes da execução dos seus serviços prestados;
IV- Constituem ainda obrigações do Expositor as disposições dos arts. 76 e 77 da Lei
Federal n 13.303, de 30 de junho de 2016;
V - Realizar os serviços a serem prestados dentro do melhor padrão de qualidade
técnica e conforme o produto selecionado;
VI - Atender às observações e reclamações da fiscalização da ADEPE, por meio da
Coordenação Geral da Feira, adotando as providências requeridas nos prazos
determinados pela Coordenação Geral da Feira ou com esta consensuados;
VII - Responsabilizar-se pelos danos causados diretamente à ADEPE ou a terceiros,
independente da comprovação de sua culpa ou dolo na prestação do seu serviço, não
excluindo ou reduzindo essa responsabilidade à fiscalização da ADEPE, por meio da
Coordenação Geral da Feira, em seu acompanhamento;
VIII - Manter, durante o período da Feira, todas as condições de habilitação e
qualificação exigidas na seleção;
IX - Prestar todos os esclarecimentos que a ADEPE, por meio da Coordenação Geral da
Feira, solicitar e atender prontamente às reclamações sobre os produtos e a prestação
do seu serviço;
X - Não deixar o produto exposto em desconformidade com as normas previstas pela
ADEPE, por meio da Coordenação Geral da Feira, ficando sujeita às sanções constantes
no presente Regulamento, na Lei Federal nº 13.303/2016 e no Regulamento de
Contratações da ADEPE;
XI - Instruir seus empregados quanto à necessidade de acatar as orientações da ADEPE,
por meio da Coordenação Geral da Feira, inclusive quanto ao cumprimento das
normas internas e de Segurança e Medicina do Trabalho.
Art. 38º – DA UTILIZAÇÃO DA IMAGEM
O expositor da FENEARTE autoriza expressamente a captação de imagens do espaço
para comercialização, dos produtos expostos, de seus auxiliares e a sua veiculação
através de qualquer evento, peça publicitária, dentre outros, a critério da Coordenação
Geral da Fenearte.
Art. 39º – DA REMESSA DE MERCADORIAS PARA EXPOSIÇÃO, FEIRAS E SIMILARES.
Deverá ser seguido o procedimento regulamentado pela Secretaria da Fazenda do
Estado de Pernambuco para emissão de notas fiscais de Remessa para Exposição, cujo
arquivo de orientação poder ser acessado através do endereço:
www.sefaz.pe.gov.br/Publicacoes/Novo regulamento ICMS/Informativos até 31.03.201
7/REMESSA PARA EXPOSIÇÃO FEIRAS E SIMILARES.pdf
Art. 40º – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
§ 1º Os expositores serão responsáveis por qualquer incidente que ocorra em
consequência da presença ou intervenção na Feira, de seus empregados, convidados
ou de pessoas as quais tenham facilitado o acesso ao evento, quer no horário de
funcionamento da Feira, quer no horário restrito ao acesso do expositor.
§ 2º Para todas as questões que direta ou indiretamente derivem da Feira e da
aplicação deste regulamento, os expositores se submeterão à Jurisdição e Foro da
Cidade de Recife/ PE, com expressa renúncia de qualquer outro, por mais vantajoso
que possa parecer.
§ 3º Todas as necessidades omitidas no presente regulamento serão diretamente
equacionadas pela Coordenação Geral da Fenearte.
§ 4° A Coordenação Geral da Fenearte não é parte nas relações entre expositor e
administradoras de cartões de crédito e operadoras de telefonia.
§ 5º Os credenciamentos, liberações ou serviços deverão ser solicitados por escrito.
§ 6º Toda e qualquer informação terá como local de divulgação o site da Feira:
fenearte.pe.gov.br.
§ 7º Pelo simples fato de participarem da Feira, ou inscreverem-se na mesma, os
expositores aceitam e dão ciência de conhecimento do presente Regulamento, o qual
doravante irá regular os seus direitos e obrigações e os da Coordenação Geral da
Fenearte.
§ 8º Caberá à Coordenação Geral da Fenearte cumprir e fazer cumprir o presente
Regulamento Geral.
§ 9º Fica vedada a operação de qualquer tipo de manipulação de alimento durante a
participação do expositor na Feira Nacional de Negócios do Artesanato, devendo todos
os produtos serem comercializados já embalados, com rótulo e a validade, salvo os da
Praça de Alimentação e aqueles autorizados pela Vigilância Sanitária de Olinda-PE.
§ 10º Questões omissas serão decididas pela Coordenação Geral da Fenearte.
Recife, 13 de novembro de 2023.
Camila Bandeira de Mello Santos
Diretora Geral de Promoção da Economia Criativa

Recomendado para você

Apresentação Praça Pamplona (Corretor Leite 99354-8288)
Apresentação Praça Pamplona (Corretor Leite 99354-8288)Apresentação Praça Pamplona (Corretor Leite 99354-8288)
Apresentação Praça Pamplona (Corretor Leite 99354-8288)

O documento descreve um novo empreendimento comercial e residencial com diversas áreas de lazer e convivência. O empreendimento contará com estacionamentos em 5 subsolos, lojas e escritórios de 1o ao 20o andar, além de áreas comuns como praça, teatro, bosque e centro de pesquisa no térreo.

salas comerciais na avenida paulistapraça pamplonainvestimento patrimonial
Admira icaraí
Admira icaraíAdmira icaraí
Admira icaraí

O documento descreve um empreendimento imobiliário localizado em Icaraí, Niterói. O projeto consiste em dois blocos com um total de 318 unidades, com diversos tipos de apartamentos e áreas comuns como piscina, salão de festas e academia. Também inclui detalhes sobre o mercado imobiliário local e o fluxo de contratos e liberação de comissões para venda das unidades.

Arraiá do Ceará
Arraiá do CearáArraiá do Ceará
Arraiá do Ceará

O documento descreve o plano comercial para o evento Arraiá do Ceará em 2018, que promoverá encontros de grupos juninos e shows durante 3 dias em junho. O plano inclui anúncios de TV, rádio, jornal e internet, além de materiais promocionais na arena do evento. O objetivo é divulgar a cultura nordestina e atrair público para prestigiar as apresentações e aproveitar a programação.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a REGULAMENTO 24ª FENEARTE.pdf

Guia Empresas Entidades (2)
Guia Empresas Entidades (2)Guia Empresas Entidades (2)
Guia Empresas Entidades (2)
EMERGING MARKETS RESEARCH & CONSULTING
 
Facim 2013 2
Facim 2013 2Facim 2013 2
Regulamento Pastores 2019
Regulamento Pastores 2019Regulamento Pastores 2019
Regulamento Pastores 2019
FRCortense
 
Lounge Brasil - BIT Milão 2016
Lounge Brasil - BIT Milão 2016Lounge Brasil - BIT Milão 2016
Lounge Brasil - BIT Milão 2016
CCIERJ
 
Canal rural
Canal ruralCanal rural
Canal rural
Meio & Mensagem
 
Manual do expositor 2014-peq.negócios
Manual do expositor  2014-peq.negóciosManual do expositor  2014-peq.negócios
Manual do expositor 2014-peq.negócios
WebPJ
 
FestLAN 2013 no Ceará, Proposta de Patrocínio
FestLAN 2013 no Ceará, Proposta de PatrocínioFestLAN 2013 no Ceará, Proposta de Patrocínio
FestLAN 2013 no Ceará, Proposta de Patrocínio
Rafael Mauricio
 
Comida di buteco 2015
Comida di buteco 2015Comida di buteco 2015
Comida di buteco 2015
Meio & Mensagem
 
Manual do Expositor
Manual do ExpositorManual do Expositor
Manual do Expositor
Di Lindelendil
 
Edital fnhis
Edital   fnhisEdital   fnhis
Edital fnhis
Bruno Bravo
 
Cr soja brasil 2017 2018 - máster
Cr soja brasil 2017 2018 - másterCr soja brasil 2017 2018 - máster
Cr soja brasil 2017 2018 - máster
Meio & Mensagem
 
Santos Offshore
Santos OffshoreSantos Offshore
Apoio à co-produção de espetáculos ibero-americanos das Artes Cênicas
Apoio à co-produção de espetáculos ibero-americanos  das Artes CênicasApoio à co-produção de espetáculos ibero-americanos  das Artes Cênicas
Apoio à co-produção de espetáculos ibero-americanos das Artes Cênicas
Equipe OCPOA
 
Rp Em Ação-Valorize o que é de Montenegro
Rp Em Ação-Valorize o que é de MontenegroRp Em Ação-Valorize o que é de Montenegro
Rp Em Ação-Valorize o que é de Montenegro
agexcom
 
Rp em Ação
Rp em AçãoRp em Ação
Rp em Ação
agexcom
 
Apresentação Praça Pamplona (Corretor Leite 99354-8288)
Apresentação Praça Pamplona (Corretor Leite 99354-8288)Apresentação Praça Pamplona (Corretor Leite 99354-8288)
Apresentação Praça Pamplona (Corretor Leite 99354-8288)
Leite Corretor
 
Admira icaraí
Admira icaraíAdmira icaraí
Admira icaraí
Alessandro Garcia
 
Arraiá do Ceará
Arraiá do CearáArraiá do Ceará
Arraiá do Ceará
Meio & Mensagem
 
Manual de Orientação do Expositor Hotel Show 2014
Manual de Orientação do Expositor Hotel Show 2014Manual de Orientação do Expositor Hotel Show 2014
Manual de Orientação do Expositor Hotel Show 2014
WebPJ
 
Arraiá do ceará
Arraiá do cearáArraiá do ceará
Arraiá do ceará
Meio & Mensagem
 

Semelhante a REGULAMENTO 24ª FENEARTE.pdf (20)

Guia Empresas Entidades (2)
Guia Empresas Entidades (2)Guia Empresas Entidades (2)
Guia Empresas Entidades (2)
 
Facim 2013 2
Facim 2013 2Facim 2013 2
Facim 2013 2
 
Regulamento Pastores 2019
Regulamento Pastores 2019Regulamento Pastores 2019
Regulamento Pastores 2019
 
Lounge Brasil - BIT Milão 2016
Lounge Brasil - BIT Milão 2016Lounge Brasil - BIT Milão 2016
Lounge Brasil - BIT Milão 2016
 
Canal rural
Canal ruralCanal rural
Canal rural
 
Manual do expositor 2014-peq.negócios
Manual do expositor  2014-peq.negóciosManual do expositor  2014-peq.negócios
Manual do expositor 2014-peq.negócios
 
FestLAN 2013 no Ceará, Proposta de Patrocínio
FestLAN 2013 no Ceará, Proposta de PatrocínioFestLAN 2013 no Ceará, Proposta de Patrocínio
FestLAN 2013 no Ceará, Proposta de Patrocínio
 
Comida di buteco 2015
Comida di buteco 2015Comida di buteco 2015
Comida di buteco 2015
 
Manual do Expositor
Manual do ExpositorManual do Expositor
Manual do Expositor
 
Edital fnhis
Edital   fnhisEdital   fnhis
Edital fnhis
 
Cr soja brasil 2017 2018 - máster
Cr soja brasil 2017 2018 - másterCr soja brasil 2017 2018 - máster
Cr soja brasil 2017 2018 - máster
 
Santos Offshore
Santos OffshoreSantos Offshore
Santos Offshore
 
Apoio à co-produção de espetáculos ibero-americanos das Artes Cênicas
Apoio à co-produção de espetáculos ibero-americanos  das Artes CênicasApoio à co-produção de espetáculos ibero-americanos  das Artes Cênicas
Apoio à co-produção de espetáculos ibero-americanos das Artes Cênicas
 
Rp Em Ação-Valorize o que é de Montenegro
Rp Em Ação-Valorize o que é de MontenegroRp Em Ação-Valorize o que é de Montenegro
Rp Em Ação-Valorize o que é de Montenegro
 
Rp em Ação
Rp em AçãoRp em Ação
Rp em Ação
 
Apresentação Praça Pamplona (Corretor Leite 99354-8288)
Apresentação Praça Pamplona (Corretor Leite 99354-8288)Apresentação Praça Pamplona (Corretor Leite 99354-8288)
Apresentação Praça Pamplona (Corretor Leite 99354-8288)
 
Admira icaraí
Admira icaraíAdmira icaraí
Admira icaraí
 
Arraiá do Ceará
Arraiá do CearáArraiá do Ceará
Arraiá do Ceará
 
Manual de Orientação do Expositor Hotel Show 2014
Manual de Orientação do Expositor Hotel Show 2014Manual de Orientação do Expositor Hotel Show 2014
Manual de Orientação do Expositor Hotel Show 2014
 
Arraiá do ceará
Arraiá do cearáArraiá do ceará
Arraiá do ceará
 

REGULAMENTO 24ª FENEARTE.pdf

  • 1. REGULAMENTO GERAL DA 24ª FENEARTE Art. 1º - DA PROMOÇÃO E REALIZAÇÃO A 24ª FENEARTE – FEIRA NACIONAL DE NEGÓCIOS DO ARTESANATO é uma realização do Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco e Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco S.A. – ADEPE . § 1º Endereços para contato: I- Realizador: Av. Cons. Rosa e Silva, 347, Graças - Recife - CEP: 52050-225 Fone: (81) 3181-7300 II- Coordenação Geral da Fenearte: Av. Alfredo Lisboa / SN – Bairro do Recife – Recife – PE - CEP: 50030-150 Fone: (81) 3181.3454, E-mail: fenearte@centrodeartesanato.pe.gov.br III- Endereço onde se realizará o Evento (para preenchimento de Notas Fiscais): Av. Professor Andrade Bezerra, s/n. Salgadinho – Olinda – PE - CEP: 53.111- 970. Art. 2º - DAS CARACTERÍSTICAS DO EVENTO A 24ª Fenearte se realizará no Pavilhão de Feiras do Centro de Convenções de Pernambuco, Olinda/PE, ocupando uma área coberta de 29.000 m² (vinte e nove mil metros quadrados), onde estarão distribuídos os mais de 750 (setecentos e cinquenta) locais para comercialização e se constituirá num espaço multissetorial de negócios do artesanato, contemplando desde a produção e comercialização, até a interação com outros setores econômicos, estando presentes artesãos, entidades que comercializam a produção artesanal e grandes mestres da arte da manufatura. PARAGRAFO ÚNICO - Simultaneamente à Feira, e no seu espaço físico, acontecerão: Rodada de Negócios; Salão de Arte Popular Ana Holanda; Salão de Arte Popular Religiosa; Oficinas; Espaço Infantil, Apresentação culturais; Desfiles de Moda; Shows; Galeria de Reciclados e o espaço de resignificação do artesanato como design de interiores.
  • 2. Art. 3º - DOS OBJETIVOS A 24ª Fenearte tem como objetivos: I- Valorizar o artesanato e a produção artesanal; II- Incentivar a criação e o desenvolvimento de novos produtos; III- Resgatar, preservar e difundir valores culturais; IV- Promover a integração entre os segmentos de produção e comercialização do artesanato; V- Criar oportunidades para a realização de negócios de sua Cadeia Produtiva; VI- Contribuir para adensar o Arranjo Produtivo do segmento. Art. 4º - DOS CONCEITOS Para os fins deste Regulamento e da Fenearte considera-se: I - Expositor: Toda pessoa física ou jurídica, que adquirir espaço para comercialização/divulgação ou que dele esteja participando na condição de associado, membro, cooperado, representante ou procurador. II - Artesão: Trabalhador autônomo que detém o conhecimento e o domínio de todas as fases de elaboração do seu produto, podendo ter auxiliares na elaboração. III - Espaço para comercialização: Área disponibilizada para expositor, podendo ser estande, quiosque, cafés, restaurantes e food bikes. IV - Artista: é a pessoa que, por meio de sua criatividade e habilidades técnicas, expressa sua visão particular do mundo por meio de obras de arte. V - Designer: é o profissional que, por meio de um processo sistemático e criativo, projeta soluções visuais, funcionais e interativas para problemas complexos, considerando as necessidades dos usuários, as restrições técnicas e os objetivos do negócio. VI - Curadoria: é o processo de seleção, organização e apresentação de obras de arte, objetos, documentos ou outras formas de expressão cultural, com o objetivo de criar uma experiência significativa para o público.
  • 3. Art. 5º - DATAS E HORÁRIOS Os horários da Feira para os expositores serão os seguintes: I - Montagem dos Expositores: um dia anterior ao inicio da abertura do evento - das 9h às 21h e no dia da abertura do evento das 9h às 12h. II - Desmontagem dos Expositores: no último dia de realização do evento - das 22h às 0h. E no dia após o encerramento do evento - das 8h às 12h. III - Operacionalização do Expositor: § 1º O expositor, durante o período da Fenearte, terá acesso nos seguintes horários: I - Reposição de estoque: Das 12h às 13:30h (nos dias em que a abertura for às 14 horas). Das 8h às 9:30h (nos dias em que a abertura for às 10 horas). II - Limpeza do Espaço para Comercialização: Deverá estar finalizada meia hora antes da abertura da Feira. Até as 13h30. (Nos dias em que a abertura for às 14 horas) e até as 9h30 (Nos dias em que a abertura for às 10 horas). § 2º Não será permitida a entrada de produtos no espaço da Feira fora do horário estabelecido para operacionalização, salvo os casos previamente autorizados por escrito pela Coordenação Geral da Fenearte. § 3º Horário de funcionamento da Feira para o público: I - de segunda a sexta feira - das 14 às 22h; II - sábados e domingos – das 10 às 22h. § 4º Horário de funcionamento da bilheteria: I - de segunda a sexta feira - das 13h às 21h; II - sábados e domingos – das 09h às 21h. § 5º Horário de funcionamento da praça de alimentação:
  • 4. I - de segunda a sexta feira - das 12h às 22h30; II - sábados e domingos – das 10h às 22h30. § 6º Todos os espaços de comercialização deverão estar obrigatoriamente abertos durante todo o horário de funcionamento da Feira. § 7º Os horários previstos neste Regulamento poderão sofrer alterações desde que a Coordenação Geral da Fenearte entenda que sejam necessárias para preservar o êxito da Feira ou a segurança de todos que dela participam. Art. 6º - DOS ESPAÇOS PARA COMERCIALIZAÇÃO Memorial dos elementos que compõem os espaços para o formato presencial: I - Montagem Básica a) Piso: Serão revestidos com carpete com cor a definir. b) Paredes divisórias: Serão formadas por painéis, medindo 1,00m x 2,20m de altura, tipo TS, formicalizados na cor branca, montados sobre estrutura de alumínio anodizado octavado. c) Iluminação: Serão 3 (três) tomadas monofásicas de 3 pinos com capacidade máxima de 250V, por espaço para comercialização. d) Testeira: Padrão em MDF revestido com Bagun colorido com letreiro padronizado “layout e número” na cor branca, por espaço para comercialização, que servirá de identificação. e) Elétrica: Serão 3 (três) tomadas monofásicas com capacidade máxima de 1kwa, por espaço para comercialização. II - Elementos Extras: a) 01 (uma) bancada padronizada em estrutura modular tipo octanorm e tampo com chapa em MDF na cor branca medindo 1,00m x 0,50m x 0,70m (largura x profundidade x altura); 02 (duas) cadeiras PVC na cor branca. III - Montagem Básica (Área: Praça de Alimentação)
  • 5. a) Este espaço para comercialização será composto por:  Painéis TS;  04 (quatro) spots com lâmpadas tipo bulbo LED;  Testeira padrão;  01 (um) letreiro em adesivo na cor branca, na proporção de metro linear;  04 (quatro) tomadas monofásicas, 3 pinos, 250V;  01 (uma) tomada trifásica, 5 pinos, 600V;  02(dois) balcões padronizados, medindo 1,00m x 0,50m x 1,00m (largura x profundidade x altura);  01 (uma) bancada com 2 (duas) cubas;  02 (dois) pontos de água e esgoto para pias. IV- Quiosque: a) Este espaço para comercialização será composto por:  Área de 2 m²;  1 (uma) tomada monofásica, 3 pinos, 250V. § 1º Para montagens especiais deverá o expositor apresentar o projeto em planta baixa e em perspectiva para apreciação e aprovação da Coordenação Geral da Fenearte, em até 10 (dez) dias antes da abertura da Feira. § 2º O expositor ao receber o espaço para comercialização deverá atentar para falhas ou defeitos, seja nos painéis, no piso, nas paredes ou nas instalações e, verificada a ocorrência, deverá comunicar o fato à Coordenação Geral da Fenearte, por escrito até às 12h do dia da liberação para montagem dos estandes pelos expositores. Após a abertura da feira, as falhas ou defeitos deverão ser comunicados à coordenação do setor, que informará à montadora. § 3º É proibida a instalação de aparelho de ar condicionado ou similar nos espaços para comercialização. § 4º É proibida a utilização de qualquer recurso de áudio, por parte dos expositores, seja para a emissão de mensagens promocionais, apresentações artísticas, sonorização ambiente ou quaisquer outros casos, salvo se autorizados pela Coordenação Geral da Fenearte.
  • 6. Art. 7º - DA VEICULAÇÃO A divulgação da 24ª Fenearte será feita por meio de jornais online, rádios, TVs, panfletos e cartazes, entre outros, além de plataformas digitais, como Facebook, Instagram. Art. 8º - DOS PARTICIPANTES Estão aptos a participar como expositores da 24ª Fenearte, todas as pessoas maiores de 18 anos e capazes e desde que sejam e ou integrem: I- Artesãos, artistas e designers pernambucanos; II- Artesãos, artistas e designers que residam em Pernambuco no mínimo há 05 anos; III- Artesãos, artistas e designers que tenham recebido o título de cidadão Pernambucano, concedido pela ALEPE; IV- Artesãos de outros Estados e Países; V- Instituições Governamentais e não Governamentais; VI- Entidades de apoio; VII- Produtores artesanais de itens alimentícios e Praça de Alimentação. Art. 9º - CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO § 1º Só será permitida a aquisição do espaço para comercialização após a aprovação dos produtos pela Curadoria. § 2º A Coordenação Geral da Fenearte promoverá sorteio, previamente divulgado por meio do site fenearte.pe.gov.br, da ordem de comercialização dos espaços para comercialização. § 3º O selecionado retornará à Coordenação Geral da Fenearte, quando do início do processo de comercialização dos espaços para comercialização, para os procedimentos de assinatura de contrato de locação e emissão do boleto (s) bancário (s). § 4º Fica suspenso, por 3 (três) edições da Fenearte, o expositor que colocar produtos não compatíveis com os que foram apresentados para avaliação na inscrição, assim como o compartilhamento do espaço para comercialização com terceiros não selecionados. Durante a realização da Feira, haverá uma equipe fazendo a conferência entre o material inscrito/aprovado e o efetivamente exposto.
  • 7. § 5º Excluem-se da participação na Feira toda a atividade industrial que elabore objetos obtidos por reprodução em série, salvo aqueles em que a manufatura supere a industrialização, como também os produtos feitos com materiais precários, deteriorados ou que estiver em deficiente estado de preservação e/ou conservação. Encaixam-se ainda produtos de natureza não artística/artesanal, como arranjos vegetais (bonsai, orquídeas, etc.) ou execução de serviços, tais como massagens, personalização de itens, transfer em tecido, venda de máquinas, etc; § 6º A Feira não exige percentagem ou retenção financeira de nenhuma ordem sobre as vendas realizadas pelos expositores. §7º Os participantes deverão assegurar, durante todo o desenvolvimento da Feira, a correta provisão de mercadorias em seu espaço para comercialização, garantindo a continuidade da amostra até o término do funcionamento da Feira ao público. Em caso de venda total dos produtos o expositor deverá comunicar imediatamente a Coordenação Geral da Fenearte e devolver o espaço de comercialização. A coordenação definirá o novo uso da área para que o mesmo não seja penalizado pela não abertura do espaço, conforme previsto no art. 36 deste Regulamento. Art. 10º – DA COORDENAÇÃO GERAL DA FENEARTE Compete à Coordenação Geral da Fenearte ou a pessoa por ela designada: I - Coordenar, antes, durante e depois da Feira, todas as atividades administrativas e de caráter técnico que busquem assegurar o funcionamento normal da Feira; II - Recolher todo e qualquer produto que não tenha sido avaliado e aprovado pela Curadoria de Seleção. Em caso de reincidência, a Coordenação Geral da Fenearte deverá aplicar sanção, suspendendo sua participação nas 03 (três) próximas edições da Fenearte. III - Aplicar as sanções previstas neste Regulamento. Na Lei Federal nº 13.303/2016 e no Regulamento de contratações da Adepe (disponível no site REGULAMENTO-DE- CONTRATAÇÕES-2021.PDF (adepe.pe.gov.br). Art. 11º – DOS ARTESÃOS DE PERNAMBUCO Os artesãos de Pernambuco e as associações de classe, devidamente cadastradas no SISTEMA DE INFORMAÇÕES CADASTRAIS DO ARTESANATO BRASILEIRO – SICAB, seção Pernambuco, receberão 20% de desconto do valor do espaço para comercialização.
  • 8. Art. 12º – DOS PRAZOS DE PAGAMENTO §1º Os artesãos de Pernambuco e de outros estados, os expositores internacionais, as Prefeituras, as Associações, o SEBRAE e o setor de Alimentação, deverão quitar o pagamento referente à aquisição do espaço para comercialização conforme estabelecido em contrato. §2º No caso de boleto será emitido com validade de 30 dias, sendo 10 dias para pagamento sem juros e 20 dias para pagamento com juros de 0,03% ao dia e multa de 2% ao mês, caso não ocorra o pagamento do boleto neste prazo, a inscrição será automaticamente cancelada. Art. 13º - DAS ATIVIDADES FRANQUEADAS Aos expositores interessados, será facultado: I- Participação na Rodada de Negócios; Art. 14 º - DAS CREDENCIAIS As credenciais estarão à disposição dos expositores adimplentes a partir do dia anterior a abertura do evento ao público, das 9h às 17h, no setor de credenciamento, no Hall do Centro de Convenções de Pernambuco. Os expositores só terão acesso ao evento, nesta qualidade, se estiverem portando a credencial que foi entregue ao locatário ou responsável pelo espaço para comercialização informado na inscrição. § 1º As credenciais serão distribuídas nas seguintes proporções diárias:  Quiosques - 03 (três) credenciais;  Estande de 6m² a 12m² - 05 (cinco) credenciais;  Estande de 18 m² - 10 (dez) credenciais;  Café – 15 (quinze) credenciais;  Restaurante – 15 (quinze) credenciais. § 2º As Credenciais distribuídas conforme o inciso I será por meio de pulseiras de identificação do evento. § 3º Instruções de uso da pulseira:
  • 9. I- A pulseira é de uso PESSOAL E INTRANSFERÍVEL e garantirá a circulação de ENTRADA e SAÍDA na Feira; II- A pulseira que for detectada com folga ou danificada será confiscada pelos fiscais dos portões de entrada, resultando no impedimento do livre acesso (entradas e saídas) ao Evento, sem direito a reposição; III- É proibido a comercialização das pulseiras, a Coordenação Geral da Fenearte deverá aplicar sanção, suspendendo sua participação nas 03 (três) próximas edições da FENEARTE; Art. 15º – DA DISTRIBUIÇÃO DE BRINDES/FOLHETOS É permitida a distribuição de brindes, folhetos, catálogos, impressos e demais materiais promocionais aos visitantes, desde que se limite ao interior do espaço para comercialização, reservando-se à Coordenação Geral da Fenearte o direito de fazer cessar a distribuição sempre que estiver ocasionando tumulto ou aglomerações. Art. 16º - DA DEGUSTAÇÃO § 1º A distribuição de amostra de produto(s) artesanais alimentícios para degustação, só é permitida àqueles que forem preparados em ambiente externo à feira, salvo os dos estandes da Praça de Alimentação. § 2º Expositores que manipulem alimentos para demonstração de outros produtos não os poderão oferecer à degustação. Art. 17º – DAS RESPONSABILIDADES DO EXPOSITOR É de inteira responsabilidade do expositor a segurança do seu espaço para comercialização durante os períodos de montagem e desmontagem e durante o período da Feira, não se responsabilizando a Coordenação Geral da Fenearte por danos, furtos ou prejuízos causados a pessoas, bens ou produtos expostos, bem como, por interrupções no fornecimento de energia elétrica, incêndio, queda de raios, explosões, penetração de água e sinistros de qualquer espécie, que possam ser qualificados como caso fortuito ou força maior. § 1º Recomenda-se aos expositores que providenciem seguro para os produtos/bens em exposição.
  • 10. § 2º Os expositores devem observar a recomendação da Montadora quanto ao uso dos espaços, em especial à capacidade de carga das prateleiras, a não observância isenta a responsabilidade da Realizadora e da Montadora. Art. 18º – DA MONTAGEM Os expositores deverão finalizar a decoração/ montagem/ execução de serviços de seus espaços para comercialização até às 12h do dia de abertura do evento ao público. § 1º É terminantemente proibido danificar (colar, furar, pregar, pintar, serrar) os painéis, perfis de alumínio, vidros, carpetes e outros acessórios que compõem os espaços para comercialização, e estes deverão ser devolvidos nas mesmas condições em que foram entregues pela montadora, sob pena de multa de igual valor de mercado do material danificado, sendo esta paga diretamente à montadora. § 2º Em caso de necessidade de divulgação nos painéis somente será permitida a colocação de adesivos, não sendo permitido o uso de qualquer tipo que seja de tinta nos painéis. § 3º Não é permitido fixar nenhum elemento na testeira do estande, sem prévia orientação, conhecimento e autorização Coordenação Geral da Fenearte, por medida de segurança. § 4º Será aplicado na testeira do estande o letreiro informado no Formulário de Inscrição, e que será repassado oficialmente para Montadora pela Coordenação Geral da Fenearte. § 5º As testeiras da Fenearte obedecem a um padrão pré-estabelecido, assim, caso haja interesse em modificá-la, o expositor deverá procurar a Coordenação Geral da Fenearte, pois apenas ela poderá autorizar a mudança perante a montadora. § 6º Os caracteres identificadores das testeiras serão aqueles fornecidos no ato da assinatura do contrato. Art. 19º – DA LIMPEZA A limpeza das áreas de circulação da Feira ficará a cargo de empresa contratada pela realizadora da 24ª Fenearte, cabendo ao expositor à limpeza do interior dos espaços para comercialização.
  • 11. PÁRAGRAFO ÚNICO - O horário para limpeza interna dos espaços para comercialização será de 13 às 13h30, exceto nos dias em que a Feira tem seu início às 10 horas, quando a limpeza deverá ser realizada das 9 às 9h30, e o material recolhido deverá ser removido para a lixeira mais próxima do espaço para comercialização. Art. 20º – DA REDISTRIBUIÇÃO DE ÁREA Embora só o faça em caso extremo, poderá a Coordenação Geral da Fenearte redistribuir os setores ou os espaços para comercialização, respeitadas as dimensões e características originalmente contratadas. PARÁGRAFO ÚNICO – Aplica-se também à redistribuição de área nos casos previstos no art. 9º, § 7º. Art. 21º - DOS VIGILANTES A Coordenação Geral da Fenearte manterá um serviço de segurança geral 24 horas por dia nas áreas livres de evento, o expositor desejando segurança exclusiva para o seu espaço para comercialização e às suas expensas, deverá comunicar à Coordenação Geral da Fenearte, informando qual empresa que irá prestar os serviços e encaminhando a documentação legal da mesma, em até 48h (quarenta e oito horas) antes do início do evento. PARÁGRAFO ÚNICO - Não é de responsabilidade da Coordenação Geral da Fenearte a segurança na área externa do evento. Entende-se essas, como as áreas isentas de montagem. Art. 22º – DA INTRANSFERIBILIDADE O expositor não poderá transferir, total ou parcialmente, qualquer direito obtido ou responsabilidade assumida com relação ao Evento, nem ceder qualquer parcela ou toda a área que lhe for alocada, sem comunicar previamente e por escrito à Coordenação Geral da Fenearte, que se pronunciará caso a caso. PARÁGRAFO ÚNICO – Caso fique comprovada a transferência, sem autorização da Coordenação Geral da Fenearte, ficará o expositor impedido de participar das próximas 03 (três) edições da Fenearte.
  • 12. Art. 23º – DA INTERDIÇÃO À PROMOÇÃO DE TERCEIROS São absolutamente vedadas: I - a exposição, comercialização e publicidade direta ou indireta de quaisquer outros eventos no local da Fenearte, que não tenham sido devidamente autorizados por escrito pela Coordenação Geral da Fenearte. II - a exposição e/ou publicidade, direta ou indireta, de quaisquer produtos de empresas não participantes do Evento, ressalvadas as condições que comprovem sua absoluta necessidade como material complementar à composição visual do espaço para comercialização, neste caso, será exigido à autorização expressa da Coordenação Geral da Fenearte. III - propaganda política, ideológica ou religiosa em qualquer área da Feira. Art. 24º – DOS LIMITES DE ATUAÇÃO Os corredores do local do Evento são de uso comum, não sendo neles permitido o aliciamento de visitantes ou distribuição de impressos ou quaisquer outros artigos, bem como não é permitida, neles ou sobre eles, a colocação ou aposição de faixas, painéis, motivos decorativos, tapetes ou qualquer outro material. O expositor deverá atuar exclusivamente dentro dos limites do seu espaço para comercialização, sob pena de o mesmo ser recolhido pela Coordenação Geral da Fenearte. Em caso de reincidência, a Coordenação Geral da Fenearte deverá aplicar sanção, suspendendo sua participação nas 03 (três) próximas edições da FENEARTE. § 1º A projeção de qualquer elemento de montagem ou de produtos expostos não poderá ultrapassar os limites da área locada pelo EXPOSITOR. Não serão admitidas projeções acima da altura da testeira, sobre outros espaços para comercialização ou passagens de público. § 2º Estandes que necessitem de projeção acima da testeira deverão apresentar solicitação por escrito, devidamente justificado, em até 10 (dez) dias antes da abertura da Feira à Coordenação Geral da Fenearte que, após análise técnica junto à Montadora, decidirá sobre o pedido. Art. 25º – DA ÁREA DA PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO Os serviços da Praça de Alimentação serão encerrados às 22h30, não podendo o
  • 13. expositor dessa área realizar vendas após este horário, devendo encerrar definitivamente as atividades às 23h. § 1º Para a utilização de fogão ou fogareiro a gás para preparação de comidas ou para outro fim qualquer, será necessário apresentar licença do Corpo de Bombeiros. § 2º É permitida a utilização de freezer, geladeira, micro-ondas e balcão para alimentos quentes e para alimentos frios. § 3º É proibida a comercialização de bebidas e refrigerantes de fabricante distinto do permitido pela Coordenação Geral da Fenearte, que informará previamente aos expositores. § 4º É proibida a venda ou distribuição de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos, devendo ser afixado no estande o seguinte aviso: “É expressamente proibida a venda ou distribuição de bebidas alcoólicas para menores de 18 anos”. Estatuto da Criança e do Adolescente – Lei 8.069, Artigo 81, Inc II. § 5º Todo material a ser utilizado no estande para atendimento aos clientes, tais como copos, talheres, pratos, deverá ser descartável, preferencialmente produzidos em papel, confeccionados em material biodegrádavel. § 6º É proibido o uso de bisnagas para catchup, maionese, mostarda e molhos em geral, que deverão utilizar sachês ou blisters em porções individuais. § 7º Todo lixo proveniente do estande deverá ser acondicionado em sacos plásticos e removido à lixeira mais próxima. § 8º Os expositores da área de alimentação deverão informar, por escrito à Montadora, até uma semana antes da abertura do evento ao público, a carga energética necessária para utilização de equipamentos durante a FENEARTE. § 9º Os expositores deverão atender às recomendações e manter seus equipamentos e dependências nas condições legais de higiene requeridas pela Vigilância Sanitária do Município de Olinda. § 10º Os funcionários que manipulam os alimentos e bebidas devem usar touca e luvas (máscara, alcool), devendo estar vestidos em conformidade com as tarefas desempenhadas.
  • 14. § 11º É obrigatório a existência de álcool em gel em todos os espaços para comercialização que negociem algum tipo de alimento e o produto deve estar exposto e com fácil acesso. § 12º É proibida a utilização de garçons, todavia o expositor poderá disponibilizar 01 (uma) pessoa para auxiliar os clientes na entrega do pedido e manutenção das mesas. Art. 26º - DO SERVIÇO MÉDICO Local Posto Médico Data Horário de Funcionamento Posto médico localizado na área interna do Centro de convenções Dia da organização dos estandes pelos expositires 9h às 21h De segunda a sexta feira 13h às 22h Sabados e domingos 9h às 22h Posto médico localizado na praça de alimentação De segunda a sexta feira 13h às 23h Sabados e domingos 9h às 23h Art. 27º – DOS EQUIPAMENTOS E PRODUTOS PROIBIDOS É proibida a utilização de explosivos, gases não inertes, tóxicos e combustíveis no interior do local do Evento. Art. 28º – DOS TRIBUTOS Todos os impostos, taxas, contribuições e demais imposições das leis federais, estaduais e municipais vigentes, oriundos de traslado, exposição e venda de produtos durante o evento são devidos, exclusivamente pelo expositor responsável. Art. 29º – DO TRABALHO DE MENORES O trabalho de menores é regulamentado, sendo necessárias as devidas autorizações da Delegacia Regional do Trabalho e do Juizado de Menores, exigíveis em qualquer das fases do evento.
  • 15. Art. 30º – DA CARGA E DESCARGA A Carga e descarga de qualquer tipo de material ficam por conta e risco exclusivos do Expositor. Art. 31º – DAS PLANTAS ORNAMENTAIS Os jardins, flores e plantas ornamentais serão permitidas quando contidos em vasos, cestos ou outros recipientes, sendo vedada a utilização de terra solta, areia e pedras para a execução de jardins no local. Art. 32º – DO ABANDONO DE MATERIAL. Os materiais não retirados até às 12h do dia posterior ao encerramento do evento serão considerados abandonados, sendo recolhidos e destinados a Diretoria Geral de Promoção da Economia Criativa, localizada na Av. Alfredo Lisboa, s/n, Armazém 11, Recife – PE. Art. 33º – DAS COMUNICAÇÕES, TELEFONE, CARTÕES DE CRÉDITO, INTERNET: A locação de linhas telefônicas, de comunicação e de cartão de crédito deverá ser solicitada pelo expositor diretamente às empresas prestadoras desses tipos de serviços. A internet disponibilizada pela Fenarte é com a finalidade de interação do público com o aplicativo Fenearte e redes sociais, não comportando a utilização das maquinetas de cartões. Art. 34º – DOS EQUIPAMENTOS DE MONTAGEM DA FEIRA O expositor deverá respeitar a disposição dos equipamentos de montagem da FENEARTE, inclusive lixeiras, luz de emergência, sinalizações de segurança e extintores de incêndio, não os removendo sem autorização expressa da Coordenação Geral da Fenearte. Art. 35º – DA DESISTÊNCIA O expositor selecionado que por qualquer motivo desistir de expor na FENEARTE, antes da assinatura do contrato, deverá comunicar à Coordenação Geral da Fenearte, através do e-mail: fenearte@centrodeartesanato.pe.gov.br, e por meio de seu e-mail
  • 16. cadastrado na inscrição. § 1º O expositor que por qualquer motivo desistir de expor na FENEARTE, após a assinatura do contrato, será deduzido um percentual de 30% referente ao valor total cobrado pelo espaço para comercialização, conforme montante constante no citado contrato. § 2º O expositor deverá retirar na Coordenação Geral da Fenearte formulário próprio referente à desistência. Art. 36º – DAS SANÇÕES Será notificado e ficará suspenso da participação nas 3 (três) próximas edições da FENEARTE, o expositor que incorrer nas seguintes ações: I - Não abrir o espaço para comercialização no horário determinado; II - Permanecer aberto para atendimento ao público após 30 minutos do horário determinado para o encerramento diário da feira; III- Não dispor de produtos expostos e para comercialização; IV- Ceder em todo ou em parte seu espaço para comercialização, sem prévia e expressa autorização da Coordenação Geral da Fenearte, com terceiros não selecionados; V - Utilizarem maçarico, vela acesa ou qualquer outro elemento que possa causar risco de incêndio, exceto se apresentar licença do Corpo de Bombeiros; VI - Fizerem cessão, transferência ou divisão, sem autorização, do espaço para comercialização ou de parte dele; VII - Expor ou comercializar peças ou serviços que não tenham sido aprovados pela Curadoria de Seleção e autorizadas pela Coordenação Geral da Fenearte; VIII - Descumprirem os horários estabelecidos pela Coordenação Geral da Fenearte; IX - Assumirem atitudes contrárias à ética e ao correto comportamento social, tanto com a Coordenação Geral da Fenearte, como com os colaboradores e demais expositores da Feira ou com o público em geral;
  • 17. X - Utilizarem gambiarras, fiação ou instalações elétricas inadequadas ou não autorizadas pela Montadora ou pela Coordenação Geral da Fenearte; XI - Não cumprirem com as determinações deste Regulamento. XII - Outras irregularidades passíveis de sanção prevista neste regulamento. §1º Caso o expositor não ingresse com sua defesa para ser apreciada pela Coordenação Geral da Fenearte em até 48h (quarenta e oito horas) da notificação, esta entende que ele não irá mais recorrer, ficando desde logo afastado da participação nas 03 (três) próximas edições da FENEARTE. §2º A inobservância, pelo Expositor, de cláusula ou obrigação constante deste Regulamento ou dever originado de norma legal, autorizará a Coordenação Geral da Fenearte a aplicar-lhe as sanções previstas na Lei Federal nº 13.303/2016 e no Regulamento de Contratações da ADEPE (disponível no site: REGULAMENTO-DE- CONTRATAÇÕES-2021.pdf (adepe.pe.gov.br)). Senão vejamos: I - advertência; II – multa de 10% (dez por cento) sobre o valor total do Contrato no caso de descumprimento de quaisquer das cláusulas deste Regulamento, bem como das cláusulas existentes no Contrato de Locação do espaço de comercialização, aplicada cumulativamente com as demais sanções, ensejando, inclusive, a rescisão contratual;: §3º - A imposição das penalidades previstas nesta cláusula dependerá da gravidade do fato que as motivar, considerada as circunstâncias objetivas de cada ocorrência; §4º - A sanção prevista no Item I do §2º acima citada poderá ser aplicada juntamente com a de multa; §5º – O expositor terá o prazo de 5 (cinco) dias úteis, a partir da data da publicação, para interpor recurso contra a aplicação de qualquer penalidade; §6º - Nenhuma penalidade será aplicada sem o devido Processo Administrativo de Aplicação de Penalidade - PAAP, devendo ser observado o disposto no Decreto Estadual nº 42.191, de 1º de outubro de 2015; §7º - A Autoridade Superior da ADEPE, na aplicação das sanções, levará em consideração a gravidade da conduta do infrator, o caráter educativo da pena, bem como o dano causado à Administração, observado o princípio da proporcionalidade; §8º - Após esgotado o meio de execução direta da sanção de multa indicado no Item II do §2º acima, o expositor será notificado para recolher a importância devida no prazo
  • 18. de 15 (quinze) dias consecutivos, contados do recebimento da comunicação oficial; §9º - Decorrido o prazo previsto no item §8º, a ADEPE encaminhará a multa para cobrança judicial. Art. 37º – DAS OBRIGAÇÕES DO EXPOSITOR I - Todas as estipulações do presente Regulamento Geral e/ou qualquer outra notificação são de cumprimento obrigatório. O expositor obriga-se a respeitar e fazer respeitar por seus funcionários e/ou contratados, todos os artigos deste Regimento, sob pena de suspensão das próximas 03 (três) edições da FENEARTE; II - Executar os serviços na forma e termos reportados neste Regulamento; III - Pagar os encargos trabalhistas, previdenciários, securitários, fiscais e comerciais resultantes da execução dos seus serviços prestados; IV- Constituem ainda obrigações do Expositor as disposições dos arts. 76 e 77 da Lei Federal n 13.303, de 30 de junho de 2016; V - Realizar os serviços a serem prestados dentro do melhor padrão de qualidade técnica e conforme o produto selecionado; VI - Atender às observações e reclamações da fiscalização da ADEPE, por meio da Coordenação Geral da Feira, adotando as providências requeridas nos prazos determinados pela Coordenação Geral da Feira ou com esta consensuados; VII - Responsabilizar-se pelos danos causados diretamente à ADEPE ou a terceiros, independente da comprovação de sua culpa ou dolo na prestação do seu serviço, não excluindo ou reduzindo essa responsabilidade à fiscalização da ADEPE, por meio da Coordenação Geral da Feira, em seu acompanhamento; VIII - Manter, durante o período da Feira, todas as condições de habilitação e qualificação exigidas na seleção; IX - Prestar todos os esclarecimentos que a ADEPE, por meio da Coordenação Geral da Feira, solicitar e atender prontamente às reclamações sobre os produtos e a prestação do seu serviço; X - Não deixar o produto exposto em desconformidade com as normas previstas pela ADEPE, por meio da Coordenação Geral da Feira, ficando sujeita às sanções constantes no presente Regulamento, na Lei Federal nº 13.303/2016 e no Regulamento de
  • 19. Contratações da ADEPE; XI - Instruir seus empregados quanto à necessidade de acatar as orientações da ADEPE, por meio da Coordenação Geral da Feira, inclusive quanto ao cumprimento das normas internas e de Segurança e Medicina do Trabalho. Art. 38º – DA UTILIZAÇÃO DA IMAGEM O expositor da FENEARTE autoriza expressamente a captação de imagens do espaço para comercialização, dos produtos expostos, de seus auxiliares e a sua veiculação através de qualquer evento, peça publicitária, dentre outros, a critério da Coordenação Geral da Fenearte. Art. 39º – DA REMESSA DE MERCADORIAS PARA EXPOSIÇÃO, FEIRAS E SIMILARES. Deverá ser seguido o procedimento regulamentado pela Secretaria da Fazenda do Estado de Pernambuco para emissão de notas fiscais de Remessa para Exposição, cujo arquivo de orientação poder ser acessado através do endereço: www.sefaz.pe.gov.br/Publicacoes/Novo regulamento ICMS/Informativos até 31.03.201 7/REMESSA PARA EXPOSIÇÃO FEIRAS E SIMILARES.pdf Art. 40º – DAS DISPOSIÇÕES FINAIS § 1º Os expositores serão responsáveis por qualquer incidente que ocorra em consequência da presença ou intervenção na Feira, de seus empregados, convidados ou de pessoas as quais tenham facilitado o acesso ao evento, quer no horário de funcionamento da Feira, quer no horário restrito ao acesso do expositor. § 2º Para todas as questões que direta ou indiretamente derivem da Feira e da aplicação deste regulamento, os expositores se submeterão à Jurisdição e Foro da Cidade de Recife/ PE, com expressa renúncia de qualquer outro, por mais vantajoso que possa parecer. § 3º Todas as necessidades omitidas no presente regulamento serão diretamente equacionadas pela Coordenação Geral da Fenearte. § 4° A Coordenação Geral da Fenearte não é parte nas relações entre expositor e administradoras de cartões de crédito e operadoras de telefonia. § 5º Os credenciamentos, liberações ou serviços deverão ser solicitados por escrito.
  • 20. § 6º Toda e qualquer informação terá como local de divulgação o site da Feira: fenearte.pe.gov.br. § 7º Pelo simples fato de participarem da Feira, ou inscreverem-se na mesma, os expositores aceitam e dão ciência de conhecimento do presente Regulamento, o qual doravante irá regular os seus direitos e obrigações e os da Coordenação Geral da Fenearte. § 8º Caberá à Coordenação Geral da Fenearte cumprir e fazer cumprir o presente Regulamento Geral. § 9º Fica vedada a operação de qualquer tipo de manipulação de alimento durante a participação do expositor na Feira Nacional de Negócios do Artesanato, devendo todos os produtos serem comercializados já embalados, com rótulo e a validade, salvo os da Praça de Alimentação e aqueles autorizados pela Vigilância Sanitária de Olinda-PE. § 10º Questões omissas serão decididas pela Coordenação Geral da Fenearte. Recife, 13 de novembro de 2023. Camila Bandeira de Mello Santos Diretora Geral de Promoção da Economia Criativa