SlideShare uma empresa Scribd logo
REGRAS REQUISIÇÃO DOMICILIÁRIA
1. Os alunos, professores e funcionários da escola estão autorizados a recorrer ao
serviço de empréstimo. Outros elementos da comunidade educativa poderão fazê-
lo mediante uma inscrição prévia.
2. Prazos a cumprir no âmbito das requisições domiciliárias:
 8 dias para a leitura de contos, fábulas, lendas, poesia, banda desenhada, livros
didáticos, etc..
 Findo o prazo da requisição, a mesma pessoa pode renovar o pedido de
requisição da obra;
NOTA: Para renovar uma requisição é preciso vir à biblioteca e informar o
professor bibliotecário ou a Assistente Operacional que se pretende renovar a
requisição;
3. O desrespeito do prazo acarretará uma penalização sob a forma de pagamento de
multa equivalente a € 0,50 por cada semana de atraso na entrega da obra
requisitada.
4. Livros que não podem ser requisitados para ler em casa:
 Obras de referência: enciclopédias, dicionários, atlas, glossários, etc..
 Livros de Literatura em formato álbum (livros de grandes dimensões);
 Livros com formatos especiais ou com elementos tridimensionais;
5. Implicações para os alunos que danificarem ou perderem os livros requisitados
para ler em casa:
 Aquisição de um livro novo para substituir o que foi danificado ou que se
extraviou;
 Pagamento dum livro novo igual ao que foi danificado ou que se extraviou;
6. Podem ser requisitadas obras para leitura no decurso da interrupção das
atividades letivas do Natal, do Carnaval e da Páscoa, sendo a sua requisição feita
nos dois dias anteriores ao início das referidas interrupções e a entrega
obrigatoriamente na primeira semana de aulas do período seguinte. No final do
ano letivo, todos os documentos têm obrigatoriamente de ser entregues até ao
último dia de aulas de cada turma/ano, podendo ser analisados individualmente
os casos de alunos com exames nacionais ou a nível de Escola.
7. É expressamente proibido fazer anotações de qualquer tipo nos documentos da
Biblioteca, pelo que os prevaricadoresidentificados terão de adquirir um
documento igual para substituir o danificado.
ESCOLA E.B. AGUALVA 2
BIBLIOTECA / CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS

Mais conteúdo relacionado

Mais de António Sérgio

Regras power point_v1
Regras power point_v1Regras power point_v1
Regras power point_v1
António Sérgio
 
Como se faz um trabalho escolar
Como se faz um trabalho escolarComo se faz um trabalho escolar
Como se faz um trabalho escolar
António Sérgio
 
Como se faz um trabalho escolar
Como se faz um trabalho escolarComo se faz um trabalho escolar
Como se faz um trabalho escolar
António Sérgio
 
Avaliar uma apresentação eletrónica
Avaliar uma apresentação eletrónicaAvaliar uma apresentação eletrónica
Avaliar uma apresentação eletrónica
António Sérgio
 
Ficha de apoio para consulta do fundo documental da biblioteca
Ficha de apoio para consulta do fundo documental da bibliotecaFicha de apoio para consulta do fundo documental da biblioteca
Ficha de apoio para consulta do fundo documental da biblioteca
António Sérgio
 
Elaborar uma bibliografia
Elaborar uma bibliografiaElaborar uma bibliografia
Elaborar uma bibliografia
António Sérgio
 
Como elaborar um cartaz v1
Como elaborar um cartaz v1Como elaborar um cartaz v1
Como elaborar um cartaz v1
António Sérgio
 
A ficha técnica do livro II
A ficha técnica do livro IIA ficha técnica do livro II
A ficha técnica do livro II
António Sérgio
 
A ficha técnica do livro I
A ficha técnica do livro IA ficha técnica do livro I
A ficha técnica do livro I
António Sérgio
 
Plano becre e@d 20 21
Plano becre e@d 20 21Plano becre e@d 20 21
Plano becre e@d 20 21
António Sérgio
 
Catálogo Multimédia
Catálogo MultimédiaCatálogo Multimédia
Catálogo Multimédia
António Sérgio
 
Manual de Procedimentos BE/CRE
Manual de Procedimentos BE/CREManual de Procedimentos BE/CRE
Manual de Procedimentos BE/CRE
António Sérgio
 
Regras BE/CRE
Regras BE/CRERegras BE/CRE
Regras BE/CRE
António Sérgio
 
Planificação por literacia por ciclos
Planificação por literacia por ciclosPlanificação por literacia por ciclos
Planificação por literacia por ciclos
António Sérgio
 
Planificação literacia da informação 3º ciclo
Planificação literacia da informação   3º cicloPlanificação literacia da informação   3º ciclo
Planificação literacia da informação 3º ciclo
António Sérgio
 
Planificação literacia da informação 2º ciclo
Planificação literacia da informação   2º cicloPlanificação literacia da informação   2º ciclo
Planificação literacia da informação 2º ciclo
António Sérgio
 
Original planificação literacia da informação 1ºciclo
Original planificação literacia da informação  1ºcicloOriginal planificação literacia da informação  1ºciclo
Original planificação literacia da informação 1ºciclo
António Sérgio
 
Planificação literacia da informação pre escolar
Planificação literacia da informação   pre escolarPlanificação literacia da informação   pre escolar
Planificação literacia da informação pre escolar
António Sérgio
 
Ficha informativa divulgacao das sessoes newton
Ficha informativa   divulgacao das sessoes newtonFicha informativa   divulgacao das sessoes newton
Ficha informativa divulgacao das sessoes newton
António Sérgio
 
Menú newton gostava de ler
Menú newton gostava de lerMenú newton gostava de ler
Menú newton gostava de ler
António Sérgio
 

Mais de António Sérgio (20)

Regras power point_v1
Regras power point_v1Regras power point_v1
Regras power point_v1
 
Como se faz um trabalho escolar
Como se faz um trabalho escolarComo se faz um trabalho escolar
Como se faz um trabalho escolar
 
Como se faz um trabalho escolar
Como se faz um trabalho escolarComo se faz um trabalho escolar
Como se faz um trabalho escolar
 
Avaliar uma apresentação eletrónica
Avaliar uma apresentação eletrónicaAvaliar uma apresentação eletrónica
Avaliar uma apresentação eletrónica
 
Ficha de apoio para consulta do fundo documental da biblioteca
Ficha de apoio para consulta do fundo documental da bibliotecaFicha de apoio para consulta do fundo documental da biblioteca
Ficha de apoio para consulta do fundo documental da biblioteca
 
Elaborar uma bibliografia
Elaborar uma bibliografiaElaborar uma bibliografia
Elaborar uma bibliografia
 
Como elaborar um cartaz v1
Como elaborar um cartaz v1Como elaborar um cartaz v1
Como elaborar um cartaz v1
 
A ficha técnica do livro II
A ficha técnica do livro IIA ficha técnica do livro II
A ficha técnica do livro II
 
A ficha técnica do livro I
A ficha técnica do livro IA ficha técnica do livro I
A ficha técnica do livro I
 
Plano becre e@d 20 21
Plano becre e@d 20 21Plano becre e@d 20 21
Plano becre e@d 20 21
 
Catálogo Multimédia
Catálogo MultimédiaCatálogo Multimédia
Catálogo Multimédia
 
Manual de Procedimentos BE/CRE
Manual de Procedimentos BE/CREManual de Procedimentos BE/CRE
Manual de Procedimentos BE/CRE
 
Regras BE/CRE
Regras BE/CRERegras BE/CRE
Regras BE/CRE
 
Planificação por literacia por ciclos
Planificação por literacia por ciclosPlanificação por literacia por ciclos
Planificação por literacia por ciclos
 
Planificação literacia da informação 3º ciclo
Planificação literacia da informação   3º cicloPlanificação literacia da informação   3º ciclo
Planificação literacia da informação 3º ciclo
 
Planificação literacia da informação 2º ciclo
Planificação literacia da informação   2º cicloPlanificação literacia da informação   2º ciclo
Planificação literacia da informação 2º ciclo
 
Original planificação literacia da informação 1ºciclo
Original planificação literacia da informação  1ºcicloOriginal planificação literacia da informação  1ºciclo
Original planificação literacia da informação 1ºciclo
 
Planificação literacia da informação pre escolar
Planificação literacia da informação   pre escolarPlanificação literacia da informação   pre escolar
Planificação literacia da informação pre escolar
 
Ficha informativa divulgacao das sessoes newton
Ficha informativa   divulgacao das sessoes newtonFicha informativa   divulgacao das sessoes newton
Ficha informativa divulgacao das sessoes newton
 
Menú newton gostava de ler
Menú newton gostava de lerMenú newton gostava de ler
Menú newton gostava de ler
 

Último

O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 

Regras requisição domiciliária ag2

  • 1. REGRAS REQUISIÇÃO DOMICILIÁRIA 1. Os alunos, professores e funcionários da escola estão autorizados a recorrer ao serviço de empréstimo. Outros elementos da comunidade educativa poderão fazê- lo mediante uma inscrição prévia. 2. Prazos a cumprir no âmbito das requisições domiciliárias:  8 dias para a leitura de contos, fábulas, lendas, poesia, banda desenhada, livros didáticos, etc..  Findo o prazo da requisição, a mesma pessoa pode renovar o pedido de requisição da obra; NOTA: Para renovar uma requisição é preciso vir à biblioteca e informar o professor bibliotecário ou a Assistente Operacional que se pretende renovar a requisição; 3. O desrespeito do prazo acarretará uma penalização sob a forma de pagamento de multa equivalente a € 0,50 por cada semana de atraso na entrega da obra requisitada. 4. Livros que não podem ser requisitados para ler em casa:  Obras de referência: enciclopédias, dicionários, atlas, glossários, etc..  Livros de Literatura em formato álbum (livros de grandes dimensões);  Livros com formatos especiais ou com elementos tridimensionais; 5. Implicações para os alunos que danificarem ou perderem os livros requisitados para ler em casa:  Aquisição de um livro novo para substituir o que foi danificado ou que se extraviou;  Pagamento dum livro novo igual ao que foi danificado ou que se extraviou; 6. Podem ser requisitadas obras para leitura no decurso da interrupção das atividades letivas do Natal, do Carnaval e da Páscoa, sendo a sua requisição feita nos dois dias anteriores ao início das referidas interrupções e a entrega obrigatoriamente na primeira semana de aulas do período seguinte. No final do ano letivo, todos os documentos têm obrigatoriamente de ser entregues até ao último dia de aulas de cada turma/ano, podendo ser analisados individualmente os casos de alunos com exames nacionais ou a nível de Escola. 7. É expressamente proibido fazer anotações de qualquer tipo nos documentos da Biblioteca, pelo que os prevaricadoresidentificados terão de adquirir um documento igual para substituir o danificado. ESCOLA E.B. AGUALVA 2 BIBLIOTECA / CENTRO DE RECURSOS EDUCATIVOS