SlideShare uma empresa Scribd logo
Instituto Politécnico de Setúbal

        Escola Superior de Educação




Reflexão Individual



        Setúbal

       2009/2010
Instituto Politécnico de Setúbal
                      Escola Superior de Educação




Licenciatura em Educação Básica
3º Ano – Turma A
Discente Ana Santos




Unidade Curricular Língua Portuguesa e Tecnologias de Informação e
Comunicação
Docentes: Helena Camacho
          Rosário Rodrigues




                                                         Reflexão Individual




                                   Setúbal
                                  2009/2010
A presente reflexão foi concebida no âmbito da unidade curricular Língua
Portuguesa e Tecnologias de Informação e Comunicação tendo como
objectivos dar a conhecer o trabalho individual e de grupo desenvolvido e as
aprendizagens e/ou competências adquiridas ao longo do semestre para a
referida unidade curricular.


      A realização do projecto proposto pelas docentes, ou seja, a construção
do blogue Língua Portuguesa e TIC foi realizada com a cooperação da minha
colega Ana Ortet. Assim, juntas delineámos a estrutura física do blogue tendo
em conta alguns critérios que considerámos importantes, como a utilização de
um fundo de cor escura, que não transmite muita luminosidade e não cansa a
vista e a organização do blogue que tentámos que fosse o mais clara possível,
através de aplicações disponíveis como as etiquetas que facilitam a consulta
dos post’s inseridos no blogue.
      De seguida procedemos à criação dos conteúdos a ser inseridos no
blogue como os jogos construídos através do Jclic, o filme criado com o
Photostory, a análise de programas televisivos e comentários a temas
pertinentes acerca da língua portuguesa e das TIC, sendo que onde senti
maiores dificuldades, que foram superadas com o auxilio da docente Rosário
Rodrigues e de outras colegas com quem partilhava informações, foi na criação
de jogos com o programa Jclic, pois no inicio tivemos algumas dificuldades
técnicas e de ordem pedagógica, porque não tínhamos ainda a noção de um
conjunto de aspectos que deveriam ser tidos em conta para que os jogos
proporcionassem     experiências   e   aprendizagens   significativas,   como   a
abordagem do tema escolhido, a disposição das imagens, o tipo de animações
e sons a que se recorre, que quando mal colocados distraem as crianças
daquilo que se pretende que elas façam e das cores, tipos de letra e tamanhos
que são essenciais para a compreensão da tarefa.
      Os trabalhos produzidos foram realizados sempre em conjunto com a
minha colega, exceptuando a análise a programas televisivos onde
individualmente cada uma elaborou um comentário a dois programas, devido à
falta de tempo para nos encontrarmos, sendo esta uma das dificuldades que
enfrentámos.
Como enunciado no programa da unidade curricular “No final desta UC,
espera-se que os estudantes adquiram competências de literacia digital que
lhes permitam autonomia enquanto utilizadores e, ao mesmo tempo,
experimentem      as    potencialidades    das   TIC     no   desenvolvimento     de
competências comunicativas em língua portuguesa, designadamente de
compreensão e expressão oral, leitura e escrita.”. Tendo em conta as
experiências e os trabalhos produzidos ao longo do semestre creio que
consegui desenvolver as competências esperadas, não só ao nível do saber
teórico mas também da concretização prática desse saber.
      Deste modo, acredito que o uso das TIC em contexto de sala de aula,
quando utilizadas de forma pertinente e com uma intenção pedagógica definida
pode ser uma mais-valia para a prática profissional dos docentes e para o
desenvolvimento        de   competências   por   parte    dos   alunos,   visto   as
aprendizagens serem mais significativas para estes quando se encontram
motivados para elas, e desempenhando as TIC um papel tão importante nas
suas vidas, não se as deve rejeitar na escola mas sim aplicar de modo
construtivo.
      No entanto, é verdade que o recurso às TIC na educação dá trabalho, e
que muitas vezes as crianças sabem já mais sobre elas do que os próprios
docentes visto cada vez mais nascerem envolvidas neste mundo tecnológico,
pois é facto conhecido que actualmente cada vez é maior o número de crianças
que por exemplo ao nível do pré-escolar, ainda sem saberem ler ou escrever
conseguem ligar um computador e ir à internet jogar sozinhas.
       Assim torna-se imperativo que os profissionais da educação se
consciencializem para as mudanças a decorrer actualmente na sociedade e
procurem dar resposta aos apelos e necessidades destas crianças partindo das
suas vivências reais para o desenvolvimento pleno das suas competências,
sendo de referir que faz parte da condição do professor/educador actual se
auto-motivar para a aprendizagem das TIC, investindo nesta e em outras áreas
para a sua formação profissional e melhoramento da prática pedagógica.
       Finalmente, também é de salientar a importância da partilha de saberes
e experiências entre os docentes que pode ser realizada através de
ferramentas como o Diigo e que é tão importante para o melhoramento
individual e de grupo da profissão docente e de tudo o que ela implica.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Clc 7 reflexão_sílvia_fernandes
Clc 7 reflexão_sílvia_fernandesClc 7 reflexão_sílvia_fernandes
Clc 7 reflexão_sílvia_fernandes
SILVIA G. FERNANDES
 
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra
João Lima
 
P.R.A ALEXANDRE TORRES-tecnico de ação educativa.docx
P.R.A ALEXANDRE TORRES-tecnico de ação educativa.docxP.R.A ALEXANDRE TORRES-tecnico de ação educativa.docx
P.R.A ALEXANDRE TORRES-tecnico de ação educativa.docx
BarbaraLuiza13
 
Relatório final pap leandro
Relatório final pap   leandroRelatório final pap   leandro
Relatório final pap leandro
Leandro Pacheco
 
Conectores discurso
Conectores discursoConectores discurso
Conectores discurso
sofiax
 
Guiao: Como fazer uma entrevista
Guiao: Como fazer uma entrevistaGuiao: Como fazer uma entrevista
Guiao: Como fazer uma entrevista
bedjoaoii
 
As diferenças na educação no estado novo para
As diferenças na educação no estado novo paraAs diferenças na educação no estado novo para
As diferenças na educação no estado novo para
Joana Algodão Doce
 
Reflexão - CP4
Reflexão - CP4Reflexão - CP4
Reflexão - CP4
Sizes & Patterns
 
Planos de sessão
Planos de sessãoPlanos de sessão
Planos de sessão
Ana Narciso
 
Reflexão - CP5
Reflexão - CP5Reflexão - CP5
Reflexão - CP5
Sizes & Patterns
 
Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)
Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)
Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)
Debora_Marques
 
Relatório da visita de estudo s. filipe
Relatório da visita de estudo s. filipeRelatório da visita de estudo s. filipe
Relatório da visita de estudo s. filipe
Tina Lima
 
Ana maria rasteiro reflexão ft ufcd 3273 corrigida pela mediadora
Ana maria rasteiro reflexão ft ufcd 3273 corrigida pela mediadoraAna maria rasteiro reflexão ft ufcd 3273 corrigida pela mediadora
Ana maria rasteiro reflexão ft ufcd 3273 corrigida pela mediadora
rasteiro
 
Modelo relatorio
Modelo relatorioModelo relatorio
Modelo relatorio
rsaloes
 
Relatorio susana
Relatorio susanaRelatorio susana
Relatorio susana
sucostamat
 
Livro dos jogos tradicionais portugueses
Livro dos jogos tradicionais portuguesesLivro dos jogos tradicionais portugueses
Livro dos jogos tradicionais portugueses
marferreira1971
 
Ana rasteiro reflexão ft_ufcd 3280
Ana rasteiro  reflexão ft_ufcd 3280Ana rasteiro  reflexão ft_ufcd 3280
Ana rasteiro reflexão ft_ufcd 3280
rasteiro
 
Reflexão - CP1
Reflexão - CP1Reflexão - CP1
Reflexão - CP1
Sizes & Patterns
 
Reflexão+final
Reflexão+finalReflexão+final
Reflexão+final
alexandranuneslopes
 
Plano de sessão
Plano de sessãoPlano de sessão
Plano de sessão
Daniela Lema Barros
 

Mais procurados (20)

Clc 7 reflexão_sílvia_fernandes
Clc 7 reflexão_sílvia_fernandesClc 7 reflexão_sílvia_fernandes
Clc 7 reflexão_sílvia_fernandes
 
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra
10 OrientaçãO Para A ElaboraçãO Do Pra
 
P.R.A ALEXANDRE TORRES-tecnico de ação educativa.docx
P.R.A ALEXANDRE TORRES-tecnico de ação educativa.docxP.R.A ALEXANDRE TORRES-tecnico de ação educativa.docx
P.R.A ALEXANDRE TORRES-tecnico de ação educativa.docx
 
Relatório final pap leandro
Relatório final pap   leandroRelatório final pap   leandro
Relatório final pap leandro
 
Conectores discurso
Conectores discursoConectores discurso
Conectores discurso
 
Guiao: Como fazer uma entrevista
Guiao: Como fazer uma entrevistaGuiao: Como fazer uma entrevista
Guiao: Como fazer uma entrevista
 
As diferenças na educação no estado novo para
As diferenças na educação no estado novo paraAs diferenças na educação no estado novo para
As diferenças na educação no estado novo para
 
Reflexão - CP4
Reflexão - CP4Reflexão - CP4
Reflexão - CP4
 
Planos de sessão
Planos de sessãoPlanos de sessão
Planos de sessão
 
Reflexão - CP5
Reflexão - CP5Reflexão - CP5
Reflexão - CP5
 
Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)
Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)
Projeto de Intervenção Pedagógica (PIP)
 
Relatório da visita de estudo s. filipe
Relatório da visita de estudo s. filipeRelatório da visita de estudo s. filipe
Relatório da visita de estudo s. filipe
 
Ana maria rasteiro reflexão ft ufcd 3273 corrigida pela mediadora
Ana maria rasteiro reflexão ft ufcd 3273 corrigida pela mediadoraAna maria rasteiro reflexão ft ufcd 3273 corrigida pela mediadora
Ana maria rasteiro reflexão ft ufcd 3273 corrigida pela mediadora
 
Modelo relatorio
Modelo relatorioModelo relatorio
Modelo relatorio
 
Relatorio susana
Relatorio susanaRelatorio susana
Relatorio susana
 
Livro dos jogos tradicionais portugueses
Livro dos jogos tradicionais portuguesesLivro dos jogos tradicionais portugueses
Livro dos jogos tradicionais portugueses
 
Ana rasteiro reflexão ft_ufcd 3280
Ana rasteiro  reflexão ft_ufcd 3280Ana rasteiro  reflexão ft_ufcd 3280
Ana rasteiro reflexão ft_ufcd 3280
 
Reflexão - CP1
Reflexão - CP1Reflexão - CP1
Reflexão - CP1
 
Reflexão+final
Reflexão+finalReflexão+final
Reflexão+final
 
Plano de sessão
Plano de sessãoPlano de sessão
Plano de sessão
 

Destaque

Relatório final reflexão critica
Relatório final reflexão criticaRelatório final reflexão critica
Relatório final reflexão critica
Manuel Sequeira
 
Ana rasteiro reflexão 3272 da comunicação e pedagogicas da criança corrigida ...
Ana rasteiro reflexão 3272 da comunicação e pedagogicas da criança corrigida ...Ana rasteiro reflexão 3272 da comunicação e pedagogicas da criança corrigida ...
Ana rasteiro reflexão 3272 da comunicação e pedagogicas da criança corrigida ...
rasteiro
 
Ana rasteiro reflexão ufcd 3275 ana rasteiro corrigida pela mediadora
Ana rasteiro reflexão  ufcd 3275 ana rasteiro corrigida pela mediadoraAna rasteiro reflexão  ufcd 3275 ana rasteiro corrigida pela mediadora
Ana rasteiro reflexão ufcd 3275 ana rasteiro corrigida pela mediadora
rasteiro
 
Relatorio critico
Relatorio criticoRelatorio critico
Relatorio critico
Margarida Costa
 
Relatório formação-plataforma moodle-1
Relatório formação-plataforma moodle-1Relatório formação-plataforma moodle-1
Relatório formação-plataforma moodle-1
fatimaneves28
 
relatorio-critico-auto-avaliacao
 relatorio-critico-auto-avaliacao relatorio-critico-auto-avaliacao
relatorio-critico-auto-avaliacao
7f14_15
 
STC - NG1 - DR1 (Jeferson) Electrodomésticos
STC - NG1 - DR1 (Jeferson) ElectrodomésticosSTC - NG1 - DR1 (Jeferson) Electrodomésticos
STC - NG1 - DR1 (Jeferson) Electrodomésticos
Alfredo Garcia
 
Reflexão crítica
Reflexão críticaReflexão crítica
Reflexão crítica
condelipes01
 
Cursos Efa Ns Metodologias e Planificação
Cursos Efa Ns Metodologias e PlanificaçãoCursos Efa Ns Metodologias e Planificação
Cursos Efa Ns Metodologias e Planificação
dulcesasil
 
Normas e forma do relatório/ reflexão crítica
Normas e forma do relatório/ reflexão críticaNormas e forma do relatório/ reflexão crítica
Normas e forma do relatório/ reflexão crítica
Cristina Couto Varela
 
ReflexãO Dna Clc
ReflexãO Dna ClcReflexãO Dna Clc
ReflexãO Dna Clc
mega
 
Clc 1. equipamentos
Clc 1. equipamentosClc 1. equipamentos
Clc 1. equipamentos
mariajoao500
 
Ng1 Equipamentos E Sistemas TéCnicos
Ng1   Equipamentos E Sistemas TéCnicosNg1   Equipamentos E Sistemas TéCnicos
Ng1 Equipamentos E Sistemas TéCnicos
cris80
 
Reflexão - CLCLEI
Reflexão - CLCLEIReflexão - CLCLEI
Reflexão - CLCLEI
Sizes & Patterns
 

Destaque (15)

ReflexãO Critica
ReflexãO CriticaReflexãO Critica
ReflexãO Critica
 
Relatório final reflexão critica
Relatório final reflexão criticaRelatório final reflexão critica
Relatório final reflexão critica
 
Ana rasteiro reflexão 3272 da comunicação e pedagogicas da criança corrigida ...
Ana rasteiro reflexão 3272 da comunicação e pedagogicas da criança corrigida ...Ana rasteiro reflexão 3272 da comunicação e pedagogicas da criança corrigida ...
Ana rasteiro reflexão 3272 da comunicação e pedagogicas da criança corrigida ...
 
Ana rasteiro reflexão ufcd 3275 ana rasteiro corrigida pela mediadora
Ana rasteiro reflexão  ufcd 3275 ana rasteiro corrigida pela mediadoraAna rasteiro reflexão  ufcd 3275 ana rasteiro corrigida pela mediadora
Ana rasteiro reflexão ufcd 3275 ana rasteiro corrigida pela mediadora
 
Relatorio critico
Relatorio criticoRelatorio critico
Relatorio critico
 
Relatório formação-plataforma moodle-1
Relatório formação-plataforma moodle-1Relatório formação-plataforma moodle-1
Relatório formação-plataforma moodle-1
 
relatorio-critico-auto-avaliacao
 relatorio-critico-auto-avaliacao relatorio-critico-auto-avaliacao
relatorio-critico-auto-avaliacao
 
STC - NG1 - DR1 (Jeferson) Electrodomésticos
STC - NG1 - DR1 (Jeferson) ElectrodomésticosSTC - NG1 - DR1 (Jeferson) Electrodomésticos
STC - NG1 - DR1 (Jeferson) Electrodomésticos
 
Reflexão crítica
Reflexão críticaReflexão crítica
Reflexão crítica
 
Cursos Efa Ns Metodologias e Planificação
Cursos Efa Ns Metodologias e PlanificaçãoCursos Efa Ns Metodologias e Planificação
Cursos Efa Ns Metodologias e Planificação
 
Normas e forma do relatório/ reflexão crítica
Normas e forma do relatório/ reflexão críticaNormas e forma do relatório/ reflexão crítica
Normas e forma do relatório/ reflexão crítica
 
ReflexãO Dna Clc
ReflexãO Dna ClcReflexãO Dna Clc
ReflexãO Dna Clc
 
Clc 1. equipamentos
Clc 1. equipamentosClc 1. equipamentos
Clc 1. equipamentos
 
Ng1 Equipamentos E Sistemas TéCnicos
Ng1   Equipamentos E Sistemas TéCnicosNg1   Equipamentos E Sistemas TéCnicos
Ng1 Equipamentos E Sistemas TéCnicos
 
Reflexão - CLCLEI
Reflexão - CLCLEIReflexão - CLCLEI
Reflexão - CLCLEI
 

Semelhante a ReflexãO Individual Ana Santos

ReflexãO Individual Lptic - Ana
ReflexãO Individual Lptic - AnaReflexãO Individual Lptic - Ana
ReflexãO Individual Lptic - Ana
anainesbg
 
Actividade Blogue Final
Actividade Blogue FinalActividade Blogue Final
Actividade Blogue Final
ascotas
 
ReflexãO Final Ilda Para Lp Tic
ReflexãO Final Ilda Para Lp TicReflexãO Final Ilda Para Lp Tic
ReflexãO Final Ilda Para Lp Tic
ascotas
 
ReflexãO Final Natalina Tic
ReflexãO Final Natalina TicReflexãO Final Natalina Tic
ReflexãO Final Natalina Tic
ascotas
 
Reflexão Final - Inês
Reflexão Final - InêsReflexão Final - Inês
Reflexão Final - Inês
'Ines Tavares
 
Reflexao individual cláudia
Reflexao individual   cláudiaReflexao individual   cláudia
Reflexao individual cláudia
Ines Bá
 
ReflexãO Individual Ana Ortet
ReflexãO Individual Ana OrtetReflexãO Individual Ana Ortet
ReflexãO Individual Ana Ortet
AnaSAnaO
 
Restinga Sêca - Guiomar Cezar Cabral
Restinga Sêca - Guiomar Cezar CabralRestinga Sêca - Guiomar Cezar Cabral
Restinga Sêca - Guiomar Cezar Cabral
CursoTICs
 
Reflexão Final da Unidade Curricular – Ana Carvalho
Reflexão Final da Unidade Curricular – Ana CarvalhoReflexão Final da Unidade Curricular – Ana Carvalho
Reflexão Final da Unidade Curricular – Ana Carvalho
AnaAndreia
 
Tic Lingua Portuguesa Reflexao
Tic Lingua Portuguesa   ReflexaoTic Lingua Portuguesa   Reflexao
Tic Lingua Portuguesa Reflexao
AnaAndreia
 
Ativ. 4.3 ti cs
Ativ. 4.3 ti csAtiv. 4.3 ti cs
Ativ. 4.3 ti cs
mariadapazgomes
 
Projetooficina Tla M Iv1[1]
Projetooficina Tla M Iv1[1]Projetooficina Tla M Iv1[1]
Projetooficina Tla M Iv1[1]
sanrose18
 
Portifolio ana 2011
Portifolio ana 2011Portifolio ana 2011
Portifolio ana 2011
Ana Paula Pires
 
São João do Polêsine - Gladis Helena Brondani
São João do Polêsine - Gladis Helena BrondaniSão João do Polêsine - Gladis Helena Brondani
São João do Polêsine - Gladis Helena Brondani
CursoTICs
 
Criacao do blog
Criacao do blogCriacao do blog
Criacao do blog
ProfCarlosRodrigues
 
Modulo 04-ativ-4-4-tcc-grupo-compartilhar
Modulo 04-ativ-4-4-tcc-grupo-compartilharModulo 04-ativ-4-4-tcc-grupo-compartilhar
Modulo 04-ativ-4-4-tcc-grupo-compartilhar
Secretaria Municipal de Educação de Dona Inês/PB
 
Portugues instrumental ifes
Portugues instrumental ifesPortugues instrumental ifes
Portugues instrumental ifes
Marli Santos
 
Portfólio digital Goreth Araújo
Portfólio digital Goreth AraújoPortfólio digital Goreth Araújo
Portfólio digital Goreth Araújo
Goreth Araujo
 
Projeto oficina
Projeto oficinaProjeto oficina
Projeto oficina
sanrose18
 
Dinalva versaofinal
Dinalva versaofinalDinalva versaofinal
Dinalva versaofinal
Valéria da Costa
 

Semelhante a ReflexãO Individual Ana Santos (20)

ReflexãO Individual Lptic - Ana
ReflexãO Individual Lptic - AnaReflexãO Individual Lptic - Ana
ReflexãO Individual Lptic - Ana
 
Actividade Blogue Final
Actividade Blogue FinalActividade Blogue Final
Actividade Blogue Final
 
ReflexãO Final Ilda Para Lp Tic
ReflexãO Final Ilda Para Lp TicReflexãO Final Ilda Para Lp Tic
ReflexãO Final Ilda Para Lp Tic
 
ReflexãO Final Natalina Tic
ReflexãO Final Natalina TicReflexãO Final Natalina Tic
ReflexãO Final Natalina Tic
 
Reflexão Final - Inês
Reflexão Final - InêsReflexão Final - Inês
Reflexão Final - Inês
 
Reflexao individual cláudia
Reflexao individual   cláudiaReflexao individual   cláudia
Reflexao individual cláudia
 
ReflexãO Individual Ana Ortet
ReflexãO Individual Ana OrtetReflexãO Individual Ana Ortet
ReflexãO Individual Ana Ortet
 
Restinga Sêca - Guiomar Cezar Cabral
Restinga Sêca - Guiomar Cezar CabralRestinga Sêca - Guiomar Cezar Cabral
Restinga Sêca - Guiomar Cezar Cabral
 
Reflexão Final da Unidade Curricular – Ana Carvalho
Reflexão Final da Unidade Curricular – Ana CarvalhoReflexão Final da Unidade Curricular – Ana Carvalho
Reflexão Final da Unidade Curricular – Ana Carvalho
 
Tic Lingua Portuguesa Reflexao
Tic Lingua Portuguesa   ReflexaoTic Lingua Portuguesa   Reflexao
Tic Lingua Portuguesa Reflexao
 
Ativ. 4.3 ti cs
Ativ. 4.3 ti csAtiv. 4.3 ti cs
Ativ. 4.3 ti cs
 
Projetooficina Tla M Iv1[1]
Projetooficina Tla M Iv1[1]Projetooficina Tla M Iv1[1]
Projetooficina Tla M Iv1[1]
 
Portifolio ana 2011
Portifolio ana 2011Portifolio ana 2011
Portifolio ana 2011
 
São João do Polêsine - Gladis Helena Brondani
São João do Polêsine - Gladis Helena BrondaniSão João do Polêsine - Gladis Helena Brondani
São João do Polêsine - Gladis Helena Brondani
 
Criacao do blog
Criacao do blogCriacao do blog
Criacao do blog
 
Modulo 04-ativ-4-4-tcc-grupo-compartilhar
Modulo 04-ativ-4-4-tcc-grupo-compartilharModulo 04-ativ-4-4-tcc-grupo-compartilhar
Modulo 04-ativ-4-4-tcc-grupo-compartilhar
 
Portugues instrumental ifes
Portugues instrumental ifesPortugues instrumental ifes
Portugues instrumental ifes
 
Portfólio digital Goreth Araújo
Portfólio digital Goreth AraújoPortfólio digital Goreth Araújo
Portfólio digital Goreth Araújo
 
Projeto oficina
Projeto oficinaProjeto oficina
Projeto oficina
 
Dinalva versaofinal
Dinalva versaofinalDinalva versaofinal
Dinalva versaofinal
 

Mais de AnaSAnaO

AnáLise De Um Programa Televisivo A Alma E A Gente
AnáLise De Um Programa Televisivo   A Alma E A GenteAnáLise De Um Programa Televisivo   A Alma E A Gente
AnáLise De Um Programa Televisivo A Alma E A Gente
AnaSAnaO
 
Bibliotecas Digitais CenáRios E Perspectivas
Bibliotecas Digitais   CenáRios E PerspectivasBibliotecas Digitais   CenáRios E Perspectivas
Bibliotecas Digitais CenáRios E Perspectivas
AnaSAnaO
 
AnáLise De Um Programa Televisivo Clube Winx
AnáLise De Um Programa Televisivo   Clube WinxAnáLise De Um Programa Televisivo   Clube Winx
AnáLise De Um Programa Televisivo Clube Winx
AnaSAnaO
 
ComentáRio A Programas Televisivos Ana Ortet
ComentáRio A Programas Televisivos   Ana OrtetComentáRio A Programas Televisivos   Ana Ortet
ComentáRio A Programas Televisivos Ana Ortet
AnaSAnaO
 
Propostas De Actividades Romance Da Raposa
Propostas De Actividades Romance Da RaposaPropostas De Actividades Romance Da Raposa
Propostas De Actividades Romance Da Raposa
AnaSAnaO
 
PlanificaçãO Da Montagem Do Filme A Revolta Das Letras
PlanificaçãO Da Montagem Do Filme A Revolta Das LetrasPlanificaçãO Da Montagem Do Filme A Revolta Das Letras
PlanificaçãO Da Montagem Do Filme A Revolta Das Letras
AnaSAnaO
 
Guia Photo Story 3
Guia Photo Story 3Guia Photo Story 3
Guia Photo Story 3
AnaSAnaO
 
HistóRia A Revolta Das Letras
HistóRia A Revolta Das LetrasHistóRia A Revolta Das Letras
HistóRia A Revolta Das Letras
AnaSAnaO
 
SíNtese
SíNteseSíNtese
SíNtese
AnaSAnaO
 
RecensãO Critica
RecensãO CriticaRecensãO Critica
RecensãO Critica
AnaSAnaO
 

Mais de AnaSAnaO (10)

AnáLise De Um Programa Televisivo A Alma E A Gente
AnáLise De Um Programa Televisivo   A Alma E A GenteAnáLise De Um Programa Televisivo   A Alma E A Gente
AnáLise De Um Programa Televisivo A Alma E A Gente
 
Bibliotecas Digitais CenáRios E Perspectivas
Bibliotecas Digitais   CenáRios E PerspectivasBibliotecas Digitais   CenáRios E Perspectivas
Bibliotecas Digitais CenáRios E Perspectivas
 
AnáLise De Um Programa Televisivo Clube Winx
AnáLise De Um Programa Televisivo   Clube WinxAnáLise De Um Programa Televisivo   Clube Winx
AnáLise De Um Programa Televisivo Clube Winx
 
ComentáRio A Programas Televisivos Ana Ortet
ComentáRio A Programas Televisivos   Ana OrtetComentáRio A Programas Televisivos   Ana Ortet
ComentáRio A Programas Televisivos Ana Ortet
 
Propostas De Actividades Romance Da Raposa
Propostas De Actividades Romance Da RaposaPropostas De Actividades Romance Da Raposa
Propostas De Actividades Romance Da Raposa
 
PlanificaçãO Da Montagem Do Filme A Revolta Das Letras
PlanificaçãO Da Montagem Do Filme A Revolta Das LetrasPlanificaçãO Da Montagem Do Filme A Revolta Das Letras
PlanificaçãO Da Montagem Do Filme A Revolta Das Letras
 
Guia Photo Story 3
Guia Photo Story 3Guia Photo Story 3
Guia Photo Story 3
 
HistóRia A Revolta Das Letras
HistóRia A Revolta Das LetrasHistóRia A Revolta Das Letras
HistóRia A Revolta Das Letras
 
SíNtese
SíNteseSíNtese
SíNtese
 
RecensãO Critica
RecensãO CriticaRecensãO Critica
RecensãO Critica
 

ReflexãO Individual Ana Santos

  • 1. Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação Reflexão Individual Setúbal 2009/2010
  • 2. Instituto Politécnico de Setúbal Escola Superior de Educação Licenciatura em Educação Básica 3º Ano – Turma A Discente Ana Santos Unidade Curricular Língua Portuguesa e Tecnologias de Informação e Comunicação Docentes: Helena Camacho Rosário Rodrigues Reflexão Individual Setúbal 2009/2010
  • 3. A presente reflexão foi concebida no âmbito da unidade curricular Língua Portuguesa e Tecnologias de Informação e Comunicação tendo como objectivos dar a conhecer o trabalho individual e de grupo desenvolvido e as aprendizagens e/ou competências adquiridas ao longo do semestre para a referida unidade curricular. A realização do projecto proposto pelas docentes, ou seja, a construção do blogue Língua Portuguesa e TIC foi realizada com a cooperação da minha colega Ana Ortet. Assim, juntas delineámos a estrutura física do blogue tendo em conta alguns critérios que considerámos importantes, como a utilização de um fundo de cor escura, que não transmite muita luminosidade e não cansa a vista e a organização do blogue que tentámos que fosse o mais clara possível, através de aplicações disponíveis como as etiquetas que facilitam a consulta dos post’s inseridos no blogue. De seguida procedemos à criação dos conteúdos a ser inseridos no blogue como os jogos construídos através do Jclic, o filme criado com o Photostory, a análise de programas televisivos e comentários a temas pertinentes acerca da língua portuguesa e das TIC, sendo que onde senti maiores dificuldades, que foram superadas com o auxilio da docente Rosário Rodrigues e de outras colegas com quem partilhava informações, foi na criação de jogos com o programa Jclic, pois no inicio tivemos algumas dificuldades técnicas e de ordem pedagógica, porque não tínhamos ainda a noção de um conjunto de aspectos que deveriam ser tidos em conta para que os jogos proporcionassem experiências e aprendizagens significativas, como a abordagem do tema escolhido, a disposição das imagens, o tipo de animações e sons a que se recorre, que quando mal colocados distraem as crianças daquilo que se pretende que elas façam e das cores, tipos de letra e tamanhos que são essenciais para a compreensão da tarefa. Os trabalhos produzidos foram realizados sempre em conjunto com a minha colega, exceptuando a análise a programas televisivos onde individualmente cada uma elaborou um comentário a dois programas, devido à falta de tempo para nos encontrarmos, sendo esta uma das dificuldades que enfrentámos.
  • 4. Como enunciado no programa da unidade curricular “No final desta UC, espera-se que os estudantes adquiram competências de literacia digital que lhes permitam autonomia enquanto utilizadores e, ao mesmo tempo, experimentem as potencialidades das TIC no desenvolvimento de competências comunicativas em língua portuguesa, designadamente de compreensão e expressão oral, leitura e escrita.”. Tendo em conta as experiências e os trabalhos produzidos ao longo do semestre creio que consegui desenvolver as competências esperadas, não só ao nível do saber teórico mas também da concretização prática desse saber. Deste modo, acredito que o uso das TIC em contexto de sala de aula, quando utilizadas de forma pertinente e com uma intenção pedagógica definida pode ser uma mais-valia para a prática profissional dos docentes e para o desenvolvimento de competências por parte dos alunos, visto as aprendizagens serem mais significativas para estes quando se encontram motivados para elas, e desempenhando as TIC um papel tão importante nas suas vidas, não se as deve rejeitar na escola mas sim aplicar de modo construtivo. No entanto, é verdade que o recurso às TIC na educação dá trabalho, e que muitas vezes as crianças sabem já mais sobre elas do que os próprios docentes visto cada vez mais nascerem envolvidas neste mundo tecnológico, pois é facto conhecido que actualmente cada vez é maior o número de crianças que por exemplo ao nível do pré-escolar, ainda sem saberem ler ou escrever conseguem ligar um computador e ir à internet jogar sozinhas. Assim torna-se imperativo que os profissionais da educação se consciencializem para as mudanças a decorrer actualmente na sociedade e procurem dar resposta aos apelos e necessidades destas crianças partindo das suas vivências reais para o desenvolvimento pleno das suas competências, sendo de referir que faz parte da condição do professor/educador actual se auto-motivar para a aprendizagem das TIC, investindo nesta e em outras áreas para a sua formação profissional e melhoramento da prática pedagógica. Finalmente, também é de salientar a importância da partilha de saberes e experiências entre os docentes que pode ser realizada através de ferramentas como o Diigo e que é tão importante para o melhoramento individual e de grupo da profissão docente e de tudo o que ela implica.