SlideShare uma empresa Scribd logo
qEntenda como funciona o refino do petróleo:Editoria de Arte/JC 
Gases 
Nafta 
Gasolina 
Querosene 
Diesel 
Óleos lubrificantes 
Fuel 
Resíduo/alcatrão 
Petróleo 
bruto 
20°C 
70°C 
120°C 
170°C 
270°C 
345°C 
370°C 600°C 
1. Em fornos, o petróleo é 
aquecido a uma temperatura de 
370°C e é transferido para uma 
torre na unidade de destilação 
atmosférica (UDA). 
2. Quando aquecemos água na 
nossa casa percebemos o vapor 
subindo para a atmosfera. Assim 
acontece com o petróleo dentro da 
torre de destilação. Essa torre tem 
bandejas com temperaturas 
diferentes dentro dela. As 
moléculas mais leves do óleo 
sobem para os pontos mais altos e 
com temperaturas mais baixas na 
coluna e os mais pesados descem. 
3. O vapor se condensa e, 
dependendo da temperatura, volta 
ao estado líquido em forma de 
produtos derivados como gás 
liquefeito de petróleo (o gás de 
cozinha), nafta, gasolina, querosene, 
diesel, óleos lubrificantes e asfalto. 
4. Depois desse processo de 
destilação, os produtos passam 
para as fases de conversão e 
tratamento. É o momento de 
adequar os produtos à qualidade 
exigida pelo mercado. 
5. As unidades de 
coqueamento retardado 
(UCR) tratam os 
resíduos do processo de 
destilação. Os óleos que 
sobram no processo se 
transformam no coque. 
Produto sólido, negro e 
brilhante, o coque é 
usado pelas indústrias 
de alumínio, cimento, 
metalurgia e construção 
(para fazer asfalto). 
6. Ainda na terceira fase do refino estão 
as unidades de hidrotratamento de diesel 
(UHD), que são responsáveis por remover o 
excesso de substâncias poluentes do 
produto, a exemplo de enxofre, nitrogênio, 
oxigênio e aromáticos. O diesel brasileiro já 
teve até 1.800 partes de por milhão (500 
ppm) de enxofre. Hoje, o País se adequou 
às normas internacionais e já comercializa 
diesel com baixo teor de enxofre, entre 50 
e 10 ppm. O mesmo acontece com a nafta, 
que tem alto teor de carbono e hidrogênio, 
e precisa passar pela unidade de 
hidrotratamento de nafta (UHT-N). 
7. Na unidade de geração de 
hidrogênio (UGH), a refinaria 
como gerar gases para consumo 
próprio e para comercializar. 
Enquanto nas unidades de 
abatimento de emissões (SNOX) 
será realizado o tratamento de 
gases ácidos (sulfeto de 
hidrogênio e amônia), além dos 
óxidos de enxofre e hidrogênio. O 
subproduto desse processo é o 
ácido sulfúrico, utilizado pelas 
indústrias de fertilizantes, 
mineração e explosivos.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

04_Aula Petróleo
04_Aula Petróleo04_Aula Petróleo
04_Aula Petróleo
Homero Alves de Lima
 
Querosene e parafina
Querosene e parafinaQuerosene e parafina
Querosene e parafina
Odilon Voss
 
1695
16951695
1695
Pelo Siro
 
1704
17041704
1704
Pelo Siro
 
Destilação do Petróleo
Destilação do PetróleoDestilação do Petróleo
Destilação do Petróleo
Indianara Gomes
 
Acido sulfurico manual de acido sulfurico
Acido sulfurico    manual de acido sulfuricoAcido sulfurico    manual de acido sulfurico
Acido sulfurico manual de acido sulfurico
zetec10
 
Hidrocarbonetos[1]
Hidrocarbonetos[1]Hidrocarbonetos[1]
Hidrocarbonetos[1]
Kelly Cristina Araujo
 
Óleo lubrificante
Óleo lubrificanteÓleo lubrificante
Óleo lubrificante
Gabriel Martinelli
 
Petroleo hidrocarbonetos
Petroleo hidrocarbonetosPetroleo hidrocarbonetos
Petroleo hidrocarbonetos
Karol Maia
 
Petróleo e seus derivados
Petróleo e seus derivadosPetróleo e seus derivados
Petróleo e seus derivados
arthuremilioholdefer
 
Aula 1 profº pedro - ibrapeq
Aula 1   profº pedro - ibrapeqAula 1   profº pedro - ibrapeq
Aula 1 profº pedro - ibrapeq
Pedro Monteiro
 
Manutenção dos transformadores e tratamento de óleos isolantes
Manutenção dos transformadores e tratamento de óleos isolantesManutenção dos transformadores e tratamento de óleos isolantes
Manutenção dos transformadores e tratamento de óleos isolantes
GlobeCore
 
Coque
CoqueCoque
áCidos graxos em óleo
áCidos graxos em óleoáCidos graxos em óleo
áCidos graxos em óleo
allisonthome
 
Co1
Co1Co1
Gasolina x Álcool
Gasolina x ÁlcoolGasolina x Álcool
Gasolina x Álcool
wddan
 
Petroleo2
Petroleo2Petroleo2
Petroleo2
Cida Marconcine
 
Máquina térmica
Máquina térmicaMáquina térmica
Máquina térmica
lucaschaves1221
 

Mais procurados (18)

04_Aula Petróleo
04_Aula Petróleo04_Aula Petróleo
04_Aula Petróleo
 
Querosene e parafina
Querosene e parafinaQuerosene e parafina
Querosene e parafina
 
1695
16951695
1695
 
1704
17041704
1704
 
Destilação do Petróleo
Destilação do PetróleoDestilação do Petróleo
Destilação do Petróleo
 
Acido sulfurico manual de acido sulfurico
Acido sulfurico    manual de acido sulfuricoAcido sulfurico    manual de acido sulfurico
Acido sulfurico manual de acido sulfurico
 
Hidrocarbonetos[1]
Hidrocarbonetos[1]Hidrocarbonetos[1]
Hidrocarbonetos[1]
 
Óleo lubrificante
Óleo lubrificanteÓleo lubrificante
Óleo lubrificante
 
Petroleo hidrocarbonetos
Petroleo hidrocarbonetosPetroleo hidrocarbonetos
Petroleo hidrocarbonetos
 
Petróleo e seus derivados
Petróleo e seus derivadosPetróleo e seus derivados
Petróleo e seus derivados
 
Aula 1 profº pedro - ibrapeq
Aula 1   profº pedro - ibrapeqAula 1   profº pedro - ibrapeq
Aula 1 profº pedro - ibrapeq
 
Manutenção dos transformadores e tratamento de óleos isolantes
Manutenção dos transformadores e tratamento de óleos isolantesManutenção dos transformadores e tratamento de óleos isolantes
Manutenção dos transformadores e tratamento de óleos isolantes
 
Coque
CoqueCoque
Coque
 
áCidos graxos em óleo
áCidos graxos em óleoáCidos graxos em óleo
áCidos graxos em óleo
 
Co1
Co1Co1
Co1
 
Gasolina x Álcool
Gasolina x ÁlcoolGasolina x Álcool
Gasolina x Álcool
 
Petroleo2
Petroleo2Petroleo2
Petroleo2
 
Máquina térmica
Máquina térmicaMáquina térmica
Máquina térmica
 

Destaque

Quimica Alimentos Lipideos Iii
Quimica Alimentos Lipideos IiiQuimica Alimentos Lipideos Iii
Quimica Alimentos Lipideos Iii
Ricardo Stefani
 
Produção Sustentável de Óleos Vegetais - Agropalma
Produção Sustentável de Óleos Vegetais - AgropalmaProdução Sustentável de Óleos Vegetais - Agropalma
Produção Sustentável de Óleos Vegetais - Agropalma
equipeagroplus
 
Apresentação projeto salve óleo
Apresentação projeto salve óleoApresentação projeto salve óleo
Apresentação projeto salve óleo
Ana Carolina Rodrigues
 
Workshop: Produção Sustentável de Óleos Vegetais - Biopalma
Workshop: Produção Sustentável de Óleos Vegetais - BiopalmaWorkshop: Produção Sustentável de Óleos Vegetais - Biopalma
Workshop: Produção Sustentável de Óleos Vegetais - Biopalma
equipeagroplus
 
Segurança na coleta de sementes e produção de mudas
Segurança na coleta de sementes e produção de mudasSegurança na coleta de sementes e produção de mudas
Segurança na coleta de sementes e produção de mudas
Roosevelt Almado
 
degomagem
degomagemdegomagem
Projeto de Fabricação de Sabão Ecológico e Reciclagem de Papel na ASCAMARC
Projeto de Fabricação de Sabão Ecológico e Reciclagem de Papel na ASCAMARCProjeto de Fabricação de Sabão Ecológico e Reciclagem de Papel na ASCAMARC
Projeto de Fabricação de Sabão Ecológico e Reciclagem de Papel na ASCAMARC
Ingrid Lorrana Ferreira Sobreira
 
oleos e gorduras
oleos e gordurasoleos e gorduras
oleos e gorduras
Alissa Alassia
 
Fábrica de sabão ecológico
Fábrica de sabão ecológicoFábrica de sabão ecológico
Fábrica de sabão ecológico
Iris Aparecida
 

Destaque (9)

Quimica Alimentos Lipideos Iii
Quimica Alimentos Lipideos IiiQuimica Alimentos Lipideos Iii
Quimica Alimentos Lipideos Iii
 
Produção Sustentável de Óleos Vegetais - Agropalma
Produção Sustentável de Óleos Vegetais - AgropalmaProdução Sustentável de Óleos Vegetais - Agropalma
Produção Sustentável de Óleos Vegetais - Agropalma
 
Apresentação projeto salve óleo
Apresentação projeto salve óleoApresentação projeto salve óleo
Apresentação projeto salve óleo
 
Workshop: Produção Sustentável de Óleos Vegetais - Biopalma
Workshop: Produção Sustentável de Óleos Vegetais - BiopalmaWorkshop: Produção Sustentável de Óleos Vegetais - Biopalma
Workshop: Produção Sustentável de Óleos Vegetais - Biopalma
 
Segurança na coleta de sementes e produção de mudas
Segurança na coleta de sementes e produção de mudasSegurança na coleta de sementes e produção de mudas
Segurança na coleta de sementes e produção de mudas
 
degomagem
degomagemdegomagem
degomagem
 
Projeto de Fabricação de Sabão Ecológico e Reciclagem de Papel na ASCAMARC
Projeto de Fabricação de Sabão Ecológico e Reciclagem de Papel na ASCAMARCProjeto de Fabricação de Sabão Ecológico e Reciclagem de Papel na ASCAMARC
Projeto de Fabricação de Sabão Ecológico e Reciclagem de Papel na ASCAMARC
 
oleos e gorduras
oleos e gordurasoleos e gorduras
oleos e gorduras
 
Fábrica de sabão ecológico
Fábrica de sabão ecológicoFábrica de sabão ecológico
Fábrica de sabão ecológico
 

Semelhante a Refinariaesquema

TQI I Aula 5 Gases Industriais novo.pptx
TQI I Aula 5 Gases Industriais novo.pptxTQI I Aula 5 Gases Industriais novo.pptx
TQI I Aula 5 Gases Industriais novo.pptx
AndrTurin
 
A4 combustiveis isi
A4   combustiveis isiA4   combustiveis isi
A4 combustiveis isi
Leandro Souza
 
Processo de refinação do petróleo
Processo de refinação do petróleoProcesso de refinação do petróleo
Processo de refinação do petróleo
Ajudar Pessoas
 
Petróleo e gás natural - 10º D
Petróleo  e gás natural - 10º DPetróleo  e gás natural - 10º D
Petróleo e gás natural - 10º D
Física Química A
 
Processos Químicos 1.docx
Processos Químicos 1.docxProcessos Químicos 1.docx
Processos Químicos 1.docx
MarcoAntonioBumba1
 
Aula 1 combustíveis
Aula 1   combustíveisAula 1   combustíveis
Aula 1 combustíveis
Alexsandra Valerio
 
Carvão mineral e vegetal
Carvão mineral e vegetalCarvão mineral e vegetal
Carvão mineral e vegetal
Wesley Germano Otávio
 
Aula 01 - Noções de Processamento Químico e Outros.pdf
Aula 01 - Noções de Processamento Químico e Outros.pdfAula 01 - Noções de Processamento Químico e Outros.pdf
Aula 01 - Noções de Processamento Químico e Outros.pdf
coteibras
 
Petróleo e gasolina
Petróleo e gasolinaPetróleo e gasolina
Petróleo e gasolina
Turma Olímpica
 
QUIMICA AMBIENTAL PARA PRE ENEM, PROBLEMAS AMBIENTAIS
QUIMICA AMBIENTAL PARA PRE ENEM, PROBLEMAS AMBIENTAISQUIMICA AMBIENTAL PARA PRE ENEM, PROBLEMAS AMBIENTAIS
QUIMICA AMBIENTAL PARA PRE ENEM, PROBLEMAS AMBIENTAIS
KellyLourdielySantos
 
Aula 2 Gases Industriais - 2012 (UNIFEB)
Aula 2   Gases Industriais - 2012 (UNIFEB)Aula 2   Gases Industriais - 2012 (UNIFEB)
Aula 2 Gases Industriais - 2012 (UNIFEB)
José Marcelo Cangemi
 
Trabalho sobre petróleo
Trabalho sobre petróleoTrabalho sobre petróleo
Trabalho sobre petróleo
Eduardo Chaves
 
Gasolina automotiva
Gasolina automotivaGasolina automotiva
Gasolina automotiva
Evaldo Cardozo
 
Gaseificação
GaseificaçãoGaseificação
Gaseificação
Bianca Medeiros
 
Opu operações-unitárias.pptxn
Opu operações-unitárias.pptxnOpu operações-unitárias.pptxn
Opu operações-unitárias.pptxn
Cristyan Ribeiro
 
Hidrocarbonetos - Marco Aurélio
Hidrocarbonetos - Marco AurélioHidrocarbonetos - Marco Aurélio
Hidrocarbonetos - Marco Aurélio
Turma Olímpica
 
Petróleo
PetróleoPetróleo
Petróleo
Daiane Ribeiro
 
Parte ii técnico
Parte ii  técnicoParte ii  técnico
Parte ii técnico
Kellecampos Kelle Campos
 
Aula petroleo-2010
Aula petroleo-2010Aula petroleo-2010
Ácido Sulfúrico Industrial - Tecnologia Inorganica
Ácido Sulfúrico Industrial - Tecnologia Inorganica Ácido Sulfúrico Industrial - Tecnologia Inorganica
Ácido Sulfúrico Industrial - Tecnologia Inorganica
Arthur Maciel Leão
 

Semelhante a Refinariaesquema (20)

TQI I Aula 5 Gases Industriais novo.pptx
TQI I Aula 5 Gases Industriais novo.pptxTQI I Aula 5 Gases Industriais novo.pptx
TQI I Aula 5 Gases Industriais novo.pptx
 
A4 combustiveis isi
A4   combustiveis isiA4   combustiveis isi
A4 combustiveis isi
 
Processo de refinação do petróleo
Processo de refinação do petróleoProcesso de refinação do petróleo
Processo de refinação do petróleo
 
Petróleo e gás natural - 10º D
Petróleo  e gás natural - 10º DPetróleo  e gás natural - 10º D
Petróleo e gás natural - 10º D
 
Processos Químicos 1.docx
Processos Químicos 1.docxProcessos Químicos 1.docx
Processos Químicos 1.docx
 
Aula 1 combustíveis
Aula 1   combustíveisAula 1   combustíveis
Aula 1 combustíveis
 
Carvão mineral e vegetal
Carvão mineral e vegetalCarvão mineral e vegetal
Carvão mineral e vegetal
 
Aula 01 - Noções de Processamento Químico e Outros.pdf
Aula 01 - Noções de Processamento Químico e Outros.pdfAula 01 - Noções de Processamento Químico e Outros.pdf
Aula 01 - Noções de Processamento Químico e Outros.pdf
 
Petróleo e gasolina
Petróleo e gasolinaPetróleo e gasolina
Petróleo e gasolina
 
QUIMICA AMBIENTAL PARA PRE ENEM, PROBLEMAS AMBIENTAIS
QUIMICA AMBIENTAL PARA PRE ENEM, PROBLEMAS AMBIENTAISQUIMICA AMBIENTAL PARA PRE ENEM, PROBLEMAS AMBIENTAIS
QUIMICA AMBIENTAL PARA PRE ENEM, PROBLEMAS AMBIENTAIS
 
Aula 2 Gases Industriais - 2012 (UNIFEB)
Aula 2   Gases Industriais - 2012 (UNIFEB)Aula 2   Gases Industriais - 2012 (UNIFEB)
Aula 2 Gases Industriais - 2012 (UNIFEB)
 
Trabalho sobre petróleo
Trabalho sobre petróleoTrabalho sobre petróleo
Trabalho sobre petróleo
 
Gasolina automotiva
Gasolina automotivaGasolina automotiva
Gasolina automotiva
 
Gaseificação
GaseificaçãoGaseificação
Gaseificação
 
Opu operações-unitárias.pptxn
Opu operações-unitárias.pptxnOpu operações-unitárias.pptxn
Opu operações-unitárias.pptxn
 
Hidrocarbonetos - Marco Aurélio
Hidrocarbonetos - Marco AurélioHidrocarbonetos - Marco Aurélio
Hidrocarbonetos - Marco Aurélio
 
Petróleo
PetróleoPetróleo
Petróleo
 
Parte ii técnico
Parte ii  técnicoParte ii  técnico
Parte ii técnico
 
Aula petroleo-2010
Aula petroleo-2010Aula petroleo-2010
Aula petroleo-2010
 
Ácido Sulfúrico Industrial - Tecnologia Inorganica
Ácido Sulfúrico Industrial - Tecnologia Inorganica Ácido Sulfúrico Industrial - Tecnologia Inorganica
Ácido Sulfúrico Industrial - Tecnologia Inorganica
 

Mais de Adriana Guarda

Relatorio Geral Aeroportos
Relatorio Geral AeroportosRelatorio Geral Aeroportos
Relatorio Geral Aeroportos
Adriana Guarda
 
Ata audiencia alusa
Ata audiencia alusaAta audiencia alusa
Ata audiencia alusa
Adriana Guarda
 
2014 12-05 (1)
2014 12-05 (1)2014 12-05 (1)
2014 12-05 (1)
Adriana Guarda
 
Apresentação orçamento 2015
Apresentação orçamento 2015 Apresentação orçamento 2015
Apresentação orçamento 2015
Adriana Guarda
 
Desemprego do IBGE em agosto
Desemprego do IBGE em agosto Desemprego do IBGE em agosto
Desemprego do IBGE em agosto
Adriana Guarda
 
Trajetória do Consumo das Famílias
Trajetória do Consumo das FamíliasTrajetória do Consumo das Famílias
Trajetória do Consumo das Famílias
Adriana Guarda
 
Apresentação pib pe 15092014
Apresentação pib pe 15092014Apresentação pib pe 15092014
Apresentação pib pe 15092014
Adriana Guarda
 
Pe agosto 14
Pe agosto 14Pe agosto 14
Pe agosto 14
Adriana Guarda
 
Síntese brasil agosto 14
Síntese brasil agosto 14Síntese brasil agosto 14
Síntese brasil agosto 14
Adriana Guarda
 
Escassez de-talentos 2014
Escassez de-talentos 2014Escassez de-talentos 2014
Escassez de-talentos 2014
Adriana Guarda
 
Panorama pe 1_2208
Panorama pe 1_2208Panorama pe 1_2208
Panorama pe 1_2208
Adriana Guarda
 
Cdr tributação pdf
Cdr tributação  pdfCdr tributação  pdf
Cdr tributação pdf
Adriana Guarda
 

Mais de Adriana Guarda (20)

Relatorio Geral Aeroportos
Relatorio Geral AeroportosRelatorio Geral Aeroportos
Relatorio Geral Aeroportos
 
Ata audiencia alusa
Ata audiencia alusaAta audiencia alusa
Ata audiencia alusa
 
2014 12-05 (1)
2014 12-05 (1)2014 12-05 (1)
2014 12-05 (1)
 
Apresentação orçamento 2015
Apresentação orçamento 2015 Apresentação orçamento 2015
Apresentação orçamento 2015
 
Desemprego do IBGE em agosto
Desemprego do IBGE em agosto Desemprego do IBGE em agosto
Desemprego do IBGE em agosto
 
Trajetória do Consumo das Famílias
Trajetória do Consumo das FamíliasTrajetória do Consumo das Famílias
Trajetória do Consumo das Famílias
 
Apresentação pib pe 15092014
Apresentação pib pe 15092014Apresentação pib pe 15092014
Apresentação pib pe 15092014
 
Pe agosto 14
Pe agosto 14Pe agosto 14
Pe agosto 14
 
Síntese brasil agosto 14
Síntese brasil agosto 14Síntese brasil agosto 14
Síntese brasil agosto 14
 
Escassez de-talentos 2014
Escassez de-talentos 2014Escassez de-talentos 2014
Escassez de-talentos 2014
 
Panorama pe 1_2208
Panorama pe 1_2208Panorama pe 1_2208
Panorama pe 1_2208
 
Cdr tributação pdf
Cdr tributação  pdfCdr tributação  pdf
Cdr tributação pdf
 
0525 12 inv_06
0525 12 inv_060525 12 inv_06
0525 12 inv_06
 
0525 12 inv_08
0525 12 inv_080525 12 inv_08
0525 12 inv_08
 
0525 12 inv_10
0525 12 inv_100525 12 inv_10
0525 12 inv_10
 
0525 12 inv_10
0525 12 inv_100525 12 inv_10
0525 12 inv_10
 
0525 12 inv_09
0525 12 inv_090525 12 inv_09
0525 12 inv_09
 
0525 12 inv_08
0525 12 inv_080525 12 inv_08
0525 12 inv_08
 
0525 12 inv_07
0525 12 inv_070525 12 inv_07
0525 12 inv_07
 
0525 12 inv_06
0525 12 inv_060525 12 inv_06
0525 12 inv_06
 

Refinariaesquema

  • 1. qEntenda como funciona o refino do petróleo:Editoria de Arte/JC Gases Nafta Gasolina Querosene Diesel Óleos lubrificantes Fuel Resíduo/alcatrão Petróleo bruto 20°C 70°C 120°C 170°C 270°C 345°C 370°C 600°C 1. Em fornos, o petróleo é aquecido a uma temperatura de 370°C e é transferido para uma torre na unidade de destilação atmosférica (UDA). 2. Quando aquecemos água na nossa casa percebemos o vapor subindo para a atmosfera. Assim acontece com o petróleo dentro da torre de destilação. Essa torre tem bandejas com temperaturas diferentes dentro dela. As moléculas mais leves do óleo sobem para os pontos mais altos e com temperaturas mais baixas na coluna e os mais pesados descem. 3. O vapor se condensa e, dependendo da temperatura, volta ao estado líquido em forma de produtos derivados como gás liquefeito de petróleo (o gás de cozinha), nafta, gasolina, querosene, diesel, óleos lubrificantes e asfalto. 4. Depois desse processo de destilação, os produtos passam para as fases de conversão e tratamento. É o momento de adequar os produtos à qualidade exigida pelo mercado. 5. As unidades de coqueamento retardado (UCR) tratam os resíduos do processo de destilação. Os óleos que sobram no processo se transformam no coque. Produto sólido, negro e brilhante, o coque é usado pelas indústrias de alumínio, cimento, metalurgia e construção (para fazer asfalto). 6. Ainda na terceira fase do refino estão as unidades de hidrotratamento de diesel (UHD), que são responsáveis por remover o excesso de substâncias poluentes do produto, a exemplo de enxofre, nitrogênio, oxigênio e aromáticos. O diesel brasileiro já teve até 1.800 partes de por milhão (500 ppm) de enxofre. Hoje, o País se adequou às normas internacionais e já comercializa diesel com baixo teor de enxofre, entre 50 e 10 ppm. O mesmo acontece com a nafta, que tem alto teor de carbono e hidrogênio, e precisa passar pela unidade de hidrotratamento de nafta (UHT-N). 7. Na unidade de geração de hidrogênio (UGH), a refinaria como gerar gases para consumo próprio e para comercializar. Enquanto nas unidades de abatimento de emissões (SNOX) será realizado o tratamento de gases ácidos (sulfeto de hidrogênio e amônia), além dos óxidos de enxofre e hidrogênio. O subproduto desse processo é o ácido sulfúrico, utilizado pelas indústrias de fertilizantes, mineração e explosivos.