SlideShare uma empresa Scribd logo
PODER JUDICIÁRIO
JUSTIÇA FEDERAL
SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO DE JANEIRO
7ª VARA FEDERAL CRIMINAL
1
Processo nº 0017513-21.2014.4.02.5101 (2014.51.01.017513-9)
Autor: JUSTICA PUBLICA
Réu: APURAR RESP/ EM CRIME PREVISTO NO ART/90 DA LEI 8666/1993
CONCLUSÃO
Nesta data, faço estes autos conclusos
a(o) MM(a)
. Juiz(a) da 7ª Vara Federal Criminal/RJ.
Rio de Janeiro/RJ, 19 de abril de 2017
FERNANDO ANTONIO SERRO POMBAL
Diretor(a) de Secretaria
(Sigla usuário da movimentação: JRJMHK)
DECISÃO
Trata-se de denúncia oferecida pelo MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL
em desfavor de SÉRGIO DE OLIVEIRA CABRAL SANTOS FILHO (SERGIO
CABRAL), WILSON CARLOS CORDEIRO DA SILVA CARVALHO (WILSON
CARLOS), ÍCARO MORENO JÚNIOR, HUDSON BRAGA, LOUZIVAL LUIZ
LAGO MASCARENHAS JUNIOR, MARCOS ANTONIO BORGHI, MARCELO
DUARTE RIBEIRO, FERNANDO ANTÔNIO CAVENDISH SOARES
(FERNANDO CAVENDISH), PAULO MERIADE DUARTE, BENEDICTO
BARBOSA DA SILVA JÚNIOR (BENEDITO JÚNIOR), EDUARDO SOARES
MARTINS, IRINEU BERARDI MEIRELES, MARCOS VIDIGAL DO
AMARAL, KARINE KARAOGLAN KHOURY RIBEIRO, JUAREZ MIRANDA
JUNIOR, MAURÍCIO RIZZO, GUSTAVO SOUZA, PAULO CESAR ALMEIDA
CABRAL, JOSÉ GILMAR FRANCISCO DE SANTANA e RICARDO
PERNAMBUCO, qualificados na denúncia, atribuindo-lhes a prática de três fatos
delituosos conforme as seguintes imputações:
Fato 01: SÉRGIO CABRAL, WILSON CARLOS, HUDSON BRAGA,
LOUZIVAL LUIZ LAGO MASCARENHAS JUNIOR, MARCOS ANTONIO
BORGHI, FERNANDO CAVENDISH, BENEDICTO BARBOSA JÚNIOR,
EDUARDO SOARES MARTINS e IRINEU BERARDI MEIRELES, pela prática
do crime de fraude a licitações, previsto no artigo 90, com a causa de aumento prevista
no artigo 84 § 2º, ambos da Lei nº 8.666/93, em relação aos agentes públicos;
Fato 02: SÉRGIO CABRAL, WILSON CARLOS, HUDSON BRAGA e
ÍCARO MORENO JÚNIOR, pela prática, por três vezes, do crime de fraude a
JFRJ
Fls 498
Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a MARCELO DA COSTA BRETAS.
Documento No: 69533220-33-0-498-6-232886 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
PODER JUDICIÁRIO
JUSTIÇA FEDERAL
SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO DE JANEIRO
7ª VARA FEDERAL CRIMINAL
2
licitações, previsto no artigo 90, com a causa de aumento prevista no artigo 84 § 2º,
ambos da Lei nº 8.666/93, três vezes, na forma do art. 69 do Código Penal.
Fato 03: SÉRGIO CABRAL, WILSON CARLOS, HUDSON BRAGA,
JUAREZ MIRANDA JÚNIOR, BENEDICTO JUNIOR, MARCOS VIDIGAL DO
AMARAL, KARINE KARAOGLAN KHOURY RIBEIRO, MARCELO DUARTE
RIBEIRO, MAURÍCIO RIZZO, GUSTAVO SOUZA, PAULO MERIADE
DUARTE, RICARDO PERNAMBUCO, PAULO CESAR ALMEIDA CABRAL e
JOSÉ GILMAR FRANCISCO DE SANTANA, pela prática do crime previsto no
artigo 4ª, I e II, alíneas “a”, “b” e “c”, da Lei nº 8.137/90.
Trata-se de nova denúncia decorrente do aprofundamento de investigações
realizadas pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Federal, com o apoio da
Receita Federal, que revelaram a existência de um gigantesco esquema de corrupção e
fraudes, envolvendo funcionários públicos de alto escalão, grandes empreiteiras,
pessoas físicas e jurídicas especializadas na lavagem de dinheiro, além de ex-agentes
políticos.
É fato notório que diversos executivos da empreiteira ANDRADE
GUTIERREZ firmaram acordo de colaboração premiada com a Procuradoria-Geral da
República, nos quais reconheceram a prática de delitos em prejuízo da PETROBRAS,
da ELETRONUCLEAR e também do Governo do Estado Rio de Janeiro. As
declarações dos colaboradores mencionaram expressamente as obras de reforma do
estádio do Maracanã para a Copa do Mundo de 2014, além de outras grandes obras
públicas de construção civil, dentre as quais a construção do Arco Metropolitano e a
urbanização de grandes comunidades carentes na cidade do Rio de Janeiro - “PAC
Favelas”, todos custeados com recursos federais.
Com a adesão de outros executivos aos acordos de leniência da ANDRADE
GUTIERREZ e também da empreiteira CARIOCA ENGENHARIA foi possível
identificar que o esquema criminoso seria liderado pelo então Governador Sérgio Cabral
e que o esquema encontrava-se espraiado por diversas searas da administração do
Governo do Estado do Rio de Janeiro.
O órgão de acusação afirma que o aprofundamento das investigações
revelou que a atuação de Sérgio Cabral não se restringiu aos fatos antecedentes dos
JFRJ
Fls 499
Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a MARCELO DA COSTA BRETAS.
Documento No: 69533220-33-0-498-6-232886 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
PODER JUDICIÁRIO
JUSTIÇA FEDERAL
SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO DE JANEIRO
7ª VARA FEDERAL CRIMINAL
3
crimes de lavagem de dinheiro objeto da Operação Saqueador, tendo identificado a
existência de uma Organização Criminosa - ORCRIM dedicada também à prática de
crimes de corrupção, fraude a licitações, cartel e lavagem de dinheiro na execução de
obras públicas financiadas ou custeadas com recursos federais, o que resultou na
deflagração da Operação Calicute.
Narra o MPF que a presente denúncia se refere aos pontos de interseção
entre os esquemas criminosos que são objetos das chamadas Operações Calicute e
Saqueador, que tramitam perante este Juízo, referindo-se especificamente às tratativas
levadas a efeito pelos executivos das empreiteiras DELTA, ANDRADE GUTIERREZ,
CARIOCA ENGENHARIA, ODEBRECHT, OAS, QUEIROZ GALVÃO, CAMARGO
CORRÊA, CAMTER e EIT para fraudar a licitação de dois conjuntos de obras
executadas pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro com recursos federais, a saber, a
reforma do estádio do Maracanã para a Copa de 2014 e as obras do programa de
urbanização e regularização fundiária denominado PAC-Favelas, além da formação de
grupo cartelizado que atuava para eliminar a concorrência nas grandes obras públicas
executadas por aquele Governo estadual.
De fato, as investigações levadas a efeito até então nos feitos relacionados
pelo MPF (Operações Saqueador e Calicute), cotejados os elementos de provas
produzidos na presente investigação, em análise ainda perfunctória, permitem
identificar com clareza o modo de atuação de significativa parte das ações da ORCRIM,
e apontam para a existência de indícios suficientes de materialidade e autoria para
demonstrar a prática dos crimes que são objeto da presente denúncia, razão pela qual
entendo devido seu recebimento.
No recebimento de denúncias há mero juízo de delibação, cabendo ao órgão
jurisdicional apenas examinar a peça acusatória no que tange ao preenchimento dos
requisitos do artigo 41 do Código de Processo Penal, bem como verificar se há algum
motivo para rejeitá-la, na forma do artigo 395, ou para absolver sumariamente o
acusado, na forma do artigo 397, ambos do mesmo diploma legal. Desse modo, é
impróprio exigir-se, até para não comprometer a imparcialidade que se espera do órgão
julgador, uma análise aprofundada da procedência da pretensão punitiva.
JFRJ
Fls 500
Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a MARCELO DA COSTA BRETAS.
Documento No: 69533220-33-0-498-6-232886 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
PODER JUDICIÁRIO
JUSTIÇA FEDERAL
SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO DE JANEIRO
7ª VARA FEDERAL CRIMINAL
4
Observo que o órgão ministerial expôs com clareza o fato criminoso e suas
circunstâncias, fazendo constar a qualificação dos denunciados e a classificação dos
crimes, o que atende os pressupostos contidos no artigo 41 do CPP e afasta a incidência
do inciso I do artigo 395 do CPP.
A presença dos pressupostos processuais e condições da ação penal repele a
ocorrência do disposto no inciso II do mesmo artigo.
Verifico, ainda, estarem minimamente delineadas a autoria e a materialidade
dos crimes que, em tese, teriam sido cometidos pelos acusados, o que se afere do teor da
documentação que instrui a exordial, razão pela qual considero haver justa causa para o
prosseguimento da ação penal, rechaçando a aplicação do inciso III do mencionado
artigo.
Assim, a presente ação deve ser admitida, porquanto ausentes as causas de
rejeição, razão pela qual RECEBO A DENÚNCIA.
Encaminhem-se os presentes autos eletrônicos à SEDCR para que seja
alterada a classe processual para 21000 – Ações Penais (Provimento nº T2-PVC-
2012/00011, de 02/08/2012).
Proceda a Secretaria à/ao:
1. cadastramento, no Sistema Apolo, da tipificação penal, das datas dos
crimes, das datas do oferecimento e do recebimento da denúncia, dos dados
qualificativos dos denunciados e preenchimento da tabela única de assuntos (Ofício-
Circular nº T2-OCI-2010/00166, de 18/11/2010, e Provimento nº T2PVC201000084, de
25/11/2010, ambos da Corregedoria-Regional da Justiça Federal da 2ª. Região; e
Resolução nº 112, de 06/04/2010, do CNJ);
2. cadastramento, no Sistema Apolo, de advogado porventura constituído
em sede policial ou em procedimento administrativo originário;
3. cálculo da prescrição pela pena máxima cominada em abstrato, lavrando-
se certidão, devendo na contracapa dos autos constar uma via e, na capa, etiqueta com a
data da prescrição e a folha dos autos em que se encontra a certidão;
4. solicitação da FAC dos denunciados e comunicação dos seus dados
qualificativos ao IFP/RJ e/ou ao órgão de identificação de outro Estado, no caso do
denunciado cuja identidade não haja sido expedida no Estado do Rio de Janeiro;
JFRJ
Fls 501
Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a MARCELO DA COSTA BRETAS.
Documento No: 69533220-33-0-498-6-232886 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
PODER JUDICIÁRIO
JUSTIÇA FEDERAL
SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO DE JANEIRO
7ª VARA FEDERAL CRIMINAL
5
5. pesquisa pelos nomes dos denunciados na consulta de processos do
sistema SINIC e inclusão ou atualização dos seus dados no Boletim de Identificação
(BDI), se não possuir Registro Federal (RF), e no Boletim de Distribuição Judicial
(BDJ);
6. registro no SNBA dos bens apreendidos, se for o caso.
Em seguida, citem-se os acusados, os quais deverão apresentar resposta à
acusação no prazo de 10 (dez) dias, na forma dos artigos. 396 e 396-A do CPP,
podendo, nessa oportunidade, arguir preliminares e alegar o que interessar à sua defesa,
bem como oferecer documentos, especificar as provas pretendidas e arrolar
testemunhas, qualificando-as e informando seus respectivos endereços, ficando desde já
ciente de que as meramente abonatórias deverão apresentar suas declarações por escrito,
com as firmas devidamente reconhecidas, sob pena de indeferimento. Deverá, inclusive,
a defesa justificar a necessidade da oitiva da testemunha para a formação da convicção
do Juízo, uma vez que o indeferimento de determinadas provas não causa nulidade,
porquanto cabe mesmo ao juiz realizar exame de admissibilidade e pertinência da
produção de provas, afastando aquelas que sejam impossíveis de produzir, as
impertinentes e as desnecessárias. (TRF2, 1ª Seção Especializada, ENUL
200051015007520, Des. Federal ABEL GOMES, 08/09/2009).
Na falta dos endereços e qualificações das testemunhas, o Juízo entenderá
que estas comparecerão à audiência independentemente de intimação judicial. Ressalto
que não serão deferidos requerimentos de apresentação/substituição de rol de
testemunhas ou de produção de provas periciais formulados em momento processual
distinto da resposta à acusação (item 3.4.1.1 do Plano de Gestão para o Funcionamento
de Varas Criminais e de Execução Penal do CNJ).
Deverão os citandos ficar cientes de que, se não possuírem condições
financeiras para constituir advogado, deverão comparecer à Defensoria Pública da
União - DPU (Rua da Alfândega, nº 70, Centro, Rio de Janeiro/RJ) a fim de realizar
entrevista e receber orientações.
Cientifiquem-se, ainda, os acusados de que poderá ser decretada a sua
revelia caso mudem de endereço sem comunicar ao juízo (artigo 367 do CPP).
JFRJ
Fls 502
Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a MARCELO DA COSTA BRETAS.
Documento No: 69533220-33-0-498-6-232886 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
PODER JUDICIÁRIO
JUSTIÇA FEDERAL
SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO DE JANEIRO
7ª VARA FEDERAL CRIMINAL
6
Caso os acusados, regularmente citados, não apresentem resposta no prazo
legal nem constituam defensor, certifique a Secretaria o ocorrido, remetendo os autos,
em seguida, à Defensoria Pública da União, para que atue em sua defesa, nos termos do
artigo 396-A, § 2º, do CPP, acrescentado pela Lei nº 11.719/2008.
Uma vez que os endereços de alguns acusados não estão abrangidos pela
jurisdição deste Juízo o, expeça-se carta precatória, fazendo constar o prazo de 15
(quinze) dias para o cumprimento, tendo em vista que alguns dos réus estão presos.
Na hipótese de os advogados constituídos não apresentarem as respostas no
prazo do artigo 396 do CPP, intimem-se os acusados para que os inste a fazê-lo, ficando
ciente de que, caso nada seja apresentado no prazo, a DPU será indicada para patrocinar
a sua defesa.
Frustrada a citação pessoal e a citação com hora certa (artigo 362 do CPP),
remetam-se os autos ao MPF, a fim de que diligencie junto aos órgãos conveniados com
a finalidade de obter o endereço atualizado do citando (artigo 41 do CPP).
A Secretaria deverá expedir novos mandados ou cartas precatórias no caso
de haver novas indicações de endereços em que não tenham sido realizadas diligências.
Após, voltem-me os autos conclusos, para verificação do disposto no artigo
397 do CPP.
Rio de Janeiro/RJ, 19 de abril de 2017.
(assinado eletronicamente)
MARCELO DA COSTA BRETAS
Juiz Federal
7ª Vara Federal Criminal
JFRJ
Fls 503
Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a MARCELO DA COSTA BRETAS.
Documento No: 69533220-33-0-498-6-232886 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

De Moro ao STF
De Moro ao STFDe Moro ao STF
De Moro ao STF
Luiz Carlos Azenha
 
Sentença do 3º Juizado Especial Cível de Niterói (RJ)
Sentença do 3º Juizado Especial Cível de Niterói (RJ)Sentença do 3º Juizado Especial Cível de Niterói (RJ)
Sentença do 3º Juizado Especial Cível de Niterói (RJ)
Marcelo Auler
 
Parecer do PROCURADOR GERAL da REPÚBLICA na ADI 5310
Parecer do PROCURADOR GERAL da REPÚBLICA na ADI 5310Parecer do PROCURADOR GERAL da REPÚBLICA na ADI 5310
Parecer do PROCURADOR GERAL da REPÚBLICA na ADI 5310
Marcelo Auler
 
A denúncia contra Lula
A denúncia contra LulaA denúncia contra Lula
A denúncia contra Lula
Luiz Carlos Azenha
 
Condenação de Sérgio Cabral
Condenação de Sérgio CabralCondenação de Sérgio Cabral
Condenação de Sérgio Cabral
Portal NE10
 
Nommandado de pri~são, as peripércias de Sérgio CaBral Filho.
Nommandado de pri~são, as peripércias de Sérgio CaBral Filho.Nommandado de pri~são, as peripércias de Sérgio CaBral Filho.
Nommandado de pri~são, as peripércias de Sérgio CaBral Filho.
Marcelo Auler
 
Pedido de prisão de Eduardo Cunha
Pedido de prisão de Eduardo CunhaPedido de prisão de Eduardo Cunha
Pedido de prisão de Eduardo Cunha
Giovanni Sandes
 
Despacho de marco aurelio sobre flavio bolsonaro
Despacho de marco aurelio sobre flavio bolsonaroDespacho de marco aurelio sobre flavio bolsonaro
Despacho de marco aurelio sobre flavio bolsonaro
diariodocentrodomundo
 
Improbidade administrativa resulta em condenação de dez mil a ex-policial
Improbidade administrativa resulta em condenação de dez mil a ex-policialImprobidade administrativa resulta em condenação de dez mil a ex-policial
Improbidade administrativa resulta em condenação de dez mil a ex-policial
Leandro César
 
Eliseu padilha e moreira franco
Eliseu padilha e moreira francoEliseu padilha e moreira franco
Eliseu padilha e moreira franco
Miguel Rosario
 
Regime fechado para claudia cruz
Regime fechado para claudia cruzRegime fechado para claudia cruz
Regime fechado para claudia cruz
Radar News
 
HC pede suspeição do juiz Moro
HC pede suspeição do juiz MoroHC pede suspeição do juiz Moro
HC pede suspeição do juiz Moro
Conceição Lemes
 
TJPR aumenta condenação da Oi de R$8 mil para R$15 mil por inscrição indevida
TJPR aumenta condenação da Oi de R$8 mil para R$15 mil por inscrição indevidaTJPR aumenta condenação da Oi de R$8 mil para R$15 mil por inscrição indevida
TJPR aumenta condenação da Oi de R$8 mil para R$15 mil por inscrição indevida
Engel e Rubel Advocacia
 
Investigação STF - Paulo Preto
Investigação STF - Paulo PretoInvestigação STF - Paulo Preto
Investigação STF - Paulo Preto
R7dados
 
Despacho que encaminha caso dos respiradores ao STJ
Despacho que encaminha caso dos respiradores ao STJDespacho que encaminha caso dos respiradores ao STJ
Despacho que encaminha caso dos respiradores ao STJ
SomMaior
 
Crimes contra a organização do trabalho
Crimes contra a organização do trabalhoCrimes contra a organização do trabalho
Crimes contra a organização do trabalho
Adilson Bevilacqua
 
Noticias MZ7/Viracopos
Noticias MZ7/ViracoposNoticias MZ7/Viracopos
Noticias MZ7/Viracopos
Resgate Cambuí
 
Manifestação da PGR contra soltura de Lula Cabral
Manifestação da PGR contra soltura de Lula CabralManifestação da PGR contra soltura de Lula Cabral
Manifestação da PGR contra soltura de Lula Cabral
politicaleiaja
 
Voto 3946 0 STF
Voto 3946 0 STFVoto 3946 0 STF
Voto 3946 0 STF
Tom Pereira
 

Mais procurados (19)

De Moro ao STF
De Moro ao STFDe Moro ao STF
De Moro ao STF
 
Sentença do 3º Juizado Especial Cível de Niterói (RJ)
Sentença do 3º Juizado Especial Cível de Niterói (RJ)Sentença do 3º Juizado Especial Cível de Niterói (RJ)
Sentença do 3º Juizado Especial Cível de Niterói (RJ)
 
Parecer do PROCURADOR GERAL da REPÚBLICA na ADI 5310
Parecer do PROCURADOR GERAL da REPÚBLICA na ADI 5310Parecer do PROCURADOR GERAL da REPÚBLICA na ADI 5310
Parecer do PROCURADOR GERAL da REPÚBLICA na ADI 5310
 
A denúncia contra Lula
A denúncia contra LulaA denúncia contra Lula
A denúncia contra Lula
 
Condenação de Sérgio Cabral
Condenação de Sérgio CabralCondenação de Sérgio Cabral
Condenação de Sérgio Cabral
 
Nommandado de pri~são, as peripércias de Sérgio CaBral Filho.
Nommandado de pri~são, as peripércias de Sérgio CaBral Filho.Nommandado de pri~são, as peripércias de Sérgio CaBral Filho.
Nommandado de pri~são, as peripércias de Sérgio CaBral Filho.
 
Pedido de prisão de Eduardo Cunha
Pedido de prisão de Eduardo CunhaPedido de prisão de Eduardo Cunha
Pedido de prisão de Eduardo Cunha
 
Despacho de marco aurelio sobre flavio bolsonaro
Despacho de marco aurelio sobre flavio bolsonaroDespacho de marco aurelio sobre flavio bolsonaro
Despacho de marco aurelio sobre flavio bolsonaro
 
Improbidade administrativa resulta em condenação de dez mil a ex-policial
Improbidade administrativa resulta em condenação de dez mil a ex-policialImprobidade administrativa resulta em condenação de dez mil a ex-policial
Improbidade administrativa resulta em condenação de dez mil a ex-policial
 
Eliseu padilha e moreira franco
Eliseu padilha e moreira francoEliseu padilha e moreira franco
Eliseu padilha e moreira franco
 
Regime fechado para claudia cruz
Regime fechado para claudia cruzRegime fechado para claudia cruz
Regime fechado para claudia cruz
 
HC pede suspeição do juiz Moro
HC pede suspeição do juiz MoroHC pede suspeição do juiz Moro
HC pede suspeição do juiz Moro
 
TJPR aumenta condenação da Oi de R$8 mil para R$15 mil por inscrição indevida
TJPR aumenta condenação da Oi de R$8 mil para R$15 mil por inscrição indevidaTJPR aumenta condenação da Oi de R$8 mil para R$15 mil por inscrição indevida
TJPR aumenta condenação da Oi de R$8 mil para R$15 mil por inscrição indevida
 
Investigação STF - Paulo Preto
Investigação STF - Paulo PretoInvestigação STF - Paulo Preto
Investigação STF - Paulo Preto
 
Despacho que encaminha caso dos respiradores ao STJ
Despacho que encaminha caso dos respiradores ao STJDespacho que encaminha caso dos respiradores ao STJ
Despacho que encaminha caso dos respiradores ao STJ
 
Crimes contra a organização do trabalho
Crimes contra a organização do trabalhoCrimes contra a organização do trabalho
Crimes contra a organização do trabalho
 
Noticias MZ7/Viracopos
Noticias MZ7/ViracoposNoticias MZ7/Viracopos
Noticias MZ7/Viracopos
 
Manifestação da PGR contra soltura de Lula Cabral
Manifestação da PGR contra soltura de Lula CabralManifestação da PGR contra soltura de Lula Cabral
Manifestação da PGR contra soltura de Lula Cabral
 
Voto 3946 0 STF
Voto 3946 0 STFVoto 3946 0 STF
Voto 3946 0 STF
 

Semelhante a Recebe cartel--Recebimento denúncia Cabral e mais 19 - Cartel e fraudes licitações 19/05/2017

Sentença (2).pdf
Sentença (2).pdfSentença (2).pdf
Sentença (2).pdf
Aquiles Lins
 
Dr. Julier Pac 10.08.09 Dec P Preventiva
Dr. Julier Pac   10.08.09   Dec  P  PreventivaDr. Julier Pac   10.08.09   Dec  P  Preventiva
Dr. Julier Pac 10.08.09 Dec P Preventiva
Luis Nassif
 
Dr. Julier Pac 10.08.09 Dec P Preventiva
Dr. Julier Pac   10.08.09   Dec  P  PreventivaDr. Julier Pac   10.08.09   Dec  P  Preventiva
Dr. Julier Pac 10.08.09 Dec P Preventiva
Luis Nassif
 
Decisão do ministro Alexandre de Moraes.
Decisão do ministro Alexandre de Moraes.Decisão do ministro Alexandre de Moraes.
Decisão do ministro Alexandre de Moraes.
diariodocentrodomundo
 
Moro aceita denúncia e Lula vira réu na Lava Jato. Leia o despacho do juiz Sé...
Moro aceita denúncia e Lula vira réu na Lava Jato. Leia o despacho do juiz Sé...Moro aceita denúncia e Lula vira réu na Lava Jato. Leia o despacho do juiz Sé...
Moro aceita denúncia e Lula vira réu na Lava Jato. Leia o despacho do juiz Sé...
Lucio Borges
 
SOBRINHO-01
SOBRINHO-01SOBRINHO-01
Sergio Moro recebe denúncia contra executivos da Odebrecht
Sergio Moro recebe denúncia contra executivos da OdebrechtSergio Moro recebe denúncia contra executivos da Odebrecht
Sergio Moro recebe denúncia contra executivos da Odebrecht
Miguel Rosario
 
Presidente do STJ concede prisão domiciliar a Crivella, que usará tornozeleir...
Presidente do STJ concede prisão domiciliar a Crivella, que usará tornozeleir...Presidente do STJ concede prisão domiciliar a Crivella, que usará tornozeleir...
Presidente do STJ concede prisão domiciliar a Crivella, que usará tornozeleir...
Luís Carlos Nunes
 
Despacho liminar (1)
Despacho   liminar (1)Despacho   liminar (1)
STF publica no Diário da Justiça último recurso de Cassol e já pode executar ...
STF publica no Diário da Justiça último recurso de Cassol e já pode executar ...STF publica no Diário da Justiça último recurso de Cassol e já pode executar ...
STF publica no Diário da Justiça último recurso de Cassol e já pode executar ...
Leandro César
 
JUA FORRÓ 2008 - Ação Penal n. 0000369-39.2012.4.05.8102
JUA FORRÓ 2008 - Ação Penal n. 0000369-39.2012.4.05.8102JUA FORRÓ 2008 - Ação Penal n. 0000369-39.2012.4.05.8102
JUA FORRÓ 2008 - Ação Penal n. 0000369-39.2012.4.05.8102
raimundo_sena
 
Bretas
BretasBretas
Bretas
Jamildo Melo
 
Decisao da justiça temer
Decisao da justiça temerDecisao da justiça temer
Decisao da justiça temer
Luís Carlos Nunes
 
Prisão de Temer
Prisão de TemerPrisão de Temer
Prisão de Temer
R7dados
 
Jarbas no STF
Jarbas no STFJarbas no STF
Jarbas no STF
Jamildo Melo
 
Anjo
AnjoAnjo
Justiça nega restituição de veículo de luxo e valores bloqueados à esposa de ...
Justiça nega restituição de veículo de luxo e valores bloqueados à esposa de ...Justiça nega restituição de veículo de luxo e valores bloqueados à esposa de ...
Justiça nega restituição de veículo de luxo e valores bloqueados à esposa de ...
Rondoniadinamica Jornal Eletrônico
 
Apocalipse – Justiça nega restituição de veículo de luxo e valores bloqueados...
Apocalipse – Justiça nega restituição de veículo de luxo e valores bloqueados...Apocalipse – Justiça nega restituição de veículo de luxo e valores bloqueados...
Apocalipse – Justiça nega restituição de veículo de luxo e valores bloqueados...
Rondoniadinamica Jornal Eletrônico
 
Acórdão jaguari no_rumo_certo
Acórdão jaguari no_rumo_certoAcórdão jaguari no_rumo_certo
Acórdão jaguari no_rumo_certo
Giovani L Giovani
 
Lava Jato investiga contas de Guido Mantega no exterior
Lava Jato investiga contas de Guido Mantega no exteriorLava Jato investiga contas de Guido Mantega no exterior
Lava Jato investiga contas de Guido Mantega no exterior
ricmaispr
 

Semelhante a Recebe cartel--Recebimento denúncia Cabral e mais 19 - Cartel e fraudes licitações 19/05/2017 (20)

Sentença (2).pdf
Sentença (2).pdfSentença (2).pdf
Sentença (2).pdf
 
Dr. Julier Pac 10.08.09 Dec P Preventiva
Dr. Julier Pac   10.08.09   Dec  P  PreventivaDr. Julier Pac   10.08.09   Dec  P  Preventiva
Dr. Julier Pac 10.08.09 Dec P Preventiva
 
Dr. Julier Pac 10.08.09 Dec P Preventiva
Dr. Julier Pac   10.08.09   Dec  P  PreventivaDr. Julier Pac   10.08.09   Dec  P  Preventiva
Dr. Julier Pac 10.08.09 Dec P Preventiva
 
Decisão do ministro Alexandre de Moraes.
Decisão do ministro Alexandre de Moraes.Decisão do ministro Alexandre de Moraes.
Decisão do ministro Alexandre de Moraes.
 
Moro aceita denúncia e Lula vira réu na Lava Jato. Leia o despacho do juiz Sé...
Moro aceita denúncia e Lula vira réu na Lava Jato. Leia o despacho do juiz Sé...Moro aceita denúncia e Lula vira réu na Lava Jato. Leia o despacho do juiz Sé...
Moro aceita denúncia e Lula vira réu na Lava Jato. Leia o despacho do juiz Sé...
 
SOBRINHO-01
SOBRINHO-01SOBRINHO-01
SOBRINHO-01
 
Sergio Moro recebe denúncia contra executivos da Odebrecht
Sergio Moro recebe denúncia contra executivos da OdebrechtSergio Moro recebe denúncia contra executivos da Odebrecht
Sergio Moro recebe denúncia contra executivos da Odebrecht
 
Presidente do STJ concede prisão domiciliar a Crivella, que usará tornozeleir...
Presidente do STJ concede prisão domiciliar a Crivella, que usará tornozeleir...Presidente do STJ concede prisão domiciliar a Crivella, que usará tornozeleir...
Presidente do STJ concede prisão domiciliar a Crivella, que usará tornozeleir...
 
Despacho liminar (1)
Despacho   liminar (1)Despacho   liminar (1)
Despacho liminar (1)
 
STF publica no Diário da Justiça último recurso de Cassol e já pode executar ...
STF publica no Diário da Justiça último recurso de Cassol e já pode executar ...STF publica no Diário da Justiça último recurso de Cassol e já pode executar ...
STF publica no Diário da Justiça último recurso de Cassol e já pode executar ...
 
JUA FORRÓ 2008 - Ação Penal n. 0000369-39.2012.4.05.8102
JUA FORRÓ 2008 - Ação Penal n. 0000369-39.2012.4.05.8102JUA FORRÓ 2008 - Ação Penal n. 0000369-39.2012.4.05.8102
JUA FORRÓ 2008 - Ação Penal n. 0000369-39.2012.4.05.8102
 
Bretas
BretasBretas
Bretas
 
Decisao da justiça temer
Decisao da justiça temerDecisao da justiça temer
Decisao da justiça temer
 
Prisão de Temer
Prisão de TemerPrisão de Temer
Prisão de Temer
 
Jarbas no STF
Jarbas no STFJarbas no STF
Jarbas no STF
 
Anjo
AnjoAnjo
Anjo
 
Justiça nega restituição de veículo de luxo e valores bloqueados à esposa de ...
Justiça nega restituição de veículo de luxo e valores bloqueados à esposa de ...Justiça nega restituição de veículo de luxo e valores bloqueados à esposa de ...
Justiça nega restituição de veículo de luxo e valores bloqueados à esposa de ...
 
Apocalipse – Justiça nega restituição de veículo de luxo e valores bloqueados...
Apocalipse – Justiça nega restituição de veículo de luxo e valores bloqueados...Apocalipse – Justiça nega restituição de veículo de luxo e valores bloqueados...
Apocalipse – Justiça nega restituição de veículo de luxo e valores bloqueados...
 
Acórdão jaguari no_rumo_certo
Acórdão jaguari no_rumo_certoAcórdão jaguari no_rumo_certo
Acórdão jaguari no_rumo_certo
 
Lava Jato investiga contas de Guido Mantega no exterior
Lava Jato investiga contas de Guido Mantega no exteriorLava Jato investiga contas de Guido Mantega no exterior
Lava Jato investiga contas de Guido Mantega no exterior
 

Mais de ELIAS OMEGA

Os Protocolos dos Sábios de Sião.pdf
Os Protocolos dos Sábios de Sião.pdfOs Protocolos dos Sábios de Sião.pdf
Os Protocolos dos Sábios de Sião.pdf
ELIAS OMEGA
 
TERRA-2 (2).pdf
TERRA-2 (2).pdfTERRA-2 (2).pdf
TERRA-2 (2).pdf
ELIAS OMEGA
 
TERRA-2 ().pdf
TERRA-2 ().pdfTERRA-2 ().pdf
TERRA-2 ().pdf
ELIAS OMEGA
 
CLUBE DA MORTE- E-BOOK GRÁTIS O INFORMANTE
CLUBE DA MORTE- E-BOOK GRÁTIS O INFORMANTECLUBE DA MORTE- E-BOOK GRÁTIS O INFORMANTE
CLUBE DA MORTE- E-BOOK GRÁTIS O INFORMANTE
ELIAS OMEGA
 
A sinagoga de Satanas.pdf
A sinagoga de Satanas.pdfA sinagoga de Satanas.pdf
A sinagoga de Satanas.pdf
ELIAS OMEGA
 
45 METAS PARA COMUNIZAÇÃO DO MUNDO.pdf
45 METAS PARA COMUNIZAÇÃO DO MUNDO.pdf45 METAS PARA COMUNIZAÇÃO DO MUNDO.pdf
45 METAS PARA COMUNIZAÇÃO DO MUNDO.pdf
ELIAS OMEGA
 
EIR Soros.pdf
EIR Soros.pdfEIR Soros.pdf
EIR Soros.pdf
ELIAS OMEGA
 
AGENDA GLOBAL 2030- BRASIL-manual_gt-1 (1).pdf
AGENDA GLOBAL 2030- BRASIL-manual_gt-1 (1).pdfAGENDA GLOBAL 2030- BRASIL-manual_gt-1 (1).pdf
AGENDA GLOBAL 2030- BRASIL-manual_gt-1 (1).pdf
ELIAS OMEGA
 
AGENDA GLOBAL 2030-BRASIL-guia-integracao-ods-2017_red.pdf
AGENDA GLOBAL 2030-BRASIL-guia-integracao-ods-2017_red.pdfAGENDA GLOBAL 2030-BRASIL-guia-integracao-ods-2017_red.pdf
AGENDA GLOBAL 2030-BRASIL-guia-integracao-ods-2017_red.pdf
ELIAS OMEGA
 
MUDANÇAS CLIMATICAS E O AUMENTO DOS URSOS POLAR 2021Proceedings_of_the_First_...
MUDANÇAS CLIMATICAS E O AUMENTO DOS URSOS POLAR 2021Proceedings_of_the_First_...MUDANÇAS CLIMATICAS E O AUMENTO DOS URSOS POLAR 2021Proceedings_of_the_First_...
MUDANÇAS CLIMATICAS E O AUMENTO DOS URSOS POLAR 2021Proceedings_of_the_First_...
ELIAS OMEGA
 
A_Maçonaria_na_História_do_Brasil,_a_visão_de_Tito_Lívio_Ferreira.pdf
A_Maçonaria_na_História_do_Brasil,_a_visão_de_Tito_Lívio_Ferreira.pdfA_Maçonaria_na_História_do_Brasil,_a_visão_de_Tito_Lívio_Ferreira.pdf
A_Maçonaria_na_História_do_Brasil,_a_visão_de_Tito_Lívio_Ferreira.pdf
ELIAS OMEGA
 
Fraude nas Urnas 2022.pdf
Fraude nas Urnas 2022.pdfFraude nas Urnas 2022.pdf
Fraude nas Urnas 2022.pdf
ELIAS OMEGA
 
Os Vikings no Brasil - Jacques de Mahieu.pdf
Os Vikings no Brasil - Jacques de Mahieu.pdfOs Vikings no Brasil - Jacques de Mahieu.pdf
Os Vikings no Brasil - Jacques de Mahieu.pdf
ELIAS OMEGA
 
Ecoterrorismo_Ecologia_radical_Dom_Bertrand_de_Orleans_e_Bragança.pdf
Ecoterrorismo_Ecologia_radical_Dom_Bertrand_de_Orleans_e_Bragança.pdfEcoterrorismo_Ecologia_radical_Dom_Bertrand_de_Orleans_e_Bragança.pdf
Ecoterrorismo_Ecologia_radical_Dom_Bertrand_de_Orleans_e_Bragança.pdf
ELIAS OMEGA
 
Covid19 - A Batalha das Vacinas
Covid19 - A Batalha das Vacinas Covid19 - A Batalha das Vacinas
Covid19 - A Batalha das Vacinas
ELIAS OMEGA
 
Resoluções_do_Encontro_Nacional_de_Direitos_Humanos_do_PT_Partido.pdf
Resoluções_do_Encontro_Nacional_de_Direitos_Humanos_do_PT_Partido.pdfResoluções_do_Encontro_Nacional_de_Direitos_Humanos_do_PT_Partido.pdf
Resoluções_do_Encontro_Nacional_de_Direitos_Humanos_do_PT_Partido.pdf
ELIAS OMEGA
 
pndh3 BRASIL 2030.pdf
pndh3 BRASIL 2030.pdfpndh3 BRASIL 2030.pdf
pndh3 BRASIL 2030.pdf
ELIAS OMEGA
 
Holocausto Judeu ou Alemão.pdf
Holocausto Judeu ou Alemão.pdfHolocausto Judeu ou Alemão.pdf
Holocausto Judeu ou Alemão.pdf
ELIAS OMEGA
 
Tirania global ... passo a passo.pdf
Tirania global ... passo a passo.pdfTirania global ... passo a passo.pdf
Tirania global ... passo a passo.pdf
ELIAS OMEGA
 
A HISTÓRIA OCULTA DO EX-PRESIDENTE DO BRASIL Luiz Inácio Lula da Silva A MÃO ...
A HISTÓRIA OCULTA DO EX-PRESIDENTE DO BRASIL Luiz Inácio Lula da Silva A MÃO ...A HISTÓRIA OCULTA DO EX-PRESIDENTE DO BRASIL Luiz Inácio Lula da Silva A MÃO ...
A HISTÓRIA OCULTA DO EX-PRESIDENTE DO BRASIL Luiz Inácio Lula da Silva A MÃO ...
ELIAS OMEGA
 

Mais de ELIAS OMEGA (20)

Os Protocolos dos Sábios de Sião.pdf
Os Protocolos dos Sábios de Sião.pdfOs Protocolos dos Sábios de Sião.pdf
Os Protocolos dos Sábios de Sião.pdf
 
TERRA-2 (2).pdf
TERRA-2 (2).pdfTERRA-2 (2).pdf
TERRA-2 (2).pdf
 
TERRA-2 ().pdf
TERRA-2 ().pdfTERRA-2 ().pdf
TERRA-2 ().pdf
 
CLUBE DA MORTE- E-BOOK GRÁTIS O INFORMANTE
CLUBE DA MORTE- E-BOOK GRÁTIS O INFORMANTECLUBE DA MORTE- E-BOOK GRÁTIS O INFORMANTE
CLUBE DA MORTE- E-BOOK GRÁTIS O INFORMANTE
 
A sinagoga de Satanas.pdf
A sinagoga de Satanas.pdfA sinagoga de Satanas.pdf
A sinagoga de Satanas.pdf
 
45 METAS PARA COMUNIZAÇÃO DO MUNDO.pdf
45 METAS PARA COMUNIZAÇÃO DO MUNDO.pdf45 METAS PARA COMUNIZAÇÃO DO MUNDO.pdf
45 METAS PARA COMUNIZAÇÃO DO MUNDO.pdf
 
EIR Soros.pdf
EIR Soros.pdfEIR Soros.pdf
EIR Soros.pdf
 
AGENDA GLOBAL 2030- BRASIL-manual_gt-1 (1).pdf
AGENDA GLOBAL 2030- BRASIL-manual_gt-1 (1).pdfAGENDA GLOBAL 2030- BRASIL-manual_gt-1 (1).pdf
AGENDA GLOBAL 2030- BRASIL-manual_gt-1 (1).pdf
 
AGENDA GLOBAL 2030-BRASIL-guia-integracao-ods-2017_red.pdf
AGENDA GLOBAL 2030-BRASIL-guia-integracao-ods-2017_red.pdfAGENDA GLOBAL 2030-BRASIL-guia-integracao-ods-2017_red.pdf
AGENDA GLOBAL 2030-BRASIL-guia-integracao-ods-2017_red.pdf
 
MUDANÇAS CLIMATICAS E O AUMENTO DOS URSOS POLAR 2021Proceedings_of_the_First_...
MUDANÇAS CLIMATICAS E O AUMENTO DOS URSOS POLAR 2021Proceedings_of_the_First_...MUDANÇAS CLIMATICAS E O AUMENTO DOS URSOS POLAR 2021Proceedings_of_the_First_...
MUDANÇAS CLIMATICAS E O AUMENTO DOS URSOS POLAR 2021Proceedings_of_the_First_...
 
A_Maçonaria_na_História_do_Brasil,_a_visão_de_Tito_Lívio_Ferreira.pdf
A_Maçonaria_na_História_do_Brasil,_a_visão_de_Tito_Lívio_Ferreira.pdfA_Maçonaria_na_História_do_Brasil,_a_visão_de_Tito_Lívio_Ferreira.pdf
A_Maçonaria_na_História_do_Brasil,_a_visão_de_Tito_Lívio_Ferreira.pdf
 
Fraude nas Urnas 2022.pdf
Fraude nas Urnas 2022.pdfFraude nas Urnas 2022.pdf
Fraude nas Urnas 2022.pdf
 
Os Vikings no Brasil - Jacques de Mahieu.pdf
Os Vikings no Brasil - Jacques de Mahieu.pdfOs Vikings no Brasil - Jacques de Mahieu.pdf
Os Vikings no Brasil - Jacques de Mahieu.pdf
 
Ecoterrorismo_Ecologia_radical_Dom_Bertrand_de_Orleans_e_Bragança.pdf
Ecoterrorismo_Ecologia_radical_Dom_Bertrand_de_Orleans_e_Bragança.pdfEcoterrorismo_Ecologia_radical_Dom_Bertrand_de_Orleans_e_Bragança.pdf
Ecoterrorismo_Ecologia_radical_Dom_Bertrand_de_Orleans_e_Bragança.pdf
 
Covid19 - A Batalha das Vacinas
Covid19 - A Batalha das Vacinas Covid19 - A Batalha das Vacinas
Covid19 - A Batalha das Vacinas
 
Resoluções_do_Encontro_Nacional_de_Direitos_Humanos_do_PT_Partido.pdf
Resoluções_do_Encontro_Nacional_de_Direitos_Humanos_do_PT_Partido.pdfResoluções_do_Encontro_Nacional_de_Direitos_Humanos_do_PT_Partido.pdf
Resoluções_do_Encontro_Nacional_de_Direitos_Humanos_do_PT_Partido.pdf
 
pndh3 BRASIL 2030.pdf
pndh3 BRASIL 2030.pdfpndh3 BRASIL 2030.pdf
pndh3 BRASIL 2030.pdf
 
Holocausto Judeu ou Alemão.pdf
Holocausto Judeu ou Alemão.pdfHolocausto Judeu ou Alemão.pdf
Holocausto Judeu ou Alemão.pdf
 
Tirania global ... passo a passo.pdf
Tirania global ... passo a passo.pdfTirania global ... passo a passo.pdf
Tirania global ... passo a passo.pdf
 
A HISTÓRIA OCULTA DO EX-PRESIDENTE DO BRASIL Luiz Inácio Lula da Silva A MÃO ...
A HISTÓRIA OCULTA DO EX-PRESIDENTE DO BRASIL Luiz Inácio Lula da Silva A MÃO ...A HISTÓRIA OCULTA DO EX-PRESIDENTE DO BRASIL Luiz Inácio Lula da Silva A MÃO ...
A HISTÓRIA OCULTA DO EX-PRESIDENTE DO BRASIL Luiz Inácio Lula da Silva A MÃO ...
 

Último

Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Marília Pacheco
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 

Último (20)

Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdfAula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
Aula Aberta_Avaliação Digital no ensino basico e secundário.pdf
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 

Recebe cartel--Recebimento denúncia Cabral e mais 19 - Cartel e fraudes licitações 19/05/2017

  • 1. PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO DE JANEIRO 7ª VARA FEDERAL CRIMINAL 1 Processo nº 0017513-21.2014.4.02.5101 (2014.51.01.017513-9) Autor: JUSTICA PUBLICA Réu: APURAR RESP/ EM CRIME PREVISTO NO ART/90 DA LEI 8666/1993 CONCLUSÃO Nesta data, faço estes autos conclusos a(o) MM(a) . Juiz(a) da 7ª Vara Federal Criminal/RJ. Rio de Janeiro/RJ, 19 de abril de 2017 FERNANDO ANTONIO SERRO POMBAL Diretor(a) de Secretaria (Sigla usuário da movimentação: JRJMHK) DECISÃO Trata-se de denúncia oferecida pelo MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL em desfavor de SÉRGIO DE OLIVEIRA CABRAL SANTOS FILHO (SERGIO CABRAL), WILSON CARLOS CORDEIRO DA SILVA CARVALHO (WILSON CARLOS), ÍCARO MORENO JÚNIOR, HUDSON BRAGA, LOUZIVAL LUIZ LAGO MASCARENHAS JUNIOR, MARCOS ANTONIO BORGHI, MARCELO DUARTE RIBEIRO, FERNANDO ANTÔNIO CAVENDISH SOARES (FERNANDO CAVENDISH), PAULO MERIADE DUARTE, BENEDICTO BARBOSA DA SILVA JÚNIOR (BENEDITO JÚNIOR), EDUARDO SOARES MARTINS, IRINEU BERARDI MEIRELES, MARCOS VIDIGAL DO AMARAL, KARINE KARAOGLAN KHOURY RIBEIRO, JUAREZ MIRANDA JUNIOR, MAURÍCIO RIZZO, GUSTAVO SOUZA, PAULO CESAR ALMEIDA CABRAL, JOSÉ GILMAR FRANCISCO DE SANTANA e RICARDO PERNAMBUCO, qualificados na denúncia, atribuindo-lhes a prática de três fatos delituosos conforme as seguintes imputações: Fato 01: SÉRGIO CABRAL, WILSON CARLOS, HUDSON BRAGA, LOUZIVAL LUIZ LAGO MASCARENHAS JUNIOR, MARCOS ANTONIO BORGHI, FERNANDO CAVENDISH, BENEDICTO BARBOSA JÚNIOR, EDUARDO SOARES MARTINS e IRINEU BERARDI MEIRELES, pela prática do crime de fraude a licitações, previsto no artigo 90, com a causa de aumento prevista no artigo 84 § 2º, ambos da Lei nº 8.666/93, em relação aos agentes públicos; Fato 02: SÉRGIO CABRAL, WILSON CARLOS, HUDSON BRAGA e ÍCARO MORENO JÚNIOR, pela prática, por três vezes, do crime de fraude a JFRJ Fls 498 Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a MARCELO DA COSTA BRETAS. Documento No: 69533220-33-0-498-6-232886 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
  • 2. PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO DE JANEIRO 7ª VARA FEDERAL CRIMINAL 2 licitações, previsto no artigo 90, com a causa de aumento prevista no artigo 84 § 2º, ambos da Lei nº 8.666/93, três vezes, na forma do art. 69 do Código Penal. Fato 03: SÉRGIO CABRAL, WILSON CARLOS, HUDSON BRAGA, JUAREZ MIRANDA JÚNIOR, BENEDICTO JUNIOR, MARCOS VIDIGAL DO AMARAL, KARINE KARAOGLAN KHOURY RIBEIRO, MARCELO DUARTE RIBEIRO, MAURÍCIO RIZZO, GUSTAVO SOUZA, PAULO MERIADE DUARTE, RICARDO PERNAMBUCO, PAULO CESAR ALMEIDA CABRAL e JOSÉ GILMAR FRANCISCO DE SANTANA, pela prática do crime previsto no artigo 4ª, I e II, alíneas “a”, “b” e “c”, da Lei nº 8.137/90. Trata-se de nova denúncia decorrente do aprofundamento de investigações realizadas pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Federal, com o apoio da Receita Federal, que revelaram a existência de um gigantesco esquema de corrupção e fraudes, envolvendo funcionários públicos de alto escalão, grandes empreiteiras, pessoas físicas e jurídicas especializadas na lavagem de dinheiro, além de ex-agentes políticos. É fato notório que diversos executivos da empreiteira ANDRADE GUTIERREZ firmaram acordo de colaboração premiada com a Procuradoria-Geral da República, nos quais reconheceram a prática de delitos em prejuízo da PETROBRAS, da ELETRONUCLEAR e também do Governo do Estado Rio de Janeiro. As declarações dos colaboradores mencionaram expressamente as obras de reforma do estádio do Maracanã para a Copa do Mundo de 2014, além de outras grandes obras públicas de construção civil, dentre as quais a construção do Arco Metropolitano e a urbanização de grandes comunidades carentes na cidade do Rio de Janeiro - “PAC Favelas”, todos custeados com recursos federais. Com a adesão de outros executivos aos acordos de leniência da ANDRADE GUTIERREZ e também da empreiteira CARIOCA ENGENHARIA foi possível identificar que o esquema criminoso seria liderado pelo então Governador Sérgio Cabral e que o esquema encontrava-se espraiado por diversas searas da administração do Governo do Estado do Rio de Janeiro. O órgão de acusação afirma que o aprofundamento das investigações revelou que a atuação de Sérgio Cabral não se restringiu aos fatos antecedentes dos JFRJ Fls 499 Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a MARCELO DA COSTA BRETAS. Documento No: 69533220-33-0-498-6-232886 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
  • 3. PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO DE JANEIRO 7ª VARA FEDERAL CRIMINAL 3 crimes de lavagem de dinheiro objeto da Operação Saqueador, tendo identificado a existência de uma Organização Criminosa - ORCRIM dedicada também à prática de crimes de corrupção, fraude a licitações, cartel e lavagem de dinheiro na execução de obras públicas financiadas ou custeadas com recursos federais, o que resultou na deflagração da Operação Calicute. Narra o MPF que a presente denúncia se refere aos pontos de interseção entre os esquemas criminosos que são objetos das chamadas Operações Calicute e Saqueador, que tramitam perante este Juízo, referindo-se especificamente às tratativas levadas a efeito pelos executivos das empreiteiras DELTA, ANDRADE GUTIERREZ, CARIOCA ENGENHARIA, ODEBRECHT, OAS, QUEIROZ GALVÃO, CAMARGO CORRÊA, CAMTER e EIT para fraudar a licitação de dois conjuntos de obras executadas pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro com recursos federais, a saber, a reforma do estádio do Maracanã para a Copa de 2014 e as obras do programa de urbanização e regularização fundiária denominado PAC-Favelas, além da formação de grupo cartelizado que atuava para eliminar a concorrência nas grandes obras públicas executadas por aquele Governo estadual. De fato, as investigações levadas a efeito até então nos feitos relacionados pelo MPF (Operações Saqueador e Calicute), cotejados os elementos de provas produzidos na presente investigação, em análise ainda perfunctória, permitem identificar com clareza o modo de atuação de significativa parte das ações da ORCRIM, e apontam para a existência de indícios suficientes de materialidade e autoria para demonstrar a prática dos crimes que são objeto da presente denúncia, razão pela qual entendo devido seu recebimento. No recebimento de denúncias há mero juízo de delibação, cabendo ao órgão jurisdicional apenas examinar a peça acusatória no que tange ao preenchimento dos requisitos do artigo 41 do Código de Processo Penal, bem como verificar se há algum motivo para rejeitá-la, na forma do artigo 395, ou para absolver sumariamente o acusado, na forma do artigo 397, ambos do mesmo diploma legal. Desse modo, é impróprio exigir-se, até para não comprometer a imparcialidade que se espera do órgão julgador, uma análise aprofundada da procedência da pretensão punitiva. JFRJ Fls 500 Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a MARCELO DA COSTA BRETAS. Documento No: 69533220-33-0-498-6-232886 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
  • 4. PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO DE JANEIRO 7ª VARA FEDERAL CRIMINAL 4 Observo que o órgão ministerial expôs com clareza o fato criminoso e suas circunstâncias, fazendo constar a qualificação dos denunciados e a classificação dos crimes, o que atende os pressupostos contidos no artigo 41 do CPP e afasta a incidência do inciso I do artigo 395 do CPP. A presença dos pressupostos processuais e condições da ação penal repele a ocorrência do disposto no inciso II do mesmo artigo. Verifico, ainda, estarem minimamente delineadas a autoria e a materialidade dos crimes que, em tese, teriam sido cometidos pelos acusados, o que se afere do teor da documentação que instrui a exordial, razão pela qual considero haver justa causa para o prosseguimento da ação penal, rechaçando a aplicação do inciso III do mencionado artigo. Assim, a presente ação deve ser admitida, porquanto ausentes as causas de rejeição, razão pela qual RECEBO A DENÚNCIA. Encaminhem-se os presentes autos eletrônicos à SEDCR para que seja alterada a classe processual para 21000 – Ações Penais (Provimento nº T2-PVC- 2012/00011, de 02/08/2012). Proceda a Secretaria à/ao: 1. cadastramento, no Sistema Apolo, da tipificação penal, das datas dos crimes, das datas do oferecimento e do recebimento da denúncia, dos dados qualificativos dos denunciados e preenchimento da tabela única de assuntos (Ofício- Circular nº T2-OCI-2010/00166, de 18/11/2010, e Provimento nº T2PVC201000084, de 25/11/2010, ambos da Corregedoria-Regional da Justiça Federal da 2ª. Região; e Resolução nº 112, de 06/04/2010, do CNJ); 2. cadastramento, no Sistema Apolo, de advogado porventura constituído em sede policial ou em procedimento administrativo originário; 3. cálculo da prescrição pela pena máxima cominada em abstrato, lavrando- se certidão, devendo na contracapa dos autos constar uma via e, na capa, etiqueta com a data da prescrição e a folha dos autos em que se encontra a certidão; 4. solicitação da FAC dos denunciados e comunicação dos seus dados qualificativos ao IFP/RJ e/ou ao órgão de identificação de outro Estado, no caso do denunciado cuja identidade não haja sido expedida no Estado do Rio de Janeiro; JFRJ Fls 501 Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a MARCELO DA COSTA BRETAS. Documento No: 69533220-33-0-498-6-232886 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
  • 5. PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO DE JANEIRO 7ª VARA FEDERAL CRIMINAL 5 5. pesquisa pelos nomes dos denunciados na consulta de processos do sistema SINIC e inclusão ou atualização dos seus dados no Boletim de Identificação (BDI), se não possuir Registro Federal (RF), e no Boletim de Distribuição Judicial (BDJ); 6. registro no SNBA dos bens apreendidos, se for o caso. Em seguida, citem-se os acusados, os quais deverão apresentar resposta à acusação no prazo de 10 (dez) dias, na forma dos artigos. 396 e 396-A do CPP, podendo, nessa oportunidade, arguir preliminares e alegar o que interessar à sua defesa, bem como oferecer documentos, especificar as provas pretendidas e arrolar testemunhas, qualificando-as e informando seus respectivos endereços, ficando desde já ciente de que as meramente abonatórias deverão apresentar suas declarações por escrito, com as firmas devidamente reconhecidas, sob pena de indeferimento. Deverá, inclusive, a defesa justificar a necessidade da oitiva da testemunha para a formação da convicção do Juízo, uma vez que o indeferimento de determinadas provas não causa nulidade, porquanto cabe mesmo ao juiz realizar exame de admissibilidade e pertinência da produção de provas, afastando aquelas que sejam impossíveis de produzir, as impertinentes e as desnecessárias. (TRF2, 1ª Seção Especializada, ENUL 200051015007520, Des. Federal ABEL GOMES, 08/09/2009). Na falta dos endereços e qualificações das testemunhas, o Juízo entenderá que estas comparecerão à audiência independentemente de intimação judicial. Ressalto que não serão deferidos requerimentos de apresentação/substituição de rol de testemunhas ou de produção de provas periciais formulados em momento processual distinto da resposta à acusação (item 3.4.1.1 do Plano de Gestão para o Funcionamento de Varas Criminais e de Execução Penal do CNJ). Deverão os citandos ficar cientes de que, se não possuírem condições financeiras para constituir advogado, deverão comparecer à Defensoria Pública da União - DPU (Rua da Alfândega, nº 70, Centro, Rio de Janeiro/RJ) a fim de realizar entrevista e receber orientações. Cientifiquem-se, ainda, os acusados de que poderá ser decretada a sua revelia caso mudem de endereço sem comunicar ao juízo (artigo 367 do CPP). JFRJ Fls 502 Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a MARCELO DA COSTA BRETAS. Documento No: 69533220-33-0-498-6-232886 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .
  • 6. PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL SEÇÃO JUDICIÁRIA DO RIO DE JANEIRO 7ª VARA FEDERAL CRIMINAL 6 Caso os acusados, regularmente citados, não apresentem resposta no prazo legal nem constituam defensor, certifique a Secretaria o ocorrido, remetendo os autos, em seguida, à Defensoria Pública da União, para que atue em sua defesa, nos termos do artigo 396-A, § 2º, do CPP, acrescentado pela Lei nº 11.719/2008. Uma vez que os endereços de alguns acusados não estão abrangidos pela jurisdição deste Juízo o, expeça-se carta precatória, fazendo constar o prazo de 15 (quinze) dias para o cumprimento, tendo em vista que alguns dos réus estão presos. Na hipótese de os advogados constituídos não apresentarem as respostas no prazo do artigo 396 do CPP, intimem-se os acusados para que os inste a fazê-lo, ficando ciente de que, caso nada seja apresentado no prazo, a DPU será indicada para patrocinar a sua defesa. Frustrada a citação pessoal e a citação com hora certa (artigo 362 do CPP), remetam-se os autos ao MPF, a fim de que diligencie junto aos órgãos conveniados com a finalidade de obter o endereço atualizado do citando (artigo 41 do CPP). A Secretaria deverá expedir novos mandados ou cartas precatórias no caso de haver novas indicações de endereços em que não tenham sido realizadas diligências. Após, voltem-me os autos conclusos, para verificação do disposto no artigo 397 do CPP. Rio de Janeiro/RJ, 19 de abril de 2017. (assinado eletronicamente) MARCELO DA COSTA BRETAS Juiz Federal 7ª Vara Federal Criminal JFRJ Fls 503 Assinado eletronicamente. Certificação digital pertencente a MARCELO DA COSTA BRETAS. Documento No: 69533220-33-0-498-6-232886 - consulta à autenticidade do documento através do site http://www.jfrj.jus.br/autenticidade .