SlideShare uma empresa Scribd logo
REALISMO-NATURALISMO
EM PORTUGAL
Segunda metade do século
XIX
Prof.(a):Lucélia Rodrigues
Realismo
• Realismo é o movimento literário de oposição
aos ideais do romantismo
• Combates esses referente a subjetividade dos
românticos
• Movimento que se preocupava com os fatos
• Retratava o mundo, a vida das personagens,
seus valores, e seus modos, objetos
• Preocupava-se com a descrição da realidade
Pintura do Realismo (Mulheres peneirando trigo,
G. Courbet)
CONTEXTO HISTÓRICO
• 2ª Revolução Industrial(
crescente aumento das
fábricas e da mão de obra
assalariada do
proletariado)
• Início da estruturação do
capitalismo
CARACTERÍSTICAS DO REALISMO
• Objetividade
• Verossimilhança
• Descritivismo
• Razão, observação e análise
• Universalismo
• Retrato fiel das personagens
CARACTERÍSTICAS DO NATURALISMO
• Assume as características do realismo e
acrescenta outras;
• Humano comparado ao animal:
– Comportamento também influenciado pelos
instintos;
– Análise objetiva do comportamento humano.
• Detalhismo: descrição > ação.
• Ênfase no patológico;
• Análise social;
• Preferência por ambientes pobres e por tipos
marginalizados ou “degradados” pela sociedade
Doutrinas filosóficas
• Positivismo- Augusto Comte- Rejeição de qualquer
interpretação metafísica, pautava-se no experimento
científico, na razão, organização
• Manifesto Comunista de Karl Max- Que dá início ao seu
socialismo diretamente ligado ao movimento operariado,
aos trabalhadores, esses tem que ter espaços na
sociedade e serem respeitados
• Teoria da Evolução das espécies- Charles Darwin- O mais
apto sobrevive, aquele que melhor se adapta a uma
mudança circunstancial
• O Determinismo de Taine- O comportamento do homem
é influenciado por 3 fatores: meio, raça e momento
histórico
• A psicanálise de Freud- diretamente ligada ao sonho, a
Questão Coimbrã -1865
• Antero de Quental x Feliciano Castilho
Tendências realistas tradição romântica
“Odes Modernas”
“Bom senso e bom gosto”
Conferências Democráticas do
Cassino Lisbonense
• Reuniões em que esses jovens
realistas discutiam as questões
ligadas a nova tendência ao realismo
e também mostravam-se contrários
as ideias românticas que ainda
perduravam em Portugal
AUTORES DA EUROPA-FRANÇA
• Gustave Flaubert- Madame Bovary - 1857
– Primeiro romance realista da literatura universal;
– Temática: adultério, crítica à burguesia;
– Características psicológicas da personagem
• Honoré de Balzac
• Charles Dickens
• Stendhal
• Émile Zola – Therese Raquin -1867:
– Inaugura o romance naturalista;
– Temática: adultério, vingança, assassinato.
• Dostoiévski
AUTORES DE PORTUGAL
• Eça de Queirós
• Oliveira Martins
• Antero de Quental
• Ramalho Ortigão
• Guerra Junqueiro
• Jaime Batalha Reis
• Salomão Sáragga
• Manuel Arriaga
EÇA DE QUEIRÓS
• Eça de Queirós foi a figura mais importante e
significativa da prosa realista em Portugal
• Junto com os outros estudantes realistas
estudou na Universidade de Coimbrã, mas não
participou com eles da polêmica, da famosa
Questão Coimbrã, mas anos depois participou
ativamente das Conferências Democráticas do
Cassino Lisbonense
A PROSA DE EÇA DE QUEIRÓS
Sua obra é dividida em três fases:
-1a. Fase - iniciação literária: resíduos
românticos.
Obra: O Mistério da Estrada de Sintra
-2a. Fase - adesão às ideias realistas:
Obras: O Crime do Padre Amaro, O Primo
Basílio, Os Maias
-3a. Fase - maturidade intelectual:período
otimista, de esperança e fé.
Obras: A Ilustre Casa de Ramires e A Cidade e as
Serras
A POESIA DE ANTERO DE QUENTAL
• liderou a Questão Coimbrã,
também chamada Questão do
Bom Senso e Bom Gosto. Obras:
Sonetos, Beatrice, Odes
Modernas, Raios de extinta luz.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Literatura Portuguesa Contemporânea: Prosa e Poesia
Literatura Portuguesa Contemporânea: Prosa e PoesiaLiteratura Portuguesa Contemporânea: Prosa e Poesia
Literatura Portuguesa Contemporânea: Prosa e Poesia
Juullio
 
Modernismo em Portugal
Modernismo em PortugalModernismo em Portugal
Modernismo em Portugal
Colégio Santa Luzia
 
Literatura contemporânea
Literatura contemporâneaLiteratura contemporânea
Literatura contemporânea
Beatriz Araujo
 
Realismo
RealismoRealismo
Realismo
martinsramon
 
Ppt realismo (1)
Ppt realismo (1)Ppt realismo (1)
Ppt realismo (1)
Equipemundi2014
 
Machado de Assis
Machado de AssisMachado de Assis
Machado de Assis
Robert Harris
 
Realismo e Naturalismo - Literatura
Realismo e Naturalismo - LiteraturaRealismo e Naturalismo - Literatura
Realismo e Naturalismo - Literatura
Cynthia Funchal
 
Realismo
RealismoRealismo
Realismo
Carla Teixeira
 
Romantismo contexto histórico e características
Romantismo   contexto histórico e característicasRomantismo   contexto histórico e características
Romantismo contexto histórico e características
VIVIAN TROMBINI
 
O que é Literatura?
O que é Literatura?O que é Literatura?
O que é Literatura?
Faell Vasconcelos
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
Naldinho Amorim
 
Caracteristicas de Cesário Verde
Caracteristicas de Cesário VerdeCaracteristicas de Cesário Verde
Caracteristicas de Cesário Verde
MariaVerde1995
 
Segunda geração modernista
Segunda geração modernistaSegunda geração modernista
Segunda geração modernista
Andrieli Muhl
 
Cesário verde
Cesário verdeCesário verde
Cesário verde
ameliapadrao
 
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIASLITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
Amelia Barros
 
Modernismo
Modernismo Modernismo
Modernismo
Cláudia Heloísa
 
Nós, de Cesário Verde
Nós, de Cesário VerdeNós, de Cesário Verde
Nós, de Cesário Verde
Dina Baptista
 
Luís Vaz de Camões
Luís Vaz de CamõesLuís Vaz de Camões
Luís Vaz de Camões
Cláudia Heloísa
 
Especial Clarice Lispector
Especial Clarice LispectorEspecial Clarice Lispector
Especial Clarice Lispector
Ana Batista
 
Terceira geração romântica
Terceira geração românticaTerceira geração romântica
Terceira geração romântica
Viviane Gomes
 

Mais procurados (20)

Literatura Portuguesa Contemporânea: Prosa e Poesia
Literatura Portuguesa Contemporânea: Prosa e PoesiaLiteratura Portuguesa Contemporânea: Prosa e Poesia
Literatura Portuguesa Contemporânea: Prosa e Poesia
 
Modernismo em Portugal
Modernismo em PortugalModernismo em Portugal
Modernismo em Portugal
 
Literatura contemporânea
Literatura contemporâneaLiteratura contemporânea
Literatura contemporânea
 
Realismo
RealismoRealismo
Realismo
 
Ppt realismo (1)
Ppt realismo (1)Ppt realismo (1)
Ppt realismo (1)
 
Machado de Assis
Machado de AssisMachado de Assis
Machado de Assis
 
Realismo e Naturalismo - Literatura
Realismo e Naturalismo - LiteraturaRealismo e Naturalismo - Literatura
Realismo e Naturalismo - Literatura
 
Realismo
RealismoRealismo
Realismo
 
Romantismo contexto histórico e características
Romantismo   contexto histórico e característicasRomantismo   contexto histórico e características
Romantismo contexto histórico e características
 
O que é Literatura?
O que é Literatura?O que é Literatura?
O que é Literatura?
 
Simbolismo
SimbolismoSimbolismo
Simbolismo
 
Caracteristicas de Cesário Verde
Caracteristicas de Cesário VerdeCaracteristicas de Cesário Verde
Caracteristicas de Cesário Verde
 
Segunda geração modernista
Segunda geração modernistaSegunda geração modernista
Segunda geração modernista
 
Cesário verde
Cesário verdeCesário verde
Cesário verde
 
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIASLITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
LITERATURA: ESCOLAS LITERÁRIAS
 
Modernismo
Modernismo Modernismo
Modernismo
 
Nós, de Cesário Verde
Nós, de Cesário VerdeNós, de Cesário Verde
Nós, de Cesário Verde
 
Luís Vaz de Camões
Luís Vaz de CamõesLuís Vaz de Camões
Luís Vaz de Camões
 
Especial Clarice Lispector
Especial Clarice LispectorEspecial Clarice Lispector
Especial Clarice Lispector
 
Terceira geração romântica
Terceira geração românticaTerceira geração romântica
Terceira geração romântica
 

Destaque

O Realismo em Portugal - Literatura Portuguesa
O Realismo em Portugal - Literatura PortuguesaO Realismo em Portugal - Literatura Portuguesa
O Realismo em Portugal - Literatura Portuguesa
Maria Rebelo
 
Realismo em Portugal
Realismo em Portugal Realismo em Portugal
Realismo em Portugal
Daniel Gonçalves
 
Realismo x Naturalismo
Realismo x NaturalismoRealismo x Naturalismo
Realismo x Naturalismo
adenicio
 
Realismo Português
Realismo PortuguêsRealismo Português
Realismo Português
Vitor Barreto
 
Realismo naturalismo
Realismo   naturalismoRealismo   naturalismo
Realismo naturalismo
nagelaviana
 
Naturalismo, realismo
Naturalismo, realismo Naturalismo, realismo
Naturalismo, realismo
Ana Barreiros
 
Parnasianismo
ParnasianismoParnasianismo
Parnasianismo
Walace Cestari
 
O Realismo no Brasil
O Realismo no BrasilO Realismo no Brasil
O Realismo no Brasil
Israel Ferreira
 
Parnasianismo
ParnasianismoParnasianismo
Parnasianismo
Cláudia Heloísa
 
Parnasianismo
ParnasianismoParnasianismo
Parnasianismo
CarolinaVieira741
 
Parnasianismo 2.0
Parnasianismo 2.0Parnasianismo 2.0
Parnasianismo 2.0
José Ricardo Lima
 
Realismo no brasil
Realismo no brasilRealismo no brasil
Realismo no brasil
Karoline Tavares
 
Pintura e escultura em Portugal nos finais do século XIX
Pintura e escultura em Portugal nos finais do século XIXPintura e escultura em Portugal nos finais do século XIX
Pintura e escultura em Portugal nos finais do século XIX
Carlos Pinheiro
 
Naturalismo e Realismo na Pintura
Naturalismo e Realismo na PinturaNaturalismo e Realismo na Pintura
Naturalismo e Realismo na Pintura
Carlos Pinheiro
 
Fotoreportagem
FotoreportagemFotoreportagem
Fotoreportagem
Carla Luís
 
Fotorreportagem no Brasil - Revista O Cruzeiro
Fotorreportagem no Brasil - Revista O CruzeiroFotorreportagem no Brasil - Revista O Cruzeiro
Fotorreportagem no Brasil - Revista O Cruzeiro
fotorreportagem
 
Movimento Literário Realismo
Movimento Literário Realismo Movimento Literário Realismo
Movimento Literário Realismo
Allyne Alves
 
Movimento Literário Romantismo - " O Romantismo olha o mundo de forma apaixon...
Movimento Literário Romantismo - " O Romantismo olha o mundo de forma apaixon...Movimento Literário Romantismo - " O Romantismo olha o mundo de forma apaixon...
Movimento Literário Romantismo - " O Romantismo olha o mundo de forma apaixon...
SrtGalaxy
 
Segurança Rodoviária
Segurança RodoviáriaSegurança Rodoviária
Segurança Rodoviária
Fernando Monteiro
 
C:\fakepath\segurança e prevenção rodoviária
C:\fakepath\segurança e prevenção rodoviáriaC:\fakepath\segurança e prevenção rodoviária
C:\fakepath\segurança e prevenção rodoviária
Teresa Ferreira
 

Destaque (20)

O Realismo em Portugal - Literatura Portuguesa
O Realismo em Portugal - Literatura PortuguesaO Realismo em Portugal - Literatura Portuguesa
O Realismo em Portugal - Literatura Portuguesa
 
Realismo em Portugal
Realismo em Portugal Realismo em Portugal
Realismo em Portugal
 
Realismo x Naturalismo
Realismo x NaturalismoRealismo x Naturalismo
Realismo x Naturalismo
 
Realismo Português
Realismo PortuguêsRealismo Português
Realismo Português
 
Realismo naturalismo
Realismo   naturalismoRealismo   naturalismo
Realismo naturalismo
 
Naturalismo, realismo
Naturalismo, realismo Naturalismo, realismo
Naturalismo, realismo
 
Parnasianismo
ParnasianismoParnasianismo
Parnasianismo
 
O Realismo no Brasil
O Realismo no BrasilO Realismo no Brasil
O Realismo no Brasil
 
Parnasianismo
ParnasianismoParnasianismo
Parnasianismo
 
Parnasianismo
ParnasianismoParnasianismo
Parnasianismo
 
Parnasianismo 2.0
Parnasianismo 2.0Parnasianismo 2.0
Parnasianismo 2.0
 
Realismo no brasil
Realismo no brasilRealismo no brasil
Realismo no brasil
 
Pintura e escultura em Portugal nos finais do século XIX
Pintura e escultura em Portugal nos finais do século XIXPintura e escultura em Portugal nos finais do século XIX
Pintura e escultura em Portugal nos finais do século XIX
 
Naturalismo e Realismo na Pintura
Naturalismo e Realismo na PinturaNaturalismo e Realismo na Pintura
Naturalismo e Realismo na Pintura
 
Fotoreportagem
FotoreportagemFotoreportagem
Fotoreportagem
 
Fotorreportagem no Brasil - Revista O Cruzeiro
Fotorreportagem no Brasil - Revista O CruzeiroFotorreportagem no Brasil - Revista O Cruzeiro
Fotorreportagem no Brasil - Revista O Cruzeiro
 
Movimento Literário Realismo
Movimento Literário Realismo Movimento Literário Realismo
Movimento Literário Realismo
 
Movimento Literário Romantismo - " O Romantismo olha o mundo de forma apaixon...
Movimento Literário Romantismo - " O Romantismo olha o mundo de forma apaixon...Movimento Literário Romantismo - " O Romantismo olha o mundo de forma apaixon...
Movimento Literário Romantismo - " O Romantismo olha o mundo de forma apaixon...
 
Segurança Rodoviária
Segurança RodoviáriaSegurança Rodoviária
Segurança Rodoviária
 
C:\fakepath\segurança e prevenção rodoviária
C:\fakepath\segurança e prevenção rodoviáriaC:\fakepath\segurança e prevenção rodoviária
C:\fakepath\segurança e prevenção rodoviária
 

Semelhante a Realismo em portugal

Realismo 2 ano
Realismo 2 anoRealismo 2 ano
Realismo 2 ano
Marilene dos Santos
 
Slide realismo naturalismo 09 ago 13
Slide realismo  naturalismo 09 ago 13Slide realismo  naturalismo 09 ago 13
Slide realismo naturalismo 09 ago 13
Ajudar Pessoas
 
2ª série - LP 19.pptx
2ª série - LP 19.pptx2ª série - LP 19.pptx
2ª série - LP 19.pptx
GoisTec
 
Arte - Realismo
Arte - RealismoArte - Realismo
Arte - Realismo
Maiara Giordani
 
Segundo leila
Segundo leilaSegundo leila
Segundo leila
Monica Silva
 
Realismo narturalismo 2016
Realismo narturalismo 2016Realismo narturalismo 2016
Realismo narturalismo 2016
Josi Motta
 
Romantismo,realismo
Romantismo,realismoRomantismo,realismo
Romantismo,realismo
Isabella Silva
 
Aula 13 realismo - naturalismo em portugal
Aula 13   realismo - naturalismo em portugalAula 13   realismo - naturalismo em portugal
Aula 13 realismo - naturalismo em portugal
Jonatas Carlos
 
Aula 06 naturalismo e realismo
Aula 06 naturalismo e realismoAula 06 naturalismo e realismo
Aula 06 naturalismo e realismo
Marcio Duarte
 
Trabalho portugues realismo naturalismo
Trabalho portugues realismo naturalismoTrabalho portugues realismo naturalismo
Trabalho portugues realismo naturalismo
LuizBraz9
 
Ideologia mais escolas literarias
Ideologia mais  escolas literariasIdeologia mais  escolas literarias
Ideologia mais escolas literarias
Uniesp
 
Naturalismo e realismo
Naturalismo e realismoNaturalismo e realismo
Naturalismo e realismo
William Marques
 
Realismo
RealismoRealismo
Realismo
carolpixel
 
Realismo naturalismo
Realismo naturalismoRealismo naturalismo
Realismo naturalismo
BriefCase
 
O realismo
O realismoO realismo
O realismo
DealdyPony
 
Movimento Literário Realismo: Realismo, movimento literário compromissado em ...
Movimento Literário Realismo: Realismo, movimento literário compromissado em ...Movimento Literário Realismo: Realismo, movimento literário compromissado em ...
Movimento Literário Realismo: Realismo, movimento literário compromissado em ...
Dafne Beatriz Santos
 
O realismo
O realismoO realismo
O realismo
Isadora Kniess
 
Realismo
Realismo Realismo
Realismo
Clarice Menezes
 
Realismo; Natualismo; Parnasianismo Português
Realismo; Natualismo; Parnasianismo PortuguêsRealismo; Natualismo; Parnasianismo Português
Realismo; Natualismo; Parnasianismo Português
Uiles Martins
 
Aula 06 naturalismo-realismo
Aula 06 naturalismo-realismoAula 06 naturalismo-realismo
Aula 06 naturalismo-realismo
Marcio Duarte
 

Semelhante a Realismo em portugal (20)

Realismo 2 ano
Realismo 2 anoRealismo 2 ano
Realismo 2 ano
 
Slide realismo naturalismo 09 ago 13
Slide realismo  naturalismo 09 ago 13Slide realismo  naturalismo 09 ago 13
Slide realismo naturalismo 09 ago 13
 
2ª série - LP 19.pptx
2ª série - LP 19.pptx2ª série - LP 19.pptx
2ª série - LP 19.pptx
 
Arte - Realismo
Arte - RealismoArte - Realismo
Arte - Realismo
 
Segundo leila
Segundo leilaSegundo leila
Segundo leila
 
Realismo narturalismo 2016
Realismo narturalismo 2016Realismo narturalismo 2016
Realismo narturalismo 2016
 
Romantismo,realismo
Romantismo,realismoRomantismo,realismo
Romantismo,realismo
 
Aula 13 realismo - naturalismo em portugal
Aula 13   realismo - naturalismo em portugalAula 13   realismo - naturalismo em portugal
Aula 13 realismo - naturalismo em portugal
 
Aula 06 naturalismo e realismo
Aula 06 naturalismo e realismoAula 06 naturalismo e realismo
Aula 06 naturalismo e realismo
 
Trabalho portugues realismo naturalismo
Trabalho portugues realismo naturalismoTrabalho portugues realismo naturalismo
Trabalho portugues realismo naturalismo
 
Ideologia mais escolas literarias
Ideologia mais  escolas literariasIdeologia mais  escolas literarias
Ideologia mais escolas literarias
 
Naturalismo e realismo
Naturalismo e realismoNaturalismo e realismo
Naturalismo e realismo
 
Realismo
RealismoRealismo
Realismo
 
Realismo naturalismo
Realismo naturalismoRealismo naturalismo
Realismo naturalismo
 
O realismo
O realismoO realismo
O realismo
 
Movimento Literário Realismo: Realismo, movimento literário compromissado em ...
Movimento Literário Realismo: Realismo, movimento literário compromissado em ...Movimento Literário Realismo: Realismo, movimento literário compromissado em ...
Movimento Literário Realismo: Realismo, movimento literário compromissado em ...
 
O realismo
O realismoO realismo
O realismo
 
Realismo
Realismo Realismo
Realismo
 
Realismo; Natualismo; Parnasianismo Português
Realismo; Natualismo; Parnasianismo PortuguêsRealismo; Natualismo; Parnasianismo Português
Realismo; Natualismo; Parnasianismo Português
 
Aula 06 naturalismo-realismo
Aula 06 naturalismo-realismoAula 06 naturalismo-realismo
Aula 06 naturalismo-realismo
 

Último

Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
Maria das Graças Machado Rodrigues
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
Estuda.com
 

Último (20)

Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Elogio da Saudade .
Elogio da Saudade                          .Elogio da Saudade                          .
Elogio da Saudade .
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
 

Realismo em portugal

  • 1. REALISMO-NATURALISMO EM PORTUGAL Segunda metade do século XIX Prof.(a):Lucélia Rodrigues
  • 2. Realismo • Realismo é o movimento literário de oposição aos ideais do romantismo • Combates esses referente a subjetividade dos românticos • Movimento que se preocupava com os fatos • Retratava o mundo, a vida das personagens, seus valores, e seus modos, objetos • Preocupava-se com a descrição da realidade
  • 3. Pintura do Realismo (Mulheres peneirando trigo, G. Courbet)
  • 4. CONTEXTO HISTÓRICO • 2ª Revolução Industrial( crescente aumento das fábricas e da mão de obra assalariada do proletariado) • Início da estruturação do capitalismo
  • 5. CARACTERÍSTICAS DO REALISMO • Objetividade • Verossimilhança • Descritivismo • Razão, observação e análise • Universalismo • Retrato fiel das personagens
  • 6. CARACTERÍSTICAS DO NATURALISMO • Assume as características do realismo e acrescenta outras; • Humano comparado ao animal: – Comportamento também influenciado pelos instintos; – Análise objetiva do comportamento humano. • Detalhismo: descrição > ação. • Ênfase no patológico; • Análise social; • Preferência por ambientes pobres e por tipos marginalizados ou “degradados” pela sociedade
  • 7. Doutrinas filosóficas • Positivismo- Augusto Comte- Rejeição de qualquer interpretação metafísica, pautava-se no experimento científico, na razão, organização • Manifesto Comunista de Karl Max- Que dá início ao seu socialismo diretamente ligado ao movimento operariado, aos trabalhadores, esses tem que ter espaços na sociedade e serem respeitados • Teoria da Evolução das espécies- Charles Darwin- O mais apto sobrevive, aquele que melhor se adapta a uma mudança circunstancial • O Determinismo de Taine- O comportamento do homem é influenciado por 3 fatores: meio, raça e momento histórico • A psicanálise de Freud- diretamente ligada ao sonho, a
  • 8. Questão Coimbrã -1865 • Antero de Quental x Feliciano Castilho Tendências realistas tradição romântica “Odes Modernas” “Bom senso e bom gosto”
  • 9. Conferências Democráticas do Cassino Lisbonense • Reuniões em que esses jovens realistas discutiam as questões ligadas a nova tendência ao realismo e também mostravam-se contrários as ideias românticas que ainda perduravam em Portugal
  • 10. AUTORES DA EUROPA-FRANÇA • Gustave Flaubert- Madame Bovary - 1857 – Primeiro romance realista da literatura universal; – Temática: adultério, crítica à burguesia; – Características psicológicas da personagem • Honoré de Balzac • Charles Dickens • Stendhal • Émile Zola – Therese Raquin -1867: – Inaugura o romance naturalista; – Temática: adultério, vingança, assassinato. • Dostoiévski
  • 11. AUTORES DE PORTUGAL • Eça de Queirós • Oliveira Martins • Antero de Quental • Ramalho Ortigão • Guerra Junqueiro • Jaime Batalha Reis • Salomão Sáragga • Manuel Arriaga
  • 12. EÇA DE QUEIRÓS • Eça de Queirós foi a figura mais importante e significativa da prosa realista em Portugal • Junto com os outros estudantes realistas estudou na Universidade de Coimbrã, mas não participou com eles da polêmica, da famosa Questão Coimbrã, mas anos depois participou ativamente das Conferências Democráticas do Cassino Lisbonense
  • 13. A PROSA DE EÇA DE QUEIRÓS Sua obra é dividida em três fases: -1a. Fase - iniciação literária: resíduos românticos. Obra: O Mistério da Estrada de Sintra -2a. Fase - adesão às ideias realistas: Obras: O Crime do Padre Amaro, O Primo Basílio, Os Maias -3a. Fase - maturidade intelectual:período otimista, de esperança e fé. Obras: A Ilustre Casa de Ramires e A Cidade e as Serras
  • 14. A POESIA DE ANTERO DE QUENTAL • liderou a Questão Coimbrã, também chamada Questão do Bom Senso e Bom Gosto. Obras: Sonetos, Beatrice, Odes Modernas, Raios de extinta luz.