SlideShare uma empresa Scribd logo
QUESTÕES DO ENEM - PROVA AMARELA 2017
Claudio Buffara – Rio de Janeiro
s inscrições para o ENEM 2018 já estão próximas de começar, então já está na
hora de você se preparar para não ficar para trás. Dando continuidade a
soluções da prova amarela do ENEM 2017 continuamos com as soluções das
questões.
QUESTÃO 154
Uma rede hoteleira dispõe de cabanas simples na ilha de Gotland, na Suécia. A
estrutura de sustentação de cada uma dessas cabanas. A ideia é permitir ao
hóspede uma estada livre de tecnologia, mas conectada com a natureza.
SOLUÇÃO:
A superfície tem a forma de um PRISMA TRIANGULAR RETO. Observe que as
bases (que, na Figura 2, estão contidas em planos verticais) são triângulos e
que as faces são retângulos perpendiculares às bases (observe os ângulos
retos marcados na figura) ➔ alternativa E
QUESTÃO 155:
A figura ilustra uma partida de Campo Minado, o jogo presente em
praticamente todo computador pessoal. Quatro quadrados em um tabuleiro 16
x 16 foram abertos, e os números em suas faces indicam quantos dos seus 8
vizinhos contém minas (a serem evitadas). O número 40 no canto inferior
direito é o número total de minas no tabuleiro, cujas posições foram
escolhidas ao acaso, de forma uniforme, antes de se abrir qualquer quadrado.
Em sua próxima jogada, o jogador deve escolher dentre os quadrados
marcados com as letras P, Q, R, S e T um para abrir, sendo que deve escolher
aquele com a menor probabilidade de conter uma mina. O jogador deverá
abrir o quadrado marcado com qual letra?
SOLUÇÃO:
As probabilidades de P, S e T conterem uma mina são, respectivamente, 28,
48 e 38 . A probabilidade de Q conter uma mina é de apenas 18 . Logo, Q é
preferível a P, S e T. Resta calcular a probabilidade de R conter uma mina.
Sabemos que os 4∙9=36 quadrados em torno daqueles já abertos (incluindo
estes) contém, no total, 2 + 4 + 3 + 1 = 10 minas. Os restantes 16∙16-36=220
quadrados (inclusive R) devem conter, necessariamente, as 30 minas
restantes. Assim, a probabilidade de que um deles contenha uma mina é igual
a 30220=322>324=18 . Logo, é mais provável que R contenha uma mina do
que Q contenha uma mina e, portanto, o jogador deve abrir o quadrado
marcado com a letra Q ➔ alternativa B
QUESTÃO 156
A água para o abastecimento de um prédio é armazenada em um sistema
formado por dois reservatórios idênticos, em formato de bloco retangular,
ligados entre si por um cano igual ao cano de entrada. A água entra no
sistema pelo cano de entrada no Reservatório 1 a uma vazão constante e, ao
atingir o nível do cano de ligação, passa a abastecer o Reservatório 2.
Suponha que, inicialmente, os dois reservatórios estejam vazios. Qual dos
gráficos melhor descreverá a altura h do nível da água no Reservatório 1, em
função do volume V de água no sistema?
SOLUÇÃO:
Como a água entre a uma vazão constante, a altura da água no Reservatório 1
sobe, inicialmente, a uma taxa constante. Isso ocorre até a água atingir a
altura do cano de ligação entre os dois reservatórios. Neste momento, a altura
da água no Reservatório 1 para de subir, e fica parada até que a água no
Reservatório 2 atinja a altura do cano de ligação.
A partir daí, a água passa a subir à mesma taxa nos dois reservatórios, mas
esta taxa é metade da taxa à qual a água subiu inicialmente no Reservatório 1,
já que temos a mesma vazão de água para encher o dobro do volume (a soma
dos volumes dos dois reservatórios). O único gráfico compatível com esta
descrição é o da alternativa D.
QUESTÃO 157
A manchete demonstra que o transporte de grandes cargas representa cada
vez mais preocupação quando feito em vias urbanas.
Caminhão entala em viaduto no Centro um caminhão de grande porte entalou
embaixo do viaduto no cruzamento das avenidas Borges de Medeiros e
Loureiro da Silva no sentido Centro-Bairro, próximo à Ponte de Pedra, na
capital. Esse veículo vinha de São Paulo para Porto Alegre e transportava três
grandes tubos.
Considere que o raio externo de cada cano da imagem seja 0,60 m e que eles
estejam em cima de uma carroceria cuja parte superior está a 1,30 m do solo.
O desenho representa a vista traseira do empilhamento dos canos.
A margem de segurança recomendada para que um veículo passe sob um
viaduto é que a altura total do veículo com a carga seja, no mínimo, 0,50 m
menor do que a altura do vão do viaduto. Considere 1,7 como aproximação
para N/5 . Qual deveria ser a altura mínima do viaduto, em metro, para que
esse caminhão pudesse passar com segurança sob seu vão?
SOLUÇÃO:
SOLUÇÃO:
Da figura, vemos que os centros dos três círculos são os vértices de um
triângulo equilátero de lado medindo 0,60 + 0,60 = 1,20 m. A altura deste
triângulo mede 1,2032= 1,20∙1,72=1,02 m.
Assim, a altura da carga é igual a 0,60 + 1,02 + 0,60 = 2,22 m.
A carga está apoiada a 1,30 m do chão e o topo da carga deve estar a, no
mínimo, 0,50 m abaixo do viaduto. Logo, o viaduto deve ter uma altura de, no
mínimo, 1,30 + 2,22 + 0,50 = 4,02 m ➔ alternativa D.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Outras aplicações com seno, cosseno e tangente 2
Outras aplicações com seno, cosseno e tangente 2Outras aplicações com seno, cosseno e tangente 2
Outras aplicações com seno, cosseno e tangente 2
grpoliart
 
Lista de Exercícios 2 – Semelhança
Lista de Exercícios 2 – SemelhançaLista de Exercícios 2 – Semelhança
Lista de Exercícios 2 – Semelhança
Everton Moraes
 
Relações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retânguloRelações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retângulo
con_seguir
 
Lista de relações métricas no triangulo retângulo
Lista de  relações métricas no triangulo retânguloLista de  relações métricas no triangulo retângulo
Lista de relações métricas no triangulo retângulo
Rosana Santos Quirino
 
Teorema tales
Teorema talesTeorema tales
Teorema tales
Ronaldo A. Ferreira
 
Teorema de Tales
Teorema de TalesTeorema de Tales
Teorema de Tales
Marcela Miranda
 
Perímetros
PerímetrosPerímetros
Relações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retânguloRelações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retângulo
ELIZEU GODOY JR
 
Recuperacao de Matematica
Recuperacao de MatematicaRecuperacao de Matematica
Recuperacao de Matematica
3unicocbc
 
Cruzadinha Matemática 010
Cruzadinha Matemática 010Cruzadinha Matemática 010
Cruzadinha Matemática 010
Prof. Materaldo
 
Círculo trigonométrico. redução ao 1.º quadrante.
Círculo trigonométrico. redução ao 1.º quadrante.Círculo trigonométrico. redução ao 1.º quadrante.
Círculo trigonométrico. redução ao 1.º quadrante.
silvia_lfr
 
Jogo "Quem quer ser matemático" - 8ºano
Jogo "Quem quer ser matemático" - 8ºanoJogo "Quem quer ser matemático" - 8ºano
Jogo "Quem quer ser matemático" - 8ºano
Danielfernandesaraujo
 
Geometria Analítica
Geometria AnalíticaGeometria Analítica
Geometria Analítica
Guilherme Piva
 
MATEMÁTICA FUNDAMENTAL - TEOREMA DE PITÁGORAS
MATEMÁTICA FUNDAMENTAL - TEOREMA DE PITÁGORASMATEMÁTICA FUNDAMENTAL - TEOREMA DE PITÁGORAS
MATEMÁTICA FUNDAMENTAL - TEOREMA DE PITÁGORAS
Alexander Mayer
 
Teorema tales
Teorema talesTeorema tales
Teorema tales
Renan Branco
 
Introdução à Trigonometria (adaptação RIVED)
Introdução à Trigonometria (adaptação RIVED)Introdução à Trigonometria (adaptação RIVED)
Introdução à Trigonometria (adaptação RIVED)
Andréa Thees
 
Milionário 8º
Milionário 8ºMilionário 8º
Milionário 8º
Danielfernandesaraujo
 
Lista de relações métricas no triangulo retângulo
Lista de  relações métricas no triangulo retânguloLista de  relações métricas no triangulo retângulo
Lista de relações métricas no triangulo retângulo
Rosana Santos Quirino
 
18012014
1801201418012014

Mais procurados (19)

Outras aplicações com seno, cosseno e tangente 2
Outras aplicações com seno, cosseno e tangente 2Outras aplicações com seno, cosseno e tangente 2
Outras aplicações com seno, cosseno e tangente 2
 
Lista de Exercícios 2 – Semelhança
Lista de Exercícios 2 – SemelhançaLista de Exercícios 2 – Semelhança
Lista de Exercícios 2 – Semelhança
 
Relações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retânguloRelações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retângulo
 
Lista de relações métricas no triangulo retângulo
Lista de  relações métricas no triangulo retânguloLista de  relações métricas no triangulo retângulo
Lista de relações métricas no triangulo retângulo
 
Teorema tales
Teorema talesTeorema tales
Teorema tales
 
Teorema de Tales
Teorema de TalesTeorema de Tales
Teorema de Tales
 
Perímetros
PerímetrosPerímetros
Perímetros
 
Relações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retânguloRelações métricas no triângulo retângulo
Relações métricas no triângulo retângulo
 
Recuperacao de Matematica
Recuperacao de MatematicaRecuperacao de Matematica
Recuperacao de Matematica
 
Cruzadinha Matemática 010
Cruzadinha Matemática 010Cruzadinha Matemática 010
Cruzadinha Matemática 010
 
Círculo trigonométrico. redução ao 1.º quadrante.
Círculo trigonométrico. redução ao 1.º quadrante.Círculo trigonométrico. redução ao 1.º quadrante.
Círculo trigonométrico. redução ao 1.º quadrante.
 
Jogo "Quem quer ser matemático" - 8ºano
Jogo "Quem quer ser matemático" - 8ºanoJogo "Quem quer ser matemático" - 8ºano
Jogo "Quem quer ser matemático" - 8ºano
 
Geometria Analítica
Geometria AnalíticaGeometria Analítica
Geometria Analítica
 
MATEMÁTICA FUNDAMENTAL - TEOREMA DE PITÁGORAS
MATEMÁTICA FUNDAMENTAL - TEOREMA DE PITÁGORASMATEMÁTICA FUNDAMENTAL - TEOREMA DE PITÁGORAS
MATEMÁTICA FUNDAMENTAL - TEOREMA DE PITÁGORAS
 
Teorema tales
Teorema talesTeorema tales
Teorema tales
 
Introdução à Trigonometria (adaptação RIVED)
Introdução à Trigonometria (adaptação RIVED)Introdução à Trigonometria (adaptação RIVED)
Introdução à Trigonometria (adaptação RIVED)
 
Milionário 8º
Milionário 8ºMilionário 8º
Milionário 8º
 
Lista de relações métricas no triangulo retângulo
Lista de  relações métricas no triangulo retânguloLista de  relações métricas no triangulo retângulo
Lista de relações métricas no triangulo retângulo
 
18012014
1801201418012014
18012014
 

Semelhante a QUESTÕES DO ENEM - PROVA AMARELA 2017

Obmep3 3
Obmep3 3Obmep3 3
Obmep3 3
Gabriel Robert
 
Ufmg 1997-1ª - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.blogspot.c...
Ufmg 1997-1ª - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.blogspot.c...Ufmg 1997-1ª - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.blogspot.c...
Ufmg 1997-1ª - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.blogspot.c...
Rodrigo Penna
 
Geometria II - habilidade 8 da matriz ENEM - AP 17
Geometria II - habilidade 8 da matriz ENEM - AP 17Geometria II - habilidade 8 da matriz ENEM - AP 17
Geometria II - habilidade 8 da matriz ENEM - AP 17
Secretaria de Estado de Educação do Pará
 
Gabarito saerjinho 2º bimestre 2014
Gabarito saerjinho 2º bimestre 2014Gabarito saerjinho 2º bimestre 2014
Gabarito saerjinho 2º bimestre 2014
CIEP 456 - E.M. Milcah de Sousa
 
OBMEP 3 2013
OBMEP 3  2013OBMEP 3  2013
OBMEP 3 2013
Marcelino Jose
 
Questões Comentadas Raciocínio Lógico-Matemático do Concurso de Escrevente TJ-SP
Questões Comentadas Raciocínio Lógico-Matemático do Concurso de Escrevente TJ-SPQuestões Comentadas Raciocínio Lógico-Matemático do Concurso de Escrevente TJ-SP
Questões Comentadas Raciocínio Lógico-Matemático do Concurso de Escrevente TJ-SP
Estratégia Concursos
 
Trigonometria
TrigonometriaTrigonometria
Trigonometria
KalculosOnline
 
OBMEP-2010-Solução da Prova
OBMEP-2010-Solução da ProvaOBMEP-2010-Solução da Prova
OBMEP-2010-Solução da Prova
Professor Emerson
 
Ufmg 1998-2ª - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.blogspot.c...
Ufmg 1998-2ª - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.blogspot.c...Ufmg 1998-2ª - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.blogspot.c...
Ufmg 1998-2ª - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.blogspot.c...
Rodrigo Penna
 
Questões com equação do 2º grau.enem
Questões com equação do 2º grau.enemQuestões com equação do 2º grau.enem
Questões com equação do 2º grau.enem
Lautônio Teotônio Ferreira
 
prof.Calazans(Mat. e suas Tecnologias)-Simulado comentado 05
prof.Calazans(Mat. e suas Tecnologias)-Simulado comentado 05prof.Calazans(Mat. e suas Tecnologias)-Simulado comentado 05
prof.Calazans(Mat. e suas Tecnologias)-Simulado comentado 05
ProfCalazans
 
Banco de Questões PJF
Banco de Questões PJFBanco de Questões PJF
Banco de Questões PJF
francielidaiane
 
Função do 2° grau
Função do 2° grauFunção do 2° grau
Função do 2° grau
KalculosOnline
 
Mat geometria plana soluções
Mat geometria plana soluçõesMat geometria plana soluções
Mat geometria plana soluções
trigono_metrico
 
Desenvolvimento formulas do mde-rev2
Desenvolvimento formulas do mde-rev2Desenvolvimento formulas do mde-rev2
Desenvolvimento formulas do mde-rev2
Geraldo Lamon
 
14.12.07 resolução comentada (matemática) - etec - 1º sem - 2.015
14.12.07   resolução comentada (matemática) - etec - 1º sem - 2.01514.12.07   resolução comentada (matemática) - etec - 1º sem - 2.015
14.12.07 resolução comentada (matemática) - etec - 1º sem - 2.015
Luiz Francisco Batista Sampaio
 
Prova de matemática 2ª fase ufpe ufrpe-2009
Prova de matemática 2ª fase ufpe ufrpe-2009Prova de matemática 2ª fase ufpe ufrpe-2009
Prova de matemática 2ª fase ufpe ufrpe-2009
mariainesmachado
 
Física 2007
Física 2007Física 2007
espacial cilindro e exercícios
espacial cilindro e exercíciosespacial cilindro e exercícios
espacial cilindro e exercícios
Antonio Rafael
 
Dp lista matematica 9º ano 2013
Dp  lista matematica 9º ano 2013Dp  lista matematica 9º ano 2013
Dp lista matematica 9º ano 2013
melloayres
 

Semelhante a QUESTÕES DO ENEM - PROVA AMARELA 2017 (20)

Obmep3 3
Obmep3 3Obmep3 3
Obmep3 3
 
Ufmg 1997-1ª - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.blogspot.c...
Ufmg 1997-1ª - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.blogspot.c...Ufmg 1997-1ª - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.blogspot.c...
Ufmg 1997-1ª - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.blogspot.c...
 
Geometria II - habilidade 8 da matriz ENEM - AP 17
Geometria II - habilidade 8 da matriz ENEM - AP 17Geometria II - habilidade 8 da matriz ENEM - AP 17
Geometria II - habilidade 8 da matriz ENEM - AP 17
 
Gabarito saerjinho 2º bimestre 2014
Gabarito saerjinho 2º bimestre 2014Gabarito saerjinho 2º bimestre 2014
Gabarito saerjinho 2º bimestre 2014
 
OBMEP 3 2013
OBMEP 3  2013OBMEP 3  2013
OBMEP 3 2013
 
Questões Comentadas Raciocínio Lógico-Matemático do Concurso de Escrevente TJ-SP
Questões Comentadas Raciocínio Lógico-Matemático do Concurso de Escrevente TJ-SPQuestões Comentadas Raciocínio Lógico-Matemático do Concurso de Escrevente TJ-SP
Questões Comentadas Raciocínio Lógico-Matemático do Concurso de Escrevente TJ-SP
 
Trigonometria
TrigonometriaTrigonometria
Trigonometria
 
OBMEP-2010-Solução da Prova
OBMEP-2010-Solução da ProvaOBMEP-2010-Solução da Prova
OBMEP-2010-Solução da Prova
 
Ufmg 1998-2ª - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.blogspot.c...
Ufmg 1998-2ª - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.blogspot.c...Ufmg 1998-2ª - Conteúdo vinculado ao blog      http://fisicanoenem.blogspot.c...
Ufmg 1998-2ª - Conteúdo vinculado ao blog http://fisicanoenem.blogspot.c...
 
Questões com equação do 2º grau.enem
Questões com equação do 2º grau.enemQuestões com equação do 2º grau.enem
Questões com equação do 2º grau.enem
 
prof.Calazans(Mat. e suas Tecnologias)-Simulado comentado 05
prof.Calazans(Mat. e suas Tecnologias)-Simulado comentado 05prof.Calazans(Mat. e suas Tecnologias)-Simulado comentado 05
prof.Calazans(Mat. e suas Tecnologias)-Simulado comentado 05
 
Banco de Questões PJF
Banco de Questões PJFBanco de Questões PJF
Banco de Questões PJF
 
Função do 2° grau
Função do 2° grauFunção do 2° grau
Função do 2° grau
 
Mat geometria plana soluções
Mat geometria plana soluçõesMat geometria plana soluções
Mat geometria plana soluções
 
Desenvolvimento formulas do mde-rev2
Desenvolvimento formulas do mde-rev2Desenvolvimento formulas do mde-rev2
Desenvolvimento formulas do mde-rev2
 
14.12.07 resolução comentada (matemática) - etec - 1º sem - 2.015
14.12.07   resolução comentada (matemática) - etec - 1º sem - 2.01514.12.07   resolução comentada (matemática) - etec - 1º sem - 2.015
14.12.07 resolução comentada (matemática) - etec - 1º sem - 2.015
 
Prova de matemática 2ª fase ufpe ufrpe-2009
Prova de matemática 2ª fase ufpe ufrpe-2009Prova de matemática 2ª fase ufpe ufrpe-2009
Prova de matemática 2ª fase ufpe ufrpe-2009
 
Física 2007
Física 2007Física 2007
Física 2007
 
espacial cilindro e exercícios
espacial cilindro e exercíciosespacial cilindro e exercícios
espacial cilindro e exercícios
 
Dp lista matematica 9º ano 2013
Dp  lista matematica 9º ano 2013Dp  lista matematica 9º ano 2013
Dp lista matematica 9º ano 2013
 

Mais de Antonio Claudio Lage Buffara

ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - TÉCNICAS CRIATIVAS DE MEDIÇÕES: RESOLVENDO PRO...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - TÉCNICAS CRIATIVAS DE MEDIÇÕES: RESOLVENDO PRO...ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - TÉCNICAS CRIATIVAS DE MEDIÇÕES: RESOLVENDO PRO...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - TÉCNICAS CRIATIVAS DE MEDIÇÕES: RESOLVENDO PRO...
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - APROXIMAÇÃO DE LOG
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - APROXIMAÇÃO DE LOGANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - APROXIMAÇÃO DE LOG
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - APROXIMAÇÃO DE LOG
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - O USO DE QUEBRA-CABEÇAS NO DESENVOLVIMENTO LÓG...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - O USO DE QUEBRA-CABEÇAS NO DESENVOLVIMENTO LÓG...ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - O USO DE QUEBRA-CABEÇAS NO DESENVOLVIMENTO LÓG...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - O USO DE QUEBRA-CABEÇAS NO DESENVOLVIMENTO LÓG...
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - PROBABILIDADE
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - PROBABILIDADEANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - PROBABILIDADE
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - PROBABILIDADE
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - JOGO DO CÂMBIO: UMA PROPOSTA PARA EDUCAÇÃO INF...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - JOGO DO CÂMBIO: UMA PROPOSTA PARA EDUCAÇÃO INF...ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - JOGO DO CÂMBIO: UMA PROPOSTA PARA EDUCAÇÃO INF...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - JOGO DO CÂMBIO: UMA PROPOSTA PARA EDUCAÇÃO INF...
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - AUTO-ESPAÇOS
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - AUTO-ESPAÇOSANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - AUTO-ESPAÇOS
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - AUTO-ESPAÇOS
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - APRENDENDO A ESTUDAR: ERROS COMUNS E SUAS POSS...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - APRENDENDO A ESTUDAR: ERROS COMUNS E SUAS POSS...ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - APRENDENDO A ESTUDAR: ERROS COMUNS E SUAS POSS...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - APRENDENDO A ESTUDAR: ERROS COMUNS E SUAS POSS...
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - ENEM 2018: POSSÍVEIS NOTAS DE CORTE
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - ENEM 2018: POSSÍVEIS NOTAS DE CORTEANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - ENEM 2018: POSSÍVEIS NOTAS DE CORTE
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - ENEM 2018: POSSÍVEIS NOTAS DE CORTE
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC- RIO - ESFERAS E TETRAEDROS
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC- RIO - ESFERAS E TETRAEDROSANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC- RIO - ESFERAS E TETRAEDROS
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC- RIO - ESFERAS E TETRAEDROS
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - ORTOGONAIS?
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO  - ORTOGONAIS?ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO  - ORTOGONAIS?
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - ORTOGONAIS?
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - PROPOSIÇÕES: UM EXERCÍCIO COMENTADO
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - PROPOSIÇÕES: UM EXERCÍCIO COMENTADOANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - PROPOSIÇÕES: UM EXERCÍCIO COMENTADO
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - PROPOSIÇÕES: UM EXERCÍCIO COMENTADO
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - DESAFIO MATEMÁTICO: QUANTO É 2 + 5 X 3 + 4 ?
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - DESAFIO MATEMÁTICO: QUANTO É 2 + 5 X 3 + 4 ?ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - DESAFIO MATEMÁTICO: QUANTO É 2 + 5 X 3 + 4 ?
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - DESAFIO MATEMÁTICO: QUANTO É 2 + 5 X 3 + 4 ?
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PROBLEMA VETORIAL
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PROBLEMA VETORIALANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PROBLEMA VETORIAL
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PROBLEMA VETORIAL
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO EM - UMA SOBRE COMPLEXOS
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO EM - UMA SOBRE COMPLEXOSANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO EM - UMA SOBRE COMPLEXOS
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO EM - UMA SOBRE COMPLEXOS
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PRIMOS E PA
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PRIMOS E PAANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PRIMOS E PA
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PRIMOS E PA
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO AXIOMAS PARA RESOLUÇÃ...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO AXIOMAS PARA RESOLUÇÃ...ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO AXIOMAS PARA RESOLUÇÃ...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO AXIOMAS PARA RESOLUÇÃ...
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PROBLEMA SIMPLES DE P.A
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PROBLEMA SIMPLES DE P.AANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PROBLEMA SIMPLES DE P.A
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PROBLEMA SIMPLES DE P.A
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - DÚVIDA EPCAR
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - DÚVIDA EPCARANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - DÚVIDA EPCAR
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - DÚVIDA EPCAR
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - PROGRESSÃO ARITMÉTICA
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - PROGRESSÃO ARITMÉTICAANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - PROGRESSÃO ARITMÉTICA
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - PROGRESSÃO ARITMÉTICA
Antonio Claudio Lage Buffara
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - CONGRUÊNCIA
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - CONGRUÊNCIAANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - CONGRUÊNCIA
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - CONGRUÊNCIA
Antonio Claudio Lage Buffara
 

Mais de Antonio Claudio Lage Buffara (20)

ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - TÉCNICAS CRIATIVAS DE MEDIÇÕES: RESOLVENDO PRO...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - TÉCNICAS CRIATIVAS DE MEDIÇÕES: RESOLVENDO PRO...ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - TÉCNICAS CRIATIVAS DE MEDIÇÕES: RESOLVENDO PRO...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - TÉCNICAS CRIATIVAS DE MEDIÇÕES: RESOLVENDO PRO...
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - APROXIMAÇÃO DE LOG
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - APROXIMAÇÃO DE LOGANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - APROXIMAÇÃO DE LOG
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - APROXIMAÇÃO DE LOG
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - O USO DE QUEBRA-CABEÇAS NO DESENVOLVIMENTO LÓG...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - O USO DE QUEBRA-CABEÇAS NO DESENVOLVIMENTO LÓG...ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - O USO DE QUEBRA-CABEÇAS NO DESENVOLVIMENTO LÓG...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - O USO DE QUEBRA-CABEÇAS NO DESENVOLVIMENTO LÓG...
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - PROBABILIDADE
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - PROBABILIDADEANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - PROBABILIDADE
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - PROBABILIDADE
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - JOGO DO CÂMBIO: UMA PROPOSTA PARA EDUCAÇÃO INF...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - JOGO DO CÂMBIO: UMA PROPOSTA PARA EDUCAÇÃO INF...ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - JOGO DO CÂMBIO: UMA PROPOSTA PARA EDUCAÇÃO INF...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - JOGO DO CÂMBIO: UMA PROPOSTA PARA EDUCAÇÃO INF...
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - AUTO-ESPAÇOS
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - AUTO-ESPAÇOSANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - AUTO-ESPAÇOS
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - AUTO-ESPAÇOS
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - APRENDENDO A ESTUDAR: ERROS COMUNS E SUAS POSS...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - APRENDENDO A ESTUDAR: ERROS COMUNS E SUAS POSS...ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - APRENDENDO A ESTUDAR: ERROS COMUNS E SUAS POSS...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - APRENDENDO A ESTUDAR: ERROS COMUNS E SUAS POSS...
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - ENEM 2018: POSSÍVEIS NOTAS DE CORTE
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - ENEM 2018: POSSÍVEIS NOTAS DE CORTEANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - ENEM 2018: POSSÍVEIS NOTAS DE CORTE
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - ENEM 2018: POSSÍVEIS NOTAS DE CORTE
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC- RIO - ESFERAS E TETRAEDROS
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC- RIO - ESFERAS E TETRAEDROSANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC- RIO - ESFERAS E TETRAEDROS
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC- RIO - ESFERAS E TETRAEDROS
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - ORTOGONAIS?
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO  - ORTOGONAIS?ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO  - ORTOGONAIS?
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - ORTOGONAIS?
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - PROPOSIÇÕES: UM EXERCÍCIO COMENTADO
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - PROPOSIÇÕES: UM EXERCÍCIO COMENTADOANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - PROPOSIÇÕES: UM EXERCÍCIO COMENTADO
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - PROPOSIÇÕES: UM EXERCÍCIO COMENTADO
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - DESAFIO MATEMÁTICO: QUANTO É 2 + 5 X 3 + 4 ?
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - DESAFIO MATEMÁTICO: QUANTO É 2 + 5 X 3 + 4 ?ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - DESAFIO MATEMÁTICO: QUANTO É 2 + 5 X 3 + 4 ?
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA - DESAFIO MATEMÁTICO: QUANTO É 2 + 5 X 3 + 4 ?
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PROBLEMA VETORIAL
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PROBLEMA VETORIALANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PROBLEMA VETORIAL
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PROBLEMA VETORIAL
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO EM - UMA SOBRE COMPLEXOS
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO EM - UMA SOBRE COMPLEXOSANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO EM - UMA SOBRE COMPLEXOS
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO EM - UMA SOBRE COMPLEXOS
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PRIMOS E PA
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PRIMOS E PAANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PRIMOS E PA
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PRIMOS E PA
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO AXIOMAS PARA RESOLUÇÃ...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO AXIOMAS PARA RESOLUÇÃ...ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO AXIOMAS PARA RESOLUÇÃ...
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO AXIOMAS PARA RESOLUÇÃ...
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PROBLEMA SIMPLES DE P.A
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PROBLEMA SIMPLES DE P.AANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PROBLEMA SIMPLES DE P.A
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO PROBLEMA SIMPLES DE P.A
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - DÚVIDA EPCAR
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - DÚVIDA EPCARANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - DÚVIDA EPCAR
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - DÚVIDA EPCAR
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - PROGRESSÃO ARITMÉTICA
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - PROGRESSÃO ARITMÉTICAANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - PROGRESSÃO ARITMÉTICA
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - PROGRESSÃO ARITMÉTICA
 
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - CONGRUÊNCIA
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - CONGRUÊNCIAANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - CONGRUÊNCIA
ANTONIO CLAUDIO LAGE BUFFARA RESPONDE: QUESTÕES PUC-RIO - CONGRUÊNCIA
 

Último

A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 

Último (20)

A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 

QUESTÕES DO ENEM - PROVA AMARELA 2017

  • 1. QUESTÕES DO ENEM - PROVA AMARELA 2017 Claudio Buffara – Rio de Janeiro
  • 2. s inscrições para o ENEM 2018 já estão próximas de começar, então já está na hora de você se preparar para não ficar para trás. Dando continuidade a soluções da prova amarela do ENEM 2017 continuamos com as soluções das questões.
  • 3. QUESTÃO 154 Uma rede hoteleira dispõe de cabanas simples na ilha de Gotland, na Suécia. A estrutura de sustentação de cada uma dessas cabanas. A ideia é permitir ao hóspede uma estada livre de tecnologia, mas conectada com a natureza. SOLUÇÃO: A superfície tem a forma de um PRISMA TRIANGULAR RETO. Observe que as bases (que, na Figura 2, estão contidas em planos verticais) são triângulos e que as faces são retângulos perpendiculares às bases (observe os ângulos retos marcados na figura) ➔ alternativa E
  • 4. QUESTÃO 155: A figura ilustra uma partida de Campo Minado, o jogo presente em praticamente todo computador pessoal. Quatro quadrados em um tabuleiro 16 x 16 foram abertos, e os números em suas faces indicam quantos dos seus 8 vizinhos contém minas (a serem evitadas). O número 40 no canto inferior direito é o número total de minas no tabuleiro, cujas posições foram escolhidas ao acaso, de forma uniforme, antes de se abrir qualquer quadrado. Em sua próxima jogada, o jogador deve escolher dentre os quadrados marcados com as letras P, Q, R, S e T um para abrir, sendo que deve escolher aquele com a menor probabilidade de conter uma mina. O jogador deverá abrir o quadrado marcado com qual letra?
  • 5. SOLUÇÃO: As probabilidades de P, S e T conterem uma mina são, respectivamente, 28, 48 e 38 . A probabilidade de Q conter uma mina é de apenas 18 . Logo, Q é preferível a P, S e T. Resta calcular a probabilidade de R conter uma mina. Sabemos que os 4∙9=36 quadrados em torno daqueles já abertos (incluindo estes) contém, no total, 2 + 4 + 3 + 1 = 10 minas. Os restantes 16∙16-36=220 quadrados (inclusive R) devem conter, necessariamente, as 30 minas restantes. Assim, a probabilidade de que um deles contenha uma mina é igual a 30220=322>324=18 . Logo, é mais provável que R contenha uma mina do que Q contenha uma mina e, portanto, o jogador deve abrir o quadrado marcado com a letra Q ➔ alternativa B
  • 6. QUESTÃO 156 A água para o abastecimento de um prédio é armazenada em um sistema formado por dois reservatórios idênticos, em formato de bloco retangular, ligados entre si por um cano igual ao cano de entrada. A água entra no sistema pelo cano de entrada no Reservatório 1 a uma vazão constante e, ao atingir o nível do cano de ligação, passa a abastecer o Reservatório 2. Suponha que, inicialmente, os dois reservatórios estejam vazios. Qual dos gráficos melhor descreverá a altura h do nível da água no Reservatório 1, em função do volume V de água no sistema?
  • 7. SOLUÇÃO: Como a água entre a uma vazão constante, a altura da água no Reservatório 1 sobe, inicialmente, a uma taxa constante. Isso ocorre até a água atingir a altura do cano de ligação entre os dois reservatórios. Neste momento, a altura da água no Reservatório 1 para de subir, e fica parada até que a água no Reservatório 2 atinja a altura do cano de ligação. A partir daí, a água passa a subir à mesma taxa nos dois reservatórios, mas esta taxa é metade da taxa à qual a água subiu inicialmente no Reservatório 1, já que temos a mesma vazão de água para encher o dobro do volume (a soma dos volumes dos dois reservatórios). O único gráfico compatível com esta descrição é o da alternativa D.
  • 8. QUESTÃO 157 A manchete demonstra que o transporte de grandes cargas representa cada vez mais preocupação quando feito em vias urbanas. Caminhão entala em viaduto no Centro um caminhão de grande porte entalou embaixo do viaduto no cruzamento das avenidas Borges de Medeiros e Loureiro da Silva no sentido Centro-Bairro, próximo à Ponte de Pedra, na capital. Esse veículo vinha de São Paulo para Porto Alegre e transportava três grandes tubos.
  • 9. Considere que o raio externo de cada cano da imagem seja 0,60 m e que eles estejam em cima de uma carroceria cuja parte superior está a 1,30 m do solo. O desenho representa a vista traseira do empilhamento dos canos. A margem de segurança recomendada para que um veículo passe sob um viaduto é que a altura total do veículo com a carga seja, no mínimo, 0,50 m menor do que a altura do vão do viaduto. Considere 1,7 como aproximação para N/5 . Qual deveria ser a altura mínima do viaduto, em metro, para que esse caminhão pudesse passar com segurança sob seu vão? SOLUÇÃO:
  • 11. Da figura, vemos que os centros dos três círculos são os vértices de um triângulo equilátero de lado medindo 0,60 + 0,60 = 1,20 m. A altura deste triângulo mede 1,2032= 1,20∙1,72=1,02 m. Assim, a altura da carga é igual a 0,60 + 1,02 + 0,60 = 2,22 m. A carga está apoiada a 1,30 m do chão e o topo da carga deve estar a, no mínimo, 0,50 m abaixo do viaduto. Logo, o viaduto deve ter uma altura de, no mínimo, 1,30 + 2,22 + 0,50 = 4,02 m ➔ alternativa D.