SlideShare uma empresa Scribd logo
PUCRS Concurso Vestibular
www.pucrs.br Verão 2014
1
INSTRUÇÃO GERAL: Para cada questão, escolher
apenas uma alternativa correta.
QUÍMICA
INSTRUÇÃO: Para responder à questão 1, analise
o texto a seguir.
Em 2013, comemorou-se o centenário da publicação
de um trabalho que marcou época no desenvolvimen-
to da teoria atômica. Intitulado Sobre a constituição
de átomos e moléculas, o trabalho oferece uma
descrição da estrutura atômica na qual os elétrons
descrevem órbitas bem definidas e podem saltar de
uma órbita a outra mediante a absorção ou emissão
de radiação. _________, o autor desse trabalho, ela-
borou seu modelo atômico tomando as ideias de Ru-
therford como ponto de partida. Segundo Rutherford,
o átomo contém um núcleo positivo muito pequeno,
ao redor do qual se movem os elétrons. Assim surgiu
a famosa imagem do átomo como _________, a qual
substituiu a noção de _________ de que o átomo
seria semelhante a _________.
1) As expressões que completam corretamente o texto
são, respectivamente:
A) Bohr
um sistema solar em miniatura
Thomson
um pudim de passas
B) Bohr
um pudim de passas
Dalton
uma bola de bilhar
C) Thomson
um sistema solar em miniatura
Dalton
um pudim de passas
D) Thomson
um pudim de passas
Demócrito
uma bola de bilhar
E) De Broglie
um sistema solar em miniatura
Thomson
uma bola de bilhar
INSTRUÇÃO: Para responder à questão 2, analise
as informações a seguir.
O garimpo do ouro é uma atividade econômica comum
em determinados pontos daAmazônia. Uma das formas
de separar o ouro dos outros materiais é por meio de
bateias, uma espécie de bacia em que água corrente
é passada para remover a areia, deixando o ouro, que
é mais denso, no fundo. Outro método para separar o
ouro consiste em adicionar mercúrio à areia. O ouro
dissolve-se no mercúrio, mas a areia não. A solução
pode ser facilmente separada da areia e recolhida.
Para separar o mercúrio do ouro, a solução é aquecida
em um recipiente. O mercúrio volatiliza, e seu vapor é
resfriado até voltar ao estado líquido, sendo recolhido
em um recipiente à parte; depois que todo o mercúrio
foi removido, o ouro fica como resíduo.
2) Com base nessas informações, é correto afirmar que
A) a mistura ouro-areia é heterogênea e pode ser
separada por levigação.
B) a mistura ouro-mercúrio é heterogênea e pode ser
separada por destilação.
C) a adição de mercúrio à mistura ouro-areia promove
a dissolução fracionada da areia.
D) a mistura de mercúrio, ouro e areia apresenta três
fases: mercúrio líquido, ouro dissolvido e areia sólida.
E) os componentes da mistura ouro-mercúrio podem
ser separados por centrifugação.
________________________________________________
INSTRUÇÃO: Para responder à questão 3, analise
o texto a seguir.
Um estudante cravou uma lâmina de magnésio e uma
lâmina de cobre em uma maçã, tendo o cuidado para
que não encostassem uma na outra. A seguir, mediu
a diferença de potencial entre as lâminas por meio de
um voltímetro.
Os potenciais de redução padrão do magnésio e do
cobre são, respectivamente, –2,37V e +0,34V.
3) Pela análise do texto, é correto afirmar que
A) o cobre se oxida, produzindo íons Cu2+
(aq).
B) o valor da diferença de potencial entre magnésio e
cobre é, aproximadamente, +2,71 V.
C) o magnésio é um agente oxidante, pois força o cobre
a sofrer a redução.
D) o experimento descrito resulta em uma reação não
espontânea, pois o potencial é negativo.
E) com o tempo, há tendência de a lâmina de cobre
desaparecer.
PUCRS Concurso Vestibular
www.pucrs.br Verão 2014
2
INSTRUÇÃO: Para responder à questão 4, analise
as informações e as afirmativas a seguir.
Em nossa sociedade, o carvão mineral é uma
importante fonte energética. A existência de grandes
jazidas e a facilidade de exploração fazem com que
seu uso por usinas termelétricas, como por exemplo
a de Candiota, tenha baixo custo econômico.
Contudo, há desvantagens no uso do carvão mineral:
o principal componente do carvão, no momento
da queima, produz dióxido de carbono gasoso,
conhecido por provocar o aquecimento global.
Além disso, o carvão mineral de muitas regiões
possui elevado teor de cinzas, o que diminui seu
rendimento como fonte de energia; esse é o caso
do carvão encontrado no Rio Grande do Sul. Como
se não bastassem essas desvantagens, o carvão
mineral muitas vezes encontra-se misturado com um
mineral chamado pirita, que é um sulfeto de ferro,
popularmente conhecido como ouro-de-tolo. No
momento da queima do carvão, a pirita que estiver
presente é oxidada com produção de dióxido de
enxofre, poluente gerador de chuva ácida e altamente
nocivo à vegetação.
Sobre esse assunto, são feitas as seguintes afirma-
ções:
I. O principal componente do carvão é o mesmo
elemento que compõe o grafite e o diamante.
II. O ouro-de-tolo é um composto iônico, podendo
ser sintetizado pela reação direta entre ácido
sulfúrico e um hidróxido de ferro.
III. A reação de combustão do carvão é classificada
como exotérmica, pois ocorre com liberação de
calor.
IV. O carvão pode contribuir para a formação de
chuva ácida, que é a acidificação do solo e de
lagos pela elevação do pH.
4) Estão corretas apenas as afirmações
A) I e II.
B) I e III.
C) I e IV.
D) II e III.
E) II e IV.
INSTRUÇÃO: Para responder à questão 5, analise
o texto a seguir.
Em residências dotadas de caixa d’água, é muito im-
portante a limpeza periódica, pelo menos uma vez ao
ano. Para isso, é necessário lavá-la com uma mistura,
contendo 80mL de solução de hipoclorito de sódio
(NaClO), a 2,5%m/v, dissolvidos em água suficiente
para preparar 1000 litros de solução. Essa mistura
deve ficar em contato com o interior da caixa por cerca
de 30 minutos, após rigorosa limpeza mecânica. Ao
final, é necessário lavar a caixa com água corrente
para que não reste excesso de cloro.
5) Em relação a essas informações, é correto afirmar que
A) a quantidade de hipoclorito presente em cada
1000L de solução na caixa a ser limpa é 25g.
B) o hipoclorito de sódio é obtido diretamente da
reação entre ácido clorídrico e hidróxido de sódio.
C) a hidrólise do sal mencionado faz baixar o pH do
meio.
D) a solução de hipoclorito de sódio adicionada à
água tem concentração aproximada de 0,3mol/L.
E) a massa molar do hipoclorito de sódio é
36,0g/mol.
_____________________________________________
INSTRUÇÃO: Para responder à questão 6, analise
o texto e o gráfico apresentados a seguir.
O gráfico representa o efeito crioscópico observado
pela adição de quantidades gradativas de cloreto de
sódio à água, o que pode ter várias finalidades, como,
por exemplo, auxiliar na fabricação de sorvete.
Gráfico – Variação da temperatura de congelação da água
com a concentração de NaCl na solução
Fonte: BARROS, H; MAGALHÃES, W. Efeito crioscópico: experi-
mentos simples e aspectos atômico-moleculares. Química Nova
na Escola, v. 35, n. 1, p. 45-47, fev. 2013.
–25
–20
Concentração de NaCl / % em massa
Temperatura/ºC
–15
–10
–5
0
0 5 10 15 20 25
PUCRS Concurso Vestibular
www.pucrs.br Verão 2014
3
6) Com base no gráfico, é correto afirmar que
A) a adição de cloreto de sódio eleva a pressão de
vapor da água.
B) a adição de 15g de NaCl para cada 100g de
solução provoca um abaixamento de cerca de
11ºC na temperatura de congelação.
C) a solução passa a fundir em torno de 8ºC com a
adição de10g de NaCl em 100g de solução.
D) é necessária uma temperatura abaixo de –15ºC
para congelar a solução formada por 10,0kg de
água e 1,0kg de sal de cozinha.
E) é possível baixar o ponto de congelação de 0,5L
de água a –10ºC, pela adição de 50g de NaCl.
_____________________________________________
7) A equação a seguir representa o equilíbrio de ioniza-
ção da amônia, contida em uma solução amoniacal
para limpeza:
NH3
(g) + H2
O(l) NH4
+
(aq) + OH–
(aq)
Esse meio reacional fica de cor rosa ao adicionarem-
se gotas de solução alcoólica de fenolftaleína. Para
voltar a ficar incolor, é adequado adicionar
A) uma solução de ácido clorídrico.
B) água.
C) gás amônia.
D) uma solução de bicarbonato de amônio.
E) uma solução de cloreto de sódio.
_____________________________________________
INSTRUÇÃO: Para responder à questão 8, analise
as informações a seguir.
A cor dos alimentos tem um papel importante na
satisfação que temos em consumi-los. É desejável
que a casca do pão seja levemente tostada, que
se dourem as batatas fritas na medida certa, que a
carne assada tenha aquela agradável cor marrom.
Nesses três exemplos, a cor é produzida por meio
da reação de Maillard, que ocorre pelo aquecimento
de carboidratos na presença de proteínas ou amino-
ácidos. Esses reagentes combinam-se para formar
os compostos denominados melaniodinas, que dão
a cor dourada ou marrom aos alimentos.
8) A reação de Maillard pode ser observada ao aquece-
rem-se, juntos,
A) glicose e frutose.
B) amido de milho e água.
C) caseína e cloreto de sódio.
D) sacarose e hemoglobina.
E) clorofila e óleo de soja.
_____________________________________________
INSTRUÇÃO: Para responder à questão 9, analise
o texto e a imagem apresentados a seguir.
Em temperatura ambiente, colocou-se uma porção de
palha de aço, previamente lavada com ácido acético
para remoção de óxidos, no fundo de uma proveta.
Imediatamente, colocou-se a proveta emborcada em
um copo com água. Observou-se, após cerca de 30
minutos, que a água aumentou de volume dentro da
proveta, conforme ilustração.
9) A hipótese mais provável para explicar o ocorrido é
que
A) parte do ar dissolveu-se na água, fazendo com
que a água ocupasse o lugar do ar dissolvido.
B) o ar contraiu-se pela ação da pressão externa.
C) 79% da quantidade de ar reagiu com a palha de
aço.
D) parte da água vaporizou-se, pois o sistema está
à temperatura ambiente.
E) o oxigênio presente no ar reagiu com o ferro da
palha de aço, formando óxido de ferro.
Palha de
aço
Ar
Água
Início Após 30min
PUCRS Concurso Vestibular
www.pucrs.br Verão 2014
4
INSTRUÇÃO: Para responder à questão 10, analise o texto e as fórmulas a seguir.
O conhecimento dá poder à humanidade, mas nem sempre esse poder é usado com sabedoria. O uso de subs-
tâncias tóxicas em guerras e conflitos mostra isso. Em 2013, foi utilizado o sarin na Síria; nos anos 60 e 70, na
Guerra do Vietnã, foi utilizado o Agente Laranja, mistura dos herbicidas 2,4-D e 2,4,5-T, que vinha contaminada
com dioxinas; na I Guerra Mundial, foram usados diversos gases tóxicos, como o cloro e o fosgênio. Armas quí-
micas também são usadas em manifestações de rua, como o spray de pimenta, cujo princípio ativo, a capsaicina,
ocorre naturalmente na pimenta.
Algumas dessas substâncias são representadas a seguir:
I. Sarin
II. Fosgênio
III. 2,4-D
IV. Capsaicina
10) Pela análise da estrutura molecular dessas substâncias, é correto afirmar que
A) a molécula de fosgênio é polar e pode formar ligações de hidrogênio com o sarin.
B) o 2,4-D apresenta o grupo funcional éter, que é o mesmo que confere acidez ao vinagre.
C) a capsaicina e o 2,4-D são compostos orgânicos aromáticos.
D) a capsaicina apresenta isomeria cis/trans e grupo funcional amina.
E) todas as substâncias mencionadas no texto são compostos orgânicos.
O P
O
F
O
Cl Cl
C
O
O
Cl Cl
OH
O
HO
H
N
O

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estequiometria pureza e impureza
Estequiometria pureza e impurezaEstequiometria pureza e impureza
Estequiometria pureza e impureza
Rodrigo Sampaio
 
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Rodrigo Sampaio
 
Inor parte 1
Inor parte 1Inor parte 1
Inor parte 1
Fábio Oisiovici
 
enem revisão soluções
enem revisão soluções enem revisão soluções
enem revisão soluções
Fábio Oisiovici
 
Inor parte 2
Inor parte 2Inor parte 2
Inor parte 2
Fábio Oisiovici
 
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEMELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
Fábio Oisiovici
 
Lista 2 recuperacao
Lista 2   recuperacaoLista 2   recuperacao
Lista 2 recuperacao
Rodrigo Sampaio
 
cáculos com mol
cáculos com molcáculos com mol
cáculos com mol
Fábio Oisiovici
 
Eletroquimica
EletroquimicaEletroquimica
Eletroquimica
Rodrigo Sampaio
 
Nox e oxirredução
Nox e oxirreduçãoNox e oxirredução
Nox e oxirredução
Rodrigo Sampaio
 
revisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicosrevisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicos
Fábio Oisiovici
 
Lista de exercicios solubilidade
Lista de exercicios solubilidadeLista de exercicios solubilidade
Lista de exercicios solubilidade
Rodrigo Sampaio
 
Claudiacinara exercíciosrevisão 08072013_gabarito
Claudiacinara exercíciosrevisão 08072013_gabaritoClaudiacinara exercíciosrevisão 08072013_gabarito
Claudiacinara exercíciosrevisão 08072013_gabarito
ProCLAUDIA/LUCIANE MEIJON/SOARES
 
Estequiometria simples
Estequiometria simplesEstequiometria simples
Estequiometria simples
Rodrigo Sampaio
 
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemasConceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Rodrigo Sampaio
 
Cinética química
Cinética químicaCinética química
Cinética química
Rodrigo Sampaio
 
Exercícios de recuperação 2
Exercícios de recuperação 2Exercícios de recuperação 2
Exercícios de recuperação 2
Claudia Cinara Braga
 
Nox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido ReduçãoNox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido Redução
Fábio Oisiovici
 
Simulado qui02
Simulado qui02Simulado qui02
Simulado qui02
Fábio Oisiovici
 
Pucmg2007
Pucmg2007Pucmg2007
Pucmg2007
Junior Dou
 

Mais procurados (20)

Estequiometria pureza e impureza
Estequiometria pureza e impurezaEstequiometria pureza e impureza
Estequiometria pureza e impureza
 
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
 
Inor parte 1
Inor parte 1Inor parte 1
Inor parte 1
 
enem revisão soluções
enem revisão soluções enem revisão soluções
enem revisão soluções
 
Inor parte 2
Inor parte 2Inor parte 2
Inor parte 2
 
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEMELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
 
Lista 2 recuperacao
Lista 2   recuperacaoLista 2   recuperacao
Lista 2 recuperacao
 
cáculos com mol
cáculos com molcáculos com mol
cáculos com mol
 
Eletroquimica
EletroquimicaEletroquimica
Eletroquimica
 
Nox e oxirredução
Nox e oxirreduçãoNox e oxirredução
Nox e oxirredução
 
revisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicosrevisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicos
 
Lista de exercicios solubilidade
Lista de exercicios solubilidadeLista de exercicios solubilidade
Lista de exercicios solubilidade
 
Claudiacinara exercíciosrevisão 08072013_gabarito
Claudiacinara exercíciosrevisão 08072013_gabaritoClaudiacinara exercíciosrevisão 08072013_gabarito
Claudiacinara exercíciosrevisão 08072013_gabarito
 
Estequiometria simples
Estequiometria simplesEstequiometria simples
Estequiometria simples
 
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemasConceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
Conceitos básicos de química - estados, mudanças, fenômenos e sistemas
 
Cinética química
Cinética químicaCinética química
Cinética química
 
Exercícios de recuperação 2
Exercícios de recuperação 2Exercícios de recuperação 2
Exercícios de recuperação 2
 
Nox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido ReduçãoNox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido Redução
 
Simulado qui02
Simulado qui02Simulado qui02
Simulado qui02
 
Pucmg2007
Pucmg2007Pucmg2007
Pucmg2007
 

Semelhante a Puc verão 2014

Exercícios 2º ano 1ºb
Exercícios 2º ano 1ºbExercícios 2º ano 1ºb
Exercícios 2º ano 1ºb
blogprofbento
 
Recuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bimRecuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bim
blogprofbento
 
Lista de exercícios 48 coeficciente de solubilidade
Lista de exercícios 48   coeficciente de solubilidadeLista de exercícios 48   coeficciente de solubilidade
Lista de exercícios 48 coeficciente de solubilidade
Colegio CMC
 
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape2904201115273 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
Gisah Silveira
 
Exerc cinetica termoquimica_solucoes
Exerc cinetica termoquimica_solucoesExerc cinetica termoquimica_solucoes
Exerc cinetica termoquimica_solucoes
Marcy Gomes
 
Estudos independentes2
Estudos independentes2Estudos independentes2
Estudos independentes2
Escola Pública/Particular
 
Plantão de química
Plantão de químicaPlantão de química
Plantão de química
bloggerquimica
 
Exercícios de processos de separação de misturas
Exercícios de processos de separação de misturasExercícios de processos de separação de misturas
Exercícios de processos de separação de misturas
ProCLAUDIA/LUCIANE MEIJON/SOARES
 
Estudos2
Estudos2Estudos2
Progressão Parcial 3º Ano
Progressão Parcial 3º AnoProgressão Parcial 3º Ano
Progressão Parcial 3º Ano
Escola Pública/Particular
 
Questões gerais de química_2º ano
Questões gerais de química_2º anoQuestões gerais de química_2º ano
Questões gerais de química_2º ano
Escola Pública/Particular
 
Atividade progressão parcial 3 ano
Atividade progressão parcial 3 anoAtividade progressão parcial 3 ano
Atividade progressão parcial 3 ano
Escola Pública/Particular
 
Soluções
SoluçõesSoluções
Soluções
Marcio Pereira
 
UNICAMP 2010 discursiva
UNICAMP 2010 discursivaUNICAMP 2010 discursiva
UNICAMP 2010 discursiva
cursohistoria
 
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscina
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscinaRelatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscina
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscina
arceariane87
 
Ap 15
Ap 15Ap 15
exercicios de solucao
exercicios de solucao exercicios de solucao
exercicios de solucao
claudia juliana noriega
 
Questões do enem
Questões do enemQuestões do enem
Estequiometria simples
Estequiometria simplesEstequiometria simples
Estequiometria simples
Rodrigo Sampaio
 
ENEM 2013 QUÍMICA - PROF. FERNANDO ABREU
ENEM 2013   QUÍMICA - PROF. FERNANDO ABREUENEM 2013   QUÍMICA - PROF. FERNANDO ABREU
ENEM 2013 QUÍMICA - PROF. FERNANDO ABREU
Fernando Abreu
 

Semelhante a Puc verão 2014 (20)

Exercícios 2º ano 1ºb
Exercícios 2º ano 1ºbExercícios 2º ano 1ºb
Exercícios 2º ano 1ºb
 
Recuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bimRecuperação 2º ano 1º bim
Recuperação 2º ano 1º bim
 
Lista de exercícios 48 coeficciente de solubilidade
Lista de exercícios 48   coeficciente de solubilidadeLista de exercícios 48   coeficciente de solubilidade
Lista de exercícios 48 coeficciente de solubilidade
 
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape2904201115273 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
 
Exerc cinetica termoquimica_solucoes
Exerc cinetica termoquimica_solucoesExerc cinetica termoquimica_solucoes
Exerc cinetica termoquimica_solucoes
 
Estudos independentes2
Estudos independentes2Estudos independentes2
Estudos independentes2
 
Plantão de química
Plantão de químicaPlantão de química
Plantão de química
 
Exercícios de processos de separação de misturas
Exercícios de processos de separação de misturasExercícios de processos de separação de misturas
Exercícios de processos de separação de misturas
 
Estudos2
Estudos2Estudos2
Estudos2
 
Progressão Parcial 3º Ano
Progressão Parcial 3º AnoProgressão Parcial 3º Ano
Progressão Parcial 3º Ano
 
Questões gerais de química_2º ano
Questões gerais de química_2º anoQuestões gerais de química_2º ano
Questões gerais de química_2º ano
 
Atividade progressão parcial 3 ano
Atividade progressão parcial 3 anoAtividade progressão parcial 3 ano
Atividade progressão parcial 3 ano
 
Soluções
SoluçõesSoluções
Soluções
 
UNICAMP 2010 discursiva
UNICAMP 2010 discursivaUNICAMP 2010 discursiva
UNICAMP 2010 discursiva
 
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscina
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscinaRelatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscina
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscina
 
Ap 15
Ap 15Ap 15
Ap 15
 
exercicios de solucao
exercicios de solucao exercicios de solucao
exercicios de solucao
 
Questões do enem
Questões do enemQuestões do enem
Questões do enem
 
Estequiometria simples
Estequiometria simplesEstequiometria simples
Estequiometria simples
 
ENEM 2013 QUÍMICA - PROF. FERNANDO ABREU
ENEM 2013   QUÍMICA - PROF. FERNANDO ABREUENEM 2013   QUÍMICA - PROF. FERNANDO ABREU
ENEM 2013 QUÍMICA - PROF. FERNANDO ABREU
 

Último

Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 

Último (20)

Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 

Puc verão 2014

  • 1. PUCRS Concurso Vestibular www.pucrs.br Verão 2014 1 INSTRUÇÃO GERAL: Para cada questão, escolher apenas uma alternativa correta. QUÍMICA INSTRUÇÃO: Para responder à questão 1, analise o texto a seguir. Em 2013, comemorou-se o centenário da publicação de um trabalho que marcou época no desenvolvimen- to da teoria atômica. Intitulado Sobre a constituição de átomos e moléculas, o trabalho oferece uma descrição da estrutura atômica na qual os elétrons descrevem órbitas bem definidas e podem saltar de uma órbita a outra mediante a absorção ou emissão de radiação. _________, o autor desse trabalho, ela- borou seu modelo atômico tomando as ideias de Ru- therford como ponto de partida. Segundo Rutherford, o átomo contém um núcleo positivo muito pequeno, ao redor do qual se movem os elétrons. Assim surgiu a famosa imagem do átomo como _________, a qual substituiu a noção de _________ de que o átomo seria semelhante a _________. 1) As expressões que completam corretamente o texto são, respectivamente: A) Bohr um sistema solar em miniatura Thomson um pudim de passas B) Bohr um pudim de passas Dalton uma bola de bilhar C) Thomson um sistema solar em miniatura Dalton um pudim de passas D) Thomson um pudim de passas Demócrito uma bola de bilhar E) De Broglie um sistema solar em miniatura Thomson uma bola de bilhar INSTRUÇÃO: Para responder à questão 2, analise as informações a seguir. O garimpo do ouro é uma atividade econômica comum em determinados pontos daAmazônia. Uma das formas de separar o ouro dos outros materiais é por meio de bateias, uma espécie de bacia em que água corrente é passada para remover a areia, deixando o ouro, que é mais denso, no fundo. Outro método para separar o ouro consiste em adicionar mercúrio à areia. O ouro dissolve-se no mercúrio, mas a areia não. A solução pode ser facilmente separada da areia e recolhida. Para separar o mercúrio do ouro, a solução é aquecida em um recipiente. O mercúrio volatiliza, e seu vapor é resfriado até voltar ao estado líquido, sendo recolhido em um recipiente à parte; depois que todo o mercúrio foi removido, o ouro fica como resíduo. 2) Com base nessas informações, é correto afirmar que A) a mistura ouro-areia é heterogênea e pode ser separada por levigação. B) a mistura ouro-mercúrio é heterogênea e pode ser separada por destilação. C) a adição de mercúrio à mistura ouro-areia promove a dissolução fracionada da areia. D) a mistura de mercúrio, ouro e areia apresenta três fases: mercúrio líquido, ouro dissolvido e areia sólida. E) os componentes da mistura ouro-mercúrio podem ser separados por centrifugação. ________________________________________________ INSTRUÇÃO: Para responder à questão 3, analise o texto a seguir. Um estudante cravou uma lâmina de magnésio e uma lâmina de cobre em uma maçã, tendo o cuidado para que não encostassem uma na outra. A seguir, mediu a diferença de potencial entre as lâminas por meio de um voltímetro. Os potenciais de redução padrão do magnésio e do cobre são, respectivamente, –2,37V e +0,34V. 3) Pela análise do texto, é correto afirmar que A) o cobre se oxida, produzindo íons Cu2+ (aq). B) o valor da diferença de potencial entre magnésio e cobre é, aproximadamente, +2,71 V. C) o magnésio é um agente oxidante, pois força o cobre a sofrer a redução. D) o experimento descrito resulta em uma reação não espontânea, pois o potencial é negativo. E) com o tempo, há tendência de a lâmina de cobre desaparecer.
  • 2. PUCRS Concurso Vestibular www.pucrs.br Verão 2014 2 INSTRUÇÃO: Para responder à questão 4, analise as informações e as afirmativas a seguir. Em nossa sociedade, o carvão mineral é uma importante fonte energética. A existência de grandes jazidas e a facilidade de exploração fazem com que seu uso por usinas termelétricas, como por exemplo a de Candiota, tenha baixo custo econômico. Contudo, há desvantagens no uso do carvão mineral: o principal componente do carvão, no momento da queima, produz dióxido de carbono gasoso, conhecido por provocar o aquecimento global. Além disso, o carvão mineral de muitas regiões possui elevado teor de cinzas, o que diminui seu rendimento como fonte de energia; esse é o caso do carvão encontrado no Rio Grande do Sul. Como se não bastassem essas desvantagens, o carvão mineral muitas vezes encontra-se misturado com um mineral chamado pirita, que é um sulfeto de ferro, popularmente conhecido como ouro-de-tolo. No momento da queima do carvão, a pirita que estiver presente é oxidada com produção de dióxido de enxofre, poluente gerador de chuva ácida e altamente nocivo à vegetação. Sobre esse assunto, são feitas as seguintes afirma- ções: I. O principal componente do carvão é o mesmo elemento que compõe o grafite e o diamante. II. O ouro-de-tolo é um composto iônico, podendo ser sintetizado pela reação direta entre ácido sulfúrico e um hidróxido de ferro. III. A reação de combustão do carvão é classificada como exotérmica, pois ocorre com liberação de calor. IV. O carvão pode contribuir para a formação de chuva ácida, que é a acidificação do solo e de lagos pela elevação do pH. 4) Estão corretas apenas as afirmações A) I e II. B) I e III. C) I e IV. D) II e III. E) II e IV. INSTRUÇÃO: Para responder à questão 5, analise o texto a seguir. Em residências dotadas de caixa d’água, é muito im- portante a limpeza periódica, pelo menos uma vez ao ano. Para isso, é necessário lavá-la com uma mistura, contendo 80mL de solução de hipoclorito de sódio (NaClO), a 2,5%m/v, dissolvidos em água suficiente para preparar 1000 litros de solução. Essa mistura deve ficar em contato com o interior da caixa por cerca de 30 minutos, após rigorosa limpeza mecânica. Ao final, é necessário lavar a caixa com água corrente para que não reste excesso de cloro. 5) Em relação a essas informações, é correto afirmar que A) a quantidade de hipoclorito presente em cada 1000L de solução na caixa a ser limpa é 25g. B) o hipoclorito de sódio é obtido diretamente da reação entre ácido clorídrico e hidróxido de sódio. C) a hidrólise do sal mencionado faz baixar o pH do meio. D) a solução de hipoclorito de sódio adicionada à água tem concentração aproximada de 0,3mol/L. E) a massa molar do hipoclorito de sódio é 36,0g/mol. _____________________________________________ INSTRUÇÃO: Para responder à questão 6, analise o texto e o gráfico apresentados a seguir. O gráfico representa o efeito crioscópico observado pela adição de quantidades gradativas de cloreto de sódio à água, o que pode ter várias finalidades, como, por exemplo, auxiliar na fabricação de sorvete. Gráfico – Variação da temperatura de congelação da água com a concentração de NaCl na solução Fonte: BARROS, H; MAGALHÃES, W. Efeito crioscópico: experi- mentos simples e aspectos atômico-moleculares. Química Nova na Escola, v. 35, n. 1, p. 45-47, fev. 2013. –25 –20 Concentração de NaCl / % em massa Temperatura/ºC –15 –10 –5 0 0 5 10 15 20 25
  • 3. PUCRS Concurso Vestibular www.pucrs.br Verão 2014 3 6) Com base no gráfico, é correto afirmar que A) a adição de cloreto de sódio eleva a pressão de vapor da água. B) a adição de 15g de NaCl para cada 100g de solução provoca um abaixamento de cerca de 11ºC na temperatura de congelação. C) a solução passa a fundir em torno de 8ºC com a adição de10g de NaCl em 100g de solução. D) é necessária uma temperatura abaixo de –15ºC para congelar a solução formada por 10,0kg de água e 1,0kg de sal de cozinha. E) é possível baixar o ponto de congelação de 0,5L de água a –10ºC, pela adição de 50g de NaCl. _____________________________________________ 7) A equação a seguir representa o equilíbrio de ioniza- ção da amônia, contida em uma solução amoniacal para limpeza: NH3 (g) + H2 O(l) NH4 + (aq) + OH– (aq) Esse meio reacional fica de cor rosa ao adicionarem- se gotas de solução alcoólica de fenolftaleína. Para voltar a ficar incolor, é adequado adicionar A) uma solução de ácido clorídrico. B) água. C) gás amônia. D) uma solução de bicarbonato de amônio. E) uma solução de cloreto de sódio. _____________________________________________ INSTRUÇÃO: Para responder à questão 8, analise as informações a seguir. A cor dos alimentos tem um papel importante na satisfação que temos em consumi-los. É desejável que a casca do pão seja levemente tostada, que se dourem as batatas fritas na medida certa, que a carne assada tenha aquela agradável cor marrom. Nesses três exemplos, a cor é produzida por meio da reação de Maillard, que ocorre pelo aquecimento de carboidratos na presença de proteínas ou amino- ácidos. Esses reagentes combinam-se para formar os compostos denominados melaniodinas, que dão a cor dourada ou marrom aos alimentos. 8) A reação de Maillard pode ser observada ao aquece- rem-se, juntos, A) glicose e frutose. B) amido de milho e água. C) caseína e cloreto de sódio. D) sacarose e hemoglobina. E) clorofila e óleo de soja. _____________________________________________ INSTRUÇÃO: Para responder à questão 9, analise o texto e a imagem apresentados a seguir. Em temperatura ambiente, colocou-se uma porção de palha de aço, previamente lavada com ácido acético para remoção de óxidos, no fundo de uma proveta. Imediatamente, colocou-se a proveta emborcada em um copo com água. Observou-se, após cerca de 30 minutos, que a água aumentou de volume dentro da proveta, conforme ilustração. 9) A hipótese mais provável para explicar o ocorrido é que A) parte do ar dissolveu-se na água, fazendo com que a água ocupasse o lugar do ar dissolvido. B) o ar contraiu-se pela ação da pressão externa. C) 79% da quantidade de ar reagiu com a palha de aço. D) parte da água vaporizou-se, pois o sistema está à temperatura ambiente. E) o oxigênio presente no ar reagiu com o ferro da palha de aço, formando óxido de ferro. Palha de aço Ar Água Início Após 30min
  • 4. PUCRS Concurso Vestibular www.pucrs.br Verão 2014 4 INSTRUÇÃO: Para responder à questão 10, analise o texto e as fórmulas a seguir. O conhecimento dá poder à humanidade, mas nem sempre esse poder é usado com sabedoria. O uso de subs- tâncias tóxicas em guerras e conflitos mostra isso. Em 2013, foi utilizado o sarin na Síria; nos anos 60 e 70, na Guerra do Vietnã, foi utilizado o Agente Laranja, mistura dos herbicidas 2,4-D e 2,4,5-T, que vinha contaminada com dioxinas; na I Guerra Mundial, foram usados diversos gases tóxicos, como o cloro e o fosgênio. Armas quí- micas também são usadas em manifestações de rua, como o spray de pimenta, cujo princípio ativo, a capsaicina, ocorre naturalmente na pimenta. Algumas dessas substâncias são representadas a seguir: I. Sarin II. Fosgênio III. 2,4-D IV. Capsaicina 10) Pela análise da estrutura molecular dessas substâncias, é correto afirmar que A) a molécula de fosgênio é polar e pode formar ligações de hidrogênio com o sarin. B) o 2,4-D apresenta o grupo funcional éter, que é o mesmo que confere acidez ao vinagre. C) a capsaicina e o 2,4-D são compostos orgânicos aromáticos. D) a capsaicina apresenta isomeria cis/trans e grupo funcional amina. E) todas as substâncias mencionadas no texto são compostos orgânicos. O P O F O Cl Cl C O O Cl Cl OH O HO H N O