SlideShare uma empresa Scribd logo
Psicologia Pastoral
Parte 1
PSICOLOGIA
 ~Definição:
 Do grego “Psykhê”(alma) + “logos” (estudo) significa o “ estudo da alma”.
 Disciplina que investiga as atividades mentais e do comportamento em função do
meio
 Ciência do comportamento humano.
PSICOLOGIA
 Psicologia é a ciência dos fenômenos psíquicos e do
comportamento. Entende-se por comportamento uma
estrutura vivencial interna que se manifesta na conduta.
Alguns ramos da Psicologia
 Psicologia Educacional ou Escolar;
 Psicologia Dinâmica;
 Psicologia do Trabalho;
 Psicologia Espiritual (investiga a experiência religiosa)
 Psicologia Pastoral.
Psicologia Pastoral
Definição:
 A psicologia pastoral, na sua essência e na sua tarefa, é ciência auxiliar da
teologia pastoral e, como esta, serve diretamente à assistência espiritual e prática.
 A psicologia pastoral pode definir-se, noutras palavras, como ciência psicológica
enquanto oferece os conhecimentos psicológicos necessários à assistência
espiritual.
 Como a assistência espiritual tem por objeto a alma humana, o pastor de almas agirá
com tanto mais sucesso, quanto mais conhecer a alma.
Desenvolvimento Histórico da psicologia
pastoral
Podemos esquematizar o desenvolvimento histórico da psicologia pastoral em quatro
grandes períodos:
1- Primeiro Período: A psicologia pré - científica = Conhecimento primitivo e vulgar
sobre o comportamento humano.
2- Segundo Período: A Psicologia Experimental = Método de observação e coleta, que
seleciona coisas ou atos que se deseja estudar.
3- Terceiro Período- Era das Escolas Psicológicas = Marcado por opiniões nitidamente
diferentes quanto ao que deveria ser a psicologia
4- Quarto Período: Psicologia Contemporânea = Atualmente, ainda podemos dizer
que a Psicologia é uma ciência complexa, que engloba várias ideias, inúmeras
correntes e escolas.
Principais Teorias da Psicologia Pastoral
 Psicanálise de C. G. Jung;
 Terapia Centrada no Paciente, de Carl Rogers:
 E a Logoterapia, de V. Frankl.
OBJETIVOS DA PSICOLOGIA PASTORAL
 Proporcionar um diálogo franco entre membros e pastores;
 Buscar o bem-estar do indivíduo e famílias que frequentam as reuniões de culto;
 Disponibilizar aos membros da igreja ajuda pastoral nas mais variadas situações da
vida;
 Tornar o pastor um conselheiro que inspire confiança;
 Tornar a igreja um ambiente terapêutico;
 Preparar o Pastor psicologicamente para o atendimento ás pessoas em situações
de crises, pânico, tristezas, perdas, desespero, luto, etc.
“Não há lugar mais terapêutico do que relações humanas sadias”.
OBJETIVOS DA PSICOLOGIA PASTORAL
Segundo Clinebell
“ A psicologia Pastoral é a utilização de uma variedade de métodos de cura para
ajudar as pessoas a lidar com seus problemas e crises de uma forma mais conducente
e a experimentar a cura, a partir do quebrantamento.
O Pastor e a Psicologia Pastoral
 Como vai a sua saúde física e mental?
 Como vai a família?
 Como vai sua vida financeira?
 Como vai a vida sexual?
 Como vai a sua liderança pastoral?
 Como vai as finanças da igreja?
 Seu salário (prebenda) está em dia?
 Tem tempo diário para o devocional?
 Prepara as mensagens para a igreja?
O Pastor e a Psicologia Pastoral
 Suas vestimentas demonstram cuidado, asseio, higiene pessoal?
 É um bom representante da igreja?
 Seu carro é limpo?
 Possui casa própria?
 Sua esposa Ajuda no seu ministério?
 Seus filhos são cristãos?
 Sua casa é um ambiente cristão?
 Pratica algum esporte ou exercício físico?
 Tem se preparado para a velhice?
 Depois do ministério o que será de você e sua família?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Curso para doutrinadores
Curso para doutrinadoresCurso para doutrinadores
Curso para doutrinadores
Alencar Santana
 
Psicologia positiva nas organizações
Psicologia positiva nas organizaçõesPsicologia positiva nas organizações
Psicologia positiva nas organizações
IBC Coaching
 

Mais procurados (20)

Escuta holística
Escuta holísticaEscuta holística
Escuta holística
 
Ampliaçao da desobsessão
Ampliaçao da desobsessãoAmpliaçao da desobsessão
Ampliaçao da desobsessão
 
Aconselhamento pastoral
Aconselhamento pastoralAconselhamento pastoral
Aconselhamento pastoral
 
Psicologia pastoral
Psicologia pastoralPsicologia pastoral
Psicologia pastoral
 
Apostila para capelães
Apostila para capelãesApostila para capelães
Apostila para capelães
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Parabola 10 virgens
Parabola 10 virgensParabola 10 virgens
Parabola 10 virgens
 
Curso para doutrinadores
Curso para doutrinadoresCurso para doutrinadores
Curso para doutrinadores
 
Meditação
Meditação Meditação
Meditação
 
Meditação na atualidade
Meditação na atualidadeMeditação na atualidade
Meditação na atualidade
 
Palestra meditação
Palestra meditaçãoPalestra meditação
Palestra meditação
 
Aconselhamento
AconselhamentoAconselhamento
Aconselhamento
 
Meditacao e Mediunidade
Meditacao e MediunidadeMeditacao e Mediunidade
Meditacao e Mediunidade
 
Psicologia pastoral
Psicologia pastoralPsicologia pastoral
Psicologia pastoral
 
O Mindfulness em Psicoterapia
O Mindfulness em PsicoterapiaO Mindfulness em Psicoterapia
O Mindfulness em Psicoterapia
 
Mediunidade o que é isso apostila 016
Mediunidade o que é isso   apostila 016Mediunidade o que é isso   apostila 016
Mediunidade o que é isso apostila 016
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
A palestra doutrinaria na casa espirita
A palestra doutrinaria na casa espiritaA palestra doutrinaria na casa espirita
A palestra doutrinaria na casa espirita
 
Espaço integraçaodoser
Espaço integraçaodoserEspaço integraçaodoser
Espaço integraçaodoser
 
Psicologia positiva nas organizações
Psicologia positiva nas organizaçõesPsicologia positiva nas organizações
Psicologia positiva nas organizações
 

Semelhante a Psicologia pastoral parte 1. david

spi9 psicologia e psicanálise cristã
spi9 psicologia e psicanálise cristãspi9 psicologia e psicanálise cristã
spi9 psicologia e psicanálise cristã
faculdadeteologica
 
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate0207psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02
Ana Rodrigues
 

Semelhante a Psicologia pastoral parte 1. david (20)

psicologia pastoral
psicologia pastoralpsicologia pastoral
psicologia pastoral
 
Formação em Psicanálise - Instituto Brasileiro
Formação em Psicanálise - Instituto BrasileiroFormação em Psicanálise - Instituto Brasileiro
Formação em Psicanálise - Instituto Brasileiro
 
Psicologia da religião
Psicologia da religião  Psicologia da religião
Psicologia da religião
 
psicologia da religião
psicologia da religiãopsicologia da religião
psicologia da religião
 
Psicologia da religião
Psicologia da religiãoPsicologia da religião
Psicologia da religião
 
Espiritualidade e religiosidadade: articulações
Espiritualidade e religiosidadade: articulaçõesEspiritualidade e religiosidadade: articulações
Espiritualidade e religiosidadade: articulações
 
spi9 psicologia e psicanálise cristã
spi9 psicologia e psicanálise cristãspi9 psicologia e psicanálise cristã
spi9 psicologia e psicanálise cristã
 
1ª AULA - PSICOLOGIA PASTORAL.pdf
1ª AULA - PSICOLOGIA PASTORAL.pdf1ª AULA - PSICOLOGIA PASTORAL.pdf
1ª AULA - PSICOLOGIA PASTORAL.pdf
 
06 psicologia pastoral
06 psicologia pastoral06 psicologia pastoral
06 psicologia pastoral
 
Psicologia espírita um olhar sobre si aula 2
Psicologia espírita um olhar sobre si aula 2Psicologia espírita um olhar sobre si aula 2
Psicologia espírita um olhar sobre si aula 2
 
Psicoterapias miriam
Psicoterapias miriamPsicoterapias miriam
Psicoterapias miriam
 
15 apostila [15]..
15 apostila [15]..15 apostila [15]..
15 apostila [15]..
 
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 15 doc
Apostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 15 docApostila obsessão   lar rubataiana -2009 .doc - 15 doc
Apostila obsessão lar rubataiana -2009 .doc - 15 doc
 
psicologia clínica07 psicologia clínica trabalho
psicologia clínica07 psicologia clínica trabalhopsicologia clínica07 psicologia clínica trabalho
psicologia clínica07 psicologia clínica trabalho
 
07 psicologia clínica trabalho
07 psicologia clínica trabalho07 psicologia clínica trabalho
07 psicologia clínica trabalho
 
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate0207psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02
07psicologiaclnica trabalho-150102210503-conversion-gate02
 
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 02
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 02Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 02
Faceli - Direito - 2° Período - Curso de Psicologia Jurídica - 02
 
Apostila 13
Apostila 13Apostila 13
Apostila 13
 
Teologia 13
Teologia 13Teologia 13
Teologia 13
 
Saúde e espiritualidade
Saúde e espiritualidadeSaúde e espiritualidade
Saúde e espiritualidade
 

Último

5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
edjailmax
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
ssuserbb4ac2
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Pastor Robson Colaço
 

Último (20)

5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
5ca0e9_ea0307e5baa1478490e87a15cb4ee530.pdf
 
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anosFotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
Fotossíntese para o Ensino médio primeiros anos
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco LeiteOs Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
Os Padres de Assaré - CE. Prof. Francisco Leite
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
Os Tempos Verbais em Inglês-tempos -dos-
 
Poema - Reciclar é preciso
Poema            -        Reciclar é precisoPoema            -        Reciclar é preciso
Poema - Reciclar é preciso
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_AssisMemórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
Memórias_póstumas_de_Brás_Cubas_ Machado_de_Assis
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimentoApresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
Apresentação de vocabulário fundamental em contexto de atendimento
 
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/AcumuladorRecurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
Recurso da Casa das Ciências: Bateria/Acumulador
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan AhlbergO carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
O carteiro chegou - Janet & Allan Ahlberg
 
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptxAULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
AULA Saúde e tradição-3º Bimestre tscqv.pptx
 

Psicologia pastoral parte 1. david

  • 2. PSICOLOGIA  ~Definição:  Do grego “Psykhê”(alma) + “logos” (estudo) significa o “ estudo da alma”.  Disciplina que investiga as atividades mentais e do comportamento em função do meio  Ciência do comportamento humano.
  • 3. PSICOLOGIA  Psicologia é a ciência dos fenômenos psíquicos e do comportamento. Entende-se por comportamento uma estrutura vivencial interna que se manifesta na conduta.
  • 4. Alguns ramos da Psicologia  Psicologia Educacional ou Escolar;  Psicologia Dinâmica;  Psicologia do Trabalho;  Psicologia Espiritual (investiga a experiência religiosa)  Psicologia Pastoral.
  • 5. Psicologia Pastoral Definição:  A psicologia pastoral, na sua essência e na sua tarefa, é ciência auxiliar da teologia pastoral e, como esta, serve diretamente à assistência espiritual e prática.  A psicologia pastoral pode definir-se, noutras palavras, como ciência psicológica enquanto oferece os conhecimentos psicológicos necessários à assistência espiritual.  Como a assistência espiritual tem por objeto a alma humana, o pastor de almas agirá com tanto mais sucesso, quanto mais conhecer a alma.
  • 6. Desenvolvimento Histórico da psicologia pastoral Podemos esquematizar o desenvolvimento histórico da psicologia pastoral em quatro grandes períodos: 1- Primeiro Período: A psicologia pré - científica = Conhecimento primitivo e vulgar sobre o comportamento humano. 2- Segundo Período: A Psicologia Experimental = Método de observação e coleta, que seleciona coisas ou atos que se deseja estudar. 3- Terceiro Período- Era das Escolas Psicológicas = Marcado por opiniões nitidamente diferentes quanto ao que deveria ser a psicologia 4- Quarto Período: Psicologia Contemporânea = Atualmente, ainda podemos dizer que a Psicologia é uma ciência complexa, que engloba várias ideias, inúmeras correntes e escolas.
  • 7. Principais Teorias da Psicologia Pastoral  Psicanálise de C. G. Jung;  Terapia Centrada no Paciente, de Carl Rogers:  E a Logoterapia, de V. Frankl.
  • 8. OBJETIVOS DA PSICOLOGIA PASTORAL  Proporcionar um diálogo franco entre membros e pastores;  Buscar o bem-estar do indivíduo e famílias que frequentam as reuniões de culto;  Disponibilizar aos membros da igreja ajuda pastoral nas mais variadas situações da vida;  Tornar o pastor um conselheiro que inspire confiança;  Tornar a igreja um ambiente terapêutico;  Preparar o Pastor psicologicamente para o atendimento ás pessoas em situações de crises, pânico, tristezas, perdas, desespero, luto, etc. “Não há lugar mais terapêutico do que relações humanas sadias”.
  • 9. OBJETIVOS DA PSICOLOGIA PASTORAL Segundo Clinebell “ A psicologia Pastoral é a utilização de uma variedade de métodos de cura para ajudar as pessoas a lidar com seus problemas e crises de uma forma mais conducente e a experimentar a cura, a partir do quebrantamento.
  • 10. O Pastor e a Psicologia Pastoral  Como vai a sua saúde física e mental?  Como vai a família?  Como vai sua vida financeira?  Como vai a vida sexual?  Como vai a sua liderança pastoral?  Como vai as finanças da igreja?  Seu salário (prebenda) está em dia?  Tem tempo diário para o devocional?  Prepara as mensagens para a igreja?
  • 11. O Pastor e a Psicologia Pastoral  Suas vestimentas demonstram cuidado, asseio, higiene pessoal?  É um bom representante da igreja?  Seu carro é limpo?  Possui casa própria?  Sua esposa Ajuda no seu ministério?  Seus filhos são cristãos?  Sua casa é um ambiente cristão?  Pratica algum esporte ou exercício físico?  Tem se preparado para a velhice?  Depois do ministério o que será de você e sua família?