SlideShare uma empresa Scribd logo
Perspectivas de aprimoramento
  das Matrizes de Referência
        de Linguagens
     Antonio Carlos Xavier (Nehte/UFPE)
 Objetivos do paper:

Apontar os desafios das Matrizes de Referência;

Lançar sugestões para aperfeiçoá-las.
 Desafios:

Matrizes de Referência devem reconhecer e
prever novos Descritores em razão:
     • Do avanço da tecnologia de informação e de
       comunicação na sociedade contemporânea;
     • Da convergência de linguagens
       no uso das tecnologias digitais;
 Fundamentos teóricos:
A língua é uma forma de ação e a
linguagem é a faculdade que gerencia a
racionalidade;
A convergência da língua natural com as
linguagens artificiais nas telas de PC, celulares
e tablets transformou ambas em uma forte e
poderosa ferramenta tecnológica de
informação, comunicação e aprendizagem.
 Fundamentos teóricos:

O ensino/aprendizagem de LEM deve
considerar esta convergência da língua
com outras linguagens que desafia o
processo de interpretação em diferentes
suportes de (hiper)textualização sob o
efeito das diferentes cores e formas
semióticas.
 Fundamentos teóricos:

A Tecnologia é um conhecimento
criado, desenvolvido e aplicado para
resolver limitações físicas e intelectivas
do homem;
 Fundamentos teóricos:

Contextualizar o saber e trabalhá-lo de
modo interdisciplinar são exigências da
vida e devem ser naturalizadas no
cotidiano escolar;
 Contribuições às Matrizes:
A chegada das TIC à escola tem favorecido a
prática docente:




    Fonte: Site Oi Futuro: http://www.oifuturo.org.br/uploads/noticias/6_conclusoes.pdf
                                  Acesso em 02 set. 2011.
 Contribuições às Matrizes:
Alguns docentes brasileiros já descobriram o
potencial pedagógico das TIC:




      Fonte: Site CGI.br http://cetic.br/educacao/2010/ Acesso em: 02 set. 2011.
 Contribuições ao:




 Novo Descritor: D22 tratará de:

Distinguir as diferentes semioses que
compõem as TIC identificando suas
especificidades operacionais, bem como
reconhecendo a função de cada uma das
semioses (verbal, visual e sonora) para a
construção total do sentido acessado.
 Contribuições:
Que habilidade pretendemos avaliar?
A capacidade para identificar e lidar com diversas
semioses, percebendo suas especificidades de
operação e relevância semântica na apreensão geral
do sentido;

Saber usufruir das vantagens cognitivas de ler, ver e
ouvir uma mesma informação veiculada em sistemas
de hipermídia/TIC.
 Contribuições:
Que sugestões podem ser oferecidas
para desenvolver melhor esta
habilidade?

Docente deve fazê-los explorar sites, blogs
de notícias e redes sociais incrementados pela
multimodalidade constitutiva dos sistemas de
hipermídia/TIC.
 Contribuições ao:




 Novo Descritor: D23 tratará de:
Reconhecer os links em formato de palavras,
fotografias, infográficos e vídeos como
recursos cuja função seja ampliar
informações, entrecruzar ideias e aprofundar
perspectivas sobre um determinado conceito,
fato ou evento focalizado em hipertextos.
 Contribuições:
Que habilidade pretendemos avaliar?
A capacidade de “consultar” os links disponíveis sem
perder o foco do tema apresentado pelo professor
como conteúdo da aula.

A dispersão é um obstáculo para o processamento da
leitura em qualquer suporte e para qualquer leitor,
principalmente para crianças e adolescentes.

Alguns professores não utilizam TIC e internet
 por causa da possibilidade de dispersão.
 Contribuições:
Que sugestões podem ser oferecidas para
desenvolver melhor esta habilidade?
Docente deve fazê-los explorar links em sites, blogs
de notícias e redes sociais, solicitando aos estudantes
informações específicas que mantenham relação com o
conteúdo da aula.
Observação:
A escola deve desenvolver no aprendiz o senso de
gerenciamento da leitura proficiente em hipertextos,
a fim de que a abordagem dos links gere
conhecimentos úteis.
 Contribuições ao:



 Novo Descritor: D24 tratará de:
Reconhecer o “internetês”, utilizado em
determinados gêneros digitais (Chat, Programa de
conversação síncrona, Torpedo (SMS), E-Fórum,
Twitter etc.), como uma variação linguística
expressiva da Língua Portuguesa, cujo emprego
deve-se adequar a contextos específicos de
comunicação mediada por computador (CMC).
 Contribuições:
Que habilidade pretendemos avaliar?
A capacidade de reconhecer a expressividade e a
comunicabilidade das diversas variantes linguísticas,
inclusive o “internetês”.

O estudante deve demonstrar a consciência de
utilizá-las dentro de contextos e situações que lhes
sejam mais adequados, a fim de não arriscar a eficácia
da interação, que é o objetivo primordial de todo uso
que se faz da linguagem.
 Contribuições:
Que sugestões podem ser oferecidas para
desenvolver melhor esta habilidade?
O docente proporá um mapeamento da diversidade
de variantes do português padrão no Brasil e focalizará
atenção no internetês, tratando-o como mais um dialeto
a ser abordado sem preconceito.

Observação:
Tratar o internetês cientificamente levará os
estudantes a refletir quando, onde e com quem utilizá-
lo.
 Considerações finais:
Abordamos a natureza interdisciplinar da linguagem;
Defendemos a transversalidade de temáticas que a
linguagem integra;
Argumentamos em favor da contextualização do
saber a ser ensinado e
Propomos três novos descritores (D22, D23 e D24).

As Matrizes de Referência têm a dupla função:
Induzir ações pedagógicas e
Avaliar as práticas de ensino/aprendizagem
  de LEM alinhadas com os avanços tecnológicos
  contemporâneos.
Obrigado!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Generos Textuais Mediados por Computadormp Proj Pesq
Generos Textuais Mediados por Computadormp Proj PesqGeneros Textuais Mediados por Computadormp Proj Pesq
Generos Textuais Mediados por Computadormp Proj Pesq
Luciane Oliveira
 
Apresentação final
Apresentação finalApresentação final
Apresentação final
Kátia Mattos da Silva
 
A multimodalidade como recurso pedagógico para a prática do letramento em lín...
A multimodalidade como recurso pedagógico para a prática do letramento em lín...A multimodalidade como recurso pedagógico para a prática do letramento em lín...
A multimodalidade como recurso pedagógico para a prática do letramento em lín...
Elaine Teixeira
 
Bidarra e barbara inovar a aprendizagem online do português l2
Bidarra e barbara   inovar a aprendizagem online do português l2Bidarra e barbara   inovar a aprendizagem online do português l2
Bidarra e barbara inovar a aprendizagem online do português l2
Instituto de Letras e Ciências Humanas
 
Indicadores Didáticos Pedagógicos da Linguagem Digital
Indicadores Didáticos Pedagógicos da Linguagem DigitalIndicadores Didáticos Pedagógicos da Linguagem Digital
Indicadores Didáticos Pedagógicos da Linguagem Digital
lexmarcal
 
O Ensino de Língua Portuguesa, Literatura e as Novas Tecnologias
O Ensino de Língua Portuguesa, Literatura e as Novas TecnologiasO Ensino de Língua Portuguesa, Literatura e as Novas Tecnologias
O Ensino de Língua Portuguesa, Literatura e as Novas Tecnologias
Márcio Yamamoto
 
Projeto com o gênero bate papo no computador
Projeto com o gênero bate papo no computadorProjeto com o gênero bate papo no computador
Projeto com o gênero bate papo no computador
paulocesar2011
 
Computer mediated collaborative learning-Warschauer97
Computer mediated collaborative learning-Warschauer97Computer mediated collaborative learning-Warschauer97
Computer mediated collaborative learning-Warschauer97
Aparecida Moreira
 
Um curso, uma rede social e sua contribuicao para o ensino de linguas estrang...
Um curso, uma rede social e sua contribuicao para o ensino de linguas estrang...Um curso, uma rede social e sua contribuicao para o ensino de linguas estrang...
Um curso, uma rede social e sua contribuicao para o ensino de linguas estrang...
Tarcisio Wallen
 
Projeto Livros Falados
Projeto Livros FaladosProjeto Livros Falados
Projeto Livros Falados
Lanylldo Araujo
 

Mais procurados (10)

Generos Textuais Mediados por Computadormp Proj Pesq
Generos Textuais Mediados por Computadormp Proj PesqGeneros Textuais Mediados por Computadormp Proj Pesq
Generos Textuais Mediados por Computadormp Proj Pesq
 
Apresentação final
Apresentação finalApresentação final
Apresentação final
 
A multimodalidade como recurso pedagógico para a prática do letramento em lín...
A multimodalidade como recurso pedagógico para a prática do letramento em lín...A multimodalidade como recurso pedagógico para a prática do letramento em lín...
A multimodalidade como recurso pedagógico para a prática do letramento em lín...
 
Bidarra e barbara inovar a aprendizagem online do português l2
Bidarra e barbara   inovar a aprendizagem online do português l2Bidarra e barbara   inovar a aprendizagem online do português l2
Bidarra e barbara inovar a aprendizagem online do português l2
 
Indicadores Didáticos Pedagógicos da Linguagem Digital
Indicadores Didáticos Pedagógicos da Linguagem DigitalIndicadores Didáticos Pedagógicos da Linguagem Digital
Indicadores Didáticos Pedagógicos da Linguagem Digital
 
O Ensino de Língua Portuguesa, Literatura e as Novas Tecnologias
O Ensino de Língua Portuguesa, Literatura e as Novas TecnologiasO Ensino de Língua Portuguesa, Literatura e as Novas Tecnologias
O Ensino de Língua Portuguesa, Literatura e as Novas Tecnologias
 
Projeto com o gênero bate papo no computador
Projeto com o gênero bate papo no computadorProjeto com o gênero bate papo no computador
Projeto com o gênero bate papo no computador
 
Computer mediated collaborative learning-Warschauer97
Computer mediated collaborative learning-Warschauer97Computer mediated collaborative learning-Warschauer97
Computer mediated collaborative learning-Warschauer97
 
Um curso, uma rede social e sua contribuicao para o ensino de linguas estrang...
Um curso, uma rede social e sua contribuicao para o ensino de linguas estrang...Um curso, uma rede social e sua contribuicao para o ensino de linguas estrang...
Um curso, uma rede social e sua contribuicao para o ensino de linguas estrang...
 
Projeto Livros Falados
Projeto Livros FaladosProjeto Livros Falados
Projeto Livros Falados
 

Semelhante a Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Antonio Carlos Xavier (Nehte/UFPE)

Portifólio amélia maria atualizado em 04-05-2011
Portifólio amélia maria   atualizado em 04-05-2011Portifólio amélia maria   atualizado em 04-05-2011
Portifólio amélia maria atualizado em 04-05-2011
ameliamariaveiga
 
Tecnologias Cibernéticas Para A Ead
Tecnologias Cibernéticas Para A EadTecnologias Cibernéticas Para A Ead
Tecnologias Cibernéticas Para A Ead
JFRosa
 
Planos_de_LINGUAGENS 1.pptx
Planos_de_LINGUAGENS 1.pptxPlanos_de_LINGUAGENS 1.pptx
Planos_de_LINGUAGENS 1.pptx
GernciadeProduodeMat
 
Oficina de planejamento
Oficina de planejamentoOficina de planejamento
Oficina de planejamento
acaidigital
 
As tec ciberneticas da comunicaçao g3
As tec ciberneticas da comunicaçao g3As tec ciberneticas da comunicaçao g3
As tec ciberneticas da comunicaçao g3
Marlene Magalhaes
 
Curso Apresentacao
Curso ApresentacaoCurso Apresentacao
Curso Apresentacao
marizaliealvares
 
25.-Resumo-05-Competência-5_-Cultura-Digital-1.pdf
25.-Resumo-05-Competência-5_-Cultura-Digital-1.pdf25.-Resumo-05-Competência-5_-Cultura-Digital-1.pdf
25.-Resumo-05-Competência-5_-Cultura-Digital-1.pdf
Francisco Sá
 
Tarefa 4
Tarefa 4Tarefa 4
Tarefa 4
Cida_Kuriki
 
Tarefa 4
Tarefa 4Tarefa 4
Tarefa 4
Cida_Kuriki
 
Letramentos digitais discursos contemporaneos em estudo
Letramentos digitais discursos contemporaneos em estudoLetramentos digitais discursos contemporaneos em estudo
Letramentos digitais discursos contemporaneos em estudo
LaviniaRodrigues7
 
Gisele souza e silva
Gisele souza e silvaGisele souza e silva
Gisele souza e silva
equipetics
 
Portifólio da leni inêz
Portifólio da leni inêzPortifólio da leni inêz
Portifólio da leni inêz
leniproinfo
 
A tutoria no fórum on-line:papéis e competências
A tutoria no fórum on-line:papéis e competênciasA tutoria no fórum on-line:papéis e competências
A tutoria no fórum on-line:papéis e competências
anokas
 
As novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educaçãoAs novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educação
georginalopes
 
Ingles mod3 planificacao
Ingles mod3 planificacaoIngles mod3 planificacao
Ingles mod3 planificacao
Maria José Silva
 
Portifólio proinfo
Portifólio proinfoPortifólio proinfo
Portifólio proinfo
itapevamarco
 
Portifólio Proinfo
Portifólio ProinfoPortifólio Proinfo
Portifólio Proinfo
itapevamarco
 
Portifólio Proinfo
Portifólio ProinfoPortifólio Proinfo
Portifólio Proinfo
itapevamarco
 
Portifólio Proinfo
Portifólio ProinfoPortifólio Proinfo
Portifólio Proinfo
itapevamarco
 
Segundaversao tcc silvia_figueiredo_2
Segundaversao tcc silvia_figueiredo_2Segundaversao tcc silvia_figueiredo_2
Segundaversao tcc silvia_figueiredo_2
Sílvia Figueiredo de Sousa
 

Semelhante a Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Antonio Carlos Xavier (Nehte/UFPE) (20)

Portifólio amélia maria atualizado em 04-05-2011
Portifólio amélia maria   atualizado em 04-05-2011Portifólio amélia maria   atualizado em 04-05-2011
Portifólio amélia maria atualizado em 04-05-2011
 
Tecnologias Cibernéticas Para A Ead
Tecnologias Cibernéticas Para A EadTecnologias Cibernéticas Para A Ead
Tecnologias Cibernéticas Para A Ead
 
Planos_de_LINGUAGENS 1.pptx
Planos_de_LINGUAGENS 1.pptxPlanos_de_LINGUAGENS 1.pptx
Planos_de_LINGUAGENS 1.pptx
 
Oficina de planejamento
Oficina de planejamentoOficina de planejamento
Oficina de planejamento
 
As tec ciberneticas da comunicaçao g3
As tec ciberneticas da comunicaçao g3As tec ciberneticas da comunicaçao g3
As tec ciberneticas da comunicaçao g3
 
Curso Apresentacao
Curso ApresentacaoCurso Apresentacao
Curso Apresentacao
 
25.-Resumo-05-Competência-5_-Cultura-Digital-1.pdf
25.-Resumo-05-Competência-5_-Cultura-Digital-1.pdf25.-Resumo-05-Competência-5_-Cultura-Digital-1.pdf
25.-Resumo-05-Competência-5_-Cultura-Digital-1.pdf
 
Tarefa 4
Tarefa 4Tarefa 4
Tarefa 4
 
Tarefa 4
Tarefa 4Tarefa 4
Tarefa 4
 
Letramentos digitais discursos contemporaneos em estudo
Letramentos digitais discursos contemporaneos em estudoLetramentos digitais discursos contemporaneos em estudo
Letramentos digitais discursos contemporaneos em estudo
 
Gisele souza e silva
Gisele souza e silvaGisele souza e silva
Gisele souza e silva
 
Portifólio da leni inêz
Portifólio da leni inêzPortifólio da leni inêz
Portifólio da leni inêz
 
A tutoria no fórum on-line:papéis e competências
A tutoria no fórum on-line:papéis e competênciasA tutoria no fórum on-line:papéis e competências
A tutoria no fórum on-line:papéis e competências
 
As novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educaçãoAs novas tecnologias aplicadas à educação
As novas tecnologias aplicadas à educação
 
Ingles mod3 planificacao
Ingles mod3 planificacaoIngles mod3 planificacao
Ingles mod3 planificacao
 
Portifólio proinfo
Portifólio proinfoPortifólio proinfo
Portifólio proinfo
 
Portifólio Proinfo
Portifólio ProinfoPortifólio Proinfo
Portifólio Proinfo
 
Portifólio Proinfo
Portifólio ProinfoPortifólio Proinfo
Portifólio Proinfo
 
Portifólio Proinfo
Portifólio ProinfoPortifólio Proinfo
Portifólio Proinfo
 
Segundaversao tcc silvia_figueiredo_2
Segundaversao tcc silvia_figueiredo_2Segundaversao tcc silvia_figueiredo_2
Segundaversao tcc silvia_figueiredo_2
 

Mais de Simpósio Hipertexto

Retorica do webwriter. Antonio Carlos Xavier (Nehte/UFPE)
Retorica do webwriter. Antonio Carlos Xavier (Nehte/UFPE)Retorica do webwriter. Antonio Carlos Xavier (Nehte/UFPE)
Retorica do webwriter. Antonio Carlos Xavier (Nehte/UFPE)
Simpósio Hipertexto
 
Ensinar na era mobile learning
Ensinar na era mobile learningEnsinar na era mobile learning
Ensinar na era mobile learning
Simpósio Hipertexto
 
APLICATIVOS EDUCACIONAIS: TEORIA E PRÁTICA
APLICATIVOS EDUCACIONAIS: TEORIA E PRÁTICAAPLICATIVOS EDUCACIONAIS: TEORIA E PRÁTICA
APLICATIVOS EDUCACIONAIS: TEORIA E PRÁTICA
Simpósio Hipertexto
 
Novas metodologias para aprendizagem com tecnologias móveis
Novas metodologias para aprendizagem com tecnologias móveisNovas metodologias para aprendizagem com tecnologias móveis
Novas metodologias para aprendizagem com tecnologias móveis
Simpósio Hipertexto
 
Mobile learning: explorando potencialidades em sala de língua inglesa
Mobile learning: explorando potencialidades em sala de língua inglesaMobile learning: explorando potencialidades em sala de língua inglesa
Mobile learning: explorando potencialidades em sala de língua inglesa
Simpósio Hipertexto
 
Aprendizagem com aplicativos digitais na escola 3.0
Aprendizagem com aplicativos digitais na escola 3.0Aprendizagem com aplicativos digitais na escola 3.0
Aprendizagem com aplicativos digitais na escola 3.0
Simpósio Hipertexto
 
Ouvir para ver: o audiolivro e a inclusão da leitura digital
Ouvir para ver: o audiolivro e a inclusão da leitura digitalOuvir para ver: o audiolivro e a inclusão da leitura digital
Ouvir para ver: o audiolivro e a inclusão da leitura digital
Simpósio Hipertexto
 
Mídia Educação Novos desafios da informação na aprendizagem
Mídia Educação Novos desafios da informação na aprendizagemMídia Educação Novos desafios da informação na aprendizagem
Mídia Educação Novos desafios da informação na aprendizagem
Simpósio Hipertexto
 
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Alex Sandro Gomes (CCTE/UFPE)
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Alex Sandro Gomes (CCTE/UFPE)Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Alex Sandro Gomes (CCTE/UFPE)
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Alex Sandro Gomes (CCTE/UFPE)
Simpósio Hipertexto
 
Hipertexto 2012 - Slides da palestra Débora Sebriam (Instituto Educadigital)
Hipertexto 2012 - Slides da palestra Débora Sebriam (Instituto Educadigital)Hipertexto 2012 - Slides da palestra Débora Sebriam (Instituto Educadigital)
Hipertexto 2012 - Slides da palestra Débora Sebriam (Instituto Educadigital)
Simpósio Hipertexto
 
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Ermelinda Ferreira (UFPE)
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Ermelinda Ferreira (UFPE)Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Ermelinda Ferreira (UFPE)
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Ermelinda Ferreira (UFPE)
Simpósio Hipertexto
 
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Guilherme Veiga Rios (INEP/MEC)
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Guilherme Veiga Rios (INEP/MEC)Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Guilherme Veiga Rios (INEP/MEC)
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Guilherme Veiga Rios (INEP/MEC)
Simpósio Hipertexto
 
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de João Mattar (UAM-Brasil e PUC-SP)
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de João Mattar (UAM-Brasil e PUC-SP)Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de João Mattar (UAM-Brasil e PUC-SP)
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de João Mattar (UAM-Brasil e PUC-SP)
Simpósio Hipertexto
 
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Romero Tori (USP e Senac/SP)
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Romero Tori (USP e Senac/SP)Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Romero Tori (USP e Senac/SP)
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Romero Tori (USP e Senac/SP)
Simpósio Hipertexto
 
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Imad Saleh (Universidade Paris-8 –...
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Imad Saleh (Universidade Paris-8 –...Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Imad Saleh (Universidade Paris-8 –...
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Imad Saleh (Universidade Paris-8 –...
Simpósio Hipertexto
 
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Lúcia Santaella (PUC-SP)
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Lúcia Santaella (PUC-SP)Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Lúcia Santaella (PUC-SP)
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Lúcia Santaella (PUC-SP)
Simpósio Hipertexto
 

Mais de Simpósio Hipertexto (16)

Retorica do webwriter. Antonio Carlos Xavier (Nehte/UFPE)
Retorica do webwriter. Antonio Carlos Xavier (Nehte/UFPE)Retorica do webwriter. Antonio Carlos Xavier (Nehte/UFPE)
Retorica do webwriter. Antonio Carlos Xavier (Nehte/UFPE)
 
Ensinar na era mobile learning
Ensinar na era mobile learningEnsinar na era mobile learning
Ensinar na era mobile learning
 
APLICATIVOS EDUCACIONAIS: TEORIA E PRÁTICA
APLICATIVOS EDUCACIONAIS: TEORIA E PRÁTICAAPLICATIVOS EDUCACIONAIS: TEORIA E PRÁTICA
APLICATIVOS EDUCACIONAIS: TEORIA E PRÁTICA
 
Novas metodologias para aprendizagem com tecnologias móveis
Novas metodologias para aprendizagem com tecnologias móveisNovas metodologias para aprendizagem com tecnologias móveis
Novas metodologias para aprendizagem com tecnologias móveis
 
Mobile learning: explorando potencialidades em sala de língua inglesa
Mobile learning: explorando potencialidades em sala de língua inglesaMobile learning: explorando potencialidades em sala de língua inglesa
Mobile learning: explorando potencialidades em sala de língua inglesa
 
Aprendizagem com aplicativos digitais na escola 3.0
Aprendizagem com aplicativos digitais na escola 3.0Aprendizagem com aplicativos digitais na escola 3.0
Aprendizagem com aplicativos digitais na escola 3.0
 
Ouvir para ver: o audiolivro e a inclusão da leitura digital
Ouvir para ver: o audiolivro e a inclusão da leitura digitalOuvir para ver: o audiolivro e a inclusão da leitura digital
Ouvir para ver: o audiolivro e a inclusão da leitura digital
 
Mídia Educação Novos desafios da informação na aprendizagem
Mídia Educação Novos desafios da informação na aprendizagemMídia Educação Novos desafios da informação na aprendizagem
Mídia Educação Novos desafios da informação na aprendizagem
 
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Alex Sandro Gomes (CCTE/UFPE)
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Alex Sandro Gomes (CCTE/UFPE)Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Alex Sandro Gomes (CCTE/UFPE)
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Alex Sandro Gomes (CCTE/UFPE)
 
Hipertexto 2012 - Slides da palestra Débora Sebriam (Instituto Educadigital)
Hipertexto 2012 - Slides da palestra Débora Sebriam (Instituto Educadigital)Hipertexto 2012 - Slides da palestra Débora Sebriam (Instituto Educadigital)
Hipertexto 2012 - Slides da palestra Débora Sebriam (Instituto Educadigital)
 
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Ermelinda Ferreira (UFPE)
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Ermelinda Ferreira (UFPE)Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Ermelinda Ferreira (UFPE)
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Ermelinda Ferreira (UFPE)
 
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Guilherme Veiga Rios (INEP/MEC)
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Guilherme Veiga Rios (INEP/MEC)Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Guilherme Veiga Rios (INEP/MEC)
Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Guilherme Veiga Rios (INEP/MEC)
 
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de João Mattar (UAM-Brasil e PUC-SP)
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de João Mattar (UAM-Brasil e PUC-SP)Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de João Mattar (UAM-Brasil e PUC-SP)
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de João Mattar (UAM-Brasil e PUC-SP)
 
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Romero Tori (USP e Senac/SP)
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Romero Tori (USP e Senac/SP)Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Romero Tori (USP e Senac/SP)
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Romero Tori (USP e Senac/SP)
 
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Imad Saleh (Universidade Paris-8 –...
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Imad Saleh (Universidade Paris-8 –...Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Imad Saleh (Universidade Paris-8 –...
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Imad Saleh (Universidade Paris-8 –...
 
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Lúcia Santaella (PUC-SP)
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Lúcia Santaella (PUC-SP)Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Lúcia Santaella (PUC-SP)
Hipertexto 2012 - Slides da Conferência de Lúcia Santaella (PUC-SP)
 

Último

Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Texto e atividade -  Fontes alternativas de energiaTexto e atividade -  Fontes alternativas de energia
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LucliaMartins5
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redaçãoRedação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
GrazielaTorrezan
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
Texto e atividade -  Fontes alternativas de energiaTexto e atividade -  Fontes alternativas de energia
Texto e atividade - Fontes alternativas de energia
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redaçãoRedação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
Redação e Leitura - Entenda o texto expositivo na redação
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 

Hipertexto 2012 - Slides da palestra de Antonio Carlos Xavier (Nehte/UFPE)

  • 1. Perspectivas de aprimoramento das Matrizes de Referência de Linguagens Antonio Carlos Xavier (Nehte/UFPE)
  • 2.  Objetivos do paper: Apontar os desafios das Matrizes de Referência; Lançar sugestões para aperfeiçoá-las.  Desafios: Matrizes de Referência devem reconhecer e prever novos Descritores em razão: • Do avanço da tecnologia de informação e de comunicação na sociedade contemporânea; • Da convergência de linguagens no uso das tecnologias digitais;
  • 3.  Fundamentos teóricos: A língua é uma forma de ação e a linguagem é a faculdade que gerencia a racionalidade; A convergência da língua natural com as linguagens artificiais nas telas de PC, celulares e tablets transformou ambas em uma forte e poderosa ferramenta tecnológica de informação, comunicação e aprendizagem.
  • 4.  Fundamentos teóricos: O ensino/aprendizagem de LEM deve considerar esta convergência da língua com outras linguagens que desafia o processo de interpretação em diferentes suportes de (hiper)textualização sob o efeito das diferentes cores e formas semióticas.
  • 5.  Fundamentos teóricos: A Tecnologia é um conhecimento criado, desenvolvido e aplicado para resolver limitações físicas e intelectivas do homem;
  • 6.  Fundamentos teóricos: Contextualizar o saber e trabalhá-lo de modo interdisciplinar são exigências da vida e devem ser naturalizadas no cotidiano escolar;
  • 7.  Contribuições às Matrizes: A chegada das TIC à escola tem favorecido a prática docente: Fonte: Site Oi Futuro: http://www.oifuturo.org.br/uploads/noticias/6_conclusoes.pdf Acesso em 02 set. 2011.
  • 8.  Contribuições às Matrizes: Alguns docentes brasileiros já descobriram o potencial pedagógico das TIC: Fonte: Site CGI.br http://cetic.br/educacao/2010/ Acesso em: 02 set. 2011.
  • 9.  Contribuições ao: Novo Descritor: D22 tratará de: Distinguir as diferentes semioses que compõem as TIC identificando suas especificidades operacionais, bem como reconhecendo a função de cada uma das semioses (verbal, visual e sonora) para a construção total do sentido acessado.
  • 10.  Contribuições: Que habilidade pretendemos avaliar? A capacidade para identificar e lidar com diversas semioses, percebendo suas especificidades de operação e relevância semântica na apreensão geral do sentido; Saber usufruir das vantagens cognitivas de ler, ver e ouvir uma mesma informação veiculada em sistemas de hipermídia/TIC.
  • 11.  Contribuições: Que sugestões podem ser oferecidas para desenvolver melhor esta habilidade? Docente deve fazê-los explorar sites, blogs de notícias e redes sociais incrementados pela multimodalidade constitutiva dos sistemas de hipermídia/TIC.
  • 12.  Contribuições ao: Novo Descritor: D23 tratará de: Reconhecer os links em formato de palavras, fotografias, infográficos e vídeos como recursos cuja função seja ampliar informações, entrecruzar ideias e aprofundar perspectivas sobre um determinado conceito, fato ou evento focalizado em hipertextos.
  • 13.  Contribuições: Que habilidade pretendemos avaliar? A capacidade de “consultar” os links disponíveis sem perder o foco do tema apresentado pelo professor como conteúdo da aula. A dispersão é um obstáculo para o processamento da leitura em qualquer suporte e para qualquer leitor, principalmente para crianças e adolescentes. Alguns professores não utilizam TIC e internet por causa da possibilidade de dispersão.
  • 14.  Contribuições: Que sugestões podem ser oferecidas para desenvolver melhor esta habilidade? Docente deve fazê-los explorar links em sites, blogs de notícias e redes sociais, solicitando aos estudantes informações específicas que mantenham relação com o conteúdo da aula. Observação: A escola deve desenvolver no aprendiz o senso de gerenciamento da leitura proficiente em hipertextos, a fim de que a abordagem dos links gere conhecimentos úteis.
  • 15.  Contribuições ao: Novo Descritor: D24 tratará de: Reconhecer o “internetês”, utilizado em determinados gêneros digitais (Chat, Programa de conversação síncrona, Torpedo (SMS), E-Fórum, Twitter etc.), como uma variação linguística expressiva da Língua Portuguesa, cujo emprego deve-se adequar a contextos específicos de comunicação mediada por computador (CMC).
  • 16.  Contribuições: Que habilidade pretendemos avaliar? A capacidade de reconhecer a expressividade e a comunicabilidade das diversas variantes linguísticas, inclusive o “internetês”. O estudante deve demonstrar a consciência de utilizá-las dentro de contextos e situações que lhes sejam mais adequados, a fim de não arriscar a eficácia da interação, que é o objetivo primordial de todo uso que se faz da linguagem.
  • 17.  Contribuições: Que sugestões podem ser oferecidas para desenvolver melhor esta habilidade? O docente proporá um mapeamento da diversidade de variantes do português padrão no Brasil e focalizará atenção no internetês, tratando-o como mais um dialeto a ser abordado sem preconceito. Observação: Tratar o internetês cientificamente levará os estudantes a refletir quando, onde e com quem utilizá- lo.
  • 18.  Considerações finais: Abordamos a natureza interdisciplinar da linguagem; Defendemos a transversalidade de temáticas que a linguagem integra; Argumentamos em favor da contextualização do saber a ser ensinado e Propomos três novos descritores (D22, D23 e D24). As Matrizes de Referência têm a dupla função: Induzir ações pedagógicas e Avaliar as práticas de ensino/aprendizagem de LEM alinhadas com os avanços tecnológicos contemporâneos.