SlideShare uma empresa Scribd logo
PROJETO MARIA FUMAÇA



Assunto:
                    Solicitação de permissão de uso de linhas
                    férreas para empreendimento turístico de
                    abrangência regional.

Endereçado:
                    FSA - Ferrovia Sul Atlântico

Proponentes:
                    Município de Jacarezinho - PR
                    Associação      Brasileira   de    Preservação
                    Ferroviária - Regional Jacarezinho
                    Conselho Municipal de Turismo de Jacarezinho



    do Projeto Maria Fumaça


           - Apresentação - ABPF / Regional Jacarezinho

           - Histórico Ferroviário

           - Passeios Turísticos

           - Histórico: 40º Baile do Texas / 9ª Fetexas

           - Proposta / Solicitação



    dos anexos


           - Quadro de horários previstos para tráfego

           - Disposição física das linhas / Pátio da Estação de
             Jacarezinho

           - Mapa da disposição física para tráfego da
             composição Locomotiva a Vapor
Apresentação

Em 1º de dezembro de 1996 foi fundada a 10ª Regional da ABPF - Associação
Brasileira de Preservação Ferroviária - sediada no município de Jacarezinho,
estado do Paraná.

Numa homenagem aos colonizadores do Norte Velho do Estado, e ainda às
maiores festas populares do Município, que são baseadas no estilo
“western/texano”, a Associação adotou o nome de fantasia “Cowboy’s Old
North”, com sede sita à Avenida Teixeira de Freitas, Bairro Estação.

Os objetivos primordiais da ABPF são a preservação, conservação, coleção, e
guarda das estruturas físicas - Estações Ferroviárias, linhas férreas e trens -além
de objetos de interesse histórico, bem como a operação de locomotivas a vapor,
que integram o museu dinâmico.

Importante salientar que muitos dos membros da ABPF são de origem
ferroviária, tendo herdado de seus antepassados o interesse e a motivação para
encarar este grande desafio.

A ABPF é uma entidade sem fins lucrativos e, por força de seus estatutos, seus
membros não são remunerados. Todo o recurso eventualmente arrecadado deve
ser obrigatoriamente utilizado na manutenção do Patrimônio Histórico sob sua
guarda.

Devido à privatização das RFFSA, ocorrida em 22 de dezembro de 1996 e
adquirida pela FSA - Ferrovia Sul Atlântico - passando quase todos os bens
imóveis da Rede para não-operacional, houve a necessidade da ABPF-
Jacarezinho intensificar seu trabalho, tendo sido já realizada, em parceria com o
Município, a preservação e conservação da Estação Ferroviária de Jacarezinho,
fundada em 1931.
Histórico

A história desta ferrovia teve início na época áurea da colonização do Norte
Velho do Paraná, no ano de 1910, sendo denominada inicialmente NOP-SPRG-
RVPSC-RFFSA.

O Norte Velho do Paraná estende-se desde os Rios Paranapanema e Itararé, na
divisa com o Estado de São Paulo, até a margem direita do Rio Tibagi.

Esta colonização iniciou-se por São José da Boa Vista - que passou a ser distrito
ferroviário de Wenceslau Braz - indo até o Rio Itararé, onde já havia um posto
fiscal desde 1800, que servia de passagem para as tropas de gado.

Assim, os tropeiros (ou Cowboy’s) povoaram a margem esquerda do Rio
Itararé, surgindo a cidade de Ribeirão Claro.

Em 1865 nasce o núcleo pioneiro Freguesia de Nossa Senhora Conceição
Aparecida de Tomazina - ramal ferroviário Carbonífera de Cambuí, hoje
extinto. Mais tarde surgiram outras comunidades, como Jacarezinho (1888),
Santo Antonio da Platina (1890) e Cambará (1908).

Liderados pelos colonizadores de Tomazina, ao Sul, e Jacarezinho, ao Norte,
surgiram novos núcleos em busca de terras virgens e férteis. Seus
representantes chegam a Ourinhos-SP em 1908, constituindo a Estrada de Ferro
Sorocabana, atual FEPASA. Esta ferrovia veio facilitar o escoamento da
produção agrícola - principalmente o café - e interligar diversos municípios.

Devido ao sucesso da Sorocabana, em 1910 o Major Antonio Barbosa Ferraz
Junior adquire uma área de 5.000 alqueires, entre Ourinhos e Cambará. No
município de Jacarezinho plantou 1 milhão de pés de café. Surge aí a
necessidade de se construir uma ferrovia para o transporte do café ao Porto de
Santos.

Ao Major Barbosa Ferraz unem-se seu filho Leovigildo e outros fazendeiros da
região e fundam a Estrada de Ferrro Nordeste do Paraná - NOP, que mais tarde
seria denominada Companhia Ferroviária São Paulo - Paraná - SPPR.

Em 1923, começaram as obras de 29 kilômetros de extensão da NOP, entre
Ourinhos e Cambará. No ano seguinte, percebendo a necessidade de novos
investimentos, buscou-se recursos internacionais com o investidor inglês Lord
Lovat.

Como o Norte Velho era uma região essencialmente cafeeira, cria-se um novo
traçado da Ferrovia, que deixa de expandir-se na direção Leste-Oeste e
direciona-se no sentido Norte-Sul, inaugurando esse trecho até Jacarezinho por
volta de 1925.

Com a passagem dos trens por Jacarezinho e Santo Antonio da Platina, além de
vários outros municípios do ramal, a ferrovia interliga-se com a Estrada de
Ferro São Paulo-Rio Grande do Sul (SPRG), em Jaguariaíva, constituindo até
os dias de hoje a ligação entre o Norte Velho (ou Pioneiro) com o Porto de
Paranaguá.
Histórico: Baile do Texas / Fetexas


O Baile do Texas é talvez o primeiro baile “country” realizado no Brasil. Sua
origem remonta aos anos 50, mais precisamente 1958, quando um grupo de
jovens que vinha passar férias nas fazendas da região foi barrado no tradicional
Jacarezinho Club, por não estarem vestindo os trajes adequados exigidos à
época. Resolveram então estes jovens promover uma festa onde pudessem se
vestir à vontade, com botas, chapéus, calças rancheiras e camisas xadrez.

Com o sucesso do evento, no ano seguinte um grupo de artistas amadores da
cidade se uniu aos jovens filhos de fazendeiros, com a intenção de arrecadar
fundos para construir um teatro onde pudessem exibir seus espetáculos, criando
o CAT - Conjunto de Amadores de Teatro. Assim começou a história desse
Baile.

Hoje o CAT tem seu teatro concluído, com capacidade para 380 espectadores,
dois palcos e modernos equipamentos.

O Baile do Texas - atualmente realizado no Ginásio Municipal de Esportes,
atrai anualmente cerca de 10 mil pessoas dos mais variados pontos do país,
tendo se tornado um evento que congrega os jacarezinhenses que se espalharam
pelo Brasil.

Em 1990, a Associação Comercial e Industrial de Jacarezinho percebeu que
poderia manter estes visistantes na cidade por um período maior, já que o Baile
era realizado em 2 noites apenas, criando assim a FETEXAS, uma feira
peculiar, onde os lojistas da cidade erguem “stands” para exposição de seus
produtos, com shows musicais, rodeio, parque de diversões, enfim, uma
popularização do tema “country/texano” e uma extensão dos benefícios
advindos com a manutenção do turista na cidade.

Como Jacarezinho ainda não possui um local adequado para a realização deste
evento, em 1997 a Fetexas foi realizada no pátio da Estação Ferroviária, tendo
recebido aproximadamente 100 mil pessoas nos 10 dias de duração.

Um dos pontos altos da VIII Fetexas foram os passeios de trem Maria Fumaça,
com a composição trazida de Rio Negrinho-SC.

Importante salientar que, mesmo com o fato de ser a primeira vez que foram
promovidos os passeios de trem, foi enorme o sucesso, constituindo-se num
bom teste para que possam ser aprimoradas as ações neste ano e, mais
importante, sem prejudicar a movimentação de cargas da Ferrovia Sul
Atlântico. Mesmo considerando o movimento máximo de 6 a 8 trens por dia no
tranporte de cargas, a operação do trem a vapor não prejudica a FSA, pois as
distâncias percorridas são curtas e há espaço de tempo suficiente para ambos os
trens.

Também deve-se salientar que o trem a vapor tem pequena tonelagem, anda em
baixa velocidade (máxima de 30 km/h) e não desgasta a linha com sua
passagem.
Projeto Maria Fumaça

                               “Somos pobres demais para não preservarmos
                               nossa história e nosso passado.”
                                                        Filósofo Pioneiro



Com a globalização da economia, há a necessidade de se criar alternativas
econômicas para as regiões que não dispõem da necessária infra-estrutura para a
atração de investimentos industriais.

Uma das opções mais viáveis para o Norte Velho do Paraná é o Turismo, uma
vez que a região é rica em atrações naturais e possui os componentes históricos
já demonstrados.

O Projeto que ora apresentamos busca criar uma opção turística à população da
região - cerca de 2 milhões de habitantes num raio de 150 km - com passeios de
trem puxado por locomotiva a vapor entre os Municípios de Ourinhos e Santo
Antonio da Platina, numa extensão de 52 km, e entre Ourinhos e Cambará,
numa extensão de 30 km.
Passeios Jacarezinho - Ourinhos / Jacarezinho - Platina


Jacarezinho já está se preparando para se tornar a primeira cidade temática do
país, com a caracterização “country/texana”.

A incorporação dos passeios de trem ao ambiente “country” será fundamental
para deslanchar o processo, uma vez que tem tudo a ver com o tema. São 52 km
que apresentam dois rios e um túnel, com fazendas coloniais pelo percurso,
usina de açúcar e álcool, além de diversos pontos pitorescos.

Os turistas, neste caso, poderão usufruir de passeios a cavalo, visitas a museus e
restaurantes com comidas típicas. O Projeto prevê ainda a construção de um
Centro de Eventos nos moldes de uma cidade cenográfica, a fim de abrigar
eventos artísticos, gastronômicos e culturais.

Ourinhos também já conta com boa infra-estrutura na Estação Ferroviária, com
seu Museu Ferroviário Regional e Centro de Convivência no Largo da Estação
da FEPASA.

A Estação Ferroviária de Jacarezinho “Cowboy’s Old North” será transformada
numa cidade cenográfica em estilo texano, em homenagem aos 40 anos do
tradicional Baile do Texas e Fetexas (Feira Regional), além do Museu que está
sendo instalado.

Entre Jacarezinho e Platina há uma antiga fazenda de café (Major Infante), onde
já existe uma caixa d’água e um armazém desativado nas margens da ferrovia,
onde se pretende fazer um ponto de parada para recepção aos visitantes, com
passeios de diligência, comídas típicas e áreas de lazer. Neste local, após rápida
parada, o trem prosseguirá até a próxima estação e retornará no horário
previsto.

O mesmo se pretende fazer na Estação de Platina, de onde o trem retornará até
Jacarezinho.
Passeios Ourinhos - Cambará


Esse trecho é o mais antigo do Norte Velho do Paraná, com forte apelo
histórico-cultural.

O roteiro que se pretende implantar constitui-se entre Ourinhos - Marques dos
Reis - Munhoz da Rocha - Leoflora e Cambará.

A Estação de Leoflora foi demolida, sendo a primeira estação ferroviária
construída no Norte Velho. Recebeu este nome em homenagem ao filho e nora
do fundador da Ferrovia NOP. Esta estação deverá ser reconstruída.

Também a Estação de Cambará deverá ser restaurada, pois é a mais antiga
ainda existente na região. Na época da construção da ferrovia este trecho
adiante de Cambará foi interrrompido para a mudança do trajeto para o Porto de
Paranaguá.
Parcerias


Como se pode notar, este é um Projeto de grande envergadura, que pressupõe a
aglutinação de esforços de diversos parceiros, constituindo-se num grande
consórcio para a realização dos objetivos.

Para se ter noção de sua amplitude, nele estão envolvidos:

- Sebrae/PR;
- Ministério da Indústria, Comércio e Turismo, através da Embratur;
- Secretaria de Estado do Esporte e do Turismo - Paraná Turismo;
- Prefeituras de Jacarezinho, Santo Antonio da Platina e Cambará.

Também têm participação o Sindicato dos Ferroviários de Ourinhos, a
Associação Comercial e Industrial de Jacarezinho e outras entidades como o
CAT - Conjunto Amadores de Teatro e o Conselho Municipal de Turismo de
Jacarezinho.

Entretanto será fundamental, ou ainda, pressuposto para a execução do Projeto,
a participação da FSA, autorizando o tráfego da Maria Fumaça em sua linha
férrea.
Proposta / Solicitação


Como já exposto anteriormente, é fundamental para a ABPF-Jacarezinho a
implantação do presente Projeto, para o qual necessitamos da parceria da FSA,
autorizando as seguintes ações:

1. Tráfego da Maria Fumaça em suas linhas, a princípio, de acordo com o
   Quadro I em anexo. Somente dessa maneira será possível, através do
   Convênio 045/92, receber 17 carros de passageiros e uma Maria Fumaça, que
   já estão destinados para esta Associação pela RFFSA no Rio de Janeiro,
   após o que iremos propor novas datas para tráfego;
2. Utilização da terceira linha e do desvio do armazém do pátio da Estação de
   Jacarezinho;
3. Construção da quarta linha, por conta da ABPF - Jacarezinho, colocando dois
   MV paralelos com a terceira linha;
4. Colocação de um MV na linha do armazém do IBC II, onde já existe ramal;
5. Utilização de todas as terceiras linhas, desvios e triângulos, bem como as
   caixas d’água no trajeto descrito abaixo;
6. Reativação do MV existente no ramal que dá acesso à COPLAC, no
   município de Santo Antonio da Platina.
Com a contrapartida da FSA, autorizando o uso das linhas em horários pré-
determinados, bem como os demais itens constantes desta solicitação, será
possível viabilizar este Projeto, inserindo a região no circuito brasileiro de pólos
turísticos com dimensão ferroviária.

Adiantamos que, dentro da filosofia de atuação conjunta e do propósito de
formalizar parceria, a FSA contará com o apoio da ABPF no que se refere a
manutenção e limpeza dos pátios das estações da região, assistência aos
funcionários da empresa na hospedagem, quando necessário e ainda o
acompanhamento nas visitas dos engenheiros às estações, auxiliando na
resolução de eventuais problemas.
HORÁRIOS PREVISTOS PARA TRÁFEGO

                        MÊS: JULHO/98




                  Partida                     Chegada
  Data      Local       Horário         Local       Horário
11/07    Jacarezinho      12h00    Platina        13 horas
11/07    Platina          14h00    Jacarezinho    15 horas
11/07    Traslado       16h30min   Ourinhos       17h30min
12/07    Ourinhos         10h00    Jacarezinho    11 horas
12/07    Jacarezinho      13h00    Platina        14 horas
12/07    Platina          15h00    Jacarezinho    16 horas
12/07    Traslado         18h00    Ourinhos       19 horas
14/07    Ourinhos         15h00    Salto Grande   16 horas
14/07    Salto Grande     17h00    Ourinhos       18 horas
15/07    Ourinhos         14h00    Cambará        16 horas
15/07    Cambará          17h00    Ourinhos       19 horas
17/07    Ourinhos         17h00    Jacarezinho    18 horas
17/07    Jacarezinho      21h00    Ourinhos       22 horas
18/07    Ourinhos         10h00    Jacarezinho    11 horas
18/07    Jacarezinho      13h00    Ourinhos       14 horas
18/07    Traslado         16h00    Jacarezinho    17 horas
19/07    Jacarezinho      10h00    Ourinhos       11 horas
19/07    Ourinhos         12h00    Jacarezinho    13 horas
19/07    Jacarezinho      15h00    Platina        16 horas
19/07    Platina          17h00    Jacarezinho    18 horas
DISPOSIÇÃO FÍSICA DAS LINHAS
                                PÁTIO DA ESTAÇÃO DE JACAREZINHO




                                               alambrado
                                                                                Armazém RFFSA
 Estação
KM 190.200


         1ª linha - Principal


                         2ª linha


                                    3ª linha



                                                           4ª linha - a ser construída
MAPA DA DISPOSIÇÃO FÍSICA PARA TRÁFEGO
                   COMPOSIÇÃO LOCOMOTIVA A VAPOR
                  PASSEIOS TURÍSTICOS MARIA FUMAÇA



                                        Ourinhos




                                                   8 km
                                                                                              Rio
                                     Marques dos Reis                                         Paranapanema


                                                                  20 km




        Estação Munhoz
        da Rocha                                                  Estação
                                                                  Jacarezinho -
                                                                  ABPF
                                                                                               Rio Jacarezinho

23 km
                                                                                      15 km

                                                                  Fazenda Infante -
        Estação Leoflora -                                        Caixa D’água
        a ser reconstruída



                                                          Túnel                        9 km
                             29 km



        Estação Cambará                                           Estação Platina

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Geografia de santa catarina
Geografia de santa catarinaGeografia de santa catarina
Geografia de santa catarina
lucianeg02blog1
 
Região sul
Região sulRegião sul
Região sul
flaviocosac
 
Região Sudeste
Região SudesteRegião Sudeste
Região Sudeste
Silmara Vedoveli
 
Africa brasil
Africa  brasilAfrica  brasil
Africa brasil
kauezinhoproducao
 
Região sul
Região sulRegião sul
Região sul
Larissa Averna
 
Abolição da escravidão
Abolição da escravidão Abolição da escravidão
Abolição da escravidão
Isaquel Silva
 
Unidade 7 7º ano
Unidade 7 7º anoUnidade 7 7º ano
Unidade 7 7º ano
Christie Freitas
 
Geografia sudeste
Geografia   sudesteGeografia   sudeste
Geografia sudeste
Lenivaldo Costa
 
Mato grosso do sul
Mato grosso do sul Mato grosso do sul
Mato grosso do sul
Angela Santos
 
Região sudeste slides
Região sudeste slidesRegião sudeste slides
Região sudeste slides
Ivone Rosa Sa
 
Carta comercial linha de crédito bb
Carta comercial   linha de crédito bbCarta comercial   linha de crédito bb
Carta comercial linha de crédito bb
Beatriz Zuza
 
Localização do território brasileiro
Localização do território brasileiroLocalização do território brasileiro
Localização do território brasileiro
Gabrielly Peixoto
 
Slides História do Paraná
Slides História do Paraná Slides História do Paraná
Slides História do Paraná
Arnaldo Szlachta
 
7º ano unidade 5 - Região Norte
7º ano   unidade 5 - Região Norte7º ano   unidade 5 - Região Norte
7º ano unidade 5 - Região Norte
Christie Freitas
 
Região Centro Oeste
Região Centro OesteRegião Centro Oeste
Região Centro Oeste
André Moraes
 
GEO PSC1 - Hidrografia da Amazônia
GEO PSC1 - Hidrografia da AmazôniaGEO PSC1 - Hidrografia da Amazônia
GEO PSC1 - Hidrografia da Amazônia
Diego Lopes
 
GEOGRAFIA DO BRASIL
GEOGRAFIA DO BRASILGEOGRAFIA DO BRASIL
GEOGRAFIA DO BRASIL
Bruno Lima
 
Movimentos migratórios no brasil
Movimentos migratórios no brasilMovimentos migratórios no brasil
Movimentos migratórios no brasil
Fernanda Lopes
 
cultura e religião do norte
cultura e religião do nortecultura e religião do norte
cultura e religião do norte
MAIANASC
 
Aula geografia física_américas_14-09-2012_hidrografia
Aula geografia física_américas_14-09-2012_hidrografiaAula geografia física_américas_14-09-2012_hidrografia
Aula geografia física_américas_14-09-2012_hidrografia
Antonio Pessoa
 

Mais procurados (20)

Geografia de santa catarina
Geografia de santa catarinaGeografia de santa catarina
Geografia de santa catarina
 
Região sul
Região sulRegião sul
Região sul
 
Região Sudeste
Região SudesteRegião Sudeste
Região Sudeste
 
Africa brasil
Africa  brasilAfrica  brasil
Africa brasil
 
Região sul
Região sulRegião sul
Região sul
 
Abolição da escravidão
Abolição da escravidão Abolição da escravidão
Abolição da escravidão
 
Unidade 7 7º ano
Unidade 7 7º anoUnidade 7 7º ano
Unidade 7 7º ano
 
Geografia sudeste
Geografia   sudesteGeografia   sudeste
Geografia sudeste
 
Mato grosso do sul
Mato grosso do sul Mato grosso do sul
Mato grosso do sul
 
Região sudeste slides
Região sudeste slidesRegião sudeste slides
Região sudeste slides
 
Carta comercial linha de crédito bb
Carta comercial   linha de crédito bbCarta comercial   linha de crédito bb
Carta comercial linha de crédito bb
 
Localização do território brasileiro
Localização do território brasileiroLocalização do território brasileiro
Localização do território brasileiro
 
Slides História do Paraná
Slides História do Paraná Slides História do Paraná
Slides História do Paraná
 
7º ano unidade 5 - Região Norte
7º ano   unidade 5 - Região Norte7º ano   unidade 5 - Região Norte
7º ano unidade 5 - Região Norte
 
Região Centro Oeste
Região Centro OesteRegião Centro Oeste
Região Centro Oeste
 
GEO PSC1 - Hidrografia da Amazônia
GEO PSC1 - Hidrografia da AmazôniaGEO PSC1 - Hidrografia da Amazônia
GEO PSC1 - Hidrografia da Amazônia
 
GEOGRAFIA DO BRASIL
GEOGRAFIA DO BRASILGEOGRAFIA DO BRASIL
GEOGRAFIA DO BRASIL
 
Movimentos migratórios no brasil
Movimentos migratórios no brasilMovimentos migratórios no brasil
Movimentos migratórios no brasil
 
cultura e religião do norte
cultura e religião do nortecultura e religião do norte
cultura e religião do norte
 
Aula geografia física_américas_14-09-2012_hidrografia
Aula geografia física_américas_14-09-2012_hidrografiaAula geografia física_américas_14-09-2012_hidrografia
Aula geografia física_américas_14-09-2012_hidrografia
 

Destaque

Projeto hitoria do hino
Projeto hitoria do hinoProjeto hitoria do hino
Projeto hitoria do hino
Edmilson Freitas
 
Conhecimento sobre a história do hino nacional brasileiro
Conhecimento sobre a história do hino nacional brasileiroConhecimento sobre a história do hino nacional brasileiro
Conhecimento sobre a história do hino nacional brasileiro
Suzana Duraes
 
Hino nacional
Hino nacionalHino nacional
Hino nacional
Kéliton Ferreira
 
Cantando e interpretando o hino nacional
Cantando e interpretando o hino nacionalCantando e interpretando o hino nacional
Cantando e interpretando o hino nacional
EMPEdilsonduarte
 
Entendendo o hino nacional brasileiro
Entendendo o hino nacional brasileiroEntendendo o hino nacional brasileiro
Entendendo o hino nacional brasileiro
Elisa Almeida Rodrigues
 
PROJETO MOMENTO CÍVICO
PROJETO MOMENTO CÍVICOPROJETO MOMENTO CÍVICO
PROJETO MOMENTO CÍVICO
Marcio Souza Reis
 
Sequeência de atividades lp despertar da cidadania_hino nacional
Sequeência de atividades lp despertar da cidadania_hino nacionalSequeência de atividades lp despertar da cidadania_hino nacional
Sequeência de atividades lp despertar da cidadania_hino nacional
Adriana Melo
 
Projeto 7 de setembro independência e arte
Projeto 7 de setembro   independência e arteProjeto 7 de setembro   independência e arte
Projeto 7 de setembro independência e arte
Júlia Lícia Soares Matos
 

Destaque (8)

Projeto hitoria do hino
Projeto hitoria do hinoProjeto hitoria do hino
Projeto hitoria do hino
 
Conhecimento sobre a história do hino nacional brasileiro
Conhecimento sobre a história do hino nacional brasileiroConhecimento sobre a história do hino nacional brasileiro
Conhecimento sobre a história do hino nacional brasileiro
 
Hino nacional
Hino nacionalHino nacional
Hino nacional
 
Cantando e interpretando o hino nacional
Cantando e interpretando o hino nacionalCantando e interpretando o hino nacional
Cantando e interpretando o hino nacional
 
Entendendo o hino nacional brasileiro
Entendendo o hino nacional brasileiroEntendendo o hino nacional brasileiro
Entendendo o hino nacional brasileiro
 
PROJETO MOMENTO CÍVICO
PROJETO MOMENTO CÍVICOPROJETO MOMENTO CÍVICO
PROJETO MOMENTO CÍVICO
 
Sequeência de atividades lp despertar da cidadania_hino nacional
Sequeência de atividades lp despertar da cidadania_hino nacionalSequeência de atividades lp despertar da cidadania_hino nacional
Sequeência de atividades lp despertar da cidadania_hino nacional
 
Projeto 7 de setembro independência e arte
Projeto 7 de setembro   independência e arteProjeto 7 de setembro   independência e arte
Projeto 7 de setembro independência e arte
 

Semelhante a Projeto Maria Fumaça

Quem Somos_IFPPC 11 11.2011
Quem Somos_IFPPC 11 11.2011Quem Somos_IFPPC 11 11.2011
Quem Somos_IFPPC 11 11.2011
bruh29
 
Trab lucia(1)
Trab lucia(1)Trab lucia(1)
Trab lucia(1)
Fabiana Oliveira
 
Release Intermodal 2017 - 150 anos da São Paulo Railway
Release Intermodal 2017 - 150 anos da São Paulo RailwayRelease Intermodal 2017 - 150 anos da São Paulo Railway
Release Intermodal 2017 - 150 anos da São Paulo Railway
MRS Logística
 
Trabalhodeparanapiacaba1
Trabalhodeparanapiacaba1Trabalhodeparanapiacaba1
Trabalhodeparanapiacaba1
diegooc1
 
Trens turísticos e o potencial sabarense2
Trens turísticos e o potencial sabarense2Trens turísticos e o potencial sabarense2
Trens turísticos e o potencial sabarense2
sabara300
 
1º Encontro de Saveiros no Rio Paraguaçu - São Félix-Ba.pdf
1º Encontro de Saveiros no Rio Paraguaçu - São Félix-Ba.pdf1º Encontro de Saveiros no Rio Paraguaçu - São Félix-Ba.pdf
1º Encontro de Saveiros no Rio Paraguaçu - São Félix-Ba.pdf
CarineArajo4
 
Trem Mineiro
Trem MineiroTrem Mineiro
Trem Mineiro
Sylvio Bazote
 
Carta de santa maria
Carta de santa mariaCarta de santa maria
Carta de santa maria
guestee7ce10
 
Carta de Santa Maria
Carta de Santa MariaCarta de Santa Maria
CULTURARTEEN 130 - caderno Informação COMPLETA 93
CULTURARTEEN 130 - caderno Informação COMPLETA 93CULTURARTEEN 130 - caderno Informação COMPLETA 93
CULTURARTEEN 130 - caderno Informação COMPLETA 93
Pery Salgado
 
PPS Trem é turismo VERDETREM
PPS Trem é turismo  VERDETREMPPS Trem é turismo  VERDETREM
PPS Trem é turismo VERDETREM
francotrem
 
Paranapiacaba
ParanapiacabaParanapiacaba
Paranapiacaba
fabbifabi
 
Araguaia Tocantins
Araguaia TocantinsAraguaia Tocantins
Araguaia Tocantins
Patrícia Ventura
 
Transportes e Comércio Exterior do Brasil
Transportes e Comércio Exterior do Brasil Transportes e Comércio Exterior do Brasil
Transportes e Comércio Exterior do Brasil
Stephany Buxbaum
 
Paraty 2016
Paraty 2016Paraty 2016
Apresentação Washington Fajardo
Apresentação Washington FajardoApresentação Washington Fajardo
Apresentação Washington Fajardo
transformurb
 
Sbt pará 06.05
Sbt pará 06.05Sbt pará 06.05
Sbt pará 06.05
Meio & Mensagem
 
Aula 5 - Transporte Hidroviário ou Aquaviário.ppt
Aula 5 - Transporte Hidroviário ou Aquaviário.pptAula 5 - Transporte Hidroviário ou Aquaviário.ppt
Aula 5 - Transporte Hidroviário ou Aquaviário.ppt
Marcos Boaventura
 
Transporte ferroviário brasileiro
Transporte ferroviário brasileiroTransporte ferroviário brasileiro
Transporte ferroviário brasileiro
Marcelo Cordeiro Souza
 
LIGAÇÃO IBICUI JACUI
LIGAÇÃO IBICUI JACUILIGAÇÃO IBICUI JACUI
LIGAÇÃO IBICUI JACUI
guestea9f37
 

Semelhante a Projeto Maria Fumaça (20)

Quem Somos_IFPPC 11 11.2011
Quem Somos_IFPPC 11 11.2011Quem Somos_IFPPC 11 11.2011
Quem Somos_IFPPC 11 11.2011
 
Trab lucia(1)
Trab lucia(1)Trab lucia(1)
Trab lucia(1)
 
Release Intermodal 2017 - 150 anos da São Paulo Railway
Release Intermodal 2017 - 150 anos da São Paulo RailwayRelease Intermodal 2017 - 150 anos da São Paulo Railway
Release Intermodal 2017 - 150 anos da São Paulo Railway
 
Trabalhodeparanapiacaba1
Trabalhodeparanapiacaba1Trabalhodeparanapiacaba1
Trabalhodeparanapiacaba1
 
Trens turísticos e o potencial sabarense2
Trens turísticos e o potencial sabarense2Trens turísticos e o potencial sabarense2
Trens turísticos e o potencial sabarense2
 
1º Encontro de Saveiros no Rio Paraguaçu - São Félix-Ba.pdf
1º Encontro de Saveiros no Rio Paraguaçu - São Félix-Ba.pdf1º Encontro de Saveiros no Rio Paraguaçu - São Félix-Ba.pdf
1º Encontro de Saveiros no Rio Paraguaçu - São Félix-Ba.pdf
 
Trem Mineiro
Trem MineiroTrem Mineiro
Trem Mineiro
 
Carta de santa maria
Carta de santa mariaCarta de santa maria
Carta de santa maria
 
Carta de Santa Maria
Carta de Santa MariaCarta de Santa Maria
Carta de Santa Maria
 
CULTURARTEEN 130 - caderno Informação COMPLETA 93
CULTURARTEEN 130 - caderno Informação COMPLETA 93CULTURARTEEN 130 - caderno Informação COMPLETA 93
CULTURARTEEN 130 - caderno Informação COMPLETA 93
 
PPS Trem é turismo VERDETREM
PPS Trem é turismo  VERDETREMPPS Trem é turismo  VERDETREM
PPS Trem é turismo VERDETREM
 
Paranapiacaba
ParanapiacabaParanapiacaba
Paranapiacaba
 
Araguaia Tocantins
Araguaia TocantinsAraguaia Tocantins
Araguaia Tocantins
 
Transportes e Comércio Exterior do Brasil
Transportes e Comércio Exterior do Brasil Transportes e Comércio Exterior do Brasil
Transportes e Comércio Exterior do Brasil
 
Paraty 2016
Paraty 2016Paraty 2016
Paraty 2016
 
Apresentação Washington Fajardo
Apresentação Washington FajardoApresentação Washington Fajardo
Apresentação Washington Fajardo
 
Sbt pará 06.05
Sbt pará 06.05Sbt pará 06.05
Sbt pará 06.05
 
Aula 5 - Transporte Hidroviário ou Aquaviário.ppt
Aula 5 - Transporte Hidroviário ou Aquaviário.pptAula 5 - Transporte Hidroviário ou Aquaviário.ppt
Aula 5 - Transporte Hidroviário ou Aquaviário.ppt
 
Transporte ferroviário brasileiro
Transporte ferroviário brasileiroTransporte ferroviário brasileiro
Transporte ferroviário brasileiro
 
LIGAÇÃO IBICUI JACUI
LIGAÇÃO IBICUI JACUILIGAÇÃO IBICUI JACUI
LIGAÇÃO IBICUI JACUI
 

Mais de Homero Pavan Filho

IBC II Jacarezinho
IBC II JacarezinhoIBC II Jacarezinho
IBC II Jacarezinho
Homero Pavan Filho
 
Decretos Lei Geral da MPE
Decretos Lei Geral da MPEDecretos Lei Geral da MPE
Decretos Lei Geral da MPE
Homero Pavan Filho
 
Formulário Consulta Prévia: Localização de Empresas
Formulário Consulta Prévia: Localização de EmpresasFormulário Consulta Prévia: Localização de Empresas
Formulário Consulta Prévia: Localização de Empresas
Homero Pavan Filho
 
Guia Técnico para implantação de Distritos Industriais
Guia Técnico para implantação de Distritos IndustriaisGuia Técnico para implantação de Distritos Industriais
Guia Técnico para implantação de Distritos Industriais
Homero Pavan Filho
 
Sebrae participação das mp es nas compras governamentais - relatório jacare...
Sebrae   participação das mp es nas compras governamentais - relatório jacare...Sebrae   participação das mp es nas compras governamentais - relatório jacare...
Sebrae participação das mp es nas compras governamentais - relatório jacare...
Homero Pavan Filho
 
Cartilha Distrito Industrial
Cartilha Distrito IndustrialCartilha Distrito Industrial
Cartilha Distrito Industrial
Homero Pavan Filho
 
Plano Diretor
Plano DiretorPlano Diretor
Plano Diretor
Homero Pavan Filho
 
Código de Posturas
Código de PosturasCódigo de Posturas
Código de Posturas
Homero Pavan Filho
 
Consulta de preços - material escolar
Consulta de preços -  material escolarConsulta de preços -  material escolar
Consulta de preços - material escolar
Homero Pavan Filho
 
PIB Municipal Norte Pioneiro - 2006 a 2010
PIB Municipal Norte Pioneiro - 2006 a 2010PIB Municipal Norte Pioneiro - 2006 a 2010
PIB Municipal Norte Pioneiro - 2006 a 2010
Homero Pavan Filho
 

Mais de Homero Pavan Filho (10)

IBC II Jacarezinho
IBC II JacarezinhoIBC II Jacarezinho
IBC II Jacarezinho
 
Decretos Lei Geral da MPE
Decretos Lei Geral da MPEDecretos Lei Geral da MPE
Decretos Lei Geral da MPE
 
Formulário Consulta Prévia: Localização de Empresas
Formulário Consulta Prévia: Localização de EmpresasFormulário Consulta Prévia: Localização de Empresas
Formulário Consulta Prévia: Localização de Empresas
 
Guia Técnico para implantação de Distritos Industriais
Guia Técnico para implantação de Distritos IndustriaisGuia Técnico para implantação de Distritos Industriais
Guia Técnico para implantação de Distritos Industriais
 
Sebrae participação das mp es nas compras governamentais - relatório jacare...
Sebrae   participação das mp es nas compras governamentais - relatório jacare...Sebrae   participação das mp es nas compras governamentais - relatório jacare...
Sebrae participação das mp es nas compras governamentais - relatório jacare...
 
Cartilha Distrito Industrial
Cartilha Distrito IndustrialCartilha Distrito Industrial
Cartilha Distrito Industrial
 
Plano Diretor
Plano DiretorPlano Diretor
Plano Diretor
 
Código de Posturas
Código de PosturasCódigo de Posturas
Código de Posturas
 
Consulta de preços - material escolar
Consulta de preços -  material escolarConsulta de preços -  material escolar
Consulta de preços - material escolar
 
PIB Municipal Norte Pioneiro - 2006 a 2010
PIB Municipal Norte Pioneiro - 2006 a 2010PIB Municipal Norte Pioneiro - 2006 a 2010
PIB Municipal Norte Pioneiro - 2006 a 2010
 

Projeto Maria Fumaça

  • 1. PROJETO MARIA FUMAÇA Assunto: Solicitação de permissão de uso de linhas férreas para empreendimento turístico de abrangência regional. Endereçado: FSA - Ferrovia Sul Atlântico Proponentes: Município de Jacarezinho - PR Associação Brasileira de Preservação Ferroviária - Regional Jacarezinho Conselho Municipal de Turismo de Jacarezinho  do Projeto Maria Fumaça - Apresentação - ABPF / Regional Jacarezinho - Histórico Ferroviário - Passeios Turísticos - Histórico: 40º Baile do Texas / 9ª Fetexas - Proposta / Solicitação  dos anexos - Quadro de horários previstos para tráfego - Disposição física das linhas / Pátio da Estação de Jacarezinho - Mapa da disposição física para tráfego da composição Locomotiva a Vapor
  • 2. Apresentação Em 1º de dezembro de 1996 foi fundada a 10ª Regional da ABPF - Associação Brasileira de Preservação Ferroviária - sediada no município de Jacarezinho, estado do Paraná. Numa homenagem aos colonizadores do Norte Velho do Estado, e ainda às maiores festas populares do Município, que são baseadas no estilo “western/texano”, a Associação adotou o nome de fantasia “Cowboy’s Old North”, com sede sita à Avenida Teixeira de Freitas, Bairro Estação. Os objetivos primordiais da ABPF são a preservação, conservação, coleção, e guarda das estruturas físicas - Estações Ferroviárias, linhas férreas e trens -além de objetos de interesse histórico, bem como a operação de locomotivas a vapor, que integram o museu dinâmico. Importante salientar que muitos dos membros da ABPF são de origem ferroviária, tendo herdado de seus antepassados o interesse e a motivação para encarar este grande desafio. A ABPF é uma entidade sem fins lucrativos e, por força de seus estatutos, seus membros não são remunerados. Todo o recurso eventualmente arrecadado deve ser obrigatoriamente utilizado na manutenção do Patrimônio Histórico sob sua guarda. Devido à privatização das RFFSA, ocorrida em 22 de dezembro de 1996 e adquirida pela FSA - Ferrovia Sul Atlântico - passando quase todos os bens imóveis da Rede para não-operacional, houve a necessidade da ABPF- Jacarezinho intensificar seu trabalho, tendo sido já realizada, em parceria com o Município, a preservação e conservação da Estação Ferroviária de Jacarezinho, fundada em 1931.
  • 3. Histórico A história desta ferrovia teve início na época áurea da colonização do Norte Velho do Paraná, no ano de 1910, sendo denominada inicialmente NOP-SPRG- RVPSC-RFFSA. O Norte Velho do Paraná estende-se desde os Rios Paranapanema e Itararé, na divisa com o Estado de São Paulo, até a margem direita do Rio Tibagi. Esta colonização iniciou-se por São José da Boa Vista - que passou a ser distrito ferroviário de Wenceslau Braz - indo até o Rio Itararé, onde já havia um posto fiscal desde 1800, que servia de passagem para as tropas de gado. Assim, os tropeiros (ou Cowboy’s) povoaram a margem esquerda do Rio Itararé, surgindo a cidade de Ribeirão Claro. Em 1865 nasce o núcleo pioneiro Freguesia de Nossa Senhora Conceição Aparecida de Tomazina - ramal ferroviário Carbonífera de Cambuí, hoje extinto. Mais tarde surgiram outras comunidades, como Jacarezinho (1888), Santo Antonio da Platina (1890) e Cambará (1908). Liderados pelos colonizadores de Tomazina, ao Sul, e Jacarezinho, ao Norte, surgiram novos núcleos em busca de terras virgens e férteis. Seus representantes chegam a Ourinhos-SP em 1908, constituindo a Estrada de Ferro Sorocabana, atual FEPASA. Esta ferrovia veio facilitar o escoamento da produção agrícola - principalmente o café - e interligar diversos municípios. Devido ao sucesso da Sorocabana, em 1910 o Major Antonio Barbosa Ferraz Junior adquire uma área de 5.000 alqueires, entre Ourinhos e Cambará. No município de Jacarezinho plantou 1 milhão de pés de café. Surge aí a necessidade de se construir uma ferrovia para o transporte do café ao Porto de Santos. Ao Major Barbosa Ferraz unem-se seu filho Leovigildo e outros fazendeiros da região e fundam a Estrada de Ferrro Nordeste do Paraná - NOP, que mais tarde seria denominada Companhia Ferroviária São Paulo - Paraná - SPPR. Em 1923, começaram as obras de 29 kilômetros de extensão da NOP, entre Ourinhos e Cambará. No ano seguinte, percebendo a necessidade de novos investimentos, buscou-se recursos internacionais com o investidor inglês Lord Lovat. Como o Norte Velho era uma região essencialmente cafeeira, cria-se um novo traçado da Ferrovia, que deixa de expandir-se na direção Leste-Oeste e
  • 4. direciona-se no sentido Norte-Sul, inaugurando esse trecho até Jacarezinho por volta de 1925. Com a passagem dos trens por Jacarezinho e Santo Antonio da Platina, além de vários outros municípios do ramal, a ferrovia interliga-se com a Estrada de Ferro São Paulo-Rio Grande do Sul (SPRG), em Jaguariaíva, constituindo até os dias de hoje a ligação entre o Norte Velho (ou Pioneiro) com o Porto de Paranaguá.
  • 5. Histórico: Baile do Texas / Fetexas O Baile do Texas é talvez o primeiro baile “country” realizado no Brasil. Sua origem remonta aos anos 50, mais precisamente 1958, quando um grupo de jovens que vinha passar férias nas fazendas da região foi barrado no tradicional Jacarezinho Club, por não estarem vestindo os trajes adequados exigidos à época. Resolveram então estes jovens promover uma festa onde pudessem se vestir à vontade, com botas, chapéus, calças rancheiras e camisas xadrez. Com o sucesso do evento, no ano seguinte um grupo de artistas amadores da cidade se uniu aos jovens filhos de fazendeiros, com a intenção de arrecadar fundos para construir um teatro onde pudessem exibir seus espetáculos, criando o CAT - Conjunto de Amadores de Teatro. Assim começou a história desse Baile. Hoje o CAT tem seu teatro concluído, com capacidade para 380 espectadores, dois palcos e modernos equipamentos. O Baile do Texas - atualmente realizado no Ginásio Municipal de Esportes, atrai anualmente cerca de 10 mil pessoas dos mais variados pontos do país, tendo se tornado um evento que congrega os jacarezinhenses que se espalharam pelo Brasil. Em 1990, a Associação Comercial e Industrial de Jacarezinho percebeu que poderia manter estes visistantes na cidade por um período maior, já que o Baile era realizado em 2 noites apenas, criando assim a FETEXAS, uma feira peculiar, onde os lojistas da cidade erguem “stands” para exposição de seus produtos, com shows musicais, rodeio, parque de diversões, enfim, uma popularização do tema “country/texano” e uma extensão dos benefícios advindos com a manutenção do turista na cidade. Como Jacarezinho ainda não possui um local adequado para a realização deste evento, em 1997 a Fetexas foi realizada no pátio da Estação Ferroviária, tendo recebido aproximadamente 100 mil pessoas nos 10 dias de duração. Um dos pontos altos da VIII Fetexas foram os passeios de trem Maria Fumaça, com a composição trazida de Rio Negrinho-SC. Importante salientar que, mesmo com o fato de ser a primeira vez que foram promovidos os passeios de trem, foi enorme o sucesso, constituindo-se num bom teste para que possam ser aprimoradas as ações neste ano e, mais importante, sem prejudicar a movimentação de cargas da Ferrovia Sul Atlântico. Mesmo considerando o movimento máximo de 6 a 8 trens por dia no tranporte de cargas, a operação do trem a vapor não prejudica a FSA, pois as
  • 6. distâncias percorridas são curtas e há espaço de tempo suficiente para ambos os trens. Também deve-se salientar que o trem a vapor tem pequena tonelagem, anda em baixa velocidade (máxima de 30 km/h) e não desgasta a linha com sua passagem.
  • 7. Projeto Maria Fumaça “Somos pobres demais para não preservarmos nossa história e nosso passado.” Filósofo Pioneiro Com a globalização da economia, há a necessidade de se criar alternativas econômicas para as regiões que não dispõem da necessária infra-estrutura para a atração de investimentos industriais. Uma das opções mais viáveis para o Norte Velho do Paraná é o Turismo, uma vez que a região é rica em atrações naturais e possui os componentes históricos já demonstrados. O Projeto que ora apresentamos busca criar uma opção turística à população da região - cerca de 2 milhões de habitantes num raio de 150 km - com passeios de trem puxado por locomotiva a vapor entre os Municípios de Ourinhos e Santo Antonio da Platina, numa extensão de 52 km, e entre Ourinhos e Cambará, numa extensão de 30 km.
  • 8. Passeios Jacarezinho - Ourinhos / Jacarezinho - Platina Jacarezinho já está se preparando para se tornar a primeira cidade temática do país, com a caracterização “country/texana”. A incorporação dos passeios de trem ao ambiente “country” será fundamental para deslanchar o processo, uma vez que tem tudo a ver com o tema. São 52 km que apresentam dois rios e um túnel, com fazendas coloniais pelo percurso, usina de açúcar e álcool, além de diversos pontos pitorescos. Os turistas, neste caso, poderão usufruir de passeios a cavalo, visitas a museus e restaurantes com comidas típicas. O Projeto prevê ainda a construção de um Centro de Eventos nos moldes de uma cidade cenográfica, a fim de abrigar eventos artísticos, gastronômicos e culturais. Ourinhos também já conta com boa infra-estrutura na Estação Ferroviária, com seu Museu Ferroviário Regional e Centro de Convivência no Largo da Estação da FEPASA. A Estação Ferroviária de Jacarezinho “Cowboy’s Old North” será transformada numa cidade cenográfica em estilo texano, em homenagem aos 40 anos do tradicional Baile do Texas e Fetexas (Feira Regional), além do Museu que está sendo instalado. Entre Jacarezinho e Platina há uma antiga fazenda de café (Major Infante), onde já existe uma caixa d’água e um armazém desativado nas margens da ferrovia, onde se pretende fazer um ponto de parada para recepção aos visitantes, com passeios de diligência, comídas típicas e áreas de lazer. Neste local, após rápida parada, o trem prosseguirá até a próxima estação e retornará no horário previsto. O mesmo se pretende fazer na Estação de Platina, de onde o trem retornará até Jacarezinho.
  • 9. Passeios Ourinhos - Cambará Esse trecho é o mais antigo do Norte Velho do Paraná, com forte apelo histórico-cultural. O roteiro que se pretende implantar constitui-se entre Ourinhos - Marques dos Reis - Munhoz da Rocha - Leoflora e Cambará. A Estação de Leoflora foi demolida, sendo a primeira estação ferroviária construída no Norte Velho. Recebeu este nome em homenagem ao filho e nora do fundador da Ferrovia NOP. Esta estação deverá ser reconstruída. Também a Estação de Cambará deverá ser restaurada, pois é a mais antiga ainda existente na região. Na época da construção da ferrovia este trecho adiante de Cambará foi interrrompido para a mudança do trajeto para o Porto de Paranaguá.
  • 10. Parcerias Como se pode notar, este é um Projeto de grande envergadura, que pressupõe a aglutinação de esforços de diversos parceiros, constituindo-se num grande consórcio para a realização dos objetivos. Para se ter noção de sua amplitude, nele estão envolvidos: - Sebrae/PR; - Ministério da Indústria, Comércio e Turismo, através da Embratur; - Secretaria de Estado do Esporte e do Turismo - Paraná Turismo; - Prefeituras de Jacarezinho, Santo Antonio da Platina e Cambará. Também têm participação o Sindicato dos Ferroviários de Ourinhos, a Associação Comercial e Industrial de Jacarezinho e outras entidades como o CAT - Conjunto Amadores de Teatro e o Conselho Municipal de Turismo de Jacarezinho. Entretanto será fundamental, ou ainda, pressuposto para a execução do Projeto, a participação da FSA, autorizando o tráfego da Maria Fumaça em sua linha férrea.
  • 11. Proposta / Solicitação Como já exposto anteriormente, é fundamental para a ABPF-Jacarezinho a implantação do presente Projeto, para o qual necessitamos da parceria da FSA, autorizando as seguintes ações: 1. Tráfego da Maria Fumaça em suas linhas, a princípio, de acordo com o Quadro I em anexo. Somente dessa maneira será possível, através do Convênio 045/92, receber 17 carros de passageiros e uma Maria Fumaça, que já estão destinados para esta Associação pela RFFSA no Rio de Janeiro, após o que iremos propor novas datas para tráfego; 2. Utilização da terceira linha e do desvio do armazém do pátio da Estação de Jacarezinho; 3. Construção da quarta linha, por conta da ABPF - Jacarezinho, colocando dois MV paralelos com a terceira linha; 4. Colocação de um MV na linha do armazém do IBC II, onde já existe ramal; 5. Utilização de todas as terceiras linhas, desvios e triângulos, bem como as caixas d’água no trajeto descrito abaixo; 6. Reativação do MV existente no ramal que dá acesso à COPLAC, no município de Santo Antonio da Platina. Com a contrapartida da FSA, autorizando o uso das linhas em horários pré- determinados, bem como os demais itens constantes desta solicitação, será possível viabilizar este Projeto, inserindo a região no circuito brasileiro de pólos turísticos com dimensão ferroviária. Adiantamos que, dentro da filosofia de atuação conjunta e do propósito de formalizar parceria, a FSA contará com o apoio da ABPF no que se refere a manutenção e limpeza dos pátios das estações da região, assistência aos funcionários da empresa na hospedagem, quando necessário e ainda o acompanhamento nas visitas dos engenheiros às estações, auxiliando na resolução de eventuais problemas.
  • 12. HORÁRIOS PREVISTOS PARA TRÁFEGO MÊS: JULHO/98 Partida Chegada Data Local Horário Local Horário 11/07 Jacarezinho 12h00 Platina 13 horas 11/07 Platina 14h00 Jacarezinho 15 horas 11/07 Traslado 16h30min Ourinhos 17h30min 12/07 Ourinhos 10h00 Jacarezinho 11 horas 12/07 Jacarezinho 13h00 Platina 14 horas 12/07 Platina 15h00 Jacarezinho 16 horas 12/07 Traslado 18h00 Ourinhos 19 horas 14/07 Ourinhos 15h00 Salto Grande 16 horas 14/07 Salto Grande 17h00 Ourinhos 18 horas 15/07 Ourinhos 14h00 Cambará 16 horas 15/07 Cambará 17h00 Ourinhos 19 horas 17/07 Ourinhos 17h00 Jacarezinho 18 horas 17/07 Jacarezinho 21h00 Ourinhos 22 horas 18/07 Ourinhos 10h00 Jacarezinho 11 horas 18/07 Jacarezinho 13h00 Ourinhos 14 horas 18/07 Traslado 16h00 Jacarezinho 17 horas 19/07 Jacarezinho 10h00 Ourinhos 11 horas 19/07 Ourinhos 12h00 Jacarezinho 13 horas 19/07 Jacarezinho 15h00 Platina 16 horas 19/07 Platina 17h00 Jacarezinho 18 horas
  • 13. DISPOSIÇÃO FÍSICA DAS LINHAS PÁTIO DA ESTAÇÃO DE JACAREZINHO alambrado Armazém RFFSA Estação KM 190.200 1ª linha - Principal 2ª linha 3ª linha 4ª linha - a ser construída
  • 14. MAPA DA DISPOSIÇÃO FÍSICA PARA TRÁFEGO COMPOSIÇÃO LOCOMOTIVA A VAPOR PASSEIOS TURÍSTICOS MARIA FUMAÇA Ourinhos 8 km Rio Marques dos Reis Paranapanema 20 km Estação Munhoz da Rocha Estação Jacarezinho - ABPF Rio Jacarezinho 23 km 15 km Fazenda Infante - Estação Leoflora - Caixa D’água a ser reconstruída Túnel 9 km 29 km Estação Cambará Estação Platina