SlideShare uma empresa Scribd logo
ESCOLA BÁSICA MUNICIPAL INTENDENTE ARICOMEDES DA SILVA – EBIAS

                              PROJETO ARTÍSTICO E CULTURAL

Coordenadora do Projeto: Ana Kelly Borba da Silva Brustolin

Contatos: anakellyborba@gmail.com

Disciplina: Língua Portuguesa
Turmas: 5ª série e 6ª série
Duração: 2 meses
Nome do Projeto: Folcloreando na sala de aula
Cidade: Florianópolis – Santa Catarina
Tema: O folclore em Santa Catarina – Santa Catarina: cultura, folclore e história

Justificativa

        Em decorrência da comemoração do dia do folclore no Brasil (22 de agosto), pretende-se
trabalhar, juntamente com os alunos, alguns aspectos que fazem parte do conjunto de fatos
culturais que formam o nosso folclore, tais como: mitos, lendas, artesanatos, crendices, culinárias,
entre outros, centrando estes na região de Santa Catarina.

Objetivos

       O objetivo deste projeto, ao trabalhar a pluralidade cultural, está basicamente cunhado na
construção de indivíduos preocupados em resgatar valores morais; fortalecer a identidade
regional; buscar, por meio de pesquisas, estórias e causos pertinentes à cultura oral popular;
reconhecer as qualidades provenientes da cultura que os circunda; repudiar qualquer tipo de
discriminação (raça, classe social, crença religiosa, sexo). Desta maneira, o projeto em questão
prevê ajudar na formação de cidadãos que valorizem a cultura da sua região.

Como o projeto será iniciado

       O projeto terá início na primeira aula do 2º trimestre do ano de 2010, quando os alunos
retornam do recesso escolar, até o final de agosto – período em que será montado na escola um
mural com os trabalhos dos alunos. Os discentes terão assistência em sala de aula e através de
mediações feitas pela professora montarão uma base de dados; a partir daí serão trabalhados os
gêneros em questão.

Conceitos e conteúdos a serem trabalhados

        A partir do tema do projeto, folclore em Santa Catarina, outros conteúdos pertinentes à
disciplina de língua portuguesa e artes serão abordados. Diversos tipos textuais serão
contemplados em língua portuguesa, tais como: informativo, histórias em quadrinhos, narrativas,
parlendas, trava-línguas, causos, lendas e mitos, além das questões linguísticas que permeiam
todo o universo escolar.
        Geraldi em seu texto Unidades básicas para o ensino de português propõe que as
atividades de leitura, produção textual e análise lingüística se integrem na atividade escolar. O
autor propõe ainda a produção de textos curtos. Estes deverão ser lidos, interpretados, discutidos
antes da produção efetiva dos alunos. Dentro dessa concepção o aluno deve construir os textos
visando um “leitor” e o professor passa a ser o interlocutor e o mediador entre o objeto de estudos
e a aprendizagem.




                                                                                                  1
Atividades a serem desenvolvidas na disciplina de língua portuguesa

5ª série
        Primeira parte:
        1. Definição do termo ‘folclore’ (dicionário) e discussão do tema;
        2. Visão geral a respeito do folclore no Brasil e especialmente em Santa Catarina;
        3. Estudo do gênero – HQs, debate e exercícios;
        4. Com os alunos divididos em duplas, distribuir livros que apresentam personagens do
           folclore brasileiro;
        5. Fazer a leitura e interpretação do texto;
        6. Pesquisas (biblioteca, laptop XO e familiares) a respeito do livro recebido;
        7. Produção de HQs com base no livro e nas informações coletadas;
        8. Apresentação dos trabalhos para a turma.

      Segunda parte:
      1. Início do estudo de ditados populares;
      2. Teoria e debate;
      3. Trabalho sobre os ditados populares;

      Terceira parte: (Após Abordagem A Respeito De Narração)
      1. Gênero – HQs;
      2. Com os alunos divididos em duplas, trabalhar o tema: “A Infância e as Brincadeiras”.
      3. Fazer o debate;
      4. Posteriormente, (Produção de HQ) os alunos criam um roteiro das suas HQ no
         caderno, pautados no tema dado, utilizando os balões de fala, a escrita e as imagens.
      5. Produção final de HQ (reescritura do roteiro) no programa “Toondoo”, utilizando o
         laptop XO na sala de aula – auxílio de técnicas no assunto;
      6. Inclusão das HQ e Postagem na Portal do Aluno.


6ª série
        Primeira parte:
        1. Definição do termo ‘folclore’ (dicionário) e discussão do tema;
        2. Visão geral a respeito do folclore no Brasil e especialmente em Santa Catarina;
        3. Debate e exercícios;
        4. Com os alunos divididos em duplas, distribuir livros que apresentam personagens do
            folclore brasileiro;
        5. Fazer a leitura e interpretação do texto;
        6. Pesquisas (biblioteca, laptop XO e familiares) a respeito do livro recebido;
        7. Produção de HQs com base no livro e nas informações coletadas;
        8. Apresentação dos trabalhos para a turma.

      Segunda parte:
      1. Início do estudo de trava-línguas;
      2. Brincando com as trava-línguas na sala de aula;
      3. Trabalho sobre trava-línguas;

      Terceira parte:
      1. Distribuir a cada aluno um informativo diferente;
      2. Trabalhar o gênero através de algumas questões como: o que é? Como se apresenta?
         Para que serve? O que traz como conteúdo? Tipo de linguagem utilizada?
      3. Dividir a turma em duplas, cada uma receberá um dos temas a seguir para pesquisa:
         boi-de-mamão, pau-de-fita, renda de bilro, culinária de Santa Catarina, pão-por-Deus e
         curiosidades gerais sobre o folclore;
      4. Conceituar a palavra ‘folclore’ na sala informatizada ou “XO”;
      5. Pesquisar as principais manifestações folclóricas do Brasil, relatando as
         características, a importância e a influência do folclore na sociedade;

                                                                                             2
6. Pesquisa direcionada ao tema recebido;
       7. Produção de textos para compor um informativo.

Recursos utilizados

       Livros, quadro, giz, biblioteca, laboratório de informática, Laptop XO, fotocópias de textos,
aparelho eletrônico, CD, entre outros.

Ambientes utilizados

Sala informatizada, sala de aula, biblioteca.

Divulgação na escola

       Mural de exposição de trabalhos de alunos, Amostra com os trabalhos ao final do ano,
durante o processo serão tiradas algumas fotos, e, ao final deste, criar-se-á um texto no blog com
as fotos e depoimentos dos alunos e professora.

Avaliação

        A avaliação será feita de modo processual, observando-se a participação, o interesse, a
coletividade dos alunos, bem como os prazos estabelecidos para entrega dos trabalhos.

Referências

ESTADO DE SANTA CATARINA. Língua Portuguesa. In: Proposta Curricular de Santa Catarina.
Florianópolis: Secretaria de Estado de Educação, 1998.
__________. Literatura. In: Proposta Curricular de Santa Catarina. Florianópolis: Secretaria de
Estado de Educação, 1998.
GERALDI, João Wanderley (Org.). O texto na sala de aula. 2.ed. Cascavel: ASSOESTE, 1984.
_________. Portos de Passagem. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1993.
RADESPIEL, Maria. Folclore: Alfabetização sem Segredos. Vol. 5. Minas Geras: Iemar, 2000.

OBS: Outras bibliografias poderão ser consultadas e acrescentadas a este projeto.




                                                                                                  3

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Projeto Copa do Mundo 2014
Projeto Copa do Mundo 2014Projeto Copa do Mundo 2014
Projeto Copa do Mundo 2014
Andréa Brandão Mappa
 
Orozimbo leite
Orozimbo leiteOrozimbo leite
Orozimbo leite
Mariadajuda
 
Plano de aula oficina de variação final
Plano de aula oficina de variação finalPlano de aula oficina de variação final
Plano de aula oficina de variação final
macenaquiteria
 
Apresentaçãomodulo3
Apresentaçãomodulo3Apresentaçãomodulo3
Apresentaçãomodulo3
OrestesGuimaraes
 
Plano de Aula Sobre Pontos Turísticos
Plano de Aula Sobre Pontos TurísticosPlano de Aula Sobre Pontos Turísticos
Plano de Aula Sobre Pontos Turísticos
Vilma Ribeiro de Oliveira
 
Ativ2 6 anafrancisca
Ativ2 6 anafranciscaAtiv2 6 anafrancisca
Planejamento
PlanejamentoPlanejamento
Planejamento
joaolinksobrinho
 
Atividade grupo de marineide pacto 2
Atividade grupo de marineide  pacto   2Atividade grupo de marineide  pacto   2
Atividade grupo de marineide pacto 2
Jozi Mares
 
Ler caminhos mar_8_marco_2016
Ler caminhos mar_8_marco_2016Ler caminhos mar_8_marco_2016
Ler caminhos mar_8_marco_2016
tecnologiase
 
slides da proinfo
slides da proinfoslides da proinfo
slides da proinfo
Granemann
 
Projeto folclore
Projeto folcloreProjeto folclore
Projeto folclore
camillo37
 
Gêneros Textuais
Gêneros TextuaisGêneros Textuais
Gêneros Textuais
Olgagomes
 
Webquest folclore
Webquest folcloreWebquest folclore
Webquest folclore
Granemann
 
Projeto meu lugar no mundo
Projeto meu lugar no mundoProjeto meu lugar no mundo
Projeto meu lugar no mundo
nagili
 
Plano de aula oficina de linguas final
Plano de aula oficina de linguas finalPlano de aula oficina de linguas final
Plano de aula oficina de linguas final
macenaquiteria
 
Colaboração be escola_bm
Colaboração be escola_bmColaboração be escola_bm
Colaboração be escola_bm
Julieta Silva
 
Projeto aventurasnailhadamagia
Projeto aventurasnailhadamagiaProjeto aventurasnailhadamagia
Projeto aventurasnailhadamagia
AnaKelly
 
Projeto folclore
Projeto folcloreProjeto folclore
Projeto folclore
camillo37
 

Mais procurados (18)

Projeto Copa do Mundo 2014
Projeto Copa do Mundo 2014Projeto Copa do Mundo 2014
Projeto Copa do Mundo 2014
 
Orozimbo leite
Orozimbo leiteOrozimbo leite
Orozimbo leite
 
Plano de aula oficina de variação final
Plano de aula oficina de variação finalPlano de aula oficina de variação final
Plano de aula oficina de variação final
 
Apresentaçãomodulo3
Apresentaçãomodulo3Apresentaçãomodulo3
Apresentaçãomodulo3
 
Plano de Aula Sobre Pontos Turísticos
Plano de Aula Sobre Pontos TurísticosPlano de Aula Sobre Pontos Turísticos
Plano de Aula Sobre Pontos Turísticos
 
Ativ2 6 anafrancisca
Ativ2 6 anafranciscaAtiv2 6 anafrancisca
Ativ2 6 anafrancisca
 
Planejamento
PlanejamentoPlanejamento
Planejamento
 
Atividade grupo de marineide pacto 2
Atividade grupo de marineide  pacto   2Atividade grupo de marineide  pacto   2
Atividade grupo de marineide pacto 2
 
Ler caminhos mar_8_marco_2016
Ler caminhos mar_8_marco_2016Ler caminhos mar_8_marco_2016
Ler caminhos mar_8_marco_2016
 
slides da proinfo
slides da proinfoslides da proinfo
slides da proinfo
 
Projeto folclore
Projeto folcloreProjeto folclore
Projeto folclore
 
Gêneros Textuais
Gêneros TextuaisGêneros Textuais
Gêneros Textuais
 
Webquest folclore
Webquest folcloreWebquest folclore
Webquest folclore
 
Projeto meu lugar no mundo
Projeto meu lugar no mundoProjeto meu lugar no mundo
Projeto meu lugar no mundo
 
Plano de aula oficina de linguas final
Plano de aula oficina de linguas finalPlano de aula oficina de linguas final
Plano de aula oficina de linguas final
 
Colaboração be escola_bm
Colaboração be escola_bmColaboração be escola_bm
Colaboração be escola_bm
 
Projeto aventurasnailhadamagia
Projeto aventurasnailhadamagiaProjeto aventurasnailhadamagia
Projeto aventurasnailhadamagia
 
Projeto folclore
Projeto folcloreProjeto folclore
Projeto folclore
 

Semelhante a Projeto folclorescebias

Projeto lendoetecendoscebiasi
Projeto lendoetecendoscebiasiProjeto lendoetecendoscebiasi
Projeto lendoetecendoscebiasi
Ana Kelly Brustolin
 
Projeto lendoetecendoscebias
Projeto lendoetecendoscebiasProjeto lendoetecendoscebias
Projeto lendoetecendoscebias
AnaKelly
 
Projeto lendoetecendoscebias
Projeto lendoetecendoscebiasProjeto lendoetecendoscebias
Projeto lendoetecendoscebias
robertafantin
 
Projeto Lendo e Tecendo - EBIAS
Projeto Lendo e Tecendo - EBIASProjeto Lendo e Tecendo - EBIAS
Projeto Lendo e Tecendo - EBIAS
robertafantin
 
Projeto contosdeterror ana_kelly
Projeto contosdeterror ana_kellyProjeto contosdeterror ana_kelly
Projeto contosdeterror ana_kelly
Ana Kelly Brustolin
 
Projeto monteirolobatovideo
Projeto monteirolobatovideoProjeto monteirolobatovideo
Projeto monteirolobatovideo
Ana Kelly Brustolin
 
Projeto Descobrindo as diversas facetas de Monteiro Lobato
Projeto Descobrindo as diversas facetas de Monteiro LobatoProjeto Descobrindo as diversas facetas de Monteiro Lobato
Projeto Descobrindo as diversas facetas de Monteiro Lobato
Ana Kelly Brustolin
 
Projeto monteirolobatovideo
Projeto monteirolobatovideoProjeto monteirolobatovideo
Projeto monteirolobatovideo
AnaKelly
 
Projeto bombeiros
Projeto bombeirosProjeto bombeiros
Projeto bombeiros
AnaKelly
 
Projeto quem escreve um conto aumenta um ponto
Projeto quem escreve um conto aumenta um pontoProjeto quem escreve um conto aumenta um ponto
Projeto quem escreve um conto aumenta um ponto
mauriciocoelhomicrobio
 
Portifólio Pibid História UEPB Campus I/ Escola Estadual de Ensino Fundamenta...
Portifólio Pibid História UEPB Campus I/ Escola Estadual de Ensino Fundamenta...Portifólio Pibid História UEPB Campus I/ Escola Estadual de Ensino Fundamenta...
Portifólio Pibid História UEPB Campus I/ Escola Estadual de Ensino Fundamenta...
Pibid Aplicação
 
Exemplo. plano de aula
Exemplo. plano de aulaExemplo. plano de aula
Exemplo. plano de aula
Bárbara Caldeira
 
Projeto generos[1]carol e patric ia
Projeto generos[1]carol e patric iaProjeto generos[1]carol e patric ia
Projeto generos[1]carol e patric ia
Carol Costa
 
PLANO MENSAL DE FILOSOFIA DO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL.
PLANO MENSAL DE FILOSOFIA DO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL.PLANO MENSAL DE FILOSOFIA DO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL.
PLANO MENSAL DE FILOSOFIA DO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL.
rafaelsantiago93
 
Portfólio aplicação 2015
Portfólio aplicação  2015Portfólio aplicação  2015
Portfólio aplicação 2015
pibidhistoriauepbcampus1
 
2012 projeto
2012 projeto2012 projeto
2012 projeto
Luana Portela
 
Modelo de projeto em Diversidade
Modelo de projeto em DiversidadeModelo de projeto em Diversidade
Modelo de projeto em Diversidade
Nonata50
 
Projetostesourossonia
ProjetostesourossoniaProjetostesourossonia
Projetostesourossonia
Patrícia Hassato
 
Articulacao curricular be_hgp_filomena_lima_branco
Articulacao curricular be_hgp_filomena_lima_brancoArticulacao curricular be_hgp_filomena_lima_branco
Articulacao curricular be_hgp_filomena_lima_branco
filomenabarbosa
 
Menu paa 11_12
Menu paa 11_12Menu paa 11_12
Menu paa 11_12
beabispo
 

Semelhante a Projeto folclorescebias (20)

Projeto lendoetecendoscebiasi
Projeto lendoetecendoscebiasiProjeto lendoetecendoscebiasi
Projeto lendoetecendoscebiasi
 
Projeto lendoetecendoscebias
Projeto lendoetecendoscebiasProjeto lendoetecendoscebias
Projeto lendoetecendoscebias
 
Projeto lendoetecendoscebias
Projeto lendoetecendoscebiasProjeto lendoetecendoscebias
Projeto lendoetecendoscebias
 
Projeto Lendo e Tecendo - EBIAS
Projeto Lendo e Tecendo - EBIASProjeto Lendo e Tecendo - EBIAS
Projeto Lendo e Tecendo - EBIAS
 
Projeto contosdeterror ana_kelly
Projeto contosdeterror ana_kellyProjeto contosdeterror ana_kelly
Projeto contosdeterror ana_kelly
 
Projeto monteirolobatovideo
Projeto monteirolobatovideoProjeto monteirolobatovideo
Projeto monteirolobatovideo
 
Projeto Descobrindo as diversas facetas de Monteiro Lobato
Projeto Descobrindo as diversas facetas de Monteiro LobatoProjeto Descobrindo as diversas facetas de Monteiro Lobato
Projeto Descobrindo as diversas facetas de Monteiro Lobato
 
Projeto monteirolobatovideo
Projeto monteirolobatovideoProjeto monteirolobatovideo
Projeto monteirolobatovideo
 
Projeto bombeiros
Projeto bombeirosProjeto bombeiros
Projeto bombeiros
 
Projeto quem escreve um conto aumenta um ponto
Projeto quem escreve um conto aumenta um pontoProjeto quem escreve um conto aumenta um ponto
Projeto quem escreve um conto aumenta um ponto
 
Portifólio Pibid História UEPB Campus I/ Escola Estadual de Ensino Fundamenta...
Portifólio Pibid História UEPB Campus I/ Escola Estadual de Ensino Fundamenta...Portifólio Pibid História UEPB Campus I/ Escola Estadual de Ensino Fundamenta...
Portifólio Pibid História UEPB Campus I/ Escola Estadual de Ensino Fundamenta...
 
Exemplo. plano de aula
Exemplo. plano de aulaExemplo. plano de aula
Exemplo. plano de aula
 
Projeto generos[1]carol e patric ia
Projeto generos[1]carol e patric iaProjeto generos[1]carol e patric ia
Projeto generos[1]carol e patric ia
 
PLANO MENSAL DE FILOSOFIA DO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL.
PLANO MENSAL DE FILOSOFIA DO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL.PLANO MENSAL DE FILOSOFIA DO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL.
PLANO MENSAL DE FILOSOFIA DO 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL.
 
Portfólio aplicação 2015
Portfólio aplicação  2015Portfólio aplicação  2015
Portfólio aplicação 2015
 
2012 projeto
2012 projeto2012 projeto
2012 projeto
 
Modelo de projeto em Diversidade
Modelo de projeto em DiversidadeModelo de projeto em Diversidade
Modelo de projeto em Diversidade
 
Projetostesourossonia
ProjetostesourossoniaProjetostesourossonia
Projetostesourossonia
 
Articulacao curricular be_hgp_filomena_lima_branco
Articulacao curricular be_hgp_filomena_lima_brancoArticulacao curricular be_hgp_filomena_lima_branco
Articulacao curricular be_hgp_filomena_lima_branco
 
Menu paa 11_12
Menu paa 11_12Menu paa 11_12
Menu paa 11_12
 

Projeto folclorescebias

  • 1. ESCOLA BÁSICA MUNICIPAL INTENDENTE ARICOMEDES DA SILVA – EBIAS PROJETO ARTÍSTICO E CULTURAL Coordenadora do Projeto: Ana Kelly Borba da Silva Brustolin Contatos: anakellyborba@gmail.com Disciplina: Língua Portuguesa Turmas: 5ª série e 6ª série Duração: 2 meses Nome do Projeto: Folcloreando na sala de aula Cidade: Florianópolis – Santa Catarina Tema: O folclore em Santa Catarina – Santa Catarina: cultura, folclore e história Justificativa Em decorrência da comemoração do dia do folclore no Brasil (22 de agosto), pretende-se trabalhar, juntamente com os alunos, alguns aspectos que fazem parte do conjunto de fatos culturais que formam o nosso folclore, tais como: mitos, lendas, artesanatos, crendices, culinárias, entre outros, centrando estes na região de Santa Catarina. Objetivos O objetivo deste projeto, ao trabalhar a pluralidade cultural, está basicamente cunhado na construção de indivíduos preocupados em resgatar valores morais; fortalecer a identidade regional; buscar, por meio de pesquisas, estórias e causos pertinentes à cultura oral popular; reconhecer as qualidades provenientes da cultura que os circunda; repudiar qualquer tipo de discriminação (raça, classe social, crença religiosa, sexo). Desta maneira, o projeto em questão prevê ajudar na formação de cidadãos que valorizem a cultura da sua região. Como o projeto será iniciado O projeto terá início na primeira aula do 2º trimestre do ano de 2010, quando os alunos retornam do recesso escolar, até o final de agosto – período em que será montado na escola um mural com os trabalhos dos alunos. Os discentes terão assistência em sala de aula e através de mediações feitas pela professora montarão uma base de dados; a partir daí serão trabalhados os gêneros em questão. Conceitos e conteúdos a serem trabalhados A partir do tema do projeto, folclore em Santa Catarina, outros conteúdos pertinentes à disciplina de língua portuguesa e artes serão abordados. Diversos tipos textuais serão contemplados em língua portuguesa, tais como: informativo, histórias em quadrinhos, narrativas, parlendas, trava-línguas, causos, lendas e mitos, além das questões linguísticas que permeiam todo o universo escolar. Geraldi em seu texto Unidades básicas para o ensino de português propõe que as atividades de leitura, produção textual e análise lingüística se integrem na atividade escolar. O autor propõe ainda a produção de textos curtos. Estes deverão ser lidos, interpretados, discutidos antes da produção efetiva dos alunos. Dentro dessa concepção o aluno deve construir os textos visando um “leitor” e o professor passa a ser o interlocutor e o mediador entre o objeto de estudos e a aprendizagem. 1
  • 2. Atividades a serem desenvolvidas na disciplina de língua portuguesa 5ª série Primeira parte: 1. Definição do termo ‘folclore’ (dicionário) e discussão do tema; 2. Visão geral a respeito do folclore no Brasil e especialmente em Santa Catarina; 3. Estudo do gênero – HQs, debate e exercícios; 4. Com os alunos divididos em duplas, distribuir livros que apresentam personagens do folclore brasileiro; 5. Fazer a leitura e interpretação do texto; 6. Pesquisas (biblioteca, laptop XO e familiares) a respeito do livro recebido; 7. Produção de HQs com base no livro e nas informações coletadas; 8. Apresentação dos trabalhos para a turma. Segunda parte: 1. Início do estudo de ditados populares; 2. Teoria e debate; 3. Trabalho sobre os ditados populares; Terceira parte: (Após Abordagem A Respeito De Narração) 1. Gênero – HQs; 2. Com os alunos divididos em duplas, trabalhar o tema: “A Infância e as Brincadeiras”. 3. Fazer o debate; 4. Posteriormente, (Produção de HQ) os alunos criam um roteiro das suas HQ no caderno, pautados no tema dado, utilizando os balões de fala, a escrita e as imagens. 5. Produção final de HQ (reescritura do roteiro) no programa “Toondoo”, utilizando o laptop XO na sala de aula – auxílio de técnicas no assunto; 6. Inclusão das HQ e Postagem na Portal do Aluno. 6ª série Primeira parte: 1. Definição do termo ‘folclore’ (dicionário) e discussão do tema; 2. Visão geral a respeito do folclore no Brasil e especialmente em Santa Catarina; 3. Debate e exercícios; 4. Com os alunos divididos em duplas, distribuir livros que apresentam personagens do folclore brasileiro; 5. Fazer a leitura e interpretação do texto; 6. Pesquisas (biblioteca, laptop XO e familiares) a respeito do livro recebido; 7. Produção de HQs com base no livro e nas informações coletadas; 8. Apresentação dos trabalhos para a turma. Segunda parte: 1. Início do estudo de trava-línguas; 2. Brincando com as trava-línguas na sala de aula; 3. Trabalho sobre trava-línguas; Terceira parte: 1. Distribuir a cada aluno um informativo diferente; 2. Trabalhar o gênero através de algumas questões como: o que é? Como se apresenta? Para que serve? O que traz como conteúdo? Tipo de linguagem utilizada? 3. Dividir a turma em duplas, cada uma receberá um dos temas a seguir para pesquisa: boi-de-mamão, pau-de-fita, renda de bilro, culinária de Santa Catarina, pão-por-Deus e curiosidades gerais sobre o folclore; 4. Conceituar a palavra ‘folclore’ na sala informatizada ou “XO”; 5. Pesquisar as principais manifestações folclóricas do Brasil, relatando as características, a importância e a influência do folclore na sociedade; 2
  • 3. 6. Pesquisa direcionada ao tema recebido; 7. Produção de textos para compor um informativo. Recursos utilizados Livros, quadro, giz, biblioteca, laboratório de informática, Laptop XO, fotocópias de textos, aparelho eletrônico, CD, entre outros. Ambientes utilizados Sala informatizada, sala de aula, biblioteca. Divulgação na escola Mural de exposição de trabalhos de alunos, Amostra com os trabalhos ao final do ano, durante o processo serão tiradas algumas fotos, e, ao final deste, criar-se-á um texto no blog com as fotos e depoimentos dos alunos e professora. Avaliação A avaliação será feita de modo processual, observando-se a participação, o interesse, a coletividade dos alunos, bem como os prazos estabelecidos para entrega dos trabalhos. Referências ESTADO DE SANTA CATARINA. Língua Portuguesa. In: Proposta Curricular de Santa Catarina. Florianópolis: Secretaria de Estado de Educação, 1998. __________. Literatura. In: Proposta Curricular de Santa Catarina. Florianópolis: Secretaria de Estado de Educação, 1998. GERALDI, João Wanderley (Org.). O texto na sala de aula. 2.ed. Cascavel: ASSOESTE, 1984. _________. Portos de Passagem. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1993. RADESPIEL, Maria. Folclore: Alfabetização sem Segredos. Vol. 5. Minas Geras: Iemar, 2000. OBS: Outras bibliografias poderão ser consultadas e acrescentadas a este projeto. 3