SlideShare uma empresa Scribd logo
Projeto de renovação e substituição de ativos.
Aluno: Rômulo Danilo da Silva
Prof. Eugenio Leone Netto
Disciplina: Custos Industriais II
Faculdade: UNORP Engenharia de produção – 4° ano
Visão Geral do Projeto
•

Uma empresa na área metalomecânica estuda a modernização de sua
principal linha de produção, a de rolamentos. Basicamente, o projeto
consiste na substituição do principal equipamento da linha de produção
por um equipamento tecnologicamente mais moderno e eficiente.

•

Ao custo de R$200.000,00, contratou a Balman Consultores associados
Ltda. para fazer o estudo de viabilidade. O referido estudo mostrou que o

equipamento adequado custa R$24.000.000,00 e estimou por
informações do fabricante que ele poderá ser usado operacionalmente
durante 6 anos. O estudo da consultoria, juntamente com o
departamento de engenharia da empresa, determinou que o atual
equipamento poderá, ser for o caso, ser usado por mais 4 anos ate se
tornar imprestável. Segundo o departamento de contabilidade da

empresa e o relatório da consultoria, atualmente o valor contábil do
equipamento é de R$4.000.000,00, depreciáveis linearmente nesse
prazo . O equipamento poderá ser vendido por R$6.000.000,00 no
mercado de equipamentos usados. O estudo estimou, por comparação,
que o novo equipamento poderá ser vendido em qualquer época por um
valor 50% maior que seu valor contábil da época. O quadro na pagina 1

apresenta informações do relatório da consultoria sobre o atual e sobre o
novo equipamento.
Visão Geral do Projeto
Quadro de informações do relatório da
consultoria
Produção em
Custo operacional
Equipamento unidades por ano fixo por ano

Custos
variaveis
unitarios

Preço de
venda
unitário

Novo

2.000.000,00

R$9.800.000,00

6,6

14

Atual

1.600.000,00

R$12.200.000,00

5,5

10
Visão Geral do Projeto
•

Dada a maior produção decorrente do novo
equipamento, a Balman estima que seja necessário
um investimento adicional o capital de giro da
empresa na ordem de R$3.000.000,00. A

consultoria recomenda que a compra do
equipamento seja financiado em 40% por meio de
um empréstimo a juros de 12%/ano, amortizável em
10 anos pelo sistema S.A.C.. Ela considerou o custo
do capital da empresa de 20% ao ano e que os
acionistas estimam uma rentabilidade mínima de
25%. A alíquota de I.R. da empresa é de 34% e
admite-se que ela possa quitar integralmente o saldo
devedor do empréstimo em qualquer época do

projeto.
Visão Geral – Objetivo do Projeto
•

Qual o objetivo?

•

Diante dos dados que foram
apresentados, replique a analise de
viabilidade econômica e financeira do
relatório apresentado pela empresa de
consultoria e responda: O que você
acha que a consultoria respondeu à

empresa sobre o projeto?
Levantamento de dados
Equipamento antigo
Pode ser usado por mais 4 anos antes de se tornar imprestável.
Atualmente seu valor contábil é de R$4.000.000,00 e poderá ser depreciado
linearmente em 4 anos.
Na compra do novo equipamento o antigo será vendido por R$6.000.000,00
no mercado de equipamentos usados
Levantamento de dados
Equipamento novo
Custa R$24.000.000,00
Poderá operar e ser depreciado ao longo de 6 anos
Admite-se que possa ser vendido por 50% a mais que seu valor contábil, se
alienado antes do termino de sua vida útil
Levantamento de dados
Dados fiscais
Alíquota de Imposto de renda da empresa

34%

Custo médio ponderado do capital

20% ao ano

Custo próprio do capital (Retorno esperado pelos acionistas) 25%
Juros pagos pelo empréstimo

12%
Comparação incremental entre os 2 equipamentos
•

Neste momento é feito uma analise
Comparativa entre o equipamento
novo e o antigo. Assim é possível
visualizar as diferenças entre um e
outro e verificar quais foram os

ganhos e quais foram as perdas.
Comparação incremental entre os 2 equipamentos
Comparativo incremental entre os equipamentos
Produtividade

Custo variável anual

Custo fixo Operacional

Receita anual das
vendas

Equip. Novo

2,0

Unid./ano

13,2

Ano

9,8

Ano

28,0

Ano

Equip. Antigo

1,6

Unid./ano

8,0

Ano

12,2

Ano

16,0

Ano

Diferença

0,4

Unid./ano

5,2

Ano

2,4

Ano

12,0

Ano

Status da
Comp.

Ganho - (aumento da
Produtividade)

Perda - (aumento nos
gastos)

Ganho - (Redução nos
custos)

Ganho - (aumento na
receita)

Obs: Os números devem ser multiplicados por 1000000, pois estão todos na
ordem dos milhões
Tabela de fluxo de caixa
•

No próximo Slide será apresentado
a tabela do fluxo de caixa livre
(F.C.L.) e do fluxo dos acionistas
(F.D.A.)

•

Em seguida irei demostrar passo a

passos como criar cada linha desta
tabela.

•

E por ultimo irei calcular o V.P.L. e

demostrar como fazer.
Tabela de fluxo de caixa
Tabela de verificação dos Resultados
Itens
Investimento
Aumento do capital
de giro

Estudo de
viabilidade do Proj.
Aumento nos custos
variaveis
Redução dos custos
fixo operacionais
Aumento na receita
com as vendas.
Depreciação
incremental
L.A.J.I.R.
Impostos
Retorno da
depreciação
F.C.L.
Financiamento
Prestações pagas
sobre o
financiamento
Beneficios fiscais
sobre os juros pagos
F.D.A.

Ano 0

Ano 1

Ano 2

Ano 3

Ano 4

Liquidação
Montando a tabela de verificação dos resultados.
Passo a passo:
1º Item

• Investimento

2º Item

• Aumento no capital de giro

3ºItem

• Estudo da viabilidade do projeto - Consultoria

4º Item

• Aumento nos custos variáveis

5º Item

• Redução dos custos fixos operacionais

6º Item

• Aumento da receita com as vendas

7º Item

• Depreciação incremental

8º Item

• Calculo da L.A.J.I.R.
Passo a passo
1º Item
2º Item
Investimento
•Nesta linha foi inserido o
Aumento no
valor que será gasto na
capital de giro
compra do novo
equipamento. Este valor não
é necessariamente o valor
cheio do equipamento, como • Nesta linha é inserido o
valor adicional
acontece neste caso. O valor
inserido como investimento é
necessário no aumento
o valor do novo 24milh.
do capital de giro,
equipamento menos o
decorrente do aumento
desconto do valor obtido com
da produtividade do
a venda do antigo
novo equipamento.
equipamento 5.32 milh.
•Para calcular o valor liquido
da venda do equipamento
velho, é necessário calcular o
ganho de capital na venda
deste equipamento.
•Para calcular o ganho de
capital deve-se pegar o valor
de venda 6milh. e descontar
o seu valor contábil 4milh.
Assim vamos ter um ganho
de capital de 2milh. Sobre o
ganho de capital temos que
calcular o I.R. (34%), assim
vamos obter um valor liquido
de venda de 5.32milh.

• Aproveitando o espaço
para lembrar que todo
investimento ou
qualquer outro tipo de
custo que a empresa
tenha deve ser lançado
na planilha com sinal
negativo para ser
corretamente
representado e não
haver confusão na hora
de fazer a somatória das
colunas.

3º Item
Estudo de
viabilidade do
projeto
• Nesta linha foi
adicionado o custo
decorrente da
contratação de uma
empresa especialista em
analise de substituição
de ativos

4º Item
Aumento nos
custos variáveis
• Na tabela de comparação
entre os dois
equipamentos é
mostrado o custo
variável por ano do novo
equipamento
R$13.200.000,00 e do
equipamento antigo
R$8.000.000,00 e fica
claro o aumento nos
custos variáveis de
R$5.200.000,00 quando
adquirido o novo
equipamento.
Montando a tabela de verificação dos resultados.
Passo a passo:

5º Item
Redução dos
custos fixo
operacionais
• Na tabela de
comparação entre os
dois equipamentos é
mostrado o custo fixo
operacional por ano do
novo equipamento
R$9.800.000,00 e do
equipamento antigo
R$12.200.000,00 e fica
novamente claro uma
redução nos custos fixos
operacionais de
R$2.400.000,00
quando adquirido o
novo equipamento.

6º Item
Aumento da
receita com as
vendas

7º Item
Depreciação
incremental

8ºItem

L.A.J.I.R. (Lucro
• Aqui é inserido o
antes dos juros e
resultado do calculo da
• Neste item é inserido a
produtividade pelo preço
diferença de depreciação imposto de
de venda do novo
entre os dois
renda
equipamento, e o mesmo
equipamentos.
é feito com o
Lembrando que este
equipamento velho. Com
valor deve ser negativo
• Agora é feito a somatória
a produtividade dos dois
antes do calculo da
de todos os itens
equipamentos em mãos
L.J.I.R, para só depois
anteriores para obter o
é possível verificar se
voltar positivo.
lucro “bruto”, antes de
houve ou não aumento
serem pagos os impostos
de produtividade. Assim
e juros se houver.
foi obtido o valor
inserido na tabela.
Nos próximos passos vamos calcular
o F.C.L. (fluxo de caixa livre).

•

Para isso precisamos acrescentar mais 3
itens na tabela. Que são:

•
•
•

Impostos:
Retorno da depreciação:

Calculo do F.C.L.
Montando a tabela de verificação dos resultados.
Passo a passo:
Após calculado o Item 8. L.A.J.I.R.
• Vamos adicionar mais três itens na tabela, que são para que possamos calcular o F.C.L:

Item 9
• Impostos

Item 10
• Retorno da depreciação

Item 11
• F.C.L. – Fluxo de caixa livre
Montando a tabela de verificação dos resultados.
Passo a passo:

Após calculado o Item 8. L.A.J.I.R.
Item 9
Vamos adicionar
mais três itens na
Item 10
Impostos
tabela, que são:
• Deve ser calculado o I.R.
Item 11
sobre o valor resultante do Retorno da
calculo da L.A.J.I.R.

depreciação
• Neste item a depreciação
que antes da L.A.J.I.R.
entrou negativo (como
custo), agora deve retornar
para o caixa da empresa,
por isso deve ser lançada
novamente na tabela, desta
vez com o sinal positivo
(lucro)

F.C.L. – Fluxo de
caixa livre
• Enfim vamos chegar no
F.C.L. neste item. Para isto
é preciso descontar os
valores encontrados no item
9 e 10 do item 8. Assim
temos o F.C.L.
Nos próximos passos vamos calcular
o F.D.A. (fluxo dos acionistas).

•

Para isso precisamos acrescentar outros
4 itens na tabela. Que são:

•
•

Financiamentos tomados:
Prestações pagas sobre os

financiamentos:

•
•

Benefícios fiscais decorrentes de juros
Calculo do F.D.A.
Montando a tabela de verificação dos resultados.
Passo a passo:
12º Item
• Financiamentos tomados:

13º Item
• Prestações pagas sobre os financiamentos:

14ºItem
• Benefícios fiscais decorrente do pagamento de juros:

15ºItem
• F.D.A Fluxo dos acionistas:
Montando a tabela de verificação dos resultados.
Passo a passo:

12º Item
Financiamento
s tomados:
• No ano zero deve ser
inserido o valor do
empréstimo.
Lembrando que este
valor deve entrar com
sinal positivo pois é
uma entrada de
capital.

13º Item

14ºItem

Prestações
pagas sobre o
financiamento: Benefícios
fiscais
• Neste item vais ser
decorrente do
inserido o valor de
cada prestação a
pagamento de
serem pagas em seus
juros:
respectivos anos.

15ºItem
F.D.A Fluxo
dos acionistas:

• Por fim é calculado o
fluxo dos acionistas.
Prestações estas que
• Sempre que for pago
Que nada mais é que o
devem ser calculas de
juros deve-se calcular
F.C.L. mais a
acordo com o sistema
a restituição pelos
somatória dos
de financiamento
pagamentos indevidos
financiamentos,
usado no empréstimo.
de impostos sobre este
prestações pagas e
juro. Para isso é
benefícios fiscais.
preciso criar a tabela
Cada um com sua
do financiamento para
devida representação,
que possa ser.
se custo é negativo, se
lucro é positivo.
Agora temos a tabela
com todos os dados
inserido. A partir dos
resultados obtidos nesta
tabela vamos criar a
tabela para o calculo do
V.P.L. (valor presente
liquido) se necessário
também calcular a T.I.R.
Tabela de fluxo de caixa
Tabela de verificação dos Resultados
Itens
Investimento

Ano 0
Ano 1
-R$ 18.680.000,00 R$

Ano 2
- R$

Ano 3
- R$

Ano 4
- R$

Liquidação
- R$ 10.640.000,00

Aumento do capital
de giro
-R$

3.000.000,00 R$

- R$

- R$

- R$

Estudo de
viabilidade do Proj. -R$

200.000,00 R$

- R$

- R$

- R$

Aumento nos custos
variaveis
R$

- -R$

5.200.000,00-R$

5.200.000,00 -R$

5.200.000,00 -R$

5.200.000,00

R$

-

Redução dos custos
fixo operacionais
R$

- R$

2.400.000,00 R$

2.400.000,00

R$

2.400.000,00 R$

2.400.000,00

R$

-

Aumento na receita
com as vendas.

R$

- R$

12.000.000,00 R$ 12.000.000,00

R$

12.000.000,00 R$ 12.000.000,00

R$

-

Depreciação
incremental
L.A.J.I.R.
Impostos

R$
- -R$
-R$ 21.880.000,00 R$
R$
- -R$

3.000.000,00-R$
6.200.000,00 R$
2.108.000,00-R$

3.000.000,00 -R$
6.200.000,00 R$
2.108.000,00 -R$

3.000.000,00 -R$
6.200.000,00 R$
2.108.000,00 -R$

3.000.000,00
9.200.000,00
3.128.000,00

R$
R$ 10.640.000,00
R$
-

Retorno da
depreciação
F.C.L.
Financiamento

R$
- R$
-R$ 21.880.000,00 R$
R$
9.600.000,00 R$

3.000.000,00 R$
7.092.000,00 R$
- R$

3.000.000,00
7.092.000,00

R$
R$
- R$

3.000.000,00 R$
7.092.000,00 R$
- R$

3.000.000,00
9.072.000,00

R$
R$ 10.640.000,00
- R$
-

Prestações pagas
sobre o
financiamento

R$

- -R$

2.112.000,00-R$

1.996.800,00 -R$

1.881.600,00 -R$

7.526.400,00

Beneficios fiscais
sobre os juros pagos R$
- R$
F.D.A.
-R$ 12.280.000,00 R$

391.680,00 R$
5.371.680,00 R$

352.512,00 R$
5.447.712,00 R$

313.344,00 R$
5.523.744,00 R$

274.176,00 R$
1.819.776,00 R$ 10.640.000,00

3.000.000,00

R$

-

- R$

-

R$

-
Avaliação econômica
F.C.L.

F.D.A.

Calcular o V.P.L

Calcular o V.P.L

Calcular a T.I.R.

Calcular a T.I.R.
Avaliação econômica
•

O V.P.L. ou valor presente liquido é igual ao investimento mais os
fluxos anuais corrigidos. ( o investimento entra negativo pois é uma
saída de capital). A correção do F.C.L. ou F.D.A. é feita através da
formula F./(1+i)^n

•

Então temos a tabela abaixo:
Avaliação econômica do ponto de vista da empresa
Tabela para o calculo do V.P.L.
Anos

F.C.L.

Corr. = (1+i)^n

Valor corrigido

0-R$ 21.880.000,00 R$
7.092.000,00 R$

1,20

R$

5.910.000,00

2 R$

7.092.000,00 R$

1,44

R$

4.925.000,00

3 R$

7.092.000,00 R$

1,73

R$

4.104.166,67

4 R$ 19.712.000,00 R$

T.I.R.

-R$ 21.880.000,00

1 R$

V.P.L.

1,00

2,07

R$

9.506.172,84

R$

2.565.339,51
4%
Avaliação econômica do ponto de vista dos acionistas
Tabela para o calculo do V.P.L.
Anos

F.D.A.

Corr. = (1+i)^n

Valor corrigido

0-R$ 12.280.000,00 R$
5.371.680,00 R$

1,25

R$

4.297.344,00

2 R$

5.447.712,00 R$

1,56

R$

3.486.535,68

3 R$

5.523.744,00 R$

1,95

R$

2.828.156,93

4 R$ 12.459.776,00 R$

T.I.R.

-R$ 12.280.000,00

1 R$

V.P.L.

1,00

2,44

R$

5.103.524,25

R$

3.435.560,86
10%
Conclusão
Analisando a
tabela de
verificação dos
resultados ou
F.C.L.

• Através da analise
desta tabela
podemos verificar
que ao final do
período de
comparação do
projeto. Ainda
restará uma divida
referente a compra
do equipamento.

Solução sugerida

• Como no final do projeto
existe a liquidação do
equipamento e com isso a
entrada de um valor
superior ao valor
necessário para a quitação
da maquina. Sugerimos
que no final do 4º ano o
financiamento seja
totalmente quitado.

Assim a compra
do novo
equipamento é
viável

• E analisando os cálculos
do V.P.L. e da T.I.R., fica
mais clara esta
viabilidade, visto que o
V.P.L. tanto no ponto de
vista da empresa, quanto
no ponto de vista dos
acionistas foi positivo e a
taxa interna de retorno
para a impressa foi de 4%
Rômulo Danilo da Silva
4° ano Engenharia de Produção - UNORP

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apostila 06 balanco patrimonial
Apostila 06 balanco patrimonialApostila 06 balanco patrimonial
Apostila 06 balanco patrimonial
zeramento contabil
 
Aula 2 PROC.TRABALHO
Aula 2 PROC.TRABALHOAula 2 PROC.TRABALHO
Aula 2 PROC.TRABALHO
gsbq
 
1000 exercicios de contabilidade com gabarito
1000 exercicios de contabilidade com gabarito1000 exercicios de contabilidade com gabarito
1000 exercicios de contabilidade com gabarito
Nelio019
 
DRE - demonstração do resultado do exercício
DRE - demonstração do resultado do exercícioDRE - demonstração do resultado do exercício
DRE - demonstração do resultado do exercício
Aninha Soares
 
100 questoes comentadas contabilidade
100 questoes comentadas contabilidade100 questoes comentadas contabilidade
100 questoes comentadas contabilidade
Jader Santos Lopes
 
Apostila contabilidade exercicios
Apostila contabilidade exerciciosApostila contabilidade exercicios
Apostila contabilidade exercicios
apostilacontabil
 
5 balanço patrimonial - grupo de contas
5   balanço patrimonial - grupo de contas5   balanço patrimonial - grupo de contas
5 balanço patrimonial - grupo de contas
sttreghone
 
Exercicios contabeis 03
Exercicios contabeis 03Exercicios contabeis 03
Exercicios contabeis 03
zeramento contabil
 
Contabilidade nocoes basicas
Contabilidade nocoes basicasContabilidade nocoes basicas
Contabilidade nocoes basicas
zeramento contabil
 
Contabilidade básica resumão
Contabilidade básica resumãoContabilidade básica resumão
Contabilidade básica resumão
contacontabil
 
Despesas e receitas públicas
Despesas e receitas públicasDespesas e receitas públicas
Despesas e receitas públicas
rene-de-jesus
 
Modelo de plano de contas
Modelo de plano de contasModelo de plano de contas
Modelo de plano de contas
Fafá Mota
 
3110161 apostila-contabilidade-de-custos
3110161 apostila-contabilidade-de-custos3110161 apostila-contabilidade-de-custos
3110161 apostila-contabilidade-de-custos
jarara
 
Nic17 arrendamientos
Nic17 arrendamientosNic17 arrendamientos
Nic17 arrendamientos
Fricompras Fricompras
 
Contabilidade basica
Contabilidade basicaContabilidade basica
Contabilidade basica
jfsead
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 01 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 01 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 01 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 01 cathedra
cathedracontabil
 
Exercicios contabilidade exercicioscap 4
Exercicios contabilidade exercicioscap 4Exercicios contabilidade exercicioscap 4
Exercicios contabilidade exercicioscap 4
capitulocontabil
 
Módulo 1 - A Informação Contabilística
Módulo 1 - A Informação ContabilísticaMódulo 1 - A Informação Contabilística
Módulo 1 - A Informação Contabilística
Eva Gomes
 
Balanço patrimonial
Balanço patrimonialBalanço patrimonial
Balanço patrimonial
contacontabil
 
6033 questoes objetivas
6033 questoes objetivas6033 questoes objetivas
6033 questoes objetivas
Marcello Noronha
 

Mais procurados (20)

Apostila 06 balanco patrimonial
Apostila 06 balanco patrimonialApostila 06 balanco patrimonial
Apostila 06 balanco patrimonial
 
Aula 2 PROC.TRABALHO
Aula 2 PROC.TRABALHOAula 2 PROC.TRABALHO
Aula 2 PROC.TRABALHO
 
1000 exercicios de contabilidade com gabarito
1000 exercicios de contabilidade com gabarito1000 exercicios de contabilidade com gabarito
1000 exercicios de contabilidade com gabarito
 
DRE - demonstração do resultado do exercício
DRE - demonstração do resultado do exercícioDRE - demonstração do resultado do exercício
DRE - demonstração do resultado do exercício
 
100 questoes comentadas contabilidade
100 questoes comentadas contabilidade100 questoes comentadas contabilidade
100 questoes comentadas contabilidade
 
Apostila contabilidade exercicios
Apostila contabilidade exerciciosApostila contabilidade exercicios
Apostila contabilidade exercicios
 
5 balanço patrimonial - grupo de contas
5   balanço patrimonial - grupo de contas5   balanço patrimonial - grupo de contas
5 balanço patrimonial - grupo de contas
 
Exercicios contabeis 03
Exercicios contabeis 03Exercicios contabeis 03
Exercicios contabeis 03
 
Contabilidade nocoes basicas
Contabilidade nocoes basicasContabilidade nocoes basicas
Contabilidade nocoes basicas
 
Contabilidade básica resumão
Contabilidade básica resumãoContabilidade básica resumão
Contabilidade básica resumão
 
Despesas e receitas públicas
Despesas e receitas públicasDespesas e receitas públicas
Despesas e receitas públicas
 
Modelo de plano de contas
Modelo de plano de contasModelo de plano de contas
Modelo de plano de contas
 
3110161 apostila-contabilidade-de-custos
3110161 apostila-contabilidade-de-custos3110161 apostila-contabilidade-de-custos
3110161 apostila-contabilidade-de-custos
 
Nic17 arrendamientos
Nic17 arrendamientosNic17 arrendamientos
Nic17 arrendamientos
 
Contabilidade basica
Contabilidade basicaContabilidade basica
Contabilidade basica
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 01 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 01 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 01 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 01 cathedra
 
Exercicios contabilidade exercicioscap 4
Exercicios contabilidade exercicioscap 4Exercicios contabilidade exercicioscap 4
Exercicios contabilidade exercicioscap 4
 
Módulo 1 - A Informação Contabilística
Módulo 1 - A Informação ContabilísticaMódulo 1 - A Informação Contabilística
Módulo 1 - A Informação Contabilística
 
Balanço patrimonial
Balanço patrimonialBalanço patrimonial
Balanço patrimonial
 
6033 questoes objetivas
6033 questoes objetivas6033 questoes objetivas
6033 questoes objetivas
 

Semelhante a Projeto de renovação e substituição de ativos

Sistemas flexíveis de manufatura aula2
Sistemas flexíveis de manufatura   aula2Sistemas flexíveis de manufatura   aula2
Sistemas flexíveis de manufatura aula2
Carlos Melo
 
Projetos5
Projetos5Projetos5
Exercicios revisão para prova
Exercicios   revisão para provaExercicios   revisão para prova
Exercicios revisão para prova
Universal.org.mx
 
Aula_fluxo de caixa 3.pdf
Aula_fluxo de caixa 3.pdfAula_fluxo de caixa 3.pdf
Aula_fluxo de caixa 3.pdf
ANDERSONANTNIODELIMA
 
Orçamento de capital ou análise de investimentos
Orçamento de capital ou análise de investimentosOrçamento de capital ou análise de investimentos
Orçamento de capital ou análise de investimentos
Universidade Pedagogica
 
Bizcool Viabilidade financeira de projetos
Bizcool   Viabilidade financeira de projetosBizcool   Viabilidade financeira de projetos
Bizcool Viabilidade financeira de projetos
Bizcool | Escola Aceleradora
 
Matemática Financeira com HP12C
Matemática Financeira com HP12CMatemática Financeira com HP12C
Matemática Financeira com HP12C
Célio Tavares - Consultoria em Finanças
 

Semelhante a Projeto de renovação e substituição de ativos (7)

Sistemas flexíveis de manufatura aula2
Sistemas flexíveis de manufatura   aula2Sistemas flexíveis de manufatura   aula2
Sistemas flexíveis de manufatura aula2
 
Projetos5
Projetos5Projetos5
Projetos5
 
Exercicios revisão para prova
Exercicios   revisão para provaExercicios   revisão para prova
Exercicios revisão para prova
 
Aula_fluxo de caixa 3.pdf
Aula_fluxo de caixa 3.pdfAula_fluxo de caixa 3.pdf
Aula_fluxo de caixa 3.pdf
 
Orçamento de capital ou análise de investimentos
Orçamento de capital ou análise de investimentosOrçamento de capital ou análise de investimentos
Orçamento de capital ou análise de investimentos
 
Bizcool Viabilidade financeira de projetos
Bizcool   Viabilidade financeira de projetosBizcool   Viabilidade financeira de projetos
Bizcool Viabilidade financeira de projetos
 
Matemática Financeira com HP12C
Matemática Financeira com HP12CMatemática Financeira com HP12C
Matemática Financeira com HP12C
 

Projeto de renovação e substituição de ativos

  • 1. Projeto de renovação e substituição de ativos. Aluno: Rômulo Danilo da Silva Prof. Eugenio Leone Netto Disciplina: Custos Industriais II Faculdade: UNORP Engenharia de produção – 4° ano
  • 2. Visão Geral do Projeto • Uma empresa na área metalomecânica estuda a modernização de sua principal linha de produção, a de rolamentos. Basicamente, o projeto consiste na substituição do principal equipamento da linha de produção por um equipamento tecnologicamente mais moderno e eficiente. • Ao custo de R$200.000,00, contratou a Balman Consultores associados Ltda. para fazer o estudo de viabilidade. O referido estudo mostrou que o equipamento adequado custa R$24.000.000,00 e estimou por informações do fabricante que ele poderá ser usado operacionalmente durante 6 anos. O estudo da consultoria, juntamente com o departamento de engenharia da empresa, determinou que o atual equipamento poderá, ser for o caso, ser usado por mais 4 anos ate se tornar imprestável. Segundo o departamento de contabilidade da empresa e o relatório da consultoria, atualmente o valor contábil do equipamento é de R$4.000.000,00, depreciáveis linearmente nesse prazo . O equipamento poderá ser vendido por R$6.000.000,00 no mercado de equipamentos usados. O estudo estimou, por comparação, que o novo equipamento poderá ser vendido em qualquer época por um valor 50% maior que seu valor contábil da época. O quadro na pagina 1 apresenta informações do relatório da consultoria sobre o atual e sobre o novo equipamento.
  • 3. Visão Geral do Projeto Quadro de informações do relatório da consultoria Produção em Custo operacional Equipamento unidades por ano fixo por ano Custos variaveis unitarios Preço de venda unitário Novo 2.000.000,00 R$9.800.000,00 6,6 14 Atual 1.600.000,00 R$12.200.000,00 5,5 10
  • 4. Visão Geral do Projeto • Dada a maior produção decorrente do novo equipamento, a Balman estima que seja necessário um investimento adicional o capital de giro da empresa na ordem de R$3.000.000,00. A consultoria recomenda que a compra do equipamento seja financiado em 40% por meio de um empréstimo a juros de 12%/ano, amortizável em 10 anos pelo sistema S.A.C.. Ela considerou o custo do capital da empresa de 20% ao ano e que os acionistas estimam uma rentabilidade mínima de 25%. A alíquota de I.R. da empresa é de 34% e admite-se que ela possa quitar integralmente o saldo devedor do empréstimo em qualquer época do projeto.
  • 5. Visão Geral – Objetivo do Projeto • Qual o objetivo? • Diante dos dados que foram apresentados, replique a analise de viabilidade econômica e financeira do relatório apresentado pela empresa de consultoria e responda: O que você acha que a consultoria respondeu à empresa sobre o projeto?
  • 6. Levantamento de dados Equipamento antigo Pode ser usado por mais 4 anos antes de se tornar imprestável. Atualmente seu valor contábil é de R$4.000.000,00 e poderá ser depreciado linearmente em 4 anos. Na compra do novo equipamento o antigo será vendido por R$6.000.000,00 no mercado de equipamentos usados
  • 7. Levantamento de dados Equipamento novo Custa R$24.000.000,00 Poderá operar e ser depreciado ao longo de 6 anos Admite-se que possa ser vendido por 50% a mais que seu valor contábil, se alienado antes do termino de sua vida útil
  • 8. Levantamento de dados Dados fiscais Alíquota de Imposto de renda da empresa 34% Custo médio ponderado do capital 20% ao ano Custo próprio do capital (Retorno esperado pelos acionistas) 25% Juros pagos pelo empréstimo 12%
  • 9. Comparação incremental entre os 2 equipamentos • Neste momento é feito uma analise Comparativa entre o equipamento novo e o antigo. Assim é possível visualizar as diferenças entre um e outro e verificar quais foram os ganhos e quais foram as perdas.
  • 10. Comparação incremental entre os 2 equipamentos Comparativo incremental entre os equipamentos Produtividade Custo variável anual Custo fixo Operacional Receita anual das vendas Equip. Novo 2,0 Unid./ano 13,2 Ano 9,8 Ano 28,0 Ano Equip. Antigo 1,6 Unid./ano 8,0 Ano 12,2 Ano 16,0 Ano Diferença 0,4 Unid./ano 5,2 Ano 2,4 Ano 12,0 Ano Status da Comp. Ganho - (aumento da Produtividade) Perda - (aumento nos gastos) Ganho - (Redução nos custos) Ganho - (aumento na receita) Obs: Os números devem ser multiplicados por 1000000, pois estão todos na ordem dos milhões
  • 11. Tabela de fluxo de caixa • No próximo Slide será apresentado a tabela do fluxo de caixa livre (F.C.L.) e do fluxo dos acionistas (F.D.A.) • Em seguida irei demostrar passo a passos como criar cada linha desta tabela. • E por ultimo irei calcular o V.P.L. e demostrar como fazer.
  • 12. Tabela de fluxo de caixa Tabela de verificação dos Resultados Itens Investimento Aumento do capital de giro Estudo de viabilidade do Proj. Aumento nos custos variaveis Redução dos custos fixo operacionais Aumento na receita com as vendas. Depreciação incremental L.A.J.I.R. Impostos Retorno da depreciação F.C.L. Financiamento Prestações pagas sobre o financiamento Beneficios fiscais sobre os juros pagos F.D.A. Ano 0 Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4 Liquidação
  • 13. Montando a tabela de verificação dos resultados. Passo a passo: 1º Item • Investimento 2º Item • Aumento no capital de giro 3ºItem • Estudo da viabilidade do projeto - Consultoria 4º Item • Aumento nos custos variáveis 5º Item • Redução dos custos fixos operacionais 6º Item • Aumento da receita com as vendas 7º Item • Depreciação incremental 8º Item • Calculo da L.A.J.I.R.
  • 14. Passo a passo 1º Item 2º Item Investimento •Nesta linha foi inserido o Aumento no valor que será gasto na capital de giro compra do novo equipamento. Este valor não é necessariamente o valor cheio do equipamento, como • Nesta linha é inserido o valor adicional acontece neste caso. O valor inserido como investimento é necessário no aumento o valor do novo 24milh. do capital de giro, equipamento menos o decorrente do aumento desconto do valor obtido com da produtividade do a venda do antigo novo equipamento. equipamento 5.32 milh. •Para calcular o valor liquido da venda do equipamento velho, é necessário calcular o ganho de capital na venda deste equipamento. •Para calcular o ganho de capital deve-se pegar o valor de venda 6milh. e descontar o seu valor contábil 4milh. Assim vamos ter um ganho de capital de 2milh. Sobre o ganho de capital temos que calcular o I.R. (34%), assim vamos obter um valor liquido de venda de 5.32milh. • Aproveitando o espaço para lembrar que todo investimento ou qualquer outro tipo de custo que a empresa tenha deve ser lançado na planilha com sinal negativo para ser corretamente representado e não haver confusão na hora de fazer a somatória das colunas. 3º Item Estudo de viabilidade do projeto • Nesta linha foi adicionado o custo decorrente da contratação de uma empresa especialista em analise de substituição de ativos 4º Item Aumento nos custos variáveis • Na tabela de comparação entre os dois equipamentos é mostrado o custo variável por ano do novo equipamento R$13.200.000,00 e do equipamento antigo R$8.000.000,00 e fica claro o aumento nos custos variáveis de R$5.200.000,00 quando adquirido o novo equipamento.
  • 15. Montando a tabela de verificação dos resultados. Passo a passo: 5º Item Redução dos custos fixo operacionais • Na tabela de comparação entre os dois equipamentos é mostrado o custo fixo operacional por ano do novo equipamento R$9.800.000,00 e do equipamento antigo R$12.200.000,00 e fica novamente claro uma redução nos custos fixos operacionais de R$2.400.000,00 quando adquirido o novo equipamento. 6º Item Aumento da receita com as vendas 7º Item Depreciação incremental 8ºItem L.A.J.I.R. (Lucro • Aqui é inserido o antes dos juros e resultado do calculo da • Neste item é inserido a produtividade pelo preço diferença de depreciação imposto de de venda do novo entre os dois renda equipamento, e o mesmo equipamentos. é feito com o Lembrando que este equipamento velho. Com valor deve ser negativo • Agora é feito a somatória a produtividade dos dois antes do calculo da de todos os itens equipamentos em mãos L.J.I.R, para só depois anteriores para obter o é possível verificar se voltar positivo. lucro “bruto”, antes de houve ou não aumento serem pagos os impostos de produtividade. Assim e juros se houver. foi obtido o valor inserido na tabela.
  • 16. Nos próximos passos vamos calcular o F.C.L. (fluxo de caixa livre). • Para isso precisamos acrescentar mais 3 itens na tabela. Que são: • • • Impostos: Retorno da depreciação: Calculo do F.C.L.
  • 17. Montando a tabela de verificação dos resultados. Passo a passo: Após calculado o Item 8. L.A.J.I.R. • Vamos adicionar mais três itens na tabela, que são para que possamos calcular o F.C.L: Item 9 • Impostos Item 10 • Retorno da depreciação Item 11 • F.C.L. – Fluxo de caixa livre
  • 18. Montando a tabela de verificação dos resultados. Passo a passo: Após calculado o Item 8. L.A.J.I.R. Item 9 Vamos adicionar mais três itens na Item 10 Impostos tabela, que são: • Deve ser calculado o I.R. Item 11 sobre o valor resultante do Retorno da calculo da L.A.J.I.R. depreciação • Neste item a depreciação que antes da L.A.J.I.R. entrou negativo (como custo), agora deve retornar para o caixa da empresa, por isso deve ser lançada novamente na tabela, desta vez com o sinal positivo (lucro) F.C.L. – Fluxo de caixa livre • Enfim vamos chegar no F.C.L. neste item. Para isto é preciso descontar os valores encontrados no item 9 e 10 do item 8. Assim temos o F.C.L.
  • 19. Nos próximos passos vamos calcular o F.D.A. (fluxo dos acionistas). • Para isso precisamos acrescentar outros 4 itens na tabela. Que são: • • Financiamentos tomados: Prestações pagas sobre os financiamentos: • • Benefícios fiscais decorrentes de juros Calculo do F.D.A.
  • 20. Montando a tabela de verificação dos resultados. Passo a passo: 12º Item • Financiamentos tomados: 13º Item • Prestações pagas sobre os financiamentos: 14ºItem • Benefícios fiscais decorrente do pagamento de juros: 15ºItem • F.D.A Fluxo dos acionistas:
  • 21. Montando a tabela de verificação dos resultados. Passo a passo: 12º Item Financiamento s tomados: • No ano zero deve ser inserido o valor do empréstimo. Lembrando que este valor deve entrar com sinal positivo pois é uma entrada de capital. 13º Item 14ºItem Prestações pagas sobre o financiamento: Benefícios fiscais • Neste item vais ser decorrente do inserido o valor de cada prestação a pagamento de serem pagas em seus juros: respectivos anos. 15ºItem F.D.A Fluxo dos acionistas: • Por fim é calculado o fluxo dos acionistas. Prestações estas que • Sempre que for pago Que nada mais é que o devem ser calculas de juros deve-se calcular F.C.L. mais a acordo com o sistema a restituição pelos somatória dos de financiamento pagamentos indevidos financiamentos, usado no empréstimo. de impostos sobre este prestações pagas e juro. Para isso é benefícios fiscais. preciso criar a tabela Cada um com sua do financiamento para devida representação, que possa ser. se custo é negativo, se lucro é positivo.
  • 22. Agora temos a tabela com todos os dados inserido. A partir dos resultados obtidos nesta tabela vamos criar a tabela para o calculo do V.P.L. (valor presente liquido) se necessário também calcular a T.I.R.
  • 23. Tabela de fluxo de caixa Tabela de verificação dos Resultados Itens Investimento Ano 0 Ano 1 -R$ 18.680.000,00 R$ Ano 2 - R$ Ano 3 - R$ Ano 4 - R$ Liquidação - R$ 10.640.000,00 Aumento do capital de giro -R$ 3.000.000,00 R$ - R$ - R$ - R$ Estudo de viabilidade do Proj. -R$ 200.000,00 R$ - R$ - R$ - R$ Aumento nos custos variaveis R$ - -R$ 5.200.000,00-R$ 5.200.000,00 -R$ 5.200.000,00 -R$ 5.200.000,00 R$ - Redução dos custos fixo operacionais R$ - R$ 2.400.000,00 R$ 2.400.000,00 R$ 2.400.000,00 R$ 2.400.000,00 R$ - Aumento na receita com as vendas. R$ - R$ 12.000.000,00 R$ 12.000.000,00 R$ 12.000.000,00 R$ 12.000.000,00 R$ - Depreciação incremental L.A.J.I.R. Impostos R$ - -R$ -R$ 21.880.000,00 R$ R$ - -R$ 3.000.000,00-R$ 6.200.000,00 R$ 2.108.000,00-R$ 3.000.000,00 -R$ 6.200.000,00 R$ 2.108.000,00 -R$ 3.000.000,00 -R$ 6.200.000,00 R$ 2.108.000,00 -R$ 3.000.000,00 9.200.000,00 3.128.000,00 R$ R$ 10.640.000,00 R$ - Retorno da depreciação F.C.L. Financiamento R$ - R$ -R$ 21.880.000,00 R$ R$ 9.600.000,00 R$ 3.000.000,00 R$ 7.092.000,00 R$ - R$ 3.000.000,00 7.092.000,00 R$ R$ - R$ 3.000.000,00 R$ 7.092.000,00 R$ - R$ 3.000.000,00 9.072.000,00 R$ R$ 10.640.000,00 - R$ - Prestações pagas sobre o financiamento R$ - -R$ 2.112.000,00-R$ 1.996.800,00 -R$ 1.881.600,00 -R$ 7.526.400,00 Beneficios fiscais sobre os juros pagos R$ - R$ F.D.A. -R$ 12.280.000,00 R$ 391.680,00 R$ 5.371.680,00 R$ 352.512,00 R$ 5.447.712,00 R$ 313.344,00 R$ 5.523.744,00 R$ 274.176,00 R$ 1.819.776,00 R$ 10.640.000,00 3.000.000,00 R$ - - R$ - R$ -
  • 24. Avaliação econômica F.C.L. F.D.A. Calcular o V.P.L Calcular o V.P.L Calcular a T.I.R. Calcular a T.I.R.
  • 25. Avaliação econômica • O V.P.L. ou valor presente liquido é igual ao investimento mais os fluxos anuais corrigidos. ( o investimento entra negativo pois é uma saída de capital). A correção do F.C.L. ou F.D.A. é feita através da formula F./(1+i)^n • Então temos a tabela abaixo:
  • 26. Avaliação econômica do ponto de vista da empresa Tabela para o calculo do V.P.L. Anos F.C.L. Corr. = (1+i)^n Valor corrigido 0-R$ 21.880.000,00 R$ 7.092.000,00 R$ 1,20 R$ 5.910.000,00 2 R$ 7.092.000,00 R$ 1,44 R$ 4.925.000,00 3 R$ 7.092.000,00 R$ 1,73 R$ 4.104.166,67 4 R$ 19.712.000,00 R$ T.I.R. -R$ 21.880.000,00 1 R$ V.P.L. 1,00 2,07 R$ 9.506.172,84 R$ 2.565.339,51 4%
  • 27. Avaliação econômica do ponto de vista dos acionistas Tabela para o calculo do V.P.L. Anos F.D.A. Corr. = (1+i)^n Valor corrigido 0-R$ 12.280.000,00 R$ 5.371.680,00 R$ 1,25 R$ 4.297.344,00 2 R$ 5.447.712,00 R$ 1,56 R$ 3.486.535,68 3 R$ 5.523.744,00 R$ 1,95 R$ 2.828.156,93 4 R$ 12.459.776,00 R$ T.I.R. -R$ 12.280.000,00 1 R$ V.P.L. 1,00 2,44 R$ 5.103.524,25 R$ 3.435.560,86 10%
  • 28. Conclusão Analisando a tabela de verificação dos resultados ou F.C.L. • Através da analise desta tabela podemos verificar que ao final do período de comparação do projeto. Ainda restará uma divida referente a compra do equipamento. Solução sugerida • Como no final do projeto existe a liquidação do equipamento e com isso a entrada de um valor superior ao valor necessário para a quitação da maquina. Sugerimos que no final do 4º ano o financiamento seja totalmente quitado. Assim a compra do novo equipamento é viável • E analisando os cálculos do V.P.L. e da T.I.R., fica mais clara esta viabilidade, visto que o V.P.L. tanto no ponto de vista da empresa, quanto no ponto de vista dos acionistas foi positivo e a taxa interna de retorno para a impressa foi de 4%
  • 29. Rômulo Danilo da Silva 4° ano Engenharia de Produção - UNORP