SlideShare uma empresa Scribd logo
A expressão “órfãos das usinas” tem sido cada vez mais usada nas regiões canavieiras do país. Serve para
designar aqueles proprietários de terras que tinham contratos de arrendamento com as usinas e que, de uns
anos para cá, pela crise do setor sucroenergético, tiveram os contratos encerrados e têm de se haver com o
pedaço de terra.
Este é o caso do nosso Produtor Secreto. O contrato com a usina termina agora em dezembro. Como já
lidava com vacas de leite em parte da fazenda e contava com o básico em equipamentos e instalações, ele
optou por profissionalizar-se na pecuária leiteira. A rebrota do canavial lhe garante comida para as vacas na
próxima seca.
Em julho deste ano ele deu início, sob orientação de um técnico especializado, ao processo de formação de
um sistema intensivo de produção a pasto, que supõe pastejo rotacionado com alta lotação em pequena área.
Capítulo 2
Corrida de obstáculos
Vida dura a de pequeno
produtor
• Problemas surgem a todo momento.
A roda do trator quebrou e o serviço de
preparo do terreno para formação do
pasto foi interrompido. A usina de cana
entrou em recuperação judicial e não
deve honrar tão cedo os compromissos do
contrato. Os pagamentos mensais estão
atrasados desde janeiro de 2017 e, com
a recuperação, aquele dinheirinho que
ajudaria na formação da pastagem e demais
despesas do dia-a-dia ficou para Deus sabe
quando. Não bastasse todo o transtorno, o
produtor ainda tem de contratar advogado
para tentar receber.
4a
Visita
5/10/17
A revista Mundo do Leite e seus parceiros estão proporcionando assistência técnica
especializada a um produtor de leite com o propósito de mostrar que a atividade é
rentável quando gerida de forma profissional. Acompanhe o passo a passo deste
projeto pioneiro e inovador nas páginas da revista e no Portal DBO. Inspire-se!
Mas nem tudo foi notícia ruim
•	O vizinho mandou um funcionário com trator para terminar o serviço de
nivelamento no talhão de 1,6 hectare onde o pasto será formado - e não
cobrou nada por isso.
•	O dinheiro para comprar a semente e o adubo veio da venda de uma
novilha anelorada que estava no rebanho, sem serventia para os planos
de profissionalização do produtor.
• O produtor fez todo o preparo
do solo, esperando o início das
chuvas para semear o terreno e
ver brotar do chão o capim que
é a base sobre a qual o sistema
se constrói. Primeiro, a comida
para as vacas.
FotosSérgiodeOliveira
5a
Visita
7/11/17
•	Como sempre, encontramos o almoço à nossa espera e um monte de assuntopara conversar.
• Algumas novilhas pariram e a produção diária de leite voltou a subir, depois deum declínio entre agosto e setembro. Em outubro, a produção foi de 1.826 litros,ou 58,9 litros/dia. Com alguma suplementação, duas ou três novilhas exibem bompotencial de produção.
• Morreu uma bezerrinha de poucos dias sem que apresentasse nenhum sintomade doença até cair fulminada por não se sabe o quê.
PatrocínioRealização Apoio
• Esta era a imagem mais
expressiva daquele dia: o
mombaçinha começando
a brotar. A chuva não
tinha dado as caras com a
frequência desejada, mas
o tempo encoberto dava
esperanças ao produtor.
Recomendações do técnico:
•	Passar herbicida para folhas largas para combater a emergência de pragas no pasto.
•	Replantar alguns trechos que eventualmente não apresentem boa formação.
•	Preparar estacas para marcar as divisões dos piquetes na visita de dezembro.
•	Verificar se já estão disponíveis os reagentes para os exames de brucelose e
tuberculose e realizá-los.
Recomendações do técnico:
•	Passar herbicida para folhas largas para combater a emergência de pragas no pasto.
•	Replantar alguns trechos que eventualmente não apresentem boa formação.
•	Preparar estacas para marcar as divisões dos piquetes na visita de dezembro.
•	Verificar se já estão disponíveis os reagentes para os exames de brucelose e
tuberculose e realizá-los.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Daniel de Oliveira - Colinas do Sul
Daniel de Oliveira - Colinas do SulDaniel de Oliveira - Colinas do Sul
Daniel de Oliveira - Colinas do Sul
cerradounb
 
Uso de silagem de colostro para bezerras: vantagem ou desvantagem?
Uso de silagem de colostro para bezerras: vantagem ou desvantagem?Uso de silagem de colostro para bezerras: vantagem ou desvantagem?
Uso de silagem de colostro para bezerras: vantagem ou desvantagem?
Rural Pecuária
 
AdubaçãO De Pastagens
AdubaçãO De PastagensAdubaçãO De Pastagens
AdubaçãO De Pastagens
João Alberto Teló
 
Produtor Secreto - Revista Mundo do Leite
Produtor Secreto - Revista Mundo do LeiteProdutor Secreto - Revista Mundo do Leite
Produtor Secreto - Revista Mundo do Leite
Tiago de Jesus Costa
 
Projeto ILP Faz Nova Santo Ângelo - Nelore Zan
Projeto ILP Faz Nova Santo Ângelo - Nelore ZanProjeto ILP Faz Nova Santo Ângelo - Nelore Zan
Projeto ILP Faz Nova Santo Ângelo - Nelore Zan
Sofia Z. Aranha
 
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem
AgroTalento
 
Parecer técnico suinocultura
Parecer técnico suinoculturaParecer técnico suinocultura
Parecer técnico suinocultura
Rogger Wins
 
Fazenda Kirei - Ao gosto do Freguês
Fazenda Kirei - Ao gosto do FreguêsFazenda Kirei - Ao gosto do Freguês
Fazenda Kirei - Ao gosto do Freguês
Fundacao Chapadao
 
[Palestra] Flávio Araújo Estratégias para melhorar o resultado da cria - Fóru...
[Palestra] Flávio Araújo Estratégias para melhorar o resultado da cria - Fóru...[Palestra] Flávio Araújo Estratégias para melhorar o resultado da cria - Fóru...
[Palestra] Flávio Araújo Estratégias para melhorar o resultado da cria - Fóru...
AgroTalento
 
Prg aula 2 pragas de pastagens
 Prg aula 2 pragas de pastagens Prg aula 2 pragas de pastagens
Prg aula 2 pragas de pastagens
Carol Castro
 
Nucleo Connan Cana_Faz. 3 corações
Nucleo Connan Cana_Faz. 3 coraçõesNucleo Connan Cana_Faz. 3 corações
Nucleo Connan Cana_Faz. 3 corações
BeefPoint
 
Vaca mecanica
Vaca mecanicaVaca mecanica
02 marcelo-pimenta-workshop-cria-beefpoint 2012
02 marcelo-pimenta-workshop-cria-beefpoint 201202 marcelo-pimenta-workshop-cria-beefpoint 2012
02 marcelo-pimenta-workshop-cria-beefpoint 2012
AgroTalento
 
Parecer técnico suinocultura
Parecer técnico suinoculturaParecer técnico suinocultura
Parecer técnico suinocultura
Rogger Wins
 
Abc da agricultura como instalar colmeias
Abc da agricultura como instalar colmeiasAbc da agricultura como instalar colmeias
Abc da agricultura como instalar colmeias
Lenildo Araujo
 
120711 07-wbeef-sust-mário-wolf
120711 07-wbeef-sust-mário-wolf120711 07-wbeef-sust-mário-wolf
120711 07-wbeef-sust-mário-wolf
AgroTalento
 
[BeefSummit Brasil] Patricia Pimpão: Fazenda Santa Bárbara: o desafio de tor...
[BeefSummit Brasil] Patricia Pimpão:  Fazenda Santa Bárbara: o desafio de tor...[BeefSummit Brasil] Patricia Pimpão:  Fazenda Santa Bárbara: o desafio de tor...
[BeefSummit Brasil] Patricia Pimpão: Fazenda Santa Bárbara: o desafio de tor...
AgroTalento
 
05 workshop beenf point ilp neimar
05 workshop beenf point ilp neimar05 workshop beenf point ilp neimar
05 workshop beenf point ilp neimar
AgroTalento
 
Seminário Café Palestra Educampo Controle de Fazendas de Café - 2011
Seminário Café Palestra Educampo Controle de Fazendas de Café - 2011Seminário Café Palestra Educampo Controle de Fazendas de Café - 2011
Seminário Café Palestra Educampo Controle de Fazendas de Café - 2011
Revista Cafeicultura
 

Mais procurados (19)

Daniel de Oliveira - Colinas do Sul
Daniel de Oliveira - Colinas do SulDaniel de Oliveira - Colinas do Sul
Daniel de Oliveira - Colinas do Sul
 
Uso de silagem de colostro para bezerras: vantagem ou desvantagem?
Uso de silagem de colostro para bezerras: vantagem ou desvantagem?Uso de silagem de colostro para bezerras: vantagem ou desvantagem?
Uso de silagem de colostro para bezerras: vantagem ou desvantagem?
 
AdubaçãO De Pastagens
AdubaçãO De PastagensAdubaçãO De Pastagens
AdubaçãO De Pastagens
 
Produtor Secreto - Revista Mundo do Leite
Produtor Secreto - Revista Mundo do LeiteProdutor Secreto - Revista Mundo do Leite
Produtor Secreto - Revista Mundo do Leite
 
Projeto ILP Faz Nova Santo Ângelo - Nelore Zan
Projeto ILP Faz Nova Santo Ângelo - Nelore ZanProjeto ILP Faz Nova Santo Ângelo - Nelore Zan
Projeto ILP Faz Nova Santo Ângelo - Nelore Zan
 
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem
[Palestra] Armindo Kichel: Degradação e Recuperação de Pastagem
 
Parecer técnico suinocultura
Parecer técnico suinoculturaParecer técnico suinocultura
Parecer técnico suinocultura
 
Fazenda Kirei - Ao gosto do Freguês
Fazenda Kirei - Ao gosto do FreguêsFazenda Kirei - Ao gosto do Freguês
Fazenda Kirei - Ao gosto do Freguês
 
[Palestra] Flávio Araújo Estratégias para melhorar o resultado da cria - Fóru...
[Palestra] Flávio Araújo Estratégias para melhorar o resultado da cria - Fóru...[Palestra] Flávio Araújo Estratégias para melhorar o resultado da cria - Fóru...
[Palestra] Flávio Araújo Estratégias para melhorar o resultado da cria - Fóru...
 
Prg aula 2 pragas de pastagens
 Prg aula 2 pragas de pastagens Prg aula 2 pragas de pastagens
Prg aula 2 pragas de pastagens
 
Nucleo Connan Cana_Faz. 3 corações
Nucleo Connan Cana_Faz. 3 coraçõesNucleo Connan Cana_Faz. 3 corações
Nucleo Connan Cana_Faz. 3 corações
 
Vaca mecanica
Vaca mecanicaVaca mecanica
Vaca mecanica
 
02 marcelo-pimenta-workshop-cria-beefpoint 2012
02 marcelo-pimenta-workshop-cria-beefpoint 201202 marcelo-pimenta-workshop-cria-beefpoint 2012
02 marcelo-pimenta-workshop-cria-beefpoint 2012
 
Parecer técnico suinocultura
Parecer técnico suinoculturaParecer técnico suinocultura
Parecer técnico suinocultura
 
Abc da agricultura como instalar colmeias
Abc da agricultura como instalar colmeiasAbc da agricultura como instalar colmeias
Abc da agricultura como instalar colmeias
 
120711 07-wbeef-sust-mário-wolf
120711 07-wbeef-sust-mário-wolf120711 07-wbeef-sust-mário-wolf
120711 07-wbeef-sust-mário-wolf
 
[BeefSummit Brasil] Patricia Pimpão: Fazenda Santa Bárbara: o desafio de tor...
[BeefSummit Brasil] Patricia Pimpão:  Fazenda Santa Bárbara: o desafio de tor...[BeefSummit Brasil] Patricia Pimpão:  Fazenda Santa Bárbara: o desafio de tor...
[BeefSummit Brasil] Patricia Pimpão: Fazenda Santa Bárbara: o desafio de tor...
 
05 workshop beenf point ilp neimar
05 workshop beenf point ilp neimar05 workshop beenf point ilp neimar
05 workshop beenf point ilp neimar
 
Seminário Café Palestra Educampo Controle de Fazendas de Café - 2011
Seminário Café Palestra Educampo Controle de Fazendas de Café - 2011Seminário Café Palestra Educampo Controle de Fazendas de Café - 2011
Seminário Café Palestra Educampo Controle de Fazendas de Café - 2011
 

Semelhante a Produtor Secreto - Revista Mundo do Leite

Manual de Boas Práticas de Produção de Pataqueira
Manual de Boas Práticas de Produção de PataqueiraManual de Boas Práticas de Produção de Pataqueira
Manual de Boas Práticas de Produção de Pataqueira
naturacampus
 
Pg 34
Pg 34Pg 34
revista cana online de julho 2015/anntonio inacio ferraz
revista cana online de julho 2015/anntonio inacio ferrazrevista cana online de julho 2015/anntonio inacio ferraz
revista cana online de julho 2015/anntonio inacio ferraz
ANTONIO INACIO FERRAZ
 
[Palestra] Cássio Rodrigues: Alternativas utilizadas para melhorar o resultad...
[Palestra] Cássio Rodrigues: Alternativas utilizadas para melhorar o resultad...[Palestra] Cássio Rodrigues: Alternativas utilizadas para melhorar o resultad...
[Palestra] Cássio Rodrigues: Alternativas utilizadas para melhorar o resultad...
AgroTalento
 
Seca
SecaSeca
Seca
SecaSeca
Seca para o nordeste
Seca para o nordesteSeca para o nordeste
Seca para o nordeste
Francisco Helio
 
Abc da agricultura alimentação das criações na seca 2
Abc da agricultura alimentação das criações na seca 2Abc da agricultura alimentação das criações na seca 2
Abc da agricultura alimentação das criações na seca 2
Lenildo Araujo
 
Muito alem da ilp
Muito alem da ilpMuito alem da ilp
Muito alem da ilp
Renato Villela
 

Semelhante a Produtor Secreto - Revista Mundo do Leite (9)

Manual de Boas Práticas de Produção de Pataqueira
Manual de Boas Práticas de Produção de PataqueiraManual de Boas Práticas de Produção de Pataqueira
Manual de Boas Práticas de Produção de Pataqueira
 
Pg 34
Pg 34Pg 34
Pg 34
 
revista cana online de julho 2015/anntonio inacio ferraz
revista cana online de julho 2015/anntonio inacio ferrazrevista cana online de julho 2015/anntonio inacio ferraz
revista cana online de julho 2015/anntonio inacio ferraz
 
[Palestra] Cássio Rodrigues: Alternativas utilizadas para melhorar o resultad...
[Palestra] Cássio Rodrigues: Alternativas utilizadas para melhorar o resultad...[Palestra] Cássio Rodrigues: Alternativas utilizadas para melhorar o resultad...
[Palestra] Cássio Rodrigues: Alternativas utilizadas para melhorar o resultad...
 
Seca
SecaSeca
Seca
 
Seca
SecaSeca
Seca
 
Seca para o nordeste
Seca para o nordesteSeca para o nordeste
Seca para o nordeste
 
Abc da agricultura alimentação das criações na seca 2
Abc da agricultura alimentação das criações na seca 2Abc da agricultura alimentação das criações na seca 2
Abc da agricultura alimentação das criações na seca 2
 
Muito alem da ilp
Muito alem da ilpMuito alem da ilp
Muito alem da ilp
 

Mais de Tiago de Jesus Costa

Produtor Secreto - Revista Mundo do Leite
Produtor Secreto - Revista Mundo do LeiteProdutor Secreto - Revista Mundo do Leite
Produtor Secreto - Revista Mundo do Leite
Tiago de Jesus Costa
 
Produtor Secreto - Revista Mundo do Leite
Produtor Secreto - Revista Mundo do LeiteProdutor Secreto - Revista Mundo do Leite
Produtor Secreto - Revista Mundo do Leite
Tiago de Jesus Costa
 
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 6
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 6Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 6
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 6
Tiago de Jesus Costa
 
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 5
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 5Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 5
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 5
Tiago de Jesus Costa
 
FeedBack - Gestão / Na rota da produtividade
FeedBack - Gestão / Na rota da produtividadeFeedBack - Gestão / Na rota da produtividade
FeedBack - Gestão / Na rota da produtividade
Tiago de Jesus Costa
 
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 2
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 2Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 2
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 2
Tiago de Jesus Costa
 
Suplementação estratégica na transição águas-secas
Suplementação estratégica na transição águas-secasSuplementação estratégica na transição águas-secas
Suplementação estratégica na transição águas-secas
Tiago de Jesus Costa
 
Suplementação proteica no período das águas
Suplementação proteica no período das águas Suplementação proteica no período das águas
Suplementação proteica no período das águas
Tiago de Jesus Costa
 

Mais de Tiago de Jesus Costa (8)

Produtor Secreto - Revista Mundo do Leite
Produtor Secreto - Revista Mundo do LeiteProdutor Secreto - Revista Mundo do Leite
Produtor Secreto - Revista Mundo do Leite
 
Produtor Secreto - Revista Mundo do Leite
Produtor Secreto - Revista Mundo do LeiteProdutor Secreto - Revista Mundo do Leite
Produtor Secreto - Revista Mundo do Leite
 
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 6
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 6Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 6
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 6
 
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 5
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 5Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 5
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 5
 
FeedBack - Gestão / Na rota da produtividade
FeedBack - Gestão / Na rota da produtividadeFeedBack - Gestão / Na rota da produtividade
FeedBack - Gestão / Na rota da produtividade
 
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 2
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 2Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 2
Vitrine Tecnológica DBO - Capítulo 2
 
Suplementação estratégica na transição águas-secas
Suplementação estratégica na transição águas-secasSuplementação estratégica na transição águas-secas
Suplementação estratégica na transição águas-secas
 
Suplementação proteica no período das águas
Suplementação proteica no período das águas Suplementação proteica no período das águas
Suplementação proteica no período das águas
 

Último

O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 

Último (20)

O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 

Produtor Secreto - Revista Mundo do Leite

  • 1. A expressão “órfãos das usinas” tem sido cada vez mais usada nas regiões canavieiras do país. Serve para designar aqueles proprietários de terras que tinham contratos de arrendamento com as usinas e que, de uns anos para cá, pela crise do setor sucroenergético, tiveram os contratos encerrados e têm de se haver com o pedaço de terra. Este é o caso do nosso Produtor Secreto. O contrato com a usina termina agora em dezembro. Como já lidava com vacas de leite em parte da fazenda e contava com o básico em equipamentos e instalações, ele optou por profissionalizar-se na pecuária leiteira. A rebrota do canavial lhe garante comida para as vacas na próxima seca. Em julho deste ano ele deu início, sob orientação de um técnico especializado, ao processo de formação de um sistema intensivo de produção a pasto, que supõe pastejo rotacionado com alta lotação em pequena área. Capítulo 2 Corrida de obstáculos Vida dura a de pequeno produtor • Problemas surgem a todo momento. A roda do trator quebrou e o serviço de preparo do terreno para formação do pasto foi interrompido. A usina de cana entrou em recuperação judicial e não deve honrar tão cedo os compromissos do contrato. Os pagamentos mensais estão atrasados desde janeiro de 2017 e, com a recuperação, aquele dinheirinho que ajudaria na formação da pastagem e demais despesas do dia-a-dia ficou para Deus sabe quando. Não bastasse todo o transtorno, o produtor ainda tem de contratar advogado para tentar receber. 4a Visita 5/10/17 A revista Mundo do Leite e seus parceiros estão proporcionando assistência técnica especializada a um produtor de leite com o propósito de mostrar que a atividade é rentável quando gerida de forma profissional. Acompanhe o passo a passo deste projeto pioneiro e inovador nas páginas da revista e no Portal DBO. Inspire-se! Mas nem tudo foi notícia ruim • O vizinho mandou um funcionário com trator para terminar o serviço de nivelamento no talhão de 1,6 hectare onde o pasto será formado - e não cobrou nada por isso. • O dinheiro para comprar a semente e o adubo veio da venda de uma novilha anelorada que estava no rebanho, sem serventia para os planos de profissionalização do produtor. • O produtor fez todo o preparo do solo, esperando o início das chuvas para semear o terreno e ver brotar do chão o capim que é a base sobre a qual o sistema se constrói. Primeiro, a comida para as vacas. FotosSérgiodeOliveira
  • 2. 5a Visita 7/11/17 • Como sempre, encontramos o almoço à nossa espera e um monte de assuntopara conversar. • Algumas novilhas pariram e a produção diária de leite voltou a subir, depois deum declínio entre agosto e setembro. Em outubro, a produção foi de 1.826 litros,ou 58,9 litros/dia. Com alguma suplementação, duas ou três novilhas exibem bompotencial de produção. • Morreu uma bezerrinha de poucos dias sem que apresentasse nenhum sintomade doença até cair fulminada por não se sabe o quê. PatrocínioRealização Apoio • Esta era a imagem mais expressiva daquele dia: o mombaçinha começando a brotar. A chuva não tinha dado as caras com a frequência desejada, mas o tempo encoberto dava esperanças ao produtor. Recomendações do técnico: • Passar herbicida para folhas largas para combater a emergência de pragas no pasto. • Replantar alguns trechos que eventualmente não apresentem boa formação. • Preparar estacas para marcar as divisões dos piquetes na visita de dezembro. • Verificar se já estão disponíveis os reagentes para os exames de brucelose e tuberculose e realizá-los. Recomendações do técnico: • Passar herbicida para folhas largas para combater a emergência de pragas no pasto. • Replantar alguns trechos que eventualmente não apresentem boa formação. • Preparar estacas para marcar as divisões dos piquetes na visita de dezembro. • Verificar se já estão disponíveis os reagentes para os exames de brucelose e tuberculose e realizá-los.