SlideShare uma empresa Scribd logo
Processo de independência do brasil
Processo de independência do brasil
Processo de independência do brasil
Contexto europeu:
Guerras Napoleônicas /Bloqueio Continental
 Medidas econômicas
* Abertura dos portos às nações amigas (1808)
* (1808) Revogação do Alvará de 1785, concedendo
Liberdade Industrial
* Tratados de 1810: Aliança e Amizade e Comércio e
Navegação
Tratado de Aliança e amizade
 Proibição da atuação do Santo Ofício no Brasil
(inquisição) – Liberdade Religiosa
 Lenta diminuição da escravidão
no Brasil
 Cidadão ingleses são julgados por leis
inglesas, em tribunais ingleses.
Tratado de Comércio e Navegação
 Diminuição das tarifas Alfandegárias
inglesas para 15%
 Medidas administrativas
● criação de uma máquina administrativa
(Estado):Conselho de Estado, Ministérios,
Tribunais, Intendência Geral de Polícia, Arsenal e
Escola da Marinha – A Inversão Brasileira
● criação do Banco do Brasil e da Casa da Moeda
● Imprensa Régia
Medidas culturais
– criação de cursos superiores (Escolas de Medicina da
Bahia e do Rio de Janeiro)
– criação da Biblioteca Real
– criação do Real Teatro de S. João e do Jardim Botânico
– Missão francesa e Escola Real de Ciências, Artes e
Ofícios (1816)
–
Obras de Jean Baptiste
Debret, o principal
nome da Missão
Francesa.
Política externa
– 1808-1817: invasão da Guiana Francesa
– 1817: invasão da Cisplatina (território
espanhol)
Tropas deixam o Rio de Janeiro
em direção à Cisplatina
1815: O Congresso de Viena não aceita o
governo de D. João VI no Brasil como sendo
válido.
O Brasil é elevado a Reino Unido a
Portugal e Algarves
A Revolução do Porto (1820)
• Revolução comandada pela burguesia
comercial portuguesa
• Características: liberal para Portugal e
retrógrada para o Brasil
• Pressionado pelas Cortes portuguesas, Dom João VI
retorna à Portugal
• Príncipe D. Pedro fica no Brasil como Regente
• Portugal: tentativas de recolonização
– Constituinte
• Brasil: resistências
– Cumpra-se
– Dia do Fico
• Aliança entre elite rural brasileira e D. Pedro
• Independência conservadora em 1822
– monarquia como regime de governo
– manutenção da escravidão
– liberdade? Somente no comércio
Crise do Antigo Regime ao longo do século XVIII
• Iluminismo: XVIII
– ideal do Contrato Social
• Revolução Francesa: 1789
– ideais de liberdade
• Revolução Industrial: 1760
– burguesia industrial desejosa de liberdade comercial
• Independência dos Estados Unidos da América
– exemplo para outras regiões da América

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A transferência da corte portuguesa para o Brasil
A transferência da corte portuguesa para o BrasilA transferência da corte portuguesa para o Brasil
A transferência da corte portuguesa para o Brasil
Edenilson Morais
 
Revolução liberal de 1820
Revolução liberal de 1820Revolução liberal de 1820
Revolução liberal de 1820
Inês Marques
 
Revolução liberal portuguesa
Revolução liberal portuguesaRevolução liberal portuguesa
Revolução liberal portuguesa
JennyIII
 
Período Joanino
Período JoaninoPeríodo Joanino
Período Joanino
Wellersonln
 
A revolução do porto
A revolução do portoA revolução do porto
A revolução do porto
Nelia Salles Nantes
 
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
Marco Aurélio Gondim
 
A revolução liberal e a independência do brasil
A revolução liberal e a independência do brasilA revolução liberal e a independência do brasil
A revolução liberal e a independência do brasil
helenasoares
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
Janayna Lira
 
Revolução de 1820
Revolução de 1820Revolução de 1820
Revolução de 1820
Carla Freitas
 
Revliberal1820
Revliberal1820Revliberal1820
Revliberal1820
José Lopes
 
A revolução liberal de 1820
A revolução liberal de 1820A revolução liberal de 1820
A revolução liberal de 1820
joanacunha9406
 
Brasil período joanino e independência pdf
Brasil período joanino e independência pdfBrasil período joanino e independência pdf
Brasil período joanino e independência pdf
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
A revolução liberal portuguesa aula2 (1)
A revolução liberal portuguesa aula2 (1)A revolução liberal portuguesa aula2 (1)
A revolução liberal portuguesa aula2 (1)
Ligia Eiras
 
Revolução Liberal de 1820
Revolução Liberal de 1820Revolução Liberal de 1820
Revolução Liberal de 1820
ricardup
 
Brasil surge um país
Brasil   surge um paísBrasil   surge um país
Brasil surge um país
Lídia Barreto
 
Revolução liberal do Porto - Altair Aguilar.
Revolução liberal do Porto -  Altair Aguilar.Revolução liberal do Porto -  Altair Aguilar.
Revolução liberal do Porto - Altair Aguilar.
Altair Moisés Aguilar
 
O período joanino 1
O período joanino   1O período joanino   1
O período joanino 1
felipe_paes
 
1820 E O Liberalismo
1820 E O Liberalismo1820 E O Liberalismo
1820 E O Liberalismo
Projecto Alunos Inovadores
 
A revolução liberal de 1820
A revolução liberal de 1820A revolução liberal de 1820
A revolução liberal de 1820
António Teixeira
 
A RevoluçãO Liberal De 1820
A RevoluçãO Liberal De 1820A RevoluçãO Liberal De 1820
A RevoluçãO Liberal De 1820
jdlimaaear
 

Mais procurados (20)

A transferência da corte portuguesa para o Brasil
A transferência da corte portuguesa para o BrasilA transferência da corte portuguesa para o Brasil
A transferência da corte portuguesa para o Brasil
 
Revolução liberal de 1820
Revolução liberal de 1820Revolução liberal de 1820
Revolução liberal de 1820
 
Revolução liberal portuguesa
Revolução liberal portuguesaRevolução liberal portuguesa
Revolução liberal portuguesa
 
Período Joanino
Período JoaninoPeríodo Joanino
Período Joanino
 
A revolução do porto
A revolução do portoA revolução do porto
A revolução do porto
 
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
História do Brasil - Período Joanino - Período Monárquico [www.gondim.net]
 
A revolução liberal e a independência do brasil
A revolução liberal e a independência do brasilA revolução liberal e a independência do brasil
A revolução liberal e a independência do brasil
 
Historiando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olharesHistoriando sob diversos olhares
Historiando sob diversos olhares
 
Revolução de 1820
Revolução de 1820Revolução de 1820
Revolução de 1820
 
Revliberal1820
Revliberal1820Revliberal1820
Revliberal1820
 
A revolução liberal de 1820
A revolução liberal de 1820A revolução liberal de 1820
A revolução liberal de 1820
 
Brasil período joanino e independência pdf
Brasil período joanino e independência pdfBrasil período joanino e independência pdf
Brasil período joanino e independência pdf
 
A revolução liberal portuguesa aula2 (1)
A revolução liberal portuguesa aula2 (1)A revolução liberal portuguesa aula2 (1)
A revolução liberal portuguesa aula2 (1)
 
Revolução Liberal de 1820
Revolução Liberal de 1820Revolução Liberal de 1820
Revolução Liberal de 1820
 
Brasil surge um país
Brasil   surge um paísBrasil   surge um país
Brasil surge um país
 
Revolução liberal do Porto - Altair Aguilar.
Revolução liberal do Porto -  Altair Aguilar.Revolução liberal do Porto -  Altair Aguilar.
Revolução liberal do Porto - Altair Aguilar.
 
O período joanino 1
O período joanino   1O período joanino   1
O período joanino 1
 
1820 E O Liberalismo
1820 E O Liberalismo1820 E O Liberalismo
1820 E O Liberalismo
 
A revolução liberal de 1820
A revolução liberal de 1820A revolução liberal de 1820
A revolução liberal de 1820
 
A RevoluçãO Liberal De 1820
A RevoluçãO Liberal De 1820A RevoluçãO Liberal De 1820
A RevoluçãO Liberal De 1820
 

Destaque

Brasil colnia 2
Brasil colnia 2 Brasil colnia 2
Brasil colnia 2
Marcelo Ferreira Boia
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
Norma Almeida
 
Estrangeirados
EstrangeiradosEstrangeirados
Estrangeirados
historiasampaio
 
Iluminismo
Iluminismo Iluminismo
Iluminismo
Susana Simões
 
A vinda da familia real e a independência do brasil
A vinda da familia real e a independência do brasilA vinda da familia real e a independência do brasil
A vinda da familia real e a independência do brasil
Janayna Lira
 
F3 a cultura e o iluminismo em portugal
F3 a cultura e o iluminismo em portugalF3 a cultura e o iluminismo em portugal
F3 a cultura e o iluminismo em portugal
Vítor Santos
 
Família Real no Brasil, Independência e Primeiro Reinado
Família Real no Brasil, Independência e Primeiro ReinadoFamília Real no Brasil, Independência e Primeiro Reinado
Família Real no Brasil, Independência e Primeiro Reinado
Valéria Shoujofan
 
Ficha de trabalho nº 1
Ficha de trabalho nº 1Ficha de trabalho nº 1
Ficha de trabalho nº 1
Carla Teixeira
 
O Processo de Independência do Brasil
O Processo de Independência do BrasilO Processo de Independência do Brasil
O Processo de Independência do Brasil
Felipe de Souza
 

Destaque (10)

Brasil colnia 2
Brasil colnia 2 Brasil colnia 2
Brasil colnia 2
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Estrangeirados
EstrangeiradosEstrangeirados
Estrangeirados
 
Iluminismo
Iluminismo Iluminismo
Iluminismo
 
A vinda da familia real e a independência do brasil
A vinda da familia real e a independência do brasilA vinda da familia real e a independência do brasil
A vinda da familia real e a independência do brasil
 
F3 a cultura e o iluminismo em portugal
F3 a cultura e o iluminismo em portugalF3 a cultura e o iluminismo em portugal
F3 a cultura e o iluminismo em portugal
 
Família Real no Brasil, Independência e Primeiro Reinado
Família Real no Brasil, Independência e Primeiro ReinadoFamília Real no Brasil, Independência e Primeiro Reinado
Família Real no Brasil, Independência e Primeiro Reinado
 
Ficha de trabalho nº 1
Ficha de trabalho nº 1Ficha de trabalho nº 1
Ficha de trabalho nº 1
 
O Processo de Independência do Brasil
O Processo de Independência do BrasilO Processo de Independência do Brasil
O Processo de Independência do Brasil
 

Semelhante a Processo de independência do brasil

Família real no brasil
Família real no brasilFamília real no brasil
Família real no brasil
harlissoncarvalho
 
3ano 2bi historia_pe1
3ano 2bi historia_pe13ano 2bi historia_pe1
3ano 2bi historia_pe1
takahico
 
Fluxograma Período Joanino
Fluxograma Período JoaninoFluxograma Período Joanino
Fluxograma Período Joanino
Glauciela Sobrinho
 
Resumo historia brasil_parte_ii (1)
Resumo historia brasil_parte_ii (1)Resumo historia brasil_parte_ii (1)
Resumo historia brasil_parte_ii (1)
Manaahmaninha12
 
Chegada da família Real no Brasil01.pptx
Chegada da família Real no Brasil01.pptxChegada da família Real no Brasil01.pptx
Chegada da família Real no Brasil01.pptx
Ricardo Diniz campos
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
Isabel Aguiar
 
O processo da independência
O processo da independênciaO processo da independência
O processo da independência
Eliphas Rodrigues
 
Processo de independência do brasil
Processo de independência do brasilProcesso de independência do brasil
Processo de independência do brasil
Carlos Teles de Menezes Junior
 
Processo de independência do Brasil
Processo de independência do BrasilProcesso de independência do Brasil
Processo de independência do Brasil
Ana Souza
 
A transferência da Família Real para o Brasil
A transferência da Família Real para o BrasilA transferência da Família Real para o Brasil
A transferência da Família Real para o Brasil
Isaquel Silva
 
CRISE SISTEMA COLONIAL 2° ANO.pptx
CRISE SISTEMA COLONIAL 2° ANO.pptxCRISE SISTEMA COLONIAL 2° ANO.pptx
CRISE SISTEMA COLONIAL 2° ANO.pptx
LutieleChaves
 
Vinda familia real para o brasil
Vinda familia real para o brasilVinda familia real para o brasil
Vinda familia real para o brasil
Welington Ernane Porfírio
 
Corte port independ
Corte port independCorte port independ
Corte port independ
Julia Selistre
 
Brasil colonia periodo_joanino_resumido
Brasil colonia periodo_joanino_resumidoBrasil colonia periodo_joanino_resumido
Brasil colonia periodo_joanino_resumido
Karla Fonseca
 
1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo
Carolina Tavares
 
Caminhos da independencia
Caminhos da independenciaCaminhos da independencia
Caminhos da independencia
Aline de Freitas
 
A independência do brasil
A independência do brasilA independência do brasil
A independência do brasil
Janayna Lira
 
Brasil Período Joanino
Brasil Período JoaninoBrasil Período Joanino
Brasil Período Joanino
dmflores21
 
brasiljoanino-indep1808-1822-150824010731-lva1-app6891.pdf
brasiljoanino-indep1808-1822-150824010731-lva1-app6891.pdfbrasiljoanino-indep1808-1822-150824010731-lva1-app6891.pdf
brasiljoanino-indep1808-1822-150824010731-lva1-app6891.pdf
HelderCastro22
 

Semelhante a Processo de independência do brasil (20)

Família real no brasil
Família real no brasilFamília real no brasil
Família real no brasil
 
3ano 2bi historia_pe1
3ano 2bi historia_pe13ano 2bi historia_pe1
3ano 2bi historia_pe1
 
Fluxograma Período Joanino
Fluxograma Período JoaninoFluxograma Período Joanino
Fluxograma Período Joanino
 
Resumo historia brasil_parte_ii (1)
Resumo historia brasil_parte_ii (1)Resumo historia brasil_parte_ii (1)
Resumo historia brasil_parte_ii (1)
 
Chegada da família Real no Brasil01.pptx
Chegada da família Real no Brasil01.pptxChegada da família Real no Brasil01.pptx
Chegada da família Real no Brasil01.pptx
 
Independência do brasil
Independência do brasilIndependência do brasil
Independência do brasil
 
O processo da independência
O processo da independênciaO processo da independência
O processo da independência
 
Processo de independência do brasil
Processo de independência do brasilProcesso de independência do brasil
Processo de independência do brasil
 
Processo de independência do Brasil
Processo de independência do BrasilProcesso de independência do Brasil
Processo de independência do Brasil
 
A transferência da Família Real para o Brasil
A transferência da Família Real para o BrasilA transferência da Família Real para o Brasil
A transferência da Família Real para o Brasil
 
CRISE SISTEMA COLONIAL 2° ANO.pptx
CRISE SISTEMA COLONIAL 2° ANO.pptxCRISE SISTEMA COLONIAL 2° ANO.pptx
CRISE SISTEMA COLONIAL 2° ANO.pptx
 
A Corte
A CorteA Corte
A Corte
 
Vinda familia real para o brasil
Vinda familia real para o brasilVinda familia real para o brasil
Vinda familia real para o brasil
 
Corte port independ
Corte port independCorte port independ
Corte port independ
 
Brasil colonia periodo_joanino_resumido
Brasil colonia periodo_joanino_resumidoBrasil colonia periodo_joanino_resumido
Brasil colonia periodo_joanino_resumido
 
1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo1820 e o liberalismo
1820 e o liberalismo
 
Caminhos da independencia
Caminhos da independenciaCaminhos da independencia
Caminhos da independencia
 
A independência do brasil
A independência do brasilA independência do brasil
A independência do brasil
 
Brasil Período Joanino
Brasil Período JoaninoBrasil Período Joanino
Brasil Período Joanino
 
brasiljoanino-indep1808-1822-150824010731-lva1-app6891.pdf
brasiljoanino-indep1808-1822-150824010731-lva1-app6891.pdfbrasiljoanino-indep1808-1822-150824010731-lva1-app6891.pdf
brasiljoanino-indep1808-1822-150824010731-lva1-app6891.pdf
 

Mais de Fernando Sergio Leão Castilho

Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
Fernando Sergio Leão Castilho
 
Atualidades crise europeia e neofascismo
Atualidades   crise europeia e neofascismoAtualidades   crise europeia e neofascismo
Atualidades crise europeia e neofascismo
Fernando Sergio Leão Castilho
 
Módulo 10 - Imperialismo e Neocolonialismo
Módulo 10 - Imperialismo e NeocolonialismoMódulo 10 - Imperialismo e Neocolonialismo
Módulo 10 - Imperialismo e Neocolonialismo
Fernando Sergio Leão Castilho
 
Colonização brasileira 'revisão 2014
Colonização brasileira 'revisão 2014Colonização brasileira 'revisão 2014
Colonização brasileira 'revisão 2014
Fernando Sergio Leão Castilho
 
Idade média ´revisão
Idade média ´revisãoIdade média ´revisão
Idade média ´revisão
Fernando Sergio Leão Castilho
 
Roma ´revisão
Roma ´revisãoRoma ´revisão
Grécia ´revisão
Grécia ´revisãoGrécia ´revisão
Grécia ´revisão
Fernando Sergio Leão Castilho
 
Recuperação semestral
Recuperação semestralRecuperação semestral
Recuperação semestral
Fernando Sergio Leão Castilho
 
Pré história 'revisão
Pré história 'revisãoPré história 'revisão
Pré história 'revisão
Fernando Sergio Leão Castilho
 
Revoluções liberais xix
Revoluções liberais xixRevoluções liberais xix
Revoluções liberais xix
Fernando Sergio Leão Castilho
 
Atualidades 2 oriente médio conflitos externos
Atualidades 2   oriente médio conflitos externosAtualidades 2   oriente médio conflitos externos
Atualidades 2 oriente médio conflitos externos
Fernando Sergio Leão Castilho
 
Descolonização afroasiática
Descolonização afroasiáticaDescolonização afroasiática
Descolonização afroasiática
Fernando Sergio Leão Castilho
 
Revolução chinesa
Revolução chinesaRevolução chinesa
Revolução chinesa
Fernando Sergio Leão Castilho
 
Leste europeu, CEI, Chechênia e Iugoslávia
Leste europeu, CEI, Chechênia e IugosláviaLeste europeu, CEI, Chechênia e Iugoslávia
Leste europeu, CEI, Chechênia e Iugoslávia
Fernando Sergio Leão Castilho
 
Leste europeu, CEI, Chechênia e Iugoslávia
Leste europeu, CEI, Chechênia e Iugoslávia Leste europeu, CEI, Chechênia e Iugoslávia
Leste europeu, CEI, Chechênia e Iugoslávia
Fernando Sergio Leão Castilho
 
Nova república
Nova repúblicaNova república
Oriente médio i conflitos internos
Oriente médio i   conflitos internosOriente médio i   conflitos internos
Oriente médio i conflitos internos
Fernando Sergio Leão Castilho
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Período napoleônico
Período napoleônicoPeríodo napoleônico
Período napoleônico
Fernando Sergio Leão Castilho
 

Mais de Fernando Sergio Leão Castilho (20)

Totalitarismo
TotalitarismoTotalitarismo
Totalitarismo
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
Atualidades crise europeia e neofascismo
Atualidades   crise europeia e neofascismoAtualidades   crise europeia e neofascismo
Atualidades crise europeia e neofascismo
 
Módulo 10 - Imperialismo e Neocolonialismo
Módulo 10 - Imperialismo e NeocolonialismoMódulo 10 - Imperialismo e Neocolonialismo
Módulo 10 - Imperialismo e Neocolonialismo
 
Colonização brasileira 'revisão 2014
Colonização brasileira 'revisão 2014Colonização brasileira 'revisão 2014
Colonização brasileira 'revisão 2014
 
Idade média ´revisão
Idade média ´revisãoIdade média ´revisão
Idade média ´revisão
 
Roma ´revisão
Roma ´revisãoRoma ´revisão
Roma ´revisão
 
Grécia ´revisão
Grécia ´revisãoGrécia ´revisão
Grécia ´revisão
 
Recuperação semestral
Recuperação semestralRecuperação semestral
Recuperação semestral
 
Pré história 'revisão
Pré história 'revisãoPré história 'revisão
Pré história 'revisão
 
Revoluções liberais xix
Revoluções liberais xixRevoluções liberais xix
Revoluções liberais xix
 
Atualidades 2 oriente médio conflitos externos
Atualidades 2   oriente médio conflitos externosAtualidades 2   oriente médio conflitos externos
Atualidades 2 oriente médio conflitos externos
 
Descolonização afroasiática
Descolonização afroasiáticaDescolonização afroasiática
Descolonização afroasiática
 
Revolução chinesa
Revolução chinesaRevolução chinesa
Revolução chinesa
 
Leste europeu, CEI, Chechênia e Iugoslávia
Leste europeu, CEI, Chechênia e IugosláviaLeste europeu, CEI, Chechênia e Iugoslávia
Leste europeu, CEI, Chechênia e Iugoslávia
 
Leste europeu, CEI, Chechênia e Iugoslávia
Leste europeu, CEI, Chechênia e Iugoslávia Leste europeu, CEI, Chechênia e Iugoslávia
Leste europeu, CEI, Chechênia e Iugoslávia
 
Nova república
Nova repúblicaNova república
Nova república
 
Oriente médio i conflitos internos
Oriente médio i   conflitos internosOriente médio i   conflitos internos
Oriente médio i conflitos internos
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
 
Período napoleônico
Período napoleônicoPeríodo napoleônico
Período napoleônico
 

Último

Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
Geagra UFG
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Manejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhasManejo de plantas daninhas
Manejo de plantas daninhas
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 

Processo de independência do brasil

  • 4. Contexto europeu: Guerras Napoleônicas /Bloqueio Continental  Medidas econômicas * Abertura dos portos às nações amigas (1808) * (1808) Revogação do Alvará de 1785, concedendo Liberdade Industrial * Tratados de 1810: Aliança e Amizade e Comércio e Navegação
  • 5. Tratado de Aliança e amizade  Proibição da atuação do Santo Ofício no Brasil (inquisição) – Liberdade Religiosa  Lenta diminuição da escravidão no Brasil  Cidadão ingleses são julgados por leis inglesas, em tribunais ingleses. Tratado de Comércio e Navegação  Diminuição das tarifas Alfandegárias inglesas para 15%
  • 6.  Medidas administrativas ● criação de uma máquina administrativa (Estado):Conselho de Estado, Ministérios, Tribunais, Intendência Geral de Polícia, Arsenal e Escola da Marinha – A Inversão Brasileira ● criação do Banco do Brasil e da Casa da Moeda ● Imprensa Régia
  • 7. Medidas culturais – criação de cursos superiores (Escolas de Medicina da Bahia e do Rio de Janeiro) – criação da Biblioteca Real – criação do Real Teatro de S. João e do Jardim Botânico – Missão francesa e Escola Real de Ciências, Artes e Ofícios (1816) –
  • 8. Obras de Jean Baptiste Debret, o principal nome da Missão Francesa.
  • 9. Política externa – 1808-1817: invasão da Guiana Francesa – 1817: invasão da Cisplatina (território espanhol) Tropas deixam o Rio de Janeiro em direção à Cisplatina
  • 10. 1815: O Congresso de Viena não aceita o governo de D. João VI no Brasil como sendo válido. O Brasil é elevado a Reino Unido a Portugal e Algarves A Revolução do Porto (1820) • Revolução comandada pela burguesia comercial portuguesa • Características: liberal para Portugal e retrógrada para o Brasil
  • 11. • Pressionado pelas Cortes portuguesas, Dom João VI retorna à Portugal • Príncipe D. Pedro fica no Brasil como Regente
  • 12. • Portugal: tentativas de recolonização – Constituinte • Brasil: resistências – Cumpra-se – Dia do Fico
  • 13. • Aliança entre elite rural brasileira e D. Pedro • Independência conservadora em 1822 – monarquia como regime de governo – manutenção da escravidão – liberdade? Somente no comércio
  • 14. Crise do Antigo Regime ao longo do século XVIII • Iluminismo: XVIII – ideal do Contrato Social • Revolução Francesa: 1789 – ideais de liberdade • Revolução Industrial: 1760 – burguesia industrial desejosa de liberdade comercial • Independência dos Estados Unidos da América – exemplo para outras regiões da América