SlideShare uma empresa Scribd logo
A crise e o Paradigma
Educacional Emergente

Ivanilde Apoluceno de Oliveira
Crise dos Paradigmas
Mudança de visão de mundo
conseqüência de uma insatisfação
dos
modelos
explicativos
existentes” (causados por fatores
internos, como o desenvolvimento
teórico-metodológico
numa
mesma teoria ou externos, as
mudanças na sociedade e na
cultura de uma época).
• Os acontecimentos atuais como a queda
do mundo de Berlim, o fracasso do
socialismo real, a intolerância étnica e as
contradições do capitalismo nos colocam
diante da crise dos paradigmas.
• Estamos saindo do século das
“certezas” para o das “dúvidas”,
problematiza-se a técnica e busca-se o
homem numa dimensão totalizante na
qual o ético e o poético estão incluídos.
A
influência
da
crise
dos
paradigmas no campo da educação
• Antigüidade - Gregos (IV a I AC)
– Sabedoria vinculada à filosofia e à
educação
– Exercício do pensar como produção do
conhecimento (filosofia - episteme)
– No processo de ensino a episteme se
contrapõe à doxa
– Relação entre saber e classe social. O
filósofo capaz de governar
Concepção de Educação
•Individual
•Formar intelectual e moralmente o
indivíduo (estrutura formal do
pensamento e memorização)
•Levar o indivíduo a aprender
• Modernidade:(XII a XIX - DC)
Renascimento à Modernidade - 1950

>

– força
da
consciência,
da
subjetividade
no
processo
de
construção do conhecimento e do
saber científico
– Busca de fundamentação do saber por
meio da exigência de uma rigorosidade
metodológica.
– A ciência e a técnica foram desenvolvidas
por
responderem
às
exigências
intelectuais, sociais e econômicas da
sociedade capitalista.
• A escola passa a ser o espaço
privilegiado
de
transmissão
e
difusão do conhecimento científico.
• a ciência o “sinônimo de "verdade"
e o saber científico adquire uma
conotação de "poder" em relação ao
saber popular.
• Os
intelectuais
modernos
(técnicos, especialistas) assumem a
função
social
de
produtores/transmissores
do
saber
científico.
• O sistema educacional capitalista
regido por essa lógica subjetivista
caracterizado
pela "diferenciação
especialização", pela divisão do saber e
classes e por sua dependência ao processo
produção.

é
e
e
de
de

• A escola torna-se um instrumento de
qualificação técnica para o mercado de
trabalho em seus diferentes níveis de acordo
com os interesses do Capital.
• A escola capitalista assume um caráter
individualista,
técnico
e
unilateral
separando a teoria da prática e a escola do
trabalho.
Concepção de Educação
– Escola: espaço de produção do saber científico
– Individual / metafísica
• Pedagogia Nova - Formação Cognitiva e
psicológica do aluno. Aprender a aprender
• Pedagogia Tecnicista - Formação técnica
para o mercado de trabalho. Aprender a
fazer
– Social/Dialética
• Pedagogias Progressistas - Formação
técnica e política comprometida com o
processo de transformação social. Levar o
aluno a pensar e agir no contexto social
Contemporâneo (XX/1950>)
• Ciência

– Crítica
à
racionalidade
científica
(objetividade) e ao domínio ideológico da
ciência
frente
às
outras
formas
de
manifestação do saber.
– Visão totalizante de ciência: pluralista e
multicultural
(diálogo com as
diversas
culturas)
– Ênfase ao “.espírito de síntese” na
investigação científica
– Pesquisadores vistos como os conectores, os
“sintetizadores” das diversas esferas do
saber ( científico, mítico, poético, senso
comum)
– Valorização do racional, do vivido, do
cotidiano e do imaginário social
– Ciência histórica, dialética e política
interligando
subjetividade
e
objetividade
– Renovação
metodológica
pelo
engajamento
da
comunidade
pesquisada e pela ênfase à análise de
abordagem qualitativa e do cotidiano
no processo de investigação
Concepção de Educação
– A dialogicidade como vínculo da
relação pedagógica
– A relativização do saber escolar com
a valorização da experiência de vida do
aluno e do cotidiano social e da escola
como
espaço
de
aquisição
do
conhecimento
– O ensino voltado à formação
humana no social, no real, na escola
como parte do real
– Desenvolvimento
integral
do
indivíduo:
racional,
ético,afetivo,
sensitivo, intuitivo e poético
– O Ensino como problematização da
realidade social
– Educação
como
processo
existencial-ético-político,
relacionando o individual e o social
– Educação centrada no sujeito coletivo
– Educação
numa
perspectiva
multidisciplinar,
multicultural,
ecológica e globalizada
– Escola de qualidade como equidade
(qualidade no processo visando a
igualdade
de
oportunidades
e
tratamento)
– Escola como sistema aberto com a
diversificação de espaços, processos e
metodologias e tecnologias educacionais
(redes
de
conhecimentos
e
de
informações)
Características da prática
pedagógica
• Ênfase na aprendizagem e não no
ensino.
• Aprendizagem
relacionada
ao
conhecimento,
significativa,
contextualizada e de conexões.
• Abordagem construcionista e não
instrucionista.
• Aprendizagem
contínua
e
dialógica.
• Aprendizagem
pautada
na
capacidade de auto-organização
e autonomia do educando.
• Aprendizagem de inteligências
múltiplas e de práxis
• Aprendizagem
do
autoconhecimento
e
reconhecimento do outro
Currículo Contemporâneo
• Base no princípio da auto-organização e
da interação sujeito-objeto (diferente do
currículo de enfoque instrucional).
• Inter-relacionado (gerado no processo de
reflexão e ação que ocorre no ato de
aprender e de interação com o meio
ambiente e a cultura)
• Interdisciplinar,
transversal
e
transdisciplinar
Características do Currículo
Disciplinar e Interdisciplinar
Disciplinaridade
Princípio
epistemológico
As diversas disciplinas
realizam
determinados
olhares a partir de
determinado
campo,
demarcado como campo
legítimo do saber

Interdisciplinaridade
Princípio
epistemológico
Observar sob variados
olhares disciplinares o
mesmo
fenômeno.
Interpretação
da
realidade tendo em vista
a
multiplicidade
de
leituras
Disciplinar
• A Referência é
o
conteúdo.
• Currículo fragmentado
e de conhecimentos
lineares
• Preocupação
com
questões científicas.
• Busca
informações
explicativas dos fatos.
• Olhar para o saber
científico
e
para
o
teórico, o abstrato, o
lógico
• Construção individual
do conhecimento

•
•
•

•

•

•

Interdisciplinar
A referência é o processo
de
construção
do
conhecimento
Currículo integrado e de
conhecimentos
convergentes
Preocupação com perguntas
existenciais e de sentido
para a vida humana.
Busca a compreensão e o
sentido dos fatos
no
cotidiano.
Olhar para a interação
entre
os
saberes
(intelectual e social),
o
cotidiano e a ação
Construção
coletiva
do
conhecimento
Desenho Curricular
Disciplinar

Interdisciplinar

Divisão saber científico
e saber do senso
comum

Relação saber científico e
saber do senso comum

Disciplina

Tema social
Desenho Curricular Transversal
Relação saber científico e senso comum
Desenho Curricular
Transdisciplinar
Relação entre os saberes

Abertura dos saberes
para
os
conhecimentos que
as atravessa e as
ultrapassam
Está ao mesmo
tempo
entre
as
disciplinas,
através
das
diferentes
disciplinas e além de
qualquer disciplina
Disciplinaridade
Metáfora da Árvore
Representação de uma
árvore,
cujas
raízes
devem estar fincadas em
solo e tronco sólidos,
que se ramifica em
galhos,
estendendo-se
aos
mais
diversos
aspectos da realidade
(GALLO, 2000).
Interdisciplinaridade
Metáfora da Tessitura
É elaborada a exemplo de
um tecido: «com um
sem-número
de
fios,
lenta e pacientemente
entrecruzados,
articulados, sucedendo-se
um ao outro, em um
movimento sincronizado,
fornecendo a forma, a
cor,
a
resistência
necessária, a beleza e a
funcionalidade
que
o
processo
de
sua
constituição
engendra»
(CASCINO,
2001,
p.
128).
Transversalidade
Metáfora da Rede
Uma das metáforas da
transversalidade é a
da rede, por ser
formada por múltiplos
fios
e
nós
de
interconexões
Transdisciplinaridade
Metáfora do Caleidoscópio
Saberes em
continuum
processo de
interação,
mobilização,
complementação
e construção
Currículo Contemporâneo
• Em ação
• Produto cultural (núcleo de relações
entre educação, poder, identidade
social e construção da subjetividade)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tendência Pedagógica
Tendência PedagógicaTendência Pedagógica
Paradigma emergente
Paradigma emergenteParadigma emergente
Paradigma emergente
Sirlene Rosa Santos
 
Tendências Pedagógicas da Educação Brasileira
Tendências Pedagógicas da Educação BrasileiraTendências Pedagógicas da Educação Brasileira
Tendências Pedagógicas da Educação Brasileira
Herbert Santana
 
Educação, paradigmas e tendências
Educação, paradigmas e tendênciasEducação, paradigmas e tendências
Educação, paradigmas e tendências
Eduardo Kerner
 
Tendências atuais para o ensino de ciências
Tendências atuais para o ensino de ciênciasTendências atuais para o ensino de ciências
Tendências atuais para o ensino de ciências
Binatto
 
Resumo do livro de paulo freire pedagogia da autonomia
Resumo do livro de paulo freire pedagogia da autonomiaResumo do livro de paulo freire pedagogia da autonomia
Resumo do livro de paulo freire pedagogia da autonomia
Joka Luiz
 
Abordagem Humanista
Abordagem HumanistaAbordagem Humanista
Abordagem Humanista
Ines Santos
 
PEDAGOGIA DO OPRIMIDO
PEDAGOGIA DO OPRIMIDOPEDAGOGIA DO OPRIMIDO
PEDAGOGIA DO OPRIMIDO
Suely Aymone
 
Teorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagemTeorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagem
zearalenona
 
Tendências pedagogicas parte i
Tendências pedagogicas   parte iTendências pedagogicas   parte i
Tendências pedagogicas parte i
appfoz
 
Tendências e correntes na educação brasileira
Tendências e correntes na educação brasileiraTendências e correntes na educação brasileira
Tendências e correntes na educação brasileira
richard_romancini
 
Palestra Sesi Metodologias Ativas
Palestra Sesi Metodologias AtivasPalestra Sesi Metodologias Ativas
Palestra Sesi Metodologias Ativas
Universidade Federal de Pernambuco
 
As concepções da aprendizagem
As concepções da aprendizagemAs concepções da aprendizagem
As concepções da aprendizagem
UNIME
 
Os sete saberes: Edgar Morin (síntese)
Os sete saberes: Edgar Morin (síntese) Os sete saberes: Edgar Morin (síntese)
Os sete saberes: Edgar Morin (síntese)
Sandra Cristina Santiago Freitas
 
O ensino de ciências e suas metodológias
O ensino de ciências e suas metodológiasO ensino de ciências e suas metodológias
O ensino de ciências e suas metodológias
Renato De Souza Abelha
 
Abordagens de ensino
Abordagens de ensinoAbordagens de ensino
Abordagens de ensino
ADRIANA BECKER
 
Curso de didática
Curso de didáticaCurso de didática
Curso de didática
Sebastião Gessy Fonseca
 
Pedagogia do oprimido
Pedagogia do oprimidoPedagogia do oprimido
Pedagogia do oprimido
Sunia Regina
 
O ensino de ciências por investigação
O ensino de ciências por investigaçãoO ensino de ciências por investigação
O ensino de ciências por investigação
Rosemary Batista
 
O professor reflexivo
O professor reflexivoO professor reflexivo
O professor reflexivo
Mauro Toniolo Silva
 

Mais procurados (20)

Tendência Pedagógica
Tendência PedagógicaTendência Pedagógica
Tendência Pedagógica
 
Paradigma emergente
Paradigma emergenteParadigma emergente
Paradigma emergente
 
Tendências Pedagógicas da Educação Brasileira
Tendências Pedagógicas da Educação BrasileiraTendências Pedagógicas da Educação Brasileira
Tendências Pedagógicas da Educação Brasileira
 
Educação, paradigmas e tendências
Educação, paradigmas e tendênciasEducação, paradigmas e tendências
Educação, paradigmas e tendências
 
Tendências atuais para o ensino de ciências
Tendências atuais para o ensino de ciênciasTendências atuais para o ensino de ciências
Tendências atuais para o ensino de ciências
 
Resumo do livro de paulo freire pedagogia da autonomia
Resumo do livro de paulo freire pedagogia da autonomiaResumo do livro de paulo freire pedagogia da autonomia
Resumo do livro de paulo freire pedagogia da autonomia
 
Abordagem Humanista
Abordagem HumanistaAbordagem Humanista
Abordagem Humanista
 
PEDAGOGIA DO OPRIMIDO
PEDAGOGIA DO OPRIMIDOPEDAGOGIA DO OPRIMIDO
PEDAGOGIA DO OPRIMIDO
 
Teorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagemTeorias de aprendizagem
Teorias de aprendizagem
 
Tendências pedagogicas parte i
Tendências pedagogicas   parte iTendências pedagogicas   parte i
Tendências pedagogicas parte i
 
Tendências e correntes na educação brasileira
Tendências e correntes na educação brasileiraTendências e correntes na educação brasileira
Tendências e correntes na educação brasileira
 
Palestra Sesi Metodologias Ativas
Palestra Sesi Metodologias AtivasPalestra Sesi Metodologias Ativas
Palestra Sesi Metodologias Ativas
 
As concepções da aprendizagem
As concepções da aprendizagemAs concepções da aprendizagem
As concepções da aprendizagem
 
Os sete saberes: Edgar Morin (síntese)
Os sete saberes: Edgar Morin (síntese) Os sete saberes: Edgar Morin (síntese)
Os sete saberes: Edgar Morin (síntese)
 
O ensino de ciências e suas metodológias
O ensino de ciências e suas metodológiasO ensino de ciências e suas metodológias
O ensino de ciências e suas metodológias
 
Abordagens de ensino
Abordagens de ensinoAbordagens de ensino
Abordagens de ensino
 
Curso de didática
Curso de didáticaCurso de didática
Curso de didática
 
Pedagogia do oprimido
Pedagogia do oprimidoPedagogia do oprimido
Pedagogia do oprimido
 
O ensino de ciências por investigação
O ensino de ciências por investigaçãoO ensino de ciências por investigação
O ensino de ciências por investigação
 
O professor reflexivo
O professor reflexivoO professor reflexivo
O professor reflexivo
 

Destaque

CaracteríSticas Do Antigo E Do Novo Paradigma Educacional
CaracteríSticas Do Antigo E Do Novo Paradigma EducacionalCaracteríSticas Do Antigo E Do Novo Paradigma Educacional
CaracteríSticas Do Antigo E Do Novo Paradigma Educacional
ntebrusque
 
Paulo freire
Paulo freire Paulo freire
Paulo freire
pibidsociais
 
Abordagem integrativo interdisciplinar
Abordagem integrativo interdisciplinarAbordagem integrativo interdisciplinar
Abordagem integrativo interdisciplinar
Andreia Pessôa de Oliveira
 
Educação, paradígmas e tendências
Educação, paradígmas e tendênciasEducação, paradígmas e tendências
Educação, paradígmas e tendências
Pedagogiasoft
 
Os Novos Desafios dos Governos
Os Novos Desafios dos GovernosOs Novos Desafios dos Governos
Os Novos Desafios dos Governos
Secretaria de Governo do Estado de São Paulo
 
Técnicas de Seleção: Psicodrama
Técnicas de Seleção: PsicodramaTécnicas de Seleção: Psicodrama
Técnicas de Seleção: Psicodrama
Josester Teixeira de Souza
 
Novo Paradigma Em EducaçãO
Novo Paradigma Em EducaçãONovo Paradigma Em EducaçãO
Novo Paradigma Em EducaçãO
guestbf0b0e
 
Formirovanieinformacionnoykul turyiuchitelyavprocesseinnovacionnoy
Formirovanieinformacionnoykul turyiuchitelyavprocesseinnovacionnoyFormirovanieinformacionnoykul turyiuchitelyavprocesseinnovacionnoy
Formirovanieinformacionnoykul turyiuchitelyavprocesseinnovacionnoyaskerhanov
 
Paradigmas Da Educação
Paradigmas Da EducaçãoParadigmas Da Educação
Paradigmas Da Educação
Tarcizio Cavalcante
 
Rogil 2
Rogil 2Rogil 2
Rogil 2
joanalarissa
 
Novos Paradgmas Na Educao 1212546388613942 9
Novos Paradgmas Na Educao 1212546388613942 9Novos Paradgmas Na Educao 1212546388613942 9
Novos Paradgmas Na Educao 1212546388613942 9
guest17a51
 
Encontro com o Futuro - Mudança de Paradigmas
Encontro com o Futuro - Mudança de ParadigmasEncontro com o Futuro - Mudança de Paradigmas
Encontro com o Futuro - Mudança de Paradigmas
Jorge Borges
 
O tecnófilo
O tecnófiloO tecnófilo
O tecnófilo
katia002
 
O vendedor de sonhos
O vendedor de sonhosO vendedor de sonhos
O vendedor de sonhos
Alessandro Camargo
 
Formação docente x tecnologias da educação novos paradigmas
Formação docente x tecnologias da educação novos paradigmasFormação docente x tecnologias da educação novos paradigmas
Formação docente x tecnologias da educação novos paradigmas
Rosemary Batista
 
180hub - Inovação x Educação
180hub - Inovação x Educação180hub - Inovação x Educação
180hub - Inovação x Educação
Guilherme Sarkis
 
Eixos estruturantes (fichas dinâmica)
Eixos estruturantes (fichas dinâmica)Eixos estruturantes (fichas dinâmica)
Eixos estruturantes (fichas dinâmica)
bbetocosta77
 
Reflexões sobre inovação, currículo, e alternativas para a organização curric...
Reflexões sobre inovação, currículo, e alternativas para a organização curric...Reflexões sobre inovação, currículo, e alternativas para a organização curric...
Reflexões sobre inovação, currículo, e alternativas para a organização curric...
Martha Prata-Linhares
 
Simulado 2
Simulado 2Simulado 2
Palestrante Tio Flávio
Palestrante Tio FlávioPalestrante Tio Flávio
Palestrante Tio Flávio
DMT Palestras
 

Destaque (20)

CaracteríSticas Do Antigo E Do Novo Paradigma Educacional
CaracteríSticas Do Antigo E Do Novo Paradigma EducacionalCaracteríSticas Do Antigo E Do Novo Paradigma Educacional
CaracteríSticas Do Antigo E Do Novo Paradigma Educacional
 
Paulo freire
Paulo freire Paulo freire
Paulo freire
 
Abordagem integrativo interdisciplinar
Abordagem integrativo interdisciplinarAbordagem integrativo interdisciplinar
Abordagem integrativo interdisciplinar
 
Educação, paradígmas e tendências
Educação, paradígmas e tendênciasEducação, paradígmas e tendências
Educação, paradígmas e tendências
 
Os Novos Desafios dos Governos
Os Novos Desafios dos GovernosOs Novos Desafios dos Governos
Os Novos Desafios dos Governos
 
Técnicas de Seleção: Psicodrama
Técnicas de Seleção: PsicodramaTécnicas de Seleção: Psicodrama
Técnicas de Seleção: Psicodrama
 
Novo Paradigma Em EducaçãO
Novo Paradigma Em EducaçãONovo Paradigma Em EducaçãO
Novo Paradigma Em EducaçãO
 
Formirovanieinformacionnoykul turyiuchitelyavprocesseinnovacionnoy
Formirovanieinformacionnoykul turyiuchitelyavprocesseinnovacionnoyFormirovanieinformacionnoykul turyiuchitelyavprocesseinnovacionnoy
Formirovanieinformacionnoykul turyiuchitelyavprocesseinnovacionnoy
 
Paradigmas Da Educação
Paradigmas Da EducaçãoParadigmas Da Educação
Paradigmas Da Educação
 
Rogil 2
Rogil 2Rogil 2
Rogil 2
 
Novos Paradgmas Na Educao 1212546388613942 9
Novos Paradgmas Na Educao 1212546388613942 9Novos Paradgmas Na Educao 1212546388613942 9
Novos Paradgmas Na Educao 1212546388613942 9
 
Encontro com o Futuro - Mudança de Paradigmas
Encontro com o Futuro - Mudança de ParadigmasEncontro com o Futuro - Mudança de Paradigmas
Encontro com o Futuro - Mudança de Paradigmas
 
O tecnófilo
O tecnófiloO tecnófilo
O tecnófilo
 
O vendedor de sonhos
O vendedor de sonhosO vendedor de sonhos
O vendedor de sonhos
 
Formação docente x tecnologias da educação novos paradigmas
Formação docente x tecnologias da educação novos paradigmasFormação docente x tecnologias da educação novos paradigmas
Formação docente x tecnologias da educação novos paradigmas
 
180hub - Inovação x Educação
180hub - Inovação x Educação180hub - Inovação x Educação
180hub - Inovação x Educação
 
Eixos estruturantes (fichas dinâmica)
Eixos estruturantes (fichas dinâmica)Eixos estruturantes (fichas dinâmica)
Eixos estruturantes (fichas dinâmica)
 
Reflexões sobre inovação, currículo, e alternativas para a organização curric...
Reflexões sobre inovação, currículo, e alternativas para a organização curric...Reflexões sobre inovação, currículo, e alternativas para a organização curric...
Reflexões sobre inovação, currículo, e alternativas para a organização curric...
 
Simulado 2
Simulado 2Simulado 2
Simulado 2
 
Palestrante Tio Flávio
Palestrante Tio FlávioPalestrante Tio Flávio
Palestrante Tio Flávio
 

Semelhante a A Crise e o Paradigma Educacional Emergente

As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo
As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneoAs teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo
As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo
Drika Moraes
 
As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo
As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneoAs teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo
As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo
Sheila V. mussi
 
INTERDISCIPLINARIDADE
INTERDISCIPLINARIDADEINTERDISCIPLINARIDADE
INTERDISCIPLINARIDADE
crisdelshine
 
A constituição da área do ec
A constituição da área do ecA constituição da área do ec
A constituição da área do ec
Sued Oliveira
 
Interdisciplinaridade
InterdisciplinaridadeInterdisciplinaridade
Interdisciplinaridade
Geraldo Vicente
 
Apresentação slide marcos pessoa
Apresentação slide marcos pessoaApresentação slide marcos pessoa
Apresentação slide marcos pessoa
Marcos Pessoa Pinto Pessoa
 
Ppc filosofia
Ppc filosofiaPpc filosofia
Ppc filosofia
Benjamim Truolluzch
 
Apresentação slide marcos pessoa
Apresentação slide marcos pessoaApresentação slide marcos pessoa
Apresentação slide marcos pessoa
Marcos Pessoa Pinto Pessoa
 
Teorias do currículo_aula 6.ppt
Teorias do currículo_aula 6.pptTeorias do currículo_aula 6.ppt
Teorias do currículo_aula 6.ppt
ArianaLima24
 
Aula 01
Aula 01Aula 01
Pedagogia e educação
Pedagogia e educaçãoPedagogia e educação
Pedagogia e educação
José Barros
 
Transdisciplinaridade no Curso Intercultural da UFG
Transdisciplinaridade no Curso Intercultural da UFGTransdisciplinaridade no Curso Intercultural da UFG
Transdisciplinaridade no Curso Intercultural da UFG
Zara Hoffmann
 
Fragmento planejamento
Fragmento planejamentoFragmento planejamento
Fragmento planejamento
Marcelo S. Ruderal
 
Teorias pedagógicas modernas revisitadas com base em Libâneo
Teorias pedagógicas modernas revisitadas com base em LibâneoTeorias pedagógicas modernas revisitadas com base em Libâneo
Teorias pedagógicas modernas revisitadas com base em Libâneo
R.A Gomes
 
Teorias do currículo_19.09.ppt
Teorias do currículo_19.09.pptTeorias do currículo_19.09.ppt
Teorias do currículo_19.09.ppt
Amanda645931
 
Pedagogia crítico social dos conteúdos (final)
Pedagogia crítico social dos conteúdos (final)Pedagogia crítico social dos conteúdos (final)
Pedagogia crítico social dos conteúdos (final)
Thiago Manfredi
 
Otm filosofia
Otm   filosofiaOtm   filosofia
Otm filosofia
elannialins
 
Otm filosofia
Otm filosofiaOtm filosofia
Otm filosofia
Flávia Maria
 
Teorias do currículo_aula 6.ppt
Teorias do currículo_aula 6.pptTeorias do currículo_aula 6.ppt
Teorias do currículo_aula 6.ppt
ElaineOliveira199465
 
Teorias Pedagógicas Modernas
Teorias Pedagógicas ModernasTeorias Pedagógicas Modernas
Teorias Pedagógicas Modernas
Rodrigo Gabriel da Silva
 

Semelhante a A Crise e o Paradigma Educacional Emergente (20)

As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo
As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneoAs teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo
As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo
 
As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo
As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneoAs teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo
As teorias pedagógicas modernas resiginificadas pelo debate contemporâneo
 
INTERDISCIPLINARIDADE
INTERDISCIPLINARIDADEINTERDISCIPLINARIDADE
INTERDISCIPLINARIDADE
 
A constituição da área do ec
A constituição da área do ecA constituição da área do ec
A constituição da área do ec
 
Interdisciplinaridade
InterdisciplinaridadeInterdisciplinaridade
Interdisciplinaridade
 
Apresentação slide marcos pessoa
Apresentação slide marcos pessoaApresentação slide marcos pessoa
Apresentação slide marcos pessoa
 
Ppc filosofia
Ppc filosofiaPpc filosofia
Ppc filosofia
 
Apresentação slide marcos pessoa
Apresentação slide marcos pessoaApresentação slide marcos pessoa
Apresentação slide marcos pessoa
 
Teorias do currículo_aula 6.ppt
Teorias do currículo_aula 6.pptTeorias do currículo_aula 6.ppt
Teorias do currículo_aula 6.ppt
 
Aula 01
Aula 01Aula 01
Aula 01
 
Pedagogia e educação
Pedagogia e educaçãoPedagogia e educação
Pedagogia e educação
 
Transdisciplinaridade no Curso Intercultural da UFG
Transdisciplinaridade no Curso Intercultural da UFGTransdisciplinaridade no Curso Intercultural da UFG
Transdisciplinaridade no Curso Intercultural da UFG
 
Fragmento planejamento
Fragmento planejamentoFragmento planejamento
Fragmento planejamento
 
Teorias pedagógicas modernas revisitadas com base em Libâneo
Teorias pedagógicas modernas revisitadas com base em LibâneoTeorias pedagógicas modernas revisitadas com base em Libâneo
Teorias pedagógicas modernas revisitadas com base em Libâneo
 
Teorias do currículo_19.09.ppt
Teorias do currículo_19.09.pptTeorias do currículo_19.09.ppt
Teorias do currículo_19.09.ppt
 
Pedagogia crítico social dos conteúdos (final)
Pedagogia crítico social dos conteúdos (final)Pedagogia crítico social dos conteúdos (final)
Pedagogia crítico social dos conteúdos (final)
 
Otm filosofia
Otm   filosofiaOtm   filosofia
Otm filosofia
 
Otm filosofia
Otm filosofiaOtm filosofia
Otm filosofia
 
Teorias do currículo_aula 6.ppt
Teorias do currículo_aula 6.pptTeorias do currículo_aula 6.ppt
Teorias do currículo_aula 6.ppt
 
Teorias Pedagógicas Modernas
Teorias Pedagógicas ModernasTeorias Pedagógicas Modernas
Teorias Pedagógicas Modernas
 

Mais de Adilson P Motta Motta

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO - PROJETO POEMA
CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO - PROJETO POEMACRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO - PROJETO POEMA
CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO - PROJETO POEMA
Adilson P Motta Motta
 
A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA INGLESA POR MEIO...
A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA INGLESA POR MEIO...A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA INGLESA POR MEIO...
A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA INGLESA POR MEIO...
Adilson P Motta Motta
 
UM ESTUDO SOBRE A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA ...
UM ESTUDO SOBRE A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA ...UM ESTUDO SOBRE A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA ...
UM ESTUDO SOBRE A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA ...
Adilson P Motta Motta
 
As várias faces do ópio do Povo.pdf
As várias faces do ópio do Povo.pdfAs várias faces do ópio do Povo.pdf
As várias faces do ópio do Povo.pdf
Adilson P Motta Motta
 
pdf MONTANDO UMA REDACAO - PASSO A PASSO.pdf
pdf MONTANDO UMA REDACAO - PASSO A PASSO.pdfpdf MONTANDO UMA REDACAO - PASSO A PASSO.pdf
pdf MONTANDO UMA REDACAO - PASSO A PASSO.pdf
Adilson P Motta Motta
 
Projeto Escolar - História de Bom Jardim-MA.pdf
Projeto Escolar - História de Bom Jardim-MA.pdfProjeto Escolar - História de Bom Jardim-MA.pdf
Projeto Escolar - História de Bom Jardim-MA.pdf
Adilson P Motta Motta
 
LEI ORGÂNICA DE BOM JARDIM-MA 2020.pdf
LEI ORGÂNICA DE BOM JARDIM-MA 2020.pdfLEI ORGÂNICA DE BOM JARDIM-MA 2020.pdf
LEI ORGÂNICA DE BOM JARDIM-MA 2020.pdf
Adilson P Motta Motta
 
DESAFIOS DAS ESCOLA MULTISSERIADAS EM BOM JARDIM-MA..pdf
DESAFIOS DAS ESCOLA MULTISSERIADAS EM BOM JARDIM-MA..pdfDESAFIOS DAS ESCOLA MULTISSERIADAS EM BOM JARDIM-MA..pdf
DESAFIOS DAS ESCOLA MULTISSERIADAS EM BOM JARDIM-MA..pdf
Adilson P Motta Motta
 
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL INGLÊS SÓ ENEM
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL INGLÊS  SÓ ENEMINTERPRETAÇÃO TEXTUAL INGLÊS  SÓ ENEM
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL INGLÊS SÓ ENEM
Adilson P Motta Motta
 
LEI ORGANICA DE BOM JARDIM-MA. 2022 - ATUALIZADA.pdf
LEI ORGANICA DE BOM JARDIM-MA. 2022 - ATUALIZADA.pdfLEI ORGANICA DE BOM JARDIM-MA. 2022 - ATUALIZADA.pdf
LEI ORGANICA DE BOM JARDIM-MA. 2022 - ATUALIZADA.pdf
Adilson P Motta Motta
 
VALE -PRIVATIZAÇÃO A SAÍDA OU O FUNDO DO POÇO.pptx
VALE -PRIVATIZAÇÃO A SAÍDA OU O FUNDO DO POÇO.pptxVALE -PRIVATIZAÇÃO A SAÍDA OU O FUNDO DO POÇO.pptx
VALE -PRIVATIZAÇÃO A SAÍDA OU O FUNDO DO POÇO.pptx
Adilson P Motta Motta
 
01- LINGUAGEM INDÍGENA 5 PRIMEIRAS PÁGINAS.pdf
01-  LINGUAGEM INDÍGENA 5 PRIMEIRAS PÁGINAS.pdf01-  LINGUAGEM INDÍGENA 5 PRIMEIRAS PÁGINAS.pdf
01- LINGUAGEM INDÍGENA 5 PRIMEIRAS PÁGINAS.pdf
Adilson P Motta Motta
 
DICIONÁRIO TUPI - PORTUGUES.pdf
DICIONÁRIO TUPI - PORTUGUES.pdfDICIONÁRIO TUPI - PORTUGUES.pdf
DICIONÁRIO TUPI - PORTUGUES.pdf
Adilson P Motta Motta
 
A gramática do texto.ppt
A gramática do texto.pptA gramática do texto.ppt
A gramática do texto.ppt
Adilson P Motta Motta
 
A importância de falar inglês.ppt
A importância de falar inglês.pptA importância de falar inglês.ppt
A importância de falar inglês.ppt
Adilson P Motta Motta
 
Breve Resumo - Novo Ensino Médio
Breve Resumo -  Novo Ensino MédioBreve Resumo -  Novo Ensino Médio
Breve Resumo - Novo Ensino Médio
Adilson P Motta Motta
 
Frases à cidadania
Frases à cidadaniaFrases à cidadania
Frases à cidadania
Adilson P Motta Motta
 
Regimento do conselho municipal de educação bom j ardim - ma
Regimento do conselho municipal de educação   bom j ardim - maRegimento do conselho municipal de educação   bom j ardim - ma
Regimento do conselho municipal de educação bom j ardim - ma
Adilson P Motta Motta
 
Projeto programa educacao ambiental. bom jardim ma
Projeto programa educacao ambiental. bom jardim  maProjeto programa educacao ambiental. bom jardim  ma
Projeto programa educacao ambiental. bom jardim ma
Adilson P Motta Motta
 
1º Plano Decenal de Educação de Bom Jardim MA. 2003-2013
1º Plano Decenal de Educação de Bom Jardim  MA. 2003-20131º Plano Decenal de Educação de Bom Jardim  MA. 2003-2013
1º Plano Decenal de Educação de Bom Jardim MA. 2003-2013
Adilson P Motta Motta
 

Mais de Adilson P Motta Motta (20)

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO - PROJETO POEMA
CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO - PROJETO POEMACRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO - PROJETO POEMA
CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO - PROJETO POEMA
 
A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA INGLESA POR MEIO...
A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA INGLESA POR MEIO...A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA INGLESA POR MEIO...
A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA INGLESA POR MEIO...
 
UM ESTUDO SOBRE A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA ...
UM ESTUDO SOBRE A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA ...UM ESTUDO SOBRE A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA ...
UM ESTUDO SOBRE A LEITURA E O PROCESSO DE AQUISIÇÃO DE VOCABULÁRIO DE LÍNGUA ...
 
As várias faces do ópio do Povo.pdf
As várias faces do ópio do Povo.pdfAs várias faces do ópio do Povo.pdf
As várias faces do ópio do Povo.pdf
 
pdf MONTANDO UMA REDACAO - PASSO A PASSO.pdf
pdf MONTANDO UMA REDACAO - PASSO A PASSO.pdfpdf MONTANDO UMA REDACAO - PASSO A PASSO.pdf
pdf MONTANDO UMA REDACAO - PASSO A PASSO.pdf
 
Projeto Escolar - História de Bom Jardim-MA.pdf
Projeto Escolar - História de Bom Jardim-MA.pdfProjeto Escolar - História de Bom Jardim-MA.pdf
Projeto Escolar - História de Bom Jardim-MA.pdf
 
LEI ORGÂNICA DE BOM JARDIM-MA 2020.pdf
LEI ORGÂNICA DE BOM JARDIM-MA 2020.pdfLEI ORGÂNICA DE BOM JARDIM-MA 2020.pdf
LEI ORGÂNICA DE BOM JARDIM-MA 2020.pdf
 
DESAFIOS DAS ESCOLA MULTISSERIADAS EM BOM JARDIM-MA..pdf
DESAFIOS DAS ESCOLA MULTISSERIADAS EM BOM JARDIM-MA..pdfDESAFIOS DAS ESCOLA MULTISSERIADAS EM BOM JARDIM-MA..pdf
DESAFIOS DAS ESCOLA MULTISSERIADAS EM BOM JARDIM-MA..pdf
 
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL INGLÊS SÓ ENEM
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL INGLÊS  SÓ ENEMINTERPRETAÇÃO TEXTUAL INGLÊS  SÓ ENEM
INTERPRETAÇÃO TEXTUAL INGLÊS SÓ ENEM
 
LEI ORGANICA DE BOM JARDIM-MA. 2022 - ATUALIZADA.pdf
LEI ORGANICA DE BOM JARDIM-MA. 2022 - ATUALIZADA.pdfLEI ORGANICA DE BOM JARDIM-MA. 2022 - ATUALIZADA.pdf
LEI ORGANICA DE BOM JARDIM-MA. 2022 - ATUALIZADA.pdf
 
VALE -PRIVATIZAÇÃO A SAÍDA OU O FUNDO DO POÇO.pptx
VALE -PRIVATIZAÇÃO A SAÍDA OU O FUNDO DO POÇO.pptxVALE -PRIVATIZAÇÃO A SAÍDA OU O FUNDO DO POÇO.pptx
VALE -PRIVATIZAÇÃO A SAÍDA OU O FUNDO DO POÇO.pptx
 
01- LINGUAGEM INDÍGENA 5 PRIMEIRAS PÁGINAS.pdf
01-  LINGUAGEM INDÍGENA 5 PRIMEIRAS PÁGINAS.pdf01-  LINGUAGEM INDÍGENA 5 PRIMEIRAS PÁGINAS.pdf
01- LINGUAGEM INDÍGENA 5 PRIMEIRAS PÁGINAS.pdf
 
DICIONÁRIO TUPI - PORTUGUES.pdf
DICIONÁRIO TUPI - PORTUGUES.pdfDICIONÁRIO TUPI - PORTUGUES.pdf
DICIONÁRIO TUPI - PORTUGUES.pdf
 
A gramática do texto.ppt
A gramática do texto.pptA gramática do texto.ppt
A gramática do texto.ppt
 
A importância de falar inglês.ppt
A importância de falar inglês.pptA importância de falar inglês.ppt
A importância de falar inglês.ppt
 
Breve Resumo - Novo Ensino Médio
Breve Resumo -  Novo Ensino MédioBreve Resumo -  Novo Ensino Médio
Breve Resumo - Novo Ensino Médio
 
Frases à cidadania
Frases à cidadaniaFrases à cidadania
Frases à cidadania
 
Regimento do conselho municipal de educação bom j ardim - ma
Regimento do conselho municipal de educação   bom j ardim - maRegimento do conselho municipal de educação   bom j ardim - ma
Regimento do conselho municipal de educação bom j ardim - ma
 
Projeto programa educacao ambiental. bom jardim ma
Projeto programa educacao ambiental. bom jardim  maProjeto programa educacao ambiental. bom jardim  ma
Projeto programa educacao ambiental. bom jardim ma
 
1º Plano Decenal de Educação de Bom Jardim MA. 2003-2013
1º Plano Decenal de Educação de Bom Jardim  MA. 2003-20131º Plano Decenal de Educação de Bom Jardim  MA. 2003-2013
1º Plano Decenal de Educação de Bom Jardim MA. 2003-2013
 

Último

Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 

Último (20)

Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 

A Crise e o Paradigma Educacional Emergente

  • 1. A crise e o Paradigma Educacional Emergente Ivanilde Apoluceno de Oliveira
  • 2. Crise dos Paradigmas Mudança de visão de mundo conseqüência de uma insatisfação dos modelos explicativos existentes” (causados por fatores internos, como o desenvolvimento teórico-metodológico numa mesma teoria ou externos, as mudanças na sociedade e na cultura de uma época).
  • 3. • Os acontecimentos atuais como a queda do mundo de Berlim, o fracasso do socialismo real, a intolerância étnica e as contradições do capitalismo nos colocam diante da crise dos paradigmas. • Estamos saindo do século das “certezas” para o das “dúvidas”, problematiza-se a técnica e busca-se o homem numa dimensão totalizante na qual o ético e o poético estão incluídos.
  • 4. A influência da crise dos paradigmas no campo da educação • Antigüidade - Gregos (IV a I AC) – Sabedoria vinculada à filosofia e à educação – Exercício do pensar como produção do conhecimento (filosofia - episteme) – No processo de ensino a episteme se contrapõe à doxa – Relação entre saber e classe social. O filósofo capaz de governar
  • 5. Concepção de Educação •Individual •Formar intelectual e moralmente o indivíduo (estrutura formal do pensamento e memorização) •Levar o indivíduo a aprender
  • 6. • Modernidade:(XII a XIX - DC) Renascimento à Modernidade - 1950 > – força da consciência, da subjetividade no processo de construção do conhecimento e do saber científico – Busca de fundamentação do saber por meio da exigência de uma rigorosidade metodológica. – A ciência e a técnica foram desenvolvidas por responderem às exigências intelectuais, sociais e econômicas da sociedade capitalista.
  • 7. • A escola passa a ser o espaço privilegiado de transmissão e difusão do conhecimento científico. • a ciência o “sinônimo de "verdade" e o saber científico adquire uma conotação de "poder" em relação ao saber popular. • Os intelectuais modernos (técnicos, especialistas) assumem a função social de produtores/transmissores do saber científico.
  • 8. • O sistema educacional capitalista regido por essa lógica subjetivista caracterizado pela "diferenciação especialização", pela divisão do saber e classes e por sua dependência ao processo produção. é e e de de • A escola torna-se um instrumento de qualificação técnica para o mercado de trabalho em seus diferentes níveis de acordo com os interesses do Capital. • A escola capitalista assume um caráter individualista, técnico e unilateral separando a teoria da prática e a escola do trabalho.
  • 9. Concepção de Educação – Escola: espaço de produção do saber científico – Individual / metafísica • Pedagogia Nova - Formação Cognitiva e psicológica do aluno. Aprender a aprender • Pedagogia Tecnicista - Formação técnica para o mercado de trabalho. Aprender a fazer – Social/Dialética • Pedagogias Progressistas - Formação técnica e política comprometida com o processo de transformação social. Levar o aluno a pensar e agir no contexto social
  • 10. Contemporâneo (XX/1950>) • Ciência – Crítica à racionalidade científica (objetividade) e ao domínio ideológico da ciência frente às outras formas de manifestação do saber. – Visão totalizante de ciência: pluralista e multicultural (diálogo com as diversas culturas) – Ênfase ao “.espírito de síntese” na investigação científica – Pesquisadores vistos como os conectores, os “sintetizadores” das diversas esferas do saber ( científico, mítico, poético, senso comum)
  • 11. – Valorização do racional, do vivido, do cotidiano e do imaginário social – Ciência histórica, dialética e política interligando subjetividade e objetividade – Renovação metodológica pelo engajamento da comunidade pesquisada e pela ênfase à análise de abordagem qualitativa e do cotidiano no processo de investigação
  • 12. Concepção de Educação – A dialogicidade como vínculo da relação pedagógica – A relativização do saber escolar com a valorização da experiência de vida do aluno e do cotidiano social e da escola como espaço de aquisição do conhecimento – O ensino voltado à formação humana no social, no real, na escola como parte do real – Desenvolvimento integral do indivíduo: racional, ético,afetivo, sensitivo, intuitivo e poético
  • 13. – O Ensino como problematização da realidade social – Educação como processo existencial-ético-político, relacionando o individual e o social – Educação centrada no sujeito coletivo – Educação numa perspectiva multidisciplinar, multicultural, ecológica e globalizada
  • 14. – Escola de qualidade como equidade (qualidade no processo visando a igualdade de oportunidades e tratamento) – Escola como sistema aberto com a diversificação de espaços, processos e metodologias e tecnologias educacionais (redes de conhecimentos e de informações)
  • 15. Características da prática pedagógica • Ênfase na aprendizagem e não no ensino. • Aprendizagem relacionada ao conhecimento, significativa, contextualizada e de conexões. • Abordagem construcionista e não instrucionista. • Aprendizagem contínua e dialógica.
  • 16. • Aprendizagem pautada na capacidade de auto-organização e autonomia do educando. • Aprendizagem de inteligências múltiplas e de práxis • Aprendizagem do autoconhecimento e reconhecimento do outro
  • 17. Currículo Contemporâneo • Base no princípio da auto-organização e da interação sujeito-objeto (diferente do currículo de enfoque instrucional). • Inter-relacionado (gerado no processo de reflexão e ação que ocorre no ato de aprender e de interação com o meio ambiente e a cultura) • Interdisciplinar, transversal e transdisciplinar
  • 18. Características do Currículo Disciplinar e Interdisciplinar Disciplinaridade Princípio epistemológico As diversas disciplinas realizam determinados olhares a partir de determinado campo, demarcado como campo legítimo do saber Interdisciplinaridade Princípio epistemológico Observar sob variados olhares disciplinares o mesmo fenômeno. Interpretação da realidade tendo em vista a multiplicidade de leituras
  • 19. Disciplinar • A Referência é o conteúdo. • Currículo fragmentado e de conhecimentos lineares • Preocupação com questões científicas. • Busca informações explicativas dos fatos. • Olhar para o saber científico e para o teórico, o abstrato, o lógico • Construção individual do conhecimento • • • • • • Interdisciplinar A referência é o processo de construção do conhecimento Currículo integrado e de conhecimentos convergentes Preocupação com perguntas existenciais e de sentido para a vida humana. Busca a compreensão e o sentido dos fatos no cotidiano. Olhar para a interação entre os saberes (intelectual e social), o cotidiano e a ação Construção coletiva do conhecimento
  • 20. Desenho Curricular Disciplinar Interdisciplinar Divisão saber científico e saber do senso comum Relação saber científico e saber do senso comum Disciplina Tema social
  • 21. Desenho Curricular Transversal Relação saber científico e senso comum
  • 22. Desenho Curricular Transdisciplinar Relação entre os saberes Abertura dos saberes para os conhecimentos que as atravessa e as ultrapassam Está ao mesmo tempo entre as disciplinas, através das diferentes disciplinas e além de qualquer disciplina
  • 23. Disciplinaridade Metáfora da Árvore Representação de uma árvore, cujas raízes devem estar fincadas em solo e tronco sólidos, que se ramifica em galhos, estendendo-se aos mais diversos aspectos da realidade (GALLO, 2000).
  • 24. Interdisciplinaridade Metáfora da Tessitura É elaborada a exemplo de um tecido: «com um sem-número de fios, lenta e pacientemente entrecruzados, articulados, sucedendo-se um ao outro, em um movimento sincronizado, fornecendo a forma, a cor, a resistência necessária, a beleza e a funcionalidade que o processo de sua constituição engendra» (CASCINO, 2001, p. 128).
  • 25. Transversalidade Metáfora da Rede Uma das metáforas da transversalidade é a da rede, por ser formada por múltiplos fios e nós de interconexões
  • 26. Transdisciplinaridade Metáfora do Caleidoscópio Saberes em continuum processo de interação, mobilização, complementação e construção
  • 27. Currículo Contemporâneo • Em ação • Produto cultural (núcleo de relações entre educação, poder, identidade social e construção da subjetividade)