SlideShare uma empresa Scribd logo
Power point etica individual e coletiva
Formação pessoal


     Mais do que ensinar - Transmite-se!

    Mais do que aprender - Interioriza-se!




       Pode diferenciar-se num contexto
   cultural mas não no social ou económico.



Não é adaptável a interesses circunstanciais.
Livre Escolha
             Pessoal e independente de julgamentos morais

                        “Conhece-te a ti mesmo!”


 A ética individual é distinta          É uma forma de libertação interior
em cada ser humano, embora                   ao que nos é imposto por
 obedeça a um determinado             “lei”,sempre que o agir corretamente
        padrão ético.                    não depende de regras mas, da
                                                     vontade.




É o conhecimento que cada um tem de si próprio e a forma como cada um
           assume as suas decisões e as suas consequências.
   Sentido de responsabilidade individual pelo bem
    comum;

   Distinguir as ações corretas das incorretas, as justas
    das injustas;

   Capacidade de escolher livremente e assumir as
    consequências;

   Falar verdade;

   Respeito pela diversidade cultural e étnica.
Ética Institucional

 Depende da percepção que cada pessoa tem da
realidade institucional em que está inserida e do
     respeito mútuo, pessoal e profissional.



          Depende da ética individual.




   Rege-se por Códigos de Ética.
Conjunto de regras que orientam a conduta profissional, interna e externa
               de todos os elementos duma organização.


           Instrumentos de mediação e resolução de conflitos.




                    Códigos de Ética



          Compromisso público com boas práticas em relação à:

Gestão sustentável e responsabilidade social da organização para com todos
  os agentes envolvidos (trabalhadores, clientes, utentes, fornecedores e
                          comunidade em geral).
 Reflexão ética (valores);
 Legalidade da conduta (direito);

 Relação entre ética e eficiência (lucro);

 Responsabilidade das empresas (universal);

 Denúncia e penalização de práticas antiéticas

                              (critérios de justiça).
   É considerado um instrumento de gestão;



   Pessoas que inspirem confiança dentro da
    organização e para o mercado, transformam
    valores éticos individuais, em colectivos e em
    resultados materiais.
Relacionada com grupos profissionais

             Complementa os respetivos
              Códigos Deontológicos

As leis, os estatutos, as regras e programas que definem o exercício
                             da profissão.
MÉDICOS
   O médico não deve considerar o exercício da Medicina como uma actividade
    orientada para fins lucrativos, sem prejuízo do seu direito a uma justa
    remuneração(artº 5º).

   O médico tem o direito de recusar a prática de acto da sua profissão quando
    tal prática entre em conflito com a sua consciência, ofendendo os seus
    princípios éticos, morais, religiosos, filosóficos ou humanitários (artº 37º).

   Ao médico é vedada a ajuda ao suicídio, a eutanásia e a distanásia (artº57º).
JORNALISTAS

O jornalista deve lutar contra as restrições no acesso às fontes de
informação e as tentativas de limitar a liberdade de expressão e o
direito de informar. É obrigação do jornalista divulgar as ofensas a
estes direitos.(ponto3)


O jornalista deve utilizar meios leais para obter informações, imagens
ou documentos e proibir-se de abusar da boa-fé de quem quer que
seja…(ponto4)
Portugal TELECOM
“A administração das empresas do Grupo PT deve ser exercida com zelo e
transparência…” (ponto 6);

“… assim como todos os seus colaboradores, devem assegurar o cumprimento
escrupuloso das normas legais…” (ponto 7);
“… não devem aceitar ou recorrer a ofertas, pagamentos, ou outros favores de
clientes ou fornecedores…” (ponto 9);

“Os compromissos do Grupo PT em matéria de responsabilidade social
integram,…, o respeito pelos direitos humanos, pelo trabalho, pela liberdade de
associação, o repúdio pelo trabalho forçado e pelo trabalho infantil, a adopção
e promoção da sustentabilidade ambiental e a participação em iniciativas de
acção social e cultural…”(ponto 20)
Power point etica individual e coletiva

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Reflexão STC 7
Reflexão STC 7Reflexão STC 7
Reflexão STC 7
Raquel Silva
 
CP5
CP5CP5
Ética Moral e Valores.
Ética Moral e Valores.Ética Moral e Valores.
Ética Moral e Valores.
Secretaria da Educação
 
Ética e o Desenvolvimento Institucional
Ética e o Desenvolvimento InstitucionalÉtica e o Desenvolvimento Institucional
Ética e o Desenvolvimento Institucional
Adriano Tundú
 
STC 6
STC 6STC 6
Códigos de ética e padrões deontológicos
Códigos de ética e padrões deontológicosCódigos de ética e padrões deontológicos
Códigos de ética e padrões deontológicos
Elda Moleiro
 
Identidade Pessoal Personalidade
Identidade Pessoal   PersonalidadeIdentidade Pessoal   Personalidade
Identidade Pessoal Personalidade
Carlos Pessoa
 
complexidade e mudança - dr2
complexidade e mudança - dr2complexidade e mudança - dr2
complexidade e mudança - dr2
cattonia
 
Pessoa E Cultura MóDulo 1
Pessoa E Cultura   MóDulo 1Pessoa E Cultura   MóDulo 1
Pessoa E Cultura MóDulo 1
abarros
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
Celiomar Queiros
 
Reflexão - STC-5
Reflexão - STC-5Reflexão - STC-5
Reflexão - STC-5
Sizes & Patterns
 
Processos Identitários
Processos IdentitáriosProcessos Identitários
Processos Identitários
arturferreira007
 
Processo de socialização
Processo de socializaçãoProcesso de socialização
Processo de socialização
homago
 
Aula Cidadania
Aula CidadaniaAula Cidadania
Aula Cidadania
Ana Márcia
 
Ai 1 2_pessoa e cultura
Ai 1 2_pessoa e culturaAi 1 2_pessoa e cultura
Ai 1 2_pessoa e cultura
Carlos Henrique Tavares
 
Manual ufcd-0350-comunicacao-interpessoal-comunicacao-assertiva
Manual ufcd-0350-comunicacao-interpessoal-comunicacao-assertivaManual ufcd-0350-comunicacao-interpessoal-comunicacao-assertiva
Manual ufcd-0350-comunicacao-interpessoal-comunicacao-assertiva
Ana Camões
 
Cidadania e Profissionalidade 4 organismos institucionais
Cidadania e Profissionalidade 4 organismos institucionaisCidadania e Profissionalidade 4 organismos institucionais
Cidadania e Profissionalidade 4 organismos institucionais
Clamar6480
 
Trabalho Deontologia E Normas Profissionais
Trabalho Deontologia E Normas ProfissionaisTrabalho Deontologia E Normas Profissionais
Trabalho Deontologia E Normas Profissionais
Quirino Vieira
 
estrutura familiar e dinamica social
estrutura familiar e dinamica socialestrutura familiar e dinamica social
estrutura familiar e dinamica social
João Marrocano
 
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguais
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguaisS.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguais
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguais
I.Braz Slideshares
 

Mais procurados (20)

Reflexão STC 7
Reflexão STC 7Reflexão STC 7
Reflexão STC 7
 
CP5
CP5CP5
CP5
 
Ética Moral e Valores.
Ética Moral e Valores.Ética Moral e Valores.
Ética Moral e Valores.
 
Ética e o Desenvolvimento Institucional
Ética e o Desenvolvimento InstitucionalÉtica e o Desenvolvimento Institucional
Ética e o Desenvolvimento Institucional
 
STC 6
STC 6STC 6
STC 6
 
Códigos de ética e padrões deontológicos
Códigos de ética e padrões deontológicosCódigos de ética e padrões deontológicos
Códigos de ética e padrões deontológicos
 
Identidade Pessoal Personalidade
Identidade Pessoal   PersonalidadeIdentidade Pessoal   Personalidade
Identidade Pessoal Personalidade
 
complexidade e mudança - dr2
complexidade e mudança - dr2complexidade e mudança - dr2
complexidade e mudança - dr2
 
Pessoa E Cultura MóDulo 1
Pessoa E Cultura   MóDulo 1Pessoa E Cultura   MóDulo 1
Pessoa E Cultura MóDulo 1
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
 
Reflexão - STC-5
Reflexão - STC-5Reflexão - STC-5
Reflexão - STC-5
 
Processos Identitários
Processos IdentitáriosProcessos Identitários
Processos Identitários
 
Processo de socialização
Processo de socializaçãoProcesso de socialização
Processo de socialização
 
Aula Cidadania
Aula CidadaniaAula Cidadania
Aula Cidadania
 
Ai 1 2_pessoa e cultura
Ai 1 2_pessoa e culturaAi 1 2_pessoa e cultura
Ai 1 2_pessoa e cultura
 
Manual ufcd-0350-comunicacao-interpessoal-comunicacao-assertiva
Manual ufcd-0350-comunicacao-interpessoal-comunicacao-assertivaManual ufcd-0350-comunicacao-interpessoal-comunicacao-assertiva
Manual ufcd-0350-comunicacao-interpessoal-comunicacao-assertiva
 
Cidadania e Profissionalidade 4 organismos institucionais
Cidadania e Profissionalidade 4 organismos institucionaisCidadania e Profissionalidade 4 organismos institucionais
Cidadania e Profissionalidade 4 organismos institucionais
 
Trabalho Deontologia E Normas Profissionais
Trabalho Deontologia E Normas ProfissionaisTrabalho Deontologia E Normas Profissionais
Trabalho Deontologia E Normas Profissionais
 
estrutura familiar e dinamica social
estrutura familiar e dinamica socialestrutura familiar e dinamica social
estrutura familiar e dinamica social
 
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguais
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguaisS.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguais
S.T.C. 7 - Todos diferentes/Todos iguais
 

Destaque

Ética: conceitos e aspectos filosóficos
Ética: conceitos e aspectos filosóficosÉtica: conceitos e aspectos filosóficos
Ética: conceitos e aspectos filosóficos
Marcel Gois
 
Não existe ética coletiva, bem como moral individual
Não existe ética coletiva, bem como moral individualNão existe ética coletiva, bem como moral individual
Não existe ética coletiva, bem como moral individual
Carlos Nepomuceno (Nepô)
 
ETICA
ETICAETICA
Etica
EticaEtica
Moral e ética
Moral e éticaMoral e ética
Moral e ética
Marcela Marangon Ribeiro
 
Aula 3 noções de ética profissional
Aula 3   noções de ética profissionalAula 3   noções de ética profissional
Aula 3 noções de ética profissional
Luiz Siles
 
Moral e ética
Moral e éticaMoral e ética
Moral e ética
Over Lane
 
Postura ética
Postura éticaPostura ética
Postura ética
leojusto
 
12 etica individ.-institu.-prof.rodrigo-ovídio
12 etica individ.-institu.-prof.rodrigo-ovídio12 etica individ.-institu.-prof.rodrigo-ovídio
12 etica individ.-institu.-prof.rodrigo-ovídio
OvidioMauricio
 
Ética profissional
Ética profissional Ética profissional
Ética profissional
JUCILANA
 
Trabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalhoTrabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalho
Leonardo Melo Santos
 
éTica individual cp-5-rui candeias
éTica individual cp-5-rui candeiaséTica individual cp-5-rui candeias
éTica individual cp-5-rui candeias
ruicand
 
Ética no marketing
Ética no marketingÉtica no marketing
Ética no marketing
crrrs
 
éTica pessoal e empresarial
éTica pessoal e empresarialéTica pessoal e empresarial
éTica pessoal e empresarial
leojusto
 
Aula 4 ética e responsabilidade social animada
Aula 4   ética e responsabilidade social animadaAula 4   ética e responsabilidade social animada
Aula 4 ética e responsabilidade social animada
Luiz Siles
 
Etica e cidadania 2
Etica e cidadania 2Etica e cidadania 2
Etica e cidadania 2
Gabriel Nabuco
 
Ética, comprometimento e comportamento
Ética, comprometimento e comportamentoÉtica, comprometimento e comportamento
Ética, comprometimento e comportamento
psiandreasantos
 
éTica e moral
éTica e moral éTica e moral
éTica e moral
Julia Martins
 
ÉTica e cidadania 2
ÉTica e cidadania 2ÉTica e cidadania 2
ÉTica e cidadania 2
Mariangela Santos
 
Etica no Ambiente de Trabalho
Etica no Ambiente de TrabalhoEtica no Ambiente de Trabalho
Etica no Ambiente de Trabalho
Nyedson Barbosa
 

Destaque (20)

Ética: conceitos e aspectos filosóficos
Ética: conceitos e aspectos filosóficosÉtica: conceitos e aspectos filosóficos
Ética: conceitos e aspectos filosóficos
 
Não existe ética coletiva, bem como moral individual
Não existe ética coletiva, bem como moral individualNão existe ética coletiva, bem como moral individual
Não existe ética coletiva, bem como moral individual
 
ETICA
ETICAETICA
ETICA
 
Etica
EticaEtica
Etica
 
Moral e ética
Moral e éticaMoral e ética
Moral e ética
 
Aula 3 noções de ética profissional
Aula 3   noções de ética profissionalAula 3   noções de ética profissional
Aula 3 noções de ética profissional
 
Moral e ética
Moral e éticaMoral e ética
Moral e ética
 
Postura ética
Postura éticaPostura ética
Postura ética
 
12 etica individ.-institu.-prof.rodrigo-ovídio
12 etica individ.-institu.-prof.rodrigo-ovídio12 etica individ.-institu.-prof.rodrigo-ovídio
12 etica individ.-institu.-prof.rodrigo-ovídio
 
Ética profissional
Ética profissional Ética profissional
Ética profissional
 
Trabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalhoTrabalho em equipe e ética no trabalho
Trabalho em equipe e ética no trabalho
 
éTica individual cp-5-rui candeias
éTica individual cp-5-rui candeiaséTica individual cp-5-rui candeias
éTica individual cp-5-rui candeias
 
Ética no marketing
Ética no marketingÉtica no marketing
Ética no marketing
 
éTica pessoal e empresarial
éTica pessoal e empresarialéTica pessoal e empresarial
éTica pessoal e empresarial
 
Aula 4 ética e responsabilidade social animada
Aula 4   ética e responsabilidade social animadaAula 4   ética e responsabilidade social animada
Aula 4 ética e responsabilidade social animada
 
Etica e cidadania 2
Etica e cidadania 2Etica e cidadania 2
Etica e cidadania 2
 
Ética, comprometimento e comportamento
Ética, comprometimento e comportamentoÉtica, comprometimento e comportamento
Ética, comprometimento e comportamento
 
éTica e moral
éTica e moral éTica e moral
éTica e moral
 
ÉTica e cidadania 2
ÉTica e cidadania 2ÉTica e cidadania 2
ÉTica e cidadania 2
 
Etica no Ambiente de Trabalho
Etica no Ambiente de TrabalhoEtica no Ambiente de Trabalho
Etica no Ambiente de Trabalho
 

Semelhante a Power point etica individual e coletiva

Apresentação sem título (1).pptx
Apresentação sem título (1).pptxApresentação sem título (1).pptx
Apresentação sem título (1).pptx
AndreiaCosta151227
 
Etica
EticaEtica
Daiane
DaianeDaiane
Ética e o profissional da educação
Ética e o profissional da educaçãoÉtica e o profissional da educação
Ética e o profissional da educação
Gerisval Pessoa
 
CONHECIMENTO IMPORTANTE - Palestra para Semana etica Crea
CONHECIMENTO IMPORTANTE - Palestra para Semana etica CreaCONHECIMENTO IMPORTANTE - Palestra para Semana etica Crea
CONHECIMENTO IMPORTANTE - Palestra para Semana etica Crea
enosconsultoria
 
éTica profissional
éTica profissionaléTica profissional
éTica profissional
Ricardo Furtado
 
ética e deontologia- Curso TAG
ética e deontologia- Curso TAGética e deontologia- Curso TAG
ética e deontologia- Curso TAG
Maria Raimundo
 
Ética e Bioética na enfermagem
Ética e Bioética na  enfermagemÉtica e Bioética na  enfermagem
Ética e Bioética na enfermagem
universitária
 
BIOÉTICA EM ENFERMAGEM
BIOÉTICA EM ENFERMAGEMBIOÉTICA EM ENFERMAGEM
BIOÉTICA EM ENFERMAGEM
Centro Universitário Ages
 
Apostila etica e bioetica
Apostila etica e bioeticaApostila etica e bioetica
Apostila etica e bioetica
Cederj
 
éTica e educação empresarial e profissional ii
éTica e educação empresarial e profissional iiéTica e educação empresarial e profissional ii
éTica e educação empresarial e profissional ii
R Gómez
 
Aula ÉTICA PROFISSIONAL - processos humanizados de trabalho
Aula ÉTICA PROFISSIONAL - processos humanizados de trabalhoAula ÉTICA PROFISSIONAL - processos humanizados de trabalho
Aula ÉTICA PROFISSIONAL - processos humanizados de trabalho
RainaraResende1
 
Ética_Psicologia: O que é Ética na psicologia?
Ética_Psicologia: O que é Ética na psicologia?Ética_Psicologia: O que é Ética na psicologia?
Ética_Psicologia: O que é Ética na psicologia?
MaeSoaresdaSilva
 
Conduta Profissional.pdf
Conduta Profissional.pdfConduta Profissional.pdf
Conduta Profissional.pdf
JoseAssis9
 
Conduta profissional
Conduta profissionalConduta profissional
Conduta profissional
Cristina Ramos
 
Principios da bioetica
Principios da bioeticaPrincipios da bioetica
Principios da bioetica
Nilson Dias Castelano
 
Aula de ética esa pariquera
Aula de ética esa pariqueraAula de ética esa pariquera
Aula de ética esa pariquera
luciana Cotona
 
Alms 6 nocoes de administracao
Alms 6 nocoes de administracaoAlms 6 nocoes de administracao
Alms 6 nocoes de administracao
Neon Online
 
COMO A ÉTICA AGREGA VALOR AO NEGÓCIO E AUMENTA A SATISFAÇÃO DOS PACIENTES
COMO A ÉTICA AGREGA VALOR AO NEGÓCIO E AUMENTA A SATISFAÇÃO DOS PACIENTESCOMO A ÉTICA AGREGA VALOR AO NEGÓCIO E AUMENTA A SATISFAÇÃO DOS PACIENTES
COMO A ÉTICA AGREGA VALOR AO NEGÓCIO E AUMENTA A SATISFAÇÃO DOS PACIENTES
CBA Consórcio Brasileiro de Acreditação
 
éTica no ambiente profissional
éTica no ambiente profissionaléTica no ambiente profissional
éTica no ambiente profissional
leojusto
 

Semelhante a Power point etica individual e coletiva (20)

Apresentação sem título (1).pptx
Apresentação sem título (1).pptxApresentação sem título (1).pptx
Apresentação sem título (1).pptx
 
Etica
EticaEtica
Etica
 
Daiane
DaianeDaiane
Daiane
 
Ética e o profissional da educação
Ética e o profissional da educaçãoÉtica e o profissional da educação
Ética e o profissional da educação
 
CONHECIMENTO IMPORTANTE - Palestra para Semana etica Crea
CONHECIMENTO IMPORTANTE - Palestra para Semana etica CreaCONHECIMENTO IMPORTANTE - Palestra para Semana etica Crea
CONHECIMENTO IMPORTANTE - Palestra para Semana etica Crea
 
éTica profissional
éTica profissionaléTica profissional
éTica profissional
 
ética e deontologia- Curso TAG
ética e deontologia- Curso TAGética e deontologia- Curso TAG
ética e deontologia- Curso TAG
 
Ética e Bioética na enfermagem
Ética e Bioética na  enfermagemÉtica e Bioética na  enfermagem
Ética e Bioética na enfermagem
 
BIOÉTICA EM ENFERMAGEM
BIOÉTICA EM ENFERMAGEMBIOÉTICA EM ENFERMAGEM
BIOÉTICA EM ENFERMAGEM
 
Apostila etica e bioetica
Apostila etica e bioeticaApostila etica e bioetica
Apostila etica e bioetica
 
éTica e educação empresarial e profissional ii
éTica e educação empresarial e profissional iiéTica e educação empresarial e profissional ii
éTica e educação empresarial e profissional ii
 
Aula ÉTICA PROFISSIONAL - processos humanizados de trabalho
Aula ÉTICA PROFISSIONAL - processos humanizados de trabalhoAula ÉTICA PROFISSIONAL - processos humanizados de trabalho
Aula ÉTICA PROFISSIONAL - processos humanizados de trabalho
 
Ética_Psicologia: O que é Ética na psicologia?
Ética_Psicologia: O que é Ética na psicologia?Ética_Psicologia: O que é Ética na psicologia?
Ética_Psicologia: O que é Ética na psicologia?
 
Conduta Profissional.pdf
Conduta Profissional.pdfConduta Profissional.pdf
Conduta Profissional.pdf
 
Conduta profissional
Conduta profissionalConduta profissional
Conduta profissional
 
Principios da bioetica
Principios da bioeticaPrincipios da bioetica
Principios da bioetica
 
Aula de ética esa pariquera
Aula de ética esa pariqueraAula de ética esa pariquera
Aula de ética esa pariquera
 
Alms 6 nocoes de administracao
Alms 6 nocoes de administracaoAlms 6 nocoes de administracao
Alms 6 nocoes de administracao
 
COMO A ÉTICA AGREGA VALOR AO NEGÓCIO E AUMENTA A SATISFAÇÃO DOS PACIENTES
COMO A ÉTICA AGREGA VALOR AO NEGÓCIO E AUMENTA A SATISFAÇÃO DOS PACIENTESCOMO A ÉTICA AGREGA VALOR AO NEGÓCIO E AUMENTA A SATISFAÇÃO DOS PACIENTES
COMO A ÉTICA AGREGA VALOR AO NEGÓCIO E AUMENTA A SATISFAÇÃO DOS PACIENTES
 
éTica no ambiente profissional
éTica no ambiente profissionaléTica no ambiente profissional
éTica no ambiente profissional
 

Mais de Helena Cordeiro

Moção_Uma Recusa pelo Ambiente
Moção_Uma Recusa pelo AmbienteMoção_Uma Recusa pelo Ambiente
Moção_Uma Recusa pelo Ambiente
Helena Cordeiro
 
Moção Centenário da OIT
Moção Centenário da OITMoção Centenário da OIT
Moção Centenário da OIT
Helena Cordeiro
 
Moção Paz e Justica para todos os Povos
Moção Paz e Justica para todos os PovosMoção Paz e Justica para todos os Povos
Moção Paz e Justica para todos os Povos
Helena Cordeiro
 
Resolucao encontro comissoes de utentes regiao setubal
Resolucao encontro comissoes de utentes  regiao setubalResolucao encontro comissoes de utentes  regiao setubal
Resolucao encontro comissoes de utentes regiao setubal
Helena Cordeiro
 
Mercado das Cebola na Suiça
Mercado das Cebola na SuiçaMercado das Cebola na Suiça
Mercado das Cebola na Suiça
Helena Cordeiro
 
Rumo à Vitória
Rumo à VitóriaRumo à Vitória
Rumo à Vitória
Helena Cordeiro
 
Programa assembleia diocesana de setúbal
Programa assembleia diocesana de setúbalPrograma assembleia diocesana de setúbal
Programa assembleia diocesana de setúbal
Helena Cordeiro
 
Programa assembleia diocesana de setúbal
Programa assembleia diocesana de setúbalPrograma assembleia diocesana de setúbal
Programa assembleia diocesana de setúbal
Helena Cordeiro
 
LOC/MTC - Programa da Assembleia Diocesana de Setúbal
LOC/MTC - Programa da Assembleia Diocesana de SetúbalLOC/MTC - Programa da Assembleia Diocesana de Setúbal
LOC/MTC - Programa da Assembleia Diocesana de Setúbal
Helena Cordeiro
 
Semana social 2012 comunicado final
Semana social 2012 comunicado finalSemana social 2012 comunicado final
Semana social 2012 comunicado final
Helena Cordeiro
 
Diferença entre manuais escolares
Diferença entre manuais escolaresDiferença entre manuais escolares
Diferença entre manuais escolares
Helena Cordeiro
 
A história do corneteiro.pdf
A história do corneteiro.pdf A história do corneteiro.pdf
A história do corneteiro.pdf
Helena Cordeiro
 
Parecer do cme agregação escolas
Parecer do cme agregação escolasParecer do cme agregação escolas
Parecer do cme agregação escolas
Helena Cordeiro
 
Participação da equipa de base da quinta do conde na discussão pública do reg...
Participação da equipa de base da quinta do conde na discussão pública do reg...Participação da equipa de base da quinta do conde na discussão pública do reg...
Participação da equipa de base da quinta do conde na discussão pública do reg...
Helena Cordeiro
 
Proposta de alteração ao regulamento do horário de funcionamento dos estabele...
Proposta de alteração ao regulamento do horário de funcionamento dos estabele...Proposta de alteração ao regulamento do horário de funcionamento dos estabele...
Proposta de alteração ao regulamento do horário de funcionamento dos estabele...
Helena Cordeiro
 
Imagens seminário
Imagens seminárioImagens seminário
Imagens seminário
Helena Cordeiro
 
Imagens do seminário loc em sesimbra
Imagens do seminário loc em sesimbraImagens do seminário loc em sesimbra
Imagens do seminário loc em sesimbra
Helena Cordeiro
 
Mensagem do mmtc 1º maio 2012
Mensagem do mmtc 1º maio 2012Mensagem do mmtc 1º maio 2012
Mensagem do mmtc 1º maio 2012
Helena Cordeiro
 

Mais de Helena Cordeiro (20)

Moção_Uma Recusa pelo Ambiente
Moção_Uma Recusa pelo AmbienteMoção_Uma Recusa pelo Ambiente
Moção_Uma Recusa pelo Ambiente
 
Moção Centenário da OIT
Moção Centenário da OITMoção Centenário da OIT
Moção Centenário da OIT
 
Moção Paz e Justica para todos os Povos
Moção Paz e Justica para todos os PovosMoção Paz e Justica para todos os Povos
Moção Paz e Justica para todos os Povos
 
Resolucao encontro comissoes de utentes regiao setubal
Resolucao encontro comissoes de utentes  regiao setubalResolucao encontro comissoes de utentes  regiao setubal
Resolucao encontro comissoes de utentes regiao setubal
 
Mercado das Cebola na Suiça
Mercado das Cebola na SuiçaMercado das Cebola na Suiça
Mercado das Cebola na Suiça
 
Rumo à Vitória
Rumo à VitóriaRumo à Vitória
Rumo à Vitória
 
Programa assembleia diocesana de setúbal
Programa assembleia diocesana de setúbalPrograma assembleia diocesana de setúbal
Programa assembleia diocesana de setúbal
 
Programa assembleia diocesana de setúbal
Programa assembleia diocesana de setúbalPrograma assembleia diocesana de setúbal
Programa assembleia diocesana de setúbal
 
LOC/MTC - Programa da Assembleia Diocesana de Setúbal
LOC/MTC - Programa da Assembleia Diocesana de SetúbalLOC/MTC - Programa da Assembleia Diocesana de Setúbal
LOC/MTC - Programa da Assembleia Diocesana de Setúbal
 
Semana social 2012 comunicado final
Semana social 2012 comunicado finalSemana social 2012 comunicado final
Semana social 2012 comunicado final
 
Diferença entre manuais escolares
Diferença entre manuais escolaresDiferença entre manuais escolares
Diferença entre manuais escolares
 
A história do corneteiro.pdf
A história do corneteiro.pdf A história do corneteiro.pdf
A história do corneteiro.pdf
 
Fenprof
FenprofFenprof
Fenprof
 
Parecer do cme agregação escolas
Parecer do cme agregação escolasParecer do cme agregação escolas
Parecer do cme agregação escolas
 
Participação da equipa de base da quinta do conde na discussão pública do reg...
Participação da equipa de base da quinta do conde na discussão pública do reg...Participação da equipa de base da quinta do conde na discussão pública do reg...
Participação da equipa de base da quinta do conde na discussão pública do reg...
 
Proposta de alteração ao regulamento do horário de funcionamento dos estabele...
Proposta de alteração ao regulamento do horário de funcionamento dos estabele...Proposta de alteração ao regulamento do horário de funcionamento dos estabele...
Proposta de alteração ao regulamento do horário de funcionamento dos estabele...
 
Imagens seminário
Imagens seminárioImagens seminário
Imagens seminário
 
Imagens do seminário loc em sesimbra
Imagens do seminário loc em sesimbraImagens do seminário loc em sesimbra
Imagens do seminário loc em sesimbra
 
Mamã maravilha
Mamã maravilhaMamã maravilha
Mamã maravilha
 
Mensagem do mmtc 1º maio 2012
Mensagem do mmtc 1º maio 2012Mensagem do mmtc 1º maio 2012
Mensagem do mmtc 1º maio 2012
 

Power point etica individual e coletiva

  • 2. Formação pessoal Mais do que ensinar - Transmite-se! Mais do que aprender - Interioriza-se! Pode diferenciar-se num contexto cultural mas não no social ou económico. Não é adaptável a interesses circunstanciais.
  • 3. Livre Escolha Pessoal e independente de julgamentos morais “Conhece-te a ti mesmo!” A ética individual é distinta É uma forma de libertação interior em cada ser humano, embora ao que nos é imposto por obedeça a um determinado “lei”,sempre que o agir corretamente padrão ético. não depende de regras mas, da vontade. É o conhecimento que cada um tem de si próprio e a forma como cada um assume as suas decisões e as suas consequências.
  • 4. Sentido de responsabilidade individual pelo bem comum;  Distinguir as ações corretas das incorretas, as justas das injustas;  Capacidade de escolher livremente e assumir as consequências;  Falar verdade;  Respeito pela diversidade cultural e étnica.
  • 5. Ética Institucional Depende da percepção que cada pessoa tem da realidade institucional em que está inserida e do respeito mútuo, pessoal e profissional. Depende da ética individual. Rege-se por Códigos de Ética.
  • 6. Conjunto de regras que orientam a conduta profissional, interna e externa de todos os elementos duma organização. Instrumentos de mediação e resolução de conflitos. Códigos de Ética Compromisso público com boas práticas em relação à: Gestão sustentável e responsabilidade social da organização para com todos os agentes envolvidos (trabalhadores, clientes, utentes, fornecedores e comunidade em geral).
  • 7.  Reflexão ética (valores);  Legalidade da conduta (direito);  Relação entre ética e eficiência (lucro);  Responsabilidade das empresas (universal);  Denúncia e penalização de práticas antiéticas (critérios de justiça).
  • 8. É considerado um instrumento de gestão;  Pessoas que inspirem confiança dentro da organização e para o mercado, transformam valores éticos individuais, em colectivos e em resultados materiais.
  • 9. Relacionada com grupos profissionais Complementa os respetivos Códigos Deontológicos As leis, os estatutos, as regras e programas que definem o exercício da profissão.
  • 10. MÉDICOS  O médico não deve considerar o exercício da Medicina como uma actividade orientada para fins lucrativos, sem prejuízo do seu direito a uma justa remuneração(artº 5º).  O médico tem o direito de recusar a prática de acto da sua profissão quando tal prática entre em conflito com a sua consciência, ofendendo os seus princípios éticos, morais, religiosos, filosóficos ou humanitários (artº 37º).  Ao médico é vedada a ajuda ao suicídio, a eutanásia e a distanásia (artº57º).
  • 11. JORNALISTAS O jornalista deve lutar contra as restrições no acesso às fontes de informação e as tentativas de limitar a liberdade de expressão e o direito de informar. É obrigação do jornalista divulgar as ofensas a estes direitos.(ponto3) O jornalista deve utilizar meios leais para obter informações, imagens ou documentos e proibir-se de abusar da boa-fé de quem quer que seja…(ponto4)
  • 12. Portugal TELECOM “A administração das empresas do Grupo PT deve ser exercida com zelo e transparência…” (ponto 6); “… assim como todos os seus colaboradores, devem assegurar o cumprimento escrupuloso das normas legais…” (ponto 7); “… não devem aceitar ou recorrer a ofertas, pagamentos, ou outros favores de clientes ou fornecedores…” (ponto 9); “Os compromissos do Grupo PT em matéria de responsabilidade social integram,…, o respeito pelos direitos humanos, pelo trabalho, pela liberdade de associação, o repúdio pelo trabalho forçado e pelo trabalho infantil, a adopção e promoção da sustentabilidade ambiental e a participação em iniciativas de acção social e cultural…”(ponto 20)