SlideShare uma empresa Scribd logo
Cidades eCidades e
Impérios naImpérios na
AméricaAmérica
Índios daÍndios da
AméricaAmérica
Observe as construções
de diferentes povos
indígenas das Américas!
Qual a diferença que
você identifica?
ObjetosObjetos
indígenasindígenas
O que significa serO que significa ser
índio?índio?
Povoamento daPovoamento da
AméricaAmérica
Até recentemente, a interpretação mais largamente aceita baseada nos achados
arqueológicos era de que os primeiros humanos nas Américas teriam vindo numa
série de migrações da Sibéria para o Alasca através de uma língua de terra
chamada Beríngia, que se formou com a queda do nível dos mares durante a
última idade do gelo, entre 24 e 9 mil anos atrás.
Até recentemente, a interpretação mais largamente aceita baseada nos achados
arqueológicos era de que os primeiros humanos nas Américas teriam vindo numa
série de migrações da Sibéria para o Alasca através de uma língua de terra
chamada Beríngia, que se formou com a queda do nível dos mares durante a
última idade do gelo, entre 24 e 9 mil anos atrás.
Regiões Culturais naRegiões Culturais na
AméricaAmérica
 Com a proximidade dos povos houveramCom a proximidade dos povos houveram
as trocas de produtos, ideias, práticasas trocas de produtos, ideias, práticas
religiosas, saberes sobre a natureza,religiosas, saberes sobre a natureza,
interpretação de mundo, preparo deinterpretação de mundo, preparo de
alimentos e etc. Todas essas influênciasalimentos e etc. Todas essas influências
produziram um modo de vida muitoproduziram um modo de vida muito
parecido e foi denominada deparecido e foi denominada de RegiãoRegião
CulturalCultural pelo historiador Eduardo Natalinopelo historiador Eduardo Natalino
dos Santos.dos Santos.
Onde fica aOnde fica a
Mesoamérica?Mesoamérica? Mesoamérica significa meio da América.Mesoamérica significa meio da América. Veja o mapa:Veja o mapa:
MilhoMilho  O milho era um produtoO milho era um produto
muito consumido pormuito consumido por
toda a América.toda a América.
 Era consideradoEra considerado
alimento dos deuses,alimento dos deuses,
entre alguns povosentre alguns povos
existia a ideia de que oexistia a ideia de que o
homem teria sido feitohomem teria sido feito
pela massa do milho.pela massa do milho.
Povos nativos da América.
Algumas curiosidades!Algumas curiosidades!
 Os povos mesoamericanos jáOs povos mesoamericanos já
possuíam um calendário, compossuíam um calendário, com
365 dias dividido em 18 meses365 dias dividido em 18 meses
de 20 dias, neles eramde 20 dias, neles eram
marcados os dias de festas.marcados os dias de festas.
 Possuíam escrita chamadaPossuíam escrita chamada
pictoglíficapictoglífica, nela combinava-se, nela combinava-se
pinturas, sinais de ideias e sons.pinturas, sinais de ideias e sons.
Os livros com esta escritaOs livros com esta escrita
chamavam-sechamavam-se Códices.Códices.
Politeísmo ePoliteísmo e
SacrifíciosSacrifícios
 Estes povos eramEstes povos eram
politeístas e faziampoliteístas e faziam
sacrifícios humanos aossacrifícios humanos aos
deuses, entendiam que odeuses, entendiam que o
sangue oferecido permitia asangue oferecido permitia a
continuidade da vida nacontinuidade da vida na
terra.terra.
 O jogo de bola fazia parteO jogo de bola fazia parte
dos rituais religiosos,dos rituais religiosos,
individualmente ou porindividualmente ou por
equipe.equipe.
Olmeca, construíram
grandes centro
religiosos e grandes
cabeças de pedra.
Localização
geográfica da Cidade
de San Lorenzo, onde
habitavam os povos
Olmeca.
Povos Mesoamericanos
PovosPovos
TeotihuacanosTeotihuacanos Teotihuacan é a atual cidade do México, uma das grandes cidadesTeotihuacan é a atual cidade do México, uma das grandes cidades
mesoamericanas com 120 mil habitantes.mesoamericanas com 120 mil habitantes.
 Muitos povos circulavam por TeotihuacanMuitos povos circulavam por Teotihuacan Zapotecas, Mixtecas, Maias,Zapotecas, Mixtecas, Maias,
Toltecas e mesmo Nahuas,Toltecas e mesmo Nahuas, era uma cidade multi-étnico.era uma cidade multi-étnico.
PovosPovos
MaiasMaias
 Os Maias foram grandesOs Maias foram grandes
construtores e para isso eraconstrutores e para isso era
necessário a exploração denecessário a exploração de
mão de obra, a desigualdademão de obra, a desigualdade
social era evidente.social era evidente.
 A economia era baseada naA economia era baseada na
agricultura, onde o milho era oagricultura, onde o milho era o
principal produto.principal produto.
 Adoravam deuses em formaAdoravam deuses em forma
humana, animal e vegetal.humana, animal e vegetal.

Lição de CasaLição de Casa
 Desafio: Como eraDesafio: Como era
a religião dosa religião dos
AstecasAstecas
 Descubra aDescubra a
resposta dosresposta dos
 ex. 1 ao 3ex. 1 ao 3
Data: 06/08/2013 Para: 07/08/2013
AstecasAstecas
 Os Astecas formaram umOs Astecas formaram um
grande Império e uma grandegrande Império e uma grande
cidade chamada Tenochtitlan.cidade chamada Tenochtitlan.
Esta cidade dependia deEsta cidade dependia de
muita mão de obra para quemuita mão de obra para que
ela funciona-se e atende-seela funciona-se e atende-se
os habitantes desta cidade.os habitantes desta cidade.
 Eles dominaram váriosEles dominaram vários
povos, os tributavam compovos, os tributavam com
impostos e trabalho pesado eimpostos e trabalho pesado e
no sacrifício Humano.no sacrifício Humano.
Grandes Civilizações IGrandes Civilizações I
Sociedade AstecaSociedade Asteca
Sacerdotes
E
Guerreiros
Na sociedade Asteca os sacerdotes e
guerreiros eram os mais importantes
Os comerciantes também se
destacavam pelo contato com
outros povos.
Os camponeses possuíam uma
vida difícil, mas tinham acesso a
escola dos sacerdotes.As pessoas se tornavam
escravas por divida ou ser
capturado como inimigo de
guerra.
QuetzalcóaltQuetzalcóalt
 O Quetzalcóalt eraO Quetzalcóalt era
um deus Maia,um deus Maia,
simbolizado porsimbolizado por
uma serpenteuma serpente
emplumada.emplumada.
 Os Astecas possuíam vários inimigos, queOs Astecas possuíam vários inimigos, que
se uniram junto com os espanhóis parase uniram junto com os espanhóis para
derrotar os Maias.derrotar os Maias.
Povos dos AndesPovos dos Andes
OutrosOutros
PovosPovos O Povo NazcaO Povo Nazca
 viveu no sul doviveu no sul do PeruPeru próximo dopróximo do
Pacífico, alcançando seu auge entrePacífico, alcançando seu auge entre
250 e 759 d.C. Eram pré-incaicos,250 e 759 d.C. Eram pré-incaicos,
adaptaram-se a uma região desérticaadaptaram-se a uma região desértica
e para sobreviver desenvolverame para sobreviver desenvolveram
técnicas de irrigação muitotécnicas de irrigação muito
elaboradas.elaboradas.
Estudos tentam provar que uma espécie de árvore da região chamada pelos
peruanos de hurangales seria responsável por manter alguns canais de água
naturais, o que possibilitava a vida desse povo em região tão árida. Quando
os Nazca as derrubaram começaram a enfrentar problemas.Esse teria sido um
fato que contribuiu para extinção desse povo.
O Povo Nazca é muito conhecido pelos desenhos geoglífos enormes
figuras desenhadas no chão do deserto em formas de aves, animais, dentre
outras imagens.
PovoTiahuanaco
Bolívia
Povo Chimu
Peru
Cidade de Cuzco Cidade de Machu Pichu
Peru
Povos Incas, maiorPovos Incas, maior
Império da América doImpério da América do
SulSul
 Principal cidade Inca é Cuzco, significaPrincipal cidade Inca é Cuzco, significa
umbigo do mundo. A língua Inca é aumbigo do mundo. A língua Inca é a
Quéchua também falada em váriosQuéchua também falada em vários
países da América do Sul.países da América do Sul.
 Os Imperadores Incas eram conhecidosOs Imperadores Incas eram conhecidos
como Sapa Inca era descendente docomo Sapa Inca era descendente do
deus Sol Inti.deus Sol Inti.
 Eram Politeístas. Sacrificavam LhamasEram Politeístas. Sacrificavam Lhamas
e também seres humanos.e também seres humanos.
Sociedade IncaSociedade Inca
Família real, líderes militares e religiosos
Governantes de quatro províncias
Chefes regionais
Camponeses
Economia IncaEconomia Inca
A agricultura era a principalA agricultura era a principal
atividade econômicaatividade econômica
plantavam nas encostasplantavam nas encostas
das montanhas.das montanhas.
Mas partes altas plantavamMas partes altas plantavam
batatas resistentes ao frio,batatas resistentes ao frio,
nas áreas intermediariasnas áreas intermediarias
feijão e milho e nas baixasfeijão e milho e nas baixas
as frutas. A Lhama era oas frutas. A Lhama era o
animal ideal para áreasanimal ideal para áreas
montanhosas.montanhosas.
Grandes Civilizações IIGrandes Civilizações II
Lição de CasaLição de Casa
 Estudar para aEstudar para a
Prova do diaProva do dia
22/0822/08
 27/08 - Manhã27/08 - Manhã
 28/08 - Tarde28/08 - Tarde
 Descubra aDescubra a
resposta dosresposta dos
 ex. 4 ao 7 pág.166ex. 4 ao 7 pág.166
e 167 e O quee 167 e O que
você vê? Pág. 168você vê? Pág. 168
e 169e 169
Data: 06/08/2013 Para: 07/08/2013

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Civilizações Pré-Colombianas
Civilizações Pré-ColombianasCivilizações Pré-Colombianas
Civilizações Pré-Colombianas
joana71
 
Pré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino MédioPré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino Médio
Diego Bian Filo Moreira
 
Origem do homem americano
Origem do homem americanoOrigem do homem americano
Origem do homem americano
Fabiana Tonsis
 
Povoamento do América
Povoamento do AméricaPovoamento do América
Povoamento do América
Patrícia Costa Grigório
 
1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia
Daniel Alves Bronstrup
 
Egito Antigo
Egito AntigoEgito Antigo
Egito Antigo
Douglas Barraqui
 
Os incas
Os incasOs incas
Os incas
edna2
 
Conquista e colonização da América
Conquista e colonização da AméricaConquista e colonização da América
Conquista e colonização da América
Elton Zanoni
 
1° ano E.M. - Antigo Egito
1° ano E.M. -  Antigo Egito1° ano E.M. -  Antigo Egito
1° ano E.M. - Antigo Egito
Daniel Alves Bronstrup
 
Pré história brasileira
Pré   história brasileiraPré   história brasileira
Pré história brasileira
Marcela Marangon Ribeiro
 
A Escravidão no Brasil colonial
A Escravidão no Brasil colonialA Escravidão no Brasil colonial
A Escravidão no Brasil colonial
Alex Ferreira dos Santos
 
A Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisA Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados Nacionais
Douglas Barraqui
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
Aulas de História
 
1 os primeiros povos da america
1 os primeiros povos da america1 os primeiros povos da america
1 os primeiros povos da america
Paulo Alexandre
 
Egito slide
Egito slideEgito slide
Egito slide
Isabel Aguiar
 
Antigas civilizações
Antigas civilizações Antigas civilizações
Antigas civilizações
Adail Silva
 
Período regencial
Período regencialPeríodo regencial
Período regencial
Fabiana Tonsis
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
Douglas Barraqui
 
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da ÁsiaImperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Portal do Vestibulando
 
Formação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUAFormação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUA
Paulo Alexandre
 

Mais procurados (20)

Civilizações Pré-Colombianas
Civilizações Pré-ColombianasCivilizações Pré-Colombianas
Civilizações Pré-Colombianas
 
Pré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino MédioPré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino Médio
 
Origem do homem americano
Origem do homem americanoOrigem do homem americano
Origem do homem americano
 
Povoamento do América
Povoamento do AméricaPovoamento do América
Povoamento do América
 
1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia1° ano - Mesopotâmia
1° ano - Mesopotâmia
 
Egito Antigo
Egito AntigoEgito Antigo
Egito Antigo
 
Os incas
Os incasOs incas
Os incas
 
Conquista e colonização da América
Conquista e colonização da AméricaConquista e colonização da América
Conquista e colonização da América
 
1° ano E.M. - Antigo Egito
1° ano E.M. -  Antigo Egito1° ano E.M. -  Antigo Egito
1° ano E.M. - Antigo Egito
 
Pré história brasileira
Pré   história brasileiraPré   história brasileira
Pré história brasileira
 
A Escravidão no Brasil colonial
A Escravidão no Brasil colonialA Escravidão no Brasil colonial
A Escravidão no Brasil colonial
 
A Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados NacionaisA Formação dos Estados Nacionais
A Formação dos Estados Nacionais
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
1 os primeiros povos da america
1 os primeiros povos da america1 os primeiros povos da america
1 os primeiros povos da america
 
Egito slide
Egito slideEgito slide
Egito slide
 
Antigas civilizações
Antigas civilizações Antigas civilizações
Antigas civilizações
 
Período regencial
Período regencialPeríodo regencial
Período regencial
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
 
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da ÁsiaImperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia
 
Formação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUAFormação e desenvolvimento dos EUA
Formação e desenvolvimento dos EUA
 

Destaque

Os nativos da america portuguesa
Os nativos da america portuguesaOs nativos da america portuguesa
Os nativos da america portuguesa
Brasil Telecom/OI
 
Andes sn - proposta reestruturação da carreira
Andes sn - proposta reestruturação da carreiraAndes sn - proposta reestruturação da carreira
Andes sn - proposta reestruturação da carreira
Aysllan Vieira
 
História.01
História.01História.01
História.01
Camila Brito
 
America do sul.revisão.
America do sul.revisão.America do sul.revisão.
America do sul.revisão.
Camila Brito
 
6ano.historia.Aula01.anglo
6ano.historia.Aula01.anglo6ano.historia.Aula01.anglo
6ano.historia.Aula01.anglo
Camila Brito
 
6 ano cap. 8
6 ano cap. 86 ano cap. 8
6 ano cap. 8
Camila Brito
 
África
ÁfricaÁfrica
África
Camila Brito
 
Atualidades 1 º semestre
Atualidades 1 º semestreAtualidades 1 º semestre
Atualidades 1 º semestre
Camila Brito
 
Atualidades Vestibular 2015.
Atualidades Vestibular 2015.Atualidades Vestibular 2015.
Atualidades Vestibular 2015.
Camila Brito
 
Reforma e contra reforma.
Reforma e contra reforma.Reforma e contra reforma.
Reforma e contra reforma.
Camila Brito
 
Vida humana e religiosa.anglo.primeiras civilizações.
Vida humana e religiosa.anglo.primeiras civilizações.Vida humana e religiosa.anglo.primeiras civilizações.
Vida humana e religiosa.anglo.primeiras civilizações.
Camila Brito
 
Egito.
Egito.Egito.
Egito.
Camila Brito
 
A Implatação Da República
A Implatação Da RepúblicaA Implatação Da República
A Implatação Da República
rosabraba
 
Africa
Africa Africa
Africa
Camila Brito
 
África e o vestibular.
África e o vestibular.África e o vestibular.
África e o vestibular.
Camila Brito
 
Africa.revisão
Africa.revisãoAfrica.revisão
Africa.revisão
Camila Brito
 
Atualidades 2015 –2semestre
Atualidades 2015 –2semestreAtualidades 2015 –2semestre
Atualidades 2015 –2semestre
Camila Brito
 
Povos primitivos da américa.
Povos primitivos da américa.Povos primitivos da américa.
Povos primitivos da américa.
Camila Brito
 
Guerra fria-e-nova-ordem-mundial-
Guerra fria-e-nova-ordem-mundial- Guerra fria-e-nova-ordem-mundial-
Guerra fria-e-nova-ordem-mundial-
Camila Brito
 
Descolonização africana
Descolonização africanaDescolonização africana
Descolonização africana
Camila Brito
 

Destaque (20)

Os nativos da america portuguesa
Os nativos da america portuguesaOs nativos da america portuguesa
Os nativos da america portuguesa
 
Andes sn - proposta reestruturação da carreira
Andes sn - proposta reestruturação da carreiraAndes sn - proposta reestruturação da carreira
Andes sn - proposta reestruturação da carreira
 
História.01
História.01História.01
História.01
 
America do sul.revisão.
America do sul.revisão.America do sul.revisão.
America do sul.revisão.
 
6ano.historia.Aula01.anglo
6ano.historia.Aula01.anglo6ano.historia.Aula01.anglo
6ano.historia.Aula01.anglo
 
6 ano cap. 8
6 ano cap. 86 ano cap. 8
6 ano cap. 8
 
África
ÁfricaÁfrica
África
 
Atualidades 1 º semestre
Atualidades 1 º semestreAtualidades 1 º semestre
Atualidades 1 º semestre
 
Atualidades Vestibular 2015.
Atualidades Vestibular 2015.Atualidades Vestibular 2015.
Atualidades Vestibular 2015.
 
Reforma e contra reforma.
Reforma e contra reforma.Reforma e contra reforma.
Reforma e contra reforma.
 
Vida humana e religiosa.anglo.primeiras civilizações.
Vida humana e religiosa.anglo.primeiras civilizações.Vida humana e religiosa.anglo.primeiras civilizações.
Vida humana e religiosa.anglo.primeiras civilizações.
 
Egito.
Egito.Egito.
Egito.
 
A Implatação Da República
A Implatação Da RepúblicaA Implatação Da República
A Implatação Da República
 
Africa
Africa Africa
Africa
 
África e o vestibular.
África e o vestibular.África e o vestibular.
África e o vestibular.
 
Africa.revisão
Africa.revisãoAfrica.revisão
Africa.revisão
 
Atualidades 2015 –2semestre
Atualidades 2015 –2semestreAtualidades 2015 –2semestre
Atualidades 2015 –2semestre
 
Povos primitivos da américa.
Povos primitivos da américa.Povos primitivos da américa.
Povos primitivos da américa.
 
Guerra fria-e-nova-ordem-mundial-
Guerra fria-e-nova-ordem-mundial- Guerra fria-e-nova-ordem-mundial-
Guerra fria-e-nova-ordem-mundial-
 
Descolonização africana
Descolonização africanaDescolonização africana
Descolonização africana
 

Semelhante a Povos nativos da América.

DiferençAs Culturais Entre Os IndíGenas Americanos
DiferençAs Culturais Entre Os IndíGenas AmericanosDiferençAs Culturais Entre Os IndíGenas Americanos
DiferençAs Culturais Entre Os IndíGenas Americanos
bloghist
 
Pre colombianas
Pre colombianasPre colombianas
Pre colombianas
Heloisa Dantas
 
Tqa aula-programada-america-pre-colombiana
Tqa aula-programada-america-pre-colombianaTqa aula-programada-america-pre-colombiana
Tqa aula-programada-america-pre-colombiana
Sérgio Moura
 
Civilizações Americanas
Civilizações AmericanasCivilizações Americanas
Civilizações Americanas
Mario Lopes
 
16° impacto da conquista
16° impacto da conquista16° impacto da conquista
16° impacto da conquista
Ajudar Pessoas
 
A américa pré colombiana
A américa pré colombianaA américa pré colombiana
A américa pré colombiana
Rodrigo Luiz
 
http://www.historiandohistoriando.blogspot.com/
http://www.historiandohistoriando.blogspot.com/http://www.historiandohistoriando.blogspot.com/
http://www.historiandohistoriando.blogspot.com/
Luizelene Moreira
 
Povos pré-colombianos.ppt
Povos pré-colombianos.pptPovos pré-colombianos.ppt
Povos pré-colombianos.ppt
Welington Ernane Porfírio
 
América diferentes culturas
América   diferentes culturasAmérica   diferentes culturas
América diferentes culturas
Acrópole - História & Educação
 
AMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdf
AMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdfAMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdf
AMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdf
JULIOCARVALHO47
 
As civilizações
As civilizaçõesAs civilizações
As civilizações
ceufaias
 
Aula maias astecas e incas
Aula maias astecas e incasAula maias astecas e incas
Aula maias astecas e incas
RafaelStuart
 
Civilização Maia America pré colombiana
Civilização Maia America pré colombianaCivilização Maia America pré colombiana
Civilização Maia America pré colombiana
Gisele Finatti Baraglio
 
Os povos pré colombianos
Os povos pré colombianosOs povos pré colombianos
Os povos pré colombianos
Professor Marcelo
 
Povos mesoamericanos
Povos mesoamericanos Povos mesoamericanos
Povos mesoamericanos
Roberta Fernandes
 
Incas e astecas apostila
Incas e astecas apostilaIncas e astecas apostila
Incas e astecas apostila
LUZIMEIRECRISTIANESO
 
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01
marceloamoreira
 
Civilizações Antigas
Civilizações AntigasCivilizações Antigas
Civilizações Antigas
FelipedosSantosSilva10
 
Civilizações Antigas.pdf
Civilizações Antigas.pdfCivilizações Antigas.pdf
Civilizações Antigas.pdf
FelypedosSantosSilva
 
Maias e incas
Maias e incasMaias e incas
Maias e incas
Nicollas Villar
 

Semelhante a Povos nativos da América. (20)

DiferençAs Culturais Entre Os IndíGenas Americanos
DiferençAs Culturais Entre Os IndíGenas AmericanosDiferençAs Culturais Entre Os IndíGenas Americanos
DiferençAs Culturais Entre Os IndíGenas Americanos
 
Pre colombianas
Pre colombianasPre colombianas
Pre colombianas
 
Tqa aula-programada-america-pre-colombiana
Tqa aula-programada-america-pre-colombianaTqa aula-programada-america-pre-colombiana
Tqa aula-programada-america-pre-colombiana
 
Civilizações Americanas
Civilizações AmericanasCivilizações Americanas
Civilizações Americanas
 
16° impacto da conquista
16° impacto da conquista16° impacto da conquista
16° impacto da conquista
 
A américa pré colombiana
A américa pré colombianaA américa pré colombiana
A américa pré colombiana
 
http://www.historiandohistoriando.blogspot.com/
http://www.historiandohistoriando.blogspot.com/http://www.historiandohistoriando.blogspot.com/
http://www.historiandohistoriando.blogspot.com/
 
Povos pré-colombianos.ppt
Povos pré-colombianos.pptPovos pré-colombianos.ppt
Povos pré-colombianos.ppt
 
América diferentes culturas
América   diferentes culturasAmérica   diferentes culturas
América diferentes culturas
 
AMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdf
AMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdfAMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdf
AMÉRICA PRÉ COLOMBIANA.pdf
 
As civilizações
As civilizaçõesAs civilizações
As civilizações
 
Aula maias astecas e incas
Aula maias astecas e incasAula maias astecas e incas
Aula maias astecas e incas
 
Civilização Maia America pré colombiana
Civilização Maia America pré colombianaCivilização Maia America pré colombiana
Civilização Maia America pré colombiana
 
Os povos pré colombianos
Os povos pré colombianosOs povos pré colombianos
Os povos pré colombianos
 
Povos mesoamericanos
Povos mesoamericanos Povos mesoamericanos
Povos mesoamericanos
 
Incas e astecas apostila
Incas e astecas apostilaIncas e astecas apostila
Incas e astecas apostila
 
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01
 
Civilizações Antigas
Civilizações AntigasCivilizações Antigas
Civilizações Antigas
 
Civilizações Antigas.pdf
Civilizações Antigas.pdfCivilizações Antigas.pdf
Civilizações Antigas.pdf
 
Maias e incas
Maias e incasMaias e incas
Maias e incas
 

Mais de Camila Brito

Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Metodologias Ativas
Camila Brito
 
Flipped Classroom a perspective from the East and West Methodology.
Flipped Classroom a perspective from the East and West Methodology.Flipped Classroom a perspective from the East and West Methodology.
Flipped Classroom a perspective from the East and West Methodology.
Camila Brito
 
Kahoot presentation (1)
Kahoot presentation (1)Kahoot presentation (1)
Kahoot presentation (1)
Camila Brito
 
Exemplo de Curriculo para professor.
Exemplo de Curriculo para professor.Exemplo de Curriculo para professor.
Exemplo de Curriculo para professor.
Camila Brito
 
Flipped classroom online
Flipped classroom onlineFlipped classroom online
Flipped classroom online
Camila Brito
 
Innovation for Learning - Griffith College
Innovation for Learning - Griffith CollegeInnovation for Learning - Griffith College
Innovation for Learning - Griffith College
Camila Brito
 
Aula Filosofia Contemporânea.
Aula Filosofia Contemporânea.Aula Filosofia Contemporânea.
Aula Filosofia Contemporânea.
Camila Brito
 
Aula conjugando alfabetização para crianças bilíngues e Geografia.
Aula conjugando alfabetização para crianças bilíngues e Geografia.Aula conjugando alfabetização para crianças bilíngues e Geografia.
Aula conjugando alfabetização para crianças bilíngues e Geografia.
Camila Brito
 
Poster sobre questão LGB no Ensino Superior.
Poster sobre questão LGB no Ensino Superior.Poster sobre questão LGB no Ensino Superior.
Poster sobre questão LGB no Ensino Superior.
Camila Brito
 
Atividades de Geografia para alunos portadores de necessidades especiais do 8...
Atividades de Geografia para alunos portadores de necessidades especiais do 8...Atividades de Geografia para alunos portadores de necessidades especiais do 8...
Atividades de Geografia para alunos portadores de necessidades especiais do 8...
Camila Brito
 
Guia de estudos 9ano
Guia de estudos 9ano Guia de estudos 9ano
Guia de estudos 9ano
Camila Brito
 
Guia de estudos 8 ano
Guia de estudos 8 ano Guia de estudos 8 ano
Guia de estudos 8 ano
Camila Brito
 
Geologia geral e do Brasil
Geologia geral e do BrasilGeologia geral e do Brasil
Geologia geral e do Brasil
Camila Brito
 
A construção de um aplicativo para o ensino híbrido: um estudo de caso nas au...
A construção de um aplicativo para o ensino híbrido: um estudo de caso nas au...A construção de um aplicativo para o ensino híbrido: um estudo de caso nas au...
A construção de um aplicativo para o ensino híbrido: um estudo de caso nas au...
Camila Brito
 
Conhecimento platônico
Conhecimento platônico Conhecimento platônico
Conhecimento platônico
Camila Brito
 
Filosofia resumo
Filosofia resumoFilosofia resumo
Filosofia resumo
Camila Brito
 
Aula
Aula Aula
Geopolítica da América Latina .
Geopolítica da América Latina .Geopolítica da América Latina .
Geopolítica da América Latina .
Camila Brito
 
Guia de estudo para prova oficial 7ano
Guia de estudo para prova oficial 7anoGuia de estudo para prova oficial 7ano
Guia de estudo para prova oficial 7ano
Camila Brito
 
Design thinking na construção do trabalho científico no Fundamental II.
Design thinking na construção do trabalho científico no Fundamental II.Design thinking na construção do trabalho científico no Fundamental II.
Design thinking na construção do trabalho científico no Fundamental II.
Camila Brito
 

Mais de Camila Brito (20)

Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Metodologias Ativas
 
Flipped Classroom a perspective from the East and West Methodology.
Flipped Classroom a perspective from the East and West Methodology.Flipped Classroom a perspective from the East and West Methodology.
Flipped Classroom a perspective from the East and West Methodology.
 
Kahoot presentation (1)
Kahoot presentation (1)Kahoot presentation (1)
Kahoot presentation (1)
 
Exemplo de Curriculo para professor.
Exemplo de Curriculo para professor.Exemplo de Curriculo para professor.
Exemplo de Curriculo para professor.
 
Flipped classroom online
Flipped classroom onlineFlipped classroom online
Flipped classroom online
 
Innovation for Learning - Griffith College
Innovation for Learning - Griffith CollegeInnovation for Learning - Griffith College
Innovation for Learning - Griffith College
 
Aula Filosofia Contemporânea.
Aula Filosofia Contemporânea.Aula Filosofia Contemporânea.
Aula Filosofia Contemporânea.
 
Aula conjugando alfabetização para crianças bilíngues e Geografia.
Aula conjugando alfabetização para crianças bilíngues e Geografia.Aula conjugando alfabetização para crianças bilíngues e Geografia.
Aula conjugando alfabetização para crianças bilíngues e Geografia.
 
Poster sobre questão LGB no Ensino Superior.
Poster sobre questão LGB no Ensino Superior.Poster sobre questão LGB no Ensino Superior.
Poster sobre questão LGB no Ensino Superior.
 
Atividades de Geografia para alunos portadores de necessidades especiais do 8...
Atividades de Geografia para alunos portadores de necessidades especiais do 8...Atividades de Geografia para alunos portadores de necessidades especiais do 8...
Atividades de Geografia para alunos portadores de necessidades especiais do 8...
 
Guia de estudos 9ano
Guia de estudos 9ano Guia de estudos 9ano
Guia de estudos 9ano
 
Guia de estudos 8 ano
Guia de estudos 8 ano Guia de estudos 8 ano
Guia de estudos 8 ano
 
Geologia geral e do Brasil
Geologia geral e do BrasilGeologia geral e do Brasil
Geologia geral e do Brasil
 
A construção de um aplicativo para o ensino híbrido: um estudo de caso nas au...
A construção de um aplicativo para o ensino híbrido: um estudo de caso nas au...A construção de um aplicativo para o ensino híbrido: um estudo de caso nas au...
A construção de um aplicativo para o ensino híbrido: um estudo de caso nas au...
 
Conhecimento platônico
Conhecimento platônico Conhecimento platônico
Conhecimento platônico
 
Filosofia resumo
Filosofia resumoFilosofia resumo
Filosofia resumo
 
Aula
Aula Aula
Aula
 
Geopolítica da América Latina .
Geopolítica da América Latina .Geopolítica da América Latina .
Geopolítica da América Latina .
 
Guia de estudo para prova oficial 7ano
Guia de estudo para prova oficial 7anoGuia de estudo para prova oficial 7ano
Guia de estudo para prova oficial 7ano
 
Design thinking na construção do trabalho científico no Fundamental II.
Design thinking na construção do trabalho científico no Fundamental II.Design thinking na construção do trabalho científico no Fundamental II.
Design thinking na construção do trabalho científico no Fundamental II.
 

Último

Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
beathrizalves131
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
Vanessa F. Rezende
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
antonio carlos
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdfOficina de bases de dados - Dimensions.pdf
Oficina de bases de dados - Dimensions.pdf
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1)  educação infantil fu...
1°ao5°ano_HISTÓRIA_ORGANIZADOR CURRICULAR BIMESTRAL (1) educação infantil fu...
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptxSlides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
Slides Lição 2, CPAD, O Livro de Rute, 3Tr24.pptx
 

Povos nativos da América.

  • 1. Cidades eCidades e Impérios naImpérios na AméricaAmérica
  • 3. Observe as construções de diferentes povos indígenas das Américas! Qual a diferença que você identifica?
  • 5. O que significa serO que significa ser índio?índio?
  • 6. Povoamento daPovoamento da AméricaAmérica Até recentemente, a interpretação mais largamente aceita baseada nos achados arqueológicos era de que os primeiros humanos nas Américas teriam vindo numa série de migrações da Sibéria para o Alasca através de uma língua de terra chamada Beríngia, que se formou com a queda do nível dos mares durante a última idade do gelo, entre 24 e 9 mil anos atrás. Até recentemente, a interpretação mais largamente aceita baseada nos achados arqueológicos era de que os primeiros humanos nas Américas teriam vindo numa série de migrações da Sibéria para o Alasca através de uma língua de terra chamada Beríngia, que se formou com a queda do nível dos mares durante a última idade do gelo, entre 24 e 9 mil anos atrás.
  • 7. Regiões Culturais naRegiões Culturais na AméricaAmérica  Com a proximidade dos povos houveramCom a proximidade dos povos houveram as trocas de produtos, ideias, práticasas trocas de produtos, ideias, práticas religiosas, saberes sobre a natureza,religiosas, saberes sobre a natureza, interpretação de mundo, preparo deinterpretação de mundo, preparo de alimentos e etc. Todas essas influênciasalimentos e etc. Todas essas influências produziram um modo de vida muitoproduziram um modo de vida muito parecido e foi denominada deparecido e foi denominada de RegiãoRegião CulturalCultural pelo historiador Eduardo Natalinopelo historiador Eduardo Natalino dos Santos.dos Santos.
  • 8. Onde fica aOnde fica a Mesoamérica?Mesoamérica? Mesoamérica significa meio da América.Mesoamérica significa meio da América. Veja o mapa:Veja o mapa:
  • 9. MilhoMilho  O milho era um produtoO milho era um produto muito consumido pormuito consumido por toda a América.toda a América.  Era consideradoEra considerado alimento dos deuses,alimento dos deuses, entre alguns povosentre alguns povos existia a ideia de que oexistia a ideia de que o homem teria sido feitohomem teria sido feito pela massa do milho.pela massa do milho.
  • 11. Algumas curiosidades!Algumas curiosidades!  Os povos mesoamericanos jáOs povos mesoamericanos já possuíam um calendário, compossuíam um calendário, com 365 dias dividido em 18 meses365 dias dividido em 18 meses de 20 dias, neles eramde 20 dias, neles eram marcados os dias de festas.marcados os dias de festas.  Possuíam escrita chamadaPossuíam escrita chamada pictoglíficapictoglífica, nela combinava-se, nela combinava-se pinturas, sinais de ideias e sons.pinturas, sinais de ideias e sons. Os livros com esta escritaOs livros com esta escrita chamavam-sechamavam-se Códices.Códices.
  • 12. Politeísmo ePoliteísmo e SacrifíciosSacrifícios  Estes povos eramEstes povos eram politeístas e faziampoliteístas e faziam sacrifícios humanos aossacrifícios humanos aos deuses, entendiam que odeuses, entendiam que o sangue oferecido permitia asangue oferecido permitia a continuidade da vida nacontinuidade da vida na terra.terra.  O jogo de bola fazia parteO jogo de bola fazia parte dos rituais religiosos,dos rituais religiosos, individualmente ou porindividualmente ou por equipe.equipe.
  • 13. Olmeca, construíram grandes centro religiosos e grandes cabeças de pedra. Localização geográfica da Cidade de San Lorenzo, onde habitavam os povos Olmeca. Povos Mesoamericanos
  • 14. PovosPovos TeotihuacanosTeotihuacanos Teotihuacan é a atual cidade do México, uma das grandes cidadesTeotihuacan é a atual cidade do México, uma das grandes cidades mesoamericanas com 120 mil habitantes.mesoamericanas com 120 mil habitantes.  Muitos povos circulavam por TeotihuacanMuitos povos circulavam por Teotihuacan Zapotecas, Mixtecas, Maias,Zapotecas, Mixtecas, Maias, Toltecas e mesmo Nahuas,Toltecas e mesmo Nahuas, era uma cidade multi-étnico.era uma cidade multi-étnico.
  • 15. PovosPovos MaiasMaias  Os Maias foram grandesOs Maias foram grandes construtores e para isso eraconstrutores e para isso era necessário a exploração denecessário a exploração de mão de obra, a desigualdademão de obra, a desigualdade social era evidente.social era evidente.  A economia era baseada naA economia era baseada na agricultura, onde o milho era oagricultura, onde o milho era o principal produto.principal produto.  Adoravam deuses em formaAdoravam deuses em forma humana, animal e vegetal.humana, animal e vegetal. 
  • 16. Lição de CasaLição de Casa  Desafio: Como eraDesafio: Como era a religião dosa religião dos AstecasAstecas  Descubra aDescubra a resposta dosresposta dos  ex. 1 ao 3ex. 1 ao 3 Data: 06/08/2013 Para: 07/08/2013
  • 17. AstecasAstecas  Os Astecas formaram umOs Astecas formaram um grande Império e uma grandegrande Império e uma grande cidade chamada Tenochtitlan.cidade chamada Tenochtitlan. Esta cidade dependia deEsta cidade dependia de muita mão de obra para quemuita mão de obra para que ela funciona-se e atende-seela funciona-se e atende-se os habitantes desta cidade.os habitantes desta cidade.  Eles dominaram váriosEles dominaram vários povos, os tributavam compovos, os tributavam com impostos e trabalho pesado eimpostos e trabalho pesado e no sacrifício Humano.no sacrifício Humano.
  • 19. Sociedade AstecaSociedade Asteca Sacerdotes E Guerreiros Na sociedade Asteca os sacerdotes e guerreiros eram os mais importantes Os comerciantes também se destacavam pelo contato com outros povos. Os camponeses possuíam uma vida difícil, mas tinham acesso a escola dos sacerdotes.As pessoas se tornavam escravas por divida ou ser capturado como inimigo de guerra.
  • 20. QuetzalcóaltQuetzalcóalt  O Quetzalcóalt eraO Quetzalcóalt era um deus Maia,um deus Maia, simbolizado porsimbolizado por uma serpenteuma serpente emplumada.emplumada.  Os Astecas possuíam vários inimigos, queOs Astecas possuíam vários inimigos, que se uniram junto com os espanhóis parase uniram junto com os espanhóis para derrotar os Maias.derrotar os Maias.
  • 21. Povos dos AndesPovos dos Andes
  • 22. OutrosOutros PovosPovos O Povo NazcaO Povo Nazca  viveu no sul doviveu no sul do PeruPeru próximo dopróximo do Pacífico, alcançando seu auge entrePacífico, alcançando seu auge entre 250 e 759 d.C. Eram pré-incaicos,250 e 759 d.C. Eram pré-incaicos, adaptaram-se a uma região desérticaadaptaram-se a uma região desértica e para sobreviver desenvolverame para sobreviver desenvolveram técnicas de irrigação muitotécnicas de irrigação muito elaboradas.elaboradas. Estudos tentam provar que uma espécie de árvore da região chamada pelos peruanos de hurangales seria responsável por manter alguns canais de água naturais, o que possibilitava a vida desse povo em região tão árida. Quando os Nazca as derrubaram começaram a enfrentar problemas.Esse teria sido um fato que contribuiu para extinção desse povo.
  • 23. O Povo Nazca é muito conhecido pelos desenhos geoglífos enormes figuras desenhadas no chão do deserto em formas de aves, animais, dentre outras imagens.
  • 24. PovoTiahuanaco Bolívia Povo Chimu Peru Cidade de Cuzco Cidade de Machu Pichu Peru
  • 25. Povos Incas, maiorPovos Incas, maior Império da América doImpério da América do SulSul  Principal cidade Inca é Cuzco, significaPrincipal cidade Inca é Cuzco, significa umbigo do mundo. A língua Inca é aumbigo do mundo. A língua Inca é a Quéchua também falada em váriosQuéchua também falada em vários países da América do Sul.países da América do Sul.  Os Imperadores Incas eram conhecidosOs Imperadores Incas eram conhecidos como Sapa Inca era descendente docomo Sapa Inca era descendente do deus Sol Inti.deus Sol Inti.  Eram Politeístas. Sacrificavam LhamasEram Politeístas. Sacrificavam Lhamas e também seres humanos.e também seres humanos.
  • 26. Sociedade IncaSociedade Inca Família real, líderes militares e religiosos Governantes de quatro províncias Chefes regionais Camponeses
  • 27. Economia IncaEconomia Inca A agricultura era a principalA agricultura era a principal atividade econômicaatividade econômica plantavam nas encostasplantavam nas encostas das montanhas.das montanhas. Mas partes altas plantavamMas partes altas plantavam batatas resistentes ao frio,batatas resistentes ao frio, nas áreas intermediariasnas áreas intermediarias feijão e milho e nas baixasfeijão e milho e nas baixas as frutas. A Lhama era oas frutas. A Lhama era o animal ideal para áreasanimal ideal para áreas montanhosas.montanhosas.
  • 28. Grandes Civilizações IIGrandes Civilizações II
  • 29. Lição de CasaLição de Casa  Estudar para aEstudar para a Prova do diaProva do dia 22/0822/08  27/08 - Manhã27/08 - Manhã  28/08 - Tarde28/08 - Tarde  Descubra aDescubra a resposta dosresposta dos  ex. 4 ao 7 pág.166ex. 4 ao 7 pág.166 e 167 e O quee 167 e O que você vê? Pág. 168você vê? Pág. 168 e 169e 169 Data: 06/08/2013 Para: 07/08/2013