SlideShare uma empresa Scribd logo
Por que usar
indicadores de
desempenho na
educação?
Introdução
Os principais indicadores na educação
Por que usar indicadores de desempenho?
Conclusão
Sobre o AppProva
3
6
11
16
18
Introdução
4
BLOG
Introdução
Indicadores de desempenho são instrumentos de gestão essenciais na avaliação de performance
das organizações. A grande maioria das empresas faz uso dessa ferramenta como centro de sua
administração. No entanto, embora sejam amplamente utilizados nas corporações, os indicadores
possuem boa finalidade, também, em ambientes menos relacionados ao mundo dos negócios e que
têm como característica a geração de muitos dados e informações — como é o caso do meio acadêmico.
Ainda que não seja comum a avaliação dos indicadores de desempenho nas escolas — talvez devido
à falta de conhecimento sobre seu uso ou mesmo sua importância —, instituições de ensino que os
utilizam como ferramenta de avaliação de desempenho educacional conseguem obter resultados
muito mais efetivos em relação à identificação dos avanços, correção de problemas, acompanhamento
do alcance de metas e avaliação de necessidade de mudança de suas estratégias.
Isso se torna possível uma vez que, ao mensurar de forma organizada os indicadores de desempenho
das turmas, os professores, gestores educacionais e diretores têm acesso a dados que apontam
com maior precisão em quais matérias os alunos se saem melhor, quais as habilidades já estão bem
trabalhadas e quais pontos devem ser aprimorados. Tais dados permitem que se elabore planos de
aula mais efetivos e direcionados às verdadeiras necessidades dos alunos.
5
BLOG
Introdução
Existem várias possibilidades de mensurar os indicadores:
·· De forma individual, feita com cada um dos alunos;
·· de maneira mais abrangente, avaliando toda a turma;
·· com relação às turmas de uma mesma série;
·· com todas as turmas da escola;
·· e, finalmente, comparando os resultados entre as instituições.
Isso possibilita a visualização de resultados em diversos níveis, o que é importante para que gestores
educacionais e professores saibam onde os ajustes deverão ser implementados.
Neste e-book, vamos entender um pouco mais sobre os indicadores de desempenho que podem ser
usados na educação e verificar a sua importância nessa área. Continue lendo e saiba por que a sua
instituição de ensino deve sair na frente e adotá-los o quanto antes!
Os principais
indicadores na
educação
7
BLOG
Os principais indicadores na educação
Os indicadores organizacionais contemplam dimensões que visam avaliar a qualidade, a capacidade
e a produtividade do serviço prestado. Em se tratando de avaliação do desempenho escolar, existem
categorias de indicadores que perpassam por recursos financeiros, humanos e tecnológicos destinados
à educação, categorizados em indicadores gerais da escola, indicadores das salas de aula e indicadores
nacionais da educação (IDEB, Seab, ENEM, etc.).
Assim, cada uma das dimensões avaliadas gera índices estatísticos que, ao serem processados,
fornecerão dados que podem levantar questionamentos sobre a qualidade do ensino e do desempenho
dos alunos. Esses questionamentos, quando discutidos entre gestores educacionais e professores,
por sua vez, irão servir de base para sugestões de medidas preventivas e corretivas, visando sempre
trazer melhorias na educação.
INDICADORES GERAIS ESCOLARES
Os indicadores gerais escolares podem incluir diversas variáveis, como:
8
BLOG
Os principais indicadores na educação
·· O nível de evasão escolar;
·· a média de notas na escola;
·· a qualidade do ensino;
·· o número de horas dos docentes;
·· a dedicação dos docentes;
·· grau de satisfação dos alunos, bem como o dos docentes e demais funcionários;
·· o acesso e a utilização das tecnologias de informação e comunicação;
·· e a proporção de diplomados, entre outros.
9
BLOG
Os principais indicadores na educação
INDICADORES DA SALA DE AULA
Indicadores da sala de aula podem incluir:
·· A média de nota da sala;
·· o nível de aprendizagem por disciplinas, conteúdos, competências e habilidades;;
·· a percepção dos alunos em relação aos professores;
·· a percepção dos alunos em relação às disciplinas;
·· a participação dos alunos em aula;
·· e a percepção dos docentes em relação à turma, dentre vários outros.
10
BLOG
Os principais indicadores na educação
INDICADORES NACIONAIS DE EDUCAÇÃO
Aqui, é possível listar:
·· Os indicadores contemplados pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, o IDEB;
·· o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb);
·· além de resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).
Por que usar
indicadores de
desempenho?
12
BLOG
Por que usar indicadores de desempenho?
Indicadores possuem a finalidade de expor pontos em que é possível empregar estratégias para
trazer melhorias. Em sala de aula, os indicadores apontarão aspectos que precisam ser mudados
para que professores e gestores educacionais se beneficiem.
Ao medir o desempenho individual, por exemplo, o professor consegue visualizar em quais disciplinas
e assuntos cada aluno se destaca e o que deve ser trabalhado com maior intensidade. A avaliação
dos resultados de uma turma possibilita a visualização dos mesmos dados, porém de uma forma
mais abrangente, já que as informações de todos os alunos estarão disponíveis. O mesmo ocorre ao
comparar resultados das turmas de uma mesma série e de todas as turmas da escola.
Isso possibilita aos gestores educacionais nortear suas ações, definir metas, além de servir de
orientação aos professores sobre como preparar e ministrar suas aulas de forma mais eficiente,
escolher e aprimorar as técnicas didáticas mais adequadas, repensar formas de avaliação em
provas, simulados e exercícios.
Sob uma perspectiva ainda mais macroscópica, a escola pode comparar seus indicadores com os
de outras instituições no intuito de avaliar se suas estratégias estão surtindo o efeito desejado ou
se precisam ser repensadas para que ela continue a aprimorar sua qualidade de ensino.
13
BLOG
Por que usar indicadores de desempenho?
AVALIAÇÃO DOS COLABORADORES
A análise dos indicadores, além de expor o desempenho dos alunos, é importante também no sentido
oposto. Professores e gestores educacionais podem utilizar os indicadores como termômetro de
suas próprias ações a fim de avaliarem como está a sua didática em sala de aula, se estão gerando
bons resultados e se há pontos que devem ser aperfeiçoados.
AVALIAÇÃO DA EXPERIÊNCIA DO ALUNO
Fazer uso de medidas de avaliação subjetivas muitas vezes inviabiliza uma percepção mais concreta
e adequada da performance dos alunos em relação às disciplinas ministradas.
Assim, os docentes podem acabar tendo a ideia de que os alunos estão aprendendo bem quando,
de fato, isso pode não estar acontecendo. Técnicas precisas de avaliação como os indicadores
estatísticos de desempenho, por sua vez, fornecem pistas mais robustas e claras sobre como está
o aproveitamento das aulas pelos alunos.
14
BLOG
Por que usar indicadores de desempenho?
ACOMPANHAMENTO DO DESEMPENHO DO ALUNO
É compreensível que ao longo da vida escolar o processo de aprendizado seja marcado por dúvidas e
dificuldades que podem acabar atrapalhando o desempenho de uma ou mais disciplinas. Porém, se
essas questões não forem apontadas e sanadas em tempo hábil, efeitos tardios negativos poderão
influenciar o desempenho do estudante em exames de suma importância como o ENEM, por exemplo.
Nesse sentido, outra grande vantagem em incluir os indicadores durante todo o período letivo é
permitir que professores e gestores educacionais consigam acompanhar, também de forma mais
precisa e concreta, o aprendizado a longo prazo, ou seja, a evolução dos alunos, das turmas e de toda
a escola, a fim de indicar possíveis falhas e que as mesmas possam ser remediadas rapidamente.
MELHORAR A QUALIDADE DO SERVIÇO PRESTADO
O principal objetivo ao fazer uso dos indicadores nas instituições é o de promover melhorias
palpáveis na qualidade do ensino.
15
BLOG
Por que usar indicadores de desempenho?
Quando a escola se esforça em acompanhar o desempenho dos alunos constantemente, quando
os professores, diante desses resultados, sugerem novos desafios (como os simulados, jogos
educativos, projetos), e quando os alunos percebem o esforço de todos os professores e gestores
educacionais, há uma motivação e segurança maiores por parte de todos os envolvidos e, por isso,
a educação é levada mais a sério.
Assim, é plausível concluir que, à medida que mais escolas façam uso dessas ferramentas, o nível
da educação e aprendizado aumentará substancialmente.
Conclusão
17
BLOG
Conclusão
É certo que a gestão de uma instituição de ensino é muito diferente da de uma empresa, mas isso não
significa que a escola deva deixar de aproveitar alguns conceitos e ferramentas da administração para
seu benefício, inclusive no que diz respeito à didática. Medir o desempenho da escola de todas as formas
disponíveis permite que todos os envolvidos visualizem os pontos que devem ser mantidos para que
escola, alunos e docentes continuem a crescer, bem como os aspectos que precisam ser trabalhados
de modo a levar a mudanças para melhor. Assim como na gestão empresarial, na contabilidade e até
mesmo no marketing, os indicadores podem funcionar como guias poderosos para indicar o caminho
que deve ser seguido na escola, e continuar a empreitada sem eles é o mesmo que andar às cegas.
Não se trata, naturalmente, de medir o desempenho de estudantes e docentes no intuito de
simplesmente pressioná-los a agir de forma diferente, mas sim de identificar pontos em que
pode haver alguma melhora e, a partir disso, pensar em alternativas e estratégias que levem ao
progresso. Agora que já sabe a importância dos indicadores de desempenho na educação, não
deixe de pesquisar métodos de avaliação pertinentes, pois o resultado da análise de desempenho
influenciará significativamente o futuro da escola. Leia também nosso material com 6 maneiras de
identificar as dificuldades dos alunos e use-o a seu favor, sempre em busca de mais qualidade na
performance de quem trabalha e estuda na sua escola!
O AppProva é um aplicativo que testa o conhecimento dos alunos através de diversas questões próprias,
de edições anteriores do ENEM e vestibulares. Os alunos estudam de uma maneira divertida, interagindo
com amigos e acessando facilmente de onde desejarem via Desktop, Android ou iOS. O ambiente lúdico
e desafiador favorece o engajamento dos usuários, que ainda recebem um direcionamento para os
estudos a partir das respostas dos exercícios realizados na plataforma.
A escola também é beneficiada com o AppProva. A partir das respostas dos alunos na plataforma, um
relatório em tempo real é gerado permitindo à escola identificar as maiores dificuldades apresentadas
por eles. Além disso, os professores podem montar listas de exercícios, simulados, tarefas e deveres de
casa para seus alunos, os quais são automaticamente corrigidos e disponibilizados.
Entre em nosso site e conheça todas as soluções que oferecemos para a sua escola!
Gostou das dicas?
O AppProva pode te ajudar!
Por que usar indicadores de desempenho na Educação?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
Gerdian Teixeira
 
Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classe
Vadeilza Castilho
 
Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classe
Luciene Vales
 
ATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
ATPC Como Espaço de Formação - AvaliaçãoATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
ATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
Claudia Elisabete Silva
 
Observacao sala aula
Observacao sala aulaObservacao sala aula
Observacao sala aula
diretoriabragpta
 
1ª reunião com os coordenadores
1ª reunião com os coordenadores1ª reunião com os coordenadores
1ª reunião com os coordenadores
Rosemary Batista
 
PEI
PEIPEI
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
Cleyton Carvalho
 
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de AulaATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
Claudia Elisabete Silva
 
Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Metodologias Ativas
José Augusto Fiorin
 
Reunião pedagógica rosane gorges
Reunião pedagógica   rosane gorgesReunião pedagógica   rosane gorges
Reunião pedagógica rosane gorges
luannagorges
 
Gestão da sala de aula
Gestão da sala de aulaGestão da sala de aula
Gestão da sala de aula
Raquel Pereira
 
PPT encontro com Professores Coordenadores
PPT encontro com Professores CoordenadoresPPT encontro com Professores Coordenadores
PPT encontro com Professores Coordenadores
Giani de Cássia Santana
 
Slides da reunião com professores
Slides da reunião com professoresSlides da reunião com professores
Slides da reunião com professores
driminas
 
Formação PIAF.pptx
Formação PIAF.pptxFormação PIAF.pptx
Formação PIAF.pptx
ELIESERPIRES1
 
Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021 Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021
muni2014
 
Plano de aula: prática esquecida pelo professor?
Plano de aula: prática esquecida pelo professor?Plano de aula: prática esquecida pelo professor?
Plano de aula: prática esquecida pelo professor?
Valeria Rios
 
PLANEJAMENTO 2023- 01.02.2023-1.ppt
PLANEJAMENTO 2023- 01.02.2023-1.pptPLANEJAMENTO 2023- 01.02.2023-1.ppt
PLANEJAMENTO 2023- 01.02.2023-1.ppt
Andria246308
 
Heloisa Luck
Heloisa LuckHeloisa Luck
Heloisa Luck
Maristela Couto
 
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADE
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADEPPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADE
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADE
QUEDMA SILVA
 

Mais procurados (20)

Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
 
Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classe
 
Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classe
 
ATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
ATPC Como Espaço de Formação - AvaliaçãoATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
ATPC Como Espaço de Formação - Avaliação
 
Observacao sala aula
Observacao sala aulaObservacao sala aula
Observacao sala aula
 
1ª reunião com os coordenadores
1ª reunião com os coordenadores1ª reunião com os coordenadores
1ª reunião com os coordenadores
 
PEI
PEIPEI
PEI
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
 
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de AulaATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
 
Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Metodologias Ativas
 
Reunião pedagógica rosane gorges
Reunião pedagógica   rosane gorgesReunião pedagógica   rosane gorges
Reunião pedagógica rosane gorges
 
Gestão da sala de aula
Gestão da sala de aulaGestão da sala de aula
Gestão da sala de aula
 
PPT encontro com Professores Coordenadores
PPT encontro com Professores CoordenadoresPPT encontro com Professores Coordenadores
PPT encontro com Professores Coordenadores
 
Slides da reunião com professores
Slides da reunião com professoresSlides da reunião com professores
Slides da reunião com professores
 
Formação PIAF.pptx
Formação PIAF.pptxFormação PIAF.pptx
Formação PIAF.pptx
 
Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021 Plano de Ação - Gestão 2019-2021
Plano de Ação - Gestão 2019-2021
 
Plano de aula: prática esquecida pelo professor?
Plano de aula: prática esquecida pelo professor?Plano de aula: prática esquecida pelo professor?
Plano de aula: prática esquecida pelo professor?
 
PLANEJAMENTO 2023- 01.02.2023-1.ppt
PLANEJAMENTO 2023- 01.02.2023-1.pptPLANEJAMENTO 2023- 01.02.2023-1.ppt
PLANEJAMENTO 2023- 01.02.2023-1.ppt
 
Heloisa Luck
Heloisa LuckHeloisa Luck
Heloisa Luck
 
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADE
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADEPPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADE
PPP - SLIDES DE APRESENTAÇÃO PARA A COMUNIDADE
 

Semelhante a Por que usar indicadores de desempenho na Educação?

Gestão de resultados na educação pública.pdf
Gestão de resultados na educação pública.pdfGestão de resultados na educação pública.pdf
Gestão de resultados na educação pública.pdf
Claudio Roberto Ribeiro Junior
 
Cw 20141110102416
Cw 20141110102416Cw 20141110102416
Cw 20141110102416
7f14_15
 
Progestão x
Progestão xProgestão x
Progestão x
progestaoanguera
 
Gestão-da-Aprendizagem.pdf
Gestão-da-Aprendizagem.pdfGestão-da-Aprendizagem.pdf
Gestão-da-Aprendizagem.pdf
AparecidadeArajoSilv
 
Pedagogia avaliação em ea d(atv 07)
Pedagogia avaliação em ea d(atv 07)Pedagogia avaliação em ea d(atv 07)
Pedagogia avaliação em ea d(atv 07)
aline totti
 
Supervisão
SupervisãoSupervisão
Supervisão
Helena Zanotto
 
Folha avaliação formativa[15433]
Folha   avaliação formativa[15433]Folha   avaliação formativa[15433]
Folha avaliação formativa[15433]
pereyras
 
IntegraçãO Do Modelo De Auto AvaliaçãO Na Escola Tarefa 1 Sessao3
IntegraçãO Do Modelo De Auto AvaliaçãO Na Escola Tarefa 1 Sessao3IntegraçãO Do Modelo De Auto AvaliaçãO Na Escola Tarefa 1 Sessao3
IntegraçãO Do Modelo De Auto AvaliaçãO Na Escola Tarefa 1 Sessao3
Margarida Mota
 
Guia elaboracao mat[1]
Guia elaboracao mat[1]Guia elaboracao mat[1]
Guia elaboracao mat[1]
Atividades Diversas Cláudia
 
Avaliação docente
Avaliação docenteAvaliação docente
Avaliação docente
lislieribeiro
 
SLIDES _ MÓDULO XI.Aperfeiçoando a gestão escolar. ppt
SLIDES _ MÓDULO XI.Aperfeiçoando a gestão escolar. pptSLIDES _ MÓDULO XI.Aperfeiçoando a gestão escolar. ppt
SLIDES _ MÓDULO XI.Aperfeiçoando a gestão escolar. ppt
Milene452635
 
Seminario "Estudios sobre evaluación de escuelas"
Seminario "Estudios sobre evaluación de escuelas"Seminario "Estudios sobre evaluación de escuelas"
Seminario "Estudios sobre evaluación de escuelas"
Education in the Knowledge Society PhD
 
Avaliação do Desempenho Docente
Avaliação do Desempenho DocenteAvaliação do Desempenho Docente
Avaliação do Desempenho Docente
Alan Ciriaco
 
Modelo AutoavaliaçãO No PedagóGico Zé
Modelo AutoavaliaçãO No PedagóGico ZéModelo AutoavaliaçãO No PedagóGico Zé
Modelo AutoavaliaçãO No PedagóGico Zé
mizedomingues
 
Modelo%20 Auto AvaliaçãO%20das%20 Bibliotecas%20 Escolares[1]
Modelo%20 Auto AvaliaçãO%20das%20 Bibliotecas%20 Escolares[1]Modelo%20 Auto AvaliaçãO%20das%20 Bibliotecas%20 Escolares[1]
Modelo%20 Auto AvaliaçãO%20das%20 Bibliotecas%20 Escolares[1]
franciscamonteiro
 
Bloco i enquadramento
Bloco i   enquadramentoBloco i   enquadramento
Bloco i enquadramento
Anabela Santos
 
Apresentação Tese Mestrado (14_10_2011)
Apresentação Tese Mestrado (14_10_2011)Apresentação Tese Mestrado (14_10_2011)
Apresentação Tese Mestrado (14_10_2011)
Susana Lemos
 
Modelo Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares
Modelo Auto-avaliação das Bibliotecas EscolaresModelo Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares
Modelo Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares
mizedomingues
 
Saers 2008
Saers 2008Saers 2008
Saers 2008
Meri RochaLeite
 
Paula de oliveira operacionalização i
Paula de oliveira operacionalização iPaula de oliveira operacionalização i
Paula de oliveira operacionalização i
paulafernandadiogo
 

Semelhante a Por que usar indicadores de desempenho na Educação? (20)

Gestão de resultados na educação pública.pdf
Gestão de resultados na educação pública.pdfGestão de resultados na educação pública.pdf
Gestão de resultados na educação pública.pdf
 
Cw 20141110102416
Cw 20141110102416Cw 20141110102416
Cw 20141110102416
 
Progestão x
Progestão xProgestão x
Progestão x
 
Gestão-da-Aprendizagem.pdf
Gestão-da-Aprendizagem.pdfGestão-da-Aprendizagem.pdf
Gestão-da-Aprendizagem.pdf
 
Pedagogia avaliação em ea d(atv 07)
Pedagogia avaliação em ea d(atv 07)Pedagogia avaliação em ea d(atv 07)
Pedagogia avaliação em ea d(atv 07)
 
Supervisão
SupervisãoSupervisão
Supervisão
 
Folha avaliação formativa[15433]
Folha   avaliação formativa[15433]Folha   avaliação formativa[15433]
Folha avaliação formativa[15433]
 
IntegraçãO Do Modelo De Auto AvaliaçãO Na Escola Tarefa 1 Sessao3
IntegraçãO Do Modelo De Auto AvaliaçãO Na Escola Tarefa 1 Sessao3IntegraçãO Do Modelo De Auto AvaliaçãO Na Escola Tarefa 1 Sessao3
IntegraçãO Do Modelo De Auto AvaliaçãO Na Escola Tarefa 1 Sessao3
 
Guia elaboracao mat[1]
Guia elaboracao mat[1]Guia elaboracao mat[1]
Guia elaboracao mat[1]
 
Avaliação docente
Avaliação docenteAvaliação docente
Avaliação docente
 
SLIDES _ MÓDULO XI.Aperfeiçoando a gestão escolar. ppt
SLIDES _ MÓDULO XI.Aperfeiçoando a gestão escolar. pptSLIDES _ MÓDULO XI.Aperfeiçoando a gestão escolar. ppt
SLIDES _ MÓDULO XI.Aperfeiçoando a gestão escolar. ppt
 
Seminario "Estudios sobre evaluación de escuelas"
Seminario "Estudios sobre evaluación de escuelas"Seminario "Estudios sobre evaluación de escuelas"
Seminario "Estudios sobre evaluación de escuelas"
 
Avaliação do Desempenho Docente
Avaliação do Desempenho DocenteAvaliação do Desempenho Docente
Avaliação do Desempenho Docente
 
Modelo AutoavaliaçãO No PedagóGico Zé
Modelo AutoavaliaçãO No PedagóGico ZéModelo AutoavaliaçãO No PedagóGico Zé
Modelo AutoavaliaçãO No PedagóGico Zé
 
Modelo%20 Auto AvaliaçãO%20das%20 Bibliotecas%20 Escolares[1]
Modelo%20 Auto AvaliaçãO%20das%20 Bibliotecas%20 Escolares[1]Modelo%20 Auto AvaliaçãO%20das%20 Bibliotecas%20 Escolares[1]
Modelo%20 Auto AvaliaçãO%20das%20 Bibliotecas%20 Escolares[1]
 
Bloco i enquadramento
Bloco i   enquadramentoBloco i   enquadramento
Bloco i enquadramento
 
Apresentação Tese Mestrado (14_10_2011)
Apresentação Tese Mestrado (14_10_2011)Apresentação Tese Mestrado (14_10_2011)
Apresentação Tese Mestrado (14_10_2011)
 
Modelo Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares
Modelo Auto-avaliação das Bibliotecas EscolaresModelo Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares
Modelo Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares
 
Saers 2008
Saers 2008Saers 2008
Saers 2008
 
Paula de oliveira operacionalização i
Paula de oliveira operacionalização iPaula de oliveira operacionalização i
Paula de oliveira operacionalização i
 

Mais de Elizabeth Fantauzzi

Metodologias Ativas - AMPLIFICA
Metodologias Ativas - AMPLIFICAMetodologias Ativas - AMPLIFICA
Metodologias Ativas - AMPLIFICA
Elizabeth Fantauzzi
 
A descoberta do fluxo Mihaly Csikszentmihalyi
A descoberta do fluxo Mihaly CsikszentmihalyiA descoberta do fluxo Mihaly Csikszentmihalyi
A descoberta do fluxo Mihaly Csikszentmihalyi
Elizabeth Fantauzzi
 
Aula1 lab interf_interacao_interface_affordance
Aula1 lab interf_interacao_interface_affordanceAula1 lab interf_interacao_interface_affordance
Aula1 lab interf_interacao_interface_affordance
Elizabeth Fantauzzi
 
Manual de Boas Práticas do Geekie Lab - ebook
Manual de Boas Práticas do Geekie Lab - ebookManual de Boas Práticas do Geekie Lab - ebook
Manual de Boas Práticas do Geekie Lab - ebook
Elizabeth Fantauzzi
 
Tudo o que você precisa saber sobre infográficos
Tudo o que você precisa saber sobre infográficosTudo o que você precisa saber sobre infográficos
Tudo o que você precisa saber sobre infográficos
Elizabeth Fantauzzi
 
Dicas de fotografia por Claudia Regina
Dicas de fotografia por Claudia ReginaDicas de fotografia por Claudia Regina
Dicas de fotografia por Claudia Regina
Elizabeth Fantauzzi
 
Livro Diferença e Repetição - Delleuze
Livro Diferença e Repetição - DelleuzeLivro Diferença e Repetição - Delleuze
Livro Diferença e Repetição - Delleuze
Elizabeth Fantauzzi
 
COMO TRANSFORMAR O CELULAR EM UM ALIADO DO PROFESSOR
COMO TRANSFORMAR O CELULAR EM UM ALIADO DO PROFESSORCOMO TRANSFORMAR O CELULAR EM UM ALIADO DO PROFESSOR
COMO TRANSFORMAR O CELULAR EM UM ALIADO DO PROFESSOR
Elizabeth Fantauzzi
 
As tendências do laboratório de informática nas instituições de ensino
As tendências do laboratório de informática nas instituições de ensinoAs tendências do laboratório de informática nas instituições de ensino
As tendências do laboratório de informática nas instituições de ensino
Elizabeth Fantauzzi
 
Geekie tri_final
Geekie tri_finalGeekie tri_final
Geekie tri_final
Elizabeth Fantauzzi
 
Para além do data-show
Para além do data-showPara além do data-show
Para além do data-show
Elizabeth Fantauzzi
 
Internet das Coisas
Internet das CoisasInternet das Coisas
Internet das Coisas
Elizabeth Fantauzzi
 
Um mundo, uma escola - a Educação Reinventada - Salman Khan
Um mundo, uma escola - a Educação Reinventada - Salman KhanUm mundo, uma escola - a Educação Reinventada - Salman Khan
Um mundo, uma escola - a Educação Reinventada - Salman Khan
Elizabeth Fantauzzi
 
Tecnologias para a Transformação da Educação
Tecnologias para a Transformação da EducaçãoTecnologias para a Transformação da Educação
Tecnologias para a Transformação da Educação
Elizabeth Fantauzzi
 
Inovações Educativas
Inovações Educativas Inovações Educativas
Inovações Educativas
Elizabeth Fantauzzi
 
Educação e Tecnologia - parcerias 3.0
Educação e Tecnologia - parcerias 3.0Educação e Tecnologia - parcerias 3.0
Educação e Tecnologia - parcerias 3.0
Elizabeth Fantauzzi
 
Facebook para Educadores
Facebook para EducadoresFacebook para Educadores
Facebook para Educadores
Elizabeth Fantauzzi
 
Recriando a educação
Recriando a educaçãoRecriando a educação
Recriando a educação
Elizabeth Fantauzzi
 
Cultura digital e Educação
Cultura digital e EducaçãoCultura digital e Educação
Cultura digital e Educação
Elizabeth Fantauzzi
 
Gerações Interativas
Gerações InterativasGerações Interativas
Gerações Interativas
Elizabeth Fantauzzi
 

Mais de Elizabeth Fantauzzi (20)

Metodologias Ativas - AMPLIFICA
Metodologias Ativas - AMPLIFICAMetodologias Ativas - AMPLIFICA
Metodologias Ativas - AMPLIFICA
 
A descoberta do fluxo Mihaly Csikszentmihalyi
A descoberta do fluxo Mihaly CsikszentmihalyiA descoberta do fluxo Mihaly Csikszentmihalyi
A descoberta do fluxo Mihaly Csikszentmihalyi
 
Aula1 lab interf_interacao_interface_affordance
Aula1 lab interf_interacao_interface_affordanceAula1 lab interf_interacao_interface_affordance
Aula1 lab interf_interacao_interface_affordance
 
Manual de Boas Práticas do Geekie Lab - ebook
Manual de Boas Práticas do Geekie Lab - ebookManual de Boas Práticas do Geekie Lab - ebook
Manual de Boas Práticas do Geekie Lab - ebook
 
Tudo o que você precisa saber sobre infográficos
Tudo o que você precisa saber sobre infográficosTudo o que você precisa saber sobre infográficos
Tudo o que você precisa saber sobre infográficos
 
Dicas de fotografia por Claudia Regina
Dicas de fotografia por Claudia ReginaDicas de fotografia por Claudia Regina
Dicas de fotografia por Claudia Regina
 
Livro Diferença e Repetição - Delleuze
Livro Diferença e Repetição - DelleuzeLivro Diferença e Repetição - Delleuze
Livro Diferença e Repetição - Delleuze
 
COMO TRANSFORMAR O CELULAR EM UM ALIADO DO PROFESSOR
COMO TRANSFORMAR O CELULAR EM UM ALIADO DO PROFESSORCOMO TRANSFORMAR O CELULAR EM UM ALIADO DO PROFESSOR
COMO TRANSFORMAR O CELULAR EM UM ALIADO DO PROFESSOR
 
As tendências do laboratório de informática nas instituições de ensino
As tendências do laboratório de informática nas instituições de ensinoAs tendências do laboratório de informática nas instituições de ensino
As tendências do laboratório de informática nas instituições de ensino
 
Geekie tri_final
Geekie tri_finalGeekie tri_final
Geekie tri_final
 
Para além do data-show
Para além do data-showPara além do data-show
Para além do data-show
 
Internet das Coisas
Internet das CoisasInternet das Coisas
Internet das Coisas
 
Um mundo, uma escola - a Educação Reinventada - Salman Khan
Um mundo, uma escola - a Educação Reinventada - Salman KhanUm mundo, uma escola - a Educação Reinventada - Salman Khan
Um mundo, uma escola - a Educação Reinventada - Salman Khan
 
Tecnologias para a Transformação da Educação
Tecnologias para a Transformação da EducaçãoTecnologias para a Transformação da Educação
Tecnologias para a Transformação da Educação
 
Inovações Educativas
Inovações Educativas Inovações Educativas
Inovações Educativas
 
Educação e Tecnologia - parcerias 3.0
Educação e Tecnologia - parcerias 3.0Educação e Tecnologia - parcerias 3.0
Educação e Tecnologia - parcerias 3.0
 
Facebook para Educadores
Facebook para EducadoresFacebook para Educadores
Facebook para Educadores
 
Recriando a educação
Recriando a educaçãoRecriando a educação
Recriando a educação
 
Cultura digital e Educação
Cultura digital e EducaçãoCultura digital e Educação
Cultura digital e Educação
 
Gerações Interativas
Gerações InterativasGerações Interativas
Gerações Interativas
 

Último

347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 

Último (20)

347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 

Por que usar indicadores de desempenho na Educação?

  • 1. Por que usar indicadores de desempenho na educação?
  • 2. Introdução Os principais indicadores na educação Por que usar indicadores de desempenho? Conclusão Sobre o AppProva 3 6 11 16 18
  • 4. 4 BLOG Introdução Indicadores de desempenho são instrumentos de gestão essenciais na avaliação de performance das organizações. A grande maioria das empresas faz uso dessa ferramenta como centro de sua administração. No entanto, embora sejam amplamente utilizados nas corporações, os indicadores possuem boa finalidade, também, em ambientes menos relacionados ao mundo dos negócios e que têm como característica a geração de muitos dados e informações — como é o caso do meio acadêmico. Ainda que não seja comum a avaliação dos indicadores de desempenho nas escolas — talvez devido à falta de conhecimento sobre seu uso ou mesmo sua importância —, instituições de ensino que os utilizam como ferramenta de avaliação de desempenho educacional conseguem obter resultados muito mais efetivos em relação à identificação dos avanços, correção de problemas, acompanhamento do alcance de metas e avaliação de necessidade de mudança de suas estratégias. Isso se torna possível uma vez que, ao mensurar de forma organizada os indicadores de desempenho das turmas, os professores, gestores educacionais e diretores têm acesso a dados que apontam com maior precisão em quais matérias os alunos se saem melhor, quais as habilidades já estão bem trabalhadas e quais pontos devem ser aprimorados. Tais dados permitem que se elabore planos de aula mais efetivos e direcionados às verdadeiras necessidades dos alunos.
  • 5. 5 BLOG Introdução Existem várias possibilidades de mensurar os indicadores: ·· De forma individual, feita com cada um dos alunos; ·· de maneira mais abrangente, avaliando toda a turma; ·· com relação às turmas de uma mesma série; ·· com todas as turmas da escola; ·· e, finalmente, comparando os resultados entre as instituições. Isso possibilita a visualização de resultados em diversos níveis, o que é importante para que gestores educacionais e professores saibam onde os ajustes deverão ser implementados. Neste e-book, vamos entender um pouco mais sobre os indicadores de desempenho que podem ser usados na educação e verificar a sua importância nessa área. Continue lendo e saiba por que a sua instituição de ensino deve sair na frente e adotá-los o quanto antes!
  • 7. 7 BLOG Os principais indicadores na educação Os indicadores organizacionais contemplam dimensões que visam avaliar a qualidade, a capacidade e a produtividade do serviço prestado. Em se tratando de avaliação do desempenho escolar, existem categorias de indicadores que perpassam por recursos financeiros, humanos e tecnológicos destinados à educação, categorizados em indicadores gerais da escola, indicadores das salas de aula e indicadores nacionais da educação (IDEB, Seab, ENEM, etc.). Assim, cada uma das dimensões avaliadas gera índices estatísticos que, ao serem processados, fornecerão dados que podem levantar questionamentos sobre a qualidade do ensino e do desempenho dos alunos. Esses questionamentos, quando discutidos entre gestores educacionais e professores, por sua vez, irão servir de base para sugestões de medidas preventivas e corretivas, visando sempre trazer melhorias na educação. INDICADORES GERAIS ESCOLARES Os indicadores gerais escolares podem incluir diversas variáveis, como:
  • 8. 8 BLOG Os principais indicadores na educação ·· O nível de evasão escolar; ·· a média de notas na escola; ·· a qualidade do ensino; ·· o número de horas dos docentes; ·· a dedicação dos docentes; ·· grau de satisfação dos alunos, bem como o dos docentes e demais funcionários; ·· o acesso e a utilização das tecnologias de informação e comunicação; ·· e a proporção de diplomados, entre outros.
  • 9. 9 BLOG Os principais indicadores na educação INDICADORES DA SALA DE AULA Indicadores da sala de aula podem incluir: ·· A média de nota da sala; ·· o nível de aprendizagem por disciplinas, conteúdos, competências e habilidades;; ·· a percepção dos alunos em relação aos professores; ·· a percepção dos alunos em relação às disciplinas; ·· a participação dos alunos em aula; ·· e a percepção dos docentes em relação à turma, dentre vários outros.
  • 10. 10 BLOG Os principais indicadores na educação INDICADORES NACIONAIS DE EDUCAÇÃO Aqui, é possível listar: ·· Os indicadores contemplados pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, o IDEB; ·· o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb); ·· além de resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).
  • 11. Por que usar indicadores de desempenho?
  • 12. 12 BLOG Por que usar indicadores de desempenho? Indicadores possuem a finalidade de expor pontos em que é possível empregar estratégias para trazer melhorias. Em sala de aula, os indicadores apontarão aspectos que precisam ser mudados para que professores e gestores educacionais se beneficiem. Ao medir o desempenho individual, por exemplo, o professor consegue visualizar em quais disciplinas e assuntos cada aluno se destaca e o que deve ser trabalhado com maior intensidade. A avaliação dos resultados de uma turma possibilita a visualização dos mesmos dados, porém de uma forma mais abrangente, já que as informações de todos os alunos estarão disponíveis. O mesmo ocorre ao comparar resultados das turmas de uma mesma série e de todas as turmas da escola. Isso possibilita aos gestores educacionais nortear suas ações, definir metas, além de servir de orientação aos professores sobre como preparar e ministrar suas aulas de forma mais eficiente, escolher e aprimorar as técnicas didáticas mais adequadas, repensar formas de avaliação em provas, simulados e exercícios. Sob uma perspectiva ainda mais macroscópica, a escola pode comparar seus indicadores com os de outras instituições no intuito de avaliar se suas estratégias estão surtindo o efeito desejado ou se precisam ser repensadas para que ela continue a aprimorar sua qualidade de ensino.
  • 13. 13 BLOG Por que usar indicadores de desempenho? AVALIAÇÃO DOS COLABORADORES A análise dos indicadores, além de expor o desempenho dos alunos, é importante também no sentido oposto. Professores e gestores educacionais podem utilizar os indicadores como termômetro de suas próprias ações a fim de avaliarem como está a sua didática em sala de aula, se estão gerando bons resultados e se há pontos que devem ser aperfeiçoados. AVALIAÇÃO DA EXPERIÊNCIA DO ALUNO Fazer uso de medidas de avaliação subjetivas muitas vezes inviabiliza uma percepção mais concreta e adequada da performance dos alunos em relação às disciplinas ministradas. Assim, os docentes podem acabar tendo a ideia de que os alunos estão aprendendo bem quando, de fato, isso pode não estar acontecendo. Técnicas precisas de avaliação como os indicadores estatísticos de desempenho, por sua vez, fornecem pistas mais robustas e claras sobre como está o aproveitamento das aulas pelos alunos.
  • 14. 14 BLOG Por que usar indicadores de desempenho? ACOMPANHAMENTO DO DESEMPENHO DO ALUNO É compreensível que ao longo da vida escolar o processo de aprendizado seja marcado por dúvidas e dificuldades que podem acabar atrapalhando o desempenho de uma ou mais disciplinas. Porém, se essas questões não forem apontadas e sanadas em tempo hábil, efeitos tardios negativos poderão influenciar o desempenho do estudante em exames de suma importância como o ENEM, por exemplo. Nesse sentido, outra grande vantagem em incluir os indicadores durante todo o período letivo é permitir que professores e gestores educacionais consigam acompanhar, também de forma mais precisa e concreta, o aprendizado a longo prazo, ou seja, a evolução dos alunos, das turmas e de toda a escola, a fim de indicar possíveis falhas e que as mesmas possam ser remediadas rapidamente. MELHORAR A QUALIDADE DO SERVIÇO PRESTADO O principal objetivo ao fazer uso dos indicadores nas instituições é o de promover melhorias palpáveis na qualidade do ensino.
  • 15. 15 BLOG Por que usar indicadores de desempenho? Quando a escola se esforça em acompanhar o desempenho dos alunos constantemente, quando os professores, diante desses resultados, sugerem novos desafios (como os simulados, jogos educativos, projetos), e quando os alunos percebem o esforço de todos os professores e gestores educacionais, há uma motivação e segurança maiores por parte de todos os envolvidos e, por isso, a educação é levada mais a sério. Assim, é plausível concluir que, à medida que mais escolas façam uso dessas ferramentas, o nível da educação e aprendizado aumentará substancialmente.
  • 17. 17 BLOG Conclusão É certo que a gestão de uma instituição de ensino é muito diferente da de uma empresa, mas isso não significa que a escola deva deixar de aproveitar alguns conceitos e ferramentas da administração para seu benefício, inclusive no que diz respeito à didática. Medir o desempenho da escola de todas as formas disponíveis permite que todos os envolvidos visualizem os pontos que devem ser mantidos para que escola, alunos e docentes continuem a crescer, bem como os aspectos que precisam ser trabalhados de modo a levar a mudanças para melhor. Assim como na gestão empresarial, na contabilidade e até mesmo no marketing, os indicadores podem funcionar como guias poderosos para indicar o caminho que deve ser seguido na escola, e continuar a empreitada sem eles é o mesmo que andar às cegas. Não se trata, naturalmente, de medir o desempenho de estudantes e docentes no intuito de simplesmente pressioná-los a agir de forma diferente, mas sim de identificar pontos em que pode haver alguma melhora e, a partir disso, pensar em alternativas e estratégias que levem ao progresso. Agora que já sabe a importância dos indicadores de desempenho na educação, não deixe de pesquisar métodos de avaliação pertinentes, pois o resultado da análise de desempenho influenciará significativamente o futuro da escola. Leia também nosso material com 6 maneiras de identificar as dificuldades dos alunos e use-o a seu favor, sempre em busca de mais qualidade na performance de quem trabalha e estuda na sua escola!
  • 18. O AppProva é um aplicativo que testa o conhecimento dos alunos através de diversas questões próprias, de edições anteriores do ENEM e vestibulares. Os alunos estudam de uma maneira divertida, interagindo com amigos e acessando facilmente de onde desejarem via Desktop, Android ou iOS. O ambiente lúdico e desafiador favorece o engajamento dos usuários, que ainda recebem um direcionamento para os estudos a partir das respostas dos exercícios realizados na plataforma. A escola também é beneficiada com o AppProva. A partir das respostas dos alunos na plataforma, um relatório em tempo real é gerado permitindo à escola identificar as maiores dificuldades apresentadas por eles. Além disso, os professores podem montar listas de exercícios, simulados, tarefas e deveres de casa para seus alunos, os quais são automaticamente corrigidos e disponibilizados. Entre em nosso site e conheça todas as soluções que oferecemos para a sua escola! Gostou das dicas? O AppProva pode te ajudar!