SlideShare uma empresa Scribd logo
Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)
Centro de Educação (CEDUC)
Departamento de História
Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID/CAPES
Escola Estadual de Ensino Fundamental Senador Humberto Lucena
Série: 9º Ano/A/B/C/Ensino Fundamental II
Data: 03/04/2017 Carga horária: 01 aula de 45 minutos
Professor Supervisor: Thiago Acácio Raposo
Bolsistas: Jilton Joselito de Lucena Ferreira; Mylla Christtie; Sabrina Kele Dias Lopes;
Tissiane Emanuella Albuquerque Gomes
PLANO DE AULA
Tema:
 Revolução Russa.
Eixo de problematização:
 Texto introdutório sobre a Revolução Russa – a fim de introduzir e esclarecer os
principais pontos sobre esta revolução.
Objetivo Geral:
 Entender as especificidades da Revolução Russa.
Objetivos Específicos:
 Fundamentar os alunos em uma base para a introdução sobre o assunto: a Revolução
Russa;
 Mostrar qual a importância dessa revolução para o mundo;
 Discutir o estopim que causou a crise econômica no período e consequentemente deu
início a Revolução.
Justificativa:
Durante décadas a Rússia, a Inglaterra, a França, a Alemanha e a Áustria, foram
algumas das maiores potências da Europa. No século XIX, que foi um período de grande
enriquecimento, enquanto os outros países se fortificavam, se industrializavam e buscavam
modernizações, a Rússia se encontrava estagnada no tempo, sem fazer nenhuma reforma ou
buscar nada de novo. Com uma economia baseada na agricultura e com relações semifeudais,
ela era uma nação considerada atrasada em relação aos outros, já que não acontecia nenhum
investimento nem interesse em modernizar o país.
O ano de 1917 foi um período conflituoso cujas consequências foram a derrubada da
autocracia Russa, que levou ao poder o partido Bolchevique – do Vladmir Lênin – e que
mostrou que operários e camponeses insatisfeitos com um governo poderiam lutar e depor o
líder máximo da nação. Com enormes cargas horárias de trabalho, baixíssimos salários e
péssimas condições de vida, o sentimento de mudança se tornou uma constante no seio da
sociedade.
Os conflitos contra alemães, o que causou grandes estragos a Rússia, acarretaram
também um sentimento de revoltas populares. Nisto, devemos observar que ao final da
Primeira Guerra Mundial teremos uma Rússia atrasada, com sérios problemas econômicos e
sociais e ainda com suas forças abaladas pela que Guerra.
Neste assunto, conheceremos figuras como Josef Stálin (dirigente máximo da União
das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS).), que chega ao poder após a morte de Lênin em
1924 e governará até 1953 (1927/1953 que ficou conhecida como a Era Stálin), convertendo-
se em um ditador absoluto da então União Soviética.
Veremos também as guerras civis, desencadeadas após o fim da Primeira Guerra
Mundial, entre o exército vermelho (pró Bolchevique) e exército branco (antibolchevique) e a
constituição da URSS (União de Repúblicas Socialistas Soviéticas) em 30 de dezembro de
1922.
Metodologia:
Na presente proposta de aula, primeiramente se fará a apresentação do tema Revolução
Russa, logo após, por meio do texto introdutório, o professor fará uso da palavra afim de
esclarecer e destacar pontos cruciais para que a revolução acontecesse, e quais os reais
motivos das discussões sobre esse tema tão relevante, afim de colocar o aluno em um
contexto pelo qual ele se reconhecerá como sujeito histórico e ativo em sua sociedade.
Recursos Didáticos:
 Quadro branco; Pincel atômico; Folha de papel A4.
Avaliação:
 A avaliação se processará através da observação dos alunos em sala no momento da
leitura do texto introdutório e do posterior debate .
Referências
BRASIL. Fundação Capes – Ministério da Educação. Pibid - Programa Institucional de
Bolsa de Iniciação à Docência. Disponível em: <http://www.capes.gov.br/educacao-
basica/capespibid/pibid>. Acesso em: 03 Abril 2017.
VIVENDO NA HISTÓRIA. Exercícios sobre a Revolução Russa. Disponível em:
http://klebersilva.blogspot.com.br/2011/08/exercicios-sobre-revolucao-russa-9-ano.html.
Acesso em: 17 Abril 2017.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atividades Crise de 1929 e Regimes Totalitários
Atividades Crise de 1929 e Regimes TotalitáriosAtividades Crise de 1929 e Regimes Totalitários
Atividades Crise de 1929 e Regimes Totalitários
Eduardo Mariño Rial
 
PLANO DE AULA – A GRANDE DEPRESSÃO: DOCUMENTÁRIO “A CRISE DE 1929”.
PLANO DE AULA – A GRANDE DEPRESSÃO: DOCUMENTÁRIO “A CRISE DE 1929”.PLANO DE AULA – A GRANDE DEPRESSÃO: DOCUMENTÁRIO “A CRISE DE 1929”.
PLANO DE AULA – A GRANDE DEPRESSÃO: DOCUMENTÁRIO “A CRISE DE 1929”.
Tissiane Gomes
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
Fatima Freitas
 
Prova revoluçao russa
Prova revoluçao russaProva revoluçao russa
Prova revoluçao russa
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividade ditadura de história 3º ano ensino médio
Atividade ditadura  de história 3º ano ensino médioAtividade ditadura  de história 3º ano ensino médio
Atividade ditadura de história 3º ano ensino médio
Atividades Diversas Cláudia
 
Exercicio revolução russa
Exercicio revolução russaExercicio revolução russa
Exercicio revolução russa
Atividades Diversas Cláudia
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Kéliton Ferreira
 
Proclamação da república
Proclamação da repúblicaProclamação da república
Proclamação da república
Fabiana Tonsis
 
Revolução chinesa
Revolução chinesaRevolução chinesa
Revolução chinesa
Fatima Freitas
 
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdfAtividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
Wenderson Santos Couto
 
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacina
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacinaAvaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacina
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacina
Acrópole - História & Educação
 
Cruzadinha revolução industrial
Cruzadinha revolução industrialCruzadinha revolução industrial
Cruzadinha revolução industrial
Ócio do Ofício
 
Revolução russa 9 ano
Revolução russa 9 anoRevolução russa 9 ano
Revolução russa 9 ano
Frederico Marques Sodré
 
Prova de História 7º Ano - Renascimento Cultural
Prova de História 7º Ano  - Renascimento CulturalProva de História 7º Ano  - Renascimento Cultural
Prova de História 7º Ano - Renascimento Cultural
Acrópole - História & Educação
 
Revolução Chinesa
Revolução ChinesaRevolução Chinesa
Revolução Chinesa
eiprofessor
 
Cruzadinha crise de 1929 ok
Cruzadinha crise de 1929 okCruzadinha crise de 1929 ok
Cruzadinha crise de 1929 ok
Viviane Simões
 
Fascismo e nazismo
Fascismo e nazismoFascismo e nazismo
Fascismo e nazismo
Fabiana Tonsis
 
O que é historia
O que é historiaO que é historia
O que é historia
alinemaiahistoria
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
Elaine Bogo Pavani
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
Janaína Tavares
 

Mais procurados (20)

Atividades Crise de 1929 e Regimes Totalitários
Atividades Crise de 1929 e Regimes TotalitáriosAtividades Crise de 1929 e Regimes Totalitários
Atividades Crise de 1929 e Regimes Totalitários
 
PLANO DE AULA – A GRANDE DEPRESSÃO: DOCUMENTÁRIO “A CRISE DE 1929”.
PLANO DE AULA – A GRANDE DEPRESSÃO: DOCUMENTÁRIO “A CRISE DE 1929”.PLANO DE AULA – A GRANDE DEPRESSÃO: DOCUMENTÁRIO “A CRISE DE 1929”.
PLANO DE AULA – A GRANDE DEPRESSÃO: DOCUMENTÁRIO “A CRISE DE 1929”.
 
Revolução russa
Revolução russaRevolução russa
Revolução russa
 
Prova revoluçao russa
Prova revoluçao russaProva revoluçao russa
Prova revoluçao russa
 
Atividade ditadura de história 3º ano ensino médio
Atividade ditadura  de história 3º ano ensino médioAtividade ditadura  de história 3º ano ensino médio
Atividade ditadura de história 3º ano ensino médio
 
Exercicio revolução russa
Exercicio revolução russaExercicio revolução russa
Exercicio revolução russa
 
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjUGuerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
Guerra fria completa - YouTube Link: https://youtu.be/XhS9vFASWjU
 
Proclamação da república
Proclamação da repúblicaProclamação da república
Proclamação da república
 
Revolução chinesa
Revolução chinesaRevolução chinesa
Revolução chinesa
 
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdfAtividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
Atividades adaptadas- História.6º ano - Cópia.1.pdf
 
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacina
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacinaAvaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacina
Avaliação 9º ano república velha, guerra de canudos, revolta da vacina
 
Cruzadinha revolução industrial
Cruzadinha revolução industrialCruzadinha revolução industrial
Cruzadinha revolução industrial
 
Revolução russa 9 ano
Revolução russa 9 anoRevolução russa 9 ano
Revolução russa 9 ano
 
Prova de História 7º Ano - Renascimento Cultural
Prova de História 7º Ano  - Renascimento CulturalProva de História 7º Ano  - Renascimento Cultural
Prova de História 7º Ano - Renascimento Cultural
 
Revolução Chinesa
Revolução ChinesaRevolução Chinesa
Revolução Chinesa
 
Cruzadinha crise de 1929 ok
Cruzadinha crise de 1929 okCruzadinha crise de 1929 ok
Cruzadinha crise de 1929 ok
 
Fascismo e nazismo
Fascismo e nazismoFascismo e nazismo
Fascismo e nazismo
 
O que é historia
O que é historiaO que é historia
O que é historia
 
Ditadura militar
Ditadura militarDitadura militar
Ditadura militar
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 

Semelhante a Plano de aula a revolução russa

PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA.
PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA.PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA.
PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA.
Tissiane Gomes
 
TEXTO INTRODUTÓRIO – A REVOLUÇÃO RUSSA.
TEXTO INTRODUTÓRIO – A REVOLUÇÃO RUSSA.TEXTO INTRODUTÓRIO – A REVOLUÇÃO RUSSA.
TEXTO INTRODUTÓRIO – A REVOLUÇÃO RUSSA.
Tissiane Gomes
 
Plano de aula- JOGO, BALÕES
Plano de aula- JOGO, BALÕESPlano de aula- JOGO, BALÕES
Plano de aula- JOGO, BALÕES
Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)
 
PLANO DE AULA – POR QUE HOUVE A REVOLUÇÃO RUSSA?
PLANO DE AULA – POR QUE HOUVE A REVOLUÇÃO RUSSA?PLANO DE AULA – POR QUE HOUVE A REVOLUÇÃO RUSSA?
PLANO DE AULA – POR QUE HOUVE A REVOLUÇÃO RUSSA?
Tissiane Gomes
 
Plano de aula Revolução Russa- A importância do cidadão comum
Plano de aula Revolução Russa- A importância do cidadão comumPlano de aula Revolução Russa- A importância do cidadão comum
Plano de aula Revolução Russa- A importância do cidadão comum
Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)
 
PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA: A IMPORTÂNCIA DO CIDADÃO COMUM.
PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA: A IMPORTÂNCIA DO CIDADÃO COMUM.PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA: A IMPORTÂNCIA DO CIDADÃO COMUM.
PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA: A IMPORTÂNCIA DO CIDADÃO COMUM.
Tissiane Gomes
 
Plano de aula slide - quem são os seus autores principais
Plano de aula   slide - quem são os seus autores principaisPlano de aula   slide - quem são os seus autores principais
Plano de aula slide - quem são os seus autores principais
Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)
 
Caderno do Aluno História 3 ano vol 2 2014-2017
Caderno do Aluno História 3 ano vol 2 2014-2017Caderno do Aluno História 3 ano vol 2 2014-2017
Caderno do Aluno História 3 ano vol 2 2014-2017
Diogo Santos
 
9º hist -_guia_estudos__1º_cl
9º hist -_guia_estudos__1º_cl9º hist -_guia_estudos__1º_cl
9º hist -_guia_estudos__1º_cl
emalfredocastro
 
3° Ano 2023.pdf
3° Ano 2023.pdf3° Ano 2023.pdf
3° Ano 2023.pdf
AialaRobertaPrico
 
PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA: QUEM SÃO OS SEUS AUTORES PRINCIPAIS?
PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA: QUEM SÃO OS SEUS AUTORES PRINCIPAIS?PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA: QUEM SÃO OS SEUS AUTORES PRINCIPAIS?
PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA: QUEM SÃO OS SEUS AUTORES PRINCIPAIS?
Tissiane Gomes
 
URSS
URSSURSS
URSS
URSSURSS
Urss
UrssUrss
URSS
URSSURSS
Urss
UrssUrss
PLANO DE AULA – A CRISE DE 1929.
PLANO DE AULA – A CRISE DE 1929.PLANO DE AULA – A CRISE DE 1929.
PLANO DE AULA – A CRISE DE 1929.
Tissiane Gomes
 
Tema aula 5 - desenvolvimento economico
Tema aula 5 - desenvolvimento economicoTema aula 5 - desenvolvimento economico
Tema aula 5 - desenvolvimento economico
Camila Freire
 
PLANO DE AULA – ASCENSÃO DO NAZIFASCISMO.
PLANO DE AULA – ASCENSÃO DO NAZIFASCISMO.PLANO DE AULA – ASCENSÃO DO NAZIFASCISMO.
PLANO DE AULA – ASCENSÃO DO NAZIFASCISMO.
Tissiane Gomes
 
Proposta de correcção 12º ano
Proposta de correcção 12º anoProposta de correcção 12º ano
Proposta de correcção 12º ano
Lucília Oliveira
 

Semelhante a Plano de aula a revolução russa (20)

PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA.
PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA.PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA.
PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA.
 
TEXTO INTRODUTÓRIO – A REVOLUÇÃO RUSSA.
TEXTO INTRODUTÓRIO – A REVOLUÇÃO RUSSA.TEXTO INTRODUTÓRIO – A REVOLUÇÃO RUSSA.
TEXTO INTRODUTÓRIO – A REVOLUÇÃO RUSSA.
 
Plano de aula- JOGO, BALÕES
Plano de aula- JOGO, BALÕESPlano de aula- JOGO, BALÕES
Plano de aula- JOGO, BALÕES
 
PLANO DE AULA – POR QUE HOUVE A REVOLUÇÃO RUSSA?
PLANO DE AULA – POR QUE HOUVE A REVOLUÇÃO RUSSA?PLANO DE AULA – POR QUE HOUVE A REVOLUÇÃO RUSSA?
PLANO DE AULA – POR QUE HOUVE A REVOLUÇÃO RUSSA?
 
Plano de aula Revolução Russa- A importância do cidadão comum
Plano de aula Revolução Russa- A importância do cidadão comumPlano de aula Revolução Russa- A importância do cidadão comum
Plano de aula Revolução Russa- A importância do cidadão comum
 
PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA: A IMPORTÂNCIA DO CIDADÃO COMUM.
PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA: A IMPORTÂNCIA DO CIDADÃO COMUM.PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA: A IMPORTÂNCIA DO CIDADÃO COMUM.
PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA: A IMPORTÂNCIA DO CIDADÃO COMUM.
 
Plano de aula slide - quem são os seus autores principais
Plano de aula   slide - quem são os seus autores principaisPlano de aula   slide - quem são os seus autores principais
Plano de aula slide - quem são os seus autores principais
 
Caderno do Aluno História 3 ano vol 2 2014-2017
Caderno do Aluno História 3 ano vol 2 2014-2017Caderno do Aluno História 3 ano vol 2 2014-2017
Caderno do Aluno História 3 ano vol 2 2014-2017
 
9º hist -_guia_estudos__1º_cl
9º hist -_guia_estudos__1º_cl9º hist -_guia_estudos__1º_cl
9º hist -_guia_estudos__1º_cl
 
3° Ano 2023.pdf
3° Ano 2023.pdf3° Ano 2023.pdf
3° Ano 2023.pdf
 
PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA: QUEM SÃO OS SEUS AUTORES PRINCIPAIS?
PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA: QUEM SÃO OS SEUS AUTORES PRINCIPAIS?PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA: QUEM SÃO OS SEUS AUTORES PRINCIPAIS?
PLANO DE AULA – REVOLUÇÃO RUSSA: QUEM SÃO OS SEUS AUTORES PRINCIPAIS?
 
URSS
URSSURSS
URSS
 
URSS
URSSURSS
URSS
 
Urss
UrssUrss
Urss
 
URSS
URSSURSS
URSS
 
Urss
UrssUrss
Urss
 
PLANO DE AULA – A CRISE DE 1929.
PLANO DE AULA – A CRISE DE 1929.PLANO DE AULA – A CRISE DE 1929.
PLANO DE AULA – A CRISE DE 1929.
 
Tema aula 5 - desenvolvimento economico
Tema aula 5 - desenvolvimento economicoTema aula 5 - desenvolvimento economico
Tema aula 5 - desenvolvimento economico
 
PLANO DE AULA – ASCENSÃO DO NAZIFASCISMO.
PLANO DE AULA – ASCENSÃO DO NAZIFASCISMO.PLANO DE AULA – ASCENSÃO DO NAZIFASCISMO.
PLANO DE AULA – ASCENSÃO DO NAZIFASCISMO.
 
Proposta de correcção 12º ano
Proposta de correcção 12º anoProposta de correcção 12º ano
Proposta de correcção 12º ano
 

Mais de Tissiane Gomes

ARTIGO – O USO DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NA SALA DE AULA: OBSTÁCULOS, PRÁ...
ARTIGO – O USO DAS HISTÓRIAS EM   QUADRINHOS NA SALA DE AULA: OBSTÁCULOS, PRÁ...ARTIGO – O USO DAS HISTÓRIAS EM   QUADRINHOS NA SALA DE AULA: OBSTÁCULOS, PRÁ...
ARTIGO – O USO DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NA SALA DE AULA: OBSTÁCULOS, PRÁ...
Tissiane Gomes
 
ARTIGO – DESAFIOS, VIVÊNCIAS E EXPERIÊNCIAS EM SALA DE AULA: AS PROPAGANDAS N...
ARTIGO – DESAFIOS, VIVÊNCIAS E EXPERIÊNCIAS EM SALA DE AULA: AS PROPAGANDAS N...ARTIGO – DESAFIOS, VIVÊNCIAS E EXPERIÊNCIAS EM SALA DE AULA: AS PROPAGANDAS N...
ARTIGO – DESAFIOS, VIVÊNCIAS E EXPERIÊNCIAS EM SALA DE AULA: AS PROPAGANDAS N...
Tissiane Gomes
 
ARTIGO – PRODUÇÃO DE CHARGE NA AULA DE HISTÓRIA: POSICIONANDO-SE CRITICAMENTE...
ARTIGO – PRODUÇÃO DE CHARGE NA AULA DE HISTÓRIA: POSICIONANDO-SE CRITICAMENTE...ARTIGO – PRODUÇÃO DE CHARGE NA AULA DE HISTÓRIA: POSICIONANDO-SE CRITICAMENTE...
ARTIGO – PRODUÇÃO DE CHARGE NA AULA DE HISTÓRIA: POSICIONANDO-SE CRITICAMENTE...
Tissiane Gomes
 
ARTIGO – RESSIGNIFICAÇÕES DO CANGAÇO ATRAVÉS DA CONSTRUÇÃO DE PARÓDIAS MUSICA...
ARTIGO – RESSIGNIFICAÇÕES DO CANGAÇO ATRAVÉS DA CONSTRUÇÃO DE PARÓDIAS MUSICA...ARTIGO – RESSIGNIFICAÇÕES DO CANGAÇO ATRAVÉS DA CONSTRUÇÃO DE PARÓDIAS MUSICA...
ARTIGO – RESSIGNIFICAÇÕES DO CANGAÇO ATRAVÉS DA CONSTRUÇÃO DE PARÓDIAS MUSICA...
Tissiane Gomes
 
ARTIGO – PRÁTICAS DE LETRAMENTO NAS AULAS DE HISTÓRIA: CONTRIBUIÇÕES PARA SEU...
ARTIGO – PRÁTICAS DE LETRAMENTO NAS AULAS DE HISTÓRIA: CONTRIBUIÇÕES PARA SEU...ARTIGO – PRÁTICAS DE LETRAMENTO NAS AULAS DE HISTÓRIA: CONTRIBUIÇÕES PARA SEU...
ARTIGO – PRÁTICAS DE LETRAMENTO NAS AULAS DE HISTÓRIA: CONTRIBUIÇÕES PARA SEU...
Tissiane Gomes
 
ARTIGO – CONSTRUÇÃO DE TIRINHA NA AULA DE HISTÓRIA: OPORTUNIZANDO-SE O APREND...
ARTIGO – CONSTRUÇÃO DE TIRINHA NA AULA DE HISTÓRIA: OPORTUNIZANDO-SE O APREND...ARTIGO – CONSTRUÇÃO DE TIRINHA NA AULA DE HISTÓRIA: OPORTUNIZANDO-SE O APREND...
ARTIGO – CONSTRUÇÃO DE TIRINHA NA AULA DE HISTÓRIA: OPORTUNIZANDO-SE O APREND...
Tissiane Gomes
 
ARTIGO – PIBID E PROFESSOR: INTERSECÇÕES NA FORMAÇÃO DE UM NOVO PROFISSIONAL.
ARTIGO – PIBID E PROFESSOR: INTERSECÇÕES NA FORMAÇÃO DE UM NOVO PROFISSIONAL.ARTIGO – PIBID E PROFESSOR: INTERSECÇÕES NA FORMAÇÃO DE UM NOVO PROFISSIONAL.
ARTIGO – PIBID E PROFESSOR: INTERSECÇÕES NA FORMAÇÃO DE UM NOVO PROFISSIONAL.
Tissiane Gomes
 
ARTIGO – COMO A ARTE LITERÁRIA PODE AUXILIAR NO ENSINO DE HISTÓRIA?.
ARTIGO – COMO A ARTE LITERÁRIA PODE AUXILIAR NO ENSINO DE HISTÓRIA?.ARTIGO – COMO A ARTE LITERÁRIA PODE AUXILIAR NO ENSINO DE HISTÓRIA?.
ARTIGO – COMO A ARTE LITERÁRIA PODE AUXILIAR NO ENSINO DE HISTÓRIA?.
Tissiane Gomes
 
ARTIGO – O TEATRO NA ESCOLA: O ENSINO DE HISTÓRIA A PARTIR DAS ARTES CÊNICAS.
ARTIGO – O TEATRO NA ESCOLA: O ENSINO DE HISTÓRIA A PARTIR DAS ARTES CÊNICAS.ARTIGO – O TEATRO NA ESCOLA: O ENSINO DE HISTÓRIA A PARTIR DAS ARTES CÊNICAS.
ARTIGO – O TEATRO NA ESCOLA: O ENSINO DE HISTÓRIA A PARTIR DAS ARTES CÊNICAS.
Tissiane Gomes
 
ARTIGO – O PIBID COMO FERRAMENTA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR.
ARTIGO – O PIBID COMO FERRAMENTA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR.ARTIGO – O PIBID COMO FERRAMENTA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR.
ARTIGO – O PIBID COMO FERRAMENTA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR.
Tissiane Gomes
 
PLANO DE AULA – ERA VARGAS, ESTADO NOVO E GOVERNO DEMOCRÁTICO.
PLANO DE AULA – ERA VARGAS, ESTADO NOVO E GOVERNO DEMOCRÁTICO.PLANO DE AULA – ERA VARGAS, ESTADO NOVO E GOVERNO DEMOCRÁTICO.
PLANO DE AULA – ERA VARGAS, ESTADO NOVO E GOVERNO DEMOCRÁTICO.
Tissiane Gomes
 
SLIDES – OLGA BENÁRIO: QUEM FOI ESTA MULHER?
SLIDES – OLGA BENÁRIO: QUEM FOI ESTA MULHER?SLIDES – OLGA BENÁRIO: QUEM FOI ESTA MULHER?
SLIDES – OLGA BENÁRIO: QUEM FOI ESTA MULHER?
Tissiane Gomes
 
SLIDES – ANAYDE BEIRIZ: MULHER MACHO NUMA PARAÍBA RETRÓGRADA.
SLIDES – ANAYDE BEIRIZ: MULHER MACHO NUMA PARAÍBA RETRÓGRADA.SLIDES – ANAYDE BEIRIZ: MULHER MACHO NUMA PARAÍBA RETRÓGRADA.
SLIDES – ANAYDE BEIRIZ: MULHER MACHO NUMA PARAÍBA RETRÓGRADA.
Tissiane Gomes
 
SLIDES – A PARTICIPAÇÃO DO BRASIL NA SEGUNDA GUERRA.
SLIDES – A PARTICIPAÇÃO DO BRASIL NA SEGUNDA GUERRA.SLIDES – A PARTICIPAÇÃO DO BRASIL NA SEGUNDA GUERRA.
SLIDES – A PARTICIPAÇÃO DO BRASIL NA SEGUNDA GUERRA.
Tissiane Gomes
 
SLIDES – ESTADO NOVO.
SLIDES – ESTADO NOVO.SLIDES – ESTADO NOVO.
SLIDES – ESTADO NOVO.
Tissiane Gomes
 
SLIDES – VARGAS: PAI DOS POBRES?
SLIDES – VARGAS: PAI DOS POBRES?SLIDES – VARGAS: PAI DOS POBRES?
SLIDES – VARGAS: PAI DOS POBRES?
Tissiane Gomes
 
PLANO DE AULA – ERA VARGAS: ESTADO NOVO.
PLANO DE AULA – ERA VARGAS: ESTADO NOVO.PLANO DE AULA – ERA VARGAS: ESTADO NOVO.
PLANO DE AULA – ERA VARGAS: ESTADO NOVO.
Tissiane Gomes
 
PLANO DE AULA – ERA VARGAS (1930-1945).
PLANO DE AULA – ERA VARGAS (1930-1945). PLANO DE AULA – ERA VARGAS (1930-1945).
PLANO DE AULA – ERA VARGAS (1930-1945).
Tissiane Gomes
 
HISTÓRIA DE VIDA – ANAYDE BEIRIZ.
HISTÓRIA DE VIDA – ANAYDE BEIRIZ.HISTÓRIA DE VIDA – ANAYDE BEIRIZ.
HISTÓRIA DE VIDA – ANAYDE BEIRIZ.
Tissiane Gomes
 
PLANO DE AULA – ERA VARGAS: ANAYDE BEIRIZ E OLGA BENÁRIO.
PLANO DE AULA – ERA VARGAS: ANAYDE BEIRIZ E OLGA BENÁRIO.PLANO DE AULA – ERA VARGAS: ANAYDE BEIRIZ E OLGA BENÁRIO.
PLANO DE AULA – ERA VARGAS: ANAYDE BEIRIZ E OLGA BENÁRIO.
Tissiane Gomes
 

Mais de Tissiane Gomes (20)

ARTIGO – O USO DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NA SALA DE AULA: OBSTÁCULOS, PRÁ...
ARTIGO – O USO DAS HISTÓRIAS EM   QUADRINHOS NA SALA DE AULA: OBSTÁCULOS, PRÁ...ARTIGO – O USO DAS HISTÓRIAS EM   QUADRINHOS NA SALA DE AULA: OBSTÁCULOS, PRÁ...
ARTIGO – O USO DAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NA SALA DE AULA: OBSTÁCULOS, PRÁ...
 
ARTIGO – DESAFIOS, VIVÊNCIAS E EXPERIÊNCIAS EM SALA DE AULA: AS PROPAGANDAS N...
ARTIGO – DESAFIOS, VIVÊNCIAS E EXPERIÊNCIAS EM SALA DE AULA: AS PROPAGANDAS N...ARTIGO – DESAFIOS, VIVÊNCIAS E EXPERIÊNCIAS EM SALA DE AULA: AS PROPAGANDAS N...
ARTIGO – DESAFIOS, VIVÊNCIAS E EXPERIÊNCIAS EM SALA DE AULA: AS PROPAGANDAS N...
 
ARTIGO – PRODUÇÃO DE CHARGE NA AULA DE HISTÓRIA: POSICIONANDO-SE CRITICAMENTE...
ARTIGO – PRODUÇÃO DE CHARGE NA AULA DE HISTÓRIA: POSICIONANDO-SE CRITICAMENTE...ARTIGO – PRODUÇÃO DE CHARGE NA AULA DE HISTÓRIA: POSICIONANDO-SE CRITICAMENTE...
ARTIGO – PRODUÇÃO DE CHARGE NA AULA DE HISTÓRIA: POSICIONANDO-SE CRITICAMENTE...
 
ARTIGO – RESSIGNIFICAÇÕES DO CANGAÇO ATRAVÉS DA CONSTRUÇÃO DE PARÓDIAS MUSICA...
ARTIGO – RESSIGNIFICAÇÕES DO CANGAÇO ATRAVÉS DA CONSTRUÇÃO DE PARÓDIAS MUSICA...ARTIGO – RESSIGNIFICAÇÕES DO CANGAÇO ATRAVÉS DA CONSTRUÇÃO DE PARÓDIAS MUSICA...
ARTIGO – RESSIGNIFICAÇÕES DO CANGAÇO ATRAVÉS DA CONSTRUÇÃO DE PARÓDIAS MUSICA...
 
ARTIGO – PRÁTICAS DE LETRAMENTO NAS AULAS DE HISTÓRIA: CONTRIBUIÇÕES PARA SEU...
ARTIGO – PRÁTICAS DE LETRAMENTO NAS AULAS DE HISTÓRIA: CONTRIBUIÇÕES PARA SEU...ARTIGO – PRÁTICAS DE LETRAMENTO NAS AULAS DE HISTÓRIA: CONTRIBUIÇÕES PARA SEU...
ARTIGO – PRÁTICAS DE LETRAMENTO NAS AULAS DE HISTÓRIA: CONTRIBUIÇÕES PARA SEU...
 
ARTIGO – CONSTRUÇÃO DE TIRINHA NA AULA DE HISTÓRIA: OPORTUNIZANDO-SE O APREND...
ARTIGO – CONSTRUÇÃO DE TIRINHA NA AULA DE HISTÓRIA: OPORTUNIZANDO-SE O APREND...ARTIGO – CONSTRUÇÃO DE TIRINHA NA AULA DE HISTÓRIA: OPORTUNIZANDO-SE O APREND...
ARTIGO – CONSTRUÇÃO DE TIRINHA NA AULA DE HISTÓRIA: OPORTUNIZANDO-SE O APREND...
 
ARTIGO – PIBID E PROFESSOR: INTERSECÇÕES NA FORMAÇÃO DE UM NOVO PROFISSIONAL.
ARTIGO – PIBID E PROFESSOR: INTERSECÇÕES NA FORMAÇÃO DE UM NOVO PROFISSIONAL.ARTIGO – PIBID E PROFESSOR: INTERSECÇÕES NA FORMAÇÃO DE UM NOVO PROFISSIONAL.
ARTIGO – PIBID E PROFESSOR: INTERSECÇÕES NA FORMAÇÃO DE UM NOVO PROFISSIONAL.
 
ARTIGO – COMO A ARTE LITERÁRIA PODE AUXILIAR NO ENSINO DE HISTÓRIA?.
ARTIGO – COMO A ARTE LITERÁRIA PODE AUXILIAR NO ENSINO DE HISTÓRIA?.ARTIGO – COMO A ARTE LITERÁRIA PODE AUXILIAR NO ENSINO DE HISTÓRIA?.
ARTIGO – COMO A ARTE LITERÁRIA PODE AUXILIAR NO ENSINO DE HISTÓRIA?.
 
ARTIGO – O TEATRO NA ESCOLA: O ENSINO DE HISTÓRIA A PARTIR DAS ARTES CÊNICAS.
ARTIGO – O TEATRO NA ESCOLA: O ENSINO DE HISTÓRIA A PARTIR DAS ARTES CÊNICAS.ARTIGO – O TEATRO NA ESCOLA: O ENSINO DE HISTÓRIA A PARTIR DAS ARTES CÊNICAS.
ARTIGO – O TEATRO NA ESCOLA: O ENSINO DE HISTÓRIA A PARTIR DAS ARTES CÊNICAS.
 
ARTIGO – O PIBID COMO FERRAMENTA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR.
ARTIGO – O PIBID COMO FERRAMENTA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR.ARTIGO – O PIBID COMO FERRAMENTA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR.
ARTIGO – O PIBID COMO FERRAMENTA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR.
 
PLANO DE AULA – ERA VARGAS, ESTADO NOVO E GOVERNO DEMOCRÁTICO.
PLANO DE AULA – ERA VARGAS, ESTADO NOVO E GOVERNO DEMOCRÁTICO.PLANO DE AULA – ERA VARGAS, ESTADO NOVO E GOVERNO DEMOCRÁTICO.
PLANO DE AULA – ERA VARGAS, ESTADO NOVO E GOVERNO DEMOCRÁTICO.
 
SLIDES – OLGA BENÁRIO: QUEM FOI ESTA MULHER?
SLIDES – OLGA BENÁRIO: QUEM FOI ESTA MULHER?SLIDES – OLGA BENÁRIO: QUEM FOI ESTA MULHER?
SLIDES – OLGA BENÁRIO: QUEM FOI ESTA MULHER?
 
SLIDES – ANAYDE BEIRIZ: MULHER MACHO NUMA PARAÍBA RETRÓGRADA.
SLIDES – ANAYDE BEIRIZ: MULHER MACHO NUMA PARAÍBA RETRÓGRADA.SLIDES – ANAYDE BEIRIZ: MULHER MACHO NUMA PARAÍBA RETRÓGRADA.
SLIDES – ANAYDE BEIRIZ: MULHER MACHO NUMA PARAÍBA RETRÓGRADA.
 
SLIDES – A PARTICIPAÇÃO DO BRASIL NA SEGUNDA GUERRA.
SLIDES – A PARTICIPAÇÃO DO BRASIL NA SEGUNDA GUERRA.SLIDES – A PARTICIPAÇÃO DO BRASIL NA SEGUNDA GUERRA.
SLIDES – A PARTICIPAÇÃO DO BRASIL NA SEGUNDA GUERRA.
 
SLIDES – ESTADO NOVO.
SLIDES – ESTADO NOVO.SLIDES – ESTADO NOVO.
SLIDES – ESTADO NOVO.
 
SLIDES – VARGAS: PAI DOS POBRES?
SLIDES – VARGAS: PAI DOS POBRES?SLIDES – VARGAS: PAI DOS POBRES?
SLIDES – VARGAS: PAI DOS POBRES?
 
PLANO DE AULA – ERA VARGAS: ESTADO NOVO.
PLANO DE AULA – ERA VARGAS: ESTADO NOVO.PLANO DE AULA – ERA VARGAS: ESTADO NOVO.
PLANO DE AULA – ERA VARGAS: ESTADO NOVO.
 
PLANO DE AULA – ERA VARGAS (1930-1945).
PLANO DE AULA – ERA VARGAS (1930-1945). PLANO DE AULA – ERA VARGAS (1930-1945).
PLANO DE AULA – ERA VARGAS (1930-1945).
 
HISTÓRIA DE VIDA – ANAYDE BEIRIZ.
HISTÓRIA DE VIDA – ANAYDE BEIRIZ.HISTÓRIA DE VIDA – ANAYDE BEIRIZ.
HISTÓRIA DE VIDA – ANAYDE BEIRIZ.
 
PLANO DE AULA – ERA VARGAS: ANAYDE BEIRIZ E OLGA BENÁRIO.
PLANO DE AULA – ERA VARGAS: ANAYDE BEIRIZ E OLGA BENÁRIO.PLANO DE AULA – ERA VARGAS: ANAYDE BEIRIZ E OLGA BENÁRIO.
PLANO DE AULA – ERA VARGAS: ANAYDE BEIRIZ E OLGA BENÁRIO.
 

Último

Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 

Plano de aula a revolução russa

  • 1. Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) Centro de Educação (CEDUC) Departamento de História Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID/CAPES Escola Estadual de Ensino Fundamental Senador Humberto Lucena Série: 9º Ano/A/B/C/Ensino Fundamental II Data: 03/04/2017 Carga horária: 01 aula de 45 minutos Professor Supervisor: Thiago Acácio Raposo Bolsistas: Jilton Joselito de Lucena Ferreira; Mylla Christtie; Sabrina Kele Dias Lopes; Tissiane Emanuella Albuquerque Gomes PLANO DE AULA Tema:  Revolução Russa. Eixo de problematização:  Texto introdutório sobre a Revolução Russa – a fim de introduzir e esclarecer os principais pontos sobre esta revolução. Objetivo Geral:  Entender as especificidades da Revolução Russa. Objetivos Específicos:  Fundamentar os alunos em uma base para a introdução sobre o assunto: a Revolução Russa;  Mostrar qual a importância dessa revolução para o mundo;
  • 2.  Discutir o estopim que causou a crise econômica no período e consequentemente deu início a Revolução. Justificativa: Durante décadas a Rússia, a Inglaterra, a França, a Alemanha e a Áustria, foram algumas das maiores potências da Europa. No século XIX, que foi um período de grande enriquecimento, enquanto os outros países se fortificavam, se industrializavam e buscavam modernizações, a Rússia se encontrava estagnada no tempo, sem fazer nenhuma reforma ou buscar nada de novo. Com uma economia baseada na agricultura e com relações semifeudais, ela era uma nação considerada atrasada em relação aos outros, já que não acontecia nenhum investimento nem interesse em modernizar o país. O ano de 1917 foi um período conflituoso cujas consequências foram a derrubada da autocracia Russa, que levou ao poder o partido Bolchevique – do Vladmir Lênin – e que mostrou que operários e camponeses insatisfeitos com um governo poderiam lutar e depor o líder máximo da nação. Com enormes cargas horárias de trabalho, baixíssimos salários e péssimas condições de vida, o sentimento de mudança se tornou uma constante no seio da sociedade. Os conflitos contra alemães, o que causou grandes estragos a Rússia, acarretaram também um sentimento de revoltas populares. Nisto, devemos observar que ao final da Primeira Guerra Mundial teremos uma Rússia atrasada, com sérios problemas econômicos e sociais e ainda com suas forças abaladas pela que Guerra. Neste assunto, conheceremos figuras como Josef Stálin (dirigente máximo da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS).), que chega ao poder após a morte de Lênin em 1924 e governará até 1953 (1927/1953 que ficou conhecida como a Era Stálin), convertendo- se em um ditador absoluto da então União Soviética. Veremos também as guerras civis, desencadeadas após o fim da Primeira Guerra Mundial, entre o exército vermelho (pró Bolchevique) e exército branco (antibolchevique) e a constituição da URSS (União de Repúblicas Socialistas Soviéticas) em 30 de dezembro de 1922.
  • 3. Metodologia: Na presente proposta de aula, primeiramente se fará a apresentação do tema Revolução Russa, logo após, por meio do texto introdutório, o professor fará uso da palavra afim de esclarecer e destacar pontos cruciais para que a revolução acontecesse, e quais os reais motivos das discussões sobre esse tema tão relevante, afim de colocar o aluno em um contexto pelo qual ele se reconhecerá como sujeito histórico e ativo em sua sociedade. Recursos Didáticos:  Quadro branco; Pincel atômico; Folha de papel A4. Avaliação:  A avaliação se processará através da observação dos alunos em sala no momento da leitura do texto introdutório e do posterior debate . Referências BRASIL. Fundação Capes – Ministério da Educação. Pibid - Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência. Disponível em: <http://www.capes.gov.br/educacao- basica/capespibid/pibid>. Acesso em: 03 Abril 2017. VIVENDO NA HISTÓRIA. Exercícios sobre a Revolução Russa. Disponível em: http://klebersilva.blogspot.com.br/2011/08/exercicios-sobre-revolucao-russa-9-ano.html. Acesso em: 17 Abril 2017.