SlideShare uma empresa Scribd logo
UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA - DCET CAMPUS II –
                        ALAGOINHAS
                  DOCENTE: CLÁUDIA REGINA
  DISCENTES: PAULA GABRIELE FREITAS E CHARLENE RODRIGUES

                         PLANO DE AULA SEMANAL VI


COLÉGIO ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA
REGENTE: ANTONIETA NUNES
SÉRIE: 2º ANO TURMA: 01 VESPERTINO - ENSINO MÉDIO
DATA: 30/11/2010 e 03/12/2010
CARGA HORÁRIA: 2 H/ AULA


TEMA:

            •      Anfíbios
            •      Répteis

OBJETIVOS

  ⇒ Conhecer as principais características anatômicas dos Anfíbios e
     Répteis;
  ⇒ Comparar as características dessas classes com os animais já
     estudados;
  ⇒ Reconhecer a importância desses animais para o ecossistema.



CONTEÚDOS CONCEITUAIS

     ⇒      Conhecimento das características morfológicas dos anfíbios e
     répteis;
     ⇒      Comparação com os outros animais já estudados.
     ⇒      Descrição da locomoção dos anfíbios e da respiração dos animais
     desse filo.
     ⇒      Descrição de suas características principais e modo de
     reprodução;
CONTEÚDOS PROCEDIMENTAIS

   ⇒ Investigação bibliográfica sobre os anfíbios e répteis;
   ⇒ Participação na exposição oral;
   ⇒ Observações das características das estruturas corpóreas desses
      animais.

CONTEÚDOS ATITUDINAIS

   ⇒ Valorização do conhecimento desses animais para cotidiano;
   ⇒ Respeito a estes animais;
   ⇒ Consciência da possível diminuição desses animais devido à perda de
      habitat;



PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS:

Aula expositiva dialógica com demonstração didática
   ⇒ No dia 30/11/10, Iniciarei a aula corrigindo o exercício sobre peixes,
      solicitado na aula passada, para relembrar o assunto e ficar mais fácil
      reconhecer as estruturas “evolutivas” que apareceram nesses animais.
   ⇒ Logo após, começarei a explanar sobre o assunto (Anfíbios);
   ⇒ Falarei sobre o significado do nome dessa classe, origem,
      desenvolvimento dos membros e suas estruturas;
   ⇒ Solicitarei um exercício para casa, para poder fixar o assunto;
   ⇒ Farei a chamada;
   ⇒ No dia 03/12/10, Iniciarei falando sobre a segunda chamada do teste
      que será no dia 07/12 no quarto horário e não terá terceira chamada
      sem apresentação de atestado.
   ⇒ Logo após, corrigirei o exercício sobre anfíbios, solicitado na aula
      passada;
   ⇒ Em seguida, começarei a explanar sobre o assunto (Répteis);
   ⇒ Falarei sobre a origem desses animais, desenvolvimento dos membros e
      suas estruturas;
   ⇒ Solicitarei um exercício para casa, para poder fixar o assunto;
   ⇒ Farei a chamada;



RECURSOS

   ⇒ Quadro branco;
   ⇒ Piloto;
⇒ Figuras e gravuras;
   ⇒ Apostila para aprofundamento dos conteúdos;



AVALIAÇÃO


   ⇒ Participação da aula;
   ⇒ Atividade complementar para casa;

OBSERVAÇÕES

Paula
Não houve problemas durantes as aulas, os alunos participaram da correção
dos exercícios e tiraram dúvidas sobre os assuntos.

Charlene
Não houve problemas durantes as aulas, os alunos participaram da correção
dos exercícios e tiraram dúvidas sobre os assuntos.


REFERÊNCIAS

Lopes, S. Bio – Volume Único – São Paulo, Saraiva, 2004.


ANEXOS:

Colégio Estadual de Feira de Santana
Disciplina: Biologia
Professora estagiária: Paula Freitas
Aluno (a):
Data: 30/11/10

                                  Apontamento 04


Subfilo Vertebrata

2) Anfíbios
a) Característias gerais

   • Aparelho digestivo completo (boca e ânus).
   • O tegumento é desnudo, rico em glândulas que o mantém umedecido.
   • A língua está situada na região anterior e é protáctil.
   • Respiração: branquial (larvas e algumas salamandras), pulmonar, cutânea e
     buco-faringeana.
   • Possuem cloaca.
• Fecundação externa e desenvolvimento indireto. Ovulíparos. Formação do
        estágio larval.
      • Sofrem metamorfose.
      • Coração com 2 átrios e 1 ventrículo. Mistura de sangue nos anfíbios.
      • Circulação incompleta.
      • Vertebrados com fase larval no ambiente aquático, e fase adulta no ambiente
        terrestre.

b) Órdens de Anfíbios

Anuros - Ex.: sapos, rãs, perecas.
Ápodes - Ex.: cobra-cega
Urodelos ou Caudados - Ex.: salamandras, tritões.

c) Diferenças entre sapo e rã

Características Sapo / Rã

Pele Rugosa, com glândulas mucosas e de veneno / Fina, úmida, rica em vasos
sangüíneos e glândulas mucosas. Sem veneno.
Pernas posteriores: Mais curtas / Longas e bem desenvolvidas
Onde vivem: Preferem os lugares úmidos / Sempre próximas à água ou dentro dela.
Movimentos: Dão pulos desajeitados Nadam, quando na água / Saltam quando em terra.
* Cloaca: passagem comum dos aparelhos digestivo, excretor e reprodutor, localizada
na porção terminal do tubo digestivo.


Colégio Estadual de Feira de Santana
Disciplina: Biologia
Professora estagiária: Paula Freitas
Aluno (a):
Data: 30/11/10



                                        Exercícios

1.   Dentro do Filo Chordata, o tubarão pode ser assim classificado:

a) Subfilo Urochordata.
b) Subfilo Cephalochordata.
c) Subfilo Vertebrata - Classe Cyclostomata.
d) Subfilo Vertebrata - Classe Chondrichthyes.
e) Subfilo Vertebrata - Classe Osteichthyes.

2. Quanto aos peixes pode-se dizer que:

I – Os teleósteos não possuem opérculo.
II – O tubarão não possui bexiga natatória.
III – As fossas nasais da grande maioria dos peixes não se comunicam com a faringe.

a) Todas as frases estão corretas.
b) Todas as frases estão erradas.
c) Somente as frases II e III estão corretas.
d) Somente a frase I está correta.
e) Somente as frases I e II estão corretas.

3. (FUVEST-SP) Dos vertebrados abaixo, o único que tem esqueleto cartilaginoso, sem
tecido ósseo, é o:
a) tubarão.
d) jacaré.
b) bagre.
e) papagaio.
c) sapo.

4. (ESAM-RN) Alevino é:

a) a forma larvária dos anfíbios.
b) um osso da cintura pélvica dos marsupiais.
c) a forma larvária dos peixes.
d) uma adaptação apresentada pelos organismos planctônicos.
e) uma classe de moluscos.

5. (FZL-SP) São todos peixes ósseos, exceto:

a) cavalo-marinho, sardinha, corvina.
b) cação, bagre, lambari.
c) lambari, cavalo-marinho, sardinha.
d) tubarão, raia, dourado.
e) cação, raia, tubarão.

6. A bexiga natatória, encontrada, por exemplo, na sardinha, é um órgão de função
predominantemente:

a) de reserva alimentar.
b) respiratória.
c) hidrostática.
d) locomotora.
e) digestiva.

7. (UFSM-RS - mod.) Coloque, nos parênteses, O ou C conforme a característica seja
de osteícties ou condrícties, respectivamente.

( ) ausência de opérculo
( ) intestino com tiflossole
( ) presença de espiráculo
( ) nadadeira caudal homocerca
( ) escamas ciclóides ou ctenóides
A seqüência correta de letras é:
a) O - C - C - O - C.
b) C - O - O - C - O.
c) C - C - C - O - O.
d) O - C - O - C - O.
e) C - O - C - O - C.

Colégio Estadual de Feira de Santana
Disciplina: Biologia
Professora estagiária: Paula Freitas
Aluno (a):
Data: 03/12/10

                                    Apontamento 05


Subfilo Vertebrata

3) Répteis

a) Características gerais
    • São os que têm maiores adaptações ao meio terrestre.
    • Possuem corpo coberto com escamas, ou placas córneas.
    • Habitat: aquático ou terrestres.
    • Aparelho excretor com 2 rins.
    • São ovíparos, ovovivíparos ou vivíparos
    • Possuem cloaca
    • Coração: * Reptéis crocodilianos - 2 átrios e 2 ventrículos
    • Reptéis não crocodilianos - 2 átrios e 1 ventrículo parcialmente separado.
    • Circulação fechada, dupla e incompleta.
    • Possuem dois arcos aórticos: direito e esquerdo. Nos crocodilianos eles se
      comunicam pelo forâmem de Panizza.
    • Respiração pulmonar, na água é feita pela cloaca.
    • Aparelho digestivo completo (boca e ânus).

b) Ordens de répteis

Quelônios - Ex.: tartarugas, jabutis, etc.
Crocodilianos - Ex.: jacarés, crocodilos, gavial, etc.
Escamados - divididos em: Ofídios - Ex.: corais, jararacas, urutus, cascavéis, etc.
Sáurios ou Lacertílios - Ex.: lagartixas, camaleões, iguanas, cobra-de-vidro, lagartos,etc.

c) Diferenças entre cobras peçonhentas (venenosas) e não peçonhentas (não
venenosas)
Características Cobras peçonhentas Cobras não peçonhentas

Cabeça Achatada e triangular/ Estreita e alongada
Olhos Pequenos e com pupila em forma de fenda vertical /Grandes, com pupilar
circular.
Fosseta Loreal ou Lacrimal (orifício entre as narinas e os olhos): Presente/ Ausente.
Escamas do corpo: Alongadas, pontuadas, imblicadas (aspereza da escamas)/ chatadas,
lisas, não imblicadas.
Cauda Curta, afilando bruscamente /Longa, afilando gradualmente.
Dentes: Presença de dentes inoculadores (presa)/ Sem dentes inoculadores (presas).
Hábitos Noturnos/ Diurnos.
Atitude: Quando perseguida toma atitude de ataque, enrodilhando-se (arma o bote) /
Quando perseguida, foge, não enrodilha.
Sinal deixado pela cobra Proteróglifa, solenóglifa, opistóglifa / Áglifa
Ovos: Ovovivíparas - fecundação e desenvolvimento interno, sem relação materno-
fetal /Ovíparos - fecundação interna e desenvolvimento externo.

d) Quanto aos dentes as cobras podem ser classificadas em:
d.1) Proteróglifas - dentes inoculadores na parte anterior do maxilar. Dentes
inoculadores são sulcados. Ex.: coral verdadeira, naja.
d.2) Opistóglifas - os dentes estão situados na parte posterior do maxilar (também são
sulcados). Ex.: Muçurana.
d.3) Solenóglifas - O sulco se modifica em canal. Dentes inoculadores na parte anterior
do maxilar, podendo estar ocultos por uma dobra da mucosa da boca. Ex.: cascavel,
jararaca, surucucu.
d.4) Áglifas - não possuem dentes inoculadores. Ex.: caninana, cobracipó, jibóia,
sucuri.

                                          Exercício

01. (FUVEST) Qual das estruturas abaixo é a melhor explicação para a expansão e domínio dos
répteis durante a era mesozóica, incluindo o aparecimento dos dinossauros e sua ampla
distribuição em diversos nichos do ambiente terrestre?

   a) prolongado cuidado com a prole, garantindo proteção contra os predadores naturais;
   b) aparecimento de ovo com casca, capaz de evitar o dessecamento;
   c) vantagens sobre os anfíbios na competição pelo alimento;
   d) extinção dos predadores naturais e conseqüente explosão populacional;
   e) abundância de alimento nos ambientes aquáticos abandonados pelos anfíbios.

02. (FUVEST) Os vertebrados conquistaram o ambiente terrestre através da formação de um
tipo de ovo capaz de se desenvolver fora da água. Esta conquista aparece na primeira vez em:

   a) mamíferos
   b) aves
   c) répteis
   d) anfíbios
   e) peixes

03. (PUC) Assinale a afirmação correta em relação aos répteis:

    a) são os primeiros animais amniotas na escala animal;
    b) algumas ordens apresentam fecundação externa;
    c) apresentam sempre o coração incompletamente dividido em 4 câmaras: 2 átrios distintos e
2 parcialmente separados;
    d) não fazem parte do ecossistema marinho;
    e) são animais agressivos, mas só entre os ofídios encontramos indivíduos peçonhentos.

04. (POUSO ALEGRE) A cobra-cega, a cobra-de-duas-cabeças e a cobra-de-vidro pertencem:
a) todas aos lacertílios;
  b) aos anfíbios, lacertílios e lacertílios, respectivamente;
  c) todas aos ofídios;
  d) aos lacertílios, anfíbios e anfíbios, respectivamente;
  e) aos lacertílios, anfíbios e lacertílios, respectivamente.



APÊNDICES:
Plano de aula 6 anfíbios e repteis

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atividade de celula
Atividade de celulaAtividade de celula
Atividade de celula
maricel loch
 
Avaliação Ciências
Avaliação CiênciasAvaliação Ciências
Avaliação Ciências
Isa ...
 
Exercícios de Hereditariedade e Genética
Exercícios de Hereditariedade e GenéticaExercícios de Hereditariedade e Genética
Exercícios de Hereditariedade e Genética
Luis Silva
 
AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO
AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLOAVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO
AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
Plano de ensino ciências
Plano de ensino   ciênciasPlano de ensino   ciências
Plano de ensino ciências
simonclark
 
Caça palavras dos platelmintos e nematelmintos
Caça palavras dos platelmintos e nematelmintosCaça palavras dos platelmintos e nematelmintos
Caça palavras dos platelmintos e nematelmintos
Isa ...
 
atividade maquina simples para hoje 2.pdf
atividade maquina simples para hoje  2.pdfatividade maquina simples para hoje  2.pdf
atividade maquina simples para hoje 2.pdf
FernandaCruzDeAraujo
 
Alimentação saudável - Texto e atividade de Ciências
 Alimentação saudável -  Texto  e atividade de Ciências Alimentação saudável -  Texto  e atividade de Ciências
Alimentação saudável - Texto e atividade de Ciências
Mary Alvarenga
 
Atividades ciencias
Atividades cienciasAtividades ciencias
Atividades ciencias
Giovana Schubert
 
Reforço de Ciências (Respostas)
Reforço de Ciências (Respostas)Reforço de Ciências (Respostas)
Reforço de Ciências (Respostas)
joana71
 
Plano de ensino ciências 6º ano
Plano de ensino ciências 6º anoPlano de ensino ciências 6º ano
Plano de ensino ciências 6º ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Aula 7º ano - Os cinco reinos dos seres vivos/ Reino Monera
Aula 7º ano - Os cinco reinos dos seres vivos/ Reino MoneraAula 7º ano - Os cinco reinos dos seres vivos/ Reino Monera
Aula 7º ano - Os cinco reinos dos seres vivos/ Reino Monera
Leonardo Kaplan
 
Atividades biomas brasileiros
Atividades biomas brasileirosAtividades biomas brasileiros
Atividades biomas brasileiros
Atividades Diversas Cláudia
 
96513559 7-ano-bacterias-protistas-fungos-virus-com-gabarito cópia
96513559 7-ano-bacterias-protistas-fungos-virus-com-gabarito cópia96513559 7-ano-bacterias-protistas-fungos-virus-com-gabarito cópia
96513559 7-ano-bacterias-protistas-fungos-virus-com-gabarito cópia
cristiana Leal
 
Prova ciências adaptada
Prova ciências adaptada Prova ciências adaptada
Prova ciências adaptada
Isa ...
 
Atividade sobre a evolução do homem 6º ano
Atividade sobre a evolução do homem 6º anoAtividade sobre a evolução do homem 6º ano
Atividade sobre a evolução do homem 6º ano
Prefeitura Municipal de São Leopoldo
 
Apostila de atividades adaptadas para autistas Vol. 5
Apostila de atividades adaptadas para autistas Vol. 5Apostila de atividades adaptadas para autistas Vol. 5
Apostila de atividades adaptadas para autistas Vol. 5
Lucilene Rocha
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
Rosangela Beloto
 
Plano de aula 7 aves e mamiferos
Plano de aula 7 aves e mamiferosPlano de aula 7 aves e mamiferos
Plano de aula 7 aves e mamiferos
familiaestagio
 
Taxonomia - Estudo Dirigido
Taxonomia - Estudo DirigidoTaxonomia - Estudo Dirigido
Taxonomia - Estudo Dirigido
Andrea Barreto
 

Mais procurados (20)

Atividade de celula
Atividade de celulaAtividade de celula
Atividade de celula
 
Avaliação Ciências
Avaliação CiênciasAvaliação Ciências
Avaliação Ciências
 
Exercícios de Hereditariedade e Genética
Exercícios de Hereditariedade e GenéticaExercícios de Hereditariedade e Genética
Exercícios de Hereditariedade e Genética
 
AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO
AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLOAVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO
AVALIAÇÃO DE CIÊNCIAS: 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 1 - II CICLO
 
Plano de ensino ciências
Plano de ensino   ciênciasPlano de ensino   ciências
Plano de ensino ciências
 
Caça palavras dos platelmintos e nematelmintos
Caça palavras dos platelmintos e nematelmintosCaça palavras dos platelmintos e nematelmintos
Caça palavras dos platelmintos e nematelmintos
 
atividade maquina simples para hoje 2.pdf
atividade maquina simples para hoje  2.pdfatividade maquina simples para hoje  2.pdf
atividade maquina simples para hoje 2.pdf
 
Alimentação saudável - Texto e atividade de Ciências
 Alimentação saudável -  Texto  e atividade de Ciências Alimentação saudável -  Texto  e atividade de Ciências
Alimentação saudável - Texto e atividade de Ciências
 
Atividades ciencias
Atividades cienciasAtividades ciencias
Atividades ciencias
 
Reforço de Ciências (Respostas)
Reforço de Ciências (Respostas)Reforço de Ciências (Respostas)
Reforço de Ciências (Respostas)
 
Plano de ensino ciências 6º ano
Plano de ensino ciências 6º anoPlano de ensino ciências 6º ano
Plano de ensino ciências 6º ano
 
Aula 7º ano - Os cinco reinos dos seres vivos/ Reino Monera
Aula 7º ano - Os cinco reinos dos seres vivos/ Reino MoneraAula 7º ano - Os cinco reinos dos seres vivos/ Reino Monera
Aula 7º ano - Os cinco reinos dos seres vivos/ Reino Monera
 
Atividades biomas brasileiros
Atividades biomas brasileirosAtividades biomas brasileiros
Atividades biomas brasileiros
 
96513559 7-ano-bacterias-protistas-fungos-virus-com-gabarito cópia
96513559 7-ano-bacterias-protistas-fungos-virus-com-gabarito cópia96513559 7-ano-bacterias-protistas-fungos-virus-com-gabarito cópia
96513559 7-ano-bacterias-protistas-fungos-virus-com-gabarito cópia
 
Prova ciências adaptada
Prova ciências adaptada Prova ciências adaptada
Prova ciências adaptada
 
Atividade sobre a evolução do homem 6º ano
Atividade sobre a evolução do homem 6º anoAtividade sobre a evolução do homem 6º ano
Atividade sobre a evolução do homem 6º ano
 
Apostila de atividades adaptadas para autistas Vol. 5
Apostila de atividades adaptadas para autistas Vol. 5Apostila de atividades adaptadas para autistas Vol. 5
Apostila de atividades adaptadas para autistas Vol. 5
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Plano de aula 7 aves e mamiferos
Plano de aula 7 aves e mamiferosPlano de aula 7 aves e mamiferos
Plano de aula 7 aves e mamiferos
 
Taxonomia - Estudo Dirigido
Taxonomia - Estudo DirigidoTaxonomia - Estudo Dirigido
Taxonomia - Estudo Dirigido
 

Destaque

Plano de aula 7 aves e mamiferos
Plano de aula 7 aves e mamiferosPlano de aula 7 aves e mamiferos
Plano de aula 7 aves e mamiferos
familiaestagio
 
Plano de aula 08 - Lorena Sá
Plano de aula 08 - Lorena SáPlano de aula 08 - Lorena Sá
Plano de aula 08 - Lorena Sá
Lorenabiologia
 
Anfíbios
AnfíbiosAnfíbios
Anfíbios
Matheus Bringel
 
Aula anfíbios
Aula anfíbiosAula anfíbios
Aula anfíbios
Dacoli
 
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Janaina Alves
 
Apostila -- sistemas el tricos de potência II final
Apostila -- sistemas el tricos de potência II finalApostila -- sistemas el tricos de potência II final
Apostila -- sistemas el tricos de potência II final
Katia Ribeiro
 
Planejamento 1º ano
Planejamento 1º anoPlanejamento 1º ano
Planejamento 1º ano
vanessinha122421
 
Composição da água
Composição da águaComposição da água
Composição da água
Escola Costa e Silva
 
Répteis
 Répteis Répteis
Répteis
Edézio Miranda
 
2EM #16 Amniotas: répteis
2EM #16 Amniotas: répteis2EM #16 Amniotas: répteis
2EM #16 Amniotas: répteis
Professô Kyoshi
 
RÉPTEIS
RÉPTEISRÉPTEIS
RÉPTEIS
Neena Gomes
 
RéPteis
RéPteisRéPteis
Agua 6º ano
Agua 6º anoAgua 6º ano
Agua 6º ano
giovannimusetti
 
IV.2 Anfíbios
IV.2 AnfíbiosIV.2 Anfíbios
IV.2 Anfíbios
Rebeca Vale
 
IV.3 Répteis
IV.3 RépteisIV.3 Répteis
IV.3 Répteis
Rebeca Vale
 
A água slide
A água slideA água slide
A água slide
kelrryma
 
Prova.7.ano.3.unidade
Prova.7.ano.3.unidadeProva.7.ano.3.unidade
Prova.7.ano.3.unidade
Suely Santos
 
Aval 7 ano(vertebrados)-dif2-gabarito
Aval 7 ano(vertebrados)-dif2-gabaritoAval 7 ano(vertebrados)-dif2-gabarito
Aval 7 ano(vertebrados)-dif2-gabarito
Ercio Novaes
 
Organização dos Seres Vivos
Organização dos Seres VivosOrganização dos Seres Vivos
Organização dos Seres Vivos
Escola Ciências
 
Anfíbios
AnfíbiosAnfíbios
Anfíbios
paleocmsilva
 

Destaque (20)

Plano de aula 7 aves e mamiferos
Plano de aula 7 aves e mamiferosPlano de aula 7 aves e mamiferos
Plano de aula 7 aves e mamiferos
 
Plano de aula 08 - Lorena Sá
Plano de aula 08 - Lorena SáPlano de aula 08 - Lorena Sá
Plano de aula 08 - Lorena Sá
 
Anfíbios
AnfíbiosAnfíbios
Anfíbios
 
Aula anfíbios
Aula anfíbiosAula anfíbios
Aula anfíbios
 
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
Aula - Anfíbios e Répteis (7° ano)
 
Apostila -- sistemas el tricos de potência II final
Apostila -- sistemas el tricos de potência II finalApostila -- sistemas el tricos de potência II final
Apostila -- sistemas el tricos de potência II final
 
Planejamento 1º ano
Planejamento 1º anoPlanejamento 1º ano
Planejamento 1º ano
 
Composição da água
Composição da águaComposição da água
Composição da água
 
Répteis
 Répteis Répteis
Répteis
 
2EM #16 Amniotas: répteis
2EM #16 Amniotas: répteis2EM #16 Amniotas: répteis
2EM #16 Amniotas: répteis
 
RÉPTEIS
RÉPTEISRÉPTEIS
RÉPTEIS
 
RéPteis
RéPteisRéPteis
RéPteis
 
Agua 6º ano
Agua 6º anoAgua 6º ano
Agua 6º ano
 
IV.2 Anfíbios
IV.2 AnfíbiosIV.2 Anfíbios
IV.2 Anfíbios
 
IV.3 Répteis
IV.3 RépteisIV.3 Répteis
IV.3 Répteis
 
A água slide
A água slideA água slide
A água slide
 
Prova.7.ano.3.unidade
Prova.7.ano.3.unidadeProva.7.ano.3.unidade
Prova.7.ano.3.unidade
 
Aval 7 ano(vertebrados)-dif2-gabarito
Aval 7 ano(vertebrados)-dif2-gabaritoAval 7 ano(vertebrados)-dif2-gabarito
Aval 7 ano(vertebrados)-dif2-gabarito
 
Organização dos Seres Vivos
Organização dos Seres VivosOrganização dos Seres Vivos
Organização dos Seres Vivos
 
Anfíbios
AnfíbiosAnfíbios
Anfíbios
 

Semelhante a Plano de aula 6 anfíbios e repteis

Plano de aula 5 peixes
Plano de aula 5 peixesPlano de aula 5 peixes
Plano de aula 5 peixes
familiaestagio
 
Plano de aula 5 peixes
Plano de aula 5 peixesPlano de aula 5 peixes
Plano de aula 5 peixes
familiaestagio
 
Plano de aula 3 moluscos e anelideos
Plano de aula  3 moluscos e anelideosPlano de aula  3 moluscos e anelideos
Plano de aula 3 moluscos e anelideos
familiaestagio
 
Plano de aula 3 moluscos e anelideos
Plano de aula  3 moluscos e anelideosPlano de aula  3 moluscos e anelideos
Plano de aula 3 moluscos e anelideos
familiaestagio
 
Plano de aula 8 prova
Plano de aula 8  provaPlano de aula 8  prova
Plano de aula 8 prova
familiaestagio
 
Plano de aula 8 prova
Plano de aula 8  provaPlano de aula 8  prova
Plano de aula 8 prova
familiaestagio
 
Agnatha atuais e Chondrichthyes
Agnatha atuais e ChondrichthyesAgnatha atuais e Chondrichthyes
Agnatha atuais e Chondrichthyes
Guellity Marcel
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
Professora Raquel
 
Sarcopterygii: Conquista do meio terrestre amphibia
Sarcopterygii: Conquista do meio terrestre amphibiaSarcopterygii: Conquista do meio terrestre amphibia
Sarcopterygii: Conquista do meio terrestre amphibia
Guellity Marcel
 
Lista de exercícios (ciências) - 7º ano - 4ºBim
Lista de exercícios (ciências) - 7º ano - 4ºBimLista de exercícios (ciências) - 7º ano - 4ºBim
Lista de exercícios (ciências) - 7º ano - 4ºBim
James Martins
 
Vertebrados
VertebradosVertebrados
EXERCÍCIOS SOBRE OS ANIMAIS VERTEBRADOS.docx
EXERCÍCIOS SOBRE OS ANIMAIS VERTEBRADOS.docxEXERCÍCIOS SOBRE OS ANIMAIS VERTEBRADOS.docx
EXERCÍCIOS SOBRE OS ANIMAIS VERTEBRADOS.docx
LilianeALMEIDADASILV1
 
Anfíbios
AnfíbiosAnfíbios
Anfíbios
sophiapaulo
 
Anfíbios
AnfíbiosAnfíbios
Anfíbios
sophiapaulo
 
2º estudo de ciências – 7º ano - outubro
2º estudo de ciências  – 7º ano - outubro 2º estudo de ciências  – 7º ano - outubro
2º estudo de ciências – 7º ano - outubro
Luiza Collet
 
Arthropoda 2
Arthropoda 2Arthropoda 2
Arthropoda 2
Fabio Santos Nery
 
slides da ufra - zoologia Ctenophora.ppt
slides da ufra - zoologia Ctenophora.pptslides da ufra - zoologia Ctenophora.ppt
slides da ufra - zoologia Ctenophora.ppt
Nuno Melo
 
Camila plano 1
Camila   plano 1Camila   plano 1
Camila plano 1
familiaestagio
 
Camila plano 1
Camila   plano 1Camila   plano 1
Camila plano 1
familiaestagio
 
Aula cristiane filo molusco
Aula cristiane filo moluscoAula cristiane filo molusco
Aula cristiane filo molusco
Cristianer
 

Semelhante a Plano de aula 6 anfíbios e repteis (20)

Plano de aula 5 peixes
Plano de aula 5 peixesPlano de aula 5 peixes
Plano de aula 5 peixes
 
Plano de aula 5 peixes
Plano de aula 5 peixesPlano de aula 5 peixes
Plano de aula 5 peixes
 
Plano de aula 3 moluscos e anelideos
Plano de aula  3 moluscos e anelideosPlano de aula  3 moluscos e anelideos
Plano de aula 3 moluscos e anelideos
 
Plano de aula 3 moluscos e anelideos
Plano de aula  3 moluscos e anelideosPlano de aula  3 moluscos e anelideos
Plano de aula 3 moluscos e anelideos
 
Plano de aula 8 prova
Plano de aula 8  provaPlano de aula 8  prova
Plano de aula 8 prova
 
Plano de aula 8 prova
Plano de aula 8  provaPlano de aula 8  prova
Plano de aula 8 prova
 
Agnatha atuais e Chondrichthyes
Agnatha atuais e ChondrichthyesAgnatha atuais e Chondrichthyes
Agnatha atuais e Chondrichthyes
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
Sarcopterygii: Conquista do meio terrestre amphibia
Sarcopterygii: Conquista do meio terrestre amphibiaSarcopterygii: Conquista do meio terrestre amphibia
Sarcopterygii: Conquista do meio terrestre amphibia
 
Lista de exercícios (ciências) - 7º ano - 4ºBim
Lista de exercícios (ciências) - 7º ano - 4ºBimLista de exercícios (ciências) - 7º ano - 4ºBim
Lista de exercícios (ciências) - 7º ano - 4ºBim
 
Vertebrados
VertebradosVertebrados
Vertebrados
 
EXERCÍCIOS SOBRE OS ANIMAIS VERTEBRADOS.docx
EXERCÍCIOS SOBRE OS ANIMAIS VERTEBRADOS.docxEXERCÍCIOS SOBRE OS ANIMAIS VERTEBRADOS.docx
EXERCÍCIOS SOBRE OS ANIMAIS VERTEBRADOS.docx
 
Anfíbios
AnfíbiosAnfíbios
Anfíbios
 
Anfíbios
AnfíbiosAnfíbios
Anfíbios
 
2º estudo de ciências – 7º ano - outubro
2º estudo de ciências  – 7º ano - outubro 2º estudo de ciências  – 7º ano - outubro
2º estudo de ciências – 7º ano - outubro
 
Arthropoda 2
Arthropoda 2Arthropoda 2
Arthropoda 2
 
slides da ufra - zoologia Ctenophora.ppt
slides da ufra - zoologia Ctenophora.pptslides da ufra - zoologia Ctenophora.ppt
slides da ufra - zoologia Ctenophora.ppt
 
Camila plano 1
Camila   plano 1Camila   plano 1
Camila plano 1
 
Camila plano 1
Camila   plano 1Camila   plano 1
Camila plano 1
 
Aula cristiane filo molusco
Aula cristiane filo moluscoAula cristiane filo molusco
Aula cristiane filo molusco
 

Mais de familiaestagio

Portfólio ulisses
Portfólio   ulissesPortfólio   ulisses
Portfólio ulisses
familiaestagio
 
Portfólio daniel
Portfólio   danielPortfólio   daniel
Portfólio daniel
familiaestagio
 
Plano de aula 05
Plano de aula 05Plano de aula 05
Plano de aula 05
familiaestagio
 
Plano de aula 04
Plano de aula 04Plano de aula 04
Plano de aula 04
familiaestagio
 
Plano de aula 04
Plano de aula 04Plano de aula 04
Plano de aula 04
familiaestagio
 
Plano de aula_03[1]
Plano de aula_03[1]Plano de aula_03[1]
Plano de aula_03[1]
familiaestagio
 
Plano de aula 02
Plano de aula 02Plano de aula 02
Plano de aula 02
familiaestagio
 
Plano de aula 01
Plano de aula 01Plano de aula 01
Plano de aula 01
familiaestagio
 
Cronograma cetep iv unidade
Cronograma  cetep iv unidadeCronograma  cetep iv unidade
Cronograma cetep iv unidade
familiaestagio
 
Cronograma cetep iv unidade
Cronograma  cetep iv unidadeCronograma  cetep iv unidade
Cronograma cetep iv unidade
familiaestagio
 
Cronograma
CronogramaCronograma
Cronograma
familiaestagio
 
Planos de unidade corrigido
Planos de unidade corrigidoPlanos de unidade corrigido
Planos de unidade corrigido
familiaestagio
 
Planos de aulas o correto
Planos de aulas  o corretoPlanos de aulas  o correto
Planos de aulas o correto
familiaestagio
 
Plano de unidade adriana fernanades e deiseane meireles
Plano de unidade adriana fernanades e deiseane meirelesPlano de unidade adriana fernanades e deiseane meireles
Plano de unidade adriana fernanades e deiseane meireles
familiaestagio
 
Plano de aula adriana fernandes viii
Plano de aula adriana fernandes viiiPlano de aula adriana fernandes viii
Plano de aula adriana fernandes viii
familiaestagio
 
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
familiaestagio
 
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
familiaestagio
 
Plano de aula adriana fernandes vi ( estudo dirigido)
Plano de aula adriana fernandes vi ( estudo dirigido)Plano de aula adriana fernandes vi ( estudo dirigido)
Plano de aula adriana fernandes vi ( estudo dirigido)
familiaestagio
 
Plano de aula adriana fernandes v (teste)
Plano de aula adriana fernandes v (teste)Plano de aula adriana fernandes v (teste)
Plano de aula adriana fernandes v (teste)
familiaestagio
 
Plano aula adriana fernandes iv
Plano aula adriana fernandes ivPlano aula adriana fernandes iv
Plano aula adriana fernandes iv
familiaestagio
 

Mais de familiaestagio (20)

Portfólio ulisses
Portfólio   ulissesPortfólio   ulisses
Portfólio ulisses
 
Portfólio daniel
Portfólio   danielPortfólio   daniel
Portfólio daniel
 
Plano de aula 05
Plano de aula 05Plano de aula 05
Plano de aula 05
 
Plano de aula 04
Plano de aula 04Plano de aula 04
Plano de aula 04
 
Plano de aula 04
Plano de aula 04Plano de aula 04
Plano de aula 04
 
Plano de aula_03[1]
Plano de aula_03[1]Plano de aula_03[1]
Plano de aula_03[1]
 
Plano de aula 02
Plano de aula 02Plano de aula 02
Plano de aula 02
 
Plano de aula 01
Plano de aula 01Plano de aula 01
Plano de aula 01
 
Cronograma cetep iv unidade
Cronograma  cetep iv unidadeCronograma  cetep iv unidade
Cronograma cetep iv unidade
 
Cronograma cetep iv unidade
Cronograma  cetep iv unidadeCronograma  cetep iv unidade
Cronograma cetep iv unidade
 
Cronograma
CronogramaCronograma
Cronograma
 
Planos de unidade corrigido
Planos de unidade corrigidoPlanos de unidade corrigido
Planos de unidade corrigido
 
Planos de aulas o correto
Planos de aulas  o corretoPlanos de aulas  o correto
Planos de aulas o correto
 
Plano de unidade adriana fernanades e deiseane meireles
Plano de unidade adriana fernanades e deiseane meirelesPlano de unidade adriana fernanades e deiseane meireles
Plano de unidade adriana fernanades e deiseane meireles
 
Plano de aula adriana fernandes viii
Plano de aula adriana fernandes viiiPlano de aula adriana fernandes viii
Plano de aula adriana fernandes viii
 
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
 
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
 
Plano de aula adriana fernandes vi ( estudo dirigido)
Plano de aula adriana fernandes vi ( estudo dirigido)Plano de aula adriana fernandes vi ( estudo dirigido)
Plano de aula adriana fernandes vi ( estudo dirigido)
 
Plano de aula adriana fernandes v (teste)
Plano de aula adriana fernandes v (teste)Plano de aula adriana fernandes v (teste)
Plano de aula adriana fernandes v (teste)
 
Plano aula adriana fernandes iv
Plano aula adriana fernandes ivPlano aula adriana fernandes iv
Plano aula adriana fernandes iv
 

Plano de aula 6 anfíbios e repteis

  • 1. UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA - DCET CAMPUS II – ALAGOINHAS DOCENTE: CLÁUDIA REGINA DISCENTES: PAULA GABRIELE FREITAS E CHARLENE RODRIGUES PLANO DE AULA SEMANAL VI COLÉGIO ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA REGENTE: ANTONIETA NUNES SÉRIE: 2º ANO TURMA: 01 VESPERTINO - ENSINO MÉDIO DATA: 30/11/2010 e 03/12/2010 CARGA HORÁRIA: 2 H/ AULA TEMA: • Anfíbios • Répteis OBJETIVOS ⇒ Conhecer as principais características anatômicas dos Anfíbios e Répteis; ⇒ Comparar as características dessas classes com os animais já estudados; ⇒ Reconhecer a importância desses animais para o ecossistema. CONTEÚDOS CONCEITUAIS ⇒ Conhecimento das características morfológicas dos anfíbios e répteis; ⇒ Comparação com os outros animais já estudados. ⇒ Descrição da locomoção dos anfíbios e da respiração dos animais desse filo. ⇒ Descrição de suas características principais e modo de reprodução;
  • 2. CONTEÚDOS PROCEDIMENTAIS ⇒ Investigação bibliográfica sobre os anfíbios e répteis; ⇒ Participação na exposição oral; ⇒ Observações das características das estruturas corpóreas desses animais. CONTEÚDOS ATITUDINAIS ⇒ Valorização do conhecimento desses animais para cotidiano; ⇒ Respeito a estes animais; ⇒ Consciência da possível diminuição desses animais devido à perda de habitat; PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Aula expositiva dialógica com demonstração didática ⇒ No dia 30/11/10, Iniciarei a aula corrigindo o exercício sobre peixes, solicitado na aula passada, para relembrar o assunto e ficar mais fácil reconhecer as estruturas “evolutivas” que apareceram nesses animais. ⇒ Logo após, começarei a explanar sobre o assunto (Anfíbios); ⇒ Falarei sobre o significado do nome dessa classe, origem, desenvolvimento dos membros e suas estruturas; ⇒ Solicitarei um exercício para casa, para poder fixar o assunto; ⇒ Farei a chamada; ⇒ No dia 03/12/10, Iniciarei falando sobre a segunda chamada do teste que será no dia 07/12 no quarto horário e não terá terceira chamada sem apresentação de atestado. ⇒ Logo após, corrigirei o exercício sobre anfíbios, solicitado na aula passada; ⇒ Em seguida, começarei a explanar sobre o assunto (Répteis); ⇒ Falarei sobre a origem desses animais, desenvolvimento dos membros e suas estruturas; ⇒ Solicitarei um exercício para casa, para poder fixar o assunto; ⇒ Farei a chamada; RECURSOS ⇒ Quadro branco; ⇒ Piloto;
  • 3. ⇒ Figuras e gravuras; ⇒ Apostila para aprofundamento dos conteúdos; AVALIAÇÃO ⇒ Participação da aula; ⇒ Atividade complementar para casa; OBSERVAÇÕES Paula Não houve problemas durantes as aulas, os alunos participaram da correção dos exercícios e tiraram dúvidas sobre os assuntos. Charlene Não houve problemas durantes as aulas, os alunos participaram da correção dos exercícios e tiraram dúvidas sobre os assuntos. REFERÊNCIAS Lopes, S. Bio – Volume Único – São Paulo, Saraiva, 2004. ANEXOS: Colégio Estadual de Feira de Santana Disciplina: Biologia Professora estagiária: Paula Freitas Aluno (a): Data: 30/11/10 Apontamento 04 Subfilo Vertebrata 2) Anfíbios a) Característias gerais • Aparelho digestivo completo (boca e ânus). • O tegumento é desnudo, rico em glândulas que o mantém umedecido. • A língua está situada na região anterior e é protáctil. • Respiração: branquial (larvas e algumas salamandras), pulmonar, cutânea e buco-faringeana. • Possuem cloaca.
  • 4. • Fecundação externa e desenvolvimento indireto. Ovulíparos. Formação do estágio larval. • Sofrem metamorfose. • Coração com 2 átrios e 1 ventrículo. Mistura de sangue nos anfíbios. • Circulação incompleta. • Vertebrados com fase larval no ambiente aquático, e fase adulta no ambiente terrestre. b) Órdens de Anfíbios Anuros - Ex.: sapos, rãs, perecas. Ápodes - Ex.: cobra-cega Urodelos ou Caudados - Ex.: salamandras, tritões. c) Diferenças entre sapo e rã Características Sapo / Rã Pele Rugosa, com glândulas mucosas e de veneno / Fina, úmida, rica em vasos sangüíneos e glândulas mucosas. Sem veneno. Pernas posteriores: Mais curtas / Longas e bem desenvolvidas Onde vivem: Preferem os lugares úmidos / Sempre próximas à água ou dentro dela. Movimentos: Dão pulos desajeitados Nadam, quando na água / Saltam quando em terra. * Cloaca: passagem comum dos aparelhos digestivo, excretor e reprodutor, localizada na porção terminal do tubo digestivo. Colégio Estadual de Feira de Santana Disciplina: Biologia Professora estagiária: Paula Freitas Aluno (a): Data: 30/11/10 Exercícios 1. Dentro do Filo Chordata, o tubarão pode ser assim classificado: a) Subfilo Urochordata. b) Subfilo Cephalochordata. c) Subfilo Vertebrata - Classe Cyclostomata. d) Subfilo Vertebrata - Classe Chondrichthyes. e) Subfilo Vertebrata - Classe Osteichthyes. 2. Quanto aos peixes pode-se dizer que: I – Os teleósteos não possuem opérculo. II – O tubarão não possui bexiga natatória.
  • 5. III – As fossas nasais da grande maioria dos peixes não se comunicam com a faringe. a) Todas as frases estão corretas. b) Todas as frases estão erradas. c) Somente as frases II e III estão corretas. d) Somente a frase I está correta. e) Somente as frases I e II estão corretas. 3. (FUVEST-SP) Dos vertebrados abaixo, o único que tem esqueleto cartilaginoso, sem tecido ósseo, é o: a) tubarão. d) jacaré. b) bagre. e) papagaio. c) sapo. 4. (ESAM-RN) Alevino é: a) a forma larvária dos anfíbios. b) um osso da cintura pélvica dos marsupiais. c) a forma larvária dos peixes. d) uma adaptação apresentada pelos organismos planctônicos. e) uma classe de moluscos. 5. (FZL-SP) São todos peixes ósseos, exceto: a) cavalo-marinho, sardinha, corvina. b) cação, bagre, lambari. c) lambari, cavalo-marinho, sardinha. d) tubarão, raia, dourado. e) cação, raia, tubarão. 6. A bexiga natatória, encontrada, por exemplo, na sardinha, é um órgão de função predominantemente: a) de reserva alimentar. b) respiratória. c) hidrostática. d) locomotora. e) digestiva. 7. (UFSM-RS - mod.) Coloque, nos parênteses, O ou C conforme a característica seja de osteícties ou condrícties, respectivamente. ( ) ausência de opérculo ( ) intestino com tiflossole ( ) presença de espiráculo ( ) nadadeira caudal homocerca ( ) escamas ciclóides ou ctenóides
  • 6. A seqüência correta de letras é: a) O - C - C - O - C. b) C - O - O - C - O. c) C - C - C - O - O. d) O - C - O - C - O. e) C - O - C - O - C. Colégio Estadual de Feira de Santana Disciplina: Biologia Professora estagiária: Paula Freitas Aluno (a): Data: 03/12/10 Apontamento 05 Subfilo Vertebrata 3) Répteis a) Características gerais • São os que têm maiores adaptações ao meio terrestre. • Possuem corpo coberto com escamas, ou placas córneas. • Habitat: aquático ou terrestres. • Aparelho excretor com 2 rins. • São ovíparos, ovovivíparos ou vivíparos • Possuem cloaca • Coração: * Reptéis crocodilianos - 2 átrios e 2 ventrículos • Reptéis não crocodilianos - 2 átrios e 1 ventrículo parcialmente separado. • Circulação fechada, dupla e incompleta. • Possuem dois arcos aórticos: direito e esquerdo. Nos crocodilianos eles se comunicam pelo forâmem de Panizza. • Respiração pulmonar, na água é feita pela cloaca. • Aparelho digestivo completo (boca e ânus). b) Ordens de répteis Quelônios - Ex.: tartarugas, jabutis, etc. Crocodilianos - Ex.: jacarés, crocodilos, gavial, etc. Escamados - divididos em: Ofídios - Ex.: corais, jararacas, urutus, cascavéis, etc. Sáurios ou Lacertílios - Ex.: lagartixas, camaleões, iguanas, cobra-de-vidro, lagartos,etc. c) Diferenças entre cobras peçonhentas (venenosas) e não peçonhentas (não venenosas) Características Cobras peçonhentas Cobras não peçonhentas Cabeça Achatada e triangular/ Estreita e alongada Olhos Pequenos e com pupila em forma de fenda vertical /Grandes, com pupilar circular. Fosseta Loreal ou Lacrimal (orifício entre as narinas e os olhos): Presente/ Ausente.
  • 7. Escamas do corpo: Alongadas, pontuadas, imblicadas (aspereza da escamas)/ chatadas, lisas, não imblicadas. Cauda Curta, afilando bruscamente /Longa, afilando gradualmente. Dentes: Presença de dentes inoculadores (presa)/ Sem dentes inoculadores (presas). Hábitos Noturnos/ Diurnos. Atitude: Quando perseguida toma atitude de ataque, enrodilhando-se (arma o bote) / Quando perseguida, foge, não enrodilha. Sinal deixado pela cobra Proteróglifa, solenóglifa, opistóglifa / Áglifa Ovos: Ovovivíparas - fecundação e desenvolvimento interno, sem relação materno- fetal /Ovíparos - fecundação interna e desenvolvimento externo. d) Quanto aos dentes as cobras podem ser classificadas em: d.1) Proteróglifas - dentes inoculadores na parte anterior do maxilar. Dentes inoculadores são sulcados. Ex.: coral verdadeira, naja. d.2) Opistóglifas - os dentes estão situados na parte posterior do maxilar (também são sulcados). Ex.: Muçurana. d.3) Solenóglifas - O sulco se modifica em canal. Dentes inoculadores na parte anterior do maxilar, podendo estar ocultos por uma dobra da mucosa da boca. Ex.: cascavel, jararaca, surucucu. d.4) Áglifas - não possuem dentes inoculadores. Ex.: caninana, cobracipó, jibóia, sucuri. Exercício 01. (FUVEST) Qual das estruturas abaixo é a melhor explicação para a expansão e domínio dos répteis durante a era mesozóica, incluindo o aparecimento dos dinossauros e sua ampla distribuição em diversos nichos do ambiente terrestre? a) prolongado cuidado com a prole, garantindo proteção contra os predadores naturais; b) aparecimento de ovo com casca, capaz de evitar o dessecamento; c) vantagens sobre os anfíbios na competição pelo alimento; d) extinção dos predadores naturais e conseqüente explosão populacional; e) abundância de alimento nos ambientes aquáticos abandonados pelos anfíbios. 02. (FUVEST) Os vertebrados conquistaram o ambiente terrestre através da formação de um tipo de ovo capaz de se desenvolver fora da água. Esta conquista aparece na primeira vez em: a) mamíferos b) aves c) répteis d) anfíbios e) peixes 03. (PUC) Assinale a afirmação correta em relação aos répteis: a) são os primeiros animais amniotas na escala animal; b) algumas ordens apresentam fecundação externa; c) apresentam sempre o coração incompletamente dividido em 4 câmaras: 2 átrios distintos e 2 parcialmente separados; d) não fazem parte do ecossistema marinho; e) são animais agressivos, mas só entre os ofídios encontramos indivíduos peçonhentos. 04. (POUSO ALEGRE) A cobra-cega, a cobra-de-duas-cabeças e a cobra-de-vidro pertencem:
  • 8. a) todas aos lacertílios; b) aos anfíbios, lacertílios e lacertílios, respectivamente; c) todas aos ofídios; d) aos lacertílios, anfíbios e anfíbios, respectivamente; e) aos lacertílios, anfíbios e lacertílios, respectivamente. APÊNDICES: