SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
Variação Linguística
Os dialetos na dimensão
territorial, geográfica ou
regional representam a
variação que acontece entre
pessoas de diferentes regiões
em que se fala a mesma
língua.
variação que ocorre de acordo
com a classe social a que
pertencem os usuários da língua,
isso porque há uma “tendência
para maior semelhança entre os
dois atos verbais dos membros de
um mesmo setor sócio-cultural da
comunidade”
(Camacho,1988:32).
representa as variações
decorrentes da diferença
no modo de usar a língua
de pessoas de idades
diferentes, normalmente
em faixa etárias diversas.
representam as variações de
acordo como sexo de quem
fala. Algumas diferenças são
determinadas por razões
gramaticais, como certos fatos
de concordância, assim, por
exemplo, um homem não diria
a frase: Estou tão preocupada
com a festa.
Cara ,tô azarando uma
mina que é muito gata.



Amiga,  conheci um cara
que é um deus, acho que
tô gostando dele!
Os dialetos na dimensão da
geração representam estágios
no desenvolvimento da língua.
Alguns estudiosos preferem
falar em variações históricas.
As variantes históricas
dificilmente coexistem e são
mais percebidas na língua
escrita.
“Antigamente as moças
chamavam-se
mademoiselles e eram todas
mimosas e muito prendadas.
Não faziam anos:
completavam primaveras ,
em geral dezoito.”
          [...]

 Carlos Drummond de Andrade
Os dialetos na dimensão da função
representam as variações na língua
decorrente da função que o falante
desempenha. Um exemplo dessa
variação seria o plural majestático,
em que governantes ou altas
autoridades expressam seus desejos
ou intenções com o pronome “nós”,
sinalizando sua posição de
representantes do povo.
é a denominação dada à
uma das variedades
lingüísticas, está é usada
para reger a escrita e a fala
em situações mais formais
em que se exige do
interlocutor um certo grau
de formalismo.
é o julgamento negativo
que é feito dos falantes em
função da variedade que
utilizam.
Apresentam cada uma um conjunto
próprio de variedades de grau de
formalismo. As variedades de grau de
formalismo da língua apresentam uma
tendência para maior regularidade e
geralmente maior formalidade que as
línguas faladas, todavia importa lembrar
que em cada caso existe uma mesma
relação entre os níveis de grau de
formalismo proposto para a língua
falada e para a escrita.
Variação de registro

 Solene: discurso de posse de um
Presidente.
 Muito formal: discurso de um
deputado.
 Formal: sala de aula.
 Menos formal: conversa
 Coloquial: conversa entre amigos.
 Familiar: pessoal
 Hiperformal: uma poesia que segue
estritamente os padrões formais, como o soneto.
 Formal: é o caso da escrita de jornais e
revistas por exemplo.
 Semiformal:escrita encontrada em cartas
comerciais e de recomendação, declarações,
etc.
 Informal:é o caso de correspondência entre
membros de uma família ou amigos íntimos.
 Pessoal: quase sempre notas para uso próprio ,
como recado, bilhete lista de compras, etc.
Pibid letras - Variação Linguística

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Níveis de Língua
Níveis de LínguaNíveis de Língua
Níveis de LínguaA. Simoes
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguísticaDenise
 
Adequação e inadequação linguística
Adequação e inadequação linguísticaAdequação e inadequação linguística
Adequação e inadequação linguísticaKaren Olivan
 
Variação ling.
Variação ling.Variação ling.
Variação ling.lollynakimi
 
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1Atividade extra-sobre-variação-linguística-1
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1Bia Crispim
 
Apresentaçao variação linguística
Apresentaçao variação linguísticaApresentaçao variação linguística
Apresentaçao variação linguísticadiretoriabraganca
 
Norma culta e variedade linguística
Norma culta e variedade linguísticaNorma culta e variedade linguística
Norma culta e variedade linguísticaGedalias .
 
Linguagem formal e informal/ variação linguística 6º ano
Linguagem formal e informal/ variação linguística 6º anoLinguagem formal e informal/ variação linguística 6º ano
Linguagem formal e informal/ variação linguística 6º anoFlavia Barretto Corrêa Catita
 
Variedades linguisticas
Variedades linguisticasVariedades linguisticas
Variedades linguisticasCristina Dias
 
Variação Lingüística
Variação Lingüística Variação Lingüística
Variação Lingüística Luiz Neto
 

Mais procurados (20)

Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
 
Níveis de Língua
Níveis de LínguaNíveis de Língua
Níveis de Língua
 
Variação Linguística
Variação LinguísticaVariação Linguística
Variação Linguística
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
 
Adequação e inadequação linguística
Adequação e inadequação linguísticaAdequação e inadequação linguística
Adequação e inadequação linguística
 
Variações linguísticas
Variações linguísticasVariações linguísticas
Variações linguísticas
 
Variação linguística 2
Variação linguística 2Variação linguística 2
Variação linguística 2
 
Variação ling.
Variação ling.Variação ling.
Variação ling.
 
Variação e Ensino de Língua Portuguesa
Variação e Ensino de Língua PortuguesaVariação e Ensino de Língua Portuguesa
Variação e Ensino de Língua Portuguesa
 
Seminário socio Texto 5
Seminário socio Texto 5Seminário socio Texto 5
Seminário socio Texto 5
 
Variedades linguísticas
Variedades linguísticasVariedades linguísticas
Variedades linguísticas
 
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1Atividade extra-sobre-variação-linguística-1
Atividade extra-sobre-variação-linguística-1
 
Apresentaçao variação linguística
Apresentaçao variação linguísticaApresentaçao variação linguística
Apresentaçao variação linguística
 
Norma culta e variedade linguística
Norma culta e variedade linguísticaNorma culta e variedade linguística
Norma culta e variedade linguística
 
Dino preti
Dino pretiDino preti
Dino preti
 
Linguagem formal e informal/ variação linguística 6º ano
Linguagem formal e informal/ variação linguística 6º anoLinguagem formal e informal/ variação linguística 6º ano
Linguagem formal e informal/ variação linguística 6º ano
 
Variedades linguisticas
Variedades linguisticasVariedades linguisticas
Variedades linguisticas
 
Níveis linguísticos
Níveis linguísticosNíveis linguísticos
Níveis linguísticos
 
Variação Linguística
Variação LinguísticaVariação Linguística
Variação Linguística
 
Variação Lingüística
Variação Lingüística Variação Lingüística
Variação Lingüística
 

Destaque

Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguisticaMarcia Simone
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguísticanunesmaril
 
VariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaVariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaElza Silveira
 
Variação linguistica slide
Variação linguistica   slideVariação linguistica   slide
Variação linguistica slideIvana Serrano
 
Variacao linguistica
Variacao linguisticaVariacao linguistica
Variacao linguisticacaurysilva
 
6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação LinguísticaAngélica Manenti
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguísticadaniwable
 
Exercícios sobre variação linguística
Exercícios sobre variação linguísticaExercícios sobre variação linguística
Exercícios sobre variação linguísticama.no.el.ne.ves
 
Variação linguistica aulão
Variação linguistica   aulãoVariação linguistica   aulão
Variação linguistica aulãoeeepadrianonobre
 
Exercícios nova ortografia
Exercícios nova ortografia Exercícios nova ortografia
Exercícios nova ortografia Leticia Olivera
 
Vozes verbais e funções do se na fundep
Vozes verbais e funções do se na fundepVozes verbais e funções do se na fundep
Vozes verbais e funções do se na fundepma.no.el.ne.ves
 
Projeto Do Cursista
Projeto Do CursistaProjeto Do Cursista
Projeto Do Cursistacleia
 
Variação Linguística em Sala de Aula: dos documentos oficiais à optica do ed...
Variação Linguística em Sala de Aula: dos documentos oficiais à optica do ed...Variação Linguística em Sala de Aula: dos documentos oficiais à optica do ed...
Variação Linguística em Sala de Aula: dos documentos oficiais à optica do ed...Formação Cooperativa
 
Variações Linguísticas
Variações LinguísticasVariações Linguísticas
Variações Linguísticas7 de Setembro
 
Exercícios - Advérbios
Exercícios - AdvérbiosExercícios - Advérbios
Exercícios - AdvérbiosNAPNE
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguísticagapriuna
 
Cantor e compositor pernambucano
Cantor e compositor pernambucanoCantor e compositor pernambucano
Cantor e compositor pernambucanomacenaquiteria
 

Destaque (20)

Aula 04 variacao linguistica
Aula 04   variacao linguisticaAula 04   variacao linguistica
Aula 04 variacao linguistica
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
 
VariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíSticaVariaçãO LinguíStica
VariaçãO LinguíStica
 
Variação linguistica slide
Variação linguistica   slideVariação linguistica   slide
Variação linguistica slide
 
Variacao linguistica
Variacao linguisticaVariacao linguistica
Variacao linguistica
 
6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística6º ano E. F. II - Variação Linguística
6º ano E. F. II - Variação Linguística
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
 
Variação Linguística - APP
Variação Linguística - APPVariação Linguística - APP
Variação Linguística - APP
 
Exercícios sobre variação linguística
Exercícios sobre variação linguísticaExercícios sobre variação linguística
Exercícios sobre variação linguística
 
Variação linguistica aulão
Variação linguistica   aulãoVariação linguistica   aulão
Variação linguistica aulão
 
Exercícios nova ortografia
Exercícios nova ortografia Exercícios nova ortografia
Exercícios nova ortografia
 
Vozes verbais e funções do se na fundep
Vozes verbais e funções do se na fundepVozes verbais e funções do se na fundep
Vozes verbais e funções do se na fundep
 
Reforma Ortografica
Reforma OrtograficaReforma Ortografica
Reforma Ortografica
 
Projeto Do Cursista
Projeto Do CursistaProjeto Do Cursista
Projeto Do Cursista
 
Variação Linguística em Sala de Aula: dos documentos oficiais à optica do ed...
Variação Linguística em Sala de Aula: dos documentos oficiais à optica do ed...Variação Linguística em Sala de Aula: dos documentos oficiais à optica do ed...
Variação Linguística em Sala de Aula: dos documentos oficiais à optica do ed...
 
Variações Linguísticas
Variações LinguísticasVariações Linguísticas
Variações Linguísticas
 
Exercícios - Advérbios
Exercícios - AdvérbiosExercícios - Advérbios
Exercícios - Advérbios
 
Variação linguística enem
Variação linguística enemVariação linguística enem
Variação linguística enem
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
 
Cantor e compositor pernambucano
Cantor e compositor pernambucanoCantor e compositor pernambucano
Cantor e compositor pernambucano
 

Semelhante a Pibid letras - Variação Linguística

Tipos de variação linguística
Tipos de variação linguísticaTipos de variação linguística
Tipos de variação linguísticaNivea Neves
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguísticaIsabelli Lima
 
Trabalhando noções de variação linguística
Trabalhando noções de variação linguísticaTrabalhando noções de variação linguística
Trabalhando noções de variação linguísticaCristianoGaio1
 
Variedadeslingusticas 120330142710-phpapp02
Variedadeslingusticas 120330142710-phpapp02Variedadeslingusticas 120330142710-phpapp02
Variedadeslingusticas 120330142710-phpapp02Fernanda Oliveira
 
Minha ficha inform.
Minha ficha inform.Minha ficha inform.
Minha ficha inform.Paula Prata
 
Variedades dialetais o contexto, o locutorinterlocutor, o propósito comunicat...
Variedades dialetais o contexto, o locutorinterlocutor, o propósito comunicat...Variedades dialetais o contexto, o locutorinterlocutor, o propósito comunicat...
Variedades dialetais o contexto, o locutorinterlocutor, o propósito comunicat...CristianaCruz9
 
Língua-variedades e registro.ppt
Língua-variedades e registro.pptLíngua-variedades e registro.ppt
Língua-variedades e registro.pptMarluceBrum1
 
Variedades linguisticas
Variedades linguisticasVariedades linguisticas
Variedades linguisticasuesleii
 
Variacões linguísticas conceito
Variacões linguísticas conceitoVariacões linguísticas conceito
Variacões linguísticas conceitoMarcela Santos
 

Semelhante a Pibid letras - Variação Linguística (20)

Pojhd
PojhdPojhd
Pojhd
 
Tipos de variação linguística
Tipos de variação linguísticaTipos de variação linguística
Tipos de variação linguística
 
Sociolinguística
SociolinguísticaSociolinguística
Sociolinguística
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
 
Ipt resumo
Ipt   resumoIpt   resumo
Ipt resumo
 
LINGUAGEM CULTA X COLOQUIAL
LINGUAGEM CULTA X COLOQUIALLINGUAGEM CULTA X COLOQUIAL
LINGUAGEM CULTA X COLOQUIAL
 
Níveis de linguagem
Níveis de linguagemNíveis de linguagem
Níveis de linguagem
 
Trabalhando noções de variação linguística
Trabalhando noções de variação linguísticaTrabalhando noções de variação linguística
Trabalhando noções de variação linguística
 
Funções
FunçõesFunções
Funções
 
Variedadeslingusticas 120330142710-phpapp02
Variedadeslingusticas 120330142710-phpapp02Variedadeslingusticas 120330142710-phpapp02
Variedadeslingusticas 120330142710-phpapp02
 
Semântica.PDF
Semântica.PDFSemântica.PDF
Semântica.PDF
 
Minha ficha inform.
Minha ficha inform.Minha ficha inform.
Minha ficha inform.
 
Variações Linguísticas
Variações LinguísticasVariações Linguísticas
Variações Linguísticas
 
Variedades dialetais o contexto, o locutorinterlocutor, o propósito comunicat...
Variedades dialetais o contexto, o locutorinterlocutor, o propósito comunicat...Variedades dialetais o contexto, o locutorinterlocutor, o propósito comunicat...
Variedades dialetais o contexto, o locutorinterlocutor, o propósito comunicat...
 
variaeslingusticas-150714203732-lva1-app6891.pptx
variaeslingusticas-150714203732-lva1-app6891.pptxvariaeslingusticas-150714203732-lva1-app6891.pptx
variaeslingusticas-150714203732-lva1-app6891.pptx
 
Língua-variedades e registro.ppt
Língua-variedades e registro.pptLíngua-variedades e registro.ppt
Língua-variedades e registro.ppt
 
Variedades linguisticas
Variedades linguisticasVariedades linguisticas
Variedades linguisticas
 
Variacões linguísticas conceito
Variacões linguísticas conceitoVariacões linguísticas conceito
Variacões linguísticas conceito
 
Esquema Bakhtin
Esquema BakhtinEsquema Bakhtin
Esquema Bakhtin
 

Mais de Beto Batis

PIBID - Letras - Verbos
PIBID - Letras - VerbosPIBID - Letras - Verbos
PIBID - Letras - VerbosBeto Batis
 
Sequência didática do módulo 2 - Verbos
Sequência didática do módulo 2 - VerbosSequência didática do módulo 2 - Verbos
Sequência didática do módulo 2 - VerbosBeto Batis
 
Seqüência didática do projeto
Seqüência didática do projetoSeqüência didática do projeto
Seqüência didática do projetoBeto Batis
 
Módulo 2 verbo
Módulo 2   verboMódulo 2   verbo
Módulo 2 verboBeto Batis
 
Sentences, Clauses and Phrases
Sentences, Clauses and PhrasesSentences, Clauses and Phrases
Sentences, Clauses and PhrasesBeto Batis
 

Mais de Beto Batis (7)

PIBID - Letras - Verbos
PIBID - Letras - VerbosPIBID - Letras - Verbos
PIBID - Letras - Verbos
 
Sequência didática do módulo 2 - Verbos
Sequência didática do módulo 2 - VerbosSequência didática do módulo 2 - Verbos
Sequência didática do módulo 2 - Verbos
 
Seqüência didática do projeto
Seqüência didática do projetoSeqüência didática do projeto
Seqüência didática do projeto
 
Projeto PIBID
Projeto PIBIDProjeto PIBID
Projeto PIBID
 
Módulo 2 verbo
Módulo 2   verboMódulo 2   verbo
Módulo 2 verbo
 
Módulo 1
Módulo 1Módulo 1
Módulo 1
 
Sentences, Clauses and Phrases
Sentences, Clauses and PhrasesSentences, Clauses and Phrases
Sentences, Clauses and Phrases
 

Último

DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 

Último (20)

DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 

Pibid letras - Variação Linguística

  • 2.
  • 3.
  • 4. Os dialetos na dimensão territorial, geográfica ou regional representam a variação que acontece entre pessoas de diferentes regiões em que se fala a mesma língua.
  • 5.
  • 6.
  • 7. variação que ocorre de acordo com a classe social a que pertencem os usuários da língua, isso porque há uma “tendência para maior semelhança entre os dois atos verbais dos membros de um mesmo setor sócio-cultural da comunidade” (Camacho,1988:32).
  • 8.
  • 9.
  • 10. representa as variações decorrentes da diferença no modo de usar a língua de pessoas de idades diferentes, normalmente em faixa etárias diversas.
  • 11.
  • 12.
  • 13. representam as variações de acordo como sexo de quem fala. Algumas diferenças são determinadas por razões gramaticais, como certos fatos de concordância, assim, por exemplo, um homem não diria a frase: Estou tão preocupada com a festa.
  • 14. Cara ,tô azarando uma mina que é muito gata. Amiga, conheci um cara que é um deus, acho que tô gostando dele!
  • 15. Os dialetos na dimensão da geração representam estágios no desenvolvimento da língua. Alguns estudiosos preferem falar em variações históricas. As variantes históricas dificilmente coexistem e são mais percebidas na língua escrita.
  • 16.
  • 17. “Antigamente as moças chamavam-se mademoiselles e eram todas mimosas e muito prendadas. Não faziam anos: completavam primaveras , em geral dezoito.” [...] Carlos Drummond de Andrade
  • 18. Os dialetos na dimensão da função representam as variações na língua decorrente da função que o falante desempenha. Um exemplo dessa variação seria o plural majestático, em que governantes ou altas autoridades expressam seus desejos ou intenções com o pronome “nós”, sinalizando sua posição de representantes do povo.
  • 19.
  • 20.
  • 21. é a denominação dada à uma das variedades lingüísticas, está é usada para reger a escrita e a fala em situações mais formais em que se exige do interlocutor um certo grau de formalismo.
  • 22. é o julgamento negativo que é feito dos falantes em função da variedade que utilizam.
  • 23.
  • 24. Apresentam cada uma um conjunto próprio de variedades de grau de formalismo. As variedades de grau de formalismo da língua apresentam uma tendência para maior regularidade e geralmente maior formalidade que as línguas faladas, todavia importa lembrar que em cada caso existe uma mesma relação entre os níveis de grau de formalismo proposto para a língua falada e para a escrita.
  • 25. Variação de registro  Solene: discurso de posse de um Presidente.  Muito formal: discurso de um deputado.  Formal: sala de aula.  Menos formal: conversa  Coloquial: conversa entre amigos.  Familiar: pessoal
  • 26.  Hiperformal: uma poesia que segue estritamente os padrões formais, como o soneto.  Formal: é o caso da escrita de jornais e revistas por exemplo.  Semiformal:escrita encontrada em cartas comerciais e de recomendação, declarações, etc.  Informal:é o caso de correspondência entre membros de uma família ou amigos íntimos.  Pessoal: quase sempre notas para uso próprio , como recado, bilhete lista de compras, etc.