SlideShare uma empresa Scribd logo
GEFOPI
Grupo de Estudos em
Formação de Professores
e Interdisciplinaridade
A PESQUISAACADÊMICA E A
AUTONOMIA DO PENSAMENTO: uma
possibilidade de construção
Ana Paula Arantes da Silva
Bolsista de Pesquisa
CNPq
O presente trabalho compõe os estudos
realizados pelo projeto de pesquisa
“APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA E A
FILOSOFIA COMO CONTRIBUIÇÃO PARA A
CONSTRUÇÃO DA AUTONOMIA”, sendo
este vinculado ao GEFOPI- Grupo de Estudos
em Formação de Professores e
Interdisciplinaridade”.
Na atualidade a produção do conhecimento e a
autonomia do pensamento passam pelas bases da
filosofia e do processo de pesquisa em que o
sujeito embrenha seus caminhos. Demo (2009)
assevera que é essencial o “conhecimento com as
próprias mãos” e os cursos de formação devem
propiciar essa formação. Demo (2009, p.49)
afirma que “somente tem algo a ensinar quem
pesquisa” e por isso os professores dos cursos de
formação precisam pesquisar e despertar em seus
alunos o gosto pela pesquisa.
O nosso estudo busca compreender como se efetiva o
currículo do curso de Pedagogia, na Universidade
Estadual de Goiás, no Câmpus de São Luís de Montes
Belos, no tocante a pesquisa e por isso é necessário
estudar a formação do pedagogo com bases nos
documentos legais. Dessa forma visa-se apresentar a
história do curso de Pedagogia no Brasil, com
embasamento em sua historicidade, por meio de seus
marcos legais, acontecimentos no decorrer dos anos e
discussão das mudanças ocorridas na Resolução
CNE/CP n. 01/2006, e também na formação do
profissional.
O curso de Pedagogia teve três marcos legais de
características tecnicistas e um marco legal de
característica mais crítica.
• o modelo do Padrão Federal 3+1
• Parecer 251
• Parecer 252 ( Reforma do Ensino Superior)
• Resolução CNE/CP n. 01/2006
OBJETIVOS
Os objetivos do trabalho são apresentar a história do curso de
Pedagogia no Brasil, mostrar a importância da pesquisa na
formação do Pedagogo, analisar o currículo vigente e mapear os
projetos de pesquisa realizada no curso de Pedagogia na UEG no
Câmpus de São Luís de Montes Belos, apresentar a relação dos
projetos de pesquisa com os trabalhos de conclusão de curso e
realizar o levantamento de dados dos egressos que pesquisaram e
fizeram suas monografias das pesquisas do locus no tocante a
caminhada científica, por meio de isso argumentar como a
filosofia e a metodologia da aprendizagem significativa favorecem
a autonomia do pensamento.
METODOLOGIA
Pesquisa qualitativa de caráter bibliográfico com análise
documental, tendo como coleta de dados informações obtidas
na secretaria, na biblioteca e no site do Câmpus.
RESULTADOS E DISCUSSÃO
No processo de aprendizagem pautada pela pesquisa,
infere-se a necessidade de uma relação dialética, pois
através dela pode ser possível uma conexão autêntica e
proveitosa, no sentido de buscar a autonomia do aluno,
colocando-o no centro do processo de aprendizagem.
Com o objetivo de mostrarmos a importância da pesquisa
para a formação do pedagogo, no tocante ao câmpus de
São Luís de Montes Belos, analisamos os projetos de
pesquisa e monografia do curso de Pedagogia, no
período de 2004 até 2015, sendo que foi realizada uma
coleta de dados por meio da secretária acadêmica,
biblioteca e site da instituição. Coletados com o objetivo
de fazer uma relação dos projetos de pesquisa com a
monografias do curso, no que se refere a realização da
pesquisa para esse fim.
Dos projetos realizados nessa década, foram iniciados
33 projetos, sendo que 30 foram concluídos. Destes
tiveram 20 com bolsistas. Desses bolsistas apenas 11
foram financiados. De todos os projetos apenas 16
viraram monografias. De modo que com a coleta de
dados apuramos que apenas alguns professores
trabalharam com pesquisas vincula a monografia.
Observamos que o número de professores que
trabalharam com projetos de pesquisa que tem bolsistas
e que viram monografia foi de apenas 3 professores.
Sendo que 13 dos 16 projetos de pesquisa que viraram
monografia foram orientados por um mesmo professor.
Considerações Finais
Salientamos a importância da pesquisa por meio
da iniciação cientifica e também por meio dos
professores, desse modo estaremos formando
seres com pensamentos mais críticos e com
autonomia de pensamento. Demo (2006) aponta
que somente tem algo a ensinar que produz com
as próprias mãos. Por meio da análise feita
podemos observar o perfil do pedagogo formado
na Universidade Estadual de Goiás.
AGRADECIMENTOS
Agradeço a Universidade Estadual de Goiás pelo
o apoio concedido, para desenvolver os meus
conhecimentos e aprimorar meu senso crítico, de
forma que houve um aprofundamento dos
teóricos estudados, contribuindo assim para a
minha iniciação cientifica. Ao CNPq por ter me
disponibilizado uma bolsa para o
desenvolvimento da pesquisa, pois sem esse
apoio as dificuldades poderiam impedir os
trabalhos e com isso fragilizar a investigação.
REFERÊNCIAS
AUSUBEL, D.P. AAprendizagem Significativa: a teoria de
David Ausubel. São Paulo: Moraes, 1982.
BRASIL. Lei n. 4.024/1961. Fixa as Diretrizes e Bases da
Educação Nacional. In: www.jusbrasil.com.br/legislacao.
BRASIL. Parecer CNE/CP n. 03/2006. Altera o art. 14 do Parecer
CNE/CP n. 05/2005.
BRASIL. Parecer CNE/CP n. 05/2005. Diretrizes Curriculares
Nacionais para o Curso de Pedagogia.
BRASIL. Parecer CNE/CP n. 251/1962. Currículo mínimo e
duração do curso de pedagogia. Documenta, n.11, Rio de Janeiro,
p.59, 1963.
BRASIL. Parecer CNE/CP n. 252/1969. Institui as habitações
para o Curso de Pedagogia.
BRASIL. Resolução CNE/CP. n. 01/2006. Apresenta a identidade
do pedagogo. Diário Oficial da União (DOU), Poder Executivo,
Brasília, DF, 15 de maio, 2006.
BRZEZINSKI, Iria. As políticas de formação de professores e a
identidade unitas multiplex do pedagogo: professor-pesquisador-
gestor. In: SILVA, Marcos Antônio e BRZEZINSKI, Iria Formar
professores-pesquisadores: construir identidades. Goiânia: PUC
Goiás, 2011.
DEMO, P. Pesquisa: princípio participativo e educativo. 12 ed.
São Paulo: Cortez, 2009.
DEMO, P. Educar pela pesquisa. 2 ed. Campinas, SP: Cortez,
1997.
DEMO, Pedro. Professor do Futuro e Reconstrução do
Conhecimento. 4 ed. Petrópolis, RJ:Vozes, 2004.
MACHADO, A. K. O desenvolvimento curricular do Curso de
Pedagogia na Universidade Estadual de Goiás (2000-2010).
Dissertação do Mestrado em Educação. Pontifícia Católica de
Goiás, 2013.
TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em
ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo:
Atlas, 1987.

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Revista As Faces da Violência
Revista As Faces da ViolênciaRevista As Faces da Violência
Revista As Faces da Violência
Andréa Kochhann
 
Trabalho Grupo Faces Violencia Versao Online
Trabalho Grupo Faces Violencia Versao OnlineTrabalho Grupo Faces Violencia Versao Online
Trabalho Grupo Faces Violencia Versao Online
ALVARO MONTEIRO
 
Agressividade na Infância
Agressividade na InfânciaAgressividade na Infância
Agressividade na Infância
Wagner Luiz Garcia Teodoro
 
Psicologia social - Comportamentos Violentos, Violência Doméstica
Psicologia social - Comportamentos Violentos, Violência DomésticaPsicologia social - Comportamentos Violentos, Violência Doméstica
Psicologia social - Comportamentos Violentos, Violência Doméstica
Ricardo da Palma
 
Psicologia social
Psicologia socialPsicologia social
Psicologia social
Isac Soares
 
Palestra sobre violência
Palestra sobre violênciaPalestra sobre violência
Palestra sobre violência
Mariangela Santos
 
Agressividade
AgressividadeAgressividade
Agressividade
hana kitsune
 
«Violência»
«Violência»«Violência»
«Violência»
Ana Lúcia Francisco
 
Agressividade
AgressividadeAgressividade
Agressividade
paulo santos
 
Comportamento agressivo, raiva, irritação, hiperatividade
Comportamento agressivo, raiva, irritação, hiperatividadeComportamento agressivo, raiva, irritação, hiperatividade
Comportamento agressivo, raiva, irritação, hiperatividade
Anaí Peña
 
Aula sobre violência contra crianças
Aula sobre violência contra criançasAula sobre violência contra crianças
Aula sobre violência contra crianças
Diego Alvarez
 
كتاب معلم حاسب1
كتاب معلم حاسب1كتاب معلم حاسب1
كتاب معلم حاسب1
faizsaad
 

Destaque (12)

Revista As Faces da Violência
Revista As Faces da ViolênciaRevista As Faces da Violência
Revista As Faces da Violência
 
Trabalho Grupo Faces Violencia Versao Online
Trabalho Grupo Faces Violencia Versao OnlineTrabalho Grupo Faces Violencia Versao Online
Trabalho Grupo Faces Violencia Versao Online
 
Agressividade na Infância
Agressividade na InfânciaAgressividade na Infância
Agressividade na Infância
 
Psicologia social - Comportamentos Violentos, Violência Doméstica
Psicologia social - Comportamentos Violentos, Violência DomésticaPsicologia social - Comportamentos Violentos, Violência Doméstica
Psicologia social - Comportamentos Violentos, Violência Doméstica
 
Psicologia social
Psicologia socialPsicologia social
Psicologia social
 
Palestra sobre violência
Palestra sobre violênciaPalestra sobre violência
Palestra sobre violência
 
Agressividade
AgressividadeAgressividade
Agressividade
 
«Violência»
«Violência»«Violência»
«Violência»
 
Agressividade
AgressividadeAgressividade
Agressividade
 
Comportamento agressivo, raiva, irritação, hiperatividade
Comportamento agressivo, raiva, irritação, hiperatividadeComportamento agressivo, raiva, irritação, hiperatividade
Comportamento agressivo, raiva, irritação, hiperatividade
 
Aula sobre violência contra crianças
Aula sobre violência contra criançasAula sobre violência contra crianças
Aula sobre violência contra crianças
 
كتاب معلم حاسب1
كتاب معلم حاسب1كتاب معلم حاسب1
كتاب معلم حاسب1
 

Semelhante a Pesquisa acadêmica e a autonomia do pensamento

PESQUISA EM SALA DE AULA – por que não?
PESQUISA EM SALA DE AULA – por que não?PESQUISA EM SALA DE AULA – por que não?
PESQUISA EM SALA DE AULA – por que não?
Iasmin Marinho
 
A importância da pesquisa científica e educativa na prática pedagógica
A importância da pesquisa científica e educativa na prática pedagógicaA importância da pesquisa científica e educativa na prática pedagógica
A importância da pesquisa científica e educativa na prática pedagógica
RoseAlencar
 
Ensinar ciências por investigação. em que estamos de acordo.
Ensinar ciências por investigação. em que estamos de acordo.Ensinar ciências por investigação. em que estamos de acordo.
Ensinar ciências por investigação. em que estamos de acordo.
Samuel Robaert
 
Itanildes silva
Itanildes silvaItanildes silva
Itanildes silva
SimoneHelenDrumond
 
TEXTO3.2-Percepção acerca do prof reflexivo.pdf
TEXTO3.2-Percepção acerca do prof reflexivo.pdfTEXTO3.2-Percepção acerca do prof reflexivo.pdf
TEXTO3.2-Percepção acerca do prof reflexivo.pdf
DrikaSato
 
2.0. debate 2 artigo - aprendizagem baseada em problemas
2.0. debate 2   artigo - aprendizagem baseada em problemas2.0. debate 2   artigo - aprendizagem baseada em problemas
2.0. debate 2 artigo - aprendizagem baseada em problemas
André Luis Gomes de Sousa
 
Artigo sobre o Gefopi no Edipe 2015
Artigo sobre o Gefopi no Edipe 2015Artigo sobre o Gefopi no Edipe 2015
Artigo sobre o Gefopi no Edipe 2015
Andréa Kochhann
 
Apresentação congresso aguas de lindóia
Apresentação congresso   aguas de lindóiaApresentação congresso   aguas de lindóia
Apresentação congresso aguas de lindóia
Naiara Vilela
 
Apresentação congresso aguas de lindóia
Apresentação congresso   aguas de lindóiaApresentação congresso   aguas de lindóia
Apresentação congresso aguas de lindóia
Naiara Vilela
 
A NARRATIVA DE PROFESSORES INICIANTES A SERVIÇO DA FORMAÇÃO DOCENTE: DIÁLOGOS...
A NARRATIVA DE PROFESSORES INICIANTES A SERVIÇO DA FORMAÇÃO DOCENTE: DIÁLOGOS...A NARRATIVA DE PROFESSORES INICIANTES A SERVIÇO DA FORMAÇÃO DOCENTE: DIÁLOGOS...
A NARRATIVA DE PROFESSORES INICIANTES A SERVIÇO DA FORMAÇÃO DOCENTE: DIÁLOGOS...
ProfessorPrincipiante
 
445 1630-1-pb
445 1630-1-pb445 1630-1-pb
445 1630-1-pb
MartaGama7
 
O Programa Institucional de Bolsa e Inicialização a Docência na Universidade ...
O Programa Institucional de Bolsa e Inicialização a Docência na Universidade ...O Programa Institucional de Bolsa e Inicialização a Docência na Universidade ...
O Programa Institucional de Bolsa e Inicialização a Docência na Universidade ...
PIBID UFPEL
 
DIÁLOGOS E ACOMPANHAMENTO: OS PROFESSORES INICIANTES E SUAS PRÁTICAS EM QUESTÃO
DIÁLOGOS E ACOMPANHAMENTO: OS PROFESSORES INICIANTES E SUAS PRÁTICAS EM QUESTÃODIÁLOGOS E ACOMPANHAMENTO: OS PROFESSORES INICIANTES E SUAS PRÁTICAS EM QUESTÃO
DIÁLOGOS E ACOMPANHAMENTO: OS PROFESSORES INICIANTES E SUAS PRÁTICAS EM QUESTÃO
ProfessorPrincipiante
 
CURRICULO_BASEADO_NO_PLANEJAMENTO_DO_ENS (1).pdf
CURRICULO_BASEADO_NO_PLANEJAMENTO_DO_ENS (1).pdfCURRICULO_BASEADO_NO_PLANEJAMENTO_DO_ENS (1).pdf
CURRICULO_BASEADO_NO_PLANEJAMENTO_DO_ENS (1).pdf
ssuser488283
 
Gefopi na teoria da indissociabilidade ensino, pesquisa e extensão
Gefopi na teoria da indissociabilidade ensino, pesquisa e extensãoGefopi na teoria da indissociabilidade ensino, pesquisa e extensão
Gefopi na teoria da indissociabilidade ensino, pesquisa e extensão
Andréa Kochhann
 
Conhecimento didatico-a-base-da-sala-de-aulapdf
Conhecimento didatico-a-base-da-sala-de-aulapdfConhecimento didatico-a-base-da-sala-de-aulapdf
Conhecimento didatico-a-base-da-sala-de-aulapdf
IagoNieri
 
Consideracoes acerca-do-professor-pesquisador-pereira-allain
Consideracoes acerca-do-professor-pesquisador-pereira-allainConsideracoes acerca-do-professor-pesquisador-pereira-allain
Consideracoes acerca-do-professor-pesquisador-pereira-allain
PROIDDBahiana
 
Consideracoes acerca-do-professor-pesquisador-pereira-allain
Consideracoes acerca-do-professor-pesquisador-pereira-allainConsideracoes acerca-do-professor-pesquisador-pereira-allain
Consideracoes acerca-do-professor-pesquisador-pereira-allain
PROIDDBahiana
 
SLIDES SOBRE COMO SER ORGANIZADO NOS ESTUDOS
SLIDES SOBRE COMO SER ORGANIZADO NOS ESTUDOSSLIDES SOBRE COMO SER ORGANIZADO NOS ESTUDOS
SLIDES SOBRE COMO SER ORGANIZADO NOS ESTUDOS
PETPedagogiaUFPI
 
Solange Toldo Soares Dissertacao Mestrado
Solange Toldo Soares Dissertacao MestradoSolange Toldo Soares Dissertacao Mestrado
Solange Toldo Soares Dissertacao Mestrado
Solange Soares
 

Semelhante a Pesquisa acadêmica e a autonomia do pensamento (20)

PESQUISA EM SALA DE AULA – por que não?
PESQUISA EM SALA DE AULA – por que não?PESQUISA EM SALA DE AULA – por que não?
PESQUISA EM SALA DE AULA – por que não?
 
A importância da pesquisa científica e educativa na prática pedagógica
A importância da pesquisa científica e educativa na prática pedagógicaA importância da pesquisa científica e educativa na prática pedagógica
A importância da pesquisa científica e educativa na prática pedagógica
 
Ensinar ciências por investigação. em que estamos de acordo.
Ensinar ciências por investigação. em que estamos de acordo.Ensinar ciências por investigação. em que estamos de acordo.
Ensinar ciências por investigação. em que estamos de acordo.
 
Itanildes silva
Itanildes silvaItanildes silva
Itanildes silva
 
TEXTO3.2-Percepção acerca do prof reflexivo.pdf
TEXTO3.2-Percepção acerca do prof reflexivo.pdfTEXTO3.2-Percepção acerca do prof reflexivo.pdf
TEXTO3.2-Percepção acerca do prof reflexivo.pdf
 
2.0. debate 2 artigo - aprendizagem baseada em problemas
2.0. debate 2   artigo - aprendizagem baseada em problemas2.0. debate 2   artigo - aprendizagem baseada em problemas
2.0. debate 2 artigo - aprendizagem baseada em problemas
 
Artigo sobre o Gefopi no Edipe 2015
Artigo sobre o Gefopi no Edipe 2015Artigo sobre o Gefopi no Edipe 2015
Artigo sobre o Gefopi no Edipe 2015
 
Apresentação congresso aguas de lindóia
Apresentação congresso   aguas de lindóiaApresentação congresso   aguas de lindóia
Apresentação congresso aguas de lindóia
 
Apresentação congresso aguas de lindóia
Apresentação congresso   aguas de lindóiaApresentação congresso   aguas de lindóia
Apresentação congresso aguas de lindóia
 
A NARRATIVA DE PROFESSORES INICIANTES A SERVIÇO DA FORMAÇÃO DOCENTE: DIÁLOGOS...
A NARRATIVA DE PROFESSORES INICIANTES A SERVIÇO DA FORMAÇÃO DOCENTE: DIÁLOGOS...A NARRATIVA DE PROFESSORES INICIANTES A SERVIÇO DA FORMAÇÃO DOCENTE: DIÁLOGOS...
A NARRATIVA DE PROFESSORES INICIANTES A SERVIÇO DA FORMAÇÃO DOCENTE: DIÁLOGOS...
 
445 1630-1-pb
445 1630-1-pb445 1630-1-pb
445 1630-1-pb
 
O Programa Institucional de Bolsa e Inicialização a Docência na Universidade ...
O Programa Institucional de Bolsa e Inicialização a Docência na Universidade ...O Programa Institucional de Bolsa e Inicialização a Docência na Universidade ...
O Programa Institucional de Bolsa e Inicialização a Docência na Universidade ...
 
DIÁLOGOS E ACOMPANHAMENTO: OS PROFESSORES INICIANTES E SUAS PRÁTICAS EM QUESTÃO
DIÁLOGOS E ACOMPANHAMENTO: OS PROFESSORES INICIANTES E SUAS PRÁTICAS EM QUESTÃODIÁLOGOS E ACOMPANHAMENTO: OS PROFESSORES INICIANTES E SUAS PRÁTICAS EM QUESTÃO
DIÁLOGOS E ACOMPANHAMENTO: OS PROFESSORES INICIANTES E SUAS PRÁTICAS EM QUESTÃO
 
CURRICULO_BASEADO_NO_PLANEJAMENTO_DO_ENS (1).pdf
CURRICULO_BASEADO_NO_PLANEJAMENTO_DO_ENS (1).pdfCURRICULO_BASEADO_NO_PLANEJAMENTO_DO_ENS (1).pdf
CURRICULO_BASEADO_NO_PLANEJAMENTO_DO_ENS (1).pdf
 
Gefopi na teoria da indissociabilidade ensino, pesquisa e extensão
Gefopi na teoria da indissociabilidade ensino, pesquisa e extensãoGefopi na teoria da indissociabilidade ensino, pesquisa e extensão
Gefopi na teoria da indissociabilidade ensino, pesquisa e extensão
 
Conhecimento didatico-a-base-da-sala-de-aulapdf
Conhecimento didatico-a-base-da-sala-de-aulapdfConhecimento didatico-a-base-da-sala-de-aulapdf
Conhecimento didatico-a-base-da-sala-de-aulapdf
 
Consideracoes acerca-do-professor-pesquisador-pereira-allain
Consideracoes acerca-do-professor-pesquisador-pereira-allainConsideracoes acerca-do-professor-pesquisador-pereira-allain
Consideracoes acerca-do-professor-pesquisador-pereira-allain
 
Consideracoes acerca-do-professor-pesquisador-pereira-allain
Consideracoes acerca-do-professor-pesquisador-pereira-allainConsideracoes acerca-do-professor-pesquisador-pereira-allain
Consideracoes acerca-do-professor-pesquisador-pereira-allain
 
SLIDES SOBRE COMO SER ORGANIZADO NOS ESTUDOS
SLIDES SOBRE COMO SER ORGANIZADO NOS ESTUDOSSLIDES SOBRE COMO SER ORGANIZADO NOS ESTUDOS
SLIDES SOBRE COMO SER ORGANIZADO NOS ESTUDOS
 
Solange Toldo Soares Dissertacao Mestrado
Solange Toldo Soares Dissertacao MestradoSolange Toldo Soares Dissertacao Mestrado
Solange Toldo Soares Dissertacao Mestrado
 

Mais de Andréa Kochhann

Coaching educacional reflexões iniciais
Coaching educacional   reflexões iniciaisCoaching educacional   reflexões iniciais
Coaching educacional reflexões iniciais
Andréa Kochhann
 
A prática social como alicerce da aprendizagem modalidades e metodologias
A prática social como alicerce da aprendizagem modalidades e metodologiasA prática social como alicerce da aprendizagem modalidades e metodologias
A prática social como alicerce da aprendizagem modalidades e metodologias
Andréa Kochhann
 
A pesquisa educacional necessidade emergente em cursos de formação de profe...
A pesquisa educacional   necessidade emergente em cursos de formação de profe...A pesquisa educacional   necessidade emergente em cursos de formação de profe...
A pesquisa educacional necessidade emergente em cursos de formação de profe...
Andréa Kochhann
 
A identidade docente no projeto pedagógico do curso de pedagogia da universid...
A identidade docente no projeto pedagógico do curso de pedagogia da universid...A identidade docente no projeto pedagógico do curso de pedagogia da universid...
A identidade docente no projeto pedagógico do curso de pedagogia da universid...
Andréa Kochhann
 
A construção do conhecimento pela pesquisa científica uma discussão à luz d...
A construção do conhecimento pela pesquisa científica   uma discussão à luz d...A construção do conhecimento pela pesquisa científica   uma discussão à luz d...
A construção do conhecimento pela pesquisa científica uma discussão à luz d...
Andréa Kochhann
 
Aula magna na pós graduação em docência universitária
Aula magna na pós graduação em docência universitáriaAula magna na pós graduação em docência universitária
Aula magna na pós graduação em docência universitária
Andréa Kochhann
 
A prática social como alicerce da aprendizagem modalidades e metodologias
A prática social como alicerce da aprendizagem modalidades e metodologiasA prática social como alicerce da aprendizagem modalidades e metodologias
A prática social como alicerce da aprendizagem modalidades e metodologias
Andréa Kochhann
 
A pesquisa educacional necessidade emergente em cursos de formação de profe...
A pesquisa educacional   necessidade emergente em cursos de formação de profe...A pesquisa educacional   necessidade emergente em cursos de formação de profe...
A pesquisa educacional necessidade emergente em cursos de formação de profe...
Andréa Kochhann
 
A importância de filmes em sala de aula e o guia do gefopi
A importância de filmes em sala de aula e o guia do gefopi  A importância de filmes em sala de aula e o guia do gefopi
A importância de filmes em sala de aula e o guia do gefopi
Andréa Kochhann
 
A identidade docente no projeto pedagógico do curso de pedagogia da universid...
A identidade docente no projeto pedagógico do curso de pedagogia da universid...A identidade docente no projeto pedagógico do curso de pedagogia da universid...
A identidade docente no projeto pedagógico do curso de pedagogia da universid...
Andréa Kochhann
 
A construção do conhecimento pela pesquisa científica uma discussão à luz d...
A construção do conhecimento pela pesquisa científica   uma discussão à luz d...A construção do conhecimento pela pesquisa científica   uma discussão à luz d...
A construção do conhecimento pela pesquisa científica uma discussão à luz d...
Andréa Kochhann
 
Pesquisa princípio científico e educativo
Pesquisa   princípio científico e educativoPesquisa   princípio científico e educativo
Pesquisa princípio científico e educativo
Andréa Kochhann
 
Uma discussão sobre cotas raciais
Uma discussão sobre cotas raciaisUma discussão sobre cotas raciais
Uma discussão sobre cotas raciais
Andréa Kochhann
 
Uma análise do currículo
Uma análise do currículoUma análise do currículo
Uma análise do currículo
Andréa Kochhann
 
Um natal mais solidário
Um natal mais solidárioUm natal mais solidário
Um natal mais solidário
Andréa Kochhann
 
Relato de experiência de cidadania e cultura
Relato de experiência de cidadania e culturaRelato de experiência de cidadania e cultura
Relato de experiência de cidadania e cultura
Andréa Kochhann
 
Paulo Freire para além do ensino
Paulo Freire para além do ensinoPaulo Freire para além do ensino
Paulo Freire para além do ensino
Andréa Kochhann
 
Paradigmas, práticas educativas e perfil do professor
Paradigmas, práticas educativas e perfil do professorParadigmas, práticas educativas e perfil do professor
Paradigmas, práticas educativas e perfil do professor
Andréa Kochhann
 
O uso de filmes no ensino suiperior
O uso de filmes no ensino suiperiorO uso de filmes no ensino suiperior
O uso de filmes no ensino suiperior
Andréa Kochhann
 
O uso de filmes em sala de aula por meio da extensão
O uso de filmes em sala de aula por meio da extensãoO uso de filmes em sala de aula por meio da extensão
O uso de filmes em sala de aula por meio da extensão
Andréa Kochhann
 

Mais de Andréa Kochhann (20)

Coaching educacional reflexões iniciais
Coaching educacional   reflexões iniciaisCoaching educacional   reflexões iniciais
Coaching educacional reflexões iniciais
 
A prática social como alicerce da aprendizagem modalidades e metodologias
A prática social como alicerce da aprendizagem modalidades e metodologiasA prática social como alicerce da aprendizagem modalidades e metodologias
A prática social como alicerce da aprendizagem modalidades e metodologias
 
A pesquisa educacional necessidade emergente em cursos de formação de profe...
A pesquisa educacional   necessidade emergente em cursos de formação de profe...A pesquisa educacional   necessidade emergente em cursos de formação de profe...
A pesquisa educacional necessidade emergente em cursos de formação de profe...
 
A identidade docente no projeto pedagógico do curso de pedagogia da universid...
A identidade docente no projeto pedagógico do curso de pedagogia da universid...A identidade docente no projeto pedagógico do curso de pedagogia da universid...
A identidade docente no projeto pedagógico do curso de pedagogia da universid...
 
A construção do conhecimento pela pesquisa científica uma discussão à luz d...
A construção do conhecimento pela pesquisa científica   uma discussão à luz d...A construção do conhecimento pela pesquisa científica   uma discussão à luz d...
A construção do conhecimento pela pesquisa científica uma discussão à luz d...
 
Aula magna na pós graduação em docência universitária
Aula magna na pós graduação em docência universitáriaAula magna na pós graduação em docência universitária
Aula magna na pós graduação em docência universitária
 
A prática social como alicerce da aprendizagem modalidades e metodologias
A prática social como alicerce da aprendizagem modalidades e metodologiasA prática social como alicerce da aprendizagem modalidades e metodologias
A prática social como alicerce da aprendizagem modalidades e metodologias
 
A pesquisa educacional necessidade emergente em cursos de formação de profe...
A pesquisa educacional   necessidade emergente em cursos de formação de profe...A pesquisa educacional   necessidade emergente em cursos de formação de profe...
A pesquisa educacional necessidade emergente em cursos de formação de profe...
 
A importância de filmes em sala de aula e o guia do gefopi
A importância de filmes em sala de aula e o guia do gefopi  A importância de filmes em sala de aula e o guia do gefopi
A importância de filmes em sala de aula e o guia do gefopi
 
A identidade docente no projeto pedagógico do curso de pedagogia da universid...
A identidade docente no projeto pedagógico do curso de pedagogia da universid...A identidade docente no projeto pedagógico do curso de pedagogia da universid...
A identidade docente no projeto pedagógico do curso de pedagogia da universid...
 
A construção do conhecimento pela pesquisa científica uma discussão à luz d...
A construção do conhecimento pela pesquisa científica   uma discussão à luz d...A construção do conhecimento pela pesquisa científica   uma discussão à luz d...
A construção do conhecimento pela pesquisa científica uma discussão à luz d...
 
Pesquisa princípio científico e educativo
Pesquisa   princípio científico e educativoPesquisa   princípio científico e educativo
Pesquisa princípio científico e educativo
 
Uma discussão sobre cotas raciais
Uma discussão sobre cotas raciaisUma discussão sobre cotas raciais
Uma discussão sobre cotas raciais
 
Uma análise do currículo
Uma análise do currículoUma análise do currículo
Uma análise do currículo
 
Um natal mais solidário
Um natal mais solidárioUm natal mais solidário
Um natal mais solidário
 
Relato de experiência de cidadania e cultura
Relato de experiência de cidadania e culturaRelato de experiência de cidadania e cultura
Relato de experiência de cidadania e cultura
 
Paulo Freire para além do ensino
Paulo Freire para além do ensinoPaulo Freire para além do ensino
Paulo Freire para além do ensino
 
Paradigmas, práticas educativas e perfil do professor
Paradigmas, práticas educativas e perfil do professorParadigmas, práticas educativas e perfil do professor
Paradigmas, práticas educativas e perfil do professor
 
O uso de filmes no ensino suiperior
O uso de filmes no ensino suiperiorO uso de filmes no ensino suiperior
O uso de filmes no ensino suiperior
 
O uso de filmes em sala de aula por meio da extensão
O uso de filmes em sala de aula por meio da extensãoO uso de filmes em sala de aula por meio da extensão
O uso de filmes em sala de aula por meio da extensão
 

Último

PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
IACEMCASA
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
AntonioLobosco3
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
alphabarros2
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 

Último (20)

PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
A influência do comércio eletrônico no processo de gestão das livrarias e edi...
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
7 ano - Rede e hierarquia urbana - Geografia - Alpha.pptx
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 

Pesquisa acadêmica e a autonomia do pensamento

  • 1. GEFOPI Grupo de Estudos em Formação de Professores e Interdisciplinaridade A PESQUISAACADÊMICA E A AUTONOMIA DO PENSAMENTO: uma possibilidade de construção Ana Paula Arantes da Silva Bolsista de Pesquisa CNPq
  • 2. O presente trabalho compõe os estudos realizados pelo projeto de pesquisa “APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA E A FILOSOFIA COMO CONTRIBUIÇÃO PARA A CONSTRUÇÃO DA AUTONOMIA”, sendo este vinculado ao GEFOPI- Grupo de Estudos em Formação de Professores e Interdisciplinaridade”.
  • 3. Na atualidade a produção do conhecimento e a autonomia do pensamento passam pelas bases da filosofia e do processo de pesquisa em que o sujeito embrenha seus caminhos. Demo (2009) assevera que é essencial o “conhecimento com as próprias mãos” e os cursos de formação devem propiciar essa formação. Demo (2009, p.49) afirma que “somente tem algo a ensinar quem pesquisa” e por isso os professores dos cursos de formação precisam pesquisar e despertar em seus alunos o gosto pela pesquisa.
  • 4. O nosso estudo busca compreender como se efetiva o currículo do curso de Pedagogia, na Universidade Estadual de Goiás, no Câmpus de São Luís de Montes Belos, no tocante a pesquisa e por isso é necessário estudar a formação do pedagogo com bases nos documentos legais. Dessa forma visa-se apresentar a história do curso de Pedagogia no Brasil, com embasamento em sua historicidade, por meio de seus marcos legais, acontecimentos no decorrer dos anos e discussão das mudanças ocorridas na Resolução CNE/CP n. 01/2006, e também na formação do profissional.
  • 5. O curso de Pedagogia teve três marcos legais de características tecnicistas e um marco legal de característica mais crítica. • o modelo do Padrão Federal 3+1 • Parecer 251 • Parecer 252 ( Reforma do Ensino Superior) • Resolução CNE/CP n. 01/2006
  • 6. OBJETIVOS Os objetivos do trabalho são apresentar a história do curso de Pedagogia no Brasil, mostrar a importância da pesquisa na formação do Pedagogo, analisar o currículo vigente e mapear os projetos de pesquisa realizada no curso de Pedagogia na UEG no Câmpus de São Luís de Montes Belos, apresentar a relação dos projetos de pesquisa com os trabalhos de conclusão de curso e realizar o levantamento de dados dos egressos que pesquisaram e fizeram suas monografias das pesquisas do locus no tocante a caminhada científica, por meio de isso argumentar como a filosofia e a metodologia da aprendizagem significativa favorecem a autonomia do pensamento.
  • 7. METODOLOGIA Pesquisa qualitativa de caráter bibliográfico com análise documental, tendo como coleta de dados informações obtidas na secretaria, na biblioteca e no site do Câmpus. RESULTADOS E DISCUSSÃO No processo de aprendizagem pautada pela pesquisa, infere-se a necessidade de uma relação dialética, pois através dela pode ser possível uma conexão autêntica e proveitosa, no sentido de buscar a autonomia do aluno, colocando-o no centro do processo de aprendizagem.
  • 8. Com o objetivo de mostrarmos a importância da pesquisa para a formação do pedagogo, no tocante ao câmpus de São Luís de Montes Belos, analisamos os projetos de pesquisa e monografia do curso de Pedagogia, no período de 2004 até 2015, sendo que foi realizada uma coleta de dados por meio da secretária acadêmica, biblioteca e site da instituição. Coletados com o objetivo de fazer uma relação dos projetos de pesquisa com a monografias do curso, no que se refere a realização da pesquisa para esse fim.
  • 9. Dos projetos realizados nessa década, foram iniciados 33 projetos, sendo que 30 foram concluídos. Destes tiveram 20 com bolsistas. Desses bolsistas apenas 11 foram financiados. De todos os projetos apenas 16 viraram monografias. De modo que com a coleta de dados apuramos que apenas alguns professores trabalharam com pesquisas vincula a monografia. Observamos que o número de professores que trabalharam com projetos de pesquisa que tem bolsistas e que viram monografia foi de apenas 3 professores. Sendo que 13 dos 16 projetos de pesquisa que viraram monografia foram orientados por um mesmo professor.
  • 10. Considerações Finais Salientamos a importância da pesquisa por meio da iniciação cientifica e também por meio dos professores, desse modo estaremos formando seres com pensamentos mais críticos e com autonomia de pensamento. Demo (2006) aponta que somente tem algo a ensinar que produz com as próprias mãos. Por meio da análise feita podemos observar o perfil do pedagogo formado na Universidade Estadual de Goiás.
  • 11. AGRADECIMENTOS Agradeço a Universidade Estadual de Goiás pelo o apoio concedido, para desenvolver os meus conhecimentos e aprimorar meu senso crítico, de forma que houve um aprofundamento dos teóricos estudados, contribuindo assim para a minha iniciação cientifica. Ao CNPq por ter me disponibilizado uma bolsa para o desenvolvimento da pesquisa, pois sem esse apoio as dificuldades poderiam impedir os trabalhos e com isso fragilizar a investigação.
  • 12. REFERÊNCIAS AUSUBEL, D.P. AAprendizagem Significativa: a teoria de David Ausubel. São Paulo: Moraes, 1982. BRASIL. Lei n. 4.024/1961. Fixa as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. In: www.jusbrasil.com.br/legislacao. BRASIL. Parecer CNE/CP n. 03/2006. Altera o art. 14 do Parecer CNE/CP n. 05/2005. BRASIL. Parecer CNE/CP n. 05/2005. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Pedagogia. BRASIL. Parecer CNE/CP n. 251/1962. Currículo mínimo e duração do curso de pedagogia. Documenta, n.11, Rio de Janeiro, p.59, 1963.
  • 13. BRASIL. Parecer CNE/CP n. 252/1969. Institui as habitações para o Curso de Pedagogia. BRASIL. Resolução CNE/CP. n. 01/2006. Apresenta a identidade do pedagogo. Diário Oficial da União (DOU), Poder Executivo, Brasília, DF, 15 de maio, 2006. BRZEZINSKI, Iria. As políticas de formação de professores e a identidade unitas multiplex do pedagogo: professor-pesquisador- gestor. In: SILVA, Marcos Antônio e BRZEZINSKI, Iria Formar professores-pesquisadores: construir identidades. Goiânia: PUC Goiás, 2011. DEMO, P. Pesquisa: princípio participativo e educativo. 12 ed. São Paulo: Cortez, 2009.
  • 14. DEMO, P. Educar pela pesquisa. 2 ed. Campinas, SP: Cortez, 1997. DEMO, Pedro. Professor do Futuro e Reconstrução do Conhecimento. 4 ed. Petrópolis, RJ:Vozes, 2004. MACHADO, A. K. O desenvolvimento curricular do Curso de Pedagogia na Universidade Estadual de Goiás (2000-2010). Dissertação do Mestrado em Educação. Pontifícia Católica de Goiás, 2013. TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.