SlideShare uma empresa Scribd logo
Perturbações no Equilíbrio dos EcossistemasCN8Prof. Tânia Reis
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Catástrofes Naturais Qualquer acidente que ocorra sem intervenção directa do Homem e que coloque em perigo a existência da Vida.3
Catástrofes NaturaisO progresso científico e tecnológico permite detectar e compreender melhor as causas de algumas catástrofes e quais as zonas da Terra onde há maior probabilidade de acontecerem.O melhor modo de minorar os efeitos de uma catástrofe são a prevenção e a protecção.4
Catástrofes Naturais
TempestadesPerturbações da atmosfera caracterizadas por chuva intensa, vento e trovoada, podendo ocorrer a formação de tufões, tornados e furacões.
Vento: termo genérico que identifica o ar em movimento, independente da velocidade. Brisa: é um vento de pouca intensidade, que geralmente não ultrapassa os 50 km/h. Monção: começa no início de Junho no sul da Índia. São ventos periódicos, típicos do sul e do sudeste da Ásia, que no verão sopram do mar para o continente. A monção geralmente termina em Setembro, caracterizando-se por forte chuva associada a ventos. Ciclone: Caracteriza-se por uma tempestade violenta que ocorre em regiões tropicais ou subtropicais, produzida por grandes massas de ar em alta velocidade de rotação. Evidencia-se quando ventos superam os 50 km/h. Curiosidades
Furacão: vento circular forte, com velocidade igual ou superior a 119 km/h. Os furacões são os ciclones que surgem no mar do Caribe (oceano Atlântico) ou nos Estados Unidos. Giram no sentido horário (no hemisfério sul) ou anti-horário (no hemisfério norte) e medem de 200 km a 400 km de diâmetro. Sua curva se assemelha a uma parabólica. Tufão: é o nome que se dá aos ciclones formados no sul da Ásia e na parte ocidental do oceano Índico, entre Julho e Outubro. É o mesmo que furacão, só que na região equatorial do Oceano Pacífico. Os tufões surgem no mar da China e atingem o leste asiático. Tornado: é o mais forte dos fenómenos meteorológicos, menor e mais intenso que os demais. Com alto poder de destruição, seus ventos atingem até 500 km/h. O tornado ocorre geralmente em zonas temperadas do hemisfério norte. Vendaval: vento forte com um grande poder de destruição, que chega a atingir até 150 km/h. Ocorre geralmente de madrugada e sua duração pode ser de até cinco horas.
Tornados em PortugalTornado em Tomar
InundaçõesGrande quantidade de água acumulada pode causar graves danos, como, por exemplo, chuvas diluvianas e subida do nível das águas dos grandes rios, que, transpondo as margens, têm grande poder destrutivo.Lisboa 2008 - Portugal
InundaçõesExcesso de precipitaçãoFalta de limpeza dos leitos dos riosConstrução sem planeamentoPrevenção: cartas de zonas inundáveisCumprimento da legislação
Sismos e VulcõesTremores de terra e erupções vulcânicas podem, pela sua violência, alterar os ecossistemas, incluindo a população humana. Constituem um dos mais evidentes riscos naturais.
Sismos e VulcõesCartas de risco sísmicoConstruções anti-sísmicasSimulacrosPlaneamento de ocupação do soloPrevisão de erupções vulcânicas
IncêndiosProvocados por descargas eléctricas de trovoadas e combustões espontâneas, afectam todo o ecossistema.
SecasDiminuição da água das chuvas, da qual resulta, por exemplo, o aumento dos incêndios florestais, diminuição da biodiversidade, queda da produtividade agrícola e desertificação.Prevenção: diminuição do consumo de água
Lago Chade
Catástrofes provocadas por Intervenção HumanaTodas as catástrofes que não têm origem natural são provocadas pelos seres humanos:TerrorismoExplosõesGuerraPoluição
TerrorismoUm dos principais flagelos das sociedades modernas.Responsável pela morte de milhares de pessoas.
ExplosõesSão catástrofes tecnológicas com consequências graves para os ecossistemas e para as populações humanas.
GuerraMaior das catástrofes, já que gera todo o tipo de sofrimento e a morte.
PoluiçãoAtmosféricaAquáticaSolos
Poluição no interior das casas

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Biodiversidade ppt
Biodiversidade pptBiodiversidade ppt
Biodiversidade ppt
guest7b65ee
 
A Atmosfera Terrestre
A Atmosfera TerrestreA Atmosfera Terrestre
A Atmosfera Terrestre
Ruben Almeida
 
Impacto das alterações climáticas
Impacto das alterações climáticasImpacto das alterações climáticas
Impacto das alterações climáticas
Grupo2apcm
 
O Aquecimento Global
O Aquecimento GlobalO Aquecimento Global
O Aquecimento Global
Michele Pó
 
Atmosfera
AtmosferaAtmosfera
Atmosfera
Simone Peixoto
 
Desmatamentos e queimadas
Desmatamentos e queimadasDesmatamentos e queimadas
Desmatamentos e queimadas
Jean Carvalho
 
1 diversidade da vida
1 diversidade da vida1 diversidade da vida
1 diversidade da vida
Péricles Penuel
 
Ventos
VentosVentos
As alterações-climáticas
As alterações-climáticasAs alterações-climáticas
As alterações-climáticas
Alcina Barbosa
 
Furacões
FuracõesFuracões
Furacões
LuisMagina
 
Ambiente
AmbienteAmbiente
A pegada ecologica
A pegada ecologicaA pegada ecologica
A pegada ecologica
Ilda Bicacro
 
Fatores bióticos e abióticos
Fatores bióticos e abióticosFatores bióticos e abióticos
Fatores bióticos e abióticos
mmbbss
 
Queimadas: causas, danos e prevenção
Queimadas: causas, danos e prevençãoQueimadas: causas, danos e prevenção
Queimadas: causas, danos e prevenção
Acrópole - História & Educação
 
A Poluição Ambiental - Powerpoint
A Poluição Ambiental - PowerpointA Poluição Ambiental - Powerpoint
A Poluição Ambiental - Powerpoint
picoalto
 
Camada de ozonio
Camada de ozonioCamada de ozonio
Camada de ozonio
Facos - Cnec
 
Aquecimento Global
Aquecimento GlobalAquecimento Global
Aquecimento Global
paulo moura
 
Grandes Problemas Ambientais
Grandes Problemas AmbientaisGrandes Problemas Ambientais
Grandes Problemas Ambientais
lidia76
 
Impactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivoImpactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivo
BIOLOGIA Associação Pré-FEDERAL
 
Sucessão ecologica
Sucessão ecologicaSucessão ecologica
Sucessão ecologica
Marcia Bantim
 

Mais procurados (20)

Biodiversidade ppt
Biodiversidade pptBiodiversidade ppt
Biodiversidade ppt
 
A Atmosfera Terrestre
A Atmosfera TerrestreA Atmosfera Terrestre
A Atmosfera Terrestre
 
Impacto das alterações climáticas
Impacto das alterações climáticasImpacto das alterações climáticas
Impacto das alterações climáticas
 
O Aquecimento Global
O Aquecimento GlobalO Aquecimento Global
O Aquecimento Global
 
Atmosfera
AtmosferaAtmosfera
Atmosfera
 
Desmatamentos e queimadas
Desmatamentos e queimadasDesmatamentos e queimadas
Desmatamentos e queimadas
 
1 diversidade da vida
1 diversidade da vida1 diversidade da vida
1 diversidade da vida
 
Ventos
VentosVentos
Ventos
 
As alterações-climáticas
As alterações-climáticasAs alterações-climáticas
As alterações-climáticas
 
Furacões
FuracõesFuracões
Furacões
 
Ambiente
AmbienteAmbiente
Ambiente
 
A pegada ecologica
A pegada ecologicaA pegada ecologica
A pegada ecologica
 
Fatores bióticos e abióticos
Fatores bióticos e abióticosFatores bióticos e abióticos
Fatores bióticos e abióticos
 
Queimadas: causas, danos e prevenção
Queimadas: causas, danos e prevençãoQueimadas: causas, danos e prevenção
Queimadas: causas, danos e prevenção
 
A Poluição Ambiental - Powerpoint
A Poluição Ambiental - PowerpointA Poluição Ambiental - Powerpoint
A Poluição Ambiental - Powerpoint
 
Camada de ozonio
Camada de ozonioCamada de ozonio
Camada de ozonio
 
Aquecimento Global
Aquecimento GlobalAquecimento Global
Aquecimento Global
 
Grandes Problemas Ambientais
Grandes Problemas AmbientaisGrandes Problemas Ambientais
Grandes Problemas Ambientais
 
Impactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivoImpactos ambientais intensivo
Impactos ambientais intensivo
 
Sucessão ecologica
Sucessão ecologicaSucessão ecologica
Sucessão ecologica
 

Destaque

Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
Rui Basto
 
Natural disasters
Natural disastersNatural disasters
Natural disasters
MsAngie
 
CatáStrofes Naturais
CatáStrofes NaturaisCatáStrofes Naturais
CatáStrofes Naturais
rfzamith
 
Riscos naturais
Riscos naturaisRiscos naturais
Riscos naturais
Mayjö .
 
Catástrofes Naturais
Catástrofes NaturaisCatástrofes Naturais
Catástrofes Naturais
Ana Castro
 
Catastrofes Naturais
Catastrofes NaturaisCatastrofes Naturais
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAISRISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
abarros
 
Riscos naturais 9ºano
Riscos naturais 9ºanoRiscos naturais 9ºano
Riscos naturais 9ºano
Gabriela Vasconcelos
 
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemasPerturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
filomenacatatua
 
A influência das catástrofes no equilíbrio dos ecossistemas
A influência das catástrofes no equilíbrio dos ecossistemasA influência das catástrofes no equilíbrio dos ecossistemas
A influência das catástrofes no equilíbrio dos ecossistemas
Leonardo Alves
 
Riscos e catástrofes naturais 2
Riscos e catástrofes naturais 2Riscos e catástrofes naturais 2
Riscos e catástrofes naturais 2
Maria João Carlos
 

Destaque (11)

Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
 
Natural disasters
Natural disastersNatural disasters
Natural disasters
 
CatáStrofes Naturais
CatáStrofes NaturaisCatáStrofes Naturais
CatáStrofes Naturais
 
Riscos naturais
Riscos naturaisRiscos naturais
Riscos naturais
 
Catástrofes Naturais
Catástrofes NaturaisCatástrofes Naturais
Catástrofes Naturais
 
Catastrofes Naturais
Catastrofes NaturaisCatastrofes Naturais
Catastrofes Naturais
 
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAISRISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
RISCOS E CATÁSTROFES NATURAIS
 
Riscos naturais 9ºano
Riscos naturais 9ºanoRiscos naturais 9ºano
Riscos naturais 9ºano
 
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemasPerturbações no equilíbrio dos ecossistemas
Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas
 
A influência das catástrofes no equilíbrio dos ecossistemas
A influência das catástrofes no equilíbrio dos ecossistemasA influência das catástrofes no equilíbrio dos ecossistemas
A influência das catástrofes no equilíbrio dos ecossistemas
 
Riscos e catástrofes naturais 2
Riscos e catástrofes naturais 2Riscos e catástrofes naturais 2
Riscos e catástrofes naturais 2
 

Semelhante a Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas

Tempestades-Ciências Naturais
Tempestades-Ciências NaturaisTempestades-Ciências Naturais
Tempestades-Ciências Naturais
Elsa Pereira
 
Catástrofes Naturais
Catástrofes NaturaisCatástrofes Naturais
Catástrofes Naturais
SMS191
 
Tiago 8b
Tiago 8bTiago 8b
Tiago 8b
escolahc5
 
Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
Taniabastos15
 
1fenomenosdanatureza-140322093826-phpapp02.ppt
1fenomenosdanatureza-140322093826-phpapp02.ppt1fenomenosdanatureza-140322093826-phpapp02.ppt
1fenomenosdanatureza-140322093826-phpapp02.ppt
JorgeFuruta1
 
Fenomenos da natureza
Fenomenos da naturezaFenomenos da natureza
Fenomenos da natureza
Antonio Reali
 
Furacões
FuracõesFuracões
Furacões
ap8dgrp5
 
Desastres Naturais Vandriani Hermes Botelho Ucs
Desastres Naturais Vandriani Hermes Botelho   UcsDesastres Naturais Vandriani Hermes Botelho   Ucs
Desastres Naturais Vandriani Hermes Botelho Ucs
Vandriani Botelho
 
Furacão 2 D
Furacão 2 DFuracão 2 D
Catástrofes naturais daniel
Catástrofes naturais danielCatástrofes naturais daniel
Catástrofes naturais daniel
protecaocivil
 
Tempestades Tropicais
Tempestades TropicaisTempestades Tropicais
Tempestades Tropicais
PanquecasSIAA
 
Catástrofes Naturais - Grupo 1
Catástrofes Naturais - Grupo 1Catástrofes Naturais - Grupo 1
Catástrofes Naturais - Grupo 1
Ana Abegão
 
Ventania
VentaniaVentania
Ventania
cd1849204
 
desastres climaticos
desastres climaticosdesastres climaticos
desastres climaticos
B0das
 
Desastres naturais 2 A
Desastres naturais 2 ADesastres naturais 2 A
Desastres naturais 2 A
Maria Teresa Iannaco Grego
 
Efeitos da-catastrofes-naturais[1]
Efeitos da-catastrofes-naturais[1]Efeitos da-catastrofes-naturais[1]
Efeitos da-catastrofes-naturais[1]
adelinacgomes
 
Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
António Morais
 
Fenômenos naturais
Fenômenos naturaisFenômenos naturais
Fenômenos naturais
Clara Beatriz
 
Desastres naturais II 2º A
Desastres naturais II 2º ADesastres naturais II 2º A
Desastres naturais II 2º A
Maria Teresa Iannaco Grego
 
David andrade diogo_daniel8a
David andrade diogo_daniel8aDavid andrade diogo_daniel8a
David andrade diogo_daniel8a
navegananet
 

Semelhante a Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas (20)

Tempestades-Ciências Naturais
Tempestades-Ciências NaturaisTempestades-Ciências Naturais
Tempestades-Ciências Naturais
 
Catástrofes Naturais
Catástrofes NaturaisCatástrofes Naturais
Catástrofes Naturais
 
Tiago 8b
Tiago 8bTiago 8b
Tiago 8b
 
Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
 
1fenomenosdanatureza-140322093826-phpapp02.ppt
1fenomenosdanatureza-140322093826-phpapp02.ppt1fenomenosdanatureza-140322093826-phpapp02.ppt
1fenomenosdanatureza-140322093826-phpapp02.ppt
 
Fenomenos da natureza
Fenomenos da naturezaFenomenos da natureza
Fenomenos da natureza
 
Furacões
FuracõesFuracões
Furacões
 
Desastres Naturais Vandriani Hermes Botelho Ucs
Desastres Naturais Vandriani Hermes Botelho   UcsDesastres Naturais Vandriani Hermes Botelho   Ucs
Desastres Naturais Vandriani Hermes Botelho Ucs
 
Furacão 2 D
Furacão 2 DFuracão 2 D
Furacão 2 D
 
Catástrofes naturais daniel
Catástrofes naturais danielCatástrofes naturais daniel
Catástrofes naturais daniel
 
Tempestades Tropicais
Tempestades TropicaisTempestades Tropicais
Tempestades Tropicais
 
Catástrofes Naturais - Grupo 1
Catástrofes Naturais - Grupo 1Catástrofes Naturais - Grupo 1
Catástrofes Naturais - Grupo 1
 
Ventania
VentaniaVentania
Ventania
 
desastres climaticos
desastres climaticosdesastres climaticos
desastres climaticos
 
Desastres naturais 2 A
Desastres naturais 2 ADesastres naturais 2 A
Desastres naturais 2 A
 
Efeitos da-catastrofes-naturais[1]
Efeitos da-catastrofes-naturais[1]Efeitos da-catastrofes-naturais[1]
Efeitos da-catastrofes-naturais[1]
 
Catástrofes naturais
Catástrofes naturaisCatástrofes naturais
Catástrofes naturais
 
Fenômenos naturais
Fenômenos naturaisFenômenos naturais
Fenômenos naturais
 
Desastres naturais II 2º A
Desastres naturais II 2º ADesastres naturais II 2º A
Desastres naturais II 2º A
 
David andrade diogo_daniel8a
David andrade diogo_daniel8aDavid andrade diogo_daniel8a
David andrade diogo_daniel8a
 

Mais de Tânia Reis

ficha 1 moc.pdf
ficha 1 moc.pdfficha 1 moc.pdf
ficha 1 moc.pdf
Tânia Reis
 
Condições da Terra que permitem a existência de vida
Condições da Terra que permitem a existência de vidaCondições da Terra que permitem a existência de vida
Condições da Terra que permitem a existência de vida
Tânia Reis
 
Princ geologia
Princ geologiaPrinc geologia
Princ geologia
Tânia Reis
 
Etapasp
EtapaspEtapasp
Etapasp
Tânia Reis
 
Deriva dos continentesp
Deriva dos continentespDeriva dos continentesp
Deriva dos continentesp
Tânia Reis
 
Datacaop
DatacaopDatacaop
Datacaop
Tânia Reis
 
Condiçoes da terra p
Condiçoes da terra pCondiçoes da terra p
Condiçoes da terra p
Tânia Reis
 
A terra no espaço p
A terra no espaço pA terra no espaço p
A terra no espaço p
Tânia Reis
 
A terra no espaço
A terra no espaçoA terra no espaço
A terra no espaço
Tânia Reis
 
Rochas solo tr
Rochas solo trRochas solo tr
Rochas solo tr
Tânia Reis
 
Métodos contracetivos
Métodos contracetivosMétodos contracetivos
Métodos contracetivos
Tânia Reis
 
Transmissão da vida
Transmissão da vida Transmissão da vida
Transmissão da vida
Tânia Reis
 
Saúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitáriaSaúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitária
Tânia Reis
 
Instrumentos de exploração espacial
Instrumentos de exploração espacialInstrumentos de exploração espacial
Instrumentos de exploração espacial
Tânia Reis
 
A terra no espaço p
A terra no espaço pA terra no espaço p
A terra no espaço p
Tânia Reis
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
Tânia Reis
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
Tânia Reis
 
Sistema hormonal
Sistema hormonalSistema hormonal
Sistema hormonal
Tânia Reis
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Tânia Reis
 
4hereditariedade
4hereditariedade4hereditariedade
4hereditariedade
Tânia Reis
 

Mais de Tânia Reis (20)

ficha 1 moc.pdf
ficha 1 moc.pdfficha 1 moc.pdf
ficha 1 moc.pdf
 
Condições da Terra que permitem a existência de vida
Condições da Terra que permitem a existência de vidaCondições da Terra que permitem a existência de vida
Condições da Terra que permitem a existência de vida
 
Princ geologia
Princ geologiaPrinc geologia
Princ geologia
 
Etapasp
EtapaspEtapasp
Etapasp
 
Deriva dos continentesp
Deriva dos continentespDeriva dos continentesp
Deriva dos continentesp
 
Datacaop
DatacaopDatacaop
Datacaop
 
Condiçoes da terra p
Condiçoes da terra pCondiçoes da terra p
Condiçoes da terra p
 
A terra no espaço p
A terra no espaço pA terra no espaço p
A terra no espaço p
 
A terra no espaço
A terra no espaçoA terra no espaço
A terra no espaço
 
Rochas solo tr
Rochas solo trRochas solo tr
Rochas solo tr
 
Métodos contracetivos
Métodos contracetivosMétodos contracetivos
Métodos contracetivos
 
Transmissão da vida
Transmissão da vida Transmissão da vida
Transmissão da vida
 
Saúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitáriaSaúde individual e comunitária
Saúde individual e comunitária
 
Instrumentos de exploração espacial
Instrumentos de exploração espacialInstrumentos de exploração espacial
Instrumentos de exploração espacial
 
A terra no espaço p
A terra no espaço pA terra no espaço p
A terra no espaço p
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema circulatório
Sistema circulatórioSistema circulatório
Sistema circulatório
 
Sistema hormonal
Sistema hormonalSistema hormonal
Sistema hormonal
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
4hereditariedade
4hereditariedade4hereditariedade
4hereditariedade
 

Perturbações no equilíbrio dos ecossistemas

  • 1. Perturbações no Equilíbrio dos EcossistemasCN8Prof. Tânia Reis
  • 3. Catástrofes Naturais Qualquer acidente que ocorra sem intervenção directa do Homem e que coloque em perigo a existência da Vida.3
  • 4. Catástrofes NaturaisO progresso científico e tecnológico permite detectar e compreender melhor as causas de algumas catástrofes e quais as zonas da Terra onde há maior probabilidade de acontecerem.O melhor modo de minorar os efeitos de uma catástrofe são a prevenção e a protecção.4
  • 6. TempestadesPerturbações da atmosfera caracterizadas por chuva intensa, vento e trovoada, podendo ocorrer a formação de tufões, tornados e furacões.
  • 7. Vento: termo genérico que identifica o ar em movimento, independente da velocidade. Brisa: é um vento de pouca intensidade, que geralmente não ultrapassa os 50 km/h. Monção: começa no início de Junho no sul da Índia. São ventos periódicos, típicos do sul e do sudeste da Ásia, que no verão sopram do mar para o continente. A monção geralmente termina em Setembro, caracterizando-se por forte chuva associada a ventos. Ciclone: Caracteriza-se por uma tempestade violenta que ocorre em regiões tropicais ou subtropicais, produzida por grandes massas de ar em alta velocidade de rotação. Evidencia-se quando ventos superam os 50 km/h. Curiosidades
  • 8. Furacão: vento circular forte, com velocidade igual ou superior a 119 km/h. Os furacões são os ciclones que surgem no mar do Caribe (oceano Atlântico) ou nos Estados Unidos. Giram no sentido horário (no hemisfério sul) ou anti-horário (no hemisfério norte) e medem de 200 km a 400 km de diâmetro. Sua curva se assemelha a uma parabólica. Tufão: é o nome que se dá aos ciclones formados no sul da Ásia e na parte ocidental do oceano Índico, entre Julho e Outubro. É o mesmo que furacão, só que na região equatorial do Oceano Pacífico. Os tufões surgem no mar da China e atingem o leste asiático. Tornado: é o mais forte dos fenómenos meteorológicos, menor e mais intenso que os demais. Com alto poder de destruição, seus ventos atingem até 500 km/h. O tornado ocorre geralmente em zonas temperadas do hemisfério norte. Vendaval: vento forte com um grande poder de destruição, que chega a atingir até 150 km/h. Ocorre geralmente de madrugada e sua duração pode ser de até cinco horas.
  • 10. InundaçõesGrande quantidade de água acumulada pode causar graves danos, como, por exemplo, chuvas diluvianas e subida do nível das águas dos grandes rios, que, transpondo as margens, têm grande poder destrutivo.Lisboa 2008 - Portugal
  • 11. InundaçõesExcesso de precipitaçãoFalta de limpeza dos leitos dos riosConstrução sem planeamentoPrevenção: cartas de zonas inundáveisCumprimento da legislação
  • 12. Sismos e VulcõesTremores de terra e erupções vulcânicas podem, pela sua violência, alterar os ecossistemas, incluindo a população humana. Constituem um dos mais evidentes riscos naturais.
  • 13. Sismos e VulcõesCartas de risco sísmicoConstruções anti-sísmicasSimulacrosPlaneamento de ocupação do soloPrevisão de erupções vulcânicas
  • 14. IncêndiosProvocados por descargas eléctricas de trovoadas e combustões espontâneas, afectam todo o ecossistema.
  • 15. SecasDiminuição da água das chuvas, da qual resulta, por exemplo, o aumento dos incêndios florestais, diminuição da biodiversidade, queda da produtividade agrícola e desertificação.Prevenção: diminuição do consumo de água
  • 17. Catástrofes provocadas por Intervenção HumanaTodas as catástrofes que não têm origem natural são provocadas pelos seres humanos:TerrorismoExplosõesGuerraPoluição
  • 18. TerrorismoUm dos principais flagelos das sociedades modernas.Responsável pela morte de milhares de pessoas.
  • 19. ExplosõesSão catástrofes tecnológicas com consequências graves para os ecossistemas e para as populações humanas.
  • 20. GuerraMaior das catástrofes, já que gera todo o tipo de sofrimento e a morte.