SlideShare uma empresa Scribd logo
1
O Património Cultural
da Occitânia
Cidade de Toulouse
Cadeira de
PATRIMÓNIO MUNDIAL E
TURISMO CULTURAL
Artur Filipe dos Santos
• Artur Filipe dos Santos
• Doutorado em Comunicação, Publicidade, Relações Públicas e Protocolo pela Faculdade de
Ciências Sociais e da Comunicação da Universidade de Vigo, é atualmente coordenador da
licenciatura de Comunicação e Tecnologia Digital e professor adjunto no ISLA Instituto
Politécnico de Gestão e Tecnologia, docente na Universidade Lusófona do Porto, Atua como
docente e investigador nas área(s de Ciências Sociais com ênfase em Ciências da
Comunicação, Comunicação e Divulgação do Património. Perito em Protocolo (de Estado,
Universitário, Multicultural e Empresarial) é membro da Associação Portuguesa de Estudos de
Protocolo (APOREP), membro da Sociedad de Estudios Institucionales, UNED, Espanha,
investigador e membro da Direção do Observatório Iberoamericano de Investigação e
Desenvolvimento em Comunicação (OIDECOM-Iberoamérica), Espanha, membro do Centro de
Investigação em Comunicação (ICOM-X1) da Universidade de Vigo, Espanha, membro da
Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (SOPCOM). É ainda divulgador dos
Caminhos Portugueses a Santiago de Compostela. É membro do ICOMOS (INTERNATIONAL
COUNCIL OF MONUMENTS AND SITES), organismo pertencente à UNESCO, responsável pela
avaliação das candidaturas dos bens culturais universais a Património Mundial Como jornalista
fez parte da TV Galiza, jornal A Bola, Rádio Sim (grupo Renascença), O Primeiro de Janeiro,
Matosinhos Hoje, Jornal da Maia.
2
Artur Filipe dos Santos – artursantos.com.pt@gmail.com
•https://omeucaminhodesantiago.wordpress.com/ (Blogue)
•https://politicsandflags.wordpress.com/about/ (Blogue)
•https://arturfilipesantos.wixsite.com/arturfilipesantos (Académico)
•https://comunicacionpatrimoniomundial.blogia.com/ (Académico)
•Email: artursantos.com.pt@gmail.com
3
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• É uma das paisagens
culturais mais
extraordinárias da
Europa. A história e a
riqueza cultural da
Occitânia é um misto
de línguas, tradições e
lendas milenares.
Carcassone, um dos lugares mais emblemáticos
da Occitânia
4
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• Os principais elementos
que a caracterizam são a
sua cultura e a sua língua, a
langue d'oc que lhe deu o
nome. O espaço occitano é
identificado a partir do
Império Romano sob o
nome de vienense ou de
Sept-Provinces ( latim :
Septem Provinciæ), e no
início da Idade Média sob o
nome de Aquitaine
(Aquitanica , reino visigodo
de Toulouse, antes da
conquista franca).
Encontra uma certa unidade no período carolíngio sob o
nome de reino de Aquitânia (também chamado reino de
Toulouse).
5
Occitânia - Toulouse
6
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• As delimitações
territoriais
correspondem
aproximadamente ao
espaço linguístico do
antigo occitano ou
romano vienense.
7
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• O nome Occitânia
surgiu na Idade Média a
partir de um conceito
geográfico, linguístico e
cultural, para designar a
parte do domínio real
francês que falava a
langue d’oc.
Provavelmente o primeiro homem que chegou à Aquitânia foi o homem de
Cro-Magnon mais ou menos há 40 mil anos. No paleolítico superior, os
Aquitanos deixaram vários vestígios entre eles pinturas nas cavernas Lascaux e
um busto chamado Vênus de Brassempouy ou Dama de Brassempouy. Do
período neolítico são achados vestígios humanos pela presença de dólmens
(espécies de túmulos) e pelos menires (monumentos em pedra).
8
Occitânia - Toulouse
9
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• Durante a conquista
romana da Gália por Júlio
César, a população que lá
residia era chamada de
ibérica pelo imperador
romano. Na verdade eram
os vascões, prováveis
antepassados dos bascos.
Não se sabe ao certo em
que época eles começaram
a habitar a região. A
Aquitânia foi conquistada
pelos romanos em 56 a.C.
por Marco Licínio Crasso a
mando de Júlio César.
10
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• Sob o Império Romano
faziam parte da
Aquitânia o sudoeste
da Gália dos Pirenéus
ao vale do rio Loire
incluindo Auvérnia.
Saintes e Bordéus
foram capitais da Gália
Aquitânia.
Os visigodos chegaram a região em 412-413 vindos de Provença e
da Itália pouco antes do início da Idade Média. A região foi
posteriormente conquistada pelos Francos e finalmente estruturada
como um ducado independente, Ducado da Aquitânia.
11
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
12
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• Em 781, Carlos Magno
(rei franco) nomeia seu
filho, Luís I o Piedoso
(aos três anos de idade)
Rei da Aquitânia. Com a
morte de Carlos
Magno, Luís passa seu
trono a seu filho,
Pepino (O Breve).
13
Occitânia - Toulouse
• No século XII, a Duquesa
Leonor da Aquitânia
casou-se com o rei Luís
VII de França com quem
teve duas filhas. O
casamento foi anulado
com a alegação de laços
de consanguinidade,
causa frequente quando
a nobreza queria desfazer
um casamento, porque
Leonor queria se casar
novamente mas com o
rival de Luís VII, o rei
inglês Henrique II.
Com a morte de Henrique II, seu filho Ricardo Coração de Leão
assumiu o trono e o título de Duque de Aquitânia sempre
ameaçado pelo seu irmão, João I de Inglaterra -o João Sem Terra-
que não poupou esforços na tentativa de usurpar o trono enquanto
o irmão lutava contra Saladino na Terceira Cruzada.
14
Occitânia - Toulouse
15
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• Aquitanos	famosos
• Maurice Ravel (1875-1937),
compositor e pianista
• Michel de Montaigne (1533-1592),
pensador e político
• Montesquieu (1689-1755), pensador e
filósofo
• Papa Clemente V (1264-1314), Papa
• Henrique IV (1553-1610), Rei de França
• Leonor da Aquitânia (cerca 1122 - 1 de
Abril 1204) foi Duquesa da Aquitânia e
da Gasconha, Condessa
de Poitiers e Rainha
consorte de França e Inglaterra.
• São Vicente de Paulo – 1581 - 1660
16
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• A Occitânia abrange quatro estados:
• Na França: Occitânia corresponde
aproximadamente à vaga noção de "
Midi ", como os parisienses e os
franceses do norte costumam
chamar essa região, ou seja, a maior
parte do Maciço Central e quase
todas as regiões do sul, exceto a
Córsega , a maior parte dos Pirineus
Orientais (onde fala-se o catalão ) e o
País Basco .
• Na Itália: os Vales Occitanos , nos
Alpes (ligados às regiões do
Piemonte e da Ligúria).
• Na Espanha: o Val d'Aran .
• Em Mónaco: o que é um caso
especial, pois a Ligúria também está
amplamente presente lá.
Topografia da Occitânia.
A Occitânia forma um grande istmo entre a Península Ibérica e
o resto da Europa, estendendo-se entre dois mares: o Mar
Mediterrâneo e o Oceano Atlântico e três cadeias
montanhosas: os Alpes , o Maciço Central e os Pirinéus .
17
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
18
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
19
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
Grandes cidades
20
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
21
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• Toulouse é a capital da
Occitânia
22
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• Toulouse é uma comuna francesa
, capital no século V do reino
visigodo , uma das capitais (do
século VII ao IX ) do reino da
Aquitânia , capital do condado de
Toulouse fundado em 852 por
Raimundo I e capital histórica do
Languedoc.
• É hoje a capital da região da
Occitânia , do departamento de
Haute-Garonne , e sede do
Metrópole de Toulouse. Foi
também a capital da antiga
região Midi-Pyrénées até ao seu
desaparecimento em1º de
janeiro de 2016, é Banha pelo rio
Garonne.
Com 493.465 habitantes em1º de janeiro de 20194 , Toulouse
é o quarto município mais populoso da França depois de
Paris, Marselha e Lyon , tendo ganho 145.000 habitantes em
menos de 40 anos (1982-2019).
23
Occitânia - Toulouse
24
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• O seus habitantes são os
Toulousains e
Toulousaines. A área
urbana de Toulouse tinha
1.360.829 habitantes em
2017 5 , o que também a
torna a quarta maior do
país . Com 1.019.460
habitantes em 2018, a
aglomeração é a quinta,
atrás da de Lille e à frente
das de Bordeaux e Nice .
Capitólio	de	Toulouse
25
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• O Capitólio é um
monumento na cidade
francesa de Toulouse ,
que hoje abriga a
prefeitura e o Théâtre du
Capitole . A sua
construção foi decidida
pelos Capitólios em 1190,
a fim de ali estabelecer a
sede do poder municipal.
É o emblema da cidade e
sede do poder municipal
há mais de oito séculos.
O Hôpital de La Grave é um hospital situado no bairro Saint-Cyprien
de Toulouse. O original "Hôpital de La Grave" foi mencionado pela
primeira vez em uma carta de 1197 do Conde Raymond IV de
Toulouse . Hoje, nada resta do hospital original.
26
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
27
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• O hospital foi
transformado em um
local para confinar e
cuidar dos pobres da
cidade a partir de 26 de
março de 1647. [4] O
nome foi mudado para
Toulouse l'Hôpital
Général Saint-Joseph de
La Grave.
28
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• CAPELA SÃO JOSÉ DE LA
GRAVE
• É o edifício mais
fotografado de Toulouse.
A sua cúpula funciona
como um farol para os
habitantes da cidade,
chamando a atenção dia
e noite, quando está
vestida de luz.
Marco do bairro de Saint-Cyprien, a capela de La
Grave foi construída no século XVIII em uma margem
de cascalho deixada pelo Garonne, que lhe deu o
nome.
29
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
30
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• Faz parte do hospital La
Grave, erguido em 1197
para receber vítimas da
peste. A sua consagração
a São José, padroeiro dos
carpinteiros, sublinha o
papel que teve no século
XVII durante o período da
Grande Retenção dos
Pobres. Em seguida,
incluiu muitas oficinas
destinadas a treinar os
necessitados em ofícios
para colocá-los com
artesãos.
31
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• Basílica	de	São	
Sernin
•
A basílica de Saint-
Sernin é o edifício
religioso católico mais
importante de
Toulouse, capital da
região da Occitânia , no
sul da França .
Esta igreja nasceu do culto ao primeiro padre de Toulouse (França), Saint
Sernin, diminutivo de Saturnin (Saturnino). Este santo terá morrido no ano
250 d. C., vítima de um motim popular. Como a sua tumba atraía muitos
peregrinos, foi feita uma primeira basílica, no século V, estando
documentada a existência de uma comunidade monástica no local desde
844.
32
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
33
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• É uma das maiores
igrejas românicas
preservadas da Europa ,
juntamente com a
Catedral de Speyer, na
Alemanha, e a Catedral
de Santiago de
Compostela , na
Espanha.
A Catedral de Speyer (em alemão: Dom van Speyer, em espanhol: Catedral de Spira, em
português: Catedral de Espira e em francês: Cathédrale de Spire), está localizada na cidade de
Speyer, no estado da Renânia-Palatinado, Alemanha. A basílica é consagrada à Virgem Maria,
erguida na arquitetura românica, é o mais importante monumento da cidade e um dos
maiores templos românicos do mundo. É património da Humanidade desde 1981.
34
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• A história da basílica
está particularmente
ligada às histórias que
cercam o martírio de
São Saturnino – Sarnin
ou Sernin em occitano .
Em meados do século III , estaria à frente da primeira comunidade cristã da antiga
Tolosa . a29 de novembro de 250, teria sido repreendido pelos pagãos aos pés do
Capitólio (sítio do atual lugar Étienne-Esquirol ): recusando-se a sacrificar a Júpiter
, teria sido amarrado a um touro e arrastado ao longo do cardo maximus (via mais
importante do eixo norte-sul de uma cidade romana), então o estrada que vai do
portão norte até a localização atual da basílica.
35
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
36
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• A "descoberta" do
corpo do santo no
século IV pelo bispo
Hilaire, depois a
construção de um
santuário pelos bispos
Silve e Exupère no início
do século v. século
fazem parte de uma
primeira devoção ao
mártir.
37
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• Durante a Idade Média,
com o desenvolvimento
do culto aos santos , o
santuário tornou-se um
dos mais importantes
centros de peregrinação
do ocidente medieval, ao
mesmo tempo que a
cidade se tornou uma
importante escala de
peregrinos a caminho de
Saint-Jacques-de-
Compostela
38
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
Catedral de Toulouse
• A Catedral de Saint-
Étienne (Santo Estevão)
em Toulouse é uma
catedral católica
romana no centro
histórico de Toulouse ,
no departamento de
Haute-Garonne .
39
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• As origens da catedral
não são conhecidas.
Seus primeiros vestígios
datam de 1071 ,
quando o bispo Isarn de
Lavaur decidiu
reconstruir o edifício,
então em ruínas.
A sua arquitetura é particular porque é composta por
elementos arquitetónicos de várias épocas. A catedral fica ao
lado do antigo palácio episcopal, agora ocupado pela Câmara.
40
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
41
Cadeira de Património Mundial e Turismo
Cultural
Occitânia - Toulouse
• A catedral foi
construída sobre as
fundações de uma
capela construída por
São Saturnino, no
século III , e
reconstruída por São
Exupère , cento e
cinquenta anos depois.
42
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• história desta igreja é
tão intercalada com
modificações,
renovações e
reconstruções que
poderia ser apelidada
de “catedral
inacabada”.
As pontes de Toulouse
43
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
Pont Neuf Pont Saint Pierre Pont des Catalans
44
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
• Cité de l'Espace
• A Cité de l'Espace é um
centro de cultura
científica orientado
para o espaço e a
conquista do espaço ,
dedicado tanto à
astronomia como à
astronáutica.
45
Occitânia - Toulouse
• Localizada em Toulouse, a Cité de l'espace foi
inaugurada em Junho de 1997.
Foi realizado por iniciativa da cidade de Toulouse com a participação de
muitos parceiros, como o Conselho Regional de Midi-Pyrénées , os
Ministérios do Equipamento , Transporte , Defesa , Educação Nacional ,
Pesquisa e Tecnologia, Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES),
Météo-France. Quase 5 milhões de visitantes o visitaram em 20 anos
de existência.
46
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Occitânia - Toulouse
Bibliografia
• https://www.igeoe.pt/index.php?id=5
47
Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural
Património Mundial Natural de África

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Património Cultural da Occitânia-Toulouse - Artur Filipe dos Santos .pdf

Património cultural O CAMINHO DE SANTIAGO PATRIMÓNIO CULTURAL DA FÉ aula 2...
Património cultural   O CAMINHO DE SANTIAGO PATRIMÓNIO CULTURAL DA FÉ aula 2...Património cultural   O CAMINHO DE SANTIAGO PATRIMÓNIO CULTURAL DA FÉ aula 2...
Património cultural O CAMINHO DE SANTIAGO PATRIMÓNIO CULTURAL DA FÉ aula 2...
Universidade Sénior Contemporânea do Porto
 
Turismo do-futuro-sec-xxi
Turismo do-futuro-sec-xxiTurismo do-futuro-sec-xxi
Turismo do-futuro-sec-xxi
Direito, Turismo, Mkt, Mídias Digitais
 
Património cultural o caminho de santiago aula 3 - artur filipe dos santos ...
Património cultural   o caminho de santiago aula 3 - artur filipe dos santos ...Património cultural   o caminho de santiago aula 3 - artur filipe dos santos ...
Património cultural o caminho de santiago aula 3 - artur filipe dos santos ...
Artur Filipe dos Santos
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
Leonel Silva
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
Leonelblog
 
Unidade 1 o expansionismo europeu
Unidade 1 o expansionismo europeuUnidade 1 o expansionismo europeu
Unidade 1 o expansionismo europeu
Vítor Santos
 
Património Cultural - O caminho de Santiago - aula 4 - O caminho Português - ...
Património Cultural - O caminho de Santiago - aula 4 - O caminho Português - ...Património Cultural - O caminho de Santiago - aula 4 - O caminho Português - ...
Património Cultural - O caminho de Santiago - aula 4 - O caminho Português - ...
Universidade Sénior Contemporânea do Porto
 
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - guimarães - aula1 - Artur Fi...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - guimarães - aula1 - Artur Fi...Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - guimarães - aula1 - Artur Fi...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - guimarães - aula1 - Artur Fi...
Artur Filipe dos Santos
 
Guimarães terra de condes e reis O Património Cultural da cidade do “Fundad...
Guimarães  terra de condes e reis  O Património Cultural da cidade do “Fundad...Guimarães  terra de condes e reis  O Património Cultural da cidade do “Fundad...
Guimarães terra de condes e reis O Património Cultural da cidade do “Fundad...
Artur Filipe dos Santos
 
Património cultural o caminho de santiago aula 4 - o caminho português - ar...
Património cultural   o caminho de santiago aula 4 - o caminho português - ar...Património cultural   o caminho de santiago aula 4 - o caminho português - ar...
Património cultural o caminho de santiago aula 4 - o caminho português - ar...
Artur Filipe dos Santos
 
Património à volta da Sé do Porto- Estátua de Vímara Peres - Artur Filipe dos...
Património à volta da Sé do Porto- Estátua de Vímara Peres - Artur Filipe dos...Património à volta da Sé do Porto- Estátua de Vímara Peres - Artur Filipe dos...
Património à volta da Sé do Porto- Estátua de Vímara Peres - Artur Filipe dos...
Artur Filipe dos Santos
 
França
FrançaFrança
Património cultural - O CAMINHO DE SANTIAGO PATRIMÓNIO CULTURAL DA FÉ - aul...
Património cultural - O CAMINHO DE SANTIAGO PATRIMÓNIO CULTURAL DA FÉ -  aul...Património cultural - O CAMINHO DE SANTIAGO PATRIMÓNIO CULTURAL DA FÉ -  aul...
Património cultural - O CAMINHO DE SANTIAGO PATRIMÓNIO CULTURAL DA FÉ - aul...
Universidade Sénior Contemporânea do Porto
 
Património cultural o caminho de santiago aula 2 - artur filipe dos santos ...
Património cultural   o caminho de santiago aula 2 - artur filipe dos santos ...Património cultural   o caminho de santiago aula 2 - artur filipe dos santos ...
Património cultural o caminho de santiago aula 2 - artur filipe dos santos ...
Artur Filipe dos Santos
 
Património cultural o Caminho de Santiago - aula 5 - Catedral de Santiago...
Património cultural   o Caminho de Santiago -  aula 5 -  Catedral de Santiago...Património cultural   o Caminho de Santiago -  aula 5 -  Catedral de Santiago...
Património cultural o Caminho de Santiago - aula 5 - Catedral de Santiago...
Universidade Sénior Contemporânea do Porto
 
História do Porto - O Caminho Português de Santiago - do Porto a Compostela -...
História do Porto - O Caminho Português de Santiago - do Porto a Compostela -...História do Porto - O Caminho Português de Santiago - do Porto a Compostela -...
História do Porto - O Caminho Português de Santiago - do Porto a Compostela -...
Universidade Sénior Contemporânea do Porto
 
Idade moderna i
Idade moderna iIdade moderna i
Idade moderna i
Julia Selistre
 
À descoberta do património dos Alpes Orientais1
À descoberta do património dos Alpes Orientais1À descoberta do património dos Alpes Orientais1
À descoberta do património dos Alpes Orientais1
Artur Filipe dos Santos
 
Património Mundial e Turismo Cultural -Património Mundial Português e espalha...
Património Mundial e Turismo Cultural -Património Mundial Português e espalha...Património Mundial e Turismo Cultural -Património Mundial Português e espalha...
Património Mundial e Turismo Cultural -Património Mundial Português e espalha...
Artur Filipe dos Santos
 
Património Mundial e Turismo Cultural - Córdova a cidade das três culturas - ...
Património Mundial e Turismo Cultural - Córdova a cidade das três culturas - ...Património Mundial e Turismo Cultural - Córdova a cidade das três culturas - ...
Património Mundial e Turismo Cultural - Córdova a cidade das três culturas - ...
Artur Filipe dos Santos
 

Semelhante a Património Cultural da Occitânia-Toulouse - Artur Filipe dos Santos .pdf (20)

Património cultural O CAMINHO DE SANTIAGO PATRIMÓNIO CULTURAL DA FÉ aula 2...
Património cultural   O CAMINHO DE SANTIAGO PATRIMÓNIO CULTURAL DA FÉ aula 2...Património cultural   O CAMINHO DE SANTIAGO PATRIMÓNIO CULTURAL DA FÉ aula 2...
Património cultural O CAMINHO DE SANTIAGO PATRIMÓNIO CULTURAL DA FÉ aula 2...
 
Turismo do-futuro-sec-xxi
Turismo do-futuro-sec-xxiTurismo do-futuro-sec-xxi
Turismo do-futuro-sec-xxi
 
Património cultural o caminho de santiago aula 3 - artur filipe dos santos ...
Património cultural   o caminho de santiago aula 3 - artur filipe dos santos ...Património cultural   o caminho de santiago aula 3 - artur filipe dos santos ...
Património cultural o caminho de santiago aula 3 - artur filipe dos santos ...
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Unidade 1 o expansionismo europeu
Unidade 1 o expansionismo europeuUnidade 1 o expansionismo europeu
Unidade 1 o expansionismo europeu
 
Património Cultural - O caminho de Santiago - aula 4 - O caminho Português - ...
Património Cultural - O caminho de Santiago - aula 4 - O caminho Português - ...Património Cultural - O caminho de Santiago - aula 4 - O caminho Português - ...
Património Cultural - O caminho de Santiago - aula 4 - O caminho Português - ...
 
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - guimarães - aula1 - Artur Fi...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - guimarães - aula1 - Artur Fi...Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - guimarães - aula1 - Artur Fi...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - guimarães - aula1 - Artur Fi...
 
Guimarães terra de condes e reis O Património Cultural da cidade do “Fundad...
Guimarães  terra de condes e reis  O Património Cultural da cidade do “Fundad...Guimarães  terra de condes e reis  O Património Cultural da cidade do “Fundad...
Guimarães terra de condes e reis O Património Cultural da cidade do “Fundad...
 
Património cultural o caminho de santiago aula 4 - o caminho português - ar...
Património cultural   o caminho de santiago aula 4 - o caminho português - ar...Património cultural   o caminho de santiago aula 4 - o caminho português - ar...
Património cultural o caminho de santiago aula 4 - o caminho português - ar...
 
Património à volta da Sé do Porto- Estátua de Vímara Peres - Artur Filipe dos...
Património à volta da Sé do Porto- Estátua de Vímara Peres - Artur Filipe dos...Património à volta da Sé do Porto- Estátua de Vímara Peres - Artur Filipe dos...
Património à volta da Sé do Porto- Estátua de Vímara Peres - Artur Filipe dos...
 
França
FrançaFrança
França
 
Património cultural - O CAMINHO DE SANTIAGO PATRIMÓNIO CULTURAL DA FÉ - aul...
Património cultural - O CAMINHO DE SANTIAGO PATRIMÓNIO CULTURAL DA FÉ -  aul...Património cultural - O CAMINHO DE SANTIAGO PATRIMÓNIO CULTURAL DA FÉ -  aul...
Património cultural - O CAMINHO DE SANTIAGO PATRIMÓNIO CULTURAL DA FÉ - aul...
 
Património cultural o caminho de santiago aula 2 - artur filipe dos santos ...
Património cultural   o caminho de santiago aula 2 - artur filipe dos santos ...Património cultural   o caminho de santiago aula 2 - artur filipe dos santos ...
Património cultural o caminho de santiago aula 2 - artur filipe dos santos ...
 
Património cultural o Caminho de Santiago - aula 5 - Catedral de Santiago...
Património cultural   o Caminho de Santiago -  aula 5 -  Catedral de Santiago...Património cultural   o Caminho de Santiago -  aula 5 -  Catedral de Santiago...
Património cultural o Caminho de Santiago - aula 5 - Catedral de Santiago...
 
História do Porto - O Caminho Português de Santiago - do Porto a Compostela -...
História do Porto - O Caminho Português de Santiago - do Porto a Compostela -...História do Porto - O Caminho Português de Santiago - do Porto a Compostela -...
História do Porto - O Caminho Português de Santiago - do Porto a Compostela -...
 
Idade moderna i
Idade moderna iIdade moderna i
Idade moderna i
 
À descoberta do património dos Alpes Orientais1
À descoberta do património dos Alpes Orientais1À descoberta do património dos Alpes Orientais1
À descoberta do património dos Alpes Orientais1
 
Património Mundial e Turismo Cultural -Património Mundial Português e espalha...
Património Mundial e Turismo Cultural -Património Mundial Português e espalha...Património Mundial e Turismo Cultural -Património Mundial Português e espalha...
Património Mundial e Turismo Cultural -Património Mundial Português e espalha...
 
Património Mundial e Turismo Cultural - Córdova a cidade das três culturas - ...
Património Mundial e Turismo Cultural - Córdova a cidade das três culturas - ...Património Mundial e Turismo Cultural - Córdova a cidade das três culturas - ...
Património Mundial e Turismo Cultural - Córdova a cidade das três culturas - ...
 

Mais de Artur Filipe dos Santos

Ciências da Natureza e do Homem - Aula 6 - Como funciona o Sol - Como funci...
Ciências da Natureza e do Homem - Aula 6 - Como funciona o Sol  - Como funci...Ciências da Natureza e do Homem - Aula 6 - Como funciona o Sol  - Como funci...
Ciências da Natureza e do Homem - Aula 6 - Como funciona o Sol - Como funci...
Artur Filipe dos Santos
 
Ciências da Natureza e do Homem - Como surgiram os insetos
Ciências da Natureza e do Homem - Como surgiram os insetosCiências da Natureza e do Homem - Como surgiram os insetos
Ciências da Natureza e do Homem - Como surgiram os insetos
Artur Filipe dos Santos
 
Ciências da natureza e do Homem - os limites do Sistema Solar - Aula 5 - os ...
Ciências da natureza e do Homem - os limites do Sistema Solar - Aula 5 - os ...Ciências da natureza e do Homem - os limites do Sistema Solar - Aula 5 - os ...
Ciências da natureza e do Homem - os limites do Sistema Solar - Aula 5 - os ...
Artur Filipe dos Santos
 
ciências da natureza e do homem - As placas Tectónicas, os vulcões e os terr...
ciências da natureza e do homem - As placas Tectónicas, os vulcões e os terr...ciências da natureza e do homem - As placas Tectónicas, os vulcões e os terr...
ciências da natureza e do homem - As placas Tectónicas, os vulcões e os terr...
Artur Filipe dos Santos
 
Ciências da Natureza e do Homem - o fim dos dinossauros - o fim dos dinossa...
Ciências da Natureza e do Homem - o fim dos dinossauros -  o fim dos dinossa...Ciências da Natureza e do Homem - o fim dos dinossauros -  o fim dos dinossa...
Ciências da Natureza e do Homem - o fim dos dinossauros - o fim dos dinossa...
Artur Filipe dos Santos
 
Ciências da Natureza e do Homem- o mundo dos dinossauros - aula 2 -
Ciências da Natureza e do Homem- o mundo dos dinossauros - aula 2 -Ciências da Natureza e do Homem- o mundo dos dinossauros - aula 2 -
Ciências da Natureza e do Homem- o mundo dos dinossauros - aula 2 -
Artur Filipe dos Santos
 
Ciências da Natureza e do Homem - Aula 4 - O Sistema Solar - Artur Filipe do...
Ciências da Natureza e do Homem - Aula 4 - O Sistema Solar - Artur Filipe do...Ciências da Natureza e do Homem - Aula 4 - O Sistema Solar - Artur Filipe do...
Ciências da Natureza e do Homem - Aula 4 - O Sistema Solar - Artur Filipe do...
Artur Filipe dos Santos
 
ciências da natureza e do homem - Aula 6 - Formação do Planeta Terra - Fo...
ciências da natureza e do homem - Aula 6 - Formação do Planeta Terra  - Fo...ciências da natureza e do homem - Aula 6 - Formação do Planeta Terra  - Fo...
ciências da natureza e do homem - Aula 6 - Formação do Planeta Terra - Fo...
Artur Filipe dos Santos
 
Ciências da Natureza e do Homem - Os descendentes dos dinossauros
Ciências da Natureza e do Homem - Os descendentes dos dinossaurosCiências da Natureza e do Homem - Os descendentes dos dinossauros
Ciências da Natureza e do Homem - Os descendentes dos dinossauros
Artur Filipe dos Santos
 
Artur Filipe dos Santos - A Capela dos Reis Magos ou dos Gaiteiros
Artur Filipe dos Santos - A Capela dos Reis Magos ou dos GaiteirosArtur Filipe dos Santos - A Capela dos Reis Magos ou dos Gaiteiros
Artur Filipe dos Santos - A Capela dos Reis Magos ou dos Gaiteiros
Artur Filipe dos Santos
 
Artur Filipe dos Santos - história dos Transportes do Porto.pdf
Artur Filipe dos Santos - história dos Transportes do Porto.pdfArtur Filipe dos Santos - história dos Transportes do Porto.pdf
Artur Filipe dos Santos - história dos Transportes do Porto.pdf
Artur Filipe dos Santos
 
Património Cultural Português -O Património Cultural das Romarias Portugu...
 Património Cultural Português -O Património Cultural das Romarias Portugu... Património Cultural Português -O Património Cultural das Romarias Portugu...
Património Cultural Português -O Património Cultural das Romarias Portugu...
Artur Filipe dos Santos
 
Património Cultural Português -Origem das Festas de Santo António de Lisbo...
Património Cultural Português -Origem das Festas de Santo António de Lisbo...Património Cultural Português -Origem das Festas de Santo António de Lisbo...
Património Cultural Português -Origem das Festas de Santo António de Lisbo...
Artur Filipe dos Santos
 
Património Cultural Português -Festa das Cruzes- Artur Filipe dos Santos.pdf
Património Cultural Português -Festa das Cruzes-  Artur Filipe dos Santos.pdfPatrimónio Cultural Português -Festa das Cruzes-  Artur Filipe dos Santos.pdf
Património Cultural Português -Festa das Cruzes- Artur Filipe dos Santos.pdf
Artur Filipe dos Santos
 
Os mais incriveis castelos do mundo-Artur Filipe dos Santos.pdf
Os mais incriveis castelos do mundo-Artur Filipe dos Santos.pdfOs mais incriveis castelos do mundo-Artur Filipe dos Santos.pdf
Os mais incriveis castelos do mundo-Artur Filipe dos Santos.pdf
Artur Filipe dos Santos
 
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - Arte Chapeleira.pdf
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - Arte Chapeleira.pdfArtur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - Arte Chapeleira.pdf
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - Arte Chapeleira.pdf
Artur Filipe dos Santos
 
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - a paisagem natural e cultural...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - a paisagem natural e cultural...Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - a paisagem natural e cultural...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - a paisagem natural e cultural...
Artur Filipe dos Santos
 
Artur Filipe dos Santos - Património cultural - a paisagem natural e cultural...
Artur Filipe dos Santos - Património cultural - a paisagem natural e cultural...Artur Filipe dos Santos - Património cultural - a paisagem natural e cultural...
Artur Filipe dos Santos - Património cultural - a paisagem natural e cultural...
Artur Filipe dos Santos
 
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - o Património de Vila do Cond...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - o Património de Vila do Cond...Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - o Património de Vila do Cond...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - o Património de Vila do Cond...
Artur Filipe dos Santos
 
Artur Filipe dos Santos - Património Cultural - Danças Guerreiras Portuguesa...
Artur Filipe dos Santos - Património Cultural - Danças Guerreiras Portuguesa...Artur Filipe dos Santos - Património Cultural - Danças Guerreiras Portuguesa...
Artur Filipe dos Santos - Património Cultural - Danças Guerreiras Portuguesa...
Artur Filipe dos Santos
 

Mais de Artur Filipe dos Santos (20)

Ciências da Natureza e do Homem - Aula 6 - Como funciona o Sol - Como funci...
Ciências da Natureza e do Homem - Aula 6 - Como funciona o Sol  - Como funci...Ciências da Natureza e do Homem - Aula 6 - Como funciona o Sol  - Como funci...
Ciências da Natureza e do Homem - Aula 6 - Como funciona o Sol - Como funci...
 
Ciências da Natureza e do Homem - Como surgiram os insetos
Ciências da Natureza e do Homem - Como surgiram os insetosCiências da Natureza e do Homem - Como surgiram os insetos
Ciências da Natureza e do Homem - Como surgiram os insetos
 
Ciências da natureza e do Homem - os limites do Sistema Solar - Aula 5 - os ...
Ciências da natureza e do Homem - os limites do Sistema Solar - Aula 5 - os ...Ciências da natureza e do Homem - os limites do Sistema Solar - Aula 5 - os ...
Ciências da natureza e do Homem - os limites do Sistema Solar - Aula 5 - os ...
 
ciências da natureza e do homem - As placas Tectónicas, os vulcões e os terr...
ciências da natureza e do homem - As placas Tectónicas, os vulcões e os terr...ciências da natureza e do homem - As placas Tectónicas, os vulcões e os terr...
ciências da natureza e do homem - As placas Tectónicas, os vulcões e os terr...
 
Ciências da Natureza e do Homem - o fim dos dinossauros - o fim dos dinossa...
Ciências da Natureza e do Homem - o fim dos dinossauros -  o fim dos dinossa...Ciências da Natureza e do Homem - o fim dos dinossauros -  o fim dos dinossa...
Ciências da Natureza e do Homem - o fim dos dinossauros - o fim dos dinossa...
 
Ciências da Natureza e do Homem- o mundo dos dinossauros - aula 2 -
Ciências da Natureza e do Homem- o mundo dos dinossauros - aula 2 -Ciências da Natureza e do Homem- o mundo dos dinossauros - aula 2 -
Ciências da Natureza e do Homem- o mundo dos dinossauros - aula 2 -
 
Ciências da Natureza e do Homem - Aula 4 - O Sistema Solar - Artur Filipe do...
Ciências da Natureza e do Homem - Aula 4 - O Sistema Solar - Artur Filipe do...Ciências da Natureza e do Homem - Aula 4 - O Sistema Solar - Artur Filipe do...
Ciências da Natureza e do Homem - Aula 4 - O Sistema Solar - Artur Filipe do...
 
ciências da natureza e do homem - Aula 6 - Formação do Planeta Terra - Fo...
ciências da natureza e do homem - Aula 6 - Formação do Planeta Terra  - Fo...ciências da natureza e do homem - Aula 6 - Formação do Planeta Terra  - Fo...
ciências da natureza e do homem - Aula 6 - Formação do Planeta Terra - Fo...
 
Ciências da Natureza e do Homem - Os descendentes dos dinossauros
Ciências da Natureza e do Homem - Os descendentes dos dinossaurosCiências da Natureza e do Homem - Os descendentes dos dinossauros
Ciências da Natureza e do Homem - Os descendentes dos dinossauros
 
Artur Filipe dos Santos - A Capela dos Reis Magos ou dos Gaiteiros
Artur Filipe dos Santos - A Capela dos Reis Magos ou dos GaiteirosArtur Filipe dos Santos - A Capela dos Reis Magos ou dos Gaiteiros
Artur Filipe dos Santos - A Capela dos Reis Magos ou dos Gaiteiros
 
Artur Filipe dos Santos - história dos Transportes do Porto.pdf
Artur Filipe dos Santos - história dos Transportes do Porto.pdfArtur Filipe dos Santos - história dos Transportes do Porto.pdf
Artur Filipe dos Santos - história dos Transportes do Porto.pdf
 
Património Cultural Português -O Património Cultural das Romarias Portugu...
 Património Cultural Português -O Património Cultural das Romarias Portugu... Património Cultural Português -O Património Cultural das Romarias Portugu...
Património Cultural Português -O Património Cultural das Romarias Portugu...
 
Património Cultural Português -Origem das Festas de Santo António de Lisbo...
Património Cultural Português -Origem das Festas de Santo António de Lisbo...Património Cultural Português -Origem das Festas de Santo António de Lisbo...
Património Cultural Português -Origem das Festas de Santo António de Lisbo...
 
Património Cultural Português -Festa das Cruzes- Artur Filipe dos Santos.pdf
Património Cultural Português -Festa das Cruzes-  Artur Filipe dos Santos.pdfPatrimónio Cultural Português -Festa das Cruzes-  Artur Filipe dos Santos.pdf
Património Cultural Português -Festa das Cruzes- Artur Filipe dos Santos.pdf
 
Os mais incriveis castelos do mundo-Artur Filipe dos Santos.pdf
Os mais incriveis castelos do mundo-Artur Filipe dos Santos.pdfOs mais incriveis castelos do mundo-Artur Filipe dos Santos.pdf
Os mais incriveis castelos do mundo-Artur Filipe dos Santos.pdf
 
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - Arte Chapeleira.pdf
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - Arte Chapeleira.pdfArtur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - Arte Chapeleira.pdf
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - Arte Chapeleira.pdf
 
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - a paisagem natural e cultural...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - a paisagem natural e cultural...Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - a paisagem natural e cultural...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - a paisagem natural e cultural...
 
Artur Filipe dos Santos - Património cultural - a paisagem natural e cultural...
Artur Filipe dos Santos - Património cultural - a paisagem natural e cultural...Artur Filipe dos Santos - Património cultural - a paisagem natural e cultural...
Artur Filipe dos Santos - Património cultural - a paisagem natural e cultural...
 
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - o Património de Vila do Cond...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - o Património de Vila do Cond...Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - o Património de Vila do Cond...
Artur Filipe dos Santos - patrimonio cultural - o Património de Vila do Cond...
 
Artur Filipe dos Santos - Património Cultural - Danças Guerreiras Portuguesa...
Artur Filipe dos Santos - Património Cultural - Danças Guerreiras Portuguesa...Artur Filipe dos Santos - Património Cultural - Danças Guerreiras Portuguesa...
Artur Filipe dos Santos - Património Cultural - Danças Guerreiras Portuguesa...
 

Último

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Falcão Brasil
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
helenawaya9
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
Estuda.com
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 

Último (20)

Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 

Património Cultural da Occitânia-Toulouse - Artur Filipe dos Santos .pdf

  • 1. 1 O Património Cultural da Occitânia Cidade de Toulouse Cadeira de PATRIMÓNIO MUNDIAL E TURISMO CULTURAL Artur Filipe dos Santos
  • 2. • Artur Filipe dos Santos • Doutorado em Comunicação, Publicidade, Relações Públicas e Protocolo pela Faculdade de Ciências Sociais e da Comunicação da Universidade de Vigo, é atualmente coordenador da licenciatura de Comunicação e Tecnologia Digital e professor adjunto no ISLA Instituto Politécnico de Gestão e Tecnologia, docente na Universidade Lusófona do Porto, Atua como docente e investigador nas área(s de Ciências Sociais com ênfase em Ciências da Comunicação, Comunicação e Divulgação do Património. Perito em Protocolo (de Estado, Universitário, Multicultural e Empresarial) é membro da Associação Portuguesa de Estudos de Protocolo (APOREP), membro da Sociedad de Estudios Institucionales, UNED, Espanha, investigador e membro da Direção do Observatório Iberoamericano de Investigação e Desenvolvimento em Comunicação (OIDECOM-Iberoamérica), Espanha, membro do Centro de Investigação em Comunicação (ICOM-X1) da Universidade de Vigo, Espanha, membro da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (SOPCOM). É ainda divulgador dos Caminhos Portugueses a Santiago de Compostela. É membro do ICOMOS (INTERNATIONAL COUNCIL OF MONUMENTS AND SITES), organismo pertencente à UNESCO, responsável pela avaliação das candidaturas dos bens culturais universais a Património Mundial Como jornalista fez parte da TV Galiza, jornal A Bola, Rádio Sim (grupo Renascença), O Primeiro de Janeiro, Matosinhos Hoje, Jornal da Maia. 2 Artur Filipe dos Santos – artursantos.com.pt@gmail.com •https://omeucaminhodesantiago.wordpress.com/ (Blogue) •https://politicsandflags.wordpress.com/about/ (Blogue) •https://arturfilipesantos.wixsite.com/arturfilipesantos (Académico) •https://comunicacionpatrimoniomundial.blogia.com/ (Académico) •Email: artursantos.com.pt@gmail.com
  • 3. 3 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • É uma das paisagens culturais mais extraordinárias da Europa. A história e a riqueza cultural da Occitânia é um misto de línguas, tradições e lendas milenares. Carcassone, um dos lugares mais emblemáticos da Occitânia
  • 4. 4 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • Os principais elementos que a caracterizam são a sua cultura e a sua língua, a langue d'oc que lhe deu o nome. O espaço occitano é identificado a partir do Império Romano sob o nome de vienense ou de Sept-Provinces ( latim : Septem Provinciæ), e no início da Idade Média sob o nome de Aquitaine (Aquitanica , reino visigodo de Toulouse, antes da conquista franca).
  • 5. Encontra uma certa unidade no período carolíngio sob o nome de reino de Aquitânia (também chamado reino de Toulouse). 5 Occitânia - Toulouse
  • 6. 6 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • As delimitações territoriais correspondem aproximadamente ao espaço linguístico do antigo occitano ou romano vienense.
  • 7. 7 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • O nome Occitânia surgiu na Idade Média a partir de um conceito geográfico, linguístico e cultural, para designar a parte do domínio real francês que falava a langue d’oc.
  • 8. Provavelmente o primeiro homem que chegou à Aquitânia foi o homem de Cro-Magnon mais ou menos há 40 mil anos. No paleolítico superior, os Aquitanos deixaram vários vestígios entre eles pinturas nas cavernas Lascaux e um busto chamado Vênus de Brassempouy ou Dama de Brassempouy. Do período neolítico são achados vestígios humanos pela presença de dólmens (espécies de túmulos) e pelos menires (monumentos em pedra). 8 Occitânia - Toulouse
  • 9. 9 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • Durante a conquista romana da Gália por Júlio César, a população que lá residia era chamada de ibérica pelo imperador romano. Na verdade eram os vascões, prováveis antepassados dos bascos. Não se sabe ao certo em que época eles começaram a habitar a região. A Aquitânia foi conquistada pelos romanos em 56 a.C. por Marco Licínio Crasso a mando de Júlio César.
  • 10. 10 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • Sob o Império Romano faziam parte da Aquitânia o sudoeste da Gália dos Pirenéus ao vale do rio Loire incluindo Auvérnia. Saintes e Bordéus foram capitais da Gália Aquitânia.
  • 11. Os visigodos chegaram a região em 412-413 vindos de Provença e da Itália pouco antes do início da Idade Média. A região foi posteriormente conquistada pelos Francos e finalmente estruturada como um ducado independente, Ducado da Aquitânia. 11 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse
  • 12. 12 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • Em 781, Carlos Magno (rei franco) nomeia seu filho, Luís I o Piedoso (aos três anos de idade) Rei da Aquitânia. Com a morte de Carlos Magno, Luís passa seu trono a seu filho, Pepino (O Breve).
  • 13. 13 Occitânia - Toulouse • No século XII, a Duquesa Leonor da Aquitânia casou-se com o rei Luís VII de França com quem teve duas filhas. O casamento foi anulado com a alegação de laços de consanguinidade, causa frequente quando a nobreza queria desfazer um casamento, porque Leonor queria se casar novamente mas com o rival de Luís VII, o rei inglês Henrique II.
  • 14. Com a morte de Henrique II, seu filho Ricardo Coração de Leão assumiu o trono e o título de Duque de Aquitânia sempre ameaçado pelo seu irmão, João I de Inglaterra -o João Sem Terra- que não poupou esforços na tentativa de usurpar o trono enquanto o irmão lutava contra Saladino na Terceira Cruzada. 14 Occitânia - Toulouse
  • 15. 15 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • Aquitanos famosos • Maurice Ravel (1875-1937), compositor e pianista • Michel de Montaigne (1533-1592), pensador e político • Montesquieu (1689-1755), pensador e filósofo • Papa Clemente V (1264-1314), Papa • Henrique IV (1553-1610), Rei de França • Leonor da Aquitânia (cerca 1122 - 1 de Abril 1204) foi Duquesa da Aquitânia e da Gasconha, Condessa de Poitiers e Rainha consorte de França e Inglaterra. • São Vicente de Paulo – 1581 - 1660
  • 16. 16 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • A Occitânia abrange quatro estados: • Na França: Occitânia corresponde aproximadamente à vaga noção de " Midi ", como os parisienses e os franceses do norte costumam chamar essa região, ou seja, a maior parte do Maciço Central e quase todas as regiões do sul, exceto a Córsega , a maior parte dos Pirineus Orientais (onde fala-se o catalão ) e o País Basco . • Na Itália: os Vales Occitanos , nos Alpes (ligados às regiões do Piemonte e da Ligúria). • Na Espanha: o Val d'Aran . • Em Mónaco: o que é um caso especial, pois a Ligúria também está amplamente presente lá. Topografia da Occitânia.
  • 17. A Occitânia forma um grande istmo entre a Península Ibérica e o resto da Europa, estendendo-se entre dois mares: o Mar Mediterrâneo e o Oceano Atlântico e três cadeias montanhosas: os Alpes , o Maciço Central e os Pirinéus . 17 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse
  • 18. 18 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse
  • 19. 19 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse Grandes cidades
  • 20. 20 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse
  • 21. 21 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • Toulouse é a capital da Occitânia
  • 22. 22 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • Toulouse é uma comuna francesa , capital no século V do reino visigodo , uma das capitais (do século VII ao IX ) do reino da Aquitânia , capital do condado de Toulouse fundado em 852 por Raimundo I e capital histórica do Languedoc. • É hoje a capital da região da Occitânia , do departamento de Haute-Garonne , e sede do Metrópole de Toulouse. Foi também a capital da antiga região Midi-Pyrénées até ao seu desaparecimento em1º de janeiro de 2016, é Banha pelo rio Garonne.
  • 23. Com 493.465 habitantes em1º de janeiro de 20194 , Toulouse é o quarto município mais populoso da França depois de Paris, Marselha e Lyon , tendo ganho 145.000 habitantes em menos de 40 anos (1982-2019). 23 Occitânia - Toulouse
  • 24. 24 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • O seus habitantes são os Toulousains e Toulousaines. A área urbana de Toulouse tinha 1.360.829 habitantes em 2017 5 , o que também a torna a quarta maior do país . Com 1.019.460 habitantes em 2018, a aglomeração é a quinta, atrás da de Lille e à frente das de Bordeaux e Nice . Capitólio de Toulouse
  • 25. 25 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • O Capitólio é um monumento na cidade francesa de Toulouse , que hoje abriga a prefeitura e o Théâtre du Capitole . A sua construção foi decidida pelos Capitólios em 1190, a fim de ali estabelecer a sede do poder municipal. É o emblema da cidade e sede do poder municipal há mais de oito séculos.
  • 26. O Hôpital de La Grave é um hospital situado no bairro Saint-Cyprien de Toulouse. O original "Hôpital de La Grave" foi mencionado pela primeira vez em uma carta de 1197 do Conde Raymond IV de Toulouse . Hoje, nada resta do hospital original. 26 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse
  • 27. 27 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • O hospital foi transformado em um local para confinar e cuidar dos pobres da cidade a partir de 26 de março de 1647. [4] O nome foi mudado para Toulouse l'Hôpital Général Saint-Joseph de La Grave.
  • 28. 28 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • CAPELA SÃO JOSÉ DE LA GRAVE • É o edifício mais fotografado de Toulouse. A sua cúpula funciona como um farol para os habitantes da cidade, chamando a atenção dia e noite, quando está vestida de luz.
  • 29. Marco do bairro de Saint-Cyprien, a capela de La Grave foi construída no século XVIII em uma margem de cascalho deixada pelo Garonne, que lhe deu o nome. 29 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse
  • 30. 30 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • Faz parte do hospital La Grave, erguido em 1197 para receber vítimas da peste. A sua consagração a São José, padroeiro dos carpinteiros, sublinha o papel que teve no século XVII durante o período da Grande Retenção dos Pobres. Em seguida, incluiu muitas oficinas destinadas a treinar os necessitados em ofícios para colocá-los com artesãos.
  • 31. 31 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • Basílica de São Sernin • A basílica de Saint- Sernin é o edifício religioso católico mais importante de Toulouse, capital da região da Occitânia , no sul da França .
  • 32. Esta igreja nasceu do culto ao primeiro padre de Toulouse (França), Saint Sernin, diminutivo de Saturnin (Saturnino). Este santo terá morrido no ano 250 d. C., vítima de um motim popular. Como a sua tumba atraía muitos peregrinos, foi feita uma primeira basílica, no século V, estando documentada a existência de uma comunidade monástica no local desde 844. 32 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse
  • 33. 33 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • É uma das maiores igrejas românicas preservadas da Europa , juntamente com a Catedral de Speyer, na Alemanha, e a Catedral de Santiago de Compostela , na Espanha. A Catedral de Speyer (em alemão: Dom van Speyer, em espanhol: Catedral de Spira, em português: Catedral de Espira e em francês: Cathédrale de Spire), está localizada na cidade de Speyer, no estado da Renânia-Palatinado, Alemanha. A basílica é consagrada à Virgem Maria, erguida na arquitetura românica, é o mais importante monumento da cidade e um dos maiores templos românicos do mundo. É património da Humanidade desde 1981.
  • 34. 34 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • A história da basílica está particularmente ligada às histórias que cercam o martírio de São Saturnino – Sarnin ou Sernin em occitano .
  • 35. Em meados do século III , estaria à frente da primeira comunidade cristã da antiga Tolosa . a29 de novembro de 250, teria sido repreendido pelos pagãos aos pés do Capitólio (sítio do atual lugar Étienne-Esquirol ): recusando-se a sacrificar a Júpiter , teria sido amarrado a um touro e arrastado ao longo do cardo maximus (via mais importante do eixo norte-sul de uma cidade romana), então o estrada que vai do portão norte até a localização atual da basílica. 35 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse
  • 36. 36 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • A "descoberta" do corpo do santo no século IV pelo bispo Hilaire, depois a construção de um santuário pelos bispos Silve e Exupère no início do século v. século fazem parte de uma primeira devoção ao mártir.
  • 37. 37 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • Durante a Idade Média, com o desenvolvimento do culto aos santos , o santuário tornou-se um dos mais importantes centros de peregrinação do ocidente medieval, ao mesmo tempo que a cidade se tornou uma importante escala de peregrinos a caminho de Saint-Jacques-de- Compostela
  • 38. 38 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse Catedral de Toulouse • A Catedral de Saint- Étienne (Santo Estevão) em Toulouse é uma catedral católica romana no centro histórico de Toulouse , no departamento de Haute-Garonne .
  • 39. 39 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • As origens da catedral não são conhecidas. Seus primeiros vestígios datam de 1071 , quando o bispo Isarn de Lavaur decidiu reconstruir o edifício, então em ruínas.
  • 40. A sua arquitetura é particular porque é composta por elementos arquitetónicos de várias épocas. A catedral fica ao lado do antigo palácio episcopal, agora ocupado pela Câmara. 40 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse
  • 41. 41 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • A catedral foi construída sobre as fundações de uma capela construída por São Saturnino, no século III , e reconstruída por São Exupère , cento e cinquenta anos depois.
  • 42. 42 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • história desta igreja é tão intercalada com modificações, renovações e reconstruções que poderia ser apelidada de “catedral inacabada”.
  • 43. As pontes de Toulouse 43 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse Pont Neuf Pont Saint Pierre Pont des Catalans
  • 44. 44 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse • Cité de l'Espace • A Cité de l'Espace é um centro de cultura científica orientado para o espaço e a conquista do espaço , dedicado tanto à astronomia como à astronáutica.
  • 45. 45 Occitânia - Toulouse • Localizada em Toulouse, a Cité de l'espace foi inaugurada em Junho de 1997.
  • 46. Foi realizado por iniciativa da cidade de Toulouse com a participação de muitos parceiros, como o Conselho Regional de Midi-Pyrénées , os Ministérios do Equipamento , Transporte , Defesa , Educação Nacional , Pesquisa e Tecnologia, Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES), Météo-France. Quase 5 milhões de visitantes o visitaram em 20 anos de existência. 46 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Occitânia - Toulouse
  • 47. Bibliografia • https://www.igeoe.pt/index.php?id=5 47 Cadeira de Património Mundial e Turismo Cultural Património Mundial Natural de África