SlideShare uma empresa Scribd logo
SENAI DENDEZEIROS Pré-Impressão Gráfica Turma XX.XXX   Materiais &  Processos Gráficos
História do papel “ Saiba o máximo que puder sobre papel. Só assim você poderá tomar decisões inteligentes. A melhor máquina e o melhor trabalho de impressão serão inúteis se a escolha do papel for errada”.  (James Craig) danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
História do papel 300ac / Egito  Papel a base de junco ( papyrus  em grego). Entrelaçado, enxaguado e batido até atingir a lisura e espessura desejada.  150dc / China Atribui-se a Tsai-Lun a invenção do papel como conhecemos hoje. Usava-se casca de arvore, trapos e outros materiais fibrosos; batidos até se transformarem em uma substância pastosa. Dessa substancia pastosa eram feitas as folhas.  danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
História do papel Séc. VIII / Árabes  Entram em contato com os chineses e aprendem sua técnica de fazer papel. Já conheciam a técnica egípcia.  Séc. XII / Europa  Os espanhóis aprendem com os árabes no séc. XII. Os demais países europeus só conhecem essa técnica mais tarde: séc. XIII Itália, séc. XIV França, séc. XV Inglaterra.  danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
Fabricação do papel Para se fabricar papel são necessários três ingredientes: água, energia e fibras de celulose.  Atualmente as árvores são a fonte mais comum de fibras para a fabricação de papel. Existem dois métodos para transformação de arvores em papel: processo mecânico  e processo químico.  danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
 
 
 
 
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
Características do papel Sentido da Fibra.  Direção na qual as fibras do papel se alinham.  É nessa direção que o papel dobra e rasga com maior facilidade.  Duas formas de determinar o sentido das fibras:  Rasgar o papel longitunalmente e depois transversalmente. O rasgo mais reto estará no sentido da fibra.  Ou (em papeis não revestidos) rasgar a ponta do papel e lambe-lo. O papel se curvará no sentido da fibra.  danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
Características do papel Sentido da Fibra.  danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
Características do papel Peso  Dado em gramatura, é o peso em quilograma da resma (500 folhas). Quanto maior o peso, maior a espessura e opacidade do papel.  Cor Os papeis não são naturalmente brancos. A brancura é alcançada com o uso de alvejantes. Existe uma variedade de brancos possíveis e após clareados  os papéis podem ser coloridos. Obs.: a cor do papel afeta tudo que é impresso sobre ele.  danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
Características do papel Acabamento  Modo como a superfície do papel foi tratada. Pode ser liso ou texturado. Com cobertura ou sem. Cobertura fosca ou brilhante.  Deve se escolher  o acabamento mais adequado ao uso pretendido do impresso.  danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
Características do papel Resistência mecânica  Resistência a tração e deformações durante a passagem do papel pela impressora.  Estabilidade (dimensional) À deformação pela absorção/perda de umidade.  Afeta regulagem do registro e o ganho de ponto. danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
Características do papel Ex.: catálogo de papéis  danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
Formatos Padrão DIN (1189 x 841cm) danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
Formatos Padrão BB(96 x 66 cm) danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
Tipos de papel Couchê gessado  – papel brilhante muito próprio para impressão de textos, apesar de ser muito lúcido e incomodar a visão.  Couchê mate  – ou couchê fosco, um pouco mais barato que o comum e com menos brilho, facilitando a leitura.  Couchê  monolúcido – possui acabamento gessado em apenas uma das faces, com a outra fosca. Utilizando em cartazes.  Offset  – junto com o couchê é o mais utilizado, texturas fosca, uso freqüente em livros.  Monolúcidos  – liso em apenas uma das faces, muito utilizados em cartazes e em folhetos de uma só face.  danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
Tipos de papel Jornal  – papel de baixa qualidade, deve ser usado em apenas rotativas de jornal.  Acetinado  – melhor impressão de tipos e ilustração.  Apergaminhado  – qualidade superior, imita o pergaminho.  Bouffant  – leve, fofo e áspero, utilizado para impressões de livros.  Bristol  – cartão de boa qualidade, utilizado para cartões de visita, convites, etc.  Bíblia  – ou também Papel-da-Índia, opaco, extremamente fino e resistente, utilizado em bíblias e obras muito grandes para diminuir o volume.  danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
Tipos de papel Super Bond  – semelhante ao apergaminhado, produzido em azul, verde, rosa, canário e outro. Usado para escrita, envelopes, segunda via de talão e encartes.  Vergé  – textura fosca com uma trama formada por pequenos sulcos, branco ou cores pastéis. Causa sobriedade e diferenciação ao projeto, mas é muito utilizado.  H.D. (Heavy Duty)  – possui certo grau de resistência à tração. Utilizado para embrulhos, confetes, serpentinas, etc.  Seda  – papel macio utilizado em guardanapos e revestimento de produtos durante o empacotamento.  danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
Tipos de papel “ Papel Moeda”  – É uma amálgama de papéis diferentes. Ou seja, são papéis diferentes que são combinadas para fazer um só (neste caso, para fazer o papel usado no dinheiro). E, antes que você pergunte, esse tipo de papel você não encontra em lugar nenhum para comprar. Os motivos são óbvios.  Imprensa  – é um papel jornal melhorado, apresenta alguns problemas na impressão em policromia, mais utilizado em folhetos de baixíssimo custo.  Kraft  – muito resistente, usado para embrulhos e sacos (exemplo: embalagem de Sucrilhos).  danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
Tipos de papel Papel-da-China  – fabricado com a casca do bambu, aspecto sujo, mas macio e brilhante, usado em tiragem de gravuras.  Papel japonês  – ou papel-de-arroz, branco ou pouco amarelado, sedoso, espesso, transparente, frágil, utilizado em gravuras.  Pergaminho  – faz lembrar o pergaminho, freqüentemente utilizado para capas de volumes.  danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
A escolha do papel correto danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
A escolha do papel correto danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
Referências Craig, James.  Produção Gráfica. São Paulo: Ed. Mosaico. 1980.   Houaiss, Antônio e Villar, Mauro.  Minidicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva. 2001.  Oliveira, Marina.  Produção Gráfica para Designers. Rio de Janeiro: 2AB. 2000.  danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
Contatos  Daniel Soto Araújo Designer e Professor  [email_address] daniel@institutomangarosa.com.br
Universidade Federal da Bahia Escola de Belas Artes Depto. de Expressão Gráfica e Tridimensional    Materiais &  Processos Gráficos I

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Produção Gráfica: Cores e Definições na Impressão
Produção Gráfica: Cores e Definições na ImpressãoProdução Gráfica: Cores e Definições na Impressão
Produção Gráfica: Cores e Definições na Impressão
Renato Melo
 
Materiais e Processos Gráficos - Controle de Qualidade
Materiais e Processos Gráficos - Controle de QualidadeMateriais e Processos Gráficos - Controle de Qualidade
Materiais e Processos Gráficos - Controle de Qualidade
Daniel Soto
 
Tipos de impressão
Tipos de impressãoTipos de impressão
Tipos de impressão
Bruno Henrique Ferreira
 
Ebook guia-completo-de-arte-final-para-designers
Ebook guia-completo-de-arte-final-para-designersEbook guia-completo-de-arte-final-para-designers
Ebook guia-completo-de-arte-final-para-designers
Karol Gandra
 
Composição e Diagramação
Composição e DiagramaçãoComposição e Diagramação
Composição e Diagramação
Ed Marcos
 
Calibração de impressoras digitais trabalho
Calibração de impressoras digitais   trabalhoCalibração de impressoras digitais   trabalho
Calibração de impressoras digitais trabalho
Paul John Vicente
 
Aula 1 aldeci
Aula 1 aldeciAula 1 aldeci
Aula 1 aldeci
Aldeci Ferreira Costa
 
Design e design gráfico
Design e design gráficoDesign e design gráfico
Design e design gráfico
Deisi Motter
 
Grid
GridGrid
Produção gráfica - Foco em fechamento de arquivo
Produção gráfica - Foco em  fechamento de arquivoProdução gráfica - Foco em  fechamento de arquivo
Produção gráfica - Foco em fechamento de arquivo
Eduardo Sully
 
Imagem Digital - VETOR E BITMAP
Imagem Digital - VETOR E BITMAPImagem Digital - VETOR E BITMAP
Imagem Digital - VETOR E BITMAP
Daniel Soto
 
Produção gráfica - Aula 03 Tipos De Impressao I
Produção gráfica - Aula 03 Tipos De Impressao IProdução gráfica - Aula 03 Tipos De Impressao I
Produção gráfica - Aula 03 Tipos De Impressao I
Daniel Castro
 
Aula 4 - Comunicação Gráfica e Design
Aula 4  - Comunicação Gráfica e DesignAula 4  - Comunicação Gráfica e Design
Aula 4 - Comunicação Gráfica e Design
Cíntia Dal Bello
 
Aula03 originais reticulas e cores
Aula03 originais reticulas e coresAula03 originais reticulas e cores
Aula03 originais reticulas e cores
Vanessa Mezzadri Brudzinski
 
Fundamentos design grafico | Insper
Fundamentos design grafico | InsperFundamentos design grafico | Insper
Fundamentos design grafico | Insper
Fabio Silveira: Designer | Professor
 
Design Editorial | Elementos Editoriais
Design Editorial | Elementos EditoriaisDesign Editorial | Elementos Editoriais
Design Editorial | Elementos Editoriais
Fabio Silveira: Designer | Professor
 
Tipografia
TipografiaTipografia
Tipografia
Lo-Ammi Santos
 
Aula 01 sistemas de composição e processos de impressão
Aula 01   sistemas de composição e processos de impressãoAula 01   sistemas de composição e processos de impressão
Aula 01 sistemas de composição e processos de impressão
Elizeu Nascimento Silva
 
Design Editorial | Estruturas
Design Editorial | EstruturasDesign Editorial | Estruturas
Design Editorial | Estruturas
Fabio Silveira: Designer | Professor
 
Introdução a Projeto Gráfico.
Introdução a Projeto Gráfico.Introdução a Projeto Gráfico.
Introdução a Projeto Gráfico.
Wunderman
 

Mais procurados (20)

Produção Gráfica: Cores e Definições na Impressão
Produção Gráfica: Cores e Definições na ImpressãoProdução Gráfica: Cores e Definições na Impressão
Produção Gráfica: Cores e Definições na Impressão
 
Materiais e Processos Gráficos - Controle de Qualidade
Materiais e Processos Gráficos - Controle de QualidadeMateriais e Processos Gráficos - Controle de Qualidade
Materiais e Processos Gráficos - Controle de Qualidade
 
Tipos de impressão
Tipos de impressãoTipos de impressão
Tipos de impressão
 
Ebook guia-completo-de-arte-final-para-designers
Ebook guia-completo-de-arte-final-para-designersEbook guia-completo-de-arte-final-para-designers
Ebook guia-completo-de-arte-final-para-designers
 
Composição e Diagramação
Composição e DiagramaçãoComposição e Diagramação
Composição e Diagramação
 
Calibração de impressoras digitais trabalho
Calibração de impressoras digitais   trabalhoCalibração de impressoras digitais   trabalho
Calibração de impressoras digitais trabalho
 
Aula 1 aldeci
Aula 1 aldeciAula 1 aldeci
Aula 1 aldeci
 
Design e design gráfico
Design e design gráficoDesign e design gráfico
Design e design gráfico
 
Grid
GridGrid
Grid
 
Produção gráfica - Foco em fechamento de arquivo
Produção gráfica - Foco em  fechamento de arquivoProdução gráfica - Foco em  fechamento de arquivo
Produção gráfica - Foco em fechamento de arquivo
 
Imagem Digital - VETOR E BITMAP
Imagem Digital - VETOR E BITMAPImagem Digital - VETOR E BITMAP
Imagem Digital - VETOR E BITMAP
 
Produção gráfica - Aula 03 Tipos De Impressao I
Produção gráfica - Aula 03 Tipos De Impressao IProdução gráfica - Aula 03 Tipos De Impressao I
Produção gráfica - Aula 03 Tipos De Impressao I
 
Aula 4 - Comunicação Gráfica e Design
Aula 4  - Comunicação Gráfica e DesignAula 4  - Comunicação Gráfica e Design
Aula 4 - Comunicação Gráfica e Design
 
Aula03 originais reticulas e cores
Aula03 originais reticulas e coresAula03 originais reticulas e cores
Aula03 originais reticulas e cores
 
Fundamentos design grafico | Insper
Fundamentos design grafico | InsperFundamentos design grafico | Insper
Fundamentos design grafico | Insper
 
Design Editorial | Elementos Editoriais
Design Editorial | Elementos EditoriaisDesign Editorial | Elementos Editoriais
Design Editorial | Elementos Editoriais
 
Tipografia
TipografiaTipografia
Tipografia
 
Aula 01 sistemas de composição e processos de impressão
Aula 01   sistemas de composição e processos de impressãoAula 01   sistemas de composição e processos de impressão
Aula 01 sistemas de composição e processos de impressão
 
Design Editorial | Estruturas
Design Editorial | EstruturasDesign Editorial | Estruturas
Design Editorial | Estruturas
 
Introdução a Projeto Gráfico.
Introdução a Projeto Gráfico.Introdução a Projeto Gráfico.
Introdução a Projeto Gráfico.
 

Destaque

Producao Grafica - Fundamentos
Producao Grafica - FundamentosProducao Grafica - Fundamentos
Producao Grafica - Fundamentos
dualpixel
 
Projeto Gráfico | Pictogramas
Projeto Gráfico | PictogramasProjeto Gráfico | Pictogramas
Projeto Gráfico | Pictogramas
Fabio Silveira: Designer | Professor
 
Tipos de papel cores
Tipos de papel coresTipos de papel cores
Tipos de papel cores
Michele Cristina Land
 
Influire.. Visão Sobre Estratégia
Influire..  Visão Sobre EstratégiaInfluire..  Visão Sobre Estratégia
Influire.. Visão Sobre Estratégia
Sergio Luis Seloti Jr
 
A Criação de uma Fantástica Experiência de Compras
A Criação de uma Fantástica Experiência de ComprasA Criação de uma Fantástica Experiência de Compras
A Criação de uma Fantástica Experiência de Compras
Rakuten Brasil
 
Balanced Scorecard Slide
Balanced Scorecard SlideBalanced Scorecard Slide
Balanced Scorecard Slide
Sergio de Carvalho
 
Fundamentos Community Marketing
Fundamentos Community MarketingFundamentos Community Marketing
Fundamentos Community Marketing
Luciano Tadeu de Oliveira
 
Slides Planejamento Estrategico 2
Slides Planejamento Estrategico 2Slides Planejamento Estrategico 2
Slides Planejamento Estrategico 2
neodo
 
Prosumers&Tendências para Comunidades Virtuais
Prosumers&Tendências para Comunidades VirtuaisProsumers&Tendências para Comunidades Virtuais
Prosumers&Tendências para Comunidades Virtuais
Frederico Amorim
 
Aula 2 - Informacao para Negocios
Aula 2 - Informacao para NegociosAula 2 - Informacao para Negocios
Aula 2 - Informacao para Negocios
Kenneth Corrêa
 
E commerce espm 2011
E commerce  espm 2011E commerce  espm 2011
E commerce espm 2011
Sandra Turchi
 
Planejamento Estratégico da Inovação
Planejamento Estratégico da InovaçãoPlanejamento Estratégico da Inovação
Planejamento Estratégico da Inovação
Patrícia de Sá Freire, PhD. Eng.
 
(Online) Branding
(Online) Branding(Online) Branding
(Online) Branding
Frederico Amorim
 
Aula Modelo de negócios
Aula Modelo de negóciosAula Modelo de negócios
Aula Modelo de negócios
Vítor Andrade
 
Planejamento
PlanejamentoPlanejamento
Planejamento
Thiago Miranda S
 
Planejamento estratégico Natura
Planejamento estratégico NaturaPlanejamento estratégico Natura
Planejamento estratégico Natura
Vanessa Maciel
 
Planejamento Estrátegico
Planejamento EstrátegicoPlanejamento Estrátegico
Planejamento Estrátegico
Fabricio Medeiros
 

Destaque (17)

Producao Grafica - Fundamentos
Producao Grafica - FundamentosProducao Grafica - Fundamentos
Producao Grafica - Fundamentos
 
Projeto Gráfico | Pictogramas
Projeto Gráfico | PictogramasProjeto Gráfico | Pictogramas
Projeto Gráfico | Pictogramas
 
Tipos de papel cores
Tipos de papel coresTipos de papel cores
Tipos de papel cores
 
Influire.. Visão Sobre Estratégia
Influire..  Visão Sobre EstratégiaInfluire..  Visão Sobre Estratégia
Influire.. Visão Sobre Estratégia
 
A Criação de uma Fantástica Experiência de Compras
A Criação de uma Fantástica Experiência de ComprasA Criação de uma Fantástica Experiência de Compras
A Criação de uma Fantástica Experiência de Compras
 
Balanced Scorecard Slide
Balanced Scorecard SlideBalanced Scorecard Slide
Balanced Scorecard Slide
 
Fundamentos Community Marketing
Fundamentos Community MarketingFundamentos Community Marketing
Fundamentos Community Marketing
 
Slides Planejamento Estrategico 2
Slides Planejamento Estrategico 2Slides Planejamento Estrategico 2
Slides Planejamento Estrategico 2
 
Prosumers&Tendências para Comunidades Virtuais
Prosumers&Tendências para Comunidades VirtuaisProsumers&Tendências para Comunidades Virtuais
Prosumers&Tendências para Comunidades Virtuais
 
Aula 2 - Informacao para Negocios
Aula 2 - Informacao para NegociosAula 2 - Informacao para Negocios
Aula 2 - Informacao para Negocios
 
E commerce espm 2011
E commerce  espm 2011E commerce  espm 2011
E commerce espm 2011
 
Planejamento Estratégico da Inovação
Planejamento Estratégico da InovaçãoPlanejamento Estratégico da Inovação
Planejamento Estratégico da Inovação
 
(Online) Branding
(Online) Branding(Online) Branding
(Online) Branding
 
Aula Modelo de negócios
Aula Modelo de negóciosAula Modelo de negócios
Aula Modelo de negócios
 
Planejamento
PlanejamentoPlanejamento
Planejamento
 
Planejamento estratégico Natura
Planejamento estratégico NaturaPlanejamento estratégico Natura
Planejamento estratégico Natura
 
Planejamento Estrátegico
Planejamento EstrátegicoPlanejamento Estrátegico
Planejamento Estrátegico
 

Semelhante a Materiais e Processos Gráficos - Papéis

Aula Papeis.pdf
Aula Papeis.pdfAula Papeis.pdf
Aula Papeis.pdf
UNIVALI
 
O papel como suporte no meio grafico
O papel como suporte no meio graficoO papel como suporte no meio grafico
O papel como suporte no meio grafico
Erick Lucas
 
Tipos de Papel - Produção Gráfica - 2021-01
Tipos de Papel - Produção Gráfica - 2021-01Tipos de Papel - Produção Gráfica - 2021-01
Tipos de Papel - Produção Gráfica - 2021-01
Renato Melo
 
Tipos de Papel - Aula 02 - Produção Gráfica - 2020-01
Tipos de Papel - Aula 02 - Produção Gráfica - 2020-01Tipos de Papel - Aula 02 - Produção Gráfica - 2020-01
Tipos de Papel - Aula 02 - Produção Gráfica - 2020-01
Renato Melo
 
Tipo de Papel - Produção Gráfica - Aula 01 - 2020
Tipo de Papel - Produção Gráfica - Aula 01 - 2020Tipo de Papel - Produção Gráfica - Aula 01 - 2020
Tipo de Papel - Produção Gráfica - Aula 01 - 2020
Renato Melo
 
3602 tipos de papel
3602 tipos de papel3602 tipos de papel
3602 tipos de papel
Jorge Luciano
 
Aula03 prod grafica
Aula03 prod graficaAula03 prod grafica
Os tipos de Papel - Prod Gráfica - Aula 02
Os tipos de Papel - Prod Gráfica - Aula 02Os tipos de Papel - Prod Gráfica - Aula 02
Os tipos de Papel - Prod Gráfica - Aula 02
Renato Melo
 
Tipos de Papel para Impressão - Produção Gráfica 2019-02 - Aula 2
Tipos de Papel para Impressão - Produção Gráfica 2019-02 - Aula 2Tipos de Papel para Impressão - Produção Gráfica 2019-02 - Aula 2
Tipos de Papel para Impressão - Produção Gráfica 2019-02 - Aula 2
Renato Melo
 
Produção Gráfica 02 - Os tipos de papel
Produção Gráfica 02 - Os tipos de papelProdução Gráfica 02 - Os tipos de papel
Produção Gráfica 02 - Os tipos de papel
Renato Melo
 
Os tipos de papel
Os tipos de papelOs tipos de papel
Os tipos de papel
Renato Melo
 
1.jairo primeira aventura
1.jairo primeira aventura1.jairo primeira aventura
1.jairo primeira aventura
Aline Villela
 
O papel.pdf
O papel.pdfO papel.pdf
O papel.pdf
ValterCarvalho22
 
CRP0357-2014-09
CRP0357-2014-09CRP0357-2014-09
Revisao Produção Gráfica
Revisao Produção GráficaRevisao Produção Gráfica
Revisao Produção Gráfica
Renato Melo
 
Revisão Prova Produção Gráfica 2018
Revisão Prova Produção Gráfica 2018Revisão Prova Produção Gráfica 2018
Revisão Prova Produção Gráfica 2018
Renato Melo
 
Revisão Produção Gráfica
Revisão Produção GráficaRevisão Produção Gráfica
Revisão Produção Gráfica
Renato Melo
 
Produção Gráfica
Produção GráficaProdução Gráfica
Produção Gráfica
Renato Melo
 
Tipos de Papel
Tipos de PapelTipos de Papel
Tipos de Papel
Filllipe
 
O Papel
O PapelO Papel

Semelhante a Materiais e Processos Gráficos - Papéis (20)

Aula Papeis.pdf
Aula Papeis.pdfAula Papeis.pdf
Aula Papeis.pdf
 
O papel como suporte no meio grafico
O papel como suporte no meio graficoO papel como suporte no meio grafico
O papel como suporte no meio grafico
 
Tipos de Papel - Produção Gráfica - 2021-01
Tipos de Papel - Produção Gráfica - 2021-01Tipos de Papel - Produção Gráfica - 2021-01
Tipos de Papel - Produção Gráfica - 2021-01
 
Tipos de Papel - Aula 02 - Produção Gráfica - 2020-01
Tipos de Papel - Aula 02 - Produção Gráfica - 2020-01Tipos de Papel - Aula 02 - Produção Gráfica - 2020-01
Tipos de Papel - Aula 02 - Produção Gráfica - 2020-01
 
Tipo de Papel - Produção Gráfica - Aula 01 - 2020
Tipo de Papel - Produção Gráfica - Aula 01 - 2020Tipo de Papel - Produção Gráfica - Aula 01 - 2020
Tipo de Papel - Produção Gráfica - Aula 01 - 2020
 
3602 tipos de papel
3602 tipos de papel3602 tipos de papel
3602 tipos de papel
 
Aula03 prod grafica
Aula03 prod graficaAula03 prod grafica
Aula03 prod grafica
 
Os tipos de Papel - Prod Gráfica - Aula 02
Os tipos de Papel - Prod Gráfica - Aula 02Os tipos de Papel - Prod Gráfica - Aula 02
Os tipos de Papel - Prod Gráfica - Aula 02
 
Tipos de Papel para Impressão - Produção Gráfica 2019-02 - Aula 2
Tipos de Papel para Impressão - Produção Gráfica 2019-02 - Aula 2Tipos de Papel para Impressão - Produção Gráfica 2019-02 - Aula 2
Tipos de Papel para Impressão - Produção Gráfica 2019-02 - Aula 2
 
Produção Gráfica 02 - Os tipos de papel
Produção Gráfica 02 - Os tipos de papelProdução Gráfica 02 - Os tipos de papel
Produção Gráfica 02 - Os tipos de papel
 
Os tipos de papel
Os tipos de papelOs tipos de papel
Os tipos de papel
 
1.jairo primeira aventura
1.jairo primeira aventura1.jairo primeira aventura
1.jairo primeira aventura
 
O papel.pdf
O papel.pdfO papel.pdf
O papel.pdf
 
CRP0357-2014-09
CRP0357-2014-09CRP0357-2014-09
CRP0357-2014-09
 
Revisao Produção Gráfica
Revisao Produção GráficaRevisao Produção Gráfica
Revisao Produção Gráfica
 
Revisão Prova Produção Gráfica 2018
Revisão Prova Produção Gráfica 2018Revisão Prova Produção Gráfica 2018
Revisão Prova Produção Gráfica 2018
 
Revisão Produção Gráfica
Revisão Produção GráficaRevisão Produção Gráfica
Revisão Produção Gráfica
 
Produção Gráfica
Produção GráficaProdução Gráfica
Produção Gráfica
 
Tipos de Papel
Tipos de PapelTipos de Papel
Tipos de Papel
 
O Papel
O PapelO Papel
O Papel
 

Mais de Daniel Soto

Portfolio ViSUALESCO 2016
Portfolio ViSUALESCO 2016Portfolio ViSUALESCO 2016
Portfolio ViSUALESCO 2016
Daniel Soto
 
Lançamento Bahia Análise & Dados - Biodiversidade
Lançamento Bahia Análise & Dados - BiodiversidadeLançamento Bahia Análise & Dados - Biodiversidade
Lançamento Bahia Análise & Dados - Biodiversidade
Daniel Soto
 
Lançamento do livro SEP 93 Metrópole Baiana
Lançamento do livro SEP 93 Metrópole BaianaLançamento do livro SEP 93 Metrópole Baiana
Lançamento do livro SEP 93 Metrópole Baiana
Daniel Soto
 
Portfolio Daniel Soto 2011
Portfolio Daniel Soto 2011Portfolio Daniel Soto 2011
Portfolio Daniel Soto 2011
Daniel Soto
 
Daniel apresentando: Victor Margolin e A Política do Artificial
Daniel apresentando: Victor Margolin e A Política do ArtificialDaniel apresentando: Victor Margolin e A Política do Artificial
Daniel apresentando: Victor Margolin e A Política do Artificial
Daniel Soto
 
Palestra - design e mercado de trabalho
Palestra - design e mercado de trabalhoPalestra - design e mercado de trabalho
Palestra - design e mercado de trabalho
Daniel Soto
 
Portfolio MangaRosa 2010
Portfolio MangaRosa 2010Portfolio MangaRosa 2010
Portfolio MangaRosa 2010
Daniel Soto
 
Tabela ADG - Honorários e remuneração
Tabela ADG - Honorários e remuneraçãoTabela ADG - Honorários e remuneração
Tabela ADG - Honorários e remuneração
Daniel Soto
 
Árvore do site
Árvore do siteÁrvore do site
Árvore do site
Daniel Soto
 
Wireframe do site
Wireframe do siteWireframe do site
Wireframe do site
Daniel Soto
 
Computação Gráfica - Introdução
Computação Gráfica - IntroduçãoComputação Gráfica - Introdução
Computação Gráfica - Introdução
Daniel Soto
 
Webdesign - Gestão Profissional
Webdesign - Gestão ProfissionalWebdesign - Gestão Profissional
Webdesign - Gestão Profissional
Daniel Soto
 
Design Webdesign
Design WebdesignDesign Webdesign
Design Webdesign
Daniel Soto
 

Mais de Daniel Soto (13)

Portfolio ViSUALESCO 2016
Portfolio ViSUALESCO 2016Portfolio ViSUALESCO 2016
Portfolio ViSUALESCO 2016
 
Lançamento Bahia Análise & Dados - Biodiversidade
Lançamento Bahia Análise & Dados - BiodiversidadeLançamento Bahia Análise & Dados - Biodiversidade
Lançamento Bahia Análise & Dados - Biodiversidade
 
Lançamento do livro SEP 93 Metrópole Baiana
Lançamento do livro SEP 93 Metrópole BaianaLançamento do livro SEP 93 Metrópole Baiana
Lançamento do livro SEP 93 Metrópole Baiana
 
Portfolio Daniel Soto 2011
Portfolio Daniel Soto 2011Portfolio Daniel Soto 2011
Portfolio Daniel Soto 2011
 
Daniel apresentando: Victor Margolin e A Política do Artificial
Daniel apresentando: Victor Margolin e A Política do ArtificialDaniel apresentando: Victor Margolin e A Política do Artificial
Daniel apresentando: Victor Margolin e A Política do Artificial
 
Palestra - design e mercado de trabalho
Palestra - design e mercado de trabalhoPalestra - design e mercado de trabalho
Palestra - design e mercado de trabalho
 
Portfolio MangaRosa 2010
Portfolio MangaRosa 2010Portfolio MangaRosa 2010
Portfolio MangaRosa 2010
 
Tabela ADG - Honorários e remuneração
Tabela ADG - Honorários e remuneraçãoTabela ADG - Honorários e remuneração
Tabela ADG - Honorários e remuneração
 
Árvore do site
Árvore do siteÁrvore do site
Árvore do site
 
Wireframe do site
Wireframe do siteWireframe do site
Wireframe do site
 
Computação Gráfica - Introdução
Computação Gráfica - IntroduçãoComputação Gráfica - Introdução
Computação Gráfica - Introdução
 
Webdesign - Gestão Profissional
Webdesign - Gestão ProfissionalWebdesign - Gestão Profissional
Webdesign - Gestão Profissional
 
Design Webdesign
Design WebdesignDesign Webdesign
Design Webdesign
 

Materiais e Processos Gráficos - Papéis

  • 1. SENAI DENDEZEIROS Pré-Impressão Gráfica Turma XX.XXX Materiais & Processos Gráficos
  • 2. História do papel “ Saiba o máximo que puder sobre papel. Só assim você poderá tomar decisões inteligentes. A melhor máquina e o melhor trabalho de impressão serão inúteis se a escolha do papel for errada”. (James Craig) danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 3. História do papel 300ac / Egito Papel a base de junco ( papyrus em grego). Entrelaçado, enxaguado e batido até atingir a lisura e espessura desejada. 150dc / China Atribui-se a Tsai-Lun a invenção do papel como conhecemos hoje. Usava-se casca de arvore, trapos e outros materiais fibrosos; batidos até se transformarem em uma substância pastosa. Dessa substancia pastosa eram feitas as folhas. danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 4. História do papel Séc. VIII / Árabes Entram em contato com os chineses e aprendem sua técnica de fazer papel. Já conheciam a técnica egípcia. Séc. XII / Europa Os espanhóis aprendem com os árabes no séc. XII. Os demais países europeus só conhecem essa técnica mais tarde: séc. XIII Itália, séc. XIV França, séc. XV Inglaterra. danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 5. Fabricação do papel Para se fabricar papel são necessários três ingredientes: água, energia e fibras de celulose. Atualmente as árvores são a fonte mais comum de fibras para a fabricação de papel. Existem dois métodos para transformação de arvores em papel: processo mecânico e processo químico. danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 6.  
  • 7.  
  • 8.  
  • 9.  
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14. Características do papel Sentido da Fibra. Direção na qual as fibras do papel se alinham. É nessa direção que o papel dobra e rasga com maior facilidade. Duas formas de determinar o sentido das fibras: Rasgar o papel longitunalmente e depois transversalmente. O rasgo mais reto estará no sentido da fibra. Ou (em papeis não revestidos) rasgar a ponta do papel e lambe-lo. O papel se curvará no sentido da fibra. danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 15. Características do papel Sentido da Fibra. danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 16. Características do papel Peso Dado em gramatura, é o peso em quilograma da resma (500 folhas). Quanto maior o peso, maior a espessura e opacidade do papel. Cor Os papeis não são naturalmente brancos. A brancura é alcançada com o uso de alvejantes. Existe uma variedade de brancos possíveis e após clareados os papéis podem ser coloridos. Obs.: a cor do papel afeta tudo que é impresso sobre ele. danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 17. Características do papel Acabamento Modo como a superfície do papel foi tratada. Pode ser liso ou texturado. Com cobertura ou sem. Cobertura fosca ou brilhante. Deve se escolher o acabamento mais adequado ao uso pretendido do impresso. danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 18. Características do papel Resistência mecânica Resistência a tração e deformações durante a passagem do papel pela impressora. Estabilidade (dimensional) À deformação pela absorção/perda de umidade. Afeta regulagem do registro e o ganho de ponto. danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 19. Características do papel Ex.: catálogo de papéis danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 20. Formatos Padrão DIN (1189 x 841cm) danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 21. Formatos Padrão BB(96 x 66 cm) danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 22. Tipos de papel Couchê gessado – papel brilhante muito próprio para impressão de textos, apesar de ser muito lúcido e incomodar a visão. Couchê mate – ou couchê fosco, um pouco mais barato que o comum e com menos brilho, facilitando a leitura. Couchê monolúcido – possui acabamento gessado em apenas uma das faces, com a outra fosca. Utilizando em cartazes. Offset – junto com o couchê é o mais utilizado, texturas fosca, uso freqüente em livros. Monolúcidos – liso em apenas uma das faces, muito utilizados em cartazes e em folhetos de uma só face. danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 23. Tipos de papel Jornal – papel de baixa qualidade, deve ser usado em apenas rotativas de jornal. Acetinado – melhor impressão de tipos e ilustração. Apergaminhado – qualidade superior, imita o pergaminho. Bouffant – leve, fofo e áspero, utilizado para impressões de livros. Bristol – cartão de boa qualidade, utilizado para cartões de visita, convites, etc. Bíblia – ou também Papel-da-Índia, opaco, extremamente fino e resistente, utilizado em bíblias e obras muito grandes para diminuir o volume. danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 24. Tipos de papel Super Bond – semelhante ao apergaminhado, produzido em azul, verde, rosa, canário e outro. Usado para escrita, envelopes, segunda via de talão e encartes. Vergé – textura fosca com uma trama formada por pequenos sulcos, branco ou cores pastéis. Causa sobriedade e diferenciação ao projeto, mas é muito utilizado. H.D. (Heavy Duty) – possui certo grau de resistência à tração. Utilizado para embrulhos, confetes, serpentinas, etc. Seda – papel macio utilizado em guardanapos e revestimento de produtos durante o empacotamento. danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 25. Tipos de papel “ Papel Moeda” – É uma amálgama de papéis diferentes. Ou seja, são papéis diferentes que são combinadas para fazer um só (neste caso, para fazer o papel usado no dinheiro). E, antes que você pergunte, esse tipo de papel você não encontra em lugar nenhum para comprar. Os motivos são óbvios. Imprensa – é um papel jornal melhorado, apresenta alguns problemas na impressão em policromia, mais utilizado em folhetos de baixíssimo custo. Kraft – muito resistente, usado para embrulhos e sacos (exemplo: embalagem de Sucrilhos). danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 26. Tipos de papel Papel-da-China – fabricado com a casca do bambu, aspecto sujo, mas macio e brilhante, usado em tiragem de gravuras. Papel japonês – ou papel-de-arroz, branco ou pouco amarelado, sedoso, espesso, transparente, frágil, utilizado em gravuras. Pergaminho – faz lembrar o pergaminho, freqüentemente utilizado para capas de volumes. danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 27. A escolha do papel correto danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 28. A escolha do papel correto danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 29. Referências Craig, James. Produção Gráfica. São Paulo: Ed. Mosaico. 1980. Houaiss, Antônio e Villar, Mauro. Minidicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva. 2001. Oliveira, Marina. Produção Gráfica para Designers. Rio de Janeiro: 2AB. 2000. danielsoto__materiais_e_processos_graficos.ppt
  • 30. Contatos Daniel Soto Araújo Designer e Professor [email_address] daniel@institutomangarosa.com.br
  • 31. Universidade Federal da Bahia Escola de Belas Artes Depto. de Expressão Gráfica e Tridimensional Materiais & Processos Gráficos I

Notas do Editor

  1. A adequação do papel ao tipo de tinta. A direção das fibras, com o sentido das dobras e cortes. Papel áspero tende a dispersar a tinta, que perde força e detalhamento. Papel liso permite impressões mais precisas.
  2. Obs.: Hotstamp não é tinta, é acabamento.
  3. Obs.: Hotstamp não é tinta, é acabamento.
  4. Obs.: Hotstamp não é tinta, é acabamento.
  5. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  6. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  7. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  8. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  9. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  10. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  11. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  12. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  13. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  14. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  15. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  16. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  17. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  18. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  19. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  20. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  21. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  22. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  23. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.
  24. O espalhamento é semelhante, ocorre pelo deslizamento do papel.