SlideShare uma empresa Scribd logo
Palestra: As sete necessidades básicas 
da criança 
Matheus Fantin
Significado 
• Três suposições falsas: 
– A primeira suposição falsa é a de que o 
relacionamento pai-filho tem prioridade sobre o 
relacionamento marido-mulher 
– Uma segunda suposição falsa é a de que a criança 
tem o direito de ser o centro das atenções 
– Uma terceira suposição falsa é a de que a criança 
deve ser empurrada o mais rapidamente possível 
para o desempenho de papéis mais amadurecidos.
Significado 
• Como construir um sentido de significado 
– Sua atitude como pai em relação a você mesmo é 
básica e afetará a autoestima de seu filho 
– Deixe que seu filho ajude em casa 
– Apresente seu filho a outros 
– Deixe que a criança fale por si 
– Dê à criança o privilégio da escolha e respeite suas 
opiniões sempre que possível 
– Passe tempo com seu filho 
– Encoraje o sentimento de dignidade e importância, 
confiando ocasionalmente a seu filho coisas que lhe 
causem surpresa
Segurança 
• Condições que criam insegurança: 
– Conflito entre os pais 
– Mobilidade 
– Falta de disciplina adequada 
– Ausência dos pais 
– Críticas contínuas 
– Coisas e não pessoas 
– Pais inseguros
Segurança 
• O que promove a segurança: 
– Segurança entre o pai e a mãe 
– Um amor generoso e contínuo dos pais pelo filho 
– União na família 
– Rotina regular 
– Disciplina adequada 
– A influência do toque 
– Sentimento de pertencer
Aceitação 
• Porque as crianças sentem falta de aceitação: 
– As críticas constantes criam sentimento de fracasso, 
rejeição e desajuste 
– Comparar a criança com outras transmite falta de 
aceitação 
– Esperar que a criança realize os sonhos que os pais 
não puderam realizar faz que ela sinta que não é 
aceita 
– A superproteção de uma criança no geral contribui 
para o seu sentimento de não aceitação 
– Esperar demais do filho pode criar sentimento de 
não aceitação 
– A presença paterna excessiva rouba a confiança dos 
filhos
Aceitação 
• O que dá lugar ao sentimento de aceitação: 
– Reconheça o filho como único 
– Ajude a descobrir satisfação em suas realizações 
– Deixe que a criança saiba que você a ama, a deseja e 
realmente a aprecia 
– Aceite os amigos de seu filho 
– Mantenha um relacionamento sincero e genuíno 
com a criança 
– Ouça o que seu filho diz 
– Trate seu filho como uma pessoa de valor 
– Permita que seu filho cresça e se desenvolva a seu 
modo único e próprio
Amar e ser amada 
• O amor é uma reação aprendida 
• O amor entre os pais afeta a capacidade de 
amar da criança 
• O amor deve ser verbal 
• Amor pede ação 
• O amor envolve confiança 
• O amor exige disposição para ouvir 
• Amar significa compartilhar experiências 
• O amor constrói relacionamento francos e 
confortáveis 
• O amor reconhece que as pessoas são mais 
importantes do que as coisas
Elogio 
• Diretrizes para o elogio 
– Elogie o desempenho da criança e na a sua 
personalidade 
– Elogie aquilo que é de responsabilidade da criança e 
não o que não depende dela 
– Reconheça que o elogio é especialmente necessário 
por parte das pessoas que são importantes para a 
criança 
– Elogie com sinceridade 
– Elogie a criança pelo que ela fizer por iniciativa 
própria 
– Tenha em mente que quanto mais cedo for feito o 
elogio, melhor 
– Lembre-se de que a atitude dos pais é tão 
importante quanto suas palavras de incentivo
Disciplina 
• Definição de disciplina 
• Propósito da disciplina 
• Métodos de disciplina
Deus 
• A Bíblia e a criança 
– A Bíblia ensina que, em primeiro lugar, os 
próprios pais devem ter comunhão com Deus 
– A Bíblia coloca a responsabilidade pelo 
treinamento religioso dos filhos diretamente 
sobre os pais 
– A Bíblia ensina claramente que a instrução dos 
pais deve ser constante e contínua 
– A Bíblia diz: “Ensina a criança no caminho em 
que deve andar, e, ainda quando for velho, não 
se desviará dele” (Pv 22.6, RA)
Contato 
• Matheus Fantin (Professor Laranjinha) 
• Facebook: Matheus Fantin 
• Página no Facebook: Professor Laranjinha 
• E-mail: professorlaranjinha@hotmail.com 
• Site: www.professorlaranjinha.com.br 
• Celular: (44) 9942-8348

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A importância da Escola Dominical na Atualidade
A importância da Escola Dominical na AtualidadeA importância da Escola Dominical na Atualidade
A importância da Escola Dominical na Atualidade
Amor pela EBD
 
Pais e filhos
Pais e filhosPais e filhos
Pais e filhos
Jocarli Junior
 
Janela1040
Janela1040 Janela1040
Janela1040
mrcelo35
 
A Influência e os Perigos das Mídias Sociais na vida do Cristão 3.0
A Influência e os Perigos das Mídias Sociais na vida do Cristão 3.0A Influência e os Perigos das Mídias Sociais na vida do Cristão 3.0
A Influência e os Perigos das Mídias Sociais na vida do Cristão 3.0
Samir Isac Dantas
 
Os 05 Dons Ministeriais
Os 05 Dons MinisteriaisOs 05 Dons Ministeriais
Os 05 Dons Ministeriais
Márcio Pereira
 
Como Viver num Mundo Corrompido sem se Corromper
Como Viver num Mundo Corrompido sem se CorromperComo Viver num Mundo Corrompido sem se Corromper
Como Viver num Mundo Corrompido sem se Corromper
IBMemorialJC
 
Discipulado na Prática
Discipulado na PráticaDiscipulado na Prática
Discipulado na Prática
Narlea Walkyse
 
Liderança cristã apresentação
Liderança cristã apresentaçãoLiderança cristã apresentação
Liderança cristã apresentação
Junior Cesar Santiago
 
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãLição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Joanilson França Garcia
 
Pais x filhos. educação sábia para os dias atuais.
Pais  x filhos. educação sábia para os dias atuais.Pais  x filhos. educação sábia para os dias atuais.
Pais x filhos. educação sábia para os dias atuais.
Seduc MT
 
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito   02 - amor, aleria. pazO fruto do espírito   02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
Cleudson Corrêa
 
5º encontro abraão - inicio da salvação
5º encontro   abraão - inicio da salvação5º encontro   abraão - inicio da salvação
5º encontro abraão - inicio da salvação
Catequese Anjos dos Céus
 
Movimento de crescimento de igreja
Movimento de crescimento de igrejaMovimento de crescimento de igreja
Movimento de crescimento de igreja
Haroldo Xavier Silva
 
A história dos avivamentos da igreja
A história dos avivamentos da igrejaA história dos avivamentos da igreja
A história dos avivamentos da igreja
Giovani Luiz Zimmermann Jr.
 
Ministério com crianças e a Infância
Ministério com crianças e a InfânciaMinistério com crianças e a Infância
Ministério com crianças e a Infância
Maria Bárbara Floriano
 
Relacionamento familiar apresentação
Relacionamento familiar   apresentaçãoRelacionamento familiar   apresentação
Relacionamento familiar apresentação
Daniel de Carvalho Luz
 
Seminário como ensinar crianças na igreja - marisa
Seminário   como ensinar crianças na igreja - marisaSeminário   como ensinar crianças na igreja - marisa
Seminário como ensinar crianças na igreja - marisa
Sergio Silva
 
O jovem e seu futuro.
O jovem e seu futuro.O jovem e seu futuro.
O jovem e seu futuro.
Paula Querino
 
Palestra namoro
Palestra   namoroPalestra   namoro
Palestra namoro
Joel Silva
 
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualLição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Éder Tomé
 

Mais procurados (20)

A importância da Escola Dominical na Atualidade
A importância da Escola Dominical na AtualidadeA importância da Escola Dominical na Atualidade
A importância da Escola Dominical na Atualidade
 
Pais e filhos
Pais e filhosPais e filhos
Pais e filhos
 
Janela1040
Janela1040 Janela1040
Janela1040
 
A Influência e os Perigos das Mídias Sociais na vida do Cristão 3.0
A Influência e os Perigos das Mídias Sociais na vida do Cristão 3.0A Influência e os Perigos das Mídias Sociais na vida do Cristão 3.0
A Influência e os Perigos das Mídias Sociais na vida do Cristão 3.0
 
Os 05 Dons Ministeriais
Os 05 Dons MinisteriaisOs 05 Dons Ministeriais
Os 05 Dons Ministeriais
 
Como Viver num Mundo Corrompido sem se Corromper
Como Viver num Mundo Corrompido sem se CorromperComo Viver num Mundo Corrompido sem se Corromper
Como Viver num Mundo Corrompido sem se Corromper
 
Discipulado na Prática
Discipulado na PráticaDiscipulado na Prática
Discipulado na Prática
 
Liderança cristã apresentação
Liderança cristã apresentaçãoLiderança cristã apresentação
Liderança cristã apresentação
 
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristãLição 6 – frutos da maturidade cristã
Lição 6 – frutos da maturidade cristã
 
Pais x filhos. educação sábia para os dias atuais.
Pais  x filhos. educação sábia para os dias atuais.Pais  x filhos. educação sábia para os dias atuais.
Pais x filhos. educação sábia para os dias atuais.
 
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito   02 - amor, aleria. pazO fruto do espírito   02 - amor, aleria. paz
O fruto do espírito 02 - amor, aleria. paz
 
5º encontro abraão - inicio da salvação
5º encontro   abraão - inicio da salvação5º encontro   abraão - inicio da salvação
5º encontro abraão - inicio da salvação
 
Movimento de crescimento de igreja
Movimento de crescimento de igrejaMovimento de crescimento de igreja
Movimento de crescimento de igreja
 
A história dos avivamentos da igreja
A história dos avivamentos da igrejaA história dos avivamentos da igreja
A história dos avivamentos da igreja
 
Ministério com crianças e a Infância
Ministério com crianças e a InfânciaMinistério com crianças e a Infância
Ministério com crianças e a Infância
 
Relacionamento familiar apresentação
Relacionamento familiar   apresentaçãoRelacionamento familiar   apresentação
Relacionamento familiar apresentação
 
Seminário como ensinar crianças na igreja - marisa
Seminário   como ensinar crianças na igreja - marisaSeminário   como ensinar crianças na igreja - marisa
Seminário como ensinar crianças na igreja - marisa
 
O jovem e seu futuro.
O jovem e seu futuro.O jovem e seu futuro.
O jovem e seu futuro.
 
Palestra namoro
Palestra   namoroPalestra   namoro
Palestra namoro
 
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento EspiritualLição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
Lição 9 - É preciso buscar Crescimento Espiritual
 

Destaque

Necessidades das crianças
Necessidades das criançasNecessidades das crianças
Necessidades das crianças
Anderson Menger
 
Escola de Pais • Como NÃO educar seu filho
Escola de Pais • Como NÃO educar seu filhoEscola de Pais • Como NÃO educar seu filho
Escola de Pais • Como NÃO educar seu filho
Colégio PGD
 
Sete necessidades da criança
Sete necessidades da criançaSete necessidades da criança
Sete necessidades da criança
Patricia Costa
 
PARENTALIDADE Positiva - um guia para proteção de noss@s filh@s
PARENTALIDADE Positiva - um guia para proteção de noss@s filh@sPARENTALIDADE Positiva - um guia para proteção de noss@s filh@s
PARENTALIDADE Positiva - um guia para proteção de noss@s filh@s
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Limites que os pais desconhecem.
Limites que os pais desconhecem.Limites que os pais desconhecem.
Limites que os pais desconhecem.
carlos freire
 
Guia parentalidade 2013
Guia parentalidade 2013Guia parentalidade 2013
Guia parentalidade 2013
Ana Paula Santos
 
Estilos parentais e práticas educativas
Estilos parentais e práticas educativasEstilos parentais e práticas educativas
Estilos parentais e práticas educativas
Ludmila Moura
 
Workshop: Parentalidade Positiva e Educação Parental
Workshop: Parentalidade Positiva e Educação ParentalWorkshop: Parentalidade Positiva e Educação Parental
Workshop: Parentalidade Positiva e Educação Parental
Judite Peixoto
 
Deveres dos pais em relação á educação dos
Deveres dos pais em relação á educação dosDeveres dos pais em relação á educação dos
Deveres dos pais em relação á educação dos
Leonarda Macedo
 
SAÚDE DA CRIANÇA E A SAÚDE DA FAMÍLIA DOENÇAS PREVALENTES NA INFÂNCIA
SAÚDE DA CRIANÇA E A SAÚDE DA FAMÍLIA DOENÇAS PREVALENTES NA INFÂNCIASAÚDE DA CRIANÇA E A SAÚDE DA FAMÍLIA DOENÇAS PREVALENTES NA INFÂNCIA
SAÚDE DA CRIANÇA E A SAÚDE DA FAMÍLIA DOENÇAS PREVALENTES NA INFÂNCIA
Centro Universitário Ages
 
Doenças frequentes da infancia - pediatria
Doenças frequentes da infancia - pediatriaDoenças frequentes da infancia - pediatria
Doenças frequentes da infancia - pediatria
Gabriel Jefferson Oliveira
 
atenção à saúde da criança
 atenção à saúde da criança atenção à saúde da criança
atenção à saúde da criança
charlesalannet
 
Limites e valores
Limites e valoresLimites e valores
Limites e valores
comunicacaoespirita
 
Palestra EC46 - Limites em casa e na escola
Palestra   EC46 - Limites em casa e na escolaPalestra   EC46 - Limites em casa e na escola
Palestra EC46 - Limites em casa e na escola
Anaí Peña
 
Aula 5 necessidades humanas básicas
Aula 5 necessidades humanas básicasAula 5 necessidades humanas básicas
Aula 5 necessidades humanas básicas
Jesiele Spindler
 
aprendizagem ativa
aprendizagem ativaaprendizagem ativa
aprendizagem ativa
joao jose saraiva da fonseca
 
Disciplina
DisciplinaDisciplina
Disciplina
helenapassos
 
Portfolio mg tarde
Portfolio mg tardePortfolio mg tarde
Portfolio mg tarde
EscolaPedrita
 
Pedro, Olhos de Águia
Pedro, Olhos de ÁguiaPedro, Olhos de Águia
Pedro, Olhos de Águia
Alexandra Santos
 
Doenças Prevalentes da Infância [ETEC CARLOS DE CAMPOS]
Doenças Prevalentes da Infância [ETEC CARLOS DE CAMPOS]Doenças Prevalentes da Infância [ETEC CARLOS DE CAMPOS]
Doenças Prevalentes da Infância [ETEC CARLOS DE CAMPOS]
Vinicius Lopes
 

Destaque (20)

Necessidades das crianças
Necessidades das criançasNecessidades das crianças
Necessidades das crianças
 
Escola de Pais • Como NÃO educar seu filho
Escola de Pais • Como NÃO educar seu filhoEscola de Pais • Como NÃO educar seu filho
Escola de Pais • Como NÃO educar seu filho
 
Sete necessidades da criança
Sete necessidades da criançaSete necessidades da criança
Sete necessidades da criança
 
PARENTALIDADE Positiva - um guia para proteção de noss@s filh@s
PARENTALIDADE Positiva - um guia para proteção de noss@s filh@sPARENTALIDADE Positiva - um guia para proteção de noss@s filh@s
PARENTALIDADE Positiva - um guia para proteção de noss@s filh@s
 
Limites que os pais desconhecem.
Limites que os pais desconhecem.Limites que os pais desconhecem.
Limites que os pais desconhecem.
 
Guia parentalidade 2013
Guia parentalidade 2013Guia parentalidade 2013
Guia parentalidade 2013
 
Estilos parentais e práticas educativas
Estilos parentais e práticas educativasEstilos parentais e práticas educativas
Estilos parentais e práticas educativas
 
Workshop: Parentalidade Positiva e Educação Parental
Workshop: Parentalidade Positiva e Educação ParentalWorkshop: Parentalidade Positiva e Educação Parental
Workshop: Parentalidade Positiva e Educação Parental
 
Deveres dos pais em relação á educação dos
Deveres dos pais em relação á educação dosDeveres dos pais em relação á educação dos
Deveres dos pais em relação á educação dos
 
SAÚDE DA CRIANÇA E A SAÚDE DA FAMÍLIA DOENÇAS PREVALENTES NA INFÂNCIA
SAÚDE DA CRIANÇA E A SAÚDE DA FAMÍLIA DOENÇAS PREVALENTES NA INFÂNCIASAÚDE DA CRIANÇA E A SAÚDE DA FAMÍLIA DOENÇAS PREVALENTES NA INFÂNCIA
SAÚDE DA CRIANÇA E A SAÚDE DA FAMÍLIA DOENÇAS PREVALENTES NA INFÂNCIA
 
Doenças frequentes da infancia - pediatria
Doenças frequentes da infancia - pediatriaDoenças frequentes da infancia - pediatria
Doenças frequentes da infancia - pediatria
 
atenção à saúde da criança
 atenção à saúde da criança atenção à saúde da criança
atenção à saúde da criança
 
Limites e valores
Limites e valoresLimites e valores
Limites e valores
 
Palestra EC46 - Limites em casa e na escola
Palestra   EC46 - Limites em casa e na escolaPalestra   EC46 - Limites em casa e na escola
Palestra EC46 - Limites em casa e na escola
 
Aula 5 necessidades humanas básicas
Aula 5 necessidades humanas básicasAula 5 necessidades humanas básicas
Aula 5 necessidades humanas básicas
 
aprendizagem ativa
aprendizagem ativaaprendizagem ativa
aprendizagem ativa
 
Disciplina
DisciplinaDisciplina
Disciplina
 
Portfolio mg tarde
Portfolio mg tardePortfolio mg tarde
Portfolio mg tarde
 
Pedro, Olhos de Águia
Pedro, Olhos de ÁguiaPedro, Olhos de Águia
Pedro, Olhos de Águia
 
Doenças Prevalentes da Infância [ETEC CARLOS DE CAMPOS]
Doenças Prevalentes da Infância [ETEC CARLOS DE CAMPOS]Doenças Prevalentes da Infância [ETEC CARLOS DE CAMPOS]
Doenças Prevalentes da Infância [ETEC CARLOS DE CAMPOS]
 

Semelhante a Palestra - Sete Necessidades Básicas da Crianca - 6h/aula

LiçãO 06 Educando Os Filhos I
LiçãO 06 Educando Os Filhos ILiçãO 06 Educando Os Filhos I
LiçãO 06 Educando Os Filhos I
guest06a00c
 
Psicologia e a chave para uma boa criacao dos filhos
Psicologia e a chave para uma boa criacao dos filhosPsicologia e a chave para uma boa criacao dos filhos
Psicologia e a chave para uma boa criacao dos filhos
Colégio Elisa Andreoli
 
slides pais e filhos.ppt
slides pais e filhos.pptslides pais e filhos.ppt
slides pais e filhos.ppt
SOLANGEDESOUZAAZERED
 
Folder REUNIÃO DE PAIS
Folder REUNIÃO DE PAISFolder REUNIÃO DE PAIS
Folder REUNIÃO DE PAIS
QUEDMA SILVA
 
0 pais relações
0 pais relações0 pais relações
0 pais relações
Euzebio Raimundo da Silva
 
Palestra.pdf
Palestra.pdfPalestra.pdf
Palestra.pdf
crasPREFNOVARESENDE
 
Educação bíblica Infantil
Educação bíblica  InfantilEducação bíblica  Infantil
Educação bíblica Infantil
Graça Silva
 
Autoestima Infantil
Autoestima InfantilAutoestima Infantil
Autoestima Infantil
Maria Cristina Santos Araujo
 
Compreendendo o Aventureiro.pptx
Compreendendo o Aventureiro.pptxCompreendendo o Aventureiro.pptx
Compreendendo o Aventureiro.pptx
RosivaldoeEliete Santana
 
Relação entre Pais e Filhos
Relação entre Pais e Filhos Relação entre Pais e Filhos
Relação entre Pais e Filhos
Eduardo Sales de Lima
 
0 pais relações
0 pais relações0 pais relações
0 pais relações
Euzebio Raimundo da Silva
 
0 pais relações
0 pais relações0 pais relações
0 pais relações
Euzebio Raimundo da Silva
 
Palestra para Pais e filhos na escola fundamental
Palestra para Pais e filhos na escola fundamentalPalestra para Pais e filhos na escola fundamental
Palestra para Pais e filhos na escola fundamental
JOSIVALDO ALVES DE AQUINO
 
Como aumentar a auto estima do seu filho
Como aumentar a auto estima do seu filhoComo aumentar a auto estima do seu filho
Como aumentar a auto estima do seu filho
Jansen Chagas
 
A família e a escola formam uma equipe
A família e a escola formam uma equipeA família e a escola formam uma equipe
A família e a escola formam uma equipe
Ana Maria Borges
 
Conflitos entre pais e filhos na adolescëncia
Conflitos entre pais e filhos na adolescënciaConflitos entre pais e filhos na adolescëncia
Conflitos entre pais e filhos na adolescëncia
Leticia Rodrigues
 
Viver bem com os filhos
Viver bem com os filhosViver bem com os filhos
Viver bem com os filhos
Gervario
 
Amar e educar
Amar e educarAmar e educar
Amar e educar
Cinara Aline
 
Comunicação Efetiva com a Escola
Comunicação Efetiva com a EscolaComunicação Efetiva com a Escola
Comunicação Efetiva com a Escola
Federation for Children with Special Needs
 
Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdf
Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdfDesafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdf
Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdf
belacorsim
 

Semelhante a Palestra - Sete Necessidades Básicas da Crianca - 6h/aula (20)

LiçãO 06 Educando Os Filhos I
LiçãO 06 Educando Os Filhos ILiçãO 06 Educando Os Filhos I
LiçãO 06 Educando Os Filhos I
 
Psicologia e a chave para uma boa criacao dos filhos
Psicologia e a chave para uma boa criacao dos filhosPsicologia e a chave para uma boa criacao dos filhos
Psicologia e a chave para uma boa criacao dos filhos
 
slides pais e filhos.ppt
slides pais e filhos.pptslides pais e filhos.ppt
slides pais e filhos.ppt
 
Folder REUNIÃO DE PAIS
Folder REUNIÃO DE PAISFolder REUNIÃO DE PAIS
Folder REUNIÃO DE PAIS
 
0 pais relações
0 pais relações0 pais relações
0 pais relações
 
Palestra.pdf
Palestra.pdfPalestra.pdf
Palestra.pdf
 
Educação bíblica Infantil
Educação bíblica  InfantilEducação bíblica  Infantil
Educação bíblica Infantil
 
Autoestima Infantil
Autoestima InfantilAutoestima Infantil
Autoestima Infantil
 
Compreendendo o Aventureiro.pptx
Compreendendo o Aventureiro.pptxCompreendendo o Aventureiro.pptx
Compreendendo o Aventureiro.pptx
 
Relação entre Pais e Filhos
Relação entre Pais e Filhos Relação entre Pais e Filhos
Relação entre Pais e Filhos
 
0 pais relações
0 pais relações0 pais relações
0 pais relações
 
0 pais relações
0 pais relações0 pais relações
0 pais relações
 
Palestra para Pais e filhos na escola fundamental
Palestra para Pais e filhos na escola fundamentalPalestra para Pais e filhos na escola fundamental
Palestra para Pais e filhos na escola fundamental
 
Como aumentar a auto estima do seu filho
Como aumentar a auto estima do seu filhoComo aumentar a auto estima do seu filho
Como aumentar a auto estima do seu filho
 
A família e a escola formam uma equipe
A família e a escola formam uma equipeA família e a escola formam uma equipe
A família e a escola formam uma equipe
 
Conflitos entre pais e filhos na adolescëncia
Conflitos entre pais e filhos na adolescënciaConflitos entre pais e filhos na adolescëncia
Conflitos entre pais e filhos na adolescëncia
 
Viver bem com os filhos
Viver bem com os filhosViver bem com os filhos
Viver bem com os filhos
 
Amar e educar
Amar e educarAmar e educar
Amar e educar
 
Comunicação Efetiva com a Escola
Comunicação Efetiva com a EscolaComunicação Efetiva com a Escola
Comunicação Efetiva com a Escola
 
Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdf
Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdfDesafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdf
Desafios na Comunicação entre Pais e Filhos.pdf
 

Último

Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
JuliaMachado73
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
AdrianoMontagna1
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 

Último (20)

Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptxapresentação sobre Clarice Lispector .pptx
apresentação sobre Clarice Lispector .pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...“A classe operária vai ao paraíso  os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
“A classe operária vai ao paraíso os modos de produzir e trabalhar ao longo ...
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 

Palestra - Sete Necessidades Básicas da Crianca - 6h/aula

  • 1. Palestra: As sete necessidades básicas da criança Matheus Fantin
  • 2. Significado • Três suposições falsas: – A primeira suposição falsa é a de que o relacionamento pai-filho tem prioridade sobre o relacionamento marido-mulher – Uma segunda suposição falsa é a de que a criança tem o direito de ser o centro das atenções – Uma terceira suposição falsa é a de que a criança deve ser empurrada o mais rapidamente possível para o desempenho de papéis mais amadurecidos.
  • 3. Significado • Como construir um sentido de significado – Sua atitude como pai em relação a você mesmo é básica e afetará a autoestima de seu filho – Deixe que seu filho ajude em casa – Apresente seu filho a outros – Deixe que a criança fale por si – Dê à criança o privilégio da escolha e respeite suas opiniões sempre que possível – Passe tempo com seu filho – Encoraje o sentimento de dignidade e importância, confiando ocasionalmente a seu filho coisas que lhe causem surpresa
  • 4. Segurança • Condições que criam insegurança: – Conflito entre os pais – Mobilidade – Falta de disciplina adequada – Ausência dos pais – Críticas contínuas – Coisas e não pessoas – Pais inseguros
  • 5. Segurança • O que promove a segurança: – Segurança entre o pai e a mãe – Um amor generoso e contínuo dos pais pelo filho – União na família – Rotina regular – Disciplina adequada – A influência do toque – Sentimento de pertencer
  • 6. Aceitação • Porque as crianças sentem falta de aceitação: – As críticas constantes criam sentimento de fracasso, rejeição e desajuste – Comparar a criança com outras transmite falta de aceitação – Esperar que a criança realize os sonhos que os pais não puderam realizar faz que ela sinta que não é aceita – A superproteção de uma criança no geral contribui para o seu sentimento de não aceitação – Esperar demais do filho pode criar sentimento de não aceitação – A presença paterna excessiva rouba a confiança dos filhos
  • 7. Aceitação • O que dá lugar ao sentimento de aceitação: – Reconheça o filho como único – Ajude a descobrir satisfação em suas realizações – Deixe que a criança saiba que você a ama, a deseja e realmente a aprecia – Aceite os amigos de seu filho – Mantenha um relacionamento sincero e genuíno com a criança – Ouça o que seu filho diz – Trate seu filho como uma pessoa de valor – Permita que seu filho cresça e se desenvolva a seu modo único e próprio
  • 8. Amar e ser amada • O amor é uma reação aprendida • O amor entre os pais afeta a capacidade de amar da criança • O amor deve ser verbal • Amor pede ação • O amor envolve confiança • O amor exige disposição para ouvir • Amar significa compartilhar experiências • O amor constrói relacionamento francos e confortáveis • O amor reconhece que as pessoas são mais importantes do que as coisas
  • 9. Elogio • Diretrizes para o elogio – Elogie o desempenho da criança e na a sua personalidade – Elogie aquilo que é de responsabilidade da criança e não o que não depende dela – Reconheça que o elogio é especialmente necessário por parte das pessoas que são importantes para a criança – Elogie com sinceridade – Elogie a criança pelo que ela fizer por iniciativa própria – Tenha em mente que quanto mais cedo for feito o elogio, melhor – Lembre-se de que a atitude dos pais é tão importante quanto suas palavras de incentivo
  • 10. Disciplina • Definição de disciplina • Propósito da disciplina • Métodos de disciplina
  • 11. Deus • A Bíblia e a criança – A Bíblia ensina que, em primeiro lugar, os próprios pais devem ter comunhão com Deus – A Bíblia coloca a responsabilidade pelo treinamento religioso dos filhos diretamente sobre os pais – A Bíblia ensina claramente que a instrução dos pais deve ser constante e contínua – A Bíblia diz: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele” (Pv 22.6, RA)
  • 12. Contato • Matheus Fantin (Professor Laranjinha) • Facebook: Matheus Fantin • Página no Facebook: Professor Laranjinha • E-mail: professorlaranjinha@hotmail.com • Site: www.professorlaranjinha.com.br • Celular: (44) 9942-8348