SlideShare uma empresa Scribd logo
Igreja Batista Memorial de
Silva Jardim
VIDA CRISTÃ E PLANEJAMENTO
FINANCEIRO FAMILIAR
Rogério de Andrade
Consultor Financeiro
30 DE AGOSTO DE 2015
ABORDAGEM
• PLANEJAMENTO/EDUCAÇÃO FINANCEIRA
• ORÇAMENTO FINANCEIRO
• “ARMADILHAS”
• A IMPORTÂNCIA DE POUPAR
• DÍVIDAS
PRINCÍPIOS BÍBLICOS SOBRE FINANÇAS
“POIS QUAL DE VÓS,
PRETENDENDO CONSTRUIR UMA
TORRE , NÃO SE ASSENTA
PRIMEIRO PARA CALCULAR A
DESPESA E VERIFICAR SE TEM
MEIOS PARA A CONCLUIR?”
Lucas 14:28
PLANEJAMENTO
“PREVER, PROGRAMAR
PARA REALIZAR O
FUTURO”
“Bem aventurado aquele
que teme ao Senhor e
anda nos Seus caminhos!
Do trabalho de suas
mãos comerás , feliz
serás, e tudo te irá bem.”
Salmos 128:1-2
SAÚDE FÍSICA
HARMONIA/EQUILÍBRIO
SAÚDE EMOCIONAL
SAÚDE ESPIRITUAL
SAÚDE FINANCEIRA
FELIZ SERÁS!
Por que vem crescendo a
preocupação com a saúde
financeira da família ?
1- O impacto causado na saúde das
pessoas por problemas de
desequilíbrio financeiro.
2- O impacto causado nos lares,
em virtude de problemas de
desequilíbrio financeiro.
Prejuízos no : relacionamento familiar
relacionamento interpessoal
desempenho profissional
situação legal
Perda do patrimônio
Atitudes que não agradam a Deus
Perda da saúde financeira
3 - O GRAU DE ENDIVIDAMENTO e de
INADIMPLÊNCIA das
Famílias Brasileiras.
- 61,9% das famílias brasileiras possuem algum tipo
de dívida.
- 21,5% das famílias possuem alguma conta em
atraso.
- 12,5% das famílias declararam estar muito
endividadas
- 8,1% das famílias declaram não ter a mínima
condição de pagar suas dívidas
Fonte: Pesquisa CNC
(Confederação
Nacional do Comércio) –
Pesquisa 07/2015
AS FAMILIAS ESTÃO COMPROMETENDO EM
TORNO DE 46,30% DO SEU ORÇAMENTO
FAMILIAR PARA PAGAR DÍVIDAS.
O MAIOR ÍNDICE NOS ÚLTIMOS 10 ANOS
Fonte: BACEN
Pesquisa ABRIL/2015
4- Pesquisas revelam que muitas famílias
não têm nenhuma idéia :
- do patrimônio que possuem,
- do volume de suas despesas mensais
- de quanto precisam, por
mês, para viver
confortavelmente e viabilizar
suas metas e seus
objetivos.
EDUCAÇÃO FINANCEIRA
O OBJETIVO É CONHECER E
RESPEITAR OS PRINCÍPIOS SOBRE
COMO NÃO GASTAR MAIS DO QUE
SE GANHA, CONSTITUIR RESERVAS,
EVITAR DÍVIDAS, MANTER
CONTROLE SOBRE RECEITAS E
DESPESAS, CONHECIMENTO E
DIVERSIFICAÇÃO DE
INVESTIMENTOS
EDUCAÇÃO FINANCEIRA
• CONSUMIR
• POUPAR
• PLANEJAR A VIDA FINANCEIRA.
• ADMINISTRAR BEM O DINHEIRO PARA
MANTER A VIDA EM EQUILIBRIO.
• MOSTRAR OPÇÕES DE INVESTIMENTO
DISPONÍVEIS.
E OS JOVENS ?
PORQUE A PREOCUPAÇÃO COM ESSE
GRUPO?
PARA EVITAR O CRESCIMENTO DE UMA
GERAÇÃO
ENDIVIDADA .
• JUVENTUDE 1ª FASE DO CICLO DE
VIDA FINANCEIRO
• 1º CICLO DE VIDA FINANCEIRO É O
MAIS IMPORTANTE
• FASE CARACTERIZADA
PELOS ESTUDOS E
PELOS PRIMEIROS EMPREGOS;
• MOMENTO DE DEFINIÇÃO DA MAIORIA DOS
OBJETIVOS PESSOAIS ;
• QUANDO COMEÇAMOS A FAZER PLANOS;
REALIDADE ATUAL
• HOJE, 70% dos jovens, quando iniciam
suas carreiras, apresentam algum tipo de
dívida, seja no Cartão de Crédito,
Cheque Especial, ou Conta bancária no
vermelho.
Fonte: INSTITUTO DISOP DE
EDUCAÇÃO FINANCEIRA
REALIDADE ATUAL
•6,3 milhões de jovens, entre 18 e 24
anos, estão com restrições no CPF.
•Isso representa 26% da população
brasileira nessa faixa etária.
Fonte: SCPC Brasil – Serviço
Central de Proteção ao Crédito
MOTIVOS PARA O DESEQUILIBRIO
FINANCEIRO
1 - Manutenção de um estilo de vida
incompatível com a
condição financeira.
MOTIVOS PARA O
DESEQUILIBRIO FINANCEIRO
2- AUSÊNCIA DE PLANEJAMENTO
FINANCEIRO
. A MAIORIA DAS FAMÍLIAS
não planeja, nem mede consequências
antes de fazer algo que envolva finanças.
Planejamento Financeiro Familiar
É um processo racional de administrar a
renda, os investimentos,as despesas, o
patrimônio, as dívidas da família, com o
objetivo de manter a vida financeira em
equilíbrio e tornar realidade os sonhos,
os desejos e os objetivos.
Planejamento Financeiro Familiar
. Viver com seus recursos.
. Identificar prioridades financeiras.
. Utilizar adequadamente os
recursos para cobrir as despesas.
. Cobrir emergências e reduzir o
uso do crédito.
• Reduzir conflitos e incertezas sobre o dinheiro.
• Tornar-se independente e com controle
sobre as suas finanças.
• Poupar e investir para atingir seus objetivos.
PLANEJAMENTO
• Perceber a realidade.
• Avaliar os caminhos.
• Construir um referencial futuro
(visão de curto, médio e longo
prazo).
• Estruturar o trâmite adequado.
• Reavaliar todo o processo, caso o
objetivo não seja atingido
PLANEJAMENTO FINANCEIRO
• Valores expressos em moeda –
padrão monetário.
• Saber de onde vem todo o dinheiro.
• Saber para onde vai todo o dinheiro.
• Saber para onde deveria ir.
• Ajudar a garantir que o dinheiro vá
para onde deve ir.
PLANEJAMENTO FINANCEIRO
FAMILIAR
Tem a participação e o
comprometimento
de todos os
membros
da família.
1. Nesse momento você pode afirmar
que possui total controle de seus
gastos e, consequentemente, de
suas finanças?
2. Você cobre seus gastos com as
suas receitas?
3. Você cobre seus gastos com as
suas receitas e ainda
poupa para atingir seus
projetos/objetivos?
DICAS
• Utilize dados históricos e
hipóteses razoáveis como
ponto de partida.
• Confie em sua própria experiência.
Faça suposições inteligentes sobre
o que provavelmente acontecerá no
futuro.
• Seja bastante criterioso.
•Trabalhe com valores reais.
•Elabore o orçamento com os “pés
no chão”.
•Evite surpresas desagradáveis. À
medida que os valores reais se
tornarem disponíveis, compare-os
com aqueles orçados. Caso haja uma
variação significativa ou inesperada,
descubra o motivo.
.Trace objetivos reais,
claros, definidos e
específicos ( de curto,
médio e longo prazos).
.Atualize a “valor de mercado”os objetivos
específicos de médio e longo prazos.
.Compare o “orçado” com o “realizado”
rotineiramente.
.Avalie sempre o seu orçamento.
METAS/OBJETIVOS
• Específicas
• Mensuráveis
• Atingíveis
• Realistas (pés no chão)
• Tempo limitado
SE PRECISAR REFAZER O
ORÇAMENTO:
• Elimine as despesas que implicam
em cobrança de juros.
• Corte despesas desnecessárias.
• Seja rígido com as despesas
adicionais.
• É possível economizar com gastos
variáveis.
• Repense os gastos arbitrários.
 Planejamento
 Organização
 Controle
 Avaliação
• Conscientização
• Disciplina
• Determinação
• Comprometimento
“OS PLANOS DO DILIGENTE
TENDEM À ABUNDÂNCIA; MAS A
PRESSA EXCESSIVA, À
POBREZA”
Provérbios 21:5
Seja fiel a Deus
“Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro,
para que haja mantimento na minha casa ; e
provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos,
se eu não vos abrir as janelas do céu, e não
derramar sobre vós benção sem medida.”
Malaquias 3:10
Seja fiel a Deus
“Disse-lhe o senhor: Muito bem,
servo bom e fiel ; foste fiel no
pouco, sobre muito te colocarei ;
entra no gozo do teu senhor.”
Mateus 25:21
Honre-O com os seus bens
“Honra ao Senhor com os teus bens e
com as primícias de toda tua renda; e se
encherão fartamente os teus celeiros, e
transbordarão de vinho os teus
lagares.”
Provérbios 3:9-10
“AS ARMADILHAS”
A SOCIEDADE DE CONSUMO
O marketing utiliza todas as formas de
apelo ao consumo (condições facilitadas
de pagamento, preço, promoção, pontos
estratégicos de venda, embalagens
atrativas)
Status, Cobranças
Sociais e Poder
A SOCIEDADE DE CONSUMO
“Não há nada
de errado em
consumir...”
“Ele não aprende
a se policiar e
esperar a hora
certa para
comprar”
É realmente necessário ou é um
impulso momentâneo?
Existe produto similar que atenda
suas necessidades?
Seja seletivo
CARTÃO = PREÇO À VISTA
NEGOCIE PREÇO - “PECHINCHE”
Tire proveito das liquidações. Fique de olho
nas ofertas.
Pesquise preços ( jornais, revistas, internet)
HÁ CASOS DE DIFERENÇAS DE PREÇOS
QUE CHEGAM A 40%
“Invista no que é necessário”
“Por que gastais o dinheiro naquilo que
não é pão, e o vosso suor naquilo que
não satisfaz? Ouvi-me atentamente,
comei o que é bom e vos deleitareis
com finos manjares”. Isaías 55:2
A SEDUÇÃO DO CRÉDITO
A facilidade da sua obtenção.
As famosas prestações suaves.
O foco não é avaliar se a prestação cabe
no “bolso” e sim quanto de juros você
está pagando.
Avalie se não é melhor poupar e comprar
à vista.
A SEDUÇÃO DO CRÉDITO
• LEMBRE-SE SEMPRE:
COMPRAS PARCELADAS CRIAM UM
PADRÃO DE VIDA ARTIFICIAL
TAXA MÉDIA DE JUROS
(JULHO/2015)
• Comércio: 5,25 % a.m. = 84,78%
• Bancos: 4,13% a.m. = 62,52%
• Financeiras: 7,70% a.m. = 143,55%
Fonte: ANEFAC
IPCA PROJETADO PARA 2015 = 9,29%
(pesquisa FOCUS – 21/08)
O CARTÃO DE CRÉDITO
Pode ser o seu melhor
ou pior instrumento
financeiro.
Pagamento da fatura à vista – até 40
dias de prazo de pagamento
O CARTÃO DE CRÉDITO
EVITE PARCELAR SUA DÍVIDA
Taxa Média s/ Saldo Financiado:
14,26% a.m. = 395,00 % a.a. (Fonte: BACEN –
Julho 2015)
0,7334% a.m.- é o rendimento
da poupança para o dia
28/08/2015 , ou seja: 9,16% a.a. (projeção
IPCA projetado
para 2015 = 9,29% a.a.
(pesquisa FOCUS -
21/08)
O CARTÃO DE CRÉDITO
• Pesquise taxas!!! (bancos trabalham com taxas
diferentes .Elas variam de banco para banco e de
acordo com a “fidelidade” do cliente)
• Negocie a anuidade!!!
• Para que ter bandeira “internacional” se
você não viaja???
• “RESPONDE PELO MAIOR PERCENTUAL
DENTRE AS FAMILIAS COM DIVIDAS:
77,2% (fonte O Globo – 14/07)
O CHEQUE ESPECIAL
REGRA NÚMERO 1: Não faz parte do seu salário!!!
“PROCURE NÃO USAR, SALVO SE VOCE QUISER
PAGAR POR MÊS O QUE NÃO GANHA EM 1 ANO DE
POUPANÇA”
. JUROS MÉDIOS COBRADOS PELAS INSTITUIÇÕES
FINANCEIRAS:
10,92 % a.m. = 247,00 % a.a. (Fonte: BACEN –
Julho 2015)
0,7334% a.m.- é o rendimento da poupança para o dia
28/08/2015 , ou seja: 9,16% a.a. (projeção)
IPCA PROJETADO PARA 2015: 9,29% a.a.
[Palestra] Educação Financeira e Orçamento Familiar - Igreja Batista Memorial em Silva Jardim
RELACIONAMENTO COM BANCOS
• Conheça seus direitos e deveres na hora de escolher o banco que
vai trabalhar.
• Compare tarifas.
• Compare taxas de Empréstimos, Cheque Especial, Cartão de
Crédito.
• Fidelidade geralmente traz benefícios.
• É realmente necessário ter conta em mais de um banco?
• Você não é obrigado a comprar produtos que não precise.
MUDE DE BANCO CASO SE SINTA EXPLORADO !!!
SUPERMERCADOS
Programe sua ida.
Evite levar crianças.
Evite ir de barriga vazia.
Não faça estoque desnecessário.
Aproveite as ofertas.
Conheça os dias das promoções.
Olhe as prateleiras “de baixo”.
Costumar cobrir ofertas dos concorrentes.
DATAS ESPECIAIS
• PÁSCOA
• DIA DAS MÃES / DOS PAIS
• DIA DOS NAMORADOS
• DIA DAS CRIANÇAS
• “BLACK FRIDAY” (29/11)
• NATAL
• ANO NOVO
NATAL / ANO NOVO
“ÉPOCA MÁGICA”
• CLIMA ENVOLVENTE DAS FESTAS DE
FIM DE ANO
• PROPAGANDA INTENSA NAS MIDIAS
• PRESSÃO SOCIAL PARA
PRESENTEARMOS O MUNDO QUE NOS
CERCA
• 13º SALÁRIO
DATAS ESPECIAIS
“FINANCIAR AS COMPRAS NAS
DATAS ESPECIAIS É UM FORTE
SINALIZADOR QUE VOCÊ ESTÁ
EXAGERANDO”
“Compromissos exigem coerência”
RELACIONAMENTO COM OS FILHOS
.Estabeleça mesada – deixe
claro limites de consumo.
.Gastos e ganhos – “Acabou o dinheiro?
Paciência.....”
.Autoridade do exemplo.
A “mesada” deve ser uma
ferramenta na aprendizagem
financeira e não deve, jamais,
ser usada como objeto de
troca.
“Quando o dinheiro é associado de
forma equivocada com cooperação,
respeito, expressão de emoções,
autocuidado, responsabilidade como
cidadão, as crianças estão sendo
condicionadas a fazerem tudo em
troca de algumas moedas.”
Artigo Dinheirama – 23/10/2013
“POUPANÇA”
POUPANÇA
• Guardar dinheiro deve estar em primeiro lugar
na lista de prioridades.
• Poupe com objetivos definidos.
• “Não deixe o hábito se
transformar em vício”
• “Cuidado para não
virar escravo do dinheiro”
(Mateus 6: 19 a 21)
“NÃO ACUMULEIS PARA VÓS OUTROS
TESOUROS SOBRE A TERRA , ONDE A
TRAÇA E A FERRUGEM CORROEM E ONDE
LADRÕES ESCAVAM E ROUBAM ; MAS
AJUNTAI PARA VÓS OUTROS TESOUROS NO
CÉU, ONDE TRAÇA NEM FERRUGEM
CORRÓI,E ONDE LADRÕES NÃO ESCAVAM
NEM ROUBAM ; PORQUE ONDE ESTÁ O TEU
TESOURO , AÍ ESTARÁ TAMBÉM O TEU
CORAÇÃO”
Mateus 6:19-21
INVESTIMENTOS FINANCEIROS
“MANUTENÇÃO DO PODER DE COMPRA DO
DINHEIRO”
• Conhecimento
• Programação
• Diversificação
Avalie sempre:
Liquidez
Rentabilidade
Segurança
Desconfie sempre das taxas oferecidas acima
do mercado.
TIPO CARACTERÍSTICAS RISCO
Caderneta de Poupança Garantida até R$ 250.000,00. Não paga IR. A rentabilidade é a
menor entre os produtos de renda fixa.
Baixo
Fundo de Renda Fixa É vantajoso num cenário de queda nas taxas de juros. Caso
contrário, o investidor perde.
Baixo
Fundos DI
Indicado em momentos de grande turbulência. São mais
conservadores do que os fundos de renda fixa.
Baixo
Letra Crédito Imobiliário
Títulos de crédito lastreados por créditos imobiliários garantidos
por hipoteca ou alienação fiduciária de imóvel. Atratividade -
isenção IR
Baixo
PGBL
O grande apelo é deduzir as aplicações do IR até o limite de 12%
da renda total.
Baixo
Imóvel
Sua principal vantagem é a estabilidade, mas é o que apresenta
a menor liquidez entre todos.
Baixo
Títulos Públicos
Pode ser adquirido pelo chamado "Tesouro Direto", que não tem
taxa de Administração, ou por corretora, arcando com os serviços
de corretagem. É uma opção interessante, segura, de boa
rentabilidade e alta liquidez.
Baixo
CDB
Rende mais para grandes quantias, o que é uma limitação.
Promessa de retorno muito alto é sinal de perigo.
Moderado
Ouro
Há muito tempo tem cotação estável. Mas em tempo de crise, é
um porto seguro para os mais cautelosos
Moderado
Fundo Imobiliário
A rentabilidade está diretamente associada à qualidade do
empreendimento. Seu ponto fraco é a liquidez.
Moderado
Fundo Multimercado
Aplicação em diversas classes de ativos, buscando retorno de
longo prazo e a redução dos riscos.
Moderado
Fundo Cambial
Indicado a quem assumiu compromissos atrelados ao valor do
dólar ou planeja viajar para o exterior.
Alto
Dólar
As contas em dólar não são permitidas no Brasil. Há riscos de
falsificação e restrições para negociar a moeda.
Alto
Ações
Exige grande conhecimento do Mercado. Pode ter custo elevado
de corretagem. Retorno de longa duração.
Alto
Fundo de Ações
A principal vantagem é a diversificação que o fundo possibilita,
reduzindo os riscos de oscilações.
Alto
COMPLEMENTAÇAÕ DA
APOSENTADORIA
ME Apenas 2% das pessoas
alcançam a idade da
aposentadoria sem
necessidade de ter que
trabalhar para obtenção do
próprio sustento.
. Apenas 1% tem reservas e fontes de renda
suficientes para poder considerar-se abastado.
SER “POUPADOR” NÃO SIGNIFICA
SER AVARENTO E DEIXAR DE
APROVEITAR A VIDA.
SIGNIFICA SER CRITERIOSO.
SABER APROVEITAR A VIDA, MAS
COM CRITÉRIOS FINANCEIROS
“O QUE CARACTERIZA O POUPADOR NÃO É
O QUANTO DE DINHEIRO ELE TEM.
MAS SUA DISCIPLINA EM RELAÇÃO
AO QUE ELE TEM.”
“DÍVIDAS”
NÃO HÁ NADA ERRADO EM CONTRAIR
DÍVIDAS ou “TOMAR CRÉDITO”
DESDE QUE:
1. SEJA CONTRAÍDA DE FORMA
CONSCIENTE E RESPONSÁVEL
2. SEJA DESTINADA AO CRESCIMENTO
DO PATRIMÔNIO
3. VOCÊ TENHA CERTEZA DE QUE
PODERÁ PAGÁ-LA, NO PRAZO
ACORDADO
O CRÉDITO É UM PODEROSO
INSTRUMENTO PARA:
• VIABILIZAR SONHOS E PROJETOS
• APROVEITAR OPORTUNIDADES DE
NEGÓCIOS
• EXPANDIR ATIVIDADES
GRANDE PROBLEMA
. DÍVIDAS GERADAS PELA FALTA DE
CONTROLE DA ECONOMIA
DOMÉSTICA
. VOCÊ GASTOU MAIS DO QUE
GANHOU
GRANDE RISCO
DEVEDOR
A
INADIMPLENTE
Vencendo as Dívidas
• Não se conforme com
a situação.
. Assuma sua culpa..
• Demonstre sempre
vontade de pagar.
• Tenha consciência que, solucionar o problema,
vai exigir alguns sacrifícios, estabelecimentos de
prioridades e muita determinação.
• Elabore um “orçamento financeiro” bem feito.
• Não fuja do problema.
• Mantenha a calma .
• Controle a ansiedade.
• Uma situação de cada vez.
• Liste suas dívidas em ordem de prioridade:
1- as que implicam corte em serviços
2- aquelas com maior taxa de juros
. Negocie com o credor: descontos e prazos
maiores, de acordo com a sua capacidade de
pagamento.
. Não faça novas dívidas (a não ser que seja
para trocar as dívidas atuais por outras com
prazos mais elásticos e taxas menores de
juros)
• Seja firme no controle das despesas
(economize o que puder)
• “Enxugue as contas” –
corte gastos supérfluos
• Se for necessário
desfaça-se
de algum bem.
• Trace metas sempre!
Nunca fique devendo nada a
ninguém
“Pagai a todos o que lhes é devido: a quem
imposto, imposto; a quem respeito,
respeito; a quem honra, honra. A ninguém
fiqueis devendo coisa
alguma, exceto o amor .”
Romanos 13:7-8
MANTENHA SEMPRE UMA POSIÇÃO DE
FÉ E CONFIANÇA
“Por isso, vos digo: não andeis ansiosos pela vossa
vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem
pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir.
Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo, mais
do que as vestes?” – Mateus 6.25
“Buscai, pois em primeiro
lugar, o reino de Deus e
a sua justiça, e todas estas
cousas vos
serão
acrescentadas.” –
Mateus 6.33
O início do Sucesso = total das dívidas
< 30% da renda mensal
ESTILO DE VIDA = CONDIÇÃO FINANCEIRA
FAMILIAR
“De fato , grande fonte de
lucro é a piedade com o contentamento.
Porque nada temos trazido para o
mundo , nem coisa alguma podemos
levar dele . Tendo sustento e com que
nos vestir , estejamos contentes. ”
1 Timóteo 6: 6-8
TESOUROS NO CÉU, NÃO EXCLUEM
UMA BOA E SÓLIDA ESTABILIDADE
FINANCEIRA
Crer na Providência de Deus, não exclui a previdência humana e
social. “A mão que economiza, é uma mão que não pede”. É
o lema da CAIXA ECONÔMICA FEDERAL”. O Calvinismo, a fé
reformada/presbiteriana, preconiza uma mentalidade de
poupança e de investimento: cultivar um estilo de vida
simples, ver o trabalho como vocação de Deus e como uma
benção, ganhar honestamente o máximo que puder. Investir
de forma planejada e inteligente; guardar para comprar um
bem e não ficar devendo o que ainda não recebeu, para
comprar algo que, talvez, não precise tanto.
O endividamento e os apertos financeiros, para quem tem caráter,
é uma fonte de ansiedade.
Rev. Guilhermino Cunha
(Boletim Dominical LXV nº 3449 – 24 de Julho de 2011)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Vida financeira equilibrada (2)
Vida financeira equilibrada (2)Vida financeira equilibrada (2)
Vida financeira equilibrada (2)
Eliel Soares de Paula
 
Seminario Biblia Dinheiro 02
Seminario Biblia Dinheiro 02Seminario Biblia Dinheiro 02
Seminario Biblia Dinheiro 02
Lemuel Silva
 
Finanças da Família
Finanças da FamíliaFinanças da Família
Finanças da Família
Luan Almeida
 
O cristão e o dinheiro
O cristão e o dinheiroO cristão e o dinheiro
O cristão e o dinheiro
IPB706Sul
 
Planejamento financeiro pessoal e familiar
Planejamento financeiro pessoal e familiarPlanejamento financeiro pessoal e familiar
Planejamento financeiro pessoal e familiar
Ronilson Sousa
 
Entendendo o Ministério da Família
Entendendo o Ministério da FamíliaEntendendo o Ministério da Família
Entendendo o Ministério da Família
Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
Apostila palestra para casais
Apostila   palestra para casaisApostila   palestra para casais
Apostila palestra para casais
Construção Edificações
 
A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna
A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna
A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna
Cacilda Barbosa Santiago
 
4 2-2017 - Finanças à luz da biblia
4 2-2017 - Finanças à luz da biblia4 2-2017 - Finanças à luz da biblia
4 2-2017 - Finanças à luz da biblia
Samuel Rozolem
 
4 estações do casamento
4 estações do casamento4 estações do casamento
4 estações do casamento
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
Lição 8 as mudanças dos valores morais ebd
Lição 8  as mudanças dos valores morais ebdLição 8  as mudanças dos valores morais ebd
Lição 8 as mudanças dos valores morais ebd
Nayara Mayla Brito Damasceno
 
Os desafios para o adolescente cristão no mundo
Os desafios para o adolescente cristão no mundoOs desafios para o adolescente cristão no mundo
Os desafios para o adolescente cristão no mundo
CRISTOPAA
 
Orçamento familiar
Orçamento familiarOrçamento familiar
Orçamento familiar
Eliel Soares de Paula
 
Primeira apostila dos jovens - PDF
Primeira apostila dos jovens - PDFPrimeira apostila dos jovens - PDF
Primeira apostila dos jovens - PDF
Lucas Martins
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Edilson Jose Barbosa Barbosa
 
Palestra de Educação Financeira
Palestra de Educação Financeira   Palestra de Educação Financeira
Palestra de Educação Financeira
Oswaldo Neto
 
Vida Financeira Equilibrada (1)
Vida Financeira Equilibrada  (1)Vida Financeira Equilibrada  (1)
Vida Financeira Equilibrada (1)
Eliel Soares de Paula
 
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deusComo ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
Melhorando o relacionamento conjugal
Melhorando o relacionamento conjugalMelhorando o relacionamento conjugal
Melhorando o relacionamento conjugal
Pr Ismael Carvalho
 
Introdução às Finanças Pessoais ]
Introdução às Finanças Pessoais ]Introdução às Finanças Pessoais ]
Introdução às Finanças Pessoais ]
Secretaria de Estado da Tributação do RN
 

Mais procurados (20)

Vida financeira equilibrada (2)
Vida financeira equilibrada (2)Vida financeira equilibrada (2)
Vida financeira equilibrada (2)
 
Seminario Biblia Dinheiro 02
Seminario Biblia Dinheiro 02Seminario Biblia Dinheiro 02
Seminario Biblia Dinheiro 02
 
Finanças da Família
Finanças da FamíliaFinanças da Família
Finanças da Família
 
O cristão e o dinheiro
O cristão e o dinheiroO cristão e o dinheiro
O cristão e o dinheiro
 
Planejamento financeiro pessoal e familiar
Planejamento financeiro pessoal e familiarPlanejamento financeiro pessoal e familiar
Planejamento financeiro pessoal e familiar
 
Entendendo o Ministério da Família
Entendendo o Ministério da FamíliaEntendendo o Ministério da Família
Entendendo o Ministério da Família
 
Apostila palestra para casais
Apostila   palestra para casaisApostila   palestra para casais
Apostila palestra para casais
 
A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna
A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna
A família cristã e os desafios da sociedade Pós-moderna
 
4 2-2017 - Finanças à luz da biblia
4 2-2017 - Finanças à luz da biblia4 2-2017 - Finanças à luz da biblia
4 2-2017 - Finanças à luz da biblia
 
4 estações do casamento
4 estações do casamento4 estações do casamento
4 estações do casamento
 
Lição 8 as mudanças dos valores morais ebd
Lição 8  as mudanças dos valores morais ebdLição 8  as mudanças dos valores morais ebd
Lição 8 as mudanças dos valores morais ebd
 
Os desafios para o adolescente cristão no mundo
Os desafios para o adolescente cristão no mundoOs desafios para o adolescente cristão no mundo
Os desafios para o adolescente cristão no mundo
 
Orçamento familiar
Orçamento familiarOrçamento familiar
Orçamento familiar
 
Primeira apostila dos jovens - PDF
Primeira apostila dos jovens - PDFPrimeira apostila dos jovens - PDF
Primeira apostila dos jovens - PDF
 
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014Apresentação1- A família : Plano de Deus -   Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
Apresentação1- A família : Plano de Deus - Estudo bíblico 1 - 19-10-2014
 
Palestra de Educação Financeira
Palestra de Educação Financeira   Palestra de Educação Financeira
Palestra de Educação Financeira
 
Vida Financeira Equilibrada (1)
Vida Financeira Equilibrada  (1)Vida Financeira Equilibrada  (1)
Vida Financeira Equilibrada (1)
 
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deusComo ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
Como ser-um-jovem-segundo-o-coração-de-deus
 
Melhorando o relacionamento conjugal
Melhorando o relacionamento conjugalMelhorando o relacionamento conjugal
Melhorando o relacionamento conjugal
 
Introdução às Finanças Pessoais ]
Introdução às Finanças Pessoais ]Introdução às Finanças Pessoais ]
Introdução às Finanças Pessoais ]
 

Destaque

Palestra Educação e Planejamento Financeiro Pessoal
Palestra Educação e Planejamento Financeiro PessoalPalestra Educação e Planejamento Financeiro Pessoal
Palestra Educação e Planejamento Financeiro Pessoal
Benjamim Garcia Netto
 
Planejamento Familiar
Planejamento FamiliarPlanejamento Familiar
Planejamento Familiar
guest9d8c5a
 
Apostila do planejamento
Apostila do planejamentoApostila do planejamento
Apostila do planejamento
Walter Unger
 
Educação financeira
Educação financeiraEducação financeira
Educação financeira
Rodrigo Da Silva Girio
 
Cristão ateu 08
Cristão ateu 08Cristão ateu 08
Cristão ateu 08
Eduardo Maciel
 
Planejamento Financeiro Pessoal
Planejamento Financeiro PessoalPlanejamento Financeiro Pessoal
Planejamento Financeiro Pessoal
qifinanceiro
 
Finanças e Fé Cristã
Finanças e Fé CristãFinanças e Fé Cristã
Finanças e Fé Cristã
Família EBD Areão
 
Cartilha3 planejamento financeiroi
Cartilha3 planejamento financeiroiCartilha3 planejamento financeiroi
Cartilha3 planejamento financeiroi
Alessandra Nascimento
 
investeducar - Planejamento Financeiro Pessoal
investeducar  - Planejamento Financeiro Pessoalinvesteducar  - Planejamento Financeiro Pessoal
investeducar - Planejamento Financeiro Pessoal
investeducar Educacao Financeira
 
Crown Abertura
Crown AberturaCrown Abertura
Crown Abertura
luiscandido
 
Palestra: Planejamento Financeiro Pessoal | IBDEC
Palestra: Planejamento Financeiro Pessoal | IBDECPalestra: Planejamento Financeiro Pessoal | IBDEC
Palestra: Planejamento Financeiro Pessoal | IBDEC
RenanSabio
 
Palestra Planejamento Financeiro
Palestra Planejamento Financeiro Palestra Planejamento Financeiro
Palestra Planejamento Financeiro
Danilo Marques
 
Planejamento Financeiro Pessoal - Turma 25012014
Planejamento Financeiro Pessoal - Turma 25012014Planejamento Financeiro Pessoal - Turma 25012014
Planejamento Financeiro Pessoal - Turma 25012014
Vital Souza Jr.
 
Planilha controle-dizimo-oferta
Planilha controle-dizimo-ofertaPlanilha controle-dizimo-oferta
Planilha controle-dizimo-oferta
Wesdigital Planilhas
 
Educação Financeira - 6 pontos para o sucesso
Educação Financeira - 6 pontos para o sucessoEducação Financeira - 6 pontos para o sucesso
Educação Financeira - 6 pontos para o sucesso
Kenneth Corrêa
 
apostila: "finanças na biblia"
apostila: "finanças na biblia"apostila: "finanças na biblia"
apostila: "finanças na biblia"
Wildney Gomes
 
Como Administrar suas Finanças Pessoais
Como Administrar suas Finanças PessoaisComo Administrar suas Finanças Pessoais
Como Administrar suas Finanças Pessoais
Yupee
 
Apostila De FinançAs Pessoais 2010
Apostila De FinançAs Pessoais 2010Apostila De FinançAs Pessoais 2010
Apostila De FinançAs Pessoais 2010
adriano assante
 
RECICLAGEM DE DIÁCONOS 22/07/2013
RECICLAGEM DE DIÁCONOS 22/07/2013RECICLAGEM DE DIÁCONOS 22/07/2013
RECICLAGEM DE DIÁCONOS 22/07/2013
P Valter De Almeida Gomes
 
Noivos Inteligentes Planejam o Futuro
Noivos Inteligentes Planejam o FuturoNoivos Inteligentes Planejam o Futuro
Noivos Inteligentes Planejam o Futuro
Grupo E. Fabris
 

Destaque (20)

Palestra Educação e Planejamento Financeiro Pessoal
Palestra Educação e Planejamento Financeiro PessoalPalestra Educação e Planejamento Financeiro Pessoal
Palestra Educação e Planejamento Financeiro Pessoal
 
Planejamento Familiar
Planejamento FamiliarPlanejamento Familiar
Planejamento Familiar
 
Apostila do planejamento
Apostila do planejamentoApostila do planejamento
Apostila do planejamento
 
Educação financeira
Educação financeiraEducação financeira
Educação financeira
 
Cristão ateu 08
Cristão ateu 08Cristão ateu 08
Cristão ateu 08
 
Planejamento Financeiro Pessoal
Planejamento Financeiro PessoalPlanejamento Financeiro Pessoal
Planejamento Financeiro Pessoal
 
Finanças e Fé Cristã
Finanças e Fé CristãFinanças e Fé Cristã
Finanças e Fé Cristã
 
Cartilha3 planejamento financeiroi
Cartilha3 planejamento financeiroiCartilha3 planejamento financeiroi
Cartilha3 planejamento financeiroi
 
investeducar - Planejamento Financeiro Pessoal
investeducar  - Planejamento Financeiro Pessoalinvesteducar  - Planejamento Financeiro Pessoal
investeducar - Planejamento Financeiro Pessoal
 
Crown Abertura
Crown AberturaCrown Abertura
Crown Abertura
 
Palestra: Planejamento Financeiro Pessoal | IBDEC
Palestra: Planejamento Financeiro Pessoal | IBDECPalestra: Planejamento Financeiro Pessoal | IBDEC
Palestra: Planejamento Financeiro Pessoal | IBDEC
 
Palestra Planejamento Financeiro
Palestra Planejamento Financeiro Palestra Planejamento Financeiro
Palestra Planejamento Financeiro
 
Planejamento Financeiro Pessoal - Turma 25012014
Planejamento Financeiro Pessoal - Turma 25012014Planejamento Financeiro Pessoal - Turma 25012014
Planejamento Financeiro Pessoal - Turma 25012014
 
Planilha controle-dizimo-oferta
Planilha controle-dizimo-ofertaPlanilha controle-dizimo-oferta
Planilha controle-dizimo-oferta
 
Educação Financeira - 6 pontos para o sucesso
Educação Financeira - 6 pontos para o sucessoEducação Financeira - 6 pontos para o sucesso
Educação Financeira - 6 pontos para o sucesso
 
apostila: "finanças na biblia"
apostila: "finanças na biblia"apostila: "finanças na biblia"
apostila: "finanças na biblia"
 
Como Administrar suas Finanças Pessoais
Como Administrar suas Finanças PessoaisComo Administrar suas Finanças Pessoais
Como Administrar suas Finanças Pessoais
 
Apostila De FinançAs Pessoais 2010
Apostila De FinançAs Pessoais 2010Apostila De FinançAs Pessoais 2010
Apostila De FinançAs Pessoais 2010
 
RECICLAGEM DE DIÁCONOS 22/07/2013
RECICLAGEM DE DIÁCONOS 22/07/2013RECICLAGEM DE DIÁCONOS 22/07/2013
RECICLAGEM DE DIÁCONOS 22/07/2013
 
Noivos Inteligentes Planejam o Futuro
Noivos Inteligentes Planejam o FuturoNoivos Inteligentes Planejam o Futuro
Noivos Inteligentes Planejam o Futuro
 

Semelhante a [Palestra] Educação Financeira e Orçamento Familiar - Igreja Batista Memorial em Silva Jardim

Como organizar-sua-vida-financeira
Como organizar-sua-vida-financeiraComo organizar-sua-vida-financeira
Como organizar-sua-vida-financeira
RonaldoCursoPUCRio
 
Planejamento Financeiro na Prática
Planejamento Financeiro na PráticaPlanejamento Financeiro na Prática
Planejamento Financeiro na Prática
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Palestra Cooperativismo e Educação Financeira
Palestra Cooperativismo e Educação FinanceiraPalestra Cooperativismo e Educação Financeira
Palestra Cooperativismo e Educação Financeira
CRA - MG
 
Cartilha boa vista
Cartilha boa vistaCartilha boa vista
Aula 1 - Movimento de caixa.pptx
Aula 1 - Movimento de caixa.pptxAula 1 - Movimento de caixa.pptx
Aula 1 - Movimento de caixa.pptx
Professor Cristiano Barreto
 
Atividade Complementar (Planejamento Financeiro)
Atividade Complementar (Planejamento Financeiro)Atividade Complementar (Planejamento Financeiro)
Atividade Complementar (Planejamento Financeiro)
Kelly Queiroz
 
09 treinamento tour do bem-estar - administração financeira
09    treinamento tour do bem-estar - administração financeira09    treinamento tour do bem-estar - administração financeira
09 treinamento tour do bem-estar - administração financeira
Herbalife
 
Acertando_umos_FUNCEF (1).ppt
Acertando_umos_FUNCEF (1).pptAcertando_umos_FUNCEF (1).ppt
Acertando_umos_FUNCEF (1).ppt
orlaviocarlosaveru
 
Educação Financeira - Prof. Pio
Educação Financeira - Prof. PioEducação Financeira - Prof. Pio
Educação Financeira - Prof. Pio
Centro Tecnologico
 
O Mapa da Riqueza - Finanças Pessoais
O Mapa da Riqueza - Finanças PessoaisO Mapa da Riqueza - Finanças Pessoais
O Mapa da Riqueza - Finanças Pessoais
Inovelead Marketing
 
Consultoria financeira pessoal do con$efins apresentação do serviço
Consultoria financeira pessoal do con$efins   apresentação do serviçoConsultoria financeira pessoal do con$efins   apresentação do serviço
Consultoria financeira pessoal do con$efins apresentação do serviço
IOSSENIR NUNES SILVA
 
Cartilha do nosso grupo de tcc 2012
Cartilha do nosso grupo de tcc 2012Cartilha do nosso grupo de tcc 2012
Cartilha do nosso grupo de tcc 2012
Brunoud16
 
Apresentação a importância da EDUCAÇÃO FINANCEIRA.pptx
Apresentação a importância da EDUCAÇÃO FINANCEIRA.pptxApresentação a importância da EDUCAÇÃO FINANCEIRA.pptx
Apresentação a importância da EDUCAÇÃO FINANCEIRA.pptx
PauloCavalcante38
 
O quadrado de um bom planejamento
O quadrado de um bom planejamentoO quadrado de um bom planejamento
O quadrado de um bom planejamento
vitadenarium
 
Dinheiro no bolso 2 selecoes reader's digest
Dinheiro no bolso 2   selecoes reader's digestDinheiro no bolso 2   selecoes reader's digest
Dinheiro no bolso 2 selecoes reader's digest
pauloweimann
 
Palestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoaisPalestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoais
Renato Matozinhos
 
Palestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoaisPalestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoais
Renato Matozinhos
 
Alfabetização Financeira: Um Guia para os Primeiros Passos
Alfabetização Financeira: Um Guia para os Primeiros Passos    Alfabetização Financeira: Um Guia para os Primeiros Passos
Alfabetização Financeira: Um Guia para os Primeiros Passos
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Curso de Finanças Pessoais
Curso de Finanças PessoaisCurso de Finanças Pessoais
Curso de Finanças Pessoais
Bruno Stefani
 
A ImportâNcia Do Orçamento Familiar
A ImportâNcia Do Orçamento FamiliarA ImportâNcia Do Orçamento Familiar
A ImportâNcia Do Orçamento Familiar
PREVI
 

Semelhante a [Palestra] Educação Financeira e Orçamento Familiar - Igreja Batista Memorial em Silva Jardim (20)

Como organizar-sua-vida-financeira
Como organizar-sua-vida-financeiraComo organizar-sua-vida-financeira
Como organizar-sua-vida-financeira
 
Planejamento Financeiro na Prática
Planejamento Financeiro na PráticaPlanejamento Financeiro na Prática
Planejamento Financeiro na Prática
 
Palestra Cooperativismo e Educação Financeira
Palestra Cooperativismo e Educação FinanceiraPalestra Cooperativismo e Educação Financeira
Palestra Cooperativismo e Educação Financeira
 
Cartilha boa vista
Cartilha boa vistaCartilha boa vista
Cartilha boa vista
 
Aula 1 - Movimento de caixa.pptx
Aula 1 - Movimento de caixa.pptxAula 1 - Movimento de caixa.pptx
Aula 1 - Movimento de caixa.pptx
 
Atividade Complementar (Planejamento Financeiro)
Atividade Complementar (Planejamento Financeiro)Atividade Complementar (Planejamento Financeiro)
Atividade Complementar (Planejamento Financeiro)
 
09 treinamento tour do bem-estar - administração financeira
09    treinamento tour do bem-estar - administração financeira09    treinamento tour do bem-estar - administração financeira
09 treinamento tour do bem-estar - administração financeira
 
Acertando_umos_FUNCEF (1).ppt
Acertando_umos_FUNCEF (1).pptAcertando_umos_FUNCEF (1).ppt
Acertando_umos_FUNCEF (1).ppt
 
Educação Financeira - Prof. Pio
Educação Financeira - Prof. PioEducação Financeira - Prof. Pio
Educação Financeira - Prof. Pio
 
O Mapa da Riqueza - Finanças Pessoais
O Mapa da Riqueza - Finanças PessoaisO Mapa da Riqueza - Finanças Pessoais
O Mapa da Riqueza - Finanças Pessoais
 
Consultoria financeira pessoal do con$efins apresentação do serviço
Consultoria financeira pessoal do con$efins   apresentação do serviçoConsultoria financeira pessoal do con$efins   apresentação do serviço
Consultoria financeira pessoal do con$efins apresentação do serviço
 
Cartilha do nosso grupo de tcc 2012
Cartilha do nosso grupo de tcc 2012Cartilha do nosso grupo de tcc 2012
Cartilha do nosso grupo de tcc 2012
 
Apresentação a importância da EDUCAÇÃO FINANCEIRA.pptx
Apresentação a importância da EDUCAÇÃO FINANCEIRA.pptxApresentação a importância da EDUCAÇÃO FINANCEIRA.pptx
Apresentação a importância da EDUCAÇÃO FINANCEIRA.pptx
 
O quadrado de um bom planejamento
O quadrado de um bom planejamentoO quadrado de um bom planejamento
O quadrado de um bom planejamento
 
Dinheiro no bolso 2 selecoes reader's digest
Dinheiro no bolso 2   selecoes reader's digestDinheiro no bolso 2   selecoes reader's digest
Dinheiro no bolso 2 selecoes reader's digest
 
Palestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoaisPalestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoais
 
Palestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoaisPalestra una finanças pessoais
Palestra una finanças pessoais
 
Alfabetização Financeira: Um Guia para os Primeiros Passos
Alfabetização Financeira: Um Guia para os Primeiros Passos    Alfabetização Financeira: Um Guia para os Primeiros Passos
Alfabetização Financeira: Um Guia para os Primeiros Passos
 
Curso de Finanças Pessoais
Curso de Finanças PessoaisCurso de Finanças Pessoais
Curso de Finanças Pessoais
 
A ImportâNcia Do Orçamento Familiar
A ImportâNcia Do Orçamento FamiliarA ImportâNcia Do Orçamento Familiar
A ImportâNcia Do Orçamento Familiar
 

Mais de Igreja Batista Memorial em Silva Jardim

Um presente de Deus chamado tempo
Um presente de Deus chamado tempoUm presente de Deus chamado tempo
Um presente de Deus chamado tempo
Igreja Batista Memorial em Silva Jardim
 
O segredo das travessias
O segredo das travessiasO segredo das travessias
O segredo das travessias
Igreja Batista Memorial em Silva Jardim
 
A felicidade ao seu alcance
A felicidade ao seu alcanceA felicidade ao seu alcance
A felicidade ao seu alcance
Igreja Batista Memorial em Silva Jardim
 
A verdade da cruz
A verdade da cruzA verdade da cruz
Ajustando o foco em jesus
Ajustando o foco em jesusAjustando o foco em jesus
Ajustando o foco em jesus
Igreja Batista Memorial em Silva Jardim
 
Como posso evitar que deus se torne meu adversário
Como posso evitar que deus se torne meu adversárioComo posso evitar que deus se torne meu adversário
Como posso evitar que deus se torne meu adversário
Igreja Batista Memorial em Silva Jardim
 
Avivados pelas promessas
Avivados pelas promessasAvivados pelas promessas
Avivados pelas promessas
Igreja Batista Memorial em Silva Jardim
 
Como posso vencer a tristeza
Como posso vencer a tristezaComo posso vencer a tristeza
Como posso vencer a tristeza
Igreja Batista Memorial em Silva Jardim
 
Como posso ter uma vida abundante
Como posso ter uma vida abundanteComo posso ter uma vida abundante
Como posso ter uma vida abundante
Igreja Batista Memorial em Silva Jardim
 
Sabado noite
Sabado noiteSabado noite
Sabado manha
Sabado manhaSabado manha
Os sete brados da cruz 4
Os sete brados da cruz 4Os sete brados da cruz 4
Os sete brados da cruz 4
Igreja Batista Memorial em Silva Jardim
 
Os sete brados da cruz 2
Os sete brados da cruz 2Os sete brados da cruz 2
Os sete brados da cruz 2
Igreja Batista Memorial em Silva Jardim
 
Os sete brados da cruz 3
Os sete brados da cruz 3Os sete brados da cruz 3
Os sete brados da cruz 3
Igreja Batista Memorial em Silva Jardim
 

Mais de Igreja Batista Memorial em Silva Jardim (20)

Um presente de Deus chamado tempo
Um presente de Deus chamado tempoUm presente de Deus chamado tempo
Um presente de Deus chamado tempo
 
O segredo das travessias
O segredo das travessiasO segredo das travessias
O segredo das travessias
 
A felicidade ao seu alcance
A felicidade ao seu alcanceA felicidade ao seu alcance
A felicidade ao seu alcance
 
A verdade da cruz
A verdade da cruzA verdade da cruz
A verdade da cruz
 
Ajustando o foco em jesus
Ajustando o foco em jesusAjustando o foco em jesus
Ajustando o foco em jesus
 
Como posso evitar que deus se torne meu adversário
Como posso evitar que deus se torne meu adversárioComo posso evitar que deus se torne meu adversário
Como posso evitar que deus se torne meu adversário
 
Avivados pelas promessas
Avivados pelas promessasAvivados pelas promessas
Avivados pelas promessas
 
Como posso vencer a tristeza
Como posso vencer a tristezaComo posso vencer a tristeza
Como posso vencer a tristeza
 
Como posso ter uma vida abundante
Como posso ter uma vida abundanteComo posso ter uma vida abundante
Como posso ter uma vida abundante
 
Inconformados com o conformismo
Inconformados com o conformismoInconformados com o conformismo
Inconformados com o conformismo
 
Sabado noite
Sabado noiteSabado noite
Sabado noite
 
Sabado manha
Sabado manhaSabado manha
Sabado manha
 
Avivados através do temor
Avivados através do temorAvivados através do temor
Avivados através do temor
 
Mensagem dom
Mensagem domMensagem dom
Mensagem dom
 
Os sete brados da cruz 7
Os sete brados da cruz 7Os sete brados da cruz 7
Os sete brados da cruz 7
 
Os sete brados da cruz 6
Os sete brados da cruz 6Os sete brados da cruz 6
Os sete brados da cruz 6
 
Os sete brados da cruz 5
Os sete brados da cruz 5Os sete brados da cruz 5
Os sete brados da cruz 5
 
Os sete brados da cruz 4
Os sete brados da cruz 4Os sete brados da cruz 4
Os sete brados da cruz 4
 
Os sete brados da cruz 2
Os sete brados da cruz 2Os sete brados da cruz 2
Os sete brados da cruz 2
 
Os sete brados da cruz 3
Os sete brados da cruz 3Os sete brados da cruz 3
Os sete brados da cruz 3
 

[Palestra] Educação Financeira e Orçamento Familiar - Igreja Batista Memorial em Silva Jardim

  • 1. Igreja Batista Memorial de Silva Jardim VIDA CRISTÃ E PLANEJAMENTO FINANCEIRO FAMILIAR Rogério de Andrade Consultor Financeiro 30 DE AGOSTO DE 2015
  • 2. ABORDAGEM • PLANEJAMENTO/EDUCAÇÃO FINANCEIRA • ORÇAMENTO FINANCEIRO • “ARMADILHAS” • A IMPORTÂNCIA DE POUPAR • DÍVIDAS PRINCÍPIOS BÍBLICOS SOBRE FINANÇAS
  • 3. “POIS QUAL DE VÓS, PRETENDENDO CONSTRUIR UMA TORRE , NÃO SE ASSENTA PRIMEIRO PARA CALCULAR A DESPESA E VERIFICAR SE TEM MEIOS PARA A CONCLUIR?” Lucas 14:28
  • 5. “Bem aventurado aquele que teme ao Senhor e anda nos Seus caminhos! Do trabalho de suas mãos comerás , feliz serás, e tudo te irá bem.” Salmos 128:1-2
  • 6. SAÚDE FÍSICA HARMONIA/EQUILÍBRIO SAÚDE EMOCIONAL SAÚDE ESPIRITUAL SAÚDE FINANCEIRA FELIZ SERÁS!
  • 7. Por que vem crescendo a preocupação com a saúde financeira da família ?
  • 8. 1- O impacto causado na saúde das pessoas por problemas de desequilíbrio financeiro.
  • 9. 2- O impacto causado nos lares, em virtude de problemas de desequilíbrio financeiro.
  • 10. Prejuízos no : relacionamento familiar relacionamento interpessoal desempenho profissional situação legal Perda do patrimônio Atitudes que não agradam a Deus Perda da saúde financeira
  • 11. 3 - O GRAU DE ENDIVIDAMENTO e de INADIMPLÊNCIA das Famílias Brasileiras.
  • 12. - 61,9% das famílias brasileiras possuem algum tipo de dívida. - 21,5% das famílias possuem alguma conta em atraso. - 12,5% das famílias declararam estar muito endividadas - 8,1% das famílias declaram não ter a mínima condição de pagar suas dívidas Fonte: Pesquisa CNC (Confederação Nacional do Comércio) – Pesquisa 07/2015
  • 13. AS FAMILIAS ESTÃO COMPROMETENDO EM TORNO DE 46,30% DO SEU ORÇAMENTO FAMILIAR PARA PAGAR DÍVIDAS. O MAIOR ÍNDICE NOS ÚLTIMOS 10 ANOS Fonte: BACEN Pesquisa ABRIL/2015
  • 14. 4- Pesquisas revelam que muitas famílias não têm nenhuma idéia : - do patrimônio que possuem, - do volume de suas despesas mensais - de quanto precisam, por mês, para viver confortavelmente e viabilizar suas metas e seus objetivos.
  • 15. EDUCAÇÃO FINANCEIRA O OBJETIVO É CONHECER E RESPEITAR OS PRINCÍPIOS SOBRE COMO NÃO GASTAR MAIS DO QUE SE GANHA, CONSTITUIR RESERVAS, EVITAR DÍVIDAS, MANTER CONTROLE SOBRE RECEITAS E DESPESAS, CONHECIMENTO E DIVERSIFICAÇÃO DE INVESTIMENTOS
  • 16. EDUCAÇÃO FINANCEIRA • CONSUMIR • POUPAR • PLANEJAR A VIDA FINANCEIRA. • ADMINISTRAR BEM O DINHEIRO PARA MANTER A VIDA EM EQUILIBRIO. • MOSTRAR OPÇÕES DE INVESTIMENTO DISPONÍVEIS.
  • 17. E OS JOVENS ? PORQUE A PREOCUPAÇÃO COM ESSE GRUPO? PARA EVITAR O CRESCIMENTO DE UMA GERAÇÃO ENDIVIDADA .
  • 18. • JUVENTUDE 1ª FASE DO CICLO DE VIDA FINANCEIRO
  • 19. • 1º CICLO DE VIDA FINANCEIRO É O MAIS IMPORTANTE • FASE CARACTERIZADA PELOS ESTUDOS E PELOS PRIMEIROS EMPREGOS; • MOMENTO DE DEFINIÇÃO DA MAIORIA DOS OBJETIVOS PESSOAIS ; • QUANDO COMEÇAMOS A FAZER PLANOS;
  • 20. REALIDADE ATUAL • HOJE, 70% dos jovens, quando iniciam suas carreiras, apresentam algum tipo de dívida, seja no Cartão de Crédito, Cheque Especial, ou Conta bancária no vermelho. Fonte: INSTITUTO DISOP DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA
  • 21. REALIDADE ATUAL •6,3 milhões de jovens, entre 18 e 24 anos, estão com restrições no CPF. •Isso representa 26% da população brasileira nessa faixa etária. Fonte: SCPC Brasil – Serviço Central de Proteção ao Crédito
  • 22. MOTIVOS PARA O DESEQUILIBRIO FINANCEIRO 1 - Manutenção de um estilo de vida incompatível com a condição financeira.
  • 23. MOTIVOS PARA O DESEQUILIBRIO FINANCEIRO 2- AUSÊNCIA DE PLANEJAMENTO FINANCEIRO
  • 24. . A MAIORIA DAS FAMÍLIAS não planeja, nem mede consequências antes de fazer algo que envolva finanças.
  • 25. Planejamento Financeiro Familiar É um processo racional de administrar a renda, os investimentos,as despesas, o patrimônio, as dívidas da família, com o objetivo de manter a vida financeira em equilíbrio e tornar realidade os sonhos, os desejos e os objetivos.
  • 26. Planejamento Financeiro Familiar . Viver com seus recursos. . Identificar prioridades financeiras. . Utilizar adequadamente os recursos para cobrir as despesas. . Cobrir emergências e reduzir o uso do crédito. • Reduzir conflitos e incertezas sobre o dinheiro. • Tornar-se independente e com controle sobre as suas finanças. • Poupar e investir para atingir seus objetivos.
  • 27. PLANEJAMENTO • Perceber a realidade. • Avaliar os caminhos. • Construir um referencial futuro (visão de curto, médio e longo prazo). • Estruturar o trâmite adequado. • Reavaliar todo o processo, caso o objetivo não seja atingido
  • 28. PLANEJAMENTO FINANCEIRO • Valores expressos em moeda – padrão monetário. • Saber de onde vem todo o dinheiro. • Saber para onde vai todo o dinheiro. • Saber para onde deveria ir. • Ajudar a garantir que o dinheiro vá para onde deve ir.
  • 29. PLANEJAMENTO FINANCEIRO FAMILIAR Tem a participação e o comprometimento de todos os membros da família.
  • 30. 1. Nesse momento você pode afirmar que possui total controle de seus gastos e, consequentemente, de suas finanças? 2. Você cobre seus gastos com as suas receitas? 3. Você cobre seus gastos com as suas receitas e ainda poupa para atingir seus projetos/objetivos?
  • 31. DICAS • Utilize dados históricos e hipóteses razoáveis como ponto de partida. • Confie em sua própria experiência. Faça suposições inteligentes sobre o que provavelmente acontecerá no futuro. • Seja bastante criterioso.
  • 32. •Trabalhe com valores reais. •Elabore o orçamento com os “pés no chão”. •Evite surpresas desagradáveis. À medida que os valores reais se tornarem disponíveis, compare-os com aqueles orçados. Caso haja uma variação significativa ou inesperada, descubra o motivo.
  • 33. .Trace objetivos reais, claros, definidos e específicos ( de curto, médio e longo prazos). .Atualize a “valor de mercado”os objetivos específicos de médio e longo prazos. .Compare o “orçado” com o “realizado” rotineiramente. .Avalie sempre o seu orçamento.
  • 34. METAS/OBJETIVOS • Específicas • Mensuráveis • Atingíveis • Realistas (pés no chão) • Tempo limitado
  • 35. SE PRECISAR REFAZER O ORÇAMENTO: • Elimine as despesas que implicam em cobrança de juros. • Corte despesas desnecessárias. • Seja rígido com as despesas adicionais. • É possível economizar com gastos variáveis. • Repense os gastos arbitrários.
  • 36.  Planejamento  Organização  Controle  Avaliação
  • 37. • Conscientização • Disciplina • Determinação • Comprometimento
  • 38. “OS PLANOS DO DILIGENTE TENDEM À ABUNDÂNCIA; MAS A PRESSA EXCESSIVA, À POBREZA” Provérbios 21:5
  • 39. Seja fiel a Deus “Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha casa ; e provai-me nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós benção sem medida.” Malaquias 3:10
  • 40. Seja fiel a Deus “Disse-lhe o senhor: Muito bem, servo bom e fiel ; foste fiel no pouco, sobre muito te colocarei ; entra no gozo do teu senhor.” Mateus 25:21
  • 41. Honre-O com os seus bens “Honra ao Senhor com os teus bens e com as primícias de toda tua renda; e se encherão fartamente os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares.” Provérbios 3:9-10
  • 43. A SOCIEDADE DE CONSUMO O marketing utiliza todas as formas de apelo ao consumo (condições facilitadas de pagamento, preço, promoção, pontos estratégicos de venda, embalagens atrativas) Status, Cobranças Sociais e Poder
  • 44. A SOCIEDADE DE CONSUMO “Não há nada de errado em consumir...” “Ele não aprende a se policiar e esperar a hora certa para comprar”
  • 45. É realmente necessário ou é um impulso momentâneo? Existe produto similar que atenda suas necessidades? Seja seletivo CARTÃO = PREÇO À VISTA NEGOCIE PREÇO - “PECHINCHE”
  • 46. Tire proveito das liquidações. Fique de olho nas ofertas. Pesquise preços ( jornais, revistas, internet) HÁ CASOS DE DIFERENÇAS DE PREÇOS QUE CHEGAM A 40%
  • 47. “Invista no que é necessário” “Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão, e o vosso suor naquilo que não satisfaz? Ouvi-me atentamente, comei o que é bom e vos deleitareis com finos manjares”. Isaías 55:2
  • 48. A SEDUÇÃO DO CRÉDITO A facilidade da sua obtenção. As famosas prestações suaves. O foco não é avaliar se a prestação cabe no “bolso” e sim quanto de juros você está pagando. Avalie se não é melhor poupar e comprar à vista.
  • 49. A SEDUÇÃO DO CRÉDITO • LEMBRE-SE SEMPRE: COMPRAS PARCELADAS CRIAM UM PADRÃO DE VIDA ARTIFICIAL
  • 50. TAXA MÉDIA DE JUROS (JULHO/2015) • Comércio: 5,25 % a.m. = 84,78% • Bancos: 4,13% a.m. = 62,52% • Financeiras: 7,70% a.m. = 143,55% Fonte: ANEFAC IPCA PROJETADO PARA 2015 = 9,29% (pesquisa FOCUS – 21/08)
  • 51. O CARTÃO DE CRÉDITO Pode ser o seu melhor ou pior instrumento financeiro. Pagamento da fatura à vista – até 40 dias de prazo de pagamento
  • 52. O CARTÃO DE CRÉDITO EVITE PARCELAR SUA DÍVIDA Taxa Média s/ Saldo Financiado: 14,26% a.m. = 395,00 % a.a. (Fonte: BACEN – Julho 2015) 0,7334% a.m.- é o rendimento da poupança para o dia 28/08/2015 , ou seja: 9,16% a.a. (projeção IPCA projetado para 2015 = 9,29% a.a. (pesquisa FOCUS - 21/08)
  • 53. O CARTÃO DE CRÉDITO • Pesquise taxas!!! (bancos trabalham com taxas diferentes .Elas variam de banco para banco e de acordo com a “fidelidade” do cliente) • Negocie a anuidade!!! • Para que ter bandeira “internacional” se você não viaja??? • “RESPONDE PELO MAIOR PERCENTUAL DENTRE AS FAMILIAS COM DIVIDAS: 77,2% (fonte O Globo – 14/07)
  • 54. O CHEQUE ESPECIAL REGRA NÚMERO 1: Não faz parte do seu salário!!! “PROCURE NÃO USAR, SALVO SE VOCE QUISER PAGAR POR MÊS O QUE NÃO GANHA EM 1 ANO DE POUPANÇA” . JUROS MÉDIOS COBRADOS PELAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS: 10,92 % a.m. = 247,00 % a.a. (Fonte: BACEN – Julho 2015) 0,7334% a.m.- é o rendimento da poupança para o dia 28/08/2015 , ou seja: 9,16% a.a. (projeção) IPCA PROJETADO PARA 2015: 9,29% a.a.
  • 56. RELACIONAMENTO COM BANCOS • Conheça seus direitos e deveres na hora de escolher o banco que vai trabalhar. • Compare tarifas. • Compare taxas de Empréstimos, Cheque Especial, Cartão de Crédito. • Fidelidade geralmente traz benefícios. • É realmente necessário ter conta em mais de um banco? • Você não é obrigado a comprar produtos que não precise. MUDE DE BANCO CASO SE SINTA EXPLORADO !!!
  • 57. SUPERMERCADOS Programe sua ida. Evite levar crianças. Evite ir de barriga vazia. Não faça estoque desnecessário. Aproveite as ofertas. Conheça os dias das promoções. Olhe as prateleiras “de baixo”. Costumar cobrir ofertas dos concorrentes.
  • 58. DATAS ESPECIAIS • PÁSCOA • DIA DAS MÃES / DOS PAIS • DIA DOS NAMORADOS • DIA DAS CRIANÇAS • “BLACK FRIDAY” (29/11) • NATAL • ANO NOVO
  • 59. NATAL / ANO NOVO “ÉPOCA MÁGICA” • CLIMA ENVOLVENTE DAS FESTAS DE FIM DE ANO • PROPAGANDA INTENSA NAS MIDIAS • PRESSÃO SOCIAL PARA PRESENTEARMOS O MUNDO QUE NOS CERCA • 13º SALÁRIO
  • 60. DATAS ESPECIAIS “FINANCIAR AS COMPRAS NAS DATAS ESPECIAIS É UM FORTE SINALIZADOR QUE VOCÊ ESTÁ EXAGERANDO” “Compromissos exigem coerência”
  • 61. RELACIONAMENTO COM OS FILHOS .Estabeleça mesada – deixe claro limites de consumo. .Gastos e ganhos – “Acabou o dinheiro? Paciência.....” .Autoridade do exemplo.
  • 62. A “mesada” deve ser uma ferramenta na aprendizagem financeira e não deve, jamais, ser usada como objeto de troca.
  • 63. “Quando o dinheiro é associado de forma equivocada com cooperação, respeito, expressão de emoções, autocuidado, responsabilidade como cidadão, as crianças estão sendo condicionadas a fazerem tudo em troca de algumas moedas.” Artigo Dinheirama – 23/10/2013
  • 66. • Guardar dinheiro deve estar em primeiro lugar na lista de prioridades. • Poupe com objetivos definidos. • “Não deixe o hábito se transformar em vício” • “Cuidado para não virar escravo do dinheiro” (Mateus 6: 19 a 21)
  • 67. “NÃO ACUMULEIS PARA VÓS OUTROS TESOUROS SOBRE A TERRA , ONDE A TRAÇA E A FERRUGEM CORROEM E ONDE LADRÕES ESCAVAM E ROUBAM ; MAS AJUNTAI PARA VÓS OUTROS TESOUROS NO CÉU, ONDE TRAÇA NEM FERRUGEM CORRÓI,E ONDE LADRÕES NÃO ESCAVAM NEM ROUBAM ; PORQUE ONDE ESTÁ O TEU TESOURO , AÍ ESTARÁ TAMBÉM O TEU CORAÇÃO” Mateus 6:19-21
  • 68. INVESTIMENTOS FINANCEIROS “MANUTENÇÃO DO PODER DE COMPRA DO DINHEIRO” • Conhecimento • Programação • Diversificação Avalie sempre: Liquidez Rentabilidade Segurança Desconfie sempre das taxas oferecidas acima do mercado.
  • 69. TIPO CARACTERÍSTICAS RISCO Caderneta de Poupança Garantida até R$ 250.000,00. Não paga IR. A rentabilidade é a menor entre os produtos de renda fixa. Baixo Fundo de Renda Fixa É vantajoso num cenário de queda nas taxas de juros. Caso contrário, o investidor perde. Baixo Fundos DI Indicado em momentos de grande turbulência. São mais conservadores do que os fundos de renda fixa. Baixo Letra Crédito Imobiliário Títulos de crédito lastreados por créditos imobiliários garantidos por hipoteca ou alienação fiduciária de imóvel. Atratividade - isenção IR Baixo PGBL O grande apelo é deduzir as aplicações do IR até o limite de 12% da renda total. Baixo Imóvel Sua principal vantagem é a estabilidade, mas é o que apresenta a menor liquidez entre todos. Baixo Títulos Públicos Pode ser adquirido pelo chamado "Tesouro Direto", que não tem taxa de Administração, ou por corretora, arcando com os serviços de corretagem. É uma opção interessante, segura, de boa rentabilidade e alta liquidez. Baixo CDB Rende mais para grandes quantias, o que é uma limitação. Promessa de retorno muito alto é sinal de perigo. Moderado Ouro Há muito tempo tem cotação estável. Mas em tempo de crise, é um porto seguro para os mais cautelosos Moderado Fundo Imobiliário A rentabilidade está diretamente associada à qualidade do empreendimento. Seu ponto fraco é a liquidez. Moderado Fundo Multimercado Aplicação em diversas classes de ativos, buscando retorno de longo prazo e a redução dos riscos. Moderado Fundo Cambial Indicado a quem assumiu compromissos atrelados ao valor do dólar ou planeja viajar para o exterior. Alto Dólar As contas em dólar não são permitidas no Brasil. Há riscos de falsificação e restrições para negociar a moeda. Alto Ações Exige grande conhecimento do Mercado. Pode ter custo elevado de corretagem. Retorno de longa duração. Alto Fundo de Ações A principal vantagem é a diversificação que o fundo possibilita, reduzindo os riscos de oscilações. Alto
  • 70. COMPLEMENTAÇAÕ DA APOSENTADORIA ME Apenas 2% das pessoas alcançam a idade da aposentadoria sem necessidade de ter que trabalhar para obtenção do próprio sustento. . Apenas 1% tem reservas e fontes de renda suficientes para poder considerar-se abastado.
  • 71. SER “POUPADOR” NÃO SIGNIFICA SER AVARENTO E DEIXAR DE APROVEITAR A VIDA. SIGNIFICA SER CRITERIOSO. SABER APROVEITAR A VIDA, MAS COM CRITÉRIOS FINANCEIROS
  • 72. “O QUE CARACTERIZA O POUPADOR NÃO É O QUANTO DE DINHEIRO ELE TEM. MAS SUA DISCIPLINA EM RELAÇÃO AO QUE ELE TEM.”
  • 74. NÃO HÁ NADA ERRADO EM CONTRAIR DÍVIDAS ou “TOMAR CRÉDITO” DESDE QUE: 1. SEJA CONTRAÍDA DE FORMA CONSCIENTE E RESPONSÁVEL 2. SEJA DESTINADA AO CRESCIMENTO DO PATRIMÔNIO 3. VOCÊ TENHA CERTEZA DE QUE PODERÁ PAGÁ-LA, NO PRAZO ACORDADO
  • 75. O CRÉDITO É UM PODEROSO INSTRUMENTO PARA: • VIABILIZAR SONHOS E PROJETOS • APROVEITAR OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS • EXPANDIR ATIVIDADES
  • 76. GRANDE PROBLEMA . DÍVIDAS GERADAS PELA FALTA DE CONTROLE DA ECONOMIA DOMÉSTICA . VOCÊ GASTOU MAIS DO QUE GANHOU
  • 79. • Não se conforme com a situação. . Assuma sua culpa.. • Demonstre sempre vontade de pagar. • Tenha consciência que, solucionar o problema, vai exigir alguns sacrifícios, estabelecimentos de prioridades e muita determinação. • Elabore um “orçamento financeiro” bem feito.
  • 80. • Não fuja do problema. • Mantenha a calma . • Controle a ansiedade. • Uma situação de cada vez.
  • 81. • Liste suas dívidas em ordem de prioridade: 1- as que implicam corte em serviços 2- aquelas com maior taxa de juros . Negocie com o credor: descontos e prazos maiores, de acordo com a sua capacidade de pagamento. . Não faça novas dívidas (a não ser que seja para trocar as dívidas atuais por outras com prazos mais elásticos e taxas menores de juros)
  • 82. • Seja firme no controle das despesas (economize o que puder) • “Enxugue as contas” – corte gastos supérfluos • Se for necessário desfaça-se de algum bem. • Trace metas sempre!
  • 83. Nunca fique devendo nada a ninguém “Pagai a todos o que lhes é devido: a quem imposto, imposto; a quem respeito, respeito; a quem honra, honra. A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor .” Romanos 13:7-8
  • 84. MANTENHA SEMPRE UMA POSIÇÃO DE FÉ E CONFIANÇA “Por isso, vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes?” – Mateus 6.25 “Buscai, pois em primeiro lugar, o reino de Deus e a sua justiça, e todas estas cousas vos serão acrescentadas.” – Mateus 6.33
  • 85. O início do Sucesso = total das dívidas < 30% da renda mensal ESTILO DE VIDA = CONDIÇÃO FINANCEIRA FAMILIAR
  • 86. “De fato , grande fonte de lucro é a piedade com o contentamento. Porque nada temos trazido para o mundo , nem coisa alguma podemos levar dele . Tendo sustento e com que nos vestir , estejamos contentes. ” 1 Timóteo 6: 6-8
  • 87. TESOUROS NO CÉU, NÃO EXCLUEM UMA BOA E SÓLIDA ESTABILIDADE FINANCEIRA Crer na Providência de Deus, não exclui a previdência humana e social. “A mão que economiza, é uma mão que não pede”. É o lema da CAIXA ECONÔMICA FEDERAL”. O Calvinismo, a fé reformada/presbiteriana, preconiza uma mentalidade de poupança e de investimento: cultivar um estilo de vida simples, ver o trabalho como vocação de Deus e como uma benção, ganhar honestamente o máximo que puder. Investir de forma planejada e inteligente; guardar para comprar um bem e não ficar devendo o que ainda não recebeu, para comprar algo que, talvez, não precise tanto. O endividamento e os apertos financeiros, para quem tem caráter, é uma fonte de ansiedade. Rev. Guilhermino Cunha (Boletim Dominical LXV nº 3449 – 24 de Julho de 2011)